Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Antonio Carlos Pavao

Outra

Divulgação Científica
  • 25a ciência jovem:
  • A presente proposta visa a realização da 25a edição da CIÊNCIA JOVEM, uma feira de ciências que vem sendo realizada anualmente em Pernambuco sob coordenação do ESPAÇO CIÊNCIA, museu interativo de ciência vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (www.espacociencia.pe.gov.br). A CIÊNCIA JOVEM, uma das maiores feiras de ciências do país: - acumula uma experiência de 24 edições; - reúne trabalhos de todos os estados brasileiros, além da participação internacional; - seleciona 300 trabalhos das redes pública e privada, contemplando desde o ensino infantil até o médio e técnico; - conta com cerca de 60 feiras afiliadas, renovadas anualmente; - com o sistema da pré-inscrição, valoriza trabalhos integrados ao currículo da escola e desenvolvidos durante todo o período letivo; - incentiva a utilização da metodologia de investigação científica na escola; - surpreende com trabalhos que utilizam o mesmo rigor científico da pesquisa madura que se desenvolve nos centros de pesquisa; - organiza sessões de apresentação oral de professores durante o evento; - é hoje um evento integrado ao calendário escolar de diversas redes de ensino de Pernambuco e do país; - incentiva e apoia a realização de feiras escolares e regionais; - está articulada a diversas feiras nacionais e internacionais onde seus projetos têm obtido premiações e destaques; - recebe um público de mais de 10 mil visitantes durante os três dias de evento; - tem grande visibilidade nos meios de comunicação; - tem expressiva participação de escolas públicas; entre outras. Tais características aliadas à empolgação nas apresentações, aos concorridos debates nos stands e à troca característica de toda feira, fazem da CIÊNCIA JOVEM um evento reconhecido nacionalmente e em outros países como um prazeroso, rico e produtivo momento para seus participantes. O sucesso da CIÊNCIA JOVEM reflete uma experiência historicamente acumulada em mais de duas décadas de organização da Feira, mas sobretudo, é resultado da reflexão e atuação em busca de práticas inovadoras no ensino de ciências. Assim, não é mera coincidência que a CIÊNCIA JOVEM tenha a mesma idade do ESPAÇO CIÊNCIA, responsável pela organização da Feira. O ESPAÇO CIÊNCIA desenvolve uma programação anual de eventos de divulgação científica; coordena a SNCT-PE (Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Pernambuco); possui um CIÊNCIA MÓVEL, para visitar interior do estado; desenvolve Ação Social para jovens e adolescentes de baixa renda; e no total, atende a uma média anual de 250 mil pessoas. A CIÊNCIA JOVEM se insere como uma das mais importantes ações educativas do ESPAÇO CIÊNCIA. Reflete a concepção geral do Museu de que é preciso encontrar ferramentas pedagógicas que estimulem a curiosidade científica e o gosto pelas atividades de pesquisas. José Reis mostra um caminho quando diz que feira de ciências é uma “revolução pedagógica”. Foi a percepção desse papel transformador da CIÊNCIA JOVEM que estimulou a elaboração da presente proposta e avançar nesta necessária e cada vez mais urgente revolução pedagógica.
  • Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação de Pernambuco - PE - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Antonio Carlos Pavao

Ciências Humanas

Sociologia
  • 26ª ciência jovem
  • A CIÊNCIA JOVEM completou 25 anos em 2019 – a mesma idade do Espaço Ciência, Museu Interativo de Ciência de Pernambuco, responsável por sua organização e idealização. Significa que as Feiras de Ciência nascem junto com o Museu, cujo objetivo é ampliar o acesso ao conhecimento científico. E as Feiras de Ciência são uma oportunidade para que os estudantes aprendam Ciência fazendo Ciência. Atualmente, a CIÊNCIA JOVEM é uma das maiores feiras do país e reúne centenas de projetos de TODOS os estados e também de alguns países da América Latina. Ela estimula a realização de trabalhos de pesquisa científica na escola, que devem ser integrados ao currículo da escola e desenvolvidos durante todo o período. Para isso, incentiva a realização das pré-inscrições dos trabalhos no início do ano. A CIÊNCIA JOVEM também acredita no potencial de alunos de todas as idades. Por isso, é uma das poucas Feiras de Ciência do país que abre espaço para projetos desde a Educação Infantil e Fundamental 1. Com forte participação de escolas públicas, a feira revela talentos e ajuda a despertar entre os jovens o entusiasmo pela Ciência. Realizada geralmente em locais de grande visibilidade pública, como Shoppings, ela recebe um público, durante os três dias de evento, de mais de 14 mil pessoas. Os concorridos debates na frente dos stands, a empolgação nas apresentações e as trocas características de toda feira, fazem da CIÊNCIA JOVEM um evento que já é reconhecido nacionalmente e em outros países, além de oferecer uma experiência prazerosa e produtiva para seus participantes. Reflete uma experiência historicamente acumulada em mais de duas décadas de organização e é, sobretudo, resultado da reflexão sobre práticas inovadoras no ensino de ciências. Assim como José Reis, o Espaço Ciência acredita que “feira de ciências é uma revolução pedagógica”. Conscientes desse significado, o incentivo à realização de feiras escolares também é um dos objetivos da CIÊNCIA JOVEM. Por meio do processo de afiliação, ela cria uma rede de parceiros e estimula a realização de Feiras de Ciências, acolhendo trabalhos que já passaram por uma prévia seleção na escola. Além do estímulo à cooperação entre as Feiras por meio do processo de afiliação, O Espaço Ciência vem desenvolvendo o projeto “Feira de Ciências em toda parte”, em parceria com a Secretaria de Educação Estadual e Municipais. Desde o início deste ano, vem sendo realizados seminários de formação com professores em várias cidades e com participação de todas as redes de ensino. O objetivo é estimular a realização de feiras de ciências nas escolas e nos municípios, bem como o uso da experimentação científica como estratégia pedagógica. Não por acaso a CIÊNCIA JOVEM nasceu junto com o ESPAÇO CIÊNCIA. Esta capacidade de entusiasmar os estudantes e de despertar o interesse pela pesquisa e pelo conhecimento Científico é um dos pilares do Museu. Com uma área de 120 mil metros quadrados entre as cidades de Recife e Olinda, o Espaço Ciência atende gratuitamente mais de 200 mil pessoas por ano, tanto em sua sede, no Observatório Astronômico do Alto da Sé em Olinda e por meio de seu programa itinerante Ciência Móvel. O ESPAÇO CIÊNCIA desenvolve uma programação anual de eventos de divulgação científica; coordena a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Pernambuco; possui uma ação itinerante que garante o acesso à Ciência para comunidades e instituições no interior do estado e nas periferias da Região Metropolitana; e uma Ação Social, que amplia o acesso ao conhecimento e ao mercado de trabalho para pessoas de baixa renda, sobretudo das comunidades vizinhas. A CIÊNCIA JOVEM é uma das ações educativas do Museu. São selecionados uma média de 300 projetos de estudantes da Educação Infantil ao Ensino Médio de escolas da Rede Pública e Privada, e também de professores que apresentam experiências pedagógicas inovadoras.
  • Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação de Pernambuco - PE - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Antônio Carlos Pinheiro de Oliveira

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • avaliação dos efeitos de imunossupressores em um modelo animal de doença de alzheimer
  • A Doença de Alzheimer (DA) é a principal causa de demência que afeta a população mundial. Trata-se uma doença neurodegenerativa cujo fator dominante de risco é o envelhecimento. O tratamento da DA é realizado com os inibidores das colinesterases, tais como donepezila, rivastigmina e galantamina, e/ ou com memantina, um antagonista não competitivo do receptor de glutamato do tipo N-metil-D-aspartato. Apesar disso, nenhuma das drogas usadas atualmente interrompe a progressão da doença. Assim, existe a necessidade de entender melhor a fisiopatologia da DA e desenvolver tratamentos mais eficazes que possam reverter ou interromper o desenvolvimento desta desordem. Assim como é observado em outras desordens neurológicas, um importante fenômeno que ocorre na DA é a inflamação. Existem evidências de que o processo inflamatório periférico e central contribuem para a progressão da DA. Desta forma, a redução da ativação do sistema imune através de imunossupressores poderia reduzir a progressão da doença. Uma importante classe de imunossupressores é a dos inibidores da calcineurina (CN). A CN é uma proteína fosfatase serina/treonina dependente de Ca2+/calmodulina que é expressa em quase todos os tipos celulares, incluindo o tecido cerebral. Quando a CN é ativada por meio de sinais dependentes de cálcio, esta desfosforila o fator nuclear de células T ativadas citosólico, levando a translocação deste para o núcleo, o que induz a transcrição de diferentes citocinas. Além do seu papel sobre o sistema imune, sabe-se que a CN poderia estar envolvida na morte neurnal observada na DA, por exemplo, mediando a lesão induzida pelo peptídeo amiloide beta. Apesar disso, a avaliação do efeito da inibição de CN em modelos de doenças neurodegenerativas, incluindo a DA, ainda é escassa. O presente projeto propõe investigar o efeito de dois inibidores de CN usados na clínica, a ciclosporina A e o tacrolimo (FK506), em modelo animal para DA. Será avaliado o efeito dessas drogas sobre o déficit cognitivo, integridade sináptica, conteúdo de peptídeo amiloide beta, morte neuronal, microgliose e neuroinflamação em animais transgênicos que superexpressam a proteína precursora amiloide. Além disso, serão investigados alguns mecanismos de ação que podem estar associados aos efeitos induzidos por estes fármacos. Os resultados do presente projeto poderiam identificar potenciais drogas, já usadas na clínica como imunossupressores, para diminuir a progressão das lesões associadas à DA. Os possíveis achados poderiam estimular a execução de estudos clínicos na área. Além disso, o estudo contribuiria para a elucidação de mecanismos moleculares envolvidos na progressão desta condição patológica.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio Carlos Rodrigues de Amorim

Ciências Humanas

Educação
  • currículos, refúgios e restos: imagens aprendentes e media-ção
  • Neste projeto de pesquisa em rede de colaboração internacional, buscam-se aproximações entre currículo e teorizações produção de Gilles Deleuze e demais filósofos pela via das visualidades, a fim de compreender os múltiplos sentidos derivados especialmente da relação entre o entendimento da educação como produção científica ou estético-artística e filosófica. A teorização é construída dentro do campo dos conceitos de Gilles Deleuze e demais filósofos, questionando o poder da representação, por sua vinculação com a verdade e a identidade, a partir de férteis, instigantes e potencialmente originais intercessões com o campo de estudos audiovisuais, especialmente as produções artísticas em vídeo e cinema experimentais. Com a metodologia de pesquisa deste projeto, o objeto de investigação é interpretado pelo conceito da superfície da linguagem, um convite a entrar pelo seu efeito de multiplicidade e expansão contínua de sentidos, fora dos preceitos do pensamento representacional. Escolhem-se as articulações entre os conceitos de mediação, extraído do campo dos estudos fílmicos e da relação entre intervalo e apreensão, propondo a elaboração conceitual das imagens aprendentes, cuja relação, a partir da experimentação com as imagens e sons do cinema e de propagandas televisivas, recoloca em foco algumas relações entre currículo e sujeitos espectadores, em condições de migrações, refúgios, esquecimentos e restos. Realizar-se-ão workshops e oficinas de experimentação audiovisual e literária com pesquisadores vinculados ao projeto e com o público em geral.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Carlos Rosário Vallinoto

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • marcadores epidemiológicos de frequência (prevalência) dos htlv-1/2, seus subtipos moleculares e aspectos sócio-comportamentais de risco para a infecção em populações humanas das regiões norte e centro-oeste do brasil
  • Os vírus T-linfotrópico humano 1 e 2 (HTLV-1 e HTLV-2) pertencem à família Retroviridae, subfamília Oncovirinae, gênero Deltaretrovirus apresentando tropismo preferencial por células T CD4+ e células T CD8+, respectivamente. O HTLV-1 foi, inicialmente, descrito como o agente etiológico da leucemia/linfoma de células T do adulto (ATLL) e, posteriormente, como o agente de uma doença neurodegenerativa crônica conhecida como paraparesia espástica tropical/mielopatia associada ao HTLV-1 (TSP/HAM). Estudos epidemiológicos em regiões de alta prevalência mostraram que os modos de transmissão do HTLV-1 e do HTLV-2 são semelhantes. Portanto, as principais vias de transmissão desses vírus incluem transfusão de sangue, compartilhamento de seringas e de agulhas contaminadas, contato sexual e aleitamento materno. A despeito dos quase 40 anos passados desde o isolamento do HTLV-1 e do HTLV-2, a infecção e as doenças associadas são negligenciada, sem haver, até o presente, um tratamento efetivo aos portadores do vírus e dos que se apresentam com doenças associadas e, muito menos, uma vacina protetora. Não há, também, uma descrição precisa da real prevalência da infecção pelos HTLV-1/2 no Brasil e, em particular nos diversos estratos populacionais dos estados do Norte e do Centro-Oeste do país. Até o presente, os estudos de prevalência não utilizaram amostragens adequadas e nem estratificadas de maneira adequada que permitam uma afirmação da prevalência do HTLV no Brasil e em outros países. O momento atual justifica o fomento de investigações epidemiológicas para esclarecer o perfil epidemiológico da infecção por esses retrovírus por meio de estudo de base populacional das populações tri-híbridas brasileiras e dos inúmeros estratos como quilombolas, indígenas e outros habitantes das regiões Norte e Centro-Oeste. As informações serão utilizadas dentre outros benefícios para os futuros estudos de eficácia de vacinas candidatas que estão, atualmente, em desenvolvimento por pelo menos dois grupos como os dos doutores Genoveffa Franchini (NIH, USA) e Glen N. Barber (Miami University, USA). O combate às doenças endêmicas é um desafio constante no Brasil, principalmente em populações rurais, indígenas, quilombolas e ribeirinhas, porque a atenção primária à saúde é deficiente. Por fim, as regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil, ainda, representam uma grande lacuna no que diz respeito ao conhecimento da epidemiologia do HTLV e sua implicação para a saúde pública. Desta forma, o conhecimento da prevalência da infecção pelo HTLV e os fatores de risco associados (vulnerabilidade) são ferramentas essenciais para a elaboração de estratégias de políticas públicas de saúde para o combate mais à ocorrência e à disseminação da infecção nessas regiões. Assim sendo, o presente projeto visa descrever a ocorrência e a epidemiologia molecular da infecção pelos HTLV-1/2, os aspectos epidemiológicos e comportamentais de risco para a exposição em comunidades de diferentes estratos populacionais localizados nas regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 02/03/2020-31/03/2023
Foto de perfil

