Oportunidades externas

A UFRGS foi uma das instituições de ensino superior selecionadas para a operação Portal do Sertão, do Projeto Rondon, que será realizada de 16 de julho a 2 de agosto deste ano em 12 cidades no estado da Bahia. Para a operação, serão selecionados oito estudantes de graduação da Universidade por meio de edital lançado na quarta-feira, 5 de fevereiro. Alunos de qualquer curso de graduação, regularmente matriculados na UFRGS, podem se inscrever de 12 a 17 de março.

Os interessados não podem ter participado de operações anteriores do Projeto Rondon e precisam ter disponibilidade para comparecer às reuniões de capacitação. Nesta operação participarão os professores Liliane Ferrari Giordani, como coordenadora-geral, e André Carissimi, coordenador-adjunto. Os rondonistas atuarão em atividades de extensão voltadas ao desenvolvimento sustentável e permanente das comunidades, ao bem-social e à qualidade de vida nas comunidades carentes.

Os estudantes utilizarão habilidades universitárias, fator que contribuirá com a formação cidadã do estudante da UFRGS. ¿A seleção dos oitos alunos formará uma equipe multidisciplinar, envolvendo diversos cursos¿, diz Carissimi, coordenador do Núcleo de Extensão Rondon da UFRGS.

A UFRGS atuará na cidade de Sítio do Quinto, pelo Conjunto A (Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação e Saúde) em parceria com a equipe do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), que atuará no Conjunto B (Comunicação, Meio Ambiente, Tecnologia e Produção e Trabalho). ¿O aluno que participa do Rondon tem uma formação diferenciada, uma vez que ele está com contato com uma nova cultura, outros hábitos, além da oportunidade de conhecer outro estado. Para muitos, será a primeira vez em que estarão fora do Rio Grande do Sul, em confronto com uma realidade diversa. É uma experiência muito rica¿, complementa André, que segue para a sua quinta Operação Rondon.

Sandra de Deus, pró-reitora de Extensão (Prorext), reforça que a participação da UFRGS no Rondon se torna, a cada ano, mais importante. ¿Participar em atividades desse tipo propicia aos nossos estudantes muita experiência. Ainda, é importante colocar que a qualificação do nosso Núcleo faz com que a Universidade esteja presente nas últimas edições do projeto¿.

 

A Operação Portal do Sertão

O resultado final do processo seletivo foi divulgado pelo Ministério da Defesa no dia 29 de janeiro, com a seleção de 25 instituições de ensino superior do Brasil, sendo que 12 delas atuarão no Conjunto A (Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação e Saúde), 12 no Conjunto B (Comunicação, Tecnologia e Produção, Meio Ambiente e Trabalho), e uma (1) no Conjunto C (Comunicação Social).

A UFRGS conquistou a segunda melhor nota, 96 pontos, e foi a sétima classificada no Conjunto A. Estarão envolvidos cerca de 240 rondonistas, entre professores e estudantes, e a concentração dos participantes será em Feira de Santana (BA), no dia 16 de julho.

 

Projeto Rondon na UFRGS

Na década de 1970 o Brasil viveu a Fase I do Rondon. Naquela época, a UFRGS atuava com um Campus Avançado em Porto Velho (Rondônia), extinto em 1980. Em 2005, o projeto foi retomado pelo Ministério da Defesa a partir de uma iniciativa da União Nacional dos Estudantes (UNE). Nesta nova fase, a atividade passou a ter um caráter mais educativo. Em 2014, a UFRGS retorna para o Rondon e, desde então, é selecionada todos os anos para desenvolver ações extensionistas pelo Brasil.

¿O Rondon é um dos maiores projetos de extensão do Brasil. Mais de 100 IES pleitearam a participação da edição 2020, mas somente 25 foram selecionadas. A UFRGS é uma delas, reforçando a sua importância enquanto Universidade Federal de reconhecida qualidade, estabelecendo a sua posição de liderança no ensino, na pesquisa e na extensão¿, frisa Carissimi.

 

Informações sobre o edital

Link do Edital de Seleção dos Alunos

Ficha de Inscrição (Anexo 1)

Carta de ¿Manifestação de Interesse e Informações Pessoais¿ (Anexo 2)

 

Mais sobre o Projeto Rondon

www.inf.ufrgs.br/rondon/

projetorondon@ufrgs.br

www.instagram.com/nucleo_rondon_ufrgs/

www.facebook.com/projetorondon.ufrgs/

projetorondon.defesa.gov.br/portal/


 

Evento: II Fórum Nacional de Radiodifusão
Data: 05.03.2020
Horário: 08h30 às 18h30
Local: Teatro Poupex
Endereço: Av. Duque de Caxias - Setor Militar Urbano - Brasília-DF

Inscrições:

 

 

 

https://forumnacionalderadiodifusao.mctic.gov.br/


O Núcleo de Estudos Avançados do Instituto Oswaldo Cruz, em homenagem aos 121 anos de Charles Darwin, realizará palestra sobre a "Revolução da Teoria Quântica. Estado da Arte e Perspectivas", ministrada pelo Professor do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e presidente da Academia Brasileira de Ciência (ABC), Luiz Davidovich. A palestra será no dia 12 de março, às 14h, no Auditório Emmanuel Dias, no Pav. Arthur Neiva, no campus da Fiocruz, no Rio de Janeiro.

O evento é coordenado pelo pesquisadores Renato Cordeiro e Maria de Lourdes A.Oliveira.

 


Foi lançado no último dia 30 de janeiro o  Prêmio Juventude Rural Inovadora na América Latina e no Caribe. As inscrições estão abertas até 29 de fevereiro de 2020, pelo site: https://premiojovenrural.org/pt/inscreva-se/
 
Podem participar: 
¿ jovem ou grupo de jovens de 18 a 35 anos de idade;
¿ nacionais e residentes de países da América Latina e do Caribe;
¿ que tenham iniciativas inovadoras (como as Agtechs) com foco no desenvolvimento rural. 
 
São 8 categorias técnicas! 
 
