Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Pedro Avelino Maia de Andrade

Ciências Agrárias

Agronomia
  • biologia sistêmica da interação entre a linhagem bacillus sp. (rz2ms9) e o milho usando abordagens distintas
  • Rizobactérias promotoras de crescimento de plantas são micro-organismos com grande potencial de aplicação na agricultura devido aos seus papéis na biofertilização e biocontrole, sendo alternativas mais sustentáveis à utilização de fertilizantes e defensivos químicos. O gênero Bacillus é um representante importante desses micro-organismos relacionados à promoção de crescimento devido principalmente à fixação de nitrogênio, solubilização de fosfato, produção de sideróforos, modulação do nível de fitohormônios, ou ainda ao biocontrole de fitopatógenos. A linhagem Bacillus sp. (RZ2MS9), isolado da rizosfera do guaranazeiro, apresenta grande potencial de aplicação como promotor de crescimento, por apresentar muitas dessas características e, em ensaios prévios, ter promovido o crescimento de milho em casa de vegetação e campo. No entanto, informações relativas a comunicação micro-organismo-planta são limitadas, principalmente no que diz respeito a resposta molecular do micro-organismo em relação a planta. Desta forma, o presente trabalho visa avaliar a biologia sistêmica do Bacillus sp. (RZ2MS9), na presença do exsudado do milho. A fim estudar controlar e analisar esse sistema biológico por completo, será obtido o exo e endo proteoma e metaboloma do Bacillus sp. (RZ2MS9) sob influencia dos exsudados do milho para posteriormente esses dados serem integrados em complexas redes de interactoma.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Colmar Gonçalves da Silva Vellasco

Engenharias

Engenharia Civil
  • comportamento e projeto de estruturas de aço e mistas
  • Este projeto tem como um de seus principais objetivos demonstrar a utilização de estruturas de aço na construção civil como uma alternativa economicamente viável. O desenvolvimento do projeto estrutural aliado a técnicas construtivas é uma consequência lógica desta vertente de pesquisa, a qual só será possível com um melhor entendimento do comportamento dos diversos membros que compõem a estrutura global. Dentro desta perspectiva, o uso de estruturas de aço e mistas na construção civil vem cada vez mais se tornando uma alternativa eficaz. Para atingir este objetivo pretende-se dinamizar a formação de uma nova geração de engenheiros, mestres e doutores familiarizados com o seu comportamento. A pesquisa está dividida em duas áreas principais. A primeira consiste na investigação dos aspectos relevantes ao comportamento, projeto e uso de estruturas de aço na Engenharia Civil, desenvolvimento de sistemas construtivos eficientes. A segunda concerne à modelagem computacional de estruturas de aço e mistas. De uma forma sintética, os principais problemas abordados no presente projeto de pesquisa envolverão: ligações semirrígidas em aço/mistas; conectores Perfobond; estruturas de aço inoxidável e de alta resistência; lajes mistas para habitações populares; uso da inteligência computacional em aplicações na engenharia estrutural; vigas de aço/mistas com aberturas na alma, uso de aço inoxidável em subestações e torres de transmissão; colunas mistas com tubos de aço carbono e inoxidável; conectores de cisalhamento perfurados, ligações tubulares soldadas, colunas de aço carbono e inoxidável estaiadas; vigas casteladas com aço inoxidável, esmagamento de placas de aço inox com furos, colunas com cantoneiras de aço inox sob flexo-torção, tubos com costura sob compressão; robustez estrutural. A coordenação deste projeto será realizada pelo Professor Pedro Colmar Gonçalves da Silva Vellasco, do Departamento de Estruturas e Fundações da Faculdade de Engenharia da UERJ, bolsista PQ do CNPq, nível IB, e Cientista do Nosso Estado da FAPERJ. Para gerar recursos para o presente projeto de pesquisa, diversos projetos foram submetidos e aprovados junto a órgãos de fomento nacionais e internacionais onde destacam-se: projetos CNPq - Editais Universais; projetos Faperj - Apoio a Entidades Estaduais: um projeto Faperj apoio a grupos emergentes 2013; projetos aprovados na Faperj nos editais de Cientistas do Nosso Estado; projetos aprovados nos editais da Faperj de Melhoria da Infra-Estrutura Técnico-Científica do Programa de Pós Graduação; projetos aprovados no CNPq referentes a bolsas de Produtividade: uma nível (1B), uma nível (1D) e uma nível (2),. A Cooperação com Portugal também foi fomentada com a inclusão do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da UERJ PGECIV como Membro Associado de um Consórcio de Universidades Europeias envolvidas na criação de um Curso de Pós-Graduação à nível de Mestrado Europeu. Além destes dois novos projetos foram aprovados: uma Cooperação com a EPFL (Ecole Polytecnique Federale de Lausanne) Intitulado FAST Homes: FAst rebuilding with locally produced STeel houses e a aprovação da UERJ como membro da ArcelorMittal Scientific Network. A aprovação deste projeto de pesquisa possibilitará a aquisição de módulos adicionais para o sistema de aquisição de dados HBM, aquisição de computadores, impressoras para efetuar simulações, além de material de consumo como Cartuchos e tonners para impressoras, extensômetros elétricos, material requerido para colagem de extensômetros, cabos e conectores para ligação de extensômetros, LVDTs e células de carga ao sistema de aquisição de dados, brocas, discos para esmerilhadeira, e corte aço estrutural carbono e inoxidável, p e cortearafusos, cimento areia brita, aditivos para concreto.para realização de ensaios experimentais no LEC - Laboratório de Ensaios de Materiais da Engenharia Civil da Faculdade de Engenharia da UERJ, situado à Rua Fonseca Telles, Nº 121, São Cristóvão.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Dal Lago

