Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Fabiane Santana Previtali

Ciências Humanas

Educação
  • trabalho docente na educação básica pública sob a nova gestão pública e as tecnologias digitais: uma abordagem brasil, argentina e portugal
  • Vivencia-se a introdução/difusão de tecnologias digitais nos processos produtivos, bem como o aprofundamento do neoliberalismo que reordena a esfera político-jurídica de regulação social sob os princípios da Nova Gestão Pública (NGP), os quais enfatizam as regras de mercado na esfera pública, levando à privatizações e terceirizações. Embora esse movimento seja global, países e regiões apresentam características particularidades em função de suas configurações histórico-sociais. A educação básica pública não está alheia às mudanças e as reformas educacionais tem sido implementadas sob orientação de organismos globais como FMI e OCDE e têm impactado trabalho docente que se vê sob novas exigências formativas, maior qualificação, e sob novas condições laborais flexibilizadas O objetivo do projeto é analisar as mudanças no trabalho docente, especialmente os jovens profissionais (até 6 anos de ingresso na docência após a licenciatura) quanto às demandas de formação profissional, às novas relações laborais e a configuração de uma nova subjetividade docente, especialmente a partir da Pandemia Covi-19 quando se tem a implementação do ensino remoto e do teletrabalho docente. A hipótese é que tem havido uma ampla reestruturação do trabalho docente cujos desdobramentos, qualitativos e quantitativos, impactam particularmente os/as jovens profissionais incluíndo-se o ensino e aprendizagem, em um processo que se aprofunda e traz novos elementos concernentes à rápida expansão do universo digital sob relações laborais mais flexíveis e com menor proteção social. A metodologia remete à análise comparativa, envolvendo uma rede de pesquisadores do Brasil (regiões sudeste, centro-oeste e sul), Argentina (região de Buenos Aires) e Portugal (Lisboa e região), de forma se reconhecer o sentido geral das mudanças, mas também confrontar as suas singularidades. O projeto se justifica pelos seus impactos inovadores no campo científico para a área, quanto à metodologia e impactos sociais.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 25/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano André Narciso Fernandes

Engenharias

Engenharia Química
  • aplicação da tecnologia de plasma frio para o melhoramento da qualidade de alimentos
  • O mercado de alimentos tem sofrido diversas mudanças nas últimas duas décadas, com consumidores comprando mais alimentos baseados nos benefícios que eles oferecem em termos de saúde e bem-estar. As novas demandas abrem novas oportunidades para as áreas de engenharia química e engenharia de alimentos. Neste contexto, a tecnologia de plasma frio coloca como destaque, pois ao processar alimentos a temperaturas próximas da temperatura ambiental há uma preservação da qualidade nutricional muito maior do que quando se utiliza as tradicionais tecnologias térmicas. A proposta principal deste projeto é de utilizar a tecnologia de plasma frio para melhorar as propriedades relativas à qualidade nutricional de dois produtos de alta relevância no mercado interno e nas exportações brasileiras: o suco de laranja e o café. E, também, de aprimorar as qualidades de um produto regional de grande relevância, o suco de caju, que sofre com as vendas ao mercado interno e externo devido a sua alta adstringência. O objetivo específico deste trabalho é utilizar a tecnologia de plasma frio e avaliar o efeito desta tecnologia na composição química de compostos alvos (compostos bioativos, compostos de aroma e sabor e efeito funcional dos produtos processados). Para tanto, as tecnologias mais avançadas em termos de caracterização de compostos químicos serão utilizadas. Além disso, os mecanismos envolvidos na alteração dos compostos alvo (fenólicos, flavonoides, ésteres, terpenóides e outros) contribuirão para elucidação dos mecanismos de interação entre as tecnologias de plasma frio e a matriz alimentar. Dentre as metas do projeto estão a redução dos compostos de off-flavor do suco de laranja, a redução da adstringência do suco de caju, e a modulação de aroma e sabor do café para produção de cafés especiais. A originalidade do projeto consiste na resolução destes problemas induzindo reações químicas similares as dos processos metabólicos, sem recorrer a uso de produtos químicos não-naturais.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabiano Azevedo Dorça

