Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Celme Torres Ferreira da Costa

Engenharias

Engenharia Civil
  • estudo da recarga artificial como alternativa para recuperação da potenciometria dos aquíferos na bacia sedimentar do araripe, ceará
  • A Bacia Sedimentar do Araripe é compartilhada pelos Estados do Ceará, Pernambuco e Piauí. Nesta região, os recursos hídricos subterrâneos são a mais importante fonte de água potável para abastecimento público e privado. Estudos recentes mostram um uma diminuição no nível potenciométrico dos poços tubulares do aquífero. Esse quadro de declínio deve ser atribuído não apenas ao bombeamento excessivo, mas também a ocupação e impermeabilização do solo na região, a qual limita a recarga natural dos aquíferos da área em estudo. O estudo da viabilidade do processo de recarga artificial de aquíferos é uma das vias possíveis. A recarga artificial de aquíferos e é definida como uma atividade planeada cujo objetivo principal consiste em aumentar a quantidade de água subterrânea disponível, através da construção de infraestruturas projetadas para aumentar a recarga natural, ou para facilitar a percolação das águas superficiais ou para introduzir diretamente a água no aquífero através de poços de indução/injeção. A água de recarga introduzida no aquífero pode ficar armazenada e ser utilizada quando for necessário. Nesse estudo de viabilidade será implantado um experimento de recarga artificial em escala piloto, levando-se em consideração a hidrogeologia local, a captação de água de chuva e o controle da qualidade da mesma, além das características do uso do solo no local. Para a estimativa das reservas hídricas será utilizada uma adaptação de metodologias clássicas com uso de parâmetros dimensionais dos aquíferos a partir de aproximações do balanço hídrico local. Os dados serão sistematizados aplicando técnicas de estatística e probabilidade. Como o comportamento dos aquíferos estão classificados como sistemas dinâmicos e a pesquisa tem como base de dados variáveis contínuas, na sistematização dos dados serão utilizadas ferramentas de processos estocásticos voltadas para séries temporais e processos de renovação.
  • Universidade Federal do Cariri - CE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Celso Arrais Rodrigues da Silva

Ciências da Saúde

Medicina
  • impacto da família de proteínas de bromodomínio e domínio extraterminal (bet) na leucemia linfocítica crônica.
  • A leucemia linfocítica crônica (LLC) é a leucemia mais frequente em adultos caracterizada pela proliferação clonal de linfócitos B maduros. O tratamento atual tem se baseado cada vez mais em terapias-alvo que são mais efetivas e menos tóxicas que a quimioterapia convencional. Atualmente, as drogas mais utilizadas têm como principais alvos a tirosino-quinase de Bruton (BTK) e a proteína reguladora de apoptose (BCL2). Entretanto, já estão descritos vários mecanismos de resistência a esses medicamentos e posteriores falhas terapêuticas. Foram identificadas mutações em genes associados à regulação da transcrição o que sugere a participação de reguladores epigenéticos na LLC. A família de proteínas com bromodomínios e domínios extraterminais (BET), composta por BRD2, BRD3, BRD4 e BRDT, regula a expressão gênica de genes associados a crescimento e ciclo celular, inflamação e desenvolvimento tumoral. Os inibidores de BET (iBET) têm apresentado resultados promissores em leucemias agudas. No entanto, há poucos dados do papel de iBET na LLC. Nosso objetivo é avaliar a expressão dos genes BET na LLC e correlacionar com marcadores prognósticos conhecidos da doença (estadiamento clínico, desidrogenase lática, beta 2-microgloulina, del17p, mutação do TP53 e estado mutacional da imunoglobulina de cadeia pesada). Além disso, testaremos o efeito do tratamento combinado de iBET com outras terapias-alvo atualmente já utilizadas em LLC (venetoclax, ibrutinibe e acalabrutinibe). Para tal, realizaremos ensaios funcionais e moleculares ex vivo com células de pacientes com LLC nas quais acrescentaremos iBET e as demais medicações e, posteriormente, realizaremos análise da expressão gênica (qPCR) e proteica (por Western Blot) das proteínas da família BET e ensaio de morte celular, para verificar a eficácia do tratamento. Com esse projeto, pretendemos ampliar nossos conhecimentos sobre iBET e verificar a eficácia de seu uso que poderá ser explorado como alvo terapêutico em LLC.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Celso Augusto Guimarães Santos

Engenharias

Engenharia Civil
  • severidade das secas em cenários de alterações climáticas: análise geoespacial e suas implicações na operação de reservatórios em cenários climáticos futuros na região semiárida do brasil
  • A pesquisa é baseada no estudo do comportamento espaço-temporal da severidade das secas mediante cenários de alterações climáticas, além de elaborar regras baseadas em cenários futuros de mudanças climáticas para operação mensal de reservatórios localizados na região semiárida do Brasil (RSB). As secas são classificadas em meteorológica, hidrológica, agrícola e socioeconômica, e causam grandes danos e prejuízos significativos às condições de vida das populações expostas. Nesta questão, os índices de seca são fundamentais para compreender os efeitos das secas e características, tais como intensidade, duração e severidade. Entre a grande variedade de índices desenvolvidos, os mais utilizados são o Índice Normalizado da Precipitação (SPI) e o índice de Precipitação-Evapotranspiração Padronizado (SPEI), os quais são sugeridos pela Organização Mundial de Meteorologia como índices para a monitoramento de secas. A RSB caracteriza-se por um clima semiárido, marcado pela alta variabilidade espaço-temporal das chuvas e déficit em relação à evaporação; i.e., a evaporação potencial supera a precipitação entre 450 e 900 mm anualmente. Com essas condições climáticas, secas severas vêm ocorrendo. Considerando que grande parte da RSB apresenta historicamente eventos de secas recorrentes, esta pesquisa é de extrema valia para analisar a severidade das secas e o comportamento futuro do volume dos reservatórios na RSB. Além disso, a RSB constitui um desafio do ponto de vista de gerenciamento dos recursos hídricos devido à grande diversidade climática e hidrológica, e tem elevada importância socioeconômica e ambiental, mas devido ao modelo de exploração estabelecido ao longo de décadas, os seus recursos naturais têm sido degradados, limitando o desenvolvimento regional e local. Assim, esta pesquisa objetiva investigar o efeito das alterações climáticas na severidade da seca e na operação mensal de reservatórios localizados na RSB, para períodos passados e cenário climático futuro.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Celso Eduardo Tuna

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • gaseificação de resíduos sólidos urbanos – análise técnica, econômica e ambiental – revitalização dos gaseificadores do grupo de otimização de sistemas energéticos
  • A gaseificação é um processo pelo qual um combustível sólido (como a biomassa) passa por reações de oxidação parcial em altas temperaturas, sendo convertido em gás combustível composto por moléculas de monóxido de carbono (CO), dióxido de carbono (CO2), metano (CH4), hidrogênio (H2) e nitrogênio (N2). Tal processo é realizado em equipamentos chamados de gaseificadores. O gás produzido com este processo possui baixo poder calorífico (4 a 7 MJ/Nm3, com ar como agente oxidante). Os Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) são uma fonte de biomassa ainda pouco explorada que, se aproveitada em um processo de gaseificação, resultará em um combustível gasoso renovável e passível de tratamento para obtenção de hidrogênio, que pode ser purificado, sendo um vetor energético de crescente demanda em diversas aplicações, como geração de energia elétrica e transportes. Além disso, o gás de síntese pode ser utilizado como combustível em Motores de Combustão Interna (MCI), Turbinas a Gás (TG) e até mesmo em células a combustível. Neste último caso, recentemente, têm sido desenvolvidos para a conversão direta do biometano ou syngas em eletricidade. Tais processos apresentam diferentes características de eficiência termodinâmica, emissões (tCO2/MWh) e custo de produção de energia (R$/MWh). O presente projeto propõe a revitalização e modernização dos gaseificadores atualmente existentes no Laboratório de Otimização de Sistemas Energéticos (LOSE) da UNESP Guaratinguetá – SP. Com isso, serão possíveis análises experimentais e estudos de aspectos técnicos, ambientais e econômicos da gaseificação da biomassa disponível nos RSU do município de Guaratinguetá, para a produção de syngas, o qual poderá ser aproveitado em diferentes ciclos termodinâmicos.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Celso Sánchez Pereira

Ciências Humanas

Educação
  • observatório de experiências de educação ambiental de base comunitária do estado do rio de janeiro
  • O Projeto Observatório de Experiências de Educação Ambiental de Base Comunitária no Estado do Rio de Janeiro, baseia-se na construção de processos de ensino-aprendizagem, e visa identificar e prospectar experiências socioeducativas e ambientais no Estado do Rio de Janeiro. Parte-se da hipótese principal de que os sujeitos postos em condição de vulnerabilidade socioambiental têm o potencial de revelar e produzir estratégias e práticas sociais que possuem dimensões pedagógicas, e que dialogam com a perspectiva da Educação Ambiental de Base Comunitária. O Projeto pretende desenvolver um processo investigativo de modo a realizar um mapeamento de experiências, bem como a criação de um banco de dados, e conformar um observatório acerca das formas organizativas socioambientais que emergem dos sujeitos em situação de vulnerabilidade no Estado do Rio de Janeiro, compreendendo a perspectiva emancipatória e pedagógica destes processos. Para tanto, como objetivo principal, busca-se desenvolver um Observatório de Experiências de Educação Ambiental de Base Comunitária no Estado do Rio de Janeiro. Após a seleção de determinadas comunidades, metodologicamente, serão realizadas oficinas educativas nos territórios tendo como base a proposta do “Círculo de Cultura” de Paulo Freire assim como, a concepção metodológica da “Foto-Escrevivência”. Será desenvolvida uma série documental (produção audiovisual), como recurso pedagógico, registro audiovisual e de divulgação do referido processo pedagógico, assim como, a realização de um Fórum de Articulação Territorial e um Curso de Extensão com o tema da Educação Ambiental de Base Comunitária. Como forma de publicização do Projeto, serão publicados 5 fascículos, um e-book e artigos científicos. Posteriormente haverá a divulgação em importantes encontros nacionais de Educação.
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Celso Vataru Nakamura

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • inovação tecnológica e desenvolvimento de bioprodutos amazônicos obtidos a partir do gênero piper e copaifera com potencial terapêutico contra leishmaniose cutânea e visceral
  • O projeto será desenvolvido na forma de um Núcleo de Pesquisa que agrega pesquisadores das áreas da Saúde, Ciências Biológicas, Química, Biotecnologia de quatro instituições oriundas das regiões Norte, Sudeste e Sul do Brasil, que propõem estudos relacionados ao desenvolvimento de novos bioprodutos contra leishmanioses. O grande elo de associação é a Parasitologia e a Química Medicinal, que se traduz na busca de princípios ativos oriundos de produtos naturais de origem amazônica, associado à nanotecnologia contra o parasito Leishmania. As leishmanioses são doenças infecto-parasitárias que representam grave problema de saúde pública, acometendo milhões de pessoas no mundo. A terapêutica atual possui alta toxicidade, baixa eficácia, custo elevado e resistência, justificando a importância e a necessidade na busca por novas alternativas terapêuticas. Este Núcleo de Pesquisa objetiva atuar de forma integrada para desenvolver novos fármacos a partir de compostos bioativos amazônicos do gênero Piper e Copaifera, com possível ação contra leishmaniose cutânea e visceral. Resultados anteriores dos grupos envolvidos confirmam o potencial terapêutico do gênero Piper e Copaifera, justificando a continuação das pesquisas. Adicionado a isso, os pesquisadores envolvidos possuem expertises que permitirão desenvolver novas estratégias e incorporação de tecnologias mais seguras e acessíveis para o tratamento de pacientes com leishmanioses. Essas ações envolvem diferentes passos que vão desde a obtenção, identificação de compostos, sistemas nanoestruturados/organogéis, ensaios in vitro, ex vivo, in vivo, mecanismos de ação e imunomodulação, utilizando para isso, diferentes plataformas experimentais como modelos de doenças. Por fim, o projeto visa tornar este Núcleo de Pesquisa como referência nesta área no Brasil, com benefícios diretos para a sociedade, uma vez que se trata de um tema de grande importância tanto econômica como para a melhoria da qualidade de vida da população.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

César Augusto Battisti

Ciências Humanas

Filosofia
  • tradução da correspondência de rené descartes
  • O projeto visa à tradução, para o português, da correspondência do filósofo francês René Descartes (1596-1650), a ser feita por um grupo de pesquisadores e pós-graduandos de universidades brasileiras. Nele serão contempladas as cartas do período de 1605 a 1643, correspondendo a 60% do total (439 cartas de um total de 735; as demais serão deixadas para um projeto futuro). A maioria das cartas foram escritas originalmente em francês (625), mas há uma quantidade em latim (107) e algumas em neerlandês (três). Será utilizada a edição Adam-Tannery (edição das obras completas do filósofo; cinco volumes dedicados à correspondência), apoiada na edição Bompiani, mais recente e com nova organização, publicada em italiano e no original, sendo um dos volumes (com 3.165 páginas) dedicado à correspondência. A equipe, composta de especialistas da área, recém-doutores e pós-graduandos (25 membros) – a maioria com experiência em tradução – já está organizada em subgrupos (com subcoordenadores setoriais: professores efetivos das instituições), cada qual responsável pela tradução e primeira revisão de um conjunto das cartas. Dado o perfil dos participantes e a importância da publicação deste material bibliográfico para pesquisas de seus grupos de pesquisa, a proposta é plenamente exequível, ao mesmo tempo que central às pesquisas da área. O objetivo é traduzir a correspondência de Descartes, revisá-la e publicá-la (a parte correspondente à presente proposta); com isso, oferecer ao público brasileiro essa importante fonte de investigação do pensamento cartesiano. A tradução de textos de um pensador clássico atravessa o tempo sem perder sua atualidade, o que faz deste projeto ter um valor inestimável e duradouro. O projeto visa também contribuir para a valorização da correspondência de Descartes como material importante para a compreensão e reavaliação de seu pensamento.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 11/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

César Augusto Bernardes

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • aplicações de instrumentação computacional em física experimental de baixas a altas energias
  • A Ciência brasileira se destaca na atuação em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) de aceleradores e detectores de partículas. Resultados importantes são obtidos em regimes distintos de energia, como na P&D de detectores do CERN-LHC e das linhas de luz do LNLS-Sírius. O regime de alta luminosidade do LHC e imagens de altíssima resolução do Sírius exigem ferramentas modernas para otimizar a obtenção de resultados. O poder computacional necessário será alcançado com aplicações modernas para análise de grandes conjuntos de dados e simulação da interação da radiação com a matéria (IRM) em ambientes complexos. Nossa proposta visa obter aplicações agregando ferramentas modernas para processamento de dados, como aprendizado de máquina e computação de alto desempenho. O uso de aprendizado de máquina e GPU para a simulação de detectores do LHC mostra ganhos de eficiência em ordens de grandeza se comparados a CPUs, além do sucesso da simulação de feixes para hadronterapia. Optamos por empregar ferramentas consolidadas de código aberto como Geant4 e LAMMPS, utilizadas em distintos ramos da Ciência. O seu uso com GPUs e linguagem Python precisa ser desenvolvido para consolidar soluções modernas frente aos desafios atuais. Propomos construir aplicações voltadas para análise de dados e simulação em IRM, como também soluções em aplicações médicas que podem otimizar a dose e pré/pós processamento de imagem personalizados para pacientes. Métodos de simulação computacional, com sua devida validação, são ferramentas poderosas para avaliar a geometria de irradiação em procedimentos médicos. Logo, nosso objetivo é construir estas aplicações para simulação e análise de dados em temas de fronteira com a sinergia de diferentes áreas da Ciência. Portanto, a proposta de construir aplicações para uso nestes ramos é altamente promissora e com grande potencial de sinergia para a P&D de soluções inovadoras e fortalecer a formação de recursos humanos preparados para os desafios futuros.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cesar Augusto Tacla

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • modelo de explicabilidade contrastiva para agentes deliberativos
  • Explicabilidade em Inteligência Artificial (AI) permite aos atores envolvidos na construção e uso de um sistema inteligente (SI) obterem informações sobre as decisões produzidas pelo mesmo. O intuito é justificar as decisões aos usuários, permitir auditorias e verificação do cumprimento de normas e leis, auxiliar em processos de responsabilização e de debug. Um agente artificial (AA), componente de um SI, deve ter a capacidade de explicar as deliberações sobre (i) os estados de objetivos e a escolha de um subconjunto compatível deles, (ii) a delegação de objetivos, e (iii) a escolha de um agente parceiro para o qual delega parte de um objetivo. Pressupõe-se que os AAs sejam guiados por objetivos e realizem raciocínio prático (BDI). Dentre os tipos de explicações, encontram-se os tipos factual e contrastiva. Uma explicação factual apresenta uma cadeia de eventos que levam o agente a uma deliberação e, uma contrastiva, comumente usada por humanos, enfatiza as diferenças entre uma cadeia causal de referência e uma para comparação. O problema é que, para ser capaz de dar explicações contrastivas, um AA deve ter uma representação mais refinada sobre seus processos deliberativos do que teria para explicações factuais. A hipótese é que, se dotarmos agentes BDI de um modelo de explicabilidade que preconiza representações de processos deliberativos e de mecanismos de geração de explicações, eles gerarão explicações contrastivas em diferentes níveis de refinamento. Parte-se da proposição de um modelo genérico de deliberação baseado em estados e transições condicionais entre estados. A partir do modelo de deliberação e de um histórico do estado mental do agente, o mecanismo de explicabilidade gera as possíveis causas para responder a uma questão sobre uma deliberação comparativamente a outra. Com base em critérios relacionados à intenção da explicação e ao tipo de público, um subconjunto das causas é selecionado para apresentação. A abordagem adotada é incremental.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

César de Castro Martins

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • as múltiplas faces do carbono orgânico e metais no ecossistema subantártico: variabilidade espaço-temporal, conexões com fatores ambientais e a transferência entre compartimentos (carbmet)
  • A região da Península Antártica é considerada uma das poucas áreas relativamente preservadas do planeta, constituída de sistemas ecológicos e criosféricos capazes de responder de forma dinâmica a mudanças ambientais ocorridas em escala local e global. Estas características garantem um elevado grau de especificidade quanto aos processos de distribuição de carbono e elementos-traço desde a porção continental, passando pela coluna d’água e suas condicionantes físicas, químicas e biológicas, até os sedimentos de fundo. Neste contexto, a compreensão dos processos biogeoquímicos marinhos polares envolvendo a distribuição e composição da matéria orgânica dissolvida, particulada e sedimentar, e de metais-traço e Fe frente à diferentes escalas temporais (semanas, meses e anos) é de alta prioridade e potencialmente capaz de auxiliar na compreensão de alterações ambientais locais, resultantes não apenas da componente climática, mas também da interferência antropogênica. O estudo das características ambientais locais e como essas vêm sendo alteradas em diferentes escalas de tempo pode fornecer pistas valiosas sobre o comportamento do ambiente subantártico em um cenário futuro. Assim, este projeto pretende contribuir para a elucidação das múltiplas faces do carbono orgânico e de elementos metálicos no sistema subantártico frente às mudanças climáticas globais, à interferência antrópica local e de longa distância e às conexões com fatores ambientais, à variabilidade espaço-temporal destes parâmetros e à transferência de material orgânico e inorgânico entre compartimentos da hidrosfera marinha antártica. Para isso, serão caracterizadas as fontes biogênicas e antrópicas dos componentes orgânicos e inorgânicos em amostras de material particulado em suspensão (MPS), sedimentos superficiais e na fase dissolvida de diferentes regiões da Baía do Almirantado, Ilha Rei George, através da determinação de multiproxy ambientais e contaminantes orgânicos, a fim de relacionar os resultados obtidos às mudanças ambientais no ciclo biogeoquímico do carbono orgânico local em uma determinada escala de tempo. O planejamento amostral e laboratorial irá contemplar a coleta de amostras de MPS e sedimentos superficiais, bem como a instalação de amostradores passivos na Baía do Almirantado para a determinação dos níveis e a distribuição espaço-temporal de contaminantes orgânicos (hidrocarbonetos alifáticos e policíclicos aromáticos), poluentes orgânicos persistentes e emergentes (pesticidas organoclorados, bifenilas policloradas, retardantes de chama, produtos farmacêuticos e de cuidados pessoais), indicadores geoquímicos (COT, NT, PT, d13C, d15N, granulometria), marcadores moleculares da origem da matéria orgânica (n-alcanos, isoprenóides, terpenóides, álcoois e ácidos graxos, esteróis, cetonas de cadeia longa), indicadores químicos do aporte de esgotos (esteróis fecais, LABs); elementos metálicos (Fe, Cd, Co, Cr, Cu, Ni, Pb, Se, V, Zn, entre outros), e; assembléia de foraminíferos planctônicos e bentônicos. Os resultados a serem obtidos devem apresentar relevância ao estado da arte a nível internacional, gerando produtos de qualidade superior a fim de alavancar o Programa Antártico Brasileiro a um nível de protagonismo científico frente as demais comunidades de pesquisa antártica no Cone Sul e de destaque em áreas específicas do conhecimento na comparação às principais potências da pesquisa antártica mundial. O projeto contribuirá para a consolidação de grupos emergentes em geoquímica orgânica (LaGPoM/UFPR) e inorgânica antártica (LabQIM/USP) e nucleação de novos centros promissores de pesquisa polar (UFBA, UFSC, UFS) em diferentes regiões do Brasil, agregando pesquisadores de instituições da região nordeste (UFS e UFBA) e sul (UFSC), onde potenciais pesquisadores antárticos estão iniciando suas pesquisas. A integração das informações geradas nas múltiplas temáticas do projeto contribuirá para a compreensão do ciclo do carbono natural e antrópico no ambiente subantártico com ênfase nas mudanças ambientais regionais e globais, o impacto destas mudanças sobre ecossistemas antárticos em consonância com objetivos específicos dentro do plano de ação (2013-2022) do PROANTAR, no que diz respeito aos Efeitos das Mudanças Climáticas na Biocomplexidade dos Ecossistemas Antárticos e suas Conexões com a América do Sul e Mudanças Climáticas e o Oceano Austral.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Cesar Leandro Schultz

