Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alex Alan Furtado de Almeida

Ciências Agrárias

Agronomia
  • respostas fisiológicas, bioquímicas e moleculares e mudanças micromorfológicas e ultraestruturais em plantas de cacau submetidas à toxicidade de cd e pb no solo.
  • Cadmio (Cd) e chumbo (Pb) são metais altamente tóxicos para as plantas, mesmo em baixas concentrações no solo. São encontrados naturalmente na crosta terrestre, entretanto, os níveis no solo vêm aumentando por meio de ações antropogênicas em indústrias, tais como fabricação de bateria, mineração de metais e fundição, resíduos urbanos e industriais, fertilizantes, pesticidas e aditivos. Theobroma cacao é uma espécie comercialmente explorada para a produção de amêndoas destinadas, principalmente, a extração de manteiga, produção de chocolate e produtos derivados, como cosméticos, bebidas finas, geleias, sorvetes e sucos. Pesquisas recentes têm demonstrado contaminação de amêndoas de T. cacao por Cd e Pb em função, principalmente, do solo de origem e de sua contaminação pelo uso de fertilizantes e fungicidas. Recentemente, foram encontradas concentrações elevadas de Cd em produtos derivados de cacau, o que levou a União Europeia a estabelecer os teores máximos de Cd nesses produtos. Entretanto, a maioria das informações sobre a toxicidade e tolerância a estes elementos metálicos é oriunda de plantas cultivadas em soluções nutritivas, onde o elemento está 100% disponível, diferentemente do cultivo no solo, cuja disponibilidade depende, além do pH do solo, da presença de partículas coloidais que adsorvem estes elementos metálicos. As possíveis razões para concentrações elevadas de Cd e Pb em amêndoas de cacau são altas concentrações e disponibilidades de Cd e Pb no solo e alta capacidade de absorção das plantas. O principal objetivo deste trabalho é avaliar a toxicidade de Cd e Pb em plantas jovens seminais, clonais e enxertadas do genótipo de T. cacao CCN 51, cultivadas em solos alagados ou não-alagados com diferentes concentrações de Cd, Pb, Pb+Mn, Pb+Zn, Pb+Fe e Cd+Fe, juntamente com o tratamento controle (sem adição de Cd ou Pb no solo). Isto, por sua vez, visa a mitigação da toxicidade de Pb pelo Mn, Zn ou Fe e de Cd pelo Fe ou pela interação entre o enxerto/porta-enxerto, por meio de alterações fisiológicas, bioquímicas, moleculares, micromorfológicas e ultraestruturais.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alex Borges Vieira

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • sistemas baseados em blockchain: de modelos de desempenho à novas aplicações
  • Desde a concepção inicial do Bitcoin, há uma década atrás, até a atualidade, blockchain deixou de ser exclusivo do ambiente de criptomoedas e passou a ser empregado em uma diversidade de áreas. De fato, blockchain é uma tecnologia revolucionária que fornece uma solução prática para permitir registro público, seguro e descentralizado. Assim, essa tecnologia pode ser usada em transações distribuídas, contratos inteligentes, e-health e Internet das Coisas. Apesar do crescente interesse em torno do tema, pesquisas em torno de blockchain ainda são incipientes. De fato, ao longo de anos, a principal preocupação da academia foi com gasto duplo, segurança e anonimidade em criptomoedas. Propomos avançar no estado da arte dessas pesquisas com três instâncias de investigação ainda pouco exploradas: (I) modelos de caracterização e predição dos padrões de carga de trabalho e comportamento de usuários em aplicações populares que envolvem blockchain; (II) identificação de padrões anômalos em transações financeiras de criptomoedas populares, como o Bitcoin e o Ethereum e; (III) armazenamento distribuído de dados com o uso de blockchain. Acreditamos que a pesquisa proposta servirá de substrato para o desenvolvimento de novos sistemas e aplicações baseados em blockchain, contribuindo para a transformação digital de organizações públicas ou privadas que atuam dos setores de indústria e serviços.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 26/08/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Alex Christian Manhães

