Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

César Augusto Battisti

Ciências Humanas

Filosofia
  • tradução da correspondência de rené descartes
  • O projeto visa à tradução, para o português, da correspondência do filósofo francês René Descartes (1596-1650), a ser feita por um grupo de pesquisadores e pós-graduandos de universidades brasileiras. Nele serão contempladas as cartas do período de 1605 a 1643, correspondendo a 60% do total (439 cartas de um total de 735; as demais serão deixadas para um projeto futuro). A maioria das cartas foram escritas originalmente em francês (625), mas há uma quantidade em latim (107) e algumas em neerlandês (três). Será utilizada a edição Adam-Tannery (edição das obras completas do filósofo; cinco volumes dedicados à correspondência), apoiada na edição Bompiani, mais recente e com nova organização, publicada em italiano e no original, sendo um dos volumes (com 3.165 páginas) dedicado à correspondência. A equipe, composta de especialistas da área, recém-doutores e pós-graduandos (25 membros) – a maioria com experiência em tradução – já está organizada em subgrupos (com subcoordenadores setoriais: professores efetivos das instituições), cada qual responsável pela tradução e primeira revisão de um conjunto das cartas. Dado o perfil dos participantes e a importância da publicação deste material bibliográfico para pesquisas de seus grupos de pesquisa, a proposta é plenamente exequível, ao mesmo tempo que central às pesquisas da área. O objetivo é traduzir a correspondência de Descartes, revisá-la e publicá-la (a parte correspondente à presente proposta); com isso, oferecer ao público brasileiro essa importante fonte de investigação do pensamento cartesiano. A tradução de textos de um pensador clássico atravessa o tempo sem perder sua atualidade, o que faz deste projeto ter um valor inestimável e duradouro. O projeto visa também contribuir para a valorização da correspondência de Descartes como material importante para a compreensão e reavaliação de seu pensamento.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 11/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

César Augusto Bernardes

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • aplicações de instrumentação computacional em física experimental de baixas a altas energias
  • A Ciência brasileira se destaca na atuação em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) de aceleradores e detectores de partículas. Resultados importantes são obtidos em regimes distintos de energia, como na P&D de detectores do CERN-LHC e das linhas de luz do LNLS-Sírius. O regime de alta luminosidade do LHC e imagens de altíssima resolução do Sírius exigem ferramentas modernas para otimizar a obtenção de resultados. O poder computacional necessário será alcançado com aplicações modernas para análise de grandes conjuntos de dados e simulação da interação da radiação com a matéria (IRM) em ambientes complexos. Nossa proposta visa obter aplicações agregando ferramentas modernas para processamento de dados, como aprendizado de máquina e computação de alto desempenho. O uso de aprendizado de máquina e GPU para a simulação de detectores do LHC mostra ganhos de eficiência em ordens de grandeza se comparados a CPUs, além do sucesso da simulação de feixes para hadronterapia. Optamos por empregar ferramentas consolidadas de código aberto como Geant4 e LAMMPS, utilizadas em distintos ramos da Ciência. O seu uso com GPUs e linguagem Python precisa ser desenvolvido para consolidar soluções modernas frente aos desafios atuais. Propomos construir aplicações voltadas para análise de dados e simulação em IRM, como também soluções em aplicações médicas que podem otimizar a dose e pré/pós processamento de imagem personalizados para pacientes. Métodos de simulação computacional, com sua devida validação, são ferramentas poderosas para avaliar a geometria de irradiação em procedimentos médicos. Logo, nosso objetivo é construir estas aplicações para simulação e análise de dados em temas de fronteira com a sinergia de diferentes áreas da Ciência. Portanto, a proposta de construir aplicações para uso nestes ramos é altamente promissora e com grande potencial de sinergia para a P&D de soluções inovadoras e fortalecer a formação de recursos humanos preparados para os desafios futuros.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cesar Augusto Tacla

