Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Arlindo de Alencar Araripe Noronha Moura

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • abordagens em ciências ômicas, bionformática e epigenética para os estudos sobre marcadores moleculares da fertilidade em animais de produção
  • A proposta de pesquisa organizada nesse arquivo inclui dois subprojetos relacionados ao tema de marcadores moleculares da fertilidade, utilizando abordagens metodológicas em ciências ômicas, ferramentas de bioinformática, imunocitoquimica e epigenética. Estas abordagens vêm sendo objeto de inúmeros estudos do grupo de pesquisa em biologia da reprodução da UFC há vários anos e envolvem espécies animais de interesse econômico. Os estudos e experimentos descritos para cada subprojeto envolvem o trabalho de equipes multidisciplinares e multi-institucionais, com pesquisadores “sênior” e jovens, pós-doutorandos e alunos de IC, mestrado e doutorado. Esta tem sido, de fato, uma filosofia de trabalho implementada com o nosso grupo de trabalho desde o desenvolvimento dos primeiros projetos, o que proporciona maior versatilidade ao laboratório, melhor produtividade e obviamente, contribui sobremaneira para a formação dos discentes, pois os expõe a situações e praticas dinâmicas durante a condução das pesquisas, análises de dados, solução de problemas e clara compreensão sobre os desafios da ciência moderna. Como presentemente descrito, o subprojeto 1 da proposta apresentada ao CNPq envolve o estudo sobre marcadores moleculares da fertilidade potencial e aspectos da fisiologia reprodutiva de touros e carneiros deslanados. No primeiro trabalho, assim denominado Estudo 1, propõe-se uma avaliação de vários parâmetros moleculares como proteínas, metabolitos e lipidoma do plasma seminal e células espermáticas em touros com fenótipos de fertilidade estabelecidos através de centenas de inseminações artificiais realizadas na empresa Alta Genetics nos EUA. Mesmo tendo já realizado alguns estudos sobre proteoma do plasma seminal, optamos por incluir este tópico na proposta ora submetida ao CNPq devido ao fato de que, nesta fase, empregamos uma abordagem do tipo “shotgun”, sem o uso de géis, o que permite uma maior capacidade de identificação das proteínas presentes nas amostras. Como mencionado no projeto, algumas analises referentes ao estudo 1 estão sendo realizadas atualmente, já com resultados preliminares, mas estes segmentos do projeto foram incluídos aqui pois fazem parte de um todo, de um conjunto de avaliações para identificação de marcadores da fertilidade dos animais. O Estudo 2 representa uma série de avaliações sobre marcadores moleculares da congelabilidade do sêmen de ovinos. Neste caso, propõe-se também utilizar de recursos da microscopia confocal e eletrônica para avaliar possíveis alterações na ligação das RSVPs (homologas ovinas das BSPs) com as células espermáticas devido ao processo de criopreservação. O subprojeto 2, por fim, abrange uma serie de estudos e metodologias em epigenômica funcional, utilizando como modelo touros de centrais de inseminação artificial. O objetivo central do subprojeto 2 refere-se à identificação de mecanismos moleculares através dos quais as histonas regulam a estrutura da cromatina espermática e, consequentemente, aspectos significativos da fertilidade dos touros. Este trabalho representa, portanto, uma nova fronteira da linha de pesquisa do grupo de estudo da reprodução da Universidade Federal do Ceara e trará uma maior compreensão sobre os fatores determinantes da fertilidade em rebanhos bovinos. Para os discentes, a ampliação de agendas de pesquisa, desde que de forma consciente e com adequado planejamento, proporciona novas descobertas, aprendizado de metodologias cientificas e ampliação da gama de conhecimento.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arlindo Gomes de Macêdo Junior

Ciências Biológicas

Imunologia
  • avaliação da resposta imune de camundongos à imunização com os antígenos peptídicos de leishmania infantum e leishmania braziliensis incorporados em lipossomos
  • A Organização Mundial de Saúde tem classificado a leishmaniose como uma doença emergente e negligenciada, e estima-se que a infecção resulte em 2 milhões de novos casos por ano. Os estudos revelam que diante das dificuldades para diagnóstico da parasitose, dos tratamentos antileishmaniose disponíveis atualmente serem baseados em quimioterapia que possuem problemas relacionados à toxicidade, possuírem custos elevados, e ao aparecimento de resistência aos fármacos, uma vacina seria fundamental para melhorar o controle da leishmaniose. Entretanto, apesar do avanço científico e tecnológico, obter vacinas profiláticas seguras, eficazes, duráveis e de baixo custo contra a leishmaniose ainda é um grande desafio. Estas vacinas deverão controlar não só a progressão do parasito mas também sua patologia associada ao desequilíbrio entre o agente infeccioso e do sistema imunológico do hospedeiro humano. Diante do exposto, a presente proposta possui como objetivo a obtenção de insumos para confecção de uma vacina de peptídeos das espécies de Leishmania infantum e Leishmania braziliensis associada com adjuvante lipossomal e que apresente potencial de resposta imune protetora em modelo animal murino.
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arlúcio da Cruz Viana

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • equações de reação-difusão não locais no tempo
  • Este projeto tem como objetivo o estudo de diversos aspectos qualitativos de equações de reação-difusão não locais no tempo em domínios limitados ou ilimitados, mais precisamente: a existência, unicidade, estabilidade de soluções locais ou globais com dados iniciais singulares, bem como a não existência dessas soluções, além de decaimentos espaciais e propriedades de simetria. Quando ocorrem soluções globais, nossa atenção é dirigida às suas propriedades assintóticas, por exemplo, decaimentos temporais e convergência assintótica para as soluções fundamentais.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Armando de Menezes Neto

