Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriane Xavier Arteche

Ciências Humanas

Psicologia
  • programa de treinamento informatizado para reconhecimento de expressões faciais
  • O presente projeto tem como objetivo desenvolver um programa de treinamento informatizado no formato de jogo interativo para o reconhecimento de expressões faciais e investigar a eficácia do mesmo em três diferentes etapas do desenvolvimento: infância, adolescência e idade adulta. Almeja-se, ainda, verificar se potenciais incrementos na habilidade de reconhecer faces se traduzem em melhorias no processamento cognitivo (Teoria da Mente) e, consequentemente, em mudanças comportamentais (incrementos nas Habilidades Sociais) nas diferentes faixas etárias. O estudo é fundamentado no paradigma da Psicologia Cognitiva com evidências de estudos na área de Psicologia do Desenvolvimento e Neurociência Afetiva. A intervenção terá como desfecho primário a habilidade de reconhecer faces emocionais e como desfecho secundário indicadores de Teoria da Mente e Habilidades Sociais. A proposta integra conhecimentos da Psicologia Cognitiva e recursos da Ciência da Computação visando viabilizar um produto técnico informatizado que maximize um processo cognitivo subjacente fundamental para a interação social. Assim, todo o treinamento será realizado através de um programa informatizado no formato de jogo interativo. As técnicas utilizadas incluirão psicoeducação e modelagem com ênfase principal na correção de erros relacionados ao processamento de expressões faciais e na minimização de vieses atencionais presentes na atividade de reconhecer tais expressões.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Aguiar Mendes

Engenharias

Engenharia Química
  • hidroesterificação do óleo de fritura para a produção de biolubrificantes empregando diferentes biocatalisadores heterogêneos
  • O mercado mundial de lubrificantes foi 36,36 milhões de toneladas em 2014 e está projetado para 43,87 milhões de toneladas em 2022, com uma taxa anual de crescimento estimada em torno de 2,4%. Estes compostos têm sido extensivamente empregados na lubrificação de máquinas industriais, tais como sistemas hidráulicos, turbinas, compressores, rolamentos, engrenagens, ferramentas pneumáticas e de transmissões com o intuito de reduzir o atrito e o desgaste destes equipamentos. A grande maioria dos lubrificantes industriais é proveniente de fontes fósseis. No entanto, o uso extensivo de lubrificantes à base de petróleo tem provocado graves problemas ambientais devido à sua toxicidade e a baixa biodegradabilidade. Neste contexto, novas estratégias têm sido direcionadas para produzir lubrificantes a partir de fontes renováveis empregando óleos vegetais comestíveis e não-comestíveis, óleos residuais do processamento de alimentos e concentrados de ácidos graxos livres (AGL) como matérias-primas. Nos últimos anos, ésteres sintéticos têm sido considerados altamente promissoros como substitutos aos lubrificantes minerais, devido às suas propriedades técnicas superiores como alta qualidade, baixa toxicidade e excelente biodegradabilidade. Estes ésteres sintéticos têm sido produzidos por diferentes rotas como transesterificação de óleos e gorduras, esterificação direta de AGL e hidroesetrificação, um processo sequencial de hidrólise de óleos e gorduras, seguido por esterificação de AGL purificados em meio orgânico. A produção dos ésteres sintéticos a partir de fontes renováveis tem sido realizada com o emprego de catalisadores homogêneos e/ou heterogêneos. Do ponto de vista industrial, catalisadores heterogêneos são mais apropriados devido à fácil recuperação e baixa geração de resíduos químicos. Dentre os catalisadores heterogêneos, lipases imobilizadas têm sido amplamente empregadas como potenciais catalisadores heterogéneos devido às suas promissoras características como elevada atividade catalítica, especificidade para substratos naturais e sintéticos e aplicação em condições reacionais amenas. Além disso, a síntese enzimática de ésteres evita a formação de compostos oxidados produzidos com o emprego de catalisadores heterogêneos “clássicos” como resinas acrílicas e partículas de sílica funcionalizadas com grupos sulfônicos que requer subsequentes etapas de purificação dos ésteres produzidos, tais como branqueamento e desodorização. Neste projeto, ésteres com propriedades lubrificantes serão produzidos por hidroesterificação do óleo de fritura, uma matéria-prima de baixo custo oriundo do processamento de alimentos. As propriedades físico-químicas e composição em ácidos graxos do óleo de fritura serão inicialmente determinadas. Em seguida, a reação de hidrólise será otimizada por delineamento experimental completo na qual será avaliada a influência da concentração de biocatalisador, temperatura, razão mássica óleo:água e agitação. Este estudo terá como finalidade verificar os parâmetros mais significantes na síntese de concentrados de ácidos graxos. Neste estudo, extrato enzimático bruto de sementes dormentes de mamona será testado como biocatalisador. Na etapa de esterificação, diferentes biocatalisadores serão preparados pela imobilização de lipases microbianas de Thermomyces lanuginosus (LTL), Rhizopus niveus (LRN), Mucor javanicus (LMJ) e Geotrichum candidum (LGC) adsorção física em nanopartículas funcionalizadas de sílica obtida de cascas de arroz. O suporte será preparado por um processo termo-químico, seguido de funcionalização com trietóxi-octilsilano para produzir octil-sílica. A completa caracterização do suporte funcionalizado será realizada por diferentes técnicas, incluindo análise de termogravimetria (ATG), infravermelho (IV), difração de Raio-X (DRX) e análise superficial e de diâmetros de poros pelo método de B.E.T. As propriedades catalíticas dos biocatalisadores preparados serão determinadas pelo método de hidrólise do azeite de oliva emulsificado, concentração de proteína imobilizada e síntese de ésteres de decila por esterificação dos AGL com decanoil em meio orgânico. Os biocatalisadores mais ativos serão selecionados com o intuit de otimizar a síntese dos ésteres empregando delineamento experimental completo. O efeito da concentração de biocatalisadores, temperatura, agitação e razão molar AGL:decanol será determinado. Nas condições ótimas de reação, os efeitos de transferência de massa externos e estabilidade operacional (reuso) serão determinados. Os ésteres purificados serão caracterizados por diferentes técnicas como ressonância magnética nuclear (1H RMN e 13C RMN), infravermelho (IV), e pela determinação de suas propriedades físico-químicas.
  • Universidade Federal de Alfenas - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Alves Rabelo

