Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Júlio Cesar de Carvalho Balieiro

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • perfil transcriptômico comparativo da maciez da carne em bovinos nelore e cruzados nelore x angus
  • O aumento do interesse do consumidor por produtos de qualidade vem fazendo com que as indústrias de carne bovina ofereçam cortes com melhor perfil qualitativo. Dentre as características de qualidade de carne bovina, a maciez é a mais apreciada pelo consumidor e, a que agrega maior valor comercial. Entretanto, é uma característica altamente complexa, influenciada por diversos fatores e que apresenta grande variabilidade. Portanto, entender os fatores que afetam a maciez continua sendo uma das principais preocupações de pesquisadores e da indústria da carne. O entendimento a nível transcricional dos fatores que influenciam a maciez podem ajudar a predizer precocemente essa característica. Assim, o presente projeto visa avaliar as diferenças no transcriptoma, por meio do estudo dos mRNA e microRNAs no músculo Longissimus dorsi (LD) de bovinos da raça Nelore e cruzados Angus x Nelore, associado a característica de maciez da carne. Serão avaliadas amostras do músculo LD de 200 animais, sendo 100 animais da raça Nelore e 100 animais cruzados Angus x Nelore. Do nascimento até o sobreano (18 a 20 meses) os animais serão criados a pasto, posteriormente os animais serão terminados em confinamento sob as mesmas condições de manejo e nutrição. As amostras para transcriptômica serão coletadas do músculo LD na altura da 12ª costela imediatamente após o abate. Para as análises de maciez, serão coletados bifes entre a 10ª e 13ª costelas do músculo LD após maturação sanitária. A análise de maciez será realizada conforme protocolo proposto pela American Meat Science Association. O perfil transcriptômico de mRNA e microRNAs será realizado por meio da técnica de sequenciamento de RNA em larga escala. Para essas análises serão utilizados trinta e dois animais, divididos em quatro grupos visando comparar os animais entre diferentes populações (Nelore x Cruzados) e dentro da mesma população. Os resultados possibilitarão a caracterização de potenciais biomarcadores e permitirão uma melhor compreensão dos mecanismos moleculares que regulam a maciez da carne. Os conhecimentos gerados contribuirão com o aumento da acurácia na predição genética da maciez, possibilitando a inclusão dessas informações em programas de melhoramento genético.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Julio Cesar de Souza Inácio Gonçalves

Outra

Ciências Ambientais
  • otimização de câmaras de cavitação hidrodinâmica para o tratamento de lixiviado de aterro sanitário
  • A cavitação hidrodinâmica é gerada pela passagem do líquido por uma constrição física, como por exemplo um Venturi, uma placa de orifício ou uma válvula parcialmente fechada. A cavitação hidrodinâmica, associada à agentes oxidantes, como o peróxido de hidrogênio (H2O2), surgiu, no início do século XXI, como um método promissor para o tratamento de águas residuárias. Os estudos mostraram que este método possui potencial em remover compostos orgânicos complexos (e.g. pesticidas, corantes, disruptores endócrinos, produtos farmacêuticos, etc). Contudo, até o momento, pesquisas não investigaram o efeito da geometria das constrições (câmaras de cavitação) sobre a eficiência de degradação de compostos orgânicos. Este estudo tem como objetivo encontrar a configuração geométrica ideal para que elevadas eficiências de degradação sejam obtidas usando baixas concentrações de H2O2 e curto tempo de tratamento. Para tanto, essa pesquisa será dividida em duas etapas. A primeira consiste na aplicação da Dinâmica dos Fluidos Computacional (CFD) para analisar o comportamento hidrodinâmico de diferentes configurações geométricas das câmaras de cavitação (10 no total). Serão analisadas cinco câmaras Venturi com diferentes ângulos da seção divergente e cinco câmaras placas de orifício com diferentes relações entre o diâmetro do orifício e a espessura da placa. A segunda parte consiste na construção das 10 câmaras e na realização de experimentos de remoção de DQO e COT de lixiviado de aterro sanitário. As câmaras serão acopladas em um aparato de cavitação, construído em escala de bancada. A combinação dos resultados de degradação e da simulação computacional permitirá escolher a melhor câmara, bem como definir parâmetros hidrodinâmicos e geométricos que sejam importantes para a análise da cavitação. Os resultados do projeto serão divulgados em congressos e periódicos especializados, destacando os novos conhecimentos produzidos sobre a cavitação hidrodinâmica.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio César Fabris

Ciências Humanas

História
  • iv mostra de astronomia do espírito santo
  • A Mostra de Astronomia do Espírito Santo (MAES) tem o objetivo de, principalmente, divulgar a Física e a Astronomia junto aos estudantes e professores do ensino básico (fundamental e médio) do Espírito Santo, estimulando-os a elaborar trabalhos nestas áreas de conhecimento, que serão apresentados ao longo das etapas previstas pela organização desta edição deste evento. Esta proposta está sendo organizada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), através do grupo de pesquisa em Astrofísica, Cosmologia e Gravitação (Cosmo-ufes), do Programa de Pós-Graduação em Astrofísica, Cosmologia e Gravitação (PPGCosmo/UFES) e do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), em particular o Observatório Astronômico do IFES Guarapari (OAIG). A MAES, destina-se à apresentação de projetos que envolvam temáticas ligadas à astronomia que, por sua vez, devem ser produzidos por alunos da educação básica sob a orientação de seus professores. Poderão participar quaisquer alunos devidamente matriculados, no nono ano do ensino fundamental ou qualquer série do ensino médio, em escolas públicas ou privadas de todo Espírito Santo.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Júlio César Fabris

Outra

Divulgação Científica
  • astronomia nas montanhas capixabas
  • A Astronomia nas Montanhas Capixabas envolve um leque de atividades que inclui observações do céu noturno com telescópios, sessões de planetário, palestras e oficinas. Muito embora o leque de atividades seja variado, haverá uma ênfase nas pesquisas atuais em astrobiologia. A astrobiologia tem adquirido uma importância crescentes no mundo científico, muito disto devido à detecção dos exoplanetas e de moléculas, principalmente as orgânicas, no espaço interestelar. Neste sentido, a astrobiologia gerou uma confluência de diversas atividades científicas antes, em princípio, desconexas, entre as quais, podemos citar: Astronomia, Física, Química, Biologia. Vide projeto em anexo.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Julio Cesar Godoy Bertolin

