Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Camila Ferreira Leite

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • inteligência artificial aliada ao programa de acompanhamento de indivíduos com apneia obstrutiva do sono tratados com terapia pressórica no sistema único de saúde do estado do ceará
  • Resumo: A apneia obstrutiva do sono (AOS) caracteriza-se por episódios recorrentes de obstrução parcial ou total das vias aéreas superiores, com interrupções do ciclo do sono muitas vezes associada a estresse hipóxico/hipercápnico intermitente. A prevalência da AOS é elevada e fortemente associada a eventos cérebro e cardiovasculares. O seu tratamento padrão-ouro é realizado através da aplicação de pressão positiva em vias aéreas. Este tratamento, quando adequadamente instituído, mostra-se custo-efetivo. No Estado do Ceará, quatro serviços especializados em sono fazem acompanhamento de pacientes com AOS. O equipamento de pressão positiva utilizado para o tratamento é fornecido aos pacientes através da Secretaria de Saúde do Estado. Contudo, após dispensação dos equipamentos, não existe estratégias deste órgão para acompanhamento dos pacientes em tratamento. Objetivo: Desenvolver um sistema que se aplique ao SUS para controle e seguimento de usuários de equipamentos de pressão positiva em vias aéreas que são acompanhados em serviços especializados em sono e, a partir deste produto, gerar um Bigdata que permita oferecer soluções na esfera da gestão, seguimento clínico e ciência partindo de informações geradas por modelos de inteligência artificial. Métodos: O sistema que será desenvolvido utiliza-se de técnicas de computação em nuvem para interagir por meio de navegadores convencionais com o usuário e efetuando-se o armazenamento em nuvem dos dados adquiridos, formando o Bigdata. Técnicas de Inteligência Artificial serão empregadas para extrair informações que potencializem o tratamento dos pacientes de AOS, tanto de forma individual, quanto coletiva. Espera-se que o programa desenvolvido viabilize a ampliação do seguimento de pacientes acompanhados nos serviços especializados em sono, possibilitando a melhor comunicação entre os serviços e a fonte de dispensação de recursos bem como o fornecimento de informações sobre a efetividade da terapêutica ao Estado.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Camila Greff Passos

Ciências Humanas

Educação
  • estudos de caso no ensino superior de química: possibilidades para o desenvolvimento da argumentação sobre os princípios da sustentabilidade e educação ambiental.
  • Uma das metodologias ativas que visam mitigar lacunas formativas que se refletem diretamente no perfil do profissional de Química e na atuação deste cidadão na sociedade são os Estudos de Caso (EC). Essa abordagem tem como objetivo o desenvolvimento de habilidades de ordem superior, como a tomada de decisão e o desenvolvimento da argumentação. O objetivo geral deste projeto é avaliar as potencialidades das ações que serão desenvolvidas no âmbito dos cursos de graduação e pós-graduação do Instituto de Química (IQ) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), para o desenvolvimento da argumentação sobre os princípios da Sustentabilidade e Educação Ambiental Crítica em disciplinas, projetos de extensão e de pesquisa pautados na proposição metodológica dos EC sobre questões socioambientais e sociocientíficas que envolvam as interações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS). Busca-se responder a seguinte questão de pesquisa: Quais as formas de contribuição dos EC para a construção de um saber ambiental no contexto da graduação e pós-graduação em Química e áreas afins? A investigação proposta tem natureza qualitativa e assume flexibilidade na escolha de instrumentos de produção de dados, além de ter um perfil predominantemente descritivo e interpretativo. Assim, os dados serão produzidos a partir dos registros do Diário de Campo dos pesquisadores, dos questionários sobre as formas de contribuição das ações vivenciadas e das produções textuais dos estudantes sobre os EC. Para análise dos dados, serão utilizados os princípios de análise da qualidade da argumentação, pautada no referencial teórico de Stephen Toulmin. Com a efetivação do projeto, espera-se difundir o uso dos EC para fomentar conhecimentos e reflexões quanto aos princípios da Sustentabilidade e Educação Ambiental de forma integrada aos conteúdos científicos em disciplinas de Química na graduação e pós-graduação, bem como em projetos de extensão do IQ da UFRGS.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Camila Pereira Jácome