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • inibição da neurogênese por vesículas extracelulares derivadas de células infectadas pelo zika vírus
  • As recentes epidemias causadas pelo vírus Zika (ZIKV) levaram ao seu reconhecimento como uma emergência de saúde global, principalmente pelas consequências de infecções em mulheres grávidas, com transmissão vertical para o feto. Nestes casos, pode haver um comprometimento do desenvolvimento fetal por um amplo espectro de manifestações neurológicas, caracterizando a síndrome congênita do Zika (SCZ). A microcefalia e o aborto, figuram entre as consequências mais graves, em casos onde há um acometimento generalizado do Sistema Nervoso Central (SNC) ainda em formação. A maneira como o vírus induz lesões no SNC ainda é pouco compreendida, porém, estudos têm demonstrado a capacidade do vírus em infectar e se replicar em células neuronais, gliais e endoteliais. O vírus possui alta seletividade por células neuronais indiferenciadas nas quais causa desregulação do ciclo celular, inibe a proliferação e diferenciação, além de induzir a morte celular. Portanto, a infecção afeta de forma extensiva a neurogênese, um processo que ocorre durante o período gestacional e através do qual células precursoras dão origem a neurônios maduros. A interferência, direta ou indireta, na complexa regulação gênica da neurogênese poderia explicar, em partes, as manifestações fisiopatológicas da infecção por Zika. Uma das maneiras que o vírus pode interferir na regulação gênica de células infectadas é através da perturbação da expressão de microRNAs. Os microRNAs (miRNAs) são uma classe de pequenos RNAs não codificantes que atuam como elementos regulatórios da expressão gênica em um nível pós-transcricional e são essenciais para a modulação do desenvolvimento neural. Um estudo utilizando uma linhagem celular humana de neuroblastoma (a mesma linhagem que será empregada na execução desta proposta), demonstrou que a diferenciação neuronal está associada a uma regulação positiva de um subconjunto de miRNAs. A expressão ectópica de alguns destes miRNAs foi capaz de estimular a diferenciação neuronal. Vários genes-alvo, cuja expressão é inibida por um destes miRNAs, são antagonistas de vias neurogênicas, o que sugere um possível mecanismo para o efeito positivo sobre a diferenciação neural. Posteriormente, este miRNA foi descrito como um regulador da apoptose e proliferação celular, atuando, através de inibição direta, sobre alvos da via p53. Portanto, é imprescindível determinar como a infecção afeta a expressão destes elementos regulatórios. Interessantemente, o mesmo miRNA foi detectado em vesículas extracelulares produzidas pela linhagem celular humana de neuroblastoma e também em vesículas isoladas a partir de líquido cefalorraquidiano (LCR). O transporte intercelular de miRNAs via vesículas extracelulares é um mecanismo de regulação gênica em nível sistêmico. As vesículas extracelulares (VEs) são nanoestruturas delimitadas por uma membrana bilipídica que estão envolvidas em mecanismos de comunicação intercelular através do transporte de metabólitos, proteínas, mRNAs e miRNAs. Podem atuar no microambiente em que a célula produtora está inserida ou exercer um efeito à distância, uma vez que podem ser encontradas na circulação e em diversos fluidos corporais, como saliva, urina, sêmen e também no líquido cefalorraquidiano. Um característica importante é que VEs são capazes de cruzar a barreira hematoencefálica. Vale destacar que as células do SNC são profícuas produtoras de vesículas extracelulares, que participam ativamente na regulação da homeostase. A produção de VEs já foi descrita para neurônios, astrócitos, oligodendrócitos e micróglia. Durante processos patológicos como câncer, infecções e doenças degenerativas, a composição molecular das vesículas extracelulares pode ser drasticamente alterada, destacando-se, principalmente, modificações nos níveis de expressão de miRNAs. Dados preliminares do grupo demonstram que a infecção de células de linhagem neuronal por Zika aumenta a produção de VEs, que passam a apresentar antígenos virais em sua composição. A hipótese fundamental desta proposta é que vesículas extracelulares são um dos mecanismos para a potencialização dos danos neuronais em quadros de infecção por Zika. Acreditamos que a infecção altera a expressão de elementos regulatórios (miRNAs) que modulam diretamente a neurogênese e que, por sua vez, estes elementos são transportados por vesículas extracelulares. Esta desregulação é então propagada via vesículas às demais células do sistema nervoso em formação, mesmo aquelas que não se encontram infectadas. Consequentemente, o sequestro, pelo Zika vírus, da comunicação intercelular mediada por VEs no SNC seria diretamente responsável por parte das manifestações fisiopatológicas da síndrome congênita do Zika. Portanto, apresentaremos um novo paradigma com implicações importantes para o entendimento dos mecanismos que levam ao comprometimento do desenvolvimento do cérebro fetal. Neste cenário, as vesículas extracelulares figuram como elementos que contribuem para a patologia e, portanto, se tornam potenciais alvos tanto para aplicações diagnósticas quanto para intervenções que visem reduzir ou eliminar as manifestações clínicas mais graves da infecção por Zika.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Armando Juan Navarro Vázquez

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • novos materiais e estratégias computacionais para elucidação estrutural mediante rmn de produtos naturais e sintéticos
  • A elucidação estrutural de compostos orgânicos naturais e sintéticos experimentou importantíssimos avanços metodológicos nos últimos quinze anos com a incorporação de metodologias como a RMN em meios orientados, o uso de técnicas de predição de deslocamentos químicos e constantes escalares baseadas em métodos DFT ou a introdução dos automatismo mediante metodologia tipo CASE (computer assisted structural elucidation). O presente projeto desenvolverá novos materiais e metodologias computacionais que contribuam à solução de importantes problemas e deficiências atuais na determinação estrutural de produtos naturais e sintéticos baseada em Ressonância Magnético Nuclear (RMN) e ajudem no extensão de metodologias de elucidação assistidas por computador a problemas de determinação da configuração relativa (CASE-3D). Na área de materiais, este projeto visa a obtenção de novos polímeros e sistemas liotrópicos para uma mais fácil aplicação e melhor aplicabilidade da RMN em meios orientados ( uso de acoplamentos dipolares residuais e anisotropias do deslocamento químico) aos problemas de determinação da configuração relativa e conformação de compostos naturais e sintéticos. Os sistemas que queremos sintetizar e estudar durante este projeto pertencem consistem em: a) Polímeros reticulados. Sintetizaremos novos polímeros reticulados com o intuito de melhorar a sua resiliência mecânica e melhorar a compatibilidade e propriedades de alinhamento emsolventes como DMSO, CD3OD ou THF. b) Sistemas liotrópicos cromônicos. Sintetizaremos novos mesógenos cromônicos potencialmente compatíveis com solventes orgânicos e meios aquosos. c) Sistemas baseados em grafite/óxido de grafeno. Novos meios de alinhamento baseados em grafite exfoliado ou óxido de grafeno serão sintetizados mediante o enxerto de diferentes polímeros por síntese radicálica. Nos aspectos computacionais o projeto quer introduzir importantes aprimoramentos na metodologia multiparamétrica de elucidação estrutural CASE-3D recentemente proposta pelo nosso grupo, particularmente na sua aplicação a sistemas com stereoclusters separados por elos conformacionalmente flexíveis. A nossa proposta metodológica envolve o uso combinado de acoplamentos escalares e residuais hetero e homo-nucleares e a combinação destes dados com a metodologia CASE-3D. Finalmente o projeto visa introduzir uma nova linha de pesquisa no nosso grupo . O nosso alvo é conseguir um salto qualititativo na eficiência da metodologia CASE-3D combinando os novos métodos de machine learning com métodos mecano-quânticos para a predicão rápida e precisa do deslocamento químico e acoplamentos escalares e deste jeito incrementar a eficiência computacional da metodologia CASE-3D
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Armele de Fátima Dornelas de Andrade