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • modelo de explicabilidade contrastiva para agentes deliberativos
  • Explicabilidade em Inteligência Artificial (AI) permite aos atores envolvidos na construção e uso de um sistema inteligente (SI) obterem informações sobre as decisões produzidas pelo mesmo. O intuito é justificar as decisões aos usuários, permitir auditorias e verificação do cumprimento de normas e leis, auxiliar em processos de responsabilização e de debug. Um agente artificial (AA), componente de um SI, deve ter a capacidade de explicar as deliberações sobre (i) os estados de objetivos e a escolha de um subconjunto compatível deles, (ii) a delegação de objetivos, e (iii) a escolha de um agente parceiro para o qual delega parte de um objetivo. Pressupõe-se que os AAs sejam guiados por objetivos e realizem raciocínio prático (BDI). Dentre os tipos de explicações, encontram-se os tipos factual e contrastiva. Uma explicação factual apresenta uma cadeia de eventos que levam o agente a uma deliberação e, uma contrastiva, comumente usada por humanos, enfatiza as diferenças entre uma cadeia causal de referência e uma para comparação. O problema é que, para ser capaz de dar explicações contrastivas, um AA deve ter uma representação mais refinada sobre seus processos deliberativos do que teria para explicações factuais. A hipótese é que, se dotarmos agentes BDI de um modelo de explicabilidade que preconiza representações de processos deliberativos e de mecanismos de geração de explicações, eles gerarão explicações contrastivas em diferentes níveis de refinamento. Parte-se da proposição de um modelo genérico de deliberação baseado em estados e transições condicionais entre estados. A partir do modelo de deliberação e de um histórico do estado mental do agente, o mecanismo de explicabilidade gera as possíveis causas para responder a uma questão sobre uma deliberação comparativamente a outra. Com base em critérios relacionados à intenção da explicação e ao tipo de público, um subconjunto das causas é selecionado para apresentação. A abordagem adotada é incremental.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

