Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Benildo Sousa Cavada

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • produção da lectina recombinante de canavalia bonariensis (rcabo) e comparação com a lectina do tipo selvagem (cabo) em relação às características estruturais e toxicidade frente a artemia sp e células de glioma da linhagem c6
  • Lectinas são proteínas capazes de decifrar o código contido nas estruturas dos glicanos devido a sua propriedade de interagir de forma específica e reversível a carboidratos. É sabido que os carboidratos formam polímeros altamente ramificados e essa característica estrutural permite o armazenamento de informações na sua estrutura, formando o glicocódigo. Um dos processos patológicos com participação desse código é o câncer, no qual dentre os seus diversos tipos, os gliomas são os tumores cerebrais primários mais prevalentes e difíceis de serem tratados, de modo que em alguns tipos como o glioblastoma multiforme a sobrevida dos pacientes diagnosticados não passa de 12 meses. Nesse contexto, estudos recentes têm mostrado a capacidade de algumas lectinas de plantas, em especial lectinas do tipo ConA-like, de afetar negativamente células de glioma e inclusive induzir morte celular, efeitos esses que ocorrem via interação com glicanos na superfície celular que, em células malignas, apresentam estruturas diferentes das células normais devido a mudanças na maquinaria responsável pela glicosilação o que gera perfis de glicosilações diferentes. A aplicação das lectinas exige um estudo das suas características físico-químicas, estruturais e de interação com carboidratos. Para isso há a necessidade da purificação da lectina a partir do material vegetal ou, alternativamente, a produção da mesma de forma heteróloga, o que é bastante eficiente para a obtenção de moléculas com alto grau de pureza e rendimento, além de ser independente da sazonalidade ou disponibilidade do material de origem na natureza. A lectina de Canavalia bonariensis, CaBo, aplicada no presente estudo apresentou efeito antiglioma e teve sua estrutura tridimensional determinada experimentalmente. Considerando o apresentado anteriormente, o presente projeto visa produzir a lectina recombinante de Canavalia bonariensis, realizar a caracterização físico-química e estrutural, bem como comparar a lectina do tipo selvagem e recombinante em relação às suas características e a toxicidade frente a células de glioma da linhagem C6 e Artemia salina. A interação com carboidratos e glicanos também será avaliada experimentalmente por testes de inibição da hemaglutinação e computacionalmente por meio de simulações de docking e dinâmica molecular.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benito Bisso Schmidt

Ciências Humanas

História
  • histórias lgbt de porto alegre: produção acadêmica, acervos, ensino de história e história pública
  • O projeto busca incentivar a pesquisa e a divulgação da história LGBT de Porto Alegre ao longo do século XX, focando em personagens, espaços, eventos e processos relacionados às sexualidades desviantes da heteronormatividade. Para tanto, por um lado, pretende articular pesquisas em andamento ou recém-finalizadas sobre a temática e promover a reunião de acervos documentais e bibliográficos, e de entrevistas com vistas à formação do Centro de Referência sobre História LGBT; por outro, objetiva difundir os conhecimentos produzidos por meio de uma exposição e da elaboração de materiais (vídeo e livro paradidático) a serem utilizados nas redes estadual e municipal de ensino. O foco em Porto Alegre atende a objetivos operacionais, mas não se trata de uma proposta de história local. Ao contrário, quer-se, com o projeto, construir uma experiência de pesquisa e ensino da história LGBT capaz de incentivar atividades semelhantes em outros espaços.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benjamin Miranda Tabak

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • o processo de decisão, políticas públicas e testosterona: uma abordagem experimental
  • A literatura recente tem apontado que o hormônio testosterona está correlacionado à tomada de decisões de agentes econômicos em ambiente de risco. Essa pesquisa tem apresentado uma série de resultados relevantes para a compreensão das decisões econômicas, tais como as de consumo, poupança e investimento. Para medir o nível de testosterona, será utilizado a razão 2D:4D - que é conhecida na literatura como uma proxy para a testosterona. Consiste em método não invasivo e de fácil aplicação, sem riscos para os participantes. O objetivo geral desta pesquisa é o de testar se o hormônio testosterona - mensurado por meio da razão 2D:4D - está relacionado ao processo de tomada de decisões dos agentes econômicos. Por meio de experimentos, verificaremos se indivíduos com maior exposição à testosterona têm maior propensão a serem mais competitivos, disporem de maior educação financeira, terem maior excesso de confiança e outros vieses cognitivos. A pesquisa será aplicada a estudantes universitários e formuladores de políticas. Neste trabalho, procuramos contribuir para a literatura estudanto alguns vieses cognitivos e sua relação com os níveis de testosterona pré-natal (mensurados pela razão 2D:4D) que ainda não foram estudados. Também, serão realizados experimentos com formuladores de políticas públicas de modo a testar a prevalência desses vieses com profissionais da Administração Pública e sua relação com os níveis de testosterona. De modo a trazer maior relevância para a pesquisa, a equipe é formada por pesquisadores de vários estados, possibilitando que os experimentos sejam realizados em localidades distintas. A condução do experimento em diversos locais gera heterogeneidades no cross-section que conferem maior robustez às análises econométricas que iremos realizar para estudar a relação entre o hormônio testosterona e a tomada de decisão.
  • Fundação Getúlio Vargas - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benjamin Rache Salles

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • filmes finos multifuncionais para eletrônica moderna: 1. nanocompósitos magnéticos poliméricos e 2. filmes memrisitvos
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benny Kramer Costa

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • engajamento de stakeholders na cocriação de valor da atividade do turismo: uma investigação sistemática, propositiva e empírica.
  • A conexão entre os temas cocriação de valor e stakeholders vem ganhando cada vez mais a atenção de estudiosos e praticantes no campo da administração, no Brasil e internacionalmente, e em aplicações setoriais específicas, dentre estes, o turismo. Deste modo, O objetivo deste projeto de pesquisa consiste em Identificar e analisar a evolução e o estado da arte do conhecimento, internacional e brasileiro, em engajamento de stakeholders no contexto da cocriação de valor, nos campos da administração e do turismo; de forma a conceber um framework para a temática; bem como, verificar as práticas deste engajamento, mediante estudo empírico em localidades turísticas; e propor agenda de pesquisa no Brasil, para a atividade do turismo. No método, serão usadas técnicas scientométricas e de revisão sistemática, para levantar e analisar a evolução teórico-conceitual e estado da arte do tema ora em investigação, e de análise de conteúdo em relação aos casos múltiplos investigados em 11 localidades no Brasil. Espera-se com este trabalho mapear todo o conteúdo teórico sobre o tema aqui proposto, entender as manifestações ocorridas nos casos pesquisados, e criar uma agenda de pesquisa nacional, em relação ao engajamento de stakeholders na cocriação de valor, na atividade do turismo.
  • Universidade Nove de Julho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benvindo Rodrigues Pereira Júnior

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • análise de sistemas de distribuição considerando as modernas fontes de energia
  • Este projeto de pesquisa visa estudos direcionados aos sistemas de distribuição de energia considerando a operação e instalação de tecnologias como a geração distribuída (GD) e dispositivos de armazenamento de energia (DAE). Nos últimos anos, muitos fatores, como questões ambientais, as modificações estruturais no mercado elétrico, o desenvolvimento de novas tecnologias, as novas políticas energéticas têm contribuído para a expansão da GD conectadas aos sistemas de distribuição. Além disso, os avanços tecnológicos nos dias atuais permitiram a utilização de DAE na operação de redes de distribuição. A presença destas novas tecnologias tem gerado mudanças estruturais e operacionais levantando novos desafios a serem resolvidos, afim de alcançar um sistema de distribuição mais eficiente e que seja capaz de operar com recursos energéticos sustentáveis. Um dos principais impactos causados pela inserção da GD no sistema está na aleatoriedade da produção de energia, os quais podem ser minimizados mediante a correta operação dos DAE. Sendo assim, os diversos modelos e técnicas de solução propostos na literatura devem ser reformulados e adaptados para considerar as novas tecnologias e características dos modernos sistemas de distribuição. Neste sentido, este projeto de pesquisa propõe estudar alguns dos problemas relacionados ao planejamento e operação dos sistemas de distribuição, como a reconfiguração de redes, instalação de banco de capacitores e reguladores de tensão, recondutoramento de linhas, planejamento do sistema de controle e proteção considerando a instalação ou presença de GD e DAE nos sistemas de distribuição. Encontrar soluções de qualidade para os problemas citados anteriormente, não é uma tarefa simples, uma vez que, matematicamente são problemas combinatoriais e altamente complexos contendo variáveis reais, contínuas, discretas e binárias. Além dos fatores mencionados deve-se ressaltar a natureza multiobjectivo que estes problemas apresentam, a qual deve ser tratada corretamente a fim de evitar que elementos de tomada de decisão sejam implicitamente incorporados aos modelos, deixando a responsabilidade de escolha para o planejador/operador. Face ao exposto, o principal desafio deste projeto de pesquisa é o desenvolvimento de ferramentas matemáticas capazes de fornecer soluções de qualidade e em tempo adequado, considerando as naturezas multiobjetivo e estocástica de cada um deles, que possam ser utilizadas pelos tomadores de decisão das empresas das empresas que administram os sistemas de distribuição em estudos de viabilidade técnico-econômica dos investimentos relacionados à qualidade e confiabilidade do fornecimento de energia elétrica. Na grande maioria dos trabalhos encontrados na literatura para os problemas de planejamento apresentados neste projeto com GD, consideram apenas a empresa de distribuição de energia nas tomadas de decisão. Neste projeto em complemento a este tipo de estudo considerando a iniciativa das empresas no planejamento considerando GD e DAE, propõe-se também realizar estudos considerando diferentes agentes tomadores de decisão, neste caso a empresa de distribuição e os proprietários da GD e DAE. Assim o presente projeto de pesquisa visa contribuir com o esclarecimento de lacunas existentes nos problemas relacionados ao planejamento e operação de sistemas de distribuição com GD e DAE.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Berenice Alves de Melo Bento

Ciências Humanas

Sociologia
  • quem pode habitar o estado-nação? estudo sociológico das disputas em torno da lei do ventre livre
  • Uma pergunta sobre a relação entre raça e gênero que precisa ser posta como problema de pesquisa diz respeito ao lugar que as mulheres negras escravizadas ocuparam na sustentação da vida econômica durante o período escravocrata. Seus corpos geravam filhos/as que seriam completamente absorvidos/as na esfera produtiva. A composição da mão de obra escrava era formada por dois caminhos: pelos/as filhos/a gerados/as pelas mulheres escravizadas e pelo tráfico de pessoas negras oriundas da África. No entanto, entre os anos de 1850 (quando se proíbe definitivamente o tráfico negreiro) e 1871, ou seja, por 21 anos, são as mulheres negras escravizadas que irão produzir a mão de obra nova para o sistema escravocrata. Em 28 de setembro de 1871 é aprovada a proposição que passou para a história como “Lei do Ventre Livre”. A Lei do Ventre Livre colocará formalmente um fim à escravidão de crianças filhas de mulheres escravizadas nascidas no Império. O objetivo desta pesquisa será analisar as disputas que aconteceram no parlamento brasileiro em torno desta proposição. Interessa-nos perguntar como foi possível se chegar a uma “solução” legal para transição do trabalho escravo para o trabalho livre, via positivação legal, que manteve a mãe escrava e o/a filho/a livre. Além dos Anais da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, os jornais do período também comporão o corpus analítico da pesquisa. Embora esta pesquisa tenha um escopo limitado, seja por seu recorte temático ou pela delimitação temporal, se propõe a contribuir para uma discussão central na contemporaneidade, qual seja: a importância de se interseccionar gênero, raça, classe e sexualidade na interpretação da estruturação e reprodução do Estado-nação brasileiro (CRENSHAW:1989, 2002; PISCITELLI: 2008), questão que atravessa os estudos decoloniais (LANDER, 2005).
  • Universidade Brasil - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Berenice Bilharinho de Mendonça

Ciências da Saúde

Medicina
  • papel do sequenciamento exômico no diagnóstico etiológico dos distúrbios do desenvolvimento sexual 46,xx testicular e ovotesticular sry-negativo
  • Resumo O desenvolvimento sexual em mamíferos é um processo dinâmico e complexo que requer a interação de múltiplos genes que se autoregulam. Defeitos nestes genes são causas dos distúrbios da determinação sexual (DDS) em humanos. Os distúrbios de desenvolvimento sexual são condições congênitas heterogêneas, com amplo espectro de apresentações fenotípicas, que se manifestam desde hipospádias até completa reversão sexual XY e XX. A diferenciação ovariana é a via normal de diferenciação gonadal em fetos humanos 46,XX. Entretanto, em raros casos, as gônadas 46,XX podem se diferenciar completamente em testículos, condição conhecida como DDS 46,XX testicular ou, permitir a coexistência de tecidos testicular e ovariano em um mesmo indivíduo, dando origem a condição denominada de DDS 46, XX ovotesticular. A presença de fragmentos do cromossomo Y, contendo o gene SRY, anormalmente translocados para o cromossomo X ou em algum autossomo é identificada em cerca de 80% dos pacientes 46, XX testicular que não apresentam atipia da genitália externa. Entretanto nos pacientes portadores de DDS 46, XX testicular com atipia genital e DDS 46, XX ovotesticular este gene é raramente identificado. Na busca de novos mecanismos responsáveis por este processo de desenvolvimento gonadal anormal são propostas duas causas principais: o aumento da expressão de genes pró-testicular ou insuficiente expressão gênica pró-ovariana/anti-testicular. Estas hipóteses são ratificadas pela identificação de pacientes DDS 46,XX, SRY negativo com mutações inativadoras no gene RSPO1 (pró-ovariano) e pacientes com excesso de expressão de genes SOX9 e SOX3 (pró-testiculares).Promover um diagnóstico molecular para o paciente com DDS e sua família pode trazer múltiplos benefícios: nomear a causa contribuiu para aceitação da doença, reduz o estigma e culpa, cria guias e diretrizes cruciais para o manejo clínico e aconselhamento genético corretos. O ambulatório de Endocrinologia do Desenvolvimento/ Laboratório de Hormônios e Genética Molecular LIM42 do Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da USP, no qual o projeto irá se desenvolver, representa um centro de referência na triagem diagnóstica e tratamento dos DDS no Brasil, contando com uma equipe multidisciplinar especializada e laboratórios que dispõem de metodologia avançada de investigação e pessoal altamente capacitado para oferecer uma abordagem rápida e cuidadosa destes pacientes. A expertise e as contribuições deste grupo de pesquisadores são reconhecidas nacional e internacionalmente.Os estudos de coortes de pacientes criteriosamente selecionadas com DDS 46,XX testicular e 46,XX ovotesticular, utilizando as técnicas sequenciamento paralelo de larga escala (SPLE) são escassos na literatura e representam uma rara oportunidade para a obtenção de dados inéditos e contribuições importantes como a identificação de novos genes candidatos envolvidos no complexo processo do desenvolvimento gonadal. Desta forma, propomos o estudo de membros (afetados, seus pais e irmãos não afetados) de 3 famílias não relacionadas, utilizando a metodologia de SPLE, acompanhadas na referida Unidade de Endocrinologia do HC-FMUSP, com diagnostico histológico confirmado de DDS 46,XX testicular ou ovotesticular..
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Berenice Vahl Vaniel

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • 8ª feira municipal do conhecimento de são lourenço do sul
  • Este projeto tem por objetivo promover a investigação científica na Educação Básica do Município de São Lourenço do Sul por meio do processo formativo pautado no educar pela pesquisa, na interdisciplinaridade e nas tecnologias digitais e sociais, culminando com a realização da 8ª Feira Municipal do Conhecimento. A proposta será realizada em três etapas: a) Formação de professores/as multiplicadores a partir do educar pela pesquisa, da interdisciplinaridade e da reflexão sobre os desafios, das potencialidades das tecnologias digitais e sociais em um contexto de pandemia-Covid 19; b) Feira de Conhecimento nas escolas da educação básica participantes, sejam elas públicas da rede municipal ou estadual de ensino, ou particulares; c) Realização da 8ª Feira do Conhecimento do Município de São Lourenço do Sul na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT, em 2021. Este projeto terá a abrangência municipal e será executado por docentes e acadêmicos/as da Universidade Federal do Rio Grande - FURG, campus São Lourenço do Sul, em parceria e cooperação com professores/as e equipe técnica-administrativa da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto (SMECD) do Município, diretores, coordenadores pedagógicos e docentes da Educação Básica. A rede Municipal de ensino de São Lourenço do Sul é composta por 10 escolas de Educação Infantil, 06 escolas de Ensino Fundamental na Sede, 07 escolas na zona rural, sendo 06 escolas Polos de Ensino Fundamental e 01 escola Multisseriadas. Ao todo, atende-se 3.175 alunos do Ensino Fundamental e 750 da Educação Infantil, com efetivo de 444 professores. No campus São Lourenço do Sul, da FURG, criou-se em 2013 o curso de Licenciatura em Educação do Campo: ênfase em Ciências da Natureza e Ciências Agrárias. Este tem por objetivo formar educadores/as para “atuar de maneira crítica, criativa, ética e solidária no âmbito da Educação Básica, tendo em vista ao fortalecimento da identidade do campo” (FURG, 2018). Em 2020, o campus passou a contar com o curso de Letras - Português e Literaturas de Língua Portuguesa para fortalecer a formação de educadores/as na Educação Básica. Sendo assim, a etapa 1, a formação de professores, integrará acadêmicos e professores formadores dos cursos de Licenciatura em Educação do Campo e de Letras, assim como professores da rede básica de ensino. A proposta da 8ª Feira Municipal do Conhecimento de São Lourenço do Sul - 2021 assume o educar pela pesquisa (MORAES, MANCUSO, 2004) como princípio pedagógico, e propõe desenvolver-se a partir da abordagem sociocultural, pois “apostar nesses princípios significa apostar no diálogo, na leitura na escrita, na elaboração e negociação de argumentos fundamentados empírica e teoricamente.” (MORAES, RAMOS, GALIAZZI, 2004, p. 97).Neste sentido, compreendemos que a implementação desta proposta, a partir dos princípios destacados pelos autores citados acima, contribuirá para estimular uma cultura investigativa no contexto da Educação Básica e da formação docente inicial e continuada. A partir de um movimento propiciado pelo diálogo, questionamentos, leituras e pela construção de argumentos relacionados às questões de estudos vinculados ao contexto em que estão inseridos os sujeitos participantes do processo que culminará com a Feira. Processo esse, que tendo um objeto único poderá ser investigado, explicado e interpretado pelas múltiplas áreas do conhecimento. Por isso, ressalta-se a importância das múltiplas determinações e mediações históricas que o constituem (FRIGOTO, 2008) ao promover esta forma de trabalho coletivo e interdisciplinar. Na etapa 1 da Feira, propomos a reflexão sobre os desafios, as potencialidades das tecnologias digitais e sociais em um contexto de pandemia Covid-19, interagindo com diferentes áreas do conhecimento, desde as ciências da natureza até as ciências humanas e agrárias. Neste sentido, é importante pensar nas inúmeras possibilidades de utilização de software, aplicativos,vídeos e de objetos de aprendizagem digital que podem compor a dinâmica do ambiente educacional para promover a investigação, o aprender, de forma a reinventar a Educação. Buscar-se-a compreender as possibilidades e facilitar o acesso às redes de conhecimentos, propiciar o compartilhamento das informações e das experiências vividas, despertando a criatividade, a imaginação e a inteligência coletiva. (LÈVY, 1999). Da mesma forma, o processo formativo incluirá a discussão das tecnologias sociais, que se propõem a atuar sobre um problema social, dialogando com o desenvolvimento da sociedade. A dimensão social coloca-se como uma alternativa ao considerar os saberes dos diferentes sujeitos sociais envolvidos nas questões do nosso tempo. São tecnologias de baixo custo, sustentáveis e que promovem a autonomia dos sujeitos em um cenário em que precisam se reinventar. Traz-se a discussão das tecnologias sociais no âmbito da educação básica com a intenção de incentivar o pensamento crítico e a construção de conhecimento que propõe alternativas para situações do seu cotidiano. Portanto, essas ações fomentarão o surgimento de novos cientistas e pesquisadores/as em tecnologias sociais. A etapa 2, realização das Feiras de Conhecimento nas escolas, será articulada pela equipe de professores multiplicadores que participaram do processo formativo, com apoio dos acadêmicos e professores da FURG, bem com o envolvimento de práticas educativas embasadas nos Programas Institucionais: PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência) e Residência Pedagógica. Cada escola irá realizar sua própria feira, preferencialmente no período de julho a setembro, selecionando trabalhos para participar da 8ª Feira Municipal do Conhecimento. A etapa 3, realização da 8ª Feira do Conhecimento do Município de São Lourenço do Sul será realizada em um amplo espaço proporcionado pela Prefeitura Municipal de São Lourenço do Sul, responsável pela estrutura e logística.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 29/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Bergson Guedes Bezerra