Ciências Humanas

Educação
  • pode a educação superior consubstanciar valores de liberdade, tolerância e justiça? em busca de associações entre visões de mundo dos estudantes, cursos de graduação e capital cultural
  • Nas últimas décadas, não obstante a globalização e a emergência da economia do conhecimento, o conceito de desenvolvimento dos países tem avançado para o campo político e social. A emergência de entendimentos mais amplos como, por exemplo, de ‘desenvolvimento como liberdade’ de Amartya Sen tem levado a um claro reconhecimento de que os benefícios da educação superior para as sociedades e nações podem ir muito além do capital humano e crescimento econômico. Assim, num momento global em que se vive clara radicalização do pensamento e ampliação do discurso de ódio, marcados por posições neoconservadoras, nacionalistas, misóginas e xenófobas, a potencialidade da educação superior de iluminar e esclarecer estudantes, de forma que os mesmos assumam a defesa de princípios basilares das sociedades livres e democráticas, deve ser ratificada. Provavelmente, não por outro motivo, a ONU incluiu dentre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável o conceito de cidadania global como uma forte defesa da tolerância, respeito mútuo e construção da paz. Por conseguinte, nesse contexto, torna-se oportuno investigar se a educação superior está, de fato, desenvolvendo uma formação, nas mais distintas profissões e áreas do conhecimento, que contribui para consolidação de valores de liberdade, tolerância e justiça. Ou ainda, em forma de problema de pesquisa, importa arguir: considerando o contexto contemporâneo de emergência de pensamentos ultraconservadores e reacionários, em que medida a educação superior está contribuindo para a consubstanciação da visão de mundo democrática e plural dos estudantes? Estudos com evidências empíricas sobre a ‘visão de mundo’ dos graduandos em países em desenvolvimento são raros. No caso específico do Brasil não se encontram publicações que abordem, para além das habilidades e competências profissionais, os valores e princípios desenvolvidos no âmbito das graduações. Desta forma, com o objetivo de compreender melhor as relações da educação superior com a consolidação de sociedades abertas e plurais, o presente projeto busca verificar a existência de associações entre visões de mundo dos estudantes, áreas do conhecimento e capital cultural nos cursos de graduação.
  • Universidade de Passo Fundo - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio César Martins da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de nanomateriais com morfologia controlada para eletro-oxidação de ureia e amônia presentes em efluentes aquáticos, visando a geração de energia elétrica.
  • Este projeto tem por finalidade o desenvolvimento e aplicação de eletrocatalisadores nanoestruturados com morfologia controlada em processos eletroquímicos relacionados à geração de energia elétrica e degradação de poluentes em fase aquosa. O foco é desenvolver principalmente nanomateriais baseados em níquel e Platina com morfologia controlada. Assim, serão sintetizadas nanopartículas de platina com morfologia cúbica por meio de diferentes processos, envolvendo o uso de surfactantes (tais como, polivinilpirrolidona - PVP) ou brometo de potássio para controle de morfologia. Tal processo será estendido à síntese de nanopartículas compostas por ambos os metais, níquel e platina, sempre buscando manter o controle da morfologia. Tal proposta visa obter materiais com alta atividade eletrocatalítica para as reações eletroquímicas de interesse. Os eletrocatalisadores serão empregados nas reações de eletro-oxidação de amônia e ureia, substâncias presentes como contaminantes em diversos efluentes, como por exemplo, em efluentes municipais cuja concentração de ureia provém principalmente da urina humana. Vale ressaltar que o gás hidrogênio (H2) é um produto da eletro-oxidação de ambas as substâncias, de forma que poderá ser utilizado em células a combustível, visando à geração de energia elétrica com alta eficiência e isenta da produção de poluentes. Dessa forma, o projeto está relacionado à geração de energia e a área ambiental. Os materiais serão caracterizados por difração de raios-X, microscopia eletrônica de transmissão (técnica que o proponente possui experiência, pois é usuário da técnica junto ao LNNanno - LNLS) , microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia de energia dispersiva e espectroscopia fotoeletrônica de raios-X. O desenvolvimento do projeto proposto poderá contribuir de forma significativa com a tecnologia relacionada à geração de energia elétrica e com o desenvolvimento de processo eletroquímico para a degradação das moléculas estudas em ambientes aquáticos.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio César Rodrigues de Azevedo

Outra

Ciências Ambientais
  • bioacumulação de contaminantes emergentes em perifíton
  • As regiões urbanos geralmente eram estabelecidas próximos aos recursos hídricos. Sem qualquer ou nenhuma tecnologia, estar perto da água era extremamente importante para a sobrevivência humana; pois é essencial água para beber, cozinhar, limpar e manter a higiene corporal. Mais tarde, os recursos hídricos foram cruciais para o transporte, fins agrícolas e industriais. Nestes centros urbanos, o crescimento populacional e a industrialização são as principais causadores da deterioração do meio ambiente. Por esta razão, a qualidade da água nos centros urbanos e seus rios é uma preocupação mundialmente conhecida. A alta densidade populacional e problemas frequentes nos sistemas de coleta e tratamento de esgoto podem implicar em uma grande carga de matéria orgânica, nutrientes e outras substâncias. Esse fluxo frequente de poluentes em um corpo de água pode causar intensa degradação e afetar sua instabilidade. Mas os efeitos reais e permanentes das atividades antrópicas são difíceis de identificar e compreender, devido à complexidade dos processos biológicos e químicos e ao número de substâncias dentro dos sistemas aquáticos lóticos. Um grande número de substâncias geradas através de processos antrópicos são considerados poluentes. As leis ambientais em todo o mundo regulamentaram a presença de várias delas na água, nos sedimentos e nos solos. Embora algumas leis sejam extremamente completas, elas não podem incluir todos os poluentes. Por exemplo, uma classe de compostos que os países geralmente não regulam é a classe de contaminantes emergentes. Além disso, os compartimentos ambientais normalmente contemplados em tais leis são principalmente água e, às vezes, sedimentos. Outros compartimentos, como material particulado suspenso e biota, não são, apesar de sua importância dentro dos ecossistemas aquáticos. Portanto, universidades e centros de pesquisa desempenham um papel importante no monitoramento de compostos e compartimentos ambientais que geralmente não são cobertos por leis ambientais e documentos regulamentares. A importância do monitoramento de tais compartimentos e compostos é ainda maior em áreas urbanas onde os sistemas aquáticos são degradados e os níveis de poluição são elevados, como a bacia do rio Belém, localizada em Curitiba, sul do Brasil. O perifíton é uma das formas de vida mais comuns e bem-sucedidas da Terra. É uma assembléia de inúmeras células microbianas, formando uma comunidade complexa de bactérias, algas, fungos e outros microorganismos. Águas superficiais, sedimentos e perifíton serão amostrados para avaliar a contaminação no rio por compostos de interesse emergente e seus efeitos sobre a biota. A colocação de material cerâmico também será desenvolvida para avaliar o crescimento e efeito de contaminantes de preocupação emergentes nestes biofilmes formados (perifíton).
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Cesar Serafim Casini

