Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Wagner Cotroni Valenti

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • viabilidade técnica e econômica, e sustentabilidade do cultivo do lambari-do-rabo-amarelo em monocultivo e em sistemas integrados
  • Este projeto tem como objetivo testar a hipótese de que a inclusão do Prochilodus lineatus e do Macrobrachium amazonicum aumenta a viabilidade técnica e econômica e a sustentabilidade do cultivo de Astyanax lacustris. Para tanto serão analisados os sistemas de produção: 1. Monocultivo do A. lacustris, na densidade de 50 ind.m-2 (ML); 2. Cultivo integrado de A. lacustris (50 ind.m-2) e M. amazonicum (30 ind.m-2) (LCa); 3. Cultivo integrado do A. lacustris (50 ind.m-2), M. amazonicum (30 ind.m-2) e P. lineatus (4 ind.m-2) (LCaC). Será realizado um experimento em delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos (sistemas de cultivo) e quatro repetições. Em todos os sistemas, apenas o A. lacustris será alimentado até a saciedade com ração comercial com 36% de proteína bruta duas vezes ao dia. Ao final do período experimental, todos os animais sobreviventes serão contados e o peso médio final, sobrevivência e produtividade em cada tratamento serão calculados. A análise da viabilidade econômica e da sustentabilidade econômica e social será realizada por meio de simulação, considerando duas escalas de produção: empreendimentos com 1 ha e 5 ha de lâmina d´água de viveiros e período de exploração de 20 anos. A viabilidade financeira será determinada pelas análises de custo-retorno, fluxo de caixa e por indicadores de viabilidade financeira. A análise de sustentabilidade econômica será realizada para mostrar se o capital é eficientemente usado e a atividade pode gerar riqueza suficiente para manter o produtor na atividade. Em ambas as análises as externalidades positivas e negativas serão consideradas. A sustentabilidade ambiental será medida pelo uso de recursos naturais, eficiência no uso dos recursos e liberação de poluentes no ambiente. A sustentabilidade social será avaliada pela geração de benefícios para comunidades locais. Assim, ao final do trabalho será determinado se o sistema integrado com duas ou três espécies é economicamente, ambientalmente e socialmente mais sustentável do que o monocultivo de A. lacustris.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wagner de Fátima Pereira

Ciências Biológicas

Imunologia
  • avaliação da resposta inflamatória, produção de citocinas e de espécies reativas de oxigenio como possíveis biomarcadores na evolução da nefropatia em modelo experimental de sindrome nefrótica
  • Diversos tipos de glomerulopatias primárias e secundárias podem manifestar-se com o quadro de síndrome nefrótica (SN), caracterizado por proteinúria maciça, hipoalbuminemia, edema generalizado e hiperlipidemia. A SN é a glomerulopatia mais comum em crianças, contudo, apesar dos avanços científicos sua fisiopatologia permanece desconhecida. O modelo animal de nefropatia, induzida pelo quimioterápico Doxorrubicina é bastante viável e tem servindo bem ao propósito de diversos estudos sobre a SN, uma vez que as manifestações clínicas e histopatológicas se assemelham bastante às lesões nos pacientes. Diversos estudos vêm evidenciando importante participação da resposta imune na etiopatogenia da SN, como a aparente resposta anormal dos linfócitos T e a participação de macrófagos, células NK bem como de espécies reativas de oxigênio no mecanismo de lesão renal e na progressão da nefropatia. Resultados publicados por nosso grupo demonstraram alterações nos mecanismos de ativação e migração leucocitária, bem como na produção de espécies reativas de oxigênio em modelo experimental de SN (Pereira et al., 2015b). Além disso, alguns dos nossos achados recentes (ainda não publicados) demonstraram produção alterada da quimiocina CXCL1 na fase inicial da doença, no modelo experimental de SN induzida pela doxorrubicina. Achado este que está condizente com a informação da participação de espécies reativas de oxigênio na etiopatogenia da SN, conforme previamente demonstrado por nosso grupo de pesquisa. Assim, a presente proposta pretende ampliar os estudos que busquem melhor investigar a expressão tecidual e urinária de citocinas/quimiocinas, tais como a CXCL1 e também avaliar a possível participação de leucócitos polimorfonucleares, do tipo neutrófilos, relacionada à produção de espécies reativas de oxigênio, nos processos de indução e progressão da síndrome nefrótica em modelo experimental. Nos últimos anos um número crescente de trabalhos tem mostrado o envolvimento de citocinas e quimiocinas no mecanismo de lesão renal, em pacientes e modelos experimentais da SN. No entanto, ao nosso conhecimento, até então, os estudos pouco têm direcionado os achados sobre a produção de citocinas/ quimiocinas e espécies reativas de oxigênio à participação dos leucócitos polimorfonucleados (PMN) e nem mesmo correlacionado esses achados como possíveis biomarcadores de instalação e evolução da nefropatia, em pacientes ou em modelo experimental de síndrome nefrótica.
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wagner de Jesus Martins

