Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ricardo Meurer Papaléo

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • nanopartículas no aprimoramento de radioterapias: investigação dos processos básicos de radiosensibilização em sistemas biológicos
  • Vide projeto anexo
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ricardo Miranda Martins

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • sistemas dinâmicos suaves por partes: aspectos locais e globais
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ricardo Moreno Lima

Ciências da Saúde

Educação Física
  • estudo compreensivo da osteoporose e sarcopenia em idosas brasileiras: risco de quedas, capacidade funcional e efeitos do treinamento resistido
  • O objetivo do presente estudo será examinar a associação entre Osteoporose, Sarcopenia, e a capacidade funcional e o risco de quedas em mulheres idosas, bem como verificar os efeitos do treinamento resistido nas variáveis supracitadas. A amostra será composta por aproximadamente 500 mulheres idosas, recrutadas por conveniência em locais de acesso ao público alvo do Distrito Federal. Para verificar a presença de obesidade sarcopênica, as voluntárias serão submetidas à avaliação do percentual de gordura corporal e da força muscular. A mensuração do percentual de gordura ocorrerá em um equipamento de absortometria de raio-x de dupla energia, o qual será também utilizado para mensuração da desnisdade mineral óssea e diagnóstico de osteoposore. A força muscular, por sua vez, será obtida a partir do pico de torque dos extensores do joelho dominante, verificado em um dinamômetro isocinético. Indivíduos do quartil inferior serão considerados sarcopênicos. A partir das classificações obtidas, as voluntárias serão estratificadas normais, sarcopenicas ou osteoporóticas. A capacidade funcional será estimada por meio da força de preensão manual, pico te torque isocinético dos músculos extensores de joelho, avaliação estabilométrica e nível de independência nas atividades de vida diária. Um teste progressivo em esteira será yambém conduzido como suplementar da capacidade funcional. Por fim, para avaliar o risco de quedas será aplicado o QuickScreen Clinical Falls Risk Assessment (QuickScreen), o teste Timed Up and Go (TUG) e a Escala de Eficácia de Quedas - Internacional (FES-I). Num segundo momento, as idosas com sarcopenia ou osteoporose serão submetidas a um protocolo de treinamento resistido. A comparação da capacidade funcional e risco de quedas entre grupos ocorrerá por meio dos testes ANOVA one-way e Qui-quadrado. Adicionalmente, os efeitos do treinamento resistido serão verificados por meio da ANOVA de medidas repetidas. O nível de significância adotado será de 5% (p< 0,05). Todas as análises estatísticas serão realizadas no software Statistical Package for Social Sciences versão 20.0.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ricardo Oliveira Freire

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • nanomateriais para marcadores e sensores químicos: do desenvolvimento de métodos ao design teórico
  • O desenvolvimento de novos materiais com propriedades especiais tem sido objeto de estudo de inúmeros grupos de pesquisa por todo o mundo e não há dúvidas da relevância do tema para uma vasta gama de aplicações tecnológicas. Entretanto, poucos são os grupos que aliam aos seus esforços experimentais ferramentas teórico-computacionais para auxiliar, complementar e otimizar processos de síntese e caracterização desses novos materiais. Isso acontece não só pelo fato da Química, Física e Ciência de Materiais serem áreas naturalmente experimentais, mas principalmente pela dificuldade de acesso e entendimento dos pesquisadores experimentais, que são maioria, a essas ferramentas (métodos) teórico-computacionais. Assim, este projeto tem como objetivo não apenas o desenvolvimento de metodologias que viabilizem o design teórico de sistemas com elevada luminescência, como também o desenvolvimento e implementação de tais metodologias no nosso software LUMPAC e por fim, aplicação de todas essas ferramentas no design de materiais lantanídicos para serem utilizados como marcadores e sensores luminescentes.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ricardo Oliveira Guerra