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • vulcanismo, aquecimento global e a maior extinção de todos os tempos: registros geocronológicos, magnetoestratigráficos e bioestratigráficos do intervalo permiano-triássico no sul da bacia do paraná
  • O final do Permiano e o Triássico foram momentos chaves para a evolução da Vida, incluindo a maior extinção da história e o surgimento da “Fauna Moderna” de vertebrados que existe hoje. A sucessão sedimentar depositada neste intervalo de tempo, na Bacia do Paraná, revela 3 intervalos biocronoestratigráficos principais: Neopermiano-Eotriássico, Mesotriássico e Neotriássico. Nesse período, a sedimentação foi entremeada por níveis de cinzas vulcânicas relacionadas ao Ciclo Orogênico Gondwanides que ocorreu na margem SW da Gonwana em duas fases distintas: San-rafaélica (358-251 Ma) e de Colapso Extensional (250-200 Ma). Este vulcanismo, por sua vez, parece estar relacionado a eventos climáticos extremos, num progressivo aquecimento global, que levaram a uma série de extinções e repovoamentos dos ecossistemas. Além disso, impactos de meteoritos registrados na região Sul, como os astroblemas do Cerro do Jarau (RS), Vargeão (SC) e Vista Alegre (PR) podem estar relacionados ter influenciado as extinções. As limitações das informações cronoestratigráficas da correlação (ou não) entre vulcanismo, impactos extraterrestres, mudanças climáticas e extinções ainda não foram devidamente estudadas sob os pontos de vista bioestratigráfico, geocronológico e paleomagnético. Somente com a obtenção deste conjunto de dados será possível entender como ocorreu a evolução da Bacia no contexto tectônico do SW do Gondwana e de outras bacias pangeicas, de modo a distinguir entre causas e efeitos regionais de outros de abrangência global. Para tanto, pretende-se realizar a prospecção e coleta de mais fósseis, obter novas idades absolutas (razões U-Pb em zircão detrítico - LA-ICPMS, SHRIMP), dados paleomagnéticos inéditos e análises isotópicas (de C e O) em rochas e fósseis. Desse modo, busca-se contribuir para um melhor entendimento de como os eventos climáticos extremos ocorridos no Permiano e Triássico atuaram sobre os ecossistemas terrestres, num cenário de aquecimento global extremo.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Cesar Lignelli

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • dicionário de sonoridades no teatro: terminologias e conceitos
  • As Sonoridades no Teatro - consideradas como voz, palavra (falada e cantada), música e sonoplastia presentes no tempo e espaço cênicos - são indissociáveis das Artes Cênicas, mesmo na ausência de algumas dessas instâncias, independentemente do tempo histórico, das técnicas, estéticas e tecnologias disponíveis para tal. Dado o potencial interdisciplinar do objeto deste projeto, atesta-se a existência, em vários dicionários dedicados ao Teatro, à Música e ao Canto, de entradas ou verbetes como Voz, Sonoplastia, Teatro Musical e outros afins. No entanto, não foi encontrado em português, inglês, italiano e francês nenhum dicionário com escopo que abarque terminologias e conceitos relacionados diretamente às Sonoridades no Teatro. Esse cenário, de presença inerente por um lado e de ausência por outro, impulsiona a proposta deste projeto de pesquisa que consiste em desenvolver um Dicionário de Sonoridades no Teatro. Para a operacionalização da primeira fase (36 meses) do projeto será realizado um estudo exploratório que envolverá o desenvolvimento de distintas ações e etapas que consistem sinteticamente em: 1) Realizar a pesquisa terminológica e conceitual relativa às sonoridades no teatro. 2) Ampliar a rede de professores de voz e de música dos cursos de Artes Cênicas das IES e IFs integrada ao projeto. 3) Redigir os verbetes coletivamente em formato de artigos curtos. 4) Publicar o dicionário em português e inglês. 5) Promover o lançamento do dicionário em IES e associações nacionais e internacionais interessadas em seu objeto. Para viabilizar pesquisa desta envergadura contamos principalmente com professores e pesquisadores do Grupo de Pesquisa Vocalidade & Cena (CNPq desde 2003), com a Equipe Central de 11 docentes de 11 IES cadastradas no projeto e com o apoio da Rede Voz e Cena (hoje com aproximadamente 80 professores e pesquisadores de voz e música para a cena das cinco regiões do país, que se reúnem regularmente desde 2011).
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

César Ricardo Teixeira Tarley

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de sensores eletroquímicos e fotoeletroquímicos empregando plataformas baseadas em materiais nanoestruturados associados com polímeros molecularmente impressos e cerâmicas condutoras
  • As Ciências Analíticas associada com a área de Química de Materiais tem contribuído sobremaneira para atender as demandas por novas tecnologias de análises químicas, o que reforça importância de trabalhos multidisciplinares. Notadamente, quando o fator preponderante para o desenvolvimento de métodos analíticos é o custo, a versatilidade e a portabilidade, as técnicas eletroanalíticas ganham destaque. Contudo, o desenvolvimento de métodos eletroanalíticos requer a construção de novos sensores modificados com diferentes materiais capazes de propiciar melhorias em termos de seletividade e sensibilidade. O presente projeto tem como objetivo principal investigar novos dispositivos analíticos baseados em sensores eletroquímicos e fotoeletroquímicos. Serão utilizados sensores impressos, dada a característica de portabilidade das medidas, modificados com nanopartículas catalíticas, como quantum dots de grafeno, e nanopartículas metálicas. Para os sensores fotoeletroquímicos, serão avaliadas junções de semicondutores fotoativos como BiVO4, CeO2, ZnO e CdS. A seletividade dos dispositivos de análise será garantida pela integração de polímeros moleculamente impressos (MIP) com as nanopartículas catalíticas e aos materiais fotoativos. A inovação do projeto está pautada na abordagem inédita da síntese dos materiais e integração com os MIP e, portanto, permitirá a difusão do conhecimento com maior propriedade científica. Estudos de cerâmicas condutoras preparadas via pirólise de polímeros inorgânicos e orgânicos dopadas com boro como novos materiais eletródicos também contemplam a inovação do projeto. Além disso, os dispositivos serão aplicados para determinação de substâncias de interesse clínico e ainda pouco investigadas, como a sarcosina em amostras de urina, um biomarcador de câncer de próstata; substâncias de interesse ambiental, como os agentes antimicrobianos e esteróides e, substâncias de interesse forense, como as drogas sintéticas piperazinas e catinonas sintéti
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Cesar Romero Amaral Vieira

Ciências Humanas

Educação
  • a ação do município na modernização educativa: piracicaba no início da primeira república (1890-1910)
  • Nas duas primeiras décadas republicanas, o município de Piracicaba destaca-se entre os mais representativos do estado de São Paulo em matéria de educação, em um contexto em que o ideal de instrução se fortalece orientado por concepções de mundo que buscam definir novos hábitos em um discurso que articula escolarização e civilização. Este projeto objetiva reconstruir, analisar e dar a conhecer a ação do município de Piracicaba na estruturação, manutenção e expansão de instituições educativas neste período. Há uma série de documentos oficiais, notícias veiculadas nos jornais locais e literaturas da época que apresenta indícios de que a preocupação com o avanço do programa de instrução pública era o motor principal que impulsionava àqueles que estavam comprometidos com o processo de emancipação da nação, por meio da vulgarização do ensino público. Buscar-se-á compreender a ação do município no processo de expansão escolar considerando não somente os fatores macros, advindos do contexto das relações com o estado, nem somente os micros, circunscritos basicamente nas relações intramuros das instituições. Mas em toda a sua complexidade pluridimensional, o que exigirá o cruzamento de informações muito diversificadas numa postura de caráter interdisciplinar, para vencer os desafios propostos por um tipo de visão linear, que ignora os conflitos e resistências entre os diversos atores do processo. Olhar para a ação do município de Piracicaba na educação a partir desta perspectiva é questionar o papel das elites locais, organizações sociais e religiosas neste processo nos primeiros anos da República (1890-1910), analisando de que maneira suas ações ocupam um espaço vazio deixado pelo governo estadual ou o completa, permitindo assim obter ganhos econômicos e políticos para os que as realizam. Almeja-se com a realização desta pesquisa colaborar com as investigações sobre a ação dos municípios na educação no estado de São Paulo e, em particular, do município de Piracicaba.
  • Universidade Metodista de Piracicaba - SP - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cesar Ulisses Vieira Verissimo

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • geoarqueologia - estudo de estabilidade, alteração, gênese e conservação dos painéis de arte rupestre em sete cidades, pi
  • O Parque Nac.de Sete Cidades é constituído predominantemente por afloramentos de arenitos devonianos (Fm Cabeças), cujo nome foi atribuído pela existência de sete agrupamentos principais de rochas separados entre si, cada um considerado uma cidade. O relevo é típico do intemperismo e erosão de Bacias Sedimentares, com os planaltos tabulares erodidos e dissecados em mesas e morros de formas cônicas e tabulares. Na superfície predominam feições ruiniformes imitando formas que guardam semelhança com pessoas, animais e coisas. O interior do Parque abriga um grande acervo de registros arqueológicos, notadamente pinturas rupestres realizadas em pontos de erosão alveolar, abrigos e paredões nos arenitos paleozóicos. Os grafismos são atribuídos em sua maioria à tradição Agreste, representada principalmente pelos grafismos puros, lagartos, antropomorfos e carimbos de mãos em variadas tonalidades de vermelho. A data da elaboração das pinturas é correlacionada às existentes na Serra da Capivara, para os quais as inscrições datam entre 6.000 e 2.000 AP. Este patrimônio pré-histórico encontra-se em avançado estado de degradação. Através do proj. P.421437 CNPq/ICMBio, foi realizado o levantam. aerofotogramétrico de toda área de Sete Cidades incluindo os principais sítios arqueológicos abertos à visitação. A partir da análise das imagens foram identificadas 4 famílias de fraturas, 2 delas influenciando na dissecação dos vales e recuo lateral das vertentes através de mecanismos de ruptura e tombamento de blocos. Ocorrem também desplacamentos e quedas controlados pela instersecção entre fraturas subv. e planos de estratificação subhorizontais. Constituem os principais objetivos do projeto: 1. Estudar os condicionantes de estabilidade e erosão dos arenitos; 2. Estabelecer a cronologia dos ciclos de erosão/deposição e sua assoc. c/ registros de cultura material arqueológica relacionada a Tradição Agreste; e, 3. Propor medidas de preservação/proteção do patrimônio arqueológico existent
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Cezar Karpinski

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • patrimônio bibliográfico nacional: preservação e difusão em santa catarina
  • Pesquisa sobre Patrimônio Bibliográfico Nacional (PBN) custodiado em Santa Catarina (SC), motivado pela falta de uma ação integrada de levantamento, diagnóstico, tratamento e difusão. Partindo do Plano Nacional de Recuperação de Obras Raras (PLANOR), o objetivo geral é o de analisar os acervos que constituem o PBN custodiado em dez instituições catarinenses catalogadas no PLANOR. Especificamente se objetiva: a) inventariar o quantitativo, tipologia, datação e condições de acesso do PBN custodiado em SC; b) descrever o estado de conservação e a forma de acondicionamento das obras catarinenses consideradas PBN; c) oferecer, via Laboratório de Conservação e Restauração de Documentos da Universidade Federal de Santa Catarina (LABCON/UFSC), restauração de 10 obras em estado crítico de conservação (uma de cada instituição); d) planejar ações conjuntas para preservação e difusão do PBN em SC. Teoricamente, a pesquisa está embasada na força catalizadora do conceito de Patrimônio atrelado ao objeto documental “Livro raro”. Em termos metodológicos, trata-se de pesquisa aplicada, qualitativa e de caráter exploratório e descritivo. Os procedimentos técnicos são de pesquisa bibliográfica e estudo de caso, este desenvolvido pelo Diagnóstico Rápido Participativo (DRP) e Grupo Focal. Os instrumentos de coleta de dados são: planilhas do Microsoft Excel para a etapa bibliográfica; observação participante (com diário de campo) e questionário para o DRP; reuniões técnicas (com roteiros) e seminários para o grupo focal. Resultados esperados: ampliação da capacidade laboratorial do LABCON/UFSC; inventário das obras de PBN custodiadas em SC; protocolos de segurança para manuseio e transporte de livros raros em SC; diagnóstico de conservação ambiental e documental das instituições e coleções pesquisadas; restauração de 10 livros; instrumento de pesquisa para recuperação da informação e difusão do acervo localizado/analisado.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Charbel Nino El Hani

Ciências Biológicas

Ecologia
  • inct em estudos interdisciplinares e transdisciplinares em ecologia e evolução (in-tree)
  • A Plataforma Carlos Chagas apresentou instabilidades durante todo o processo de entrada dos dados, perdendo e misturando informações de diferentes campos (e.g. a ordem e as informações das metas), até o dia final da submissão. É fundamental que os árbitros examinem o arquivo PDF anexado, onde as informações do projeto estão colocadas de modo correto. Na plataforma, foram perdidos dados até o último dia, sendo impossível reorganizá-los a tempo de submeter a proposta. A concepção e proposta do INCT IN-TREE são aderentes aos objetivos e adequados aos requerimentos da Chamada. O IN-TREE visa produzir e investigar a produção de conhecimento inter- e transdisciplinar em ecologia e evolução a partir da interação entre pesquisadores e estudantes brasileiros e estrangeiros e setores da sociedade brasileira, como órgãos ambientais e escolas. Com isso, atuará na fronteira do conhecimento, impactando de modo relevante esses campos científicos e contribuindo para a solução de problemas nacionais em áreas consideradas estratégicas nas políticas públicas de meio ambiente, C&T&I, educação e extensão universitária, e relacionadas a pelo menos dois dos temas estratégicos do edital. O IN-TREE inclui 154 pesquisadores e técnicos ambientais (20 deles bolsistas PQ do CNPq) de 49 laboratórios de 11 instituições brasileiras, principalmente do Nordeste, vinculados a 26 programas de pós-graduação (dos quais 10 possuem conceito entre 5 e 7) e 45 pesquisadores estrangeiros de 14 países. Assim, a proposta contribuirá para reduzir desequilíbrios regionais do desenvolvimento científico e ampliar processo de internacionalização. A experiência e complementaridade de competências da equipe associada ao tema do IN-TREE torna a proposta competitiva nos contextos nacional e internacional e adequada às abordagens inter- e multidisciplinares necessárias à solução de problemas complexos. O proponente, bolsista Pq1B do CNPq, é membro da Academia Baiana de Ciências, do Comitê Assessor da área de Educação do CNPq e foi membro da Câmara Interdisciplinar da FAPESB. Com ampla experiência em atividades inter- e transdisciplinares, lidera projeto apoiado pelo Programa PRONEX CNPq/FAPESB, centrado na integração entre ecologia, modelagem, epistemologia e interação com a sociedade, e que representa a nucleação central da presente proposta. Aquele projeto levou, de 2009 a 2014, à produção de 86 artigos e capítulos de livros e ao registro de 9 softwares. A vice-coordenadora, bolsista Pq1D, também possui experiência na coordenação de grandes projetos com atuação inter e transdisciplinar. A Universidade Federal da Bahia é adequada para sediar o IN-TREE. Ela figura entre as 15 mais importantes do Brasil em rankings que consideram atuação em C&T&I e formação de recursos humanos. De 1980 a 2007, sua produção científica aumentou 11 vezes enquanto a média brasileira foi de 9 vezes. Em 2012 estudantes da UFBA receberam 12.041 bolsas acadêmicas. O Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Biomonitoramento da UFBA, com Mestrados Acadêmico e Profissional e Doutorado, conceito 6 da CAPES (o mais alto para o Norte e Nordeste na área da Ecologia) possui vínculo direto com o IN-TREE. A UFBA possui ainda um Núcleo de Inovação Tecnológica, cuja coordenadora participa deste INCT. Além disso, a UFBA entrará com uma contrapartida relevante para a implementação do INCT: além das instalações de 23 laboratórios (ca. R$ 1,15 milhão em instalações físicas) e de equipamentos e mobiliário num valor de cerca de R$ 2,39 milhões, fornecerá apoio técnico-administrativo ao INCT. A rede de laboratórios associados ao IN-TREE desenvolverá 13 projetos temáticos (PT), abordando questões de pesquisa na fronteira do conhecimento em ecologia e/ou evolução a partir de uma diversidade de abordagens, incluindo: (a) procedimentos empíricos (de laboratório e de campo; mensurativos e manipulativos) e teóricos (modelagem conceitual, matemática, computacional, estatística, evolutiva) com foco em métodos, substâncias/moléculas, genes, fisiologia, desenvolvimento, indivíduos, comportamentos, plasticidade fenotípica, populações, filogenias, interações ecológicas, comunidades, ecossistemas, propriedades dos ecossistemas, serviços ecossistêmicos, sistemas socioecológicos, e impactos; (b) métodos relacionados às áreas da epistemologia, ética, educação, sociologia, antropologia, comunicação e economia; (c) metodologias participativos relacionadas à interação com a sociedade. Além disso, serão desenvolvidos cinco projetos integradores (PI), transversais aos projetos temáticos, que estimularão as equipes dos PT a adorar perspectivas inter- e transdisciplinares nos campos da modelagem, epistemologia/ética, interação com sociedade, comunicação e inovação. Uma série de estratégias, que incluem a atuação do Comitê Gestor, o uso de tecnologias de informação e comunicação, seminários, estabelecimento de comitês interdisciplinares de orientação e promoção de cursos serão adotadas pelo IN-TREE para catalisar a atuação interdisciplinar e transdisciplinar dos laboratórios. O IN-TREE possui um conjunto de ações de interação da sociedade que, para além da divulgação e popularização da ciência, estabelecerão estratégias de envolvimento de setores da sociedade na produção de conhecimento voltado para a solução de problemas, contribuindo para a implementação de políticas públicas e para o desenvolvimento social. Conta ainda com um PI especialmente voltado à prospecção de produtos e processos do Instituto que configurem inovação tecnológica e para criação de uma cultura de proteção à propriedade intelectual e transferência de tecnologia. O orçamento e cronograma de execução apresentados são consistentes com as demandas para que se cumpram as 28 metas de curto, médio e longo prazo nos prazos previstos. A proposta apresenta um conjunto de indicadores de acompanhamento que permitirão aferir os impactos alcançados.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Charles dos Santos Guidotti

