Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Pedro Lagerblad de Oliveira

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • vias de detoxificação e sinalização celular no intestino de insetos vetores e seu papel na adaptação a hematofagia
  • Insetos vetores de doenças ingerem em um único repasto o equivalente a várias vezes o seu próprio peso em sangue do hospedeiro. Essa ingestão de grandes quantidades de alimentos representa um desafio metabólico que encontra poucos paralelos na natureza. Durante a digestão do sangue, moléculas de alguns nutrientes são produzidos em tal quantidade no intestino de insetos hematófagos que gerariam para a maioria dos organismos um quadro de intoxicação. O estudo da toxicidade do heme nesses insetos se encaixa dentro deste paradigma, e o conceito foi reforçado pela presença de diversos mecanismos que contribuem para diminuir a toxicidade do heme. Mais recentemente, raciocinando de forma análoga, observamos que um traço singular da composição do sangue dos vertebrados é o alto conteúdo de proteínas de forma que elevadas concentrações de aminoácidos são formadas no trato digestório de animais hematófagos. Mostramos que vias de degradação de aminoácidos aromáticos atuam, no sentido de prevenir a formação de níveis tóxicos de aminoácidos e dessa forma constituem assim uma adaptação a hematofagia. O objetivo deste projeto é compreender como o epitélio intestinal lida com o grande volume de alguns nutrientes que possuem citotoxicidade potencial em decorrência das elevadas concentrações geradas na digestão do repasto sanguíneo. Até o momento, obtivemos evidências de que isto acontece para o caso do heme e de aminoácidos. No caso do heme, envolvendo especialmente alterações de metabolismo e sinalização redox. Em relação aos aminoácidos, caracterizamos a existência de toxicidade da tirosina, mas ainda não desvendamos os mecanismos moleculares envolvidos. Nos anos a seguir, pretendemos estudar as respostas celulares que permitem a manutenção da homeostasia intestinal e das vias de sinalização celular que coordenam a resposta a alimentação, identificando também o impacto dessas vias sobre os patógenos transmitidos por estes insetos.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Pedro Luis Grande

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • nanomateriais à base de ga2o3 com controle de defeitos e composição para o desenvolvimento de dispositivos eletrônicos avançados
  • O óxido de gálio (Ga2O3) é um semicondutor de banda larga que tem atraído grande atenção de pesquisadores e engenheiros ao longo dos últimos anos devido a uma combinação única de várias vantagens relacionadas a seu amplo bandgap (alta temperatura e estabilidade química, campo elétrico de alto breakdonw, alta fotossensibilidade UV e transparência solar / visível), ferromagnetismo (Tc muito acima da temperatura ambiente), compatibilidade tecnológica e segurança ecológica (grandes substratos podem ser fundidos a uma temperatura relativamente baixa e baixo custo comparados com outros semicondutores de banda larga como SiC e GaN), multifuncionalidade (várias aplicações em eletrônica de alta potência, detectores UV transparentes à luz solar, sensores de gás, dispositivos memristors e spintrônicos). Ao mesmo tempo, há uma série de problemas fundamentais e tecnológicos que precisam ser resolvidos. Entre elas estão as altas concentrações de defeitos de crescimento no caso de camadas de Ga2O3 epitaxiais, grau insuficiente de controlabilidade para o tipo / nível de dopagem. É um desafio obter a condutividade do tipo p devido às peculiaridades da estrutura eletrônica da banda em Ga2O3. O projeto proposto é dedicado ao desenvolvimento de novas abordagens tecnológicas para a fabricação de filmes finos de Ga2O3 e nanoestruturas de Ga2O3 usando metodologia fora do equilíbrio (far from equilibrium) e para demonstrar o desempenho superior de materiais desenvolvidos em fotodetecção solar UV e sensores de gás. A implantação iônica será empregada como método principal para controlar os tipos / concentrações de defeitos e impurezas em materiais granulares e finos de Ga2O3 obtidos por várias técnicas e para sintetizar nanoestruturas de Ga2O3 em matrizes dielétricas compatíveis com silício, a fim de revelar propriedades elétricas ajustáveis e novos efeitos associados a defeitos e impurezas. O caráter de não-equilíbrio e alta pureza dos processos tecnológicos utilizados serão as principais vantagens que nos permitem superar as limitações físicas e químicas atuais características do Ga2O3. A solução proposta concentra-se em alcançar as seguintes metas: (a) Crescimento e dopagem in situ de camadas de PVD Ga2O3 na IIT Jodhpur, UNN e UFRGS. (b) Dopagem com metais de transição e elementos de terras raras em camadas de Ga2O3 no IIT Jodhpur. (c) Síntese e modificação de nanomateriais à base de Ga2O3 utilizando feixes de íons de alta energia na UFRGS. (d) Síntese e modificação de nanomateriais à base de Ga2O3 utilizando feixes de íons de média energia na UNN. (e) Caracterização das amostras por espalhamento de íons de energias média (MEIS) e alta (RBS) na UFRGS (f) Caracterização estrutural, morfológica, óptica e elétrica de nanomateriais de Ga2O3 na IIT Jodhpur, UFRGS e UNN. (g) Modelagem teórica do efeito de defeitos e impurezas nas propriedades eletrônicas e estruturais dos nanomateriais de Ga2O3 na UNN.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 08/08/2019-31/08/2024
Foto de perfil

