Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Antonio Mauro Rezende

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • estudo epi-transcriptômico em tripanossomatídeos utilizando trypanosoma brucei como modelo experimental
  • Os parasitos dos gêneros Trypanosoma e Leishmania são organismos que produzem grande impacto na saúde pública. Estes organismos geralmente possuem ciclo de vida complexo com diversos hospedeiros. Cada tipo de hospedeiro, vertebrado e invertebrado, possui um ambiente fisiológico distinto, e o parasito necessita de uma resposta celular rápida para garantir sua sobrevivência quando ocorre a troca de hospedeiros. Essa resposta celular depende da regulação fina e eficiente da expressão gênica para modular os níveis das diferentes proteínas presentes em cada estágio de vida do parasito. A regulação da expressão gênica envolve várias etapas, e alterações estruturais e químicas nas moléculas de mRNA em tripanossomatídeos poderiam alterar de maneira significativa a dinâmica dos eventos relacionados à regulação da expressão gênica. Recentemente, devido aos avanços nas tecnologias de sequenciamento de ácidos nucleicos, diversas modificações químicas foram identificadas nos mRNAs de diversos organismos. Dentre as modificações químicas nos mRNAs já identificadas podemos citar N1-metiladenosina (m1A), N5-metilcitidina (m5C) e a pseudouridina (𝚿). Em tripanossomatídeos, é possível encontrar potenciais genes homólogos aos responsáveis por incorporar essas modificações químicas nos mRNAs, porém, atualmente não existe nenhum estudo abordando esse possível mecanismo de regulação da expressão gênica. Isto é, não sabemos se as moléculas de mRNA dos tripanossomatídeos estão sofrendo alguma alteração química, e como isso está afetando a regulação de processos, tais como a tradução. Portanto, a presente proposta pretende, através de técnicas de sequenciamento em larga escala especificamente desenvolvidas para sequenciar mRNA modificados, verificar a presença de determinadas alterações nucleotídicas no mRNA de tripanossomatídeos, caracterizar as enzimas potencialmente envolvidas nas modificações, e verificar o impacto dessas modificações na dinâmica global da expressão gênica em tripanossomatídeos. Futuramente, este processo de alteração química dos mRNA, caso seja confirmado em tripanossomatídeos, pode ser elencado como possível ponto de intervenção terapêutica no combate às doenças causadas por esses parasitos.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2023
Foto de perfil

Antonio Ostrensky Neto

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • identificação e monitoramento da prevalência de dois novos vírus que ameaçam a carcinicultura brasileira
  • Os siris (Callinectes spp.) são um recurso pesqueiro de alto valor econômico explorado em toda a América do Sul. Mais recentemente, passaram a ser reconhecidos também pelo seu grande potencial para a aquicultura, sendo o siri-mole (animais em fase de muda) uma das formas mais lucrativa de comercialização. No entanto, as taxas de mortalidade de animais mantidos em cativeiro costumam superar os 50%. Uma das principais causas de mortalidade são as infecções por patógenos virais. Recentemente, nosso grupo de pesquisa identificou dois novos vírus em Callinectes danae, o Callinectes sapidus Reovírus 2 (CsRV2) e o Callinectes danae Portunibunyavirus 1 (CdPBV1). Estudos realizados em laboratório indicaram que CsRV2 e CdPBV1 são altamente patogênicos para C. danae, podendo matar até 70% dos animais infectados em apenas duas semanas após a coinfecção por esses vírus. Dado o risco social, ambiental e econômico desta descoberta, torna-se premente a investigação da variação espaço-temporal da prevalência desse vírus em populações selvagens de diferentes espécies de siris e camarões exploradas na carcinicultura brasileira. Objetiva-se aqui rastrear a prevalência de CsRV2 e CdPBV1 em Callinectes spp. e também em Litopenaeus vannamei ao longo da costa brasileira por meio de PCR em tempo real (RT-qPCR) e adaptar uma metodologia para detectar a presença dos patógenos virais em amostras ambientais marinhas (utilizando DNA ambiental). O conhecimento gerado neste projeto de pesquisa servirá para o melhor entendimento da prevalência natural de CsRV2 e CdPBV1 e das espécies hospedeiras ao longo da costa brasileira. Os resultados poderão ser usados como uma ferramenta para melhorar as práticas profiláticas e de controle de patógenos e contribuir para o desenvolvimento e otimização do processo de produção de siris-moles em escala comercial no Brasil. O estudo também deverá gerar subsídios relevantes para o desenvolvimento de estratégias de manejo e pesca sustentável dessas espécies.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Antonio Otaviano Vieira Junior