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • estudo do recobrimento de ímãs permanentes de terras raras com óxido de grafeno na melhora da resistência à corrosão
  • Neste projeto propõe-se investigar o recobrimento de ímãs permanentes de terras raras com óxido de grafeno (GO) visando aumento da resistência a corrosão. A rota experimental a ser seguida utilizará tanto para os ímãs quanto para o óxido de grafeno, produtos comerciais e desenvolvidos em laboratório. Inicialmente ímãs permanentes de terras raras produzidos em laboratório pelo processo de HD (Hidrogenação e Desproporção) serão submetidos ao recobrimento de GO via processo de deposição eletroforética, variando a corrente elétrica e o tempo de exposição. Posteriormente, serão testados nas mesmas condições ímãs de terras raras comerciais variando as dimensões dos ímãs (área exposta para deposição). O objetivo principal será estudar a influência destas condições (corrente elétrica, tempo de deposição eletroforética e dimensões do material) na eficiência da deposição de GO nos ímãs e consequentemente no aumento da resistência a corrosão. Para o procedimento de deposição eletroforética, uma fonte com controle minucioso da corrente elétrica (da ordem de microampères) será necessária. Serão utilizados, também, as técnicas de caracterização de materiais como a microscopia eletrônica de varredura (MEV-EDX), microscopia eletrônica de transmissão (MET) e difração de raios-X (DRX) e espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier (FTIR).
  • Comissão Nacional de Energia Nuclear - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Cosme Santos da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • explorando as propriedades estruturais, eletrônicas e mecanísticas da metaloenzima pmmo a partir de métodos clássicos e híbridos do tipo mq/mm
  • A forma particulada da enzima metano monooxigenase, pMMO, representa o catalisador para oxidação de alcanos mais abundante encontrado na natureza. Entretanto, devido uma série de dificuldades envolvendo a identificação e completa elucidação da estrutura de seu sítio catalítico, o mecanismo de ação dessa enzima ainda é um tema de grande debate na química bio-inorgânica moderna. Dessa forma, a proposta central deste projeto é a investigação detalhada ao nível molecular das propriedades estruturais e eletrônicas dos sítios catalíticos que têm sido propostos para a pMMO, visando compreender como essas propriedades influenciam o mecanismo de ação da enzima. Para este fim, este projeto visa a utilização de uma combinação de métodos modernos de química computacional (mecânico quânticos (MQ), clássicos (MM) e híbridos do tipo MQ/MM). Sobre as questões acerca das propriedades estruturais da pMMO, o presente projeto propõe o desenvolvimento de novos parâmetros empíricos de mecânica molecular para tratar classicamente os possíveis modelos do sítio ativo da pMMO. Esses novos parâmetros permitirão a realização do primeiro estudo da dinâmica estrutural desta enzima na presença do solvente considerando um modelo molecular totalmente flexível. Em relação a estrutura eletrônica dos possíveis modelos para o sítio ativo, o projeto propõe a realização de um estudo sistemático envolvendo o cálculo dos parâmetros de ressonância paramagnética eletrônica (RPE) com o intuito de auxiliar na interpretação de dados experimentais recentes e no estabelecimento de um protocolo computacional para o cálculo de parâmetros de EPR de sistemas bio-inorgânicos.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio Criginski Cezar

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo das propriedades eletrônicas de heteroestruturas de óxidos complexos
  • Neste projeto Universal propomos o crescimento e estudo aprofundado de multicamdas de óxidos complexos. O intuito principal é obter a relação entre as propriedades macroscópicas e as estruturais dessas amostras, com ênfase no estudo da estrutura eletrônica através de técnicas avançadas de espectroscopia de raios-X baseadas em luz síncrotron e no acoplamento magnetoelétrico em heteroestrutruas ferromagnéticas/ferroelétricas através de microscopia de emissão de fotoelétrons.
  • Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Julio Otavio Jardim Barcellos

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • desmame hiperprecoce em bezerros de corte: aspectos comportamentais, alterações no trato gastrointestinal e nos mecanismos imunológicos
  • O processo de desmame envolve vários fatores estressantes para os bezerros e quanto mais precoce for realizado, piores condições de bem-estar podem ser enfrentadas pelo bezerro, com possíveis reflexos na saúde a longo prazo. Desse modo, o projeto propõe investigar os efeitos do estresse do desmame hiperprecoce na resposta comportamental, na fisiologia do trato gastrointestinal e no sistema imunológico de bezerros de corte em contraste com aqueles do desmame precoce ou convencional. A pesquisa está estruturado em duas etapas: na primeira será realizada uma revisão sistemática da fisiologia do trato gastrointestinal dos bezerros e na segunda etapa será realizado o experimento a campo na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Nesta última etapa, serão desmamados vinte e quatro bezerros em cada tratamento, sendo que no tratamento referente ao desmame hiperprecoce (DH), os bezerros serão desmamados aos 30 dias de idade, no desmame precoce (DP) os bezerros serão desmamados com média de 75 dias de idade e no desmame convencional (DC) eles serão desmamados com 180 dias. Durante os desmames, os bezerros permanecerão no curral por 15 dias, nesse período serão coletas amostras sanguíneas para mensurar a concentração de hormônios e proteínas que são indicadores de estresse, assim como avaliações imunológicas, comportamentais e fisiológicas. O desenvolvimento desses bovinos será acompanhado até 730 dias de idade. Espera-se que a partir do conhecimento isolado e/ou integrado dos parâmetros comportamentais, fisiológicos e imunológicos dos bezerros desmamados aos 30 dias, poderá se elucidar a influência no desenvolvimento futuro desses animais.Com isso, esta pesquisa contribuirá para qualificar uma nova prática de manejo, a qual tem possibilidades de ser implementada no Brasil, pelo fato da necessidade de melhoria dos índices produtivos do rebanho de cria.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Júlio Santos Rebouças

