Relatório de pesquisa

Com o objetivo de atender ao princípio da transparência do uso dos recursos públicos pelo Governo Federal, o CNPq disponibiliza os relatórios de pesquisa apoiados com recursos financeiros por meio de suas chamadas públicas.

Trata-se, por um lado, de uma prestação de contas à sociedade dos recursos envolvidos no desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação e, por outro, da divulgação dos resultados das pesquisas desenvolvidas pelos cientistas apoiados pelo CNPq.

Os resumos disponibilizados neste espaço foram redigidos pelos pesquisadores, por solicitação do CNPq, em uma linguagem cidadã, ou seja, em linguagem que possa ser entendida por aqueles que não são cientistas.

O texto contido nos resumos dos projetos é de inteira responsabilidade do pesquisador e envolve um esforço de popularizar a ciência para o público leigo.

A busca poderá ser realizada de várias formas e fica a critério do interessado utilizar palavra-chave, área do conhecimento, por título da pesquisa, por área do conhecimento, Unidade da Federação, nome do pesquisador, entre outras.

  • Vi Mostra Competitiva de Modelismo

    Coordenador: Cíntia Ourique Monticelli
    Currículo
    Área:Mecânica dos Fluídos

    Período de 14/11/2012 a 11/02/2014

    O projeto: VI Mostra Competitiva de Modelismo, foi uma competição ocorrida em novembro de 2013, dividida em duas modalidades: equipes de ensino médio (1os e 2os anos) e equipes de graduação (alunos dos cursos de engenharia da Universidade Feevale. Uma vez inscritas no evento, as equipes recebiam um kit básico, composto de: 1 hélice, uma placa fotovoltaica de 5W, um motor de 12V e um servo-motor. A partir deste kit, deveriam projetar e construir um nautimodelo, conforme as regras da competição. As equipes também deveriam enviar um video de até 10 minutos, onde demonstrariam e justificariam seus projetos. Tivemos 23 equipes inscritas no evento, portanto 23 videos. Abaixo segue uma edição de dois dos videos recebidos - da equipe: 25 de Julho (escola Pública de Ensino Médio de Novo Hamburgo) e da equipe: MINION´s BOAT (formada por acadêmicos dos cursos de engenharia da universidade Feevale).

  • Programação Dinâmica em Tempo Real Fatorada

    Coordenador: Karina Valdivia Delgado
    Currículo
    Área:Computabilidade e Modelos de Computação

    Período de 04/01/2012 a 03/01/2014

    Planejamento é o raciocínio necessário para a tomada de decisão. É com essa tarefa que nos deparamos no dia a dia para alcançar determinadas metas. Sendo que a sua automatização tem sido um dos principais tópicos de pesquisa da área de Inteligência Artificial. A linha de planejamento que lida com a tomada de decisão sob incerteza é chamada de planejamento probabilístico e o modelo adotado nesta área é o Processo de Decisão Markovianos (MDP). Um MDP modela a interação entre um agente e seu ambiente. A cada instante o agente robótico ou de software faz uma escolha de ações que tem efeitos probabilísticos e decide executar uma ação que produzirá um estado futuro e uma recompensa. O objetivo do agente é maximizar a recompensa ganha ao longo de uma sequência de escolhas de ações. Soluções para esse tipo de problema, em que o estado inicial é conhecido, trabalham com uma representação enumerativa de todos os estados. Uma outra abordagem para lidar com MDPs com espaço de estados grandes é utilizar uma representação simbólica do estado. Neste projeto foram propostos novos algoritmos eficientes nesta última abordagem. Assim, será possível resolver problemas reais, como por exemplo, o planejamento de tráfego urbano e automação de linhas de montagem industrial.

