Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Wallans Torres Pio dos Santos

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de sensores eletroquímicos simples e rápidos para determinação de drogas em saliva humana e amostras apreendidas: aplicação em análise forense e controle de doping
  • O presente projeto apresenta um plano de trabalho para realizar estudos avançados no desenvolvimento e caraterização de sensores eletroquímicos portáteis e sensíveis para aplicação no controle de doping e análises forenses. A aplicação dos sensores no controle doping será baseada na determinação direta das drogas em amostras de saliva humana, buscando uma detecção simples e rápida de drogas lícitas e ilícitas, que são consideradas como estimulantes e, consequentemente, proibidas no exame antidoping de atletas. Os sensores eletroquímicos desenvolvidos também serão aplicados para a identificação preliminar de novas substâncias psicoativas (NPS) em amostras apreendidas pela Policia Civil do Distrito Federal e do Estado de Minas Gerais. Neste contexto, o plano de trabalho inclui o desenvolvimento de sensores eletroquímicos baseados em eletrodos impressos simples ou modificados com nanopartículas de carbono (ou metálicas). As nanopartículas serão estudadas e caraterizadas por experimentos de nano-impacto. Considerando as perspectivas de sucesso desse projeto, a determinação dessas drogas estimulantes em amostras de saliva, na forma inalterada ou de seus respectivos metabolitos, pode viabilizar uma análise portátil e rápida para os exames antidoping, bem como auxiliar na comparação dos resultados obtidos em amostras de urina. Além disso, a determinação de drogas ilícitas em saliva pode ser uma proposta de um sensor simples, não invasivo e de baixo custo para detectar uso de drogas, como por exemplo, cocaína e tetraidrocanabinol, em condutores automotivos ou de supostos criminosos presos em flagrante. O sucesso dos resultados pode também proporcionar uma aplicação na identificação preliminar de NPS, que é de extrema importância na área forense, em especial, para lavratura de auto de prisão em flagrante delito, pois em muitos casos ainda não existem métodos simples e rápidos para identificação dessas drogas.
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022