Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Antônio Sales Oliveira Coelho

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • construção de um polariscópio de transmissão automatizado para aplicação em problemas em engenharia mecânica, física básica e odontologia.
  • A luz desempenha no cotidiano das pessoas um papel crucial. Em primeiro lugar, sem ela não haveria vida dentro do seu significado atual, além de ser praticamente impossível pensar em situações do dia a dia que não haja o seu emprego, desde o lazer até aplicações nos mais diversos setores da saúde. Vê-se também claramente o papel da luz em tecnologias que visam enfrentar os desafios mundiais nas áreas de energia, educação, agricultura, comunicação e saúde. Trata-se, portanto, de uma disciplina obrigatória na formação de qualquer profissional, independente da área de formação. Tão relevante é o assunto que o ano de 2015 foi eleito pela UNESCO o Ano Internacional da Luz, a fim de promover uma conscientização mundial acerca dos impactos promovidos pelo desenvolvimento da ótica e das suas aplicações nos mais diversos setores da vida. Dentro das engenharias é notório o uso da luz como recurso na geração de energia utilizando placas solares e transmissão de informação em fibras óticas, por exemplo. No entanto, antes de chegar em aplicações comerciais e de impacto direto, é importante enxergar a luz como uma ferramenta de análise prática que ajuda na compreensão de fenômenos importantes na formação de engenheiros, que muitas vezes carecem de percepção real acerca de assuntos tão trabalhados no domínio teórico. Dentro das engenharias civil e mecânica, o estudo de esforços causados por tensões de compressão, tração e cisalhamento, com certeza se insere dentro deste contexto. É possível correlacionar os efeitos destes esforços, presentes em diversas estruturas (máquinas, pontes, prédios, etc.), com a luz que interage com o meio onde eles se manifestam, trata-se do fenômeno conhecido como fotoelasticidade. A fotoelasticidade é um método de análise de tensões já bastante conhecido em mecânica. A técnica é muito consolidada e sua formulação teórica encontra-se bem explicada em diversos livros-texto. A primeira descrição data de 1931, por Coker e Filon, seguida da expansão do método para duas e três dimensões por Oppel em 1936. Até os dias atuais, a fotoelasticidade tem encontrado aplicação desde a análise de tensões em estruturas de vidro em obras de arte, passando pela biomecânica em ortopedia e odontologia, até investigação mais recente das tensões em estacas helicoidais em fundações. Em síntese, fotoelasticidade pode ser definida como uma propriedade que se manifesta em alguns sólidos transparentes que apresentam anisotropia, tornando-se duplamente refrativos (birrefringência), quando sujeitos a tensões, isso significa que passam a existir dois índices de refração distintos no material. Ao serem atravessados por luz polarizada, a luz é dividida em duas frentes de onda que viajam com velocidades distintas, cada uma orientada ao longo dos eixos ordinário e extraordinário. Na maioria dos materiais os índices de refração permanecem constantes, no entanto dentro do vidro e de materiais plásticos, por exemplo, o índice de refração é uma função das tensões aplicadas. A diferença de caminho entre as duas frentes de onda está relacionada com a diferença entre os índices de refração do material que, por sua vez, dependem do comprimento de onda da luz. Como consequência, as ondas luminosas interferem destrutiva ou construtivamente gerando um espectro de cores que manifesta a distribuição das tensões dentro do material. Para a análise fotoelástica, existem no mercado diversos equipamentos conhecidos como polariscópios com custos diversificados, dependendo do grau de precisão envolvida no equipamento. Porém, para cada aplicação existe uma customização adequada que permite extrair o máximo de informação do sistema estudado. Este projeto tem como objetivo iniciar o estudo de técnicas de fotoelasticidade no Departamento de Engenharia Mecânica do Centro de Tecnologia da UFPI. Trata-se de uma proposta extremamente viável e de grande importância para diferentes centros da UFPI, pois se insere perfeitamente na linha de pesquisa dos grupos abaixo: Laboratório de Mecânica Computacional (LAMEC), coordenado pela Prof. Dra. Simone dos Santos Hoefel. Os métodos numéricos utilizados pelo grupo, tais como Métodos dos Elementos Finitos (MEF) e de contorno (MEC), já encontram uma forte intersecção com a análise de fotoelasticidade, sendo, portanto, uma importante ferramenta experimental na investigação das teorias e análises computacionais desenvolvidas pelo LAMEC. Laboratório de Fenômenos de Não-Equilíbrio do Departamento de Física da UFPI, coordenado pelo professor Dr. Valdemiro da Paz Brito. O grupo existe há pelo menos uma década atuando em sistemas de não-equilíbrio, com ênfase em processos de empacotamento, empilhamentos, avalanches e fragmentação; conta atualmente com a colaboração dos pesquisadores Dr. José Pimentel de Lima (UFPI) e Dr. Marcelo Gomes (UFPE). Nos últimos dois meses foram defendidas duas dissertações de mestrado no grupo, fato importante considerando que a pós-graduação é recente no departamento de física. Dentro desta área de atuação, pode-se explorar ainda mais os processos de empacotamentos de discos e fios em cavidades 2D. O grupo tem obtido relevantes resultados na área de mecânica estatística experimental e demonstra grande interesse na técnica . Departamento de Odontologia, aplicação da técnica na análise do acúmulo de tensões em próteses fixas sobre dentes ou em próteses parciais removíveis que impactam diretamente a reabilitação oral. Nesta etapa será necessário desenhar os moldes fotoelásticos para aplicação dos implantes. Laboratório didático na área de mecânica dos sólidos para fortalecer a formação do estudantes de engenharia. O Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Piauí é extremamente carente de laboratórios que complementem a formação do estudante. O sistema que será implementado neste projeto poderá servir de base para equipamentos úteis para o ensino de Mecânica e Resistência dos Materiais, disciplinas existentes em todos os cursos de engenharia da UFPI.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Salvio Mangrich