    Planejamento Probabilístico Processos de Decisão Markovianos Tomada de Decisão Sequêncial
  • SISTEMAS POLIMÉRICOS MULTIFÁSICOS NANOESTRUTURADOS FUNCIONAIS OBTIDOS POR FIAÇÃO

    Coordenador: Marcos Lopes Dias
    Currículo
    Área:Polímeros, Aplicações

    Período de 21/12/2011 a 20/12/2013

    A eletrofiação é um processo de preparação de fibras e tubos poliméricos com dimensões muito pequenas, alcançando a ordem de nanômetros, podendo ser utilizada na produção de nanoestruturas poliméricas para diversas aplicações. O objetivo geral deste trabalho foi o desenvolvimento de nanofibras e nanotubos poliméricos pelo método de eletrofiação, principalmente envolvendo sistemas rotacionais, para aplicações específicas em medicina e produção de energia. Atendendo aos objetivos específicos do projeto foram montados no IMA-UFRJ sistemas de fiação rotacional visando a preparação de estruturas poliméricas nanofibrilares 3D. Foram sintetizados diversos polímeros à base de ácido lático, que foram conformados em arcabouços feitos com nanofibras poliméricas, preparadas pelo método de eletrofiação. Algumas dessas estruturas são tubos poliméricos biodegradáveis, porosos, de dimensões milimétricas, formados pelas nanofibras oriundas do processo de eletrofiação rotacional. Esses tubos podem ter aplicação na regeneração guiada de nervos e produção de veias e artérias artificiais. Foram também desenvolvidos nanocompósitos de PLA e grafenos e misturas de polímeros contendo grupos condutores de prótons, assim como nanofibras utilizando esses materiais. Esses últimos tinham como principal aplicação a preparação de membranas nanofibrilares tipo compósito para aplicação como membranas para células a combustível. O trabalho foi finalizado e um artigo foi submetido, tendo retornado para correções pelo Editor. Com os resultados do projeto foi ainda possível apresentar várias contribuições em encontros científicos nacionais e internacionais (vide relatório) e concluir dois trabalhos de mestrado. Duas Teses de Doutorado estão em andamento, com perspectivas de publicação ainda no ano de 2014 em periódicos com corpo editorial, de bom impacto.

    grafenos poli(ácido lático) scaffolds eletrofiaçao membranas
  • SUMO DE ROBÔS: TECNOLOGIA, ENGENHARIA, ROBÓTICA E FÍSICA

    Coordenador: Ariston de Lima Cardoso
    Currículo
    Área:Engenharia Mecatrônica

    Período de 10/11/2012 a 07/02/2014

    Esta iniciativa aproximou o estudantes de segundo grau, atualmente em camadas vulneráveis socialmente a estarem próximo de pesquisa aplicada, especialmente em Ciência e Tecnologia. Os estudantes estudaram a teoria, aplicaram exercícios simples e construíram protótipos iniciais, possibilitando a transposição entre o que estudam no segundo grau (avaliado por eles sem sentido) com a possibilidade de ver aplicação. Dessa forma, ao verem um robô autônomo controlados pela teoria que eles propuseram e implementaram foi um momento de muita emoção e vibração por parte de toda a equipe. Projetos desta natureza são muito gratificantes para a vida.

