Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ana Paula Dalla Corte

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • lid4 - estimativas em inventários florestais: nova era com sensores lidar
  • As florestas ocupam mais de 60% do Brasil sendo distribuídas em diferentes biomas. Na Mata Atlântica, as florestas nativas são fragmentas e, entender suas dinâmicas é essencial para a sua conservação e preservação. O inventário florestal (IF) é a ferramenta para gerar informações quantitativas e qualitativas dos ambientes florestais. No IF, coletadas informações em campo de cada indivíduo presente nas unidades amostrais. No entanto, apesar de fornecerem informações valiosas e necessárias, são trabalhosos, caros e limitados. O LiDAR - Light Detection and Ranging (full-waveform-FW e discrete return-DR), comprovou-se poderoso para aplicação em IF. Incorporar dados de câmeras multiespectrais nestas análises vêm sendo tendência em estudos florestais. Porém, não existem protocolos metodológicos unificados para incorporação destas tecnologias em IF. A hipótese deste projeto é que o LiDAR (FW e DR) podem gerar/substituir as estimativas de área basal, volume, biomassa e carbono, geradas por IF e que, protocolos metodológicos de IF podem ser desenvolvidos. Ainda deve-se avaliar se será possível o reconhecimento de padrões de biodiversidade de florestas nativas. Nas 4 áreas de pesquisa serão usados dados do LiDAR orbital GEDI e de UAV-LiDAR GatorEye. Câmera multiespectral serão integradas visando avaliar a possibilidade de análise da biodiversidade dos fragmentos florestais a partir das mesmas. IF serão realizados para validar as informações produzidas. Algoritmos serão desenvolvidos para o reconhecimento automático de Araucaria angustifolia e a produção de pinhas nas árvores fêmeas. Serão desenvolvidos protocolos metodológicos para predição das variáveis qualitativas e quantitativas que tiveram potencial nas estimativas via sensores remotos.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ana Paula Del Vesco

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • ambiente materno e inicial sobre a capacitação da progênie para responder aos desafios futuros
  • A produção de pintainhos de boa qualidade depende da genética da matriz e também de condições ambientais que atuam para potencializar ou reduzir o potencial genético. Dessa forma, este trabalho visa possibilitar o melhor entendimento de como o efeito do ambiente materno e inicial pode ser alterado através de mecanismos epigenéticos para produzir efeitos benéficos na progênie, e como estes efeitos podem influenciar na capacidade dos filhos em responder às condições ambientais no futuro. Como os mecanismos epigenéticos são transferidos para as gerações seguintes, a epigenética intergeracional e transgeracional tem se tornado uma área promissora para atuar na compreensão da variação das respostas fisiológicas dos indivíduos ao meio ambiente. Estudos sobre o tema mostram que o transcriptoma das aves pode ser reprogramado pela manipulação de diferentes fatores durante a fase inicial causando alterações de longo prazo. Para atender nossos objetivos serão conduzidos 2 experimentos: Experimento 1- Efeito do grupo materno sobre o desenvolvimento embrionário e inicial de codornas de postura; O experimento 1 será desenvolvido sob a hipótese de que mães que conseguem ser mais produtivas durante o desafio por estresse por calor apresentam genética superior que pode garantir melhor desenvolvimento embrionário e melhor desempenho inicial para sua progênie; e Experimento 2- Efeito da interação entre genética materna e fatores da incubação sobre a capacitação da progênie para responder os desafios de seu ambiente durante a fase de crescimento. Serão testadas as hipóteses: (1) mães mais produtivas apresentam genética superior que pode garantir melhor desenvolvimento embrionário e melhor desempenho para sua progênie mesmo em condição de estresse; (2) A genética da mãe pode interagir com a modulação térmica que ocorre durante a incubação; (3) Os mecanismos de regulação gênica podem ser herdados da mãe e/ou adquiridos durante a incubação e atuar sobre o desenvolvimento da ave adulta.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025