Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriano Fonseca de Lima

Ciências da Saúde

Odontologia
  • caracterização biológica de sistemas resinosos experimentais contendo diferentes sistemas de iniciação
  • O presente estudo tem por objetivo avaliar a toxicidade de sistemas resinosos experimentais contendo diferentes iniciadores de polimerização. Para isso, serão avaliados sistemas resinosos contendo distintos sistemas inciadores (canforoquinona-CQ, CQ com acréscimo de difenil-iodonio DFI, oxido de bisacilfosfino-BAPO e oxido de monoacifosfino-MAPO). Os sistemas serão preparados variando-se a concentração de iniciadores (0,5 e 1 mol%) e a presença de solvente (0 ou 10% etanol). A avaliação da influência das diferentes condições experimentais sobre o metabolismo de células pulpares humanas se dará através dos testes de viabilidade celular (MTT), e análise da produção de citocinas pelo dispositivo MAGPIX. Os dados obtidos serão analisados quanto à sua normalidade e homogeneidade, e então o teste estatística apropriado será aplicado, sendo este paramétrico ou não paramétrico. O nível de significância utilizado será de 5%.
  • Universidade Paulista - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Francisco Alves

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • estudo histológico, imuno-histoquímico e parasitológico sistêmico com ênfase na fibropoiese de cães acometidos por leishmaniose visceral canina no estado da paraíba
  • As leishmanioses compreendem um grupo de doenças causadas por várias espécies de protozoários intracelulares obrigatórios, pertencentes ao gênero Leishmania os quais possuem dois tipos de hospedeiros: vertebrados e invertebrados. Esses parasitos são transmitidos ao hospedeiro vertebrado através da picada do flebotomíneo fêmea infectado. Nas américas, as leishmanioses são conhecidas como a Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) e a Leishmaniose Visceral Americana (LVA). Todavia, ambas as doenças apresentam um grande espectro de manifestações clínicas. A LVA, infecção crônica generalizada e fatal quando não tratada acomete órgãos ricos em células do sistema fagocítico mononuclear como o fígado, baço, medula óssea, rim, pele e Trato Gastrointestinal (TGI). Leishmania (Leishmania) infantum (syn L. chagasi) é a espécie responsável pelos casos de LVA, possuindo Lutzomyia longipalpis como vetor e os cães como reservatórios domésticos, além disso, esses formam uma ligação essencial na corrente epidemiológica das leishmanioses. O Brasil tem a maior incidência de LVA zoonótica no mundo, com cerca de 3.000 novos casos por ano. A taxa de mortalidade de LVA aumentou de 3,6% em 1994 para 6,7% em 2003, o que representa um incremento de 85%. As medidas de controle adotadas incluem o diagnóstico de casos caninos e humanos, que é seguido pelo tratamento de humanos infectados e eutanásia de cães infectados. As lesões histológicas são principalmente associadas à hipertrofia e hiperplasia do infiltrado linfoplasmo-histiocitário. As alterações histopatológicas mais frequentes são observadas no baço, pulmão, fígado, rim, linfonodo, medula óssea, Trato Gastrointestinal e pele como a reação inflamatória crônica difusa além de fibrose, a qual normalmente está presente e causa alterações locais e sistêmicas nos animais que os leva ao obtido, como por exemplo, a presença de glomeruloesclerose, lesão renal responsável pela falência do órgão com consequente falência somática do animal. A fibrose ainda pode ser definida como excesso de deposição de componentes da matriz extracelular (MEC), sobretudo do colágeno, de forma localizada ou difusa, em órgãos e tecidos, podendo acarretar aumento ou diminuição do volume do órgão, com subversão da arquitetura do mesmo levando ao endurecimento e formação de cicatriz. Diante disso, algumas perguntas como: Qual a cinética da fibrose em cada órgão? Quais os mecanismos da fibrose em cada órgão? devem tentar serem respondidas. Associado a isso, sabe-se que diferentes cepas de uma mesma espécie pode apresentar virulência e patogenia particulares o que torna ainda mais complexo esse processo. Por isso, faz-se necessário elucidas quais as vias envolvidas no mecanismo de fibrose na LVC associando o achado anatomo-patológico com a cepa causadora da lesão. Com base nessas perguntas, pretendo iniciar uma linha de pesquisa no estado da Paraíba relacionando alterações anatomo-patológicas em cães com LVC com o padrão de fibrose desenvolvido por esses animais em diversos órgãos como os citados acima. Para isso, serão utilizados animais oriundos de inquérito parasitológico do centro de controle de zoonoses da cidade de João Pessoa/PB os quais quando tiverem sorologia positiva para Leishmania serão submetidos a uma ficha de avaliação clínica e coleta de fluidos como sangue e medula óssea para posterior necropsia com avaliação macroscopia e microscopia de lesões seguido da cultura da medula óssea para isolamento e caracterização da cepa causadora da doença. Nos diversos tecidos serão avaliados alguns mecanismos de fibrose por reações de imuno-histoquímica para antígenos relacionados a esse evento. O sangue desses animais serão ainda utilizados para análises hematológicas e bioquímicas. Em conclusão esse projeto pretende correlacionar mecanismos ainda não conhecidos de fibrose com a virulência da cepa e, por fim, associar esses achados a um prognostico do cão fortalecendo assim os conhecimentos sobre essa doença e iniciando um trabalho que irá se consolidar no nordeste do país.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Gonçalves dos Reis