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • balanço de energia, água e cabono no bioma caatinga e áreas de pastagens no rio grande do norte
  • O aumento da concentração de CO2 tem profundas implicações no clima do planeta. Esse aumento em grande parte se deve a diversas atividades antrópicas, dentre algumas a queima de combustíveis fosseis, o desmatamento descontrolado e a falta de manejo na agropecuária. A maior parte do CO2 emitido para a atmosfera é absorvida pelos oceanos, porém uma parcela considerável é absorvida pelos ecossistemas terrestre. Assim, investigar as trocas de energia e CO2 massa, bem como o armazenamento de CO2 pela biomassa, dos mais variados ecossistemas terrestres tem grande relevância, pois permite o arregimento de conhecimento suficiente para melhor compreender os mecanismos que controlam o ciclo do CO2. No Brasil, a dinâmica do CO2 tem sido estudada em vários ecossistemas a exemplo do cerrado, cerradão e principalmente a floresta amazônica. Por outro lado, no ecossistema Caatinga e em ambientes agrícolas do Nordeste do Brasil, estudos dessa natureza ainda são iniciativas incipientes. A Caatinga desempenha um papel importante na manutenção do processo macroecológico regional, bem como, indiretamente no suporte as regiões com maior diversidade e endemismo. Diante desse contexto, a presente proposta tem por objetivo determinar o balanço de energia, água e carbono em áreas do Bioma Caatinga e em ambientes de pastagem tropical no Estado do Rio Grande do Norte. Será utilizada a técnica a técnica das correlações dos vórtices turbulentos em sítios experimentais já em atividade no RN situados na Estação Ecológica do Seridó (Caatinga Preservada), em Assu e na Estação Experimental da Escola Agrícola de Jundiaí, Macaíba-RN.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Berilo Luigi Deiró Nosella

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • iluminação cênica e metateatro: o fazer e o pensamento da iluminação entre o real e o ficcional
  • O presente projeto de pesquisa, em continuidade à pesquisa de pós-doutoramento “Capocomicato e metateatro: o fazer e o pensamento da iluminação na dramaturgia pirandelliana”, propõe um aprofundamento da investigação histórica da iluminação cênica, agora focando nos aspectos técnicos e tecnológicos de seu fazer. Nesse contexto, sua realização se propõe em três ações fundamentais, que se apresentam como uma proposta de investigação histórica, teórica e prática da iluminação cênica tendo como eixo a questão da fricção do real com o ficcional: 1) propor, em continuidade e a partir das análises de caráter histórico, já realizadas no pós-doutoramento, das peças metateatrais de Luigi Pirandello, a análise técnica das propostas de iluminação ali percebidas, com base em novas fontes oriundas das encenações da Cia. Teatro D’Arte de Roma, sob direção de Pirandello, presentes em D’Amico (1987). Aqui, a pergunta-chave é: como traduzir em projetos de iluminação, considerando-se o contexto de desenvolvimento técnico da época, as propostas cênicas já verificadas na dramaturgia de Pirandello? 2) a partir dessas análises, agora de caráter técnico/tecnológico, propor a prática de laboratórios de iluminação cênica (com um grupo formado por alunos), cujos objetivos contemplam a proposição e a execução de projetos de luz que possam concretizar o tal pensamento sobre o fazer da iluminação, investigado anteriormente, no próprio contexto das peças em seu momento de criação. A pergunta-chave, que deverá ser respondida teórica e praticamente, é: como Pirandello propôs o uso da iluminação nesse seu conjunto de obras para dar conta da questão da fricção do real ficcional na modernidade?; 3) em conjunto com outros professores da linha de pesquisa em Cultura, Política e Memória do PPGAC/UFSJ, experimentar propostas de iluminação da cena, a partir de suas pesquisas de investigação artísticas, em laboratórios conjuntos de encenação. A pergunta-chave é: como podemos propor o uso da iluminação, considerando a questão central da fricção do real com o ficcional, em nossos dias?
  • Universidade Federal de São João Del-Rei - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernadette Dora Gombossy de Melo Franco

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • atividade proteolítica e potencial funcional de bactérias láticas para a redução in vitro da atividade imunogênica do glúten
  • Alimentos que contém glúten podem causar a doença celíaca, uma enteropatia inflamatória crônica que acomete o intestino delgado de indivíduos geneticamente pré-dispostos. O glúten, encontrado no endosperma de sementes (trigo, cevada, centeio e outras), é um complexo proteico formado por gliadinas e glutenina. Algumas bactérias láticas, além de apresentarem características funcionais (por exemplo, probióticos), podem também hidrolisar gliadinas e glutenina, constituindo uma alternativa tecnológica para a redução da atividade imunogênica do glúten presente nos alimentos. Neste projeto, pretende-se preparar um fermento natural com farinha de trigo, que será empregado para a triagem de cepas de bactérias láticas com atividade proteolítica sobre as proteínas do glúten. Objetiva-se caracterizar a atividade proteolítica, identificar as cepas selecionadas, avaliar seu potencial funcional e anti-alergênico, avaliar sua segurança para aplicação em alimentos e verificar o efeito das proteínas hidrolisadas sobre a produção de citocinas pró-inflamatórias no epitélio intestinal, utilizando um modelo celular (Caco-2). Espera-se que os resultados deste projeto forneçam evidências científicas concretas sobre os possíveis benefícios destas bactérias para o desenvolvimento de alimentos com teor reduzido de glúten. Este projeto será desenvolvido em parceria com pesquisadores do Centro de Referência para Lactobacilos (CERELA, Tucumán, Argentina) e do Institut National de la Recherche Agronomique (Biopolymères Interactions Assemblages, INRA-Nantes, França).
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Almeida Iglesias

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • novas porfirinas e novos corróis em química bioinorgânica: síntese, caracterização e aplicação dos derivados em terapia fotodinâmica
  • O projeto aqui apresentado para esta chamada está diretamente conectado a linha de pesquisa que vem sendo desenvolvida no Laboratório de Bioinorgânica e Materiais Porfirínicos (LBMP) da UFSM nos últimos 03 anos com os demais colaboradores e que busca aliar os avanços da química de coordenação e nanotecnologia, em especial os nanobiomateriais, com o estado da arte da química bioinorgânica para o desenvolvimento de novas moléculas funcionalizadas e destinadas a aplicações biomédicas e em terapia fotodinâmica. Especificamente, no presente projeto, pretende-se utilizar e gerar novos derivados sintéticos de porfirinas (porfirinas e/ou corróis), ligados agora com unidades coordenantes externas que tenham a capacidade de formar novos complexos periféricos com metais de transição, sendo que a mesma tem sido utilizada como molécula-chave em diversos estudos na área da química inorgânica, bioinorgânica, medicinal, fotobiologia, entre outros
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Baldisserotto

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • óleos essenciais de plantas como anestésicos e aditivos em rações no crescimento de jundiá: parâmetros endócrinos, metabólicos, oxidativos e osmorregulatórios
  • Nosso grupo de pesquisa vem trabalhando há alguns anos com óleos essenciais de plantas como anestésicos e sedativos para peixes, obtendo novas alternativas menos tóxicas. Além de anestesiar, alguns desses óleos podem melhorar o crescimento e/ou parâmetros oxidativos quando adicionados à ração do jundiá, Rhamdia quelen. Assim, o presente trabalho tem por objetivos avaliar a atividade anestésica/sedativa de óleos essenciais ainda não testados e compostos isolados dos mesmos e como aditivos em rações em relação ao crescimento e parâmetros endócrinos, metabólicos, oxidativos e osmorregulatórios do jundiá. Além disso, continuaremos a análise da expressão gênica de transportadores iônicos nas brânquias, hormônios do eixo hipotálamo-hipófise-interrenais e proteínas de choque. Após determinar a eficácia anestésica e sedativa de óleos essenciais ou compostos isolados, peixes serão expostos por 8 h a duas concentrações que causarem apenas sedação, com coleta de sangue e tecidos ao final deste tempo. Em experimentos de crescimento, diferentes concentrações dos óleos essenciais/substâncias isoladas serão adicionadas à ração (0; 0,25; 0,5; 1,0 e 2,0 mL/kg) (um experimento diferente para cada óleo/substância) e será monitorado o crescimento dos jundiás por 60 dias. Ao final deste período, além de determinação de dados biométricos para o crescimento serão feitas análises de íons plasmáticos, atividade e expressão de transportadores iônicos, proteínas de choque térmico e hormônios e análise de parâmetros metabólicos e oxidativos. Deste modo, este estudo continuará a fornecer dados relacionados à osmorregulação do jundiá, espécie nativa mais cultivada no sul do Brasil, bem como testar produtos naturais que venham a contribuir para a piscicultura como anestésicos ou aditivos em rações que sejam indutoras do crescimento. A determinação dos parâmetros endócrinos, metabólicos, oxidativos e osmorregulatórios visa explicar possíveis alterações provocadas por esses óleos/substâncias isoladas e como estão atuando no crescimento.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-31/12/2022
Foto de perfil

Bernardo Berenchtein

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • nanoparticulas de extratos vegetais de plantas nativas do rio grande do sul, na dieta de leitões recém desmamados como alternativa ao uso de antimicrobianos
  • A utilização de antimicrobianos, acarretam o aparecimento de formas microbianas resistentes e prejudiciais à saúde e à terapia humana quando necessárias. A possibilidade de resistência cruzada com patógenos humanos fez com que a Europa proibisse a maioria dos antibióticos como promotores de crescimento na alimentação animal a partir de 1999. Tal proibição determinou que pesquisadores e nutricionistas buscassem novas alternativas, entre as quais a utilização de extratos vegetais. Tais extratos são normalmente fabricados através da micronização, a inovação deste projeto é elaborar e sintetizar nanopartículas de prata com extratos vegetais, com efeitos antimicrobianos comprovados, como a Carqueja (Baccharis trimera), Erva Mate (Ilex paraguariensis) e Losna (Artemisia absinthium L), com o objetivo de potencializar a ação bacteriostática destes extratos em dietas de leitões recém-desmamados.  Diante disto, objetiva-se com este projeto, avaliar a utilização de extratos vegetais de plantas nativas do Rio Grande do Sul, nanoparticulados ou não, em dietas de leitões recém desmamados na fase de creche, sob os aspectos de desempenho, digestibilidade total das dietas, incidência de diarreias, morfometria de órgãos digestivos e histologia do epitélio intestinal. Para isso, serão utilizados 192 leitões recém-desmamados, os quais serão divididos em um delineamento de blocos casualizados, com oito tratamentos, cada qual composto por seis repetições de três animais: dieta controle negativo (ração sem antimicrobianos), dieta controle positivo (ração com antimicrobianos comerciais), seguido de três tratamentos com dietas contendo extratos micronizados de Carqueja (Baccharis trimera), Erva Mate (Ilex paraguariensis) e Losna (Artemisia absinthium L) e três tratamentos, com a inclusão da mesma concentração dos extratos de Carqueja (Baccharis trimera), Erva Mate (Ilex paraguariensis) e Losna (Artemisia absinthium L), nanopartículados  adicionados às dietas experimentais. O peso dos animais e o consumo de ração serão verificados semanalmente e ao término do experimento, que terá duração de cinco semanas, onde posteriormente serão avaliados o consumo diário de ração, o ganho de peso diário e a conversão alimentar dos leitões. As fezes serão monitoradas diariamente, com a atribuição de escores relacionados à consistência das mesmas. A digestibilidade total das dietas será realizada após a avaliação da energia bruta das dietas, bem como da análise dos nutrientes de interesse, seguida da energia bruta e dos demais nutrientes das excretas (fezes e urina). Para a morfometria dos órgãos, ao final do experimento, será selecionado um leitão por baia, aquele mais próximo do peso médio do bloco, o qual será abatido após insensibilização por eletronarcose, e posterior coleta do fígado, coração, baço e segmentados o intestino delgado e o intestino grosso, para posterior análise da pesagem e medição do comprimento dos diferentes segmentos. Após isto, será realizada a histologia do epitélio intestinal dos leitões avaliados neste estudo.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Garziera Gasperin

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • efeito dos esteroides ovarianos sobre o ambiente uterino e fertilidade em bovinos
  • Em animais de produção, especialmente na bovinocultura leiteria, problemas reprodutivos vêm sendo cada vez mais frequentes e o número de fêmeas que falham em conceber após múltiplos serviços (repeat breeders; RB) está crescendo. A infertilidade é uma das principais causas de descarte precoce de animais, causando grandes perdas econômicas e diminuindo a longevidade das vacas nos rebanhos do mundo inteiro. Neste sentido, diversos estudos demonstram que a exposição a níveis adequados de estrógeno no proestro e estro são importantes para a fertilidade. Ainda, sugere-se que o tratamento de vacas RB com uma dose de estrógeno ou a exposição ao estrógeno por longos períodos, como nos protocolos de indução artificial da lactação (IAL), possuem um efeito positivo sobre a fertilidade. Uma vez que os mecanismos envolvidos na mediação dos efeitos de estrógeno sobre a fertilidade não são conhecidos, investigaremos como diferentes perfis endócrinos influenciam o ambiente uterino. Serão obtidas amostras de células endometriais bovinas antes e depois do tratamento com doses de estrógeno utilizadas em protocolos de inseminação artificial em tempo fixo (IATF) e IAL. Serão identificados genes e rotas de sinalização modulados pelos diferentes níveis de estrógeno. Posteriormente, utilizando cultivo in vitro de células epiteliais endometriais bovinas, serão investigadas as rotas envolvidas na modulação exercida pelo estrógeno, bem como a inter-relação dos esteroides ovarianos (progesterona e estrógeno) e a relação com a rota do fator de crescimento epidermal (EGF) e do seu receptor (EGFR). As análises fornecerão informações para o entendimento do suposto efeito que o estradiol (E2) e a rota do EGF exercem sobre a fertilidade. Posteriormente, os efeitos do estrógeno sobre os mecanismos de defesa, estrutura histológica e ambiente uterino serão avaliados in vivo, para que possamos testar um protocolo terapêutico para vacas leiteiras. Portanto, com a presente proposta teremos condições de propor estratégias para aprimorar protocolos de biotécnicas da reprodução, bem como estabelecer novas estratégias para o tratamento da infertilidade. A realização da presente proposta possibilitará um avanço significativo do ponto de vista de pesquisa básica e aplicada, contribuindo no entendimento de mecanismos associados à fertilidade, utilizando uma espécie de grande relevância econômica e, ao mesmo tempo, um excelente modelo experimental para estudos de fisiopatologia da reprodução.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Lanza Queiroz

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • estimativas da mortalidade por causas de morte para pequenas áreas no brasil, 1996 a 2016
  • Antecedentes: O eficiente planejamento de políticas públicas de saúde requer, de antemão, o conhecimento adequado dos níveis de mortalidade, além dos seus padrões, ou estrutura por idade das causas de morte e a suas características geográficas. Nos últimos anos diversos trabalhos buscaram obter estimativas adequadas de mortalidade para pequenas áreas no Brasil (Queiroz, et.al, 2017; Schmertmann & Gonzaga, 2018; Lima e Queiroz, 2014, entre outros). A obtenção dessas estimativas permitem avançar nos estudos de mortalidade no Brasil e entender melhor os diferenciais regionais e no tempo. Uma parcela do diferencial de mortalidade no Brasil está associada as condições sociais e econômicas de cada localidade, todavia, diferenças no perfil das causas de morte afetam fortemente o ritmo de variação da mortalidade. Objetivos: O objetivo principal do projeto é produzir estimativas de mortalidade por causas - neoplasias, doenças cardiovasculares, causas externas, doenças respiratórias e doenças infecciosas - para pequenas áreas no Brasil, de 1996 a 2015. Dados e Métodos: com base nos dados do Sistema de Informação de Mortalidade do Datasus. Focamos no período a partir de 1996, pois a partir dessa data o Brasil adota a versão X da Classificação Internacional de Doenças (CID-10). O trabalho propõe a combinação de métodos demográficos e estatísticos para obter estimativas robustas de mortalidade por sexo, idade e causas de morte para pequenas áreas no país. O segundo objetivo do projeto, com base nas estimativas produzidas no primeiro objetivo, é fazer uma análise do padrão espacial/temporal e fatores associados aos principais grupos de causas de morte no Brasil. Para esse segundo objetivo usaremos métodos tradicionais de estatística espacial. Contribuições: Acreditamos que os resultados produzidos pelo projeto ajudarão a entender a dinâmica da mortalidade no Brasil,analisando mudanças no tempo e seus diferenciais no espaço e auxiliar gestores de políticas de saúde. Melhores estimativas de mortalidade por causas de morte ajudam a entender o diferencial de mortalidade,oferecem subsídios para a projeção da mortalidade e contribuem para melhor entender as diferenças observadas entre o Brasil e outros países em desenvolvimento e desenvolvidos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Mançano Fernandes

Ciências Humanas

Geografia
  • atualização dos estudos sobre a territorialização do mst no brasil no contexto de mundialização da questão agrária (2000-2020)
  • Com este projeto ampliaremos a escala e o período de estudo sobre a territorialização do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST. Em meu doutorado (1995-1999) estudei a formação e territorialização do MST em vinte e três unidades da Federação no período de 1979 a 1999. Neste projeto estudarei mais dois estados (Tocantins e Roraima) e atualizarei os outros vinte e três estados onde o MST se territorializou ou ampliou sua territorialização para o período de 2000 a 2020; também estudarei a participação do MST na Via Campesina e as ações desta articulação de movimentos camponeses em escala mundial desde sua criação até 2020. Um dos desafios desta pesquisa, no contexto do debate paradigmático, é a reflexão dos estudos sobre paradigma da questão agrária e sobre o paradigma do capitalismo agrário nas interpretações dos novos elementos construídos pelo avanço do neoliberalismo na mundialização da questão agrária. Outro é analisar o MST nas vinte e cinco unidades da federação, por onde ele se territorializou, estudar as conflitualidades e disputas territoriais entre as alternativas sustentáveis e a aliança latifúndio-agronegócio, como partes de um complexo de sistema organizado em rede e em escala mundial, compondo o modelo hegemônico de desenvolvimento da agricultura. Como resultados deste projeto publicaremos três livros, sendo um em inglês. Trabalharemos na formação de pesquisadores em nível de graduação, mestrado e doutorado nos programas de pós-graduação em Geografia, campus de Presidente Prudente, Desenvolvimento Territorial na América Latina e Caribe, campus de São Paulo da UNESP e em outros programas no Brasil e exterior como professor visitante. Supervisionaremos pós-doutorado do Brasil e de outros países que tenham como objeto de estudo os movimentos socioterritoriais. Proporemos a elaboração de projetos de políticas públicas para o desenvolvimento territorial sustentável a partir da produção agroecológica. Contribuiremos com o fortalecimento de outros programas de pós-graduação no Brasil e em outros países, com os quais temos acordos de cooperação.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Melo de Carvalho

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • sobre dinâmica hiperbólica
  • Hiperbolicidade é uma noção importante na teoria dos sistemas dinâmicos. Apareceu no início dos anos sessenta com os trabalhos de Anosov e Smale e tem sido o principal tema de pesquisa entre muitos matemáticos desde então. Em sistemas hiperbólicos, cada espaço tangente se divide em dois subespaços invariantes, sendo o primeiro contraído uniformemente, e o segundo expandido uniformemente, pela ação da derivada. A dinâmica de tais sistemas pode ser bem descrita em ambos pontos de vista topológicos e estatísticos, no entanto, alguns problemas específicos permanecem abertos. Neste projeto, planejamos desenvolver ainda mais a dinâmica hiperbólica estudando, por um lado, propriedades topológicas e geométricas de tais sistemas e, por outro lado, propriedades fractais de seus gráficos. Nós dividimos esse projeto em três partes. Na primeira, consideramos os difeomorfismos Anosov definidos em variedades de curvatura seccional não positiva e exploramos as técnicas introduzidas pelo autor (em trabalhos anteriores) para obter interseções de conjuntos estáveis e instáveis no recobrimento universal. Isso obteria uma estrutura de produto global, o que, por sua vez, implica transitividade topológica. Na segunda parte, consideramos algumas generalizações de hiperbolicidade topológica que estão tendo atenção recentemente. Planejamos discutir exemplos e a dinâmica dos homeomorfismos n-expansivos com a propriedade de sombreamento definida em espaços métricos compactos e mais especificamente em superfícies. Esperamos provar que existem poucos exemplos de tais sistemas, além dos expansivos, e que tais exemplos admitem uma dinâmica muito rica, como um número infinito de classes recorrentes por cadeia. A última parte é dedicada a investigar propriedades fractais de gráficos invariantes de produtos tortos hiperbólicos. Planejamos calcular precisamente a dimensão Hausdorff de tais gráficos, usando técnicas recentes que calculam a dimensão Hausdorff da função de Weierstrass clássica.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-31/08/2023
Foto de perfil