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • estrutural saudável e sustentável
  • A comunidade da Cidade Estrutural é representada nos espaços de governança por uma Rede Social Local composta por atores locais da comunidade. A participação dos atores locais da Rede reflete o pensar e o agir sobre a realidade em que vivem e que estão inseridos. É um exercício contínuo, um processo social que desperta o indivíduo para o enfrentamento das expressões da questão social, tornando-o sujeito social da própria história. Nesse sentido, é importante a participação da comunidade para atuar na perspectiva de conquistas e melhorias para o desenvolvimento local. Nesse contexto, é importante entendermos o conceito de Rede Social local: trata-se de uma Rede de pessoas que criam vínculos entre si para contribuir de forma cooperativa para alcançar determinados objetivos de melhoria social. Essa Rede integra e interage com outros atores, como estudantes, pesquisadores e gestores, formando assim, uma Rede Sociotécnica, que permite a interação sociotécnica em redes de atores atuando em diferentes pontos da cadeia (formulação-decisão-execução) para o desenvolvimento de políticas públicas (Martins, 2017). A interação de saberes dessa Rede sociotécnica pode influenciar nas decisões sobre as políticas públicas nos espaços de governança, para enfrentamento dos problemas relacionados aos determinantes sociais da saúde - econômicos, sociais, ambientais - de forma a proporcionar uma vida mais saudável e sustentável para a população no território, e consequentemente contribuir para a melhoria dos indicadores relacionados às metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) que estão relacionados às condições de vida, contribuindo para a implementação da Agenda 2030. É importante adotarmos políticas públicas para o enfrentamento dos determinantes sociais da saúde para promoção de Territórios Saudáveis e Sustentáveis (TSS). Pretende-se analisar a dinâmica de promoção da saúde para TSS realizada pela Rede Social Local da Cidade Estrutural, a partir da governança territorializada das políticas públicas relacionada à melhoria dos indicadores dos ODS. O projeto tem como pergunta: como as comunidades locais (social e técnica), podem se fortalecer para influenciar nas decisões sobre as políticas públicas nos espaços de governança, para que estas contribuam para um território saudável e sustentável, associado ao alcance das metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável? A inovação deste projeto está na maneira de instrumentalizar a busca de dados de base territorial, tendo como foco que saúde como vida, ao situá-lo na interseção das dimensões: economia, sociedade e ambiente. De modo que a ética da vida oriente as políticas públicas. Será utilizada uma abordagem participativa de pesquisa-ação que favoreça a interação entre diferentes atores sociais da formulação à implementação do projeto no território. Temos como foco o arranjo metodológico entre Pesquisa-ação, Diálogos Prospectivos e cartografia social. A pesquisa-ação nos introduz ao território, depois a cartografia social é um instrumento utilizado no planejamento por meio da ação participativa, com grupos de atores locais, articulados aos saberes e conhecimentos territoriais. Nesse projeto apresenta-se como ferramenta importante para realizar mapeamentos participativos, representando da realidade do território. Diálogos Prospectivos é método que propõem construir cenários da situação local e estudos prospectivos que ajudam a antecipar os riscos e as oportunidades. Essa nova metodologia propõem a junção de diálogos prospectivos sobre os fatores dos ODS. A utilização de ferramentas que possibilitem a coleta e a divulgação dos dados não estruturados (de base territorial), visa possibilitar a governança e gestão com a participação desses atores, levando em consideração suas informações e conhecimento. Estas ferramentas podem ser digitais ou não como fanzines, jornais comunitários ou web, ou por meio de audiovisual que possibilite de fato o acesso das pessoas locais à essas informações. Para essa divulgação será elaborado cursos livres e oficinas de audiovisual e mídias livres.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 04/07/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wagner de Rossi