Ciências Humanas

Educação
  • um sistema de recomendação personalizada de conteúdo em um ambiente inteligente de aprendizagem: uma abordagem baseada em ontologia e agente conversacional
  • Os sistemas de recomendação são amplamente usados no e-commerce, como sites de vendas e Netflix, para a recomendação inteligente de produtos, filmes e séries da preferência do usuário. No contexto do ensino-aprendizagem, o desafio desses sistemas é a recomendação personalizada de conteúdo educacional que atenda às necessidades do estudante conforme seu nível de instrução, conhecimento prévio e estilos de aprendizagem e cognitivo. Esse conteúdo educacional, tecnicamente denominado objeto de aprendizagem (OA), pode ser qualquer conteúdo que o estudante use para aprender, como textos, imagens, vídeos, exercícios de fixação, animações, páginas wiki e slides. Diversas pesquisas mostram que os estudantes podem aprender mais e em menos tempo por meio de bons sistemas de recomendação personalizada de conteúdo educacional. Esses sistemas tentam sugerir os melhores caminhos de aprendizagem considerando as características do estudante, reduzindo, assim, possíveis dificuldades pedagógicas. Um problema desses sistemas de recomendação é que o conteúdo dos OAs que eles recomendam aborda apenas um assunto e não é garantido que cubram diversos conceitos. Desconsiderar os múltiplos conceitos que o estudante precisa aprender é uma limitação desses sistemas que impede uma recomendação de OAs mais personalizada ao conhecimento do estudante. Além disto, sofrem dos problemas cold-start e esparsidade de ratings. O cold-start ocorre no contexto do e-learning devido à falta de avaliações (ratings) iniciais para novos estudantes ou novos recursos educacionais, o que inviabiliza recomendações confiáveis. A esparsidade de ratings ocorre quando há poucas avaliações de estudantes para o mesmo recurso educacional e não há sobreposição nas preferências de classificação. Para lidar com esses problemas, propõe-se um sistema de recomendação e sequenciamento de OAs baseado em um processo de recomendação híbrida que ameniza os problemas citados usando uma ontologia para modelar o conhecimento.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • sistemas integrados de produção agropecuária e segurança alimentar
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 07/01/2020-07/01/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • título: desenvolvimento de manejos para a polinização por abelhas sem ferrão em cultivo protegido e agricultura vertical (indoor) com sistema de iluminação artificial, visando à produção de morangos isentos de agrotóxicos e rico em bioativos
  • A adoção de sistemas agrícolas sustentáveis que forneçam alimentos mais nutritivos, isentos de agrotóxicos e que contribuam para a redução da insegurança alimentar, é estratégico para minimizar os efeitos das mudanças climáticas na produtividade e biodiversidade. A integração dos serviços de polinização por abelhas em ambiente protegido com sistema de iluminação pode ajudar nesse sentido. Abelhas sem ferrão, como a jataí, podem ser manejadas em sistemas de cultivo para garantir a polinização eficiente e melhorar o desenvolvimento de frutos como o morango. Aliado ao serviço de polinização, o cultivo de plantas em ambiente protegido com sistema de iluminação pode otimizar o desempenho fisiológico, as características nutracêuticas e o potencial produtivo. Sendo assim, objetiva-se com esta pesquisa desenvolver metodologias de manejo para o uso de abelhas sem ferrão em cultivo protegido (casa de vegetação e agricultura vertical indoor) com sistema de iluminação, visando a eficiência no cultivo de morango com alto valor fisiológico, alimentício e maior teor de bioativos. Os estudos serão subdivididos em três ensaios, 1 - avaliação do potencial da qualidades de luz de LEDs (branca, RGB 6:1:3, azul/vermelho 1:2 e azul/vermelho 1:3) no desempenho fisiológico, bioquímico e a produção de bioativos na cultura do morango; 2 - avaliação de comportamentos visuoespaciais das abelhas expostas a LEDs de distintas irradiâncias e a flores artificiais que simulam as estruturas florais e a reflectância natural do morangueiro; 3 - Estudos de pré-adaptação e aprendizagem das abelhas sem ferrão no ambiente de cultivo. Serão realizadas análises fisiológicas, bioquímicas e de produção, bem como a avaliação físico-química dos frutos, inclusive compostos bioativos e a viabilidade econômica do processo. Espera-se que essa proposta proporcione a criação de um sistema de manejo ambiental e economicamente sustentável, bem como contribua para a qualificação técnico-científica de recursos humanos.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 01/08/2022-31/08/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • desenvolvimento de metodologias e sistemas de iluminação leds para a produção de hortifruti ricos em bioativos, em cultivo protegido e agricultura vertical
  • A prática de agricultura urbana vertical com sistemas de automação da iluminação é uma alternativa que pode contribuir para melhorar a sustentabilidade, a resiliência das cidades e a segurança alimentar. Apesar dos inúmeros trabalhos existentes sobre o uso da luz, há uma lacuna sobre os métodos de cultivo e de adequação da luz que efetivamente contribuam com o melhor desempenho de culturas economicamente importantes como os hortifrutis, tomate e morango. Sendo assim, o objetivo dessa proposta é gerar tecnologias e conhecimentos no desenvolvimento de um sistema de agricultura urbana automatizado em ambiente controlado [casa de vegetação e sala de crescimento (indoor)], visando a eficiência no cultivo de morango e tomate com alto vigor fisiológico, valor alimentício e maior teor de bioativos. Para tal, inicialmente será realizada a criação de um módulo de iluminação de LEDs associado a um sistema de automação que monitore e controle a intensidade e qualidade da luz nos ambientes de cultivo. Os experimentos serão conduzidos em ambiente indoor e em cultivo protegido com suplementação luminosa, com 4 qualidades de luz (luz branca, azul, vermelha e azul/vermelha 1:1) e 2 sistemas de iluminação (intensidade constante e flutuação senoidal). Serão realizadas avaliações morfoanatômicas, fisiológicas, bioquímicas e nutricionais. Esta proposta, além de gerar conhecimentos sobre a eficiência das diferentes qualidades de luz na otimização da produtividade e no acúmulo de bioativos benéficos para a saúde, permitirá a criação de um sistema de cultivo sustentável com controle de operação remota, ofertando plantas mais produtivas e com maior qualidade nutricional. Adicionalmente, a participação de professoras doutoras em ciências agrárias da rede estadual de ensino e do doutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) contribuirão para a divulgação, popularização das técnicas e qualificação de recursos humanos nas tecnologias desenvolvidas.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano Lemes Ribeiro