Bernardo Petriz de Assis

Ciências da Saúde

Educação Física
  • análise do exercício aeróbio como agente terapêutico na modulação da microbiota intestinal em modelo animal de obesidade induzida
  • A obesidade é uma doença de origem multifatorial com elevada associação com disfunções metabólicas, como a diabetes tipo II, e doenças cardiovasculares como a hipertensão arterial. Na última década, a composição da microbiota intestinal tem sido amplamente investigada devido a sua íntima relação com a patogênese da obesidade. Neste sentido, tem sido evidenciado que a composição da microbiota de fenótipos obesogênicos são caracterizadas por uma menor diversidade microbiana, porem maior habilidade de extração energética do meio influenciando assim o metabolismo do hospedeiro. Além deste fator, sabe-se que o sedentarismo é um dos maiores contribuintes para o desenvolvimento da obesidade e demais doenças metabólicas. Por outro lado, o exercício físico tem sido amplamente utilizado como um agente não farmacológico na prevenção e tratamento destas doenças, assim como na manutenção da saúde. Uma série de estudos, incluindo os nossos, tem evidenciado o exercício físico como um agente externo capaz de modular a microbiota intestinal em sua composição e diversidade. Atualmente busca-se identificar os mecanismos pelo qual o exercício modula o eixo microbiota-intestino-cérebro para futuramente traçar novas estratégias no processo de prevenção e tratamento da obesidade. Todavia, até o presente momento, pouco se sabe a respeito da influência do exercício físico no microbioma intestinal e os mecanismos moleculares que regulam sua relação com o metabolismo energético do hospedeiro, especialmente frente a modelos patológicos como a obesidade. Levando em consideração os poucos relatos sobre os aspectos positivos na modulação da microbiota intestinal, a almejar o controle da obesidade, o presente estudo, propõe-se a analisar o efeito do treinamento aeróbio moderado no perfil metagenômico e metaproteômico da microbiota intestinal de modelo animal induzido a obesidade por meio de dieta de hipercalórica.
  • Universidade Católica de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bernardo Rego Barros de Almeida Leite

Outra

Microeletrônica
  • amplificadores de potência cmos e transformadores integrados para radiofrequência
  • Os amplificadores de potência (PAs) são elementos cruciais em transmissores de radiofrequência (RF). Eles são os principais responsáveis por fornecer níveis de potência suficientemente altos para uma comunicação sem fio aceitável. Para realizar esta função, entretanto, a potência consumida pelo amplificador é, em geral, significativamente alta e sua eficiência torna-se um fator de elevada importância. Além disso, o PA é o bloco RF que traz maiores desafios para a integração completa de transceptores em CMOS. Esta dificuldade deve-se em parte à condutividade do substrato de silício e à baixa tensão de ruptura dos transistores. Para contornar estas limitações, PAs CMOS em geral requerem o uso de topologias paralelas de modo que elementos baseados em transformadores tais como combinadores de potência tornam-se fundamentais. Sabe-se ainda que padrões de comunicação sem fio modernos têm se caracterizado por esquemas de modulações que impõem fortes restrições em termos de linearidade. Para respeitar estas exigências, configurações tradicionais de PAs adotam dimensionamentos de modo que sua eficiência somente é alta para valores de potência de saída próximos à potência de saturação do amplificador. Ainda, sinais com as características destas modulações apresentam uma grande disparidade entre os níveis máximo e médio de suas potências. Assim, durante a maior parte do tempo de transmissão, a eficiência do PA permanece baixa. Entre as soluções propostas para reduzir o consumo de energia para estas potências de recuo, destacam-se o uso de PAs reconfiguráveis, topologias Doherty e células de potência adaptativas. O desenvolvimento deste projeto abrangerá etapas de estudo bibliográfico, projeto e simulação de amplificadores de potência integrados em tecnologias CMOS para RF usando softwares dedicados e a sua caracterização experimental. Os PAs projetados visarão a obtenção de altos níveis de linearidade e eficiência, privilegiando comportamentos reconfiguráveis e adaptativos. Além disso, uma parcela importante do trabalho consistirá no projeto, simulação eletromagnética e caracterização de transformadores integrados e estruturas derivadas tais como combinadores de potência. As atividades propostas serão realizadas dentro do grupo de concepção de circuitos e sistemas integrados (GICS) da UFPR, com a participação de estudantes de doutorado, mestrado e graduação.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bertúlio de Lima Bernardo

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo da termodinâmica quântica no âmbito dos fenômenos ópticos
  • O estudo da termodinâmica quântica está vivenciando um momento importante do seu desenvolvimento, e isso se deve em grande parte à miniaturização dos dispositivos mecânicos e eletrônicos até um ponto em que efeitos quânticos não podem mais ser negligenciados. Neste regime, além das influências de caráter clássico como temperatura e entropia, a coerência quântica também passa a ter um papel decisivo nos processos que ocorrem nesta escala de uma forma que ainda não é bem compreendida. Além disso, tem sido observado que processos termodinâmicos que tiram o sistema equilíbrio durante a sua ocorrência podem ser melhor entendidos se tratados quanticamente. Dessa forma, nossa meta nesse projeto é estudar vários aspectos da termodinâmica quântica.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Betania Leite Ramalho

Ciências Humanas

Educação
  • cartografia georreferenciada da vulnerabilidade escolar de alunos da rede estadual do ensino fundamental do rio grande do norte. possibilidades para a gestão pedagógica.
  • A educação básica é concebida, segundo o artigo 4º da LDB, como um direito do cidadão à educação e um dever do Estado de atendê-lo mediante oferta qualificada. Soares (2016, p. 141) destaca que o direito à educação se expressa pelo direito de aprender, que só é concretizado quando ocorre o atendimento aos três objetivos pautados pela Constituição Federal do Brasil, de 1988: a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa; seu preparo para o exercício da cidadania; sua qualificação para o trabalho. Entretanto, os direitos sociais não devem estar apenas escritos em leis, sendo preciso que instituições os atendam e, além disso, tornem possível seu monitoramento. As estatísticas nacionais (notadamente do SAEB/INEP) revelam uma improdutividade recorrente do sistema escolar traduzidas pelas dificuldades de aprendizagens dos estudantes no percurso formativo da Educação Básica, no que se refere à leitura, escrita e matemática. Esse cenário exige aprofundamento da compreensão dos múltiplos agentes que afetam a qualidade da educação básica e os fatores de vulnerabilidade escolar de natureza diversa, tais como: sociais, econômicos e demográficos, pedagógicos, dentre outras. Neste projeto se propõe o estudo e desenvolvimento de uma Cartografia Georeferenciada da Vulnerabilidade Escolar de estudantes de escolas da rede estadual do Ensino Fundamental do Rio Grande do Norte. Essa cartografia criar hipótese explicativas como referência (não determinista) de fatores que podem ser associados à vulnerabilidade escolar de estudantes, na qual se inclui os desempenhos, erros e dificuldades de aprendizagem evidenciados na Prova Brasil, para o quinto ano em Matemática e Língua Portuguesa das últimas cinco edições. A pesquisa contribuirá para o desenvolvimento científico pelo emprego de metodologias estatísticas inovadoras. A análise dos dados exigirá manipulação do banco de dados que hoje tem informação de mais de 90 milhões de alunos. As técnicas empregadas serão originalmente testadas e desenvolvidas no projeto. Os resultados serão compartilhados com o INEP, que possui demanda por análises dos dados que eles possuem. Esse tipo de cooperação já foi realizado em outras oportunidades pelos pesquisadores do grupo. A pesquisa parte de um estudo maior e desenvolve-se por meio de redes colaborativas, interdisciplinares, envolvendo pesquisadores de instituições de ensino superior do Brasil e do exterior de diferentes áreas de conhecimento como: Educação, Estatística, Computação e Tecnologia da Informação, assim como professores da Educação Básica da rede estadual de ensino, estudantes de graduação e da pós-graduação.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bianca Denise Barbosa da Silva

Ciências Biológicas

Botânica
  • abordagem morfológica e molecular da diversidade de fungos gasteroides (basidiomycota) no estado da bahia, brasil
  • Os fungos gasteroides, também conhecidos como gasteromicetos, estão representados por diversas linhagens distintas de Agaricomycetes que, embora não compartilhem da mesma ancestralidade, possuem similaridades intrigantes, como os basidiomas angiocárpicos e dispersão passiva dos esporos (estatismósporos). Análises filogenéticas recentes vêm provocando significativas alterações na classificação dos fungos gasteroides, especialmente, em níveis hierárquicos elevados, como classe e ordem. Trata-se de um grupo, ainda, pouco estudado no Brasil. No entanto, apresenta alta diversidade em toda América do Sul. Atualmente, cerca de 300 espécies de fungos gasteroides são registradas para o país, sendo 90 conhecidas para a região Nordeste, e apenas nove para o estado da Bahia. O estudo sobre fungos neste estado, sobretudo de macrofungos, ainda é escasso. Tendo em vista, os diversos domínios vegetacionais existentes no estado, pode-se estimar que há muitas espécies de fungos ocorrentes e ainda desconhecidas. Nesse sentindo, o objetivo do presente projeto é realizar estudos taxonômicos sobre fungos gasteroides baseando-se em critérios macro- e micromorfológicos, e ainda, utilizar ferramantas moleculares para descrição de táxons novos, bem como, para resolução de problemas taxônomicos dentro do grupo. Serão realizadas coletas de basidiomas na Serra da Jibóia, Mucugê, RPPN Espinita, Parque Estadual da Serra do Conduru e no Parque Estadual do Morro do Chapéu. Para análises macro- e microscópica, o material será estudado nos Laboratórios de Sistemática de Fungos, e no de Anatomia Vegetal e Identificação de Madeiras. Ainda, será realizada análise molecular das espécies propostas como novas para ciência e com problemas taxonomicos, no Laboratório de Genética e Evolução Vegetal. A extração de DNA do material será realizada a partir de fragmentos do basidioma preservados em tubos de microcentrífuga contendo sílica gel. As regiões ITS, LSU e ATP6, serão amplificadas utilizando combinações de iniciadores ITS5/ITS4 ou ITS1/ITS4, LR0R/LR7r e ATP6-1/ATP6-2, respectivamente. A análise filogenética será realizada com dados concatenados no PAUP e MrBayes, com Máxima Parcimônia e análise Bayesiana, respectivamente. Este estudo ampliará, significativamente, o conhecimento da micota no estado da Bahia, com perspectivas de novos táxons para a ciência; fortalecimento do acervo de fungos do Herbário Alexandre Leal Costa da UFBA; inclusão de dados moleculares fortalecendo o banco de dados de sequências on line; e conhecimento da distribuição biogeográfica de linhagens de basidiomicetos gasteroides.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bianca Laís Zimmermann

Ciências Biológicas

Zoologia
  • taxonomia integrativa em isópodos terrestres neotropicais (crustacea, oniscidea) - revelando espécies e suas relações
  • Embora novos dados e metodologias estejam conquistando espaço no campo da taxonomia, tal como a taxonomia integrativa, a grande maioria das espécies de isópodos terrestres ainda é descrita com base apenas na morfologia. O gênero Benthana (Oniscidea, Philosciidae) foi recentemente revisado e é atualmente composto por 28 espécies com distribuição restrita ao sul da América do Sul. No entanto, a ampla distribuição geográfica de algumas das espécies, somada à presença de poucos caracteres diagnósticos, levanta dúvidas sobre a validade das espécies descritas. Nesse contexto, o presente estudo visa testar a aplicabilidade do DNA Barcoding nas espécies que compõem o gênero Benthana, de modo a verificar se há congruência entre a identificação morfológica e a identificação molecular desses animais, além de formular hipóteses sobre suas relações. Ademais, pretende-se investigar nesses animais a presença de bactérias Wolbachia, endossimbiontes com grande influência na ecologia e biologia dos isópodos terrestres. Os animais serão previamente identificados com base na morfologia e, posteriormente, terão seu DNA extraído com auxílio de kit de extração. As amplificações serão realizadas com o gene mitocondrial citocromo oxidase I. As sequências obtidas serão analisadas através de análises filogenéticas bayesianas e de máxima verossimilhança. Métodos de delimitação de espécies também serão aplicados. Espera-se que utilização da taxonomia integrativa possa auxiliar na descrição de novas espécies e no entendimento das relações evolutivas dos isópodos terrestres, permitindo assim, um maior conhecimento dessa biodiversidade ainda pouco explorada.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bianca Miarka

Ciências da Saúde

Educação Física
  • o impacto do tratamento terapêutico psicológico, da ginástica lian gong e da meditação em pessoas com câncer e com insuficiência renal: intervenções e qualidade de vida.
  • O presente estudo pretende realizar comparações pareadas e dependentes de efeitos agudos e crônicos do impacto do tratamento psicológico, da ginástica Lian Gong e da meditação em pacientes com câncer e insuficiência renal na qualidade de vida em seus três domínios (mental, físico e social) e em marcadores sanguíneos. Para isso, a amostra será composta por 120 pessoas Grupo Experimental Terapia Psicológica (GPL=30 pessoas - câncer n=15 e insuficiência renal n=15), Grupo Experimental Lian Gong (GEL=30 pessoas - câncer n=15 e insuficiência renal n=15), Grupo Experimental Meditação (GEM=30 pessoas - câncer n=15 e insuficiência renal n=15) e Grupo Controle (GC=30 pessoas - câncer n=15 e insuficiência renal n=15). Para essa pesquisa serão realizadas avaliações pareadas antes e depois - aguda, cada sessão (questionário para avaliar qualidade de vida - EORTC QLQ-C30) e crônica, antes e depois de 8 semanas com intervenção (GTP vs. GEL vs. GEM vs. GC). As medidas crônicas incluem qualidade de vida em seus três domínios (mental, física e social) em quantitativos de hemácia, leucócitos, monócitos, eosinófilos, basófilos, linfócitos, plaquetas, hemoglobina, hematócrito, volume globular médio (VGM), concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM), hemoglobina corpuscular média (HCM), índice RDW, proteínas sanguíneas (para detectar imunoglobulinas anormais) e marcadores tumorais (e.g. antígeno prostático específico, alfa-fetoproteína, gonadotrofina coriônica humana, antígeno carcinoembrionário). As comparações serão realizadas por análise de variância e post hoc de Bonferroni, p≤0,05. Todos os participantes assinarão o termo de confidencialidade e sigilo, assentimento e consentimento livre e esclarecido.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bianca Salazar Guizzo

Ciências Humanas

Educação
  • crianças pré-escolares do século xxi: um estudo sobre representações infantis e práticas docentes
  • O ano de 2016 pode ser considerado um marco para a Educação Infantil. Em 2009, através da Emenda Constitucional nº59/2009, propunha-se a obrigatoriedade de inserção da criança na educação formal aos quatro anos de idade. Consequentemente, sua oferta também passou a ser gratuita. Em 2013, essa obrigatoriedade consolidou-se através da Lei Federal 12.796/2013. Os dispostos tanto na Emenda, como na Lei supracitadas deveriam ser cumpridos gradativamente até 2016, com apoio técnico e financeiro da União. Sendo assim, a partir de 2016, a pré-escola (que faz parte da Educação Infantil) passa a integrar a educação obrigatória no Brasil. Em razão dessa obrigatoriedade, muitos embates e discussões têm sido empreendidos. A obrigatoriedade, ao invés de dar continuidade à construção de uma Educação Infantil que privilegie a brincadeira, a ludicidade, o encantamento e a descoberta, pode reiterar o caráter preparatório para as etapas posteriores de escolarização (KRAMER, 1992; KUHLMANN JR., 2000). Em função desses novos ordenamentos normativos, a presente pesquisa propõe, como objetivos principais: 1) problematizar o modo como as crianças de quatro e cinco têm sido pensadas em políticas educacionais elaboradas a partir dessa obrigatoriedade; 2) investigar que práticas pedagógicas têm sido com elas desenvolvidas. Para problematizar e discutir esses objetivos, será tomado como referencial teórico o campo dos Estudos Culturais em Educação, de viés pós-estruturalista. Serão centrais para a operacionalização das análises os conceitos de identidade e representação. Com relação ao desenho metodológico, cabe referir que diferentes estratégias serão utilizadas, a saber: análise de políticas educacionais. observação participante e entrevistas semiestruturadas a serem propostas a crianças e a docentes vinculadas à Educação Infantil.
  • Universidade Luterana do Brasil - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bianca Seminotti

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • investigação da função mitocondrial e de suas interações com o retículo endoplasmático na doença de huntington
  • A presente investigação objetiva estudar importantes aspectos da função mitocondrial, como respiração, estrutura dos supercomplexos mitocondriais, a homeostase do cálcio, dinâmica e biogênese mitocondrial, além das interações mitocôndria-retículo endoplasmático (RE), em modelos de doenças hereditárias neurometabólicas e neurodegenerativas comuns, tomando-se como exemplo a doença de Huntington (DH) a fim de esclarecer se alterações nessas funções mitocondriais estão envolvidas no dano do sistema nervoso central (SNC), particularmente do estriado. A escolha da DH deveu-se ao fato de que os pacientes portadores das mesmas têm em comum uma degeneração acentuada do estriado, possivelmente indicando mecanismos comuns de dano cerebral. Utilizaremos os modelos in vivo químicos da DH, através de injeções de ácido 3-nitropropiônico e ácido quinolínico. Serão estudados parâmetros respiratórios, e o conteúdo de proteínas envolvidas na dinâmica (fusão e fissão mitocondrial), biogênese mitocondrial, estresse de RE e nas membranas do RE associadas a mitocôndria em córtex cerebral e estriado dos animais. A partir de eletroforese em gel Blue-Native, serão avaliadas as estruturas dos supercomplexos mitocondriais. Além disso, estudaremos possíveis efeitos benéficos para a função mitocondrial dos compostos bezafibrato e XJB-5-131 sobre os mecanismos de neurotóxicidade mitocondrial observados nos modelos propostos para DH. O bezafibrato, por ser indutor de biogênese mitocondrial, estimula a cadeia respiratória mitocondrial e induz a expressão de defesas antioxidantes nessa organela. Já o XJB-5-131 tem o diferencial de ser um sequestrador de elétrons e de radicais livres direcionado para a mitocôndria. Deve ser aqui destacado que várias funções mitocondriais e as comunicações da mitocôndria com o RE ainda estão pouco esclarecidas na doença de Huntington, bem como na maioria das doenças neurodegenerativas, e, portanto, acreditamos que alterações nesses parâmetros possam representar mecanismos patogênicos ainda não descritos nessa doença e possivelmente comuns a outras doenças neurodegenerativas prevalentes caracterizadas por anormalidades nos gânglios basais. Também temos a expectativa de que o estudo dos efeitos do bezafibrato e do XJB-5-131 possa contribuir no desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas para essas doenças.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bismarck Luiz Silva

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • ligas sn-cu-al e sn-bi-sb para brasagem: correlações entre microestrutura, parâmetros térmicos e resistência mecânica
  • O rápido avanço tecnológico presenciado nos últimos anos associado ao uso extensivo de ligas de soldagem contendo metais tóxicos como o chumbo incentivou o planejamento de estudos sistemáticos de avaliação de desempenho de ligas de soldagem à base de Sn sem a presença de chumbo em sua composição. Essas ligas basicamente possuem aplicação nos processos de soldagem branda e recobrimento de superfícies. Alguns aspectos são essenciais no desenvolvimento de novas ligas ou até mesmo na certificação daquelas já existentes, tais como: entendimento da evolução microestrutural, características de microssegregação na junta soldada, caracterização das interfaces de reação (ou regiões intermediárias entre substrato e bulk), propriedades mecânicas da junta soldada e nível de molhamento. O melhor entendimento desses aspectos torna-se essencial para o desenvolvimento de ligas metálicas mais sustentáveis na cadeia produtiva de componentes eletrônicos. Dentre os vários sistemas alternativos, ligas Sn-Cu e Sn-Bi com uso de adições de Ni, Cu, Sb e Al são opções promissoras no que tange a substituição de ligas contendo metais tóxicos, uma vez que possuem boa resistência à corrosão, boa soldabilidade, boas propriedades elétricas, boas propriedades mecânicas e baixo custo em aplicações como tecnologia de montagem superficial, interconexão de microchips e conexões de circuito integrado. Porém, ainda é reduzido o número de estudos que relatam os efeitos dos parâmetros térmicos de solidificação (taxa de resfriamento, Ṫ e velocidade de solidificação, V) na formação da microestrutura final e nas propriedades mecânicas da junta soldada, bem como a análise da influência de adições de Ni, Cu, Sb e Al tanto na evolução da microestrutura quanto no nível de molhamento. Portanto, o objetivo da presente proposta é desenvolver uma análise teórico/experimental em ligas ternárias Sn-52%Bi-1%Sb, Sn-52%Bi-3%Sb, Sn-0,7%Cu-0,05%Al e Sn-0,5%Cu-0,1%Al solidificadas unidirecionalmente em regime transitório de fluxo de calor em molde refrigerado. Serão examinadas diversas características e propriedades, como por exemplo: evolução da microestrutura por meio da quantificação dos espaçamentos intercelulares ou interdendríticos, efeitos decorrentes da composição química e taxa de resfriamento, avaliação das propriedades mecânicas simulando condição de junta soldada (Limite de Resistência à Tração – LRT e Alongamento Específico - AE). Todos estes procedimentos experimentais foram selecionados visando a simulação do processo industrial para ligas de soldagem de grande interesse na indústria eletrônica.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bojan Marinkovic

