Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Thalles Barbosa Grangeiro

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • enzimas para desconstrução da quitina codificadas no genoma de chromobacterium violaceum: validação experimental, caracterização bioquímica e avaliação do potencial antifúngico
  • Depois da celulose, a quitina é o polissacarídeo mais abundante na natureza. Os genomas microbianos têm se revelado fontes promissoras de enzimas capazes de degradar esse polissacarídeo recalcitrante, que poderão ser exploradas no desenvolvimento de produtos inovadores para a agricultura, medicina e indústria. Dentre as possíveis aplicações dessas enzimas estão o biocontrole de fungos patogênicos e a obtenção de quito-oligossacarídeos com atividade antibacteriana e com capacidade de suprimir tumores. O sequenciamento completo do genoma da bactéria de vida-livre Chromobacterium violaceum revelou genes com potenciais aplicações biotecnológicas em diversas áreas. O presente projeto de pesquisa tem como objetivo a validação experimental e caracterização funcional e estrutural de enzimas hidrolíticas e oxidativas codificadas no genoma de C. violaceum ATCC 12472, com uso potencial na desconstrução da quitina. Para tal, genes sintéticos codificando enzimas de C. violaceum pertencentes a diferentes famílias de hidrolases de glicosídeo e mono-oxigenases líticas de polissacarídeo serão usados para produzir as proteínas recombinantes em células de Escherichia coli. As proteínas recombinantes serão purificadas e caracterizadas em relação a aspectos bioquímicos e estruturais. Além disso, o potencial dessas enzimas de C. violaceum como moléculas antifúngicas também será avaliado.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thalles Vitelli Garcez

Engenharias

Engenharia de Produção
  • modelo de decisão para análise de risco multidimensional de acidentes de trânsito das rodovias federais no estado de pernambuco: uma abordagem multicritério dinâmica
  • Este projeto de pesquisa visa o desenvolvimento de um modelo de decisão para análise de risco de acidentes de trânsito nas rodovias federais, considerando a multidimensionalidade do risco e o processo de decisão dinâmico. Milhares de pessoas, todos os anos, são vítimas de acidentes de trânsito, constituindo um importante problema de saúde pública. Especificamente, no Brasil, os acidentes de trânsito representam uma das principais causas de morte e invalidez da população economicamente ativa. Múltiplos fatores de risco relacionado às condições das rodovias, aos condutores, ao ambiente e aos veículos podem suscitar em acidentes de trânsito. Além disso, é evidente a múltiplas dimensões de consequências decorrentes de acidentes de trânsito, que podem suscitar perdas materiais (financeiras), perdas ambientais, perdas humanas, perdas psicologias, perdas de força de trabalho, etc. O conhecimento e a análise da realidade desses acidentes podem auxiliar no planejamento de programas de prevenção adequados à realidade da rodovia. Para tal, este projeto de pesquisa se propõe, de forma inédita, a investigar a relação da multidimensionalidade do risco em acidentes de trânsito e a dinamicidade do processo de decisão nas rodovias federais. Espera-se, como resultado do modelo proposto, pôr à disposição da sociedade e dos órgãos relacionados à segurança viária, uma visão ampliada e estruturada do processo de decisão de análise de risco de acidentes nas rodovias federais, considerando os aspectos da multidimensionalidade do risco e dinamicidade do processo de decisão. Além disso, espera-se aplicar e validar o conhecimento adquirido através de estudo de caso no estado de Pernambuco.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thállitha Samih Wischral Jayme Vieira

