Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ricardo Luiz Pereira Bueno

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • intenção e metacognição empreendedora: um estudo sobre o perfil de universitários e membros de startups
  • O Brasil apresenta uma alta taxa de atividade empreendedora no Brasil, visando compreender esse fenômeno os estudos nessa área aumentaram significativamente na última década. Entretanto, apesar da relevância, a elucidação dos fatores pessoais e contextuais da intenção empreendedora (IE) ainda são pouco explorados no país. A presente pesquisa pretende abordar os processos cognitivos e metacognitivos dos empreendedores, bem como sua conexão com a IE, e desta maneira compreender como melhor qualificar a Educação Empreendedora no contexto nacional. Para isso, buscamos identificar dimensões a serem aprimoradas no desenvolvimento da EE por meio da compreensão dos preditores de IE e da metacognição empreendedora em grupos de alunos universitários e membros de startups com a aplicação de um questionário auto administrado pelo computador em uma pesquisa exploratória quantitativa. A análise dos dados utilizará a Modelagem de Equações Estruturais - PLS no software SmartPLS para identificar os preditores mais relevantes. Levando-se em conta que a metacognição pode ser alavancada pela aprendizagem, os resultados dessa pesquisa poderão contribuir para o direcionamento de atividades pedagógicas em cursos de graduação, aperfeiçoamento e pós-graduação, favorecendo a aquisição de competências para empreender de forma mais eficaz, seja na formação e consolidação de spin-offs ou de outras atividades empresariais, possibilitando o desenvolvimento sustentável e incremental da atividade empreendedora no Brasil.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Luiz Viana

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • computação científica de alto desempenho em problemas de dinâmica não-linear e aplicações físicas
  • A Computação Científica de alto desempenho é um dos recursos mais importantes na realização de pesquisas em diversos temas da Física e áreas correlatas. Em particular, sistemas não-lineares apresentam desafios à sua compreensão ligados à necessidade de obter soluções numéricas por meio de simulações computacionais. Nesta proposta abordamos alguns projetos ligados à solução de sistemas não-lineares (equações diferenciais parciais, equações íntegro-diferenciais não-lineares, sistemas de equações diferenciais ordinárias) com aplicações à Física de Plasmas e outras áreas, bem como à análise de séries temporais por meio de metodologias inspiradas em estratégias utilizadas em Dinâmica Não-Linear. Os subprojetos que estão contemplados nesta categoria de problemas são os seguintes: (i) Sincronização em redes de osciladores não-lineares com acoplamentos intermediados por processos físicos; (ii) Análise de recorrências como ferramenta para a quantificação de sinais determinísticos e estocásticos; (iii) Técnicas para análise de dados baseadas em microestados de recorrências; (iv) Transporte em Tokamaks (Física Teórica de Plasmas), (iv) Ondas lineares e não lineares em plasmas, e (v) simulações computacionais em física da matéria condensada. Em todos estes sub-projetos a utilização de recursos computacionais de alto desempenho é fundamental para a obtenção de resultados confiáveis em um tempo de processamento que não seja longo demais. Além disso, sobretudo em aplicações envolvendo análise de dados é necessário, além de uma alta velocidade de processamento, ter disponível uma capacidade de memória de acesso rápido compatível com a quantidade de informações a serem processadas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Magnus Osorio Galvao

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • iniciação do plasma e diagnóstico óptco em tokamaks
  • Neste projeto são propostos duas atividades essenciais para o projeto de modernização do tokamak TCABR: i) otimização do processo de iniciação da descarga e ii) diagnóstico óptico do plasma. Essas atividades serão executadas na atual configuração do TCABR, ou seja, antes da conclusão de sua modernização.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Moreira da Silva

Engenharias

Engenharia de Energia
  • duzentos anos de história sobre a geração e uso da energia elétrica no brasil: da fumaça ao sol brilhante
  • O consumo mundial de energia elétrica cresceu mais que a oferta, de modo que existe uma carência de produção. Existem várias formas de gerar energia, através de fontes fósseis como petróleo ou carvão; ou de fontes não fósseis como sol, ventos, biomassa, água dos rios e das marés oceânicas, fissão e fusão nuclear e até uma forma menos conhecida chamada “energy harvesting”, que faz colheita de micro energias perdidas na natureza. Ocorre que as fontes fósseis respondem por 55% do consumo de energia no mundo, mas são poluidoras e geram gases do efeito estufa responsáveis pelo aquecimento global. Era de se esperar, que o uso de fontes limpas e renováveis, saísse mais do discurso e fosse mais para prática. Apesar de existirem vários problemas em seu setor elétrico, o Brasil tem a marca positiva de ter a matriz elétrica mais limpa do mundo, baseada em 71% nas hidrelétricas, e isso tem um porquê e uma história a ser contada. Por exemplo, Angiquinho foi a primeira hidrelétrica do Nordeste, no Rio São Francisco, próximo de Paulo Afonso, Ba, inaugurada em 26/01/1913 por Delmiro Gouveia, que fornecia energia elétrica a indústria têxtil “Companhia Agro Fabril Mercantil”. O objetivo desse teatro científico é contar de forma lúdica um histórico do desenvolvimento da geração e consumo de energia no Brasil; diferenças do uso de fontes poluidoras e não poluidoras; sustentabilidade na energia e encerrar apresentando uma aplicação prática da energia solar (placa solar ligada em um conversor e a um eletrodoméstico) e a energy harvesting (relógios Mido automático, Seiko Kinetic e um alimentado por pilha de quartzo). Essa ação é exequível face a contrapartida que será a disponibilização de van/lab_informática itinerante, pelo grupo de pesquisa da UFPB MCC (Meninas na Ciência da Computação) e alcançará 200 estudantes do ensimo fundamental e médio de uma escola rural “Escola Fazenda Buracão”, de um município de baixo IDH no sertão da Paraíba, que tem sol disponível 365 dias por ano.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Ricardo Moreira da Silva

