Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Daniela Renata Cantane

Engenharias

Engenharia de Produção
  • a pesquisa operacional aplicada na área da saúde
  • Este projeto consiste na investigação de modelos de otimização aplicados em processos na área da saúde, visando auxiliar os gestores desta área na resolução de problemas e nas tomadas de decisões de forma rápida e eficaz. Além disso, metodologias para resolução dos modelos formulados também serão investigadas, baseando-se em técnicas clássicas e heurísticas, assim como novas propostas abordando técnicas híbridas para melhoria de convergências para a solução ótima global e rapidez computacional, fatores muito importantes na área de saúde. O foco principal desta pesquisa são problemas de planejamento de radioterapia e braquiterapia, e planejamento da distribuição de alimentos para famílias em situação de insegurança alimentar. O planejamento de terapias por radiação é frequentemente realizado por meio de tentativa e erro, o que pode acarretar em problemas futuros ao organismo dos pacientes. Neste sentido, o planejamento otimizado da radioterapia e da braquiterapia é de suma importância para eliminação de células tumorais e proteção dos tecidos saudáveis. Tal planejamento pode ser auxiliado por modelos de otimização e consiste em determinar a posição de feixes de radiação, assim como a quantidade de dose a ser emitida por estes, de forma que haja uma conformação da dose, oferecendo uma dose capaz de eliminar o tumor e poupar os tecidos saudáveis dos efeitos nocivos da radiação. A otimização também pode ser usada para obter um planejamento da distribuição de alimentos para famílias em situação de insegurança alimentar, visto que a pandemia devido à Covid-19 impactou negativamente a saúde e a renda familiar de cerca de 272 milhões de pessoas em todo o mundo e, consequentemente, tais indivíduos vivem em situação de insegurança alimentar. Portanto, esta pesquisa promoverá: assistência no combate à fome; saúde, com base na nutrição saudável e equilibrada; redução do desperdício ou perda de alimentos e, portanto, auxílio na conservação e uso sustentável da biodiversidade.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Daniela Riva Knauth

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • contextos de vulnerabilidade ao hiv entre jovens de camadas populares: um estudo multicêntrico em cinco cidades do brasil
  • Os dados do Ministério da Saúde indicam um aumento na taxa de detecção de Aids entre os homens mais jovens, especialmente na faixa de 15 a 24 anos. Observa-se também o crescimento de notificações de outras infecções sexualmente transmissíveis (IST), como a sífilis na faixa etária de 13 a 19 anos. Frente a este cenário, o presente estudo tem por objetivo geral compreender os contextos de exposição ao HIV e outras ISTs de adolescentes e jovens (15 a 19 anos) no âmbito comunitário e identificar a diversidade regional no nível do próprio território neste segmento da população. Busca-se comparar os contextos comunitários de cinco cidades brasileiras: Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Manaus. O presente estudo se configura enquanto uma pesquisa de tipo formativa, isto é, que utiliza prioritariamente metodologia qualitativa de investigação a fim de obter dados que possam auxiliar o desenvolvimento de intervenções. A fim de dar conta dos diferentes objetivos do estudo, serão utilizadas diferentes técnicas de coleta de dados. Utilizaremos a observação etnográfica para mapear as áreas de interação social. As concepções sobre risco, HIV/Aids, estratégias de prevenção acionadas e relação com os serviços de saúde serão apreendidas através de entrevistas semiestruturadas com adolescentes e jovens. A fim de identificar as estratégias de intervenção mais eficazes para o público jovem, serão realizados grupos focais com adolescentes e jovens. A pesquisa será realizada em comunidades da região periférica das cidades do Rio de Janeiro, Salvador e Manaus (em Porto Alegre e São Paulo estudo semelhante já foi desenvolvido e os dados serão comparados com os das três cidades em estudo). No Rio de Janeiro, a pesquisa será feita em uma das comunidades da Maré; em Salvador no Bairro de Arenoso em Manaus no bairro Educandos. Os dados das observações etnográficas serão registrados em diários de campo em meio digital. As entrevistas semiestruturadas e os grupos focais serão registrados em áudio e serão transcritos na íntegra. Todos os dados serão categorizados a partir dos objetivos do estudo e das categorias teóricas que orientam a pesquisa, tais como sociabilidade, gênero, sexualidade, risco, entre outras. Buscar-se-á também nos dados temas emergentes, isto é, que tenha surgidos no contexto empírico do estudo. Os dados serão analisados de forma comparativa considerando os cinco municípios, buscando aspectos comuns e as especificidades de cada contexto. O presente projeto terá como resultado principal analisar os contextos de vulnerabilidade ao HIV e outras ISTs de adolescentes e jovens no âmbito comunitário e identificar as diversidades existentes entre as regiões e no próprio território. Este estudo tem potencial para subsidiar o planejamento de ações de prevenção do HIV direcionadas à população jovem nos municípios nos quais a pesquisa será desenvolvida. Outro resultado esperado do estudo é o desenvolvimento de estratégias mais efetivas para facilitar o acesso a informações sobre sexualidade, infecções sexualmente transmissíveis e Aids, formas de disponibilização e divulgação na comunidade dos insumos de prevenção, estratégias de estímulo à testagem e de vínculo com os serviços de saúde.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 03/02/2020-28/02/2023
Foto de perfil

