Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Thaís Augusta Cunha de Oliveira Máximo

Ciências Humanas

Psicologia
  • a saúde dos trabalhadores da saúde no contexto da pandemia do covid-19: prevenção e cuidado
  • Este projeto tem como objetivo analisar o campo da saúde e segurança de trabalhadores da saúde que atuam no enfrentamento à Pandemia por Covid-19 no Nordeste; buscando, em específico, analisar a utilização dos EPIs por parte dos trabalhadores. Tomamos como referência as abordagens clínicas do trabalho. O projeto está subdivido em dois estudos, sendo o primeiro, um estudo quantitativo, com profissionais de saúde dos serviços de referência para atendimento à pessoas com Covid-19, com amostra pareada entre os nove estados do Nordeste. Os profissionais participantes do Estudo I serão convidados a participar do Estudo II, compondo uma amostra intencional e não probabilística. Será utilizado como instrumento para o estudo I, um questionário sociodemográfico e ocupacional, com vistas a analisar condições de trabalho, uso de EPIs e outras formas de cooperação e estratégias de defesa entre os trabalhadores da saúde. Já para o Estudo II, roteiro de entrevista semi-estruturado, desenvolvido com base nos resultados preliminares do Estudo I, buscando acessar episódios vivenciados pelos entrevistados durante a pandemia. Os questionários e entrevistas poderão ser aplicados a partir de estratégia presencial ou virtual, a depender das possibilidades de acesso às unidades de saúde, em decorrência do risco de contagio ainda do Covid-19. Em sendo possível a aplicação presencial, utilizaremos o software Kobo Toolbox (Kobo), para coleta e armazenamento de dados. Os dados serão analisados por meio de análise estatística descritiva e inferencial, utilizando um pacote estatístico, e os dados qualitativos por meio da análise textual com uso do IRaMuTeQ. A partir dos resultados da pesquisa pretende-se trabalhar com o desenvolvimento de um observatório de dados, através de um sistema web com painéis (dashboards), para acompanhar as segurança e condições de trabalho. Além de aplicativo para permitir a alimentação dos dados do observatório por parte dos profissionais. Como resultados do projeto, espera-se identificar lacunas no uso dos EPI`s tomando-se como referência, por um lado, o não fornecimento dos equipamentos, e por outro, a adesão à sua utilização e boas práticas no uso de EPI`s. Também espera-se gerar indicativos para um protocolo de atenção em segurança e saúde para trabalhadores da saúde em situações de calamidade pública, como no caso da pandemia pelo covid-19, mas também em situações de desastres.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Thais Baptista da Rocha

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • comportamento da linha de costa e vulnerabilidade à erosão costeira no complexo deltaico do rio paraíba do sul (rj)
  • As praias arenosas são ambientes dinâmicos que sofrem constantes processos de erosão e acreção, devido a alternância na energia das ondas, alterações no transporte litorâneo, variação do nível do mar, além de fatores antrópicos. No litoral fluminense, o Complexo Deltaico do Rio Paraíba do Sul (CDRPS) envolve cerca de 1/4 do litoral fluminense, e possui características de evolução quaternária, dinâmica sedimentar e exposição às ondas de tempestade diversificadas. Associado a esses fatores, a presença de obras de engenharia costeira faz com que esse litoral tenha um comportamento de linha de costa heterogêneo, com a presença de pontos localizados de intensa erosão costeira. Nesse sentido, o presente projeto de pesquisa tem como objetivo principal avaliar a dinâmica da Linha de Costa (LC) entre 1976 e 2021 no CDRPS, a partir da análise nas escalas interdecadal e interanual; bem como avaliar aspectos de dinâmica costeira, suscetibilidade e vulnerabilidade à erosão costeira. Para a avaliação da dinâmica da linha de costa na escala interdecadal serão utilizadas fotografias aéreas e ortofotos, abarcando o intervalo temporal entre 1976-2021. Para a avaliação na escala interanual, serão utilizados perfis de praia distribuídos ao longo do CDRPS, cujo intervalo temporal compreenderá aproximadamente quinze anos de monitoramento, de 2005 a 2021. A partir da utilização de geoindicadores, será avaliada a suscetibilidade à erosão costeira, baseado em critérios físicos. Já para mapear o grau de vulnerabilidade, serão utilizados critérios de ocupação da orla marítima. Apesar das previsões de mudanças climáticas e do aumento global do nível do mar, há poucos estudos sobre os possíveis impactos desses cenários na costa brasileira. Além disso, espera-se que com a proposta da Metodologia Multiescalar da Linha de Costa (MMLC), seja possível avaliar se os processos de erosão e acreção possuem significado de tendência ou de evento.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thaís Billalba Carvalho