    MECÂNICA ELÉTRICA COMPUTAÇÃO E FÍSICA
  • FEIRAS DE CIÊNCIAS E CIÊNCIA NAS FEIRAS

    Coordenador: Marcelo Gomes Germano
    Currículo
    Área:Divulgação Científica

    Período de 08/02/2012 a 07/02/2014

    Feiras de Ciências e Ciências na Feira, é um projeto de Extensão e Pesquisa apoiado pelo CNPq, CAPES e MEC que, no período entre abril de 2012 e abril de 2014 atuou no planejamento, acompanhamento, realização e avaliação de dois eventos de iniciação a pesquisa e popularização da ciência. Foram duas feiras de Ciências realizadas numa parceria entre a Universidade Estadual da Paraíba e duas escolas da rede pública estadual do mesmo estado: a Escola Afonso Campos e escola Senador José Gaudêncio. De acordo com a equipe, as feiras de ciências deveriam considerar um objetivo principal: expor para a comunidade onde a escola está inserida os trabalhos de investigação desenvolvidos pelos estudantes ao longo de um determinado período letivo. Nesse sentido, os primeiros encontros e reuniões de trabalho com as Escolas já foram realizados no início do ano letivo e a escolha de um tema unificador foi fundamental para o sucesso da proposta. Com(ns)Ciência e Arte Por um Planeta Sustentável foi a ideia aglutinadora em trona da qual sugiram os entrelaçamentos interdisciplinares, com resultados que superaram bastante as expectativas dos organizadores. O coroamento da experiência aconteceu com a socialização dos trabalhos em duas exposições que aconteceram nos dias 23 e 24 de novembro de 2012. Outra grande novidade foi o local da exposição. Orientados pela ideia de maior socialização e popularização da ciência, o espaço público da feira livre em Serra Branca e da Praça pública em Pocinhos foram palco dessa rica experiência. O trabalho também resultou em importantes atividades de pesquisa: 03 de iniciação científica júnior, uma iniciação científica e duas dissertações de mestrado. Evidentemente que, permanecendo o apoio, projetos dessa natureza resultarão no aprofundamento teórico e no conhecimento prático do planejamento, acompanhamento, execução e avaliação de eventos dessa natureza (http://projetofeiradecienci.wix.com/feira-de-ciencias#%21).

    popularização feiras ciências escolas
  • Laboratório de Engenhocas

    Coordenador: Wellington da Silva Fonseca
    Currículo
    Área:Sistemas Elétricos de Potência

    Período de 12/11/2012 a 09/02/2014

    O Laboratório de Engenhocas pretende contribuir para a capacitação dos professores do ensino médio e para a melhor formação de alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Rui Barbosa do município de Tucuruí despertando o interesse pela Física e Matemática e, em geral, pelas ciências, de uma maneira criativa e estimulante, promovendo a melhoria da formação dos alunos que ingressarão nos cursos de graduação das universidades paraenses e futuros engenheiros de nossa região, auxiliando a escola a realizar a ?Feira de ciências?, enviando bolsistas para apoiar professores e alunos quanto à montagem de projetos, incentivando os alunos da escola estadual de ensino o interesse às ciências e seguir uma carreira científica além da conscientização socioambiental, além de contribuir para a população de um modo geral, que terá seu interesse despertado para a Ciência e Tecnologia, com experimentos apresentados seguindo uma abordagem lúdica e interativa e também, com auxílio de alunos do Ramo Estudantil IEEE UFPA Tucuruí, promovendo atividades com o uso dos brinquedos LEGO, que consistem em kits de robótica, com helicópteros acionados por controle remoto e organizando competições em que se apliquem conceitos de ciência e tecnologia vistos tanto nos experimentos como nos brinquedos tecnológicos, no caso da ponte de macarrão.

    Educação em Engenharia Formação de Engenheiros
  • CICLOS DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE DOCENTES: UM ESTUDO DE CASO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA INICIANTES

    Coordenador: José Angelo Gariglio
    Currículo
    Área:Ensino-Aprendizagem

    Período de 27/12/2011 a 26/12/2013

    Este projeto de pesquisa de estudo sobre os primeiros anos de docência de professores que ensino a disciplina Educação Física na escola. O estudo busca identificar e entender quais são as dificuldades, os dilemas e os desafios que esses professores convivem ao chegar na escola e iniciar sua carreira docente nesta instituição. O Estudo foi realizado com treze professores de Educação Física, homens e mulheres, todos eles são licenciados pela UFMG e que iniciaram o trabalho na escola nos últimos três anos.