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • fases cerâmicas com expansão térmica zero ou negativa e nanoestruturas à base de tio2
  • O projeto pretende dar continuidade aos desenvolvimentos de dois grupos de materiais cerâmicos: a) Fases com expansão térmica negativa ou nula e b) Nanoestruturas à base de TiO2. Com o gradual aumento e amadurecimento de conhecimentos sobre estes materiais nos últimos 15 anos, nossas pesquisas estarão cada vez mais orientadas para o desenvolvimento de materiais com as propriedades bem definidas e para aplicações específicas. Em relação aos materiais com expansão térmica negativa ou nula são duas vertentes de aplicações que serão estudados. A primeira visa um controle/ajuste do coeficiente de expansão térmica (CTE) dos polímeros (sendo este geralmente muito alto, ~ 10-4 K-1), através da adição de nanocargas à base de cerâmicas com expansão térmica negativa ou nula. Para isto, o primordial é entendimento e aperfeiçoamento dos métodos de síntese que resultem em nanopós intrinsecamente desaglomerados, permitindo sua posterior bem-sucedida dispersão em matrizes poliméricas, formando nanocompósitos. A segunda abordagem desenvolve peças maciças com alta resistência ao choque térmico e transparência à radiação infravermelha, visando aplicação em janelas transparente à radiação de infravermelho, que apresentam aplicações em diversos processos e áreas industriais, entre as quais na área aeroespacial. Para o desenvolvimento de um material para esta aplicação é necessário otimizar o processo de conformação e sinterização que permitisse obtenção de uma cerâmica densa (pouca ou nenhuma porosidade), porém, com a microestrutura composta por grãos de dimensões nanométricas ou sub-micrônicas e com número reduzido de microtrincas. Em relação às nanoestruturas à base de TiO2 são considerados, também, dois tipos de aplicações, ambas utilizando estes materiais na forma de pó. A primeira considera esfoliação das nanofolhas de ferrititanatos, ou similares, em monocamadas sub-nanométricas e, em seguida, formação de nanohíbridos com os compostos quaternários de amônias (a parte orgânica do nanohíbrido). Estas monocamadas hibridizadas representam uma nova nanocarga, capaz de competir com as nanoargilas organofilizadas em nanocompósitos de matrizes poliméricas, visando o aumento de suas propriedades mecânicas, térmicas e de barreira. A segunda abordagem visa desenvolvimento de heteroestruturas pilarizadas, do tipo ferrtitanto/TiO2, ou similares, objetivando desenvolvimento de fotocatalisadores de nova geração (mais eficazes) com as seguintes vantagens em relação aos convencionais: a) uma maior área específica; b) absorção significativa no espectro visível e c) aumento da eficiência quântica por meio do processo de separação de carga (redução do processo de recombinação elétron-buraco).
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Boyan Slavchev Sirakov

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • teoria moderna das equações diferenciais parciais elípticas totalmente não-lineares
  • Vide projeto anexo Este projeto defende a promoção contínua da mais moderna vertente da teoria de EDPs elípticas e parabólicas no Brasil. Entre os tópicos-alvo estão: • equações de reação–difusão-absorção; • equações totalmente não lineares em controle estocástico e teoria dos jogos; • teoria da regularidade; • estimativas uniformes para soluções positivas de EDPs não lineares; • relação entre as propriedades qualitativas e geométricas das soluções de EDPs e os dados do problema; • propriedades qualitativas e regularidade em cálculo das variações; • equações com coeficientes não-suaves; • problemas de fronteira livre.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Braulio Silva Chaves

Ciências Humanas

Educação
  • ciência na escola com a agroecologia e os objetos de aprendizagem
  • Vide projeto anexo
  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 12/08/2019-31/10/2022
Foto de perfil

Braulio Soares Archanjo

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • modificações em materiais 2d e desenvolvimento de nanodispositivos plasmônicos
  • Sistemas baseados em grafeno, cristais bidimensionais (2D) e sistemas híbridos têm uma combinação de propriedades que poderão torná-los instrumentos chaves para muitas aplicações, gerando novos produtos e serviços que não podem (ou podem ser complicados) de serem obtidos com tecnologias ou materiais atuais. Para a criação de novas tecnologias disruptivas baseadas nestes materiais é necessario superar vários desafios, que vão desde novos materiais à dispositivos e sistemas mais complexos. Em geral, estes materiais têm como alvo várias tecnologias chaves. Estas devem ser integradas nos sistemas transportes, tais como novos aviões, autocarros, carros, além de serem também consideradas áreas como saúde e energia. As propriedades elétricas e ópticas únicas destes materiais irão permitir o desenvolvimento de novos sistemas. Por exemplo, a alta condutividade elétrica e área superficial do grafeno o torna um material interessante para o armazenamento de energia como para o desenvolvimento de baterias avançadas e supercapacitores, o que trará um grande impacto em eletrônicos portáteis e outras áreas-chave, tais como transporte [1]. Neste sentido, um tema bastante estudado no nosso grupo são os nanomateriais de carbono, sendo que uma das linhas visa o controle na modificação das propriedades ópticas e eletrônicas do grafeno. Tais modificações envolvem a criação de dobras e bordas [2], e nanopatterning de grafeno por diferentes íons [3-7]. Nanoestruturas de grafeno oferecem oportunidades para o desenvolvimento de dispositivos de alto desempenho, sendo uma alternativa a eletrônica na nanoescala baseada na tecnologia do silício [4, 5, 8-16]. Devido à sua frágil estrutura 2D, os procedimentos para definição de padrões na nanoescala apresentam um grande desafio, requerendo alta resolução, baixa contaminação e reduzido nível de dano [9, 12]. Para superar esses desafios é necessário o entendimento do efeito de impurezas [9, 17], defeitos [17, 18] e confinamento espacial [9, 11, 12, 17-19] na escala nanométrica para os diferentes métodos de microfabricação e nanofabricação. Na literatura, podemos encontrar vários procedimentos e propostas para os referidos métodos [2-14, 16-29]. Uma maneira de modificação e construção dessas nanoestruturas de grafeno é através de feixe de íons [5, 15, 30-33], pois os feixes de íons focalizados (do inglês focused ion beam – FIB ou Helium ion microscopy - HIM) têm a vantagem do controle espacial da modificação na escala nanométrica [9,28-33] e é livre de contaminações, diferentemente dos múltiplos processos da microfabricação nos quais é muito comum a contaminação da estrutura do grafeno [9, 11]. O estudo de novos materiais 2D é um campo em eminente ascensão, que oferece oportunidades para explorar novos conceitos em dispositivos para a spintrônica, optoeletrônica, sensoriamento químico, valetrônica e principalmente ter suas propriedades exploradas através da junção de dois ou mais materiais 2D formando as conhecidas heterointerfaces de Van der Waals [34-36]. Neste projeto, iremos modificar e estudar as propriedades óticas e elétricas de diferentes materiais 2D. Para tal, faremos o nanopatterning utilizando o FIB e HIM para modificação e microscopia óptica de campo próximo de alta resolução (do inglês tip enhanced Raman spectroscopy - TERS e/ou scanning near-field optical microscopy - SNOM) juntamente com técnicas de microscopia eletrônica de alta resolução para a caracterização. Por outro lado, as técnicas de SNOM e TERS ainda carecem de um conhecimento aprofundado, sendo técnicas que apresentam grande potencial, pois permitem ultrapassar o limite teórico de resolução espacial de microscópios óticos convencionais. Nesse sistema, a resolução espacial passa a ser determinada pela eficiência de nanoantenas plasmônicas. Apesar deste grande potencial, SNOM ainda não é uma técnica de rotina na caracterização de nanomateriais [37]. O problema reside na falta de reprodutibilidade na fabricação de boas nanoantenas. Trata-se do uso de efeitos relacionados à ressonância de plasmons de superfície localizado (do inglês localized surface plasmon resonance – LSPR) [38, 39]. Na prática, ou a fabricação dessas nanoantenas é complexa e custosa ou não apresenta controle na ressonância de LSPR. Não obstante, com o recente desenvolvimento dessa técnica, se torna essencial a fabricação de amostras de referência. Desta forma, o projeto aqui tratado aglutina duas linhas de pesquisa necessária uma à outra. Se por um lado o desenvolvimento e estudo de sondas de SNOM é um importante aspecto de desenvolvimento da técnica, por outro, o desenvolvimento de materiais de referência para SNOM é igualmente importante. Desta forma, o caráter nanométrico de modificações em materiais 2D torna estes materiais fortes candidatos a materiais de referência para SNOM. Os dois temas poderão ser tratados de forma singular no nosso grupo, haja vista sua excelente capacidade técnica e de recursos humanos na área de desenvolvimento de nanomateriais e suas caracterizações. Por exemplo, um sistema SNOM foi recentemente instalado no Inmetro, sendo o segundo a funcionar plenamente no Brasil. Em adição, ressaltam-se as técnicas de microscopia eletrônica e técnicas correlatas. Como exemplo, as técnicas FIB e HIM já mencionadas anteriormente que serão utilizadas na manipulação tanto das nanoantenas quanto dos matérias 2D na escala nanométrica, e a espectroscopia de perda de energia do elétron (EELS, do inglês Electron Energy-Loss Spectroscopy) em microscópio eletrônico de transmissão de alta resolução, ferramenta única no Brasil, que é fundamental para a caracterização de propriedades plasmônicas das nanoantenas e dos materiais 2D, permitindo alta resolução espacial e energética. Nos últimos anos vários trabalhos foram realizados por nosso grupo, alguns destes artigos são aqui mencionados [2-5, 7, 15, 16, 20-26, 28, 40-61], também foram depositadas três patentes [62-64], o que viabiliza e fortalece a proposta aqui apresentada.
  • Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Braz de Jesus Cardoso Filho

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • desenvolvimento de um sistema de acionamentos elétricos de alta confiabilidade baseado em máquinas de indução de nove fases
  • Máquinas multifásicas possuem várias vantagens frente a máquinas trifásicas: maior tolerância a falhas, redução na potência por fase, aumento na densidade de torque e menor pulsação de torque. Essas vantagens são atrativas para diversas aplicações, por exemplo: aplicações de tração (veículos elétricos e híbridos, trens), de altas potências e aplicações que demandam alta confiabilidade. A tolerância a falhas é uma das mais apreciadas dentre essas vantagens, uma vez que a interrupção do serviço pode gerar grandes custos, oferecer riscos, e algumas aplicações nem mesmo permitem que uma interrupção ocorra. Em um acionamento elétrico, falhas comumente ocorrem em inversores e em enrolamentos de estator. Entretanto as máquinas multifásicas ainda conseguem partir e continuar acionando sua carga frente a falhas, mas com alguma perda da qualidade da operação. A maioria dos trabalhos na literatura se dedicam ao estudo de máquinas multifásicas frente a falhas de fases abertas, em que uma força magnetomotriz balanceada é conseguida mais facilmente controlando as fases saudáveis do que no caso de falhas de outro tipo. Entretanto, existem diversas falhas que podem ocorrer, principalmente as que envolvem curto-circuito, mas que recebem menos atenção, sobretudo para máquinas de indução. Assim, esta proposta de projeto tem como objetivo modelar e caracterizar a operação de máquinas de indução multifásicas frente a diversas falhas no estator e no inversor e propor métodos para a continuidade da operação, além da sua implementação prática via controle por orientação de campo adequado a cada falha. As falhas consideradas serão: dispositivos de comutação do inversor em circuito aberto e em curto-circuito, fases abertas, espiras em curto-circuito e bobinas em curto-circuito (falta fase-neutro ou entre fases). Com isso, a tolerância a falhas de máquinas multifásicas será aumentada, alcançando uma performance controlada mesmo em condições defeituosas de diversas naturezas, o que é de grande interesse para várias aplicações.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Brenno Amaro DaSilveira Neto

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • reações multicomponentes por catálise assimétrica dirigida pelo ânion (acdc) com líquidos iônicos quirais
  • O presente projeto apresenta a descrição de uma metodologia de síntese e caracterização de novos líquidos iônicos com ânions quirais para aplicações em reações multicomponentes catalíticas aplicadas na obtenção direta de compostos bioativos de forma enantiosseletiva.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Breno Bernard Nicolau de França

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • suporte automatizado à evolução contínua de sistemas baseados em microsserviços
  • Recentemente, a indústria de tem adotado práticas que garantam mais agilidade e continuidade no desenvolvimento, entrega e manutenção de software, remetendo ao cenário de evolução contínua, onde constantes modificações são realizadas no produto. Entretanto, estas modificações intencionam a entrega de valor ao usuário final, potencialmente negligenciando a qualidade interna e, consequentemente, provocando o decaimento da arquitetura. Com a popularização de arquiteturas mais flexíveis e, portanto, desacopladas como Microsserviços, intenciona-se a redução da incidência de anomalias no código de forma que degenerem a arquitetura do sistema. Entretanto, entende-se que é necessário um acompanhamento automatizado de sistemas baseados em microsserviços de forma a se antecipar ao decaimento arquitetural, que aumenta o tempo de manutenção, custos e a capacidade de entrega da equipe. Assim, este projeto propõe um método automatizado baseado em métricas para acompanhamento da evolução de sistemas baseados em microsserviços. Ainda, o projeto prevê a condução de estudos que permitam a construção de um simulador da capacidade de entrega de software com base em evidências sobre evolução contínua.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Breno Quintella Farah

Ciências da Saúde

Educação Física
  • efeitos do treinamento isométrico com handgrip na pressão arterial ambulatorial de hipertensos: um estudo multicêntrico
  • Estudos de meta-análise têm demonstrado que o treinamento com exercício isométrico, em especial com handgrip, promove reduções na pressão arterial (PA) clínica em indivíduos hipertensos, sugerindo que esse tipo de intervenção pode ser utilizada para minimizar o risco cardiovascular dos indivíduos. No entanto, sabe-se que a monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) representa melhor prognóstico cardiovascular compara a PA clínica. Entretanto, diferentemente da PA clínica, os efeitos do treinamento isométrico com handgrip sobre a PA ambulatorial ainda é incerto, dado que são poucos os estudos que analisaram e ainda apresentam fortes limitações, sobretudo pequeno tamanho amostral. Dessa forma, o objetivo desse projeto de pesquisa será analisar os efeitos do treinamento isométrico com handgrip na pressão arterial ambulatorial de hipertensos. Para tanto, será desenvolvido um ensaio clínico randomizado controlado multicêntrico, realizado em dois centros de Pesquisa e Ensino do Brasil: Universidade Federal Rural de Pernambuco (Recife) e Universidade Nove de Julho (São Paulo). Oitenta e quatro hipertensos serão alocados aleatoriamente em dois grupos experimentais: treinamento isométrico com handgrip e controle. O exercício será composto de quatro séries com dois minutos de contração isométrica com 30% da contração voluntária máxima dos indivíduos e intervalo entre séries de um minutos, enquanto que o grupo controle realizará um protocolo SHAM. Avaliação da MAPA será realiza antes e após 12 semanas de intervenção. Para comparar os efeitos das intervenções nos indicadores de risco cardiovascular será utilizada as Equações de Estimações Generalizadas (Generalized Estimating Equations – GEE), seguido de um post-hoc das comparações por pares usando a correção de Bonferroni para comparações múltiplas. Será adotado como significante valor de P<0,05.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Breno Ricardo Guimarães Santos

Ciências Humanas

Filosofia
  • injustiças epistêmicas e democracia
  • Na primeira etapa do presente projeto, será feita uma incursão em um ramo da Epistemologia muito pouco explorado, em especial na Filosofia feita no Brasil: a Epistemologia da Democracia. O foco de análise dessa etapa estará na importância epistêmica (e nos elementos epistêmicos) da Democracia. Essa é uma discussão de grande interesse para a Filosofia Política, mas que merece um olhar epistemológico atento – que, aos poucos, vem conquistando. Os pontos centrais da discussão, e que serão centrais também neste projeto, dizem respeito ao papel da justiça na produção de conhecimento, aos mecanismos de deliberação e de justificação epistêmica nas tomadas de decisão democráticas, à possível correlação entre liberdade política e liberdade epistêmica, e ao papel e à natureza das instituições sociais de conhecimento – como o Jornalismo, a Educação e a Ciência – em um contexto democrático. Nesse momento da pesquisa, o objetivo central consiste em avaliar de que modo as instituições sociais democráticas, ou pretensamente democráticas, se organizam na produção e disseminação de conhecimento; mas, além desse olhar descritivo sobre tal atividade, pretende-se confrontar a prática deliberativa com as demandas normativas supostamente atreladas a ela. As lacunas no cumprimento dessa normatividade tentarão ser dirimidas em um momento posterior, depois da introdução do debate socioepistemológico na etapa seguinte da pesquisa. Na segunda etapa deste projeto, pretende-se investigar o tema das injustiças epistêmicas, que será central para o desenrolar da pesquisa. Nesta etapa, o foco de análise estará especificamente sobre as noções de injustiça epistêmica e de opressão epistêmica, e como tais noções pretendem explicar violações do status como conhecedores de membros de grupos marginalizados. A hipótese dessa etapa de trabalho é que tais violações são danosas para a participação desses sujeitos em uma prática coletiva de conhecimento. Prática esta cuja participação, será proposto, é fundamental para a garantia de um reconhecimento desses indivíduos como sujeitos epistêmicos competentes, dotados de autoridade racional, mas também para o reconhecimento de tais pessoas como membros legítimos de uma comunidade política. A partir do trabalho de Miranda Fricker e de Kristie Dotson, objetiva-se obter uma visão precisa das exclusões epistêmicas estruturais e de seus aspectos mais danosos na prática cotidiana de conhecimento – desde a simples suspeição sobre testemunhos ordinários até chegar na rejeição de testemunhos de risco (relatos de abusos e violências sofridos por membros de grupos marginalizados, por exemplo). Com base nisso, e de uma literatura contemporânea extensa, pretende-se aferir o impacto de injustiças de tipo epistêmico na vida cotidiana desses indivíduos marginalizados. Na terceira parte da pesquisa, o foco de análise será, por fim, no papel em que as instituições sociais e políticas exercem na validação e invalidação das credenciais epistêmicas de pessoas marginalizadas. Com um foco especial na discussão iniciada por Elizabeth Anderson e seguida, de perto e/ou de forma crítica, por James Bohman, Amandine Catala, Kristie Dotson e Jason Stanley, o projeto se debruçará sobre os riscos epistêmicos de práticas institucionais de conhecimento viciosas. O ponto que se pretende explorar diz respeito à ideia de que os problemas e as soluções identificadas na etapa anterior do trabalho vão e devem, respectivamente, ir além de um entendimento individual. A proposta consiste em entender as injustiças epistêmicas estruturais como produtos também, e em grande medida, das limitações das práticas institucionais e coletivas de conhecimento e deliberação, como aquelas identificadas na primeira etapa do projeto. Duas coisas serão propostas nesse cenário. Em primeiro lugar, será oferecido um entendimento de que as falhas das nossas práticas epistêmicas coletivas não só alimentam, de modo sistemático, as injustiças apresentadas por Fricker, e desenvolvida por ela e por outros autores e autoras, mas também são alimentadas e perpetuadas por práticas individuais de exclusão epistêmica, motivadas por preconceitos de identidade contra membros de grupos socialmente e politicamente marginalizados – contribuindo para uma terceira marginalização correlata, a marginalização epistêmica. Em segundo lugar, e por fim, o projeto terá como tarefa propor caminhos de solução dessas falhas, exclusões e violações. Esses caminhos passariam, hierarquicamente, pelo reconhecimento da garantia do exercício pleno da agência epistêmica como um direito humano fundamental, depois por reformas e revoluções conceituais institucionais e, ao cabo, por uma normatização dos modos em que, individualmente, os sujeitos epistêmicos atribuem credibilidade ou autoridade racional em uma economia epistêmica. A proposta final deverá ter o formato de uma proposta de Democracia Epistêmica através da formulação de uma economia epistêmica justa, de um cenário que, ao reconhecer a importância epistêmica da democracia, seja dotado de mecanismos para reduzir os vãos epistêmicos entre sujeitos, reduzindo também os vãos políticos e sociais.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Breno Sanvicente Vieira