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • técnicas avançadas de lasers e fotônica aplicadas à saúde, indústria e meio ambiente.
  • O projeto pretende desenvolver uma série de técnicas de aplicações práticas nas áreas da saúde, indústria e meio ambiente utilizando lasers e fontes de luz nas mais variadas regiões do espectro. As tecnologias desenvolvidas, a infraestrutura dos laboratórios envolvidos e o conhecimento adquirido pelos pesquisadores da equipe estarão disponíveis a uso externo através de parcerias ou prestação de serviços por meio dos cinco laboratórios multiusuários que compõe esta proposta. Estes multiusuários fazem parte de uma rede de laboratórios, chamado de “Laboratório de Lasers e Aplicações Fotônicas”, onde as diversas metas do projeto serão desenvolvidas. No total, são mais de uma dúzia laboratórios, localizados no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares – IPEN em São Paulo e o no Centro Regional de Ciências Nucleares – CRCN em Recife, ambos sob coordenação técnica e administrativa da Comissão Nacional de Energia Nuclear – CNEN com sede no Rio de Janeiro. A maioria dos desenvolvimentos pretendidos tem a saúde como destaque, mas esta não é a única atividade de importância, e diversas tecnologias fotônicas de utilização na área nuclear, indústria e meio ambiente também fazem parte desta proposta. Estas atividades têm foco próprio, com produtos e conhecimento específicos, contudo, a multidisciplinaridade da ciência e o foco dado a estas metas, faz com que desenvolvimentos e técnicas inicialmente voltados para uma dada aplicação sejam úteis para outros usos, e praticamente todas as aplicações não diretamente ligadas à saúde podem ser adaptadas e direcionadas a este setor. Uma descrição resumida das metas do projeto é dada a seguir: Saúde - Desenvolvimento de ensaios pré-clínicos utilizando tecnologias baseadas em luz para combate à resistência antimicrobiana: Aqui, a terapia fotodinâmica utiliza fármacos fotossensíveis e aplicação de luz de comprimento de onda adequado para matar patógenos por indução de estresse oxidativo - Desenvolvimento de novos métodos diagnósticos de neoplasias maliignas baseados em imagens hiperespectrais por micro-FTIR: Espectro infravermelho com alta resolução espacial é utilizado para mapear tecidos biológicos e fornecer um diagnóstico preciso de neoplasias malignas. - Desenvolvimento de novos processos terapêuticos com laser na odontologia e medicina: São um conjunto de técnicas ópticas utilizando laser e espectroscopia infravermelho para diagnóstico e terapia em odontologia e medicina. - Desenvolvimento de um laser de subnanossegundo para remoção de tatuagens: trata-se de um sistema laser dedicado a esta aplicação que contempla um oscilador mestre do tipo microchip. - Utilização da técnica de tomografia por coerência óptica na área da saúde: São análises de diversos processos da área da saúde a serem desenvolvidas e disponibilizadas com a técnica de OCT. - Identificação de microrganismos baseado em espalhamento de luz e reconhecimento de padrões: Será construído um dispositivo automatizado dedicado a esta tarefa. - Imagens moleculares por Optical/CT para ensaios pré-clínicos e estudos ecológicos aplicados: Uso da técnica de tomográfica óptica de fluorescência e bioluminescência para imageamento em experimentos com plantas. - Estudo de processos de aceleração de elétrons e prótons por laser para aplicações na área da saúde: O objetivo é o de se obter feixes de prótons em sistemas compactos de lasers de femtossegundos para aplicações médicas. Meio Ambiente - Monitoramento de bioaerossóis na atmosfera e em ambiente fechado pela técnica de lidar por fluorescência: Esta fluorescência provocada pelo laser do Lidar visa monitorar bioaerosois poluentes e potencialmente nocivos à saúde como aqueles da Covid-19. - Monitoramento de Gases de Efeito Estufa na interface oceano-atmosfera na costa do estado de São Paulo: O Lidar aqui é utilizado em grandes áreas de oceano mapeamendo poluentes gasosos na região do Pré-Sal e de exploração de petróleo - Desenvolvimento de cavidades óticas gigantes para detecção de poluentes do ar: Esta técnica permite detectar poluentes atmosféricos, gases e particulado com grande precisão. Indústria - Funcionalização de superfícies para melhorias tribológicas de ferramentas de usinagem: Trata-se da produção de estruturas micrométricas na aresta de ferramentas de usinagem para melhorias tribológicas no processo de torneamento. Estas estruturas são desenhadas especificamente para buscar estas melhorias e são produzidas com laser de pulsos ultracurtos. - Funcionalização de superfícies para aplicações biomédicas: Aqui também são produzidas estruturas micrométricas com laser de pulsos ultracurtos, porém são produzidas sobre a superfície de implantes médicos ou odontológicos com o objetivo de aumentar a biocompatibilidade, aumentando a adesão de células e inibindo a criação de bactérias. - Produção de sistemas microfluídicos para síntese de radiofármacos e biorreatores: Sistemas microfluídicos produzidos em vidro, com o uso de laser de femtossegundos estão sendo desenvolvidos para síntese de radiofármacos com atividade molar aumentada através do aumento de concentração de flúor 18 radioativo. - Produção de nanopartículas de ouro por ablação com laser de pulsos ultracurtos: Pretende-se produzir e controlar o tamanho de nanopartículas de ouro produzidas pela irradiação de alvos sólidos de ouro com laser de femtossegundos. Nuclear - Limpeza e descontaminação via ablação a laser de superfícies metálicas e dielétricas: Lasers pulsados de nanosegundos são utilizados para ablação de superfícies contaminadas com radionuclídeos, retirando de maneira eficiente a presença destes contaminantes. - Padrões de speckle na análise de detectores do tipo CR-39: Imagens de padrões de espalhamento de luz com a placa CR-39 irradiada com Radônio serão analisados e correlacionados à dose de exposição. Além destes projetos específicos, a proposta busca a identificação de parceiros para desenvolvimento de outros projetos relacionados às capacidades do grupo
  • Comissão Nacional de Energia Nuclear - RJ - Brasil
  • 16/07/2021-31/07/2024