César de Castro Martins

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • as múltiplas faces do carbono orgânico e metais no ecossistema subantártico: variabilidade espaço-temporal, conexões com fatores ambientais e a transferência entre compartimentos (carbmet)
  • A região da Península Antártica é considerada uma das poucas áreas relativamente preservadas do planeta, constituída de sistemas ecológicos e criosféricos capazes de responder de forma dinâmica a mudanças ambientais ocorridas em escala local e global. Estas características garantem um elevado grau de especificidade quanto aos processos de distribuição de carbono e elementos-traço desde a porção continental, passando pela coluna d’água e suas condicionantes físicas, químicas e biológicas, até os sedimentos de fundo. Neste contexto, a compreensão dos processos biogeoquímicos marinhos polares envolvendo a distribuição e composição da matéria orgânica dissolvida, particulada e sedimentar, e de metais-traço e Fe frente à diferentes escalas temporais (semanas, meses e anos) é de alta prioridade e potencialmente capaz de auxiliar na compreensão de alterações ambientais locais, resultantes não apenas da componente climática, mas também da interferência antropogênica. O estudo das características ambientais locais e como essas vêm sendo alteradas em diferentes escalas de tempo pode fornecer pistas valiosas sobre o comportamento do ambiente subantártico em um cenário futuro. Assim, este projeto pretende contribuir para a elucidação das múltiplas faces do carbono orgânico e de elementos metálicos no sistema subantártico frente às mudanças climáticas globais, à interferência antrópica local e de longa distância e às conexões com fatores ambientais, à variabilidade espaço-temporal destes parâmetros e à transferência de material orgânico e inorgânico entre compartimentos da hidrosfera marinha antártica. Para isso, serão caracterizadas as fontes biogênicas e antrópicas dos componentes orgânicos e inorgânicos em amostras de material particulado em suspensão (MPS), sedimentos superficiais e na fase dissolvida de diferentes regiões da Baía do Almirantado, Ilha Rei George, através da determinação de multiproxy ambientais e contaminantes orgânicos, a fim de relacionar os resultados obtidos às mudanças ambientais no ciclo biogeoquímico do carbono orgânico local em uma determinada escala de tempo. O planejamento amostral e laboratorial irá contemplar a coleta de amostras de MPS e sedimentos superficiais, bem como a instalação de amostradores passivos na Baía do Almirantado para a determinação dos níveis e a distribuição espaço-temporal de contaminantes orgânicos (hidrocarbonetos alifáticos e policíclicos aromáticos), poluentes orgânicos persistentes e emergentes (pesticidas organoclorados, bifenilas policloradas, retardantes de chama, produtos farmacêuticos e de cuidados pessoais), indicadores geoquímicos (COT, NT, PT, d13C, d15N, granulometria), marcadores moleculares da origem da matéria orgânica (n-alcanos, isoprenóides, terpenóides, álcoois e ácidos graxos, esteróis, cetonas de cadeia longa), indicadores químicos do aporte de esgotos (esteróis fecais, LABs); elementos metálicos (Fe, Cd, Co, Cr, Cu, Ni, Pb, Se, V, Zn, entre outros), e; assembléia de foraminíferos planctônicos e bentônicos. Os resultados a serem obtidos devem apresentar relevância ao estado da arte a nível internacional, gerando produtos de qualidade superior a fim de alavancar o Programa Antártico Brasileiro a um nível de protagonismo científico frente as demais comunidades de pesquisa antártica no Cone Sul e de destaque em áreas específicas do conhecimento na comparação às principais potências da pesquisa antártica mundial. O projeto contribuirá para a consolidação de grupos emergentes em geoquímica orgânica (LaGPoM/UFPR) e inorgânica antártica (LabQIM/USP) e nucleação de novos centros promissores de pesquisa polar (UFBA, UFSC, UFS) em diferentes regiões do Brasil, agregando pesquisadores de instituições da região nordeste (UFS e UFBA) e sul (UFSC), onde potenciais pesquisadores antárticos estão iniciando suas pesquisas. A integração das informações geradas nas múltiplas temáticas do projeto contribuirá para a compreensão do ciclo do carbono natural e antrópico no ambiente subantártico com ênfase nas mudanças ambientais regionais e globais, o impacto destas mudanças sobre ecossistemas antárticos em consonância com objetivos específicos dentro do plano de ação (2013-2022) do PROANTAR, no que diz respeito aos Efeitos das Mudanças Climáticas na Biocomplexidade dos Ecossistemas Antárticos e suas Conexões com a América do Sul e Mudanças Climáticas e o Oceano Austral.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Cesar Leandro Schultz

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • vulcanismo, aquecimento global e a maior extinção de todos os tempos: registros geocronológicos, magnetoestratigráficos e bioestratigráficos do intervalo permiano-triássico no sul da bacia do paraná
  • O final do Permiano e o Triássico foram momentos chaves para a evolução da Vida, incluindo a maior extinção da história e o surgimento da “Fauna Moderna” de vertebrados que existe hoje. A sucessão sedimentar depositada neste intervalo de tempo, na Bacia do Paraná, revela 3 intervalos biocronoestratigráficos principais: Neopermiano-Eotriássico, Mesotriássico e Neotriássico. Nesse período, a sedimentação foi entremeada por níveis de cinzas vulcânicas relacionadas ao Ciclo Orogênico Gondwanides que ocorreu na margem SW da Gonwana em duas fases distintas: San-rafaélica (358-251 Ma) e de Colapso Extensional (250-200 Ma). Este vulcanismo, por sua vez, parece estar relacionado a eventos climáticos extremos, num progressivo aquecimento global, que levaram a uma série de extinções e repovoamentos dos ecossistemas. Além disso, impactos de meteoritos registrados na região Sul, como os astroblemas do Cerro do Jarau (RS), Vargeão (SC) e Vista Alegre (PR) podem estar relacionados ter influenciado as extinções. As limitações das informações cronoestratigráficas da correlação (ou não) entre vulcanismo, impactos extraterrestres, mudanças climáticas e extinções ainda não foram devidamente estudadas sob os pontos de vista bioestratigráfico, geocronológico e paleomagnético. Somente com a obtenção deste conjunto de dados será possível entender como ocorreu a evolução da Bacia no contexto tectônico do SW do Gondwana e de outras bacias pangeicas, de modo a distinguir entre causas e efeitos regionais de outros de abrangência global. Para tanto, pretende-se realizar a prospecção e coleta de mais fósseis, obter novas idades absolutas (razões U-Pb em zircão detrítico - LA-ICPMS, SHRIMP), dados paleomagnéticos inéditos e análises isotópicas (de C e O) em rochas e fósseis. Desse modo, busca-se contribuir para um melhor entendimento de como os eventos climáticos extremos ocorridos no Permiano e Triássico atuaram sobre os ecossistemas terrestres, num cenário de aquecimento global extremo.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Cesar Lignelli