Serão selecionadas 20 iniciativas finalistas que terão suas despesas pagas para participarem da Cerimônia de Premiação que acontecerá em Bogotá, no dia 4 de junho de 2020. Na cerimônia serão anunciadas as 10 ganhadoras que serão premiadas com: 
¿ prêmio em dinheiro;
¿ programa de aceleração com 2 imersões presenciais, no Brasil e na Argentina; 
¿ mentorias online; e eventos de difusão e reaplicação das iniciativas em outros países da América Latina e do Caribe (com despesas de viagem pagas); entre outros.
 
Mais informações no site do Prêmio: https://premiojovenrural.org/pt/br/
 
Dúvidas: premiorural@ifad.org
 

A Universidade Federal Fluminense e a Fundação Euclides da Cunha de Apoio Institucional (FEC), em conjunto com a Prefeitura Municipal de Niterói, publicaram o edital para seleção de projetos aplicados no âmbito do Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados (PPDA). O acordo celebrado com a Prefeitura de Niterói prevê investimentos de R$ 25 milhões de reais em pesquisa e extensão.

A inscrição será realizada através de sistema online, por meio do link. A submissão de propostas está aberta até o dia 27 de março.

Podem participar equipes formadas por no mínimo dois docentes da UFF

As linhas de pesquisa e extensão são:

  • Niterói Organizada e Segura: Mobilidade, Desenvolvimento e Ordenamento Urbano; Prevenção e Segurança
  • Niterói Saudável: Saúde, Saneamento e Gestão de Resíduos
  • Niterói Escolarizada e Inovadora: Educação; Ciência e Tecnologia
  • Niterói Próspera e Dinâmica: Desenvolvimento Econômico, Inserção Produtiva
  • Niterói Vibrante e Atraente: Meio Ambiente; Lazer e Esporte; Cultura e Entretenimento
  • Niterói Inclusiva: Igualdade de Oportunidades
  • Niterói Eficiente e Comprometida: Gestão Pública, Participação Cidadã, Integração Regional

As descrições detalhadas do escopo das linhas estão no Anexo 1 do edital. As propostas a serem submetidas deverão demonstrar a relevância enfatizando os impactos para Niterói em relação aos eixos da Niterói que Queremos e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Onu.

Atenção ao cronograma:

De 10 de fevereiro de 2020 a 27 de março de 2020 ¿ às 23h59 ¿ Submissão de propostas online.

Até 22 de abril de 2020 ¿ Divulgação de resultado.

Até 27 de abril de 2020 ¿ Recursos ao processo seletivo.

Até 05 de maio de 2020 ¿ Divulgação de resultado dos recursos.

Até 08 de maio de 2020 ¿ Resultados finais.

Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados

A Prefeitura Municipal de Niterói e a Universidade Federal Fluminense celebraram o Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados. Com isso, a Prefeitura investirá em iniciativas de pesquisa, extensão e inovação que apresentem soluções aplicadas para problemas concretos da cidade. Os objetivos foram determinados participativamente por meio de consulta pública à sociedade niteroiense. Os projetos terão duração de três anos a partir da data de assinatura dos contratos.

O programa faz parte do Plano Estratégico Niterói que Queremos 2033, alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Segundo o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, o programa representa uma priorização da importância da ciência, tecnologia e inovação para o desenvolvimento autônomo, estável e soberano. ¿Em um contexto escandaloso de queda no fomento federal, estamos investindo média de R$ 10 milhões de reais anualmente até 2023. Contando com os aportes na finalização da construção do Instituto de Arte e Comunicação Social e recuperação do Cinema Icaraí, é um ato de governo claro em defesa do conhecimento, das instituições e da democracia. Esperamos que a sociedade niteroiense aproveite os resultados dos projetos que nascerão dessa parceria¿, disse o prefeito.

Para o reitor da UFF, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, o PPDA representa uma nova forma de relacionamento entre os órgãos públicos para solução de problemas concretos e socialização do conhecimento acadêmico. ¿Estamos seguindo conceitos consagrados da cooperação entre a chamada tripla hélice, governo, universidade e empresas, para fomentar pesquisa, extensão e inovação. Consultei outros reitores e é um modelo de parceria inovador pela sua proposta e investimento, que certamente será exemplo para outras cidades e universidades¿, conta Antonio Claudio.

Em consulta pública, a sociedade niteroiense sugeriu sete objetivos estratégicos que orientam as linhas a serem desenvolvidas. ¿Esses são pontos que a própria população de Niterói considerou relevantes para se viver e ser feliz na cidade. Não é um plano de gestão, mas uma visão de futuro coletiva de longo prazo. São projetos que vão criar as bases de desenvolvimento estável até 2033¿, afirma o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

Link: http://www.uff.br/?q=noticias/07-02-2020/aberto-edital-de-r-25-milhoes-para-projetos-alinhados-com-objetivos-estrategicos


 

Escola de verão, que está com inscrições abertas, quer contribuir para reduzir a desigualdade na área de tecnologia, setor em que apenas 20% dos profissionais são do gênero feminino 

Se você tem de 10 a 18 anos e quer ingressar no mundo da tecnologia, não pode perder esta oportunidade: a USP oferecerá uma escola de verão gratuita para garotas aprenderem a criar aplicativos para celular, a Technovation Summer School for Girls. As atividades serão realizadas no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), em São Carlos, durante cinco sábados, das 9 às 18 horas, começando dia 7 de março. Em todos os encontros serão oferecidos lanches e refeições a todas as inscritas.

O objetivo é ensinar as garotas a transformarem ideias em aplicativos, apresentando métodos inovadores e estimulando habilidades relacionadas a empreendedorismo, trabalho em equipe e à arte de falar em público. Voltada a todas as interessadas, a iniciativa é destinada, preferencialmente, para quem está na rede pública de ensino.

Para participar, não é preciso ter nenhum conhecimento prévio sobre computação, basta se inscrever a partir desta segunda-feira, 10 de fevereiro, no formulário disponível neste link: icmc.usp.br/e/b8253. Este ano será a segunda edição do evento, que aconteceu pela primeira vez em 2019, quando as 200 vagas disponíveis se esgotaram em menos de 24 horas.

Outra meta da escola de verão é possibilitar que os projetos desenvolvidos pelas garotas no ICMC sejam inscritos em um desafio internacional, o Technovation Challenge. Voltado a estudantes do ensino fundamental e médio, o desafio estimula as garotas a criarem aplicativos que solucionem um problema social.