  • Keystone Symposia: Innate Immunity to Viral Infections

    Coordenador: João Trindade Marques
    Currículo
    Área:Imunologia Celular

    Período de 10/12/2013 a 09/04/2014

    O evento Keystone Symposia J6: "Innate Immunity to Viral Infections" foi organizado pelos pesquisadores Caetano Reis e Sousa, Kate A. Fitzgerald e Charles M. Rice, de 19 a 24 de janeiro de 2014, no resort Keystone em Keystone no estado do Colorado, EUA. Os Eventos organizados pela organização Keystone tem a tradição de patrocinar áreas de grande interesse e em crescimento da ciência mundial reunindo as lideranças científicas mundiais em cada assunto. São eventos relativamente pequenos, entre 300-500 pessoas, estimulando discussões e permitindo grande interação entre os participantes. Alem disto, o evento tem a tradição de contar com a presença de editores de diversas revistas científicas como Nature, Cell e Science que interagem com os pesquisadores de forma a promover uma troca de opiniões e esclarecer dúvidas sobre o processo de publicação em revista de alto impacto.

  • Movimento Paraense por uma Educação do Campo e seus impactos na Escola Pública

    Coordenador: Salomao Antonio Mufarrej Hage
    Currículo
    Área:Educação Rural

    Período de 29/12/2011 a 28/12/2013

    A pesquisa apresenta as contribuições do Movimento Paraense de Educação do Campo para a escola pública do campo, a fim de que ela garanta a universalização da Educação Básica com qualidade aos sujeitos do campo e seja afirmativa da diversidade sociocultutal e territorial da Amazônia paraense. Ela foi desenvolvida por meio de investigação bibliográfica, documental e de campo com a intenção de resgatar a história e a inserção regional do Movimento de Educação do Campo no âmbito do Estado do Pará, identificando os movimentos sociais populares, universidades, organizações da sociedade civil e órgãos do poder público que o constituem; e inventariando as políticas, ações, experiências e estratégias que têm sido produzidas por esses sujeitos coletivos. A análise do material coletado considerou o contexto mais abrangente que configura o atendimento à Educação Básica no meio rural, onde em um aspecto, identifica-se o protagonismo das populações do campo, que através de seus movimentos e organizações têm pautado o poder público para inserir em sua agenda o atendimento educacional no território do campo, com a definição de referências legais que orientam a ação educativa nesse território; e, em outro, a precarização que envolve as escolas do campo, evidenciando o deficit de atendimento em quase todos os níveis e modalidades de ensino e o pouco aproveitamento nos estudos resultantes das condições adversas em que o ensino tem sido ofertado às populações do campo ao longo da história de nosso país.

  • Meninas Digitais – Regional Sul de SC

    Coordenador: Luciana Bolan Frigo
    Currículo
    Área:Metodologia e Técnicas da Computação

    Período de 12/11/2012 a 09/02/2014

    Este projeto visa motivar meninas do ensino médio a seguirem carreira nas áreas de engenharias através da desmistificação da área e da apresentação de mulheres de sucesso atuantes nas áreas tecnológicas que sirvam de modelos de referência. Dentre os objetivos específicos tem-se: 1. Fornecer informação sobre a atuação profissional das mulheres na engenharia; 2. Incentivar a reflexão sobre a pouca atuação da mulher nas Áreas das Engenharias; 3. Obter dados sobre o processo de escolha profissional das jovens do Ensino Médio; 4. Promover a experimentação com atividades extraclasse, através das oficinas, apresentando sua relação com as atividades a serem desenvolvidas por profissionais destas Áreas. 5. Fazer uso da tecnologia para promover a inclusão tecnológica e a iniciação científica. Para realizar estas ações uma série de oficinas e palestras são organizadas, mostrando algumas possibilidades relacionadas com as atividades profissionais da engenharia com um enfoque computacional. Vídeo disponível em: https://drive.google.com/file/d/0Byc_sMUzv10lakxVMjZ6UmpJREE/edit?usp=sharing

    computação engenharia mulheres
  • Mostrando 1 - 10 de 47593 resultado(s).
  • Página: 
  • Primeiro 
  • Anterior 
  • Próximo 
  • Último