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • sarcopenia e fragilidade: correlações entre o estado inflamatório e perfil de glicanas da igg em idosos comunitários de um centro urbano do nordeste brasileiro
  • Introdução: Sarcopenia em idosos é definida como uma síndrome caracterizada pela redução de massa e da função muscular de maneira progressiva e generalizada, sendo associada à vários resultados adversos. A sarcopenia guarda relações com outra síndrome de alta prevalência na população idosa, a Síndrome de Fragilidade, uma vez que estas possuem critérios comuns em seus fenótipos. Processos inflamatórios crônicos inerentes ao envelhecimento humano podem estar diretamente relacionados ao agravamento e evolução do processo de sarcopenia e fragilidade. Recentemente as glicanas do IgG foram descobertas como um novo biomarcador do envelhecimento com valor preditivo de até 58%, por meio do índice glicanas-idade. Sendo a glicosilação do IgG atuante no processo inflamatório e com grandes alterações na menopausa, não se sabe se está associado à sarcopenia, alterações inflamatórias e fragilidade. Populações menos favorecidas economicamente estão mais expostas ao declínio das respostas adaptativas favorecendo assim o desenvolvimento de processos desfavoráveis a um envelhecimento bem-sucedido. Objetivo: Analisar a relação da presença de sarcopenia e fragilidade com os níveis de marcadores inflamatórios e as glicanas de IGg em idosos comunitários de baixa renda da cidade de Natal-RN. Métodos: Trata-se de um estudo epidemiológico analítico de caráter transversal, no qual serão avaliados 400 indivíduos (200 homens e 200 mulheres) com idade entre 65 a 74 anos selecionados aleatoriamente em 05 bairros da cidade do Natal-RN. A avaliação da sarcopenia seguirá os critérios propostos pelo consenso do European Working Group on Sarcopenia in Older People (EWGOSP), que incluem a redução de massa muscular, associada à diminuição da força muscular ou do desempenho físico, enquanto a Fragilidade seguirá os critérios propostos pelo fenótipo físico da fragilidade. Será avaliado ainda dados sócio demográficos, medidas de mobilidade, medidas antropométricas, presença de doenças crônicas e hábitos de vida, estado cognitivo e presença de sintomatologia depressiva. Os parâmetros de inflamação crônica serão avaliados através dos níveis séricos de interleucina-6, proteína C reativa (PCR). A avaliação das glicanas do IgG será feita a partir da amostra de sangue com auxílio de profissionais do departamento de bioquímica do Centro de Biociências da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Resultados esperados: conhecer as relações entre a presença de sarcopenia e biomarcadores inflamatórios e do envelhecimento e suas associações com estilo de vida, desempenho físico e o desenvolvimento da incapacidade funcional em idosos comunitários de baixa renda. O conhecimento das relações entre sarcopenia/fragilidade e suas inter-relações com biomarcadores inflamatórios e do envelhecimento com em populações economicamente desfavorecidas podem elucidar as bases para uma intervenção clinica efetiva, onde a prescrições de técnicas fisioterapêuticas, entre elas os exercícios físicos, desempenham papel importante. A contribuição do estudo com informações importantes sobre os fatores associados aos estados de saúde e incapacidade funcional em população idosa brasileira, proporcionará o aprofundamento da compreensão dos estados de transição funcional, o que permitirá a elaboração de políticas de medidas preventivas e intervencionistas para população idosa.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 01/06/2017-30/04/2021
Foto de perfil