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • estudo e avaliação da degradação de produtos cerâmicos com adições de resíduos siderúrgicos
  • Recomenda-se o uso de subprodutos industriais em produtos cerâmicos, especialmente quando estes materiais adicionam versatilidade para os sistemas de materiais argilosos ou cimentícios, além das vantagens óbvias de benefícios ambientais. Isso é relevante para diferentes profissionais que atuam na área de construção e trabalham em países em desenvolvimento, que têm de enfrentar os desafios globais, enquanto confrontado com o aumento da pressão sobre a transparência, as boas práticas, bem como sobre a capacidade de realizar suas operações de forma mais sustentável. A proposta visa estudar a degradação de cerâmicas de base argilosa com o reaproveitamento de coprodutos e subprodutos gerados na indústria do aço. Dada à vocação minero-metalúrgica da região sul e sudeste paraense e a escassez de trabalhos científicos de reciclagem ou reaproveitamento de rejeitos siderúrgicos em tijolos e telhas tradicionais ou tijolos de solo-cimento entre outros, propomos nesse projeto de pesquisa e desenvolvimento a avaliação da qualidade de produtos cerâmicos de dimensões comerciais quanto a sua degradação, estudando o fenômeno de eflorescências, assim como a toxicidade e coloração final para a plena aceitação de fabricantes e mercado consumidor, com propriedades tecnológicas exigidas por normas técnicas. Na execução desse projeto serão envolvidos professores e alunos na prática integrada do exercício acadêmico de ensino, pesquisa e extensão, viabilizando-se dessa forma a construção de respostas às necessidades da indústria local, científicas e tecnológicas que esta região demanda e a avaliação do potencial para a produção de cerâmicas com maior apelo ambiental e estético devido a utilização dos rejeitos.
  • Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará - PA - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Antonio Brito Darosci