Além disso, as participantes da escola de verão concorrerão a prêmios: as equipes que criarem os melhores projetos ganharão cursos por um ano na Yadaa, uma escola de ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática que apoia o evento.

Empoderamento feminino ¿ ¿A ideia não é apenas trazer as meninas para conhecerem o mundo da tecnologia, mas também empoderá-las. Durante os cinco encontros, elas vão colocar a mão na massa: trabalhar na ideação do projeto, no desenvolvimento do aplicativo e na apresentação da proposta (pitch). As mais velhas até farão um plano de negócios¿, explica a responsável pela iniciativa, a professora Kalinka Castelo Branco.

¿Cada sábado é destinado ao aprendizado de uma temática. Assim, as garotas poderão compreender novos conceitos durante as apresentações das especialistas e, logo depois, terão tempo hábil para colocar em prática os conhecimentos adquiridos¿, acrescenta a professora, que coordena o Grupo de Alunas nas Ciências Exatas (GRACE). Criado em 2018, o grupo de extensão é ligado ao ICMC e tem como objetivo desenvolver atividades na área de tecnologia e ciências exatas voltadas para o público feminino. Fazem parte do GRACE, que coordena a escola de verão, estudantes de graduação e de pós-graduação da USP. São esses estudantes que darão apoio às garotas inscritas na Technovation Summer School for Girls, as quais também contarão com a ajuda de mentores voluntários: profissionais de diversas áreas como tecnologia, engenharia e negócios que acompanharão de perto o trabalho das equipes ao longo dos sábados.

Com 16 anos, Sarah Piedade de Oliveira foi umas das 162 garotas que participou integralmente da primeira edição da escola de verão, realizada no ano passado: ¿Todas as atividades foram ministradas por mulheres que estão nesse meio, que é super restrito. Elas mostraram os exemplos delas e deram apoio para a gente seguir e sempre querer aprender mais¿.

Tal como da primeira vez, este ano as participantes se dividirão em times, com até 5 colegas, para criar os aplicativos. Esses grupos, por sua vez, são separados em duas categorias: Sênior, voltado para meninas de 15 a 18 anos; e Júnior, destinado a quem tem de 10 a 14 anos.

Desafio internacional ¿ Em 2019, as garotas que participaram da escola de verão no ICMC e se inscreveram no desafio global Technovation Challenge conseguiram emplacar três projetos entre os semifinalistas. Na categoria Sênior, o selecionado foi o aplicativo for-all-of-us; e na categoria Júnior, entre os classificados estavam os aplicativos Pet Hero e SafU. ¿Provavelmente, se não houvesse a escola de verão, essas três equipes de São Carlos não conseguiriam chegar à semifinal da competição global¿, conta Kalinka.

Para conhecer esses três aplicativos semifinalistas, assista aos vídeos disponíveis neste link: icmc.usp.br/e/dcfea. Vale lembrar que, no ano passado, a plataforma do desafio contabilizou inscrições de 7,2 mil meninas de 57 países. Desse total, 1.226 eram brasileiras, reunidas em 216 diferentes grupos. Como semifinalistas do desafio havia 150 equipes no total, sendo 15 times do Brasil: 9 na categoria Sênior e 6 na Júnior.

Em 2020, quem decidir se inscrever no Technovation Challenge poderá conquistar um lugar entre as 10 equipes finalistas (5 por categoria) do mundo e participar de um evento global na Califórnia, nos Estados Unidos, onde terão experiências valiosas em rede com colegas e líderes da indústria de tecnologia. O prêmio, que tem um valor aproximado de US$ 10.000 por equipe, inclui o pagamento das despesas de viagem, acomodação e alimentação. Já o prêmio para o primeiro lugar de cada categoria é de US$ 3.000. Além disso, haverá reconhecimento especial nas categorias Tecnologia e Escolha do Público.

Desigualdade explícita ¿ O fato é que não faltam evidências mostrando o tamanho da desigualdade de gênero na área de ciências exatas. Enquanto o número de cursos de computação cresceu 586% nos últimos 24 anos no Brasil, o percentual de mulheres matriculadas nesses cursos caiu de 34,8% para 15,5%, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Considerando-se os profissionais atuantes na área em 2014, apenas 20% são do gênero feminino segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) fez um levantamento em 2016 mostrando que mais de 80% dos mestres e doutores em computação no nosso país são do gênero masculino.

É por isso que iniciativas como a Technovation Summer School for Girls são muito bem-vindas. As duas edições da escola de verão estão sob o guarda-chuva de um grande projeto chamado Ações no ensino fundamental e médio: inclusão feminina no ensino superior de ciências exatas. Aprovado pelo CNPq no final de 2018, o projeto contou com R$ 95 mil para desenvolver diversas atividades.

A iniciativa, que também é coordenada pela professora Kalinka, tem, ainda, o apoio da Diretoria de Ensino de São Carlos e da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), por meio do programa Meninas Digitais. Já a escola de verão deste ano terá entre os patrocinadores o Google, é co-realizada pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de São Carlos,  e da Companhia de Dança do CAASO.


 

 

Estão abertas as inscrições do Concurso Público para provimento do quadro permanente da Fundação Municipal de Saúde de Niterói (FMSN), que será aplicado pela Coordenação de Seleção Acadêmica da UFF (COSEAC). São mais de quatrocentas vagas para cargos de nível fundamental, médio, médio-técnico e superior. Os vencimentos variam entre R$ 1.045,35 e R$ 2.083,06 e a inscrição será realizada exclusivamente via internet no endereço eletrônico www.coseac.uff.br/concursos/pmm/fms/2019, das 12h do dia 29 de janeiro de 2020 até 12h de 19 de fevereiro de 2020. Este concurso será realizado em uma única etapa de prova objetiva, que ocorrerá dia 22 de março de 2020 e terá início às 13h.

 

Os valores das taxas de inscrição são: R$50,00 (fundamental), R$ 70,00 (médio e técnico) e R$100,00 (superior). A taxa de inscrição deverá ser será paga em qualquer agência bancária ou correspondentes. Poderá ser concedida isenção do pagamento ao candidato que estiver inscrito no cadastro único para Programas Sociais do Governo Federal ¿ CadÚnico, e que seja membro de família de baixa renda. O pedido deverá ser feito das 12h do dia 29 de janeiro de 2020 até as 12h do dia 31 de janeiro de 2020 e o resultado preliminar dos candidatos contemplados será divulgado no dia 5 de fevereiro de 2020, a partir das 14h, no endereço eletrônico do concurso.