Antonio Carlos Siqueira de Lima

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • “desenvolvimento de metodologias híbridas para a análise de desempenho de redes elétricas inteligentes”
  • O presente projeto busca o desenvolvimento de modelos e metodologias adequadas para a análise da rede elétrica em larga faixa de frequência. Busca-se estabelecer modelos robustos e eficientes capazes de prover um conhecimento adequado do comportamento da rede em condições normais, anormais e em regime transitório. O emprego de modelos híbrido permite estender a validade dos modelos convencionais criando-se assim um formalismo físico-matemática consoante com a realidade da rede elétrica que se pretende analisar e conhecer.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Carlos Vargas Motta

Ciências Agrárias

Agronomia
  • composição elementar das folhas e ramos da erva-mate cultivada sob manejo intensivo no sul do brasil
  • A erva-mate (Ilex paraguariensis St Hil.), planta nativa do Brasil (Floresta Ombrófila Mista floresta de araucária - Araucaria angustifolia), é a espécie mais utilizada no extrativismo vegetal no sul do Brasil. Produzida por cerca de 140 mil propriedades, tem grande valor econômico e cultural para população do sul do Brasil e países vizinhos. Consumida diariamente na forma de infusão (tererê ou tereré, chá mate e chimarrão), embora também apresente alto potencial de uso em larga escala na indústria de bebidas, medicamentos e cosméticos. Recentemente, nova legislação mais restritiva foi adotada pelo MERCOSUL com relação aos níveis aceitáveis de metais Cd e Pb, passando de 1,5 e 2,0 mg kg-1 para 0,4 e 0,6 mg kg-1, respectivamente. Assim, os limites aceitáveis para erva-mate ficaram muito abaixo do 1,0 mg kg-1 para Cd e 2,0 mg kg-1 Pb utilizados como nível de referência pela China para o chá (Camellia sinensis), planta cuja infusão das folhas é o mais consumido no mundo. A falta de conhecimento sobre os teores de metais na erva-mate fez com que não houvesse preocupação da indústria e de todos os setores associados da erva-mate com o decréscimo dos níveis aceitáveis de Pb e Cd. Alerta sobre níveis de metais adotados na nova legislação só ocorreu, quando do embargo temporário em função dos teores de Cd e Pb, de alguns lotes de erva industrializada para países do MERCOSUL. Também, ampla divulgação na mídia sobre o problema cria expectativa negativa sobre o consumo de erva-mate, do ponto de vista de segurança alimentar (http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/campo-e-lavoura/noticia/2014 /07/analise-no-rs-revela-niveis-de-metais-acima-do-permitido-em-erva-mate.html). Considerando que, cerca da metade da produção nacional de erva-mate continua, até hoje, sendo obtida da exploração de modo extrativista, é essencial o conhecimento do nível de metais nesta condição. Assim, em 2015, foi elaborado e aprovado um projeto de pós-doutorado sênior, visando fazer levantamento do nível de metais em áreas nativas ou extrativistas com erva-mate nos três estados do sul do Brasil. Foram selecionados 30 sítios no sul do Brasil, de ervais nativos ou utilizados em sistemas extrativistas. A seleção das propriedades considerou a importância das regiões na produção de erva-mate e formações geológicas, e contou com o auxílio da extensão, pesquisa e órgãos ligados aos produtores e indústrias. De cada sítio, georeferenciado, foram coletadas 4 amostras de folhas, divididas em dois grupos (lavada e não lavada), totalizando 240 amostras (30 x 2 x 4 = 240). O tratamento de lavagem das folhas com água foi utilizado para estabelecer a contribuição da deposição de resíduos na composição elementar. As amostras foram analisadas na Universidade de Nottingham – Inglaterra, usando espectroscopia de massas com plasma indutivamente acoplado para a determinação de 31 elementos (Ag, Al, As, B, Ba, Be, Ca, Cd, Co, Cr, Cs, Cu, Fe, K, Li, Mg, Mn, Mo, Na, Ni, P, Pb, Rb, S, Se, Sr, Ti, Tl, U, V and Zn), sendo que o trabalho encontra-se em fase final de redação dos resultados. Complementarmente, foram retiradas 30 amostras de solo para caracterização química e física. Terminada a primeira fase, quatro outras demandas serão pesquisadas: I - determinar os níveis de referência para áreas plantadas, em sistema intensivo com uso de adubo e/ou demais insumos. Serão selecionadas e coletadas amostras de folhas e ramos de 30 sítios no sul do Brasil com histórico conhecido, para caracterização da composição elementar. II - selecionar dois sítios, dos trinta avaliados no sistema extrativista, onde o nível de Cd ficou acima do limite estabelecido pela legislação e proceder a uma avaliação detalhada quando distribuição planta (folha – nova e velha e ramos) e o nível hidrossolúvel do mesmo. III - avaliar a contribuição da poluição de veículos e das estradas na concentração de Pb e Cd em ervais próximo das rodovias. IV - selecionar um sítio onde as concentrações de Mn (> 4000 mg kg-1) e Zn (> 100 mg kg-1) foram muito altas e realizar uma análise sistemática do solo e planta (distribuição espacial dos elementos na folha com microscópio eletrônico de varredura acoplado com espectrometria de energia dispersivae a hidrossolubilidade dos mesmos). Os resultados obtidos serão somados aos obtidos no primeiro levantamento para definir valores de referencia da erva mate nativa e cultivada. Os resultados serão divulgados a comunidade cientifica e a comunidade em geral, na forma de palestras para os órgãos ligados aos produtores rurais e as indústrias ervateiras e, pela publicação dos resultados em revistas científicas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio Carlos Zambon

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • desenvolvimento de ferramenta de gestão do conhecimento para avaliação e articulação do capital intelectual - bluecapital-kms
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Celso Dantas Antonino

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • observatório nacional da dinâmica da água e de carbono no bioma caatinga (ondacbc)
  • A agricultura, a pecuária e exploração florestal são atividades vulneráveis aos fatores climáticos e afetados pelos eventos extremos. Há evidências de que o aumento da temperatura no futuro causará redução na produção de algumas das principais culturas agrícolas e o Nordeste será uma das regiões mais afetadas. Dessa forma, a geração de dados para o melhor entendimento do funcionamento dos ecossistemas da região Nordeste e a modelagem de cenários é importante para subsidiar o delineamento de estratégias de adaptação. As equipes integrantes da presente proposta são oriundas das principais instituições de pesquisa da região Nordeste (UFPE, UFRPE, UPE, UFPB, UFCG, INSA, UFRN, EMBRAPA). Essas equipes têm desenvolvido, ao longo dos últimos anos, pesquisas sobre a dinâmica da água, carbono e nutrientes em ecossistemas em regiões que são representativas das principais condições edafoclimáticas do Bioma Caatinga. Os principais grupos consolidados que integram o ONDACBC, tem demonstrada capacidade de organização e condução de grandes projetos e grande produção científica e atuação na formação de recursos humanos. Essas equipes têm em curso diversos projetos, nos quais foram implantadas áreas experimentais de longo prazo em vários locais no Bioma Caatinga. Nesses locais, onde estão sendo conduzidas medidas experimentais, foram instaladas torres de monitoramento de dados climáticos (em Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte), estações de monitoramento hidrológico, fluxos de energia e conduzidas pesquisas com ciclagem biogeoquímica. Além de pesquisas experimentais, os grupos de pesquisa parceiros da presente proposta desenvolvem atividades de modelagem hidrológica, climática, de fluxos de água e de ciclagem biogeoquímica. Espera-se que o presente INCT viabilize a consolidação de vários grupos de pesquisa parceiros na região, principalmente aqueles situados em novos campi no interior dos estados que formam o Bioma Caatinga. A presente proposta visa obter recursos para consolidar essas atividades de pesquisa e parcerias e permitir a continuidade tanto do monitoramento em longo prazo quanto da modelagem da dinâmica da água e carbono nos principais ecossistemas do Bioma Caatinga. Em suma, espera-se que a presente proposta contribua efetivamente na geração de informações científicas e formação de recursos humanos para o desenvolvimento de práticas de manejo sustentável nos ecossistemas na região Nordeste do Brasil.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Antonio Celso Dantas Antonino

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • tomografia computadorizada de raios x aplicada a caracterização morfológica e hidráulica de meios porosos
  • A questão dos recursos hídricos é sem dúvida uma das mais importantes para o semiárido do nordeste do Brasil. A mudança no uso da terra, com a retirada da Caatinga e implantação de pastagens terá efeito nos componentes do ciclo hidrológico, com provável redução da infiltração da água no solo. Assim, são necessárias pesquisas que avaliem como características do solo, a exemplo da sua porosidade, influenciam nesse processo. Contudo, solos de mesma textura podem apresentar comportamentos hidrodinâmicos bem distintos, devido à quantidade de poros que efetivamente transportam água, mostrando a importância de um estudo mais detalhado da estrutura do solo. Portanto, atualmente, um dos desafios no estudo do comportamento hidrodinâmico de um solo é avaliar, na escala do poro, a influência da distribuição e formato dos poros na retenção e condução de água no solo. Desse modo, o objetivo da proposta é avaliar a influência da morfologia e topologia do espaço poroso no comportamento hidrodinâmico de solos em áreas de pastagem e caatinga no Agreste e no Sertão do estado de Pernambuco, por meio de ensaios de infiltração da água no solo, in situ, e da Microtomografia Computadorizada de Raios X (µTC). O trabalho de campo será realizado em quatro sítios experimentais localizados em dois municípios do estado de Pernambuco: Serra Talhada e São João. Serão realizados ensaios de infiltração com permeâmetro a disco e com anel simples, coleta de solo para determinação de atributos físicos dos solos e coleta de amostras indeformadas para caracterização do espaço poroso por meio de imagens tomográficas em áreas com pastagem e com vegetação natural “caatinga”. O escaneamento das amostras e o processamento das imagens tomográficas serão realizados no Laboratório de Tomografia Computadorizada de Raios X (LTC-RX) do Departamento de Energia Nuclear da UFPE. Espera-se ampliar a compreensão sobre a retenção e a condução de água dos poros inter e intra-agregados dos solos, bem como o desenvolver de novas metodologias para aquisição, processamento e análise de imagens de solo com diferentes conteúdos de água. Além disso, os resultados do presente projeto serão utilizados para melhorar o entendimento dos efeitos da mudança no uso da terra no comportamento hidrodinâmico dos solos da região semiárida brasileira.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Cezar de Castro Lima

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • sistema integrado não-invasivo de monitoramento de cargas elétricas e consumo de água
  • A proposta consiste não só de pesquisa de novas técnicas monitoramento de consumo de enegia elétrica e água, mas principalmente no desenvolvimento de um sistema integrado de baixo custo e não-invasivo para residências e outras edificações, objetivando a identificação individualizada deste consumo por meio de desagregação de cargas, tanto elétrica como hidráulica. O sistema permitirá aos usuários visualizar e entender o perfil de uso destes recursos por meio de uma interface web acessível pelo seu smartphone ou computador conectado à intranet ou internet.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antônio Cezar Faria Vilela

