Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sônia Maria da Silva Gomes

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • educação para os objetivos de desenvolvimento sustentável: diagnósticos, perspectivas e desafios nas escolas de negócios brasileiras
  • Este projeto de pesquisa objetiva problematizar o processo de Formação dos profissionais da área de negócios no cenário nacional no período de 2016 a 2020, em relação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), por meio da análise de suas possibilidades didático-pedagógicas, desafios buscando contribuir na proposição de uma abordagem metodológica de ensino em uma perspectiva educacional transformadora. Para atingir o objetivo proposto, utilizar-se-á uma abordagem qualitativa, cujos procedimentos metodológicos serão operacionalizados nas seguintes etapas: Na primeira etapa realizar-se-á a construção de um portfólio bibliográfico, elaborado de forma estruturada com base no instrumento Knowledge Development Process – Constructivist (Proknow-C). Em seguida, analisar-se-á de forma crítica e contextualizada como os componentes curriculares voltados aos ODS estão sendo inseridos no perfil de formação dos bacharéis das escolas de negócios, por meio dos projetos pedagógicos e/ou planos de curso das IES. A posteriori, serão construídos os instrumentos de coletas de dados da pesquisa de campo. Em seguida, pretende-se realizar entrevistas semiestruturadas com os coordenadores de curso, docentes e representantes de entidades de órgãos de classe. Para análise e interpretação do discurso dos entrevistados, empregar-se-á a análise de discurso na vertente francesa. Espera-se, por meio deste estudo, a obtenção de evidências teórico-empíricas, que além de fornecerem subsídios para a proposição de uma abordagem metodológica de ensino, possam contribuir para sugestionar a criação de políticas públicas e de ordem pedagógicas que busquem incorporar na formação dos profissionais da área de negócios uma concepção que amplie a ação reflexiva e crítica da realidade profissional e cidadã para interação e intervenção no âmbito da promoção do desenvolvimento sustentável.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sonia Regina Lambert Passos

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • avaliação cardiológica de recém natos e lactentes com exposição vertical ao zika vírus.
  • No início do ano de 2015, o Ministério da Saúde do Brasil passou a receber notificações de quadros de doença exantemática que apresentavam evolução benigna com regressão espontânea. Em abril desse mesmo ano, foi identificado na Universidade da Bahia, pela primeira vez no Brasil, o vírus Zika. No final do ano de 2015 foi constatado um aumento do número de notificações de recém natos portadores de microcefalia, inicialmente no Nordeste brasileiro e, logo em seguida, em todas as regiões do Brasil e até aquele momento, a associação de infecção pelo vírus Zika na gravidez e conceptos com microcefalia ou com outras malformações congênitas não havia sido relatada na literatura. Justificativa: Não há na literatura nenhum dado sobre possíveis alterações cardiológicas estruturais em bebês expostos à infecção vertical pelo vírus Zika e outros flavivírus, tornando uma pesquisa com esse objetivo não só relevante nesse momento da saúde pública mundial, mas também, inédita. Objetivos:Objetivo:Descrever alterações cardiológicas congênitas de recém natos e lactentes diagnosticados com exposição vertical ao Zika vírus e contextualizar com as alterações cardiológicas associadas a infecções por outros flavivírus Método: Estudo observacional de avaliação cardiológica (ecocardiograma e Holter de 24 horas) e de confiabilidade das medidas cavitárias e de fração de ejeção obtidas pelo ecocardiograma, de uma amostra de bebês que compõem a coorte do estudo “Exposição Vertical ao Zika vírus e suas Consequências para o Neurodesenvolvimento da Criança” aprovada no CEP do Instituto Fernandes Figueira(IFF) com o número CAAE 52675616.0.0000.5269. A amostra de 139 bebês será obtida com a entrada sequencial desses bebês na coorte do estudo principal a partir de junho de 2016. Através do ecocardiograma serão descritas alterações estruturais (cardiopatias congênitas) e realizadas medidas cavitárias (átrio esquerdo, aorta, ventrículo esquerdo em diástole e sístole e fração de ejeção). Para o estudo de confiabilidade serão selecionados aleatoriamente 44 bebês que terão o ecocardiograma realizado por dois examinadores independentes e obtido o Coeficiente de Correlação Intraclasse das medidas cavitárias e da fração de ejeção e que será considerado indicativo de correlação pobre (< 0,4), satisfatória (0,4≤ CCI ≤ 0,75) e excelente (> 0,75). Resultados esperados: Até esse momento não há como prever os resultados que serão obtidos com a avaliação cardiológica dessa coorte de bebês. Espera-se que esse estudo possa contribuir com informações inéditas na literatura e que essas informações contribuam com uma melhor alocação dos recursos da saúde pública no Brasil e no mundo.O estudo de confiabilidade permitirá uma avaliação dos resultados obtidos nos ecocardiogramas executados pelos cardiopediatras do IFF, orientando ou não para a necessidade de maior padronização no uso dessa ferramenta diagnóstica.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 17/10/2016-31/10/2020
Foto de perfil