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • ventilação/aeração pulmonar e deposição pulmonar de radioaerossol em pneumopatas obesos e eutróficos: eficácia do uso da cânula nasal de alto fluxo, de recursos terapêuticos manuais e da avaliação da anatomia das vias aéreas superiores
  • Introdução: A associação entre obesidade e doenças respiratórias é crescente, principalmente nas doenças inflamatórias de vias aéreas como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Dentre os pacientes com DPOC, aproximadamente 1/3 são obesos. O tratamento destas doenças baseia-se no uso de medicamentos broncodilatadores ou glicorticoesteróides em geral administrada por via inalatória. Estudos que investigam o processo de deposição pulmonar de aerossol em pacientes obesos ainda são escassos, embora o esperado é que haja uma relação inversa entre o IMC e a largura das vias aéreas superiores, por compressão mecânica exercida pela camada adiposa no pescoço. Recentes estudos vêm avaliando diferentes formas de administração do aerossol com o objetivo de melhorar a deposição periférica desses fármacos. Os sistemas de Cânula Nasal de Alto Fluxo (CNAF) associado a terapia inalatória, promovem uma oferta contínua de oxigênio, gerando pressão positiva nas vias aéreas e ocasionam uma diminuição da resistência inspiratória ao fluxo provavelmente otimizando a deposição do aerossol. Outra lacuna na literatura refere-se à utilização da técnica de liberação manual diafragmática, usada para melhorar a mecânica respiratória, mas não há da eficácia destas técnicas em aumentar a deposição de aerossol pulmonar nesses pacientes. Objetivo: O objetivo deste estudo é avaliar a ventilação, aeração e a deposição pulmonar de aerossol em pneumopatas obesos e eutróficos no que se refere a eficácia do uso da cânula nasal de alto fluxo, uso recursos terapêuticos manuais (Liberação diafragmática) e da avaliação da anatomia das vias aéreas superiores como recursos para otimização dessa deposição. Metodologia: este projeto será composto por dois desenhos de estudo, onde será realizado um estudo observacional do tipo transversal e um ensaio clínico do tipo crossover, do qual se derivarão 2 estudos distintos. Serão incluídos homens e mulheres com idade entre 45– 70 anos que formarão quatro grupos distintos: obesos sem DPOC; obesos com DPOC; não obesos sem DPOC; não obesos com DPOC. No estudo transversal serão avaliadas as características anatômicas das vias aéreas superiores utilizando o Tomógrafo Computadorizado com planos de reconstrução coronal e Sagital. Após a aquisição das imagens será construído um modelo tridimensional digital da via aérea superior e realizadas as medições das variáveis: volume da via aérea, área de secção transversal, área retropalatar e área retrofaríngea. Os estudos 2 e 3, será um ensaio clínico controlado randomizado com sigilo de alocação e duplo-cego em crossover. Serão avaliadas as intervenções (uso da cânula nasal de alto fluxo e técnicas manuais de liberação diafragmática) associadas à aerossolterapia onde será analisada a deposição do radioaerossol (Tecnésio associado ao DTPA) no pulmão total e nas regiões de interesse (ROIs), central, periférica, superior, média e inferior. Para análise da ventilação e aeração pulmonar será utilizado um tomógrafo de impedância elétrica com cintas com 32 eletrodos, posicionada no 4o e 5o espaço intercostal. Também serão analisados os dados da função respiratória antes e após as intervenções. Resultados esperados: Este projeto tem como resultados esperados aumentar o conhecimento acerca do impacto da obesidade em indivíduos com DPOC, bem como fornece evidências científicas que possam otimizar o tratamento com aerossolterapia nesta população.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arminda Moreira de Carvalho

Ciências Agrárias

Agronomia
  • balanço de c, n e fluxus de n2o no solo em sistemas integrados com plantio direto de longa duração no cerrado
  • As discussões sobre mudanças climáticas globais e gases de efeito estufa (GEEs) tomaram proporções significativas durante a década de 1990 e início de 2000 devido ao aumento das concentrações antrópicas de GEE, ou seja, dióxido de carbono (CO2), metano (CH4) e óxido nitroso (N2O) na atmosfera . Em outubro de 2017, a concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera ultrapassou a marca de 400 partes por milhão, a maior desde o início das medições em 1958. A dinâmica de carbono (C), consequentemente seu balanço, está relacionada com mineralização de nitrogênio (N), incorporado no solo também pelas plantas de cobertura, principalmente, com potencial de fixar N como as leguminosas e algumas gramíneas, p. ex. Brachiaria spp. O efeito de plantas de cobertura em sistemas integrados sobre a mitigação de óxido nitroso (N2O) ainda é pouco conhecido, já que a decomposição dos resíduos vegetais pode aumentar emissões desse gás traço à medida que se disponibiliza mais nitrogênio no solo. Assim, o objetivo geral dessa proposta é estimar o balanço de carbono (C) e avaliar fluxos de N2O do solo, além da modelagem de C, em sistemas integrados com uso de safrinha e plantas de cobertura em plantio direto de longa duração no Cerrado. O cerrado com vegetação natural será a área de referência do estudo. O clima da região corresponde ao tipo Aw (tropical chuvoso), segundo classificação de Köppen. O período chuvoso estende-se de outubro a abril, com precipitação média anual de 1400 a 1600 mm, sendo que 80% dessas precipitações pluviométricas concentram-se no período de novembro a abril, com temperatura média de 21°C. Os solos são classificados como Latossolo Vermelho distrófico, textura argilosa. Serão analisados os seguintes atributos do solo: teores e estoques de C e de N total, teores de N-NO3- e N-NH4+, fracionamento de C e N, eficiência de nitrogênio pela técnica de 15N e abundância natural de 13C e 15N, perdas de N na decomposição, CBM e NBM, atividade enzimática e fluxos de N2O do solo. Os resultados obtidos nesse projeto devem subsidiar o governo brasileiro para cumprir o acordo de Paris sobre o Clima (COP 21) visando atingir a meta de redução das emissões de GEE e contribuir com a formação de políticas públicas sobre mitigação e adaptação às mudanças climáticas, tais como, o programa Agricultura de Baixo Carbono (Programa ABC).
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arnaldo César Pereira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de eletrodos impressos visando a detecção eletroquimica de biomarcadores de cancer
  • A presente proposta visa o desenvolvimento de sensores eletroquímicos para a detecção de diversos biomarcadores de câncer, tais como: PSA (câncer de próstata), CEA (câncer de cólon retal), HER2 (câncer de mama) e CA 15-3 (câncer de mama). É importante mencionar que a detecção de biomarcadores de câncer é uma importante ferramenta para um diagnóstico precoce e os métodos atuais apresentam em geral alto custo e necessitam de mão de obra especializada. Assim, por meio do desenvolvimento deste projeto, objetiva-se a produção de dispositivos de baixo custo, com rápida resposta e instrumentação simples, que são características desta área de pesquisa. Neste contexto, os eletrodos serão impressos por serigrafia, gerando os conhecidos Screen Printed Electrode (SPE). O processo de impressão será realizado utilizando uma máquina de serigrafia semiautomática. Os SPE´s são versáteis, podem ser utilizados sem mão de obra especializada e apresentam baixo custo. Para sua fabricação, os eletrodos serão impressos em diferentes substratos como PVC, PET, cerâmica, vidro, poliéster e papel cromatográfico Whitman nº 1. A composição destes dispositivos será a base de tinta de carbono e pasta de Ag/AgCl. Além disso, serão empregados diferentes materiais visando a modificação superficial ou mesmo no interior destes SPE´s a fim de aumentar a sensibilidade do método, como: polímeros molecularmente impressos (MIP), anticorpos, materiais carbonáceos, nano partículas magnéticas e nano partículas de ouro. Todos os materiais a serem empregados no desenvolvimento desta proposta serão caracterizados por microscopia eletrônica de varredura, difração de raios-X, termo gravimetria (DSC e TGA), análise de espectroscopia vibracional na região do infravermelho (FTIR), análise de ressonância magnética nuclear de 13C e 29Si e análise elementar.
  • Universidade Federal de São João Del-Rei - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arnaldo da Costa Faro Junior