Engenharias

Engenharia de Produção
  • ciência e tecnologia com acesso e sem desigualdades para meninas e meninos na paraíba
  • O projeto tem como objetivo principal realizar ações de popularização da ciência e tecnologia em duas Escolas Estaduais nos municípios de Mari (IDHM– 0,548) e Sapé (IDHM – 0,569), interior da Paraíba, tendo como público-alvo as alunas e alunos do Ensino Médio. Neste início de século XXI, as questões envolvendo diferenças de acesso à ciência e tecnologia entre países norte-sul é dado marcante, entretanto não apenas nesse âmbito há tamanha diferença: Há também diferença desse acesso sujeito ao gênero. Infelizmente, continuam se perpetuar ações psicossociais discriminatórias ainda editadas no século XX, que se traduz como um tipo mascarado de violência de gênero. Aceitar essa violência como a discriminação, a desigualdade, a falta de direitos civis e a dominação de pessoas por outras, sobretudo de mulheres por homens, via a ciência e tecnologia, nunca deveria ser prática, qualquer que seja a época ou território. Dentro desse pressuposto, nesse trabalho partimos da premissa que existem diferenças no acesso à Ciência e a Tecnologia em dois municípios com baixo IDHM segundo o gênero, para apresentar para meninas e meninos palestras englobando empoderamento de meninas, tecnologia de energia limpa e oficinas de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis. Para a execução do projeto terá como parceiros as: (i) Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia - SEECT-PB, promoverá o acesso das alunas e alunas nas escolas estaduais de ensino médio em Mari e em Sapé; e (ii) Superintendência de Ensino à Distância (SEAD) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que proporcionará o acesso ao polo municipal de Mari com apoio presencial da SEAD. O público-alvo estimado é de 100 alunos em cada município (primeiro e segundo anos do ensino médio), abrangendo um total de 200 estudantes, 10 professores e 5 coordenadores pedagógicos. A equipe de execução será composta por um professor do Centro de Tecnologia da UFPB e uma professora do Centro de Informática, e de alunas dos cursos de graduação em Engenharia de Produção e Computação da UFPB.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Ricardo Ojima

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • a resiliência no semiárido setentrional: população, território e desenvolvimento no contexto pós-pandemia
  • O objetivo do projeto é avançar na compreensão dos impactos da COVID-19 no acúmulo de condições desfavoráveis na população da região do semiárido setentrional. A região mais seca do semiárido brasileiro é delimitada pelos municípios do semiárido ao norte do Rio São Francisco e compreende mais de 700 municípios. Taxas de crescimento populacional baixas e com relativa perda de participação na população na região Nordeste, apresenta baixos indicadores sociais, econômicos, de saúde, educacionais, entre outros. O problema a ser analisado é a condição de vulnerabilidade dos indicadores sociodemográficos e a resiliência da população frente aos impactos diretos e indiretos da Covid-19 na região. Fatores como mercado de trabalho, saúde, infraestrutura, migração e mobilidade já se constituíam como desafios para o desenvolvimento regional. Poucos estudos focam no contexto demográfico da região, assim, o projeto ampliará o conhecimento da região sob essa perspectiva. Segundo o Censo 2010, a participação de trabalhadores sem carteira de trabalho assinada na região era de 36,6% das pessoas com 10 anos e mais, enquanto nos demais municípios das UFs da região essa proporção era de 25,2% e 19,7% no país como um todo. A grande maioria dos municípios da região depende de recursos provenientes de atividades ligadas aos serviços públicos, empregos públicos, transferências federativas e de renda, pois em mais de 90% dos municípios essas atividades correspondiam a 1/3 do valor adicionado bruto do PIB municipal. A pesquisa será desenvolvida a partir de quatro dimensões: 1) Mercado de trabalho e renda, 2) Movimentos Migratórios, 3) Educação, 4) Mortalidade e Saúde a partir da combinação de diversas fontes de dados oficiais e administrativos. A partir deles serão construídos conjuntos de indicadores e análises das tendências demográficas a fim de analisar a vulnerabilidade e a resiliência da população frente aos impactos sociais gerais e específicos da pandemia da Covid-19.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Olímpio de Moura