 

As provas serão de Língua Portuguesa, Sistema Único de Saúde ¿ SUS e Conhecimentos Específicos, sendo que esses variam de acordo com o nível e o cargo do candidato, conforme disposto no edital. Não será permitido, em qualquer hipótese, o ingresso no local de prova após o horário fixado. No dia da prova, o candidato deverá estar munido apenas de caneta esferográfica de corpo transparente, com tinta na cor azul ou preta, documento oficial de identidade informado na inscrição e, preferencialmente, e cartão de confirmação de inscrição. Não serão aceitos documentos digitais apresentados eletronicamente.

 

A classificação dentro do número de vagas ofertadas não assegura ao candidato o direito de ingresso automático no cargo, mas a expectativa de ser nomeado segundo a ordem classificatória, ficando a concretização desse ato condicionada à oportunidade e à conveniência da Administração. A FMSN se reserva o direito de nomear os classificados por etapas que atendam às necessidades do Órgão, observada a classificação final e a validade do concurso. Os candidatos não eliminados e classificados fora do número de vagas formarão um cadastro de reserva durante a validade do concurso e no caso de surgimento de novas vagas, poderão ser convocados pela FMSM.

 

O gabarito preliminar das provas será divulgado no dia 22 de março de 2020, após a realização das provas, na página oficial do concurso. Qualquer pessoa poderá solicitar revisão do gabarito ou da formulação das questões até as 18h do dia 23 de março de 2020, por meio de formulário próprio, disponibilizado pela COSEAC. Não será aceita solicitação de revisão fora da data, do horário e dos procedimentos estabelecidos pelo edital. No dia 2 de abril de 2020 será divulgado o resultado preliminar da prova, o gabarito final, a imagem dos cartões-resposta e o resultado dos recursos impetrados. O candidato poderá solicitar a revisão da pontuação da sua prova no dia 3 de abril de 2020, das 10 até 16h. O resultado final será divulgado para todos os cargos no dia 7 de abril de 2020, no endereço eletrônico do concurso.

 

 

Aulas que ensinam a operar smartphones e tablets estão entre as mais buscadas

Os idosos da região de São Carlos, no interior de São Paulo, têm à disposição uma série de atividades oferecidas pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP: podem aprender a utilizar smartphones ou tablets, adquirir informações básicas de informática e, ainda, aprofundar os conhecimentos em computação, matemática e estatística.

Há opções que são especialmente voltadas a esse público ¿ como o curso Práticas com Tablets e Celulares e o curso Informática Básica para a Terceira Idade. Os dois cursos são gratuitos e os únicos pré-requisitos são: saber ler e ter 60 anos ou mais. Solicita-se também que os participantes tragam, na primeira aula, doações de kits de higiene para os asilos da cidade, que podem ser compostos por pelo menos dois dos seguintes itens: aparelho de barbear descartável, desodorante (aerosol ou spray), shampoo, condicionador e hidratante corporal.

Além disso, há 16 disciplinas em que os idosos podem se matricular e participar das aulas junto com os estudantes de graduação do Instituto. A seguir, confira como se inscrever em cada uma dessas oportunidades.

Práticas com tablets e celulares ¿ Um dos cursos mais procurados pelos idosos é o de Práticas com Tablets e Celulares, em que os participantes têm a oportunidade de aprender a utilizar as redes sociais, tirar fotos e gravar vídeos, além de usar aplicativos que podem facilitar o dia a dia. São oferecidas duas turmas com 20 vagas cada uma: uma para iniciantes, com conceitos básicos, e um segundo módulo mais avançado.

As aulas acontecem uma vez por semana, sempre às quartas-feiras à tarde, com início dia 26 de fevereiro e término em 24 de junho. Para participar, é necessário trazer seu próprio smartphone ou tablet, habilitado para navegar na internet e com sistema operacional Android 4.4 ou superior.

As inscrições devem ser realizadas presencialmente na quarta-feira, 12 de fevereiro, e as vagas são limitadas. As senhas serão distribuídas a partir das 8 horas na área de comunicação e eventos do ICMC, na sala 4-000, no bloco 4. Caso existam vagas remanescentes, mais senhas serão entregues a partir das 14 horas na mesma sala.

Para fazer a inscrição, os interessados devem trazer RG, CPF e o celular ou tablet que utilizarão no curso já que, nesse momento, os idosos farão uma avaliação para saber qual módulo (básico ou avançado) é mais apropriado para cada indivíduo. Essa avaliação levará cerca de 30 minutos ou mais. Por isso, não é possível fazer a inscrição em nome de outra pessoa.

Informática Básica para a Terceira Idade ¿ Já o curso Informática Básica para a Terceira Idade começará no dia 15 de abril e acontecerá até 3 de junho. Nas aulas, que também serão às quartas-feiras, das 14 às 16 horas, os alunos aprendem, entre outras coisas, a navegar na internet com segurança, podendo até mesmo utilizar serviços bancários online, enviar e receber e-mails.

Há 20 vagas disponíveis e as inscrições devem ser realizadas pessoalmente, entre o dia 30 de março e o dia 3 de abril, das 9 às 12 horas e das 14 às 16 horas, também na área de comunicação e eventos do ICMC, na sala 4-000.

Aulas com os jovens ¿ Já os idosos que desejam aprofundar os conhecimentos nas áreas de computação, matemática e estatística, além de trocar informações e experiências com os jovens, podem se inscrever em uma das disciplinas que são oferecidas nos cursos de graduação do ICMC. O único pré-requisito para participar é ter, pelo menos, ensino médio completo.

No total, há vagas em 16 disciplinas, que abordam diferentes conteúdos, como o funcionamento de computadores, cálculo, programação, psicologia da educação, entre outros (clique aqui e confira a lista completa das disciplinas e os horários em que cada uma é oferecida). As inscrições também devem ser realizadas pessoalmente, entre os dias 10 e 14 de fevereiro, das 9 às 11 horas e das 14 às 17 horas, na área de comunicação e eventos do ICMC, na sala 4-000.