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • catalisadores obtidos a partir de hidrotalcitas para produção de combustíveis limpos – fase ii
  • Sem dúvida um dos maiores fatores de risco ambiental nos dias de hoje é o aumento de emissão de gases causadores do efeito estufa e outros poluentes na atmosfera, devido ao crescente uso de combustíveis para geração de energia. Neste contexto, investigações sobre a obtenção e uso de combustíveis menos poluentes são importantes para aplicações futuras, visando contribuir para a redução da poluição atmosférica. O presente projeto pretende contribuir para viabilizar a produção de combustíveis oriundos de fontes fósseis, tratando-os cataliticamente para serem menos nocivos ao meio ambiente e viabilizar a produção de combustíveis limpos oriundos de fontes renováveis, tal como hidrogênio a partir da reforma do etanol para uso em veículos movidos a célula de combustível, e dimetiléter (DME) diretamente a partir de gás de síntese. O DME é uma substância que pode substituir o diesel e o gás liquefeito de petróleo (GLP), com vantagem de emitir menos gases poluentes. O catalisador é a “alma” da maioria dos processos de transformação química, determinando a velocidade e o rendimento com que a reação ocorre. Melhorias nos catalisadores podem tornar as rotas de produção de DME, de hidrogênio e de hidrotratamento de combustíveis mais competitivas economicamente. O presente projeto pretende investigar modificações na composição e estrutura dos catalisadores, que possam favorecer maiores rendimentos. Tais melhorias serão sugeridas a partir do conhecimento do catalisador e seu desempenho na reação. Para tais estudos, serão feitos testes reacionais e caracterizações dos catalisadores por diversas técnicas. Para todas as reações, os catalisadores testados serão obtidos a partir de precursores tipo hidrotalcita. Vários destes precursores já foram desenvolvidos previamente por nossa equipe, e suas formulações foram publicadas na literatura aberta. Os elementos que constituirão os catalisadores são combinações de um elemento trivalente (Al) com um ou dois elementos divalentes (Ni, Co, Mn, Cu). Para alguns casos, será incorporado um elemento hexavalente (Mo e/ou W).
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arnaldo Henrique de Oliveira Carvalho

Ciências Agrárias

Agronomia
  • manutenção do núcleo de estudos em agroecologia e produção orgânica do ifes - campus ibatiba
  • A proposta de manutenção do Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica do Ifes - Campus Ibatiba vem ampliar suas atividades desenvolvidas no Território Caparaó, ES, por meio da estruturação e fomento de uma rede de referência em agroecologia a partir das experiências de ensino, pesquisa aplicada e extensão tecnológica desenvolvidas nos municípios de Alegre, Dores do Rio Preto, Ibatiba e Ibitirama. Para tanto, tais atividades serão realizadas e socializadas juntamente com as entidades parceiras para o alcance dos objetivos do projeto, tendo como beneficiários diretos estudantes da rede de educação profissional/tecnológica e universitários, agricultores familiares e aqueles em transição agroecológica, professores, pesquisadores e técnicos. O NEA pretende assim, consolidar e ampliar suas atividades, e de forma participativa promover a reflexão sobre os caminhos e estratégias que levem a uma agricultura e pecuária embasada em princípios e diretrizes agroecológicos e de produção orgânica, como a promoção do uso sustentável dos recursos naturais, a conservação dos ecossistemas naturais e a valorização da agrobiodiversidade, a melhoria de renda e qualidade de vida dos agricultores, a redução das desigualdades de gênero e a ampliação da participação das mulheres e da juventude rural na produção orgânica e de base agroecológica.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Arnaldo Prata Barbosa