Ciências da Saúde

Farmácia
  • planejamento e desenvolvimento de novos produtos farmacêuticos a partir de scaffolds n-acilidrazônicos e n-fenilacetamida como potenciais medicamentos para tratamento de inflamação e asma.
  • Dentre as doenças de maior uso dos anti-inflamatórios destacam-se as doenças respiratórias e inflamações crônicas como artrites e artroses. Entretanto, analisando os seus efeitos colaterais e adversos e o custo das comorbidades hospitalares, pode-se indicar a necessidade de pesquisas para síntese de novas entidades químicas bioativas clinicamente aceitáveis. Dentre essas, destacam-se os derivados N-acilidrazônicos que foram escolhidos por seus relatos em atividade anti-inflamatória. Estudos realizados por nosso grupo de pesquisa comprovaram o potencial do scaffold 2-ciano-N’-benzilideno-acetohidrazida (JR-09) e alguns novos derivados planejados apresentaram resultados ainda mais promissores nos estudos para inflamação, asma e toxicidade. A proposta visa criar produtos que possam atender pacientes com doenças inflamatórias crônicas, asma ou doença alérgica grave, que requerem uso de anti-inflamatórios não esteroidais e/ou corticosteroides sistêmicos. Neste contexto, este projeto pretende planejar e desenvolver novas moléculas a partir dos dados já obtidos dos derivados N-acilidrazônicos utilizando ferramentas in silico seguido da síntese e triagem farmacológica. Ademais, propõe-se o desenvolvimento de formulações farmacêuticas de baixo custo para o derivado mais promissor. A motivação para a proposta partiu do JR-09, que deu origem a outros derivados demonstrando potencial para fármacos anti-inflamatórios e antiasmáticos comparáveis aos corticosteroides de uso clinico e que se enquadram no padrão de Druglikeness, além de rota sintética simples e fácil purificação com alto rendimento, atendendo a requisitos básicos para o seu escalonamento industrial. Assim pretendemos planejar novas moléculas, utilizando as ferramentas in silico na triagem inicial, em seguida, propõe-se a síntese dos derivados mais promissores e avaliação de farmacológica preliminar de modo a permitir identificar compostos mais potentes, seletivos, baixa toxicidade, para criação de um ou mais produto
  • Universidade Estadual da Paraíba - PB - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Pieralisi

Engenharias

Engenharia Civil
  • efeito das fibras de aço discretas na resistência e ductilidade de vigas de concreto armado com barras de polímero reforçado com fibras
  • O uso de barras de fibras reforçadas com polímeros (BFRP) ganhou notoriedade nos últimos anos na construção civil, devido à sua durabilidade em ambientes agressivos. As BFRP apresentam comportamento anisotrópico, elástico-linear e são caracterizadas por uma elevada resistência à tração na direção das fibras. Devido à essas características, elementos de concreto armados com BFRP quando solicitados apresentam grandes deformações e aberturas de fissuras antes da falha abrupta. Deste modo, existe a necessidade de utilizar reforços suplementares às BFRP para aumentar a ductilidade de elementos estruturais de concreto. Uma possiblidade, é associar o uso do concreto reforçado com fibras de aço (CRFA) às BFRP. Sabe-se que as propriedades mecânicas e as características de controle de fissuração do concreto são melhoradas com a adição de fibras de aço. Dentro deste contexto, garantir a segurança e a correta utilização de estruturas de concreto armadas com BFRP é primordial para ampliar o uso o reforço. Esta proposta de desenvolvimento de pesquisa tem o foco em contribuir diretamente para o avanço na fronteira do conhecimento no tema relacionado à alternativas para melhorar a ductilidade de estruturas utilizando o CRFA associado às BFRP. Para este fim, serão moldadas vigas de concreto (2 níveis de resistência à compressão) armadas com diferentes quantidades e diâmetros de BFRP (3 níveis de taxa de armadura) e volumes de fibras de aço (3 níveis) para serem ensaiadas à flexão de 3 e 4 pontos. As combinações entre resistência do concreto, taxa de armadura e volume de fibra gerarão vigas que falharão à flexão, ao cisalhamento e ao esmagamento do concreto. Assim, será possível avaliar o efeito da adição de fibras de aço na ductilidade das vigas em diferentes modos de ruptura. Além disso, serão realizadas análises paramétricas utilizando abordagens analíticas da seção transversal considerando o diagrama momento-curvatura e modelagens numéricas utilizando o software DIANA.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 06/09/2022-30/09/2025
Foto de perfil

Ricardo Pinheiro de Souza Oliveira

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • bioprospecção, cultivo e encapsulação de bactérias probióticas produtoras de vitaminas e bacteriocinas para aplicação na avicultura
  • Em 2020, o Brasil se tornou o maior exportador de carne de frango do mundo. Porém, para manter sua posição de destaque, o Brasil deve atender as exigências sanitárias cada vez mais restritas dos países de alta renda, que limitam o uso de uma série antibióticos e aditivos ainda utilizados na pecuária brasileira. Como alternativa, a utilização de microrganismos probióticos na prevenção e tratamento de infecções bacterianas em animais destinados ao consumo humano vem sendo considerada uma estratégia eficiente frente ao uso de antibióticos. Adicionalmente, determinadas biomoléculas produzidas por estes microrganismos [ex: peptídeos antimicrobianos (bacteriocinas), vitaminas, ácidos graxos, exopolissacarídeos, enzimas] proporcionam a melhora da imunidade e do desenvolvimento de seus hospedeiros. Os microrganismos probióticos mais utilizados nas indústrias de alimentos e farmacêuticas são do grupo de bactérias ácido-láticas (BALs), consideradas seguras pelos órgãos reguladores nesta área. No entanto, os efeitos benéficos gerados pelos probióticos são específicos para cada hospedeiro e cada biomolécula de interesse é sintetizada, em maior quantidade, por uma determinada linhagem bacteriana. Nesse contexto, o presente projeto tem como objetivo principal o isolamento e identificação de BALs probióticas presentes na microbiota do intestino de aves de corte. Para tanto, serão selecionadas cepas com alta capacidade de produzir bacteriocinas e vitaminas do complexo B (B2 e B9). A partir desta seleção, serão realizados ensaios de compatibilidade entre as cepas e, posteriormente, um “mix” de probióticos será confeccionado. As cepas do mix serão encapsuladas e administradas diariamente na dieta das aves para averiguar a eficácia probiótica desta mistura. Bacteriocinas purificadas serão igualmente encapsuladas e administradas à dieta das aves para compreendermos o efeito individual destas biomoléculas na saúde dos animais.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Pini Caramit