Programa ¿ Essas atividades oferecidas aos idosos fazem parte do programa USP Aberta à Terceira Idade, promovido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP. Criado pela professora Ecléa Bosi, o programa completou 25 anos de atividades ininterruptas e proporciona um intercâmbio geracional com os alunos da Universidade, criando um polo de discussão sobre o tema do envelhecimento, com atividades e parcerias que vão além das disciplinas abertas especificamente a esse público. 

 

Texto: Assessoria de Comunicação do ICMC/USP 

Saiba mais
Veja todas as oportunidades oferecidas aos idosos no campus da USP, em São Carlos: http://prceu.usp.br/3idade/sao-carlos/
Mais informações: ccex@icmc.usp.br ou (16) 3373-9146


Estão abertas as inscrições para a segunda edição do Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia. O objetivo do prêmio é reconhecer profissionais que, com o seu legado, engrandecem a produção científica e tecnológica brasileira. As inscrições vão até o dia 28 de fevereiro de 2020.

Podem concorrer profissionais que tenham desenvolvido produtos, processos, metodologias e/ou serviços inovadores nas áreas de Ciência da Computação, Ciências da Terra, Ciências da Vida, Engenharias, Física, Matemática e Química.Os candidatos podem se inscrever voluntariamente ou ser indicados por instituições. 

A premiação é dividida em duas categorias: Ciência, para pesquisadores que colocaram o Brasil em destaque no cenário cientifico mundial; e Tecnologia, para profissionais que tenham gerado impactos ao país no desenvolvimento de aplicações práticas. Cada instituição poderá indicar até 5 profissionais por categoria.

O vencedor de cada categoria receberá o prêmio de R$ 500 mil. 

Para mais informações, acesse o site do Prêmio.


A Fundação Nagib Nassar para Desenvolvimento Científico e Sustentável (Funagib) lançou o edital da 5ª edição do prêmio de incentivo a pesquisadores da mandioca. Este ano, o prêmio total será de R$ 40 mil, sendo R$ 30 mil para a melhor produção científica sobre mandioca e R$ 10 mil para a melhor tese de doutorado sobre mandioca. As inscrições poderão ser feitas até o dia 30 de abril de 2020.

A Funagib foi estabelecida por iniciativa de seu fundador, o professor Nagib Nassar por meio do premio Kuwait da KFAS (Kuwait Foundation for the Advancement of Science), recebido por ele em reconhecimento ao seu trabalho de melhoramento da mandioca. Tem como objetivo incentivar pesquisas que de forma inovadora melhoram a cultura alimentar da mandioca, por meio de bolsas e prêmios anuais.

Condições gerais:

1. O (A) candidato (a) pesquisador (a) sênior será avaliado pela sua produção científica sobre mandioca em geral dos últimos 5 (cinco) anos, particularmente, incluindo artigos publicados em periódicos de bom impacto + orientação de alunos de mestrado e doutorado sobre a mandioca em toda sua vida acadêmica. Os trabalhos apresentados devem contribuir ou podem contribuir futuramente no melhoramento da mandioca quantitativamente e qualitativamente.

2. O (A) candidato (a) deverá apresentar um plano de seu trabalho no futuro (3 anos), mostrando como a execução deste plano poderá contribuir no melhoramento da mandioca.

3. Serão considerados na avaliação somente artigos publicados em periódicos de bom impacto.

4. Para o premiado na categoria tese de doutorado, seu trabalho deve ter sido feito nos últimos 5 (cinco) anos e deverá mostrar a continuidade da pesquisa sobre mandioca. A qualidade da tese dele (a) será avaliada através do (s) artigo (s) publicado em periódicos de bom impacto. Deverá ser comprovada a continuidade da pesquisa da mandioca desde a defesa de sua tese.

5. O valor do prêmio para o (a) pesquisador (a) sênior será de R$30.000,00 e, para tese de doutorado, será de R$10.000,00

6. Os documentos comprovatórios e artigos publicados deverão ser enviados por via eletrônica aos seguintes endereços de email: michele.funagib@gmail.com e copiado para nagibnassar@geneconserve.pro.br

7. A data final para envio será no dia 30 (trinta) de Abril de 2020. O resultado será anunciado no dia 1º de Setembro de 2020 e a entrega dos prêmios será no dia 6 (seis) de Outubro de 2020.

8. O (a) premiado (a) sênior e o (a) premiado (a) júnior apresentarão em uma reunião pública, organizada pela Fundação, um resumo dos seus trabalhos com enfoque em como melhorar a cultura da mandioca, além de referências de seus planos para os próximos 3 anos.

Para mais informações, acesse o site da Funagib.  

 


 
A ESCOLA CIMPA DE PESQUISA em SINGULARIDADES e APLICAÇÕES acontecerá em 2 (duas) semanas no período de 13/07--24/07/2020 nas instalações do ICMC-USP/São Carlos. Essa é uma escola científica internacional organizada pelo grupo de Singularidades da USP/São Carlos, e será aberta a toda comunidade de pós-graduandos, récem doutores e pós-docs do Brasil e exterior, que tenham interesse no tema.
 
Durante a escola serão apresentados os fundamentos de tópicos de pesquisas atuais em geometria e topologia de espaços e aplicações singulares, teoria geométrica de bifurcação, e suas ferramentas analíticas e algébricas necessárias ao entendimento. Alguns temas centrais que serão abordados são: variedades determinantais, bifurcação em famílias de aplicações, estruturas fibradas em espaços singulares, geometria Lipschitz da singularidade, computação e aplicações em "vision", etc.
 
Para a realização da escola contamos com o apoio de diversos organismos científicos internacionais como: CIMPA-UNESCO, CNPq, CAPES, FAPESP, SBM, Foundation Compositio Mathematica, International Mathematical Union (CDC), e com o apoio e participação de pesquisadores renomados com destacada liderança científica nas respectivas áreas, de vários países como: França, Alemanhã, Australia, Estados Unidos, Japão e Brasil.
 