Sonia Regina Lourenço

Ciências Humanas

Antropologia
  • cosmopolíticas quilombolas: a relação afroindígena, a terra e os territórios
  • A experiência de pesquisa de campo forneceu um solo etnográfico fértil a partir do qual a proposta de pesquisa apresentada se encontra assentada. A reflexão focaliza a perspectiva e as relações que os quilombolas estabelecem entre os seres humanos e não-humanos que conferem à vida nos quilombos, os sentidos do habitar, do viver e da extensão do sentido de humanidade para além dos seres humanos, incorporando plantas, animais e seres sobrenaturais como sujeitos que coabitam o mundo. Neste projeto de pesquisa, pretende-se estudar como a cosmologia destes coletivos negros se constitui de fluxos e pertencimentos, composições e criações que apontam para teorias locais sobre a natureza, o território e a vida, delineando, assim, os contornos e os modos de existência afroindígenas. Os encontros entre a população africana e os povos indígenas no estado de Mato Grosso presentes tanto nas narrativas de viajantes quanto nas narrativas de quilombolas e indígenas contemporâneos apontam para a existência de composições e criações ético-estéticas no sentido cosmopolítico de outros mundos possíveis.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sonia Silveira Ruiz

Ciências Humanas

Educação
  • fecitec-unip: um evento integrador de áreas de conhecimentos e niveis de ensino e descobridor de novos talentos
  • No intuito de produzir e difundir conhecimento e participar da vida social da comunidade, é papel das universidades e centros de pesquisa encontrar os desafios da sociedade para construir objetos que respondam aos seus preceitos fundamentais. É com este intuito que, apoiadas no conhecimento, estas instituições podem transpor as barreiras da divisão de classes sociais, oferecendo produtos apropriados às necessidades sociais de cada local ou região. Seguindo esta tendência, o ensino, por meio da produção e execução de projetos, possibilita o reconhecimento das características da realidade regional, onde os resultados se apresentam embasados na ciência para a produção de tecnologia e inovação. Ainda neste sentido, as Feiras de Ciências tem se apresentado como eventos realizados, comumente, nas escolas, mas abertos à comunidade em geral, com a finalidade de oportunizar a troca de experiências e de conhecimentos entre os visitantes e os expositores, além de estimular a criatividade e a disseminação da produção científica dos envolvidos. Assim, através da presente proposta, objetiva-se buscar apoio financeiro a projeto que visa contribuir, significativamente, para o desenvolvimento científico e tecnológico da comunidade escolar de Bauru, SP: a V FECITEC – UNIP – V FEIRA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA- UNIP- BAURU, um evento que, à semelhança das edições anteriores, financiadas pelo CNPq, viabilizará, a alunos e docentes de escolas da Educação Básica de Bauru, a divulgação de seus projetos científicos ou tecnológicos. O evento será organizado por equipe constituída por seis pesquisadores da UNIP, campus de Bauru, instituição proponente, e integrantes do GEPETEC-UNIP - GRUPO INTERDISCIPLINAR DE ESTUDOS E PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Através de um processo