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • xiii mostra de ciências e do conhecimento de santo antônio da patrulha
  • A Mostra de Ciências e do Conhecimento de Santo Antônio da Patrulha (MCCSAP) é um movimento anual, de incentivo a meninos e meninas da Educação Básica para a atividade científica, cultural e tecnológica. Desde 2009 a MCCSAP assume um importante papel social, fomentando na cidade de Santo Antônio da Patrulha (SAP) a criatividade e a reflexão em estudantes e professores da Educação Básica, por intermédio do desenvolvimento de projetos investigativos, nos diferentes campos do saber. No contexto da MCCSAP são desenvolvidas inúmeras atividades, durante o ano, de incentivo à cultura científica, tais como: palestras, oficinas, minicursos e visitas técnicas para professores, gestores e estudantes da Educação Básica. A MCCSAP é resultado da parceria entre Universidade Federal do Rio Grande – campus SAP (FURG-SAP) e Secretária Municipal de Educação de SAP (SEMED), mas principalmente do entrelaçamento entre professores da universidade, professores da Escola, estudantes da FURG-SAP e estudantes da Educação Básica, desse modo, constituindo-se em um espaço-tempo de aproximação entre universidade e escola. Desde 2009, o projeto tem revelado novos talentos e gerado oportunidades formativas a todos envolvidos, tornando a MCCSAP um dos principais eventos da cidade de Santo Antônio da Patrulha.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 12/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Charles dos Santos Guidotti

Ciências Humanas

Educação
  • xiv mostra de ciências e do conhecimento de santo antônio da patrulha
  • O projeto da XIV Mostra de Ciências e do Conhecimento de Santo Antônio da Patrulha (XIV MCCSAP), busca incentivar o desenvolvimento de projetos científicos, culturais e tecnológicos desde os primeiros anos escolares, através da criação de espaços e tempos de interação entre universidade e escola, estimulando o interesse de estudantes e professores pela pesquisa e estudos das Ciências de forma criativa, crítica e inovadora. O referido projeto, vinculado ao Instituto de Matemática Estatística e Física (IMEF) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e coordenado pelo grupo de pesquisa Comunidade de Indagação em Ensino de Física Interdisciplinar (CIEFI), promove desde 2009 na cidade de Santo Antônio da Patrulha - RS atividades formativas com professores, gestores e estudantes da Educação Básica com vista a realização de Feiras e Mostras científicas. Enquanto projeto de extensão, assumimos a Mostra de Ciências e do Conhecimento como um empreendimento técnico-científico-cultural que estabelece o inter-relacionamento entre universidade, escola e comunidade. Registramos a extensão como um dos pilares da Universidade e que essa possibilita a interação e recriação de saberes com a comunidade, através de ações fundamentalmente dialógicas e interdisciplinares, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa. Neste sentido, a MCCSAP é resultante, principalmente, do entrelaçamento entre professores e estudantes dos cursos de Licenciatura e pós-graduação da FURG e professores e estudantes da Educação Básica, desde a Educação Infantil ao Ensino Médio. Além dos processos formativos instaurados com professores da Educação Básica, são promovidas atividades com crianças e jovens em torno de temas da Ciências e Tecnologia, com o propósito de divulgar e popularizar a ciência estimulando e valorizando a curiosidade, a criatividade e o pensamento crítico.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 09/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Charles Martins de Oliveira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • manejo da cigarrinha dalbulus maidis (hemiptera: cicadellidae) e dos enfezamentos do milho: bioecologia do inseto-vetor na paisagem agrícola e estratégias de controle
  • Dalbulus maidis é o vetor dos patógenos (maize bushy stunt phytoplasma e corn stunt spiroplasma) associados aos enfezamentos do milho. No Brasil, essa espécie era considerada uma praga secundária. A partir de 2015 os enfezamentos se tornaram a principal ameaça fitossanitária na cultura do milho no Brasil e D. maidis assumiu o status de praga chave. Embora existam um conjunto de boas práticas agrícolas para reduzir a ocorrência e as perdas por enfezamentos, muitos aspectos relacionados à bioecologia de D. maidis, que poderiam auxiliar no manejo desse patossistema, ainda são desconhecidos. Além disso, os grupos químicos dos inseticidas registrados no Ministério da Agricultura, e seus modos de ação, carecem de testes de eficiência na redução na população do vetor e nos danos causados por essas doenças. Nossas hipóteses são que na entressafra outras plantas (gramínea) servem de abrigo para D. maidis, que plantas voluntárias de milho multiplicam o vetor e os patógenos, que existe relação dos enfezamentos e fungos de colmo e que o uso de inseticidas (químicos e biológicos) permitirão a redução dos danos pelas doenças, uma vez que observações de campo tem mostrado a presença de populações locais do vetor e que o controle do inseto na fase inicial da cultura gera reflexos positivos. Os objetivos do projeto serão alcançados por meio de atividades conduzidas em laboratório e a campo. Coletas periódicas (semanais e/ou mensais) de amostras em milho, em outras gramíneas e em tigueras de milho permitirão identificar outras plantas abrigo para D. maidis, acompanhar o movimento das populações do vetor entre essas plantas, determinar a flutuação populacional, distribuição espacial e avaliar métodos de amostragem e de coleta para D. maidis. Será investigada também a relação entre enfezamentos e fungos de colmo. O tratamento inseticida de sementes e a pulverização das plantas com inseticidas químicos e biológicos permitirão a avaliação da eficiência desses métodos de controle.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Charles Morphy Dias dos Santos

Engenharias

Engenharia de Energia
  • desafios interdisciplinares em energia para o século xxi: produção, transformação e eficiência
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 10/01/2020-10/01/2025
Foto de perfil

Chiara Valsecchi

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento de materiais vitreos e cerâmicos refratarios inovadores utilizando cinza da casca de arroz
  • Na proposta, o resíduo agrícola cinza da casca de arroz (CCA) será utilizada como substituto de areia mineral na produção de vidros, e como substituto de argila na produção de materiais cerâmicos refratários, a serem utilizados na indústria siderúrgica, de sinalização e de energia. Serão investigados o processo e a formulação com a CCA para a produção de vidros soda-lime e borosilicatos transparentes e/ou condutores, que possuam as características mecânicas, óticas e físico-química ótimas para a transformação do vidro em microesferas retrorefletoras para sinalização viária e placas solares para produção de energia limpa. Serão também produzidas amostras cerâmicas com argila caulim e argila aluminosa, CCA e lodo ETA como fonte de alumina, além de adições de fibra de Volastonita, tendo com objetivo alta resistência mecânica, térmica e ductilidade. O Brasil apresenta uma safra de arroz de ~13 milhões de toneladas por ano, e quase 20% do peso do grão corresponde a casca do arroz. Parte da CA é queimada para a geração de energia, produzido um outro resíduo, a cinza da casca de arroz (CCA). A CCA não possui descarte apropriado e se torna assim um grave problema ambiental, que se planeja resolver através da produção de materiais de inovação tecnológica a partir de um lixo agrícola. A CCA possui elevadas concentrações de sílica (> 80%), podendo ser transformada em produtos comerciais de maior valor agregado, como materiais vítreos e cerâmicos. Estudos preliminares do grupo proponente demonstraram a viabilidade de produção de vidros sódico-cálcicos e vidros borosilicatos (coloridos e transparentes) utilizando como fonte de sílica unicamente a CCA. Também já foi demonstrada a produção de materiais cerâmicos refratários de alto desempenho com substituição de argila por CCA, aumentado a resistência à compressão. A proposta depende da produção de materiais vítreos e cerâmicos a altas temperaturas (~1500 C), que dependerá da aquisição de um forno mufla adequado.
  • Universidade Federal do Pampa - RS - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christian Luiz da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • programa institucional de apoio à formação de doutores em áreas estratégicas
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 14/02/2020-13/02/2025
Foto de perfil

Christian Muleka Mwewa

Ciências Humanas

Educação
  • teoria crítica para o inconformismo: a não-identidade como telos das relações étnicas e “raciais”
  • Por meio do conceito adorniano de ‘não-identidade’, pretende-se explicitar, compreender e analisar as relações étnicas e “raciais” entre pretos, pardos, amarelos, negros (não-brancos) e brancos tensionadas e tangenciadas pelas dimensões da diversidade cultural, geracional, econômica, social e de gênero nos Centros de Educação Infantil (0 a 5 anos) em Mato Grosso do Sul. A escola torna-se local privilegiado onde se explicitam os critérios residuais da macro sociedade que qualificam e desqualificam os sujeitos por meio de dispositivos sociais (gênero, poder aquisitivo, faixa etária, local de moradia etc.) e culturais (desempenho linguístico, ter viajado por outros países, acesso à Arte etc.). Esse procedimento de (des)qualificação é potencializado quando se agrega o critério étnico e “racial”. Buscar-se-á uma descrição densa da realidade pesquisada, em contexto e em documentos, como procedimento metodológico. Primeiro, mapearemos os Centros de Educação Infantil do Município de Três Lagoas onde está localizado o Campus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul ao qual estamos vinculados. A formação cultural das professoras será considerada como pano de fundo para a percepção do modo como essas educadoras agem nas mediações das múltiplas relações. Após realizar um levantamento documental e bibliográfico, elegeremos o itinerário da pesquisa que se apropria do instrumental etnográfico que contemple análise documental (registros da secretaria estadual de educação dentre outros), observação dos contextos formativos e das relações entre crianças/adultos, crianças/crianças. Os instrumentos, quando possível, terão a observação (in loco) dos contextos formativos (educativos) e a incursão nos documentos produzidos para e na escola como principais instrumentos de geração de dados. O presente empreendimento pode contribuir para o desenvolvimento sustentável e melhora da qualidade de vida das crianças em processo formativo com o auxílio do autoconhecimento étnico e “racial".
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Christiana de Fátima Bruce da Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • caracterização e diversidade genética de isolados de fusarium oxysporum f. sp. cubense e manejo biológico do mal do panamá com bacillus.
  • A produção de banana está ameaçada pela murcha de Fusarium, causada por Fusarium oxysporum f. sp. cubense (Foc), agente causal do mal do Panamá. Com a doença estabelecida nas áreas, não existem métodos de controle eficientes disponíveis, e uma forma de manejo é pelo uso de cultivares resistentes. Porém, atualmente novas variantes do patógeno têm ameaçado a viabilidade dos cultivos. As bactérias do gênero Bacillus são agentes alternativos de biocontrole para o manejo de doenças, devido aos mecanismos: produção de metabólitos, enzimas e sideróforos. Para o mal do Panamá, cepas de Bacillus da rizosfera de bananeiras têm-se apresentado como excelentes antagonistas. Estudos conduzidos no projeto CNPQ Proc. 444339/2014-0, constataram que cepas bacterianas inibiram crescimento micelial de isolado de Foc de 44 a 62%, confirmando o potencial no biocontrole do mal do Panamá, em bananeira. Portanto, este estudo objetiva: (i) caracterizar isolados de Foc, associados ao mal do Panamá nas principais regiões produtoras do Brasil, por meio da patogenicidade, morfologia e marcadores moleculares (ISSR); (ii) caracterizar grupos de compatibilidade vegetativa (VCG); e, (iii) selecionar cepas de Bacillus com potencial antagonista no controle do mal do Panamá. O experimento constará de coletas de materiais sintomáticos da doença nas cultivares (subgrupos Maçã e Prata), isolamento, análise filogenética e morfológica, caracterização, estudos da diversidade genética com marcadores moleculares dos isolados e de antibiose (in vitro e casa de vegetação), com cepas de Bacillus. Ao final espera-se caracterizar os isolados de Foc, conhecer a diversidade genética e identificar as enzimas envolvidas na interação antagonista x patógeno, contribuindo para a diminuição das perdas de produção e, consequentemente aumentar a competitividade da cultura no agronegócio brasileiro.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - CE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Christiana Soares de Freitas

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • democracia digital e produção colaborativa de políticas públicas e leis na américa latina: resultados, desafios e tendências
  • A América Latina desenvolve inovações democráticas com diferentes desenhos institucionais há mais de três décadas. São fóruns, conselhos e orçamentos participativos para fortalecer mecanismos e estratégias de participação de múltiplos atores em processos políticos de tomada de decisão. O foco desta proposta são as inovações democráticas digitais (IDDs) que visam produzir, colaborativamente, soluções para problemas públicos sob a forma de políticas públicas, leis e outras ações governamentais. Tais inovações nascem da necessidade de buscar formas de mitigar a notória crise de representatividade política atual e incluir a cidadania no processo político decisório. Nesse sentido, a pesquisa visa compreender como essa crise de representatividade pode ser atenuada pelo uso das inovações democráticas digitais. As IDDs vêm sendo mapeadas e analisadas por inúmeros pesquisadores do campo da Comunicação Política com o intuito de encontrar respostas a problemas públicos por meio da análise de suas práticas políticas, comunicacionais e interorganizacionais. A pesquisa proposta fará isso ao avaliar as inovações democráticas digitais na América Latina, focando em seus resultados efetivos a partir das práticas de produção colaborativa de políticas públicas e leis que visem incluir cidadãos com o intuito de aumentar a confiança nas instituições. Apesar da possibilidade, muitas iniciativas não alcançam seus objetivos. A avaliação proposta baseia-se em indicadores para avaliação e monitoramento das IDDs para que alcancem tais objetivos e colaborem, de fato, para o fortalecimento da democracia. A pesquisa será, primeiramente, quantitativa. Trabalharemos com a base de dados construída pelo projeto LATINNO (https://latinno.net/pt/) que mapeou 3.744 inovações democráticas da América Latina. Posteriormente, realizaremos análise qualitativa dos dados, com o intuito de aplicarmos o modelo proposto de avaliação das inovações democráticas digitais com inúmeros resultados práticos possíveis.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christianne Bandeira de Melo

Ciências Biológicas

Imunologia
  • núcleo de estudos avançados em eosinófilos: atividades efetoras clássicas e funções não-canônicas homeostáticas/pró-resolução
  • Eosinófilos são classicamente reconhecidos como células inflamatórias indutoras de dano tecidual que, por contribuírem com a sintomatologia alérgica, correspondem a alvos de terapias anti-asmáticas. Porém, quebrando este paradigma de células “vilãs”, novos estudos trouxeram à tona funções regulatórias não antecipadas para esta célula. Mesmo durante reações alérgicas pulmonares, mas particularmente em condições eosinofílicas não-canônicas, nota-se que eosinófilos exibem plasticidade funcional ainda não caracterizada, atuando ora como agentes efetores citotóxicos, ora como moduladores homeostáticos e/ou pró-resolução. Pesquisas focadas no melhor entendimento dos processos de polarização funcional eosinofílica são preementes para que (i) sejam caracterizados estímulos que gerem eosinófilos de caráter lesivo versus benéfico; e assim sob esta nova ótica (ii) terapias cujo alvo corresponde à inibição/eliminação de eosinófilos sejam reavaliadas; e (iii) estratégias de terapia celular baseadas no uso de eosinófilos de perfil homeostático/pró-resolução sejam alavancadas. Nossa hipótese geral postula que em função do tipo de estimulação recebida e subsequente características de ativação/secreção (ênfase em citocinas, eicosanóides, redes extracelulares de DNA), eosinófilos podem atuar como célula (i) defensora da homeostasia tecidual, (ii) promotora de quadros patogênicos, e/ou ainda (iii) orquestradora de resolução/recuperação tecidual. De fato, esta hipótese já norteia os estudos dos pesquisadores desta proposta que – com abordagem interinstitucional (IBCCF/UFRJ, ICB/UFRJ, UFJF, UFMG, IOC/FIOCRUZ e UEZO), multidisciplinar, e se valendo de ferramentas de biologia molecular/celular, farmacológicas e ultra-estruturais in vitro e in vivo – já vêm contribuindo (vide infra) para o avanço do conhecimento científico na área. Assim, o objetivo estratégico central dessa proposta é criar um Núcleo de Estudos Avançados em Eosinófilos no Brasil com proeminência e competitividade globais.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christianne Luce Gomes

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • destinos inteligentes da espanha que realizam festivais de cinema: experiência turística e lazer de apreciadores ibero-americanos da 7ª arte
  • A Espanha é uma referência internacional sobre o turismo em termos do expressivo número de turistas que chegavam a esse país até a pandemia da Covid-19, como pelo modelo de gestão do turismo, cada vez mais comprometido com novas tecnologias e com o conceito de Turismo Inteligente. O objetivo geral desta pesquisa é compreender a experiência de turistas que viajam para a Espanha com a motivação principal de participar de festivais de cinema em Destinos Turísticos Inteligentes (DTI). Objetivos específicos: a) Verificar se esses viajantes reconhecem a cidade que promove o festival de cinema como um DTI, identificando tecnologias e ferramentas que enriquecem essa experiência: governança, tecnologia, inovação, acessibilidade e/ou sustentabilidade. b) Conhecer as atividades de lazer realizadas durante o festival e verificar quais são mais compartilhadas em redes sociais online, blogs e sites especializados em turismo. c) Compreender os sentidos/significados de experiências vividas pelos turistas durante o festival de cinema no DTI espanhol. Entre as 35 cidades reconhecidas pela SEGITTUR como DTI, 8 promovem festivais de cinema, sendo selecionadas: Almería, Benidorm, Cuenca, San Sebastián, Gijón, Las Palmas de Gran Canaria, Palma e Santander. A pesquisa é exploratório-descritiva e segue abordagem quali-quantitativa. A coleta de dados contempla pesquisa bibliográfica, questionário on-line e entrevistas com turistas domésticos e internacionais, oriundos de países ibero-americanos. A pesquisa é plausível porque os potenciais voluntários serão identificados por meio de postagens em redes sociais online, contendo hashtags relacionadas aos festivais de cinema investigados. As análises serão realizadas por meio da técnica de triangulação, com aporte do software de análise qualitativa Nvivo, com análise de conteúdo (termos específicos, frequência de palavras, análise de cluster/análise estatística multivariada). Para os dados quantitativos, pretende-se utilizar o software SPSS.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 05/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Christiano Lyra Filho

Engenharias

Engenharia de Produção
  • otimização da sustentabilidade de energia elétrica em smart grids
  • O núcleo deste projeto é a concepção, desenvolvimento e difusão de estratégias de otimização em smart grids, para aumentar a disponibilidade de energia elétrica limpa, confiável, de boa qualidade e renovável. A associação dos termos "sustentabilidade", "otimização" e "smart grids", usados no título, sintetiza ações de pesquisa para maximizar os benefícios da energia elétrica sob as perspectiva de sustentabilidade, usando os recursos proporcionados pelo conjunto de inovações referidas de forma coletiva no termo "smart grids", que incluem as inovações em fontes de energia sustentáveis, em possibilidades de armazenamento de energia, em estratégias de controle, em dispositivos de supervisão e em disseminação de informações através das redes. O projeto é baseado na premissa de que os recursos dos sistemas de energia elétrica, em grande parte já existentes, podem ser melhor aproveitados pela interação de conhecimentos em métodos matemáticos de otimização, engenharia elétrica e inteligência computacional. O ambiente de smart grids amplifica as condições para obtenção desses benefícios; por outro lado, traz novas características para os problemas de planejamento e gestão das redes, e cria novos problemas associados à necessidade de infraestrutura para mobilidade sustentável, como o planejamento de instalações para abastecimento de veículos elétricos e roteamento sustentável de veículos. As principais ações do projeto serão em redução de perdas por reconfiguração de redes, otimização dos fluxos e controle de reativos em smart grids, planejamento da localização e dimensionamento de estações para abastecimento de veículos elétricos, confiabilidade e qualidade da energia em smart grids, previsão de demandas de estações para carregamento de veículos elétricos em redes de rodovias, e roteamento verde de veículos em áreas cobertas por smart grids. A realização do projeto será permeada pela formação de pesquisadores e divulgação dos resultados das pesquisas.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christina Abreu Gomes