Mais detalhes sobre inscrições, minicursos, e ajuda financeira para a participação de estudantes, pós-docs e jovens pesquisadores, favor consultar o link: https://cimpa.icmc.usp.br/

 

Termina no dia 13 de janeiro de 2020 o prazo para submeter trabalhos à segunda edição do International Workshop on Software Engineering for Healthcare (SEH), que acontece de 16 a 20 de março, em Salvador, na Bahia. A iniciativa é parte da programação de uma das maiores conferências internacionais da área: IEEE International Conference on Software Engineering (ICSE).
 
A ideia do Workshop é exatamente estimular a interação entre estudantes, pesquisadores e profissionais de engenharia de software, informática em saúde e domínios médicos. Entre os tópicos que serão discutidos no evento estão padrões, métodos, modelos e técnicas que moldarão a próxima geração dos sistemas de software na área da saúde, especialmente em relação à qualidade, segurança, proteção, governança de dados e sustentabilidade.
 
O workshop também pretende abordar o papel que a engenharia e a arquitetura de software desempenham na criação de novas soluções de assistência médica e tendências emergentes na prática atual, inclusive nos países em desenvolvimento. Por meio da troca de experiências bem-sucedidas, os participantes poderão analisar o impacto de soluções alternativas, incentivando a inovação.
 
¿O principal objetivo do Workshop é estabelecer uma agenda de pesquisa no campo da engenharia de software para dar suporte ao projeto e desenvolvimento de sistemas para a área de saúde¿, explica a professora Elisa Yumi Nakagawa, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) USP, em São Carlos, que é uma das coordenadoras do evento.
 
 A comissão organizadora do Workshop conta ainda com a participação de Lina Garcés e Milena Guessi, pós-doutorandas que fazem parte do Laboratório de Engenharia de Software (LabES) do ICMC. Para se inscrever e submeter trabalhos no evento, basta acessar o site do Workshop. 
 
Texto: Assessoria de Comunicação do ICMC/USP 
  
International Workshop on Software Engineering for Healthcare 
 

No dia 26 de novembro, das 9h às 20h, Brasília será palco de um evento transformador: um dia inteiro voltado para construção de conhecimento e conteúdo abordando as tecnologias que representam o presente e o futuro da educação e cultura de análise de dados no país e no mundo. O evento, inédito no Brasil, a ser realizado no Royal Tulip, contará com os mais renomados players e estudiosos do setor, numa proposta especialmente elaborada para gerar transformação e inspiração e será uma oportunidade para descobrir tendências, vivenciar experiências, aprender com quem está mudando a sociedade e entender como a inovação tecnológica se comportará nos próximos anos.

Na ocasião, serão discutidos temas como: Data Science, Analytics, LGPD, Governança de Dados, Cyber Security, AI e Machine Learning, Design de Analytics, Blockchain. Contaremos com  Startups de Data Science e enriquecimento de dados, feira de negócios e inovação, startup corner, coffee station, happy hour, lounge de descompressão, loja oficial do evento e mais: atrações inéditas, debates enriquecedores, tecnologia à serviço da sociedade.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.datameetingbrazil.com.br.
Ou link
https://www.eventbrite.com.br/e/data-meeting-brazil-tickets-79588321813?aff=GLORIA


 
As inscrições estão abertas até o dia 23 para o curso de difusão que apresentará tecnologias modernas utilizadas por profissionais de desenvolvimento de software

O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, recebe inscrições até o dia 23 de outubro para o curso de difusão Desenvolvimento de Aplicações WebA atividade, que é gratuita, oferece 35 vagas e busca proporcionar aos alunos o aprimoramento no uso de novas tecnologias, trazendo a complementaridade e modernização dos conhecimentos acadêmicos.

O encontro ocorrerá no dia 26 de outubro, das 8 às 18 horas, e será ministrado por Carlos Gonçalves, Lucas Souza e Fernando Silva. Eles são especialistas em arquitetura de aplicações web com React e Redux, criação de APIs REST e GraphQL, desenvolvimento de base web com Webpack, de testes unitários e automação de testes com Gherkin e no desenvolvimento de microsserviços web.

O curso pretende apresentar tecnologias modernas, utilizadas por profissionais atuantes em empresas de desenvolvimento de software. Saiba mais sobre o programa e suas referências teóricas acessando icmc.usp.br/e/950a9. O encontro será presencial e ocorrerá no laboratório 6-305, no bloco 6 do ICMC.

O público-alvo do evento são alunos de graduação e pós-graduação em Ciências de Computação e demais interessados, sendo dispensados quaisquer pré-requisitos para participar. As inscrições podem ser feitas pelo formulário online, disponível em icmc.usp.br/e/a2800, e estarão abertas até o prazo limite ou enquanto houver vagas. 

Texto: Gabriela Bidin ¿ Assessoria de Comunicação do ICMC/USP 

 

 
Curso de difusão gratuito Desenvolvimento de Aplicações Web
Data: dia 26, das 8 às 18 horas
Formulário de inscrição: icmc.usp.br/e/a2800
Comissão de Cultura e Extensão: (16) 3373.9146
E-mail: ccex@icmc.usp.br

 

--


estão abertas as inscrições para o CURSO GERAL DE PROPRIEDADE INTELECTUAL À DISTÂNCIA - DL 101P BR -, oferecido pelo INPI em parceria com a OMPI (Organização Mundial de Propriedade Intelectual), conforme imagem abaixo. Esclarecemos que o curso é GRATUITO, possui carga horária de 75 h/a, tutoria de especialistas nacionais e apresenta uma visão geral sobre diversos temas relativos à propriedade intelectual (com enfoque na legislação brasileira). 

 

Link para inscrições:  https://bit.ly/2pdo7Aq

Mais informações:   https://bit.ly/2JoWrS9


 

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) está com inscrições abertas para o processo seletivo de aluno regular dos cursos de mestrado e doutorado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola (PPGEA), com ingresso no primeiro semestre acadêmico de 2020. São ofertadas 10 vagas para o curso de mestrado e 10 vagas para o curso de doutorado. As inscrições seguem até o dia 18 de novembro, exclusivamente via internet, na Plataforma SIGAA/UFRB.

Podem ser admitidos candidatos que possuam o curso de graduação de nível superior em Engenharia Agrícola, Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Engenharia Civil, Engenharia Sanitária ou em áreas correlatas. Também podem ser admitidos candidatos portadores de diplomas de tecnólogo na área de agricultura irrigada, irrigação e recursos hídricos e bacharelados, desde que seus currículos contenham, predominantemente, disciplinas pertinentes à área de concentração do PPGEA.