de sensibilização dos coordenadores pedagógicos e docentes, será incentivada a participação de alunos das unidades escolares do município de Bauru, para a apresentação de trabalhos de montagem, informativos e investigatórios. O desenvolvimento do presente projeto beneficiará a comunidade escolar da Educação Básica de Bauru; a comunidade acadêmica da UNIP, de diferentes áreas de conhecimento; a comunidade bauruense e o próprio processo educacional. Um Regulamento sobre a Feira de Ciência e Tecnologia foi desenvolvido nas edições anteriores do evento, mas poderá sofrer alterações, quando melhor analisado pelas Comissões Organizadora e de Avaliação dos projetos das escolas, na dependência da aprovação da presente proposta. Porém, muitas destas regras e/ou critérios foram, inicialmente, discutidos pela equipe proponente e executora da mesma, e encontram-se discriminados na presente proposta. A Feira de Ciências deverá reunir um mínimo de 40 (quarenta) trabalhos científicos, elaborados e propostos por estudantes e docentes de escolas públicas e privadas da Educação Básica, a partir do 6º ano do Ensino Fundamental. Espera-se que, com o desenvolvimento deste projeto, haja sensibilização de, pelo menos, 40% das escolas componentes da amostra total da população-alvo; que os docentes incrementem a adoção de práticas de investigação, elaboração de projetos e execução de experimentos científicos, no cotidiano escolar; que a divulgação dos trabalhos científicos seja, ainda, ampliada com a publicação dos mesmos em revistas locais, em eventos de natureza semelhantes, ou mesmo através de sites educacionais. A FECITEC--UNIP vem sendo realizada desde o ano de 2012. Nestes quatro anos de execução, conseguimos obter resultados significativos (tab 1) Tabela 1 - Dados relativos aos números obtidos nas quatro edições da FECITEC-UNIP. Número do processo CNPq Ano de desenvolvimento do projeto CNPq Número de projetos apresentados Número de alunos autores Número de professores orientadores 563884/2010-0 2012 47 115 9 2013 46 68 10 458940/2013-5 2014 45 94 17 2015 32 79 15 Pelos dados acima, observamos que, com a aprovação do projeto para o biênio 2012-2013, realizamos dois eventos, num total de 93 projetos de pesquisa inscritos e apresentados. Desta edição, tivemos vários trabalhos contemplados com troféus e três alunos foram indicados para bolsistas Iniciação Científica Júnior. De forma semelhante, com a aprovação do projeto para o biênio 2014-2015, realizamos dois eventos, num total de 77 projetos de pesquisa inscritos e apresentados. Desta edição, de forma semelhante, vários expositores receberam troféus e cinco alunos foram indicados para bolsistas Iniciação Científica Júnior. Pelo menos um destes ex-bolsistas do CNPq foi aceito pelo Instituto de Tecnologia de Massachuetts para cursar graduação, com 91% de bolsa de estudo. Com a aprovação da presente proposta, é nossa intenção realizar dois eventos: a V e a VI FECITEC-UNIP. Temos uma infraestrutura física e humana, que nos garante a realização destes eventos anualmente, buscando, cada vez mais, a aproximação entre a comunidade acadêmica e a comunidade bauruense, intraescolar e extraescolar.
  • Universidade Paulista - SP - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Soniza Vieira Alves Leon