Ciências Humanas

Psicologia
  • envelhecimento acelerado do cérebro em mulheres usuárias de crack: adaptação e teste de modelo multimodal para dados de neuroimagem
  • Transtornos mentais, em especial os relacionados ao uso de substâncias, são relacionados a mortalidade precoce, sendo na maior parte, de causas naturais. No Brasil, um dos principais problemas relacionados a drogas relaciona-se a cocaína, em particularmente quando consumida como pedra (crack). Possíveis explicações de uma aceleração desenvolvimental em múltiplos níveis do organismo surgiram, aplicando-se a transtornos mentais, maus-tratos na infância e alguns quadros clínicos, como o HIV. No caso da cocaína-crack, há evidências de que adultos usuários da droga apresentam padrões imunológicos, de funcionamento neuropsicológico e inclusive da estrutura cerebral comparáveis a idosos saudáveis. Em especial, em função da cronicidade funcional presente no uso da cocaína-crack, hipóteses de um envelhecimento acelerado do cérebro ganharam destaque. Graças aos avanços tecnológicos e científicos provenientes da viabilização do uso das imagens de ressonância magnética (MRI), bem como da MRI funcional (fMRI), investigações sobre um envelhecimento acelerado do cérebro também avançaram. Contudo, conclusões preditivas e robustas exigiriam delineamentos caros e de difícil exequibilidade, como coortes. O avanço do campo computacional agregou-se aos recursos de MRI e fMRI, permitindo análises baseadas no aprendizado de máquinas, ou mais popular: machine learning. O recurso consiste em repetir na máquina a apresentação de dados de neuroimagem (MRI e fMRI), juntamente com um respectivo desfecho, inúmeras vezes, criando algoritmos de predição que auxiliam o sistema a predizer o desfecho baseado nos dados. Este modelo que usa diferentes fontes de informação é chamado de multimodal. Modelos multimodais para a predição da idade do cérebro foram desenvolvidos recentemente, viabilizando estudos para identificar, por exemplo a idade estimada do cérebro de portadores de um transtorno mental. Assim, o objetivo deste trabalho é identificar se mulheres usuárias de crack possuem um envelhecimento acelerado do cérebro. Para tanto, a proposta requer dois estudos: adaptação do modelo à população brasileira e aos nossos recursos de MRI e fMRI (Estudo 1); e o teste da hipótese de envelhecimento precoce no cérebro das mulheres usuárias de crack (Estudo 2). Para realização do Estudo 1, serão utilizados dados de 100 participantes adultos saudáveis, já coletados em pesquisas anteriores dos membros da equipe. Para o Estudo 1, bastam dados de MRI e de fMRI adquiridos em estado de repouso (resting-state). Já para o Estudo 2, serão utilizados dados já coletados de 40 mulheres usuárias de crack e 25 mulheres saudáveis pareadas por idade, além de mais 15 mulheres saudáveis a serem coletadas. No Estudo 2, são incluídas avaliações diagnósticas, sintomáticas, do histórico de uso de drogas e de traumas na infância, além de avaliação cognitiva. Os dados dos participantes do Estudo 1 serão convertidos em cinco fontes de informação de neuroimagem (duas matrizes de conectividade, volume subcortical, área da superfície e espessura corticais) e posteriormente passarão por cinco etapas descritas originalmente por Liem et al. (2017). As etapas envolvem (I) a separação de 20% dos dados para etapa posterior de teste; (II) fase de predição da idade através de fonte única: dados de cada um dos cinco tipos de informação dos 80 participantes selecionados são usados para estimativa da idade. Posteriormente, (III) usa-se os valores preditos da etapa II em um modelo de regressão para criar um modelo de múltiplas fontes. Finalmente, (IV) testa-se o modelo desenvolvido nos dados dos 20 participantes anteriormente separados e, na última etapa (V), calcula-se o erro absoluto da idade estimada e da idade cronológica. Espera-se que o modelo tenha um índice de 90% de acurácia. Para o Estudo 2, os dados de neuroimagem dos dois grupos de 40 participantes serão submetidos ao modelo desenvolvido no Estudo 1. Com posse dos valores da idade estimada do cérebro, serão feitas comparações entre os grupos, para observar possíveis efeitos do crack sobre o desenvolvimento do cérebro e então testar a principal hipótese da proposta. Espera-se também comparar os grupos em aspectos comportamentais e clínicos, observando se as possíveis diferenças são translacionadas para o funcionamento. Essa proposta permitirá solidificar parcerias entre pesquisadores com uma trajetória de trabalho em colaboração intra- e interinstitucionalmente. O implemento do modelo multimodal de predição da idade do cérebro possui potencial de uso entre pesquisadores brasileiros, de forma que o projeto também tem um caráter de desenvolvimento técnico. Já cientificamente, os possíveis resultados avançariam consideravelmente no campo do estudo de mulheres usuárias de crack, levando adiante pesquisas anteriores dos pesquisadores, bem como abrindo portas para a investigação de mecanismos relacionados.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Breno Valentim Nogueira

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de sensor óptico aplicado à bioengenharia de tecidos
  • A subjetividade da avaliação final dos processos individuais de decelularização de órgãos é uma das principais fragilidades da técnica, que pode restringir a reprodutibilidade do repovoamento celular e as respostas dos transplantes. Assim, pretendemos analisar os perfis ópticos produzidos pelos órgãos durante o processo de descelularização perfusional como método adicional para validação de cada órgão submetido ao processo descelularização. Um aparelho composto de uma fonte de LED estruturada e um fotodetector acoplado a uma base ajustável foi desenvolvido (depósito de patente: INPI BR 10 20170091872) para capturar a luz transmitida durante 12 horas de remoção de células de corações, rins e outros órgãos e tecidos murinos. Os registros gráficos serão utilizados para determinar um modelo matemático não linear para as curvas das descelularizações que serão correlacionadas com o DNA remanescente acima e abaixo dos limites padronizados pela literatura. Dessa forma, a avaliação óptica temporal do processo permitirá prever a ineficiência da remoção das células dos órgãos em descelularização já em estágios iniciais, apesar da transparência aparente do órgão. Além disso, nosso sistema cria novas possibilidades para adicionar detectores fotográficos distintos, a fim de coletar informações dos diferentes tipos de componentes da matriz extracelular. Tais dados compilados, quando submetidos a técnicas de inteligência artificial são potencialmente capazes de iniciar um avanço exponencial na pesquisa da bioengenharia de tecidos.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Britaldo Silveira Soares Filho

Ciências Biológicas

Ecologia
  • simulação dos impactos das mudanças climáticas e no uso da terra nos regimes de fogo e biodiversidade e implicações para a conservação ambiental no cerrado
  • Os impactos diretos e indiretos das mudanças climáticas podem afetar drasticamente a biodiversidade. Estimar esses impactos antecipadamente e compreender quais são os fatores que direcionam esses impactos são fundamentais para criação de políticas públicas de mitigação e adaptação às mudanças climáticas. No entanto, a modelagem da dinâmica ambiental advinda das mudanças climáticas demanda o desenvolvimento de modelagem de sistema em larga escala que integram uma complexidade de modelos e uma grande quantidade de dados (big data), requerendo, portanto, uma capacidade avançada de processamento, no tocante tanto ao software e hardware. O CSR-UFMG dispõe de grandes bancos de dados de biodiversidade e serviços ecossistêmicos para o Brasil, possuindo uma ampla experiência na modelagem ambiental aplicada a políticas públicas. Para tanto, foram desenvolvidos modelos e ferramentas para análise de biodiversidade e modelos de simulação de mudanças no uso da terra para o Brasil como um todo e espalhamento de fogo em alta resolução espacial específicos para os ecossistemas da floresta Amazônica e vegetações do Cerrado. Esses modelos têm sido utilizados para estimar os impactos das mudanças climáticas e do uso da terra nos regimes de fogo e consequente alteração nos padrões de biodiversidade. Para isso, CSR conta com uma infraestrutura computacional de alta performance e desenvolve a plataforma de modelagem ambiental Dinamica EGO freeware, utilizada não somente para rodar os nossos modelos com crescente nível de complexidade, mas também para disseminar a nossa ciência. Hoje Dinamica EGO é utilizado por usuários ao redor do mundo tendo já contribuído para mais de 200 publicações em periódicos revisto por pares. A possibilidade de otimizar a arquitetura de paralelismo do software para rodar na nuvem trará benefícios, portanto, para o avanço da modelagem ambiental que requer processamento de alto desempenho, sobretudo para os usuários que não dispõem de infraestrutura ou mesmo para os que a têm mas precisam para isso arcar com altos custos de manutenção. Os resultados desse estudo terão também impactos diretos na formulação e avaliação de políticas públicas de mitigação e adaptação das mudanças climáticas visando a conservação da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos por todo o país.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 20/08/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Bruna Camargos Avelino

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • narcisismo e adiamento de gratificações
  • A temática do narcisismo tem sido estudada nos âmbitos nacional e internacional, ganhando destaque nos últimos anos. As características inerentes a tal traço de personalidade podem resultar em consequências negativas para os indivíduos excessivamente narcisistas, seja no campo profissional ou no âmbito acadêmico. Quando se trata, especificamente, de estudantes universitários, traços narcisistas excessivos podem estar associados a certas dificuldades, que prejudicam o processo de ensino-aprendizagem. Uma das possíveis dificuldades seria problemas com o adiamento de gratificações, uma estratégia de aprendizagem importante para alcançar o sucesso acadêmico. O objetivo deste projeto consiste, portanto, em analisar se traços não patológicos de personalidade narcisista em estudantes de graduação do curso de Ciências Contábeis estão relacionados à propensão dos discentes em adiar gratificações. Para tal, serão aplicados questionários impressos a estudantes do curso de Ciências Contábeis matriculados na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), utilizando critérios de acessibilidade. A possível relação entre as variáveis pesquisadas – traços não patológicos de personalidade narcisista em estudantes e a propensão em adiar gratificações – será verificada por meio de análises de correlação.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruna de Paula Fonseca e Fonseca

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • redes de cuidado: dinâmica do deslocamento de pacientes para o tratamento do câncer como evidência para o planejamento e gestão no sus
  • O aumento progressivo da incidência e mortalidade por câncer, associados a transição demográfica, exposições ambientais, urbanização e desenvolvimento socioeconômico, tornaram a doença um grande desafio para o Sistema Único de Saúde (SUS). A demanda por serviços de maior complexidade e atendimento multidisciplinar, com garantia do acesso pleno e equilibrado da população ao diagnóstico e tratamento oportunos, refletiu-se em um crescimento de 53,8% nas despesas governamentais com oncologia de 2010 a 2016, que atingiram um patamar de R$ 3,8 bilhões em 2016. Os procedimentos de quimioterapia e radioterapia realizados no SUS cresceram 38% e 27%, respectivamente, de 2010 a 2015, e as cirurgias oncológicas cresceram 20%. Com estimados 600 mil casos novos de câncer no Brasil no ano de 2018 e diante do crescente impacto sobre os serviços especializados, é incontestável a necessidade de se mapear a acessibilidade dos pacientes a esses serviços para gerar evidências que auxiliem o planejamento e a gestão do sistema de saúde. A primeira política nacional referente à atenção oncológica, publicada em 2005, já destacava a “necessidade de se estruturar uma rede de serviços regionalizada e hierarquizada que garanta atenção integral à população”. Em 2013, uma nova política nacional estabeleceu como diretrizes para o tratamento de pacientes com câncer, o oferecimento de tratamento oportuno de forma mais próxima possível ao seu domicílio. A conformação das redes de atenção à saúde, incluindo uma rede voltada para o atendimento a pessoas com doenças crônicas, também faz parte de um conjunto de propostas para superar a fragmentação da atenção, apesar de ser considerada ainda um projeto em curso. Avanços foram identificados nesse processo, mas há evidências de que os percursos dos usuários não respeitam as pactuações e normatizações estabelecidas no planejamento das ações e serviços de saúde. Uma vez que a oferta de serviços também está influenciada por assimetrias nas relações de poder, pela concentração de recursos e tecnologias em regiões de saúde e pela presença público-privada, é importante avaliar em que medida essa acessibilidade aos serviços especializados evoluiu ao longo do tempo. A acessibilidade, no contexto da saúde pública, é um dos componentes do acesso, e expressa o grau de ajuste entre as necessidades dos usuários e a oferta de serviços. Ao relacionar a localização da oferta e a localização dos usuários, considerados o tempo, a distância e os custos envolvidos no deslocamento, pode-se avaliar em que medida o uso de um serviço de saúde é afetado pela distância a que está localizado, mesmo que ele seja gratuito. Nesse cenário, a metodologia de análise de redes sociais (ARS) tem sido utilizada para mapear o itinerário terapêutico de pacientes e avaliar sua acessibilidade aos serviços de saúde, sejam eles voltados para atenção hospitalar ou para linhas de cuidado específicas. A ARS também tem sido utilizada como ferramenta para gestão em saúde, seja para mapear temas de interesse em saúde pública, estudar padrões de colaboração ou avaliar programas de pesquisa. Entretanto, estudos científicos que abordam a acessibilidade de pacientes ao tratamento são escassos. O único estudo que examinou a acessibilidade ao tratamento de câncer utilizando a ARS utilizou dados de 2005 e revelou que a mediana de deslocamento até o local de atendimento foi de 94-108 km e que há vazios sanitários, sobretudo no norte do país. Este projeto tem como objetivo analisar a dinâmica do deslocamento de pacientes com câncer para realização de tratamento no SUS, aplicando a ARS como uma nova ferramenta estratégica para a gestão de serviços de saúde. Duas lacunas de conhecimento serão abordadas: i) a evolução da acessibilidade ao tratamento de pacientes com câncer atendidos pelo SUS nos últimos dez anos; e ii) a adequação da ARS como ferramenta para gestão de serviços de saúde. Serão utilizados dados do Departamento de Informática do SUS (DATASUS) para a construção de três tipos de redes de deslocamento de pacientes de acordo com diferentes demandas de serviços de saúde: realização de cirurgias e procedimentos de quimioterapia e de radioterapia, em todo país. A acessibilidade aos procedimentos será analisada levando em conta as distâncias percorridas na busca pela assistência e os volumes envolvidos nestes deslocamentos, segundo o município de residência e de tratamento dos pacientes, em uma série histórica dos últimos dez anos. Ao incorporar ferramentas de inteligência estratégica para subsidiar processos de gestão em saúde, o projeto abre uma perspectiva analítica para a geração de conhecimento sobre acessibilidade ao SUS em resposta às necessidades de saúde da população. A análise histórica dessas redes permitirá conhecer a dinâmica do processo de oferta-demanda dos serviços e identificar lacunas em sua distribuição geográfica, além ter o potencial de fornecer subsídios para compreender os fatores que interferem na implementação de redes integradas de atenção à saúde no contexto da regionalização do SUS.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruna Leal Lima Maciel

Ciências da Saúde

Nutrição
  • sobrepeso e obesidade em diferentes ciclos de vida: associações com o consumo alimentar, micronutrientes, barreira funcional gastrintestinal e fatores determinantes para doenças cardiovasculares em natal, rn, brasil
  • O sobrepeso e obesidade tem se elevado consideravelmente no Brasil. Poucos estudos buscaram observar as interações entre o excesso de peso e a presença de deficiência de micronutrientes, condicionada pelo padrão de consumo de alimentos processados e ultraprocessados, a barreira funcional gastrointestinal e fatores determinantes para doenças cardiovasculares. Este estudo tem como objetivo determinar as associações entre o excesso de peso com o consumo alimentar, micronutrientes, barreira funcional gastrointestinal e os fatores determinantes para doenças cardiovasculares em diferentes ciclos de vida da população de Natal, RN. Será realizado estudo transversal, de base populacional em crianças em idade pré-escolar (n=220), adultos (n=220) e idosos (n=220) de Natal, RN. Serão realizadas medidas antropométricas e de consumo alimentar e dietético, visando também determinar o padrão de consumo de alimentos processados e ultraprocessados. Dosagens de vitaminas A e E séricas, teste de lactulose:manitol e dosagem de marcadores bioquímicos e inflamatório (proteína C-reativa) serão realizadas. Os resultados devem ampliar os conhecimentos sobre as associações entre o excesso de peso, o consumo alimentar, especialmente de alimentos processados/ultraprocessados, estado de micronutrientes (vitaminas A e E), da barreira funcional gastrointestinal e os fatores determinantes para doenças cardiovasculares. Esse conhecimento será gerado na perspectiva de contribuir efetivamente para o planejamento de estratégias nas linhas de cuidado do sobrepeso e obesidade, em especial na Atenção Básica, contribuindo para a articulação da pesquisa-serviço de saúde estadual e municipal. Além disso, o projeto visa desenvolver e fortalecer parcerias interinstitucionais nacionais e internacionais, promovendo a formação de recursos humanos qualificados no âmbito da pós-graduação no Nordeste.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Bruna Paola Murino Rafacho

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • estratégia de formação dos profissionais da atenção primária à saúde no cuidado das condições crônicas em campo grande/ms
  • A Atenção Primária à Saúde (APS) constitui a porta de entrada no sistema de saúde pela população. Por estar mais próxima a comunidade, sendo local ideal para promoção da saúde, prevenção de doenças e enfrentamento de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), como obesidade, hipertensão e diabetes. Neste sentido, capacitar gestores e profissionais que atuam na APS tem grande relevância, de modo a fortalecer as políticas públicas de Saúde existentes e organizar o cuidado de maneira mais eficiente. Neste contexto, o presente trabalho tem como proposta dar continuidade ao projeto “Rede de Enfrentamento e Controle da Obesidade na Atenção Primária (ECO-AB)”, estendendo sua atuação para demais condições crônicas além da obesidade por meio do diagnóstico da organização do cuidado às pessoas com DCNT e aplicação de estratégia de educação na APS de Campo Grande/MS. Por meio de ações de pesquisa, ensino e extensão espera-se apoiar a formação qualificação, acompanhamento e socialização das ações desenvolvidas pelas equipes de saúde, visando a atenção à saúde no controle das DCNT.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 05/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Brunno Santos de Freitas Silva

Ciências da Saúde

Odontologia
  • caracterização das células-tronco da papila apical em lesões periapicais agudas.
  • Recentemente, um estudo conduzido pelo nosso grupo demonstrou que lesões periapicais agudas apresentam uma quantidade maior de células com característica de células-tronco pluripotentes, o que poderia indicar uma plasticidade maior das células presentes nessas lesões, e possivelmente ter efeito no epitélio odontogênico remanescente, dando respaldo a “teoria do abscesso” para a formação de cistos periapicais. As células-tronco mesenquimais da papila apical vêm demonstrando um grande potencial de proliferação e diferenciação, além de alta mobilidade. Após o processo de formação da raiz, é plausível postular que as células-tronco mesenquimais da papila apical possam permanecer na região periapical, e mesmo sob estímulo inflamatório, possam manter a sua viabilidade e capacidade proliferativa. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é caracterizar as células-tronco da papila apical presentes em lesões periapicais agudas em dentes com rizogênese completa. Trata-se de um estudo transversal analítico que terá amostras parafinadas de lesões periapicais (n=60). Estas lesões serão divididas em 3 subgrupos: abscessos periapicais (n=40), granulomas periapicais (n=40) e cistos periapicais (n=40). Adicionalmente, serão selecionados 20 blocos de papila apical colhidos de terceiros molares com rizogênese incompleta, que terão o papel de controle positivo. Após a confirmação do diagnóstico dos casos selecionados, por meio da obtenção e análise de cortes histológicos corados pelo método de hematoxilina e eosina, será avaliada a relação da inflamação com a presença de células com características de células-tronco. Com a finalidade de se investigar a presença de células-tronco com características da papila apical será avaliada a expressão imuno-histoquímica, pela técnica da estreptavidina-biotina, dos marcadores CD105, CD146, CD73 e CD45 (negativo). As imagens histológicas serão digitalizadas com o auxílio de um fotomicroscópio com câmera acoplada, analisadas utilizando-se o programa computacional de acesso livre ImageJ. A avaliação da expressão imuno-histoquímica será efetuada utilizando-se um sistema modificado de graduação da marcação baseado no método descrito por Pitynski et al. (2015), levando em consideração 4 categorias que estimam a intensidade da marcação e 6 categorias que estimam a proporção de células positivas. Os testes Kolgomorov-Smirnov e Shapiro-Wilk serão utilizados para avaliação da distribuição dos dados. O teste de análise de variância ANOVA será utilizado para comparação nas expressões imuno-histoquímicas das proteínas CD105, CD146, CD73 e CD45 nos abscessos periapicais, granulomas periapicais e cistos periapicais, para distribuição normal. O teste Kruskal-Wallis será usado para análise comparativa caso a distribuição seja não normal. Possíveis correlações entre o tipo de lesão, grau de inflamação, o tipo celular predominante na resposta inflamatória e a expressão dos marcadores de células tronco serão verificadas pelo teste de correlação de Spearman. Serão considerados estatisticamente significantes resultados com valor de P<0.05. Espera-se com este estudo contribuir para compreensão do processo de desenvolvimento dos cistos periapicais e a sua relação com a inflamação aguda periapical, subsidiando a “teoria do abscesso”.
  • Centro Universitário de Anápolis - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Alessandro Silva Guedes de Lima