Engenharias

Engenharia Química
  • fecinova 2020 – feira de ciências e tecnologias de nova andradina - ms
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Ricardo Reis Soares

Engenharias

Engenharia Química
  • otimização da cadeia produtiva da macaúba através de inovações dentro dos processos catalíticos de hidrólise dos óleos e pirólise dos resíduos
  • CConsiderando o crescente déficit energético e a necessidade do crescimento sustentável, é urgente a busca por novas cadeias produtivas de biomassa lignocelulósica e/ou de óleos/lipídeos, além de inovações nos processos de transformação destas para atender à crescente demanda seja por biocombustíveis ou bioprodutos. Uma alternativa é o desenvolvimento da cadeia produtiva da macaúba. Biomassa encontrada em 4 biomas e cuja qualidade e quantidade de óleo produzido é semelhante ao dendê e 10 vezes maior que a soja. Além dos óleos da polpa e do mesocarpo (amêndoa), cuja os % mássicos correspondem a 38 e 15%, respectivamente; a casca e o endocarpo, por sua vez, apresentam frações significativas, 23-26%; que podem ser convertidas direta ou indiretamente a biocombustíveis ou bioprodutos mediante processos termoquímicos, tal como a pirólise. Recentemente, a UFU desenvolveu nova tecnologia para a produção de ácidos e álcoois graxos, diesel verde e bioquerosene de aviação usando óleo de soja. Esta envolve processo catalítico integrado, constituído em quatro etapas: hidrólise do óleo, reforma da glicerina formada, hidrogenação dos ácidos graxo insaturados e desoxigenação destes. Verificou-se que o uso de catalisadores e condições reacionais adequadas a partir da primeira etapa é crucial. Nesta, o uso de catalisadores heterogêneos contendo sítios ácidos de Lewis são os mais indicados. A UFU e UFTM vêm trabalhando no desenvolvimento de processo de conversão de biomassas lignocelulósicas através da pirólise e do refino de seus produtos. Sabe-se que catalisadores com sítios ácidos aumentam a eficiência de ambos os processos. Portanto, pretende-se otimizar a cadeia da macaúba como alternativa para biorrefinarias, estudando a termodinâmica e cinética da de hidrólise dos óleos e da pirólise dos resíduos, além de desenvolver novos catalisadores baseados em Estrutura de Imidazolato Zeolítico - 8 (ZIF-8) para ambos os processos.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Rocha de Azevedo

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • efeitos da infraestrutura digital no campo de auditoria e contabilidade pública
  • Nos anos recentes tem se acompanhado uma ampla proliferação de infraestruturas digitais no setor público e na sociedade em geral. O campo de contabilidade pública no país tem sido exposto a um intenso processo de digitalização, tanto no lado do controle e normatizadores com os Tribunais de Contas (TCs) e Secretaria do Tesouro Nacional (STN), quanto no lado dos governos locais. O uso de sistemas de coletas de dados (SCD) passou a ser um padrão de acompanhamento das informações dos governos, tanto pelos TCs que intensificaram os modelos de ‘auditoria remota’, quando por órgãos federais como STN e ministérios que tem demandado e ampliado modelos de coleta de informações (sistemas SICONFI / SIOPE / SIOPE) (Aquino, Lino & Azevedo, 2021; Aquino, Lino, Azevedo & Silva, in press) Como consequência, os governos locais têm buscado se adaptar, desenvolvendo seus sistemas de controle financeiros (SIAFICs) de forma a atender ao conteúdo informacional mínimo exigido para as prestações de contas, dado o risco de coerção pela não entrega tempestiva das informações. O presente projeto pretende submeter 3 artigos, analisando: (1) Quais os efeitos da proliferação dos SCDs dos TCs sobre os SIAFICS dos governos locais, tanto nas respostas à adaptação quanto na integração entre os sistemas; (2) Como a proliferação de SCDs afeta a normatização da auditoria e da contabilidade. A expansão de SCDs pode estar gerando um efeito inesperado, em que as práticas contábil e de auditoria podem estar sendo estabelecidas nos diferentes SCDs. Isso pode estar alterando a arena de discussão no campo, no qual a pressão na elaboração das normas pode estar sendo deslocada para o desenho dos SCDs, o que pode trazer implicações. (3) Como o campo de sistemas de contabilidade pública tem sido organizado nos municípios, e como isso afeta a prática contábil. Existem diferentes modelos de adoção de sistemas de contabilidade (SIAFIC), aspecto pouco conhecido.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 30/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Santiago Gomez