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • dinâmica populacional na amazônia colonial: composição heterogênea da população da capitania do grão-pará, 1750-1777
  • Analisar a História da População da Amazônia no período colonial é a proposta de nossa pesquisa. Mais detalhadamente a investigação será voltada para a capitania do Grão-Pará entre os anos de 1750-1777. A projeto parte da hipótese da existência de uma configuração populacional interna heterogênea à capitania, com possibilidades não restritas ao extrativismo e nem ao uso da mão-de-obra indígena. Efetivamente avançará na composição de um cenário do Grão-Pará, que possibilitará um inventário das diferenças populacionais entre as localidades que compunham a capitania, e na construção da trajetória histórica que justificam essas diferenças. Nesse sentido, na construção de uma leitura acerca da existência de diferentes dinâmicas populacionais na Capitania, a análise valorizará o impacto das organizações produtivas vilas/freguesias (incluindo agricultura e manufatura), de epidemias e de movimentos imigratórios.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Antonio Pedro Novaes de Oliveira

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento e caracterização de cerâmicas celulares produzidas por meio de impressão 3d
  • Cerâmicas celulares são materiais de elevada porosidade produzidas a partir de processos tais como a incorporação de agentes porogênicos ao pó cerâmico, réplica de espumas poliméricas, gelcasting e emulsão. Um processo alternativo, mais recente, é a impressão 3D a qual é mais simples e econômica que as tecnologias tradicionais e também mais limpa e menos poluente. Além disso, ela permite melhorar o desempenho dos componentes cerâmicos com microestruturas programáveis em uma ampla gama de escalas de comprimento, por meio da deposição de camadas sucessivas de pastas ou misturas de pós, para compor a peça a partir da impressão das seções transversais projetadas no modelo 3D por meio de desenho assistido por computador. Assim, esta proposta de projeto tem por objetivo o estudo, o desenvolvimento e a caracterização de cerâmicas celulares alternativas, do ponto de vista das matérias-primas utilizadas (sintéticas, naturais ou resíduos sólidos) e dos produtos projetados e elaborados via impressão 3D. O problema principal a ser resolvido está relacionado ao domínio da tecnologia de impressão 3D para a obtenção de produtos alternativos aqueles obtidos a partir das tecnologias convencionais. O principal desafio a ser afrontado está relacionado a reprodutibilidade dos componentes processados a qual depende, de parâmetros intrínsecos a pasta cerâmica e a máquina de impressão. Cada matéria-prima processada requer o estudo e a definição de parâmetros específicos de processamento para a obtenção de estruturas celulares com boa definição geométrica e dimensionalmente estáveis. Para a resolução do principal problema será preciso reunir uma equipe com know-how, principalmente, em reologia de suspensões, conformação de estruturas celulares tridimensionais e caracterização mecânica, biológica e ambiental de materiais e resíduos sólidos, tal que componentes, com tolerâncias dimensionais e com propriedades adequadas possam ser obtidos para aplicações específicas a serem exploradas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Antonio Pereira das Neves Neto