Ciências Humanas

Arqueologia
  • nos caminhos da “cultura”: diálogos sobre museu e patrimônio cultural dos povos indígenas do trombetas
  • O presente projeto tem como objeto de investigação a relação entre povos indígenas e objetos e/ou conhecimentos que são chamados de patrimônio cultural, pela arqueologia e museologia, p.ex. artefatos cerâmicos, tecnologias, conhecimentos tradicionais de saúde etc. Essa investigação será feita conjuntamente com os diferentes povos indígenas que habitam a região do Rio Trombetas e afluentes, que se situa em uma ampla região do norte da Amazônia (PA, AM, RR). Além de acadêmicos indígenas vindos da região que estão na graduação (UFOPA) ou pós-graduação (UFMG). O objetivo principal é compreender, ou estabelecer meios, de como os indígenas articulam esses conceitos em seus próprios termos, considerando a diversidade e diferença que transpassam os povos do Trombetas. Há demandas, das lideranças e desses jovens acadêmicos, pela constituição de um museu, que guarde e preserve acervos arqueológicos e etnográficos, mas que também sirva como espaço de diálogo sobre conhecimentos, entre jovens e anciões. Nossa proposta é que o museu dos povos do Trombetas seja constituído através de suas próprias conceituações de “cultura, cultura material e imaterial”. Para atingir esses objetivos, propomos metodologias que priorizem o diálogo e construção coletiva, entre acadêmicos e comunitários indígenas e não-indígenas, acerca desses conceitos. Trabalhos recentes da etnografia e arqueologia publicados pela equipe proponente têm indicado que objetos e conhecimentos ultrapassam o binômio passado/presente, material e imaterial. Para a realização desses diálogos conceituais propomos atividades em campo e espaços museológicos. As atividades de campo serão conduzidas a partir da pesquisa etnográfica e das arqueologias indígenas, metodologias que a equipe proponente tem experiência. Além disso, essa construção conceitual de um museu indígena da região do Trombetas, será mediado por especialistas nas áreas de museologia e curadoria desse tipo de acervo.
  • Universidade Federal do Oeste do Pará - PA - Brasil
  • 24/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Camila Reis dos Santos

Outra

Multidisciplinar
  • ii feira de ciências do castellão: uma proposta investigativa de popularização da ciência
  • As atuais propostas para o ensino de Ciências têm seguido as tendências da educação científica. Nessa perspectiva, a ênfase deve estar na proposição de atividades investigativas que exigem do aluno não apenas atitudes de observação e manipulação, mas características de um trabalho científico: o aluno deve refletir, discutir, explicar, relatar. Inevitavelmente, a pandemia da Covid-19 trouxe mudanças para os sistemas educacionais com a emergência do ensino remoto, suscitando novos desafios ao ensino de ciências. Ora, como prover uma educação científica que dinamize a argumentação? Como instigar nos estudantes o interesse e a motivação por assuntos científicos após o retorno presencial e, considerando as sequelas ainda sentidas pela pandemia da Covid-19? Nesse sentido, pelo intercâmbio entre Universidade e escola, o projeto em questão objetiva apresentar uma proposta de feira científica interdisciplinar dentro de uma leitura contextualizada das dimensões socioculturais humanas e, provendo caminhos coadunados aos aportes da alfabetização científica. A feira constitui-se parte do planejamento da área de Ciências da Natureza e Matemática da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Rômulo Castello (localizada em Serra-ES), com nove temáticas interdisciplinares já planejadas pelos professores da área para o ano de 2022: 1) De Tales de Mileto a Einstein: como o conceito de energia mudou ao longo da história; 2)Energia solar: uma solução eletrizante!; 3) Cata ou descarta?; 4) Fossilizando: com quantos carbonos se data um ser vivo?; 5) Polêmicas no cosmo: desvendando os mistérios das distâncias do universo; 6) O que comem as plantas?; 7) O mistério da luz azul: um game de suspense; 8)Tons e ritmos da natureza: os mistérios da vida nas ondas sonoras; 9) Os curiosos casos dos gigantes invisíveis. Pretende-se que a feira científica se torne parte do planejamento anual da escola, bem como se amplie para perspectivas transdisciplinares.
  • Secretaria de Educação do Estado do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Camilla Abbehausen

