Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Christiana de Fátima Bruce da Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • caracterização e diversidade genética de isolados de fusarium oxysporum f. sp. cubense e manejo biológico do mal do panamá com bacillus.
  • A produção de banana está ameaçada pela murcha de Fusarium, causada por Fusarium oxysporum f. sp. cubense (Foc), agente causal do mal do Panamá. Com a doença estabelecida nas áreas, não existem métodos de controle eficientes disponíveis, e uma forma de manejo é pelo uso de cultivares resistentes. Porém, atualmente novas variantes do patógeno têm ameaçado a viabilidade dos cultivos. As bactérias do gênero Bacillus são agentes alternativos de biocontrole para o manejo de doenças, devido aos mecanismos: produção de metabólitos, enzimas e sideróforos. Para o mal do Panamá, cepas de Bacillus da rizosfera de bananeiras têm-se apresentado como excelentes antagonistas. Estudos conduzidos no projeto CNPQ Proc. 444339/2014-0, constataram que cepas bacterianas inibiram crescimento micelial de isolado de Foc de 44 a 62%, confirmando o potencial no biocontrole do mal do Panamá, em bananeira. Portanto, este estudo objetiva: (i) caracterizar isolados de Foc, associados ao mal do Panamá nas principais regiões produtoras do Brasil, por meio da patogenicidade, morfologia e marcadores moleculares (ISSR); (ii) caracterizar grupos de compatibilidade vegetativa (VCG); e, (iii) selecionar cepas de Bacillus com potencial antagonista no controle do mal do Panamá. O experimento constará de coletas de materiais sintomáticos da doença nas cultivares (subgrupos Maçã e Prata), isolamento, análise filogenética e morfológica, caracterização, estudos da diversidade genética com marcadores moleculares dos isolados e de antibiose (in vitro e casa de vegetação), com cepas de Bacillus. Ao final espera-se caracterizar os isolados de Foc, conhecer a diversidade genética e identificar as enzimas envolvidas na interação antagonista x patógeno, contribuindo para a diminuição das perdas de produção e, consequentemente aumentar a competitividade da cultura no agronegócio brasileiro.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - CE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Christiana Soares de Freitas

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • democracia digital e produção colaborativa de políticas públicas e leis na américa latina: resultados, desafios e tendências
  • A América Latina desenvolve inovações democráticas com diferentes desenhos institucionais há mais de três décadas. São fóruns, conselhos e orçamentos participativos para fortalecer mecanismos e estratégias de participação de múltiplos atores em processos políticos de tomada de decisão. O foco desta proposta são as inovações democráticas digitais (IDDs) que visam produzir, colaborativamente, soluções para problemas públicos sob a forma de políticas públicas, leis e outras ações governamentais. Tais inovações nascem da necessidade de buscar formas de mitigar a notória crise de representatividade política atual e incluir a cidadania no processo político decisório. Nesse sentido, a pesquisa visa compreender como essa crise de representatividade pode ser atenuada pelo uso das inovações democráticas digitais. As IDDs vêm sendo mapeadas e analisadas por inúmeros pesquisadores do campo da Comunicação Política com o intuito de encontrar respostas a problemas públicos por meio da análise de suas práticas políticas, comunicacionais e interorganizacionais. A pesquisa proposta fará isso ao avaliar as inovações democráticas digitais na América Latina, focando em seus resultados efetivos a partir das práticas de produção colaborativa de políticas públicas e leis que visem incluir cidadãos com o intuito de aumentar a confiança nas instituições. Apesar da possibilidade, muitas iniciativas não alcançam seus objetivos. A avaliação proposta baseia-se em indicadores para avaliação e monitoramento das IDDs para que alcancem tais objetivos e colaborem, de fato, para o fortalecimento da democracia. A pesquisa será, primeiramente, quantitativa. Trabalharemos com a base de dados construída pelo projeto LATINNO (https://latinno.net/pt/) que mapeou 3.744 inovações democráticas da América Latina. Posteriormente, realizaremos análise qualitativa dos dados, com o intuito de aplicarmos o modelo proposto de avaliação das inovações democráticas digitais com inúmeros resultados práticos possíveis.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christianne Bandeira de Melo