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • efeito do treinamento físico e treinamento muscular inspiratório na capacidade funcional em pacientes com insuficiência cardíaca coexistente à doença pulmonar obstrutiva crônica: ensaio clínico controlado
  • A insuficiência cardíaca (IC) e a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) se configuram importantes problemas de saúde pública, onde devido ao fenômeno de envelhecimento populacional sua magnitude e impactos socioeconômicos criam a necessidade de estratégias para melhorar os sintomas e diminuir a utilização e os altos gastos com recursos de saúde. A coexistência dessas síndromes ainda é pouco elucidada em termos de impacto funcional e resposta às terapêuticas. O exercício físico e o treinamento muscular inspiratório já são considerados adjuvantes na melhora sintomatológica e na qualidade de vida tanto na IC quanto na DPOC isoladamente, porém ainda não há dados sobre a magnitude do efeito quando concomitantes. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar o efeito do treinamento físico e muscular inspiratório em variáveis funcionais e clínicas em pacientes com IC coexistente à DPOC. Trata-se de um estudo clínico controlado, incluindo 56 indivíduos, sendo 28 portadores de IC e 28 de IC concomitante à DPOC, com quadro estável, classes II e III ( New York Heart Association-NYHA) e GOLD II, III e IV (baseados na avaliação espirométrica). Estes serão avaliados quanto a sua capacidade funcional, força e endurance muscular respiratória, status de fragilidade e qualidade de vida. Os dados serão submetidos a teste de normalidade de distribuição e, caso tenham distribuição normal, as diferenças entre as intervenções serão verificadas por meio de análise da variância, sendo considerado significativo um p < 0,05. Se os dados apresentarem distribuição não-paramétrica, será utilizado o teste de Mann-Whitney ou Kruskal-Wallis. O software (SPSS) 24 será utilizado como ferramenta para a análise dos dados. Espera-se encontrar como desfechos do estudo uma melhora na capacidade funcional e parâmetros funcionais após protocolo de exercício físico e treinamento muscular inspiratório e ainda traçar um perfil dos pacientes com DPOC coexistente à IC.
  • Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro de Alcântara Bittencourt César

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • a formação das localidades turísticas: cidades, centralidades e seus equipamentos urbanos.
  • Estuda-se a formação físico-espacial das localidades (cidades), equipamentos urbanos e dos atrativos turísticos e suas relações de dependência regional (urbano-territorial). Tem-se como pressuposto que o turismo do Nordeste do Rio Grande do Sul se faz por uma centralidade em Gramado (RS). Desta maneira, parte-se da questão norteadora: possivelmente municípios com demandas menores podem apresentar grau de independência como geradora da atividade turística receptiva e compondo com a oferta regional. Na análise, o atrativo por diversas escalas (local, municipal e regional) abarcam-se fundamentalmente em dois procedimentos metodológica: a observação direta e o uso de representações gráficas. Instrumentos que possibilitarão montagens de esquemas conceituais de representação cartográfica ao auxiliar o estudo das formas de apropriações espacial da atividade de visitação regional. Adota-se de aportes urbano-arquitetônicas como recorte epistemológico. Desta maneira, objetiva-se nesta pesquisa elaborar um quadro esquemático do estatuto que define o equipamento como oportunidade de apropriação social e sua relação local e regional de dependência sócio-territorial. Busca-se também: Reconhecer as maneiras de transformações espaciais das áreas de apropriação turística; Elencar os valores territoriais constitutivos das áreas analisadas; Definir lógicas de fluxos de serviços, dos visitantes e das territorialidades definidoras. Parte-se da formulação de método comparativo compreensivo, comumente adotado nas questões envolvidas com o urbano-regional, como instrumento de rigor científico que será reconhecido na observação do local. Espera-se contribuir para o desenvolvimento de propostas para o desenvolvimento de um turismo consciente das necessidades da comunidade local, valorizando suas autonomias locais por um viés integrador em relação às comunidades e grupos diversos existentes.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro de Lemos Menezes

Ciências da Saúde

Fonoaudiologia
  • desenvolvimento de teste diagnóstico para identificação de marcador biológico dos níveis de discriminação auditiva com potenciais evocados auditivos corticais
  • A discriminação auditiva refere-se à capacidade que o ser humano possui para diferenciar dois ou mais sons. O exame de Potenciais Evocados Auditivos Corticais é utilizado para caracterizar a discriminação de sons, a partir de diferentes estímulos, podendo ser tom puro ou fala. Os estímulos de fala são usados para investigar a discriminação auditiva, sem analisar semelhanças ou diferenças entre os fonemas usados. Diante dessa realidade, surgiu a necessidade de desenvolver diferentes estímulos de fala, considerando os traços distintivos que os fonemas compartilham, estabelecendo diferentes níveis de dificuldades de discriminação. A identificação de marcadores biológicos, a partir dos testes desenvolvido, poderá ser uma importante ferramenta de diagnóstico no futuro. Objetivo: desenvolver um teste diagnóstico para identificação de marcador biológico dos níveis de discriminação auditiva com potenciais evocados auditivos corticais. Método: o estudo será realizado em duas etapas: Etapa I - Geração de tecnologia e Etapa II – Pesquisa com seres humanos. Na etapa I serão desenvolvidos os estímulos de fala /da/ x /ka/, /ba/ x /ka/, /ga/ x /ka/, o distrator e o protocolo para definir níveis de discriminação auditiva. Na etapa II será realizada uma pesquisa, composta por uma amostra de 34 sujeitos, distribuídos em dois grupos pesquisas, sendo GP 1, formado por 17 adultos jovens na faixa etária entre 18 anos e 25 anos e GP 2, formado por crianças, na faixa etária entre 7 anos e 10 anos. Os dois grupos serão formados por pessoas de ambos os sexos, sem alteração auditiva e sem alteração de fala. Serão aplicados os procedimentos de anamnese, otoscopia, imitanciometria, audiometria tonal e vocal, prova de fonologia do Teste de Linguagem Infantil ABFW e os testes de potenciais auditivos corticais. A normalidade da amostra será observada por meio do teste de Kolmogorov-Smirnov. Para detectar diferenças entre os três estímulos, numa análise intragrupo, serão usados os testes teste ANOVA two-way, com o teste post hoc de bonferroni ou o teste Friedman, com o Wilcoxon, a depender da normalidade da amostra. Para avaliação da sensibilidade e especificidade será traçada a curva de Característica de Operação do Receptor (Curva ROC – Receiver Operating Characteristic). Os valores de p serão considerados significativos quando menores que 0,05 e o valor de beta estabelecido será de 0,1. O software utilizado para a obtenção dos cálculos será o Statistical Package for Social Sciences (SPSS), versão 23.0.
  • Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro de Lima Neto