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento de matérias-primas nacionais para uso siderúrgico – estudo da inserção combinada de biomassa e carvão mineral brasileiro na produção de coque para alto-forno
  • O projeto de pesquisa “Desenvolvimento de matérias-primas nacionais para uso siderúrgico – Estudo da inserção combinada de biomassa e carvão mineral brasileiro na produção de coque para alto-forno”, que será realizado no Laboratório de Siderurgia (LaSid) do Centro de Tecnologia da Escola de Engenharia da UFRGS, tem como objetivo principal avaliar os impactos do uso de biomassa em combinação a carvões fósseis brasileiros na produção de coque. A viabilização do uso de matérias primas nacionais (biomassas e carvão mineral) no setor siderúrgico traz como vantagens diretas a diminuição da dependência da importação de carvões fósseis, aumento da competitividade do aço brasileiro e a mitigação de gases do efeito estufa. Assim, este projeto vem ao encontro das recomendações propostas no “Roadmap Tecnológico para Produção, Uso Limpo e Eficiente do Carvão Mineral Nacional - Horizontes em 2022 e 2035”, aplicação Carvão Nacional na Siderurgia, do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE). Especificamente este projeto prevê avanços de cunho científico e tecnológico e de inovação na área siderúrgica por buscar a introdução de materiais não tradicionais no processo de coqueificação, em especial, a utilização de biomassa. A execução desse projeto envolverá a formação de um doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais – PPGE3M, um pós-doutor e alunos de iniciação científica vinculados a UFRGS.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Chalfun Junior

Ciências Agrárias

Agronomia
  • produção vegetal, metabolismo do carbono e nitrogênio, e desenvolvimento reprodutivo da cana-de-açúcar sob aplicação de piraclostrobina
  • A cana-de-açúcar é uma das culturas agrícolas mais importantes, sendo fonte de produção industrial mundial tanto no setor alimentício como bioenergético. O Brasil se destaca como o maior produtor de açúcar e etanol, os quais representam componentes significativos para a economia. Com a crescente demanda global por energia renovável, tem ocorrido uma grande expansão e intensificação do setor sucroalcooleiro brasileiro, entretanto, acredita-se que esse setor deva enfrentar grandes desafios quanto às limitações da fronteira agrícola da cana-de-açúcar, aumentando a necessidade de otimização da produção. Além disso, o Brasil, por apresentar condições ambientais favoráveis, tem sua produção afetada diretamente pelo florescimento da cana-de-açúcar, uma vez que este processo consome a sacarose armazenada no colmo para o desenvolvimento de estruturas florais. Uma das estratégias na criação de novas tecnologias para ganhos de produtividade é a aplicação do fungicida Piraclostrobina, o qual tem sido frequentemente relacionado com possíveis efeitos fisiológicos, como aumento da atividade da redutase do nitrato em algumas culturas agrícolas. Sabe-se também que o aumento da atividade da redutase do nitrato leva ao aumento dos níveis de óxido nítrico. Em estudos preliminares desenvolvidos pela equipe de pesquisa proponente, foi constatado que a aplicação de piraclostrobina promove o incremento fotossintético e da produtividade, bem como alterações no padrão de expressão de genes associados à indução do florescimento da cana-de-açúcar. Além disso, também foi verificado a ação do óxido nítrico na regulação do florescimento. Nesse sentido, o presente projeto propõe verificar, por meio de análises fisiológicas, metabólicas e moleculares, o efeito do fungicida Piraclostrobina sobre desenvolvimento vegetativo, particionamento de carbono, assimilação de nitrogênio e na regulação do florescimento da cana-de-açúcar e uma possível ação na cascata de sinalização do florescimento via óxido nítrico. O projeto é dividido em dois experimentos, onde no primeiro serão utilizadas plantas de cana cultivadas em vasos para a investigação dos aspectos bioquímicos e metabólicos, como a eficiência quântica fotossintética, trocas gasosas, níveis de nitrogênio e óxido nítrico foliar e ensaios de atividade enzimática para a sintase da sacarose-6-fosfato e redutase do nitrato. As medições serão realizadas em intervalos de cinco dias até 25 dias após a aplicação da piraclostrobina. O segundo experimento será realizado em condições de campo, onde serão avaliados o crescimento vegetativo, os teores de sacarores, açúcares redutores, açúcares totais recuperáveis, bem como serão analisados os padrões de expressão dos genes ligados ao florescimento, o índice de florescimento, a maturação e produtividade final. Neste caso, as plantas serão tratadas com diferentes produtos contendo Piraclostrobina em sua formulação sob condições fotoperiódicas indutivas. As plantas serão divididas em três regimes de aplicação, nos quais grupos de plantas receberão ao longo do tempo, uma, duas e três aplicações de cada produto, em intervalos de 30 dias entre cada aplicação. Neste estudo, é proposto que a piracolostrobina possa desviar elétrons das reações de fosforilação oxidativa mitocondrial na cana-de-açúcar, desencadeando uma redução na respiração das plantas e aumentando a fotossíntese líquida, com conseqüente aumento da atividade de oxidases alternativas e redutases do nitrato. Assim, acredita-se que a aplicação da piraclostrobina possa contribuir para a produtividade final da cana-de-açúcar, integrando o metabolismo do carbono e do nitrogênio com genes relacionados à floração, via sinalização por óxido nítrico.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Costa de Oliveira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • genômica comparativa da resistência à brusone em arroz e trigo
  • A brusone é uma das mais importantes moléstias do arroz e trigo, em diferentes partes do mundo, inclusive no Brasil, podendo causar perdas de até 100%, fato que contribuiu para que a doença fosse eleita pela pesquisa como a mais importante entre todas e de todas as espécies cultivadas do mundo. Como agravante, as atuais mudanças climáticas têm mostrado favorecer ainda mais a ocorrência e a severidade da moléstia. Ainda que diferentes espécies de fungo infectem arroz e trigo, as quais Pyricularia oryzae, o arroz, e Pyricularia graminis-tritici, o trigo, estes fungos pertencem a um mesmo complexo de espécies, sendo assim proximamente relacionados. Da mesma forma, arroz e trigo, como poáceas, também compartilham inúmeras homologias genômicas. Tudo isto, somado aos avanços ocorridos na ciência genômica nos últimos anos, motivam a execução deste projeto, que tem o objetivo geral de, por meio de abordagens de genômica comparativa e extensiva fenotipagem, gerar forte subsídio para o avanço do melhoramento de arroz e trigo para a resistência à brusone. Para tanto, um painel de arroz com 188 acessos e outro de trigo com 350 acessos serão caracterizados quanto à resistência à brusone, e genotipados com denso número de marcadores moleculares SNPs, o que permitirá a realização de mapeamento associativo de QTL / genes de resistência à moléstia. Dois acessos de arroz contrastantes para a resistência à brusone serão também analisados pela técnica de RNAseq (transcriptômica), na busca de genes diferencialmente expressos. Finalmente, os dados gerados serão integrados, juntamente com informações de bancos de dados genômicos, em uma abordagem de genômica comparativa, buscando elucidar a arquitetura genética da resistência à brusone em ambos cereais. Como impactos esperados, tem-se a identificação de promissores acessos com resistência à brusone, para uso em programas de melhoramento, a descoberta de marcadores moleculares proximamente ligados à genes de resistência à moléstia, para uso na seleção assistida, e o avanço na compreensão das bases genéticas da resistência a esta devastadora doença no arroz e no trigo, que deve impulsionar o melhoramento destes cereais.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antônio da Silva Novaes

Ciências da Saúde

Medicina
  • efeitos protetores de exossomos derivados de células-tronco pluripotentes induzidas de humanos em lesões geradas por glicose elevada em células renais e em modelo de fibrose renal in vivo
  • Pacientes com diabetes mellitus tipo 2 apresentam um risco alto de desenvolver complicações renais com risco de vida, e há uma clara associação entre glicemia alta e doenças renais. A nefropatia diabética (ND) é caracterizada por espessamento da membrana basal glomerular, expansão mesangial, esclerose glomerular nodular e fibrose tubulointersticial. Nesse contexto destaca-se a resposta de células mesangiais ao meio hiperglicêmico e a hiperfiltração, o que contribui sobremaneira para a esclerose glomerular em consequência ao diabetes, e também o podócito, que está diretamente envolvida com a fisiopatologia dessa doença. A lesão podocitária leva à perda da integridade da barreira de filtração glomerular, resultando em albuminúria. Como a albuminúria pode danificar as células tubulares, a albuminúria provocada pelas lesões podocitárias facilita a lesão das células epiteliais tubulares levando à fibrose intersticial que, por sua vez, prejudica o suprimento vascular ao glomérulo. Abordagens terapêuticas incluem inibidores da enzima conversora da angiotensina (IECAs) e bloqueadores dos receptores da angiotensina (BRAs). No entanto, os tratamentos convencionais fornecem proteção parcial, o que não impede o desenvolvimento de doença renal crônica, portanto, novas abordagens e alvos terapêuticos são necessários. Uma nova abordagem terapêutica seria o uso de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSCs) em terapias para doenças renais. iPSCs podem ser usadas para tratar várias doenças, pois possuem potencial de auto-renovação e multi-diferenciação. As iPSCs transplantadas são capazes de inibir a apoptose vascular e a fibrose, melhorando assim a função cardíaca em ratos diabéticos. No entanto, relacionado ao rim, pouco se sabe sobre os mecanismos pelos quais as iPSCs, ou fatores liberados por essas células, inibem ou melhoram a progressão da doença renal diabética. Portanto, é importante explorar a poderosa capacidade regenerativa das células-tronco pluripotentes, contornando os problemas associados ao transplante de células. A descoberta de componentes livres de células, incluindo exossomos, pode fornecer uma alternativa promissora para a medicina regenerativa. Os exossomos são pequenas vesículas que contêm componentes do citosol, incluindo proteínas, lipídios e RNAs. Eles desempenham um papel essencial na comunicação intercelular, transportando essa carga para as células-alvo. Além disso, o papel dos exossomos depende de seus componentes e origem celular. Como uma das células mais dinâmicas com potencial regenerativo, as iPSCs também podem liberar exossomos, sugerindo mais potencial para o tratamento de doenças. Sendo assim, o presente estudo tem como objetivo investigar os efeitos terapêuticos de exossomos derivados de células-tronco pluripotentes induzidas humanas (exo-iPSCs) em células renais estimuladas com alta glicose e em modelo de fibrose renal em murinos. Os exossomos serão isolados do meio condicional de iPSCs e confirmados por microscopia eletrônica de transmissão, análise de rastreamento de nanopartículas e análise de Western blot usando CD63, CD9 e CD81 como marcadores. Exo-iPSCs e iPSCs serão marcados com PKH26 para rastreamento, e será determinado que exossomos esféricos, com uma forma típica de xícara, serão absorvidos por células mesangiais, podócitos e células tubulares. Células mesangiais, podócitos e células tubulares em cultivo serão tratadas com glicose alta (30 mM) com ou sem exo-iPSCs ou iPSCs por 24 h. Após esse período, será avaliado a expressão gênica e proteica de substâncias pró-fibróticas e pró-inflamatórias e também a apoptose será avaliada. Além disso, verificaremos o efeito terapêuticos de exo-iPSCs e iPSCs in vivo, utilizando um modelo animal de fibrose renal induzida obstrução unilateral do ureter (UUO). Portanto, o desenvolvimento deste projeto revelará novos potenciais terapêuticos para o tratamento da doença renal crônica.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio da Silva Silveira

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • controle e automação de veículos aéreos não tripulados com sistema de posicionamento local
  • Investimento em pesquisa na área de automação de sistemas aeroespaciais é uma necessidade para as nações em desenvolvimento devido ao defasamento científico desse setor em relação aos países desenvolvidos. O desenvolvimento científico e de profissionais ligados ao setor de controle e automação de veículos aéreos não tripulados é importante tanto para o setor industrial civil como também é uma questão de segurança nacional. Inspirado por esta demanda real de desenvolvimento no referido tema, se propõe neste projeto de pesquisa a construção de um sistema de captura de movimento que propicie estudos avançados na área de modelagem e controle de sistemas dinâmicos aeroespaciais de tamanho reduzido e sem fins militares. A função é operar como um sistema de localização indoor, como um GPS local em escala laboratorial, permitindo assim que experiências na área de fusão sensorial, predição estocástica, navegação inercial, controle de manobras, aumento de estabilidade, entre outras, possam sair do ambiente de simulação e se tornar uma realidade física com o uso de pequenos drones de asas rotativas. Esta proposta estará apoiada sobre uma equipe jovem, mas altamente capacitada na área de controle e sistemas, com comprovada produção científica no desenvolvimento de algoritmos sofisticados de estimação, predição e controle preditivo e estocástico, agregando à proposta de projeto a certeza do uso de algoritmos que compõem o estado da arte na área de controle e sistemas.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio David Cattani

Ciências Humanas

Sociologia
  • concentração de renda e desigualdades
  • Criação de obra de referência intitulada Dicionário da Riqueza. Popularização os resultados da produção acadêmica sobre o tema "Concentração de renda e desigualdades" por meio dos seguintes produtos: publicação do Dicionário da Riqueza; criação do documentário Ricos, podres de ricos; publicação do livro Nossos caros ricos; publicação da 3ª edição revista e atualizada do livro Ricos, podres de ricos, 2ª ed. do Riqueza e desigualdade na América Latina; 4ª ed. de A sociedade justa e seus inimigos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio de Macedo Filho

