Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Afranio Lineu Kritski

Ciências da Saúde

Medicina
  • desenvolvimento e validação de modelos computacionais operativos para a cascata diagnostica e terapêutica da tb resistente, por meio da análise clínica e econômica do sequenciamento gênico direcionado de nova geração, em unidades de saúde de referência
  • A tuberculose (TB) é a principal causa de morte entre as doenças infecciosas em todo o mundo, onde cerca de 10,4 milhões de pessoas adoeceram em 2016. A TB resistente a medicamentos (TB-DR) é uma ameaça contínua com 600.000 novos casos com resistência à rifampicina / RIF, dos quais 490.000 tinham tuberculose multirresistente (MDR-TB - resistente ao mesmo tempo a RIF e isoniazida / INH). Entre os casos estimados de TB-DR, cerca de 60% ocorrem nos países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Tradicionalmente, os resultados do teste de suscetibilidade aos antimicrobianos (TSA) da TB leva de 4 a 8 semanas, quando o tratamento usualmente já começou, sem evidência suficiente para a sua eficácia, o que resulta em falência do tratamento ou o desenvolvimento de resistência adquirida aos medicamentos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda TSA universal aos fármacos usados contra o complexo Mycobacterium tuberculosis (MTB) para orientar as decisões de tratamento. Nos últimos anos, os testes moleculares Xpert MTB / RIF e Fita Hain foram recomendados pela OMS e aumentaram o número de pacientes com TB-DR bacteriologicamente confirmada e detectada, reduziram o tempo entre a triagem e o início do tratamento. No entanto, apesar dos testes serem realizados em 2 a 24 horas em nível laboratorial, eles não aumentaram a proporção de sucesso de tratamento e nem reduziram a proporção de mortalidade. Para a TB-MDR, as lacunas na obtenção do diagnóstico correto e acesso ao tratamento efetivo são ainda mais críticas. Recentemente, foi publicada uma extensa análise da cascata diagnóstica e terapêutica na TB-MDR, destacando a necessidade de acesso a diagnósticos oportunos e de qualidade assegurada e a inclusão de novos sistemas de informação que agilizem a tomada de decisão rápida e adequada para a adoção de tratamento simplificado e mais efetivo. Novas tecnologias, como o sequenciamento genômico completo (WGS), estão disponíveis e têm sido indicadas para a obtenção simultânea de informações sobre o perfil de suscetibilidade, linhagens, patogenicidade e transmissão de bacilos e apoiar o estudo epidemiológico da transmissão do MTB, em nível local e global. Tem-se observado uma alta sensibilidade e especificidade usando WGS para os medicamentos de primeira linha INH e RIF; no entanto, uma há variação substancial na precisão do WGS com os medicamentos de segunda linha. O custo do WGS foi reduzido e pode ser útil em futuro próximo. Recentemente, o sequenciamento gênico direcionado de nova geração (T-NGS) tem sido proposto para a vigilância da saúde no campo da TB, mas também tem o potencial de orientar o manejo clínico dos pacientes, gerar dados para a formulação de políticas e melhorar o desenvolvimento de testes diagnósticos. Mas até o momento, não foram descritos resultados do T-NGS que proporcionem: a) dados de sequências clinicamente relevantes do genoma do MTB utilizando amostras clínicas (por exemplo, escarro espontâneo) e; b) impacto clínico e econômico na cascata de diagnóstico e tratamento da TB-DR, utilizando um sistema de informações de suporte que proporcione interoperabilidade, em países de alta carga, onde são mais necessários. Diante do exposto, pretendemos realizar um ensaio clínico pragmático (antes e depois) para analisar o impacto clínico e econômico da incorporação do T-NGS na rotina de atendimento na cascata de diagnóstica e terapêutica de pacientes com provável TB-DR, utilizando o novo sistema de informação (Sistema de Apoio à Decisão para Tuberculose/SAD-TB), em 5 sites no Brasil. Durante o projeto de 3 anos proposto, em regiões com alta taxa de TB-DR, co-infecção por HIV e baixo nível socioeconômico, pretende-se comparar, com a rotina atual de atendimento de pacientes suspeitos de TB-DR, o uso de T-NGS nos serviços de saúde participantes, no intuito de responder as seguintes questões: 1. analisar o desempenho do T-NGS a partir de amostras de escarro direto na previsão de perfis de suscetibilidade aos antimicrobianos; 2. desenvolver um SAD-TB que promova a interoperabilidade dos sistemas de informação locais disponíveis, permitindo o registro, acompanhamento e avaliação de pacientes com TB. 3. estimar a relação de custo-efetividade incremental e impacto orçamental da implementação do T-NGS em comparação com a rotina de cuidados; 4. realizar um modelo operacional utilizando os dados empíricos coletados nos sites participantes e definir o melhor algoritmo de diagnóstico e tratamento a ser incorporado nos sites participantes. Como produto final, esperamos aumentar a proporção de casos de TB-DR corretamente diagnosticados e tratados com um regime de TB individualizado, resultando em uma proporção de sucesso de tratamento maior (15%) e menor proporção de mortalidade de TB-DR (8%) . Além disso, em conjunto com o PNCT-SVS-MS, com a análise do impacto clínico e orçamentário no sistema de saúde e o desenvolvimento do modelo operacional, espera-se que essa abordagem promova / intensifique: a) a mudança na política Nacional e Global de diagnóstico e tratamento da TB-DR e b) a alocação de recursos para a avaliação de expansão do T-NGS e SAD-TB em outras regiões do pais
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 10/11/2018-30/11/2021
Foto de perfil

