Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Susana Bubach

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • análise da sífilis congênita e fatores associados em regiões de alta morbimortalidade no espírito santo
  • As notificações de sífilis congênita têm aumentado no Brasil, sendo mais frequente nas mulheres com menor escolaridade, jovens e nas negras e pardas. As regiões Metropolitana e Norte do estado do Espírito Santo têm registrado aumento no número de casos da doença em gestantes e crianças, com 12,7 e 8,6 casos de sífilis congênita para cada 1.000 nascidos vivos no ano de 2015, sendo estas regiões caracterizadas pela alta morbimortalidade materna e infantil. Assim, este estudo visa analisar os fatores associados à sífilis congênita, entre mulheres que tiveram sífilis durante a gestação, nas regiões de saúde Metropolitana e Norte do estado do Espírito Santo. Trata-se de um estudo de caso e controle a partir de casos de sífilis congênita notificados no ano de 2016, nos 34 municípios das Regiões Metropolitana e Norte do estado. Os casos de sífilis congênita serão todos os recém-nascidos, natimortos ou abortos de mulher com sífilis não tratada ou tratada de forma não adequada. Os controles serão os recém-nascidos de gestantes que durante o pré-natal foram notificadas para sífilis (tratadas, não tratadas ou inadequadamente tratadas), cujos bebês não tiveram sífilis congênita. As informações sobre os casos e controles serão obtidas por meio das fichas de notificação/investigação de sífilis congênita e sífilis em gestantes, além de dados do cadastro no Sistema de Acompanhamento no Programa de Humanização no Pré-natal e Nascimento (SisPreNatal). Em caso de ausência de informações nessas fontes, será realizado contato telefônico para agendar entrevista. Para análise será utilizado o programa Stata. Na análise descritiva, será determinada média com desvio padrão (DP), para as variáveis contínuas, e proporção com intervalo de confiança (IC), para as categóricas. A regressão logística será utilizada para estimar odds ratio. Para identificar diferenças estatisticamente significativas nos testes, será utilizado p-valor inferior a 5%. O projeto foi aprovado pelo Comitê de ética em pesquisa do Centro Universitário Norte do Espírito Santo da Universidade Federal do Espírito Santo. Espera-se com este estudo identificar os fatores que impactam no aumento das notificações de sífilis congênita e mudança na assistência a essas mulheres, com consequente redução no número de casos da doença.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Susana Juliano Kalil

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • biocompostos de interesse industrial: obtenção por processos biotecnológicos
  • O interesse industrial pelo cultivo de micro-organismos se destaca pela variedade de compostos intracelulares ou extracelulares que estes podem produzir, tais como: enzimas xilanolíticas e proteolíticas, e o corante C-ficocianina (C-FC). Dentre estes produtos, as enzimas têm um papel importante, pois podem ser utilizadas para catalisar a hidrólise de substratos incluindo subprodutos e coprodutos agroindustriais, a fim de se obter biomoléculas ativas, como os xilo-oligossacarídeos (XOS) e peptídeos. A presente proposta tem como motivação principal a obtenção de biocompostos ativos via hidrólise enzimática ou produzidos por micro-organismos. Para atingir este objetivo serão desenvolvidos três subprojetos conforme descritos a seguir. O subprojeto 1, intitulado “Purificação de C-ficocianina, extraída seletivamente, por diferentes técnicas”, propõe estudar diferentes técnicas – cromatografia de troca iônica, precipitação com sulfato de amônio e ultrafiltração – para purificação de C-FC extraída seletivamente com EDTA (ácido etilenodiamino tetra-acético) a partir da biomassa úmida de Spirulina platensis. O subprojeto 2, intitulado “Obtenção de peptídeos bioativos via hidrólise enzimática de substratos proteicos agroindustriais”, propõe a obtenção de peptídeos bioativos via hidrólise enzimática de substrato proteico agroindustrial, utilizando enzima proteolítica estabilizada ou não com aditivos químicos. No subprojeto 3, intitulado “Obtenção de enzimas xilanolíticas e xilo-oligossacarídeos a partir de substratos lignocelulósicos agroindustriais”, é proposta a produção de enzimas xilanolíticas e XOS por cepa da levedura Aureobasidium pullulans utilizando meio de cultivo contendo substratos lignocelulósicos agroindustriais. Assim, busca-se com a execução desta proposta o desenvolvimento processos biotecnológicos com impacto regional, nacional e internacional, além da utilização de subprodutos e/ou coprodutos provenientes da agroindústria para a obtenção de biomoléculas com alto valor agregado e de interesse ao setor industrial.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022