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • proposta de manutenção do laboratório de física teórica e modelagem computacional
  • Com o avanço tecnológico, surgiram os computadores de autodesempenho que têm contribuído significativamente para a pesquisa em Física Teórica, parceira da Física Experimental ao longo dos anos. Este advento tem permitido a criação de “Clusters” de computadores, possibilitando a análise de sistemas físicos cada vez mais complicados, contribuindo com o desenvolvimento de pesquisas em Física dos Sistemas Complexos (em Física Estatística) e Nanoestruturas (em Física da Matéria Condensada) e áreas correlatas como Biologia e Química. Embora exista grande contribuição em tais áreas da Ciência, ainda há muito o que fazer. Neste contexto, esta proposta tem como objetivo garantir a manutenção do Laboratório de Física Teórica e Modelagem Computacional e continuar desenvolvendo atividades de pesquisa nas áreas supracitadas, concentrando-se nos seguintes temas: Sistemas epidemiológicos, dinâmica de opinião, propriedades estrutural, óptica e vibracionais de cristais orgânicos e inorgânicos, e transporte eletrônico em moléculas biológicas. Com isso, este projeto contribuirá com a manutenção do Grupo de Física Teórica e Modelagem Computacional estabelecido em Piripiri-PI, que põe a Universidade Estadual do Piauí na vanguarda das pesquisas teóricas, mantendo a integração entre grupos de pesquisas e estabelecimento destes, contribuindo de forma significativa para produção científica desta região
  • Universidade Estadual do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio de Padua Mansur

Ciências da Saúde

Medicina
  • concentração sérica e expressão gênica da sirtuína-1 e dos receptores dos produtos finais da glicação avançada em mulheres com doença coronária aterosclerótica na pós-menopausa após administração de atorvastatina e suplementação com quercitina.
  • A doença arterial coronária (DAC) é a principal causa de morte nas mulheres nas regiões mais desenvolvidas do Brasil. O mecanismo etiopatogênico básico é o processo da aterosclerose. A dieta saudável e rica em frutas e legumes está associada a menor incidência de DAC. O maior consumo desses alimentos promove maior disponibilidade de compostos fenólicos, e a maior ingestão desses compostos é uma das principais hipóteses para a saúde vascular. A quercitina, composto fenólico, é o antioxidante natural mais abundante pertencente ao grupo dos flavonoides. A quercitina melhora o metabolismo das lipoproteínas, a capacidade antioxidativa, a produção de substâncias vasodilatadoras no endotélio vascular e reduz a agregabilidade plaquetária. Da mesma forma, as estatinas são medicações que sabidamente reduzem os eventos cardiovasculares nas mulheres com DAC pela redução dos níveis séricos de LDL-colesterol e, em menor grau, por possíveis efeitos pleiotrópicos adicionais. Portanto, uma série de vias metabólicas é responsável pela saúde vascular. A concentração sérica e expressão gênica da Sirtuína 1 (Sirt1) e do RAGE solúvel (sRAGE) estão também diretamente associados à proteção vascular. O objetivo principal desse estudo é investigar a influência da atorvastatina e da quercitina nas concentrações séricas e na expressão gênica da Sirt1 e do sRAGE em mulheres na pós-menopausa com DAC estável. Os objetivos secundários são: 1- comparar os efeitos antes e após a administração da atorvastatina e da quercitina nas variações da Sirt1 e do sRAGE; 2- avaliar a correlação entre as variações da Sirt1 e do sRAGE com as variações do perfil lipídico, dos biomarcadores inflamatórios e hormonais em resposta à atorvastatina e à suplementação de quercitina. Esse é um estudo randomizado, duplo cego e controlado por placebo, de 60 dias de duração, em 60 mulheres na pós-menopausa com DAC, distribuídas em três grupos com 20 mulheres cada, sendo: Grupo 1 – quercitina (500 mg / dia); Grupo 2 – atorvastatina (80 mg / dia); Grupo 3 – controle (placebo).
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Eduardo Clark Peres

Engenharias

Engenharia de Minas
  • mecanismos de ação de reagentes na flotação de minérios de ferro
  • A flotação catiônica reversa de minérios de ferro é praticada industrialmente no Brasil desde 1977. O sucesso da prática industrial fez com que pouca atenção dada à busca por um entendimento profundo dos mecanismos de ação dos reagentes. No caso dos coletores existe forte competição entre fornecedores que procuram manter seus avanços como segredo. No caso de depressores os altos preços dos amidos tradicionais de milho e mandioca são a motivação para busca de fontes alternativas de amido.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio Egidio Nardi

Ciências da Saúde

Medicina
  • efeitos da estimulação magnética transcraniana no funcionamento cognitivo e cerebral e biomarcadores de idosos com depressão
  • A depressão é um dos transtornos psiquiátricos mais comuns em indivíduos idosos. A depressão caracteriza-se por sintomas físicos e psíquicos. É um transtorno de natureza multifatorial, que envolve inúmeros aspectos de ordem biológica, psicológica, social e econômica, comprometendo significativamente as atividades da vida diária (AVD), qualidade de vida e consequentemente o bem-estar dos indivíduos, levando-os a usarem mais os serviços de saúde. Muito embora existam tratamentos seguros e que promovam efeitos satisfatórios, como psicofármacos, psicoterapias e eletroconvulsoterapia (ECT), em torno de 20% dos pacientes com depressão não respondem a este modelo tradicional de tratamento. Dessa forma, novos métodos terapêuticos adicionais são necessários. Um possível método que atua modulando a atividade elétrica cerebral e é potencialmente viável para o uso na prática clínica é a estimulação magnética transcraniana repetitiva (EMTr). A EMTr é um procedimento não-invasivo baseado na lei de Faraday de indução eletromagnética onde uma atividade elétrica no tecido cerebral pode ser influenciada por um campo magnético, induzindo uma nova corrente elétrica que despolariza os neurônios. O tratamento com EMTr pode ser considerado um tratamento de neuromodulação cerebral devido seu foco ser direcionado aos circuitos neurais de cada transtorno. A EMTr muda a perspectiva de tratamento por alterar a neuroquímica dentro da sinapse, a alteração ou modulação da função do circuito neural no cérebro que se acredita ser desorganizado em alguns transtornos. O projeto tem como objetivo mapear os circuitos cerebrais em idosos com depressão por meio da eletroencefalografia quantitativa (EEGq), potencial relacionado a evento (PRE) e análise de fontes geradoras de atividade elétrica cerebral; investigar os efeitos dos diferentes tipos de protocolos de EMTr na sintomatologia, nas funções cognitivas na depressão; visualizar e comparar a reorganização cortical referente aos circuitos envolvidos na depressão mediante cada tipo de tratamento e correlacionar os achados psicológicos e neuropsicológicos aos achados da atividade cerebral. Espera-se encontrar uma atividade mais intensa no córtex pré-frontal dorsolateral (CPFDL) esquerdo e menos intensa no CPFDL direito. Com relação aos grupos de tratamento com a EMTr-ativa, esperamos que o grupo que receberá a aplicação combinada obtenha maior redução dos sintomas e melhora nas funções cognitivas, mais especificamente nas funções executivas e memória quando comparado aos demais grupos, devido a um maior equilíbrio interhemisférico da região pré-frontal. Dessa forma, com relação à questão da reorganização cortical entre os diferentes tratamentos, espera-se que haja uma maior reorganização nos circuitos da depressão após a administração do tratamento combinado. Por último, esperamos encontrar correlações entre os achados psicológicos e neuropsicológicos com os achados de EEG quantitativa e PRE e análise de fontes geradoras de atividade cerebral em todos os grupos.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antônio Euzébio Goulart Santana

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • produtos naturais no controle de lepidopteros pragas da cultura do caju
  • O presente projeto relaciona-se a uma série de atividades, todas elas interligadas e tendo como eixo comum a ecologia química, seja na obtenção de dados relacionados ao comportamento do inseto, no estudo e determinação da estrutura de feromônio e de outras moléculas importantes como cairomônios e atrativos alimentares e de oviposição na preparação e uso de liberadores de feromônios, no possível preparação e uso de biossensores, na síntese de feromônios em escala preparativa. Em relação às áreas de pesquisa, são de fronteira, com caráter inovador, interdisciplinar e com forte interesse acadêmico-tecnológico. A área de feromônios é uma das mais atuais e vibrantes, com uma série de desafios científicos e tecnológicos. Os feromônios possuem características passíveis de serem medidas e avaliadas e seu uso no controle de pragas traz vantagens importantes para a população, para o agricultor por ser uma técnica ambientalmente correta, amiga do meio ambiente e sustentável. Dentre os feromônios, nos interessam especialmente aqueles relacionados aos insetos pragas de culturas importantes, os de grãos armazenados e aqueles atraentes e repelentes de vetores de doenças de plantas, de animais e de humanos. São inúmeras as doenças transmitidas por insetos sejam para os animais como bovinos, caprinos, equinos, para os humanos e plantas. A pesquisa de feromônios e atraentes de insetos e sua correlação com os insetos vai contribuir no sentido de monitorar e controlar a presença do insto no ambiente. Um dos principais entraves para a produção agrícola mundial ainda é o ataque de pragas e doenças. Estima-se que essas perdas atinjam 37% da produção mundial, dos quais cerca de 13% seja devido a insetos. A utilização indiscriminada de defensivos agrícolas para a proteção de plantas, além de onerar o custo da produção da cultura provoca por muitas vezes danos irreversíveis ao agroecossistema. Ações tecnicamente incorretas de manejo de pragas e doenças causam acúmulo de resíduos em frutos e ocasionam problemas à saúde humana e ao meio ambiente. O monitoramento e o controle de pragas com feromônio quando adotados proporcionam um menor desequilíbrio ambiental e um melhor custo benefício para o produtor. Hoje, no Brasil, o uso de feromônio como ferramenta de controle de pragas está inserido dentro da política do agronegócio. Na maioria dos casos o controle de pragas é realizado através de pulverizações com inseticidas, que já vimos se tratar de uma maneira menos eficiente de controle. O monitoramento destas pragas poderia levar a um controle de maneira mais econômica e racional, bem como uma diminuição no risco de resíduos nos frutos e intoxicação. No presente projeto, visa-se o desenvolvimento da análise do comportamento, a análise do feromônio das pragas conhecidas como traça-da-castanha, Anacampsis cf. phytomiella Busck 1982 e da broca-das-pontas do cajueiro, Anthistarcha binocularis Meyrick 1929 (Lepidoptera: Gelechiidae). Ambas as espécies atacam o cajueiro (Anacardium occidentale L.) (Anacardiaceae) durante os estágios larvais, causando destruição da castanha do caju ou broqueando as terminações dos ramos de inflorescência da planta, o que leva a grandes prejuízos econômicos nesse setor agrícola. A descrição da morfologia externa dos estágios imaturos (ovos, larvas e pupas) e adultos, será pesquisada por meio de observações e mensurações, empregando-se microscopia ótica e registros fotográficos. O comportamento reprodutivo e acasalamento serão observados e descritos. Serão realizados processos de extração, isolamento e identificação do feromônio de A. phytomiella e A. binocularis, por meio de técnicas de cromatografia gasosa acoplada ao detector eletroantenográfico (CG-EAG) e cromatografia gasosa associada a espectrometria de massas (CG-EM). O feromônio sexual das espécies será sintetizado e submetido a bioensaios em laboratório e a campo, para verificação de sua eficácia. A investigação do comportamento de acasalamento e dos feromônios envolvidos nesse processo podem contribuir significativamente para a evolução nas técnicas de manejo integrado dessas pragas na cultura do caju. Devo informar que temos outros projetos com cerca de 12 alunos de doutoramento nesta área de pesquisa que serão desenvolvidos no mesmo período.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Fernando Bertachini de Almeida Prado

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • estratégias econômicas para descarte de satélites
  • O objetivo deste trabalho é o de estudar modelos e métodos para o cálculo de trajetórias espaciais ótimas, do ponto de vista de menor consumo de combustível, para as manobras necessárias para o descarte de veículos espaciais, em particular membros de uma constelação de satélites artificiais da Terra, após o final de sua vida útil. Serão estudadas e comparadas diferentes estratégias envolvendo manobras impulsivas clássicas (transferência de Hohmann, bi-elíptica, etc) nas versões que incluem órbitas circulares e elípticas. Pretende-se também desenvolver duas estratégias mais recentes na literatura para essas manobras: i) uma baseada no uso dos chamados "tethers", que são cabos longos que ligam satélites entre si ou em outros corpos; ii) uma segunda baseada no uso de pressão de radiação solar para a derrubada do satélite.
  • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio Fernando Branco Costa

Engenharias

Engenharia de Produção
  • o uso combinado de dois gráficos de xbarra e regras especiais de sinalização para o monitoramento de processos bivariados autocorrelacionados
  • A lentidão com que o gráfico de Shewhart sinaliza deslocamentos da média, de magnitude próxima a de um desvio padrão, tem levado ao uso de regras especiais de sinalização, como por exemplo, a regra de dois pontos na região de ação, não necessariamente vizinhos, mas próximos. Nesta pesquisa, são propostos, para o monitoramento de processos auto correlacionados bivariados, dois gráficos de Xbarra combinados com regras de sinalização baseadas na ocorrência de um segundo ponto na região de ação.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio Flávio Medeiros Dantas