Ciências da Saúde

Odontologia
  • alterações genéticas no líquen plano oral reticular e erosivo utilizando o sequenciamento de próxima geração
  • O líquen plano oral (LPO) é uma doença imunomediada que afeta principalmente mulheres adultas. Ele afeta aproximadamente 0,2 a 2% da população geral e apresenta diferentes formas clínicas. A forma reticular é a mais comum e é caracterizada pela presença de estrias hiperqueratóticas, exibindo padrão rendilhado. A forma erosiva é menos frequente do que a reticular e é caracterizada pela presença de áreas atróficas ou eritematosas, sintomáticas, podendo exibir ulceração. A transformação maligna do líquen tem sido extensamente debatida e diversos estudos clínicos têm mostrado que isso ocorre em 1 a 3% dos casos. Não sabemos, até a presente data, qual o tipo clínico apresenta maior susceptibilidade para transformação ou os eventos genéticos associados a isso. Existem poucos estudos sobre a análise molecular comparativa das duas principais formas clínicas de líquen plano, a reticular e erosiva. Entretanto, como as amostras nesses trabalhos não foram pareadas, ou seja, do mesmo paciente, variações individuais de cada paciente aumentam os fatores de confusão na análise dos dados. Além disso, a maior parte dos dados moleculares disponíveis foram gerados sem o uso do sequenciamento de próxima geração. Assim, pretendemos nesse projeto realizar uma análise comparativa, estudando um painel contendo 2856 mutações hotspot de genes comumente envolvidos com câncer humano por meio de sequenciamento de próxima geração. Para isso, selecionaremos áreas de líquen plano erosiva e reticular de um mesmo indivíduo. Com esse projeto poderemos entender qual a forma clínica de líquen plano apresenta maior frequência de alterações genéticas. Além disso, poderemos identificar eventos genéticos que poderão ser validados em estudos longitudinais posteriores.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Saraiva de Camargo

Engenharias

Engenharia de Produção
  • pesquisa operacional para sistemas logísticos e da saúde
  • Este documento detalha a ação coletiva de nove pesquisadores de quatro instituições federais de ensino (UFMG, UFOP, IFMG, e UFSJ) para endereçar problemas prementes que afligem três sistemas importantes do Brasil. A pandemia afetou substancialmente os sistemas logísticos brasileiros principalmente os de transporte de passageiros e os de entregas de pacotes e mercadorias, além de ter sobrecarregado o Sistema Único de Saúde. No primeiro caso, a pandemia diminuiu consideravelmente o fluxo de passageiros a ponto de demandar a redução da rede de serviços e de recursos alocados, colocando em xeque a viabilidade econômica das empresas; enquanto, no segundo, as medidas de prevenção e controle da COVID, como o emprego de distanciamento social e de restrição de movimentação de pessoas, impulsionaram expressivamente o comércio eletrônico e consequentemente o setor de entregas que ainda está aquém do nível de serviço exigido pelos clientes e além dos custos operacionais economicamente viáveis. Há então a necessidade de se 1propor modelos e métodos computacionais capazes de reprojetar a rede de serviços destes dois sistemas logísticos de forma a adequá-los e viabilizá-los frente a nova realidade. Finalmente, dado as possíveis sequelas deixadas pelo COVID, o Sistema Único de Saúde terá de repensar a sua rede de atendimento, ainda mais quando se considerada os procedimentos especializados. Caso contrário, os grandes centros mais uma vez se encontrarão sobrecarregados e precarizados frente ao congestionamento de pacientes. Este grupo de pesquisa vem, via este projeto de pesquisa, pleitear recursos financeiros junto ao Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) via o Edital Universal 18/2021. Basicamente, o objetivo é propor novos modelos e métodos de resolução que incorporem perspectivas mais realísticas durante o projeto de redes logísticas e desenho de redes de serviço de saúde.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Silveira Martins

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • poder, dependência e desempenho em redes de suprimentos: estudo de caso do setor de prestação de serviços de logística
  • As empresas aliam-se em redes para enfrentar o processo de concorrência no mercado. No entanto, as alianças ocorrem entre empresas de diferentes níveis de poder e dependência, o que pode gerar rupturas e insatisfação com as práticas adotadas pela força. Desta maneira, a compreensão sobre os fatores estruturantes de redes de suprimentos e seus condicionantes deve elucidar situações em que aspectos de potencial desestabilizador nos relacionamentos impactam a propensão a colaborar e o desempenho destas redes, como é o caso de relacionamento com diferenciais claros de poder e de relação de dependência entre parceiros. O produto desejado da pesquisa é a compreensão do problema à medida investiga os efeitos da dependência mútua na assimetria de poder nos relacionamentos comprador-fornecedor que podem ser utilizados pelos atores em posição de desvantagem de dependência para mitigar o uso do poder pela parte mais poderosa. Desta forma pretende-se responder à seguinte questão de pesquisa: Como a dependência mútua e a assimetria de dependência afetam o desempenho operacional das de compradores e fornecedores? O método de análise proposto para esta pesquisa é a Análise de Superfície de Resposta (ASR). A ASR é uma abordagem estatística que produz análises e resultados mais robustos que os métodos convencionais para avaliação do impacto dos efeitos combinados de duas variáveis preditoras em outra variável de resultado. Especificadamente, o método é útil para casos em que a diferença ou a semelhanças entre as duas variáveis preditoras é questão central no problema abordado e possibilita uma visão diferenciada das relações entre as variáveis porque representa graficamente os resultados em um espaço tridimensional.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Sousa Silvestre