Daniele de Paula Faria

Ciências da Saúde

Medicina
  • imagem molecular para avaliação do efeito do canabidiol no processo de neuroinflamação em modelo transgênico de síndrome de down
  • A síndrome de Down (SD) é uma síndrome genética causada pela trissomia do cromossomo 21. O processo de envelhecimento nesta síndrome é acelerado e a incidência da doença de Alzheimer (DA) é maior e mais precoce que na população sem a síndrome. Sendo que a DA se apresenta de forma precoce na SD, é importante o estudo de intervenções precoces que possam evitar ou retardar as manifestações sintomáticas da demência, assim como tecnologias que possibilitem esta avaliação de forma não invasiva, como a utilização de técnicas de imageamento cerebral. O canabidiol será avaliado como tratamento para diminuir o processo de neuroinflamação presente no processo de envelhecimento na SD, sendo que este será administrado pela primeira vez nesta síndrome, mas já apresentou resultados promissores como anti-inflamatório em outras patologias. Hipotetizamos que o uso do canabidiol irá diminuir o processo inflamatório dos animais com SD e assim retardar (ou evitar) o declínio da memória nesses animais. Estudos preliminares de nosso grupo mostram que os animais SD começam apresentar aumento de neuroinflamação a partir dos 8 meses de idade e este aumento é crescente com o envelhecimento. Para testar nossa hipótese, utilizaremos animais transgênicos para SD, assim como animais transgênicos para DA, de modo a avaliar o efeito do tratamento do canabidiol na presença e ausência da síndrome. Será utilizada a tomografia por emissão de pósitrons (PET) com 11C-PK11195 (marcador de ativação microglial) e coletas de biofluidos (líquido cefalorraquidiano e sangue) para possibilitar a avaliação longitudinal dos efeitos do tratamento em diferentes idades, assim como o teste de reconhecimento de objetos para avaliar memórias de curto e longo prazo. Baseado no potencial anti-inflamatório do canabidiol e seu perfil de alta segurança de uso - já utilizados inclusive em crianças – esse estudo experimental tem um alto potencial translacional e poder servir de prova de princípio para estudos clínicos futuros.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Daniele dos Santos Martins

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • uso das células tronco como fonte de recursos genéticos para a avifauna silvestre brasileira
  • Atualmente, o Brasil é o segundo país do mundo em maior número de espécies de aves, contabilizando 1.919 espécies, sendo o país com o maior número de novas espécies descobertas na última década, todavia apresenta o maior número de aves ameaçadas 164 espécies. As aves brasileiras são animais alvo da ação antrópica ambiental, bem como do tráfico de animais silvestres; assim torna-se necessário buscar métodos para a preservação das espécies que impeçam a redução da variabilidade e até mesmo sua extinção. A conservação de recursos genéticos apresenta-se como uma alternativa para a diminuição da perda contínua de animais devido à degradação ambiental, sendo os bancos de recursos genéticos uma possibilidade de conservação do material genético de uso imediato ou com potencial de uso futuro. Entretanto um problema enfrentado em aves é a extração e criopreservação adequada das células de diferentes tecidos. Desta forma nossa proposta visa desenvolver uma técnica eficiente para extração, isolamento e criopreservação das células do folículo das penas de aves, uma vez que neste tecido encontramos células com potencial multipotente responsáveis pela proliferação de linhagens celulares para a formação de tecidos específicos. O trabalho utilizará técnicas histológicas, cultivo celular e imunocitoquimica a fim de compreender melhor a dinâmica celular, bem como estabelecer a melhor técnica a ser disponibilizada para preservação das espécies. A utilização das células dos folículos das penas é um método alternativo ao uso de embriões em aves silvestres é sem dúvida um excelente caminho devido à facilidade em obter células somáticas dessas espécies, sem passar pela dificuldade de obtenção de um ovo fecundado e sem eutanasiar embriões. Portanto o presente trabalho abrange os desafios e perspectivas da conservação de material genético de aves silvestres no Brasil, podendo no futuro, servir como uma ferramenta valiosa para a preservação de espécies de aves ameaçadas de extinção.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Daniele Sirineu Pereira

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • efeito do exercício na produção de miocinas, cognição, sintomas neuropsiquiátricos e capacidade funcional em idosos com demência – um ensaio clínico aleatorizado
  • As demências são um problema social e de saúde pública, pela alta prevalência e serem uma das principais causas de dependência funcional, institucionalização e morte em idosos. Apesar das evidências dos benefícios do exercício, não há consenso sobre a modalidade mais eficaz para retardar as perdas cognitivas e motoras e há escassez de informações sobre seus efeitos na produção de miocinas e redução da neuroinflamação que acompanha as demências. Identificar estratégias de baixo custo direcionada a mecanismos da neuroinflamação e do declínio cognitivo e físico-funcional, é essencial para direcionar novas abordagens de reabilitação. Objetivo: investigar a associação entre dosagens de miocinas (neuroinflamação), cognição, sintomas neuropsiquiátricos e capacidade funcional em idosos com demência grau leve, e comparar a eficácia de dois programas de exercícios físicos, fortalecimento muscular progressivo e treinamento funcional, sobre essas variáveis. Metodologia: Este é um ensaio clínico aleatorizado, do tipo simples cego, com idosos comunitários com diagnóstico de demência, grau leve, randomizados para um dos grupos de exercício físico, realizados 2 vezes por semana, por 15 semanas. Serão coletados dados sociodemográficos e clínicos, avaliação da função cognitiva, sintomas neuropsiquiátricos, capacidade funcional, risco de cair e coleta sanguínea para dosagem de miocinas, pré e pós-intervenção. Análise de regressão linear e variância ANOVA 2 x 2 serão realizadas para investigar a associação entre as variáveis e para avaliar a eficácia das intervenções. Diante do impacto negativo das demências na funcionalidade de idosos, investigar os mecanismos neurobiológicos e funcionais afetados na demência e a eficácia de programas específicos de exercício sobre desfechos relevantes para idosos e seus familiares, podem abrir novas perspectivas de ações preventivas e terapêuticas na área da fisioterapia, geriatria e gerontologia, para abordagem adequada desses pacientes.
  • Escola de Educação Física, Fisioterapia e TO-UFMG - MG - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Danielle Aparecida Gomes Pereira