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • eletrodeposição de materiais metálicos a partir de eletrólitos não aquosos baseados em líquidos iônicos e em solventes eutéticos
  • Esta proposta objetiva estudar a eletrodeposição de materiais metálicos a partir de soluções eletrolítica formuladas com líquidos iônicos ou misturas eutéticas de cloreto de colina com etilenoglicol, urea e glicerol. Os revestimentos a serem estudados serão: Fe-Co, Fe-Ni, Fe-Mn, Zn-Fe, Cu-Fe, Sn-Cu, Sn-Ni, Sn-Zn. Serão avaliados os efeitos da concentração de íons metálicos e da temperatura de eletrodeposição na morfologia das camadas eletrodepositas, na composição química e na microestrutura. As ligas de Sn-Cu, Sn-Ni, Sn-Zn e Zn-Fe serão avaliadas como revestimentos protetores do aço carbono contra a corrosão em meio ácido e neutro. As ligas Fe-Co, Fe-Ni, Fe-Mn, Cu-Sn e Cu-Fe serão estudadas como materiais eletródicos para a oxidação de moléculas orgânicas, etanol e formaldeído, para a reação de eletrólise da água e reação de redução de oxigênio. A investigação das propriedades eletrocatalíticas dos eletrodepósitos está associada ao interesse no desenvolvimento de materiais mais baratos para a reações associadas a processos de conversão de energia.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Domingos Marques Prietto

Engenharias

Engenharia Civil
  • comportamento de diferentes materiais geotécnicos submetidos à ação de percolados ácidos
  • Este projeto de pesquisa busca avaliar o comportamento de diferentes materiais geotécnicos, com potencial para aplicação em barreiras de contenção de contaminantes em aterros de disposição de resíduos industriais e de mineração, através da análise das alterações nas suas características mecânicas, físicas, químicas, mineralógicas e geomorfológicas, resultantes da percolação ácida. Serão estudados três diferentes concentrações de ácido sulfúrico em solução aquosa (0, 0,01 e 1 mol/L e quatro diferentes materiais geotécnicos (areia Fina - AFO; caulim - CAU; bentonita - BEN; e um solo argiloso residual de basalto (SRB). Ensaios em amostras estruturadas e não estruturadas serão conduzidos para avaliar os impactos do ataque ácido a partir da análise das alterações no comportamento mecânico (ensaios de consolidação com medidas de rigidez) e modificações na fração solida, no lixiviado liquido e na microestrutura das amostras. Na fração sólida serão realizadas as seguintes análises: granulometria por espalhamento de luz laser de baixo ângulo, fluorescência de raios-x (FRX), difração de raios-x (DRX), termogravimétrica (TG/DTG/DSC) e microscopia eletrônica de varredura (MEV) de alta resolução com EDS. A microestrutura será analisada por meio de porosimetria por Intrusão de Mercúrio e microtomografia computadorizada por raios-x. No extrato líquido serão analisados pH, condutividade elétrica e os seguintes elementos Ca, Al, K, Mg, Na, Cu, Mn, Zn e Fe, por meio de espectrometria de emissão por plasma (ICPE-Plasma). Como resultado, espera-se estabelecer padrões de comportamento para uma ampla gama de materiais geotécnicos que possam servir de subsídio ao dimensionamento de barreiras utilizadas na contenção de contaminantes, fornecendo evidências experimentais que propiciem o desenvolvimento de modelos de previsão de comportamento.
  • Universidade de Passo Fundo - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Dultra Britto

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • canteiro experimental - pensando a habitação de interesse social rural em áreas de cerrado
  • A política habitacional brasileira dedicou-se, mesmo com as inúmeras críticas inerentes a ela, à produção quase que exclusiva da habitação e do habitat em áreas urbanas. As populações rurais ficaram relegadas ao pouco alcance que as políticas de desenvolvimento rural obtiveram em relação às melhorais infraestruturais e à produção do habitat no campo. Apenas em períodos recentes, datados do início da década de 2000, com especial atenção para o período pós 2003 é que foram institucionalizados programas de apoio à habitação de interesse social em áreas rurais com destaque para o Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSHIS) executado entre 2003 e 2005 e o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), criado em 2009 e articulado ao Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). Mesmo assim, a execução de tais programas demandou a capacidade de articulação e organização dos movimentos sociais do campo que, na maioria das vezes, tiveram que suprir condições e fatores que os programas não contemplaram, dentre elas, o trabalho de assessoria técnica para a construção das moradias. Considerando este contexto, o projeto de pesquisa - que se desdobra do projeto de extensão “Habitar do Campo: mais vida e mais qualidade para as comunidades de agricultores e agricultoras familiares em Goiás” - tem por objetivo consolidar um núcleo de pesquisa e extensão ancorado nas práticas de canteiro-escola a fim de subsidiar, dialogar, qualificar e apontar diretrizes para o debate a consequente produção de habitação de interesse social rural nas áreas de Cerrado, especialmente, localizadas em Goiás. A metodologia empregada baseia-se nos métodos da educação popular e troca de saberes, onde os estudantes e as entidades organizadoras de movimentos sociais do campo e da cidade engajados nas políticas de acesso aos programas de habitação de interesse social poderão interagir e construir propostas com soluções diferentes e adequadas para habitar no campo.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Engel Penter

