Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alisson Marques da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • técnicas de aprendizado de máquina aplicadas na triagem virtual para reposicionamento e descoberta de fármacos
  • A descoberta de novos fármacos é um grande desafio para a indústria farmacêutica. A descoberta um novo medicamento é um processo longo, caro e, muitas vezes, aleatório. Milhares de moléculas passam por uma série progressiva e longa de testes, e apenas uma pode vir a se tornar uma fármaco viável. Desta forma, qualquer ferramenta ou metodologia que possa acelerar e/ou reduzir os custos de apenas uma dessas etapas seria de grande relevância e impactaria em todo o processo. Nesse cenário as técnicas de simulação computacional, que empregam Modelagem Molecular, têm ganhado destaque. Essas técnicas permitem um melhor planejamento e direcionamento nos experimentos, o que pode vir a reduzir o tempo e os custos envolvidos na pesquisa de novos medicamentos. Um dos maiores avanços recentes no processo de auxílio a descoberta de novos fármacos foi o desenvolvimento de técnicas de Triagem Virtual (TV). Essa técnica provê, através da aplicação de modelos teóricos, um auxílio à seleção de moléculas com as características químicas desejadas para estudar suas reações químicas e estabelecer relações entre a estrutura e as propriedades da matéria. Neste contexto, este projeto propõe o desenvolvimento de um arcabouço de aplicações de Triagem Virtual baseada em técnicas de Aprendizado de Máquina cuja execução utiliza processamento concorrente e paralelo (Graphics Processing Units - GPUs) para a otimização da carga computacional e redução de custos com o processo de exploração e análise. As aplicações propostas serão utilizadas em experimentos de Triagem Virtual utilizando os bancos de alvos OOMT (Our Own Molecular Targets Data Bank) e BraMMT (Brazilian Malaria Molecular Targets) e os resultados teóricos motivarão a realização do trabalho experimental específico para as moléculas mais promissoras. Com isso, busca-se diminuir o tempo e custo no processo de descoberta de novos fármacos. Além disso, o presente projeto objetiva promover o maior intercâmbio entre químicos, detentores de moléculas, com biólogos, farmacêuticos e bioquímicos, os executores dos ensaios biológicos pela disponibilização das aplicações desenvolvidas.
  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alisson Moura Santos

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • avaliação de clones multiespécies de eucalipto para uso múltiplo no tocantins
  • Na região do Matopiba apresentou um grande crescimento da área de florestas plantadas, principalmente com eucalipto. Na maioria dos plantios, utilizaram-se clones comerciais adaptados para outras regiões do país. Os povoamentos são destinados para a produção intensiva de madeira, sem a realização de planejamento, nem tampouco, avaliação do comportamento silvicultural dos genótipos ao longo dos anos para a escolha daquelas espécies com maior grau de adaptação as condições ambientais. Como consequência, observam-se extensas áreas com altos índices de mortalidade e/ou baixa produtividade. Em alguns casos, em decorrência do material genético utilizado, o índice de mortalidade chega a 95% do plantio. Evidentemente, esse fenômeno ocorre associado também devido as condições edafoclimáticas. Considerando a necessidade de genótipos adaptados para essa região, a presente proposta tem o objetivo de avaliar o desempenho silvicultural de diferentes clones comerciais de eucalipto multiespécies para uso múltiplo em dois locais no Tocantins. Serão utilizados diferentes clones comerciais, tais como: BRS 362, BRS 363, BRS QUARENTA, I-144 (E. urophyla), I-224 (E. urophyla x E. camaldulensis), VE 41, VE 38, AEC0020 (E. cloeziana), AEC0014 (E. cloeziana), AEC0007 (Hib.exp - to x ci), dentre outros. De modo geral, serão utilizados clones indicados para uso múltiplo e com perspectiva de adaptação as condições edafoclimáticas do Tocantins. Os testes clonais serão conduzidos em duas áreas contrastantes, sendo Palmas/TO e Marianópolis do Tocantins/TO. Os experimentos serão instalados no delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições e parcelas constituídas por 16 plantas. Será utilizado o espaçamento de 3,5 x 3,5 m, sendo que cada parcela experimental contará com quatro linhas de plantio com quatro plantas em cada linha, totalizando 16 plantas por parcela. Serão realizados os tratos silviculturais usuais para a cultura do eucalipto. Serão conduzidas avaliações diâmetro a altura do peito, altura e dados qualitativos do fuste aos 12, 24 e 32 meses. Serão conduzidas análises estatísticas e selecionados clones superiores para as condições em avaliação.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - TO - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Allan Klynger da Silva Lobato