Afranio Rodrigues Pereira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • ressonância e acoplamento entre gelos de spin artificiais termodinâmicos e supercondutores
  • Nesta proposta investigaremos a termodinâmica de GSA fabricados através de desbaste físico de filmes finos com 25nm de Gadolínio ou Nitreto de Gadolínio, os filmes são crescidos por Sputtering pelo grupo do professor Moodera no Massachusetts Institute of Technology MIT – USA e nanofabricados no INL, mas passarão a ser crescidos e nanofabricados no LabSpiN, com a aquisição de sistema de nanolitografia. Também serão realizadas investigações teórico-experimentais basicas do acoplamento mediado por portadores de carga por medidas de magnetização e ressonância em função da temperatura e da transição supercondutoras da camada metálica interligando as ilhas.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agatha Sacramento Rodrigues

Ciências Exatas e da Terra

Probabilidade e Estatística
  • observatório obstétrico brasileiro
  • A importância de permitir acesso a dados públicos de maneira estruturada e com responsabilidade faz com que a sociedade tenha acesso à informação, que gestores públicos possam tomar decisões baseadas em evidências e que as discussões sobre políticas públicas sejam embasadas em dados confiáveis. Na área da Obstetrícia, em especial, há algumas discussões sobre políticas públicas para gestantes, fetos e recém-nascidos que, muitas vezes, não são pautadas em dados científicos e/ou análise de dados públicos. Com essa motivação, propomos um observatório obstétrico por meio de uma plataforma interativa de monitoramento e análise de dados públicos da área de Obstetrícia do Brasil. Nesse observatório serão disponibilizadas as análises exploratórias, com visualização online, dinâmica e com filtragens escolhidas pelo usuário, além dos resultados de análises e modelos preditivos para os desfechos de interesse. Dentre as análises propostas, destacamos a seção do Observatório “Pandemias e Obstetrícia”, em que objetivamos avaliar os impactos das pandemias (H1N1 em 2009 e COVID-19 em 2020) na saúde materna, fetal e neonatal, assim como identificar as diferenças entre elas e suas consequências para que seja possível desenhar políticas públicas para crises futuras. Outro destaque é feito para a seção “Indicadores”, destinada à criação de indicadores obstétricos obtidos com bases de dados públicos, assim como às análises de associação entre indicadores socioeconômicos e indicadores obstétricos já existentes e os que serão criados. Como exemplo, ferramentas serão criadas para identificar os principais fatores associados a elevadas porcentagens de partos prematuros e de cesáreas nos diferentes grupos de Robson, em nível municipal. Estes são temas relevantes, uma vez que cesáreas sem indicação obstétrica podem ter impacto negativo para a saúde, além da associação de prematuridade e complicações tanto perinatais como no desenvolvimento infantil. A abordagem ambiental também será contemplada neste observatório ao conectar bancos de dados que nos informem sobre as condições climáticas, poluição, e agricultáveis que possam influenciar os resultados obstétricos e fetais frente à exposições maternas durante o período pré-gestacional e gestacional nas diferentes regiões do país; aspecto que é pouco explorado em nosso país. Para realizar as análises de interesse, pretendemos usar os seguintes bancos de dados: SINASC (Sistema Nacional sobre Nascidos Vivos), SIM (Sistema de Informação sobre