Pedro Paulo de Andrade Santos

Ciências da Saúde

Odontologia
  • estudo clínico patológico e imunohistoquímico da evolução de carcinomas epidermoides orais induzidos quimicamente em ratos
  • A complexidade no entendimento dos inúmeros mecanismos que envolvem a carcinogênese oral, demanda estudos pormenorizados para auxiliar no entendimento desse intricado processo. Desta forma a análise de biomarcadores imuno-histoquímicos que atuam tanto em processos fisiológicos quanto patológicos são essenciais, além da necessidade de criteriosa análise morfológica. Ajudando a entender não só o desenvolvimento, como também a gênese de possíveis alterações patológicas que podem acometer essa região tão nobre do corpo humano que é a cavidade oral. Diante disso, realizaremos esse estudo utilizando ratos da linhagem Wistar que é um animal que possui muita similaridade com o sistema humano, submetendo-o a um processo de indução carcinogênese química, analisando características clínicas, histopatológicas, imuno-histoquímicas e histomorfométricas das diferentes etapas de desenvolvimento do carcinoma oral. Espera-se que os achados do presente projeto possam contribuir para a melhoria no entendimento do processo de carcinogênese, atuação de biomarcadores e suas relações com prognóstico das lesões, objetivando um tratamento mais promissor e eficiente para os pacientes acometidos por lesões que compõem o espectro de formação do carcinoma epidermoide oral.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Pedro Pires Goulart Guimarães

Ciências Biológicas

Biofísica
  • plataforma de nanopartículas carregadas com mrna para induzir diretamente células t a expressarem car para reconhecimento de tumores sólidos in vivo e ex vivo
  • A terapia com células T do receptor de antígeno quimérico (CAR) baseia-se na manipulação ex vivo das células T dos pacientes para criar terapias potentes direcionadas ao câncer, que demonstram ser capazes de induzir remissão em pacientes com leucemia linfoblástica aguda e linfoma de células B, mas ainda não foram efetivas no combate aos tumores sólidos. Os atuais métodos de engenharia de células CAR-T fazem uso de vetores de entrega viral, que induzem a expressão permanente de CAR e podem levar a efeitos adversos graves. O RNA mensageiro (mRNA) tem sido explorado como uma estratégia promissora para induzir a expressão transitória de CAR nas células T para mitigar os efeitos adversos associados aos vetores virais, mas geralmente a entrega de mRNA às células T pode ser citotóxica. Para esse projeto, nossa proposta é desenvolver e implementar uma plataforma de nanopartículas lipídicas ionizáveis (LNPs), para entrega segura e eficaz de mRNA para induzir diretamente células T a expressarem CAR para o reconhecimento de tumores sólidos tanto in vivo como ex vivo, de modo a reduzir a progressão tumoral in vivo. Por meio dessa estratégia inovadora propomos superar os obstáculos inerentes a entrega de RNA/DNA em células imunes. Espera-se também, correlacionar a estrutura das LNPs com a biodistribuição e eficácia de transfecção em células apresentadoras de antígeno, tecidos linfoides e diferentes populações de células imunes, como células dendríticas, macrófagos, neutrófilos, linfócitos B e linfócito T. Dessa forma, essa tecnologia poderá ser utilizada para o desenvolvimento rápido de terapias gênicas com alvo em diferentes células imunes. Nesse contexto vale ressaltar que não existe plataforma igual no Brasil. O projeto proposto é inovador, utiliza tecnologia de ponta e encontra-se na fronteira do conhecimento porque consiste em uma proposta de uma plataforma de nanopartículas, escalonável, que utiliza um vetor não-viral para tratamento de tumores sólidos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 08/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Pedro Rodrigues Curi Hallal

Ciências da Saúde

Educação Física
  • causas e consequências da prática de atividade física ao longo do ciclo vital
  • A inatividade física causa 5,3 milhões de mortes por ano no mundo. Aproximadamente 1/4 da população adulta no mundo é fisicamente inativa e 4/5 dos adolescentes no planeta não atingem a recomendação de praticarem uma hora por dia de atividade física. O objetivo do projeto é investigar as causas e consequências da inatividade física em crianças (7 anos), adolescentes (18 anos) e adultos (30 e 40 anos), por meio de uma abordagem de ciclo vital. Nas quatro coortes de Pelotas, que incluem cerca de 20000 participantes no total, a atividade física foi mensurada a partir de questionários e, também, de acelerômetros. O projeto utilizará análises prospectivas. Na análise das consequências da inatividade física para a saúde, será avaliado o efeito da atividade física sobre saúde óssea, saúde cardiometabólica, função cognitiva, saúde mental e Covid-19.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Pedro Santos Almeida