O programa tem área de concentração em Agricultura Irrigada e Recursos Hídricos, contemplando três linhas de pesquisa: Engenharia de Irrigação e Drenagem; Manejo de Culturas Irrigadas e Fertirrigação; Recursos Hídricos: Uso, Gestão e Qualidade.

Dentre as vagas ofertadas, duas podem ser ocupadas por servidores técnico-administrativos do quadro efetivo da UFRB e, atendendo à política de cotas, são destinadas duas vagas a candidatos autodeclarados negros, duas a candidatos indígenas, quilombolas e pessoas trans e uma para pessoas com deficiência.

A primeira etapa da seleção consistirá na análise do currículo e do histórico escolar, com caráter eliminatório e classificatório. A segunda etapa, também com caráter eliminatório e classificatório, consiste na realização de prova escrita, sendo exigida a nota mínima igual a 6,0. A prova será realizada na UFRB e em outras instituições de pesquisa e/ou ensino definidas pela comissão de seleção, no dia 28 de novembro.

No caso de candidatos ao doutorado, há ainda uma terceira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, que consiste na avaliação do Projeto de Pesquisa, sendo exigida a nota mínima igual a 7,0. A data limite para a divulgação do resultado final no site do programa é 20 de dezembro, após o processo de heteroidentificação dos candidatos à reserva de vagas.

Sobre o PPGEA ¿ O programa visa promover o desenvolvimento da capacidade crítica, ética e de metodologia científica para a geração e difusão do conhecimento científico e da capacidade de buscar soluções para problemas relacionados à área de formação, atendendo à demanda por profissionais qualificados, frente aos novos desafios do agronegócio.

Confira o Edital de Seleção Nº 02/2019 ¿ PPGEA.

Mais informações: www.ufrb.edu.br/pgea.

 

 
Iniciativa ocorrerá de 6 de janeiro a 14 de fevereiro, e as inscrições estão abertas até 15 de novembro
 
O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, promoverá de 6 de janeiro a 14 de fevereiro de 2020 o Programa de Verão em Matemática. As atividades são gratuitas, destinadas a todos os interessados, e as inscrições estão abertas até o dia 15 de novembro.

Realizado anualmente desde 1983, o Programa é um catalisador de interações entre os pesquisadores de diversos grupos do Brasil e do exterior. Também oferece atualização e formação por meio de reuniões científicas e cursos de nivelamento e avançados.

Além disso, o desempenho dos participantes nas disciplinas do Programa pode contar significativos pontos no processo seletivo para ingresso no Mestrado em Matemática do ICMC, que está com inscrições abertas até 30 de outubro (saiba mais).

As atividades são promovidas pelo Programa de Pós-Graduação em Matemática do ICMC, contando com a participação de pesquisadores visitantes, alunos de graduação e de pós-graduação.

Equações Diferenciais ¿ Integrando a agenda do Programa de Verão ocorre, de 3 a 5 de fevereiro, o ICMC Summer Meeting on Differential Equations que visa debater as novas pesquisas que estão sendo desenvolvidas nessa área.

O encontro faz parte do calendário científico nacional e internacional e é promovido anualmente pelo Instituto desde 1996. A programação contará com palestras, seções especiais temáticas e seções de pôsteres, em que pesquisadores já experientes e estudantes de pós-graduação de diversas partes do mundo apresentarão seus trabalhos.

Quem deseja submeter trabalhos para ICMC Summer Meeting pode enviar os resumos até 16 de dezembro por meio do site do evento. Já as inscrições para ouvintes podem ser realizadas até dia 10 de janeiro no mesmo site.
 
Texto: Gabriela Bidin ¿ Assessoria de Comunicação do ICMC/USP
 
Programa de Verão em Matemática 2020
Data máxima para inscrições: 15 de novembro
Data do evento: 6 de janeiro a 14 de fevereiro de 2020
Site: http://verao.icmc.usp.br/verao2020/
Inscrições: icmc.usp.br/e/f6e36
E-mail: verao@icmc.usp.br

ICMC Summer Meeting on Differential Equations
Data máxima para submissão de trabalhos: 16 de dezembro
Data do evento: 3 a 5 de fevereiro de 2020
Site: http://summer.icmc.usp.br/summers/summer20/
E-mail: summer@icmc.usp.br

Mais informações
Sobre a Pós-Graduação do ICMC: https://www.icmc.usp.br/pos-graduacao
Serviço de Pós-Graduação do ICMC: (16) 3373.9638
E-mail: posgrad@icmc.usp.br
 

 
 
Curso, que começa em janeiro do próximo ano, terá disciplinas como aprendizado de máquina, estatística, programação, redes neurais e processamento em paralelo

Preparar profissionais para enfrentarem o desafio de obter informações úteis a partir dos enormes bancos de dados que empresas e instituições têm hoje à disposição. Esse é o principal objetivo do primeiro curso de pós-graduação a distância em ciência de dados lançado pelo Instituto de Ciência Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos.
 
¿O curso vem para suprir uma demanda de vários segmentos do mercado perante a nova era da informação digital, com bancos de dados imensos e complexos¿, explica o coordenador do MBA em ciências de dados, Francisco Louzada, que é professor do ICMC e também diretor do Centro de Matemática e Estatística Aplicadas à Indústria (CeMEAI).
 
Planejado para atender às necessidades de quem atua em diferentes empresas e instituições, o curso de um ano é uma pós-graduação lato sensu. Pode se inscrever na especialização qualquer pessoa que queira obter mais conhecimentos em ciência de dados e tenha formação universitária em administração, economia, engenharia, estatística, ciências de computação, sistemas de informação e áreas correlatas.
 
¿Trata-se de um novo campo de atuação, que demanda profissionais com formação interdisciplinar, capazes de solucionar os diversos problemas com os quais precisarão lidar no universo da ciência de dados¿, acrescenta Louzada. Composto por módulos de disciplinas teóricas e práticas que se integram, o curso propicia aos alunos aprenderem os fundamentos da ciência de dados bem como ter contato com tópicos específicos referentes, por exemplo, à captura e tratamento de grandes bancos de dados, a metodologias estatísticas e matemáticas para análise de dados, a técnicas básicas e avançadas em aprendizados de máquina e deep learning.
 