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudo multicêntrico de infecção respiratória aguda grave durante a pandemia de covid-19 em pacientes internados em unidades de terapia intensiva pediátricas brasileiras
  • Introdução No momento, o Brasil está enfrentando os efeitos de uma pandemia de infeção respiratória aguda grave causada pelo SARS-CoV-2. Pouco se conhece desta nova infecção em pediatria, seu impacto nas diversas faixas etárias e na presença de comorbidades e outros fatores de risco. Estudos que avaliem estes aspectos são altamente necessários e podem trazer luz sobre aspectos da apresentação clinica, prognóstico e principalmente trazer subsídios para rotinas de abordagem clínica e preventiva. Por outro lado, o conhecimento de características genéticas e epigenéticas da população pediátrica acometida pela Covid-19 e seus desfechos pode contribuir para o esclarecimento de questões importantes como a menor gravidade do quadro em crianças, sua relação com o poliformismo genético e altereações epigenéticas, que este estudo também pretende estudar, o que constitui grande inovação no conhecimento científico. Objetivos Objetivo Geral: Descrever o perfil de detecção viral e as características clínicas de pacientes pediátricos que desenvolveram Infecção Respiratória Aguda Grave durante a pandemia de 2020 pelo novo coronavírus. Objetivos específicos: Descrever a frequência de exames positivos (swabs de nasofaringe, aspirados de nasofaringe ou aspirados traqueais) para Vírus Sincicial Respiratório (VSR), Influenza, SARS-CoV-2 e outros vírus; descrever a frequência de codetecção viral; descrever a proporção de pacientes que evoluíram com diagnóstico de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG/SARS) e Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA/ARDS); descrever a frequência de uso dos seguintes suportes respiratórios: oxigenoterapia, cânula nasal de alto fluxo (CNAF), ventilação pulmonar mecânica não-invasiva (VNI) e invasiva (bem como os dias livres de ventilação) e ECMO; descrever o tempo médio de permanência na UTIP; descrever a mortalidade associada e correlacionar, em caráter exploratório, a evolução clínica, laboratorial e radiológica dos pacientes que tiveram detecção viral positiva, com a presença de comorbidades e com os agentes identificados (detecção única ou codetecção); descrever, em caráter exploratório, em um subgrupo de pacientes com infecção pelo novo coronavírus, alterações genômicas e do epigenoma que possam se correlacionar com o prognóstico da doença, bem como aspectos relacionados ao sequenciamento genético viral. Desenho do Estudo Estudo multicêntrico, observacional, longitudinal, parte retrospectivo e parte prospectivo, com componente descritivo e analítico exploratório. Período do Estudo Coleta de dados retrospectiva: 01/03/2020 a 30/06/2020. Coleta de dados prospectiva: 01/07/2020 a 31/06/2021. Final do estudo: 30/04/2022. Critérios de inclusão (elegibilidade) Pacientes de 1 mês até 18 anos de idade, internados em UTIP com quadro de Infecção Respiratória Aguda Grave (SARI/IRAG), definida como um quadro respiratório agudo (até 10 dias de sintomas), de natureza provavelmente infecciosa, com quadro clínico de qualquer gravidade, que tiveram um swab de nasofaringe, ou um aspirado de nasofaringe ou ainda um aspirado traqueal colhidos para investigação da presença do novo coronavirus e outros vírus. Critérios de exclusão (pacientes não-elegíveis) Serão excluídos os pacientes cujos responsáveis se recusem a assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), aqueles com quadros respiratórios agudos graves secundários a doenças de etiologia não respiratória e pacientes com mais de 72 horas de internação na UTIP. Critérios de perdas (acientes excluídos após ingresso no estudo) Serão excluídos do estudo após terem ingressado os pacientes cujos responsáveis retiraram o consentimento de participação e aqueles que não tiverem disponibilizados os resultados dos exames laboratoriais de detecção viral até o período de análise dos dados. Variáveis a serem medidas • Dados demográficos (iniciais, registro, idade, sexo, raça/etnia, peso, altura, IMC). • Dados epidemiológicos (início do aparecimento dos sintomas respiratórios antes da internação na UTIP, em dias; procedência: externa / interna (emergência, enfermaria); tempo de internação prévio em outro hospital ou em outros setores, em dias; presença de fatores de risco ou comorbidades; vacinação prévia para Influenza; tratamento prévio: antiviral / antibiótico / corticoide. • Escores de gravidade: PIM3, PRISM IV, Escala de Estado Funcional na Admissão (FSS) • Dados da internação: data e hora da internação; quadro clínico: diagnóstico sindrômico / sinais e sintomas; exame de imagem inicial: RX de tórax e/ou TC de tórax; Tratamento efetuado: antiviral, antibiótico, corticoide (motivo / dose / tempo); suporte respiratório (apenas oxigenoterapia / Ventilação Não Invasiva (VNI) / Cânula Nasal de Alto Fluxo (CNAF) / ventilação pulmonar mecânica invasiva (VPM) / ECMO – tempo de uso (dias); dias livres de oxigenoterapia, VNI e VPM / Laboratório: leucometria, percentual de linfócitos, ureia, creatinina, PCR, albumina, procalcitonina, transaminases, d-dímero, enzimas cardíacas, citocinas. • Diagnóstico da etiologia viral: coleta de material para pesquisa de vírus: sítio de coleta do material, dia da coleta, dia de doença, dias de UTI; teste para SARS-CoV-2 (RT-PCR) em secreção de nasofaringe ou traqueal; sorologia para SARS-CoV-2: IgA/IgM /IgG; teste rápido para VSR e Influenza; painel viral respiratório em secreção de nasofaringe ou traqueal. • Em casos selecionados (pelo menos 20% dos casos confirmados de Covid-19): percentual de metilação na região promotora de genes selecionados; polimorfismo genético; padrão de sequenciamento do RNA do novo coronavirus. • Desfechos: Diagnóstico clínico final: SARI (IRAG); SARS (SRAG); ARDS (SDRA); diagnóstico etiológico viral; quadro laboratorial e radiológico evolutivo (piores resultados das mesmas variáveis colhidas na admissão); destino: alta da UTI / transferência para outro hospital / óbito; tempo de internação na UTI, em dias; Escala de Estado Funcional (FSS) na alta da UTI.
  • Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino - RJ - Brasil
  • 24/07/2020-23/08/2022
Foto de perfil