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • materiais eletroativos baseados em "grafeno natural" modificados com polímeros condutores para o desenvolvimento de dispositivos armazenadores de energia
  • Este projeto de pesquisa trata da síntese e caracterização de materiais compósitos formados entre biochar, polímeros condutores e partículas óxido-metálicas. O biochar surge como um substituto aos derivados de carbono, trazendo vantagens de ser ambientalmente amigável e de baixo custo, contudo, mantendo a alta área superficial e auxiliando na manutenção da estabilidade dos processos redox dos materiais eletroativos. Conhecendo-se a demanda por materiais mais eficientes para armazenamento energético, os compósitos desenvolvidos a partir da combinação desses três componentes serão aplicados à construção de dispositivos supercapacitores, os quais são dispositivos de liberação rápida de energia.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Sergio Araujo Fernandes

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • regras e discricionariedade na atuação dos burocratas de nível de rua e sua influência no desempenho de políticas públicas no brasil
  • Este projeto de pesquisa pretende avaliar em que medida regras e discricionariedade na atuação dos burocratas de nível de rua influenciam no desempenho da implementação de policies nacionais, tomando as políticas de Saúde Pública e Meio Ambiente como estudos de casos. A contribuição conceitual do trabalho consiste no desenvolvimento de uma microanálise dos mecanismos da burocracia que podem contribuir para o sucesso ou o insucesso de políticas públicas, conciliando as perspectivas teóricas estrutural, de ação individual e relacional. Quanto à contribuição deste projeto para a gestão da administração pública brasileira, destaca-se seu potencial para oferecer soluções inovadoras para o processo decisório dos gestores públicos na implementação de policies. Para tanto, após coleta de dados através de pesquisa documental, entrevistas e survey, serão avaliados, mediante cross-case analysis, os efeitos de estruturas burocráticas, incentivos e interações dos burocratas implementadores no desempenho do Programa Saúde da Família e do Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal, considerando a influência de fatores institucionais.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Sergio Varela Junior