Ciências Biológicas

Morfologia
  • identificação e caracterização de microvesículas nos flagelos de trichomonas vaginalis: implicações na biologia do parasito e interação com hospedeiro
  • O protista flagelado Trichomonas vaginalis é o agente etiológico da tricomoníase humana, infecção sexualmente transmissível que pode provocar complicações gestacionais, maior predisposição ao HIV, câncer de próstata e de colo de útero. Embora T. vaginalis seja reconhecido como um dos mais comuns agentes infecciosos em todo o planeta, os processos envolvidos na interação tricomonas-célula hospedeira ainda não foram totalmente esclarecidos. Nosso principal interesse é identificar novos fatores que possam contribuir para a patogenicidade de T. vaginalis. Dentro desse contexto, sabe-se que em outros modelos celulares, incluindo mamíferos, os flagelos funcionam como antenas celulares, recebendo sinais do ambiente e, subsequentemente, ativando vias de sinalização cruciais para a homeostase e diferenciação celular. Os flagelos também são capazes de enviar sinais químicos para o meio extracelular através da liberação de microvesículas (MVs), vesículas extracelulares que se originam por brotamento direto da membrana plasmática. Estudos com a alga verde Chlamydomonas mostraram que as MVs flagelares são enriquecidas em tetraspaninas (TSPs) e proteínas da maquinaria ESCRT (Endosomal Sorting Complex Required for Transport). Evidências recentes em outros organismos sugerem que MVs podem exercer papel crucial na comunicação e sinalização intercelular, e no transporte e reciclagem de proteínas na membrana dos flagelos. Esses achados abrem promissoras frentes de pesquisas dedicadas a identificar a presença de MVs nos flagelos de protistas patogênicos e compreender a participação dessas vesículas nos mecanismos envolvidos durante a interação com o hospedeiro. Portanto, os estudos referentes às MVs flagelares estão ganhando maior importância devido ao papel dos flagelos como uma estrutura essencial para o envio de informações. Entretanto, apesar da motilidade e ultraestrutura dos cinco flagelos de T. vaginalis serem bem caracterizados, pouco se sabe a respeito dos seus aspectos moleculares e possíveis funções sensoriais. Além disso, ainda não se sabe se os flagelos de T. vaginalis secretariam MVs. Desse modo, o presente projeto tem como objetivo lançar mão de diferentes abordagens experimentais nos níveis celular, bioquímico e molecular, visando identificar e caracterizar a presença de MVs flagelares em T. vaginalis, com ênfase nas suas possíveis participações na comunicação parasito-parasito e na interação com células hospedeiras. Para caracterizar morfologicamente a presença de MVs nos flagelos de T. vaginalis, parasitos mantidos em cultura axênica e durante interação com células hospedeiras serão analisados por diferentes técnicas avançadas de microscopia eletrônica. Para identificar proteínas relacionadas às funções sensoriais dos flagelos e encontrar possíveis marcadores específicos de MVs flagelares, propomos obter uma fração purificada de flagelos e de MVs flagelares e determinar sua composição proteica por espectrometria de massa MudPIT. Para investigar o papel funcional das MVs flagelares na comunicação intercelular e na patogenicidade, propomos realizar experimentos de coincubação das MVs flagelares de T. vaginalis com outros parasitos e células hospedeiras. Serão utilizados marcadores fluorescentes para rastrear a transferência intercelular de vesículas, além de ensaios de adesão e citotoxicidade. Além disso, pretendemos obter parasitos Knockdown para TSP6 e VPS32 (ortólogo de ESCRT-III) para examinar o papel de TSPs e proteínas do complexo ESCRT na formação e composição das MVs flagelares de T. vaginalis. Sendo assim, o presente projeto visa contribuir de maneira significativa para desvendar as estratégias envolvidas na patogenicidade de T. vaginalis, gerando informações pertinentes que poderão auxiliar para descoberta de novos alvos terapêuticos e para o desenvolvimento de tratamentos alternativos para a doença. A descoberta de MVs flagelares em T. vaginalis e seu possível papel na comunicação intercelular e citotoxicidade terá impacto direto nos estudos e na compreensão sobre os mecanismos de interação parasito-hospedeiro em outros microorganismos flagelados.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Antonio Rodrigues Fernandes

Ciências Agrárias

Agronomia
  • impacto da mineração nas características biofísicas e na saúde ambiental e humana no sul da amazônia oriental
  • Na Amazônia, a mineração artesanal ocupa 721 km2, o que corresponde a 65% da área total minerada. A exploração de ouro (Au) é realizada desde 1950 nessa região, mas os impactos na paisagem e os riscos ambientais e à saúde pública foram estudados somente recentemente. Esta atividade provoca grandes alterações biofísicas, como degradação do solo e da paisagem, geração de grande quantidade de resíduos (rejeitos e estéril) e perda de vegetação, que resultam em profundas mudanças ambientais, econômicas e sociais. As altas concentrações de elementos potencialmente tóxicos (EPTs) residuais e a alta persistência desses elementos representam toxicidade significativa e potencias riscos. Estudos devem ser realizados para identificar a extensão dos impactos e gerar informações que subsidiem políticas públicas e tomadas de decisão, beneficiando a sociedade. A concentração total de EPTs tem sido utilizada para estimar os riscos ao ambiente e à saúde humana, mas não informa sobre a mobilidade e a biodisponibilidade desses elementos, o que pode ser obtido com extrações sequenciais. Outra ferramenta que tem contribuído com a melhoria da precisão das avaliações de risco de EPTs em áreas de mineração é a determinação da bioacessibilidade, que permite estimar a concentração dissolvida no corpo humano. Para quantificar a extensão das mudanças na cobertura do solo em áreas de mineração artesanal, imagens de satélite vêm sendo amplamente utilizadas. No município de São Félix do Xingu, sul da Amazônia oriental, a mineração artesanal pode estar causando riscos ao ambiente e à saúde da população, o que ainda não foi estudado. Para conhecer estas informações, serão usadas imagens de satélite em série temporal e realizadas avaliações de risco a partir das concentrações totais, fracionamento químico, bioacessibilidade e índices de poluição de EPTs no ambiente.
  • Universidade Federal Rural da Amazônia - PA - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Antonio Sergio Varela Junior