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • supergrid – uma pedagogia do kit-de-partes. desenvolvimento do mecanismo de controle para uma gramática da forma visando a concepção de fachadas urbanas.
  • O projeto de pesquisa apresentado a seguir propõe o desenvolvimento de um sistema computacional para a composição de fachadas a partir de elementos ordinários do edifício. Desenvolvida junto ao LAMO – Laboratório de Modelos e Fabricação Digital – a pesquisa compreende a criação de um algoritmo paramétrico por meio do softwares Rhinoceros / Grasshopper baseado nos princípios das gramáticas da forma (BEIRÃO e DUARTE, 2005; DUARTE, 2001). O algoritmo, apelidado de Supergrid, permite gerar variações compositivas a partir de um conjunto finito de elementos segundo regras de combinação pré-estabelecidas e viabiliza a produção de modelos físicos via fabricação digital empregando um sistema de encaixes controlado computacionalmente. Além de avançar nos conhecimentos sobre métodos computacionais de projeto e fabricação, a pesquisa compreende a implementação do sistema gerando modelos que suscitem reflexões sobre o sentido da fachada como dispositivos de mediação entre o edifício e a cidade. O avanço nos métodos computacionais aborda especificamente o problema de como governar as variações compositivas por meios computacionais e, por consequência, de como ordenar estas variações nos modelos. O objetivo é poder estabelecer uma organização baseada em padrões, retomando o princípio proposto por Alexander (1977) a partir do qual é possível construir, inventários valiosos para o processo heurístico do projeto, a partir de soluções recorrentes vinculadas a situações recorrentes de projeto. A hipótese do trabalho é que os recursos computacionais permitirão gerar padrões (tipos de soluções compositivas) por uma via indutiva, ou seja, aposta-se que dadas determinadas condições de projeto o algoritmo será capaz de gerar um cardápio de soluções compositivas consideradas satisfatórias segundo critérios os estabelecidos (permeabilidade visual, proteção solar, proporção de cheios e vazios, etc). Este tipo de dispositivo computacional é chamado de controlador semântico, pois governa as variações sintáticas por meio de critérios que dotam as composições de sentido arquitetônico. A implementação do sistema, por sua vez, compreende a produção de modelos físicos valendo-se dos recursos de fabricação digital disponíveis no LAMO – Laboratório de Modelos e Fabricação Digital – e da oficina de modelos da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ. A intenção é formar uma espécie de biblioteca de padrões compositivos. Com isso, pretende suscitar uma reflexão sobre o caráter sistêmico das formas elementares identificadas com a modernidade arquitetônica e explicitar a potencial versatilidade desta gramática na constituição de distintos tipos de interface entre edifício e cidade. Deste modo, a investigação busca conjugar o desenvolvimento de as ferramentas computacionais com a abordagem de questões que interessam ao campo disciplinar num sentido mais amplo. Por esta razão, propõe-se levar os produtos gerados pelo Supergrid a um público mais amplo por meio da exposição da coleção de modelos produzidos com o auxílio do algoritmo. As atividades propostas incluem a produção módulos de exposição tendo como meta principal a participação no 27º Congresso Mundial de Arquitetos, organizado pela União Internacional de Arquitetos (UIA 2020 Rio), em Junho de 2020 no Rio de Janeiro.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Falcão Pricladnitzky

Ciências Humanas

Filosofia
  • explicações científicas em descartes
  • Esse projeto tem por objetivo contribuir para o atual debate acerca da filosofia da ciência no início da modernidade em geral, e sobre a filosofia da ciência de Descartes em particular, mostrando como é possível articular seu projeto epistemológico fundacionista e o apelo que constantemente faz à experiência em sua prática científica e, mesmo, em afirmações de caráter metodológico. Essa articulação passa, como será defendido, pela compreensão adequada do modelo explicativo usado e proposto normativamente por Descartes em sua física, no qual tanto os elementos a priori da Geometria Euclidiana, quanto as Leis do Movimento derivadas de sua metafísica, devem ser combinados com hipóteses ou suposições empíricas (como vemos nos Princípios, Dióptrica e Meteoros), que cumprem um papel essencial na aplicação e comprovação dos resultados obtidos pela investigação a priori para a compreensão adequada dos fenômenos naturais apreendidos pela experiência.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Felipe Arce Castillo

Engenharias

Engenharia Química
  • medição experimental, correlação e predição do comportamento de fases de fluidos de sistemas contendo líquidos iônicos (imidazôlio) e co2 supercrítico
  • A necessidade atual por mais e melhores dados sobre propriedades físicas, físico-químicas e termodinâmicas de líquidos iônicos (LIs), para o desenvolvimento de muitos processos, em condições supercríticas, onde esses fluidos apresentam vantagens extraordinárias, originam o interesse por estudar, analisar e propor métodos termodinamicamente fundamentados. Esses métodos servem para determinar propriedades tais como densidade, propriedades críticas, fator acêntrico, pressão de saturação entre outras, os quais são de especial interesse para correlacionar e predizer propriedades termodinâmicas de equilíbrio e sua aplicação aos processos supercríticos de separação. Os LIs são fluidos inovadores na engenharia com um tremendo e insuspeitado potencial nos processos de separação. Esses LIs são sais fundidos de tipo orgânico com pontos de fusão sob 100ºC e pressões de vapor extremadamente pequenas. Atualmente, na Indústria Química se faz necessário desenvolver solventes orgânicos alternativos aos atuais devido à pressão social e a legislação ambiental cada vez mais rigorosa. Neste sentido, os LIs representam uma excelente opção e têm sido catalogados como os “solventes do futuro”. Os LIs se tornaram os parceiros perfeitos do CO2 supercrítico em muitas aplicações e a maioria dos estudos relatados na literatura analisa a interação entre estes dois solventes “verdes”. Este projeto de pesquisa visa focalizar as propriedades físicas, físico-químicas e termodinâmicas especificas dos LIs (imidazôlio) e o comportamento de fases, em altas pressões, de sistemas binários: LI (imidazôlio) – CO2 supercrítico, em forma experimental (Montagem de uma unidade de laboratório), correlação, através da modelagem termodinâmica utilizando equações de estado e a predição, usando modelos matemáticos via redes neurais artificiais.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Felipe Carvalhedo de Bruin