Ciências Agrárias

Agronomia
  • mecanismos de ação dos brassinosteróides em plantas de soja sob deficiência hídrica
  • A soja é a mais importante das espécies leguminosas, sendo largamente cultivada e exercendo impacto social, econômico e nutricional sobre a população de vários países, principalmente no Brasil. Os brassinosteróides são considerados esteroides com significantes propriedades promotoras do crescimento, no qual desperta interesse de pesquisadores o fato da potencialização de enzimas antioxidantes e os benefícios sobre o aparato fotossintético de plantas expostas a estresses abióticos, tal como a deficiência hídrica. Esta proposta tem a finalidade de investigar a atuação dos brassinosteróides em plantas de soja expostas à deficiência hídrica. Assim como, revelar o comportamento fisiológico, bioquímico, anatômico, nutricional e agronômico de plantas de soja submetidas à deficiência hídrica, e estabelecer os possíveis benefícios promovidos pelos brassinosteróides. O experimento será realizado em casa de vegetação sob o desenho experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial do tipo 2 x 3, sendo duas condições hídricas (déficit hídrico e controle), combinado com três níveis de brassinosteróides (0, 50 e 100 nM EBR), totalizando 6 tratamentos e sendo composto por 5 repetições. As plantas serão acondicionadas em vasos de 3 L de substrato. Neste experimento serão avaliados os parâmetros fisiológicos, bioquímicos, anatômicos, nutricionais e agronômicos nas plantas. Os resultados serão submetidos a análise de variância (ANOVA) e quando houver diferença significativa será aplicado o teste mais adequado (Tukey, Scott-Knout ou teste-t). Além disso, os desvios padrões de todos os tratamentos/pontos serão calculados e aplicados os estimadores de regressão e de correlação (Pearson ou Spearman) entre os parâmetros avaliados usando o software ASSISTAT®.
  • Universidade Federal Rural da Amazônia - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Allan Schnorr Müller

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • estudo da evolução de galáxias quiescentes e do papel da atividade nuclear na evolução de galáxias
  • Apesar de um grande avanço, nas últimas décadas, na compreensão de como galáxias se formam e evoluem, diversas questões seguem sem resposta. Entre elas, o impacto de processos de feedback estelar e de núcleos ativos na evolução de galáxias, os processos físicos responsáveis pela cessação da formação estelar e consequente formação da sequência vermelha. A formação da sequencia vermelha, em especial, é uma questão de grande interesse, pois, ao menos no universo local, galáxias quiescentes são majoritariamente esferoidais, ao contrário de galáxias star forming. Isso implica que a cessação da formação estelar deve ser seguida de uma transformação estrutural. O estudo de galáxias quiescentes compactas, tipicamente observadas entre 1 < z < 3 e morfologicamente distintas das galáxias quiescentes locais, é o meio ideal para compreender como essas transformações ocorrem. O presente projeto tem por objetivo: 1) estudar o impacto de feedback de núcleos ativos na evolução da galáxia hospedeira entre redshifts 1 e 3 (época em que ocorreu o pico da formação estelar no universo); 2) estudar o papel de feedback de núcleos ativos na cessação da formação estelar, através da caracterização do impacto de feedback radiativo na galáxia hospedeira de núcleos ativos de luminosidade intermediária; 3) compreender como a atividade nuclear é iniciada, em específico como gás é transportado de escalas de um kiloparsec até escalas de dezenas de parsecs, criando um reservatório de material que alimentará o buraco negro supermassivo; 4) Buscar análogos locais das galáxias quiescentes compactas observadas em altos redshifts; 5) Caracterizar as propriedades estruturais e cinemáticas de galáxias quiescentes compactas através do estudo dessas análogos locais, a fim de compreender como esses objetos evoluem para se tornarem as galáxias elípticas massivas do universo local.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022