Ciências Biológicas

Imunologia
  • núcleo de estudos avançados em eosinófilos: atividades efetoras clássicas e funções não-canônicas homeostáticas/pró-resolução
  • Eosinófilos são classicamente reconhecidos como células inflamatórias indutoras de dano tecidual que, por contribuírem com a sintomatologia alérgica, correspondem a alvos de terapias anti-asmáticas. Porém, quebrando este paradigma de células “vilãs”, novos estudos trouxeram à tona funções regulatórias não antecipadas para esta célula. Mesmo durante reações alérgicas pulmonares, mas particularmente em condições eosinofílicas não-canônicas, nota-se que eosinófilos exibem plasticidade funcional ainda não caracterizada, atuando ora como agentes efetores citotóxicos, ora como moduladores homeostáticos e/ou pró-resolução. Pesquisas focadas no melhor entendimento dos processos de polarização funcional eosinofílica são preementes para que (i) sejam caracterizados estímulos que gerem eosinófilos de caráter lesivo versus benéfico; e assim sob esta nova ótica (ii) terapias cujo alvo corresponde à inibição/eliminação de eosinófilos sejam reavaliadas; e (iii) estratégias de terapia celular baseadas no uso de eosinófilos de perfil homeostático/pró-resolução sejam alavancadas. Nossa hipótese geral postula que em função do tipo de estimulação recebida e subsequente características de ativação/secreção (ênfase em citocinas, eicosanóides, redes extracelulares de DNA), eosinófilos podem atuar como célula (i) defensora da homeostasia tecidual, (ii) promotora de quadros patogênicos, e/ou ainda (iii) orquestradora de resolução/recuperação tecidual. De fato, esta hipótese já norteia os estudos dos pesquisadores desta proposta que – com abordagem interinstitucional (IBCCF/UFRJ, ICB/UFRJ, UFJF, UFMG, IOC/FIOCRUZ e UEZO), multidisciplinar, e se valendo de ferramentas de biologia molecular/celular, farmacológicas e ultra-estruturais in vitro e in vivo – já vêm contribuindo (vide infra) para o avanço do conhecimento científico na área. Assim, o objetivo estratégico central dessa proposta é criar um Núcleo de Estudos Avançados em Eosinófilos no Brasil com proeminência e competitividade globais.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christianne Luce Gomes

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • destinos inteligentes da espanha que realizam festivais de cinema: experiência turística e lazer de apreciadores ibero-americanos da 7ª arte
  • A Espanha é uma referência internacional sobre o turismo em termos do expressivo número de turistas que chegavam a esse país até a pandemia da Covid-19, como pelo modelo de gestão do turismo, cada vez mais comprometido com novas tecnologias e com o conceito de Turismo Inteligente. O objetivo geral desta pesquisa é compreender a experiência de turistas que viajam para a Espanha com a motivação principal de participar de festivais de cinema em Destinos Turísticos Inteligentes (DTI). Objetivos específicos: a) Verificar se esses viajantes reconhecem a cidade que promove o festival de cinema como um DTI, identificando tecnologias e ferramentas que enriquecem essa experiência: governança, tecnologia, inovação, acessibilidade e/ou sustentabilidade. b) Conhecer as atividades de lazer realizadas durante o festival e verificar quais são mais compartilhadas em redes sociais online, blogs e sites especializados em turismo. c) Compreender os sentidos/significados de experiências vividas pelos turistas durante o festival de cinema no DTI espanhol. Entre as 35 cidades reconhecidas pela SEGITTUR como DTI, 8 promovem festivais de cinema, sendo selecionadas: Almería, Benidorm, Cuenca, San Sebastián, Gijón, Las Palmas de Gran Canaria, Palma e Santander. A pesquisa é exploratório-descritiva e segue abordagem quali-quantitativa. A coleta de dados contempla pesquisa bibliográfica, questionário on-line e entrevistas com turistas domésticos e internacionais, oriundos de países ibero-americanos. A pesquisa é plausível porque os potenciais voluntários serão identificados por meio de postagens em redes sociais online, contendo hashtags relacionadas aos festivais de cinema investigados. As análises serão realizadas por meio da técnica de triangulação, com aporte do software de análise qualitativa Nvivo, com análise de conteúdo (termos específicos, frequência de palavras, análise de cluster/análise estatística multivariada). Para os dados quantitativos, pretende-se utilizar o software SPSS.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 05/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Christiano Lyra Filho