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudo dos efeitos da administração pré-operatória de melatonina sobre a microbiota, a barreira epitelial intestinal e a dor pós-operatória em obesos submetidos a cirurgia bariátrica
  • A obesidade é uma doença crônica não transmissível, de etiologia multifatorial e prevalência crescente no Brasil e no mundo, com graves repercussões sociais e econômicas. A microbiota intestinal dos obesos, comparada à de indivíduos eutróficos, difere quanto à composição, diversidade, atividade metabólica e conteúdo genético. Evidências de uma relação entre microbiota e integridade da barreira intestinal e endotoxemia metabólica na obesidade têm estimulado novos estudos para buscar estratégias de modificação dessa microbiota. Paralelamente, a cirurgia bariátrica é uma modalidade terapêutica capaz de produzir perda de peso sustentada e controle metabólico, porém, pode acompanhar-se de significativa dor pós-operatória, com repercussão no tempo de recuperação. A melatotina (MLT) é uma substância com atividade antiinflamatória, antioxidante e hipnoindutora, que participa na regulação do ritmo circadiano, balanço energético e peso corporal, e sua administração é reconhecidamente bem tolerada. Estudos recentes sugerem que a MLT pode modular a percepção dolorosa e influenciar a microbiota intestinal. Com o objetivo de investigar o efeito da administração de MLT sobre a microbiota, a barreira epitelial intestinal, a endotoxemia metabolica e a intensidade da dor pós-operatória em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica, será realizado ensaio clínico, duplo cego, randomizado, com dois grupos paralelos. Serão convidados a participar do estudo pacientes de ambos os sexos que comparecerem ao Núcleo do Obeso do Ceará para consulta pré-agendada, e que preencham os seguintes critérios idade> 18 anos; IMC> 34,9kg/m2; candidatos a cirurgia de “Bypass” Gástrico. Pacientes internados por qualquer motivo nas oito semanas precedentes ou que usaram probióticos, antibióticos ou MLT nas duas semanas prévias não serão incluídos. Após assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, os participantes responderão aos questionários: Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh; Escala de Sonolência de Epworth; Inventário de Depressão de Beck; Escala de Ansiedade de Beck; Questionário de Matutinidade e Vespertinidade; Questionário Holandês de Comportamento Alimentar; Escala de Sintomas Alimentares Noturnos; Escala de Compulsão Alimentar Periódica. Em seguida, serão aferidos o peso, altura, circunferências do pescoço, quadril e cintura e coletadas amostras de sangue, para dosagem de LPS, I-FABP, IL-1β, IL-6, 8-isoprostano, e de fezes para estudo da microbiota intestinal. Os pacientes serão então randomizados para receber MLT 5mg ou placebo, VO, uma hora antes do horário habitual de sono, por um período mínimo de 60 dias, até a véspera da cirurgia. Durante o período de tratamento, deverão retornar após 30 dias para avaliar adesão, através da contagem de cápsulas. No dia anterior à cirurgia, serão reaplicados os questionários e realizada nova coleta de sangue e de fezes. A Escala Visual Analógica da Dor será aplicada antes e 12, 24 e 36 horas após a cirurgia. Durante o procedimento cirúrgico serão coletadas amostras de tecido jejunal para análise da barreira epitelial intestinal (morfometria intestinal e imunofluorescência). O estudo obedecerá a Resolução nº 466/2012 do CNS e o protocolo será aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa local. A análise estatística será realizada pelo software Statistical Product and Service Solutions - SPSS® (versão 21).
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Fernando Avalone de Athayde

Ciências da Saúde

Educação Física
  • políticas de esporte em países iberoamericanos: um estudo comparado entre brasil e portugal.
  • Este projeto corresponde a segunda etapa de estudo diagnóstico sobre as políticas esportivas dos países ibero-americanos. Na primeira fase, em desenvolvimento, com apoio do Edital 04/2017 da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), estão em estudo as políticas esportivas da Espanha e algumas de suas comunidades autônomas. Para esse segundo momento, elegemos as políticas esportivas de Portugal, o que nos possibilitaria abranger uma amostragem composta pelos países integrantes da península Ibérica da Europa, os quais seriam tomados como parâmetro de comparação com as políticas esportivas brasileiras. O projeto tem como objetivo principal realizar estudo comparado, a partir de cooperação acadêmico-científica, identificando e analisando as características gerais das políticas públicas e da organização esportiva brasileira e portuguesa. Apresenta-se como hipótese inicial a percepção de que há uma tedência global de organização esportiva que vem orientando as políticas esportivas nacionais. Entretanto, a despeito da utilização de modelos de governança e gestão semelhantes, pressupõe-se que fatores históricos, culturais e políticos locais engendram particularidades e, por conseguinte, elementos de diferenciação. Ao mesmo tempo, acreditamos que esse olhar para fora possibilita compreender melhor nossas limitações internas. Para o alcance dos objetivos e aferição dessas hipóteses iniciais, utilizaremos como recursos metodológicos a análise documental e a pesquisa de campo, com registro fotográficos e coleta de entrevistas, utilizando para tratamento dos dados a análise comparada da administração pública e o suporte de softwares de análise qualitativa de dados.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Fernando Teixeira Dorneles