Ricardo Paupitz Barbosa dos Santos

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • propriedades estruturais e eletrônicas de nanomateriais porosos e de baixa dimensionalidade
  • A presente proposta tem como objetivo maior facilitar o desenvolvimento de um estudo amplo a respeito da descrição e "design", do ponto de vista teórico, de novos materiais bidimensionais e porosos com potencial para aplicações tecnológicas. O laboratório de simulação computacional que existe hoje no departamento teve sua estruturação iniciada com o auxílio da Fapesp (processo 2011/17253-3) e de outras agências de fomento, como CNPq e Fundunesp. O presente projeto propõe o aprofundamento de estudos realizados nos últimos anos a respeito de sistemas na nanoescala, especialmente sistemas bi-dimensionais. Os estudos propostos complementarão e reforçarão a colaboração de longo prazo que estabelecemos com o professor van Duin (criador e maior desenvolvedor do potencial ReaxFF), que atua na Penn State University (US). Simultaneamente estamos estabelecendo uma nova frente de trabalho científico, que é o desenvolvimento de novos parâmetros para a aproximação conhecida como "Tight Binding Density Functional Theory" (DFTB). O DFTB nos permite obter informações de caráter quântico sobre estruturas atomísticas e permite descrever sistemas com grande número de átomos. Esta nova colaboração, com o Prof. Pekka Koskinen (desenvolvedor do código "HOTBIT" usado para as parametrizações), da Jyvaskyla University (Finlândia) será a principal beneficiada pelos recursos do projeto. As metodologias ReaxFF e DFTB podem ser aplicadas de forma complementar em muitos casos, permitindo a compreensão de fenômenos importantes e a configuração de modelos computacionais para descrever o comportamentode sistemas atômicos com grande número de átomos. Propriedades mecânicas e estruturais podem ser investigadas com o ReaxFF e efeitos quânticos como estrutura eletrônica ou fenômenos de transporte eletrônico podem ser estudadas com auxílio da aproximação DFTB. Entre os sistemas de interesse, estão o grafeno poroso, os octagrafenos e estruturas similares compostas de carbono e/ou diferentes combinações de átomos de boro e nitrogênio, além de materiais bidimensionais que possam ser considerados candidatos para aplicações tecnológicas. As propriedades mecânicas, eletrônicas e de transporte dos novos materiais propostos serão investigadas sob diferentes condições como stress mecânico, adsorção de átomos de metais de transição e/ou gases ou mesmo dopagem. Novas parametrizações DFTB deverão ser construídas para auxiliar na descrição das interações atômicas relevantes.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ricardo Pieralisi

Engenharias

Engenharia Civil
  • nova abordagem numérico-experimental para o acompanhamento e prognostico do avanço do dano devido a ações expansivas em estruturas de concreto
  • O projeto proposto trata de um tema primordial para a segurança e qualidade de estruturas de concreto, uma vez que foca no aprimoramento de técnicas numéricas-experimentais para identificação, controle e prognóstico de compósitos cimentícios sob ação de reações expansivas com origem interna, mais especificamente a Reação Álcali-Agregado (RAA). Esta proposta de desenvolvimento de pesquisa tem o foco de contribuir diretamente para o avanço na fronteira do conhecimento no tema relacionado ao refinamento e confiança dos resultados obtidos em ensaios. O desenvolvimento de ferramentas capazes monitorar os ensaios experimentais com maior precisão e facilidade de uso estão sendo cada vez mais utilizados. Neste sentido, este projeto de pesquisa que propõe uma nova abordagem numérico-experimental para o acompanhamento e prognostico do avanço do dano devido a ações expansivas em estruturas de concreto. Em um primeiro momento, propõe-se desenvolver uma ferramenta capaz de acompanhar ensaios de identificação do potencial reativos de agregados por meio análise de imagens, mais precisamente com o uso da Correlação de Imagem Digital (do inglês Correlation Digital Image - DIC). O DIC vem se mostrado promissor para acompanhar o processo de faturamento de estruturas de concreto em ensaios mecânicos. Com essa mesma filosofia, propõe-se o uso do DIC para monitorar a deformação nas quatro faces de prismas de argamassa e concreto em momentos específicos durante a realização dos ensaios de RAA. Deste modo, será possível definir com precisão a expansão volumétrica durante diferentes tempos de exposição. Ressalta-se que atualmente os ensaios para identificação do potencial reativo de agregados sugerem apenas uma tomada de medida de expansão linear, resultando em leituras com uma alta variabilidade. Uma vez desenvolvida, calibrada e validada a ferramenta de monitoramento de ensaios de RAA, serão simulados numericamente os ensaios preconizados pelas normativas brasileiras para determinação do potencial reativo de agregados comparando-os com os resultados obtidos com a ferramenta de monitoramento desenvolvida. A análise numérica será abordada em dois níveis: o meso-estrutural e o macro-estrutural. Na análise meso-estrutural (em que são representados os agregados graúdos e a matriz cimentícia) serão analisadas expansões devido à RAA, com o interesse de gerar curvas de degradação do módulo de elasticidade e da resistência à compressão/tração em função do grau de expansão. Também serão abordados aspectos de energia dissipada e progressão das fissuras, ambos correlacionam com o nível de expansão e a evolução dos parâmetros mecânicos. Uma vez obtidos esses comportamentos, serão utilizados modelos a nível macro-estruturais para reproduzir as condições de uso de estruturas de concreto, e produzir prognósticos das consequências relacionadas aos mecanismos de degradação geradores de reações expansivas e formação de fissuras.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ricardo Pimenta Bertolla