Ciências Humanas

Filosofia
  • paraconsistência e o conceito de deus
  • O debate sobre a racionalidade do teísmo tem ocorrido principalmente em duas frentes: a construção e análise de argumentos (teístas e ateístas) e a análise do conceito de Deus. Apesar da prioridade que o conceito de Deus tem para ambos, os aspectos lógicos desse conceito ainda não foram satisfatoriamente estudados. Em particular, a despeito de muitas tradições fornecerem descrições contraditórias de Deus, e a despeito de o princípio da não-contradição ser chave nesse debate, a aplicação da paraconsistência e sua relevância para o referido debate ainda é algo subdesenvolvido. O objetivo geral deste projeto é avançar na discussão do papel da lógica na filosofia da religião em geral e no debate acerca da racionalidade da crença teísta em específico. Como objetivo específico, deseja-se responder às seguintes perguntas: (1) Como o conceito de Deus deve ser representado? (2) Que tipo de lógica subjaz ao conceito de Deus? (3) Seria essa lógica paraconsistente? Ou: Seria o conceito de Deus paraconsistente? (4) Como uma resposta positiva a 3 afeta o referido debate? Em especial, como ela interfere no papel tradicional atribuído à lei da não-contradição nesse debate? Como resultado desse projeto, espera-se produzir seis artigos diretamente relacionados com as perguntas 1-4 acima, dois artigos mais específicos, sobre a propriedades de onibenevolência e onisciência, um workshop sobre o conceito de Deus e a Racionalidade da Crença Teísta (a ser realizado na Índia em 2022), um congresso sobre Contradição, Paraconsistência e Religião (a ser realizado no Rio de Janeiro em 2023) e uma coletânea de artigos sob Contradição, Paraconsistência e Deus a ser publicada por uma editora de renome internacional e contendo contribuições de filósofos e lógicos de renome mundial. As terceira e quarta edições do World Congress on Logic and Religion, a serem realizadas na Índia em 2022 e na Romênia em 2023, respectivamente, também podem ser vistos como resultados desse projeto.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Toshio Fujiwara

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • novos testes sorológicos para diagnóstico da esquistossomose mansoni e geo-helmintíases – da sorologia convencional para bioinformática e nanotecnologia
  • Apesar do desenvolvimento tecnológico que tem sido observado na área de saúde humana, as doenças causadas por infecções parasitárias ainda representam um grave problema de saúde pública, afetando 1,8 bilhões de pessoas em todo o mundo. De forma geral, as infecções parasitárias, especialmente as helmintoses, são doenças crônicas e debilitantes que impactam negativamente a saúde e produtividade do trabalhador, bem como o desenvolvimento intelectual e físico de crianças infectadas, especialmente em populações pobres. As políticas públicas de controle das principais helmintoses que afetam populações humanas, como esquistossomose e geohelmintoses, são baseadas principalmente no tratamento em massa dos indivíduos em áreas de alta endemicidade ou em diagnóstico e tratamento dos indivíduos infectados em locais de baixa e moderada prevalência. Estas medidas, apesar de ter resultado em redução expressiva da carga parasitária e, consequentemente, dos casos mais graves das doenças, não previnem reinfecções e ainda favorecem o estabelecimento de resistência ao tratamento e a manutenção de indivíduos infectados com baixa carga parasitaria, que geralmente são assintomáticos e não tem acesso ao tratamento. Por outro lado, o tratamento seletivo de pessoas infectadas demanda a utilização de testes mais sensíveis e específicos de diagnóstico, capazes de identificar indivíduos com baixa carga parasitária e/ou falhas de tratamento, que permitem a contaminação ambiental e a manutenção da transmissão dos parasitos. A utilização das técnicas clássicas de exame de fezes tem se mostrado pouco eficiente para diagnóstico destes casos, especialmente em indivíduos infectados por Schistosoma mansoni e Strongyloides stercoralis, helmintos que produzem e/ou eliminam poucos ovos ou larvas nas fezes, e até com geohelmintos que produzem muitos ovos, mas vivem em áreas submetidas a intervenções frequentes sem controle de cura. Este novo cenário epidemiológico das helmintoses no Brasil tem sido o foco dos estudos realizados pelo nosso grupo de pesquisa. Especificamente no caso da Esquistossomose, nossos dados demonstraram que o exame de fezes pelo método de Kato-Katz, técnica utilizada pelo serviço de saúde para identificar infecção por S. mansoni em áreas endêmicas e prescrever o tratamento especifico, apresenta pouca sensibilidade para diagnosticar indivíduos com baixa carga. Nestas populações também foi verificado que a maioria dos testes parasitológicos utilizados isoladamente, bem como o teste rápido comercialmente disponível (POC-CCA), teve baixa sensibilidade e pouca concordância com o teste de referência criado pela combinação de todos os testes parasitológicos empregados. Também foi verificado que o teste parasitológico Helmintex e a técnica molecular de PCR em Tempo Real em amostras de fezes, foram as técnicas mais sensíveis para diagnostico de indivíduos com baixa carga parasitária; entretanto, estas metodologias ainda são muito laboriosas, caras e demandam estrutura laboratorial mais sofisticada, sendo muitas vezes inviável de ser utilizada em áreas endêmicas. Desta forma, as metodologias de diagnostico disponíveis até o momento não permitirão atingir a meta de eliminação da esquistossomose como problema de saúde pública e/ou interrupção da transmissão da infecção no país. Baseado nestes dados, nossa equipe iniciou um estudo para padronizar e validar técnicas sorológicas para diagnostico de indivíduos infectados por Schistosoma mansoni, verificando a reatividade de diferentes isotipos de anticorpos do soro de indivíduos com perfil parasitológico bem estabelecido e utilizando diferentes extratos antigênicos do parasito. Os dados obtidos até o momento indicam que a reatividade de IgG4 e IgG1 frente a antígenos solúveis obtidos de vermes adultos apresentam boa sensibilidade para o diagnóstico de S. mansoni, mesmo em indivíduos com baixa carga parasitária. Estes dados nos permitem identificar, isolar e caracterizar antígenos reativos nos testes de ELISA que possam ser utilizados para o desenvolvimento de testes rápidos em plataformas convencionais e funcionalizados a nanobiosensores para ser detectado na nova plataforma de diagnostico baseado em nanofotonica – EPEL (Espectrômetro Portátil de Espalhamento de Luz), desenvolvido e patenteado pelos pesquisadores da UFMG e licenciada pela empresa Neovision (BHTec - http://www.neovision.med.br/). O desenvolvimento destas novas ferramentas de diagnostico permitirá aliar o aumento de sensibilidade do teste com a rapidez, facilidade de realização e baixo custo. As novas alternativas de diagnostico serão inicialmente avaliadas no soro de camundongos experimentalmente infectados, onde carga, tempo de infecção, cura parasitológica e reinfecção podem ser facilmente testados. As ferramentas que apresentarem melhor desempenho serão validadas nos indivíduos das áreas endêmicas selecionadas, que serão previamente caracterizados através de exames parasitológicos, utilizando a técnica de Kato-Katz (carga e detecção de geohelmintos) e Helmintex (teste referência para esquistossomose), avaliação clínica e ultrassonografica. Acreditamos que estes dados permitirão a construção de um novo guia de conduta para diagnostico e controle da esquistossomose baseado na realidade epidemiológica atual da doença e visando sua eliminação. Em paralelo, trabalhando em diferentes áreas eco-epidemiológicas no Centro-Oeste, Nordeste e Norte do país, testes sorológicos convencionais e plataformas novas (Imunocromatografia e EPEL) podem ser desenvolvidos e testados como alternativa para detecção de geo-helmintíases ocultas e/ou com carga parasitária reduzida, conforme indicado no território nacional durante o mais recente Inquérito Nacional para Esquistossomose e Geo-Helmintoses.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/03/2020-28/02/2023
Foto de perfil