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • quarenta anos depois: um estudo da variedade de fala carioca em tempo real
  • A relação entre língua e sociedade tem sido o foco dos estudos da Sociolinguística Variacionista desde o início dos anos 1960. O objetivo central desses estudos é analisar os processos de mudança linguística em curso numa comunidade de fala e o papel dos indivíduos na propagação de novas variantes. Para responder às múltiplas questões que podem ser colocadas quanto à complexa relação entre mudança na comunidade e no indivíduo, faz-se necessário contar com amostras de fala comparáveis tanto da comunidade como dos mesmos falantes. Este é o objetivo principal deste projeto que busca dar continuidade a estudos que, desde o início dos anos 80, fazem parte da pauta de trabalho do grupo de pesquisas Programa de Estudos sobre o Uso da Língua - PEUL, que já organizou diversas amostras da variedade carioca, dentre elas as amostra Censo 1980 e Censo 2000. Tomando como ponto de partida essas duas bases de dados, propomos a constituição de uma nova amostra estratificada da variedade carioca do português, composta de 32 falantes, e a realização, na medida do possível, de novas entrevistas com indivíduos que já participaram das amostras Censo 1980 e Censo 2000. Em síntese, buscamos obter a matéria prima necessária para identificar a trajetória de diferentes processos de mudança na variedade carioca, no decorrer dos últimos vinte anos e o alinhamento dos indivíduos com as tendências observadas na comunidade. O resultado final deste projeto contribuirá para uma visão mais ampla do estágio atual de processos de mudança na variedade carioca e para a discussão das motivações sociais subjacentes ao comportamento dos indivíduos que se alinham às mudanças em curso na comunidade. Para tanto, serão reanalisados, em longo termo, processos de mudança já identificados com base em dados de duas diferentes sincronias, buscando identificar sua trajetória e seu encaixamento linguístico e social. As novas amostras poderão permitir também a identificação de novos processos de mudança em curso.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christina Cesar Praça Brasil

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • programa de promoção da saúde vocal amparado por tecnologias ehealth
  • As alterações vocais constituem sério problema de saúde pública, interferindo na saúde dos professores. A temática ainda é pouco compreendida e considerada pelas políticas de saúde, sendo requeridas estratégias de promoção da saúde vocal e de monitoramento que auxiliem no enfrentamento da situação. Diante do problema, pesquisadores da Universidade de Fortaleza, em parceria com outras instituições do Brasil e de Portugal, considerando os benefícios da tecnologia eHealth para a promoção da saúde e visando oferecer novas possibilidades de cuidado à saúde do professor, desenvolveu o aplicativo VoiceGuard e o curso a distância – EaD Saúde Vocal em Foco. Como desdobramento dessas pesquisas, originou-se o “Programa eVoice”, uma estratégia de promoção da saúde vocal amparada pelas tecnologias desenvolvidas e validadas. Este programa contempla quatro oficinas, abordando a produção da voz e tecnologias de auto monitoramento. O presente estudo objetiva verificar a eficácia do “Programa eVoice” junto a professores. O estudo é relevante e necessário, pois o programa poderá contribuir para a melhoria das percepções dos participantes sobre saúde vocal; atualização e ampla utilização das tecnologias que lhe dão suporte; e identificação das contribuições das ferramentas eHealth nesse contexto. Ademais, há uma carência de estudos que demonstram a eficácia de estratégias de promoção da saúde vocal. Esta investigação poderá contribuir para que o “Programa eVoice” seja consolidado como política pública de saúde, em Fortaleza e nas outras localidades onde será utilizado. Estudo misto, longitudinal, aplicado, a ser realizado de 2022 a 2024, em escolas públicas municipais em Fortaleza, Ceará; Belo Horizonte, Minas Gerais; Funchal, Ilha da Madeira, Portugal; e Porto, Portugal. As seguintes etapas compõem o projeto: avaliação da percepção dos participantes sobre a voz antes e após a participação no programa; realização das oficinas de saúde vocal; e avaliação do programa.
  • Universidade de Fortaleza - CE - Brasil
  • 30/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christine Tessele Nodari

Engenharias

Engenharia de Transportes
  • estudo da percepção de risco do condutor em vias rurais e urbanas: associando o uso de realidade virtual e inteligência artificial
  • As altas taxas de sinistros viários se caracterizam como um dos principais problemas de saúde pública da atualidade. A segurança de uma via é função da combinação dos fatores viário, veicular e humano. Os sinistros resultam do desequilíbrio do sistema formado por esses fatores. Para manter esse equilíbrio o desafio que se impõem é prover ambientes viários/veiculares cujas exigências sejam compatíveis à capacidade de desempenho do fator humano. Desde a década de 60, o conceito de “Forgiven Highways” indica a necessidade de considerar que fator humano é passível de erros. Posteriormente, as “Caring Highways” ressaltaram a importância de, não só perdoar as falhas, mas também evitá-las, destacando o papel do projeto viário na prevenção dos erros humanos. É nesse contexto que a percepção de risco se torna crucial para a segurança viária. O desempenho humano está associado a sua percepção de risco. Quando o risco percebido é menor que o risco real da via, tem-se uma condição potencial de ocorrência de um sinistro. A subestimação do risco pode estar originada na má comunicação do risco real da via ou na superestimação das habilidades do usuário da via. Assim, o entendimento da percepção do risco é essencial para o desenvolvimento de soluções viárias compatíveis com as limitações do fator humano e capazes de auxiliá-lo a evitar erros. Ainda que os conceitos de “Forgiven Highways” e de “Caring Highways” sejam bastante abordados na literatura, ainda são limitados os estudos que exploram como a percepção de risco dos usuários da via impactam no seu desempenho. Essa é uma importante lacuna no conhecimento que limita o desenvolvimento de soluções de segurança viária. O objetivo desse projeto é avaliar a conduta de condutores e/ou pedestres expostos à diferentes configurações de cenários viário e de veiculares de forma a conhecer como se dá sua percepção quanto ao risco apresentados e, assim, estabelecer as relações entre as soluções propostas e o desempenho de seus usuários.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cibele Saliba Rizek

Ciências Humanas

Sociologia
  • “zonas cinzentas e territórios: transformações do trabalho e das condições de vida urbana dos trabalhadores de plataforma”
  • Pretende se debruçar sobre um objeto bifronte: trata-se de buscar apreender os vínculos estruturantes que articulam as condições de trabalho e de moradia das camadas de mais baixa renda dos chamados trabalhadores engajados por plataformas digitais (Oliveira, Carelli, Grillo, 2020) assim como as transformações e modulações que incidem sobre trabalho, moradia e inserção urbana tal como conformados anteriormente pelos padrões vigentes no fordismo periférico. Partindo da noção de zonas cinzentas (Azaïs, et al 2020 e Azaïs, 2019) e das abordagens sobre as condições de trabalho, pretende-se estender a pesquisa às condições de vida e moradia vinculadas a um trabalho que opera pelos e nos fluxos urbanos. Esse conglomerado de condições de trabalho e de vida se estende necessariamente: aos contextos sociais e políticos que ancoram os mecanismos de engajamento de trabalhadores por meio de empresas de plataforma; aos impactos sobre as formas de uso do espaço urbano e as práticas cotidianas nos âmbitos do trabalho e condições de vida; e, assim, à dinâmica que enlaça produção e reprodução da força de trabalho, produção e circulação dos valores econômicos e produção-reprodução do espaço urbano. Analisar esses processos pelo prisma da constituição e desenho de figuras emergentes no mercado de trabalho poderá permitir: Evidenciar graus de institucionalização/formalização/regulação dessas novas normas e práticas; Analisar em que medida esses trabalhadores combinam e modulam a informalidade clássica que marca as relações de trabalho no Brasil (Machado, 2002, Cardoso, 2019) e o engajamento no âmbito do trabalho mediado por plataformas digitais; Apreender relações entre as práticas dentro e fora das atividades de trabalho que perpassam fluxos e pontos de repouso estriando os contextos urbanos; Compreender a reconfiguração das formas de experimentação do espaço urbano e a própria redefinição de uma geografia dos deslocamentos laborais com suas implicações sobre a produção da cidade.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Cicefran Souza de Carvalho

Outra

Multidisciplinar
  • viii semana de matemática da urca / ud campos sales: a transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta durante e pós a pandemia do covid-19
  • A VIII Semana de Matemática da URCA / UD Campos Sales, no ano de 2020, terá como tema A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta durante e pós a pandemia do COVID-19 e acontecerá no período de 02 a 08 de outubro de 2021, como evento da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, e, este ano, buscará verificar como a Matemática poderá trabalhar a transversalidade junto a comunidade escolar da região do Cariri Oeste, buscando diminuir os impactos nos sistemas de ensino desta região através de iniciativas que procurem diminuir a desigualdade de acesso às aulas remotas dos alunos, das instituições das redes pública e privada e nível fundamental, médio e superior, através de parcerias com a iniciativa privada, com meios de implementação para essa ações, em virtude da pandemia da Covid-19 ter assolado os sistemas de ensino da região, do Brasil e do mundo. Tal iniciativa, partindo da academia, se faz necessário para que se consiga diminuir esses impactos e a matemática e a educação matemática são um dos pontos de partida para se buscar trabalhar temas transversais com todas as áreas do conhecimento, principalmente através da inserção de modelos matemáticos que possa melhorar a aprendizagem dos estudantes e com o auxílio da educação matemática, com as suas diversas metodologias, que inclusive são interdisciplinares poder-se-á chegar ao resultado pretendido, principalmente pela utilização de técnicas de ensino que serão trabalhadas através dos recursos tecnológicos que, como dito anteriormente, trabalhando com parceiros, se conseguirá concretizar o planejado. A Semana de Matemática da URCA / UD Campos Sales desde as suas primeiras versões possui a função de formação e atualização de Professores, acadêmicos e comunidade em geral dos municípios de sua abrangência, dos mais recentes estudos, metodologias, notícias e assuntos relacionados à matemática e à ciência, buscando sua inserção na realidade local, tão necessários para a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos da microrregião do Cariri Oeste. A presença de pesquisadores de renome nacional e até internacional no cotidiano regional, mostra que a Matemática pode ser utilizada com uma ciência interdisciplinar na busca de soluções sustentáveis para melhoria da economia do cariri oeste através de políticas de desenvolvimento sustentável economicamente corretas associadas à utilização dos recursos naturais renováveis, associada às práticas científicas; inclusive com a disseminação do que vem a ser inteligência artificial em uma região que, até então, desconhecem com profundidade científica esse assunto. Serão ofertados atividades científicas abertas às comunidades acadêmicas das diversas universidades da região; dos municípios da região do cariri; estudantil de escolas de educação básica e dos municípios da região do cariri; bem como a todos que tiverem o interesse de participação, onde será trabalhado o tema da Semana Nacional de Iniciação Científica, ou seja, a transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta, voltada para a região onde esta instituição está instalada, onde se procurará subsidiar professores e instituições da educação básica e do ensino superior com estratégias tecnológicas para o ensino híbrido e remoto, tendo como foco o estabelecimento de parcerias com o intuito de buscar os meios necessários para implementação do repasse das atividades nos formatos pretendidos pelas instituições cuja pandemia da Covid 19 permite nesse momento. Se percebe a necessidade, em face da situação presente e buscando melhorias em um futuro de curtíssimo prazo, de instrumentalizar e subsidiar docentes com a utilização das novas tecnologias, principalmente no que se concerne com o trabalho de produção de aulas em formato digital que possua maior atratividade e dinamicidade, de modo a fazer com que os discentes se sintam estimulados em assisti-las. Outro ponto fundamental é o estabelecimento de parceiras que permitam dar condições a esses discentes na produção desse material, bem como assistir os estudantes de equipamentos que os permitam assistir essas aulas remotas, no momento que não lhes for permitido estar em sala de aula, em face a situação, ainda preocupante da pandemia do Covid 19. Todas as atividades ofertadas serão gratuitas e terão o intuito de mostrar o desenvolvimento e evolução da Matemática como ciência e as suas vertentes transdisciplinares como a educação estatística e Educação Matemática no mundo moderno, assim como apresentar e debater como a área de matemática ao longo dos últimos anos tem contribuído para a ciência e para o desenvolvimento de softwares com modelos matemáticos. Além das vertentes transdisciplinares se trabalhará temas transversais dentro da vertente das novas tecnologias voltadas para o ensino da matemática, contudo, todas as áreas do conhecimento estarão privilegiadas, pois, o trabalho a ser desenvolvido nesse âmbito buscará fazer uma intersecção entre todas as grandes áreas do conhecimento, de forma a dar os subsídios necessários a todos os professores que se disponham a participar desse evento. Irá se buscar a fomentação da pesquisa em nível local, com apresentação de trabalhos desenvolvidos pelos estudantes de nossa Unidade Descentralizada nas mais diferentes modalidades da Matemática; estudantes da educação básica; pesquisadores convidados; e público em geral que possuam trabalhos relevantes e que tenham interesse de participação no evento, com temas transversais voltados para o fomento da ciência, tecnologia e inovação.
  • Universidade Regional do Cariri - CE - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Cícero Flávio Soares Aragão

Ciências da Saúde

Farmácia
  • peptídeos sintéticos: avaliação e controle da qualidade
  • Muitos medicamentos à base de peptídeos estão disponíveis para o tratamento de infecções virais ou bacterianas, imune ou doenças neurológicas, doenças cardiovasculares e câncer. Embora os peptídeos demonstrem uma alta atividade biológica, eles sofrem de baixa estabilidade. Durante os passos de síntese dos peptídeos impurezas podem ser formadas e serem tóxicas ou ainda alterar a atividade biológica original do peptídeo. Logo é crescente a necessidade de se avaliar ou controlar a estabilidade e a pureza dos peptídeos sintéticos permitindo a obtenção de produtos farmacêuticos que possam chegar com qualidade ao paciente. Diante deste desafio, se faz necessário o desenvolvimento e uso de técnicas capazes de avaliar a qualidade e determinar os fatores limitantes destas moléculas. Uma série de peptídeos, com alto potencial terapêutico, vem sendo identificadas por cientistas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sendo necessário se criar um modelo para a avaliação da qualidade, destes peptídeos, visando o uso seguro e eficaz em futuros produtos farmacêuticos. Neste contexto este projeto visa a utilização das mais novas tecnologias na análise e controle da qualidade para uma série de quatro peptídeos, análogos a stigmurina, altamente promissores terapeuticamente. Serão utilizadas as mais sofisticadas tecnologias analíticas, tais como, Cromatografia Líquida de Ulta Eficiência, Espectroscopia de Massas, Difratometria de Raios X, Ressonância Magnética Nuclear no Estado Sólido, Espectroscopia de Infravermelho com Transformada de Fourier, Microscopia Eletrônica de Varredura e a Análise Térmica, na determinação da qualidade para uma série de peptídeos que apresentam um grande potencial em se tornar produtos farmacêuticos. O uso destas tecnologias permitirá estabelecer o modelo para determinação dos parâmetros de qualidade destes e de novos peptídeos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cícero Naves de Ávila Neto

Engenharias

Engenharia Química
  • hidrodesoxigenação catalítica de bio-óleo em estruturas zeolíticas de imidazol (zifs) carbonizadas
  • O bio-óleo produzido via pirólise de biomassa é constituído de uma mistura complexa de hidrocarbonetos oxigenados e tem potencial para substituir combustíveis produzidos a partir de fontes fósseis. Para que ele seja utilizado com este fim, é necessário submetê-lo a processos de melhoramento, de forma a diminuir o teor de oxigênio, aumentar o poder calorífico, e adequar outras propriedades físico-químicas relevantes. O processo catalítico mais promissor através do qual as propriedades físico-químicas do bio-óleo são alteradas é a hidrodesoxigenação (HDO), realizada na presença de hidrogênio e um catalisador específico. Catalisadores bifuncionais são comumente empregados em HDO, com a ativação das moléculas oxigenadas acontecendo em óxidos de metais de transição ou em sítios ácidos do suporte, e a doação de espécies H (provenientes da ativação do H2) acontecendo em sítios metálicos. Um problema do processo HDO é a desativação do catalisador por deposição de carbono, que está ligada à acidez do suporte e à natureza da molécula reagente. Sítios ácidos de Brønsted doam prótons para as moléculas, transformando-as em carbocátions, que são precursores de coque. Isto é um problema, pois o mesmo sítio ácido que desativa o catalisador é também essencial para a ativação das moléculas oxigenadas. Estas observações abrem caminho para a utilização de catalisadores neutros, como aqueles suportados em carbono. Este projeto de pesquisa visa estudar o mecanismo de desativação por carbono em reações de HDO utilizando catalisadores sintetizados por carbonização de estruturas zeolíticas de imidazol (ZIFs). O procedimento gera nanopartículas bem dispersas em uma matriz de carbono, com boa estabilidade térmica e química. Os resultados poderão contribuir para o entendimento, divulgação e geração de conhecimento em uma área tecnológica promissora, capaz de colocar o país em posição de vanguarda na produção de combustíveis renováveis.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cimélio Bayer

Ciências Agrárias

Agronomia
  • intensificação cultural e fertilizantes nitrogenados de eficiência aumentada: tecnologias para o sequestro de c no solo e mitigação das emissões de óxido nitroso em plantio direto no brasil
  • O desenvolvimento de sistemas agrícolas com potencial de sequestro de C no solo e de mitigação das emissões de GEE é essencial para uma agricultura de baixo C no Brasil, a qual alinha-se ao esforço mundial de descarbonização da economia. Dois projetos componentes (PC) compõem essa proposta, os quais visam acessar os temas intensificação cultural como forma de ampliar as taxas de sequestro de C em plantio direto [PC-1] e o potencial de mitigação das emissões de óxido nitroso (N2O) pelo uso de fontes nitrogenadas de eficiência aumentada [PC-2]. O PC-1 abrangerá 18 áreas experimentais de longa duração (12-43 anos) nas regiões Sul (11) e Centro-Oeste (7), em solos com 22-70% de argila, nos quais será avaliado o impacto da crescente intensificação de culturas nas taxas de sequestro de C em sub-camadas até 100 cm de profundidade. Através dessas ações pretende-se determinar fatores de aditividade quanto ao sequestro de C tanto para a intensificação cultural (em comparação ao plantio direto de baixa qualidade) como para o acúmulo de C em camadas profundas (em comparação à amostragem usual de 0-30 cm, preconizada pelo IPCC). O PC-2 é focado no potencial de mitigação das emissões de N2O através do uso de fontes nitrogenadas de eficiência aumentada, sendo as ações de pesquisa conduzidas em 4 locais no Sul do Brasil (2 no RS, 1 em SC, e 1 no PR). Os fatores de emissão de N2O (% N aplicado emitido como N2O) e a intensidade de emissão de N2O por unidade de grão produzido serão determinados para a ureia comum e fertilizantes alternativos (nitrato de amônio e ureia+NBPT) nas culturas do milho e de cereais de inverno, além de parâmetros de eficiência agronômica desses fertilizantes. Além da contribuição para o desenvolvimento de uma agricultura de baixo carbono, o projeto poderá subsidiar futuros inventários nacionais de emissões e projetos que visem a monetização dos agricultores a partir do acesso ao mercado de C. O projeto contribuirá com a formação de 6 Dr. e de 1 MsC.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Cinthia Melazzo de Andrade

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • potencial terapêutico do ácido elágico na neuroinflamação induzida por lipopolissacarpideo: estudos bioquímicos, moleculares e imuni-istoquímicos
  • A neuroinflamação é uma resposta complexa à lesão cerebral e caracteriza-se pela ativação de células gliais como astrócitos e micróglia e a produção e liberação de mediadores inflamatórios como citocinas, ATP e espécies reativas de oxigênio e nitrogênio. Quando ocorre de forma excessiva ou persistente, a neuroinflamação causa danos teciduais e morte celular e por isso tem sido associada ao desenvolvimento e a progressão de várias doenças que afetam o sistema nervoso central, incluindo a depressão e a doença de Alzheimer. Considerando que essas doenças possuem um grande impacto no cotidiano dos pacientes, causando perdas na qualidade de vida, e ainda que os tratamentos atualmente disponíveis não são totalmente eficientes em todos os casos, torna-se imprescindível a busca por novos agentes terapêuticos capazes de prevenir, reduzir ou tratar os efeitos relacionados à neuroinflamação. Dentre esses compostos pode-se destacar o ácido elágico (AE), um polifenol presente em frutas e vegetais que apresenta atividades anti-inflamatórias, antioxidantes e neuroprotetoras já descritas na literatura. Desta forma, o objetivo da presente proposta é avaliar o potencial terapêutico do AE na neuroinflamação induzida por lipopolissacarídeo através de estudos com cultura de células gliais e em modelo animal. Os efeitos do AE serão analisados sobre marcadores inflamatórios, estresse oxidativo, sinalização purinérgica e colinérgica. Espera-se que os resultados obtidos possam contribuir para um melhor entendimento de mecanismos bioquímicos, moleculares e imuno-histoquímicos envolvidos na neuroinflamação, bem como para a identificação de alvos terapêuticos. Além disso, os resultados deste estudo poderão ser empregados na modulação da resposta inflamatória cerebral por um composto natural como o AE, podendo esse ser utilizado como agente preventivo, terapêutico ou coadjuvante em diversas desordens neurológicas.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Cintia Chaves Curioni