Ciências da Saúde

Medicina
  • caracterização dos fenótipos neurológicos, imunológicos e de polimorfismos de genes com função imune nas infecções por vírus zika, chuicungunya e doenças correlatas
  • O objetivo deste estudo é contribuir para o diagnóstico clínico e fisiopatológico da infecção por ZIKV e doenças correlacionadas, investigando os fenótipos neurológicos, imunológicos e perfil de susceptibilidade genética associados a manifestações do sistema nervoso de indivíduos infectados. A patogênese das infecções virais agudas e crônicas, e o desenvolvimento de doenças autoimunes podem ter gatilho viral e estão ligadas a distúrbios no compartimento das células T, e o presente projeto irá conduzir uma análise fenotípica e funcional das células T de pacientes infectados pelo ZIKV, CHIV e doenças correlatas. As manifestações neurológicas e os fenótipos imunológicos serão correlacionados com o perfil de susceptibilidade genética de polimorfismos HLA e não-HLA. METODO Estudo prospectivo, incluirá pacientes infectados comprovados laboratorialmente, sem distinção de idade e etnia Para alcançar essas metas vamos Investigar a frequência das diferentes manifestações neurológicas de pacientes infectados pelo ZIKV e doenças correlacionadas; estabelecer a correlação dos diferentes fenótipos de acometimento do sistema nervoso com o perfil imunológico analisando a frequência de Thf em relação aos outros fenótipos de células T (Th1/Tc-1, Th17/Tc-17 e Tregs); determinar a frequência de células Th1/Tc-1, Th17/Tc-17 e Tregs específicas para o ZIKV e CHYV; analisar o perfil de citocinas inflamatórias e anti-inflamatórias no sangue periférico e de células T ativadas em cultura; correlacionar o perfil de citocina avaliado in vivo e in vitro com as manifestações neurológicas e em pacientes infectados sem manifestações neurológicas; estabelecer o perfil de susceptibilidade genética de pacientes infectados com e sem manifestações do sistema nervoso investigando os polimorfismos associados ao sistema HLA e não-HLA de genes com função na resposta imune; avaliar a frequência de células Th1/Th17 e Tregs no sangue periférico de pacientes manifestações neurológicas durante as fases aguda e de remissão; correlacionar e comparar os parâmetros imunes analisados nos pacientes com os diferentes fenótipos neurológicos e com a evolução da doença avaliado pelo nível de incapacidade. Análise do perfil imunológico Será conduzida uma análise fenotípica e funcional das células T desses pacientes para identificar possíveis fatores de risco associados com os fenótipos clínicos neurológicos encontrados e a evolução da doença. Para tanto a heterogeneidade funcional da população de células T, e uma análise acurada dos diferentes subtipos de células T é criticamente dependente de um citômetro de fluxo multicolor capaz de medir, simultaneamente, 11 distintos parâmetros por célula. Esse recurso está sendo solicitado neste projeto. Pesquisa de polimorfismos de genes HLA classe II e não-HLA As amostras coletadas para este estudo serão submetidas à extração de DNA genômico por método orgânico, de acordo com