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • reversão farmacológica da dependência à nicotina e ao álcool: efeitos no cérebro durante a adolescência
  • Adolescentes humanos frequentemente associam o fumo do tabaco ao consumo de bebidas alcoólicas, o que sugere que estas drogas interagem em suas ações sobre o sistema nervoso central, especialmente durante o desenvolvimento. A despeito da frequente associação no uso destas drogas, pouco se sabe sobre a neurobiologia básica da dupla exposição no cérebro adolescente. A nicotina é considerada o principal componente psicoativo do tabaco e sabe-se que esta induz seus efeitos farmacológicos centrais atuando em receptores nicotínicos colinérgicos (nAChRs). O etanol, principal componente ativo identificado em bebidas alcoólicas, tem como um de seus principais sítios de ação nos sistemas de transmissão GABAérgico. A maturação dos dois sistemas é consolidada durante o período da periadolescência. Dados os efeitos deletérios do consumo de nicotina e de etanol, incluindo a dependência, têm sido desenvolvidas estratégias terapêuticas para facilitar a interrupção do uso de ambas as drogas. Tendo em vista que a nicotina e o etanol interagem em seus efeitos no sistema nervoso central e considerando-se adicionalmente que já foi demonstrado que a nicotina é capaz de levar a dependência em menos tempo de exposição que o etanol, o foco do presente trabalho será no estudo dos efeitos dos tratamentos atualmente disponíveis para a dependência à nicotina em um modelo experimental de dupla exposição (nicotina + etanol). Apesar de o início do uso cigarro e de bebidas alcoólicas ocorrer frequentemente na adolescência, pouco se sabe sobre os efeitos da exposição neste período crítico do desenvolvimento e menos ainda dos efeitos dos tratamentos atualmente disponíveis para a reversão da dependência neste mesmo período. Assim, o presente projeto irá avaliar parâmetros comportamentais associados ao uso da nicotina e do etanol em um modelo experimental de exposição com tratamento subsequente com vareniclina (aprovado pelo FDA americano para uso em adultos), ainda durante a adolescência e também na vida adulta em um modelo experimental. O projeto irá também relacionar os dados comportamentais com parâmetros neuroquímicos do sistema colinérgico central e endócrinos da glândula adrenal. O projeto apresenta, então, duas novidades em relação as linhas de pesquisa desenvolvidas no laboratório: 1) a possibilidade de comparação direta entre as idades, o que nos permitirá verificar se de fato a adolescência constitui-se em um período de especial susceptibilidade no modelo de exposição e tratamento que utilizamos; 2) a possibilidade de verificar se o álcool (droga mais frequentemente utilizada em associação com a nicotina) afeta a resposta ao tratamento proposto. Um melhor entendimento dos mecanismos através dos quais o tratamento proposto auxilia na interrupção do uso do cigarro, particularmente quando do uso combinado de bebidas alcoólicas, pode prover informações relevantes para o desenvolvimento de abordagens terapêuticas mais eficazes e seguras para adolescentes e adultos jovens.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/12/2020
Foto de perfil

Alex Domingues Batista

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de polímeros molecularmente impressos para extração e pré-concentração de espécies de interesse forense
  • Apesar do impressivo avanço das técnicas analíticas nas últimas décadas, a etapa de preparo de amostra continua sendo uma das etapas mais importantes do processo analítico, uma vez que ela é responsável pela remoção de interferentes e muitas vezes pela pré-concentração dos analitos de interesse, afetando diretamente a seletividade e detectabilidade do método analítico. O desenvolvimento de Polímeros Molecularmente Impressos (MIP) tem contribuído para o avanço das técnicas de preparo de amostra. Devido a seletividade e poder de pré-concentração destes matérias, o seu emprego em amostras biológicas é bastante atraente, uma vez que são amostras complexas com analitos alvos geralmente em baixas concentrações. Drogas de abuso são substâncias que podem causar dependência devido a um padrão mal-adaptativo de uso, levando os usuários a prejuízos na vida como intolerância, abstinência e abandono de atividades sociais importantes. Drogas de abuso é um termo aplicável a substâncias para fins não terapêuticos ou uso impróprio de substancias prescritas. As drogas de abuso devido a seus efeitos alucinógenos são usadas tanto para consumo próprio quanto para a dopagem de vítimas de assalto ou abuso sexual. A determinação de drogas de abuso em amostras biológicas fornece informações sobre o consumo destas drogras e podem ser utilizados para fins forenses. O presente projeto visa o estudo teórico e experimental síntese de polímeros molecularmente impressos para extração e pré-concentração drogas de abuso, para posterior separação por eletroforese capilar e detecção com o detector condutométrico sem contato. A síntese dos polímeros molecularmente impressos será orientada a partir de resultados obtidos por cálculos teóricos e posteriormente caracterizados a partir de diversas técnicas analíticas. A seletividade e a eficiência de pré-concentração dos MIP serão avalidas frente a materiais não impressos molecurlarmente de mesmo constituição química.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022