Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriane Orenha Ottaiano

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • desenvolvimento de uma metodologia e aprimoramentos de recursos lexicográficos para uma plataforma on-line de dicionários de colocações acadêmicas em português e inglês
  • Devido à crescente demanda por publicações de textos acadêmicos e divulgação de estudos em congressos nacionais e internacionais, o desenvolvimento de trabalhos lexicográficos específicos, como dicionários na área acadêmica, é um tema de suma importância. Entre os muitos usuários que podem se beneficiar dessa ferramenta auxiliar lexicográfica especializada estão os estudantes universitários, além de professores universitários e pesquisadores. Face a essa demanda, é inegável que se fazem necessárias ferramentas lexicográficas desenvolvidas especialmente para escritores acadêmicos. Desse modo, esta pesquisa visa desenvolver uma metodologia para a criação de dicionários de colocações acadêmicas guiados por corpus, neste caso uma coletânea de textos acadêmicos em formato eletrônico, bem como aprimorar os recursos existentes (Orenha Ottaiano, 2020, 2021) para a criação de uma Plataforma On-line de Dicionários Monolíngues de Colocações Acadêmicas em Português do Brasil e em Inglês. Para tanto, estabeleceremos critérios para definir colocações acadêmicas e elaboraremos um método de identificação e extração automática de colocações acadêmicas (Kuhn, 2017), a partir de corpora de textos acadêmicos já compilados em português e inglês (Kuhn; Ferreira, 2020; Kosem, 2010). Além disso, aprimoraremos recursos lexicográficos desenvolvidos (Orenha-Ottaiano et al., 2020, 2021) para a Plataforma On-line de Dicionário de Colocações Multilíngues (PLATCOL – Proc. Fapesp 2020/01783-2), devidamente adaptado à linguagem acadêmica. Após essas etapas, adequaremos a interface de usuário final existente da PLATCOL para atender às características macro e microestruturais dos Dicionários de Colocações Acadêmicas e sua publicação on-line como protótipos em português brasileiro e inglês. Ao fornecer tais ferramentas aos usuários, esperamos que sua competência colocacional na escrita acadêmica seja aprimorada, resultando em uma melhor produção de textos acadêmicos.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 26/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriane Regina Todeschini

Ciências Biológicas

Biofísica
  • transição mesenquimal-epitelial como alvo para suprimir a resistência ao tratamento em câncer de mama
  • O câncer é uma doença com elevadas taxas de incidência e mortalidade, que vem se tornando um problema de saúde pública no Brasil e no mundo. A resistência ao tratamento e progressão tumoral são as principais causas de mortes em pacientes oncológicos. Nessa interface, se encontra a transição epitélio-mesenquimal (TEM), um programa biológico que converte células epiteliais em um estado fenotípico mesenquimal. Esse processo é ativado por sinais intra e extracelulares e requer alterações em vias de sinalização e a regulação diferencial de circuitos gênicos. Dentre os sinais que modulam a TEM, podemos destacar fatores do microambiente tumoral, como as citocinas pró-inflamatórias e os fatores de crescimento, condições de hipóxia e privação de nutrientes, tratamento com drogas-alvo e agentes genotóxicos, como a quimioterapia e a radioterapia. Como resultado da TEM, as células passam a exibir características mais agressivas, como o fenótipo tronco, a capacidade de invasividade e colonização de órgãos distantes e o desenvolvimento de resistência terapêutica. Sendo assim, a TEM desempenha um papel importante tanto no desenvolvimento, quanto na contribuição para a metástase tumoral e recaída da doença. Diante desse panorama, o objetivo do presente projeto, que envolve pesquisadores da UFRJ, UFF, UERJ e do INCA, é investigar mecanismos celulares e moleculares que atuem na interface entre o fenótipo TEM e de resistência ao tratamento do câncer. A exploração dessas vulnerabilidades tumorais permitiu a identificação de alvos moleculares e de novas abordagens visando o bloqueio da TEM em neoplasias que serão exploradas nesta proposta. A melhor compreensão da dinâmica da plasticidade celular durante a ativação do programa TEM pode prover o racional para o desenho de novas estratégias capazes de suprimir mecanismos de resistência e melhorar a resposta às terapias anticâncer.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025