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • leis de escala e aplicações em sistemas urbanos
  • Dado os enormes problemas associados à densificação das cidades, é urgente o desenvolvimento de uma ciência das cidades, que possibilite decisões técnicas e sistemáticas por parte dos gestores. Este projeto caminha nesta direção, com o objetivo de usar uma enorme quantidade de dados para identificar padrões urbanos e consequentemente explorar este conhecimento em políticas públicas e melhoria das condições sócio-econômicas das cidades. Mais especificamente, este projeto de pesquisa propõem o estudo de leis de escala em fenômenos urbanos, desde a coleta massiva de dados, passando pela análise e identificação de padrões e, finalmente, num cenário otimista, na proposição de teorias para conectar e explicar possíveis padrões identificados. Uma das vertentes a serem estudadas diz respeito ao número ótimo e localização de estabelecimentos comerciais. Segundo o IBGE, 6 em cada 10 empresas fecham suas portas ainda nos seus primeiros 5 anos de existência. Muitas vezes a razão deste fechamento se deve simplesmente pela má posição geográfica destes estabelecimentos. Gostaríamos de identificar nestes dados quais regiões em determinadas cidades de diferentes tamanhos são mais propensas (ou não) para o sucesso de uma empresa. Evidências empíricas mostram que a quantidade de infraestrutura per capita decai com o tamanho da cidade seguindo uma lei de potência bem definida. Isso implica em uma economia de escala que poderia explicar excessos ou carências de oferta/demanda em alguns setores comerciais dentro de uma cidade . Além de usarmos dados de agências especializadas, também usaremos o arcabouço da mecânica estatística para explicar os padrões observados, em especial os aparatos relacionados à teoria de escala, processos estocásticos e simulações computacionais.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • vibrios como biossensores de mudanças globais
  • A temperatura média da superfície do oceano global aumentou pelo menos 0,85 °C no último século. Ao mesmo tempo, os ecossistemas marinhos estão ameaçados pela exacerbação da acidificação e eutrofização. Abordagens inovadoras são necessárias para o estudo destas mudanças. Vibrios são considerados sensores para mudanças globais (Baker-Austin et al. 2017). Vibrios também são excelentes sensores para mudanças locais (Coutinho et al. 2019a). Verificamos que a água do mar mais quente e com maior concentração de fósforo e nitrogênio acelera a multiplicação desses microrganismos potencialmente patogênicos. Outros estudos no Atlântico Norte, Mediterrâneo, e Pacifico também tem demonstrado incremento de vibrios patogênicos nas últimas décadas (Vezzulli et al. 2012, 2013, 2016). Embora países desenvolvidos da Europa e de outros continentes já tenham reconhecido a necessidade de redes de estudo e monitoramento da saúde dos oceanos (Le Roux et al. 2015; Alter et al. 2011, Huehn et al. 2014, http://www.vibrionet.de/, https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs00103-011-1359-1 ), esforços conjuntos do BRICS ainda são escassos. Neste contexto propomos estabelecimento de projeto Brasil-India-China, coordenado pela UFRJ, para alavancar estudos avançados sobre a saúde do oceano global. Promoveremos a aplicação dos conhecimentos para melhoria dos padrões sócio-econômicos e de inovação.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 08/08/2019-31/12/2023
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • esponjas como biosensores de mudanças globais e como fonte para inovação em biotecnologia