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • dicionário de sonoridades no teatro: terminologias e conceitos
  • As Sonoridades no Teatro - consideradas como voz, palavra (falada e cantada), música e sonoplastia presentes no tempo e espaço cênicos - são indissociáveis das Artes Cênicas, mesmo na ausência de algumas dessas instâncias, independentemente do tempo histórico, das técnicas, estéticas e tecnologias disponíveis para tal. Dado o potencial interdisciplinar do objeto deste projeto, atesta-se a existência, em vários dicionários dedicados ao Teatro, à Música e ao Canto, de entradas ou verbetes como Voz, Sonoplastia, Teatro Musical e outros afins. No entanto, não foi encontrado em português, inglês, italiano e francês nenhum dicionário com escopo que abarque terminologias e conceitos relacionados diretamente às Sonoridades no Teatro. Esse cenário, de presença inerente por um lado e de ausência por outro, impulsiona a proposta deste projeto de pesquisa que consiste em desenvolver um Dicionário de Sonoridades no Teatro. Para a operacionalização da primeira fase (36 meses) do projeto será realizado um estudo exploratório que envolverá o desenvolvimento de distintas ações e etapas que consistem sinteticamente em: 1) Realizar a pesquisa terminológica e conceitual relativa às sonoridades no teatro. 2) Ampliar a rede de professores de voz e de música dos cursos de Artes Cênicas das IES e IFs integrada ao projeto. 3) Redigir os verbetes coletivamente em formato de artigos curtos. 4) Publicar o dicionário em português e inglês. 5) Promover o lançamento do dicionário em IES e associações nacionais e internacionais interessadas em seu objeto. Para viabilizar pesquisa desta envergadura contamos principalmente com professores e pesquisadores do Grupo de Pesquisa Vocalidade & Cena (CNPq desde 2003), com a Equipe Central de 11 docentes de 11 IES cadastradas no projeto e com o apoio da Rede Voz e Cena (hoje com aproximadamente 80 professores e pesquisadores de voz e música para a cena das cinco regiões do país, que se reúnem regularmente desde 2011).
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