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • desenvolvimento de sistemas inteligentes de iluminação artificial a leds para o cultivo ótimo de plantas de interesse econômico
  • No projeto ora proposto, pretende-se aplicar a iluminação baseada em diodos emissores de luz (LEDs) para criar sistemas de suplementação artificial de luz em aplicações de cultivo de plantas – com um foco especial às potenciais aplicações em ambientes externos (outdoor – canteiros, lavouras, pivôs centrais, etc.) ou internos (indoor – estufas, salas de crescimento, etc.) com a suplementação das necessidades fotossintéticas de culturas de interesse econômico (como soja, tomate, café, feijão, milho, hortaliças, criação de mudas, frutíferas silvestres, flores ornamentais, alimentos orgânicos, etc.). Desta forma, deseja-se estudar e construir, especificamente, protótipos de drivers inteligentes de LEDs que integrem conjuntos de sensores e controladores de potência dos dispositivos, que sejam dimerizáveis (com controle de intensidade luminosa), e contem com uma estimação e controle indireto de fluxo radiante e com um controle fino do espectro da radiação, que poderá ser otimizada para cada situação de cultivo. Tais circuitos eletrônicos (drivers) poderão, então, ser aplicados para acionar módulos de LEDs ou luminárias – também a serem projetados e construídos no âmbito do projeto – visando a otimização do processo de fotossíntese destas plantas superiores (vasculares), o controle/ampliação/modulação de seu fotoperíodo e a redução no consumo de energia associado à iluminação artificial nesta aplicação específica. Usando de tal sistema moderno e inteligente de iluminação, seria possível otimizar e ter um controle maior na exploração comercial e industrial de tais vegetais de interesse econômico (usados na produção de alimentos, bebidas, medicamentos, insumos produtivos, biocombustíveis, etc.). O projeto é centrado na pesquisa, construção e validação experimental tanto dos drivers eletrônicos inteligentes quanto dos módulos e luminárias de LED, a serem projetados especificamente para esta aplicação.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Pedro Teixeira Lacava

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • da matéria condensada à física estatística: propostas em energia, sensores e nuclear.
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 17/02/2020-16/02/2025
Foto de perfil

Peter Maurice Erna Claessens

Ciências Humanas

Psicologia
  • aprendizagem e surpresa em inferência perceptual
  • Percepção pode ser definida como o processo de redução da incerteza sobre o ambiente a partir de informação sensorial e conhecimento prévio. O teorema do Bayes fornece a base da teoria normativa sobre como informação sensorial e expectativas sobre o mundo devem ser combinadas. Experimentos psicofísicos recentes têm levantado indícios convincentes que observadores de fato realizam uma integração Bayesiana de informação e conhecimento, ou de várias fontes de informação. Este projeto propõe experimentos que abordam o processo de aprendizagem responsável pela construção de expectativas perceptuais, além de fatores que determinam a magnitude da surpresa quando estas expectativas são quebradas, e a facilitação subsequente da aprendizagem perceptual. Nos experimentos propostos, será avaliado se observadores humanos conseguem aprender implicitamente a correlação entre um atributo central à tarefa de classificação visual e uma pista informativa, com e sem pista ancilar (indicando validade ou não da pista informativa). Também será investigado o papel da quebra de expectativas ('surpresa'), conforme registrado por técnicas psicofisiológicas, nestes tipos de aprendizagem perceptual. Os resultados serão avaliados e comparados com o modelo normativo de redes Bayesianas para inferência complexa e servirão de base para o desenvolvimento de modelos neurocomputacionais dos processos neurobiológicos que a produzem.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 10/06/2022-30/06/2025
Foto de perfil

Peterson Adriano Belan

Engenharias

Engenharia de Produção
  • metrologia voltada à indústria 4.0: calibração sem toque
  • Instrumentos de medição são essenciais para garantir a qualidade nos processos de fabricação nas indústrias. No entanto, a baixa eficiência de produtividade nos processos de calibração é um problema recorrente nos laboratórios, especialmente quando os instrumentos a serem calibrados são analógicos e não possuem uma interface de comunicação integrada. Neste contexto, os sistemas automatizados e por uso de visão computacional podem proporcionar maior precisão, repetibilidade, redução de custos e padronização de resultados. Assim este projeto propõe a exploração de técnicas de visão computacional para automatização do processo de calibração de instrumentos de medição. Para execução destas tarefas o uso de câmeras digitais são essenciais para captura das informações, sejam estas de displays analógicos, digitais ou outra forma de leitura das informações do equipamento a ser calibrado. O uso de processos automáticos para calibração de instrumentos de medição, vão de encontro com a Metrologia 4.0, ou metrologia para Indústria 4.0, no que tange a automação de processos e o oferecimento serviços mais confiáveis, eficientes e customizados. A ideia é que as técnicas propostas sejam aplicáveis aos laboratórios metrológicos para auxiliar os técnicos nos processos de medição dos equipamentos, ampliando a precisão e a eficiência na emissão do certificado de calibração.
  • Universidade Nove de Julho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Peterson Cleyton Avi