  • Nosso projeto pioneiro propõe o uso de holobiontes esponjas (hospedeiro animal+microbiota) como biosensores de mudanças globais no continente Antártico e no extremo sul do continente sul americano. Outro aspecto inovador é o uso de esponjas como fonte para descoberta de novos produtos biotecnológicos. Faremos o levantamento da biodiversidade de microbiomas de esponjas e estudo das relações filogeográficas de esponjas da Antártida/América do Sul, visando mapear a diversidade em um contexto oceanográfico amplo que permita entender a biocomplexidade destes sistemas. Para tanto, usaremos análises de DNA, incluindo metagenômica, e marcadores moleculares (por ex. 28S e coi), e metabolômica para determinar a diversidade de esponjas, incluindo a diversidade taxonômica e funcional (por exemplo, com a exploração de possíveis micróbios simbióticos que conferem vantagens adaptativas aos seus hospedeiros holobiontes e clusters gênicos que codificam moléculas de interesse biotecnológico). Os microbiomas das esponjas Mycale magellanica, Mycale acerata, Kirkpatrickia variolosa, Phorbas, Sphaerotylus antarcticus, e Dendrilla antarctica serão avaliados por métodos independentes e dependentes de cultura. As esponjas podem ser importantes fontes de novas biomoléculas para produção de lipídios de armazenamento (TAG e/ou ésteres de cera), antimicrobianos, heparinas, e enzimas adaptadas ao frio. Os objetivos são i. obter os perfis taxonômicos e funcionais dos holobiontes de esponja selecionados de diferentes locais; ii. estabelecer uma coleção de isolados microbianos com relevância biotecnológica; iii. obter isolados microbianos produtores de lipídios; iv. obter isolados microbianos produtores de lipase; v. estabelecer uma coleção de clusters de genes com relevância biotecnológica e vi. expandir nosso banco de dados on-line do Bamba. Este projeto engloba pesquisa científica, tecnológica e inovação com foco no desenvolvimento da biotecnologia marinha e no uso de biosensores (holobiontes esponjas) para detectar possíveis mudanças globais. O estudo do microbioma de holobiontes esponjas deve revelar assinaturas metagenômicas e caracteres biogeoquímicos que evidenciam mudanças globais e a biocomplexidade dos sistemas marinhos. Estabelecemos equipe multi e interdisciplinares, incluindo pesquisadores das áreas de biogeoquímica, poluição marinha, microbiologia, biologia de esponjas, química de produtos naturais, e biotecnologia marinha. A nossa equipe engloba pelo menos 13 instituições brasileiras (UFRJ, UENF, LNCC, USP, FURG, UFSC, UFPE, UNB, UFAL, UFC, UFPA, UFPA e UFRGS) de diversas regiões geográficas, e cooperação internacional relevante, com equipes de pesquisadores de ponta da Argentina, Chile, Australia, Espanha, e Bélgica, todos com experiência em pesquisa na Antártica e ambiente austral. Vale destacar a participação de 6 instituições do norte/nordeste/centro-oeste. Esta rede contribuirá significativamente para a produção científica brasileira de qualidade e para a geração de conhecimentos científicos, tecnológicos e em inovação relacionados à biocomplexidade da Antártica.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • biodegradação, biorremediação e monitoramento de derrames de petróleo em sistemas marinhos da amazônia azul
