Oportunidades externas

A Unesco está com processo de seleção aberto para o cargo de diretor do Instituto de Aprendizagem ao Longo da Vida (Unesco Institute for Lifelong Learning - UIL), sediado em Hamburgo, na Alemanha. Os interessados terão até o dia 30 de dezembro de 2016 para apresentar seus nomes.

Entre as exigências os candidatos devem ser, preferencialmente, doutor em educação, humanidades, ciências ou áreas afins; mínimo de 15 anos de experiência profissional na área de educação.  O salário anual do cargo é de US$ 132.419,00, com benefícios como subsídio para educação de crianças dependentes, plano de previdência e seguro médico.

O UIL faz parte do setor de educação da Unesco e goza de autonomia institucional para implementação de seu mandato, voltado à formação continuada, à alfabetização e à educação não-formal de adultos.

Coordenação de Comunicação do CNPq
Com Informações da UNESCO

Escrever reportagens para a Revista Minas Faz Ciência, produzir conteúdo sobre ciência e tecnologia para o canal do YouTube, editar podcasts acerca da produção científica em Minas Gerais e pensar conteúdos para as mídias sociais. Essas são algumas das atribuições dos bolsistas que farão parte do Programa de Comunicação Científica e Tecnológica (PCCT) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG).

Os interessados em participar da seleção podem se inscrever até o dia 15 de janeiro de 2017. Há vagas para candidatos graduados em Comunicação Social com habilitação em jornalismo, publicidade e design gráfico ou áreas afins. Todos passarão por três etapas de seleção: análise do Curriculum Vitae e portfólio, dinâmica de grupo e entrevista.

Para se candidatar, os profissionais precisam ter currículo atualizado na Plataforma LATTES do CNPq, estar cadastrados no sistema EVEREST da FAPEMIG e dedicar 20 horas semanais às atividades do Programa. O profissional não pode ter outra bolsa de estudos.

Acesse a chamada completa.

Conheça o Programa

MINAS FAZ CIÊNCIA é o projeto de divulgação científica mantido pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). Criado em 1998, começou com uma série de vídeos produzidos em parceria com a Rede Minas. Os próximos passos foram a criação da revista Minas Faz Ciência, de periodicidade trimestral e distribuição gratuita, de um ciclo de palestras mensal e de uma página na internet.

O projeto se ampliou em 2011, com os podcasts da série Ondas da Ciência, os programas de televisão do Ciência no Ar, o blog Minas Faz Ciência e as redes sociais Twitter e Facebook.

Em 2016, adicionamos nosso perfil ao Instagram e o blog foi atualizado, passando a integrar o Portal Uai.

O projeto cresceu nestes 18 anos e se consolidou como uma importante iniciativa de divulgação da ciência no país. Tendo como alvo o público leigo, o projeto utiliza a linguagem acessível e o visual atraente para discutir os avanços, descobertas, implicações e controvérsias da área da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I). Ao disponibilizar informações, esperamos estimular o envolvimento das pessoas nas decisões sobre as políticas e os rumos da produção de CT&I, além de contribuir para o fortalecimento de uma cultura científica no país.

O projeto Minas Faz Ciência é realizado pela Assessoria de Comunicação Social (ACS) da Fapemig e pela equipe de jornalistas bolsistas do Programa de Comunicação Científica e Tecnológica (PCCT).

Além de produzir material para diferentes plataformas e com engajamento da público, em perspectiva transmídias, a grupo propõe-se a refletir sobre o jornalismo científico e o modo de produção vigente. Também somos, assim, um grupo de estudos interessado em contribuir para o desenvolvimento e o aprimoramento da área.

Fonte: FAPEMIG


A Sociedade em Ciência - Branco Weiss Fellowship é um programa único de pós-doutorado. Ele concede a jovens pesquisadores de todo o mundo uma generosa bolsa de pesquisa pessoal, dando-lhes a liberdade de trabalhar em qualquer tópico que escolherem em qualquer lugar do mundo, por até cinco anos, preferencialmente os bolsistas que perseguem projetos não convencionais em novas áreas da ciência, engenharia e ciências sociais.

O programa Sociedade em Ciência foi iniciado e financiado pelo empresário suíço Dr. Branco Weiss, falecido em outubro de 2010. O programa pertence ao Instituto Federal Suíço de Tecnologia de Zurique (ETH) e as submissões vão até 15 de janeiro de 2017. Mais informações acesse http://www.society-in-science.org/