o protocolo adaptado de Carvalho e colegas (2010). Neste processo, 50,0 μl de sangue periférico ou um picote de 3,0 mm de papel FTA® embebido de sangue serão transferidas para um tubo com capacidade para 1,5 ml e misturados a 500 μl de fenol:cloroformio:alcool isoamilico. Será ainda realizada análise de vários SNPs em genes relacionados com a resposta imune não-HLA e relacionados ao desenvolvimento de doenças imunomediadas. Os SNPs investigados nesse estudo utilizarão a plataforma ION PGM com metodologia AmpliSeq™ Sample ID Panel (Thermo Fisher Scientific). Os genes candidatos foram selecionados a partir de vários estudos de associação já publicados por nosso grupo em pacientes com doenças imunomediadas associadas a mecanismos neuroinflamatórios [11-13], incluindo epilepsias que podem ser manifestação das encefalites por ZIKV [14]. Incluiremos assim os polimorfismos: MMP9 rs3222264, MMP9 rs3918242, TNFα rs1800629, CLEC16A (CIITA) rs7200786, IL22RA2 rs17066096, IL7 rs1520333, IL2RA rs3118470. Análise estatística Os dados obtidos serão armazenados em planilhas diferentes (neurológicos, imunológicos e de polimorfismos de genes HLA e não-HLA) para posteriormente serem analisados com o auxílio do programa de análise estatística por computador (SPSS for Windows). Será realizada estatística descritiva para cada variável de desfecho. Os resultados de diferentes grupos serão comparados por ANOVA com comparações múltiplas pareadas e por tabelas de contingência, ou coeficientes de correlação serão utilizados para análise de variáveis numéricas quantitativas. Para comparações de medidas consecutivas, ou antes e após tratamento, ou de áreas acometidas e não-acometidas dos mesmos indivíduos, será utilizado teste-T pareado ou o teste de Wilcoxon. Para correlação entre parâmetros de marcadores imunológicos e desfechos clínicos será aplicado o teste de correlação de Pearson, considerando correlação positiva leve (>25), moderada (>50) e robusta (>75). O nível de significância será estabelecido em p<0,05. Os resultados encontrados para os alelos HLA-Classe II e os polimorfismos dos genes não-HLA serão considerados estatisticamente significativos somente após a correção de Bonferroni pelo número total de alelos. Os achados que indicaram possível tendência de relação com a susceptibilidade à doença deverão ter p valor <0,05 após a correção de Bonferroni. RESULTADOS ESPERADOS Os principais resultados esperados estão baseados na perspectiva de avanço no conhecimento dos mecanismos associados as manifestações do sistema nervoso de pacientes infectados por ZIKV, CHIV e doenças correlatas. Assim, esse projeto tem como metas e resultados esperados: identificação de biomarcadores e marcadores de susceptibilidade genética; identificar a prevalência de manifestações neurológicas na coorte de pacientes infectados acompanhados pelos neurologistas e infectologistas do HUGG e HUCFF; contribuir no estado da arte da infecção do ZIKV, CHIV e doenças correlatas no que concerne as manifestações neurológicas.
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/11/2016-31/10/2020
Foto de perfil