  • Petróleo é lançado nos oceanos (> 600 mil toneladas/ano) naturalmente, ou devido a incidentes de derrame. Derrames de petróleo são comuns. Em agosto de 2019, manchas de petróleo pesado apareceram nas praias da Paraíba e Sergipe. As manchas se espalharam para mais de 500 localidades em Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo e no Rio de Janeiro (https://g1.globo.com/natureza/noticia/2019/10/08/lista-de-praias-atingidas-pelas-manchas-de-oleo-no-nordeste.ghtml). Já foram coletadas pelo menos 370 toneladas de resíduos nas praias nordestinas, principais afetadas pelo derrame, incluindo mais de dez áreas marinhas protegidas. Vale destacar a chegada de petróleo no Banco de Abrolhos, o maior sistema recifal do Atlântico Sul. A biotecnologia marinha oferece abordagens relevantes para o combate aos derrames de óleo, tais como, i. biodegradação, biorremediação, cultivos de microalgas degradadoras, consórcios biosurfactantes, e biopilhas para depuração de água e sedimento; ii, biosensores (metagenomas e metabolomas) para monitorar efeitos de poluentes nos sistemas marinhos, iii. monitoramento de sistemas marinhos por meio de abordagens ecológicas e mergulho, e iv. ensaios ecotoxicológicos acoplados com elucidação metabolômica. Estas abordagens permitem determinar os possíveis impactos causados por derrames de óleo nos sistemas marinhos. São opções tecnológicas relevantes para o desenvolvimento da biotecnologia marinha no Brasil. No presente projeto multidisciplinar, pretendemos analisar estas diferentes opções tecnológicas. O projeto abrange quinze instituições brasileiras, das regiões sul, sudeste, nordeste e centro-oeste. São sete pesquisadores Pq1 do CNPq, e quatro pesquisadores Pq2 do CNPq, de um total de 74 pessoas. A equipe inclui estudantes de IC, mestrado, doutorado, pós-docs, e técnicos. Como resultados esperados pretendemos contribuir para estabelecimento de tecnologias de ponta para o combate a derrames de óleo. Também pretendemos obter panorama abrangente sobre a saúde dos sistemas coralíneos de diferentes localidades (Pernambuco, Alagoas, Bahia) e contribuir para estabelecimento de protocolo para gestão de resíduos de derrame de óleo. O projeto multidisciplinar visa também estabelecer abordagens de ciência cidadã, educação ambiental, disseminação do conhecimento, e formação de recursos humanos na graduação e pós-graduação. Como principais impactos socio-econômicos e ambientais deste projeto podemos destacar i. formulação de tecnologias para aplicação no campo, ii. plano de gestão de resíduos, iii. valoração da biodiversidade com a aplicação em processos biotecnológicos e ampliação do campo da bioeconomia, iv. plano de combate aos derrames, empregando abordagens da biotecnologia marinha, v. disseminação do conhecimento em diferentes segmentos socioeconômicos, vi. tecnologia (plataforma de análise metabolômica) inovadora e transferível aos setores produtivos afins à cadeia de produção de petróleo e derivados, vii. engajamento de estudantes e comunidades nas problemáticas abordadas pelo projeto com abordagem de educação ambiental, e viii. inovação e formação de recursos humanos em biotecnologia, área prioritária para o MCTI de acordo com a Portaria MCTIC nº 1.122, de 19.03.2020 (http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/salaImprensa/noticias/arquivos/2020/03/MCTIC_define_prioridades_para_o_periodo_de_2020_a_2023.html http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/legislacao/portarias/Portaria_MCTIC_n_1122_de_19032020.html). O projeto ainda contribui para a formação de redes de pesquisa no Brasil, trazendo contra-partidas de infra-estrutura, recursos humanos, know how, e parcerias relevantes no Brasil e no exterior. A coerência da proposta está calcada nas suas metas, indicadores, e produtos esperados, visando contribuir igualmente para inovação e para questões socioambientais do nosso país.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Fabiano Quadros Rückert