Ricardo Tostes Gazzinelli

Ciências Biológicas

Imunologia
  • inct para o desenvolvimento de vacinas
  • As vacinas são consideradas umas das mais bem sucedidas intervenções da medicina no controle das doenças infecciosas. Infelizmente, o número de novas vacinas que sejam efetivas e disponíveis comercialmente é muito pequeno. Entretanto, grandes descobertas científicas e avanços tecnológicos recentes criaram condições promissoras para o progresso no desenho racional de vacinas. Neste contexto, nós propomos o INSTITUTO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM VACINAS (INCTV) para suprir uma demanda científica e tecnológica existente e acelerar o desenvolvimento de vacinas contras doenças infecciosas de interesse médico e veterinário. O INCTV será estruturado em três grandes divisões: (I) Divisão de doenças infecciosas e imunologia; (II) Divisão de tecnologia em vacinas; e (III) Divisão de desenvolvimento de vacinas. A Divisão de Doenças infecciosas e imunologia abrangerá três áreas principais: (a) imunologia; (b) Interação patógeno-hospedeiro; e (c) genômica, que juntas darão suporte científico básico para o desenvolvimento de vacinas que induzem imunidade protetora robusta e duradoura. A Divisão de tecnologia em vacinas será estruturada em quarto plataformas tecnológicas que serão utilizadas para a geração de novas formulações vacinais: (a) descoberta de adjuvantes; (b) descoberta de antígenos; (c) sistemas de entrega do antígeno; e (d) vetores vacinais vivos atenuados. Finalmente, na Divisão de desenvolvimento de vacinas, as formulações vacinais avançadas, derivadas dos estudo de prova-de-conceito nos laboratórios de pesquisa, seguirão para testes de imunogenicidade e toxicidade em modelos pré-clínicos e ensaios clínicos de fase I bem controlados. Por fim, o grande volume de dados gerado pelas diferentes divisões alimentarão o nosso Núcleo de Vacinologia de Sistemas que combinará análises de sistemas com modelos computacionais e matemáticos fornecendo embasamento para o desenho racional de novas vacinas e para melhorar outras já existentes. Baseado na experiência do nosso grupo, no impacto esperado para a saúde pública, e na ausência de alternativas para controle da doença, nós escolhemos a Doença de Chagas, a Dengue, Leishmanione e Malária causada por P. vivax como alvos de estudo da nossa proposta. Para atingirmos nossas metas, nós reunimos um grupo multidisciplinar composto por cientistas bem estabelecidos assim como jovens promissores com experiências nas áreas de bioquímica, biologia celular, medicina clínica, imunologia, microbiologia, biologia molecular, bioinformática, parasitologia, farmacologia e veterinária, os quais nos permitirão lidar com as questões fundamentalmente necessárias para o desenvolvimento de novas vacinas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - MG - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Ricardo Tostes Gazzinelli