Sorahia Domenice

Ciências da Saúde

Medicina
  • pesquisa de variações do número de cópias genômicas patogênicas em uma coorte de pacientes com insuficiência ovariana primária
  • A falência ovariana é uma condição frequente e ocorre em cerca de 1% das mulheres antes dos 40 anos e 0,1% antes dos 30 anos. A falência ovariana primária (FOP) se caracteriza por ausência de ciclos menstruais por um intervalo maior do que 6 meses acompanhada por níveis elevados de gonadotropinas (FSH>30 U/L) e hipoestrogenismo. Esta condição pode ter um amplo espectro de apresentação, que varia de amenorreia primária acompanhada ou não da falta de desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários femininos à presença de amenorreia secundária após o desenvolvimento puberal completo e menarca. Nas pacientes portadoras de FOP o hipoestrogenismo prematuro leva ao aumento do risco de osteoporose, de doenças cardiovasculares e doenças neurodegenerativas, além de infertilidade. A alta frequência desta condição na população feminina e as graves repercussões na saúde física e mental destas mulheres tornam o estudo etiológico da FOP de alta relevância. As causas etiológicas da FOP envolvem mecanismos heterogêneos e podem ser secundárias a processos infecciosos, a doenças metabólicas e autoimunes, a fatores ambientais e iatrogênicos além das causas cromossômicas e genéticas. Porém, na maior parte das pacientes a causa da FOP ainda não é estabelecida. As técnicas citogenéticas convencionais contribuem para a identificação da causa etiológica em apenas 10-15% dos casos. Deleções, inversões e translocações no cromossomo X são as causas genéticas mais frequentemente identificadas nas pacientes com FOP. Os genes FMR1 (pré-mutação, Síndrome de X frágil) e o BMP15, localizados no cromossomo X, tem seu papel comprovado na etiologia da FOP. Anormalidades em vários genes autossômicos como GDF9, FIGLA, FOXL2, NOBOX, NR5A1 (SF1), FSHR, ESR1, LHR, SOHLH1/2, INHA, NANOS3, STAG3, SYCE estão também associados a FOP. Entretanto, cerca de 80% dos pacientes com FOP permanecem sem diagnóstico etiológico estabelecido, apesar da investigação laboratorial e genética realizada. Na busca por um diagnóstico molecular para esse grande número de pacientes portadores de FOP de etiologia não conhecida, várias técnicas de citogenética, citogenômica e biologia molecular têm sido utilizadas. Com o objetivo de melhorar a resolução das técnicas de citogenética convencional novas metodologias foram desenvolvidas, como as técnicas de arrays, Comparative Genomic Hybridization Array (CGH-array) e Single Nucleotide Polymorphism Array (SNP-array), também conhecidas como “cariotipagem molecular”. O CGH-array e SNP-array são técnicas de citogenômica, que permitem avaliar através de pequenas amostras de DNA, todo o genoma, ou parte dele; representando uma revolução na análise cromossômica, com uma maior resolução na detecção de variação no número de cópias (copy number variants-CNVs) além de detectar baixos níveis de mosaicismos (10-30%) e perda de heterozigose de uma maneira mais rápida e acurada. O objetivo deste estudo é pesquisar a presença de deleções ou duplicações submicroscópicas e investigar uma possível relação da presença de CNVs raras com a etiologia da doença, em um grupo selecionado de pacientes com FOP sem causa definida. Quarenta e seis pacientes portadoras de falência ovariana primária serão estudadas, todas com cariótipo 46,XX; o grupo se constitui por 11 casos familiares (23 pacientes) e 23 casos esporádicos. Análises de DNA dos pacientes serão submetidas a avaliação pela técnica de Comparative Genomic Hybridization Array (CGH-array). Os achados serão comparados com CNVs descritas em bancos de dados de controles normais compilados pelo Database of Genomic Variants (http://projects.tcag.ca/variation/), e também pelos estudos de CNV em indivíduos com fenótipos alterados, depositado no banco de dados do DECIPHER Consortium (http://decipher.sanger.ac.uk). Os possíveis genes candidatos serão pesquisados nos bancos de dados disponíveis para consulta pública e na literatura científica quanto à sua possível associação com o fenótipo em estudo. Os resultados deste estudo poderão além de estabelecer o diagnóstico genético da paciente com FOP, permitir o rastreamento e o aconselhamento de outras mulheres da família, portadoras da mesma alteração gênica porém assintomáticas ou em fases precoces da doença e com a possibilidade de orientação sobre medidas para preservação de fertilidade.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Soraia Macari