Ciências Humanas

História
  • história e memória do saneamento básico no centro-oeste: abastecimento de água, coleta de esgoto e gestão de resíduos sólidos no mato grosso e mato grosso do sul (1964-2020)
  • A proposta visa investigar a expansão do saneamento básico nos Estados de Mato Grosso (MT) e Mato Grosso do Sul (MS), no período entre 1964 e 2020. O recorte cronológico destaca, no seu ponto inicial, a implantação do Regime Civil-Militar, e, no seu marco final, remete à Promulgação da Lei Federal n. 14.0620/2020. O projeto pretende explorar quatro fatores que impactaram na expansão das redes de água potável e esgoto e nas práticas de gestão de resíduos sólidos nas unidades federais contempladas. Esses fatores são: (1) os investimentos procedentes do Plano Nacional de Saneamento (PLANASA), executado entre 1971 e 1986; (2) o crescimento demográfico no MT e MS; (3) a redução nos investimentos públicos para o saneamento no período pós-PLANASA; e (4) o agravamento dos problemas socioambientais decorrentes da poluição hídrica e do descarte incorreto dos resíduos sólidos. Metodologicamente, propomos articular a coleta e análise de dados quantitativos e qualitativos, desenvolvendo uma pesquisa qualiquantitativa. Os dados quantitativos serão extraídos de instituições ligadas ao poder público, dentre as quais destacamos a extinta Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (SUDECO), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). No âmbito dos Estados, nos interessam dados produzidos pelas Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso (SANEMAT). Os dados qualitativos, por sua vez, serão coletados em duas fontes distintas: a imprensa e os relatos orais. A opção pelo uso da imprensa se justifica pela possibilidade de identificar múltiplas percepções sociais a respeito das obras e serviços de saneamento ofertados pelo poder público. Quanto à opção pelo estudo de fontes orais, que será feita por meio da História Oral, ela se justifica pela possibilidade de coletar e analisar memórias de cidadãos que testemunharam a expansão do saneamento no MT e MS.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 24/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Almeida de Carvalho

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • literatura indígena: teoria, crítica e autoria em tempos de diversidade
  • A presente proposta se estrutura em dois eixos interdependentes: 1- no primeiro, se compromete a dar continuidade a realização de atividades de coleta, tradução, organização e publicação de textos originais da arte verbal indígena e, de forma conexa, aprofundar o processo de formação de mão-de-obra especializada (com a inclusão de sujeitos indígenas) para atuar como professores e pesquisadores da arte verbal indígena no contexto multifacetado e multicultural em que ora vivemos; 2 - No segundo, a proposta também se volta para o aprofundamento dos estudos sobre a maneira que as diferentes formas de manifestação da arte verbal indígena afetam e são afetadas pelas(s) concepção(ões) de autoria em que se estruturam, discutindo a questão autoral, esteio dos estudos literários, à luz da emergência da literatura indígena e do processo de reconfiguração da figura autoral em tempos de diversidade; 3 - em feixe, estes dois eixos, voltados para coleta, a tradução e a publicação de textos indígenas, bem como para a análise e o desenvolvimento de concepções teóricas capazes de lançar alguma luz sobre o caráter difuso da questão autoral em nossos dias, apontam para o enfrentamento de uma questão candente para o desenvolvimento da inteligência de nosso tempo, a qual encontra na equipe reunida em torno da presente proposta o melhor esteio para o seu enfrentamento.
  • Universidade Federal de Roraima - RR - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabio Carlos da Rocha