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • manipulação de fatores ambientais para subsidiar a cadeia produtiva do matrinxã, brycon amazonicus (spix & agassiz, 1829)
  • A matrinxã (Brycon amazonicus) está entre as espécies com grande potencial para a piscicultura, devido ao seu bom desempenho produtivo. Entretanto, um dos entraves no sistema de criação é o reduzido fornecimento de juvenis, causado principalmente pela agressividade e alta mortalidade durante a larvicultura. Assim, este trabalho tem por objetivo propor melhores condições de intensidade luminosa, temperatura da água e salinidade, com o intuito de minimizar a exibição do comportamento agressivo e potencializar a sobrevivência e o desempenho em matrinxã. Além disso, pretende-se promover a divulgação do conhecimento científico aos produtores, por meio da discussão das dificuldades e perspectivas para a larvicultura dessa espécie. Este estudo foi dividido em cinco etapas: Etapa 1: serão testados três diferentes níveis de intensidade luminosa: menor (20 lx), intermediária (200 lx) e maior (2000 lx), com três repetições para cada tratamento. Etapa 2: serão comparados dois tratamentos experimentais: menor temperatura (24 °C) e maior temperatura da água (29 °C), com cinco repetições de cada tratamento. Etapa 3: larvas serão submetidas a três tratamentos experimentais: 0, 2 e 4 g de sal comum/L, com 10 repetições cada. Etapa 4: Para a validação das condições de intensidade luminosa, temperatura da água e salinidade, será comparado o desempenho zootécnico de juvenis de matrinxã submetidos à dois tratamentos experimentais (n=3) durante 30 dias: sistema teste= intensidade luminosa, temperatura e salinidade da água definidas nas etapas 1 a 3; sistema convencional= 20.000 lx, 29 0C e 0g/l de sal. Em períodos específicos será analisada a taxa de sobrevivência e os indicadores de desempenho zootécnico. Etapa 5: será realizado um workshop intitulado “Canibalismo e larvicultura de matrinx㔠constituído de um conjunto de mesa redonda, palestras e um momento para a troca de conhecimento com os produtores, tendo como finalidade o debate sobre o tema proposto. Assim, pretende-se disponibilizar informações que permitam contribuir para o desenvolvimento do setor produtivo e para a melhoria da produtividade do matrinxã, que é considerado uma potencialidade para suprir a demanda de consumo do pescado na região da Amazônia.
  • Universidade Federal do Amazonas - AM - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thaís de Bessa Gontijo de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • impactos legais da utilização de big data no processo de combate à inadimplência de uma concessionária de serviço público: desenvolvimento metodológico e testes em um banco de dados reais;
  • A Enacom tem desenvolvido diversos projetos para o setor elétrico que envolvem a utilização de inteligência computacional para o suporte à decisão. Entre os projetos em desenvolvimento, destaca-se o projeto para dar suporte ao combate à inadimplência que está em andamento para a Cemig Distribuição S.A. A Cemig tem convivido nos últimos anos com um aumento considerável dos clientes inadimplentes, sendo que em um dia típico a base chega à mais de 900 mil devedores de um volume de 8,5 milhões de clientes ativos. A Enacom desenvolve atualmente, como estratégia para resolver este problema, ferramenta que emprega processamento massivo de dados Big Data para identificar os clientes que sofrerão autuações como a negativação de crédito e cortes de energia. Este processamento é realizado de forma preditiva com métodos do tipo caixa preta, isto é, métodos que aprendem utilizando os dados sem definir aspecto de como o modelo deve funcionar. Esta proposta tem como objetivo estudar as implicações jurídicas da utilização destes modelos, definindo estratégias para avaliar se os modelos estão de acordo com as leis vigentes e, principalmente, se eles respeitam os objetivos fundamentais da República, em particular, se os problemas relativos à pobreza, à marginalização e às desigualdades sociais e regionais são agravados ou amenizados com o emprego dessas ferramentas. Com uma equipe multi-disciplinar, esta proposta explorará dados reais disponibilizados pela Cemig, em uma situação de grande impacto para a sociedade brasileira.
  • Engenharia Assistida por Computador - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thais Pires Miranda