Engenharias

Engenharia de Produção
  • otimização da sustentabilidade de energia elétrica em smart grids
  • O núcleo deste projeto é a concepção, desenvolvimento e difusão de estratégias de otimização em smart grids, para aumentar a disponibilidade de energia elétrica limpa, confiável, de boa qualidade e renovável. A associação dos termos "sustentabilidade", "otimização" e "smart grids", usados no título, sintetiza ações de pesquisa para maximizar os benefícios da energia elétrica sob as perspectiva de sustentabilidade, usando os recursos proporcionados pelo conjunto de inovações referidas de forma coletiva no termo "smart grids", que incluem as inovações em fontes de energia sustentáveis, em possibilidades de armazenamento de energia, em estratégias de controle, em dispositivos de supervisão e em disseminação de informações através das redes. O projeto é baseado na premissa de que os recursos dos sistemas de energia elétrica, em grande parte já existentes, podem ser melhor aproveitados pela interação de conhecimentos em métodos matemáticos de otimização, engenharia elétrica e inteligência computacional. O ambiente de smart grids amplifica as condições para obtenção desses benefícios; por outro lado, traz novas características para os problemas de planejamento e gestão das redes, e cria novos problemas associados à necessidade de infraestrutura para mobilidade sustentável, como o planejamento de instalações para abastecimento de veículos elétricos e roteamento sustentável de veículos. As principais ações do projeto serão em redução de perdas por reconfiguração de redes, otimização dos fluxos e controle de reativos em smart grids, planejamento da localização e dimensionamento de estações para abastecimento de veículos elétricos, confiabilidade e qualidade da energia em smart grids, previsão de demandas de estações para carregamento de veículos elétricos em redes de rodovias, e roteamento verde de veículos em áreas cobertas por smart grids. A realização do projeto será permeada pela formação de pesquisadores e divulgação dos resultados das pesquisas.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christina Abreu Gomes

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • quarenta anos depois: um estudo da variedade de fala carioca em tempo real
  • A relação entre língua e sociedade tem sido o foco dos estudos da Sociolinguística Variacionista desde o início dos anos 1960. O objetivo central desses estudos é analisar os processos de mudança linguística em curso numa comunidade de fala e o papel dos indivíduos na propagação de novas variantes. Para responder às múltiplas questões que podem ser colocadas quanto à complexa relação entre mudança na comunidade e no indivíduo, faz-se necessário contar com amostras de fala comparáveis tanto da comunidade como dos mesmos falantes. Este é o objetivo principal deste projeto que busca dar continuidade a estudos que, desde o início dos anos 80, fazem parte da pauta de trabalho do grupo de pesquisas Programa de Estudos sobre o Uso da Língua - PEUL, que já organizou diversas amostras da variedade carioca, dentre elas as amostra Censo 1980 e Censo 2000. Tomando como ponto de partida essas duas bases de dados, propomos a constituição de uma nova amostra estratificada da variedade carioca do português, composta de 32 falantes, e a realização, na medida do possível, de novas entrevistas com indivíduos que já participaram das amostras Censo 1980 e Censo 2000. Em síntese, buscamos obter a matéria prima necessária para identificar a trajetória de diferentes processos de mudança na variedade carioca, no decorrer dos últimos vinte anos e o alinhamento dos indivíduos com as tendências observadas na comunidade. O resultado final deste projeto contribuirá para uma visão mais ampla do estágio atual de processos de mudança na variedade carioca e para a discussão das motivações sociais subjacentes ao comportamento dos indivíduos que se alinham às mudanças em curso na comunidade. Para tanto, serão reanalisados, em longo termo, processos de mudança já identificados com base em dados de duas diferentes sincronias, buscando identificar sua trajetória e seu encaixamento linguístico e social. As novas amostras poderão permitir também a identificação de novos processos de mudança em curso.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christina Alves Peixoto