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • relação custo-efetividade dos serviços de atenção domiciliar em pacientes nas diferentes fases do curso da vida: revisão sistemática.
  • Estudos de custo-efetividade são considerados como "padrão ouro" para o desenvolvimento de estimativas objetivas sobre o valor das intervenções de saúde a fim de informar a tomada de decisão. Assim, uma ampla e crítica avaliação dos Serviços de Atenção Domiciliar (SAD) auxiliará na tomada de decisão sobre a aplicabilidade de tais serviços no SUS. O objetivo é identificar, selecionar, avaliar, analisar e relatar sistematicamente os resultados de estudos que avaliaram o custo-efetividade dos SAD comparados aos cuidados intra-hospitalares em todos os ciclos de vida. As principais contribuições desta proposta envolvem a produção de conhecimento com possibilidade de aplicação prática nos serviços de saúde. Será realizada uma revisão sistemática norteada pela pergunta: “SAD oferecidos nas diferentes fases do ciclo da vida apresentam melhor custo-efetividade quando comparados a serviços hospitalares?” Serão elegíveis ensaios clínicos randomizados realizados com pacientes (todos os ciclos de vida); onde a intervenção inclua qualquer modalidade de SAD comparados aos cuidados intra-hospitalares e o desfecho, análises de custo-efetividade. Os estudos serão identificados a partir de buscas nas bases de dados (PubMed, Scopus, Web of Science, EMBASE, CINAHL e CENTRAL), além de listas de referências dos estudos elegíveis. De forma independente, dois revisores realizarão a triagem e seleção dos estudos, para posteriormente realizar a extração de dados, avaliação do risco de vieses e qualidade geral das evidências. Para a análise dos dados, uma abordagem narrativa será usada para resumir os resultados, e se os estudos forem suficientemente homogêneos, será realizada uma síntese quantitativa (meta-análise). A equipe conta com epidemiologista, médicos e nutricionistas com ampla experiência no método e na temática, vinculados a 3 diferentes Instituições. A equipe tem antecedentes de trabalho colaborativo e as Instituições as quais estão vinculados dispõe de infraestrutura adequada.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2023
Foto de perfil

Cintia Kimie Aihara

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • olimpíada brasileira de robótica 2021
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 22/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Cintia Lacerda Ramos

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • prospecção de leveduras iniciadoras e enzimas fúngicas a partir de frutos do cerrado para otimização de processos da indústria cervejeira
  • A produção cervejeira é uma prática milenar que vem sendo cada vez mais aperfeiçoado industrialmente. Estima-se que o mercado mundial irá atingir $900 bilhões em 2026, sendo que a América do Sul vem se destacando no crescimento de seu consumo. Os principais gargalos deste processo enfatizando melhoria de qualidade, são a fermentação e maturação da cerveja, dos quais as leveduras e as enzimas são agentes essenciais destes processos. Leveduras com alta capacidade fermentativa e produtoras de aromas desejáveis são cruciais, além disso, enzimas específicas que atuem diminuindo tempo de fermentação e formação de sabores indesejáveis (off-flavors) também agregam valor ao processo. A busca de novas culturas microbianas e biocatalisadores, visando o desenvolvimento das tecnologias e biodiversidade nacionais, podem agregar valor ao processo e ao produto, diminuindo custos, principalmente para o pequeno e médio produtor. Assim , esta proposta visa a seleção de leveduras e fungos filamentosos isolados de frutos do Cerrado brasileiro, para desenvolvimento e otimização das etapas de fermentação e maturação da fabricação de cervejas. O projeto propõe utilizar leveduras autoctonas com alta capacidade fermentativa e que proporcionem características diferenciadas ao produto. O estudo da biodiversidade de leveduras selvagens possibilitará agregar propriedades sensoriais desejáveis, que poderá atrair os consumidores. O projeto também propõe avaliar a produção de enzimas por fungos isolados dos frutos, tais como amilases e proteases, visando a otimização do processo. Os microrganismos utilizados serão depositados em coleções de culturas registradas no SIsGEN para segurança da biodiversidade brasileira. Os frutos do Cerrado serão também avaliados como adjuntos no processo cervejeiro, visando agregar valor sensorial e nutricional ao produto, valorizando o apelo Regional. A proposta busca o desenvolvimento de uma tecnologia brasileira, fortalecendo a pesquisa e o mercado Nacional.
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cíntia Lopes de Brito Magalhães

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • avaliação da atividade antiviral de flavonoides contra os vírus mayaro e chikungunya a partir de estudos in vivo e in vitro
  • Mayaro virus (MAYV) e Chikungunya virus (CHIKV) são arbovírus relacionados, de importância epidemiológica no Brasil e agentes etiológicos da Febre Mayaro (FM) e Febre Chikungunya (FC), doenças cujos sintomas são semelhantes e incluem febre, cefaleia, dor muscular, artralgia, erupção cutânea, náuseas e fotofobia. Em mais de 50% dos pacientes, a dor articular é o sintoma mais proeminente e se desenvolve durante a fase aguda da doença, podendo ser altamente incapacitante e persistir por meses ou anos. Apesar da importância dessas doenças, até o momento não há tratamento e/ou vacinas disponíveis. Nesse contexto, a busca e desenvolvimento de fármacos antivirais se fazem necessários, uma vez que a infecção por esses vírus apresenta sintomas debilitantes, podendo tornar-se crônicos e permanecer por anos, além da possibilidade de óbito. Devido à alta disponibilidade e os baixos efeitos colaterais, muitos flavonoides têm sido o centro das atenções entre pesquisadores que trabalham no desenvolvimento de medicamentos antivirais. Nesse sentido, nosso grupo de pesquisa demonstrou recentemente a atividade anti-MAYV da silimarina por meio de estudos in vitro e in vivo. Também mostramos, por estudos in vitro, uma efetiva atividade anti-MAYV do flavonoide monomérico epicatequina e do dimérico PAC-1, este contendo metilepigalocatequina e epicatequina na estrutura. Dando continuidade a esses estudos, pretendemos avaliar se silimarina também é capaz de proteger contra a artrite e a miosite induzidas por MAYV e CHIKV utilizando modelo animal. Adicionalmente, propomos investigar in vitro um conjunto de flavonoides envolvendo formas monoméricas, diméricas e triméricas sobre os dois vírus. Aos compostos promissores, abordaremos possíveis mecanismos e alvos antivirais. A execução desse projeto vislumbra a obtenção de novas moléculas como potenciais fármacos contra a FM e FC e poderá suscitar pedido de proteção de propriedade intelectual.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cintia Rodrigues de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • crimes corporativos e o debate sobre negócios e direitos humanos: (ir)responsabilidade histórica corporativa
  • As responsabilidades criminais, em grande parte do mundo, geralmente focalizaram a punição na culpa individual, ao invés da coletiva ou organizacional, como o caso de crimes corporativos. Têm sido recorrentes as denúncias de corporações criminosas, por exemplo, a Global Exchange lista, anualmente, as piores corporações do mundo em termos de violações de direitos humanos, destruição ambiental, evasão de impostos e outros crimes corporativos. Este projeto de pesquisa se orienta pela ideia de que o potencial para as empresas produzirem prejuízos revela uma face das corporações. Mais especificamente, este projeto centra-se no cenário atual, em que os objetivos de desenvolvimento sustentável têm destaque central no mundo, sendo alvo de preocupação de companhias, instituições, governos e sociedades, para analisar crimes corporativos que resultam em violações contra direitos humanos, considerando o setor de mineração como campo de pesquisa. Nosso objetivo é compreender como a anatomia dos crimes corporativos pode indicar a (ir)responsabilidade histórica corporativa nos impactos negativos dos direitos humanos. Para isso, nos concentramos em crimes corporativos cometidos, nos últimos dez anos passados, realizando uma pesquisa qualitativa, de abordagem histórica, tendo documentos (áudio, vídeo e texto) como material empírico. Como resultados, espera-se apresentar a anatomia dos crimes corporativos pesquisados, identificando causas e consequências, apontando os impactos negativos nos direitos humanos, bem como os mecanismos de proteção aos direitos humanos. Esses resultados podem ser utilizados para criar mecanismos de proteção que considerem esses impactos negativos nos direitos humanos, bem como para orientar gestores nas tomadas de decisões que antecedem esses eventos.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 05/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Ciro Martins Gomes

Ciências da Saúde

Medicina
  • análise da efetividade e segurança da clofazimina e claritromicina no tratamento da hanseníase: revisão sistemática da literatura e impacto orçamentário no contexto do sistema único de saúde brasileiro.
  • 1. A hanseníase é uma doença negligenciada que cursa com alta morbidade e impacto na qualidade de vida dos pacientes acometidos. O tratamento da doença consiste no uso da poliquimioterapia que visa evitar o advento de cepas resistentes do agente causal: Mycobacterium leprae. 2. Recentemente, a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde do Brasil ampliaram o uso da colfazimina para pacientes com hanseníase multibacilar. Os dois órgãos também aprovaram o uso da claritromicina em tratamentos substitutivos para a hanseníase resistente à rifampicina, um dos maiores entraves para a cura efetiva da hanseníase. 3. Por se tratar de doença negligenciada, ensaios clínicos que visam testar ou monitorar a efetividade dos tratamentos para hanseníase são escassos. Pelo exposto pode-se concluir que são necessários investimentos públicos constantes para o monitoramento do impacto das novas tecnologias no Sistema Único de Saúde brasileiro. 4. O presente protocolo objetiva avaliar a efetividade, segurança e o impacto orçamentário do uso da clofazimina no tratamento de pacientes diagnosticados com hanseníase paucibacilar e da claritromicina como esquema alternativo no tratamento da hanseníase em pacientes com resistência antibiótica à rifampicina. 5. Estudos recentes demonstram a necessidade do desenvolvimento ou da ampliação do uso de novas drogas para o tratamento da hanseníase. Novas técnicas de monitoramento de resistência bacteriana e do monitoramento da efetividade têm sido projetados para pacientes com hanseníase. 6. O presente estudo visa, por meio de uma revisão sistemática da literatura, angariar, de forma abrangente evidências sobre a eficácia/efetividade das referidas medicações no tratamento da hanseníase. Posteriormente, o grupo avaliará a evolução do impacto orçamentário dessas tecnologias no contexto nacional.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 05/12/2021-31/12/2022
Foto de perfil

Ciro Martins Gomes

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • monitoramento e viabilização das intervenções humanas, animais e ambientais no controle da tungíase em comunidades indígenas
  • Vide projeto anexo
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 15/01/2020-31/01/2023
Foto de perfil

Clandia Maffini Gomes

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • vi mostra científica ecoinovar
  • A presente proposta contempla a realização da VI Mostra Científica Ecoinovar, uma realização do Departamento de Ciências Administrativas do Centro de Ciências Sociais e Humanas – CCSH da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, por meio do Grupo de Pesquisa Ecoinovar, do Programa de Pós-Graduação em Administração – PPGA, do Curso de Administração e do Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria. O evento ocorre em parceria com as Secretarias de Educação Municipal e Estadual, o PROGESA – Programa de Gestão Socioambiental vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Administração da USP (conceito 7 da Capes), o GPS - Grupo de Pesquisa em Sustentabilidade do Programa de Pós-Graduação em Administração da UFRGS (conceito 5 na Capes), o CULTI – Grupo de Pesquisa em Inovação, Internacionalização, Cultura e Empreendedorismo do Programa de Pós-Graduação em Administração da UnB (conceito 5 na Capes), a Universidade de Baltimore dos Estados Unidos, a Universidade de Hamburgo da Alemanha, a Universidade de Concepción do Chile, a Universidade de Vigo, a Universidade de Extremadura da Espanha, o Instituto Superior de Gestão da França, a Universidade Aberta, o Instituto Politécnico de Setúbal e a Associação Portuguesa para o Empreendedorismo – Empreend de Portugal. A VI Mostra Científica Ecoinovar reunirá estudantes do ensino fundamental, médio e técnico, de escolas públicas e privadas, do município de Santa Maria, RS. Em 2022, em sua sexta edição, o evento terá como temática: “Ciência, Inovação e Sustentabilidade: reconfigurando a visão do futuro”. A Mostra Científica consiste em um evento gratuito que ocorrerá nos dias 18 e 19 de novembro de 2021 no formato on-line ou híbrido (presencial e on-line) a fim de se adequar ao contexto vivenciado pela sociedade em função da pandemia da Covid-19 e permitir a ampla participação e interação dos participantes por meio da internet.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 10/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Clandia Maffini Gomes

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • iv expo ecoinovar – soluções inovadoras para um futuro sustentável
  • A troca de experiências e ideias acerca de temas relevantes, como inovação, sustentabilidade e inclusão auxiliam, não somente na gestão das empresas, como também podem despertar a quebra de paradigmas sociais. Para tanto, a realização de mostras científicas, seminários, congressos, encontros e palestras são veículos que proporcionam interação entre a comunidade acadêmica e a sociedade. Ressalte-se, também, a necessidade de despertar interesse e vocações científicas e tecnológicas nas novas gerações, identificando jovens talentosos que possam ser estimulados a seguir carreiras científicas e tecnológicas, imbuídos da importância dos temas abordados no evento. A criação de uma cultura de inovação comprometida com a sustentabilidade e constitui-se em um primeiro passo a fim de que se torne exequível o desenvolvimento em seu mais amplo conceito. Nesse sentido, a ONU, em 2015, desenvolveu uma agenda global, denominada Agenda 2030, visando alcançar o desenvolvimento sustentável nas suas três dimensões – econômica, social e ambiental – de forma equilibrada e integrada (ONU, 2015). Esta Agenda, estabelece 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável – ODS (erradicação da pobreza; fome zero e agricultura sustentável; saúde e bem-estar; educação de qualidade; igualdade de gênero; água potável e saneamento; energia limpa e acessível; trabalho decente e crescimento econômico; indústria, inovação e infraestrutura; redução das desigualdades; cidades e comunidades sustentáveis; consumo e produção responsáveis; ação contra a mudança global do clima; vida na água; vida terrestre; paz, justiça e instituições eficazes; e parcerias e meios de implementação), que são alvos de projetos e propostas de solução. Portanto, tangenciar o conhecimento acerca destes temas, torna-se imperativo e, para tanto, surge a necessidade de criação de ambientes propícios para a aproximação de estudantes de diferentes estágios de formação e a sociedade civil. A realização da IV Expo Ecoinovar contempla exposições de CT&I promovidas pelo pelo Grupo de Pesquisa Ecoinovar, do Programa de Pós-Graduação em Administração – PPGA da Administração da Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. O evento ocorre em parceria com o PROGESA - Programa de Gestão Socioambiental vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Administração da USP (conceito 7 da Capes), o GPS - Grupo de Pesquisa em Sustentabilidade do Programa de Pós-Graduação em Administração da UFRGS (conceito 5 na Capes), CULTI - Grupo de Pesquisa em Inovação, Internacionalização, Cultura e Empreendedorismo do Programa de Pós-Graduação em Administração da UnB (conceito 5 na Capes), a Universidade de Vigo da Espanha, a Universidade Aberta de Portugal, o Institut Supérieur de Gestion (ISG Business School Paris) da França e as Secretarias de Educação Municipal e Estadual. Inseridas nas atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT 2021 –, a IV Expo Ecoinovar – Soluções Inovadoras para um Futuro Sustentável tem como objetivo apresentar projetos e soluções, novos ou existentes, que possam contribuir para a construção de um futuro mais justo e sustentável, dos pontos de vista ambiental, social e econômico. As exposições apresentarão ao público projetos e soluções previamente selecionados, desenvolvidos por estudantes da educação básica (ensino fundamental – anos iniciais e finais - e ensino médio), do ensino técnico/profissionalizante e do ensino superior, das redes pública e privada de ensino, dos 19 municípios do Conselho Regional de Desenvolvimento (COREDE) Central do Estado do Rio Grande do Sul e por empreendedores de startups, ONGs e empresas. Busca-se, portanto, despertar e estimular a criatividade e as vocações científico-tecnológicas para a inovação e a sustentabilidade. Nesta quarta edição da Expo Ecoinovar, em atenção ao contexto imposto pela pandemia de coronavírus, que sugere restrições do ponto de vista da realização de grandes eventos com elevado número de participantes, planeja-se a realização de um evento online, ou seja, permitindo também a ampla participação e interação dos participantes por meio da internet. Desse modo, a exposição dos projetos selecionados será realizada por meio de plataformas tecnológicas, em hotsite próprio, que permitirá a interação dos visitantes, manifestando reações e enviando comentários aos autores dos projetos. Estratégias de engajamento, utilizando-se de gamificação (utilização de competições e jogos lúdicos), serão realizadas para ampliar a interação entre os participantes (visitantes e autores) e com as temáticas da inovação e da sustentabilidade. Em sua quarta edição, alinhada ao tema da Semana Nacional da Ciência e Tecnologia - SNCT 2021 e aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável - ODS, a IV Expo Ecoinovar tem como temática “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta” e ocorrerá de 26 a 28 de outubro de 2021 em formato online.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Clarice Weis Arns

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • previr-mcti: rede nacional de vigilância epidemiológica de coronavírus sars-cov-2 e outros patógenos emergentes em morcegos, aves e outros reservatórios silvestres no contexto de one health
  • As zoonoses, doenças transmitidas dos animais para as pessoas, representam 75% das doenças emergentes nos últimos anos. Com o aumento da globalização e urbanização, as zoonoses apresentam grande risco para a saúde pública e para a economia. Neste projeto pretendemos manter a Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica de Coronavírus SARS-COV-2 e outros Patógenos Emergentes em Morcegos, Aves e outros Reservatórios Silvestres, nomeada como Rede PREVIR-MCTI. A rede PREVIR-MCTI tem como objetivo detectar e analisar vírus com potencial de emergência para humanos, como Coronavírus e vírus da Influenza presentes em morcegos, aves e outros mamíferos silvestres, em diferentes regiões brasileiras (Amazônia, Pantanal, Cerrado, Mata Atlântica, Litoral, Lagoa do Peixe e Extremo Sul do País). O potencial emergente dos vírus será relacionado com a perda de hábitat, proximidade de populações humanas e biologia das espécies envolvidas. Nossa finalidade é entender as características eco epidemiológicas do SARS-COV-2 e dos outros vírus de potencial zoonótico em aves e morcegos, e as interrelações entre a biologia e ecologia dos hospedeiros e a prevalência e diversidade de vírus. Na primeira fase do projeto, mais de 50 coronavírus de morcegos foram identificados em amostras de morcegos na Mata Atlântica distribuída na região Nordeste, Sudeste e Sul do País. Todas as equipes têm realizado captura de animais, coleta de dados e de amostras de forma sistemática mensalmente nos diferentes biomas. No próximo período, as análises laboratoriais serão continuadas a fim de finalizar a caracterização das amostras com a detecção não apenas de Coronavírus, mas de outros patógenos e amostras de morcegos e aves.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 02/05/2022-30/11/2024
Foto de perfil

Clarissa Carneiro Mussi

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • transferência de conhecimento na rede de hospitais universitários do brasil: contribuições para a implementação e uso de um sistema de gestão hospitalar nacional
  • O desempenho das instituições hospitalares e a qualidade da assistência ao paciente têm sido maximizados em razão da implementação de sistemas informatizados de gestão. Não raramente essas iniciativas são permeadas de desafios, especialmente quando se trata de programas governamentais de implementação destes sistemas em redes nacionais integradas por diferentes hospitais. Neste contexto, a transferência de conhecimento na rede pode contribuir com estes programas, ampliando as possibilidades de colaboração, aprendizagem e inovação, bem como, maximizando o desempenho de cada organização integrante da rede e da rede como um todo. No Brasil, a partir do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), constituiu-se a rede de hospitais universitários públicos gerida pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Como parte das ações do REHUF está a implementação nacional de um sistema informatizado de gestão com o objetivo de padronizar as práticas assistenciais e administrativas dos 40 hospitais universitários da rede federal - o Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários (AGHU). Neste cenário, o objetivo do projeto de pesquisa proposto é analisar como a transferência do conhecimento interorganizacional pode contribuir para a implementação e uso do AGHU na rede de hospitais universitários do Brasil. Metodologicamente, a pesquisa fundamenta-se na abordagem qualitativa. Dados serão coletados por meio de entrevistas, questionários e pesquisa documental. Os participantes da pesquisa serão os envolvidos com a implementação do AGHU nos hospitais da rede e na EBSERH. A análise dos dados pautar-se-á na análise de conteúdo. A pesquisa contribuirá com pesquisadores, formuladores de políticas e profissionais a partir da confluência da área de transferência de conhecimento em redes interorganizacionais e implementação de sistemas de informação em saúde em ampla escala, em um contexto inexplorado na literatura internacional.
  • Universidade do Sul de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 03/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Clarissa Lin Yasuda