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • caracterização epidemiológica, clínica e patológica das doenças de suínos no semiárido do nordeste brasileiro
  • Devido à expansão da suinocultura na região semiárida do Nordeste do Brasil, observou-se aumento na casuística de doenças em suínos. Com o ascende número de casos clínicos de doenças em suínos na região, cria-se também a necessidade de se conhecer detalhadamente os fatores epidemiológicos e os aspectos clínico-patológicos, além da necessidade de se buscar técnicas laboratoriais eficientes para que possam auxiliar no estabelecimento do diagnóstico etiológico. Desta forma, o objetivo deste projeto é realizar um estudo retrospectivo e prospectivo detalhado das doenças que acometem os suínos no semiárido do Nordeste brasileiro. Para isso, será realizado um levantamento nos arquivos do Laboratório de Patologia Animal do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande, localizado em Patos, Paraíba, resgatando todos os dados relacionados à epidemiologia, formas clínicas, achados macroscópicos e microscópicos dessas doenças. Paralelamente, serão acompanhados todos os casos de suínos que chegarem à clínica de grandes animais, para a realização de exame clínico e coleta de material para isolamento e tipificação do agente etiológico. Adicionalmente serão realizadas visitas nas propriedades onde ocorreram surtos com mortalidade para caracterizar sua epidemiologia e realização de exames anatomopatológicos. Quando possível, também será utilizados técnicas histoquímicas e imuno-histoquímica para os agentes infecciosos na tentativa de determinar o agente etiológico dessas doenças. O conhecimento sobre a ocorrência das diferentes doenças que afetam os suínos nessa região é fundamental para que os médicos veterinários de campo tenham em mãos uma lista de diagnósticos diferenciais para as suspeitas clínicas das doenças e para que sejam tomadas medidas profiláticas corretas e instituídos tratamentos adequados.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio Francisco Gomes Furtado Filho

Ciências Humanas

Educação
  • feiras de ciências e mostra científica: uma ferramenta de iniciação à pesquisa no sertões de crateús-ce
  • Atualmente, o que se observa no ensino básico é uma necessidade de se formar cidadãos capazes de dominarem argumentos e ferramentas relacionados à ciências e tecnologia. A falta de incentivos e de investimentos que possibilitem tornar essas áreas do conhecimento mais acessíveis para os alunos é um dos principais fatores que contribuem bastante para tal necessidade. Assim, atividades de exposições interdisciplinares, como por exemplo, eventos de natureza científica e de inovações tecnológicas, são ações necessárias e de fundamental importância para uma boa formação dos alunos e que os possibilitem a tomarem decisões e darem contribuições relevantes na sociedade, relativas a aspectos da ciência, tecnologia e demais áreas do conhecimento humano. Tendo em vista os argumentos acima mencionados, este projeto de feira de ciências e mostra científica tem como objetivo principal identificar jovens estudantes de escolas públicas e privadas do município de Crateús com potencialidade e visão científica nas diversas áreas que compõem a ciência, bem como promover ações de interação e disseminação da ciência na educação básica. Mais especificamente, o intuito do projeto será promover um encontro no qual os trabalhos relacionados à ciência sejam apresentados, de forma que a socialização de idéias desperte o interesse científico, crítico e criativo para desenvolvimento sustentável e consciente dos alunos a partir de problemas do cotidiano. O evento fortalece o Campus da UFC em Crateús, mobilizando estudantes dos cursos de Ciência da Computação, de Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Minas e Sistema de Informação para serem tutores e divulgadores do projeto para estimular o interesse do aluno do ensino básico para às áreas de engenharia e tecnologias. Recentemente, o MEC - (Ministério da Educação 2018) divulgou um estudo que mostra que sete dentre cada dez alunos do ensino médio têm nível insuficiente em matemática, que é uma disciplina extremamente importante não somente por ser base da ciência, mas também por estar correlacionada com diversas áreas do conhecimento. Estratégias, como feira de ciências e mostras científicas, que facilitem a divulgação da importância da ciência na vida cotidiana e que aproxime o aluno dos saberes científicos são de suma importância para o desenvolvimento da educação.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Antonio Francisco Malheiros

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • diversidade e caracterização molecular de protozoários intestinais dos biomas mato-grossenses
  • Os enteroparasitas pertencem à fauna parasitária intestinal de seres humanos, animais domésticos e silvestres. Estão entre as infecções mais comuns em todo o mundo constituindo um relevante problema de saúde pública, afetando desproporcionalmente populações desfavorecidas social e economicamente. Estudos apontam que grande parte das infecções enteroparasitárias tem um componente animal relevante, constituindo doenças zoonóticas e estão associadas a pessoas que vivem em estreita proximidade com animais, que podem ser domésticos (gado e outros animais de criação ou animais de companhia) ou silvestres. O estudo ecológico de qualquer parasita intestinal proporciona informações sobre do grau de insalubridade do meio, o nível e a extensão do saneamento ambiental e hábitos higiênicos sociais, apontando os determinantes sociais, ambientais e econômicos que influenciam essas infecções. Esses estudos de ecologia de doenças, auxiliam na compreensão da direção e taxa de evolução de agentes infecciosos como os protozoários intestinais, helmintos entre outros, e podem fomentar discussões importantes na política de saúde pública. Nesse contexto compreender como as influências do ambiente natural e as interações parasita-hospedeiro, agem na prevalência e diversidade de parasitas intestinais e o seu potencial zoonótico em diversas regiões geográficas, é necessário não apenas para mensurar a problemática das altas taxas de morbidade, como também gera dados para o planejamento de ações governamentais de saúde pública, sanitárias e educacionais. Assim, essa pesquisa pretende analisar a ocorrência e diversidade genética de protozoários intestinais em animais domésticos e silvestres provenientes dos biomas do Estado de Mato Grosso (Pantanal, Amazônia e Cerrado), e as suas interações com os seres humanos como hospedeiros acidentais, fornecendo conhecimento e registro da diversidade e relações filogenéticas nesses ambientes. Este é um estudo de sistemática filogenética, cujo foco principal é a diversidade biológica dos enteroprotozoários, ou seja, inferências de relacionamento entre grupos e espécies desses organismos. Essa pesquisa possibilitará o conhecimento e registro da diversidade de protozoários intestinais de animais domésticos, silvestres e seres humanos dos três biomas mato-grossenses, o estudo do relacionamento filogenético com inferência do potencial zoonótico do parasita com os diferentes hospedeiros, bem como a percepção dos determinantes sociais, ambientais, econômicos e políticos que influenciam a disseminação das infecções enteroparasitárias, fomentando políticas públicas para melhoria desse cenário como ações governamentais de saneamento e infraestrutura para saúde pública e veterinária.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Galina Filho

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • fisiologia mitocondrial nas doenças crônico degenerativas: utilização da transferência exógena de mitocôndrias isoladas - mitoterapia - como estratégia terapêutica
  • As doenças crônico-degenerativas são a maior causa de morte no Brasil, e o número de pacientes acometidos por estas patologias deve aumentar muito nos próximos anos em função do envelhecimento e do estilo de vida moderno da população. Atualmente, não existem tratamentos capazes de reverter, interromper e/ou frear de forma efetiva a progressão de doenças devastadoras como Alzheimer (DA) e diabetes melittus. Apesar dos avanços obtidos nos últimos anos acerca do envolvimento da bioenergética nas doenças crônicas, os mecanismos exatos envolvidos neste processo, e as possíveis estratégias terapêuticas para reestabelecimento da função mitocondrial ainda não foram identificados. A transferência de mitocôndrias isoladas de um doador para outras células já se mostrou eficaz na recuperação funcional de tecidos submetidos a condições isquêmicas. Considerando que doenças como DA e diabetes apresentam uma marcante disfunção mitocondrial, e que estas organelas são capazes de serem transferidas de célula para célula, pretendemos desenvolver uma abordagem inovadora de transferência exógena de mitocôndrias isoladas (mitoterapia) em diferentes modelos de doenças degenerativas. Baseado na experiência do proponente do projeto, iremos realizar uma investigação detalhada e ainda inédita no Brasil, usando a mitoterapia para a reversão dos sintomas em diferentes modelos murinos de DA e diabetes tipo I e II. A aprovação da presente proposta permitirá o fortalecimento da linha de pesquisa de bioenergética e disfunção mitocôndrial no Estado do Rio de Janeiro, e o avanço do entendimento do papel das disfunções mitocondriais nas doenças crônicas e/ou degenerativas.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Gilberto Ferreira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • estudo dos frutos de euterpe oleracea mart. (açaí) através de rmn, quimiometria e medidas físico-químicas
  • O açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) é uma planta da família Arecaceae, que apresenta frutos em duas colorações distintas. Açaí preto, com frutos maduros tendo polpa da cor roxa escuro, e o açaí branco, cujos frutos maduros apresentam na realidade uma coloração verde-claro. A polpa dos frutos denominada de “vinho”, ou refresco de açaí, é um importante produto alimentar muito consumido em toda a região norte do país e, mais recentemente, também nas regiões sul, sudeste e no exterior. Ela é rica em lipídeos, proteínas, fibras, alfa-tocoferol, antocianinas, além de sais minerais. Por isso, constitui um alimento e uma fonte de renda importante para as populações ribeirinhas. Os dois maiores problemas enfrentados com a sua comercialização, não só para o exterior como também internamente, é a sua fácil degradação, principalmente por ser muito suscetível à oxidação e, o escasso conhecimento sobre os compostos orgânicos presentes no produto. Isso dificulta o controle de qualidade e a sua rastreabilidade, uma vez que, são comercializados frutos de diferentes regiões, diferentes épocas do ano (safra e entressafra), diferentes tipos de “cultivo” (plantas em áreas secas e alagadas) e diferentes cultivares. Os problemas relativos à contaminação microbiológica podem ser resolvidos com a execução de boas práticas de higienização durante as várias etapas na cadeia produtiva. Portanto, o presente projeto tem como finalidade responder a três questões importantes. A primeira delas visa ter uma visão geral dos constituintes químicos presentes na polpa processada, de tal forma que seja possível avaliar as influências da sazonalidade (safra/entressafra) em amostras comerciais. Para isso utilizar-se-á a RMN de 1H do extrato metanólico da polpa (como fingerprint) aliada a ferramentas quimiométricas (PCA, HCA, SIMCA e PLS-DA). No estudo serão utilizadas amostras coletadas no comércio local da cidade de Belém-Pará. O segundo aspecto envolve a identificação/caracterização do maior número de substâncias químicas majoritárias, através do uso da RMN 1D e 2D, preferencialmente sem o seu isolamento, e também, as minoritárias, utilizando técnicas acopladas (hiphenation) CLAE-UV-EFS-RMN e CLAE-UV-BPSU/RMN. Espera-se com isso não só responder quais substâncias são responsáveis pelas diferenciações, mas também, identificar substâncias que possam agregar valor comercial, principalmente, aquelas relacionadas ao caráter nutracêutico do produto. Por fim, pretende-se traçar correlações dos dados obtidos através das medidas espectroscópicas, com os dados obtidos das análises físico-químicas: pH, acidez titulável total, sólidos solúveis totais (oBrix), umidade e sólidos totais, teores de lipídios e proteínas, teor total de cinzas, antocianinas e compostos fenólicos totais. Para isso, serão utilizadas as mesmas amostras a fim de verificar possíveis correlações usando ferramentas estatístico/quimiométricas e, assim, com o uso de propriedades físico-químicas menos onerosas, inferir sobre a qualidade e rastreabilidade do produto.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio Gomes de Souza Filho

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • central analítica em técnicas de microscopia eletrônica e óptica
  • Existe uma grande demanda de técnicas de microscopia avançadas no âmbito da Universidade Federal do Ceará e do Estado do Ceará, bem como das regiões Nordeste e Norte, onde diversos programas de pós-graduação desenvolvem atividades de pesquisa experimental básica e aplicada em ciências e engenharia dos materiais, física, química, geologia, biologia, bioquímica, farmacologia, odontologia, farmácia, ciências do solo, engenharia de pesca e engenharia de alimentos. Diversos grupos de pesquisa demandam o uso de microscopia eletrônica, principalmente de transmissão, nas atividades de pesquisa desenvolvida com o suporte financeiro de projetos individuais e de grandes projetos temáticos tais como redes temáticas nacionais e Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia. Os resultados fornecidos por essas técnicas de caracterização revelam novas propriedades dos materiais que podem ser exploradas para provar conceitos, elaborar protótipos com potencial para aplicações tecnológicas. A central analítica com infraestrutura multiusuária e equipamentos de grande porte em técnicas avançadas de microscopia consolidará áreas já bem estabelecidas e catalisará o crescimento de novos programas de pós-graduação incluindo aqueles dos campi avançados (localizados no interior dos Estados) das IFES e das Universidades Estaduais e IFs. É esperada também uma maior inserção internacional dos programas de pós-graduação do Estado atraindo cada vez mais projetos colaborativos com instituições de outros países, a exemplo do PRINT que a UFC faz parte, elevando a qualidade dos cursos de pós-graduação da região. Atenção especial será dada para a atuação da Central Analítica junto ao setor produtivo através de prestação de serviços e projetos de desenvolvimento. Contato permanente com a federação das Indústrias do Estado do Ceará tem sido mantido no sentido de usar as ferramentas e mecanismos dos sindicatos dos setores para divulgar junto às empresas associadas os serviços disponibilizados pela Central Analítica e atrair o setor produtivo para o desenvolvimento de projetos de inovação. Atuando dessa forma, a central analítica impactará de forma positiva os arranjos produtivos locais nas áreas têxteis, farmacêutico, siderúrgico, biotecnologia, polímeros, cerâmico, alimentos, entre outros. O regimento interno da central analítica prevê que 20% do tempo de máquina será dedicado à interação com o setor produtivo. A proposta tem como pleito o financiamento de bolsista, recursos de manutenção dos equipamentos já instalados e a aquisição de equipamento para a preparação de amostras metálicas para medidas de microscopia eletrônica. Esse é um nicho importante de atuação do laboratório tendo em vista o pólo siderúrgico instalado no estado do Ceará.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/12/2019-31/12/2023
Foto de perfil