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de sistemas à base de porfirinas para uso analítico, biomimético, terapêutico e biotecnológico
  • O presente projeto de pesquisa, intitulado “Desenvolvimento de sistemas à base de porfirinas para uso analítico, biomimético, terapêutico e biotecnológico” é submetido como requisito Chamada Universal MCTIC/CNPq n.º 28/2018 – Faixa C e encontra-se fortemente relacionado ao projeto aprovado na Chamada de Bolsa de Produtividade em Pesquisa 2017 do CNPq. O escopo da proposta está inserido nas linhas de pesquisa do Programa de Pós-graduação em Química da UFPB (PPGQ-UFPB) e do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO-UFPB), dos quais o proponente é docente permanente. Os principais elementos da proposta compreendem aspectos centrais dos planos de trabalho de 7 discentes do PPGQ e 2 bolsistas de iniciação científica da UFPB. Adicionalmente, parte deste projeto se insere nos temas centrais do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Fotônica, Fase II (INCT-INFo), recentemente aprovado. Esta proposta dá ainda continuidade parcial ao Projeto Universal “Moduladores redox de estresse oxidativo baseados em metaloporfirinas: Uso de catalisadores biomiméticos para aumento da eficiência produtiva em biotransformações”, cuja vigência encerrou-se em nov/2016. O projeto será executado no Departamento de Química da UFPB sob a coordenação do proponente, Dr. Júlio Santos Rebouças, Professor Associado I (DE) nesta instituição, e conta com a participação formal de docentes distribuídos em 4 instituições no Brasil, a saber Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Instituto Tecnológico do Tocantins (IFTO), e 1 instituição na Argentina, Universidad Nacional del Sur (UNS, Bahía Blanca, Argentina). Integram a equipe científica 7 doutores (sendo 1 bolsista de pós-doutorado PNPD/CAPES), 7 alunos de pós-graduação (sendo 1 doutorado cotutela entre a UFPB/Brasil e a UNS/Argentina) e 2 bolsistas de iniciação científica (PIBIC/CNPq/UFPB). A proposta conta ainda com a cooperação de grupos de pesquisa consolidados do país (UFPB, UFPE, UFPR, UFMG, UNICAP) e no exterior (Duke University School of Medicine, EUA; Kuwait University, Kuwait; e Universidade Nacional del Sur, Argentina), que desenvolvem colaborações de pesquisa em andamento em temas correlatos. Mn-porfirinas figuram entre os melhores mímicos das enzimas superóxido dismutase (SOD) enquanto Zn-porfirinas são excelentes fotossensibilizador. Estes sistemas têm se destacado em estudos pré-clínicos como uma classe importante de reguladores ou moduladores redox (foto)catalíticos de estresse oxidativo. A eficácia in vivo é resultante da associação de uma elevada atividade catalítica ou fotossensibilizadora a uma maior lipofilia, biodisponibilidade e concentração intracelular do (foto)catalisador. Propõe-se neste projeto o planejamento racional de porfirinas simétricas e de baixa simetria para síntese de complexos modelos biomiméticos de enzimas oxidorredutases de interesse para o desenvolvimento de agentes terapêuticos redox-(foto)ativos e com potencial uso biotecnológico em reações de biotransformação. Em particular, propõe-se a síntese de novas metaloporfirinas com lipofilia controlada e metaloporfirinas suportadas como fotossensibilizadores e modelos biomiméticos das enzimas SOD, citocromos P450 e haloperoxidases. Pretende-se explorar esses sistemas para fins analíticos (como a quantificação eletrocatalítica de analitos de interesse, por exemplo, H2O2), biomiméticos (como modelos de oxidorredutases), terapêuticos (como fotossensibilizadores e agentes experimentais redox-ativos) e biotecnológicos (como adjuvante em processos de biocatálise por células íntegras de microrganismos). A exploração de moduladores redox, fundamentado nas propriedades físico-químicas e de biodisponibilidade de metaloporfirinas encontra-se em plena infância. Espera-se que o investimento na proposta tenha seu retorno através de 1) manutenção de um grupo de trabalho dedicado à síntese de porfirinas funcionais com planejamento moldado às aplicações em procedimentos bioanalíticos, terapêuticos e biotecnológicos; 2) modificações de materiais e eletrodos com porfirinas para fins bioanalíticos para quantificação em matrizes complexas biológicas e ambientais; 3) desenvolvimento de porfirinas com lipofilia controlada como contribuição para o avanço de modelos biomiméticos de oxidorredutases e agentes terapêuticos redox-ativos de interesse cardiovascular; 5) o estudo de propriedades pró-oxidantes (P450 e haloperoxidase) de compostos tipicamente utilizados em sistemas biológicos como agentes antioxidantes catalíticos (mímicos de SOD) e materiais suportados para catálise oxidativa; 6) caracterização fotofísica de Zn-porfirinas hidrossolúveis de interesse para uso como fotossensibilizadores para inativação fotodinâmica e tratamento de leishmanioses; 7) investigação de interação de agentes terapêuticos redox-ativos e fotossensibilizadores à base de porfirinas com biomacromoléculas, tais como albumina sérica; e 8) o desenvolvimento de Mn-porfirinas como alternativa viável para reduzir/controlar estresse oxidativo e melhorar a atividade da biomassa em biocatálise com células íntegras para o desenvolvimento de biotecnologias para a síntese de compostos orgânicos de maior valor agregado. Trata-se de um projeto na interface das áreas da Química e da Biologia, com viés medicinal e biotecnológico. A equipe científica da proposta tem produção consolidada e formação acadêmica formal ampla em Química, Biofísica, Fisiologia e Farmacologia, compatível com a diversidade dos temas abordados. Neste sentido, o investimento contribuirá também para formação de recursos humanos capacitados para transitar nas interfaces da química, biologia e biotecnologia. Além da geração de produção científica, a proposta tem potencial de geração de propriedade intelectual.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-29/02/2024
Foto de perfil

