Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adilson Luiz Pinto

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • e(co)-science
  • A disponibilização de dados sobre a produção científica nacional e internacional tem crescido expressivamente e, em perspectiva às especificidades de campos disciplinares distintos, esta produção se revela diversa quanto a sua tipificação, tanto em termos quantitativos como qualitativos, e se materializa em forma de artigos, livros, teses e dissertações, além de produtos como: softwares, patentes, obras e instalações artísticas, entrevistas e projetos cinematográficos. Nos últimos anos, várias iniciativas que visam a criação de mecanismos de monitoramento da produção acadêmica de uma instituição, país ou área de conhecimento têm recebido atenção. Em especial, técnicas de organização da informação e métodos computacionais avançados são aplicados de forma a se automatizar o processo de extração de indicadores sobre uma massa de dados agregada. Neste contexto, sistemas de informação sobre o Ecossistema da Pesquisa Científica têm como objetivo agregar e organizar as informações de bases de dados diversas e heterogêneas, para se obter serviços e dados consolidados a pesquisadores e gestores que necessitam tomar decisões com base nas informações extraídas destes dados. Portanto, a presente Proposta apresenta a criação de um sistema de interoperabilidade que contemple agregação da informação de todo o ecossistema da pesquisa científica nacional, tendo como fonte dados científicos abertos e dados governamentais abertos, com o objetivo final de oferta de serviços de identificação de serviços de recomendações em diversas áreas do conhecimento.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adivaldo Henrique da Fonseca

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • prevalência, isolamento e propagação in vitro de hemoparasitos de carrapatos e pulgas de animais domésticos e silvestres
  • Os carrapatos são relevantes pelos prejuízos à produção animal e por transmitirem a maior diversidade de patógenos para animais e humanos. O diagnóstico preciso dos agentes das hemoparasitoses transmitidas por carrapatos, assim como a produção de imunógenos autóctones dependem do isolamento e propagação do agente etiológico local, por representarem o perfil genético destas populações. O projeto tem como objetivos, diagnosticar carrapatos e pulgas portadores de hemoparasitos, assim como dos hospedeiros e proceder o estudo da ocorrência, prevalência, isolamento e a propagação em cultivos in vitro em meios seletivos e em linhagens de células de mamíferos e de carrapatos. O estudo a campo será conduzido em áreas rurais antrópicas do estado do Rio de Janeiro e regiões limítrofes do estado, principalmente onde casos clínicos tenham sido previamente registrados. Serão determinados pontos para coleta de carrapatos em vida livre pela técnica do arraste de flanela. Além disso, serão coletados carrapatos e pulgas, sangue e soro de hospedeiros domésticos ou silvestres disponíveis na região, incluindo repteis. Será procedido métodos e técnicas específicas para isolamento e propagação de Babesia spp., Anaplasma spp., Rickettsia spp., Ehrlichia spp., Hemoplasmas, Trypanosoma spp., Mycobacterium e Borrelia spp. Órgãos como intestino, túbulos de Malpighi, glândulas salivares e ovários serão examinados por dissecção das fêmeas de carrapatos/pulgas utilizando técnicas citológicas, sorológicas e/ou de biologia molecular. Sangue e fluidos dos hospedeiros serão examinados. Novas sequencias isoladas serão submetidas para o banco de dados GenBank®. Os principais resultados esperados incluem o isolamento e propagação dos diferentes hemoparasitos, estruturação de um banco de isolados autóctones, aperfeiçoamento da metodologia e dos procedimentos para cultivo e propagação em células embrionárias e a capacitação de recursos humanos especializados no tema proposto.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adley Forti Rubira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • sistemas poliméricos inteligentes: quitosana hiperramificada com sílica mesoporosa como plataforma para o desenvolvimento curativos tópicos ativos
  • O desenvolvimento/aprimoramento de curativos ou peles sintéticas pode aliviar a dor e agilizar o processo de regeneração de pacientes com severos traumas cutâneos, principalmente aqueles acometidos com graves queimaduras. A pele sintética (ou curativos) deve proteger o tecido danificado de infecções causadas por bactérias e fungos, e ainda permitir o processo natural de transpiração. Em casos de queimaduras severas o tratamento pode ser feito pela adição de agentes antibacterianos e/ou anti-inflamatórios na pele sintética (ou curativo), que será lentamente liberado para inibir o desenvolvimento de bactérias e/ou combater excessivas inflamações crônicas decorrentes de traumas cutâneos.Neste projeto, iremos desenvolver uma metodologia de preparo de materiais híbridos multifuncionais na forma de filmes (membranas), produzidos por métodos de liofilização seguida por reação no estado sólido de poli (ácido acrílico) (PAA) e quitosana. A quitosana será, previamente, complexada com cobre com o intuito de melhorar sua atividade bactericida e solubilidade. No interior da matriz polimérica será aprisionado elevado teor (+20%) de sólidos inorgânicos porosos, modificados com organosilanos. Esses sólidos irão atribuir, ao material inicial, elevada capacidade de retenção de fármacos (antimicrobianos) e irá promover o processo de liberação prolongada dos mesmos, que é de particular interesse para o processo de cicatrização de lesões graves. Dessa forma, o material a ser desenvolvido também poderá atuar como modelo para liberação sustentada de fármacos.Assim, materiais híbridos com potencialidade para serem usados como pele sintética serão preparados. Para confirmar a aplicabilidade destes materiais será determinado o perfil de liberação de fármacos (antimicrobianos, e.g. eritromicina) e testes de proliferação celular/regeneração celular frente a fibroblastos e de propriedades bactericidas.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-09/11/2022