Antonio Gomes de Souza Filho

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • propriedades eletrônicas e vibracionais de materiais unidimensionais (1d) e síntese de novos materiais bidimensionais (2d) via altas pressões hidrostáticas
  • O projeto propõe investigar importantes tópicos científicos relacionados com propriedades eletrônicas e ópticas de novos materiais nanoestruturados (unidimensionais e bidimensionais) em diferentes condições termodinâmicas. O desenvolvimento do projeto será em parte realizado por meio da formação de estudantes nos mais diferentes níveis usando uma plataforma interdisciplinar envolvendo técnicas de síntese, de instrumentação e analíticas de última geração, que representam o estado da arte no estudo de fenômenos na física do estado sólido. Investigaremos longas cadeias lineares de carbono encapsuladas em nanotubos de carbono usando espectroscopia Raman ressonante. Serão realizadas dopagens nos nanotubos para investigar os efeitos de transferência de carga para as cadeias lineares e os efeitos no acoplamento elétron-fônon bem como o efeito da pressão e da temperatura visando entender os efeitos da interação de van der Waals das cadeias com as paredes dos nanotubos e o efeito dessa interação sobre o gap de energia das cadeias lineares bem como na energia dos modos vibracionais. Estudaremos também a síntese de novos materiais bidimensionaisos (ex. diamondeno) via altas pressões hidrostáticas em grafeno e heteroestruturas de van der Waals. Os materiais inéditos obtidos, se estáveis, serão caracterizados por diversas técnicas (Raman convencional, TERS, IR, MFM, dentre outras).
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Guilherme Fonseca Pacheco

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • doença cardiovascular em uma coorte de pacientes infectados pelo hiv: fatores associados e comparação com indivíduos não infectados
  • Após a introdução e o uso em larga escala da terapia antirretroviral combinada (TAR) em pacientes infectados pelo HIV houve um profundo impacto no perfil de morbi-mortalidade entre esses pacientes, tanto em países desenvolvidos como em desenvolvimento, incluindo o Brasil. Uma consequência imediata foi o rápido aumento da sobrevida entre pacientes infectados pelo HIV, o que os levou a ficarem mais tempo expostos a fatores de risco, ligados ou não a imunodeficiência, além de exposição crônica a medicamentos. Dentre as consequências decorrentes desses fatores estão o aparecimento de distúrbios metabólicos e o consequente envelhecimento precoce do sistema cardiovascular. Os objetivos desse projeto incluem estudar, em uma coorte de pacientes infectados pelo HIV: 1) a associação entre infecção pelo HIV e alterações na velocidade de onda de pulso (VOP); 2) a validação de eventos cardiovasculares e descrição da incidência de arteriosclerose e; 3) Avaliar a acurácia preditiva dos escores de Framingham e DAD em participantes HIV positivo
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio Gustavo Sampaio de Oliveira Filho

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • reciclagem de co2: uma abordagem computacional
  • A emissão de dióxido de carbono (CO2) por atividades antropogênicas se tornou um problema mundial com forte ligação ao aquecimento global. O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (Intergovernmental Panel on Climate Change - IPCC) prevê que, até o ano 2100, a temperatura média global poderá subir até 1,9 ◦C. O desenvolvimento contínuo de novas tecnologias de captura, armazenamento e utilização de CO2 (CO2 capture, storage and utilization - CCSU) são soluções atrati- vas para mitigar as emissões de CO2 e, ao mesmo tempo, reduzir nossa dependência em químicos derivados de petróleo. Nesse contexto, o presente projeto empregará diferentes técnicas da química computacional para desenvolver e aprimorar materiais e processos de reciclagem e conversão de CO2.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Henrique da Fontoura Klein

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • subida do nível do mar e a baía da babitonga: uma abordagem eco-morfodinamica para prever e mitigar impactos
  • A subida do nível médio do mar devido ás mudanças climáticas é uma evidência científicia, e representa uma das maiores ameaças á preservação de zonas costeiras em todo o mundo. Estuários e baías são ambientes costeiros de grande importância ecológica e reconhecidos por gerarem bens e serviços para comunidades locais de grande importância. A Baía da Babitonga, localizada no litoral norte de Santa Catarina, configura-se como um dos ambientes estuarinos mais importantes do estado e do Sul do País. Alguns dos motivos deste reconhecimento são a presença das maiores áreas de manguezais do Sul do País, o maior pólo industrial e urbano de Santa Catarina (cidade de Joinville), juntamente com a existência de dois importantes portos comerciais (São Francisco do Sul e Itapoá). Com a subida do nível médio do mar são esperadas modificações na ecologia (área de manguezal) e estrutura física (batimetria) que poderão consequentemente afetar toda a dinâmica social, ambiental e econômica da baía. Contudo até a data os potências impactos são desconhecidos e não existem estratégias de mitigação. A presente proposta de projeto pretender abordar esta temática e desenvolver um estudo aprofundado para averiguar os potênciais impactos que a súbida do nível médio do mar poderá trazer para a baía da Babitonga, assim como estudar medidades de mitigação. A abordagem deste projeto assenta em 5 eixos de pesquisa complementares: 1) revisão histórica da evolução batimétrica e da ocupação da área de manguezal da baía: caracterizar a evolução histórica (1973 – 2017) da ocupação de manguezais e morfologia da batimetria da baía através da utilização de imagens de satélite multiespectrais, e identificar padrões e tendências evolutivas nestes dois indicadores ambientais; 2) caracteriação da estrutura e composição sedimentar da baía: desenvolver um estudo aprofundado sobre a composição e estrutura sedimentar da baía através de observações geofísicas (sísmica rasa) e de testemunhos sedimentares; 3) previsão dos futuros impactos (áreas de inundação, hidrodinâmica, sedimentação e evolução batimétrica) provocados pela subida do nível médio do mar na baía: desenvolver, calibrar e validar modelo hidrodinâmico, sedimentar e morfológico para a baía que inclua a interação com os manguezais. Usar o modelo para prevêr o impacto de diferentes cenários de súbida do nível médio do mar na hidrodinâmica e sedimentação da baía; 4) investigar o uso de manguezais como estruturas de proteção costeira contra a súbida do nível médio do mar: investigar através de modelação numérica o uso de manguezais como estruturas de proteção costeira contra a subida do nível médio do mar; 5) desenvolver uma ferramenta de análise e visualização de dados geoespaciais: desenvolver uma ferramenta SIG com tecnologia google earth engine, que permita a análise de dados geospaciais e sua visualização.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 30/11/2017-30/11/2020
Foto de perfil

Antonio Herbert Lancha Junior

Ciências da Saúde

Educação Física
  • suplementação de probióticos, parâmetros imunológicos e de permeabilidade intestinal em corridos após uma maratona
  • Os elementos probioticos tem demonstrado efetividade no tratamento de diversas doenças nas quais existe um quadro de disbiose associado, tais como diabetes, obesidade, asma, síndrome do intestino irritado. Em modalidades esportivas de longa duração como, corrida, ciclismo e triátlon é frequente o aparecimento de sintomas gastrintestinais, aumento da permeabilidade intestinal (PI) e endotoxemia. Além disso, sabe-se que o exercício pode provocar um declínio da atividade das células do sistema imunológico (neutrófilos, monócitos e linfócitos) facilitando o aparecimento de infecções. Estudos controlados em atletas indicam que, a ingestão diária de probióticos resulta na diminuição do número de dias e severidade de infeções do trato respiratório superior, bem como na diminuição da severidade de sintomas gastrointestinais em atletas. Porém grande parte destes estudos não verificou o que ocorre com a função das células do sistema imunológico após o período de suplementação, não acompanharam o que ocorre com os parâmetros avaliados dias após a competição, ou utilizaram como parâmetro testes físicos realizados em ambiente controlado, o que se distancia da real situação vivenciada pelo atleta no momento da competição. A partir do exposto pretende-se neste estudo verificar após exercício agudo prolongado extenuante se a suplementação de probióticos altera a permeabilidade intestinal durante o período de recuperação e, qual a influência da suplementação sobre a função dos neutrófilos, permeabilidade intestinal, marcadores de endotoxemia e sobre a microbiota intestinal após uma corrida de maratona. Para isso serão selecionados 30 sujeitos do sexo masculino, que tinham experiência prévia em maratonas. Os sujeitos serão randomizados em 2 grupos: Placebo (n=15) e suplementação (n=15). Após a coleta no momento basal, o grupo suplementação fará a utilização de sachês(1/dia) contendo 10x109 Unidades Formadoras de Colônia (UFC) de Lactobacillus acidophilus, e 10x109 (UFC) de Bifidobacterium lactis durante 30 dias, enquanto o grupo placebo utilizará sachês contendo 5g de maltodextrina. Serão realizadas coletas de sangue, saliva e fezes no momento basal, após o período de suplementação, logo após a realização da prova e 5 dias após a prova. Os dados serão analisados comparando os diferentes grupos, utilizando análise de variância Teste-T para amostras independentes ou Modelo Misto (com 'grupo' e 'tempo' como fatores) quando necessário. Para todas as análises, o nível de significância será de p≤0,05 e apresentados em média ±Desvio Padrão (DP). Palavras Chaves: Exercício prolongado extenuante, probióticos, permeabilidade intestinal, imunossupressão, microbiota.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Hernandes Chaves Neto

Ciências da Saúde

Odontologia
  • parâmetros bioquímicos das glândulas parótidas e submandibulares de ratos machos wistar tratados com sibutramina.
  • A sibutramina é um inibidor seletivo da recaptação neuronal de noradrenalina e serotonina amplamente utilizada mundialmente para o tratamento da obesidade. A ação anorexígena e termogênica da sibutramina é bem conhecida, porém seus efeitos colaterais podem ser destacados como a hipertensão, taquicardia, constipação, ansiedade, cefaleia, insônia, sudorese, alterações no paladar e com alta frequência a boca seca. A despeito dos seus efeitos na taxa de fluxo salivar, os seus possíveis efeitos sobre as glândulas salivares não são descritos. Assim, o objetivo deste trabalho será avaliar os possíveis efeitos da sibutramina sobre as glândulas parótidas e submandibulares de ratos machos Wistar. Neste estudo, ratos machos adultos da linhagem Wistar (12-16 semanas / 350-450 g) serão divididos em três grupos: tratados diariamente durante 30 dias com sibutramina a 6 e 10 mg/kg/dia através de gavagem e grupo controle, que receberá apenas o veículo (dimetilsulfóxido e solução salina). O protocolo experimental será submetido à Comissão de Ética no Uso de Animais da Faculdade de Odontologia de Araçatuba – UNESP. Após o período de tratamento, os animais serão pesados e eutanasiados por exsanguinação sob anestesia geral. As glândulas parótidas e submandibulares direitas e esquerdas serão removidas e seus pesos serão mensurados. Parte das glândulas do lado direito serão utilizadas para a análise histopatológica e a outra parte para Western blot, enquanto as glândulas esquerdas serão fracionadas para as análises do perfil bioquímico e estado oxidativo. Excluindo-se as glândulas salivares que serão utilizadas para a análise histopatológicas, as demais serão armazenadas a -80 °C até a sua análise. Serão avaliados os seguintes parâmetros do estado oxidativo no homogenato das glândulas salivares: concentração de malonaldeído, atividade das enzimas antioxidantes catalase, superóxido dismutase e glutationa peroxidase. Ainda no homogenato será determinado a concentração de glutationa reduzida (GSH) e glutationa oxidada (GSSG). Também será avaliado a capacidade antioxidante total do plasma. Além disso, avaliaremos a atividade das enzimas alfa-amilase, fosfatase ácida, fosfatase alcalina, fosfatase ácida resistente ao tartarato, e o conteúdo de proteína total e mucoproteínas (ácido siálico), nas glândulas salivares citadas. Por meio da técnica de Western blot analisaremos a atividade da quinase Akt relacionados com vias de sobrevivência celular. Os dados serão expressos como média e erro padrão da média (EPM). A normalidade e a homocedasticidade dos dados serão analisadas e os mesmos serão submetidos ao teste paramétrico ou não paramétrico mais adequado. Para todos os testes, será fixado em 5% (p < 0,05) o nível de rejeição da hipótese de nulidade.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio Hilario Aguilera Urquiza

