Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Veridiana Vera de Rosso

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • líquidos iônicos como extratores verdes para obtenção de carotenoides a partir de frutas da biodiversidade brasileira
  • A aplicação de líquidos iônicos (LI) em processos de extração é uma alternativa viável que segue os princípios da química verde, otimizando a obtenção de moléculas de interesse industrial em processos sustentáveis com menor geração de resíduos tóxicos. Desta forma o objetivo do projeto é desenvolver e otimizar um método de extração empregando líquidos iônicos, para obtenção de carotenoides provenientes da polpa do fruto de pupunha (Bactrys gasipaes) e da polpa de pequi (Caryocar brasiliense), que possam ser utilizados como pigmentos naturais e aditivos na indústria de alimentos. Serão testados quatro LI para otimização da extração, o tetrafluoroborato de 1-n-butil-3-metilimidazólio e o cloreto de 1-n-hexil-3-metilimidazólio de origem comercial; e o cloreto de 1-n-butil-3-metilimidazólio e o hexafluorofosfato de 1-n-butil-3-metilimidazólio sintetizados em laboratório. A síntese dos LI será assistido por ultrassom, sem a utilização de solventes orgânicos voláteis, e a caracterização desses LI será realizada por espectrometria de massas (MS). O parâmetro de eficiência será o rendimento na extração de carotenoides (quantificação por curva de calibração externa em HPLC-PDA). Os dois melhores LI serão selecionados para a otimização da extração empregando a técnica de planejamento experimental e superfície de resposta. A avaliação quali e quantitativa dos extratos de carotenoides obtidos será realizada por HPLC-PAD-MS/MS. A estabilidade dos extratos de carotenoides frente a luz e calor será determinada em sistemas modelo aquoso e oleoso, sua biodisponibilidade em sistema modelo celular (Caco2) e a atividade antioxidante será determinada em sistema homogêneo. Os resultados serão comparados com extratos de carotenoides obtidos por métodos convencionais empregando a acetona como solvente extrator.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Verona Campos Segantini

Ciências Sociais Aplicadas

Museologia
  • ilustração e escrita científica: dissertações, instruções, memórias e manuais de história natural em circulação nos séculos xviii e xix.
  • O presente projeto é decorrente de uma pesquisa que pretendeu compreender a proto-história das instituições encarregadas da salvaguarda de documentos e coleções que se originaram nos séculos XVIII e XIX. Nesse movimento encontramos uma significativa produção de textos que comportavam características de escritos científicos, tais como dissertações, instruções, métodos e memórias elaborados a partir dos paradigmas que orientavam o fazer da história natural a partir de meados do século XVIII. Define-se como escopo para o projeto a identificação, sistematização e divulgação de fontes decorrentes das ações de cariz científico e administrativo vinculadas ao projeto das Reformas Pombalinas e da ilustração lusa. Nossa proposta é reconhecer e reunir documentos, produzidos por naturalistas e membros da administração portuguesa, partindo de textos que delineavam o fazer da história natural e que sistematizavam instruções e métodos de como se observar, registrar, recolher, preparar, bem como aqueles que embasados em tais produções, sistematizavam informações sobre os domínios ultramarinos e também sobre os produtos encontrados na natureza.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022