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • criopreservação espermática de brycon orbginyanus, visando a preservação em banco de germoplasma.
  • Os peixes migratórios do Brasil são conhecidos como peixes de piracema, entretanto a sobrepesca, mudanças nos cursos dos rios, urbanização e barragens estão entre as principais causas do declínio populacional destas espécies. Dentre estes peixes migratórios está a Piracanjuba, B. orbginyanus, ameaçada de extinção classificada como em estado de perigo (MMA, 2014). Visto o risco de extinção que possui e a valorização na produção animal (aquicultura) existe grande interesse que se priorize a conservação da espécie, assim como a sua variabilidade genética. A conservação de recursos genéticos possui duas estratégias bem estabelecidas, denominadas de conservações in situ e ex situ. A conservação in situ mantém o recurso genético protegido em seu local de origem enquanto a estratégia de conservação ex situ indica que o recurso genético será preservado fora da área de origem, como na criopreservação em bancos de germoplasma. Os bancos de germoplasma podem beneficiar do ponto de vista genético, a reposição de espécies ameaçadas de extinção, sobreexploradas ou ameaçadas de sobreexploração, além de poder ser utilizado para o melhoramento genético da espécie para a produção animal. O congelamento do esperma de peixes em nitrogênio líquido trata-se de uma técnica muito valiosa para a preservação do material genético que pode ser utilizado para assegurar que espécies ameaçadas de extinção, tenham sua variabilidade genética preservada. Para tanto, cada espécie exige um protocolo específico, pois os diluentes e crioprotetores usados podem ter toxicidades diferentes já que a composição bioquímica do plasma seminal varia amplamente entre as espécies devido às diferentes concentrações de lipídios, açúcares e proteinas responsáveis pelo metabolismo das células espermáticas. Existem diversos trabalhos que comprovam o sinergismo de crioprotetores penetrantes, como exemplo as amidas, metil formamida(MF), dimetilformamida(DMF) e dimetilacetamina(DMA), com outras substancias, porém isto ainda não foi testado para Piracanjuba. Antioxidantes adicionados nos meios de congelamento melhoram a qualidade espermática pós-descongelamento, uma vez que diminuem a ação das espécies reativas de oxigênio. O antioxidante 2,4-dinitrophenol (DNP) foi utilizado apenas no Pylodictis olivaris, onde foram observadas melhoras na qualidade seminal pós-descongelamento. Já a adição de ATP extracelular ainda não foi testada em peixes, mas em ratos e patos demonstraram aumento da qualidade das células criopreservadas. Devido isto, o objetivo é avaliar o efeito dos crioprotetores internos MF, DMF ou DMA, combinados com antioxidante DNP e ATP sobre fluidez de membrana, integridade de membrana, mitocôndria, rompimento celular, peroxidação lipídica, espécies reativas de oxigênio, motilidade e periodo de motilidade e outras avaliações de cinética nas células espermáticas de B. orbignyanus. O sêmen dos machos de B. Orbignyanus serão comprados de uma pisicultura, durante o período de reprodução da espécie (dezembro a fevereiro). Ao total serão comprados esperma de 20 machos, (n=20) sendo avaliados imediatamente após a compra a motilidade através de microscopia ótica em lâmina sob lamínula, sendo em seguida diluído na proporção 1:5 na solução diluente Beltsville Thawing Solution. O experimento será conduzido em 2 fases. Fase A. Após a diluição dos espermas no BTS, estes serão homogeneizados com os crioprotetores penetrantes MF, DMF, DMA, onde será testados cada um nas concentrações de 2, 4, 6, 8 e 10%, o tratamento controle será BTS com metilglicol 10%, sendo estes tratamentos congelados em paletas de 0,25 µl. Após 30 dias as palhetas serão descongeladas em banho maria por 8 segundos a 60 ºC sendo avaliado. A cinética espermática será analisada através do Computer-assisted semen analysis (CASA), motilidade total; motilidade progressiva; velocidade espermática média ao longo do trajeto; velocidade retilínea, velocidade curvilínea, distância média percorrida; distância curvilínea; distância retilínea; velocidade média do percurso; retilinearidade; linearidade; oscilação; deslocamento lateral da cabeça; frequência de batimento cruzado. O periodo de motilidade será avaliado no momento da ativação até a parada do movimento progressivo dos espermatozoides. Os danos na estrutura e funcionalidade das células serão analisadas através do parelho Attune Acoustic Focusing ® (Life Technologies) equipado com laser de 488nm e laser 405 nm. Sendo as populações de células espermáticas coradas com 16.2 mM de Hoechst 33342, e os eventos não espermáticos serão descartados por gráficos de dispersão-complexidade e Hoechst 33342 negativo, sendo analisada integridade de membrana (Sybr + Iodeto de propídio), fluidez de membrana (Merocianina 540+ Yo-pro), mitocôndria (Rhodamina 123+ Iodeto de propídio), EROs (DCF-DA + Iodeto de propídio) e peroxidação lipídica (BodyPi-C11). Fase B-Após a avaliação das amidas o crioprotetor penetrante que apresentar melhor resultado na fase A será combinado com acréscimo de DNP nas concentrações de 0,5; 1; 1,5; 2 e 2,5 µM, e ATP nas concentrações 1, 2 e 3 mM e estes serão testados também com o Metilglicol 10%. O congelamento, descongelamento e a avaliação serão conforme descrito na fase A. Após está duas etapas será feito a avaliação da taxa de fertilização e de eclosão para os melhores tratamentos encontrados no projeto, os procedimentos estão representados no fluxograma 1. Os dados dos experimentos serão submetidos á análise estatística de comparação de médias, considerando nível de significância de 5%, através do software Statistix 10.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Sergio Varela Junior

