Oportunidades externas

Serão premiados os melhores artigos acadêmicos de economia aplicada sobre a indústria brasileira.

 

Já estão abertas as inscrições para o Prêmio CNI de Economia 2016. A nona edição vai premiar os melhores artigos acadêmicos de economia aplicada sobre a indústria brasileira. Os artigos podem ser escritos em português ou inglês, individual ou em grupo, mas devem ser inéditos. Podem concorrer candidatos de qualquer nacionalidade ou formação acadêmica.

Serão aceitos artigos sobre, por exemplo, política industrial, estrutura de mercado, estratégia da firma, produtividade, crescimento, transformações da indústria, comércio exterior, inovação, regulação e emprego; na forma de estudos de caso, setoriais e comparações regionais ou internacionais, análise de impacto de políticas públicas ou de mudanças no ambiente econômico, desde que aplicados à indústria brasileira. Veja o regulamento completo.

Os três melhores artigos receberão 35 mil reais em dinheiro, sendo R$ 20 mil para o primeiro lugar, R$ 10 mil para o segundo e R$ 5 mil para o terceiro lugar. O Prêmio é organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com apoio da Associação Nacional dos Centros de Pós-Graduação em Economia (Anpec). A inscrição é gratuita e deve se feita apenas pela internet. Acesse a página do Prêmio CNI de Economia e faça sua inscrição.

EDIÇÕES ANTERIORES - Até a oitava edição, realizada em 2015, foram inscritos 288 artigos de 548 autores. Os trabalhos são avaliados por uma banca composta por especialistas da ciência econômica, como, professores e pesquisadores de universidades e instituições de pesquisa. Veja quem são os vencedores das últimas edições.

Fonte: Agência CNI de Notícias

A causalidade é um conceito crucial para a nossa compreensão da natureza. Na relatividade as propriedades objetivas de um sistema são ditadas pelas relações causais entre eventos no espaço-tempo. Enquanto as previsões da mecânica quântica cumprem com a relatividade, as propriedades objetivas não satisfazem as mesmas relações não-causais de fenômeno, conhecidas como não-localidade.

A fim de discutir e compartilhar informações sobre as últimas descobertas relacionadas a este assunto o Instituto Internacional de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (IIF-UFRN) realizará o workshop Quantum Networks, evento que acontecerá em Natal-RN, entre os dias 21 e 25 novembro de 2016, reunindo os principais pesquisadores nesta área.

A programação será a segunda de uma série de três workshops, tendo a primeira sido realizada no início deste ano em Barcelona (http://qbnetworks.icfo.eu/), com o intuito de desenvolver a compreensão da causalidade dentro da física quântica.

 

Teoria Quântica e Relatividade

A mecânica quântica é consistente com a relatividade especial a nível operacional, mas parece violá-la em um nível ontológico. Isso revela uma sutileza profunda na maneira que a teoria quântica e relatividade coexistem. Compreender essa sutileza é crucial para o estudo sobre como as teorias físicas levarão a uma noção sobre a natureza se comporta, através da linguagem da causalidade. O workshop irá explorar todos esses conceitos diferentes, reunindo pesquisadores interessados em causalidade dentro da física quântica.

As inscrições ainda estão abertas através do www.iip.ufrn.br/events até 02 de setembro, para palestrantes, e até 30 de Setembro para os participantes. Mais informações sobre o programa estão disponíveis no site do IIF-UFRN.

A equipe de eventos do Instituto poderá tirar dúvidas dos interessados através do telefone (84) 3342-2249 r. 214 ou pelo e-mail events@iip.ufrn.br.

 

 


Cerca de 1 milhão de pessoas morrem todos os anos vítimas de doenças transmitidas por vetores. Malária, dengue, doença de Chagas, febre amarela são algumas destas enfermidades que afetam, principalmente, países de clima tropical ¿ como, por exemplo, o Brasil. Para falar sobre as realizações científicas direcionadas à questão e discutir os desafios que ainda permeiam as ações de controle dos vetores, o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) realizará, no período de 05 a 23 de setembro de 2016, o Curso Internacional ¿Achievements and challenges for controlling vector-borne diseases in a changing world¿. As aulas acontecerão no auditório do Pavilhão Leônidas Deane, localizado no campus da Fiocruz, em Manguinhos (Av. Brasil, 4365 ¿ Manguinhos, Rio de Janeiro/RJ). O curso conta com o financiamento do programa 'Escola de Altos Estudos' da Capes.

 Para o coordenador da Pós-graduação em Biologia Parasitária e pesquisador do Laboratório de Mosquitos Transmissores de Hematozoários do Instituto, Rafael Freitas, organizar uma atividade desta envergadura é, ao mesmo tempo, empolgante e complexo. ¿Para termos êxito é preciso levar em consideração abordagens multidisciplinares no estudo de vários agravos, para que no final tenhamos um curso inovador e que possa impactar na formação qualificada de nossos alunos de pós-graduação¿, comentou. A inciativa representa o esforço conjunto dos seis Programas Stricto sensu do Instituto.

 O pesquisador destaca, ainda, que os coordenadores das Pós-graduações do IOC acreditam na capacidade do curso de gerar formação discente qualificada. ¿A maneira como a atividade foi estruturada permite aos nossos estudantes a possibilidade de estabelecer eventuais colaborações com os participantes¿, disse.

 Dividida entre os módulos de ¿Ecologia e evolução de doenças infecciosas¿; ¿Transgênese e paratransgeneses¿; e ¿Wolbachia e microbioma como ferramentas de controle inovadoras¿, a iniciativa conta com a participação de especialistas de renomadas instituições, como Instituto Pasteur (França), Universidade de Melbourne (Austrália), Universidade do Texas Medical Branch ¿ UTMB (EUA), Universidade de Edimburgo (Escócia), entre outras.

 Estudantes de pós-graduação do todo o País podem se inscrever até o dia 25 de agosto, por meio do formulário eletrônico.

Programação e formulário de inscrição disponíveis em: http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=2599&sid=32