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • fecipampa – feira de ciências do pampa
  • A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) consolidada como instituição multicampi é formada por 10 campi, estendendo-se desde a região da Encosta do Sudeste (campus Jaguarão), região da Campanha Gaúcha (campus Bagé, D. Pedrito, Caçapava do Sul, São Gabriel, Santana do Livramento, Alegrete e Uruguaiana) até a região das Missões (Itaqui e São Borja). Nos campi Bagé e Caçapava do Sul da Unipampa ocorrem Feiras de Ciências ininterruptas desde 2011. No campus Dom Pedrito, as Feiras de Ciências começaram a ocorrer, no ano de 2014, a partir da chamada CNPq que envolveu a Universidade Federal da Fronteira Sul e Unipampa em uma dimensão interestadual, sendo a partir daí integradas com as Feiras do Campus Bagé. O Campus Uruguaiana passou a realizar feiras a partir de 2017. No ano de 2019 (últimas feiras presenciais) o somatório de alunos envolvidos foi de 1150 nas feiras que o foram organizadas pela Unipampa, já nos anos anteriores (de 2011 a 2018) foram 186, 246, 494, 581, 849, 869, 815, 1144, respectivamente. O crescimento significativo no número de trabalho nos últimos anos é fruto da ampliação das equipes organizadoras, da maior divulgação dos projetos, pela realização de rodas de conversa para professores da Educação Básica e, também, pelo início de um projeto de pesquisa intitulado: Feiras de ciências estimulam a alfabetização científica dos estudantes da Educação Básica? Esse crescimento numérico e de consolidação de equipes de trabalhos, com experiências em formações para professores da Educação Básica, planejamento, organização e realização de Feiras de Ciências, aliado ao fato de não haver até o momento uma feira que faça um movimento de integração entre os munícipios do sul ao oeste do estado do Rio Grande do Sul (região de abrangência da Unipampa), com a presente proposta visamos conceber um evento estadual de Feiras de Ciências e aglutinador de feiras municipais, pois nosso estado tem uma forte identificação com as feiras desenvolvidas anteriormente pelo CECIRS (Centro de Ciências do Rio Grande do Sul). Para isso, buscamos apoio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Unipampa para constituir um projeto institucional, o que resultou em uma chamada aos servidores (docentes e Técnicos em Assuntos Educacionais) da Unipampa para manifestarem interesse em participarem da presente proposta. Assim, formamos uma equipe de trabalho com representantes de todas as 10 cidades com campus da Unipampa. No caso dos campi São Borja e Santana do Livramento, por não terem cursos na área Ciências da Natureza, buscamos parcerias com a Universidade Estadual do Rio Grande do Sul e o Instituto Federal Farroupilha. Dessa forma, estamos propondo além da Feira Estadual (FECIPAMPA – Feira de Ciências do Pampa) a realização de duas etapas anteriores (municipal e integradora), ou seja, as equipes de cada campus irão fomentar a realização de feiras nos municípios vizinhos para o credenciamento de trabalhos nas feiras integradoras (feiras nos 10 campi da Unipampa), as quais selecionarão trabalhos para a FECIPAMPA. Assim, esperamos ter nas feiras municipais, os espaços para a participação de muitos estudantes e professores e nas etapas seguintes o grau de avaliação se tornando maior. As feiras integradoras constituirão um comitê científico para avaliar os trabalhos a serem selecionados para a etapa da FECIPAMPA, na qual esperamos ter no mínimo a representação de 75 municípios do Rio Grande do Sul compreendendo 53 trabalhos selecionados das feira integradoras e uma reserva de vagas por meio de duas chamadas: uma para feiras afiliadas e outra para municípios que não participaram das feira integradora, possibilitando assim, inscrição de trabalhos de todo o estado e dos países vizinhos (Uruguai e Argentina). O número de trabalhos das chamadas vai ser estimado a partir do número de trabalhos das feiras integradoras. Ao total estimamos de 140 a 160 trabalhos para a FECIPAMPA (aproximadamente 90 das feiras integradoras, 30 de feira que se afiliarão a FECIPAMPA e 30 de municípios que não participaram das feiras integradoras). Tal estimativa será possível de ser alcançada a partir do apoio da presente chamada e da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, que já manifestou o apoio em realizar um edital de seleção de bolsistas de graduação para atuarem nos dez campi da Unipampa como monitores das equipes locais. Além disso, temos articulação com mais projetos da Universidade, tais como: Gurias do Pampa (com foco na inclusão das meninas em CT&I), Inclusive, Planetário para Todos, Rede Sacci (Ciência na Escola), etc. Como perspectivas futuras temos a intenção de criar uma rede estadual de Feiras de Ciências, articulando atividades de extensão, pesquisa e ensino (curricularização da extensão nos cursos de graduação) das universidades públicas e privadas e dos institutos federais do Rio Grande do Sul, tornando um evento itinerante pelas cidades gaúchas.
  • Universidade Federal do Pampa - RS - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Pedro Fiaschi