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • manipulação e avaliação de folículos pré-antrais isolados e inclusos em tecido ovariano de diferentes espécies: metodologias histológicas com uso de sondas fluorescentes e corantes vitais
  • 1. O congelamento do tecido ovariano preserva a fertilidade das fêmeas de diferentes espécies, incluindo a humana. A técnica de congelamento de tecido ovariano é largamente utilizado no âmbito científico para preservação a fertilidade em espécies domésticas, em selvagens (extinção), em reprodução humana (Devido a câncer). 2. No entanto, o processo demanipulação e avaliação dos fragmentos ovarianos e folículos isolados tem variações devido diferentes espécies. Os testes de avaliação implementados são laboriosos e necessitam de pessoas com boa capacitação para selecionar as células de interesse. 3. Objetivo é demonstrar e ensinar as principais técnicas de manipulação e avaliação de folículos pré-antrais isolados e inclusos de diferentes espécies animais, para pós-graduandos e pesquisadores dos cursos de Biologia, Biotecnologia, Medicina humana e Veterinária. 4. O curso padronizará as técnicas fundamentais para a correta avaliação tecidual e celular na área de preservação folicular. 5.Os docentes do Brasil possuem uma vasta experiência na manipulação/avaliação de células gonadais (ovários e testículos). Os docentes da Argentina (INITRA-UBA) e Uruguai (INIA-LE) irão contribuir ativamente nas aulas teóricas e práticas, apresentando técnicas para avaliação imediata e mediata de tecidos gonadais em espécies como suínos, equinos,felinos, cervos. Esta integração promoverá um excelente experiência. 6. O curso apresenta 40% de aulas teóricas sobre os aspectos básicos e avançados da manipulação de tecido ovariano e folículos preantrais, e 60% de práticas de manipulação e uso das técnicas de avaliação imediatas e mediatas das células ovarianas. A participação de docentes com experiencia em diferentes espécies permitirá uma excelente troca de experiencias e facilitara a pesquisadores de diferentes áreas poder avançar em conhecimento da preservação de fertilidade. Ao final do curso duas avaliações (teórica e prática).
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 09/12/2021-30/06/2024
Foto de perfil

Antonio Shigueaki Takimi

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • revestimentos biofuncionais obtidos por anodização assistida por plasma com incorporação de elementos bioativos e/ou antimicrobianos em componentes de ti6al4v fabricados por manufatura aditiva
  • A obtenção de implantes por manufatura aditiva proporciona a personalização de componentes, garantindo uma maior precisão e exatidão durante o processo cirúrgico, reduzindo o risco de fixação errônea, o tempo de anestesia e os riscos de infecções. Ligas de Ti6Al4V têm sido amplamente estudas para essa aplicação, no entanto, inúmeros estudos mostram a necessidade de tratamentos superficiais que melhorem as propriedades desses materiais. Nesse sentido, revestimentos obtidos por anodização assistida por plasma (PEO) vêm sendo propostos para melhorar as propriedades biofuncionais, além de contribuir para melhorar a resistência à corrosão e ao desgaste. Além disso, a incorporação de determinados elementos bioativos e/ou antimicrobianos, permite melhorar a bioatividade desses revestimentos reduzindo a possiblidade de infecções. No presente projeto pretende-se associar ao processo de PEO à implantação iônica a baixa energia de elementos como Nb e Sr para obtenção de revestimentos bioativos e/ou antimicrobianos sobre componentes de Ti6Al4V produzidos manufatura aditiva. A implantação iônica a baixa energia é uma novidade na área de engenharia de superficies e se baseia na junção dos processos de implantação iônica e ion planting. A versatilidade do equipamento empregado permite que o processo seja realizado em escala industrial sem restrições. Além disso, também será avaliado o potencial da polimerização por plasma a partir precursores orgânicos renováveis, na potencialização das características microbianas do revestimento. Com isso pretende-se contribuir para a modificação da propriedade superficial de implantes de Ti6Al4V produzidos manufatura aditiva, avaliando: a bioatividade (biocompatibilidade e diferenciação osteogênica de células-tronco mesenquimais); propriedades antimicrobianas; resistência ao desgaste e à corrosão. Esse projeto multidisciplinar contará com a atuação pesquisadores que possuem experiência no tema (ver CV Lattes).
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Antonio Teixeira do Amaral Júnior