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação longitudinal multimodal dos efeitos cerebrais da reabilitação neurocognitiva após covid-19.
  • Embora o SARS-CoV-2 tenha sido descrito como um vírus respiratório, o envolvimento de outros órgãos (como o cérebro) já foi demonstrado. A disfunção neuropsiquiátrica (DN) associada a COVID-19 foi confirmada, com manifestações agudas e pós-agudas. Apesar das evidências sobre DN de longa duração após COVID-19 (incluindo pacientes sem hospitalização), pouco se sabe sobre os déficits específicos dos domínios cognitivos e alterações cerebrais (substâncias cinzenta e branca). Até o momento, não está claro se a disfunção cognitiva e as alterações cerebrais (incluindo conectividade funcional anormal) são permanentes. Dada a grande proporção de sobreviventes com disfunção cognitiva e dificuldades para trabalhar, a reabilitação cognitiva é urgentemente necessária. Dada a necessidade premente, aplicaremos a reabilitação cognitiva (RC) a pacientes pós-COVID19 com disfunção persistente e investigaremos alterações longitudinais dos parâmetros cerebrais (com ressonância magnética cerebral e avaliação neuropsicológica) e capacidade de trabalho. Este estudo multidisciplinar combina RC e investigação simultânea do impacto cerebral do coronavírus, que permanece desconhecido. Somados aos valores científicos e clínicos, forneceremos informações sobre a capacidade de trabalho, que é vital para a sociedade. Nossa hipótese é que a RC pode ajudar os indivíduos a recuperar a capacidade intelectuais prévia e melhorar a capacidade de trabalho. Nosso estudo longitudinal de ressonância magnética pode fornecer evidências sobre as alterações cerebrais através de análises de pós-processamento de imagens estruturais e funcionais. O parcelamento automático de imagens estruturais T1 pode detectar progressão de atrofia cortical e hipocampal. Além disso, as análises de imagem de difusão podem revelar disfunção microestrutural da substância branca associada ao comprometimento cognitivo. As análises estatísticas complexas poderão identificar preditores de declínio cognitivo e resposta de reabilitação.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 11/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Clarissa Maria Rosa Gagliardi

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • reconversão do ambiente construído: dos galpões fabris ao patrimônio cultural na cidade de são paulo
  • Desde a década de 1970, quando os processos de desindustrialização foram identificados nos EUA, o debate em torno de seus efeitos no mercado de trabalho tem constituído o campo econômico como seu protagonista, com ênfase para transformações do trabalho industrial para os serviços da economia globalizada. No Brasil, o epicentro desse processo está na cidade de São Paulo que, desde o início dos anos 2000, tem enfrentado forte processo de desconcentração industrial. Por mais relevante que seja o debate no campo econômico, permanece à sombra a problematização do passivo incorporado no ambiente construído abandonado pela atividade industrial, ocupando extensas áreas de alto valor fundiário agora liberadas para outros usos. Deixados à inércia, e conhecendo a dinâmica da apropriação fundiária das grandes metrópoles, terrenos e galpões industriais tendem a ser engolfados pelo mercado imobiliário de médio e alto padrão, reproduzindo processos de expulsão demográfica. O projeto pretende introduzir o campo do patrimônio cultural nessa disputa pelo patrimônio industrial dando visibilidade aos atores que lhe conferem sentidos imateriais e simbólicos. Diante disso, a proposta visa mapear e georreferenciar estruturas industriais ociosas; conhecer as disputas em torno de sua reutilização e os atores envolvidos e a partir da interlocução no/com o território, identificar propostas de uso destes espaços que atendam à função social do patrimônio cultural e subsidiem políticas patrimoniais. Por meio de trabalhos de campo; estudo das redes digitais enquanto espaço de circulação e produção de conteúdos culturais; realização de entrevistas; análise documental e bibliográfica, pretende-se identificar sentidos em confronto e grupos que possam ser mobilizados para a co-participação em políticas públicas, propondo novos usos e formas de gestão dos bens culturais. Transversalmente, a proposta é consoante às metas dos ODS’s para a proteção do patrimônio e a construção de cidades mais inclusivas
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Clarissa Severino Gama

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudo de mecanismos de envelhecimento acelerado em esquizofrenia e transtorno bipolar como estratégias de prevenção de adoecimento sistêmico de de morbimortalidade precoce.
  • Transtornos mentais graves (TMG) são condições crônicas altamente incapacitantes que afetam entre 0.4% e 7.7% da população mundial e geram um alto custo para a sociedade. Portadores de TMG têm uma expectativa de vida reduzida entre 8 e 18 anos. Além disso, tendem a apresentar maior prevalência de comorbidades clínicas. Esta associação impacta, de maneira desfavorável, mais ainda nos desfechos funcionais e no número de anos vividos com incapacidade. Esses fatores sugerem uma possível vulnerabilidade biológica, o que aponta para a necessidade de se entender esses transtornos como doenças orgânicas que afetam integralmente o indivíduo, e não apenas como alterações de funções mentais. Entre os TMG, a esquizofrenia (SZ) e o transtorno bipolar (TB) parecem apresentar desfechos mais graves considerando diversos aspectos, principalmente relacionados ao prejuízo funcional, afetando amplamente domínios como empregabilidade, vida autônoma e relacionamentos interpessoais. Existe um grau robusto de evidências, vários destes achados oriundos do grupo proponente, associando a presença de um estado pró-inflamatório persistente com a SZ e o transtorno bipolar TB. Este desequilíbrio pró-inflamatório parece exercer um papel importante neste processo de adoecimento, de envelhecimento acelerado e mortalidade precoce. Mostramos que alterações na neuroimagem, em diversas estruturas corticais e subcorticais, estavam associadas a marcadores de inflamação e envelhecimento, e a prejuízos na memória verbal. As alterações cerebrais observadas eram compatíveis com o processo de neurodegeneração, o que confirma a hipótese de envelhecimento patológico acelerado decorrente do impacto destas doenças. Os motivos reversíveis pelos quais esses sujeitos têm maior mortalidade parecem ser principalmente devido ao diagnóstico tardio e tratamento insuficiente. Com isto, é de suma importância a identificação de fatores biológicos que sinalizem para maiores cuidados globais em portadores de SZ e TB.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Clascidia Aparecida Furtado

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • nanoplataformas grafeno-aptâmero para o biossensoriamento do câncer
  • O câncer de cólon e reto (ou colorretal - CCR) é o 2º mais frequente entre homens e mulheres no Brasil (INCA, 2021) e no mundo (OMS, 2021). Apresenta também alta taxa de óbito, sendo responsável por 9,2% dos óbitos ocorridos por câncer em todo o mundo em 2018 (OMS, 2020). O diagnóstico é feito por exame de sangue oculto nas fezes, exame de toque retal e colonoscopia, métodos invasivos e com limite de detecção baixo em tumores em estágios iniciais, o que dificulta a detecção precoce e diminui as chances de tratamento eficiente e cura. Assim, o desenvolvimento de soluções diagnósticas menos invasivas, mais sensíveis e específicas torna-se uma urgência (OMS, 2020). Considerando essa importante demanda, o grupo proponente vem trabalhando de forma multidisciplinar na construção de nanoplataformas baseadas em grafenos e aptâmero antitumoral e no seu uso no desenvolvimento de sistemas de detecção, usando duas configurações distintas: (1) biossensor eletroquímico do tipo point of care, obtido a partir da manipulação química de grafenos, polímero condutor e aptâmeros específicos ao antígeno carcinoembrionário (CEA), superexpresso em CCR; (2) biossensor óptico, utilizando óxido de grafeno como transdutor de FRET e aptâmeros anti-CEA marcados. Nesta oportunidade, buscamos avançar 1) no entendimento das interações na interface nanocarbono/biomolécula, visando à otimização do sinal analítico gerado frente às perturbações físico-químicas sofridas pelas nanoestruturas no momento da interação molecular de reconhecimento do alvo; 2) na validação dos biossensores frente ao antígeno comercial e em diferentes amostras de pacientes portadores de câncer do colorretal, neste caso com a colaboração de pesquisadores do Instituto Mário Penna. Expectativas futuras residem na obtenção de dispositivos 100% nacionais, de baixo custo, precisos e de alta reprodutibilidade, para uso no Sistema Único de Saúde (SUS), contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das populações.
  • Comissão Nacional de Energia Nuclear - RJ - Brasil
  • 25/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Claucia Fernanda Volken de Souza

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • desenvolvimento de estratégias biotecnológicas visando à aplicação industrial de lactases e peptidases
  • O mercado de enzimas para as indústrias alimentícia e farmacêutica está em ampla expansão, entre elas se destacam as β-galactosidases (lactases) e peptidases, aplicadas para obtenção de produtos lácteos com baixo teor de lactose e de peptídeos bioativos, respectivamente. Atualmente, o Brasil depende da importação destas enzimas, que apresentam um alto custo e baixa recuperação, dificultando a reutilização em bioprocessos. Assim, visando à produção nacional de biocatalisadores, surge a necessidade de buscar alternativas para o melhoramento das características enzimáticas e redução de custos. Nessa perspectiva, uma ferramenta biotecnológica que pode ser empregada é o desenvolvimento de enzimas recombinantes com marcadores de afinidade (Cellulose Binding Domain – CBD e His-tag), alternativa viável para purificação e imobilização de enzimas em uma única etapa. A imobilização em suportes de baixo custo viabiliza o reuso dos biocatalisadores e sua aplicação em reações de hidrólise em processos contínuos. Nesse trabalho pretende-se propor uma estratégia de produção, imobilização/purificação e aplicação da lactase e peptidase recombinantes visando seus usos em bioprocessos industriais sustentáveis. Os genes das enzimas serão clonados e expressos de forma intra e extracelular. Os cultivos serão conduzidos de forma escalonável para a obtenção do extrato enzimático. A purificação será realizada por meio da imobilização orientada das enzimas pelo uso dos marcadores de afinidade. Serão testados dois tipos de suportes - partículas magnéticas de níquel ou cobalto e celulose - para imobilização, considerando o marcador de afinidade. Cápsulas core-shell serão preparadas para aplicação das enzimas imobilizadas em reatores de coluna. A lactase será aplicada na hidrólise do leite e soros lácteos e a peptidase na obtenção de peptídeos bioativos pela hidrólise de coprodutos lácteos, em processos contínuos em reatores de coluna de leito fixo e fluidizado, avaliando o reuso das enzima
  • Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Claudemir Fidelis Bezerra Júnior

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • estruturas, identidades e aplicações em pi-álgebras
  • O desenvolvimento da teoria das álgebras satisfazendo identidades polinomiais (PI-álgebras para abreviar) foi iniciado visando responder o seguinte problema: "O que se pode dizer sobre a estrutura de uma álgebra sabendo que ela satisfaz uma identidade polinomial?". Recordamos que uma álgebra é dita PI-álgebra se existir um polinômio f não nulo em variáveis não comutativas tal que ele se anula para qualquer substituição por elementos desta álgebra, neste caso f é chamado de identidade polinomial para tal álgebra. Outro conceito que possui uma íntima ligação com as PI-álgebras é a de polinômios centrais, um polinômio sem termo constante da álgebra associativa livre é central se qualquer substituição das variáveis por seus elementos resulta em elemento central. Tais ambientes, e suas variações, vem sendo estudados por vários pesquisadores. Lembramos que encontrar bases das identidades de muitas álgebras importantes pode ser uma tarefa ainda muito difícil. As identidades com traço nas álgebras matriciais foram estudadas e descritas independentemente por Procesi e Razmyslov. Esses estudos foram marcantes, pois Procesi começou o uso sistemático da teoria de invariantes em PI-álgebras, enquanto Razmyslov aprofundou as várias aplicações das representações do grupo simétrico. Já as graduações do tipo Cartan em álgebra de Lie são importante em sua classificação. O objetivo principal deste projeto de pesquisa é estudar a teoria das identidades polinomiais de certas álgebras "importantes" (não necessariamente associativas) e suas variações, mais especificamente, iremos considerar álgebras graduadas e com traço. Portanto, o uso sistemático da representação de grupos, teoria de invariante e teoria elementar dos números serão inevitáveis. Assim, a importância desse projeto segue da troca de experiências entre os participantes e complementar a formação dos jovens doutores. Portanto, todos os problemas listados são plausíveis.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Claudemiro Bolfarini

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento e caracterização mecânica de aços avançados de elevada resistência do sistema fe-mn
  • OS aços avançados de alta resistência e baixa densidade do sistema FeMn apresentam excelente ductilidade e tem potencial aplicação na construção de veículos de transporte e em implantes médicos temporários, muito desejados no momento porque foi cientificamente provado que a Covid 19 aumenta o risco de trombose em ‘stents’ permanentes. A alta resistência confere baixo peso às estruturas de transporte, o que leva a economia de combustível e redução da emissão de poluentes; e a alta ductilidade confere maior processabilidade às ligas, necessária para a fabricação de "stents". A determinação das propriedades mecânicas depende da composição química e do processamento termomecânico. Para atingir alta resistência mecânica e alta ductilidade efeitos TWIP e TRIP são necessários, pois são mecanismos de deformação dos materiais metálicos que possibilitam o acumulo de uma alta densidade de discordâncias antes da formação da instabilidade plástica. Parâmetro essencial no ‘design’ das liga é a Energia de Falha de Empilhamento-EFE, que deve ser controlada dentro de certos valores e depende da composição química, do tamanho de grão e da estabilidade das fases, em especial a austenítica. Modelos termodinâmicos permitem o cálculo dessa EFE. No entanto, como comprovado em nossas pesquisas, são insuficientes para prever ou determinar o comportamento do material. Pelos nossos resultados, a presença de elementos intersticiais como C e N é essencial para promover os mecanismos de aumento da plasticidade do material. Nesse projeto vamos estudar em profundidade o efeito desses intersticiais usando: Modelos termodinâmicos, cálculos "ab initio" e experimentos de elaboração de ligas e o devido processamento para determinar os mecanismos de plasticidade atuantes e as propriedades mecânicas resultantes. Partimos da hipótese que esses intersticiais, pela interação que tem com as discordâncias, influenciam no valor das tensões criticas para a atuação dos mecanismos TRIP e TWIP.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Claudia Araujo Moreira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • desenvolvimento rural sustentável e agroecologia – promovendo a geração de renda, no município de carolina-ma
  • Propomos neste projeto a criação do Núcleo de Educação, Pesquisa e Extensão em Agroecologia do IFMA - Campus Avançado da Carolina (NUEPEMA). O projeto visa desenvolver atividades de pesquisa e desenvolvimento em Agroecologia para Agricultura Familiar, com foco na geração de credibilidade ao produto orgânico e geração de renda para as famílias de agricultores das diferentes localidades do município de Carolina. A proposta aqui apresentada parte do envolvimento de professores/pesquisadores e estudantes desta e de outras instituições de pesquisa e da gestão pública, além de associações ligadas ao tema, possibilitando-se assim trabalhar de forma multidisciplinar e interdisciplinar e, enriquecer o leque de produção científica e tecnológica em Agroecologia, assim como, do outro lado, melhorar o desempenho produtivo na abordagem agroecológica, a ser construído de forma participativa, junto aos grupos assistidos e instituições parceiras, dentro do município de Carolina-MA. Seu público alvo são agricultores familiares que já vendem para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) por via municipal, e também os que ainda não estão inseridos nesta modalidade de compra governamental; que desejam se inserir nos sistemas orgânicos de produção, para alcançarem melhores preços e estão distribuídos nas seguintes comunidades rurais: Canto Grande, Solta, agricultores do Parque Nacional da Chapada das Mesas, agricultores do Itapecuru e, Associação dos Pequenos Produtores de Carolina (APPC); sendo que parte importante neste processo são as mulheres trabalhadoras rurais, que estão mais sensíveis às mudanças de paradigma, para o processo de produção agroecológico e de organização social. Além desse, fazem parte do público alvo os estudantes dos cursos técnicos ofertados pelo IFMA – Campus Avançado de Carolina, os professores desta instituição e os técnicos extensionistas. O município de Carolina se encontra localizado dentro de uma área considerada hotspot de biodiversidade, o que motivou a criação do Parque Nacional da Chapada das Mesas. Esta característica da riqueza biodiversa e da beleza cênica da região fomenta a atividade turística, que vem crescendo ao longo dos últimos anos, com foco em turismo ecológico e de aventura. Está situado na borda do Planalto Central Brasileiro onde predomina o bioma cerrado. Atualmente este potencial ecológico é ameaçado de degradação ambiental em virtude do avanço da agropecuária comercial que, conforme Ferreira (2008), promoveu novas formas de organização do espaço no sul do Maranhão possibilitando o crescimento da sojicultura e a redução da agricultura familiar. Conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE (2010), a população atual do município de Carolina é de 23.883 habitantes dos quais 32,23% habitam a zona rural e têm como principal fonte de sustento a agricultura familiar. Contudo, o manejo inadequado dos recursos ambientais desponta como outra fonte de preocupação haja vista que a queimada para o preparo dos solos, em sua maioria arenosos e argilosos, ainda é prática usual. Existe uma grande necessidade de ações relativas a manejos básicos na produção orgânica, à inserção de agricultores neste sistema produtivo, a produção científica voltada ao desenvolvimento de tecnologias aplicadas à agricultura familiar, a inserção destes produtos no mercado e melhoria da qualidade ambiental dos sistemas de produção. Hoje, os espaços de comercialização do município restringem-se à duas feiras livres e acessos ao PNAE, e futuramente está prevista a realização de uma grande feira a Feira Solidária e Sustentável. Portanto faz-se necessário ampliar os mercados de comercialização de produtos agroecológicos e aumentar a sua base produtiva, uma vez que existe demanda para estes produtos, que a base produtiva atual não consegue ofertar, quais sejam as redes de hotéis, presentes na cidade, destaque nacional em turismo ecológico. Assim, prevê-se como inovação neste projeto ações práticas para: o redesenho de agroecossitemas, o manejo dos solos e melhoria da diversidade ambiental; empoderamento do agricultor e agricultora nos processos de produção agroecológicos; a pesquisa-ação na resolução de problemas específicos da produção orgânica; o resgate cultural e o uso da biodiversidade do Cerrado, para fins de incremento da biodiversidade; as ações de sensibilização dos agricultores em mudança para o cultivo orgânico; os processos de organização social para a geração de renda, agregação de valor aos processos e produtos e, comercialização dos produtos orgânicos. Estas ações têm o apoio das entidades parceiras: Associação Bezerra de Moraes, da comunidade Solta, a APCC, o Clube de Mães de Carolina, o Sindicato Rural, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Prefeitura Municipal, a Universidade Federal de Goiás (UFG), entre outros parceiros. O objetivo geral desta proposta é criar um centro de referência em produção de tecnologias e ensino da Agroecologia, no IFMA – Campus Avançado de Carolina, tendo como pano de fundo ações para o desenvolvimento rural sustentável, que se orientam desde a produção, com credibilidade até a geração de renda para a agroecológica familiar, no município de Carolina - MA.
  • Instituto Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 01/08/2017-31/10/2022
Foto de perfil