Ciências Humanas

Antropologia
  • oguata guasu e território: uma análise antropológica da mobilidade guarani nas fronteiras de mato grosso do sul
  • O projeto se propõe, através da pesquisa bibliográfica, documental e de campo, a efetuar uma análise da temática do tráfico da mobilidade dos povos indígenas, particularmente do povo Guarani, vivida nas fronteiras de Mato Grosso do Sul, em especial as suas dinâmicas e modalidades. Tema complexo e que deverá ser abordado de forma interdisciplinar, a partir do enfoque antropológico, histórico, sociológico e, dos Direitos Humanos. A pesquisa possui alta relevância social, pois tem como foco grupos populacionais com grande vulnerabilidade, caracterizados por sua procedência geográfica, sejam brasileiros ou, em especial os paraguaios; por sua etnia, como é o caso da população indígena (o povo Guarani transita pelos dois lados da fronteira); por serem mulheres, crianças e adolescentes, que realizam atividades migratórias na extensa fronteira do Estado do Mato Grosso do Sul, geralmente em busca de melhores condições de vida e/ou visita a suas parentelas, e acabam se tornando potenciais vítimas de violação de direitos fundamentais. De acordo com o direito comunitário Guarani, a mobilidade ao longo do território ancestral é uma prática milenar conhecida como “Oguata Porã”, e possui grande carga axiológica para a comunidade tradicional, além de representar um instrumento de harmonia comunitária praticado em função da resolução de litígios. Ocorre que a mobilidade territorial, da forma como é praticada por esses povos tradicionais, não é reconhecida no ordenamento jurídico brasileiro como elemento pertencente à conjectura social costumeira da comunidade. Por isso, é tratada como mera circulação informal, fato gerador de maior marginalização, impossibilidade de desenvolvimento segundo seus princípios tradicionais, e inacessibilidade a hospitais, saneamento básico, alimentação complementar e educação. A pesquisa pretende ser uma atividade interdisciplinar e interinstitucional, ou seja, será desenvolvida em parceria com outras instituições (Universidade Católica Dom Bosco e Universidade Federal da Grande Dourados), além das parcerias com os municípios e representantes da sociedade civil. Busca-se através dos diversos olhares, particularmente da Antropologia, a realização de uma análise crítica dos fatos, das modalidades e dinâmicas da mobilidade do povo Guarani, nos principais municípios que determinam a fronteira internacional do Estado de Mato Grosso do Sul, em especial Ponta Porã, Antônio João, Amambai, Caarapó, Bela Vista e Porto Murtinho. Pretende-se com este estudo, analisar as modalidades e dinâmicas atuais da mobilidade do povo Guarani nas fronteiras de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, assim como suas relações com o território e regularização fundiária.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Jefferson da Silva Machado

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • supercondutividade em novos materiais tipológicos
  • Este plano de trabalho versa sobre o crescimento de cristais de alta qualidade pelo método de auto-fluxo, de dicalcogênios que cristalizam no protótipo CdI2. Resultados preliminares mostrados neste plano, mostram que é possível crescer cristais de alta qualidade por este método representado por um membro da família que é o Ni0.02ZrTe2. Cálculos de estrutura de bandas, bem como alguns resultados reportados na literatura, mostram que este tipo de protótipo apresenta uma topologia não trivial e, neste sentido, a supercondutividade oriunda deste protótipo pode ser exemplo claro de supercondutores topológicos não artificiais.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antônio João Hocayen da Silva

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • formas não convencionais de organização: reflexões a partir de contextos comunitários tradicionais
  • O pensamento acadêmico dominante elege a organização formal capitalista como a única forma organizacional possível, visão que corresponde a um processo ideológico e hegemônico atrelado a uma lógica utilitarista instituída pela Sociedade de Mercado. Inserido na área de Estudos Organizacionais em Administração e inclinado a uma perspectiva critica acerca de Formas Não Convencionais de Organização, este estudo possui como propósito central compreender a manifestação e as implicações da tensão entre racionalidade substantiva e racionalidade instrumental em Comunidades Tradicionais do Paraná. Esforço que se apresenta relevante tendo em vista que os pressupostos de desenvolvimento, de crescimento e de progresso conflitam com a percepção e o significado de convívio coletivo e de uso comunitário do território. Para sua consecução o estudo inicia-se com levantamento e organização de material documental. Em complemento ao levantamento e organização de registros históricos, serão realizadas entrevistas com quilombolas, benzedeiras e faxinalenses, bem como com agentes públicos. Os dados serão analisados pela técnica de análise social do discurso. Considerando a relevância do estudo sobre formas não convencionais de organização é pertinente apontar que as reflexões acerca das Comunidades Tradicionais contribuem para a ampliação dos conhecimentos teóricos e empíricos na área de Estudos Organizacionais em Administração, em decorrência dos limites conceituais da atual Teoria das Organizações para a compreensão de diferentes formas de associações humanas.
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antônio João Hocayen da Silva

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • contribuições do cooperativismo paranaense aos objetivos de desenvolvimento sustentável (ods): diagnóstico e proposição de um instrumento de investigação
  • A presente proposta de pesquisa tem como objetivo analisar as ações práticas implementadas por diretores e gestores das Cooperativas Paranaenses com o intuito de contribuir para a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos em Assembleia Geral das Nações Unidas no ano de 2015. Caracteriza-se como uma pesquisa qualitativa e quantitativa, explicativa e descritiva. Os dados serão coletados em duas fases. A primeira por meio de procedimentos documental nas organizações e entrevistas semiestruturadas com diretores e gestores. Os dados serão base para a construção de um questionário com escala likert que, na segunda fase, será aplicado em todas as cooperativas do estado do Paraná. Com o uso do SPSS os dados quantitativos serão analisados considerando-se 3 dimensões: i) percepção de diretores e gestores em relação a viabilidade dos ODS; ii) percepção de diretores e gestores em relação aos possíveis impactos dos ODS para a sociedade; e iii) mudanças de gestão e organização diante dos ODS. Pretende-se contribuir com a pesquisa tanto em termos científicos, como práticos, chamando para uma reflexão acerca do papel e das contribuições do cooperativismo paranaense na concretização dos 17 ODS e suas 169 Metas.
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021
Foto de perfil

Antonio Jorge Goncalves Soares

Ciências Humanas

Educação
  • a educação do corpo em instituições escolares
  • O presente projeto tem por objetivo analisar os agenciamentos do corpo em instituições escolares, a partir da observação do conjunto de intervenções presentes em suas respectivas práticas sistematizadas de educação do corpo nas escolas, na literatura científica e nas políticas educacionais. Metodologicamente o estudo está organizado em duas etapas: a- realizaremos inicialmente um levantamento e análise da literatura científica que trata da educação do corpo em termos amplos e nas instituições escolares; selecionaremos 3 tipos de escolas (religiosa, de tempo integral e quilombola) que possuam o ensino fundamental completo. Diante dos 3 cenários distintos de observação intencionamos descrever e analisar como o corpo é agenciado nos respectivos currículos captando o que tem de comum e singular em cada escola. Como produtos pretendemos: a) formar um doutor, um mestre e dois bolsistas de IC; b) participar de seminários científicos; c) produzir durante o projeto 4 artigos científicos.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-28/02/2021
Foto de perfil

Antonio José Alves Simões Costa

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • estratégias e métodos orientados à flexibilidade operacional de sistemas elétricos de potência
  • Mudanças consideráveis nas condições operativas de redes de energia elétrica têm ocorrido recentemente devido à inserção de fontes variáveis de geração, de novos equipamentos de controle e de cargas altamente variáveis, bem como ao aumento das atividades dos mercados de energia. Esses fatores constituem-se em novos desafios para a operação de sistemas de potência e irão exigir uma ampliação do paradigma associado aos conceitos de Redes Inteligentes, que basicamente buscam a melhoria dos graus de controlabilidade e observabilidade dos processos envolvidos na geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Esta perspectiva conduz ao moderno conceito de Flexibilidade Operacional, traduzido pela necessidade adicional de manter o atendimento à demanda com qualidade de suprimento mesmo sob condições imprevistas de alta variabilidade de carga e geração. Este projeto agrega esforços de pesquisa em diversas frentes, porém todas orientadas à melhoria do grau de Flexibilidade Operacional. Os seguintes temas específicos são abordados: flexibilidade operacional na presença de fontes de geração eólica, operação de sistemas com predomínio de geração hidrelétrica via modelos de equilíbrio, microrredes como instrumentos de flexibilidade operacional e algoritmos resilientes para a monitoração em tempo real de sistemas elétricos de potência.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio José de Almeida Meirelles

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • processos de extração, produção e equilíbrio de fases de bioprodutos de alto valor agregado
  • Os riscos de escassez energética têm incentivado o desenvolvimento de uma economia baseada em recursos renováveis, o que vêm de encontro ao conceito de biorrefinaria. A biorefinaria procura desenvolver bioprodutos e bioprocessos com base em fontes renováveis de matérias-primas e energia. No Brasil, o parque industrial sucroalcooleiro e de oleaginosas possuem grande potencial para seguir o mesmo caminho, em particular na produção de bioprodutos de alto valor agregado a partir de sua biomassa. Neste aspecto, este projeto tem como objetivo estudar processos de extração e produção de bioprodutos derivados de matrizes vegetais ricas em óleos e carboidratos e avaliar o equilíbrio de fases de sistemas envolvidos na produção, englobando os seguintes tópicos de investigação: a) Refino de óleos vegetais por adsorção e outras vias com ênfase na obtenção de bioprodutos de alto valor agregado incluindo seu uso na produção de biodiesel; b) Produção e purificação de bioetanol e de seus coprodutos a partir de rotas integradas e economicamente mais eficientes via simulação computacional; c) Síntese e formulação de bioprodutos derivados de fontes oleaginosas de alto valor agregado e estudo de suas propriedades físicas e equilíbrio de fases (líquido-vapor, sólido-líquido) de sistemas de interesse para biorrefinarias. O projeto envolve: i) determinação experimental, correlação e desenvolvimento de métodos preditivos do equilíbrio de fases e de propriedades físicas envolvidas na produção e formulação de bioprodutos e biocombustíveis; e ii) avaliação e otimização experimental do desempenho de diferentes etapas de produção e purificação de biocombustíveis e bioprodutos.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Antonio José Leal Costa