Ciências Agrárias

Agronomia
  • estudo de herança e identificação de genes candidatos para eficiência do uso do nitrogênio em milho-pipoca através de rna-seq de genótipos contrastantes em ambiente com estresse abiótico
  • O nitrogênio (N) é um macronutriente essencial para a produção agrícola. Entretanto, o uso excessivo de fertilizantes nitrogenados causa prejuízo não apenas econômico, mas também ao meio ambiente, com a acidificação do solo e a poluição da água. Os programas de melhoramento de milho buscam desenvolver cultivares com eficiência no uso de N (EUN), a fim reduzir o consumo de fertilizantes nitrogenados aplicados no solo. A EUN compreende vários mecanismos fisiológicos, envolvendo diversos genes que atuam desde a aquisição à remobilização do N. Pouco se conhece acerca dos genes envolvidos na resposta de milho-pipoca a ambientes com baixo nível de N. Dentre as estratégias para a obtenção de genótipos superiores para essa condição, está a integração de dados genéticos e funcionais, como aqueles obtidos por transcriptoma via RNA-Seq. No intento de obter informações relevantes para o melhoramento do milho-pipoca, que movimenta ao menos 1 bilhão de dólares, anualmente, nos EUA e possui grande aceitação comercial no Brasil, é proposto o presente projeto, com os seguintes objetivos principais: i) investigar as respostas morfológicas, fisiológicas e de arquitetura radicular de genótipos de milho-pipoca em distintas disponibilidades de nitrogênio; ii) estimar componentes genéticos de herança e controle de características em ambientes contrastantes ao N; iii) avaliar o efeito da heterose na EUN; e iv) identificar genes potencialmente relacionados à EUN em milho-pipoca por meio da técnica de RNA-seq a fim de compreender o padrão metabólico envolvido na EUN. Para tanto, serão avaliadas quatro linhagens previamente identificadas como contrastantes para a EUN e seus híbridos, juntamente com os recíprocos. Antevê-se que os genes candidatos identificados serão de grande importância para melhor entendimento da EUN e possibilitarão avanços em programas de melhoramento que unam ganhos econômicos com sustentabilidade de cultivo em milho-pipoca.
  • Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - RJ - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Antonio Thomé

Engenharias

Engenharia Civil
  • remediação de solos e águas subterrâneas: abordagem baseada na sustentabilidade (remediação sustentável)
  • O problema de poluição de solos e águas subterrâneas é comum a todos os países industrializados do planeta. Por muitos anos este tema foi deixado em segundo plano, mas hoje sabe-se que solos e águas subterrâneas contaminadas é um problema de saúde pública. Países desenvolvidos vêm trabalhando neste tema há muitos anos. No entanto, países em desenvolvimento, como Brasil, este tema é insipiente e necessita de mais estudos para aplicação de tecnologias de descontaminação de solos e águas subterrâneas. No Brasil, por ter boa parte da sua superfície contendo solos resíduais (tropicais) o problema ainda é maior, uma vez que não é possível transferir diretamente tecnologias desenvolvidas para solos sedimentares de clima temperado dos países desenvolvidos para a nossa realidade. O foco mais recente na área de remediação de áreas contaminadas tem sido a disseminação e incorporação do termo “remediação sustentável”, onde o tripé do meio ambiente, do econômico e do social devem ser abordados conjuntamente e de forma holística. Este projeto tem como objetivo estudar a aplicação de nFeZ em solos contaminados com organoclorados e metais em escala reduzida, no campo experimental de geotecnia da UPF (testes in situ). A ideia principal do estudo é utilizar o nFeZ para reduzir o contaminante a concentração que os microrganismos consigam sobreviver e continuar o processo de degradação. Esta tecnologia é chamada de nanobioremedição. Durante o estudo de campo será avaliada como ocorre o transporte do nanoferro zero e sua interação com as partículas do solo (trasporte de contaminantes), além de avaliar a toxidade do solo local após a remediação para culturas de soja e milho (experimento de toxidade). Paralelamente ao trabalho de laboratório e campo, será desenvolvido um método de apoio a tomada de decisão de gerenciamento de áreas contraminadas aplicando o conceito de remediação sustentável. Para validadação deste método serão utilizados os resultados da parte prática deste estudo.
  • Universidade de Passo Fundo - RS - Brasil
  • 02/03/2022-31/03/2025