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • eficácia da reabilitação domiciliar em comparação com a reabilitação presencial em indivíduos com doença arterial periférica: um ensaio clínico aleatorizado
  • A intervenção com exercício físico supervisionado é reconhecida como tratamento de primeira linha em indivíduos com doença arterial periférica (DAP). Entretanto, programas supervisionados permanecem subutilizados e apresentam baixas taxas de participação e adesão. Esse quadro de subutilização foi reforçado pelo distanciamento social imposto pela pandemia do novo Coronavírus. Assim, programas domiciliares têm sido encorajados e a utilização de tecnologias móveis de saúde pode contribuir para o fornecimento de um tratamento a distância eficaz, capaz de suprir barreiras para participação na reabilitação. As evidências ainda são conflitantes quanto a eficácia da reabilitação domiciliar na DAP e sugerem que apesar de não apresentar resultados tão significativos quanto os programas de exercício supervisionado, ela deve ser recomendada quando a reabilitação presencial não está acessível. Não são encontrados estudos que tenham investigado esse modelo de reabilitação em países de baixa e média renda, onde os serviços de reabilitação vascular são escassos. A proposta dessa pesquisa é investigar se um programa domiciliar de exercício com telerreabilitação é uma abordagem que promove efeitos similares ao programa de exercício supervisionado em relação a capacidade funcional, oxigenação muscular periférica (avaliada pela near infreared spectroscopy - NIRS) e qualidade de vida de indivíduos com DAP. Será desenvolvido um ensaio clínico aleatorizado paralelo, simples cego, constituído por dois grupos: programa domiciliar de exercícios com telerreabilitação (PDET) e programa de reabilitação presencial ambulatorial (PRPA). A intervenção durará 12 semanas. Grupo PRPA participará de sessões presenciais de exercício supervisionado e o grupo PDET realizará exercício com supervisão a distância, com sessões domiciliares monitoradas por pedômetro, cardiofrequencímetro e percepção subjetiva do esforço, registro em diário e acompanhamento por ligações telefônicas.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 23/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Danielle Biscaro Pedrolli

Ciências Biológicas

Genética
  • desenvolvimento de uma plataforma sustentável para a produção de derivados do glutamato
  • Nas últimas décadas, muitos processos químicos foram substituídos com sucesso por processos biológicos. A transição de uma economia baseada em combustíveis fósseis para uma bioeconomia é um passo importante para reduzir as emissões globais de carbono e aumentar a sustentabilidade dos processos industriais. Além disso, as preocupações com segurança e saúde associadas à produção e uso de compostos sintéticos têm fomentado uma demanda crescente por produtos naturais ambientalmente sustentáveis. Uma parte crescente da bioeconomia é desempenhada pela produção de biocompostos a partir da biomassa. Entre os biocompostos que podem ser produzidos a partir de biomassa, aminoácidos, peptídeos não ribossomais e policetídeos despertam grande interesse devido ao seu uso potencial em uma ampla gama de produtos indústrias, incluindo produtos farmacêuticos, polímeros, aromas e fragrâncias e corantes naturais. No entanto, esses produtos não podem ser suficientemente produzidos e extraídos de fontes naturais, como plantas e microrganismos selvagens. Ferramentas de biologia sintética e engenharia metabólica desenvolvidas recentemente aumentaram muito nossa capacidade de construir linhagens com uma capacidade ampliada de produzir compostos naturais e não naturais. Neste projeto propomos a engenharia sistemática de linhagens microbianas para desenvolver uma plataforma de produção de derivados do L-glutamato. Para atingir esse objetivo, usaremos análise de balanço de fluxos metabólicos para prever os melhores alvos para engenharia e ferramentas moleculares modernas, como edição por CRISPR, tecnologia de RNAs sintéticos e controle dinâmico de expressão gênica. Para demonstrar o potencial da plataforma, a produção de glutamato será direcionada para a biossíntese de surfactina e indigoidina, compostos de alto interesse industrial.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Danielle Costa Morais

Engenharias

Engenharia de Produção
  • construção de modelos de decisão multicritério e de decisão em grupo e negociacao para solução de problemas em sistemas de produção
  • O estudo envolve a construção de modelos de decisão multicritério individual e em grupo e negociação para resolver problemas em sistemas de produção com foco em algumas questões mais específicas. Serão consideradas as problemáticas de seleção, ordenação e classificação de alternativas, portfólio de projetos e processos de negociação. O uso de métodos de apoio multicritério a decisão e negociação em alguns contextos tem permitido a contribuição de procedimentos formais em novos campos de aplicação e a solução de problemas com características peculiares. Muitas vezes o estudo para desenvolvimento de modelos de decisão nestes problemas permite a visualização e o estabelecimento de novas necessidades de evolução teórica nos métodos já desenvolvidos. Serão desenvolvidos estudos para a compreensão do processo de elicitação das preferências do decisor em modelos de decisão. Para a problemática de seleção, ordenação e classificação de alternativas será dada ênfase no processo de elicitação de constantes de escala no modelo aditivo, com o método FITradeoff, e nos parâmetros e limiares do método de sobreclassificação PROMETHE-ROC. A questão de decisão em grupo e negociação será também analisada neste estudo. Para a problemática de portfólio de projetos serão estudados outros detalhes em relação ao problema de incompatibilidade de algumas escalas nos múltiplos critérios. Serão considerados o método FITradeoff e o PROMETHEE V com uso do conceito c-optimal. Estes tópicos poderão ser contextualizados em Empresas de Petróleo e Gás e/ou de Energia Elétrica (EEE) e de Recursos Hídricos. Em função do contexto destas Empresas estudadas serão considerados também procedimentos de decisão em grupo e negociação. Espera-se a construção de modelos e sistemas de apoio a decisão e negociação para gestão dos recursos hídricos, gestão de portfólio de projetos, gerenciamento de riscos, Gestão de Ativos e Avaliação de maturidade de sistemas produtivos.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Danielle Franklin de Carvalho