Engenharias

Engenharia Civil
  • teoria microestrutural de mindlin aplicada à análise de compósitos com defeitos estruturais via os métodos de elementos finitos e de contorno combinados com homogeneização matemática
  • O avanço nas aplicações dos materiais compósitos nos campos da defesa nacional, segurança pública, energia, mecânica, aeroespacial e construção civil, e conforme as diretrizes apresentadas no documento “Materiais Avançados no Brasil 2010-2022 (CGEE/MCTI)” evidencia a relevância da pesquisa na modelagem dos compósitos para a independência tecnológica do Brasil. Assim, este projeto propõe analisar a influência de defeitos em compósitos modelados pela Teoria Microestrutural de Mindlin (TMM) combinando Homogeneização Matemática (HM) e os Métodos dos Elementos Finitos (MEF) e de Contorno (MEC) considerando contato imperfeito não-uniforme. Salvo melhor conhecimento, esta abordagem integradora de técnicas analíticas e computacionais aplicada a este tipo de problema é inovadora. Nesta análise, serão considerados coeficientes rapidamente oscilantes em aplicações de compósitos laminados, fibrosos ou perfurados. Conforme evidenciado por trabalhos publicados, a análise pela HM é uma ferramenta relevante quando há separação de escalas estruturais, o que justifica sua utilização nas análises de problemas envolvendo micro e macro escala presente na TMM. Contudo, devido às dificuldades de resolução direta proporcionada pela complexidade da geometria, torna os métodos numéricos uma ferramenta complementar para acoplamento à resolução via HM. Em particular, pretende-se realizar a formulação variacional do acoplamento MEC/MEF para modelar as diferentes fases do domínio dos problemas locais que resultam da HM, começando pela lei de Hooke generalizada. Os casos particulares dos resultados obtidos serão inicialmente comparados com as soluções existentes, inclusive com algumas publicações desta equipe. Uma vez validada a abordagem proposta HM/MEC/MEF, inclusive para análise da influência dos defeitos estruturais, pretende-se estender sua aplicação na modelagem de compósitos que respondem à TMM e gerar resultados pilotos de referência para trabalhos futuros.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 07/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fábio Corrêa de Castro

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • a matemática a serviço da evolução humana
  • Nossa proposta é manter viva a nossa Mostra de Matemática e continuar levando diversão e conhecimento até às fronteiras do nosso Estado.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Fábio Costa Morosini

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • direito internacional economico heterodoxo: evidencias empiricas a partir do estudo dos investimentos chineses em economias de renda media
  • O papel que a China exerce no direito internacional econômico tem sido uma fonte de grande interesse no campo do direito internacional. A literatura emergente sobre a ordem economica chinesa argumenta que a novidade da interação da China com a ordem jurídica existente está na maneira como o país, ao tempo em que não abandona as ferramentas tradicionais do direito internacional econômico - como acordos de comércio e tratados bilaterais de investimento - desenvolve espacos regulatorios alternativos, e ferramentas jurídicas inovadoras para acomodar os seus interesses. Esta literatura, entretanto está majoritariamente concentrada em análises de impacto da ordem econômica chinesa em países desenvolvidos ou de menor desenvolvimento relativo. Este projeto de pesquisa, por sua vez, foca um uma categoria de países ainda muito pouco explorada na literatura, que sao as economias de renda media, como o Brasil. Este projeto objetiva 1) descrever as ferramentas de direito internacional econômico que emergem do encontro da economia chinesa (via investimentos diretos) com um grupo especifico de paises denominados de economias de renda media; e 2) teorizar essas ferramentas no contexto da ortodoxia do direito internacional economico. A principal hipótese desta pesquisa é que o encontro da ordem econômica chinesa com economias de renda média, a partir da análise dos investimentos chineses, produz um direito internacional econômico ainda não capturado pela literatura especializada. Para tanto, examinamos, em parceria com pesquisadores nacionais e estrangeiros, os instrumentos juridicos nos niveis macro, meso e micro mobilizados pela China no encontro com as seguintes jurisdicoes: Australia, Brasil, India, Nigeria e Uzbequistao. A pesquisa se ancora em pesquisa bibliografica e empirica, com o auxílio de um Computer-assisted qualitative data analysis software (CAQDAS), especificamente com o uso do software Atlas.ti©.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio de Souza Mendonça