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • manipulação e avaliação de folículos pré-antrais isolados e inclusos em tecido ovariano de diferentes espécies: metodologias histológicas com uso de sondas fluorescentes e corantes vitais
  • 1. O congelamento do tecido ovariano preserva a fertilidade das fêmeas de diferentes espécies, incluindo a humana. A técnica de congelamento de tecido ovariano é largamente utilizado no âmbito científico para preservação a fertilidade em espécies domésticas, em selvagens (extinção), em reprodução humana (Devido a câncer). 2. No entanto, o processo demanipulação e avaliação dos fragmentos ovarianos e folículos isolados tem variações devido diferentes espécies. Os testes de avaliação implementados são laboriosos e necessitam de pessoas com boa capacitação para selecionar as células de interesse. 3. Objetivo é demonstrar e ensinar as principais técnicas de manipulação e avaliação de folículos pré-antrais isolados e inclusos de diferentes espécies animais, para pós-graduandos e pesquisadores dos cursos de Biologia, Biotecnologia, Medicina humana e Veterinária. 4. O curso padronizará as técnicas fundamentais para a correta avaliação tecidual e celular na área de preservação folicular. 5.Os docentes do Brasil possuem uma vasta experiência na manipulação/avaliação de células gonadais (ovários e testículos). Os docentes da Argentina (INITRA-UBA) e Uruguai (INIA-LE) irão contribuir ativamente nas aulas teóricas e práticas, apresentando técnicas para avaliação imediata e mediata de tecidos gonadais em espécies como suínos, equinos,felinos, cervos. Esta integração promoverá um excelente experiência. 6. O curso apresenta 40% de aulas teóricas sobre os aspectos básicos e avançados da manipulação de tecido ovariano e folículos preantrais, e 60% de práticas de manipulação e uso das técnicas de avaliação imediatas e mediatas das células ovarianas. A participação de docentes com experiencia em diferentes espécies permitirá uma excelente troca de experiencias e facilitara a pesquisadores de diferentes áreas poder avançar em conhecimento da preservação de fertilidade. Ao final do curso duas avaliações (teórica e prática).
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 09/12/2021-30/06/2024
Foto de perfil