Ciências Biológicas

Botânica
  • sistemática molecular, morfologia e citogenética: integrando informações em oxalis subg. thamnoxys (oxalidaceae)
  • Oxalis subg. Thamnoxys é principal grupo de Oxalidaceae em áreas tropicais da América do Sul, com aproximadamente 80 espécies em nove seções. O subgênero inclui ampla variabilidade morfológica, número cromossômico básico variável e uma das maiores amplitudes de conteúdo de DNA entre as angiospermas. Mudanças de número e arranjo cromossômico são comuns entre espécies de uma mesma seção ou entre seções do subgênero, porém ainda pouco se sabe sobre as relações filogenéticas dentro de O. subg. Thamnoxys, e tanto o subgênero como algumas seções podem não ser monofiléticas. Com esta proposta buscamos investigar as relações filogenéticas dentro deste subgênero, e avaliar aspectos morfológicos, anatômicos, citogenéticos e de conteúdo de DNA do grupo em contexto evolutivo, à luz da hipótese obtida. Para reconstruir a história evolutiva do grupo serão sequenciados marcadores moleculares nucleares e plastidiais de uma ampla representação de O. subg. Thamnoxys e, a partir dos dados gerados sobre a morfologia de sementes, morfometria geométrica dos folíolos, morfo-anatomia foliar, número e morfologia cromossômica, e de conteúdo de DNA desses representantes, serão investigadas as principais mudanças evolutivas ao longo da história do grupo. Por meio da integração dos dados obtidos, ajustes à classificação infragenérica do gênero e à sudvisão do subgênero em seções também poderão ser propostos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Fredemir Palha

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • avaliação da transferência de política do tratamento diretamente observado na atenção primária à saúde em municípios de diferentes regiões do brasil
  • Este estudo tem como objetivo: avaliar como ocorre a transferência de Política do Tratamento Diretamente Observado (TDO) na Atenção Primária à Saúde em municípios de diferentes regiões do Brasil. Trata-se de um estudo misto convergente, com a combinação das abordagens quanti e qualitativa, a ser realizado em 15 municípios das regiões Sul, Sudeste, Nordeste e Norte. O estudo será realizado em três fases. A primeira fase corresponde à coleta dos dados (quanti e qualitativos), que está sendo realizada e constituído um banco de dados. A segunda fase, essencialmente quantitativa, visa identificar as ações relacionadas ao TDO avaliadas mais desfavoravelmente pelos profissionais de saúde. Na terceira fase, os domínios com diferença estatística significante serão explorados e relacionados com o discurso dos profissionais de saúde, visando compreender os resultados. O estudo quantitativo é caracterizado como um estudo exploratório descritivo, onde será aplicado o instrumento “Avaliação da Transferência de Políticas – Inovação, Informação e Conhecimento em Tuberculose – ATP-IINFOC-TB”, estima-se a participação de 500 profissionais, o qual foi será agrupado em sete domínios de análise. A análise desses dados será realizada por meio de técnicas de estatística descritiva e multivariada, utilizando o software Statistica 12, da Statsoft.Inc e programa R versão 3.2.3. O estudo qualitativo será pautado no referencial teórico metodológico de Análise do Discurso (AD) de matriz francesa, sendo realizado por meio de entrevista semi-dirigida com profissionais médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde, estima-se a participação de 40 coordenadores e gestores de saúde. A análise qualitativa será realizada em três etapas: Passagem da superfície linguística para o objeto discursivo; Passagem do objeto discursivo para o processo discursivo; Delineamento da formação discursiva e sua relação com a ideologia. Para auxiliar na organização dos dados utilizar-se-á o software Atlas.ti 7.0. Espera-se aprofundar conhecimentos e compreensão sobre o processo de transferência da política do TDO no contexto municipal, contribuindo para o planejamento, organização, monitoramento e avaliação do TDO levando-se em conta os diferentes contextos sociais, culturais, políticos e econômicos. Espera-se que a reorganização das políticas e práticas sanitárias possam impactar positivamente nos indicadores de cura, tratamento, morbidade e mortalidade da tuberculose.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Germano Murara

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • variabilidades e tendências climáticas no estado do rio grande do sul e sua relação com as doenças respiratórias
  • No Brasil e no mundo os estudos e pesquisa com foco nas dinâmicas atmosféricas aliados ao aumento populacional, seja com foco nos assentamentos humanos, para produção agrícola, vêm ameaçando os recursos hídricos, e comprometendo a segurança alimentar e principalmente a saúde humana. Neste sentido, este projeto tem por objetivo analisar as relações entre a variabilidade e tendências climáticas para o estado do Rio Grande do Sul e sua relação com os registros de internações por doenças do aparelho respiratório. A análise multiescalar e espaço-temporal da dinâmica climática no estado será efetuada a partir das sete mesorregiões que, por meio da utilização de técnicas estatísticas estabelecerá tendências do clima para as diversas localidades investigadas. Em seguida, serão analisados registros de internações por doenças do aparelho respiratório, que se constitui como a principal causa de morbidade no estado gaúcho, para então estabelecer a relação entre sua ocorrência e a dinâmica climática no estado. Como resultados se terão publicações sobre a dinâmica climática do estado do Rio Grande do Sul, sob o enfoque das variabilidade e tendências do clima, assim como, dos impactos na saúde humana. Neste sentido, os resultados da proposta resultará no maior entendimento do complexo climático no que compete sua variação temporal, espacial e nas diferentes escalas de análise.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Gregório Vieira Aquino

