Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Vítor Ennes Vidal

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • leishmania tarentolae como potencial modelo de superexpressão de fatores de virulência – estudo da gp63
  • O parasitismo é um dos principais problemas de Saúde Pública nos países em desenvolvimento, incluindo o Brasil. No caso das leishmanioses, atualmente existem cerca de 12 milhões de indivíduos infectados, com uma estimativa de 2 milhões de novos casos por ano e 350 milhões de pessoas vivendo em condições de risco de infecção (Alvar et al. 2012). O tratamento das leishmanioses apresenta sérios efeitos colaterais e em alguns casos é ineficaz em virtude do surgimento de cepas resistentes (Machado-Silva et al., 2014; Ennes-Vidal et al., 2017). Nesse contexto, alguns importantes fatores de virulência do gênero Leishmania vêm sendo apontados como alvos promissores para o desenvolvimento de quimioterápicos, ou até mesmo de uma vacina. Dentre estes podemos destacar a GP63 (leishmanolisina), uma glicoproteína de peso molecular em torno de 63 kDa abundante nas formas promastigotas do gênero Leishmania, ancorada na membrana do parasito através de glicosilfosfatidilinositol (GPI). A GP63 possui atividade proteolítica de metalopeptidase dependente de zinco e está relacionada tanto com etapas básicas do ciclo de vida, como a degradação proteica com fins nutricionais, quanto com a patogenicidade de espécies do gênero Leishmania (d’Avila-Levy et al. 2014). Em 2012, Raymond e colaboradores relataram que a GP63 se apresenta altamente expandida no genoma de Leishmania tarentolae, um parasito isolado de lagarto não patogênico ao homem. Curiosamente, os autores detectaram a expressão da proteína em torno de 63 kDa, mas não conseguiram detectar nenhuma atividade proteolítica de GP63 em L. tarentolae. Devido seu fácil manuseio, rápido crescimento e baixo custo de manutenção, L. tarentolae vem sendo utilizada como um modelo experimental para estudos de amplificação de genes (Ouellette et al., 1991), edição de RNA (Simpson et al., 2004), produção heteróloga de proteínas eucarióticas (Basile & Peticca, 2009) e desenvolvimento de vacinas (Breton et al., 2007). Entretanto, sua utilização para expressão de fatores de virulência da própria leishmania tem sido pouco abordada. Portanto, o grande avanço obtido através do desenvolvimento de ferramentas de manipulação genética – como knockdown, knockout, superexpressão e RNAi – tem permitido estudos funcionais que visem a melhor compreensão do papel desempenhado por fatores de virulência, como a GP63 das leishmanias. Deste modo, o objetivo desse estudo consiste em superexpressar uma GP63 de L. tarentolae e expressar de forma heteróloga uma GP63 de espécies patogênicas de leishmania na própria L. tarentolae. Através de ensaios de infectividade in vitro dos mutantes gerados, da purificação da enzima para caracterização enzimática e da imunolocalização dessa molécula pretendemos melhor compreender as funções da GP63 e sua relação com a infecção. Estudos preliminares do nosso grupo voltados a caracterizar a GP63 das cepas de L. tarentolae mantidas em cultura axênica na Coleção de Protozoários da Fiocruz vêm demonstrando que a atividade proteolítica da GP63 está consideravelmente diminuída quando comparada às leishmanias patogênicas, o que pode justificar a ausência de patogenicidade dessa espécie de lagarto ao homem (Lopes, disseratação em andamento). Além disso, 4 clones de L. tarentolae mutantes de GP63 já foram gerados e validados para o desenvolvimento das demais etapas do presente projeto. For fim, este trabalho pretende também validar um modelo de expressão de fatores de virulência de parasitos eucariotos, o que poderia inclusive funcionar como uma plataforma institucional de expressão heteróloga de proteínas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vítor Estêvão Silva Souza