Ciências da Saúde

Odontologia
  • o papel da leptina na remodelação óssea maxilar em doenças crônicas
  • Introdução: O osso é um tecido dinâmico que sofre remodelação fisiológica constante para manutenção da sua integridade estrutural e homeostase mineral. Essa característica permite sua adaptação frente a alterações de carga mecânica, necessidades minerais, crescimento e reparo de fraturas, por meio da remodelação óssea. O processo de remodelação óssea, por sua vez, é controlado por fatores sistêmicos e locais, tais como alguns hormônios, dentre eles a leptina, hormônio produzido principalmente pelas células adiposas, que atua via sistema nervoso central na regulação do peso corporal e indiretamente na regulação do metabolismo ósseo. Alterações sistêmicas crônicas como colite (doença inflamatória intestinal) e osteoporose induzem a perda óssea. Entretanto, não há estudos que mostrem a relação da leptina no processo de remodelação óssea nestes modelos crônicos. Objetivo: Avaliar o efeito da leptina na microarquitetura óssea da maxila e fêmur em modelos crônicos induzidos por osteoporose e colite em camundongos. Materiais e Métodos: Camundongos selvagens fêmeas C57/BL6 (Wild Type - WT) e deficientes para o receptor de leptina (db/db) serão divididos em três grupos experimentais: (i) intacto (grupo controle); (ii) ovariectomizados (osteoporose induzida pela falta de estrogênio, OVX) e (iii) colite induzida por sulfato de sódio dextrano (Dextran Sulfate Sodium - DSS). Os animais serão tratados de acordo com a Comissão de Ética em Pesquisa Animal da Universidade Federal de Minas Gerais (protocolo 145/2017 e 296/2012). Após a eutanásia, as maxilas e fêmures serão analisados por micro tomografia computadorizada (microCT), análise hitomorfométrica e análise molecular por qPCR. O soro será coletado e avaliado por ELISA para verifiacar se a perda óssea está correlacionada com a expressão sistêmica de citocinas (TNF-α and IL-1), quimiocinas e receptores de quimiocinas (CCL2, CCL3, CCL5, CCR1, CCR2 e CCR5) e marcadores de remodelação óssea (RANK, RANKL; OPG; RUNX2, CTx). Resultados preliminares: A deficiência de estrogênio causado pela OVX e a colite induziram perda óssea maxilar nos animais WT representado pela redução da densidade óssea (BMD), volume ósseo (BV/TV), espessura (Tb.Th) e aumento da separação das trabéculas (Tb.Sp). Este fenótipo foi prevenido nos animais deficientes para o receptor de leptina, não havendo diferença estatística entre os tratamentos nos animais db/db. Adicionalmente, exceto os animais intactos, maiores valores de BMD, BV/TV e redução de Tb.Sp foi observado nos animais db/db OVX e colite quando comparados aos animais WT dos mesmos grupos experimentais, demonstrando melhora na qualidade óssea maxilar. Resultados semelhantes foram encontrados nos fêmures. Os dados obtidos poderão ser úteis para conduzir futuras estratégias terapêuticas na modulação da perda óssea associada à doenças crônicas.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Soraya dos Santos Pereira

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • fragmentos de anticorpos de camelídeos: ferramentas para o desenvolvimento de dispositivos para diagnóstico de doenças virais
  • O desenvolvimento de insumos para elaboração de imunoensaios para fins de identificação de agentes infecciosos virais têm importante papel no prognóstico, auxiliando na conduta e racionalização da terapêutica, assim como podem vir a contribuir para o conhecimento sobre a epidemiologia, disseminação e identificação de possíveis vetores relacionados ao ciclo de transmissão viral. Os nanocorpos ou VHH, são ferramentas de vanguarda que permitem formações multiméricas para aplicações em diferentes campos da ciência. Correspondem ao domínio único de reconhecimento antigênico de anticorpos de cadeia pesada de Camelídeos. Com cerca de 15kDa, mesmo na ausência da cadeia leve, preservam suas propriedades de afinidade ao antígeno. Atreladas a suas características estruturais e propriedades físico-químicas, tais como, elevada solubilidade, resistência a ações proteolíticas e estabilidade a variações de pH e temperatura podem ser utilizados na pesquisa, no diagnóstico, e na terapêutica de doenças de importância médica. Na perspectiva, de produção de imunobiológicos para elaboração de estratégias diagnósticas, este projeto propõe a produção e seleção de nanocorpos de Camelídeos, como insumos para o desenvolvimento de dispositivos para diagnóstico rápido, de fácil exequibilidade, visando aumentar a sensibilidade e especificidade de imunodiagnósticos voltados para detecção e identificação de antígenos virais. Assim como contribui para a consolidação da pesquisa biotecnológica voltada ao desenvolvimento de protótipos gerados a partir de nanocorpos de Camelídeos.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RO - Brasil
  • 01/06/2017-31/08/2020
Foto de perfil