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • estudo atrito e resistência a corrosão de revestimentos quasicristalinos a base de alumínio aspergidas pela técnica de aspersão técnica em mancais de deslizamentos de bronze e aço.
  • A importância econômica da tribologia e do estudo de resistência a corrosão sempre foi e fica cada vez mais importante no dia a dia da indústria. Por exemplo, para extrusoras, pás de turbinas ou frigideiras, o baixo atrito e a resistência à corrosão são de extrema importância. Podemos também citar também, o aumento da dureza de materiais com superfícies muito dúcteis e com pouca resistência ao desgaste, diminuir o atrito em superfícies que precisem entrar em contato com outras superfícies como rolamentos, para proteger superfícies de problemas de oxidação e reduzir problemas de superaquecimentos destas superfícies [1-4]. Temos alguns outros exemplos como o revestimento quasicristalino Al71Co13Cr8Fe8 que pode ser depositados pelo método gás-thermal em pistões e anéis de vedação [5]. Um revestimento quasicristalino depositado sobre um êmbolo de um motor de combustão interna serve de barreira para a temperatura reduzindo o aquecimento dos pistões. Acredita-se que à aplicação destes revestimentos quasicristalinos tornará possível diminuir a temperatura do pistão do motor e consequentemente o consumo de combustível [6]. Nesse sentido, os quasicristais despertam muito interesses em virtudes das suas propriedades físicas que podem torná-los úteis como material de revestimento. Para citar algumas dessas propriedades temos a elevada dureza e módulos de elasticidade, baixo coeficiente de atrito, resistência ao desgaste e corrosão [7-12]. O fato de serem extremamente frágeis, facilita o uso dos quasicristais em forma de pó e consequentemente como revestimentos. Os quasicristais a base de Alumínio, atualmente são um dos mais estudados, têm uma elevada resistência a corrosão em meio aquoso e uma condutividade térmica baixa. [13]. Vários estudos de revestimentos qusicristalinos, mais especificamente as ligas de AlCuFe, demonstraram que elas têm um baixo coeficiente de atrito chegando a μ = 0,05, sob certas condições de contatos de deslizamento entre duas camadas sólidas [14-16] tornando os quasicristais um candidato ideal para aplicações que requerem conatos deslizantes. Os Quasicristais (QC) são uma forma única de matéria que exibem ordem de longo alcance sem periodicidade e simetria rotacionais não cristalográficas (ou seja, simetrias de ordem cinco, oito, dez e doze) [17-18]. Os materiais quasicristalinos apresentam excelentes propriedades mecânicas e superficiais, tais como: elevada dureza, baixa energia superficial, baixo coeficiente de atrito, boa resistência à oxidação e corrosão, ainda baixas condutividades elétrica e térmica. Apesar de terem notáveis propriedades superficiais, já citadas, como já foi dito, a aplicação destes materiais é limitada pela sua elevada fragilidade e baixa capacidade de deformação à temperatura ambiente. Estas desvantagens podem ser superadas por meio do uso dos quasicristais na forma de materiais compósitos ou multifásicos e como revestimentos superficiais [20-21]. Neste contexto, este trabalho está direcionado aos estudos das propriedades de atrito, corrosão, aderência e desgaste em revestimentos quasicristalinos com diferentes espessuras, aspergidos em placas de Bronze e aço de baixo carbono e em mancais de deslizamento, a fim de se estudas as melhorias trazidas pelos revestimentos quasicristalinos na superfícies aspergidas. Os revestimentos serão aplicados por aspersão técnica de HVOF. Serão quasicristalinos serão AlCuFeB e AlCuFeCr, de forma a se estudar a influência da espessura da camada quasicristalina nas propriedades dos revestimentos e também a diferença entre as duas ligas citadas. Esta pesquisa é de grande interesse para diversos setores industriais, tais como indústrias aeroespacial e automotiva, a exploração de petróleo e especificamente, serão estudadas as melhorias em termos de atrito, desgaste e resistência a corrosão dos revestimentos quasicristalinos aspergidos na superfície de mancais de deslizamento.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Alexandre Pacheco de Castro Henriques

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento de enxerto de biovidro para defeitos ósseos
  • O tratamento de grandes defeitos ósseos, principalmente aqueles com lesão elevada de tecidos moles, ainda é desafiador. Atualmente, a técnica desenvolvida por Masquelet tem apresentado bons resultados. Esta técnica consiste em implantar um espaçador de cimento polimetilmetacrilato (PMMA) dentro de área de defeito para desencadear a formação de uma membrana reativa com propriedades de cura óssea. Após 6-8 semanas, os espaçadores são removidos, seguidos pelo enchimento do enxerto ósseo. O enxerto estimula a diferenciação das células presentes na membrana em osteoblastos e permite o crescimento ósseo. O uso de enxertos autólogos e alloenxertos possuem limitações que têm incentivado o desenvolvimento de enxertos ósseos sintéticos. As opções comerciais consistem principalmente em enxertos de trifosfato de cálcio e hidroxiapatita, e uma alternativa crescente é a utilização de vidros bioativos, ou biovidro. Os biovidros têm proporcionado uma melhora na proliferação celular e na síntese de matriz óssea. O biovidro mais utilizado é o 45S5. Nos entanto, novas composições podem modificar as propriedades do enxerto e aumentar a produção de matriz óssea.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 10/11/2018-31/10/2023
Foto de perfil

Bruno Alexandre Pacheco de Castro Henriques

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • desenvolvimento de superfícies multifuncionais para implantes dentários de zircônia
  • O MultiBioCer visa o desenvolvimento de novas superfícies multifuncionais de zirconia com vista ao melhoramento das propriedades mecânicas e biológicas em implantes dentários a partir da versatilidade da tecnologia laser e de modo a produzir avanços significativos na fiabilidade e longevidade de sistemas protéticos cerâmicos por meio de uma abordagem holística. O MultiBioCer pretende solucionar os principais problemas que afetam o comportamento clínico de sistemas de reabilitação dentária à base zirconia e, assim, mudar o paradigma atual para um horizonte equivalente ao tempo de vida dos pacientes. Para atingir tão ambicioso objetivo, motivado pelos riscos e custos associados a cirurgias de revisão e reparações, este projeto explorará os seguintes aspetos: melhoria da resistência mecânica do sistema protético e melhoria da capacidades de osseointegração do implante cerâmico. A melhoria da resistência mecânica será feito por meio de tensões residuais compressivas e as uso de gradientes composicionais. Para melhorar a osseointegração, nomeadamente diminuição do risco de adesão bacteriana e melhoramento de aposição óssea, serão exploradas modificações de superfície processadas a laser para incorporação de materiais bioactivos (vidros bioactivos, HAP, β-TCP, etc.) bem como serão exploradas modificações físico-químicas em superfícies de zircônia feitas laser, combinando alterações na rugosidade e composição química. O mercado de implantes e restaurações cerâmicas à base de zircônia é um mercado de alto valor (mercado mundial de implantes vale mais de 2,1 bilhões de euros) onde as inovações podem ter impactos econômicos e sociais significativos, traduzidos em receitas, empregos, bem-estar etc. Estima-se que a quota de implantes de zircônia atinja em breve os 15%, impulsionado pelo desenvolvimento das restaurações em zircônia que corresponde atualmente a 50% do mercado. As empresas brasileiras estão atentos a esta oportunidade. O MultiBioCer conta com a colaboração de um leque de pesquisadores nacionais e internacionais altamente qualificados bem como uma excelente infraestrutura laboratorial que contribuirão para o sucesso deste projeto.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Alonso Miotto

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • avaliação da taxa de migração interna de médicos formados no brasil após a implementação do programa mais médicos
  • Atualmente no Brasil, país com extensa área territorial e marcantes disparidades socioeconômicas regionais, são notáveis as distorções relacionadas à oferta, distribuição, concentração e fixação de médicos, além das desigualdades no financiamento, na destinação de recursos, na gestão e na prestação de serviços em saúde. Visando corrigir essas distorções, especialmente em relação à oferta e fixação de médicos em áreas remotas e pouco assistidas, o Governo Federal recentemente implementou o Programa Mais Médicos no país, estabelecendo novas diretrizes para a formação médica e promovendo a abertura massiva de novos cursos de Medicina, de vagas de residência médica. Faz-se necessária entretanto, uma criteriosa avaliação da efetividade do Programa, o que depende da estimativa e do monitoramento à longo prazo de parâmetros quantitativos, espaciais e temporais da população médica brasileira. Assim, este projeto visa, a partir dos referências da Demografia Médica, estimar a taxa de migração interna de médicos formados nas escolas médicas criadas após a implementação do Programa e avaliar a distribuição destes profissionais em território nacional. Para tanto, será realizado um cruzamento (linkage) transversal de dados secundários disponibilizados junto aos Conselhos Regionais de Medicina, à Comissão Nacional de Residência do Ministério da Educação, à Associação Médica Brasileira e ao Cadastro e-MEC de Instituições e Cursos de Educação Superior.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Augusto Mattar Carciofi

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • modelagem matemática e simulação numérica da secagem de frutas por micro-ondas a vácuo
  • O Brasil tem destaque mundial como produtor e exportador de frutas in natura, porém, ainda é carente na agregação de valor comercial e apresenta grandes perdas destes produtos ao longo da cadeia produtiva e de distribuição. A secagem de frutas em um ambiente a vácuo utilizando um campo de micro-ondas eletromagnéticas como fonte de energia térmica é uma alternativa para agregar valor econômico, conferir aspectos sensoriais desejados e reduzir a degradação de nutrientes, além desta fonte ser mais eficiente e economicamente competitiva. A modelagem matemática baseada em princípios físicos (modelo mecanístico) é uma ferramenta para o projeto de processos e equipamentos e auxilia na compreensão dos fenômenos observados. Apesar da importância, a literatura dispõe de poucos modelos matemáticos para a secagem com micro-ondas a vácuo, apresentando apenas abordagens parcialmente empíricas. Este projeto propõe a elaboração de um modelo matemático mecanístico para descrever a evolução temporal da umidade, da temperatura e da porosidade de pedaços de frutas submetidos ao processo de secagem por micro-ondas a vácuo, possibilitando a melhor compreensão e o estudo das variáveis de processo. Considerando as frutas como um meio poroso formado de três fases (a matriz sólida, o líquido presente em uma fração dos poros, e uma mistura gasosa de ar e vapor na fração complementar dos poros), o modelo será baseado nos princípios de conservação, na propagação e conversão térmica das ondas eletromagnéticas e nos fenômenos de transferência de quantidade de movimento, de calor e de massa. O modelo será resolvido numericamente e a validação será realizada pela comparação aos dados da secagem de frutas sob diversas condições.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Barbieri de Pontes Cafeo

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • comvip-sc: combatendo violações de padrões de uso de apis em sistemas configuráveis
  • APIs (Application Programming Interface) têm sido vastamente adotada no desenvolvimento de software. Com isso, é comum que funções de API sejam utilizadas em diferentes contextos, assim como também frequentemente aplicadas de maneira conjunta de modo que seus usos seguem algumas regras ou padrões de uso. No entanto, não se sabe se violações nos padrões de uso ocorrem em sistemas configuráveis implementados com diretivas de pré-processamento. Ainda pior, não se sabe quais os impactos dessas violações em atributos de qualidade. Dessa forma, o objetivo deste projeto é verificar se e como ocorrem violações de padrões de uso em sistemas configuráveis devido a diretivas de pré-processamento. Além disso, espera-se identificar atributos de qualidade que sejam impactados por violações de padrões de uso de APIs. Por fim, espera-se fornecer uma ferramenta que se integrará a uma IDE de desenvolvimento para auxiliar o desenvolvedor na identificação de violações de padrões de uso de APIs durante a codificação.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Bueno Silva

Ciências da Saúde

Odontologia
  • atividade de diferentes formulações da combinação neovestitol-vestitol em modelo de biofilme subgengival multiespécie
  • A periodontite é uma doença multifatorial que leva à destruição dos tecidos de suporte dos dentes, com perda progressiva de inserção e migração apical do epitélio juncional, sendo que o biofilme periodontopatogênico é considerado como um dos principais agentes etiológicos. Assim, há na literatura uma busca constante de novos agentes capazes de impedir sua formação, sendo que os produtos naturais são a principal fonte para esta busca. Entre os produtos naturais, destacam-se dois compostos, o neovestitol e vestitol, os quais apresentaram atividade antimicrobiana e anti-cárie sendo tão eficazes quanto o flúor no combate a caries em modelo animal. No entanto, não há relatos na literatura sobre atividade destes compostos sobre biofilme sub-gengival multiespécie. Assim, o objetivo do presente projeto é avaliar o efeito de diferentes formulações da fração neovestitol-vestitol (FNV) sobre modelo de biofilme sub-gengival multiespécie. Para se atingir este objetivo, A FNV será preparada em veículo hidroalcoólico e também serão utilizadas outras 4 diferentes formulações sendo micelas e hidrogéis a base de PL407 e sua associação PL407-PL403. Ademais, serão empregados os seguintes métodos: fracionamento bioguiado da própolis vermelha, Modelo Calgary de biofilme subgengival multiespécie, avaliação da atividade metabólica de biofilme por meio de TTC e hibridização de DNA-DNA.
  • Universidade de Guarulhos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Carreira Batista

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • cinética complexa em eletroquímica
  • Comportamento complexo é o sublime resultado de interações entre muitos indivíduos. Manifesta-se na natureza em diversas escalas, na evolução e arranjo de coleções de átomos, sociedades humanas, até planetas e galáxias. Em química, está associado por exemplo, a reações de combustão autocatalíticas e oscilações como a do relógio de iodo. Em eletroquímica e particularmente em eletrocatálise, é corriqueira a observação de evolução explosiva de valores de corrente ou potencial, bem como o desenvolvimento de oscilações. O estudo destes fenômenos tem trazido novos pontos de vista e novas perspectivas para as reações de oxidação de moléculas orgânicas pequenas (compostos HCOs), aumentando o grau de conhecimento a respeito desses processos e indicando oportunidades interessantes de seletividade reacional e aumento de eficiência energética. Este projeto propõe investigar o comportamento complexo durante a interação de superfícies metálicas oxidadas ou modificadas com ad-átomos e compostos do tipo HCO (metanol, etanol, glicerol). A reação entre superfícies oxidadas de platina, ouro e ródio com pequenas moléculas orgânicas será estudada através de experimentos de transiente de circuito aberto acopladas com técnicas in situ. A reação oscilatória de etanol e a de glicerol sobre superfícies de platina modificadas com ad-átomos de Sn, Tl e Sb será estudada através de experimentos galvanostáticos acoplados com análise de infravermelho in situ, na configuração de camada fina e ATR-SEIRAS. A proposta busca explorar sinergia entre a formação prévia do candidato e as competências dos grupos de pesquisa do INQUI-UFMS e sua conclusão trará importantes informações sobre i) reatividade de óxidos e HCOs, com possível formação de produtos especiais ii) aumento da seletividade na quebra de ligações e de produtos formados através do uso de ad-átomos em condições oscilatórias, iii) desenvolvimento de metodologias in situ para análises de reações complexas.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno César Euphrasio de Mello

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • trabalho e exercício profissional no campo da arquitetura e urbanismo
  • Nos últimos anos duas leis reorganizaram o exercício profissional de Arquitetura e Urbanismo e as relações de trabalho: a lei nº 12.378/10, que criou o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), e a lei nº lei nº 13.467, que alterou a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Mas que atividades os arquitetos e urbanistas realmente exercem em seu cotidiano laboral? Elas se aproximam ou distanciam das atribuições definidas pela lei do CAU? E, para os arquitetos e urbanistas, as alterações na legislação trabalhista “modernizaram” as relações de trabalho ou estão legitimando um movimento de precarização das relações de trabalho? Partindo destas perguntas, a pesquisa aqui proposta buscará investigar as diferentes modalidades de exercício profissional (trabalho) no campo da Arquitetura e Urbanismo, visando compreender sob que condições arquitetos e urbanistas exercem as atividades e atribuições definidas pela lei nº 12.378/10. E, para levantar as relações de trabalho (vínculos profissionais, remuneração, duração da jornada, exposição a riscos de doença laboral) exercidas por arquitetos e urbanistas no Rio Grande do Sul e São Paulo, empregará três técnicas de pesquisa: (i) levantamento documental; (ii) aplicação de questionário; (iii) realização de entrevistas. A pesquisa norteia-se pelas seguintes hipóteses: (i) o trabalho de arquitetos e urbanistas diplomados na última década caracteriza uma nova morfologia do trabalho; (ii) os arquitetos e urbanistas realizam, em seu cotidiano laboral, atividades estranhas à sua formação e às atribuições estabelecidas pelo artigo 2º da lei 12.378/10 (que criou o Conselho de Arquitetura e Urbanismo); (iii) o arquiteto e urbanista não é mais o architéctus Albertiano, o intelectual da construção que, por seu saber projetual, deveria comandar os demais atores envolvidos na produção edilícia; pelo contrário, ocupa uma posição subalterna na extensa e complexa cadeia produtiva da indústria da construção civil, o que se reflete no ensino praticado em instituições de ensino superior.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Corrêa da Silva

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • tecnologia de produção de juvenil de tilápia-do-nilo em sistema de bioflocos
  • Em 2017 a tilapicultura brasileira alcançou uma produção de 357 mil ton, tornando-se o 4º produtor mundial de tilápia. Apenas os estados do Paraná e Santa Catarina são responsáveis por 40% desta produção. Devido a maioria do juvenil de tilápia nestas regiões serem comercializados no tamanho de 0,5 a 3,0 g, torna-se importante a fase de recria para obtenção de melhores resultados na fase de terminação. A recria de tilápia possibilita ao produtor maior previsibilidade de cultivo e melhor ajuste na quantidade de ração na fase de terminação, resultando em melhor conversão alimentar. Contudo, a estrutura fundiária dos estados do sul do país, principalmente em Santa Catarina, baseia-se em pequenas propriedades rurais com mão-de-obra familiar, com pouco espaço para expandir sua produção. Esta característica obriga os piscicultores cada vez mais serem eficientes, focando no aumento de produtividade de forma sustentável. O sistema super-intensivo em bioflocos vêm suprir esta demanda, além de ser um sistema ambientalmente amigável, por não haver renovação de água, e ser um sistema biosseguro, devido ao maior controle sanitário. Este projeto tem objetivo de contribuir com o desenvolvimento da tecnologia de produção de juvenis de tilápia-do-nilo, Oreochromis niloticus, através do sistema super-intensivo em bioflocos. Para isto pretende-se, primeiramente, realizar um ensaio experimental avaliando diferentes manejos alimentares durante a recria de tilápias em bioflocos. Vinte unidades experimentais de 100 L serão povoadas com 35 alevinos 1 g (350 peixes.m-³), em cada unidade. Os animais serão alimentados quatro vezes ao dia (9:00, 11:30, 14:00 e 17:00), em quadruplicata, com cinco diferentes programas de alimentação ao longo do cultivo variando suas taxas de arraçoamento diário ao longo do crescimento. Em um dos tratamentos os peixes serão alimentados com a taxa de arraçoamento de 100% (TA100) do recomendado em uma recria em viveiros escavados, segundo tabela de alimentação da Epagri. Os outros tratamentos serão com 85% (TA85), 70% (TA70), 55% (TA55) e 40% (TA40) da taxa de arraçoamento do tratamento TA100. Após 45 dias de cultivo as unidades serão despescadas para avaliação dos parâmetros zootécnicos. Posteriormente, será realizado um segundo ensaio para avaliar cinco diferentes densidades de cultivo na recria de tilápia, utilizando o manejo alimentar selecionado na etapa anterior. Para isso, vinte unidades experimentais de 100 L serão povoadas com alevinos de 1 g, em quadruplicatas, com as seguintes densidades (número de peixes por unidade): 200 alevinos.m-³ (20 tilápias), 350 alevinos.m-³ (35 tilápias), 500 alevinos.m-³ (50 tilápias), 650 alevinos.m-³ (65 tilápias) e 800 alevinos.m-³ (80 tilápias). Após 45 dias de cultivo serão avaliados os parâmetros zootécnicos, e uma amostra de cinco animais de cada unidade será utilizada para avaliação dos parâmetros hemato-imunológicos. Por fim, será realizada uma terceira etapa, em escala pré-comercial. Esta etapa irá avaliar a recria de tilápia em diferentes sistemas de produção: semi-intensivo em viveiros escavados e super-intensivo em sistema de bioflocos. Para isto serão utilizados quatro viveiros escavados com 50 m² povoados com dois mil alevinos de 1g (40 tilápias.m-²), cada, e quatro tanques circulares de geomembrana com 5 m³ povoados com a densidade selecionada na etapa anterior. Durante o cultivo os animais serão alimentados quatro vezes ao dia (9:00, 11:30, 14:00 e 17:00), onde as tilápias povoadas nos viveiros escavados serão alimentados de acordo com manejo alimentar recomendado pela tabela de alimentação da Epagri. Já os animais dos tanques de recria em bioflocos serão alimentados conforme protocolo de manejo selecionado na primeira etapa. Ao final as unidades experimentais serão despescadas para avaliação dos parâmetros zootécnicos e econômicos. Uma amostra de cada unidade experimental será utilizada para realizar um teste de estresse ao transporte em sacos plásticos. Além de cinco animais por unidades experimental, antes e após o teste de estresses, serão utilizados para avaliação hemato-imunológica e parasitológica. Durante os ensaios de todas etapas, serão realizadas biometria semanais para acompanhamento do crescimento dos animais e ajuste da quantidade de ração fornecida de acordo com a biomassa de cada unidade experimental. Diariamente também serão monitorados oxigênio e temperatura dos cultivos, e duas vezes por semana os demais parâmetros de qualidade de água (pH, transparência, nitrogênio amoniacal total, nitrito, nitrato, alcalinidade, dureza, volume dos sólidos e sólidos totais). Os sólidos serão controlados nas unidades experimentais, durante os três ensaios, mantendo a concentração máxima de 600 mg.L-1. Para o controle de amônia, inicialmente, será adicionado melaço em pó como fonte de carbono, para manter a relação C:N em 20:1, tomando como base a quantidade de nitrogênio que será adicionado no sistema via ração. Após a estabilização do sistema, as adições de carbono serão realizadas apenas quando o nitrogênio amoniacal total ultrapassar 1 mg.L-1, empregando-se a relação C:N de 6:1. Já para manter o pH acima de 6,5 e a alcalinidade acima de 50 mg.L-1 será utilizado, quando necessário, a correção destes parâmetros com cal hidratada Ca(OH)2, na dose diária de 10% (p/p) da entrada diária de ração. Com este projeto pretende-se determinar alguns protocolos para a recria de tilápia em sistema de bioflocos que ainda não estão totalmente elucidados, como por exemplo as taxas de arraçoamento e a densidade de cultivo (produtividade final), para esta fase. Além disso, pretende-se estudar a viabilidade econômica deste sistema, frente ao sistema tradicional já utilizado comercialmente no sul do país, semi-intensivo em viveiro escavado. Este será um passo importante para a difusão desta tecnologia aos produtores rurais, principalmente de Santa Catarina, onde a Epagri possui grande atuação na extensão rural.
  • Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Dallagiovanna Muñiz