Julio Sérgio Marchini

Ciências da Saúde

Nutrição
  • lipidômica e termogênese em mulheres com obesidade
  • Considerando que o insucesso do tratamento da obesidade é justificado pela etiofisiopatologia multifatorial desta morbidade, é necessário estudos que entendam as variações fisiológicas, para desenvolver estratégias de diagnóstico, controle e prevenção, com isso este projeto tem como hipóteses: (I) a ocorrência e/ou perpetuação da obesidade seja resultante do desarranjo do metabolismo lipidico e bioenergética mitocondrial; (II) o desequilíbrio é modificado terapeuticamente por meio do exercício físico; Objetivos: avaliar o metabolismo lipidico, metabolismo energético corporal, mitocondrial e desempenho físico de mulheres submetidas a treinamento físico. Materiais e métodos: 40 mulheres adultas jovens (idade entre 20 e 40 anos), dividas em dois grupos: Grupo Obesidade (GO): composto por 20 mulheres clinicamente diagnosticadas com obesidade (IMC entre 30 e 40 kg/m²); Grupo Controle (GC): composto por 20 mulheres com peso normal (IMC entre 18,5 e 24,9 kg/m²). Ambos grupos serão submetidos a 8 semanas de treinamento físico combinado (exercícios aeróbio e de força muscular) e serão avaliados antes e depois da intervenção, quanto: a coleta de sangue, tecido adiposo subcutâneo (para análise do perfil da lipidoma através da Lipidomica e respiração mitocondrial), composição corporal, gasto energético e desempenho físico. Resultados esperados: Espera-se ratrear todo o perfil lipidico a partir da Lipidomica, associar ao metabolismo energético e mitocondrial, e, compreender os motivos da disfunção que a obesidade provoca no metabolismo energético. Além, de promover modificações no metabolismo lipidico e energético através da prática de exercício físico. E, a partir dos resultados encontrados, pretemos realizar a publicação de artigos científicos, participações em congressos e premiações.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jullyana de Souza Siqueira Quintans

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de complexos de inclusão em β-ciclodextrina contendo bisabolol, e avaliação do efeito antihiperalgésico em modelo de dor crônica
  • A dor é um dos mais importantes problemas de saúde em todo o mundo e permanece como um importante desafio da medicina moderna. A dor neuropática pode surgir a partir de uma doença ou lesão do sistema nervoso central (SNC) ou do sistema nervoso periférico (SNP). Várias doenças resultam secundariamente de lesão do SNC, ou, mais comumente, em associação com uma lesão nos SNP, como dores de amputação, radiculopatias, herpes zoster e neuropatias diabéticas. Por esta razão, diversos estudos vêm sendo conduzidos na busca de novas alternativas para o tratamento da dor neuropática, incluindo os estudos com plantas medicinais que são uma das principais fontes de novas entidades químicas para o setor farmacêutico. Por outro lado, em virtude da crescente demanda da população brasileira, por meio das Conferências Nacionais de Saúde e das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) aos Estados-membros para formulação de políticas visando integração de sistemas médicos complexos e recursos terapêuticos, o Ministério da Saúde aprovou a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS, contemplando as áreas de Homeopatia, Plantas Medicinais e Fitoterapia, Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura, Medicina Antroposófica e Termalismo Social – Crenoterapia, promovendo a institucionalização destas práticas no Sistema Único de Saúde (SUS). O (−)-α-Bisabolol, é um álcool sesquiterpênico monocíclico insaturado, obtido do óleo essencial de plantas tais como Matricaria chamomilla e Vanillosmopsis erythropappa. Muito utilizado na indústria química e farmacêutica, apresenta algumas propriedades já descritas como anti-inflamatórias, antioxidante, antissépticas e antinociceptivas. Devido a sua natureza hidrofóbica, será encapsulado em β-ciclodextrina (βCD), para melhorar suas propriedades farmacêuticas. Assim, o objetivo deste estudo visa caracterizar o efeito anti-inflamatório e antinociceptivo do (−)-α-bisabolol (BIS) isolado e complexado a β-ciclodextrina (α-BIS/β-CD) em modelos experimentais de dor crônica em camundongos. Esse projeto visa avaliar os efeitos farmacológicos, vias de sinalização e outros mecanismos de ação relacionados ao bisabolol, serão avaliados parâmetros hematológicos e bioquímicos como parte inicial de toxicidade deste. Vale a pena ressaltar que a abordagem desta proposta com foco em produtos naturais, plantas medicinais e biotecnologia são potencialidades deste projeto, que o direcionam também para publicação de artigos científicos em periódicos especializados indexados em importantes bases, realização de depósito de patentes e desenvolvimento tecnologias sociais. Deste modo, os resultados obtidos a partir deste projeto contribuirão para o desenvolvimento científico e tecnológico nacionais, além de fornecer uma estratégia para a melhor biodisponibilidade do composto e sua aplicabilidade no desenvolvimento de produtos aplicáveis e com sustentabilidade. Além disso, é importante enfatizar que serão formados recursos humanos que atuarão no fortalecimento das linhas de pesquisa desenvolvidas na Universidade Federal de Sergipe (UFS).
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Juneo Freitas Silva