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • desenvolvimento de modelos de classifcação para apoio ao diagnóstico diferencial da infecção pelo vírus zika: contribuição para o aprimoramento da vigilância epidemiológica das arboviroses no estado do amazonas, brasil
  • Introdução: A circulação concomitante de diferentes arbovírus em território brasileiro demandará novos procedimentos destinados ao diagnóstico diferencial das arboviroses no contexto da vigilância epidemiológica. Além das limitações de ordem financeira derivadas dos elevados custos para realização dos exames laboratoriais de confirmação em larga escala, a desobrigação do diagnóstico laboratorial de confirmação na vigência de epidemias – como até recentemente determinado pela vigilância epidemiológica da dengue – não será suficiente para a garantia da acurácia das notificações de casos. Considerando-se as limitações de natureza operacional relacionadas à confirmação diagnóstica em todo o Brasil, especialmente em períodos epidêmicos assim como em áreas de acesso restrito, como no interior do estado do Amazonas, o desenvolvimento de modelos de classificação diagnóstica baseados em sinais e sintomas clínicos e exames laboratoriais de rotina pode contribuir para o aprimoramento da acurácia das notificações de casos de Zika, Chikungunya, Dengue e outras arboviroses. Objetivo: Desenvolver modelos de classificação para apoio ao diagnóstico diferencial da infecção sintomática pelo vírus Zika em um cenário de transmissão concomitante de outras arboviroses (Chikungunya, Dengue, Oropouche e Mayaro) baseados em lógica difusa (fuzzy), inferência bayesiana e regressão logística, para aplicação no diagnóstico clínico e na vigilância em saúde. Metodologia: 1) Modelos fuzzy de classificação diagnóstica para casos sintomáticos de arboviroses de interesse serão desenvolvidos, baseados nas opiniões e experiências profissionais de especialistas nas áreas de infectologia e epidemiologia. Serão selecionados os sinais e sintomas clínicos comumente descritos entre as manifestações das diferentes infecções virais de interesse e definidas as variáveis linguísticas dos modelos fuzzy de classificação. Na etapa seguinte serão definidos os graus de pertinência dos sinais e sintomas selecionados em relação a cada uma das arboviroses. Em seguida serão estabelecidas as regras e relações fuzzy de acordo com o método direto de Mamdani, que comporão os modelos de classificação diagnóstica. 2) Será desenvolvido um modelo probabilístico utilizando-se o classificador Naive Bayes. A partir de um conjunto de dados obtidos de pacientes confirmados para cada arbovirose, as seguintes probabilidades serão obtidas calculando as frequências relativas dos dados: probabilidade marginal dos sintomas P(S_i ), probabilidade marginal das doenças P(D_j ) e a probabilidade condicional dos sintomas em todas as doenças P(S_i∨D_j ). Sintomas que não forem relatados em uma das infecções em particular terão probabilidade condicional para a mesma igual a zero. Ao calcular o escore diagnóstico, as probabilidades zero eliminam as informações de outros sintomas, portanto, para evitar este problema as suas probabilidades condicionais zero serão corrigidas para 0,5. O diagnóstico diferencial será dado pela categorização e posicionamento dos diagnósticos em ordem decrescente dos seus escores diagnósticos correspondentes abaixo de um determinado cutoff. 3) Será desenvolvido um modelo de regressão logística múltipla multinomial em que a variável desfecho será definida pela confirmação laboratorial das arboviroses de interesse, por método de biologia molecular. As variáveis explicativas, representadas por sinais e sintomas clínicos e resultados de exames laboratoriais de rotina, serão incorporadas ao e mantidas no modelo múltiplo mediante critérios estatísticos contemplados na análise univariada (p<0,2) e no modelo final (p<0,05), respectivamente. 4) Os modelos gerados serão avaliados quanto aos seus desempenhos mediante comparação dos seus respectivos valores de sensibilidade, especificidade e valores preditivos positivos. A acurácia da classificação dos modelos será avaliada através da área sob a curva ROC. Na avaliação de desempenho dos modelos serão utilizados os registros de casos sintomáticos, com diagnóstico inicial de síndrome febril exantemática aguda (SFEA) e de confirmação para cada arbovirose. Os casos de SFEA serão selecionados por meio de um estudo do tipo transversal de base populacional para avaliação de marcadores clínicos de infecção sintomática das arboviroses citadas. Os indivíduos serão selecionados por uma amostra aleatória consecutiva dos pacientes com diagnóstico de SFEA, recrutados em serviços de referência para doenças infecciosas e de atenção primária. Admitindo-se os erros alfa e beta de, respectivamente, 5% e 20%, e uma proporção de 15% de casos de Zika entre todos os pacientes com SFEA, para estimar razões de chances em trono de 2,5 será necessário recrutar 1.093 pacientes. Considerando-se 20% de perdas aleatórias, a amostra foi estimada em 1.312 pacientes, divididos em partes iguais nos serviços de referência para doenças infecciosas e de atenção primária. A confirmação diagnóstica será realizada por meio da técnica de Reação em Cadeia de Polimerase antecedida de Transcrição Reversa (RT-PCR). Resultados esperados: Como resultado direto deste projeto, esperamos produzir modelos capazes de lidar com a incerteza do diagnóstico de Zika e demais arbovírus circulantes em nosso país, diante de um cenário de múltiplas epidemias de arboviroses. Nossos achados permitirão um diagnóstico mais preciso para tais doenças, contribuindo para o manejo clínico adequado e o aprimoramento da vigilância em saúde. A tecnologia aplicada, tanto do ponto de vista laboratorial quanto de análises será transferida para a atenção primária e hospitalar, podendo ser aplicada na rotina das atividades da vigilância em saúde, contribuindo para a consolidação do Sistema Único de Saúde - SUS. Os resultados serão organizados e divulgados sob forma de artigos científicos publicados em periódicos internacionais de alto impacto, preenchendo importantes lacunas no conhecimento a respeito da vigilância da infecção por Zika e outras arboviroses.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/10/2016-31/10/2020
Foto de perfil

Antônio José Natali

Ciências da Saúde

Educação Física
  • exercício resistido e hipertensão: impactos do treinamento físico em propriedades celulares, moleculares e gênicas do miocárdio e do músculo esquelético durante o desenvolvimento da doença.
  • O treinamento físico resistido (TR) para hipertensos, apesar de menos estudado, têm mostrado alguns benefícios aos hipertensos. Todavia, os mecanismos celulares e moleculares que dão suporte aos efeitos do TR no miocárdio e no músculo esquelético durante o desenvolvimento da doença não são conhecidos. Assim, este estudo tem como objetivo avaliar em que medida o treinamento físico resistido pode atenuar a progressão de disfunções do miocárdio e do músculo esquelético em ratos espontaneamente hipertensos no início das fases compensada (4 meses) e descompensada (18 meses) da doença. Para tal, ratos Wistar Kyoto e SHR adultos jovens (idade: 4 meses) e velhos (idade: 18 meses) serão separados em 8 grupos, com 16 animais em cada grupo, a saber: normotenso jovem controle (NJC); normotenso jovem treinado (NJT); normotenso velho controle (NVC); normotenso velho treinado (NVT); hipertenso jovem controle (HJC); hipertenso jovem treinado (HJT); hipertenso velho controle (HVC) e hipertenso velho treinado (HVT). Os animais dos grupos treinados serão submetidos ao protocolo de TR [escalada em escada vertical (4 a 9 escaladas, com 50, 75, 90 e 100% de carga por sessão)], 3 vezes por semana, durante 8 semanas. Antes e após o período experimental de 8 semanas, todos os animais serão avaliados por ecocardiografia e eletrocardiograma para avaliação da função, dimensões e atividade elétrica cardíaca. Ao final do período experimental, serão avaliadas a pressão arterial, a frequência cardíaca de repouso e a força máxima. No ventrículo esquerdo serão avaliados: função cardíaca, função contrátil e cálcio intracelular transiente de cardiomiócitos isolados; expressão proteica e de MicroRna (proteínas reguladoras de cálcio) e expressão gênica (indicadores de hipertrofia e vias de sinalização de síntese e degradação proteica; marcadores inflamatórios; indicadores de função endotelial; colágeno e hidroxiprolina). Nos músculos esqueléticos (bíceps braquial, extensor longo dos dedos, sóleo, gastrocnêmio e flexores dos dedos) serão avaliados: frequência, área de secção transversa e indicadores de transição de fibras; expressão proteica e de MicroRna (proteínas reguladores de atrofia e hipertrofia); atividade de proteassoma; expressão gênica (indicadores de hipertrofia e vias de sinalização de síntese e degradação proteica); e proteômica. Os dados obtidos serão submetidos ao teste de normalidade Kolmogorov Smirnov e, de acordo com a distribuição, os grupos serão comparados usando-se teste t, ANOVA, Wilcoxon ou Kruskall-Wallis, seguida de teste post-hoc apropriado para comparações múltiplas, ao nível de 5% de probabilidade. O conhecimento dos mecanismos celulares e moleculares envolvidos no desenvolvimento da hipertensão e dos efeitos do TR neste processo tem relevância clínica, científica, social e econômica para o desenvolvimento e definição de estratégias terapêuticas combinadas e de baixo custo para o tratamento da hipertensão.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio José Silva Oliveira

Outra

Divulgação Científica
  • baião de dois, maria izabel: a biociência no prato dos brasileiros.
  • A presente proposta tem como principal objetivo promover atividades de Divulgação Científica em diferentes regiões do Estado do Maranhão que visam despertar nos cidadãos, em especial nos jovens, o interesse pela Ciência e Cultura através de palestras, conferencias, oficinas, rodas de conversas, mostras e exposições itinerantes e interativas com a temática Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável. Os equipamentos e materiais didáticos/instrucionais desenvolvidos e produzidos no Laboratório de Divulgação Científica Ilha da Ciência, por meio de sua unidade móvel (Ciência Móvel) observações e conhecimento de astro por meio de telescópios e planetário móvel visando a realização e concretização da importância da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia nos municípios.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 05/10/2019-30/04/2020
Foto de perfil

Antonio Júnior Alves Ribeiro

Engenharias

Engenharia Civil
  • uso de resíduos de cerâmica vermelha na pavimentação de rodovias de baixo volume de tráfego
  • A pavimentação de rodovias utiliza grandes volumes de materiais, fato esse que vêm provocando diversos impactos ambientais na extração e processamento dos materiais. Uma boa alternativa a estes recursos são os resíduos de cerâmica vermelha (RCV), os quais geralmente são descartados na natureza. Este projeto tem por objetivo identificar o potencial emprego dos resíduos de cerâmica vermelha (RCV) na pavimentação de rodovias de baixo volume de tráfego. E assim, contribuir para o uso desse resíduo, como material de construção de rodovias, de forma sustentável. Espera-se que ao final da pesquisa tenha-se identificado as propriedades físicas, químicas e mecânicas dos RCV para aplicação em pavimentação, seja puro, na estabilização de solos, ou misturados com aglomerantes comumente utilizados em construção (Cal aérea e Cimento Portland).
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Lázaro Sant´Ana

Ciências Humanas

Sociologia
  • os melhores trabalhos de extensão rural e a pnater: caminhos convergentes?
  • As proposições contidas na Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (PNATER), de 2010, embora não devam ser consideradas ideais ou tratadas como algo acabado, representaram um grande avanço para a construção de uma extensão rural crítica e emancipadora, comprometida com agricultores familiares e com o desenvolvimento sustentável do campo brasileiro. O objetivo principal desta proposta de pesquisa é analisar experiências consideradas mais relevantes em termos de qualidade do trabalho extensionista, investigando também em que medida tais ações concretas se aproximam (ou não) dos princípios e objetivos definidos da PNATER, nos Territórios Prof. Cory/Andradina e Noroeste Paulista, ambos no estado de São Paulo. A metodologia de pesquisa inclui a seleção de 15 a 20 experiências de trabalho, a partir de indicações das instituições de extensão rural, de representantes das organizações dos agricultores familiares e de outras entidades ligadas às atividades de extensão rural. A pesquisa, por meio de entrevistas semiestruturadas, envolverá os extensionistas (ou equipe), o superior hierárquico do extensionista/equipe, e representantes dos agricultores familiares que participaram ou conhecem a experiência de trabalho. Serão selecionadas ainda duas experiências em que se pesquisará uma amostra de agricultores familiares, por meio de um questionário. Espera-se que a análise desse conjunto de casos de trabalho extensionista identifique potencialidades e limites dessas ações, contribuindo para indicar caminhos que torne mais efetiva a aplicação dos princípios e objetivos da referida Política.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Lopes Gama

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • método não invasivo para medição de vazão utilizando elementos de tubulação com sensores piezoelétricos integrados
  • O presente projeto tem como principal objetivo o desenvolvimento de métodos não invasivos e de baixo custo para medição da vazão de líquidos utilizando elementos da própria tubulação, como trechos de tubos e curvas de tubulações, contendo sensores piezoelétricos embutidos. Trata-se de um método inovador, cuja originalidade consiste na instalação (embutimento) de sensores piezoelétricos na parede do tubo, próximos da superfície interna deste, o que permite detectar as pequenas flutuações de pressão causadas pelo fluxo turbulento de escoamentos de líquidos. Estas flutuações de pressão estão diretamente relacionadas com a velocidade do escoamento, e consequentemente com a vazão. Testes preliminares mostraram que, devido à alta sensibilidade dos sensores piezoelétricos, é possível observar uma forte correlação entre a resposta elétrica do sensor e a vazão do escoamento.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Antonio Lopo Martinez

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • determinantes e consequências da agressividade tributária corporativa no brasil
  • O objetivo deste projeto de pesquisa e aprofundar os estudos sobre a agressividade tributária corporativa no Brasil, esta entendida o comportamento de tentar evitar o ônus tributário para a corporação. Almeja-se que as pesquisas a serem desenvolvidas sejam uteis a pesquisadores e ao mercado em geral. Enquanto tema de pesquisa acadêmica, o corporate tax avoidance revela-se num tópico diversificado e vasto, embora relativamente recente. Na literatura internacional nota-se uma crescente valorização desse tema, mas presente nas publicações em top acccounting journals,. O interesse na agressividade fiscal das empresas acelerou nos últimos anos, por uma combinação de fatores políticos, econômicos e tecnológicos impulsionou a conscientização do público sobre as atividades fiscais corporativas. A pesquisa acadêmica sobre a agressividade corporativa cresceu em conjunto com esse interesse público. Neste projeto de pesquisa, destacamos as principais contribuições que pretendemos oferecer em particular em algumas áreas em que nosso entendimento ainda é limitado. Entre as perguntas de pesquisa que se almeja responder, destaque-se: a) Desenvolvimento de métricas de agressividade tributária mais compatíveis com a realidade tributária brasileira; b) Investigar num instrumental centrado na firma quais os determinantes da agressividade tributária, isso inclui (i) atributos da firma, (ii) restrições a agressividade tributária. (iii) ambiente operacional das firmas e (iv) incentivos a se engajar numa postura mais agressiva tributariamente; c) Apreciar um instrumental centrado no gestor os incentivo a agressividade tributária e d) Aprofundar o estudo das consequências da agressividade tributária para as empresas nacionais. O Brasil com as alterações recentes no grau de conformidade dos lucros contábeis aos lucros tributários, oferece uma excelente plataforma para investigações mais aprofundadas em torno dessas temáticas, sendo muito útil tanto internamente como no exterior pelas particularidades do cenário nacional.
  • FUCAPE - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022