Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sanclayton Geraldo Carneiro Moreira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • produção e caracterização (por espectroscopia óptica e raman) de filmes poliméricos (polivinil carbazol) finos nanoestruturadas com micro e nano partículas de beta-caroteno ou óleo de buriti
  • A Amazônia com a sua exuberante biodiversidade oferece uma fonte muito especial de novos materiais para pesquisa científica. Neste projeto vamos inserir o óleo de buriti (rico em beta-caroteno), oriundo da planta Mauritia Flexuosa da floresta Amazônica, num polímero, para produzir o novo material. A proposta consiste em modifica o polímero PVK pela inserção de micro e/ou nano estrutura de beta-caroteno e óleo de Buriti. Isto será feito em 3 momentos diferentes: primeiro somente o beta-caroteno será inserido, em seguida apenas o óleo e finalmente os dois serão inseridos juntos numa mesma matriz de PVK. Os primeiros ensaios mostram o aparecimento de deformações nas bandas e no GAP de energia tanto do PVK como o do Beta-caroteno o que possibilita a aplicações no campo de dispositivos como: célula solar, LEDs, etc. As bandas características (de emissão) do PVK podem ser reduzidas e até eliminadas pela presença do beta-caroteno, dependendo da concentração. O ponto forte e inovador desta pesquisa é a inclusão de óleo de Buriti (abundante na Amazônia), dentro da matriz polimérica. Na matriz do polímero o BC não degrada e, constitui um novo material com possíveis aplicações, em dispositivos ópticos/eletrônicos. O projeto também prevê a monitoração nas bandas do espectro Raman tanto do PVK como dos dopantes em função: da espessura do filme e da concentração dos aditivos.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sandoval Nonato Gomes Santos

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • metodologia de ensino de língua portuguesa como disciplina curricular da formação docente: incursões em uma biblioteca de manuais pedagógicos
  • Este Projeto de Pesquisa objetiva caracterizar o estatuto da Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa como disciplina ou componente curricular integrante da formação acadêmica do professor de língua portuguesa. Para tanto, propõe recorrer à descrição e análise de um corpus de manuais pedagógicos particularmente voltados para a Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa publicados em um intervalo de quase meio século, entre o fim dos anos 1940 e meados dos anos 1990, no Brasil. Do ponto de vista metodológico, a seleção do corpus baseia-se em pesquisa documental, e sua abordagem implica análise textual focada na configuração de determinados tópicos temáticos, das estratégias de formulação textual e dos modos de posicionamento enunciativo do autor, na materialidade dos manuais pedagógicos. A descrição e análise dessa configuração textual sob uma perspectiva histórica e com base na contribuição de aportes teóricos dos estudos em educação e dos estudos da linguagem (estudos em história das disciplinas escolares e das ideias linguísticas e pedagógicas, em epistemologia e didática das disciplinas escolares e em linguística aplicada), entre outros, podem auxiliar a compreensão dos processos de institucionalização da Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa; em outros termos, os modos com que ela se investe no estatuto de disciplina de formação profissional.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022