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • papel da kisspeptina e seu potencial terapêutico na disfunção ovariana e feto-placentária causada pelo hipotireoidismo
  • O hipotireoidismo é uma das principais endocrinopatias que causam disfunção ovariana e infertilidade em mulheres e animais, além de causar aborto e restrição de crescimento feto-placentário. Como essas alterações estão associadas a falhas na liberação de GnRH e LH e ocorrência de estresse oxidativo na interface materno-fetal, respectivamente, suspeita-se que a kisspeptina (Kp) possa estar envolvida na gênese desses processos, uma vez que é o neuropeptideo chave da reprodução por controlar a liberação de GnRH e ser um importante modulador do estresse oxidativo e da tolerância imunológica na gestação. Por isso, o objetivo deste projeto é avaliar o papel da kisspeptina e seu potencial terapêutico na disfunção ovariana e feto-placentária causada pelo hipotireoidismo. Ratas Wistar adultas cíclicas e gestantes serão utilizadas nos experimentos 1 e 2, respectivamente. O hipotireoidismo será induzido pela administração oral diária de propiltiouracil (PTU) (1mg/rata) e o controle receberá água como placebo. Em ambos os experimentos, os animais serão divididos nos grupos controle, hipotireoideo e hipotireoideo tratado com kisspeptina 10 (Kp10; 2µg/rata/dia). No experimento 1, os animais serão eutanasiados após três meses de tratamento com PTU, sendo o tratamento com Kp10 realizado no último mês. A ciclicidade será avaliada diariamente por meio de citologia vaginal e serão avaliados a histomorfometria dos ovários, os níveis séricos de LH, PRL, estrógeno e progesterona por ELISA, a expressão gênica de Kiss1, Gpr54 e Gnrh no hipotálamo e de Lhβ de Gnrhr na hipófise por qPCR e a expressão imunohistoquímica no hipotálamo de Kiss1 e Gpr54. No experimento 2, os animais serão eutanasiados com 14 e 19 dias de gestação e o tratamento com Kp iniciará no 8º dia. Serão avaliados o desenvolvimento feto-placentário, os níveis séricos de PRL e progesterona por ELISA, a histomorfometria placentária e a expressão de kisspeptina e seu receptor (GPR54) e de anti-oxidantes (superóxido dismutase, catalase e glutationa peroxidase) por imunohistoquímica e qPCR. Com os resultados alcançados nos dois experimentos pretende-se trazer novos avanços quanto ao conhecimento acerca do papel da kisspeptina na regulação da reprodução pelos hormônios tireoidianos, além da publicação dos resultados em congressos e periódicos científicos conceituados na área e treinamento de recursos humanos.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Junior Reis Silva

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • síntese de vitro-cerâmicas transparente óxido-cloreto dopadas com íons terras-raras para aplicação como refrigeradores ópticos
  • Nos últimos anos têm crescido o número de estudos científicos que buscam avanços tecnológicos sem provocar danos ao meio ambiente. Estas pesquisas têm produzido uma onda de propostas que visam à utilização dos recursos naturais no desenvolvimento de vários campos da ciência. Um exemplo desse tipo de trabalho são os estudos realizados em cristais, vidros e vitro-cerâmicas dopados com íons terras-raras e metais de transição. Estes materiais têm despertado interesse devido à possibilidade de serem utilizados em áreas estratégicas como no aumento da eficiência de placas solares no processo de geração de energia limpa e renovável, construção de dispositivos LEDs mais eficientes e adequados a cada ambiente de iluminação e novas tecnologias sem a utilização de gases nocivos ao meio ambiente para sistemas de refrigeração. Cristais e vidros têm sido amplamente estudados para aplicações fotônicas. As excelentes propriedades luminescentes de cristais dopados com íons terras-raras, por exemplo, já são bem conhecidas e muito exploradas. Contudo, para algumas aplicações cristais, embora tenham as melhoras características, se tornam inviáveis em termos econômicos e/ou de engenharia. Por isso, vidros foram propostos para substituir esses materiais. Entretanto, após décadas de estudos, em geral, vidros quando também dopados com íons terras-raras não conseguem exibir as mesmas boas características luminescentes apresentadas por cristais, e não podem ser considerados substitutos a altura desses materiais. Assim, tem despertado bastante interesse na comunidade científica materiais vitro-cerâmicos que prometem unir as boas propriedades de vidros como, por exemplo, maior facilidade e mais baixo custo no processo de síntese e possibilidade de moldagem aos diversos tipos de aplicação, além das boas qualidades ópticas, às boas qualidades espectroscópicas de cristais como: espectro estreito de fônons, altas seções de choque de absorção e emissão e alta eficiência quântica de luminescência. O número de publicações a respeito de materiais vitro-cerâmicos transparente tem crescido consideravelmente desde o ano 2000. Entre os anos de 1993 a 1998 foram 5 publicações, 10 de 1999 a 2000, mais de 80 artigos de 2001 a 2005 e mais de 200 publicações de 2006 a 2010. Outro fator importante é o grande número de patentes que tem sido requerido para esse tipo de material devido principalmente as suas interessantes propriedades fotônicas e condições de aplicação. Vitro-cerâmicas são materiais constituídos de uma fase vítrea e pelo menos uma fase cristalina. Na maioria das vezes são nanocristais fluoretos embebidos em uma matriz vítrea de natureza óxido. Por outro lado, vitro-cerâmicas óxido-cloreto também possuem grande potencial para aplicações fotônicas, principalmente por apresentarem energias de fônons ainda mais baixas do que as de óxido-fluoretos. Contudo, esses materiais têm sido pouco explorados, e apenas poucos trabalhos podem ser encontrados na literatura. A procura por sistemas que funcionam em temperaturas criogênicas tem sido uma motivação oriunda de diversos campos da ciência. Em 1929, o físico Alemão Peter Pringsheim propôs um estudo inovador, no qual um sólido bombeado com luz monocromática deveria apresentar refrigeração por meio de luminescência anti-Stokes, isto é, emissão com energia maior do que a absorvida pelo próprio material. Entretanto, devido aos desafios experimentais que esta área exige, só em 1995 foi possível reportar a primeira observação experimental do efeito de refrigeração óptica em um material de estado sólido. Em 2016 foi reportado na literatura a observação experimental de refrigeração a laser em um cristal de LiYF4 (YLF) dopado com íons de Yb3+ para uma temperatura local mínima abaixo de 100 K. Este resultado está abaixo do valor inicial definido pelo National Institute of Standards and Technology (NIST) para temperaturas criogênicas, que é de 123 K (-150oC). Recentemente, este cristal foi usado para refrigerar um sensor infravermelho para <135 K . Contudo, a eficiência de refrigeração com íons de Yb3+ está limitada à ~5%, sendo necessária a busca por novos íons e matrizes que combinados forneçam maiores eficiências, e ainda, mais baixa temperaturas de resfriamento. Além disso, essa tecnologia pode também ser desenvolvida tendo em vista o apelo ambiental. Sistemas tradicionais de compressão a vapor utilizam gases refrigerantes tóxicos capazes de provocar efeito estufa e destruição da camada de ozônio. A dificuldade de substituição no entanto é a alta eficiência (~60%) que esses sistemas mais tradicionais apresentam com relação a concorrentes. Por isso, a necessidade de buscar sistemas mais eficientes na área de refrigeração óptica. Neste projeto estamos propondo sintetizar e estudar vitro-cerâmicas com nanocristais cloretos dopados com íons de Ce3+, Eu2+ e Yb2+. Esses íons apresentam transições permitidas o que deve possibilitar sistemas com maiores eficiências e temperaturas mais baixas (~10 K).
  • Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jupira Gomes de Mendonça