Ciências Agrárias

Agronomia
  • obtenção e avaliação da atividade antimicrobiana de extratos brutos e frações quimicamente diversas de plantas medicinais contra fitobactérias
  • Produtos Naturais são considerados como a primeira fonte de substâncias para uso terapêutico e tem mantido uma presença marcante nos esforços para a descoberta de novos fármacos. Diversas técnicas podem ser empregadas para a obtenção das substâncias produzidas na natureza. No caso das plantas medicinais, o processo começa com a extração das substâncias presentes no material vegetal com a utilização de um solvente alcoólico que permita o rompimento das células vegetais para a liberação de compostos intracelulares, seguido do fracionamento deste primeiro extrato separando as substâncias de polaridades similares e culminando com sucessivas purificações cromatográficas para obtenção de compostos puros, todos estes processos acompanhados por ensaios biológicos que permitam guiar o fracionamento. Finalmente, estes compostos isolados podem ser caracterizados através de técnicas como espectrometria de massas, espectroscopia de infravermelho e ressonância magnética nuclear. As fitobactérias constituem-se em importantes agentes etiológicos de doenças em diversas espécies botânicas, normalmente doenças de alta severidade devido a dificuldade de manejo e rápida colonização. O manejo ideal de muitas doenças é baseado na utilização de produtos químicos e variedades resistentes. No entanto, no caso das fitobacterioses, até mesmo o controle químico é dificultado, tendo poucos ou nenhum produto registrado pelo Ministério da Agricultura, além disso, a alta variabilidade patogênica de muitos dos agentes causais, expressa por um grande número de raças, dificulta a obtenção de variedades com resistência durável e desta forma, para alguns patossistemas, a medida de controle indicada é a erradicação, através da eliminação de plantas sintomáticas para evitar a disseminação da doença, o que gera grandes perdas. As próprias plantas, de uma forma geral constituem importantes bancos de substâncias ativas que podem apresentar atividades biológicas funcionais no manejo de muitas doenças e partindo-se do pressuposto que o Brasil é um país com uma imensa biodiversidade, tem-se, portanto, grande potencial de exploração deste material vegetal como fonte de compostos bioativos. Assim, o interesse pela elucidação dos constituintes do metabolismo secundário das plantas tem aumentado a cada dia e estimulado a busca nos vegetais, de novos compostos com atividades biológicas e desta maneira, a fitoquímica ganha espaço aliada a outros ramos da ciência, colaborando para o conhecimento da constituição química dos vegetais e suas respectivas propriedades e funções. Na agricultura, com a identificação e purificação de moléculas com potencial de ativação de mecanismos de defesa em plantas e, ou, a inibição do desenvolvimento de fitopatógenos, tornar-se-á possível a geração de novos produtos com baixo risco de contaminação do homem, da cultura principal e do meio ambiente, além de possibilitar a geração de patentes e reduzir os custos com o controle de doenças. Tendo em vista a utilização popular de plantas medicinais como antimicrobianos e a necessidade de valorização do conhecimento popular, propomos aqui um estudo de composição química e de atividade antimicrobiana frente fitopatógenos de uma seleção plantas medicinais de uso popular.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Guilherme Lemes Alves

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • seletividade, biologia e comportamento do predador atopozelus opsimus (hemiptera: reduviidae)
  • Atopozelus opsimus (Hemiptera: Reduviidae) é um percevejo predador encontrado em várias regiões brasileiras e já foi relatado predando importantes pragas exóticas e nativas em plantios florestais. Essa espécie é um potencial agente de controle que poderá ser criado em laboratório e liberado em programas de controle biológico. A tecnologia de criação, aplicação e uso desse predador, sozinho ou integrado com outras técnicas, devem ser avaliados. O objetivo desse trabalho será estudar aspectos bioecológicos e comportamentais de A. opsimus, e sua seletividade a pesticidas e extratos botânicos, visando gerar o conhecimento necessário para sua utilização no controle biológico em programas de manejo integrado de pragas em plantios florestais no Brasil. Esses percevejos predadores serão criados em laboratório, onde serão avaliados aspectos biológicos, reprodutivos, morfológicos, comportamentos como predação e canibalismo, hospedeiros alternativos, efeito da fitofogagia e de inseticidas sintéticos e naturais sobre eles. Esse inseto pode ter condições de ser produzido massalmente e ser utilizado com outras técnicas de controle de pragas, sendo uma opção sustentável no manejo de várias pragas agrícolas e florestais brasileiras.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pedro Guilherme Ribeiro Piccoli

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • análise da sustentabilidade financeira das cooperativas agroindustriais brasileiras
  • O setor do agronegócio brasileiro vem passando por acentuada expansão em suas vendas nos últimos anos, contribuindo de maneira cada vez mais significativa para a composição da balança comercial brasileira. Uma vez que, em função de características desse setor, as respectivas empresas apresentam demandam capital de giro para suas operações, o crescimento nas vendas é acompanhamento pelo aumento da necessidade de financiar a ampliação em seu giro. Neste cenário, caso as operações da empresa não gerem resultados suficientes para cobrir esse aumento do capital de giro, ela deverá financiá-lo, em um primeiro momento, com recursos próprios e, posteriormente, com níveis crescentes de capital de terceiros, aumentando seu risco. Neste contexto, a ampliação das vendas da empresa poderá conduzir à deterioração de sua situação financeira, configurando-se em um crescimento dito não sustentável. No caso das cooperativas agroindustriais, também protagonistas desse processo, tal fenômeno é particularmente delicado, pois em função do duplo papel exercido por seus associados que, além de donos, são clientes e/ou fornecedores, essas organizações apresentam margens de lucro mais estreitas, visto que distribuem benefícios a seus cooperados também por meio da estrutura de preços, reduzindo sua capacidade de gerar resultado líquido a partir de suas operações. Assim, a necessidade de financiamento de suas atividades com o uso de fontes externas de capital mostra-se mais agudo, o que pode comprometer sua sustentabilidade financeira de longo prazo, no advento de uma crise financeira na qual as fontes de crédito se tornam mais escassas. O objetivo desse projeto é realizar uma análise da sustentabilidade financeira das cooperativas agroindustriais brasileiras por meio de modelos de crescimento sustentável existentes na literatura financeira, bem como pelo uso de modelos estatísticos de exposição a risco sistêmicos e idiossincráticos utilizando-se de técnicas de simulação de Monte Carlo e de previsão de insolvência. Os resultados almejados pela presente proposta auxiliarão na gestão financeira sustentável dessas organizações, bem como permitirão aos órgãos de monitoramento dessas entidades uma análise mais rica e modelos mais atualizados para esse exercício de acompanhamento, em linha com alguns dos objetivos estratégicos de tais órgãos.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022