Ciências Humanas

Educação
  • iii feira estadual de matemática do rs - online
  • No ano de 2022 será realizada a III FEIRA ESTADUAL DE MATEMÁTICA DO RS - ONLINE, onde está prevista a exposição de no mínimo 80 projetos de pesquisa que envolve matemática do estado do RS. A Feira será realizada nos dias 27 e 28 de outubro de forma totalmente Online. Como fases anteriores de seleção de trabalhos, no ano de 2022, será realizada a IV FEIRA REGIONAL DE MATEMÁTICA DA REGIÃO DE IJUÍ, no município de Ijuí, e a II FEIRA REGIONAL DE MATEMÁTICA DA REGIÃO DE SANTA ROSA, no município de Santa Rosa. A realização das Feiras objetiva promover a construção e divulgação dos conhecimentos Matemáticos, socializando suas pesquisas e resultados. As Feiras envolvem professores e estudantes da Educação Básica, Educação Especial e Educação Superior e representa um momento de integração. Sobre a história das Feiras no RS, a I Feira Regional de Matemática da Região de Ijuí aconteceu no dia 25/08/17 tendo 81 trabalhos apresentados, enquanto a II Feira Regional de Matemática da Região de Ijuí aconteceu no dia 24/08/18 com 97 trabalhos apresentados. A III Feira Regional de Matemática da Região de Ijuí, aconteceu no dia 25/10/19 com 86 trabalhos apresentados. Também, a I Feira Regional de Matemática da Região de Santa Rosa aconteceu no dia 30/08 com 47 trabalhos socializados. Em 2020, com a situação imposta pela pandemia, o evento foi readequado e trazendo uma inovação, foi realizada a I Feira Estadual de Matemática do RS com 29 trabalhos apresentados nos dias 21 e 22 de outubro, realizado de forma totalmente Online. Em 2021, considerando o cenário ainda imposto pela pandemia, não serão realizadas novamente as Feiras Regionais, mas nos dias 04 e 05 de novembro vai acontecer a II FEIRA ESTADUAL DE MATEMÁTICA DO RS, de forma totalmente Online, contando novamente com transmissão no canal do Youtube da UNIJUI. Entendemos que a realização da Feira de Matemática no estado do RS é importantíssima visto os resultados significativos das feiras já realizadas no estado até agora.
  • Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 15/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Philippe Olivier Alexandre Navaux

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • ia+cloud: treinamento de algoritmos de inteligência artificial na nuvem
  • Aprendizado de Máquina, Machine Learning-ML, é um dos assuntos da área de Inteligência Artificial que mais cresce na Ciência da Computação, ajudando todos os campos do conhecimento e da sociedade ao trazer novas abordagens para a compreensão de grandes conjuntos de dados. A abundância de dados e técnicas de treinamento, especialmente de Aprendizado Profundo, Deep Learning, permite que empresas desenvolvam produtos revolucionários, como carros autônomos, assistentes pessoais e ferramentas de recomendação de produtos. De outro lado, existe um crescimento no processamento dos programas de computador na nuvem, cloud. É uma maneira de diminuir o custo de investimento na compra de computadores para execução dos programas localmente. O presente projeto propõe a execução do treinamento de Algoritmos de Aprendizado de Máquina na nuvem. O desafio do projeto é a execução dos dados no treinamento de algoritmos de Inteligência Artificial na nuvem, especialmente usando aceleradores, uma das tarefas que mais consome recursos da computação e que pode levar dias. A ideia de executá-los na nuvem é aliviar o processamento em computadores locais. Aplicações de Algoritmos de Inteligência Artificial, na área da Saúde e do Petróleo, serão analisadas o desempenho e a acurácia na execução na nuvem. Atualmente, já temos aluno que executou algoritmos de ML na nuvem da Google, empregando o processador TPU, Tensor Processing Unit, para acelerar o treinamento do aprendizado na área da Saúde. Para desenvolver o projeto serão estudadas as facilidades que os provedores na nuvem, Google, Amazon, oferecem para execução do treinamento de algoritmos de ML. Posteriormente, serão preparados problemas da área da saúde e do petróleo para execução na nuvem, analisando formas de acelerar e otimizar sua execução. Por fim, serão avaliados os ganhos de desempenho, sem perda de acurácia no treinamento dos algoritmos. Estas atividades devem gerar diversos resultados e publicações em veículos de qualidade.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Pietro Chimenti