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • metropolização, desenvolvimento urbano e o direito à cidade: o caso da região metropolitana de belo horizonte
  • Transformações importantes na organização das cidades e das regiões marcaram o final do século XX, em decorrência dos processos de reestruturação produtiva e do rearranjo das estruturas de poder e de controle. Nesse movimento, novas dinâmicas intraurbanas e novas territorialidades se fazem presentes e outros sujeitos se somam ao conjunto de circuitos e agentes que têm na produção da cidade o sentido da acumulação capitalista. Parece estar em curso um novo modelo de acumulação urbana, que tem na parceria Estado-empreendedor privado um mecanismo importante para sua viabilização. No Brasil, esses processos apresentam diferentes dimensões, tendo em vista as condições históricas, os recursos naturais e o papel desempenhado pelas cidades no conjunto da acumulação capitalista do país. Nesse sentido, o trabalho aqui proposto tem como objetivo central identificar os efeitos dessas novas dinâmicas sobre o território e sobre os processos de gestão no nível metropolitano, tendo como foco, especificamente, a Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Procura-se identificar o sentido dessas alianças e as novas formas de relação entre o Estado e o capital privado, seja no mercado imobiliário, na gestão metropolitana, nos grandes empreendimentos, nas coalizões de expansão ou, até mesmo, nos mecanismos de participação social, incluindo, ainda, as formas de insurgência. Para tal, propõe-se a condução do projeto em seis eixos de análise, que buscam, a partir de diferentes abordagens, lançar luz sobre essas transformações no espaço metropolitano e na sua governança, a saber: Eixo 1) “Desafios institucionais para o desenvolvimento urbano e metropolitano”, que se propõe a investigar a efetividade das políticas metropolitanas no âmbito dos municípios integrantes da RMBH, bem como as razões da não inclusão das diretrizes de tais políticas. Eixo 2) “Regulação urbano-ambiental”, que tem como diretriz a capacidade integradora das questões urbano-ambientais, com uma análise sobre os empreendimentos urbanos, os conflitos ambientais gerados, suas medidas de mitigação e compensação, os mecanismos de consulta popular que os legitimam e a efetividade da implementação das condicionantes atreladas às suas licenças de operação. Eixo 3) “Mobilidade residencial e Gentrificação”, que visa ao aprofundamento das análises relativas aos processos acima descritos sob a ótica da mobilidade residencial. Trata-se de avançar na compreensão da dinâmica de estruturação do território por meio da leitura interpretativa da dinâmica sócio-demográfica e suas consequências no território. Eixo 4) "Coalizões de poder no Vetor Norte da RMBH", no qual, sob a perspectiva da Teoria dos Regimes Urbanos, propõe-se a mapear e compreender a complexa interação entre atores públicos e privados nesse eixo de expansão do território metropolitano, bem como suas influências sobre as políticas públicas e sobre o desenvolvimento econômico da região. Eixo 5) "Conflitos Urbanos e Insurgências", que busca identificar processos contemporâneos de segregação socioespacial e analisá-los sob a ótica das lutas insurrecionais históricas, suas relações com os processos mais amplos na região e no país e, particularmente, suas relações com os processos sócio-econômicos locais. Eixo 6) "Construindo a Urbanidade Metropolitana", que visa compreender as novas formas de participação da sociedade civil nas políticas urbanas e analisar as possibilidades de construção da ‘urbanidade metropolitana’, entendida como uma rede ampliada de discussão e cooperação sobre temas afetos às questões de interesse metropolitano. Aliando-se aos processos participativos, o eixo visa ainda à sistematização e facilitação à sociedade civil não-organizada de informações técnicas e do saber cotidiano referentes à RMBH. Em síntese, esse projeto visa compreender as novas dinâmicas intraurbanas e as novas territorialidades da RMBH, bem como os desafios apresentados à governança, seja no plano local, seja no plano metropolitano. Busca-se, assim, contribuir para o entendimento dos novos processos de estruturação das metrópoles brasileiras, na tentativa de construir bases para processos de planejamento mais democráticos, bem como políticas urbanas mais comprometidas com a equidade e justiça urbanas. A proposta apresentada tem interlocução com os recentes estudos sobre as transformações e permanências observadas na ordem urbana das metrópoles brasileiras, em consonância com o Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia – INCT/Observatório das Metrópoles.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jurandir Ceccon

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • problemas envolvendo constantes ótimas e problemas de estabilidade assintótica de equações de evolução: duas classes de problemas e suas conexões
  • Este projeto contará com a participação de seis universidades, sendo três universidades estaduais do Paraná e três universidades federais. Dessas seis universidades, cinco delas possuem programas de pós-graduação em Matemática. A equipe técnica terá oito pesquisadores especialistas em Equações Diferenciais (sendo cinco deles bolsistas de produtividade do CNPq) com larga experiência em problemas Elípticos, modelos não-lineares de Schrödinger, modelos de estabilidade assintótica para equações de evolução viscoelásticas, equações diferenciais parciais que modelam vibrações de placas e vigas, problemas que envolvem desigualdades ótimas e funções extremais, problemas de auto-valor para operadores de Laplace, modelos dissipativos envolvendo a equação de Korteweg de Vries, dentre outros. Todos os pesquisadores estão envolvidos na orientação de alunos de inciação científica, mestrado e doutorado. Além disso a equipe deste projeto tem uma significativa quantidade de artigos publicados nos últimos anos, sendo a quase totalidade publicada em revistas com Qualis/CAPES A1, A2 e B1. Devido a isso, muitos destes pesquisadores estão atualmente supervisionando pós-doutorandos em seus programas de pós-graduação. Os principais objetivos deste projeto serão: - Viabilizar uma maior cooperação entre diferentes programas de pós-graduações; - Aprofundar, qualificar e diversificar os problemas estudados pelos membros da equipe; - Fomentar a participação de alunos das pós-graduações nas pesquisas desenvolvidas pelo grupo e incentivar o intercâmbio destes entre as instituições envolvidas; - Aproveitar a qualidade técnica e a experiência da equipe para estudar problemas e modelos de grande envergadura e de interesse científico.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jurandyr Luciano Sanches Ross