Mortalidade), CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde), SIHSUS (Sistema de Informações Hospitalares do SUS), BASIS (Breastfeeding Information System), SIVEP Gripe, BDMEP-INMET (Banco de Dados Meteorológicos do Instituto Nacional de Meteorologia), bases de dados sobre a qualidade do ar fornecidas pelas agências estaduais de meio ambiente e os dados do IBGE (Censo, PNAD e PNADC). Essas bases serão tratadas e carregadas utilizando o fluxo ETL (extract, transform, load) e as análises serão realizadas ao utilizar os programas abertos R e Python. O site do Observatório será feito em WordPress (br.wordpress.org), embutindo visualizações feitas em Shiny (https://shiny.rstudio.com) e em Kibana (www.elastic.co/pt/kibana). Um desafio será integralizar as informações dos diferentes bancos de dados. Para isso, serão aplicados algoritmos de similaridade entre os dados identificados, seja por alguma variável chave (por exemplo, número de identificação social) ou por meio de um modelo probabilístico. Outro desafio consiste em lidar com a incompletude dos dados, uma vez que o tratamento não adequado aos dados faltantes pode levar a conclusões errôneas e/ou viesadas. Para este ponto, serão consideradas e pesquisadas técnicas estatísticas para dados incompletos. Nas análises de associação e de predição de desfechos obstétricos, serão considerados modelos e algoritmos supervisionados e não supervisionados de machine learning para dados transversais e para dados longitudinais, a depender da característica dos dados da análise de interesse. A ideia é que métodos já consagrados da área sejam aplicados para resolver o problema em questão. Em situações que o problema traz algum desafio do ponto de vista estatístico e/ou computacional, e que não há soluções na literatura, novas metodologias serão propostas. Por esse motivo, o projeto conta com uma equipe multidisciplinar envolvendo pesquisadores das áreas da Estatística, Computação e Obstetrícia. Ao citar a equipe, vale ressaltar que há membro que coordenou a área técnica de saúde da mulher do estado de São Paulo, especialistas em saúde materna, fetal e em prematuridade; cientistas de dados com elevado conhecimento técnico em diferentes segmentos da área e com experiências em aplicações na área obstétrica e também em análise de dados públicos do Brasil. Os resultados desse projeto serão disseminados por meio de publicações científicas e por textos em português e em inglês em um blog que será disponibilizado na plataforma. Além disso, artigos e resumos dos resultados obtidos serão apresentados e discutidos em congressos. As documentações de como os dados foram tratados e analisados serão disponibilizadas no Observatório e os códigos computacionais serão acessíveis em uma conta do Observatório no GitHub (www.github.com). Como resultado principal, pretendemos que o Observatório Obstétrico Brasileiro seja a referência de informações da saúde materna, fetal e neonatal do Brasil, com o intuito de prover informações para o auxílio de gestores e médicos na tomada de decisões. Também pretendemos aquecer e disseminar o conhecimento na área de ciência de dados no Brasil, ao disponibilizar conteúdo da área aplicada à saúde e também ao propor novos métodos em cenários que não há soluções na literatura. A equipe desse projeto já trabalha em análises iniciais de visualização de dados obstétricos e uma demonstração pode ser vista no endereço https://obstetriciafmusp.shinyapps.io/observatorio-obs.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 03/12/2020-30/06/2022
Foto de perfil

