Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Wallace de Castro Nunes

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • produção e caracterização de materiais magnéticos nano-estruturados
  • O objetido desse projeto é obter suporte para o desenvolvimento das atividades de pesquisa do proponente e do novo grupo de pesquisa experimental de nanomateriais do Instituto de Física da Universidade Federal Fluminense (IF-UFF). O projeto científico visa o estudo sistemático das propriedades térmicas, magnéticas e de transporte em diversos sistemas magnéticos nanoestruturados e também materiais multifuncionais. Os objetivos principais são: (i) observar e descrever fenômenos físicos envolvidos nesses sistemas; (ii) estabelecer estratégias para o desenvolvimento de materiais para aplicações futuras; (iii) estabelecer uma nova linha de pesquisa na UFF envolvendo a produção e caracterização de nanomateriais multifuncionais; (iv) produzir nanosistemas controlados objetivando o estudo de propriedades do tipo vidro de spin, superparamagnetismo, exchange bias, interações magnéticas e etc. Este projeto de pesquisa envolve trabalhos experimentais (caracterização e instrumentação) e teóricos, que serão realizados em colaboração com pesquisadores da UFF e diversos pesquisadores do Brasil e do exterior. Pretende também explorar a deposição de nanopartículas funcionalizadas assim como de sistemas nanoestruturados heterogêneos (multifuncionais) em superfícies visando aplicações em dispositivos e sensores. O proponente já possui uma quantidade de amostra suficiente para iniciar o projeto proposto. Essas amostras estão sendo produzidas no IF-UFF por ablação por laser e outras provenientes de diversas colaborações que o proponente mantém no Brasil e no exterior, por exemplo, nanopartículas ferromagnéticas; antiferromagnéticas; nanoestruturas do tipo core-shell, compostos de materiais com diferentes fases; multicamadas magnéticas, filmes finos; materiais magnéticos moleculares, nanoestruturas multifuncionais e.g. nanopilares ferrimagnéticos (estrutura spinela) verticalmente alinhados dentro de uma matriz ferroelétrica (estrutura perovskita). A estratégia a ser seguida é caracterizar estes materiais a partir de sua estrutura, em alguns casos, morfologia (tamanho e distribuição dos grãos) e posteriormente relacioná-las com as propriedades térmicas, magnéticas, elétricas e de transportes. Além disso, o proponente pretende continuar desenvolvendo a infra-estrutura experimental do Instituto de Física da Universidade Federal Fluminense para preparar e caracterizar essas amostras na sua própria instituição. Neste projeto serão exploradas diversas técnicas experimentais, tais como calor específico, magnetização, susceptibilidade AC, resistividade elétrica, difração de raios-X e microscopia eletrônica de transmissão. Além do uso da infra-estrutura já disponível no Instituto de Física da UFF, algumas caracterizações poderão ser realizadas em outras instituições, por exemplo, usando a infra-estrutura de laboratórios nacionais e de laboratório de colaboradores. O projeto possui um caráter multidiciplinar envolvendo parcerias entre Físicos (teóricos e experimentais), Químicos e Ciências dos Materiais. A aprovação desse projeto de pesquisa é fundamental para que o candidato possa consolidar a nova linha de pesquisa experimental que está instalando no IF-UFF, continue se desenvolvendo cientificamente com independência e consiga ampliar a sua rede de colaboração de forma a torná-la ainda mais multidisciplinar. Isto beneficiará o proponente, seus alunos e vários outros pesquisadores que atualmente desenvolvem pesquisa em nanociência e nanotecnologia na UFF e no Brasil, e certamente terá impacto na melhora da produção científica desses pesquisadores e na formação de recurso humanos com conhecimentos mais abrangentes.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wallace do Couto Boaventura

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • aplicações de processamento de sinais em sistemas de energia: sistemas de medição e monitoramento distribuído e simulação de transitórios
  • As aplicações de técnicas de processamento de sinais têm propiciado desenvolvimentos importantes na área da engenharia elétrica. A área de Sistemas de Energia tem se beneficiado enormemente dos avanços nos sistemas de medição e aquisição de dados e da aplicação de técnicas de processamento de sinais. Este projeto tem por objetivo básico atuar na pesquisa científica tecnológica desenvolvendo aplicações de processamento de sinais em tópicos da área de sistemas de energia. Especificamente, são abordadas as áreas de sistemas de medição e monitoramento distribuído (voltados para o monitoramento da qualidade da energia e de parâmetros meteorológicos), simulação de transitórios em tempo-real e simulação de transitórios eletromagnéticos de grandes sistemas por meio de computação distribuída. Os recursos do projeto serão aportados no laboratório de pesquisa do Departamento de Engenharia Elétrica da UFMG, o LAPIS – Laboratório de Aplicações de Processamento de Informação e Sinais, consolidando sua infraestrutura, possibilitando o desenvolvimento de pesquisas multidisciplinares. A equipe de alunos do LAPIS atualmente conta com cinco alunos de doutorado (pelo menos três alunos atuarão diretamente neste projeto), quatro alunos de mestrado (um aluno atuará no projeto) e quatro alunos de graduação, além de alunos voluntários. Os resultados esperados para o projeto incluem teses de doutorado, dissertações de mestrado e a publicação de artigos técnicos em periódicos e congressos nacionais e internacionais.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022