Ciências Biológicas

Imunologia
  • monitoração de indivíduos assintomáticos com parasitemia subpatente pelo plasmodium vivax e seu potencial de transmissão para o anopheles (nyssorynchus) darlingi.
  • A infecção por Plasmodium vivax, causa predominante da malária na Ásia e na América Latina, afeta aproximadamente 14 milhões de indivíduos anualmente, com efeitos adversos consideráveis na saúde e no desenvolvimento socioeconômico. Além disso, infecções assintomáticas por P. vivax, decorrente do desenvolvimento da imunidade clínica, são comumente relatadas mesmo em locais de baixa endemicidade, como na maioria das regiões da bacia amazônica. Muitos destes indivíduos têm infecção assintomática subpatente (isto é, indetectáveis por microscopia convencional ou testes rápidos de diagnóstico), mas podem infectar mosquitos vetores, constituindo um reservatório infeccioso silencioso que desafia os esforços de eliminação da malária. Devido à difícil detecção de pacientes com malária assintomática, sem sinais clínicos de doença e microscopia de gota espessa negativa, este subconjunto de pacientes infectados por P. vivax é pouco conhecido, apesar de sua potencial relevância na manutenção do ciclo do parasito em áreas hipoendêmicas. Nesta proposta, pretendemos buscar dois objetivos principais. Recentemente, desenvolvemos um teste rápido imunocromatográfico para detectar IgM e IgG contra malária por P. vivax e determinamos sua sensibilidade e especificidade em comparação à microscopia de gota espessa e à PCR quantitativa para detectar pacientes sintomáticos e indivíduos assintomáticos, respectivamente. Nosso primeiro objetivo será a otimização desse teste rápido para a malária por P. vivax para detectar infecções sintomáticas e assintomáticas em campo, em áreas com infraestrutura precária. Até agora a eficiência da transmissão de P. vivax de pacientes assintomáticos para A. darlingi, bem como sua relevância em manter o ciclo de vida do parasito em campo, é desconhecida. Nosso grupo estabeleceu recentemente uma das primeiras colônias de A. darlingi no mundo e, certamente, a primeira no Brasil, que está atualmente em sua vigésima geração. Essa infraestrutura permite alcançar um segundo objetivo do projeto, que é determinar a eficiência dos indivíduos assintomáticos na transmissão do parasito P. vivax ao A. darlingi, o vetor mais importante da malária na Amazônia. Os indivíduos detectados pelo teste rápido terão a parasitemia total e a gametocitemia definidas pela PCR quantitativa e o sangue será utilizado para alimentar o mosquito nos ensaios de alimentação sanguínea. Ter a capacidade de identificar indivíduos assintomáticos em campo e entender a importância desses indivíduos na transmissão de P. vivax ao mosquito é fundamental para o esforço mundial de eliminar a malária no Brasil e em outros países afetados por esta doença devastadora.
  • Fundação Oswaldo Cruz - MG - Brasil
  • 01/01/2020-30/06/2023
Foto de perfil

Ricardo Vieira Ventura

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • desenvolvimento e uso de algoritmos de aprendizagem de máquina aplicados à produção animal
  • Métodos de Visão Computacional e Aprendizado de Máquina tem sido amplamente utilizados para a resolução de problemas de classificação e identificação de padrões em diferentes áreas da ciência e indústria, tornando-se também promissores para a resolução de vários entraves associados ao processo de fenotipagem automatiza e em larga escala, o que beneficiaria setores essenciais da produção animal, tais como bovinocultura de corte e suinocultura. A presente proposta objetiva elucidar aspectos relacionados à obtenção de atributos ou features (para posterior uso como entrada de dados nos métodos de visão computacional e aprendizado de máquina) que possam integrar avaliações relacionadas com a qualidade da carne em bovinos de corte (nível de gordura intramuscular), fornecer por meio de imagens mensurações mais acuradas e automatizadas sobre o peso ao nascimento, assim como investigar o uso de dados sonoros para fins de identificação dos diferentes manejos normalmente implementados em uma granja de suínos. Dentre os problemas acima relatados, para os desafios ligados ao uso de imagens, maiores investigações são necessárias em busca da praticidade em aplicações reais e que sejam plausíveis de implementação em ambientes não controlados. Poucos estudos têm sido conduzidos em relação ao uso de arquivos sonoros aliados às técnicas de Aprendizagem Profundo (Deep Learning - DL) para resolução de problemas ligados à Produção Animal. A introdução de novos sensores e uso de diferentes câmeras auxiliará na determinação futura de mecanismos que possam ser traduzidos e direcionados para aplicações práticas em ambientes remotos. Estudo anterior (publicado em periódico internacional por um dos executores da proposta) demonstrou elevado poder ao se associar dados sonoros e técnicas de DL para a classificação do andamento em equinos de marcha batida e picada. Nossa hipótese se baseia na continuidade de uso de tais algoritmos para benefício da suinocultura e bovinocultura de corte.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 25/02/2022-28/02/2025