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • ação dos prebióticos (fruto-oligossacarídeos e galacto-oligossacarídeos) e sua associação com a fluoxetina sobre as vias de sinalização da neuroinflamação, cognição e depressão em modelo animal de obesidade induzida por dieta
  • A depressão é uma doença mental associada a fatores ambientais, genéticos e psicológicos. Estudos recentes indicam que a inflamação crônica causada por uma dieta rica em gordura (HFD) pode desempenhar um papel importante na indução da neuroinflamação e da depressão, por alterar o microbioma intestinal, as vias metabólicas, a produção de neurotransmissores e de outras moléculas de sinalização neuronal e de comportamento (Hassan et al., 2018). Por outro lado, a disbiose intestinal causa um desequilíbrio da homeostase energética que, por sua vez, leva à obesidade. Portanto, existe uma interligação entre obesidade, microbiota intestinal e depressão (Schachter et al., 2018). Os microrganismos intestinais podem sintetizar e reconhecer uma série de substâncias neuroquímicas, incluindo neurotransmissores (GABA, serotonina e dopamina), ácidos graxos de cadeia curta (SCFAs), ácidos biliares secundários e outras moléculas pequenas biologicamente ativas. Os SCFAs são os produtos finais da fermentação anaeróbica de fibras alimentares, com efeitos antidepressivos por estimular a produção de BDNF, um importante regulador da plasticidade neuronal, além de modular receptores de GABA e de glutamato (Maqsood e Stone, 2016). Adicionalmente, a neuroinflamação pode induzir alterações na via do triptofano que além de reduzir os níveis de serotonina, estimulam a produção de produtos do catabolismo do Triptofano (TRYCATS), que contribuem para o aparecimento de sintomas neuropsiquiátricos. Por sua vez, os inibidores de recaptação de serotonina (SSRIs), tal como a Fluoxetina (FLX), exercem efeitos antidepressivos através da regulação da síntese de serotonina (Fitzgerald e Bronstein, 2013), bem como regulam o balanço energético, sensibilidade à leptina através do BDNF (Scabia et al., 2018), inibição de neuropeptídeo Y (NPY), produção de pro-opiomelanocortina (POMC) e de hormônio estimulante de melanócito α (α-MSH), resultando na saciedade (Barros et al., 2018). Recentes estudos têm demonstrado que prebióticos [fruto- e galacto-oligossacarídeos (FOS e GOS) apresentam efeito antidepressivo, através da normalização da microbiota intestinal (Burokas et al., 2017), e que portanto, poderiam atuar como uma estratégia promissora em associação com os antidepressivos convencionais. Deste modo, o presente estudo pretende investigar os efeitos do tratamento com prebióticos (FOS e GOS), associados ou não com inibidor de recaptação de serotonina (FLX) sobre as vias de sinalização da neuroinflamação, cognição e depressão em modelo de obesidade induzida por dieta.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/12/2022
Foto de perfil

Christina Cesar Praça Brasil

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • programa de promoção da saúde vocal amparado por tecnologias ehealth
  • As alterações vocais constituem sério problema de saúde pública, interferindo na saúde dos professores. A temática ainda é pouco compreendida e considerada pelas políticas de saúde, sendo requeridas estratégias de promoção da saúde vocal e de monitoramento que auxiliem no enfrentamento da situação. Diante do problema, pesquisadores da Universidade de Fortaleza, em parceria com outras instituições do Brasil e de Portugal, considerando os benefícios da tecnologia eHealth para a promoção da saúde e visando oferecer novas possibilidades de cuidado à saúde do professor, desenvolveu o aplicativo VoiceGuard e o curso a distância – EaD Saúde Vocal em Foco. Como desdobramento dessas pesquisas, originou-se o “Programa eVoice”, uma estratégia de promoção da saúde vocal amparada pelas tecnologias desenvolvidas e validadas. Este programa contempla quatro oficinas, abordando a produção da voz e tecnologias de auto monitoramento. O presente estudo objetiva verificar a eficácia do “Programa eVoice” junto a professores. O estudo é relevante e necessário, pois o programa poderá contribuir para a melhoria das percepções dos participantes sobre saúde vocal; atualização e ampla utilização das tecnologias que lhe dão suporte; e identificação das contribuições das ferramentas eHealth nesse contexto. Ademais, há uma carência de estudos que demonstram a eficácia de estratégias de promoção da saúde vocal. Esta investigação poderá contribuir para que o “Programa eVoice” seja consolidado como política pública de saúde, em Fortaleza e nas outras localidades onde será utilizado. Estudo misto, longitudinal, aplicado, a ser realizado de 2022 a 2024, em escolas públicas municipais em Fortaleza, Ceará; Belo Horizonte, Minas Gerais; Funchal, Ilha da Madeira, Portugal; e Porto, Portugal. As seguintes etapas compõem o projeto: avaliação da percepção dos participantes sobre a voz antes e após a participação no programa; realização das oficinas de saúde vocal; e avaliação do programa.
  • Universidade de Fortaleza - CE - Brasil
  • 30/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Christine Tessele Nodari

