COAGR | VT - Medicina Veterinária

Ciências da Vida

Critérios de Julgamento - CA-VT Vigência: 2015 - 2017

Atenção: O preenchimento correto e atualização do CV Lattes são obrigação do bolsista de produtividade, sendo fundamental para a análise das solicitações e transparência das decisões. Nessa plataforma há campos específicos para a informação de todas as atividades - inclusive as administrativas - e produções consideradas e pontuadas nas avaliações realizadas pelo CA-VT. Para evitar que atividades/produções realizadas sejam omitidas do processo de avaliação, recomenda-se que o pesquisador revise cuidadosamente e atualize o seu CV Lattes ao submeter cada solicitação.

 

1. Normas gerais

a) O desempenho do pesquisador será avaliado por meio de indicadores de produtividade referentes aos últimos 5 anos. Os que atingirem classificação para bolsa PQ2, serão então avaliados quanto a sua produção nos últimos 10 anos, para fins de possível classificação nos níveis PQ 1A ¿ 1D.

b) Os indicadores incluem produção científica e tecnológica, formação de recursos humanos e participação em atividades editoriais e de gestão científica.

c) A avaliação considerará a qualidade da produção científica e tecnológica de acordo com critérios internacionais.

d) Nos itens referentes à formação de recursos humanos (orientações e supervisões) serão consideradas apenas as atividades executadas como orientador/supervisor principal.

 

2. Requisitos mínimos para os diferentes níveis

2.1. Requisitos mínimos para classificação no nível PQ - 2

Para ser classificado nesse nível o pesquisador deverá satisfazer os seguintes requisitos mínimos no quinquênio anterior:

a) Ter publicado pelo menos 6 (seis) trabalhos científicos em periódicos científicos com fator de impacto (JCR);

b) Ter concluído a orientação de pelo menos 1 (um) mestre.

c) Estar orientando/supervisionando pelo menos dois pós-graduandos (mestrandos, doutorandos ou pós-doutores).

d) Atingir classificação compatível com a cota de bolsas disponíveis nesta categoria.

 

2.2. Requisitos mínimos para classificação no nível PQ - 1D

Para ser classificado nesse nível o pesquisador deverá satisfazer os seguintes requisitos mínimos no decênio anterior:

a) Ter publicado pelo menos 20 (vinte) artigos em periódicos científicos, sendo pelo menos 12 (doze) em periódicos com fator de impacto (JCR);

b) Ter concluído a orientação de pelo menos 8 (oito) mestres e/ou doutores;

c) Estar orientando/supervisionando pelo menos três pós-graduandos (mestrandos, doutorandos ou pós-doutores).

d) Atingir classificação compatível com a cota de bolsas disponíveis nesta categoria.

 

2.3. Critérios para classificação nos níveis PQ -1C, 1B e 1A

Para ser classificado nesses níveis o pesquisador deverá satisfazer os seguintes requisitos mínimos, no decênio anterior:

a) Ter publicado pelo menos 25 (vinte e cinco) trabalhos em periódicos científicos, sendo pelo menos 18 (dezoito) em periódicos com fator de impacto (JCR);

b) Ter concluído a orientação de pelo menos 8 (oito) mestres ou doutores;

c) Estar orientando/supervisionando pelo menos três pós-graduandos (mestrandos, doutorandos ou pós-doutores).

d) Atingir classificação compatível com a cota de bolsas disponíveis nesta categoria.

3. Comparações entre os pares da demanda

Considerando-se a oferta limitada de bolsas novas e/ou liberadas, serão utilizados como parâmetros de desempate para todas as categorias/níveis, os seguintes critérios, na seguinte ordem de prioridade:

a) Número de artigos publicados em periódicos com fator de impacto (JCR);

b) Número de orientações concluídas de doutorado;

c) Número de orientações concluídas de mestrado;

d) Número de supervisões concluídas de pós-doutorado;

e) Número de orientações de pós-graduandos em andamento.

 

4. Os critérios acima definem as regras gerais praticadas pelo CA-VT. Entretanto, o Comitê poderá considerar situações excepcionais mediante justificativas bem fundamentadas.