Outra

Ciências Ambientais
  • agroecologia no bairro: difusão e troca de saberes para produção de alimentos de forma sustentável
  • A agroecologia interage a sociedade, a economia e o ambiente, permitindo o aumento de renda e da qualidade de vida das pessoas e do meio ambiente. É considerada uma ciência que integra diferentes áreas do saber a fim de compor uma abordagem mais sistêmica para problemas ambientais e sociais recorrentes. Trata-se de produção e exploração sustentável de recursos, sem agressão ao ambiente e aqueles que dele dependem. Seu uso é possível em diversas condições, devido à metodologia e práticas flexíveis que se adaptam bem a situações adversas e que permitem a participação de todos, independente de gênero e idade. Como resultado, obtém-se o acesso adequado a dieta saudável e o respeito a terra e as pessoas que produziram tal alimento. Apesar de serem pouco exploradas nesse sentido, espécies nativas do Cerrado possuem alto valor como fonte de nutrientes e de renda e como medicina tradicional em cultivos ou em extrativismo sustentável, ao mesmo tempo em que recuperam e preservam a paisagem natural do ambiente. Considerando o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável “Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável”, o presente projeto objetiva instituir a implantação, em uma área urbana, de sistema agroecológico modelo que atenderá a comunidade beneficiada por meio do acesso a alimento, ambiente, instrução técnico-científica de qualidade e compartilhamento de saberes. Para tanto, serão desenvolvidos e avaliados os cultivos de várias espécies agrícolas e nativas do Cerrado com potenciais para compor sistema agroecológico, trazendo possibilidades de aumento de renda e de qualidade de vida para a comunidade beneficiada. Além disso, técnicas de preparo e recuperação da área destinada ao sistema agroecológico serão aplicadas e divulgadas aos envolvidos. A importância da preservação e da valorização do meio ambiente e de uma dieta saudável também serão temas para discussão em oficinas práticas e palestras. A participação das mulheres nas atividades e o uso da economia solidária também serão fomentados. Com a divulgação das experiências, dos resultados e da tecnologia em cartilhas didáticas e materiais audiovisuais, espera-se a consolidação de áreas verdes agroecológicas em espaços públicos e jardins privados no bairro da comunidade atendida, melhorando o convívio social, a instrução, a renda e a saúde das pessoas envolvidas.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - GO - Brasil
  • 01/12/2018-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Antunes de Souza Araujo

Ciências da Saúde

Farmácia
  • desenvolvimento e caracterização de nanocápsulas poliméricas contendo hesperetina impregnadas em tecidos para o tratamento da insuficiência venosa crônica
  • A insuficiência venosa crônica (IVC) é caracterizada por uma anormalidade do funcionamento do sistema venoso causada por um problema valvular. Nessa perspectiva, o tratamento de escolha desta doença é o uso de meias elásticas e a depender do caso, são indicados medicamentos venoativos, tais como os flavonóides hesperidina e diosmina. Nesta perspectiva, a nanotecnologia pode ser usada para contornar as limitações da utilização de fármacos na área têxtil, como irritação da pele e duração do efeito. As nanocápsulas poliméricas (NP) são constituídas por polímeros que propiciam um arcabouço adequado para a encapsulação de fármacos, potencializando o efeito desejado. Assim, o objetivo desse trabalho consiste em desenvolver NP contendo hesperetina, caracterizar físico-quimicamente esses sistemas, incorporar em tecidos e avaliar a sua permanência após várias lavagens, bem como elucidar o perfil de permeação nas camadas da pele. As NP serão preparadas pelo método de deposição interfacial de polímero pré-formado, caracterizadas quanto ao teor e tamanho de partícula e posteriormente impregnadas nos tecidos através da borrifação em diferentes tecidos (algodão e poliamida). Após a impregnação, os tecidos serão submetidos a análise de microscopia eletrônica de varredura (MEV) antes e após 1 e 5 lavagens. Além disso, estudos de permeação cutânea in vitro em pele de orelha de porco serão realizados com a finalidade de quantificar o fármaco permeado através das barreiras da pele. Diante do que fora abordado, a realização dessa pesquisa contribuirá também na descoberta de novos medicamentos o que constitui parte essencial das Políticas Públicas de Saúde e desenvolvimento econômico.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020