Agma Juci Machado Traina

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • recuperação perceptual de imagens por conteúdo e mineração de imagens com suporte de radiômica para sistemas de apoio a diagnóstico
  • Fornecer subsídios para tomada de decisões que levem o especialista médico a elaborar diagnósticos mais precisos, com maior rapidez e segurança, certamente traz benefícios para o tratamento e recuperação dos pacientes. Esse projeto de pesquisa visa atuar nessa direção, com o desenvolvimento de novos algoritmos e técnicas de recuperação de imagens por conteúdo para o processamento de consultas por similaridade, que atendam à percepção de similaridade do usuário. Por meio da integração da abordagem radiômica, que integra um volume importante de dados quantitativos, que aliados a dados qualitativos do paciente, que se processados apropriadamente, podem trazer novos impulsos positivos à área de computação em sistemas médicos. Os resultados desta pesquisa trarão impactos relevantes tanto à área de ciências de computação: por meio de algoritmos de extração de características de imagens e dados complexos de exames médicos, como algoritmos de armazenagem e recuperação eficiente desses dados em bases de dados complexos; quanto à área de medicina, permitindo a construção de sistemas de apoio ao diagnóstico (CAD – Computer Aided Diagnosis) mais precisos e eficientes. O maior beneficiário será o paciente, que receberá tratamentos mais confiáveis, seguros, e mais celeremente.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agnaldo de Sousa Barbosa

Ciências Humanas

Sociologia
  • mobilização do direito como resposta à precarização do trabalho: análise da experiência brasileira na década de 2010
  • O projeto tem como objetivo geral investigar a ocorrência de mobilização do direito como recurso utilizado por parte de entidades da classe trabalhadora diante das estratégias empresariais de reestruturação da produção. A pesquisa pretende vislumbrar como em um contexto histórico no qual há, simultaneamente, o recrudescimento do poder econômico e político das corporações, arrefecimento da organização sindical e consolidação de garantias constitucionais a demandas sociais, o direito figura como instrumento de luta contra a precarização das condições de trabalho. O recorte temporal é a década de 2010 e a delimitação do objeto de estudo as demandas apresentadas às cortes superiores do país responsáveis pelo controle constitucional, uniformização da interpretação constitucional e da jurisprudência trabalhista – respectivamente, STF, STJ e TST. Do ponto de vista teórico-metodológico, a proposta se vale, por um lado, de abordagens que compreendem que, no contexto de instituições democráticas e de condições satisfatórias de acesso à justiça, a mobilização do direito pode vir a representar em alguma medida um recurso eficaz para propósitos de emancipação social – desde que associada a lutas políticas capazes de construir percepções ideológicas (e cognitivas) contra-hegemônicas. Por outro lado, busca fundamentar-se em interpretações que concebem o direito como parte da vida social e política e que se constitui com um recurso a mais disponível para a ação coletiva, concebendo os tribunais como atores cujas decisões modelam ao mesmo tempo em que se inter-relacionam com a ação de outros atores. As fontes para a pesquisa constituem-se da produção jurisprudencial dos tribunais mencionados e também de material informativo divulgado por veículos de comunicação de entidades sindicais. Espera-se com a proposta obter subsídios para o avanço da reflexão sobre as interações entre movimentos de classe e sistema jurídico no Brasil contemporâneo, assim como em relação ao papel representado pelo direito no resguardo de direitos sociais na última década.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agnaldo José Ferrari

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • reticulados: uma abordagem via álgebra e teoria dos números
  • A Teoria Algébrica dos Números tem desempenhado um importante papel para a construção de códigos e reticulados algébricos. Encontrar reticulados algébricos via corpos de números com máximas densidade de empacotamento, diversidade e distância produto mínima tem sido o objeto de estudo nos últimos anos, pois esses reticulados se apresentam como uma abordagem alternativa para a transmissão de sinais. Uma outra aplicação dos reticulados está relacionada à Ciência da Computação, é a construção dos chamados ``Ideais Reticulados'', obtidos via anéis quocientes, e estão associados a criptossistemas que sejam robustos no sentido da segurança da informação que é transmitida. Este projeto de pesquisa tem como objetivos, a construção de reticulados algébricos tanto para o canal Gaussiano quanto para o canal com desvanecimento do tipo Rayleigh, que apresentem melhor desempenho do que as construções conhecidas na literatura assim como explorar novas construções. Pretendemos também explorar em campo teórico e aplicado os reticulados obtidos via anéis quocientes (Ideais Reticulados)
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agnaldo José Lopes