Claudia Barros Monteiro Vitorello

Ciências Agrárias

Agronomia
  • construção de redes biológicas para desvendar componentes bióticos e abióticos que interagem em patossistemas de cana-de-açúcar
  • A cana-de-açúcar é a cultura mais importante para a produção de biocombustíveis e a terceira commodity mais comercializada no mundo. A severidade de pragas e doenças ameaçam a produtividade que pode ser intensificada pelas mudanças climáticas e as novas práticas de colheita verde, alterando a dinâmica populacional e a incidência de patógenos. Assim, o desenvolvimento de novas práticas de manejo e de genótipos resistentes são fundamentais para proteger a cultura de maneira sustentável. Esta proposta utiliza a doença carvão da cana para avaliar como a interação planta-patógeno pode ser influenciada por diferenças relacionadas ao ambiente e ao recrutamento de um microbioma específico valendo-se de teoria de grafos e de inteligência artificial de integração de dados em redes biológicas. Resultados preliminares demonstraram que plantas coletadas após cultivo em diferentes tipos de solos, quando inoculadas em condições de casa de vegetação alteram o crescimento do fungo e o desenvolvimento dos sintomas da doença. Para validar a hipótese do projeto serão realizados experimentos integrados com plantas resistentes e suscetíveis cultivadas em dois locais contrastantes. O microbioma das amostras de campo será identificado (ITS) no solo, rizosfera, raiz e colmos antes da condução do experimento com o patógeno. Amostras coletadas após a inoculação serão analisadas quanto: 1) aos perfis de transcrição e metabólico durante a interação; 2) identificação do microbioma com métodos preditivos de reconstrução metabólica; e 3) avaliação do crescimento do fungo e identificação do sintoma da doença. Todas as informações serão integradas em uma rede biológica com duas camadas (metabólica e proteica) direcionada a RGA (resistance gene analogs) previamente estabelecida (Rody et al., 2019 e 2021), onde foram identificados genes diferencialmente expressos associados ao metabolismo primário ligados à expressão de RGAs, conectando o sistema imunológico da cana.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Claudia Berlim de Mello

Ciências Humanas

Psicologia
  • desenvolvimento de uma bateria informatizada multidimensional e ecológica de avaliação de cognição social para adultos
  • Cognição Social (CS) diz respeito a um conjunto de processos cognitivos como Teoria da Mente (ToM) e reconhecimento de emoções em faces, essenciais para a organização do comportamento no contexto das interações. Sua investigação por meio de avaliação neuropsicológica tem papel crucial no diagnóstico de condições clínicas como o Transtorno do Espectro do Autismo, Esquizofrenia, Transtorno de Personalidade Bipolar, Transtorno de Déficit de Atenção-Hiperatividade, abuso de substâncias e nas demências. A maior parte dos testes neuropsicológicos disponíveis, entretanto, são dirigidos à população infantil. Este projeto tem como objetivo principal desenvolver uma bateria informatizada de avaliação neuropsicológica de cognição social para adultos, com tarefas ecológicas de natureza open access. Serão desenvolvidas tarefas para cada um dos domínios de cognição social, como atribuição de estado mental, reconhecimento de pista emocionais, compreensão de normas sociais implícitas e empatia. As tarefas serão disponibilizadas por meio de um site e simultaneamente, de forma sincronizada, serão monitorados os sinais de rastreamento ocular por meio da webcam e sinais fisiológicos, como frequência cardíaca e atividade eletrodérmica, monitorados a partir de sensores vestíveis para verificar a associação entre medidas autonômicas, medidas qualitativas e quantitativas. O monitoramento do rastreamento ocular por meio de webcam e a utilização de sensores vestíveis permitirá que os indivíduos possam participar do experimento em sua própria casa, sem contato com os experimentadores, o que torna as condições de segurança mais adequadas no contexto da pandemia. Outro aspecto importante é que o teste neuropsicológico online com eye tracking poderá ser aplicado para participantes de todo o país, já um um computador com webcam. A bateria poderá contribuir assim tanto para pesquisas quanto para a prática clínica.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 23/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Cláudia Bueno dos Reis Martinez

Ciências Biológicas

Ecologia
  • nanobiopesticidas e saúde ambiental: bases para uma agricultura mais sustentável
  • Nanopesticidas à base de materiais naturais representam uma alternativa viável para o controle de pragas e doenças, com menor risco ao ambiente, contribuindo assim para uma agricultura mais sustentável. Entretanto, é necessário compreender os efeitos destes sistemas carreadores para organismos não-alvos. Para tanto, pretende-se sintetizar nanobiopesticidas à base de polímeros naturais e contendo fungicidas de origem botânica, otimizar o seu preparo por meio da análise de ciclo de vida dos processos de síntese, avaliar sua eficiência e sua toxicidade, pela análise de múltiplos biomarcadores em organismos de diferentes grupos e compartimentos ambientais. Serão realizados ensaios para avaliar os possíveis efeitos destes nanobiopesticidas: i) na germinação e sanidade de sementes e no crescimento inicial de espécies agrícolas; ii) na taxa de sobrevivência, desenvolvimento, reprodução e análise de expressão gênica no nematoide Caenorhabditis elegans; iii) em múltiplos biomarcadores (genotóxicos, bioquímicos, fisiológicos e histológicos) de espécies nativas de bivalves, peixes e anuros (girinos); iv) na taxa de sobrevivência, morfologia, defesas antioxidantes e comportamento de operárias campeiras de abelhas sem ferrão. Os resultados obtidos devem adicionar elementos importantes para o uso ambientalmente seguro de nanobiopesticidas, contribuindo diretamente para o avanço da nanotecnologia e de suas repercussões na agricultura. Deste modo, trata-se de uma proposta que deve promover a preservação ambiental com a redução dos impactos de agrotóxicos em polinizadores e organismos aquáticos e do solo, bem como colaborar para o desenvolvimento científico e tecnológico de forma sustentável e com potencial para trazer benefícios à sociedade. Destaca-se ainda sua forte aderência a diferentes áreas prioritárias reconhecidas pelo MCTI para apoio à pesquisa e desenvolvimento e sua consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável almejados pela ONU.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Claudia Costa Bonecker

Ciências Biológicas

Ecologia
  • a planície de inundação do alto rio paraná
  • Estudos ecológicos de longa duração permitem o entendimento da complexidade dos processos ecológicos e são imprescindíveis para promover a conservação e gestão dos recursos naturais, além de permitirem a análise das tendências, perspectivas e cenários presentes e futuros. Na bacia do rio Paraná, estão localizados os maiores centros urbanos e industriais do Brasil, com severos impactos sobre a qualidade e quantidade da água e a pesca comercial. Este projeto será desenvolvido em parte desta bacia, na planície de inundação do alto rio Paraná (sítio PIAP), que está localizada no último trecho do rio Paraná livre de barramento. Os estudos sobre as populações e comunidades biológicas, nesse ecossistema, e a socialização do conhecimento adquirido iniciaram em 1986, mas se intensificaram com as amostragens sistematizadas a partir de 2000, com o início do PELD. As principais perguntas que serão respondidas pelas populações e comunidades biológicas, e apontadas pela variação das condições ambientais, com a continuidade dos estudos de longa duração, são: (i) o papel dos distúrbios naturais (pulso de inundação, El Niño) e antrópicos (operação dos reservatórios); (ii) a efeito das barragens e a oligotrofização; (iii) o processo de invasão e os impactos das espécies não nativas; (iv) o papel das unidades de conservação para a preservação da biodiversidade. Todas essas repostas serão traduzidas para uma linguagem acessível e lúdica para a comunidade, em geral, da região, além de gestores ambientais e políticos. Os resultados obtidos (2021-2024) serão agregados à série temporal já existente (2000-2020). Pretende-se implementar abordagens analíticas de população, comunidade e sistemas, e avaliar a série temporal dos dados, contemplando 24 anos de amostragem na área do PIAP. A partir destas abordagens empírica e de modelagem, espera-se apresentar uma visão integrada das informações sobre as populações e as comunidades biológicas, e as condições ambientais que as cercam, incluindo as relações entre esses dois compartimentos do ecossistema, ao longo do tempo, a fim de elucidar e predizer processos que possam descrever padrões. Para análise dos dados, serão utilizadas abordagens analíticas simples, univariada e multivariada, dependendo da hipótese a ser testada e das variáveis respostas e explanatórias analisadas. Em todas essas análises, serão controladas as escalas espaciais e temporais para inferência sobre os objetivos propostos. A amostragem de dados abióticos e bióticos seguirá o protocolo estipulado desde 2000 e a coleta de dados sobre a atividade pesqueiras será realizada por meio de questionários e com perguntas abertas. Todas as atividades do projeto terão a participação de alunos de graduação e pós-graduação, pesquisadores e técnicos da UEM. Mapas temáticos, tabelas e figuras deverão mostrar um cenário mais atual da variação das condições ambientais na planície de inundação, bem como da estrutura e dinâmica das populações e comunidades biológicas, ao longo do espaço e do tempo. Modelos conceituais, matemáticos e gráficos também mostrarão as relações entre os componentes abióticos e bióticos. O componente de socialização do conhecimento consistirá em atividades de integração entre os participantes do projeto e a comunidade do município de Porto Rico e região, a fim de entender e aprimorar a percepção desses atores sobre a planície de inundação. Dentre essas atividades, será dada continuidade as Mostras Cientificas, serão oferecidos cursos de capacitação aos profissionais locais, educação ambiental para os turistas, palestras e discussões com gestores e políticos, organização de atividades nas escolas municipais, entre outras. Em relação a formação de recursos humanos, espera-se formar profissionais capacitados a atuar no ensino fundamental, médio, graduação e pós graduação capazes de transferir os conceitos ecológicos, tanto em uma linguagem formal como acessível e lúdica. Na UEM, espera-se a (i) conclusão de monografias de curso de graduação, dissertações e teses de dois programas de pós graduação, envolvidos no projeto; (ii) publicação de artigos científicos em periódicos nacionais e internacionais; (iii) divulgação dos resultados em congressos e encontros científicos nacionais e internacionais; (iv) ampliação do conhecimento dos pesquisadores e técnicos do Nupélia em conservação e manejo dos recursos naturais; (v) elaboração de relatórios e documentos a serem encaminhados aos órgãos ambientais, quando solicitado. Dois cursos de pós-graduação da UEM (área de biodiversidade da CAPES) farão parte da proposta. O projeto conta com pesquisadores nacionais e internacionais de outras Instituições e de outros sítios do PELD. Esse intercâmbio já resultou na publicação de artigos científicos e a co-orientação de alunos de pós-graduação.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 13/01/2021-31/01/2025
Foto de perfil

Claudia Coutinho Nóbrega

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • sustentabilidade de sistemas de gerenciamento de resíduos sólidos orgânicos integrados a bioeconomia na cidade de joão pessoa/paraíba - brasil
  • A gestão de resíduos sólidos urbanos, sobretudo os resíduos orgânicos, é um dos maiores desafios da sociedade. O descarte inadequado e as altas taxas de geração têm provocado graves impactos ao meio ambiente, a economia e a saúde pública. No Brasil, mais da metade dos resíduos gerados nas cidades são de origem orgânica, e apesar do seu potencial bioeconômico, estes resíduos, em sua maioria vem sendo destinados a aterros sanitários, lixões e outros. A decomposição desses resíduos nestes locais, libera gases para a atmosfera como o CO2 e o CH4 que são considerados gases do efeito estufa que contribuem para a intensificação do aquecimento global que é uma preocupação mundial nos últimos anos. Isso intensifica a busca por modelos de gerenciamento que protejam e preservem o meio ambiente e os recursos naturais, além de promover um cenário socioeconômico mais justo e sustentável, conservando ao máximo os fluxos de matéria e energia. A Avaliação de Ciclo de Vida é uma das ferramentas usadas para análises de aspectos e impactos ambientais nesse tipo de contexto, possibilitando avaliação de desempenho e contribuindo na tomada de decisão. A partir dela foram desenvolvidos o Custo do Ciclo de Vida, com ênfase nos custos econômicos, e a Avaliação do Ciclo de Vida Social, focada nas consequências sociais. As três metodologias resultam na Análise de Sustentabilidade do Ciclo de Vida (ASCV), técnica esta que permeará o objetivo principal do estudo para avaliar o gerenciamento dos resíduos sólidos orgânicos, no município de João Pessoa - PB, sob a perspectiva do ciclo de vida e da economia circular. Espera-se obter informações a respeito dos impactos que os resíduos orgânicos vêm causando e propor alternativas viáveis e sustentáveis para que integrem a proteção do meio ambiente com o bem estar dos atores envolvidos, além de fortalecer as práticas positivas já existentes e maior sustentabilidade do sistema, alcançando os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, sobretudo o 17.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Claudia Cristina Paro de Paz

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • identificação de biomarcadores para resistência a carrapato em bovinos caracu
  • Caracu (Bos taurus) é uma raça crioula que mantém as características de qualidade de carne observada nos bovinos taurinos, combinada com a habilidade de se desenvolver eficientemente em qualquer região do Brasil. A raça foi formada a partir de cruzamentos entre raças bovinas europeias introduzidas no Brasil em 1534. Os animais foram submetidos a intenso processo de seleção natural devido às adversidades do clima tropical, além da escassa alimentação e a presença de parasitas. Desse modo, a raça Caracu apresenta um excelente material genético para auxiliar na elucidação dos mecanismos que controlam características complexas. Os efeitos causados pelos carrapatos e as doenças transmitidas por eles têm impacto na saúde, economia e no ambiente. A resistência dos bovinos aos carrapatos é afetada por fatores biológicos que controlam a resistência genética do hospedeiro (variações entre e dentro de raças). O projeto proposto tem como objetivo identificar potenciais biomarcadores para resistência ao carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus por meio da análise do transcriptoma integrado de sangue periférico e proteínas plasmáticas. As amostras de RNA serão obtidas a partir de sangue periférico e bibliotecas de RNA total e de miRNA serão construídas e sequenciadas via NextSeq (Illumina). As análises proteômica serão realizadas por eletroforese em gel (SDS-PAGE) e espectrometria de massa (LC–MS/MS). Os genes mais significantes serão validados por PCR em tempo real. A elucidação dos mecanismos biológicos responsáveis pelas interações vetor-hospedeiro contribuirá para o desenvolvimento de estratégias inovadoras relacionadas a essas características. Este projeto é pioneiro na descrição do transcriptoma integrado e proteoma da raça Caracu, a partir do qual serão identificados genes, novos alelos, RNAs funcionais, transcritos alternativos, polimorfismos, proteínas e novas isoformas que contribuem para as diferenças fenotípicas observadas entre animais resistentes e susceptíveis
  • Instituto de Zootecnia do Governo do Estado de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cláudia da Silva Pereira

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • laboratório de culturas midiáticas das juventudes (labjux)
  • O objetivo é promover a interlocução e trocas acadêmicas que envolvam o ambiente universitário e ações lideradas por jovens ativistas atuantes nas seguintes cidades: Rio de Janeiro (RJ), Petrópolis (RJ), Juiz de Fora (MG) e Blumenau (SC). Para tanto, será montado e equipado, nas instalações da PUC-Rio, o Laboratório de Culturas Midiáticas das Juventudes - LabJuX, que envolverá alunos de graduação, de pós-graduação (mestrado e doutorado), pesquisadoras e pesquisadores com título de Doutorado de cinco IES diferentes e jovens, moradores e líderes de projetos sociais, coletivos e associações, preferencialmente residentes em comunidades periféricas. Como perspectiva teórica, este projeto sustenta-se em três eixos: na sociologia da juventude, na tradição dos estudos culturais e nas teorias das representações sociais. No LabJuX serão promovidas atividades acadêmicas voltadas para a discussão sobre a construção social das juventudes a partir das representações midiáticas de suas culturas urbanas, buscando compreender o que se toma como valor positivo e o que se silencia no processo de elaboração de tais formas representacionais. Metodologicamente, serão desenvolvidas imersões etnográficas tradicionais e online, análise interpretativa de conteúdo midiático, particularmente publicitário, e pesquisas exploratórias de natureza qualitativa. Entre os resultados esperados do LabJuX, destacam-se as palestras e oficinas voltadas para jovens moradores de comunidades periféricas e a produção audiovisual relacionada a ações de projetos sociais e cultura urbana. Como desdobramento de todas essas atividades, algumas possíveis direções para políticas públicas relacionadas às juventudes.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Claudia de Souza Lopes

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • determinantes socioambientais e comportamentais de saúde mental no período anterior e atual da pandemia de covid-19 em coorte de adultos do rio de janeiro
  • Os longos períodos de distanciamento social impostos pela pandemia de Covid-19 tiveram um impacto importante no estilo de vida das pessoas como comportamentos sedentários, consumo de álcool e tabaco, consumo alimentar inadequado, entre outros. No Brasil, e no Rio de Janeiro, em particular, se aprofundaram adversidades sociais, econômicas e ambientais, que constituem condições multifatoriais que podem contribuir para o aumento da incidência e da persistência de transtornos mentais na população durante a pandemia. O objetivo deste estudo é avaliar a incidência e os determinantes socioambientais e comportamentais do transtorno de compulsão alimentar, depressão e ansiedade generalizada, e do acesso aos serviços de saúde, após 02 anos da pandemia de Covid-19. A presente proposta consiste no acompanhamento de 2.324 adultos que participaram do estudo CAL-Rio, um inquérito de base populacional, representativo da população do município do Rio de Janeiro, cujo objetivo principal foi estimar a prevalência do transtorno de compulsão alimentar e correlatos. A coleta de dados foi concluída no início de 2020, no período pré-pandemia. Neste estudo, serão aferidas informações socioeconômicas, demográficas, de estilo de vida, morbidade física e desfechos individuais da pandemia de Covid-19. Os transtornos mentais serão avaliados pelos questionários validados e utilizados na primeira fase. As características socioambientais serão determinadas por georreferenciamento dos endereços dos participantes do estudo e das características ambientais do entorno da residência, obtidas do último censo, imagens de satélites e outras fontes disponíveis. O estudo fornecerá dados recentes sobre a situação de saúde mental e comportamento alimentar da população adulta do Rio de Janeiro antes e na pandemia e avaliará o papel de fatores contextuais e proximais relacionados às mudanças do estilo de vida ocorridas na pandemia de Covid-19. Este é o primeiro estudo desta natureza conduzido nessa população.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Claudia Diniz Lopes Marques

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudo brasileiro de pacientes com doenças inflamatórias crônicas imunomediadas infectados pelo novo corona vírus 2019 (severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 - sars-cov-2) – reumacov brasil
  • Os sintomas associados à infecção pelo SARS-CoV-2 são semelhantes aos da gripe comum, mas podem evoluir com maior gravidade, sobretudo pela exacerbação da resposta inflamatória sistêmica, bem como dano pulmonar e risco de morte. À medida que o surto da COVID-19 se tornou uma pandemia, diversos centros questionaram se os pacientes imunossuprimidos estariam com maior risco de desenvolver uma doença grave. Surpreendentemente, ao contrário dos agentes virais comuns (como Adenovírus, Rinovírus, Norovírus, Gripe, vírus sincicial respiratório), o SARS-CoV-2 não demonstrou causar uma doença mais grave nos pacientes imunossuprimidos de acordo com os relatórios de mortalidade e morbidade publicados na China e Itália, incluindo os pacientes com doenças reumáticas imunomediadas (DRIM). Assim, essa observação clínica tem chamado a atenção de reumatologistas sobre um potencial efeito benéfico ou “protetor” das medicações usadas para o controle de atividade da doença sobre os desfechos da infecção pelo SARS-CoV-2. Por outro lado, não existem dados robustos sobre a influência das DRIM na evolução de pacientes com COVID-19. Os medicamentos utilizados para o tratamento das DRIM incluem os glicocorticoides, os medicamentos modificadores do curso da doença sintéticos convencionais (MMCDsc), como metotrexato, leflunomida e azatioprina, MMCD sintéticos alvos específicos (MMCDsae), como inibidores da JAK, e MMCD biológicos (MMCDb), como bloqueadores do TNF, IL6, IL17, moduladores CTLA-4 e depletores de células B, e os imunossupressores, como a ciclofosfamida. Essas medicações podem promover alterações importantes na resposta imunológica e, como consequência, podemos antecipar potencial impacto na resposta imunológica humoral ou celular de proteção contra diversos patógenos. Os principais questionamentos atuais estão relacionados com a possibilidade de como os imunossupressores poderiam influenciar o curso da infecção? A atividade inflamatória da doença seria um fator de pior prognóstico naqueles infectados pelo SARS-CoV-2 ou a identificação de elevados níveis de IL-6 entre os pacientes que tiveram COVID19 mais grave poderia determinar proteção àqueles que são tratados com bloqueadores do receptor da IL-6? Como se comportam os autoanticorpos e as imunoglobulinas séricas nestes pacientes? Neste contexto, este estudo se propõe a avaliar a evolução de pacientes com DRIM, infectados pelo novo coronavírus 2019 (SARS-CoV-2) e descrever o curso da infecção nesses pacientes, bem como o impacto na atividade de doença e a influência de características da DRIM e/ ou de seu tratamento com os MMCD (sintéticos, alvo específicos e biológicos) sobre o curso da infecção. Será realizado estudo multicêntrico, observacional, caso-controle, coorte prospectiva, com grupo de comparação e amostragem de conveniência, para acompanhamento de pacientes adultos com DRIM que apresentarem infecção confirmada pelo SARS-CoV-2 em dois momentos: (1) avaliação transversal com informações sobre os sintomas prévios ou atuais da COVID-19 e situação clínica no momento da inclusão, que poderá ser feita presencialmente ou por contato telefônico; (2) acompanhamento prospectivo da evolução da DRIM por seis meses após a infecção viral. Assim que liberado o distanciamento social, ocorrerá a visita presencial para consulta clínica, exame físico completo e coleta de amostra de sangue e posterior avaliação sorológica confirmatória para infecção pelo vírus SARS-Cov-2. A coleta de dados referentes às características sociodemográficas, detalhes da apresentação das DRIM e seu tratamento, avaliação da atividade da doença utilizando instrumentos validados internacionalmente, bem como quanto à presença de comorbidades e medicações concomitantes. Além disso, serão abordados os aspectos específicos relacionados aos sintomas da COVID19 e seus desfechos de gravidade. Serão incluídos pacientes com COVID19 e pareados com pacientes com DRIM, mas sem sintomas da COVID 19. Os dados serão armazenados em plataforma RedCap, on line. Para analisar as diferenças de desfechos entre os grupos será utilizado um teste não paramétrico para amostras independentes, com significância de 0,05. Todos os desfechos e variáveis preditoras serão demonstrados através de estatística descritiva, utilizando-se a frequência absoluta e relativa das variáveis categóricas e a média (com desvio padrão) ou mediana (com intervalo interquartil) para as variáveis contínuas. As possíveis associações serão testadas por meio do teste Qui-quadrado ou teste de Fisher, quando houver distribuição normal; testes não paramétricos de associação serão utilizados em caso de distribuição não normal; correlações serão verificadas através do teste de Spearman ou Pearson. Também serão calculadas medidas de tamanho de efeito como risco relativo (RR) e redução absoluta do risco (RAR).
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Claudia do Ó Pessoa