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • rnas não codificantes e a diferenciação cardíaca de células-tronco humanas: análise funcional do rna não-codificante longo "cardel".
  • RNAs não-codificantes longos (lncRNAs) são tradicionalmente classificados como transcritos maiores que 200 nucleotídeos que não possuem potencial de codificar proteínas. Diversos lncRNAs desempenham papéis cruciais em uma ampla variedade de processos biológicos. Participam da regulação da expressão gênica em diferentes níveis incluindo transcrição, splicing e tradução. lncRNAs foram observados associados à maquinaria ribossomal, tanto em monossomos como em polissomos; mas, suas funções e mecanismos de ação relacionados com a maquinaria de tradução ainda não estão elucidados. Desta maneira, contribuem para a especificação da identidade celular durante a diferenciação celular. No entanto, pouco se compreende acerca de suas funções na manutenção e diferenciação de células-tronco humanas. Os RNAs nào codificantes representam portanto uma nova classe de moléculas reguladoras durante o desenvolvimento embrionário. Recentemente, identificamos a expressão do lncRNA LINC00890 durante a diferenciação cardiomiogênica de CTEs humanas. Batizado como CARDEL (CARdiac DEvelopment Linc), sua expressão apareceu aumentada nos progenitores cardíacos, e reduzida em cardiomiócitos diferenciados. Além disso, mostrou-se associado com polissomos, indicando um possível papel codificante ou regulador da tradução. Por este motivo, este projeto tem como objetivo a análise funcional de CARDEL durante a diferenciação cardiomiogênica através de ensaios de genética reversa e edição de genoma. Linhagens celulares de superexpressão induzida de CARDEL serão construídas utilizando o vetor integrativo AAVS1-GW-TRE-rtTA. Ainda, a técnica de CRISPR/Cas9 será utilizada para a construção de linhagens celulares com silenciamento de CARDEL, através da deleção completa do gene. Tais linhagens serão derivadas de células-tronco pluripotentes e serão utilizadas em modelos de diferenciação cardiomiogênica para avaliar a função do lncRNA. Caracterizaremos os padrões de expressão gênica nas linhagens mutantes por sequenciamento em larga escala (RNA-seq) tanto no transcriptoma total como de aqueles mRNAs associados a polissomos. Assim, poderemos determinar as redes gênicas e processos celulares relacionados com a expressão de CARDEL. Os resultados dessas abordagens poderão contribuir para um melhor entendimento do papel do CARDEL durante o desenvolvimento embrionário, e somar às novas descobertas a respeito das funções dos lncRNAs.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2021
Foto de perfil

Bruno de Almeida Carlos de Carvalho Pontes

Ciências Biológicas

Biofísica
  • estudo das propriedades mecânicas de células e suas implicações em fenômenos celulares.
  • O Laboratório de Pinças Óticas da UFRJ (LPO) vem desempenhando papel pioneiro no desenvolvimento da área interdisciplinar de pesquisa biologia-física no Brasil. Este projeto visa a continuar esse papel, e consolidar a Mecanobiologia no país. Pretendemos estudar como estruturas celulares são capazes de reagir à ação de forças. Nossos modelos de estudo serão: células de mamíferos e o fungo Cryptococcus spp. Pretendemos estudar o complexo membrana-citoesqueleto cortical, uma das regiões mais ativas da célula e que orquestra vários eventos, tais como migração, fagocitose, endocitose e exocitose. Essas ações envolvem respostas de natureza bioquímica e mecânica; porém, os mecanismos envolvidos na última ainda são pouco conhecidos. Nesse sentido, pretendemos estudar a resposta celular à ação de forças com o intuito de melhor entender os mecanismos moleculares e estruturais que permitem às células controlar a dinâmica de suas propriedades mecânicas bem como as implicações desse controle em importantes fenômenos celulares. Também pretendemos estudar infeções fúngicas, que passaram a ser ameaça nas últimas décadas principalmente em indivíduos com comprometimento imunológico. A criptococose, doença causada pelo Cryptococcus spp, aparece como a síndrome mais letal. O principal fator de virulência desse fungo é sua cápsula polissacarídica, capaz de lhe conferir proteção e ajudar na interação com células hospedeiras. Pouco se sabe sobre as propriedades mecânicas dessa cápsula e as consequências na patogênese da doença. Pretendemos caracterizar comparativamente as cápsulas de espécies patogênicas e não patogênicas além de estudar o efeito de diferentes drogas nas propriedades mecânicas capsulares. Este projeto poderá trazer abordagens para a compreensão da estrutura e função da superfície de células e da superfície de Cryptococcus spp., além de abrir possibilidades para novos métodos de diagnóstico que usem caracterizações mecanobiológicas.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno de Siqueira Mietto

Ciências Biológicas

Morfologia
  • novos alvos terapêuticos para o diagnóstico e tratamento da neuropatia da hanseníase – foco na desmielinização e morte neuronal
  • A Hanseníase é uma doença infecciosa crônica do sistema nervoso periférico causada pela infecção das células de Schwann pelo Mycobacterium Leprae (M leprae). Há fortes evidências sugerindo que a morte dos neurônios e a desmielinização estão relacionados à distúrbios nas respostas das células de Schwann. De modo geral, as células de Schwann estão intimamente envolvidas na manutenção da integridade dos neurônios e da mielina através da transferência de cargos e metabolitos. Embora a morte neuronal e a desmielinização sejam características comuns por trás das patologias das neuropatias periféricas, os respectivos mecanismos relacionados a esses processos ainda precisam ser explorados. Portanto, o presente projeto concentra-se na caracterização das alterações genéticas e fenotípicas das células de Schwann relacionados com metabolismo energético e reparo tecidual que ocorrem durante a infecção pelo M leprae. Nós ainda vamos utilizar biópsias de nervo de pacientes diagnosticados com Hanseníase, juntamente com a plataforma de mielinização in vitro e o modelo animal, para investigar, em larga escala, as modificações nas funções das células de Schwann e suas assinaturas genéticas. Por último, vamos testar uma alternativa não-invasiva de detecção do dano neural dos pacientes com Hanseníase com base nas alterações metabólicas observadas no tecido infectado. A compreensão completa da interação patógeno-hospedeiro com a unidade axônio-mielina é crucial para o desenvolvimento de potenciais terapias para pacientes com Hanseníase. Nossas potenciais descobertas sobre a importância das células de Schwann na mediação da perda dos neurônios e mielina na Hanseníase, pode servir como base de conhecimento para as áreas de investigação interessadas em decifrar os mecanismos biológicos de outras neuropatias periféricas.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Del Bianco Borges

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • alterações encefálicas e ósseas promovidas pela suplementação com extratos de linhaça e/ou amoreira em ratas ovariectomizadas
  • Os estrógenos são hormônios esteroides produzidos principalmente pelos ovários. Estes hormônios regulam o crescimento e desenvolvimento de órgãos reprodutivos, como desenvolvimento das mamas, depósitos de tecido adiposo proporcionais no corpo feminino e alterações no trato genital feminino, como modificação no epitélio vaginal e parede uterina, dentre outros. O estrógeno também age em sistemas não diretamente relacionados ao reprodutivo, como por exemplo, modulando a formação óssea, modulação sistema nervoso central, alterações do sistema cardiovascular, e alterações do comportamento alimentar. A partir da quinta ou sexta década de vida, os ovários começam a entrar em falência e ocorrendo diminuição na concentração plasmática de estrógeno, o que caracteriza a menopausa. Assim, a menopausa é o período que marca o fim permanente da atividade menstrual com queda da secreção estrogênica, o que promove diversas alterações no organismo feminino como: ondas de calor, alteração do perfil lipídico com acúmulo de gorduras, ganho de peso, osteoporose, complicações cardiovasculares, alterações na memória, distúrbios do sono, depressão, dentre outros. O uso de hormônios sintéticos tornou-se a primeira opção de escolha para minimizar estes desconfortos. Entretanto, há muitas restrições do emprego dos mesmos. Isso faz com que a medicina complementar e alternativa procure por fontes naturais ricas em fitoestrógenos, moléculas presentes nos alimentos que induzem respostas biológicas e mimetizam ou modulam a ação do estrógeno endógeno se ligando aos receptores de estrógeno. Os alimentos funcionais se caracterizam por possuírem propriedades nutricionais e possuírem também uma ou várias funções orgânicas. Estudos recentes demonstram relação entre o uso de alimentos funcionais e a redução dos sintomas em mulheres pós-menopausa, tais como sintomas vasomotores, diminuição do ganho de peso, prevenção da osteoporose, melhoras cognitivas e prevenção de eventos cardiovasculares. Dentre estes alimentos, a linhaça e o chá de folha de amora tem demonstrado eficácia no tratamento de alguns transtornos da menopausa. Assim, o presente trabalho tem como objetivo testar a hipótese da utilização de fitoterápicos na redução dos sinais e sintomas relacionados à falência ou redução da função ovariana.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Deltreggia Benites

Ciências da Saúde

Medicina
  • plasma convalescente (pconv) como terapia de prevenção de complicações associadas a infecção por sars-cov-2
  • O plasma de indivíduos que se recuperam satisfatoriamente de COVID-19 pode ser uma fonte interessante de anticorpos específicos contra o vírus que causa a doença. Portanto, pode representar uma opção terapêutica em pacientes com evolução desfavorável ou com potencial para maior risco de complicações, como indivíduos na faixa etária acima dos 60 anos e portadores de doenças cardiovasculares ou pulmonares. Esse tipo de terapêutica já foi utilizada em surtos prévios de outras infecções respiratórias, como influenza H1N1, SARS e MERS, com resultados promissores que envolviam, por exemplo, menores taxas de mortalidade e menor tempo de permanência hospitalar. Diante da pandemia atual de COVID-19, em que ainda não há nenhuma terapêutica comprovadamente eficaz disponível, ensaios clínicos avaliando o uso de plasma convalescente são urgentes e podem trazer uma nova opção terapêutica com potencial para diminuição de complicações, como necessidade de ventilação mecânica e menores taxas de mortalidade. Nesse sentido, tem o potencial também de aliviar a iminente pressão sobre os serviços de saúde, que poderão enfrentar limitações na disponibilidade de leitos, equipamentos e profissionais no enfrentamento dessa crise. Entretanto, a eficácia e segurança do uso terapêutico de PCONV em pacientes diagnosticados com COVID-19 não poderá ser atestada a menos que sejam conduzidos ensaios clínicos controlados com adequada metodologia de execução e análise, que é o que pretende contribuir este trabalho no âmbito do desenvolvimento de novas terapias. Os benefícios na condução de ensaios clínicos controlados nessa situação específica de pandemia estão também na comprovação de uma terapêutica que estará progressivamente mais disponível conforme mais indivíduos infectados entrem em convalescência. Também poderá contribuir com evidência mais robusta no apoio de decisões institucionais e mesmo governamentais, e que potencialmente poderá ser aplicada na eventualidade de novas pandemias globais. Portanto, o objetivo deste trabalho será avaliar a segurança e eficácia de imunoterapia passiva utilizando plasma convalescente (PCONV) no tratamento de indivíduos diagnosticados com COVID-19 e hospitalizados por sintomas respiratórios. Trata-se de ensaio clínico prospectivo, único centro, randomizado, cego, comparando transfusão de PCONV com transfusão de plasma convencional não imune como controle. Os potenciais doadores serão selecionados no momento da alta hospitalar ou através de voluntariado incentivado em mídias sociais. Além da triagem clínica e laboratorial, já habitualmente realizada em doadores de sangue e prevista por legislação, serão colhidas amostras para teste rápido para identificação dos anticorpos IgG anti-SARS-Cov2, com diluição para 1:128. O doador será então submetido a coleta de 600ml de plasma através de equipamento de separação celular por aférese, que será divido em três alíquotas de 200ml. Os pacientes selecionados serão aqueles ainda em estágios iniciais de acometimento pulmonar, com o intuito de avaliar possíveis efeitos sobre a diminuição da progressão para suporte intensivo e ventilação mecânica. Pacientes com acometimento pulmonar avançado e em ventilação mecânica provavelmente estão menos propensos a responder a esse tipo de terapia, além de apresentarem maior risco de ocorrência de complicações. Portanto, a proposta deste estudo (e que o diferencia de outras propostas apresentadas publicamente) é investigar o papel de PCONV como uma intervenção precoce na prevenção de complicações, naqueles indivíduos com diagnóstico em estágios ainda iniciais, antes da ocorrência de evolução desfavorável, ao contrário de ser uma última opção salvadora em pacientes já com acometimento extenso e sob ventilação mecânica, para os quais os benefícios serão potencialmente menores e com provável maior ocorrência de reações adversas. Para melhor mascaramento e diminuição de possibilidade de vieses por outros fatores confundidores, optou-se por uso de plasma convencional como controle, seguindo o desenho de outros estudos internacionais já em andamento. Para análise dos desfechos (progressão para ventilação mecânica e mortalidade), será avaliada a proporção de pacientes nas diferentes classes de escala ordinal de gravidade, em cada grupo de randomização nos seguintes tempos: admissão hospitalar, até 3 dias após admissão, no dia da transfusão e 3, 5, 7, 15 e 28 dias após a transfusão. Serão comparadas também: incidência e duração da ventilação mecânica, duração total da hospitalização e tempo de internação sob cuidados intensivos, e evolução de marcadores prognósticos: PCR, Troponina, TP/AP, TTPA, dosagem de fibrinogênio, gasometria arterial, ALT/AST, LDH, contagem linfocitária em sangue periférico e D-dímero nos dias 0, 3, 5, 7, 15 e 28. Serão comparados também marcadores de segurança: incidência geral de eventos adversos e incidência de eventos adversos graves. Em paralelo ao estudo clínico descrito anteriormente, será realizada avaliação mais extensa da prevalência e dinâmica temporal dos anticorpos anti-SARS-Cov-2 em população de doadores de sangue saudáveis, através de triagem com detecção de IgG/IgM. Essa determinação será realizada em 500 amostras mensais (aprox. 10% do número total de doadores da instituição), de forma aleatória e consecutiva, de janeiro a dezembro de 2020. As testagens de doações de sangue nos períodos que antecedem o início do projeto serão realizadas com alíquotas da soroteca já armazenadas. Com base nos resultados encontrados nessa população, serão realizadas análises de potencial dimensionamento da disponibilidade de plasma convalescente para tratamento e uso direto como hemocomponente, e como matéria prima para produção industrial de imunoglobulina hiperimune específica. Essa análise considerará: dinâmica dos anticorpos em indivíduos infectados, relação do volume de coleta por indivíduo com os títulos de anticorpos, e projeções populacionais baseadas na potencial demanda pelo produto.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 27/08/2020-26/09/2022
Foto de perfil

Bruno dos Santos Pastoriza

Ciências Humanas

Educação
  • investigando a produção de conhecimento na ciência: do conhecimento básico na química aos processos didáticos escolares
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 12/08/2019-31/10/2022
Foto de perfil

Bruno Duarte Gomes

Ciências Biológicas

Biofísica
  • brain decoding usando o eeg: incremento cognitivo em indivíduos saudáveis e dinâmica espaço-temporal das oscilações corticais em indivíduos epilépticos
  • O presente projeto trata da aplicação do conceito de Brain Decoding, que significa decodificar o sinal neural de modo a ter inferências sobre o comportamento normal ou não. Essa tarefa de decodificação será implementada usando eletroencefalografia (EEG) em dois núcleos de abordagem distintos, chamados aqui de núcleo básico e aplicado, respectivamente. No núcleo básico, serão investigados parâmetros do EEG registrado de operadores da mineradora Vale, complexo S11D em Carajás, enquanto os mesmos realizam tarefa de simulação da operação em simuladores de realidade virtual, parte essencial do treinamento desses trabalhadores. A intenção com esse núcleo é a extração de características do EEG que indiquem a demanda em funções cognitivas como atenção e memória de trabalho. Essa extração envolverá o uso de técnicas modernas de processamento digital de sinais e algoritmos de aprendizado de máquina. Os principais parâmetros a serem usados para definir as características do registro são os valores de fase por frequência, que indicarão o comprometimento funcional de áreas corticais. Posteriormente, de posse das características do registro, um treinamento cognitivo será aplicado de modo a modular os parâmetros do EEG relacionados às características que representam a atividade de funções cognitivas relacionadas com a boa operação. A intenção com isso é a promoção de saúde desses trabalhadores, com consequente aumento de produtividade e inclusão de indivíduos com baixa produtividade por meio do treinamento cognitivo. O núcleo aplicado vai usar técnicas bastante similares para estudar o fluxo espaço-temporal de informação em pacientes que sofrem de epilepsia focal do lobo temporal. Essa abordagem usará as características do EEG, também extraídas usando algoritmos baseados em aprendizado de máquina, para localizar e estudar o fluxo da oscilação epileptogênica a partir do lobo temporal. Com isso o objetivo precípuo é o estudo da epilepsia do lobo temporal como um problema de circuito. Ou seja, uma alteração do conectoma cortical em um ponto da rede, afetando desse modo outros pontos. As duas abordagens fazem parte do cerne que agora se estabelece no Laboratório de Neurofisiologia Eduardo Oswaldo Cruz da UFPA, que é o desenvolvimento e aplicação de métodos e técnicas de ponta para estudar a cognição em indivíduos saudáveis ou que apresentem alterações passíveis de serem estudadas usando eletroencefalografia.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Dutra Arbo

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • busca de novos fármacos neuroprotetores baseados na modulação da proteína translocadora
  • O aumento da expectativa de vida da população mundial tem se associado com uma maior prevalência de doenças neurodegenerativas, sendo exemplos a Doença de Alzheimer (DA) e a Doença de Parkinson (DP). Até o momento, a maior parte das intervenções farmacológicas contra essas doenças é destinada apenas ao tratamento de alguns de seus sintomas, não existindo tratamentos eficazes em retardar sua progressão. A proteína translocadora (TSPO) se localiza em pontos de contato entre as membranas mitocondriais interna e externa e está relacionada com o transporte de colesterol para o interior da mitocôndria e com a regulação da esteroidogênese e da apoptose. Estudos mostram que ligantes da TSPO apresentam efeitos neuroprotetores em diferentes modelos experimentais de lesão cerebral e doenças neurodegenerativas, todavia, seus mecanismos de ação ainda não são bem compreendidos. Dessa forma, o objetivo deste projeto é avaliar o efeito neuroprotetor de ligantes da TSPO em diferentes modelos experimentais de doenças neurodegenerativas, incluindo modelos in vitro e in vivo de DA e DP, identificando seus mecanismos de ação e buscando estabelecer se a TSPO poderia ser um alvo terapêutico viável para o desenvolvimento de novos fármacos para o tratamento dessas doenças.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Eduardo Lobo Baeta