Arnobio Antonio da Silva Junior

Ciências da Saúde

Farmácia
  • design e funcionalização de nanocarreadores como sistemas de monitorização e tratamento de doenças negligenciadas
  • As doenças negligenciadas representam graves problemas de saúde pública no mundo. O Brasil tem destinado recursos para a inovação, pesquisa e desenvolvimento tecnológico aplicados para o desenvolvimento de políticas públicas que incluem a avaliação de métodos de diagnóstico e tratamento bem como mecanismo de transmissão; aprimoramento do diagnóstico; estudos de proteômica e genômica para desenvolvimento de vacinas; e sobre desenvolvimento de novos fármacos e medicamentos. Na última década, o nosso grupo de pesquisa tem se dedicado ao desenvolvimento de novos sistemas terapêuticos para o aumento da eficácia de fármacos contra a esquistossomose, a dengue, a doença de chagas, a malária e a toxoplasmose. Estes estudos contribuíram para uma extensa formação de recursos humanos e colaboração com diferentes grupos de pesquisa, com significativa produção científica. O que gerou por exemplo, alguns protótipos de produtos depositados pela UFRN no junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Estes incluem por exemplo (i) sistemas nanoemulsionados contendo praziquantel para a esquistosomose (BR 10 2013 000455-3), (ii) sistemas nanoemulsionados (BR 10 2012 019428-7) e nanoparticulados (BR 10 2017 02444) contendo benznidazol para a doença de chagas, e (iv) Sistemas nanoparticulados como imunoadjuvantes (BR 10 2012 019427 e BR BR 10 2018 0081047). Estes protótipos são capazes de aumentar solubilidade de fármacos, potencialiazar o direcionamento para o tecido afetado e atuar aumentando a resposta biológica de proteínas. Nos casos em que o parasito, em alguma fase da doença, encontra-se no interior de células de determinado tecido, este ciclo celular tem papel relevante na escolha do tratamento e sucesso terapêutico. Neste sentido, o desenvolvimento de nanocarreadores (nanoemulsões e nanopartículas poliméricas) com diâmetro de reduzido da fase interna, bem como sua funcionalização com moléculas específicas, pode contribuir para o fármaco ou biomolécula de interesse atravessar estas barreiras biológicas aumentando a eficácia. Tendo em vista nossa experiência na incorporação de fármacos aplicados para doenças negligenciadas, bem como proteínas e peptídeos de interesse terapêutico, nossa colaboração tem avaçando com grupos de pesquisa em biologia molecular e imunoparasitologia, gerando projetos envolvendo outras biomoléculas como plasmídeo de DNA e micro RNAs. Estes estudos permitem não só avaliar a eficácia, mas o estudo mais aprofundado de certas respostas celulares do parasito, bem como da célula hospedeira. Assim, a presente proposta trata de um grande e ousado projeto temático, articulando diferentes laboratórios em torno de de três subprojetos dividos por doença, a saber: malária, toxoplasmose , e a doença de chagas. Relatos da literatura, estudos anteriores e screenings iniciais realizados por este esforço colaborativo entre os grupos envolvidos nesta proposta, já revelam que o tamanho dos nanocarreadores e sua funcionalização com a molécula de colesterol e com a carga positiva afetam seu uptake celular por determinadas células. O desafio também incluem o uso de carreadores biocompatíveis que não tenham atividade citotóxica contra a célula hospedeira, mas sim contra o parasito impedindo sua proliferação e ou diferencialção quando aplicável. Além disso, é necessário avaliar o seu transporte e comprovar maior eficácia de uptake, bem como elucidar mecanimos envolvidos com o efluxo ou inibição de influxo destes fármacos nos modelos. Neste sentido também temos avançado bem. Temos percebido que os nanocarreadores funcionalizados e com corantes fluorescentes ligados ou incorporados permitem o monitoramento da sua performance e pode revelar informações importantes sobre o ciclo celular do parasita. Este estudo será desenvolvido no sentido de aperfeiçoar este esforço colaborativo, já em andamento, no sentido de termos uma plataforma de desenvolvimento de protótipos nanotecnológicos (novas formulações ou candidatos) para a geração de insumos a ser usados em novos sistemas terapêuticos ou kits de estudo dessas doenças, principalmente em protocolos in vitro, no segundo caso. Incialmente, a estratégia para a malária e toxoplasmose incluem principalmente s estudos in vitro com incorporação do monoterpeno fitol e comparado com os fármacos convencionais. Para a doença de chagas serão testados o benznidazol (testes in vitro e in vivo), e moléculas de oriegem biotecnológica (testes in vitro) como proteínas do extrato do veneno do escorpião, plasmídeo de DNA e micro RNAs. A contemplação do referido projeto dentro do presente edital vem a fortalecer a pesquisa em rede envolvendo grupos com formação e experiências em diferentes áreas de estudo, o que permitirá a busca mais rápida e eficiente de novas alterantivas terpêuticas bem como o compartilhamento de informações entre os grupos. Esta proposta permitirá a transferência de tecnologia entre os pesquisadores envolvidos, possibilitando melhor treinamento e formação de recursos humanos em nível de iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aroldo José Abreu Pinto

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • acervo de ricardo ramos: disponibilização e organização de 1975 - 1980
  • Nesta penúltima etapa do projeto, a quarta das cinco previstas em função do volume de trabalho, visa dar continuidade à organização e disponibilização do acervo do jornalista, publicitário e escritor Ricardo Ramos e realizar um estudo crítico-descritivo de seu único romance, Memória de setembro. Nas três etapas anteriores, com apoio do CNPq, foram realizados estudos sobre seus contos e uma novela e organizado parcialmente seu acervo. O intuito agora é dar continuidade a esse trabalho de organização e análise, mas atentando também para uma interface entre literatura e ensino, uma vez que uma das obras do escritor voltada ao público jovem (Desculpe a nossa falha) tem sido indicada em programas de incentivo à leitura em nível nacional e o proponente desse projeto passou a atuar também na linha de Pesquisa “Leitura, Literatura e Ensino” com várias orientações em nível de Graduação, Mestrado e Doutorado. Vale ressaltar que a divisão do trabalho por etapas se faz necessário devido a quantidade de documentos existentes atualmente no acervo que se encontra à disposição do proponente deste projeto.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aroldo Leal de Andrade

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • retórica e sintaxe do português no detalhe
  • O presente projeto tem o objetivo de criar e explorar um corpus sintaticamente anotado, no formato do Penn Treebank, com dados comparáveis do português europeu e do português brasileiro. A partir dele, espera-se testar hipóteses sobre a relação entre forma sintática e função pragmática em diferentes variedades da língua portuguesa, com o auxílio de anotações utilizando a RST – Rhetorical Structure Theory. O projeto se justifica por não haver corpora comparáveis sintaticamente anotados do português, e por ser a questão da relação forma-função praticamente inexplorada no que diz respeito à língua portuguesa, tema relevante para a compreensão da existência de expressões alternativas da mesma frase. Na literatura recente sobre estrutura informacional é cada vez mais aceito que esta reflete um nível analítico mais amplo, a estrutura retórica. Os objetivos específicos se referem a aspectos de criação do corpus, sob o aspecto técnico e prático, e de sua exploração: (i) anotar, nos níveis morfológico e sintático, entrevistas televisivas para a criação de um corpus inicial de textos; (ii) anotar, seguindo as premissas da RST, os trechos de entrevistas que contêm expressões clivadas; (iii) verificar hipóteses a respeito da função textual e da estrutura informacional das construções clivadas, como a função de conclusão de tópico discursivo, ou de marcação de foco de constituinte, respectivamente. Quanto à metodologia, serão transcritos e anotados textos em formato de diálogo, como entrevistas, de tal forma que possam ser buscadas tanto orações declarativas quanto interrogativas, seguindo também uma metodologia para a eliminação de disfluências. O projeto será desenvolvido em duas grandes etapas: numa se trabalhará sobre o desenvolvimento do corpus, noutra a exploração e análise dos dados. O principal produto derivado do projeto será o corpus eletrônico, mas também um vídeo explicativo e uma página com resultados advindos da pesquisa associada. O projeto deverá contribuir para o desenvolvimento de novos estudos sobre diferenças sintáticas, semânticas e pragmáticas existentes entre variedades da língua portuguesa, a partir de um maior nível de rigor observacional e descritivo.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aronita Rosenblatt