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • medidas de precisão de oscilação de neutrinos em juno e hyper-kamiokande
  • A descoberta do fenômeno da oscilção de neutrinos através da observação de neutrinos atmosféricos pelo Super-Kamiokande em 1998, demonstrou a existência da massa e da mistura entre estas partículas. Junto com as observações de oscilação de neutrinos oriundos do Sol e dos reatores nucleares abriram a possibilidade de estudar novos fenômenos, como a violação de CP no setor de leptons, contudo, é necessario obter medidas de precisão da oscilação de neutrinos, e em partícular em relação ao chamado ordenamento dos autoestados de massas dos neutrinos. Experimentos como JUNO e Hyper-Kamiokande (HK) nos oferecerão medidas com uma precisão sem precedentes não somente para responder a algumas perguntas a respeito das propriedades dos neutrinos no arcabouço do modelo padrão (MP) de partículas elementares, como também para oferecer a oportunidade de explorar nova física além do MP. O intuito deste projeto é pesquisar a capacidade individual e a sinergia que JUNO e HK têm para estudar as propriedades fundamentais dos neutrinos. A colaboração JUNO deverá começar a coletar dados no fi m de 2022, por outro lado, o detetor HK ainda está na fase inicial de construção e com a previsão de começar a coletar dados em 2027, portanto, estudos fenomenológicos sobre a capacidade deste experimento para prenunciar as possíveis descobertas são de máxima relevância. O Brasil participa na colaboração JUNO desde 2016, contribuindo principalmente com o sistema de fotomultiplicadoras pequenas. Mais recentemente o Brasil também entrou na colaboração HK (que foi formada o ficialmente em 2020) contribuindo principalmente com os estudos fenomenologicos explorando tanto quanto possível o potencial do detetor HK para determinar e descobrir as propriedades ainda desconhecidas dos neutrinos.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 24/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Piter Gargarella

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • manufatura aditiva de compósitos metálicos em camadas com propriedades magnéticas moles
  • O crescente uso de veículos elétricos tem estimulado o desenvolvimento de motores elétricos mais eficientes, com menor gasto energético e custo. O núcleo desses motores é geralmente formado por chapas finas de aço Fe-Si, sendo frequentemente adicionada camada de material isolante entre elas para reduzir as perdas por correntes parasitas. A espessura mínima dessas chapas é determinada pela quantidade de Si incorporada na liga, sendo proibitivo teores acima de 3,2 %p. devido a dificuldades na fabricação das chapas, embora seja conhecido que um teor maior melhora as propriedades magnéticas. Uma rota alternativa para fabricar núcleos de aços Fe-Si com teores acima de 3,2 %p. é a manufatura aditiva por Fusão Seletiva por Laser (FSL). Nesse processo, camadas de pó são fundidas seletivamente por um laser, seguindo um desenho tridimensional da peça. A construção da peça camada por camada possibilita uma grande liberdade de design e uso mínimo de material, e suas altas taxas de resfriamento permitem a formação de uma microestrutura fora do equilíbrio. A flexibilidade de design e formas oferecida pela FSL cria novas perspectivas na fabricação de componentes eletromagnéticos compactos de alta performance. Uma outra possibilidade da FSL é a fabricação de componentes com camadas de diferentes composições. É possível, por exemplo, obter uma estrutura que imita a do núcleo, com camadas micrométricas intercaladas de intermetálico de alta resistividade e de material magnético mole de alto desempenho, permitindo uma redução significativa das perdas por correntes parasitas. Poucos trabalhos foram realizados sobre a produção desses compósitos, sendo que muitos aspectos ainda precisam ser estudados. Frente a isso, o presente projeto tem como objetivo a fabricação e o estudo das características metalúrgicas, mecânicas e magnéticas de compósitos metálicos com camadas intercaladas de aço Fe-Si e intermetálico de alta resistividade produzidos por FSL.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Plábio Marcos Martins Desidério

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • jovens de escolas públicas e consumo cultural em cidades do norte do tocantins
  • Os processos sociais que se configuram no Norte do Tocantins possuem clivagens importantes para esta pesquisa e suas estratégias de ação. Um desses processos é o consumo cultural realizado por jovens estudantes no final do ciclo do Ensino Médio do norte do Tocantins, mais especificamente em Araguaína (na Escola Estadual Modelo, Escola Paroquial Luís Augusto e no Colégio Estadual Jorge Amado), em Ananás (Colégio Estadual Getúlio Vargas) e em Campos Lindos (Escola Estadual Manoel Alves Grande). Estes municípios ocupam diferentes faixas do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M): Araguaína (IDH-M alto), Ananás (IDH-M médio), e Campos Lindos (IDH-M baixo). É necessário compreender através de estudos de recepção – preferencialmente etnografia do consumo – como esses jovens, consomem através das várias instâncias de mediação e compartilham produtos e processos culturais. Para isso a pesquisa analisará as estratégias de consumo dos jovens em algumas cidades do Norte do Tocantins como um microcosmo da Amazônia Oriental, visando construir projetos de ação entre os jovens para que os mesmos possam produzir conteúdos na dimensão da globalização, como a construção de um banco de dados útil e consistente para tomada de decisões que permita a convergência de dados informativos e analíticos do que tem sido realizado no âmbito cultural.
  • Universidade Federal do Norte do Tocantins - TO - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Plácido Rogerio Pinheiro