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • ordenamento territorial brasileiro: potencialidades naturais e vulnerabilidades sociais
  • O ordenamento do território passa pela execução e implementação do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) que é um instrumento técnico-científico elaborado na perspectiva de assegurar a qualidade ambiental, o desenvolvimento sustentável e a melhoria das condições de vida da população. É fundamental considerar na sua elaboração as abordagens ambiental e ecológica, social e econômica, uma vez que o território é hierarquizado em zonas de acordo com as necessidades de proteção, conservação e desenvolvimento. É um instrumento para racionalizar a ocupação e redirecionar as atividades, servindo de subsídio às estratégias e ações de planos regionais em busca do ordenamento territorial com bases no desenvolvimento sustentável. Dessa forma, o objetivo do projeto é elaborar essa pesquisa técnico-científica por meio do macrozoneamento ecológico-econômico do território brasileiro, a fim de auxiliar na identificação das potencialidades e fragilidades naturais e das potencialidades e vulnerabilidades sociais do país. Para isso, se faz necessário elaborar um diagnóstico socioambiental integrado, envolvendo as relações sociedade-natureza para possibilitar a identificação de zonas territoriais, e definir as diretrizes preservacionistas, conservacionistas e de desenvolvimento econômico e social de cada zona. A partir de tal diagnóstico é possível elaborar: (I) as Unidades Ambientais Naturais, integrando os componentes da geodiversidade e da biodiversidade, tendo como base as informações temáticas derivadas da geologia, geomorfologia e pedologia, adicionadas das informações do clima e da cobertura vegetal natural; (II) as Unidades Socioeconômicas, baseadas nas informações da sociodiversidade, que se dará por meio da identificação e uso de mapas temáticos de uso e cobertura da terra, dos dados estatísticos oficiais relativos à área social (educação, saúde, renda e demografia), de infraestrutura, de serviços de utilidade pública, e econômica, abrangendo tanto o meio urbano quanto o rural; (III) as Unidades das Terras Protegidas, identificadas por meio das informações extraídas das unidades de conservação e de proteção ambiental, bem como as terras delimitadas como territórios indígenas e áreas quilombolas. As Zonas Ecológico-Econômicas estarão baseadas na intersecção das informações dos aspectos naturais e socioeconômicos, a partir da percepção das fragilidades potenciais naturais, das limitações/restrições de caráter ecológico e das potencialidades socioeconômicas, possibilitando estabelecer diretrizes de caráter ambiental, social e econômico. Para que tais ações sejam possíveis, é fundamental a adoção de uma metodologia de pesquisa baseada na compreensão integrada das características dos ambientes naturais e das realidades socioeconômicas. Deve identificar e analisar esses elementos nos diferentes âmbitos da realidade, sob a perspectiva da dinâmica do processo de ocupação humana e das relações econômicas e sociais. Os produtos cartográficos gerados no projeto seguem o recomendando pelo Decreto Federal 4.297/2002, em que a escala de apresentação será 1:5.000.000 e a escala de referência será 1:1.000.000. Para finalizar, afirma-se que o ZEE, ao dispor de um mecanismo integrado de diagnóstico e propor diretrizes pactuadas de ação, pode contribuir para que o sistema de planejamento oriente os esforços de investimentos do governo e da sociedade civil segundo as peculiaridades das áreas definidas como zonas, as quais devem ser tratadas como unidades de planejamento. A análise integrada dessas informações define, no território, situações que revelam as potencialidades humanas e as fragilidades socioculturais diferenciadas no tempo e no espaço.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jussara Gue Martini

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • gênero e sexualidade: aproximações e distanciamentos no processo formativo de enfermeiros/enfermeiras e as implicações no cuidado de enfermagem no contexto do mercosul
  • O contexto que envolve os temas de gênero e sexualidade vem se tornando objeto de estudo frequente na contemporaneidade. Em função dos movimentos realizados por grupos sociais, em defesa dos direitos das pessoas com gênero e sexualidade fora dos padrões de normalidade pré-determinados socialmente, este tema tem despertado o interessa do meio científico, em diversas áreas do conhecimento, gerando uma elevação gradativa no número de pesquisas realizadas. Contudo, o desenvolvimento de novos estudos ainda configura condição fundamental para compreender o complexo contexto que estão envolvidas as pessoas que não se encontram no binarismo de gênero (homem ou mulher) e na heterossexualidade, principalmente em relação à garantia de direitos inerentes à dignidade humana, como é o caso da atenção em saúde. Neste sentido, objetiva-se compreender como o debate sobre gênero e sexualidade está incorporado nos cursos de graduação em Enfermagem, nas instituições da Associação de Universidades Grupo Montevidéo (AUGM). Trata-se de um estudo de casos múltiplos, que será realizado em Universidades que ofertam o curso superior de enfermagem. No que se refere à coleta dos dados, com a intencionalidade de construir um olhar investigativo a partir da expressão de diversos atores e suas experiências, este estudo de casos múltiplos prevê a utilização de pesquisa documental, entrevistas e narrativas de mapas corporais. Serão considerados/consideradas para participação no estudo docentes e estudantes, no contexto acadêmico, bem como, pessoas não binárias e não heterossexuais. Entende-se que a pesquisa tem potencial de reunir informações sobre o atual cenário da educação em enfermagem na América Latina, permitindo refletir sobre as questões da contemporaneidade (perspectiva de gênero e sexualidade) e dando condições à comunidade de Enfermagem (pesquisadoras/es, docentes, estudantes, enfermeiras/enfermeiros) de conhecer como a formação vem incorporando a temática em questão. Justifica-se a realização deste estudo em virtude da urgência de pesquisas que estimulem transformações nos processos formativos em enfermagem, com vistas à uma prática mais integral e que considere as pessoas nas pluralidades de ser e viver.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022