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • estratégias reprodutivas e capacidade dispersiva de espécies de hydrozoa (cnidaria) na costa do brasil: uma abordagem filogeográfica
  • Nas espécies da classe Hydrozoa (filo Cnidaria), a fase planctônica de medusa (sexuada) é classicamente considerada mais eficiente para dispersão, enquanto que o pólipo (assexuado) é bentônico e vive em associação com outros objetos/organismos flutuantes. Na maioria das espécies, entretanto, ocorre a supressão da medusa e uma ampla variação de estratégias reprodutivas, as quais refletem-se em distribuições biogeográficas contraditórias de espécies holoplanctônicas (somente com medusa no ciclo de vida), meroplanctônicas (com medusas e pólipos no ciclo de vida) e bentônicas (somente com o pólipo no ciclo de vida). Abordagens filogeográficas específicas, relacionando fluxo gênico e estrutura genética com diferentes estratégias reprodutivas em Hydrozoa são raras/inexistentes e, portanto, este projeto tem como objetivo investigar a capacidade dispersiva de hidrozoários holoplanctônicos, meroplanctônicos e bentônicos, tendo como base o uso de DNAmt e nuclear para uma abordagem filogeográfica. Usaremos como espécies-modelo de estudo para cada ciclo, Liriope tetraphylla (ciclo holoplanctônico), Obelia geniculata (ciclo meroplanctônico) e Eudendrium carneum (ciclo bentônico). Serão coletados 10-15 indivíduos de cada espécie nos ambientes planctônico (L. tetraphylla) e bentônico (O. geniculata e E. carneum) das três províncias biogeográficas marinhas brasileiras existentes, representadas, a princípio, pelas regiões municipais de Salinópolis (PA), Maceió (AL), Aracruz (ES), São Sebastião (SP) e Bombinhas (SC). As análises filogeográficas serão feitas por meio do sequenciamento dos genes ITS (nuclear), COI e 16S (mitocondriais). O gene 16S, comumente usado como barcode em estudos com Hydrozoa, também será utilizado para a confirmação da identificação prévia das espécies. A construção de árvores filogenéticas e de hipóteses de coalescência serão feitas por Máxima Parcimônia, Máxima Verossimilhança e inferência Bayesiana. As análises populacionais serão feitas com base em AMOVA e estatísticas F de Wright. Ademais, calcularemos a estrutura genética das populações e os índices de diversidade haplotípica e nucleotídica (sequências COI e ITS), e construiremos uma rede de haplótipos para a análise da relação entre os indivíduos e populações. Espera-se com este projeto, obter maior clareza com relação ao papel biogeográfico da medusa na distribuição das espécies de Hydrozoa e um maior entendimento filogeográfico das espécies estudadas. Adicionalmente, espera-se obter informações sobre as diferentes estratégias reprodutivas e a capacidade dispersiva da classe como um todo. O estudo tem potencial de fornecer informações importantes para maior entendimento de padrões biogeográficos e filogeográficos marinhos em associação com diferentes biologias de espécies de invertebrados.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022