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • projeto de pesquisa, extensão e formação no cuidado da obesidade, hipertensão arterial e diabetes no âmbito da atenção primária à saúde do estado da paraíba
  • As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) representam um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Em 2016-2017, 71,0% e 56,4% das mortes globais e do Brasil estavam relacionadas com estas doenças. A obesidade configura-se como um sério problema de saúde pública e traz consequências deletérias para a saúde, inclusive sendo importante fator de risco de várias outras doenças crônicas não transmissíveis, como a hipertensão arterial (HA) e o diabetes mellitus tipo 2 (DM2). Em João Pessoa-PB, em 2019, de acordo com dados do Sistema Nacional de Vigilância Nutricional (SISVAN), a prevalência de obesidade foi de 27,0%. No mesmo ano, de acordo com a Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (VIGITEL), a frequência de adultos que referiram diagnóstico médico de hipertensão arterial foi de 25,6% em João Pessoa – PB. Já no caso do diabetes a prevalência na capital Paraibana foi de 6,8%. As informações dos municípios do interior do Estado são bastante mais escassas. Apesar da implantação de várias ações recomendadas pelo Ministério da Saúde (MS) e pelo plano de ações estratégicas para o enfrentamento das doenças crônicas no Brasil (2011-2022), observa-se a manutenção de um quadro preocupante. O Ministério da Saúde (MS) recomenda que as ações para a atenção às DCNT sejam realizadas de maneira oportuna nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), nas academias de saúde e nas escolas. Para tanto, faz-se necessário um investimento na capacitação dos profissionais de saúde, na promoção à saúde, além de instituir ações de avaliação das intervenções propostas. Neste sentido este projeto tem como objetivo fortalecer o cuidado aos usuários com obesidade, hipertensão arterial e diabetes mellitus no âmbito da Atenção Primária do Sistema Único de Saúde da Paraíba (APS-SUS-PB) por meio do desenvolvimento de um conjunto de ações de pesquisa, extensão e formação de gestores e trabalhadores do SUS no território local. A intervenção será baseada na utilização de uma plataforma desenvolvida por pesquisadores da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Universidade Estadual da Paraíba desde 2019, com financiamento do Ministério da Saúde e apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento e Pesquisa (CNPq), denominada “TeiKer”. Esta plataforma abriga um curso de formação para o cuidado à obesidade que será ampliado para abordar também, em profundidade a hipertensão arterial (HA) e o diabetes mellitus, comorbidades frequentemente associadas à obesidade. A “TeiKer” constitui uma plataforma auto adaptativa que evolui por meio de uma Inteligência Híbrida (Humana-Artificial), cujo ambiente virtual de aprendizagem possui infraestrutura de tecnologias de educomunicação e sistema de informação georreferenciado, que permite a coleta de informações na própria plataforma. As ações serão distribuídas em quatro eixos: Eixo 1 - “Pesquisa e desenvolvimento”, que visa desenvolver uma avaliação situacional da qualidade do cuidado às pessoas com DCNT, da organização do processo de trabalho das equipes e das necessidades de formação de profissionais de nível superior e de gestores da APS. Para tanto, será elaborado um instrumento de coleta de informações que deverá ser aplicado junto aos profissionais e gestores, via plataforma TeiKer e assim identificar os principais desafios encontrados para o processo de implementação de programas estratégicos de cuidado e controle à obesidade, HAS e DM no âmbito da APS, além de avaliar as capacidades, habilidades e competências dos profissionais. O Eixo 2 – “Formação”, tem como principal objetivo criar mecanismos de continuidade da formação e capacitação dos gestores e profissionais de saúde inseridos na APS, através de desenvolvimento de capacidades voltadas à articulação intra e intersetorial e à implantação de ações efetivas e inovadoras para prevenção e tratamento da obesidade. Para tanto, serão oferecidos cursos de capacitação semipresenciais, com auxílio da plataforma TeiKer. O Eixo 3 – “Avaliação”, visa pactuar indicadores de monitoramento e avaliação dos municípios do Estado, elaborando sistemas simples de apoio à decisão para a gestão, baseado nos indicadores pactuado com os gestores, além de realizar uma avaliação referente ao impacto do curso de formação na prática profissional e nas atividades da gestão, seis e nove meses após sua realização. Por fim, o Eixo 4 – “Difusão e tradução do conhecimento” visa divulgar e replicar ações bem-sucedidas no cuidado à obesidade, HAS e DM, especialmente relativo às práticas existentes nas UBS voltadas para prevenção ou tratamento destes usuários. As ações de difusão serão realizadas continuamente através dos meios de comunicação, incluindo as redes sociais e a própria plataforma do TeiKer, construída para esse fim. Também serão realizados encontros com gestores estaduais e municipais de saúde. Espera-se caracterizar a situação da prevalência destas DCNT na Paraíba e da gestão em saúde voltada para o cuidado destes problemas, além de realizar ações que visam implementar as políticas preconizadas pelo MS. Espera-se alcançar uma ampla capacitação dos profissionais de saúde e gestores, bem como o fortalecimento do vínculo entre academia e assistência através das parceiras realizadas entres as instituições de ensino e as secretarias de saúde e educação, com uma formação mais crítica e reflexiva de alunos de graduação e pós-graduação, bem como apresentação de trabalhos em congresso científicos nacionais e internacionais e publicação de artigos científicos em revistas de impacto nas áreas de interesse. Palavras-chave: Doenças crônicas não transmissíveis, Atenção Primária à Saúde, Formação Profissional em Saúde.
  • Universidade Estadual da Paraíba - PB - Brasil
  • 26/01/2021-31/01/2024
Foto de perfil