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • evolução de software baseada em requisitos e ontologias
  • Evolução é um tema de grande importância na Engenharia de Software e os requisitos de software possuem papel central neste âmbito. No contexto de GORE (Goal-Oriented Requirements Engineering), muitas abordagens e ferramentas já foram propostas, no entanto falta-lhes um arcabouço semântico para lidar com problemas conceituais, como, por exemplo, sobrecarga, excesso, redundância e incompletude de construtos. Esses problemas levam a não compreensão e mal uso das linguagem GORE, além de comprometer sua expressividade. Este projeto tem por objetivo utilizar ontologias como ferramentas conceituais no domínio da Engenharia de Requisitos de Software, particularmente no contexto da Engenharia de Requisitos Orientada a Objetivos (GORE) e com foco em questões relacionadas à Evolução de Software. Dentre os resultados esperados, destacam-se: interoperabilidade semântica entre linguagens GORE e abordagens para desenvolvimento de sistemas adaptativos, proposta de linguagem GORE unificada, métodos e ferramentas para gerência de configuração e evolução de software, bem como para o desenvolvimento de sistemas adaptativos, além das ontologias de núcleo e de domínio associadas. Acredita-se que esses resultados terão forte impacto em futuras pesquisas nos domínios analisados.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vitor Garcia

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • bragantec - feira municipal de ciência do instituto federal de educação, ciência e tecnologia de são paulo
  • BRAGANTEC is a science fair organized by IFSP Bragança Paulista for 10 years, and in 2021 it will be its 11th edition. The fair aims to encourage young students of elementary, high school and technical education to develop scientific projects in different areas of knowledge, to be an instrument for the dissemination and popularization of science among the non-specialized public, to train teachers and students in the elaboration and development of projects research, strengthen the relationship between research centers, schools and the community and contribute to the scientific and technological development of the region and the country. Some of the goals proposed by BRAGANTEC are to train teachers from state and municipal schools in the region, increasing the participation of public schools in the region, involving the academic community in the development of projects, increasing the number of visitors and reaching the fair among the non-public. specialized, making the fair a reference in the region in scientific dissemination. The incentive for students is even made for those who are in the early years of their school life, through Bragantequinha, a BRAGANTEC action aimed at students in the initial grades of elementary school. To achieve these objectives, several actions are carried out before and during BRAGANTEC. As an aid in the elaboration of projects and training of students and teachers, the Organizing Committee of BRAGANTEC offers an online material with guidelines on how to prepare a research project, from the initial steps to the moment of presenting the work. In addition to this material, another action taken is the offering of a free 60-hour "Scientific Methodology and Orientation of Research Projects in High School" course, aimed at public school teachers. The Organizing Committee also makes doubts available to students and teachers twice a month, in order to assist in the preparation of projects to be submitted to the fair. To encourage the beginning of project development, BRAGANTEC also conducts a mini-course on Design Thinking, a strategy that can be used both in the conception of the problem to be researched and in the search for its solution. To ensure the quality of BRAGANTEC in all its actions and provide continuous improvement, during the fair, opinion polls are carried out with participants, students and authors, so it is possible to evaluate the results obtained. In addition to the presentation of student work, several other activities take place during BRAGANTEC. Every year, at various times at the fair, cultural presentations take place, such as plays, musical performances, various exhibitions, actions related to literature, workshops, among others. There are also activities related to sustainability and preservation of the environment, such as planting trees, workshops on the use of recycling material, orientation lectures on this topic, among others. BRAGANTEC is open to students in the 8th and 9th grades of elementary and high school and technical education. Students can submit papers in the areas of (i) Informatics, (Iii) Engineering; (iii) Exact and natural sciences; (iv) Humanities and Language. The authors of each project submit a Research Plan and a Summary, with information on its development. The selection of works for the fair takes place in 3 stages: (i) verification of the documentation; (ii) pre-evaluation by ad hoc consultants; (iii) analysis by the Technical Committee. The approved works are presented during the execution of BRAGANTEC. The presentations of works take place during the 3 days of the fair, in which the authors present their results to the community and to ad hoc evaluators. The evaluation of the projects is done taking into consideration aspects such as creativity and innovation, the application of the scientific or engineering method, the depth of its development, the necessary skill for its realization, the quality of the oral presentation and the analysis of the documents presented by the group, such as Logbook, among others. Each topic is assigned a score from 1 to 5 and the projects are classified. The first placed in several categories are awarded. At the end of BRAGANTEC, some monitoring indicators are verified to assess its success, such as, for example, the reach of disclosures on social media, the number of people registered in the evaluation system, support and collaborators obtained, the number of works registered , requests for buses to visit, scheduling schools, number of visitors, percentage of jobs present and absent, impact on the local press, satisfaction survey among participants, etc.
  • Instituto Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2021-31/03/2023
Foto de perfil