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • produção e recuperação de ácidos graxos voláteis (agvs) a partir do bagaço de oliva usando digestão anaeróbia seguida por adsorção seletiva
  • Atualmente grande parte da energia e dos produtos químicos utilizados para produção de itens indispensáveis em todo mundo origina-se de recursos fósseis não renováveis. Sabendo-se que a quantidade de tal recurso na Terra é uma incógnita, e que seu uso pode contribuir para alguns danos ao meio ambiente, o uso de recursos renováveis e sustentáveis para produção de energia e produtos químicos torna-se imperativo. Uma fonte de matéria-prima que vem sendo bastante explorada na produção de energia, biocombustíveis (etanol e biogás), e produtos químicos de valor agregado como os ácidos graxos voláteis (AGV) é o bagaço de oliva gerado durante o processamento do azeite. Vários estudos apontam para utilização deste substrato na produção de etanol celulósico, biogás e outros bio-produtos. No entanto, em função da sua baixa quantidade de celulose e elevadas quantidade de fenol, as produções de etanol e biogás são comprometidas. Sendo assim, estudos que visam o desenvolvimento de alternativas para geração de outros bio-produtos a parti deste resíduo passa ser interessante. Um dos produtos possíveis de serem produzidos a partir da digestão anaeróbia acidogênica do bagaço de oliva são os AGVs. Apesar da característica do substrato e as condições de operação da fermentação ácida serem parâmetros importantes no processo, a recuperação destes AGVs a partir do fermentado ácido é um dos maiores problemas a ser enfrentado. Sendo assim, o presente projeto tem como objetivo avaliar a viabilidade de produção e recuperação de AGVs a partir do bagaço de oliva pré-tratado por auto-hidrólise usando o processo de digestão anaeróbia seguida de adsorção seletiva.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno El-Bennich

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • quantum chromodynamics for practitioners: understanding current experiments at jlab and preparing the future at the eic and panda collider
  • Nesta proposta de pesquisa, após um breve resumo das principais realizações acadêmicas e indicadores científicos nos últimos dez anos, detalho projetos em três grandes áreas: "A equação de gap e de estados ligados além da ordem dominante"; "A física do quark de charme nos experimentos do LHCb e FAIR"; e a "Tomografia no futuro colisor de elétrons e íons".
  • Universidade Cruzeiro do Sul - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Ferreira dos Santos

Ciências Humanas

Educação
  • um estudo sobre sequências didáticas para o ensino de ciências baseado no uso dos critérios de idoneidade didática
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - BA - Brasil
  • 12/08/2019-31/10/2022
Foto de perfil

Bruno Francelino de Melo

Ciências Biológicas

Zoologia
  • biodiversidade, taxonomia e dna barcoding da família curimatidae (teleostei: characiformes)
  • A ordem Characiformes constitui um dos maiores e mais diversificados grupos de peixes de água doce contendo atualmente cerca de 2.200 espécies, alocadas em cerca de 290 gêneros e 24 famílias. Curimatidae, a quarta maior família de Characiformes, possui, atualmente, 114 espécies válidas distribuídas em oito gêneros, e diversas espécies novas têm sido constantemente descritas. Análises recentes em diferentes coleções científicas têm mostrado evidência de ocorrência de novas espécies em, ao menos três gêneros de Curimatidae. O objetivo deste projeto envolve a geração de novos dados morfológicos que, em combinação com análises moleculares de delimitação de espécies, poderão revelar resultados interessantes sobre a biodiversidade de Curimatidae, incluindo a detecção de espécies crípticas e espécies não descritas. Também pretendemos obter espécies não amostradas na filogenia mais recente e estabelecer o posicionamento filogenético delas. Além disso, o projeto visa fortalecer uma rede de colaboração ligada à biodiversidade de Curimatidae, e também dará oportunidades para a formação de jovens pesquisadores nas áreas de sistemática, genética e evolução de peixes neotropicais.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Henrique Sardinha de Souza

Ciências Agrárias

Agronomia
  • resistência de cultivares de café arábica (coffea arabica) ao bicho-mineiro leucoptera coffeella (lepidoptera: lyonetiidae)
  • Um dos fatores limitantes ao desenvolvimento da cafeicultura no Brasil é o ataque de insetos pragas. O bicho-mineiro Leucoptera coffeella (Lepidoptera: Lyonetiidae) é considerada a principal praga da cultura do café em função da ocorrência generalizada e perdas econômicas causadas ao produtor. Uma das alternativas mais promissoras para o controle do bicho-mineiro está no uso de cultivares resistentes. Recentemente, a Fundação Procafé desenvolveu e lançou a cultivar Siriema AS1, que apresenta características de resistência tanto ao bicho-mineiro quanto à ferrugem. Este projeto tem os objetivos de: avaliar em condições de campo na região do Sul de Minas Gerais a resistência de cultivares de café arábica ao bicho-mineiro e correlacionar sua infestação com fatores climáticos; e caracterizar a resistência (antixenose e antibiose) da cv. Siriema e de suas progênies em comparação com cultivares comerciais em campo e laboratório. Para o experimento com as cultivares comerciais, serão utilizadas as plantas de 28 cultivares e 2 clones do painel de cultivares do INCT-Café, em Lavras, e para o experimento com a cv. Siriema e suas progênies, serão utilizadas plantas localizadas na Fazenda Experimental do Procafé, em Varginha. Em ambos experimentos, as amostragens do bicho-mineiro serão realizadas mensalmente, onde em cada uma das seis plantas centrais da parcela serão avaliadas ao acaso três folhas do terceiro/quarto par de folhas de diferentes ramos do terço superior das plantas, procedendo-se da mesma forma para o terço médio. Os parâmetros avaliados serão a porcentagem de folhas minadas intactas, o número de minas por folha, e a intensidade de injúria, de acordo com uma escala de notas. No experimento com as cultivares, as variáveis de infestação serão correlacionadas com dados climáticos. Ambos os experimentos de campo serão conduzidos por três safras agrícolas. Em laboratório será realizada a caracterização da resistência (antixenose e antibiose) da cv. Siriema e de suas progênies ao bicho-mineiro comparando-as com cultivares comerciais suscetíveis (Mundo Novo, Catuaí Amarelo e Arara), por meio de ensaios de preferência para oviposição e desenvolvimento biológico em condições ambientais controladas. A expectativa é de que os resultados gerados neste projeto contribuam para a difusão do conhecimento para uso de novas tecnologias pelos cafeicultores, resultando em maior adoção das novas cultivares. Além disso, a caracterização da resistência na cv. Siriema e em suas progênies contribuirão para programas de melhoramento genético do café arábica.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Jacson Martynhak

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • papel da corticosterona no efeito pró-resiliência da inoculação de estresse em camundongos
  • O estresse tem um papel de destaque na etiologia de doenças psiquiátricas, principalmente no transtorno depressivo maior. De acordo com o modelo da vulnerabilidade, um transtorno ocorre quando os estressores vivenciados pelo indivíduo ultrapassam sua capacidade de adaptação, a qual depende de fatores genéticos, epigenéticos e ambientais. A vulnerabilidade não é um componente estático, mas pode ser modificada ao longo da vida. A própria exposição a estressores de baixa intensidade, conhecida como inoculação de estresse, pode ser um fator que contribui para a formação de resiliência. Em animais, observa-se que a inoculação está associada com menores medidas de comportamento tipo-depressivo e tipo-ansioso e menor reatividade do eixo HPA numa situação de estresse. A secreção de cortisol tem papel essencial para manutenção da vida, mas níveis anormalmente elevados estão associados com respostas mal adaptativas. Dessa forma, é possível que a inoculação de estresse tenha um papel de modulação do eixo HPA de forma que a resposta a estressores seja mais adaptativa. O objetivo deste trabalho é avaliar o envolvimento da corticosterona no efeito pró-resiliência gerado por inoculação de estresse em camundongos. Serão utilizados camundongos Swiss com 21 dias, que serão expostos a um camundongo adulto dominante por 15 minutos a cada dois dias. Ao final do protocolo de inoculação, os animais serão testados no labirinto em cruz elevado para avaliação do comportamento tipo-ansioso e no teste da natação forçada para avaliação da estratégia de manejo a estressor agudo. Após o nado forçado, os animais serão eutanasiados para avaliação da resposta do eixo HPA. Esperamos que os animais inoculados passem mais tempo nos braços abertos do labirinto, tenham menor tempo de imobilidade no nado forçado e menor secreção de corticosterona. Para avaliar se a corticosterona é necessária para os efeitos da inoculação de estresse, duas estratégias serão utilizadas: (i) os animais serão tratados com mifepristona, um antagonista glicocorticoide, antes de cada sessão de inoculação e (ii) a liberação endógena de corticosterona será sua suprimida pelo pré-tratamento com hidrocortisona antes de sessão de inoculação. Para avaliar se a inoculação de estresse pode proteger os animais em um modelo crônico de depressão, nós utilizaremos um modelo baseado em restrição alimentar. Em nosso laboratório, verificamos que a oferta de alimento apenas durante a fase clara do ciclo claro/escuro levou ao comportamento tipo-depressivo em camundongos e este não foi revertido por tratamento com antidepressivos. Por último, os animais receberão uma dose de corticosterona exógena 3 vezes na semana durante 21 dias e serão avaliados quanto aos mesmos parâmetros. Esperamos que o bloqueio da ação da corticosterona reverta os efeitos pró-resiliência da inoculação, mas que sua administração exógena não seja suficiente para mimetizar estes efeitos.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno José Gonçalves da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de dispositivos a base de hidrogel para microextração de espécies de interesse clínico e toxicológico
  • O constante progresso nos diferentes campos da ciência e tecnologia tem exigido a evolução permanente dos métodos analíticos, especialmente daqueles baseados em técnicas de separação cromatográfica, como a cromatografia líquida, cromatografia gasosa e eletroforese capilar. Motivada pela demanda de métodos mais específicos e eficientes nas análises em matrizes complexas, o desenvolvimento constante de novos equipamentos, acessórios e métodos automatizados que atendam as diversas necessidades no campo das análises clínicas e ambientais tem sido requerido. As determinações, em níveis de traços (ng mL-1), de fármacos e contaminantes em fluidos biológicos (plasma, saliva e urina) são de extrema importância, pois geram valiosos dados para fins de monitorização terapêutica e avaliação de toxicidade clínica, em especial para aqueles fármacos classificados como interferentes endócrinos. Neste contexto, para a determinação destes compostos, pode-se destacar o desenvolvimento de novas técnicas de preparo de amostras, uma das etapas mais morosas e complexas dos procedimentos analíticos. Recentemente, as técnicas miniaturizadas de preparo de amostras têm ganhado destaque frente aos métodos convencionais, pois minimizam o volume da amostra e o consumo de solventes orgânicos, permitem a reutilização das fases extratoras, a pré-concentração dos analitos, além de possibilitar o acoplamento em linha (automação) com sistemas cromatográficos, resultando em rápido processo operacional, com alta precisão analítica e baixos limites de quantificação. Ainda, a diminuição das etapas de preparo de amostra nestas técnicas é importante, não somente para reduzir o erro experimental, mas também para a redução do tempo e do custo das análises, especialmente nos casos onde a análise de traços é requerida. Neste contexto pode-se destacar as técnicas de microextração em fase sólida (“solid-phase microextraction”, SPME), a microextração em fase sólida em tubo (“in-tube” SPME) e a extração em barra sortiva de agitação (‘stir bar sorptive extraction” – SBSE), o qual integra a extração e concentração do analito em única etapa e permite a introdução do analito extraído no sistema cromatográfico utilizando os mesmos dispositivos empregados na extração, reduzindo a perda do analito e o tempo da análise. Apesar de algumas fases extratoras estarem disponíveis no comércio, o desenvolvimento de novas fases extratoras mais seletivas, estáveis e de baixo custo, tem sido necessário para o desenvolvimento da técnica, buscando um maior leque de aplicações e métodos com sensibilidade analítica adequada para as análises de compostos orgânicos em amostras complexas. Dentre os diversos novos materiais, nos últimos anos, aqueles baseados em hidrogel se mostraram promissores para aplicação como fase extratora, uma vez que se trata de um material estímulo responsivo, modulável e que apresentam em sua estrutura polimérica diversos sítios hidrofílicos, como grupos –OH, –COOH, -SO3H e –NH2. Esta última característica é de grande interesse, pois facilita a extração de compostos polares de matrizes aquosas, o que tem sido um obstáculo para as técnicas de extração em geral. A possibilidade de modular esses géis permite ainda a obtenção de fases mais seletivas, enquanto que a sua resposta sensível a estímulos externos pode ser empregada no controle da capacidade de retenção dos analitos por essa material. Além disso, estes materiais tem mostrado estabilidade química na presença de solventes orgânicos e estabilidade mecânica necessária para o uso em técnicas de microextração. Assim, diante das necessidades supracitadas, este projeto tem como objetivo o desenvolvimento de novos dispositivos com fases extratoras baseadas em hidrogéis para aplicação em SPME (fibra e “in-tube”) e SBSE para determinação cromatográfica de interferentes endócrinos em fluidos biológicos para fins de monitorização terapêutica e avaliação de toxicidade. A viabilidade deste presente projeto é suportada pelos bons resultados apresentados, em matrizes aquosas, pelas fases de hidrogel desenvolvidas nos últimos anos em meu grupo de pesquisa, com auxílio financeiro do Projeto CNPq Universal 2014 (Processo: 442541/2014-7), que se encerrou em Novembro/2017 (seção 3.4 deste projeto).
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno José Torres Fernandes

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • deslocamento de robôs assistivos com rotas planejadas por redes neurais generativas
  • A robótica é uma área de pesquisa em constante crescimento. Há décadas que robôs são empregados no ambiente industrial e, cada vez mais, observamos as suas possibilidades de uso no cotidiano e dentro de ambientes domésticos. Um dos usos alvo de vários estudos recentes na área de robótica diz respeito ao uso como uma tecnologia assistiva, onde os robôs são projetados para assistir os humanos em situações diversas. Entretanto, os robôs assistivos nem sempre são projetados levando em consideração que somente sua presença ou a forma como ele se aproxima de seres humanos pode levar a reações hostis. Em ambientes de saúde, por exemplo, onde o nível de estresse pode ser alto, o simples ato de deslocamento do robô tem que ser realizado de maneira cuidadosa para não gerar interferências negativas do ponto de vista emocional. Este projeto propõe então o desenvolvimento de um modelo com técnicas de inteligência artificial e reconhecimento de padrões para definição de rotas de robôs de maneira que os mesmos não adotem comportamentos invasivos no que diz respeito ao espaço pessoal de cada um durante seu deslocamento. O modelo deverá ser capaz de identificar pessoas num cenário, reconhecer suas emoções de maneira contínua e planejar rotas até um destino alvo tal qual um humano faria objetivando causar o menor impacto negativo possível. As redes neurais generativas recentemente propostas, chamadas de Generative Adversarial Networks, serão utilizadas para que a rota do robô possa ser definida mimetizando a planejada por humanos. Os experimentos serão realizados simulando ambientes de saúde e os robôs deverão então encontrar rotas similares aquelas definidas pelos profissionais da área, sendo que para esse propósito, uma base de dados que registre tais deslocamentos precisará ser construída. De forma a possibilitar métricas automatizadas e controladas do desempenho do robô na atividade em questão, será utilizado o simulador V-REP. Este projeto de pesquisa é uma continuidade de uma pesquisa iniciada num edital Universal de 2014 sob coordenação do pesquisador proponente e integra um conjunto de pesquisas de um edital Pronex de 2015 do qual o pesquisador proponente desta proposta faz parte.
  • Universidade de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Junior Neves

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • inteligência artificial para a descoberta de novos candidatos a fármacos eficazes contra tripanossomatídeos
  • A doença de Chagas, tripanossomíase africana e leishmanioses fazem parte de um seleto conjunto de doenças tropicais negligenciadas graves e fortemente associadas com baixo índice de desenvolvimento socioeconômico. Todavia, o arsenal de quimioterápicos disponível para tratamento destas doenças é insatisfatório por apresentar efeitos adversos importantes, possuir propriedades farmacocinéticas inadequadas (e.g., administração por via parenteral) ou sofrer com aumento dos níveis de resistência. Face à necessidade de novos fármacos, na presente proposta planeja-se o desenvolvimento de uma nova geração de protótipos de fármacos tripanocidas e leishmanicidas através da integração de inteligência artificial, modelagem molecular e abordagens experimentais in vitro. Metodologicamente, modelos computacionais baseados em aprendizagem profunda e docagem molecular serão construídos e validados. Estes modelos serão implementados como filtros em triagens virtuais de milhões de compostos. A partir desta triagem, subconjuntos de compostos com potencial atividade tripanocida e leishmanicida e com perfis farmacocinéticos e toxicológicos mais adequadas serão selecionados para avaliação biológica experimental in vitro.
  • Centro Universitário de Anápolis - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Lemos Batista

Ciências da Saúde

Farmácia
  • integrando a química, materiais e biologia através do desenvolvimento de metodologia para dimensionamento de nanopartículas por icp-ms (single particle icp-ms)
  • O uso de nanomateriais tem se tornado cada vez mais presente no mundo contemporâneo, e dentre seus tipos, as nanopartículas apresentam grande destaque em aplicações industriais, alimentícias e médicas. As nanopartículas de prata (NP-Ag) são o tipo mais estudado e aplicado, devido principalmente a suas características antimicrobianas, sendo empregadas como fármacos e conservantes de alimentos, por exemplo. Porém seus efeitos físicos e toxicológicos não são totalmente elucidados. Além disso, seu monitoramento apresenta uma grande dificuldade, pelo fato dessas nanopartículas estarem sempre em contato com matrizes complexas, o que impede o uso de técnicas convencionais para dimensionamento. Neste ponto, a Espectrometria de Massas com Plasma Indutivamente Acolpado (ICP-MS), técnica analítica altamente sensível e usada para monitoramento e determinação de vários elementos em nível traço, apresenta uma grande vantagem e potencial, pois permite a análise de meios coloidais e nanoparticulados através da técnica conhecida com single particle (sp-ICP-MS). Esse método permite o dimensionamento direto de nanopartículas em células e outros tecidos complexos, além de não exigir um difícil preparo prévio da amostra. Por ser uma metodologia recente e ainda em pleno desenvolvimento, novos trabalhos de validação analítica e aplicação precisam ser realizados para que a técnica possa ser aplicada em monitoramento contínuo de nanopartículas aplicadas. Finalmente, visa-se aplicações no campo de cultura de células animais e bactérias (in vitro) para dimensionamento de NPs-Ag internalizadas.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bruno Lopes de Sousa

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • prospecção, isolamento e caracterização de quitinases e proteínas ligantes à quitina a partir da flora do semiárido e avaliação de seus potenciais para aplicações terapêuticas e no tratamento de resíduos
  • A flora da Caatinga é composta por uma grande diversidade de espécies vegetais adaptadas às duras condições do Semiárido nordestino, dotadas de eficientes mecanismos de defesa que configuram o bioma como um manancial de biomoléculas de grande potencial, entretanto, ainda pouco estudado. Dentre as proteínas envolvidas na defesa desses vegetais, destacam-se as quitinases e proteínas ligantes à quitina, capazes de combater fungos, insetos, nematóides e outros patógenos/predadores. Diversos estudos apontam ainda importantes atividades biológicas associadas à essas proteínas, como efeitos antifúngico e antibacteriano contra microrganismos de interesse clínico/médico, além de ação citotóxica comprovada contra células tumorais humanas de diferentes linhagens. Tais efeitos evidenciam o potencial das quitinases e proteínas ligantes à quitina em atuar não apenas como bioprotetores de variedades cultiváveis, mas também na formulação de produtos terapêuticos e na conservação de alimentos. Adicionalmente, a produção crescente de resíduos quitinosos por setores pesqueiros e gastronômicos tornam as quitinases potenciais ferramentas na conversão da quitina em uma fonte renovável, a partir da qual podem ser produzidas substâncias de alto valor agregado, tanto para a indústria alimentícia quanto farmacêutica. Com base nessas perspectivas, a presente proposta objetiva a identificação e isolamento de quitinases e proteínas ligantes à quitina a partir de espécies típicas da flora do Semiárido nordestino, caracterizando suas estruturas moleculares e seus efeitos antineoplásicos e antimicrobianos, além do potencial das quitinases isoladas em degradar resíduos quitinosos de diferentes fontes. O desenvolvimento do projeto permitirá ainda o fortalecimento da pesquisa científica no interior do estado do Ceará, favorecendo a formação de recursos humanos de qualidade na região, auxiliando ainda na consolidação de uma rede de pesquisa multidisciplinar voltada para propostas biotecnológicas composta por instituições de ensino e pesquisa públicas do estado.
  • Universidade Estadual do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022