Engenharias

Engenharia de Produção
  • modelos híbridos estruturados em aprendizado de máquina e multicritério em um ambiente inovador
  • Algoritmos de Aprendizagem de Máquina e Tomada de Decisão em Multicritérios possuem aplicações eficazes na tomada de decisão adequada em Big Data, devido a sua potencialidade no uso da Tecnologia de Informação, em variados domínios no âmbito da saúde, economia, agricultura e setor industrial. A Tomada de Decisão em Multicritérios é capaz de garantir um modelo de decisão participativa, objetivando compreensão entre os usuários que aplicam. Os problemas de decisão enfrentados, em sua maioria, estão relacionados a abordagens multicritério. Esses problemas são classificados como complexos e a consideração de todos os aspectos relevantes para a tomada de decisão é praticamente impossível, devido às limitações do ser humano. Quando se trata de decisões gerenciais, a questão é mais crítica, visto que a escolha errada entre duas alternativas semelhantes pode implicar em desperdício de recursos, afetando a empresa. O presente projeto propõe uma abordagem híbrida, estruturada na composição de algoritmos de Aprendizagem de Máquina associados, a um método multicritério de apoio à decisão estruturado nas metodologias de multiatributo e da Análise Verbal de Decisão visando à descoberta de conhecimentos e conceitos seguida de refinamento dos resultados. Pretende-se investigar o comportamento da interação entre os métodos da Análise Verbal de Decisãoe da Teoria de Utilidade Multi-atributo, a saber, com as metodologias de aprendizado de máquina, observando as metodologias de redes neurais e algoritmos de mineração de dados, procurando otimizar a complexidade apresentada pelos métodos híbridos. Neste contexto, considerando bases de dados existentes, deseja-se construir modelos de forma a possibilitar a solução de problemas sociais relacionados a qualidade de vida e sustentabilidade com base em um ambiente inovador. Pretende-se desenvolver ferramentas computacionais de forma a possibilitar a agregação dos métodos de multicriterio com as metodologias de aprendizado de máquina.
  • Universidade de Fortaleza - CE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Poli Mara Spritzer

Ciências da Saúde

Medicina
  • inct de hormônios e saúde da mulher
  • O INCT de Hormônios e Saúde da Mulher iniciou suas atividades em dezembro de 2009 e congrega pesquisadores com sólida experiência em pesquisa, ensino e assistência médica em Endocrinologia, Ginecologia e Medicina Reprodutiva no Brasil, para concretizar uma proposta conjunta de pesquisa e desenvolvimento, que se traduza em reais benefícios para a ciência, para o País e para a Sociedade. Conta ainda com a colaboração de grupos emergentes, que desenvolvem projetos específicos promissores. É importante destacar que a atuação articulada em rede de pesquisa já vem ocorrendo para a maior parte destes pesquisadores, através das atividades deste INCT de Hormônios e Saúde da Mulher, em andamento desde 2009. O ingresso de vários grupos novos na atual proposta é parte da estratégia de ampliação do INCT de Hormônios e Saúde da Mulher, prevista a partir de 2012 e deverá contribuir fortemente para a consolidação desta rede de pesquisadores identificados com o tema da Endocrinologia Ginecológica e Reprodutiva. Adicionalmente, cabe assinalar que esta é uma área de pouca tradição em pesquisa no Brasil e que a atuação do INCT de Hormônios e Saúde da Mulher vem permitindo alavancar o desenvolvimento de novos grupos e consolidar a massa crítica de pesquisadores nesta área. A articulação do programa de pesquisa gira em torno de quatro eixos: no primeiro, se estabelece a dinâmica de interação entre as equipes das diferentes instituições, de acordo com suas competências e especificidades. O segundo eixo refere-se ao direcionamento das pesquisas em torno de questões específicas, que requerem delineamentos adequados e diferentes metodologias para a obtenção dos resultados esperados. O terceiro eixo está voltado à gestão, ao planejamento estratégico de suas atividades a médio e longo prazo, às oportunidades de associação com novos grupos emergentes em áreas menos densas em recursos humanos qualificados para a pesquisa e desenvolvimento das ciências da saúde, aplicadas e básicas. É muito importante considerar que este terceiro eixo, mesmo sendo, em parte, balizado pelos outros dois, tem se mostrado essencial ao longo dos anos de vigência do INCT de Hormônios e Saúde da Mulher para a dinâmica de funcionamento atual e futura da rede e representa o elo de transferência e trocas com a sociedade, com os órgãos governamentais e com o setor produtivo. E por fim, o quarto eixo refere-se à interação e articulação do INCT e de seus componentes com organismos internacionais como a Organização Mundial da Saúde e o Population Council (USA), entre outros, assim como a interação com pesquisadores internacionais que resultam em projetos e/ou publicações conjuntas. As atividades de pesquisa do INCT de Hormônios e Saúde da Mulher estão organizadas em três linhas principais de pesquisa, que abrangem diferentes etapas do ciclo de vida feminino e condições clínicas prevalentes e que têm em comum a influência das concentrações e/ou ações sistêmicas ou teciduais de diferentes hormônios. Estas condições refletem tanto a produção hormonal endógena quanto decorrem da administração terapêutica, como na contracepção hormonal ou na terapia hormonal da menopausa. São estas as linhas de pesquisa da proposta: 1) Síndrome dos ovários policísticos, Transtornos de Identidade de Gênero e Hormônios Sexuais 2) Vitamina D, Osteoporose, Menopausa e Insuficiência ovariana primária 3) Planejamento familiar, incluindo contracepção, infertilidade e distúrbios da sexualidade e endometriose. Estas linhas de pesquisa e projetos associados refletem uma intensa e frutífera atividade no que se refere à potencial incorporação de avanços substanciais na ciência médica e no conhecimento da endocrinologia feminina e reprodutiva, mas também na tradução futura dos resultados aqui obtidos em políticas nacionais e regionais de promoção à saúde da mulher. Neste sentido, é importante salientar que além da pesquisa cientifica stricto sensu, a realização de estudos multicêntricos, estudos de base populacional, projetos diretamente vinculados à órgãos públicos de Saúde, pesquisas com populações suscetíveis como gestantes, osteoporóticas, entre outras, permitirá maior interlocução com o setor Público e sociedade. O INCT de Hormônios e Saúde da Mulher desenvolve, implementa e incentiva a formação de pessoal em todos os níveis, com atuação de seus pesquisadores na orientação de mestrados, doutorados e pós-doutorados distribuídas em 12 Programas de Pós-Graduação bem conceituados pela CAPES. Há grande número de acadêmicos de graduações na área da Saúde inseridos nas equipes dos diferentes centros de pesquisa como bolsistas de Iniciação Científica. São também desenvolvidas atividades formativas junto à residentes nas áreas da Endocrinologia, Ginecologia e Reprodução Humana bem como oferecidos cursos de Extensão em Contracepção e Reprodução Assistida, entre outros. Eventos nacionais são realizados com regularidade e há previsão de sua continuidade, como o Endofeminina - Encontro de Endocrinologia Feminina e o Workshop do INCT – Hormônios e Saúde da Mulher. Eventos internacionais também estão previstos para continuarem a ser realizados a cada 2 anos, pelo menos. Estas e outras ações educativas, como cursos, oficinas ou atividades de capacitação oportunizam o contato direto com pesquisadores e profissionais experientes. Permitem, assim, a disseminação de conhecimentos e de tecnologias de ponta bem como a oportunidade de discussão de resultados e o desenvolvimento de interface, e a transferência para o setor produtivo e sociedade. Finalmente, na atual proposta, há a previsão de consolidar e ampliar a internacionalização do INCT de Hormônios e Saúde da Mulher através das colaborações internacionais, a mobilidade de estudantes e pesquisadores, a participação e realização de eventos científicos internacionais e a continuidade da produção cientifica publicada com artigos científicos em revistas internacionais de bom impacto.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 29/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Poliana de Araújo Palmeira