Danielle Macêdo Gaspar

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • complicações neuropsiquiátricas decorrentes da exposição pré-natal ao vírus sars-cov2: “atenção ao binômio mãe-bebê”
  • O coronavírus 2 da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2) é responsável pela maior crise de saúde pública mundial dos últimos 50 anos. O número de infectados e óbitos associados a COVID-19 tem crescido exponencialmente. No Brasil, o estado do Ceará é um dos estados com maior número de casos de COVID-19. O SARS-CoV2 apresenta importante neurotropismo causando ampla gama de manifestações neuropsiquiátricas. No quadro agudo por COVID-19, cerca de 36% dos pacientes apresentam sintomas neuropsiquiátricos, como cefaleia, alterações de consciência e mudanças de humor, sendo que na infecção, fatores como a toxemia sistêmica “tempestade citocinas”, alterações metabólicas e hidroeletrolíticas e hipóxia seriam os responsáveis pelo dano cerebral e edema. Entretanto, o SARS-CoV2 foi identificado no cérebro e no líquor de pacientes mostrando que mecanismos virais diretos e indiretos podem contribuir para as manifestações neuropsiquiátricas dessa doença. Evidências mostram que citocinas liberadas durante a infecção viral e não exatamente um efeito direto do vírus estaria subjacente ao surgimento de alterações neuropsiquiátricas como autismo e esquizofrenia, o que reforça a importância do estudo na COVID-19 e sua consequente “tempestade de citocinas”. Desta forma, considerando o enorme número de casos recentes da COVID-19 e a ampla frente de expansão desse vírus no Brasil, identificar precocemente os casos gestacionais de COVID-19 e entender as complicações neuropsiquiátricas que podem estar associadas ao vírus, é de suma relevância para a aplicação de estratégias preventivas/curativas efetivas. Portanto, o presente estudo se reveste de importância por possibilitar fornecer respostas e ferramentas para questões que afetam não apenas a essa geração, mas que potencialmente poderão afetar a próxima geração, na forma de transtornos mentais. Baseado no racional acima exposto, a rede formada por pesquisadores da UFC, UFMG, Fiocruz PE e CE, USP-RP e University of Liverpool, através do presente projeto, se propõe a avaliar alterações neuropsiquiátricas em diferentes fases da vida da prole de mães infectadas com o vírus SARS-CoV2 em períodos gestacionais distintos buscando mecanismos centrais e periféricos associados a estas alterações. Para responder a este objetivo serão conduzidos protocolo experimental pré-clínico e clínico. Através do estudo pré-clínico a ser conduzido em animais transgênicos, K18-hACE2, iremos avaliar a ocorrência de alterações comportamentais que se assemelham a transtornos neurodesenvolvimentais, como autismo e esquizofrenia, em camundongos filhotes, periadolescentes e adultos, de ambos os sexos, provenientes de mães expostas ao vírus SARS-CoV2 em diferentes períodos gestacionais, bem como de mecanismos centrais e periféricos associados a estas alterações. Através deste objetivo vamos testar a hipótese de que o aumento nos níveis de citocinas e cortisol no sangue de camundongos grávidos causa alterações comportamentais a longo prazo similares a doenças neurodesenvolvimentais como autismo e esquizofrenia. Dependendo dos resultados obtidos testaremos o efeito preventivo do tratamento com doxiciclina, um fármaco anti-inflamatório e neuroprotetor. No protocolo clínico, iremos determinar alterações imuno-inflamatórias em gestantes com COVID-19 e em sua prole. Neste objetivo testaremos a hipótese de que gestantes com COVID-19 apresentam um elevado nível plasmático de mediadores inflamatórios que podem ser transmitidos ao feto, e que causariam um aumento na susceptibilidade para o desenvolvimento de transtornos do neurodesenvolvimento. No protocolo clínico as gestantes com quadro confirmado de COVID-19 serão acompanhadas por toda a gravidez sendo colhidas amostras de sangue para o isolamento de exossomas (vesículas extrasinápticas). Os exossomas estão sendo considerados como marcadores na comunicação mãe-feto. Ao nascimento do bebê a placenta será utilizada para estudos ultraestrutura, bem como será coletado líquido amniótico para avaliação da presença do vírus e de marcadores inflamatórios. Os bebês serão acompanhados por 18 meses para determinação de possíveis alterações neurocomportamentais. Merece destaque o fato do grupo de pesquisadores envolvidos no presente projeto apresentar ampla experiência nas diversas áreas envolvidas no projeto, sendo o mesmo formado por neurocientistas, imunologistas, virologistas, especialista em medicina fetal e especialistas em pesquisa translacional. Outro ponto que merece destaque é a infraestrutura das Instituições envolvidas no projeto, neste contexto a UFC na tentativa de dar uma resposta rápida às demandas da Pandemia por COVID-19 está investindo em uma estrutura com nível de segurança 3 (NB3) que permite desenvolver todas as etapas da pesquisa pré-clínica. Acreditamos que com a execução da presente pesquisa translacional possamos antecipar dados mostrando um possível desenvolvimento futuro (nos próximos 20 anos) de transtornos neuropsiquiátricos desencadeados pela COVID-19. Isto é de suma relevância para o desenvolvimento de estratégias de prevenção, bem como preparo do SUS para lidar com esta situação.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 27/08/2020-26/09/2022
Foto de perfil

Danielle Queiroz Calcagno

Ciências Biológicas

Genética
  • influência do ambiente circulatório no carcinoma de mama triplo negativo metastático
  • O câncer de mama é a doença maligna mais comum que afeta as mulheres, sendo o subtipo triplo negativo (TN) considerado o de pior prognóstico com alta frequência de metástase [1]. Sabe-se que as plaquetas possuem papel importante na metástase tumoral , que podem receber RNAs e proteínas de células tumorais que ocasionam uma modificação na funcionalidade das mesmas. Essas plaquetas educadas pelo tumor (TEPs) promovem a sobrevivência das células tumorais circulantes (CTCs) protegendo da vigilância imunológica, bem como influenciam na adesão celular, parada na vasculatura e permeabilidade vascular, contribuindo para disseminação metastática [2-6]. A assinatura de miRNAs (pequenos RNAs não-codificantes) de TEPs tem sido apontada como ferramenta de biópsia líquida com potencial diagnóstico, prognóstico e terapêutico [5-7]. Entretanto, a assinatura de miRNAs de TEPs em tumores TN, bem como a associação com CTCs e outras células ainda não foi elucidada. A hipótese é que o perfil de miRNAs das TEPs de pacientes com TN metastático contribui para disseminação tumoral. A expressão de miRNAs de plaquetas é anormal e específica para cada tumor. Os miRNAs de plaquetas teriam maior precisão e especificidade do que os marcadores convencionais de detecção tumoral e miRNAs circulantes no diagnóstico de tumor. Os miRNAs enriquecidos com plaquetas podem influenciar o tumor: regulando a proliferação, na metástase, resposta imune, trombose e terapia antitumoral [5,6]. Temos uma oportunidade única de combinar a expertise de centros de pesquisa de 2 regiões do país para elucidar o perfil molecular de TEPs em tumores TN através do sequenciamento NGS. Posteriormente, correlacionar a assinatura de miRNAs com o fenótipo invasivo e tronco das CTCs, caracterização fenotípica de TAMs e ativação do endotélio através de estudos funcionais. Esse conhecimento será importante para a identificação de alvos terapêuticos e biomarcadores, que vão melhorar a precisão diagnóstica e a predição prognóstica.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 06/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Danielle Ramos Brasiliense