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • planejamento racional de uma nova molécula antimitótica não tubulínica com potencial anticâncer: abordagem baseada em biologia estrutural e dinâmica molecular
  • A avaliação de ligantes seletivos para alvos biológicos específicos é crucial no desenvolvimento de alternativas para o tratamento do câncer. Mostramos que o (+/-)-2, 3,9-trimetoxipterocarpano natural [(+/-)-PTC] induz a parada do ciclo celular na fase G2/M, seguida por desorganização do citoesqueleto e catástrofe mitótica. Ensaios in vitro e in silico demonstraram que o alvo desse pterocarpano não é a tubulina, como os antimitóticos antineoplásicos clássicos, e sim a inibição da proteína motora cinesina Eg5, cuja expressão foi reduzida após tratamento de linhagem de adenocarcinoma de ovário e próstata com este composto. A cinesina Eg5 atua na formação e manutenção do fuso mitótico, uma estrutura temporária imprescindível para a separação adequada das cromátides irmãs. Inibidores de cinesina Eg5 são promissores, pois apresentam mecanismo de ação inovador e mais restrito a células altamente proliferativas. A ação do (+)-PTC assemelha-se à de drogas antimitóticas de segunda geração (SGAs), foco de ensaios de associação , visando melhorar os efeitos, diminuir a toxicidade e resistência causados pela monoterapia, a exemplo dos inibidores de Plk1 e aurora quinases. Este projeto propõe a análise bioquímica quântica da interação entre o sítio de ligação da cinesina Eg5 com novos análogos do (+)-PTC sintéticos (otimização estrutural) obtidos através de rota de síntese verde e escalonável. A validação do alvo baseada na expressão recombinante da cinesina Eg5 servirá para seleção dos compostos de maior afinidade através de análises biofísicas de interação proteína:ligante. Tais compostos serão co-cristalizados para análise estrutural de alta resolução. A proposta validará de maneira inequívoca o alvo do (+)-PTC, oriundo da biodiversidade brasileira, e seus derivados. Entre os mais ativos, aqueles com melhor perfil de fármaco (drugability) serão avaliados quanto à estabilidade química, plasmática, farmacocinética, e em futuros estudos de validação da eficácia.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Claudia dos Santos Mermelstein

Ciências Biológicas

Morfologia
  • estudo da interação ente a via de sinalização de hippo e lisossomos durante a miogênese
  • A formação da fibra muscular esquelética é um processo complexo que é controlado por uma intrincada rede de vias de sinalização, incluindo as vias de Hippo, FGF, Shh e Wnt. A via de Hippo tem um papel crucial no controle do aumento da massa muscular, o que é particularmente importante em terapias voltadas ao tratamento de portadores de doenças degenerativas musculares. No entanto, o papel da via de sinalização de Hippo durante a miogênese de vertebrados não está completamente elucidado. Além disso, foi mostrado recentemente que os lisossomos estão envolvidos na regulação de vias de sinalização, além de suas funções já bem descritas na degradação de macromoléculas. Desta forma, se torna importante se entender o papel de lisossomos na regulação da via de Hippo durante a miogênese. Nossa hipótese é que os lisossomos participam ativamente da via de Hippo durante a formação da fibra muscular. Dados que suportam esta hipótese vem de dados recentes da literatura mostrando o papel de lisossomos como centros moduladores das vias de Wnt/beta-catenina e de mTOR. Além disso, o nosso grupo mostrou recentemente que lisossomos modulam a via de Wnt durante a miogênese (Bagri et al., 2020). Utilizaremos dois modelos experimentais neste projeto: a cultura primária de mioblastos de embriões de galinha (in vitro) e embriões de peixe zebra (in vivo). Nossos métodos se concentram no uso de inibidores farmacológicos da via de Hippo, como o XMU-MP1, e de morfolinos contra as proteínas YAP e TEAD. Nós utilizaremos também inibidores farmacológicos direcionados aos lisossomos, como o Lys-05, e siRNA contra as proteínas LAMP1 e 2. Utilizaremos pesquisa de ponta em biologia celular, como a imunofluorescência associada à microscopia confocal de disco e a microscopia de super resolução (SR-SIM e SRRF) para analisar a distribuição intracelular de proteínas chave (citoplasma versus núcleo) da via de Hippo (YAP e TEAD) e de lisossomos (LAMP-1 e 2).
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Claudia Elizabeth Thompson

Ciências da Saúde

Medicina
  • inovação em diagnóstico molecular de infecções de difícil tratamento do sistema nervoso central
  • As infecções do Sistema Nervoso Central representam um grande desafio clínico, tendo em vista que a identificação do agente etiológico, muitas vezes, é realizada em menos de 50% dos casos. Essas infecções impõem um enorme gasto com recursos na área da saúde em todo o mundo e são consideradas emergências neurológicas com altas taxas de mortalidade e morbidade, em parte devido à evolução dos mecanismos de virulência e aquisição de genes de resistência a antimicrobianos. Assim, torna-se essencial que sejam realizados diagnósticos rápidos e precisos para detecção precoce dos agentes etiológicos, tratamentos eficientes e, consequente, menor oneração do Sistema de Saúde Pública. Em 2016, nos Estados Unidos, foi realizado o primeiro estudo piloto do mundo, com 10 pacientes, com a utilização de sequenciamento metagenômico e análise de dados por bioinformática, método nomeado Metagenomic Next Generation Sequencing (mNGS), permitindo a identificação dos agentes etiológicos responsáveis por graves infecções do Sistema Nervoso Central (SNC). Contudo, os pipelines computacionais disponíveis não são suficientemente rápidos e precisos a fim de identificar o agente etiológico em poucos dias. Dessa forma, sua aplicabilidade à prática clínica fica prejudicada. Além disso, não possuem funcionalidades importantes como a análise de predição gênica, anotação funcional e detecção de genes associados à resistência e virulência, dados que são fundamentais para que se possa identificar micro-organismos mais agressivos e resistentes a medicamentos. Já em 2017, com a experiência acumulada na análise de grande quantidade de dados gerados por projetos genômicos e metagenômicos, nosso grupo de pesquisa iniciou estudos a fim de otimizar os algoritmos e métodos computacionais de análise de dados metagenômicos de neuroinfecções, sendo que no final do mesmo ano tivemos projeto aprovado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul e financiamento do Banco Mundial, com a parceria de Hospitais da região metropolitana de Porto Alegre a fim de realizar pesquisa com o objetivo de desenvolver um método eficiente de diagnóstico de infecções do SNC. O foco principal do presente projeto é o desenvolvimento de novos métodos computacionais e protocolos diagnósticos para essas infecções, que possam levar a uma menor taxa de mortalidade e morbidade e ao controle e combate à resistência, uma vez que métodos diagnósticos eficientes levam à seleção rápida e correta dos medicamentos e a um tratamento também eficiente. Para atingirmos esse objetivo utilizaremos dados metagenômicos de pacientes com suspeita ou confirmação de neuroinfecções, obtidos por novas tecnologias de sequenciamento, disponíveis em bancos de dados públicos, e aprimoraremos um pipeline computacional em desenvolvimento por nosso grupo de pesquisa para a identificação dos agentes etiológicos, bem como dos genes de resistência e virulência desses micro-organismos patogênicos responsáveis por infecções de difícil manejo do SNC. Trata-se de uma abordagem biotecnológica inovadora no Brasil e no mundo. Os dados metagenômicos serão analisados a partir de uma abordagem gênica, que incluirá a montagem de fragmentos, predição de genes, anotação funcional, alinhamento contra bancos de dados de genes de resistência e virulência, por meio de algoritmos de bioinformática que serão reunidos em uma plataforma integrada. A partir desta plataforma, profissionais da saúde e pesquisadores poderão obter informações relacionadas aos agentes etiológicos das neuroinfecções, bem como dados relacionados à resistência e virulência, permitindo uma melhor compreensão da relação entre o caso clínico, os dados moleculares e o mecanismo de infecção, contribuindo para diminuição do tempo de resposta diagnóstica e para a promoção de um tratamento melhor direcionado ao paciente.
  • Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 31/08/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Claudia Fortes Ferreira

Ciências Humanas

Educação
  • validação de genes para tolerância ao déficit hídrico e produção de ativos biotecnológicos no desenvolvimento de variedade de bananeira com uso eficiente de água
  • Vide projeto anexo
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - BA - Brasil
  • 29/11/2019-30/11/2023
Foto de perfil

Claudia Gomes

Ciências Humanas

Educação
  • psicologia e a promoção da saúde mental na unifal-mg: da identificação dos fatores de risco à construção de ações protetivas
  • A constituição do cenário de democratização na Educação Superior pública e gratuita no Brasil é recente e constituída a partir da diferenciação dos interesses sociais, políticos e econômicos. Não nos resta dúvidas que o sistema brasileiro de Educação Superior Federal se ampliou, no entanto, defendemos não só a luta continua pela expansão, mas também uma um processo de transformações institucionais efetivas, tanto no âmbito político pedagógico como das relações acadêmicas, para que possamos alinhar a defesa do direito de acesso ao direito à democratização de oportunidades. Tendo por fundamentação os pressupostos da Psicologia Histórico Cultural, este projeto lança como objetivo analisar como os fatores de risco à saúde mental dos estudantes, podem constituir-se como indicadores de proteção, e contribuam no balizamento e efetividade, sobretudo, de que modo as ações institucionais podem influenciam as condutas dos sujeitos e interferem na promoção do desenvolvimento humano. Considerando assim, que a compreensão das três dimensões de atuação indicadas pela intervenção institucional ampliada, tomada como referencia nesta pesquisa, composta pela dimensão das ações de gestão de políticas, programas e processos; pela dimensão das atividades e propostas pedagógicas e pela dimensão do perfil do estudante, amparamos nossa proposta em um estudo documental retrospectivo, a partir da análise dos dados institucionais construídos na Universidade Federal de Alfenas entre os anos 2018 – 2022, no âmbito da PROGRAD, PRACE e PROEX. Considerando as ações realizadas envolvem a indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão, e visam compreender por diferentes prismas as demandas da comunidade acadêmica, visamos a partir das análises conjuntas, favorecer a qualificação do debate sobre as condições e estruturas institucionais, curriculares e relacionais, assim como a diminuição da evasão, repetência e retenções dos acadêmicos da UNIFAL-MG.
  • Universidade Federal de Alfenas - MG - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Claudia Hofheinz Giacomoni

Ciências Humanas

Psicologia
  • desenvolvimento, avaliação e implementação de um programa de educação positiva presencial e online para professores (proep-p e proep-i)
  • A pandemia da SARS - Covid-19 apresentou muitos desafios para a psicologia e a educação em função do distanciamento social, fechamento escolas e questões de saúde mental. A proposta deste projeto é desenvolver, implementar e avaliar um Programa baseado na Psicologia Positiva (PP) para professores da educação básica. A PP visa promover o bem-estar das pessoas, o que inclui os professores, que vem lidando com as dificuldades no ensino remoto, redução na percepção de bem-estar, e os alunos e as novas formas de contato com a escola. A promoção de bem-estar no contexto escolar é nomeada Educação Positiva (EP), a qual combina os conceitos da PP com as diretrizes de melhores práticas de educação para elaborar intervenções e programas empiricamente validados que tenham um impacto no bem-estar do aluno e da equipe escolar. O presente projeto de pesquisa está inserido no campo da psicologia positiva e educação positiva e é norteado por uma prática baseada em evidências no contexto escolar. Busca construir, implementar e avaliar um programa de educação positiva para professores de ensino básico em dois formatos (online e presencial). Para tanto, visa investigar as percepções de coordenadores pedagógicos, orientadores e professores sobre a educação positiva; construir o programa de capacitação para professores aplicarem as intervenções em educação positiva em seus alunos; realizar estudos de viabilidade do programa de educação positiva para professores em dois formatos (online e presencial); realizar estudo de eficácia do programa através de estudo quasi-experimental com alunos e professores antes e após a intervenção, e realizar follow-up; Para tanto, foram delineados quatro estudos. A capacitação de mediadores educacionais (professores) quanto ao bem-estar e outros construtos positivos pode servir também de catalizador para o incremento no desempenho escolar tão prejudicado pelo fechamento das escolas em função da pandemia, em especial no Brasil.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Claudia Leonor López Garcés

Ciências Humanas

Antropologia
  • os desafios da ciência intercultural: atorias e co-autorias indígenas e de comunidades tradicionais nas pesquisas em colaboração.
  • Na área de antropologia do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) existe uma tradição de pesquisas em colaboração com povos indígenas na Amazônia que remonta, pelo menos, à década de 1980. Este projeto de pesquisa busca estudar e dar continuidade a essa tradição de pesquisas em colaboração com povos indígenas, estendendo o campo de atuação para as diversas comunidades tradicionais na Amazônia. Um dos principais desafios que as pesquisas em colaboração colocam ao conhecimento antropológico é o lugar que ocupam os conhecimentos indígenas e de comunidades tradicionais na produção acadêmica em ciências sociais, principalmente na produção escrita (artigos, livros). Trata-se de documentar e analisar as diversas formas como os povos indígenas e populações tradicionais contribuem com seus saberes e percepções ao incremento da produção científica, no mesmo tempo que se pretende analisar as formas de reconhecimento desses saberes indígenas por parte do conhecimento científico. Busca-se indagar sobre o lugar e reconhecimento das autorias e co-autorias indígenas na divulgação científica e, a partir da análise de experiências de pesquisa colaborativa/participativa significativas, fazer uma reflexão crítica sobre a co-produção de saberes e metodologias de pesquisa desenvolvidas nos projetos do grupo de perquisa Diversidade e Intercurturalidade na Amazônia: pesquisas colaborativas e interdisciplinaes (DINA), indagando sobre a possibilidade de uma ciência intercultural. No mesmo tempo se propõe identificar autorias representativas de diversidade étnica em periódicos representativos da área das Ciências Humanas no Brasil e contribuir para uma política de comunicação científica que considere as autorias e co-autorias indígenas e de comunidades tradicionais, bem como outras formas de expressão de conhecimento indígena (oralidade, arte) na comunicação científica.
  • Museu Paraense Emílio Goeldi - PA - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Claudia Mara de Melo Tavares

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • promoção da saúde mental do adolescente na atenção primária à saúde: intersetorialidade, tecnologias relacionais e práticas de cuidado criativas
  • Os serviços de saúde e a escola têm participação importante na determinação dos níveis de saúde e no desenvolvimento de fatores protetores da saúde mental do adolescente. A promoção da saúde mental ajuda o adolescente a aumentar a resiliência, para melhor lidarem com adversidades e situações de conflito, prevenindo o suicídio. As evidências científicas sobre iniciativas para promoção da saúde mental do adolescente na atenção primária são escassas e a oferta de serviços de saúde é reduzida. Assim indagamos: Como incorporar práticas de atenção e promoção à saúde mental do adolescente nos serviços de atenção primária, considerando a intersetorialidade, a criatividade e as tecnologias relacionais? Trata-se de uma pesquisa qualitativa em que adotaremos o método descritivo-analítico-experimental da sociopoética com o objetivo de desenvolver e validar um programa de promoção à saúde mental do adolescente, integrando escola e serviço de atenção primária. Serão utilizadas as seguintes técnicas de pesquisa para a produção/coleta de dados: entrevistas individuais, grupo-pesquisador e técnicas de teatralização. Os participantes da pesquisa serão os adolescentes matriculados no ensino médio, os professores da escola participante e os enfermeiros e técnicos de enfermagem da atenção primária. A análise das narrativas obtidas nas entrevistas individuais e em grupo será realizada através do software webQDA. A pesquisa resultará em produção científica e tecnológica relevante para a promoção à saúde mental do adolescente. Iremos criar um Programa baseado em tecnologia relacional e motivacional, aplicável à escola e ao serviço de saúde, sustentada na criatividade das pessoas, sendo de baixo custo e com grande possibilidade de replicação pelos demais dispositivos de ensino e atenção básica à saúde no território.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Claudia Maria Filgueiras Penido

Ciências Humanas

Psicologia
  • a produção de vínculos entre usuários com sofrimento psíquico/familiares e trabalhadores/equipes de saúde da família.
  • A produção de vínculos é uma importante estratégia para o cuidado na Atenção Primária à Saúde (APS). Entretanto, a manutenção do modelo de assistência biomédico e a tendência às especialidades privilegia um modelo de atendimento fragmentado, que despotencializa esses vínculos. No que se refere ao vínculo entre usuários com sofrimento psíquico/familiares e os trabalhadores/equipes de Saúde da Família (eSF), soma-se a isso os estigmas atribuídos a esses usuários, que reforçam a lógica dos especialismos e o encaminhamento aos especialistas. Pela troca de saberes entre especialistas e eSF, o apoio matricial em saúde mental (AMSM) é apontado como ferramenta importante para a superação desses estigmas, pois amplia a segurança e a autonomia da eSF para o cuidado em saúde mental. Dado que a APS é um serviço de base territorial que provê cuidado longitudinal – o que é estratégico para condições crônicas– ela é potencialmente produtora de cuidado em saúde mental, sendo estratégica para a desinstitucionalização. Assim, faz-se relevante compreender como estão sendo construídos, no cotidiano da APS, os vínculos entre usuários com sofrimento psíquico/famílias e os trabalhadores/eSF. O objetivo geral é analisar como são e como se produzem os vínculos entre usuários com sofrimento psíquico/familiares e os trabalhadores/eSF e analisar o efeito do apoio matricial em saúde mental sobre essa produção de vínculos em Belo Horizonte-MG. Considerando a pouca produção sobre o assunto na literatura e a imprecisão quanto ao conceito vínculo, apesar de sua centralidade nas políticas públicas de saúde, essa pesquisa qualitativa em saúde terá um caráter exploratório e a técnica de produção de dados será a entrevista aberta. Serão entrevistados trabalhadores das eSF, usuários com sofrimento psíquico que têm a APS como principal referência de cuidado em saúde mental e familiares desses usuários. Será realizada análise de conteúdo temática e os resultados serão discutidos com os participantes.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/05/2022-31/05/2025