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • avaliação do comportamento mecânico e microestrutural do aço maraging 300 nitretado por laser
  • Nesta proposta de trabalho pretende-se avaliar o comportamento mecânico e microestrutural do aço maraging 300 após nitretação superficial por laser. Aços maraging são ligas Ni-Co-Mo-Ti de ultra-alta resistência e vasta aplicação que vai desde a indústria bélica e nuclear até componentes aeronáuticos, vasos de pressão e a indústria esportiva. Os aços maraging são de fundamental interesse nos setores nuclear e aeroespacial em razão de elevada resistência mecânica, aliada a uma excelente tenacidade, características altamente desejáveis principalmente para a redução de peso e aumento de segurança. Estes aços têm sido propostos para substituir os aços 300M e 4340 em partes do veículo lançador de satélites brasileiro (VLS). O aço maraging é formado por uma estrutura martensítica metaestável. Alguns estudos mostram que a martensita dos aços maraging sofrem reversão para austenita quando aquecidos em temperaturas intermediárias, próximas à temperatura de envelhecimento, sendo esse efeito aumentado com a elevação da temperatura e tempo de tratamento. Nesta proposta de trabalho de pesquisa pretende-se dar continuidade às pesquisas já iniciadas nos estudos com o aço de ultra alta resistência maraging 300, que será nitretado superficialmente por laser contínuo de Nd:YAG com o intuito de reduzir a permeabilidade do oxigênio em sua estrutura, aumentando assim sua resistência a alta temperatura. Será feita uma avaliação microestrutural das zonas formadas pela refusão por laser (zona fundida pelo laser, zona afetada pelo calor e substrato não afetado da liga). Serão realizados testes de oxidação e ensaios de fluência na modalidade de carga e temperatura constantes e serão determinados os parâmetros e os mecanismos de fluência associados. A caracterização do material antes e após a fluência será realizada através de microscopia óptica (MO), de microscopia eletrônica de varredura (MEV), de microscopia eletrônica de transmissão (MET), de microscopia de força atômica (MFA), de difração de raio X (DRX) e de teste de dureza. Os resultados encontrados serão comparados com os encontrados na literatura para o aço maraging 300. O presente projeto é inovador, permitindo o conhecimento mais detalhado da influência e no estudo de tratamento superficial por laser na resistência mecânica do aço maraging, dando subsídios para desenvolvimento da aplicação deste material no setor aeroespacial.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Lago

Ciências Agrárias

Agronomia
  • análise da sucessão geracional em cooperativas agropecuárias de distintos segmentos no rio grande do sul
  • Este projeto de pesquisa tem como pano de fundo a discussão do papel do cooperativismo, em especial das cooperativas agropecuárias no tocante ao desenvolvimento das regiões rurais, através do fomento a permanência das novas gerações de agricultores no campo. O esvaziamento juvenil do campo propõe repensar o futuro das cooperativas agropecuárias no referente à sua manutenção e renovação do quadro de associado. Considerando que o público alvo das cooperativas são os agricultores, torna-se necessário promover ações que favoreçam a permanência dos jovens no meio rural. O projeto tem como foco analisar as perspectivas sucessórias dos filhos de associados de cooperativas agropecuárias pertencentes ao segmento grãos, leite, carnes e vinho, localizadas em distintas regiões do Rio Grande do Sul. De maneira mais especifica propõe-se realizar um diagnóstico sobre as perspectivas sucessórias dos filhos de associados de cada cooperativa agropecuária envolvida na pesquisa apontando o percentual de propriedades com sucessão, bem como avaliar os apontamentos dos filhos entrevistados no referente à importância e a formas como as cooperativas podem auxiliar no processo sucessório e, como ou com quais ações, a partir das demandas dos filhos, as cooperativas podem auxiliar no processo de sucessão. Espera-se com os resultados contribuir para a ampliação do estado da arte referente aos estudos e trabalhos acadêmicos voltados a discussão do cooperativismo e a sucessão geracional, tendo em vista a escassez de estudos nesta área, bem como auxiliar as cooperativas a elaborar estratégias que favoreçam a manutenção de novos associados e as instituições gaúchas representativas do cooperativismo, tais como, a Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (FECOAGRO) e na realização de projetos, pesquisas e ações no âmbito das demais cooperativas agropecuárias gaúchas.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021
Foto de perfil

Adriano Lopes de Souza

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • investigação das propriedades eletrocatalíticas de materiais híbridos contendo polioxometalatos
  • Polioxometalatos (POMs) são clusters de tamanho nanométrico formados por metais de transição e oxigênio cujas propriedades eletrocatalíticas são eficazes em virtude dos mesmos sofrerem reações reversíveis de transferência de elétrons sem perda de estrutura. Neste projeto, filmes de materiais híbridos serão preparados por duas formas: 1) imobilização do componente inorgânico (POM) em uma rede de silicato organicamente modificada conhecida como “ormosil” (expressão inglesa para organically silicate modified) através do processo sol-gel e 2) adsorção física alternada de espécies químicas com cargas opostas, técnica também conhecida como automontagem eletrostática camada-por-camada. Os pós dos ormosils serão caracterizados por espectroscopia de absorção na região do infra-vermelho e por espectroscopia de ressonância magnética nuclear no estado sólido. Dois diferentes POMs do tipo Keggin serão testados: ácido fosfomolíbdico e ácido silicotúngstico. As propriedades eletrocatalíticas dos filmes serão exploradas frente a moléculas que podem causar algum tipo de dano ambiental ou de saúde pública quando utilizadas em excesso e/ou quando são mal empregadas como, por exemplo, melamina e pesticidas. Os materiais aqui produzidos poderão contribuir para a detecção das espécies químicas mencionadas.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020