Ciências da Saúde

Nutrição
  • insegurança alimentar, saúde, nutrição e programas governamentais: estudo de coorte no semiárido nordestino, 2011-2024
  • A Insegurança Alimentar (IA) expressa na experiência de privação no acesso aos alimentos está dentre os mais importantes problemas sociais e de saúde pública a serem enfrentados no mundo. O agravamento do quadro de fome e IA no Brasil faz com que seja necessária a realização de estudos longitudinais de monitoramento deste problema, buscando preencher importantes lacunas de conhecimento, a saber: (1) conhecer o impacto dos programas governamentais intersetoriais na redução da IA da população, especialmente dos grupos mais vulneráveis, informação fundamental para a construção de estratégias efetivas de superação da IA; (2) conhecer o efeito, em longo prazo, da IA na alimentação, estado nutricional e qualidade de vida das pessoas; e (3) verificar a associação entre IA e desfechos de saúde em indivíduos acometidos por doenças crônico não transmissíveis, com a finalidade de identificar potenciais caminhos para o cuidado nutricional. Assim, como hipótese este estudo considera que na ausência ou fragilidade das iniciativas governamentais para garantia do acesso aos alimentos, a IA se mantém persistente em comunidades vulnerabilizadas e que a experiência de IA implica em piores desfechos de saúde como a redução da qualidade de vida, piora da dieta, desvios do estado nutricional e pior gerenciamento de cuidados em saúde. Será realizado um estudo longitudinal do tipo coorte, sendo uma continuidade de um projeto de pesquisa iniciado em 2011, que monitora a situação de IA em uma coorte de famílias de um município do semiárido paraibano, cuja coleta de dados conta com três segmentos realizados em 2011, 2014 e 2019. Desta forma, propõe-se duas frente de pesquisa: (1) realização do terceiro follow-up (2022) da coorte; e (2) execução de um inquérito epidemiológico representativo da população do município, compondo a linha de base para uma nova coorte (2022) com a realização de nova etapa de segmento em 2024.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Polliana de Luna Nunes Barreto