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • metalofármacos e doenças negligenciadas: uma nova possibilidade terapêutica?
  • A leishmaniose e a doença de Chagas, causadas respectivamente por Leishmania spp. e Trypanosoma cruzi, são protozooses complexas pertencentes ao grupo das doenças tropicais negligenciadas (NTD). Essas NTD afetam mais de 20 milhões de pessoas no mundo trazendo desafios para a saúde pública por concentrarem altas taxas de morbidade e mortalidade especialmente para populações mais pobres. As opções quimioterápicas disponíveis apresentam alta toxicidade e, em muitos casos, requerem hospitalização do paciente. Além disso, a ineficácia do tratamento em casos crônicos e a identificação de parasitos resistentes aos fármacos de escolha agravam a condição de saúde dos pacientes infectados. Com base nesses desafios, o desenvolvimento de novos medicamentos tornou-se urgente e uma prioridade de pesquisa na área, ainda que com um número muito reduzido de novos medicamentos aprovados nos últimos anos. Assim, a presente proposta visa avaliar e selecionar metalofármacos com atividade leishmanicida e tripanocida via uma abordagem integrada utilizando técnicas de química, biofísica, bioquímica e parasitologia. Isso permitirá avaliar o seu mecanismo de ação, visando o desenvolvimento de novas moléculas contra espécies de Leishmania e T. cruzi. Dentre as moléculas, iremos compor séries sistemáticas de complexos de Au(I), Ag(I), Cu(I) e Cu(II) contendo ligantes selecionados. A avaliação in vitro das concentrações inibitórias do crescimento parasitário permitirá a seleção de candidatos para medidas de internalização celular, permeabilização da membrana plasmática, avaliação da bioenenergética mitocondrial e da geração de espécies reativas de oxigênio e interação com alvos específicos. Nosso objetivo final estará focado no desenvolvimento de uma formulação tópica para o tratamento experimental da leishmaniose cutânea usando um sistema de liberação à base de celulose bacteriana.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Candice Müller

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • arranjo de antenas com feixe de radiação de azimute configurável
  • É esperado que até 2020 cerca de 50 bilhões de dispositivos estejam conectados à internet. Neste contexto surgem as tecnologias de comunicação de 5ª geração, 5G, a internet das coisas, IoT e a Indústria 4.0. Para lidar com a grande quantidade de usuários, faz-se necessário o uso de antenas inteligentes, de modo a implementar o múltiplo acesso por divisão no espaço (SDMA), maximizando a relação sinal interferência para os diversos usuários. Para tal, são necessários arrays de antenas, onde o sinal em cada elemento do array é controlado de modo a direcionar o padrão de radiação na direção de cada usuário. No contexto deste mercado emergente de steerable arrays, este projeto de pesquisa propõe o desenvolvimento de um array de antenas que permita direcionar seu diagrama de radiação na direção desejada, de modo a atender as demandas impostas pela grande quantidade de usuários previstos no 5G, IoT e Indústria 4.0. Para maximizar o throughput do sistema o array deve operar em dupla polarização e possuir banda operacional larga. O projeto é dividido em cinco etapas. A 1ª etapa objetiva o desenvolvimento do elemento básico do array com dupla polarização, alta isolação entre portas, dimensões reduzidas e fácil prototipação. A 2ª etapa objetiva o desenvolvimento da rede de alimentação dos elementos do array, com baixas perdas. Na 3ª etapa é realizada a integração, testes e validação dos protótipos dos elementos do array (elementos irradiantes e rede de alimentação). A 4ª etapa objetiva o estudo e implementação dos algoritmos para beamforming e steering. Na etapa final é realizada a integração, testes e validação dos resultados de simulações eletromagnéticas com os algoritmos para beamforming e steering. Ao final do projeto espera-se obter uma solução tecnológica que servirá de base para a implementação de uma prova de conceito do steerable array em hardware, assim como servirá de base para o desenvolvimento de outras soluções com diferentes especificações.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 08/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Cândido Ferreira de Oliveira Neto