Ciências da Saúde

Odontologia
  • soluções de prata para paralisação de cárie em crianças: ensaio clínico randomizado de não inferioridade em ambiente pragmático
  • Introdução: inovação tecnológica  é um termo aplicável a inovações de processos e de produtos. De modo geral, é toda novidade implantada pelo o setor produtivo, por meio de pesquisa ou investimentos, que aumenta a eficiência do processo produtivo ou que implica um novo ou aprimorado produto. Inovação requer pesquisa cujo processo seja ou não inovador, para obtenção de um produto diferente dos existentes, capazes de melhorar a qualidade de vida das pessoas. Esse estudo é um ensaio clínico, aprovado na chamada pública Linha C, ensaio Clínico fase II, programa especial de cooperação com Ministério da Saúde, ainda sem financiamento. Trata do desenvolvimento de um cariostático inovador, já patenteado pelo grupo de pesquisa, em fase de transferência Internacional de tecnologia, para a NU Smile Internacional. USA. O produto patenteado possui prata em tamanho nanométrico, que provou ser efetivo para paralisar cárie em dentes decíduos,sem manchar os dentes , o Nano Fluoreto de Prata( NFP) ® 400 ppm. No entanto, o produto foi melhorado, para se tornar competitivo com o Diamino Floreto de prata, que tem a desvantagem de tornar os dentes acastanhados. O novo produto tem concentração de prata cerca de três vezes maior que o original, de 400 ppm , NFP 1500ppm, graças ao processo inovador que permite a adição de prata em tamanho nanométrico, sem que as partículas se aglomerem e voltem ao tamanho normal. O processo também requer estabilidade no tempo de vida de armazenamento, por isso, o intervalo longo entre ensaios clínicos com o produto modificado. O NFP 1500 foi desenvolvido em três anos e se encontra estável para testes. É de domínio comum que a cárie dentária continua sendo a doença mais prevalente em crianças, muito mais que a asma. Na atualidade, 70 a 80% das cavidades em menores ocorrem em 20 a 30% de uma população específica da sociedade, os mais pobres. No Brasil, o acesso ao tratamento restaurador odontológico à crianças, no serviço público, é muito escasso, devido à demanda reprimida ou ao comportamento não cooperativo infantil, o que torna necessário o uso de agentes cariostáticos. O Diamino Fluoreto de Prata e o Nanofluoreto de Prata® tem a capacidade de prevenir novas cáries e paralisar as lesões existentes, através de fácil aplicação e baixo custo, ideal para o controle da cárie em grandes populações sem acesso ao tratamento convencional. Objetivo: O presente estudo tem como objetivo comparar, através de um ensaio clínico randomizado, realizado em escolas primárias, em ambiente pragmático, a efetividade de três produtos à base de prata, na paralização de cárie em dentes decíduos. Os produtos serão: Advantage Arrest™ Silver Diamine Fluoride 38%, Nano Fluoreto de Prata(NFP) 600 ppm, Nano Fluoreto de Prata full strength(NFP) 1500 ppm( fabricados pelo CETENE-PE, de acordo com Targino et al. 2014) e um grupo controle. A aplicação dos produtos será uma vez, no início do estudo, e as avaliações ocorrerão após 6, 12, 18 , 24 e 30 meses. Metodologia: o cálculo amostral será baseado na diferença de proporção relatada em estudos anteriores, com nível de significância de 5% e poder do teste de 90%. O universo será de Crianças de 6 anos, matriculadas em escolas municipais do município de Ipojuca, Pernambuco, que atendam aos critérios de inclusão requisitados. Para realizar a análise estatística dos dados de incremento de cárie, utilizaremos o índice ceo-d e os os testes de Qui-quadrado e Fisher serão utilizados para as variáveis categóricas utilizadas no estudo. As normalidades da distribuição dos dados quantitativos serão avaliadas pelos Testes de Kolmogorov-Smirnov e Mann-Whitney para comparar as variáveis quantitativas entre grupos. Teste kappa será utilizado para determinar o grau de concordância intra e inter-examinador. A análise de sobrevivência bayesiana por cluster será proposta para avaliar a efetividade relativa das soluções citostáticas e o grupo controle na paralisação das lesões de carie.
  • Universidade de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arquimedes Gasparotto Junior

Ciências da Saúde

Farmácia
  • prospecção etnoguiada das atividades cardiorenais de espécies nativas do bioma pantaneiro sul-matogrossense
  • As doenças cardiovasculares constituem a principal causa de incapacidade e morte no mundo. Entre as doenças cardiovasculares, a hipertensão tem posição de destaque, pois na maioria dos casos não há sintomas e seu controle tem sido ineficaz em vários países. Estratégias clínicas comuns para conseguir a redução da pressão sanguínea incluem a utilização de inibidores do sistema renina-angiotensina, betabloqueadores, bloqueadores dos canais de cálcio e diuréticos. No Brasil, os diuréticos, especialmente os tiazídicos são usados como medicamentos de primeira linha no tratamento da hipertensão. Apesar da sua elevada eficiência, seu uso está associado com uma elevada incidência de efeitos adversos, tais como desequilíbrio eletrolítico, distúrbios metabólicos e disfunção sexual. Nas últimas décadas, observa-se um interesse crescente pelo uso de plantas medicinais e dos respectivos extratos na terapêutica médica, constituindo uma ajuda significativa nos cuidados primários de saúde e como complemento terapêutico para a maioria das especialidades médicas, incluindo a cardiologia. Neste sentido, são necessários, também, estudos e ensaios farmacológicos que demonstrem eficácia e segurança para este tipo de medicamento. Além disso, a utilização da cultura popular como indicador etnobotânico de possíveis drogas farmacologicamente ativas mostra-se de grande valor na seleção da espécie a ser estudada e validada em ensaios farmacológicos. Considerando os aspectos supracitados, o presente projeto tem como objetivo avaliar as possíveis atividades diuréticas dos extratos aquosos obtidos de diferentes espécies medicinais nativas do pantanal sul-mato-grossense. Para este projeto, pretende-se, incialmente avaliar as possíveis atividades diuréticas de 05 espécies medicinais (Acanthospermum hispidum DC., Luehea divaricata Mart. & Zucc., Polypodium decumanum Willd., Talisia esculenta (A. ST. Hil) Radlk. e Vanilla palmarum (Salzm. ex Lindl.) Lindl. ) em modelo experimental de diurese em ratos. A espécie mais promissora será selecionada para estudos aprofundados dos mecanismos moleculares adjacentes às atividades diurética e sua inter-relação com a atividade hipotensora. Os resultados desta pesquisa podem gerar importante impacto científico e econômico, pois futuramente, este produto natural pode se tornar fonte de matéria prima para o desenvolvimento de novos protótipos na prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares.
  • Universidade Federal da Grande Dourados - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arthur Carniato Sanches

