Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adailton João Bortoluzzi

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • complexos de ferro para reações de fenton e aplicação em processos oxidativos avançados
  • Diferentes segmentos industriais, como os de tintas, papéis, e principalmente os têxteis, utilizam corantes orgânicos para fornecer coloração aos produtos, e, além disso, consomem uma quantidade considerável de água nos seus processos, o que resulta em um enorme volume de efluentes para serem tratados. Os corantes são compostos de difícil degradação através de processos tradicionais de tratamento de efluentes e sua permanência nos efluentes podem provocar efeitos mutagênicos, carcinogênicos e/ou teratogênicos, além de provocar alterações na biota aquática e causar toxidade aguda e crônica em diferentes ecossistemas. Diante disso, este projeto tem como objetivo investigar a capacidade de complexos de ferro, preparados com ligantes multidentados N,O-doadores, de promover a mineralização de corantes por meio da reação de Fenton visando desenvolver sistemas mais eficientes para tratamento de efluentes da indústria têxtil utilizando processos oxidativos avançados.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adair Mendes Nacarato

Ciências Humanas

Educação
  • as práticas docentes e as prescrições curriculares oficiais
  • Recentemente, a comunidade brasileira tem se deparado com várias reformas educacionais, a exemplo da Base Nacional Curricular Comum (BNCC), que têm prescrito novas formas de organizar e padronizar o trabalho docente. Nesse sentido, pautando-nos na perspectiva histórico-cultural, na abordagem enunciativo-discursiva e na interface com o método (auto)biográfico na produção de narrativas, o presente projeto tem como objetivo geral investigar e analisar as prescrições curriculares oficiais, identificando quais são elas, como elas chegam até à escola e como os professores organizam seu trabalho diante dessas prescrições tendo em vista a heterogeneidade de alunos presente nas salas de aula. Tem ainda como objetivos específicos: 1) Identificar quais os principais documentos que são dirigidos ao professor da educação básica e que interferem na sua prática pedagógica; 2) Conhecer como essas prescrições promovem a intensificação do trabalho docente; 3) Problematizar, junto com os professores, a natureza desses documentos e, colaborativamente, planejar ações para a sala de aula; 4) Conhecer como tais prescrições contemplam (ou não) a educação inclusiva e como os professores vêm lidando com ela; 5) Buscar indícios de transformações de práticas dos professores, a partir da problematização e de ações compartilhadas; 6) Produzir um banco de dados de documentação narrativa dos professores que possa contribuir para a formação continuada e inicial de professores no curso de Pedagogia. Para atingir tais objetivos, será constituído um grupo, de caráter colaborativo, formado por professores convidados do ensino fundamental das redes municipais de ensino e pelas pesquisadoras vinculadas à universidade e responsáveis pelo projeto. A pesquisa será de abordagem qualitativa, na perspectiva da pesquisa-ação-formação e terá como fonte de produção de dados as narrativas escritas e orais das participantes, bem como episódios de suas práticas de aula. Não há, na perspectiva que adotamos, como estabelecer categorias de análise a priori, mas temos como hipótese de que, no movimento interativo e dialógico, emergirão discussões acerca de: como os professores vão ressignificando o sentido das prescrições que regem as questões do ensino; como as vozes dos outros (da teoria, dos participantes, das pesquisadoras etc.) podem contribuir para a ressignificação das práticas docentes; de que forma o conhecimento partilhado e colaborativo pode contribuir para a formação continuada.
  • Universidade São Francisco - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022