Ciências Agrárias

Agronomia
  • potencial de uso agrícola de brassinosteróide e azospirillum brasiliense como promotores de crescimento em milho.
  • Existe uma forte demanda global por maior produção quantitativa e qualitativa de alimentos, mas com a abordagem da sustentabilidade agrícola, valorizando alternativas que diminuam os impactos negativos das condições de estresses abióticas, salinidade e deficiência hídrica, assim como a dependência de fertilizantes nitrogenados produzidas industrialmente, o que tem motivado estudos sobre a aplicação de brassinosteróide e Azospirillum brasiliense e seus efeitos benéficos no milho, visando melhoria na produtividade e qualidade da planta, no foco da sustentabilidade da cultura e dos agricultores. Assim, o objetivo do projeto será avaliar os efeitos do tratamento de sementes com Azospirillum brasiliense associado com a aplicação de brassinosteróide na cultura do milho no Estado do Pará. Para isso, serão conduzidos 4 experimentos, assim especificados: Experimento I - Inoculação de Azospirillum brasiliense no milho associado a fertilizantes nitrogenados de eficiência aumentada; Experimento II - Avaliação da eficiência agronômica das épocas de aplicação de N e inoculação de Azospirillum sp. no milho cultivado na Amazônia Oriental; Experimento III - Aplicação de brassinosteróides e Azospirillum brasiliense em plantas de milho submetidas a deficiência hídrica; Experimento IV - Aplicação de brassinosteróides e Azospirillum brasiliense na eficiência de utilização do N aplicado no milho. A partir dos resultados experimentais obtidos serão disponibilizadas informações sobre os benefícios da adoção da técnica aos agricultores, auxiliando tanto os setores da pesquisa como da extensão, com informações válidas a respeito do benefício da aplicação de brassinosteróide e Azospirillum brasiliense no milho para o Estado do Pará, elevando a produção de grãos e vagens, com isso, melhorando a renda do agricultor local, sem que haja prejuízos ambientais com a aplicação de doses elevadas e/ou baixas de N que não possibilite todo o potencial produtivo da área agrícola.
  • Universidade Federal Rural da Amazônia - PA - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Candido Malta Campos Neto