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • masculinidades na encruzilhada: as novas possibilidades de gênero e suas produções midiáticas.
  • Esta pesquisa pretende trabalhar a partir de dois caminhos: 1)examinar os discursos que vêm sendo construídos e reforçados midiaticamente sobre as masculinidades;2)mapear as performances geradas como produção de sentidos das novas masculinidades. Na primeira proposta iremos analisar como determinadas estratégias enunciativas, utilizadas na produção das publicações midiáticas das redes sociais contribuem para um processo de afirmação ou descontrução da performance, especialmente, masculina heteronormativa. Como segundo ponto consideramos importante pensar exatamente o lugar de choque, de cruzamentos narrativos, que diz respeito à luta discursivo/performática pelas mudanças dos modelos tradicionais de gênero. Este método será usado para identificar os embates e as violências, onde nasce a indeterminação dos gêneros e todas as novidades advindas desses cruzamentos. Este estudo terá os discursos atuais sobre o mito da masculinidade como parâmetro para pensar as novas condições de masculinidades. A ideia é perceber como esses discursos se atravessam. Mais especificamente será feita uma observação aos grupos considerados masculinistas e que fazem parte do que se denominou machoesphere por comunidades criadas na internet, que se prontificam em reforçar a cultura da masculinidade heteronormativa, machista, misóginas, homofóbicas e transfóbicas. Concomitantemente serão analisadas as novas possibilidades de produção narrativo/performáticas da masculinidade como: grupos de homens hetero com pretensões de desconstruir o machismo; homens trans e da geração queer. Compreender a dinâmica a respeito da produção narcisista e perversa das masculinidades é essencial para pensar tanto nas memórias e consequências da cultura patriarcal, e seus privilégios sociais, quanto às violências aplicadas aos novos discursos de gênero produzidos pela diversidade. A ideia é analisar grupos de Whatsapp, Instagram, Podcasts, Youtube e Artes Visuais.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Danielo Gonçalves Gomes

Engenharias

Engenharia Biomédica
  • simone: sensoriamento e monitoramento remoto da vitalidade fetal
  • Este projeto propõe o SiMONE, um sistema computacional inteligente e inovador para apoio à decisão médica na detecção e predição de fatores de risco e patologias fetais. A partir de bases de dados de biossinais da frequência cardíaca fetal, de contrações uterinas e de fluxo sanguíneo fetal (imagens via exame ultrassom Doppler), serão desenvolvidas e aplicadas técnicas de processamento digital de sinais, extração automática de parâmetros, análise exploratória/entrópica de dados e aprendizado de máquina.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 20/08/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Danila Gentil Rodriguez Cal Lage

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • comunicação, democracia e modos de (r)existência de mulheres na amazônia
  • A Amazônia possui uma rica diversidade étnica, cultural e populacional. Por sua importância na geopolítica global, é palco de intensos conflitos, decorrentes do embate entre os interesses das populações e modelos de desenvolvimento de base neoextrativista e neocolonial, impostos pelo capital transnacional. Verifica-se, nesse contexto, um histórico apagamento das atuações políticas das mulheres, principalmente das subalternizadas e racializadas. Considerando esse cenário e tomando a Comunicação como processo interacional constituidor de sujeitos e de contextos sociais (França; Braga), objetivamos compreender as dimensões relacionais e intersubjetivas das lutas políticas contemporâneas de mulheres na Amazônia. Focalizamos (1) a identificação das formas de resistência individuais e coletivas e (2) os modos como as noções de democracia, feminismo e desenvolvimento atravessam e são tensionadas pelas atuações políticas cotidianas e pelas manifestações públicas dessas mulheres. Indagamos: como esses sentidos são constituídos e reconstituídos a partir dessas lutas políticas? Como reverberam internamente nesses movimentos e também em debates na sociedade? Partimos da hipótese de que um novo ciclo de lutas se inaugurou a partir dos anos 2000 na América Latina, com fortes reverberações na Amazônia brasileira. Nesse ciclo, as mulheres ocupam o centro da cena como agentes políticos e a articulação das lutas se dá em uma dinâmica multiescalonada (local, nacional e subcontinental), gerando uma rede densa de organizações (Svampa) e uma combinação entre mobilizações de base e a ativa inserção contra-hegemônica em territórios digitais. Como estratégias metodológicas, pretendemos realizar: a identificação e o levantamento dos principais movimentos e coletivos de mulheres ativos na Amazônia, por meio de pesquisas documentais; observação participante em marchas e protestos públicos; análises das mídias digitais dos movimentos selecionados; e entrevistas com ativistas e não ativistas.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Danilo Elias Xavier