Engenharias

Engenharia de Transportes
  • estudo da percepção de risco do condutor em vias rurais e urbanas: associando o uso de realidade virtual e inteligência artificial
  • As altas taxas de sinistros viários se caracterizam como um dos principais problemas de saúde pública da atualidade. A segurança de uma via é função da combinação dos fatores viário, veicular e humano. Os sinistros resultam do desequilíbrio do sistema formado por esses fatores. Para manter esse equilíbrio o desafio que se impõem é prover ambientes viários/veiculares cujas exigências sejam compatíveis à capacidade de desempenho do fator humano. Desde a década de 60, o conceito de “Forgiven Highways” indica a necessidade de considerar que fator humano é passível de erros. Posteriormente, as “Caring Highways” ressaltaram a importância de, não só perdoar as falhas, mas também evitá-las, destacando o papel do projeto viário na prevenção dos erros humanos. É nesse contexto que a percepção de risco se torna crucial para a segurança viária. O desempenho humano está associado a sua percepção de risco. Quando o risco percebido é menor que o risco real da via, tem-se uma condição potencial de ocorrência de um sinistro. A subestimação do risco pode estar originada na má comunicação do risco real da via ou na superestimação das habilidades do usuário da via. Assim, o entendimento da percepção do risco é essencial para o desenvolvimento de soluções viárias compatíveis com as limitações do fator humano e capazes de auxiliá-lo a evitar erros. Ainda que os conceitos de “Forgiven Highways” e de “Caring Highways” sejam bastante abordados na literatura, ainda são limitados os estudos que exploram como a percepção de risco dos usuários da via impactam no seu desempenho. Essa é uma importante lacuna no conhecimento que limita o desenvolvimento de soluções de segurança viária. O objetivo desse projeto é avaliar a conduta de condutores e/ou pedestres expostos à diferentes configurações de cenários viário e de veiculares de forma a conhecer como se dá sua percepção quanto ao risco apresentados e, assim, estabelecer as relações entre as soluções propostas e o desempenho de seus usuários.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cibele Barsalini Martins

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • os critérios do sistema de avaliação da pós-graduação brasileira e seus impactos no desempenho dos programas stricto sensu em administração de empresas
  • Considerado o papel do Estado em reconhecer que a pós-graduação stricto sensu deve ser pensada estrategicamente, verificam-se oportunas pesquisas sobre os programas de pós-graduação (PPGs) stricto sensu, como também sobre o Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) e, consequentemente, sobre o sistema de avaliação regulado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), ao qual os PPGs são submetidos. Para a última avaliação quadrienal, período de 2017 a 2020, a ficha de avaliação é composta por três eixos: Programa, Formação e Impacto Social. Assim, o questionamento norteador desta proposta é: quais são os possíveis impactos dos critérios do sistema de avaliação da CAPES no desempenho dos programas de pós-graduação da área de avaliação Ciências Sociais Aplicadas, subárea de Administração de Empresas, no conceito CAPES? A contribuição desta pesquisa é tanto em termos do Sistema Regional de Inovação (SRI) dos Estados, como também para o Sistema Nacional de Inovação (SNI), pois será contemplado um dos principais componentes desses sistemas, que é o desenvolvimento de competências inovativas, e também para o atingimento de três dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU - Agenda 2030. A pesquisa se caracteriza como descritiva com abordagens qualitativa e quantitativa. Em relação à coleta de dados, a primeira etapa será bibliográfica e documental, com estudo sobre critérios do sistema de avaliação e de relatórios retirados do site da CAPES, por meio Plataforma Sucupira, dos anos de 2017 a 2020. A segunda etapa será nos e sobre os PPGs selecionados, que mais atenderem aos critérios da avaliação.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/03/2022-10/06/2022