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • determinação do coeficiente de escoamento superficial (c) de plantas forrageiras tropicais com diferentes graus de declividade
  • Compreender as relações físico-hídricas de um solo é fator preponderante no estabelecimento de obras de uso e manejo dos solos. Entre dados importantes, conhecer o coeficiente de escoamento superficial (C) pode ajudar na execução de obras hidráulicas nos mais diversos usos agrícola da Terra no país. O Brasil, apresenta pujante área de pastagens nas mais diversas condições de conservação, e pouco sabe como se encontra as condições físicas do solo para cada uma delas. O método racional ainda é o padrão para calcular a vazão de escoamento de superficial, como obséquio, tem sua eficiência no hemisfério norte e não em terras tropicais do hemisfério Sul. Assim, com o uso de dois ensaios experimentais, um com área de pastagem de capim Marandu (Brachiaria brizantha cv. Marandu) e outro com pastagem de capim Mombaça (Panicum maximum cv. Mombaça) pretende-se determinar o coeficiente de escoamento superficial (C) em diferentes estágios de conservação e declividade do terreno. O delineamento estatístico desenvolvido foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 3 x 3 com três repetições, sendo os tratamentos três estados de conservação da pastagem (conservada, em degradação e degradada), e a três níveis de declividade do terreno (0-5%; 10-20%; e 20-30%), totalizando 9 tratamentos com 27 parcelas experimentais para cada um dos capins. Dessa forma, sob a hipótese de que possa existir inconsistências no valor de C, e existindo enorme área de forragens no país, os valores de C encontrados podem contribuir para o dimensionamento de estruturas hidráulicas de drenagem, de conservação do solo e de armazenamento de água. Assim, o objetivo desta pesquisa é estimar o coeficiente C, de escoamento superficial, para os capins Marandu e Mombaça, em três níveis de declividade do terreno e três estados de conservação.
  • Universidade Federal da Grande Dourados - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arthur Eugen Kümmerle

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de compostos fluorescentes inibidores de eventos fibrilares visando aplicações teranósticas e de tratamento na doença de alzheimer
  • A maior porcentagem relativa de idosos e o aumento da expectativa de vida no Brasil, segundo dados recentes do PNAD 2017, além do crescente aumento de doenças neurodegenerativas, são razões importantes para o desenvolvimento de novos fármacos mais seguros e eficazes para estes pacientes. Nosso grupo de Química Medicinal da UFRRJ vêm se dedicando a pesquisas nessa área, com o intuito de obter compostos sintéticos que possuam atividades farmacológicas frente a eventos celulares oriundos de quadros neurodegenerativos presentes na Doença de Alzheimer (DA). Portanto, a obtenção e otimização de novos arcabouços moleculares e a celeridade nas análises bioquímicas são de crucial importância para a obtenção de compostos bioativos que apresentem as ações farmacológicas desejadas. Dentre os possíveis tratamentos da DA está a inibição da agregação do peptídeo Aß que, embora seja um evento fisiologicamente relevante, é patogênica quando da sua agregação em oligômeros e fibrilas. Desta forma, a estratégia de inibição da agregação do peptídeo Aß e/ou de formas tóxicas geradas pela mesma, seja pela intercalação dos peptídeos, inibição da AChE, ou complexação a metais, emergiu como uma terapia modificadora de doença válida para DA, assim como seu entendimento por modelos como os da doença priônica. Ademais, nossos compostos têm sido planejados para apresentarem fluorescência, além da capacidade de inibição de eventos fibrilares. Desta forma, podem ser utilizados numa área de fronteira que são os teranósticos, que são compostos que auxiliam no tratamento e diagnóstico ao mesmo tempo. Frente a isso, este projeto pode levar a uma maior consolidação de nosso grupo de pesquisa, que vem apresentando resultados prévios frente aos alvos relacionadas, fortalecendo ainda a pesquisa científica em regiões de baixo índice socioeconômico do Estado do Rio de Janeiro e aprimorando pesquisas voltadas ao tratamento desta doença de grande impacto socioeconômico no Brasil. Além disso, este projeto está vinculado à participação de alunos de graduação e Pós da UFRRJ, que estarão inseridos num projeto de pesquisa multidisciplinar focado na Química Medicinal, tendo a oportunidade de desenvolver o senso crítico e de pesquisa.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arthur Maia Paiva

Ciências da Saúde

Medicina
  • prevalência da infecção pelo htlv em doadores voluntários de sangue em alagoas
  • (Vide projeto anexo) Apesar do rastreio pelo uso de imunoensaio enzimático HTLV-1/2 ser obrigatório desde 1993, o Ministério da Saúde brasileiro não exige testes de confirmação por hemocentros. Entretanto, essa medida se constituiu a mais importante para evitar a disseminação dessas retroviroses pela transmissão sanguínea e seus derivados em nosso meio. A identificação de pontos de estrangulamento na captação e encaminhamento de doadores voluntários de sangue soropositivos para HTLV para confirmação diagnóstica e seu adequado acompanhamento é fundamental para organização e otimização do sistema de referência e contrarreferência na rede de saúde e para estruturação da linha de cuidado em HTLV. O presente estudo tem como população alvo doadores voluntários de sangue reagentes para HTLV no HEMOAL e HEMOAR durante o período de agosto de 2014 a agosto de 2020, e como objetivos determinar a prevalência da infecção pelo HTLV em bancos de sangue de Alagoas, estimar a partir destes resultados a prevalência na população geral do Estado, identificar alguns fatores de risco associados à transmissão do HTLV e dificuldades na convocação e aceite do doador para repetição de teste em banco de sangue. Quando contato inicial por telefone não for possível, será realizada visita domiciliar aos doadores com teste de triagem reagente para HTLV. Testes confirmatórios e acompanhamento clínico adequado serão realizados na Universidade Federal de Alagoas e Hospital Universitário Professor Alberto Antunes.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arthur Marques Moraes

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • caracterização das interações partônicas múltiplas no lhc
  • O foco da física de partículas nos próximos anos indubitavelmente permancerá sobre os resultados a serem anunciados pelas colaborações analisando os dados do “Large Hadron Collider” (LHC) no Laboratório Europeu para Pesquisas Nucleares (CERN). Devido às altas energias de centro-de-massa atingidas no LHC, efeitos causados por múltiplas interações partônicas contribuem não apenas para a elevada atividade hadrônica gerada nas colisões de prótons, mas também produzem ruídos de fundo em vários canais utilizados na busca de sinais indicativos de nova física. O estudo experimental da dinâmica das interações partônicas múltiplas com o detector CMS, bem como investigações do impacto destas em buscas por sinais raros previstos pelo Modelo Padrão, especialmente no setor de medidas do bóson de Higgs e buscas por fenômenos indicativos de física além do Modelo Padrão, constitui o principal objetivo deste projeto de pesquisa. Este projeto é organizado de tal maneira que produz uma sequência de importante contribuições ao programa de estudos da física produzida em colisões do LHC observadas com o detector CMS durante o ciclo de tomada de dados “Run 2” além de contribuir para predições para a etapa de alta luminosidade “HL-LHC”.
  • Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022