Ciências Biológicas

Genética
  • estudo molecular de mecanismos emergentes de resistência bacteriana em bacilos gram-negativos a antimicrobianos de última linha
  • A utilização de antimicrobianos para o tratamento de infecções bacterianas tem sido ameaçada pela emergência e disseminação da resistência antimicrobiana, representando um problema de saúde pública global. Patógenos como os bacilos gram-negativos (BGNs) exibindo resistência a múltiplas classes de antimicrobianos, como às fluoroquinolonas, aos aminoglicosídeos e aos β-lactâmicos, incluindo cefalosporinas e carbapenêmicos, tem emergido e rapidamente se disseminado por todo o mundo, restringindo as opções terapêuticas contra infecções causadas por esses patógenos. Os carbapenêmicos foram as últimas drogas antimicrobianas promissora a serem introduzidas na prática clínica em meados da década de 1980, porém, a prevalência de bacilos gram-negativos resistentes aos carbapenêmicos atingiu cifras alarmantes durante as duas últimas décadas com a emergência e disseminação de bactérias produtoras de carbapenemases. Como última opção para tratamento de infecções causadas por BGN-MDRs, incluindo aqueles produtores de carbapenemases, tem-se utilizado cada vez mais as polimixinas. Contudo, o crescente uso das polimixinas tem resultado na seleção e emergência de BGNs exibindo resistência a essas drogas, principalmente as espécies da família Enterobacteriaceae, Acinetobacter baumannii e Pseudomonas aeruginosa. Os mecanismos adaptativos e adquiridos de resistência às polimixinas envolvem principalmente os sistemas de regulação da expressão gênica de dois componentes (TCS, do inglês: two-component systems) e a expressão do gene plasmidial mcr que codifica para uma fosfoetanolamina transferase que levam à modificação do LPS com a adição de grupos animas catiônicos, como o 4-animo-arabinose (L-Ara4N) e/ou fosfoetanolamina (PEtN), ao lipídio A e ao Kdo (ceto-deoxi-octulosonato) do LPS. A elucidação e conhecimento sobre os mecanismos de resistência bacteriana emergentes, bem como, seus mecanismos de disseminação, é parte das ações acordadas como prioridade para barrar o surgimento e disseminação de resistência antimicrobiana, prevenção de infecções, uso racional de antimicrobianos, desenvolvimento de novas drogas antimicrobianas e testes de diagnóstico. Considerando os aspectos acima relatados, essa proposta de pesquisa objetiva a caracterização genética e molecular de mecanismos emergentes de resistência bacteriana a antimicrobianos de última linha para o tratamento de infecções causadas por BGNs, como os carbapenêmicos e as polimixinas, exibida por isolados de BGN de importância médica e tange sobre i) a investigação da atividade de carbapenemase em variantes de β-lactamases ADC-like de Acinetobacter baumannii; ii) pesquisa de determinantes genéticos associados à diminuição da sensibilidade e mecanismos de dependência de Acinetobacter baumannii às polimixinas; iii) papel do sistema de regulação gênica CrrAB no alto grau de resistência à polimixina em Enterobacteriacea e iv) estudo da mobilidade de plasmídeos que carregam o gene mcr de resistência às polimixinas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2023
Foto de perfil

Danilo Grünig Humberto da Silva

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • melatonina e ergotioneína como terapia antioxidante: mecanismos celulares de adaptação redox em camundongos transgênicos para anemia falciforme
  • A homeostase redox é importante para a função e viabilidade celular. Por isso, há cada vez mais evidências mostrando que o estresse oxidativo está relacionado com os mecanismos fisiopatológicos primários ou secundários de diversas doenças, como por exemplo a anemia falciforme (AF). Nesse sentido, dentre as vias de sinalização redox, destacam-se importantes mecanismos de detecção de estresse, como o sistema TXNIP/Trx e as vias PI3K/AKT/FOXO3 e Keap1/Nrf2/ARE que se complementam e/ou sobrepõem no controle da adaptação metabólica, diferenciação e proliferação celular. Neste contexto, a melatonina (MEL) e a ergotioneína (ERT) parecem transpor o “paradoxo antioxidante” comumente observado em terapias antioxidantes. Com isso, a presente proposta tem como objetivo avaliar os efeitos protetores da MEL e ERT sobre mecanismos de adaptação redox em modelo animal humanizado de camundongos transgênicos portadores de AF. Além dos objetivos científicos, este projeto pretende: a) ampliar a formação de recursos humanos em ciência e tecnologia de alta qualidade visando melhoria da qualidade do ensino e da pesquisa no estado de Mato Grosso do Sul; b) Consolidar o grupo de pesquisa e as parcerias interinstitucionais aqui presentes; c) Divulgar os resultados obtidos em congressos e revista internacionais de qualidade a fim de acelerar o desenvolvimento científico na região Centro-Oeste; d) Explorar os conhecimentos obtidos visando testes em humanos com AF, promovendo melhora na qualidade de vida desses indivíduos; e) Criar uma rede de pesquisa na fronteira do conhecimento, visando acelerar a produção e a relevância do conhecimento científico produzido, particularmente no estado do Mato Grosso do Sul.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Danilo Manzani

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de nanocompósitos com upconversion e luminescência persistente: dos fundamentos a aplicações em armazenamento de energia
  • Em virtude de funcionalidades específicas como luminescência persistente, separação fotoinduzida de cargas e amplificação/transmissão de luz, nanocompósitos dopados com lantanídeos mostram perspectivas promissoras na detecção de gases, ótica-eletrônica, imagens por upconversion e armazenamento de energia. A melhoria dessas aplicações requer entendimento do ambiente químico, estrutura eletrônica, passivação de superfície, engenharia de defeitos e mecanismos de migração de energia. Propomos a elaboração de novos nanocompósitos fotônicos à base de vidros e polímeros contendo perovskitas persistentes de terras raras e nanopartículas para conversão ascendente de energia. Exploraremos assim as propriedades mecânicas, estabilidade química, transparência e processabilidade de materiais vítreos e poliméricos em combinação com as propriedades fotônicas únicas das perovskitas, fluoretos e óxidos. A investigação da sinergia partícula/matriz será multidisciplinar e compreende a síntese controlada, caracterização estrutural/óptica avançada e estudos teóricos. O cerne desta proposta é estruturar um grupo de jovens pesquisadores com formação complementar para que possamos correlacionar estrutura, interfaces e propriedades ópticas para projetar materiais fotônicos com melhor desempenho. Os objetivos envolvem o estudo de propriedades espectroscópicas fundamentais e mecanismos de upconversion e luminescência persistente nesses compósitos. Propomos ainda a aplicação de métodos avançados de RMN em sólidos para descrever as interações de curto e médio alcance nos materiais. Os mecanismos de transferência fotoinduzida de cargas serão investigados por teoria funcional de densidade dependente do tempo (TD-DFT). Finalmente, as aplicações serão buscadas pelo pós-processamento dos materiais selecionados por crescimento in-situ através de processamentos a laser.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Danilo Rheinheimer dos Santos

