Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Walter Santos de Araújo

Ciências Biológicas

Ecologia
  • efeitos antrópicos sobre a estrutura de redes inseto-planta em áreas de cerrado do norte de minas gerais
  • Diferentes fatores antrópicos podem influenciar na estrutura das redes de interações ecológicas formadas por plantas e insetos associados. Apesar dos crescentes avanços nos estudos de redes inseto-planta, nenhum estudo prévio avaliou se a degradação antrópica sobre os remanescentes de Cerrado influenciam na estrutura das redes inseto-planta. Nesse sentido, o objetivo dessa proposta de pesquisa é avaliar se o nível de antropização dos habitats (habitats naturais vs. antropizados) influencia na estrutura de redes inseto-planta em áreas de Cerrado do Norte de Minas Gerais. Para isso serão amostradas interações entre plantas e insetos em 12 áreas distintas de Cerrado, sendo seis áreas conservadas e seis áreas antropizadas. Desse total, metade das áreas já foi amostrada (sendo três áreas preservadas e três áreas antropizadas), o que aumenta a viabilidade do projeto. A partir dos dados coletados, será possível construir 36 redes inseto-planta (uma herbívoro-planta, uma polinizador-planta e uma formiga-planta para cada área), e estas serão caracterizadas usando os seguintes índices de estrutura de redes: conectância, modularidade e aninhamento. Desse modo, será testado se a estrutura das redes varia em função da estrutura e do nível de antropização da vegetação. O estudo contribuirá para a difusão do conhecimento acerca de redes de interações ecológicas do Cerrado e do Norte de Minas através da apresentação de trabalhos em eventos científicos e da publicação de artigos, bem como contribuirá para a formação de recursos humanos de qualidade através de monografias e dissertações de mestrado.
  • Universidade Estadual de Montes Claros - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wandearley da Silva Dias

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • propriedades de transporte em sistemas nanométricos
  • O desenvolvimento tecnológico de dispositivos de estado sólido e opticoeletrônicos tem direcionado muitos esforços à redução de tamanhos, fazendo com que estes, muitas vezes, se encontrem em regimes de baixa dimensionalidade e que apresentem características peculiares, ausentes em escala macroscópica. Neste projeto proponho o estudo das propriedades de transporte em sistemas nanométricos de baixa dimensionalidade. Mais especificamente, estudarei a influência da desordem, interação entre partículas, campos elétricos e não-linearidade sobre estados estacionários e também sobre a dinâmica de partículas e/ou excitações coletivas. Além da ação individual, a presença simultânea de dois ou mais ingredientes é um dos focos da pesquisa, onde comportamentos competitivos são esperados. Através de técnicas analíticas e numéricas buscarei caracterizar os sistemas de interesse, bem como identificar a existência de novas fenomenologias. Tais técnicas tem sido utilizadas em estudos anteriores, que se mostraram eficazes na previsão de uma fenomenologia [PRB 76, 155124 (2007)] comprovada experimentalmente [Science 347, 1229 (2015); Nat Comms 4, 1555 (2013)]. Desta forma, além de contribuir com abrangência de conhecimento teórico, espero que tais estudos estimulem investigações experimentais. Tendo em mente a formação profissional de recursos humanos, destaco o grande envolvimento de alunos de iniciação científica e de pós-graduação nas temáticas supracitadas, tanto na investigação como na compilação adequada dos resultados, a fim de publicá-los em periódicos indexados internacionalmente.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022