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • recondicionamento físico em doenças negligenciadas: efeito sobre a qualidade de vida relacionada à saúde em adultos com anemia falciforme
  • Vide projeto anexo
  • Centro Universitário Augusto Motta - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agnaldo Rodrigues da Silva

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • ensino de literaturas e culturas africanas e afro-brasileira na educação básica e superior em mato grosso
  • O ensino das literaturas e culturas africanas e afro-brasileira na educação básica e superior em Mato Grosso encontra-se em fase de implementação, apresentando diversas fragilidades que precisam, com urgência, de estudos sistematizados que possam apontar caminhos de fortalecimento de propostas que articulem aspectos sociais e culturais de âmbito regional, nacional e internacional. Desde a promulgação da Lei Federal nº 10.639/03, que modificou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), tornando obrigatória a inclusão, no currículo dos níveis fundamental e médio, do ensino de culturas africanas e afro-brasileira, até a alteração feita pela Lei nº 11.645/08, que tornou obrigatório o estudo da história da África e dos africanos, bem como a luta dos negros e dos povos indígenas no Brasil, suas culturas, história e contribuições ao país, muito já se avançou nesse campo, mas ainda há muito o que avançar em termos de políticas objetivas para a divulgação e a valorização do legado dos povos africanos e indígenas à cultura brasileira. Em tempos de capitalismos imperialistas, desencadeando o auge da globalização e o desenvolvimento da ciência e tecnologia, tornam-se fundamentais os estudos e pesquisas que evidenciem a necessidade de articulação entre diferentes culturas e sociedades para a democratização das conquistas sociais e econômicas. A área de letras, por meio das disciplinas dos estudos literários, apresenta propostas significativas que colaboram na disseminação de conteúdos culturais e históricos sobre África e a presença dos africanos no Brasil, principalmente no seguinte conjunto de disciplinas: Literaturas africanas, Literatura comparada (Portugal, Brasil e África), Literatura, História e Cultura Afro-Brasileiras, Tendências Contemporâneas no Teatro Africano, Literaturas de língua portuguesa (Portugal, Brasil e África), além dos grupos e projetos de pesquisa, extensão curricular, ensino e cultura voltados ao tema, com discussões que envolvam tanto a identidade, cultura e memória quanto a vida social desses povos. Nessa direção, este projeto de pesquisa em redes desenvolverá ações fundamentadas no estudo das culturas e literaturas africanas, com intuito de colaborar, positivamente, na seleção de conteúdos pertinentes à educação básica, disseminados em autores e obras significativos, bem como no fortalecimento das disciplinas e projetos propostos pela educação superior no Estado de Mato Grosso. Sem dúvida, os estudos literários esforçam-se para contribuir na implementação de políticas que disseminem os conteúdos propostos pelas leis em questão, pois as obras literárias e artísticas são ricas em substratos humanos, materiais sobre os quais se encontram inegáveis fontes culturais, históricas, filosóficas e sociológicas de lugares distintos e tempos diversos. Nessa direção, a base norteadora da proposta é o investimento sistemático nos processos de incentivo à pesquisa científica, à leitura e formação continuada de professores, a partir de atividades com o texto literário, bem como reflexões que colaborem para que o professor compreenda o seu papel no processo de redimensionamento do ensino, em uma dinâmica que envolva instituições nacionais e internacionais.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agripino Souza Coelho Neto