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • ehrlichia em equinos: um achado ou um patógeno emergente?
  • Ehrlichia sp. são bactérias intracelulares obrigatórias, gram-negativas e pleomórficas que infectam uma grande variedade de espécies mamíferas. Entre os animais domésticos, a doença tem sido extensivamente estudada em cães, mas provavelmente negligenciada em outras espécies animais. Em equinos, poucos estudos descrevem a presença de anticorpos anti-Ehrlichia spp. e uma potencial nova espécie desta bactéria foi detectada molecularmente em cavalos clinicamente sadios de Nicarágua. Recentemente, nosso grupo detectou por meio de sorologia e métodos moleculares uma nova espécie de Ehrlichia sp. infectando equinos do Brasil, e com base na análise filogenética dos genes 16S rDNA, sodB e groEL é provável que ambas espécies encontradas na Nicaragua e no Brasil sejam as mesmas. Embora, os sinais clínicos da infecção e o vetor principal permaneçam desconhecidos, nossa hipótese é que a nova espécie de Ehrlichia é transmitida por carrapatos e infecta equinos no Brasil. Considerando o caráter zoonótico deste gênero de bactérias, associado ao contato íntimo entre equinos e seres humanos, a caracterização da espécie de Ehrlichia que infecta equinos se faz necessária para obter mais informações sobre a história natural deste agente. Assim, objetiva-se na presente proposta o isolamento, sorologia e caracterização molecular de Ehrlichia sp. em equinos e carrapatos, e os principais fatores associados a infecção. Para isto, um total de 384 amostras de sangue de cavalo serão coletadas de todos os seis biomas brasileiros. O estudo envolverá ainda a avaliação clínica dos animais, coleta e identificação de carrapatos, além do preenchimento de um questionário epidemiológico pelos proprietários dos animais. As amostras serão submetidas a reação de imunofluorescência indireta (RIFI) para detecção de anticorpos anti-Ehrlichia spp., isolamento em cultura de células DH82 e protocolos de PCR convencional e em tempo real para detecção de fragmentos do gene 16S rRNA, dsb, sodB, trp36 e groEL do gênero Ehrlichia, sequenciamento e análise filogenética. No Brasil, casos refratários de piroplasmose equina têm sido tratados com oxitetraciclina, fármaco tipicamente efetivo contra espécies de Ehrlichia. Desta forma, a erliquiose equina pode estar sendo negligenciada no país. Esperamos mapear a ocorrência de Ehrlichia sp. em cavalos nos biomas brasileiros. Além disso, o isolamento da nova espécie de Ehrlichia sp. em equinos fornecerá informações para a caracterização do agente, o vetor e os sinais clínicos da infecção, além de auxiliar no desenvolvimento de métodos diagnósticos específicos para o agente, estratégias de controle e prevenção do agente.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thannya Nascimento Soares

Ciências Biológicas

Botânica
  • delimitação genética das populações e espécies pterodon emarginatus e pterodon pubescens (leguminosae) no cerrado
  • A árvore popularmente denominada de “sucupira branca” engloba duas espécies de plantas, Pterodon emarginatus e Pterodon pubescens, que são morfológica e evolutivamente muito semelhantes, tanto que já foram consideradas como uma espécie apenas, apresentando variações de morfotipos. Estas espécies são muito utilizadas na medicina popular pelas comunidades da região do bioma Cerrado e também apresentam bom potencial de exploração da sua madeira, o que as coloca como importantes recursos genéticos florestais. O uso de diferentes marcadores moleculares (nucleares e cloroplastidiais) e de citogenética molecular pode auxiliar no entendimento da história evolutiva e do padrão de diversificação das populações e espécies do complexo “sucupira branca”. Além disso, o estudo de diversidade e estrutura genética destas populações é importante para o estabelecimento de estratégias eficientes para o aproveitamento da sucupira branca como recurso florestal, bem como para a sua conservação. Neste projeto serão realizados estudos de citogenômica, filogeografia e de estrutura genética populacional das espécies P. emarginatus e P. pubescens, com o intuito de fornecer informações sobre a história evolutiva das populações e processo de diversificação destas espécies.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thatianny Tanferri de Brito Paranaguá

