Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Teresinha Gonçalves da Silva

Ciências da Saúde

Farmácia
  • avaliação da atividade anticâncer, segurança farmacológica e quimiossensibilidade de derivados da β-lapachona
  • Considerado a segunda maior causa de morte no mundo, o câncer é um problema de saúde pública para países desenvolvidos e em desenvolvimento. A pesquisa por novos fármacos bem como o estudo de seus mecanismos de ação são passos importantes na descoberta de novas estratégias terapêuticas, tendo em vista que os medicamentos disponíveis hoje no mercado são de alto custo e apresentam elevada toxicidade, além do desenvolvimento de resistência pelas células tumorais. Várias classes de compostos químicos vêm sendo estudadas na descoberta de agentes anticâncer, entre elas as quinonas, por apresentarem diversificado potencial farmacológico, destacando-se as atividades anticancerígena, anti-inflamatória, inibidoras da topoisomerase, antioxidante, antifúngica, antibacteriana, tripanocida, leishmanicida e esquistossomicida. Dentre as quinonas, destaca-se a β-lapachona, uma naftoquinona muito importante do ponto de vista químico e farmacológico, que apesar de ainda não ser utilizada na terapêutica, é uma molécula muito utilizada como scaffold para pesquisas de novos fármacos. Atualmente, um pró-fármaco da β-lapachona (ARQ501) encontra-se em fase clinica II para o tratamento de câncer de pâncreas. Por outro lado, as tiosemicarbazonas também são consideradas importantes por suas propriedades antitumoral, antibacteriana, antiviral e antiprotozoária. Diante deste contexto, derivados inéditos feniltiossemicarbazônicos da β-lapachona foram sintetizados pelo nosso grupo de pesquisa, através de metodologias simples e com bons rendimentos. As estruturas moleculares foram confirmadas por massa de alta resolução, ressonância magnética nuclear (1H e 13C) e espectrometria de infravermelho. Em estudos preliminares realizados em nosso laboratório, estes derivados apresentaram potente atividade citotóxica frente a tumores sólidos e leucemias. Dando continuidade aos esforços do grupo na pesquisa de fármacos antineoplásicos, os três derivados mais promissores foram selecionados e serão ressintetizados em maior quantidade e testados em outras linhagens sensíveis e resistentes à quimioterapia. Nesta etapa, serão investigados possíveis mecanismos de ação, testes de radiossensibilização e toxicológicos não clínicos. Um pedido de registro de patente foi depositado na UFPE em 16/08/2017.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Tereza Cristina Giannini

Ciências Biológicas

Ecologia
  • análise polínica como subsídio para recuperação de serviços de polinização em áreas impactadas pela mineração na floresta nacional de carajás (sudeste do pará)
  • O presente projeto faz parte de um conjunto de atividades que vêm sendo executadas pela instituição proponente pata definir estratégias para recuperação de áreas degradadas (RAD) pela mineração na região sudeste do estado do Pará, na Floresta Nacional de Carajás. Essas atividades visam comparar as interações entre plantas e abelhas considerando-se diferentes áreas naturais (controles) e áreas em processo de recuperação através do uso de métricas de redes de interação. As amostras estão sendo coletadas nas diferentes áreas, utilizando-se duas diferentes metodologias. O presente projeto visa especificamente utilizar análise do pólen aderido ao corpo e dos ninhos das diferentes espécies de abelhas coletadas e definir suas interações com espécies de planta. Assim, resumidamente, o objetivo geral do projeto consiste em utilizar análise polínica para descrever e comparar as interações entre abelhas-plantas em diferentes áreas naturais e áreas em processo de recuperação na Floresta Nacional de Carajás, Amazônia Oriental. As amostras já coletadas ou em fase de coleta serão organizadas, os grãos de pólen serão acetolisados e posteriormente analisados e identificados com auxílio de microscópio ótico e comparação morfológica com os dados cadastrados na Palinoteca – PaliITV . A seguir, será realizada a análise comparativa das interações observadas considerando-se as diferentes áreas amostradas utilizando-se métricas de redes de interação, considerando-se a estrutura da rede e o papel central das espécies. O presente projeto visa contribuir então com estratégias de recuperação que busquem recuperar a funcionalidade dos ecossistemas, fornecendo dados de interações entre abelhas e plantas. Poderá auxiliar tanto em métodos envolvendo monitoramento do sucesso da recuperação, quanto para tomadas de decisão, no que diz respeito à escolha de espécies a serem introduzidas e/ou manejadas nas áreas restauradas para que possam acelerar o processo de restauração e recuperação das interações entre espécies nativas.
  • Instituto Tecnológico Vale - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022