Ciências Humanas

Geografia
  • ruralidades no urbano: perspectiva conceitual para compreender as pequenas cidades baianas
  • Este projeto de pesquisa se propõe a investigar a importância e a validade dos conteúdos da ruralidade na compreensão da dinâmica socioespacial das pequenas cidades no estado da Bahia. Nesse sentido, pretende-se investigar as contribuições da literatura acadêmica no campo das humanidades, com ênfase para a geografia agrária e a sociologia rural, acerca da relação campo-cidade; identificar as atividades rurais desenvolvidas no espaço urbano das pequenas cidades baianas; analisar a representatividade das atividades agrícolas na economia dos pequenos municípios baianos e; identificar e analisar as relações estabelecidas entre a população citadina e o espaço rural. A pesquisa aposta na proposição teórica que considera a possibilidade de leitura da dinâmica socioespacial das pequenas cidades através da noção de ruralidade no urbano, cuja definição consiste na presença de elementos rurais que insistem e permanecem presentes no espaço urbano, participando ativamente da vida urbana. Para o desenvolvimento da pesquisa utilizar-se-á o levantamento bibliográfico e revisão de literatura, o levantamento de dados secundários e a pesquisa de campo, através da realização de visitas de observação e da aplicação de questionário à população das cidades escolhidas.
  • Universidade do Estado da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agueda Palmira Castagna de Vargas

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • aspectos funcionais da proteína m de streptococcus equi subespécie equi: uma abordagem para o desenvolvimento de uma vacina contra adenite equina.
  • A adenite equina é uma doença altamente contagiosa, de caráter inflamatório e desenvolvimento agudo, que acomete o trato respiratório superior dos equinos. O agente etiológico é o S. equi subesp. equi (See), que possui um variado repertório de fatores de virulência que combinados propiciam ao microrganismo a capacidade de infectar e causar doença nos equinos. Entre eles destaca-se a proteína M (SeM), que desempenha importante papel na patogenia da adenite equina, com funções de aderência às células do trato respiratório e atividade antifagocítica. Além disso, a SeM é considerada a mais imunogênica das proteínas de superfície, porém apresenta divergências genéticas que podem afetar a sua imunogenicidade e função biológica. Vacinas comerciais convencionais (bacterinas) tem sido amplamente utilizadas no controle da adenite, mas apresentam limitações quanto à eficácia, uma vez que mesmo em rebanhos vacinados são descritos surtos da doença. Assim, o objetivo deste projeto será elucidar as funções biológicas de variantes da SeM do See e disponibilizar um antígeno recombinante para o desenvolvimento de vacinas eficazes e de amplo espectro protetivo contra a adenite equina. Para isso, serão realizados dois experimentos: no primeiro experimento, serão avaliadas as características funcionais e perfil imunogênico de cepas que apresentam 15 distintos alelos da SeM, através da análise da deposição de C3 do sistema do complemento, avaliação da ligação do fibrinogênio equino sobre a superfície do See, investigação da reatividade sorológica cruzada entre os isolados e ensaio de fagocitose. No experimento 2, será desenvolvida uma vacina recombinante contra adenite equina baseada na SeM do See. Para isso, inicialmente será realizada a clonagem, expressão e purificação da SeM seguido do teste de funcionalidade das proteínas e avaliação da capacidade protetora dos antígenos recombinantes em camundongos e equinos. Com a realização de ambos experimentos espera-se caracterizar as diferenças nas funções biológicas de evasão do sistema imune da SeM em isolados de See que possuem diferentes alelos, determinar as diferenças na imunogenicidade entre as cepas detentoras destes diferentes alelos, e produzir antígenos recombinantes, baseados na estrutura aperfeiçoada da SeM do See, que induzam uma resposta imune protetora de amplo espectro contra adenite equina. Assim, considerando as limitações das vacinas comerciais disponíveis para o controle da adenite equina, o desenvolvimento de uma vacina recombinante, baseada na principal proteína imunogênica do S. equi (proteína M), poderia ser uma alternativa para a imunização e proteção de animais, contribuindo para a melhoria na sanidade do rebanho equino brasileiro. Este projeto também contempla uma oportunidade de consolidar e expandir uma colaboração científica já existente com foco no desenvolvimento de vacinas contra patógenos bacterianos que acometem animais de produção. Os alunos participantes serão expostos à um amplo espectro de conhecimentos e abordagens de pesquisa. Eles ganharão experiência em modelos de bioquímica, bioinformática, biologia molecular, engenharia de antígenos vacinais, imunologia e infecção experimental animal para avaliação de vacinas. Em termos de relevância científica, esta proposta contempla o que existe de mais moderno na área de desenvolvimento racional e funcional de vacinas.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022