César Ricardo Teixeira Tarley

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de sensores eletroquímicos e fotoeletroquímicos empregando plataformas baseadas em materiais nanoestruturados associados com polímeros molecularmente impressos e cerâmicas condutoras
  • As Ciências Analíticas associada com a área de Química de Materiais tem contribuído sobremaneira para atender as demandas por novas tecnologias de análises químicas, o que reforça importância de trabalhos multidisciplinares. Notadamente, quando o fator preponderante para o desenvolvimento de métodos analíticos é o custo, a versatilidade e a portabilidade, as técnicas eletroanalíticas ganham destaque. Contudo, o desenvolvimento de métodos eletroanalíticos requer a construção de novos sensores modificados com diferentes materiais capazes de propiciar melhorias em termos de seletividade e sensibilidade. O presente projeto tem como objetivo principal investigar novos dispositivos analíticos baseados em sensores eletroquímicos e fotoeletroquímicos. Serão utilizados sensores impressos, dada a característica de portabilidade das medidas, modificados com nanopartículas catalíticas, como quantum dots de grafeno, e nanopartículas metálicas. Para os sensores fotoeletroquímicos, serão avaliadas junções de semicondutores fotoativos como BiVO4, CeO2, ZnO e CdS. A seletividade dos dispositivos de análise será garantida pela integração de polímeros moleculamente impressos (MIP) com as nanopartículas catalíticas e aos materiais fotoativos. A inovação do projeto está pautada na abordagem inédita da síntese dos materiais e integração com os MIP e, portanto, permitirá a difusão do conhecimento com maior propriedade científica. Estudos de cerâmicas condutoras preparadas via pirólise de polímeros inorgânicos e orgânicos dopadas com boro como novos materiais eletródicos também contemplam a inovação do projeto. Além disso, os dispositivos serão aplicados para determinação de substâncias de interesse clínico e ainda pouco investigadas, como a sarcosina em amostras de urina, um biomarcador de câncer de próstata; substâncias de interesse ambiental, como os agentes antimicrobianos e esteróides e, substâncias de interesse forense, como as drogas sintéticas piperazinas e catinonas sintéti
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Cesar Romero Amaral Vieira

Ciências Humanas

Educação
  • a ação do município na modernização educativa: piracicaba no início da primeira república (1890-1910)
  • Nas duas primeiras décadas republicanas, o município de Piracicaba destaca-se entre os mais representativos do estado de São Paulo em matéria de educação, em um contexto em que o ideal de instrução se fortalece orientado por concepções de mundo que buscam definir novos hábitos em um discurso que articula escolarização e civilização. Este projeto objetiva reconstruir, analisar e dar a conhecer a ação do município de Piracicaba na estruturação, manutenção e expansão de instituições educativas neste período. Há uma série de documentos oficiais, notícias veiculadas nos jornais locais e literaturas da época que apresenta indícios de que a preocupação com o avanço do programa de instrução pública era o motor principal que impulsionava àqueles que estavam comprometidos com o processo de emancipação da nação, por meio da vulgarização do ensino público. Buscar-se-á compreender a ação do município no processo de expansão escolar considerando não somente os fatores macros, advindos do contexto das relações com o estado, nem somente os micros, circunscritos basicamente nas relações intramuros das instituições. Mas em toda a sua complexidade pluridimensional, o que exigirá o cruzamento de informações muito diversificadas numa postura de caráter interdisciplinar, para vencer os desafios propostos por um tipo de visão linear, que ignora os conflitos e resistências entre os diversos atores do processo. Olhar para a ação do município de Piracicaba na educação a partir desta perspectiva é questionar o papel das elites locais, organizações sociais e religiosas neste processo nos primeiros anos da República (1890-1910), analisando de que maneira suas ações ocupam um espaço vazio deixado pelo governo estadual ou o completa, permitindo assim obter ganhos econômicos e políticos para os que as realizam. Almeja-se com a realização desta pesquisa colaborar com as investigações sobre a ação dos municípios na educação no estado de São Paulo e, em particular, do município de Piracicaba.
  • Universidade Metodista de Piracicaba - SP - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cesar Ulisses Vieira Verissimo