¿Além disso, o MBA oferece a oportunidade para os alunos trazerem um problema real da empresa ou instituição em que atuam a fim de que possam solucioná-lo no decorrer do curso. Para isso, contarão, desde o início, com o apoio de tutores com experiência em projetos que aproximam a academia do mercado¿, revela o professor.
 
Invista em você ¿ Para se inscrever na especialização, basta preencher o formulário e pagar a taxa de inscrição, que é de R$ 501,20, a qual não será devolvida, exceto no caso de concessão de bolsas de estudo. As inscrições terminam em 31 de outubro ou podem ser encerradas antes, caso seja atingido o limite de 600 inscritos.
 
Serão selecionados, no máximo, 167 participantes. O processo seletivo consistirá na análise dos documentos enviados e o resultado final será informado via e-mail. Após a divulgação, o candidato aprovado deverá manifestar interesse na vaga, também via e-mail, e efetuar o pagamento da taxa de matrícula e das mensalidades, em até 12 vezes. Os valores variam dependendo se é individual a participação no curso ou em grupo (empresas) e, se o pagamento é à vista, há um desconto de 7,5%. A mensalidade, por exemplo, varia de R$ 1.307,59 a R$ 1.499,90. Para receber a tabela, basta preencher a ficha disponível em: http://cemeai.icmc.usp.br/MBA/#investimento.
 
Serão oferecidas, ainda, bolsas de estudos para alguns alunos matriculados, os quais terão isenção total no pagamento da matrícula e das mensalidades. Todas as informações referentes ao acesso ao ambiente online de aprendizagem serão enviadas aos alunos logo após a confirmação da matrícula. As aulas no ambiente online começarão em janeiro e terminarão em dezembro. Ao final do curso, acontecerão dois encontros presenciais para realização de provas e defesa de monografia.
 
Com informações da Assessoria de Comunicação do CeMEAI/USP
 


A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) divulga o processo seletivo para ingresso de alunos regulados no curso de Mestrado Profissional do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social (PPGGPPSS). São 20 vagas distribuídas nas três linhas de pesquisa do programa: Gestão em Segurança Social, Gestão de Políticas Ambientais e Gestão de Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação, e conforme a disponibilidade de cada orientador.

As inscrições seguem abertas até o dia 1º de novembro, somente via internet, no SIGAA ¿ Processos Seletivos/Stricto Sensu. O público-alvo são servidores, profissionais atuantes na gestão do serviço público, consultores credenciados, prestadores de serviços públicos, entre outros. Duas vagas poderão ser ocupadas por Servidores Técnico-Administrativos do quadro efetivo da UFRB, além das vagas destinadas a ampliar a inclusão e a permanência de Negros (quatro vagas), Pessoas com Deficiência (uma vaga) e Quilombolas, Indígenas, Pessoas Trans (três vagas).

O processo seletivo será composto de três etapas: Etapa 1 - Avaliação Escrita, Etapa 2 - Avaliação da Proposta de Projeto de Pesquisa ou Proposta de Produto de Gestão e Etapa 3 - Avaliação do Currículo Lattes. A avaliação escrita será realizada no dia 13 de novembro, das 14h às 18h, na sala 01 do Pavilhão de Aulas II, do campus de Cruz das Almas. O resultado parcial das três etapas será divulgado no dia 27 de janeiro, no site do programa, e o resultado final será conhecido até o dia 31 de janeiro, após o processo de heteroidentificação das autodeclarações.

Sobre o programa - O PPGGPPSS tem por objetivo qualificar, em nível de Mestrado Profissional, os quadros técnicos responsáveis pela gestão de políticas públicas em órgãos governamentais e não governamentais, visando a otimização das práticas administrativas para a melhoria da produtividade das diversas políticas públicas, face às especificidades dos ambientes político, econômico, social e institucional. O curso é ofertado pelo Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas (CCAAB), em Cruz das Almas.

Confira o Edital de Seleção Nº 02/2019 ¿ PPGPPSS.


 

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) está com inscrições abertas para o processo seletivo do curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Arqueologia e Patrimônio Cultural (PPGap), com ingresso no primeiro semestre acadêmico de 2020. São ofertadas 20 vagas, sendo 10 para a área de concentração Arqueologia e 10 para a área de concentração Patrimônio Cultural. As inscrições seguem até o dia 31 de outubro, somente via internet, no SIGAA ¿ Processos Seletivos/Stricto Sensu.

O processo seletivo será constituído pelas seguintes etapas de provas e seus respectivos pesos: Etapa 1 - Prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório, com peso 4; Etapa 2 - Anteprojeto de Pesquisa, de caráter eliminatório e classificatório, com peso 4; Etapa 3 - Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório, com peso 2; Etapa 4 - Prova de Língua Estrangeira de caráter classificatório que consistirá em tradução de texto acadêmico escrito em inglês. O resultado parcial será divulgado no dia 06 de dezembro, no site do programa.

Atendendo à política de cotas, dentre as vagas ofertadas, quatro poderão ser destinadas a candidatos auto declarados Negros, uma vaga para Pessoas Deficientes e três vagas para Indígenas, Quilombolas e Pessoas Trans. Duas vagas também poderão ser ocupadas por Servidores Técnico-Administrativos do quadro efetivo da UFRB. O resultado final será divulgado até o dia 13 de dezembro, após o processo de heteroidentificação das autodeclarações dos candidatos às vagas da reserva de cotas.

Sobre o programa ¿ O PPGap tem como objetivo desenvolver os campos da arqueologia e do patrimônio cultural de forma integrada, promovendo a formação de excelência e produção de conhecimento no nível da pós-graduação, capacitando profissionais para atuar autonomamente em diferentes ambientes da docência, da pesquisa e das atividades técnicas, sendo capazes de refletir, planejar e agir sobre o todo o processo de formação dos acervos arqueológicos e dos demais patrimônios culturas, da sua concepção aos processos de patrimonialização.

O curso é ofertado no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), em Cachoeira.

Confira o Edital da Seleção Nº 02/2019 ¿ PPGap.

Mais informações: www.ufrb.edu.br/ppgap.