Vitor Hugo Borba Manzke

Outra

Divulgação Científica
  • o impacto das feiras de ciências nas comunidades escolares do ensino básico como ação de divulgação e popularização das ciências
  • A comunidade científica tem tido a preocupação de trabalhar na comunicação e divulgação da ciência, contribuindo para uma ciência mais aberta, mais humanista, e para a compreensão científica de todos os cidadãos. Neste contexto assumem relevância os espaços, equipamentos e estruturas que contribuem para o referido desiderato, em particular, as Feiras de Ciência têm tido um relevante papel no acesso informal à ciência da sociedade em geral e das escolas em particular. O Programa Núcleo de Estudos em Ciências e Matemática – PRONECIM, é um Programa de Pesquisa e Extensão pertencente ao Campus "Visconde da Graça", do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul Rio-grandense - CaVG/IFSul. Foi criado em 2007 com a finalidade de desenvolver ações de Pesquisa e extensão no âmbito do ensino básico, na área de ensino, na formação de professores, e na promoção de eventos científicos. O principal objetivo constituiu-se em congregar atividades interdisciplinares com ênfase nas Ciências da Natureza e na Matemática, a Popularização e a Divulgação das Ciências. Para o desenvolvimento das ações o Programa criou a Rede Regional para o Ensino de Ciências e estabeleceu parceria com as Coordenadorias de Educação da Região – 5ª e 18ª CREs/RS, as Secretarias de Educação dos municípios da Região Sul do Estado, a Associação dos Municípios da Zona Sul do RS, e com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação - UNDIME/RS. A experiência vivenciada na Rede Regional permitiu buscar parcerias internacionais e foi possível criar a Rede Internacional do Ensino de Ciências e Tecnologias na Educação – RIECITE, que faz parte a Universidade de Concepción/Chile, o Politécnico de Bragança e a Universidade do Minho de Portugal, e a Universidade de León/Espanha. A partir da realização dos cursos de formação surgiu a necessidade da realização de eventos científicos que possibilitassem trocas de experiências entre alunos e professores. O PRONECIM passa então a promover o Simpósio Sul Rio-grandense de Professores de Ciências e Matemática e a Feira de Ciências e Mais Saberes - FECIMES visando ampliar a popularização e divulgação das ciências em meio ao ensino básico. O contato direto com os alunos e professores, durante todo o ano, e os relatos ouvidos neste ambiente, permitiu-nos considerar que a Feira deva estar influenciando na decisão profissional e/ou no cotidiano dos alunos que atuam como alunos/pesquisadores, assim como na vida dos professores/orientadores dos primeiros. Outra questão que se levanta é conhecer o que aconteceu com o investimento financeiro do CNPq, MCTI, SEB/MEC, entre outros órgãos fomentadores? Qual o retorno social deste investimento? São perguntas que nos animaram a pleitear a participação no âmbito desta Chamada Universal, concorrendo aos recursos que tornarão possível o desenvolvimento deste projeto de pesquisa que tenta responder uma questão ampla, mas que engloba todas as demais inquietudes. Prioritariamente nos questionamos se: As Feiras de Ciências impactam a sala de aula do ensino básico? Para isso, nosso objetivo é conhecer o impacto produzindo pela FECIMES no ensino básico, na área de abrangência da AZONASUL, e de Feiras de ciências ocorrentes no espaço das instituições parceiras em nível internacional. Organizamos o projeto visando como público alvo os alunos/pesquisadores e os professores/orientadores atuantes prioritariamente na FECIMES e, em uma ação secundária, os que atuam nas feiras realizadas nos demais países. Temos por hipótese que há impacto positivo na vida dos alunos em sua vida futura e que o mesmo acontece com os professores/orientadores, que buscam a qualificação profissional em cursos de pós-graduação. Mas para entendermos o processo e validarmos, ou não, esta hipótese estruturamos o projeto de pesquisa a partir de uma análise qualitativa que se suportará em um levantamento quantitativo. O instrumento para levantamento dos dados necessários a produção da resposta à questão investigatória ocorrerá será um questionário semi-estruturado a ser aplicado para os indivíduos pertencentes ao público alvo nos ambientes brasileiro e dos demais países participantes.
  • Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022