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • geoarqueologia - estudo de estabilidade, alteração, gênese e conservação dos painéis de arte rupestre em sete cidades, pi
  • O Parque Nac.de Sete Cidades é constituído predominantemente por afloramentos de arenitos devonianos (Fm Cabeças), cujo nome foi atribuído pela existência de sete agrupamentos principais de rochas separados entre si, cada um considerado uma cidade. O relevo é típico do intemperismo e erosão de Bacias Sedimentares, com os planaltos tabulares erodidos e dissecados em mesas e morros de formas cônicas e tabulares. Na superfície predominam feições ruiniformes imitando formas que guardam semelhança com pessoas, animais e coisas. O interior do Parque abriga um grande acervo de registros arqueológicos, notadamente pinturas rupestres realizadas em pontos de erosão alveolar, abrigos e paredões nos arenitos paleozóicos. Os grafismos são atribuídos em sua maioria à tradição Agreste, representada principalmente pelos grafismos puros, lagartos, antropomorfos e carimbos de mãos em variadas tonalidades de vermelho. A data da elaboração das pinturas é correlacionada às existentes na Serra da Capivara, para os quais as inscrições datam entre 6.000 e 2.000 AP. Este patrimônio pré-histórico encontra-se em avançado estado de degradação. Através do proj. P.421437 CNPq/ICMBio, foi realizado o levantam. aerofotogramétrico de toda área de Sete Cidades incluindo os principais sítios arqueológicos abertos à visitação. A partir da análise das imagens foram identificadas 4 famílias de fraturas, 2 delas influenciando na dissecação dos vales e recuo lateral das vertentes através de mecanismos de ruptura e tombamento de blocos. Ocorrem também desplacamentos e quedas controlados pela instersecção entre fraturas subv. e planos de estratificação subhorizontais. Constituem os principais objetivos do projeto: 1. Estudar os condicionantes de estabilidade e erosão dos arenitos; 2. Estabelecer a cronologia dos ciclos de erosão/deposição e sua assoc. c/ registros de cultura material arqueológica relacionada a Tradição Agreste; e, 3. Propor medidas de preservação/proteção do patrimônio arqueológico existent
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Cezar Karpinski

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • patrimônio bibliográfico nacional: preservação e difusão em santa catarina
  • Pesquisa sobre Patrimônio Bibliográfico Nacional (PBN) custodiado em Santa Catarina (SC), motivado pela falta de uma ação integrada de levantamento, diagnóstico, tratamento e difusão. Partindo do Plano Nacional de Recuperação de Obras Raras (PLANOR), o objetivo geral é o de analisar os acervos que constituem o PBN custodiado em dez instituições catarinenses catalogadas no PLANOR. Especificamente se objetiva: a) inventariar o quantitativo, tipologia, datação e condições de acesso do PBN custodiado em SC; b) descrever o estado de conservação e a forma de acondicionamento das obras catarinenses consideradas PBN; c) oferecer, via Laboratório de Conservação e Restauração de Documentos da Universidade Federal de Santa Catarina (LABCON/UFSC), restauração de 10 obras em estado crítico de conservação (uma de cada instituição); d) planejar ações conjuntas para preservação e difusão do PBN em SC. Teoricamente, a pesquisa está embasada na força catalizadora do conceito de Patrimônio atrelado ao objeto documental “Livro raro”. Em termos metodológicos, trata-se de pesquisa aplicada, qualitativa e de caráter exploratório e descritivo. Os procedimentos técnicos são de pesquisa bibliográfica e estudo de caso, este desenvolvido pelo Diagnóstico Rápido Participativo (DRP) e Grupo Focal. Os instrumentos de coleta de dados são: planilhas do Microsoft Excel para a etapa bibliográfica; observação participante (com diário de campo) e questionário para o DRP; reuniões técnicas (com roteiros) e seminários para o grupo focal. Resultados esperados: ampliação da capacidade laboratorial do LABCON/UFSC; inventário das obras de PBN custodiadas em SC; protocolos de segurança para manuseio e transporte de livros raros em SC; diagnóstico de conservação ambiental e documental das instituições e coleções pesquisadas; restauração de 10 livros; instrumento de pesquisa para recuperação da informação e difusão do acervo localizado/analisado.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025