Antonio Thomé

Engenharias

Engenharia Civil
  • nanobiorremediação em solos e águas subterrâneas contaminados com organoclorados e metais utilizando nanoferro de valência zero
  • O problema de poluição de solos e águas subterrâneas é comum a todos os países industrializados do planeta. Por muitos anos este tema foi deixado em segundo plano. Mas hoje sabe-se que solos e águas subterrâneas contaminadas é um problema de saúde pública, uma vez que se os contaminantes não forem retirados do sub-solo, os mesmos continuarão a chegar nos recursos hídricos superficiais. Países desenvolvidos, como Estados Unidos e Alemanha, vêm trabalhando neste tema há muitos anos. No entanto, países em desenvolvimento, como Brasil, este tema é insipiente e necessita de mais estudos para aplicação de tecnologias de descontaminação de solos e águas subterrâneas. No estado do RS o tema é abordado somente no caso de denúncias, segundo informações da área técnica do órgão ambiental estadual (FEPAM-RS). Novas tecnologias de remediação sustentáveis devem ser avaliadas para aplicação em casos reais. Uma tecnologia que nasceu nos anos 90 nos EUA e tem sido bastante estudada é a do uso da nanopartículas de ferro zero (nFeZ) para degradar contaminantes em solos e águas subterrâneas. No entanto, as questões envolvendo remediação de solos e águas subterrâneas são específicas de cada local, não sendo possível transferir diretamente conhecimentos adquiridos com solos sedimentares de climas temperados para solos residuais de clima tropical e subtropical. Este projeto tem como objetivo estudar a aplicação de nFeZ em solos contaminados com organoclorados e metais. A ideia principal do estudo é utilizar o nFeZ para reduzir o contaminante a concentração que os microrganismos consigam sobreviver e continuar o processo de degradação. Esta tecnologia é chamada de nanobioremedição. Os estudos serão realizados através de ensaios de laboratório e campo e terão a duração de 24 meses. O projeto será desenvolvido pelo grupo de Geotecnia Ambiental do RS, sediado na UPF, e terá parceiro nacional o Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil da UFRGS e parceiro internacional a University of Illinois at Chicago dos Estados Unidos. Pretende-se viabilizar o uso da técnica de nanobioremediação em solos residuais, a fim de permitir que os órgãos normativos possam considerar o uso desta nova tecnologia na descontaminação de solos e águas subterrâneas.
  • Universidade de Passo Fundo - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Vargas de Oliveira Figueira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • silenciamento gênico por rna interferente (rnai) como estratégia de controle de pragas agrícolas: novas abordagens para lepidópteros
  • RNA de interferência (RNAi) é um mecanismo de regulação pós-transcricional, altamente conservado em eucariotos, que controla a expressão de genes em nível de mRNA, desencadeado por exposição a RNA em fita dupla (dsRNA) de sequência homóloga a um gene-alvo. A entrega de moléculas de dsRNA homólogas a genes essenciais de um organismo pode levar ao silenciamento gênico, que pode resultar em prejuízos para a sobrevivência da espécie afetada. RNAi representa uma estratégia de grande potencial de uso no controle de pragas agrícolas. Porém, a eficiência do RNAi para o controle de insetos-praga varia em função de alguns fatores, sendo os principais a espécie-alvo, os genes-alvos a serem silenciados e o modo de entrega do dsRNA. A entrega de dsRNA a pragas agrícolas pode ocorrer pela produção de plantas transgênicas expressando versões invertidas (hairpin) de genes-alvo que geram dsRNAs. Outras alternativas a serem investigadas incluem a aplicação de moléculas de dsRNA sintéticas ou ainda, o uso de bactérias geneticamente transformadas expressando dsRNA específicos. O uso de entrega oral por microrganismos (oral delivery by microbes) apresenta como vantagem o custo reduzido pela produção em escala, aliado a maior proteção das moléculas de dsRNA contra a degradação no ambiente e no inseto. O uso de RNAi no controle de pragas tem alcançado melhores resultados para espécies da ordem Coleoptera, enquanto que lepidópteros, tradicionalmente, apresentam maior recalcitrância para o silenciamento gênico, possivelmente devido à ação de ribonucleases e fatores do ambiente do trato digestório e da hemolinfa desses insetos. Nosso grupo de pesquisa tem investigado o uso de RNAi empregando dois modelos de insetos-praga lepidópteros: a traça do tomateiro (Tuta absoluta) (Lepidoptera: Gelechiidae) e a broca da cana-de-açúcar (Diatraea saccharalis) (Lepidoptera: Crambidae), no intuito de aprofundar o conhecimento dessa abordagem e desenvolver soluções de controle para estas duas importantes pragas agrícolas. Neste projeto, pretendemos utilizar os bancos de dados derivados do sequenciamento do transcritoma por RNA-seq dos diversos estágios de desenvolvimento dessas duas espécies de lepidópteros para assim, selecionar potenciais genes-alvo, cujo silenciamento reflita em prejuízos no desenvolvimento ou sobrevivência das larvas. A avaliação dos genes-alvo será conduzida empregando o crescimento das larvas em dieta artificial, e a entrega de dsRNA derivado de transcrição in vitro após clonagem dos fragmentos gênicos em vetor pGEM-T Easy, ou por clonagem no plasmídeo L4440 para expressão em Escherichia coli HT115 (DE3). Também serão buscados genes que codificam ribonucleases potencialmente responsáveis pela maior degradação de dsRNAs em lepidópteros. A partir dos genes que inflijam maiores danos aos insetos nos ensaios em dieta artificial, serão analisados diversos meios alternativos de entrega de dsRNA aos insetos mencionados. O método de entrega por meio do uso de microrganismos será avaliado, inicialmente, por aplicação de E. coli HT115 (DE3) L4440 em plantas mantidas em casa de vegetação. Também será avaliada a entrega de dsRNA por bactérias endofíticas geneticamente modificadas, que oferecem potencial de uso para colonizar o hospedeiro e produzir dsRNA. Para tal, essa bactéria será geneticamente modificada, por recombinação homóloga, com a finalidade de nocautear seu gene endógeno rnc, que codifica a enzima RNAseIII, visando reduzir a degradação do dsRNA, no hospedeiro bacteriano, pela ação dessa RNAseIII. Ao mesmo tempo, será inserido nesse gene um cassete de expressão constitutiva contendo uma sequência correspondente a determinado gene-alvo do inseto, clonada em ambos os sentidos, intercaladas por um espaçador e dirigida por promotor constitutivo, de forma a produzir dsRNA. Além deste método, a produção comercial de dsRNAs sintéticos tem apresentado custos decrescentes e competitivos. Logo, nesse projeto, pretende-se testar os efeitos desses dsRNAs sintéticos, entregues às larvas dos insetos via oral por meio de dieta artificial. Finalmente, genes-alvo cujo silenciamento resulte em efeitos inibitórios dos danos causados às plantas, serão empregados para gerar plantas transgênicas RNAi de cana-de-açúcar.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Victor Campos Coelho