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • a cidade das desigualdades: planos e instrumentos urbanísticos na são paulo do século xxi.
  • Trata-se de um tema e de um objeto de estudo bastante urgentes, para estudarmos a aplicação de planos diretores estratégicos, planos regionais, operações urbanas e instrumentos urbanísticos, aplicados neste século no município de São Paulo - quando se completaram, já em 2021, os 20 anos do Estatuto da Cidade - a partir do acirramento das desigualdades sociais na metrópole. É um projeto de pesquisa que irá dar continuidade a outro projeto, que resultou em livro - que eu e a Profa. Nadia Somekh organizamos e escrevemos, com outros membros da nossa equipe atual - A Cidade que Não Pode Parar: Planos Urbanísticos de São Paulo no Século XX (primeira edição 2002, segunda edição 2008), que se tornou uma obra de referência, usada em cursos de graduação e pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, e Planejamento Urbano. Este projeto, A Cidade das Desigualdades: Planos e Instrumentos Urbanísticos na São Paulo do Século XXI, terá como objetivo básico realizar uma investigação crítica sobre os diferentes Planos Diretores Estratégicos; Planos Diretores Regionais; Leis de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo; Zonas Especiais de Interesse Social; Operações Urbanas Consorciadas, revistas e novas; Projetos Urbanos; Programas de Habitação; de Transportes e Mobilidade; e de Sustentabilidade - aprovados no município de São Paulo de 1995 a 2018, de maneira analítica e abrangente, interligando os diferentes momentos dessa trajetória, para criar um novo livro; que, esperamos, terá repercussão não apenas local e regional, mas será uma referência aplicável a diferentes situações do Brasil. A hipótese é a de que, a despeito das inovações estabelecidas pela prática de planejamento e dos instrumentos no século XXI, houve várias instâncias de apropriação desses ganhos pela iniciativa privada, particularmente o setor imobiliário. Isso será levantado no material bibliográfico e, também, em depoimentos e workshops com profissionais do setor público e privado, acadêmicos, políticos e colunistas.
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie - SP - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Carina Costa de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • “a litigância ambiental no contexto da gestão sustentável dos recursos marinhos”
  • Os limites da gestão sustentável dos recursos marinhos, tanto no âmbito do poder executivo quanto do poder legislativo, resultaram no aumento da litigância ambiental diante dos tribunais. Casos como o das manchas órfãs no litoral brasileiro, ocorrido em 2019, demonstram que a prevenção e a reparação de danos ao meio ambiente marinho chegam ao judiciário que, nem sempre, garante a melhor solução para a proteção ambiental. Diversos problemas jurídicos como a competência dos tribunais, a prescrição de danos, a legitimidade ativa em ações ambientais, são levados constantemente ao Poder Judiciário. A demanda por “justiça” das populações atingidas (pescadores, indígenas, quilombolas) é singular diante do objeto jurídico regulado. Porém, nem sempre os tribunais interpretam a legislação ambiental com o foco nas peculiaridades do espaço marinho. A proposta é trazer à luz as contribuições e as lacunas na atuação do poder judiciário, no âmbito nacional e internacional, no que se refere a disputas ambientais relacionadas ao meio ambiente marinho. Em particular, essa pesquisa sistematizará e depois analisará os principais casos diante do judiciário nacional e internacional relacionados à proteção ao meio ambiente marinho, a fim de subsidiar a atuação dos operadores do direito e dos gestores públicos que trabalham com o tema. Inicialmente foram identificados mais de oitenta casos emblemáticos, diante dos tribunais superiores nacionais, relacionados ao espaço marinho. O direito comparado e o direito internacional também serão utilizados a fim de identificar interpretações inovadoras. A jurisprudência será analisada por meio de parâmetros relacionados à conservação e ao uso sustentável dos recursos marinhos. A hipótese é que por meio da organização das informações será possível obter maior previsibilidade e maior segurança jurídica para a interpretação de princípios, obrigações e instrumentos relacionados à conservação e ao uso sustentável do espaço marinho.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Carina Elisei de Oliveira

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • universidade espaço de conhecimento, identificação e desenvolvimento de talentos em ciência e tecnologia
  • Os investimentos que permeiam a Educação são aqueles que apresentam maiores resultados a médio e longo prazo. Ações afirmativas de divulgação e popularização da ciência, contribuem para o desenvolvimento científico e tecnológico no País. Assim, para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia - SNCT 2022 optamos por investir na Ciência e no tema “Universidade espaço de conhecimento, identificação e desenvolvimento de talentos em Ciência e Tecnologia” presentes no Estado do MS, aplicando na formação de professores para o reconhecimento e a captação de talentos para o mundo da Ciência e Tecnologia. Dessa forma, nosso objetivo é executar o projeto realizados as etapas descritas abaixo: FORMAÇÃO DE DOCENTE PARA IDENTIFICAÇÃO DE TALENTOS EM CIÊNCIA E DESPERTAR E DESENVOLVER A O INTERESSE POR CIÊNCIA NOS ESTUDANTES (ENSINO FUNDAMENTAL I E II, ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA) ETAPA 2: CICLO DE PALESTRAS E OFICINAS DE CT&I/ SEMINÁRIO DE ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO DA UCDB ETAPA 3: OFICINAS DE CT&I (PROGRAMA DE VERÃO/ JAN/FEV_2023 ESTA ATIVIDADE POR SER INTEGRAL TEM QUE OCORRER NO PERÍODO DE RECESSO ESCOLAR PARA QUE TENHA A PARTICIPAÇÃO INTEGRAL DOS ESTUDANTES E PROFESSORES) ETAPA 4: SEMINÁRIOS DE IC (PIBIC/PIBITI/ PIBIC-EM) DAS PÓS GRADUAÇÃO DA UCDB E O PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA/ INICIAÇÃO CIENTÍFICA – JÚNIOR (PIBIC-JR) DA UCDB
  • Universidade Católica Dom Bosco - MS - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023