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • regulação pós-transcricional da fertilidade masculina.
  • Introdução: A infertilidade masculina é multifatorial. Diversos estudos de nossos e outros grupos demonstraram que a varicocele, por exemplo, diminui a qualidade seminal, a qualidade funcional dos espermatozoides e altera o perfil proteômico do plasma seminal. Com isso, torna-se fundamental compreender quais são os mecanismos intrínsecos da transferência proteica presentes no sêmen. Os espermatozoides são expostos a microvesículas e exossomos durante o trânsito epididimário e após a ejaculação. Essas microvesículas apresentam composição proteica própria o que pode ser fundamental para o transporte e transferência proteica. Assim, nossas hipóteses são as que seguem: (i) existem diferenças na composição proteica de microvesículas do plasma seminal em homens com diferentes condições de infertilidade; (ii) o desequilíbrio de vias proteicas relacionado a diferentes causas de infertilidade masculina reflete na alteração da composição proteica dos espermatozoides; e (iii) como as microvesículas seminais modulam a função dos espermatozoides, o rastreamento dessas proteínas poderá oferecer valor preditivo e prognóstico para a infertilidade masculina e seus tratamentos. Objetivos e Método: O objetivo do presente projeto é caracterizar o proteoma de microvesículas e de espermatozoides em diferentes casos de infertilidade, com a finalidade de propor vias específicas de determinação de fenótipo seminal. Para isso, esse projeto será dividido em 3 sub-estudos. Sub-estudo I (efeito da varicocele), serão utilizados pacientes: Sem varicocele (controle); Com varicocele e com análise seminal normal; Com varicocele e com análise seminal alterada. Sub-estudo II (efeito da varicocelectomia), serão utilizados pacientes: Sem varicocele (controle); Com varicocele (pré-varicocelectomia); Pós-varicocelectomia (follow-up de 3, 6 e 12 meses). Sub-estudo III (efeito do tabagismo), serão utilizados pacientes: Sem varicocele e não tabagistas (controle); Tabagistas sem varicocele. Após a coleta e liquefação seminal, as amostras serão centrifugadas para separar o plasma seminal dos demais conteúdos do ejaculado (como células redondas e espermatozoides), o plasma seminal será utilizado para a separação das microvesículas por ultracentrifugação para posterior extração proteica e, os espermatozoides serão utilizados para a extração de proteínas. Com essas duas frações (proteínas extraídas de microvesículas e proteínas extraídas de espermatozoides) será realizada espectrometria de massas para a identificação de proteínas e de vias relacionadas às proteínas encontradas. Para análise estatística, o software SPSS 18.0. Com os resultados do presente projeto, pretendemos gerar conhecimento sobre vias proteômicas alteradas na infertilidade masculina (a somar-se àquilo gerado por estudos anteriores) e propor métodos para diagnóstico e estabelecimento de prognósticos em infertilidade masculina, e propor proteínas para seleção de espermatozoides.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ricardo Pini Caramit

Engenharias

Engenharia Química
  • fecinova 2020 – feira de ciências e tecnologias de nova andradina - ms
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Ricardo Pini Caramit

Tecnologias

Tecnologias Médicas e da Saúde
  • fecinova 2020 – feira de ciências e tecnologias de nova andradina - ms
  • A FECINOVA de 2020, Feira de Ciência e Tecnologia de Nova Andradina, vem em sua quinta edição para estabelecer e ampliar as propostas feitas em suas edições anteriores. Uma vez que é uma feira de ciência de nível municipal, tem como objetivo divulgar a educação científica entre professores e estudantes de redes educacionais locais, estaduais e federais, promovendo o ensino do método científico e, acima de tudo, cativando e motivando o público-alvo em formas envolventes de ensino e aprendizagem. Com o objetivo de apresentar 60 trabalhos do ensino básico e secundário, a FECINOVA de 2020 tem um papel importante na integração da comunidade local em sua produção científica e para aproximar as instituições de ensino locais que promovem a cooperação mútua. Como parte do cenário científico local do Vale do Ivinhema, espera-se que a FECINOVA de 2020 contribua ainda mais para a expansão dos horizontes científicos e tecnológicos dos participantes.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2022