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • avaliação do missed nursing care e sua associação com o nível de estresse no trabalho em serviços obstétricos das regiões norte e centro-oeste do brasil.
  • Introdução: A gravidez e o parto são processos complexos, com alto potencial de intercorrências e de incidentes que resultam em dano, denominados de eventos adversos (REIS, 2014; OMS, 2009). A incidência de eventos adversos em serviço obstétrico é estimada em 38,95% (TRAVERZIM, 2015). Poucos são os estudos que tratam dessa temática no contexto brasileiro, sendo essencial o seu incentivo em decorrência da demanda da população. No Distrito Federal, 26,6% das internações hospitalares são relacionadas à gravidez, parto e puerpério; na região Norte e Centro Oeste, essas internações correspondem, respectivamente, a 29,66% e 20,53% (BRASIL, 2016). Apesar da disponibilidade de serviços obstétricos de referência para as gestantes de alto e baixo risco, a alta demanda aliada à falta de recursos financeiros e de profissionais da saúde capacitados, eleva o risco de sobrecarga dos serviços de assistência à saúde (FREEDMAN, 2007). Diante disso, os profissionais se veem incapazes de fornecer todos os cuidados necessários a seus pacientes, sendo forçados a atrasar ou omitir alguns cuidados (AUSSERHOFER et al., 2014; JONES; HAMILTON; MURRY, 2015; KALISCH; LANDSTROM; HINSHAW, 2009). A deficiência de recursos humanos e materiais, trabalho em equipe e comunicação implica em necessidade de estabelecer prioridades no cuidado, caracterizando o cenário de omissão de cuidados ou missed care. O missed care é definido como omissão total ou em parte ou atraso de qualquer aspecto do cuidado necessário ao paciente (KALISCH; LANDSTROM; HINSHAW, 2009). Na enfermagem, o missed nursing care é um incidente de difícil identificação, porém com repercussões tão nocivas quanto aquelas consequentes dos erros de comissão, como um erro de administração de medicamento, por exemplo. O nível de estresse também pode estar associado ao baixo desempenho e está relacionado a uma percepção individual das demandas que são feitas, da capacidade de resolver tais demandas (controle no trabalho) e do apoio social. Ele é gerado quando há um desequilíbrio resultante da relação entre demandas no trabalho e a habilidade efetiva do trabalhador no enfrentamento das situações estressoras (CLANCY; MCVICAR, 2002; VIEIRA; GUIMARÃES; MARTINS, 1999). Frente ao exposto, questiona-se: Quais são os cuidados de enfermagem omitidos nos serviços obstétricos? Quais as razões atribuídas pelos profissionais para sua ocorrência? Existe relação entre o nível de estresse no trabalho e a ocorrência de missed nursing care obstétrico? Objetivo: Analisar a ocorrência de missed nursing care obstétrico e sua associação com o nível de estresse no ambiente de trabalho dos profissionais de enfermagem nas regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil. Objetivos Específicos: elaborar e validar um instrumento de avaliação de missed nursing care obstétrico; levantar a ocorrência de missed nursing care obstétrico nas regiões Norte e Centro-Oeste; analisar o nível de estresse no ambiente de trabalho da equipe de enfermagem em serviços obstétricos; verificar associação entre o missed nursing care e nível de estresse no ambiente de trabalho. Método: Estudo multicêntrico que adotará dois delineamentos metodológicos: 1) estudo metodológico que guiará o processo de elaboração e validação do instrumento de mensuração do missed nursing care obstétrico; 2) estudo observacional, transversal e analítico para o levantamento da ocorrência de missed nursing care obstétrico e nível de estresse no ambiente de trabalho. Na primeira etapa do estudo (validação do instrumento), a população será composta por dois grupos. Um consistirá no painel de especialistas que procederá a validação de conteúdo do instrumento elaborado. O outro (para validação psicométrica) consistirá nos profissionais da equipe de enfermagem que prestam assistência à parturiente, em um hospital público do Distrito Federal. Na segunda etapa do estudo, o cenário consistirá nos serviços de saúde de referência das capitais situadas nas Regiões Centro-Oeste e Norte. Serão incluídos no estudo profissionais de enfermagem que atuam no serviço pelo menos há um mês. Serão excluídos os profissionais que estiverem de licença ou férias no período de coleta de dados, profissionais que possuem cargo comissionado (em função administrativa) e profissionais com restrição de alguma atividade laboral (de peso, por exemplo) que poderá influenciar na resposta do estudo. Além do instrumento validado na primeira fase do estudo, será utilizado o “Job Stress Scale”, escala validada que avalia o nível de estresse no ambiente de trabalho. A coleta de dados durante o painel de especialistas se dará via web e, as demais fases serão realizadas no ambiente de trabalho do profissional. Os dados serão analisados com estatística descritiva e correlacional. A pesquisa atenderá todos os aspectos da Resolução nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde (BRASIL, 2013b); será encaminhado para o Comitê de Ética em Pesquisa, via Plataforma Brasil e somente será iniciado após sua aprovação. Resultados esperados: Validação do instrumento para avaliar o missed nursing care obstétrico; indicadores relacionados à ocorrência do missed nursing care; nível de estresse da equipe de enfermagem, no ambiente de trablho; relação entre nível de estresse e ocorrência de missed nursing care. Esperamos com este estudo levantar dados que identifiquem as fragilidades contidas nos serviços obstétricos e quais fatores, sinalizados pelos próprios autores do processo assistencial, que contribuem para omissão de cuidados obstétricos dos profissionais de enfermagem. Munidos destes dados, obteremos um diagnóstico e compreensão situacional que nos possibilitará construção de estratégias pontuais e assertivas, minimizando e corrigindo as deficiências institucionais e profissionais, melhorando a qualidade e segurança da assistência prestada às parturientes, puérperas e seus recém-nascidos.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022