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • práticas inovadoras de gestão com aporte da sustentabilidade e tecnologias na jurisdição cível brasileira.
  • O acesso à Justiça, garantia constitucional a todos, deve ser fundamentado na igualdade de direitos e na solidariedade coletiva, esta deve ser promovida sempre em busca da democratização e aperfeiçoamento dos serviços judiciários. Nesse sentido, esta proposta visa realizar um estudo aplicado sobre práticas inovadoras de gestão consubstanciadas pelo aporte conceitual da Sustentabilidade e das Tecnologias da Informação e Comunicação no sistema composto por meios consensuais de solução de conflitos na jurisdição cível brasileira. Tendo em vista que o uso refletido da tecnologia pode não apenas reduzir o impacto no uso dos insumos necessários à prestação do serviço como também pode viabilizar acesso de mais pessoas ao Judiciário. Por outro lado, existem dificuldades a considerar nesse processo, quais sejam: a incipiente cobertura de internet para muitos cidadãos; carência de equipamentos adequados e a artificialização das relações interpessoais quando mediadas pela tecnologia se dissociadas de posturas empáticas e éticas. Nesse sentido, a Sustentabilidade como conceito basilar desta investigação poderá apontar caminhos potenciais para o fortalecimento do acesso à justiça, mas não só um acesso realmente inclusivo. Metodologicamente o lócus será a 2º Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal de Juazeiro do Norte-CE, sobre o qual será elaborado um diagnóstico situacional para de posse desse cenário seja elaborada uma ferramenta tecnológica na modalidade aplicativo com a finalidade de divulgar de forma mais efetiva as informações sobre os processos e procedimentos do órgão para o jurisdicionado. A coleta de informações se fará através de levantamento documental, survey, entrevistas semiestruturadas. O aplicativo será híbrido em vista dos aspectos de economicidade desse tipo de app. Ele é mais barato que a versão nativa e requer menos membros na equipe de desenvolvimento, além de não precisar desenvolver códigos exclusivamente para Android e iOS.
  • Universidade Federal do Cariri - CE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Polyanna Mara de Oliveira

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • 4ª feira de ciências do semiárido mineiro
  • Com soluções criativas para diversos problemas cotidianos, as ideias desenvolvidas por estudantes de ensino fundamental e médio que participarão da 4ª edição da Feira de Ciência do Semiárido Mineiro, objeto dessa proposta, poderão fomentar o interesse pela ciência, despertar a curiosidade e estimular o empreendedorismo. O desenvolvimento do método, o raciocínio lógico e o incentivo da comunicação oral podem ser um dos conhecimentos agregados com o desenvolvimento de projetos e a participação na feira de ciências. O intercâmbio de conhecimentos entre instituições escolares e de pesquisa promoverá o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação uma vez que propiciará a ampliação do pensamento lógico, a vivência do método científico, o conhecimento do ambiente e a sondagem de aptidões, a preparação para o trabalho e a integração do estudante na sociedade. Com essa visão a Epamig Norte realizará em novembro de 2021 a 4ª Feira de Ciência no Semiárido Mineiro, abrangendo a microrregião de Janaúba -MG colaborando com a melhoria na qualidade de ensino de escolas públicas e privadas, levando a ciência e a tecnologia à sociedade norte mineira.
  • Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 06/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Priscila Alves Barroso

Ciências Agrárias

Agronomia
  • seleção de genótipos de plantas ornamentais de vaso resilientes às altas temperaturas do sudoeste piauiense utilizando métodos convencionais e de visão artificial associados a machine learning
  • A adoção de novas áreas produtivas de plantas ornamentais será um processo natural dada a perspectiva de expansão do setor no Brasil. Incentivos governamentais, aliado às tecnologias, viabilizarão e otimizarão a atividade em novas áreas com condições edafoclimáticas adversas. O Sudoeste Piauiense (SOPI), integra a região conhecida como a última fronteira agrícola do país, está localizado distante dos grandes centros produtores de plantas ornamentais. As plantas comercializadas chegam, em sua maioria, com baixa qualidade e alto custo. Para atender a demanda do mercado consumidor, mesmo com as altas temperaturas predominantes, acredita-se que é possível diversificar a produção agrícola do SOPI com estratégias para introdução e cultivo de plantas ornamentais de vaso, inexistente na região. A introdução de pimenteiras e girassóis ornamentais em Bom Jesus – PI, será o primeiro passo para o desenvolvimento da atividade no SOPI. As estratégias seguidas se basearão: (i) na seleção de genótipos resilientes a altas temperaturas a partir de screening em cultivares adotadas em outras regiões e acessos de bancos de germoplasma de instituições parceiras, utilizando índices de seleção e análises uni e multivariadas a partir de caracteres morfológicos, anatômicos e fisiológicos; (ii) na indução in vitro de poliploides que reúnam caracteres de qualidade para o mercado e mais tolerantes ao estresse; (iii) na definição de um método para utilização de técnicas de visão artificial, a partir de imagens RGB e de reflectância, e algoritmos de machine learning que permitam a seleção e predição de genótipos de qualidade ornamental tolerantes as altas temperaturas de forma precisa, rápida, não destrutiva/invasiva e a baixo custo. Este projeto é pioneiro na região, e consiste na etapa inicial de um programa de melhoramento que busca a longo prazo registrar cultivares de plantas ornamentais com identidade regional.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025