Ciências Agrárias

Agronomia
  • contaminantes emergentes na água, sedimentos e biofilmes epilíticos em bacias hidrográficas agrícolas e urbana e seus efeitos sobre organismos não-alvos.
  • O uso intensivo de fertilizantes fosfatados, de metais pesados, de agrotóxicos e de medicamentos veterinários no meio rural inexoravelmente conduzirá a transferências destes aos cursos d’água, comprometendo a saúde aquática. Ao entrarem nos corpos hídricos, uma mínima quantidade desses contaminantes permanecerá dissolvida na água, visto que a maior parte será retida pelos sedimentos ou irá impregnar os biofilmes epilíticos. Os biofilmes são comunidades de microrganismos que se desenvolvem aderidos em uma superfície inerte ou viva, conjuntamente em uma matriz de substâncias poliméricas extracelulares de origem microbiana. Essa matriz representa a base da teia trófica e é altamente representativa da saúde do meio aquático. Nesse sentido, o presente projeto, propõe-se a associar o monitoramento hidrossedimentológico em escala de bacias hidrográficas com os parâmetros de qualidade da água, dos sedimentos e dos biofilmes e com os efeitos ecotoxicológicos em organismos não-alvos. Hipótese fundamental é que a interferência antrópica na paisagem (rural e urbana) sem respeitar a aptidão agroambiental e com manejos inadequados está comprometendo a qualidade dos recursos hídricos, principalmente pela transferência de agrotóxicos, medicamentos, fósforo, metais pesados, inclusive com perda da diversidade biológica. Estrategicamente serão monitoradas quatro bacias hidrográficas rurais e urbana contrastantes e representativas do Sul do Brasil. Além do monitoramento tradicional (perda de água, sedimentos e elementos químicos), serão enfatizadas as transferências de agrotóxicos e de medicamentos e suas acumulações em sedimentos de fundo e biofilmes. Será monitorada a capacidade de depuração dos biofilmes para algumas moléculas de agrotóxicos e medicamentos. Serão realizadas análises de diversidade e de resistência bacteriana em biofilmes. Analisar-se-á a diversidade de diatomáceas em biofilmes. Serão feitas análises de alterações bioquímicas, genéticas e histopatológicas em peixes.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Danilo Santos Souza

Outra

Multidisciplinar
  • feira territorial de ciências do alto sertão sergipano
  • A proposta apresentada é referente à realização da Feira Territorial de Ciências do Alto Sertão Sergipano, que ampliará as discussões direcionadas pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação – MCTI. Nessa edição, o evento envolverá os 9 municípios do Território Alto Sertão Sergipano, por meio da realização de Feiras de Ciências e Mostras Científicas, integrando Instituições e profissionais em ações que visam contribuir com as mais diversas alternativas para diminuição das desigualdades sociais, consumo e estimulando a produção sustentável de alimentos saudáveis nas esferas do território do Alto Sertão Sergipano. Em particular, serão abordadas áreas cruciais demandando ações que envolvam os 5 P’s (Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parceria). Será ainda, realizado um destaque às tecnologias inovadoras relacionadas com as cadeias de valor do Território do Alto Sertão Sergipano. Serão organizadas Feiras de Ciências e Mostras Científicas como estratégia de divulgação de ideias e projetos inovadores, buscando a melhoria da qualidade de vida da população das cidades e do campo, sempre levando em consideração os setores produtivos presentes no Território do Alto Sertão Sergipano (comércio, agroindústrias, leite e produtos lácteos, produção de grãos, fruticultura, pesca, aquicultura, etc). Para viabilizar as ações do projeto, as atividades planejadas pela equipe executora e parceiros serão realizadas pontualmente, nos municípios sede que fazem parte do Alto Sertão Sergipano. Desta forma, utilizou-se o recorte de sete municípios correspondentes à Microrregião Sergipana do Sertão do São Francisco, escolhidos de forma estratégica considerando as informações de IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal), de acordo com dados do Censo Demográfico 2010 (IBGE).
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 15/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Danival Jose de Souza

Ciências Agrárias

Agronomia
  • ingredientes ativos de kalanchoe laetivirens para o controle de formigas-cortadeiras baseado na imunossupressão de operárias
  • Algumas espécies de formigas-cortadeiras são pragas severas da agricultura brasileira. A despeito da existência de vários microrganismos patogênicos em seu meio, raramente suas colônias sucumbem a eles em condições naturais. Isso se deve, em grande parte, aos mecanismos comportamentais e fisiológicos de defesa. Dentre os mecanismos fisiológicos, destaca-se o sistema imune inato, comum aos invertebrados. Várias substâncias de origem vegetal têm o potencial de inibir a resposta imune inata dos insetos, particularmente plantas que exibem propriedades anti-inflamatórias e têm uso medicinal na cultura popular (Kalanchoe e Artemisa, por exemplo). Por isso, é possível usar substâncias imunossupressoras que tornem as formigas-cortadeiras mais suscetíveis aos seus inimigos naturais, obtendo-se assim o seu controle com menor uso de inseticidas sintéticos. Imunossuprimidas, as colônias se tornam vulneráveis a patógenos oportunistas já presentes na colônia. A hipótese de trabalho é que a planta medicinal K. laetivirens possui compostos ativos que afetam negativamente a imunidade de operárias de Atta sexdens, tornando-as vulneráveis a patógenos do seu meio. Serão realizados extratos botânicos dessa planta que serão analisados quimicamente e determinado suas composições. As frações dos extratos serão aplicadas em operárias de A. sexdens (ingestão e topicamente) e serão avaliados comportamento, sobrevivência e parâmetros de imunidade das operárias. Determinadas doses letais mínimas e imunossupressoras serão testadas em conjunto com doses subletais de fungos entomopatogênicos e oportunistas para avaliar o efeito combinado desses fatores. Espera-se que doses subletais de patógenos oportunistas causem mortalidade significativas de operárias quando em contato com esses compostos imunossupressores. Finalmente, serão produzidas iscas granuladas experimentais contendo os ingredientes ativos para testes em colônias de laboratório e adequação para realização de testes de campo.
  • Universidade Federal do Tocantins - TO - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025