Ciências Biológicas

Imunologia
  • não-resposta imunológica da terapia anti-hiv-1: aspectos imunofenotípicos celulares de inflamação crônica
  • Estima-se que existam cerca de 35,3 milhões de pessoas vivendo com o HIV-1 ao redor do mundo. A terapia antirretroviral consiste em combater a replicação do HIV, que caso prossiga descontrolada, causa diminuição no número de células T CD4+, instaurando o estado de imunodeficiência. Contudo, alguns pacientes não respondem imunologicamente de forma completa ao tratamento, não recuperando níveis adequados de linfócitos T CD4+ e, portanto, são definidos como não respondedores imunológicos e possuem um risco aumentado de desenvolverem complicações não relacionadas à AIDS. Pesquisas anteriores mostram que vias de morte celular programada (apoptose e piroptose) estão relacionadas com a perda de linfócitos T CD4+, levando a uma inflamação crônica que pode causar a exaustão do sistema imune, prejudicando a reconstituição dos números de células T CD4. Em cenários como esse de inflamação persistente, ocorre a proliferação de células supressoras derivadas da linhagem mieloide (MDSC na sigla em inglês, myeloid-derived suppressor cells), uma população heterogênea de células, incluindo macrófagos e células dendríticas, as quais suprimem a atividade de células T CD8+ citotóxicas. Dessa forma, as MDSCs poderiam ter relação com a resposta imunológica da terapia antirretroviral após a supressão da replicação viral. Com isso, a presente proposta de pesquisa procura recrutar indivíduos vivendo com o HIV-1 em tratamento e avaliar a frequência de MDSCs por meio da técnica de citometria de fluxo e avaliar se essas células poderiam ser um fator importante de predição da não-resposta imunológica da terapia antirretroviral através de testes e modelos estatísticos multivariados.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Wilson Rodrigues da Cunha

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • estabilidade e rigidez de hipersuperfícies cmc com bordo livre e soluções estáveis em variedades est\'aticas
  • O projeto trata do estudo de problemas matemáticos relacionados à Geometria Diferencial tais como: O problema de Steklov, o problema de Yamabe modificado, Estimativas de curvatura de ordem superior e soluções estáveis para o Laplaciano. Além disso o proponente pretende fazer visitas científicas no país e no exterior no sentido de buscar parecerias para aumentar seu potencial de pesquisa. O projeto ainda visa formação de recursos humanos com orientação de mestres e doutores em Geometria e compra de material bibliográfico para suprir a biblioteca do departamento de Matemática onde trabalha.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-29/02/2024
Foto de perfil

Antonio Zelaquett Khoury

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • acoplamento de modos spin-órbita em processos paramétricos
  • O projeto a ser desenvolvido em nosso laboratório envolve dois temas principais. O primeiro tema trata do conceito de não-separabilidade estrutural em vórtices óticos, um análogo clássico do emaranhamento quântico, e o segundo diz respeito à dinâmica de vórtices em processos óticos não-lineares. No primeiro tema pretendemos estudar o conceito de contextualidade nos modos spin-órbita de um laser, investigando a violação de desigualdades impostas por modelos clássicos das variáveis envolvidas. No segundo tema pretendemos estudar as regras de acoplamento entre modos spin-órbita em processos paramétricos óticos, com ênfase no controle do emaranhamento quântico entre modos com momento angular orbital.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022