Soraya Regina Gasparetto Lunardi

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • análise qualitativa das leis de políticas públicas para implementação do direito social à habitação
  • O presente projeto de pesquisa objetiva analisar as leis que configuram as políticas públicas elaboradas pelo governo federal e pelo governo estadual de São Paulo para a concretizar os direitos sociais na área de habitação de acordo com os critérios estabelecidos na orientação de “Avaliação de Impacto Regulatório para uma Política Coerente” da OCDE . A pesquisa tem como marco temporal inicial a Legislação Federal que criou o Estatuto da Cidade (Lei 10.257 de 2001). O projeto pretende estabelecer uma comparação das políticas públicas federal e estadual (São Paulo) com a finalidade de contribuir para a análise jurídica da qualidade legislativa e sua influência na efetivação das políticas públicas bem como na análise da própria efetivação das normas buscando identificar as melhores práticas para a concretização deste direito fundamental social. A qualidade legislativa de políticas públicas relativas a direitos sociais condiciona, seu potencial de sucesso. Certamente esse não é o único fator a influenciar o bom desempenho, já que a política pública depende de uma série de variáveis como a conjuntura econômica ou as mudanças nas prioridades da política de governo. Porém, a qualidade legislativa é um fator importante para que a política pública seja bem sucedida e possa operar como política de Estado e não apenas política de governo, o que garante sua continuidade. Uma norma bem elaborada indica um caminho a ser trilhado pela administração pública. A pesquisa irá estabelecer uma base de dados composta pelas normas elaboradas para concretizar o direito à habitação da população de baixa renda do governo federal e do governo estadual paulista. Em paralelo será aplicado um método de avaliação com base na seleção de elementos indicados para avaliação de impacto regulatório da OCDE. Esses elementos serão identificados pelo software NVIVO®, bem como pela aplicação de elementos indicados na doutrina especializada (Stefanini, Gay, Pini, 2010, Lianos, Karliuk, 2014, Dellile, 2014 Eck, 2012, Radaelli, 2012). Serão comparados os modelos legislativos de política pública federal e estadual de habitação popular e o impacto das iniciativas junto a sociedade.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Stefanie Alvarenga Santos

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • estudo comparativo das exigências nutricionais, predição do valor energético de alimentos e curvas de lactação em pequenos ruminantes
  • Este projeto foi elaborado com a finalidade de propor experimentos para abastecer o banco de dados para a elaboração do primeiro Sistema Brasileiro de Exigências Nutricionais de Caprinos e Ovinos a ser desenvolvido pela equipe do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Ciência Animal (INCT-CA). Para isso serão conduzidos três estudos, sendo o primeiro destinado à determinação de exigências nutricionais de caprinos e ovinos, o segundo destinado à determinação das curvas de lactação, consumo e variação de peso e balanço energético em cabras lactantes de diferentes grupos genéticos, e o terceiro estudo meta-analítico será proposto para propor equações de predição do valor energético de alimentos para pequenos ruminantes. No primeiro experimentos serão utilizados 36 ovinos e 36 caprinos machos, sendo quatro de cada grupo aleatoriamente selecionados para compor o grupo referência. Os 64 animais remanescentes serão distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com 2 tratamentos que serão definidos pela espécie animal. No segundo experimento serão utilizadas 36 cabras leiteiras, sendo 12 da raça Saanen, 12 da raça Moxotó e outras 12 da raça Anglo-Nubiana, que constituíram três tratamentos experimentais, recém-paridas, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado. O terceiro estudo será composto por quatro submodelos para estimar a digestibilidade aparente dos nutrientes e o teor de nutrientes digestíveis totais (NDT). Será obtida uma base de dados completa composta por unidades experimentais individuais de ovinos e caprinos onde serão incluídas informações qualitativas e quantitativas . A base de dados original utilizada nesta constituirá de num total de pelo menos 902 animais provenientes de 27 experimentos com caprinos e ovinos. Espera-se com este projeto que sejam geradas informações necessárias para determinação das exigências nutricionais de energia, proteína e macrominerais de caprinos e ovinos criados em regiões de clima tropical; obter ajustes matemáticos para curvas de lactação e variação de peso em cabras leiteiras para determinação do potencial de produção e persistência na lactação; obter um modelo de predição da composição corporal de caprinos e ovinos utilizando-se a seção HH; e obter um conjunto de modelos de predição do valor energético de alimentos para caprinos e ovinos em condições tropicais a partir da composição química.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022