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • plantas tóxicas para ruminantes em pernambuco, paraíba and alagoas
  • As intoxicações por plantas têm particular importância no território brasileiro pois surtos de intoxicação em herbívoros domésticos costumam ocorrer com frequência. Resultados prévios do indicam que Tephrosia noctiflora pode estar relacionada à ocorrência de uma nova doença de bovinos que ocorre na Zona da Mata de Alagoas, Pernambuco e Paraíba denominada por nosso grupo de pesquisa de “dermatopatia com aspecto de pele de elefante”. Com base em resultados prévios, identificamos que no Agreste Meridional de Pernambuco e na Zona da Mata de Alagoas, três espécies de Psychotria (P. hoffmannseggiana, P. colorata e P. capitata) podem ser importantes para bovinos por causarem surtos de intoxicação com evolução aguda e morte, similar ao quadro de intoxicações por plantas que contém monofluoracetato de sódio. Desta forma, estudos adicionais sobre a epidemiologia, sinais clínicos, patologia e a reprodução experimental dessas intoxicações precisam ser realizados para que se comprove a importância dessas espécies, como plantas tóxicas de interesse pecuário. Com esse projeto objetiva-se estudar a epidemiologia, os sinais clínicos e descrever as lesões macro e microscópicas da intoxicação espontânea por T. noctiflora em bovinos; Reproduzir experimentalmente a intoxicação por T. noctiflora em cobaias e ovinos; Determinar a concentração de rotenoides nas folhas e sementes de T. noctiflora; Estudar a epidemiologia, os sinais clínicos e as lesões macro e microscópicas da intoxicação espontânea por Psychotria spp. em bovinos; Reproduzir experimentalmente a intoxicação por Psychotria spp em coelhos e Identificar monofluoracetato de sódio em P. hoffmannseggiana, P. colorata e P. capitata. A epidemiologia, sinais clínicos e a patologia das intoxicações espontâneas por essas plantas serão realizadas nos municípios onde se obtiveram os históricos das doenças.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Fedrizzi Vidor

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • simulação e implementação de uma rede em corrente contínua (cc) de baixa tensão com a inserção de recursos energéticos distribuídos
  • Impulsionadas pelo aumento da conscientização ecológica com vistas a sustentabilidade, fontes de energia renováveis de pequeno porte vem se proliferando nas matrizes energéticas nacional e internacionais. Desta forma, o planejamento de sistemas de energia futuros deve considerar uma massiva inserção de recursos energéticos distribuídos (DER) tanto na geração quanto no armazenamento da energia. Tendo em mente a inadequação frente a inserção destes DER no sistema atual de baixa tensão que opera em corrente alternada (CA), a presente proposta visa explorar redes de baixa tensão em corrente contínua (CC) de modo a facilitar a inserção e operação destes recursos distribuídos. Além de redes CC não possuírem potência reativa e seus condutores apresentarem uma menor resistência equivalente, elas contam com um controle de tensão e sincronismo facilitados para a inserção de DER intermitentes (ex.: geração eólica e solar). Adicionalmente, se considerar que a grande maioria das DER são intrinsecamente fontes de energia CC ou que possuem uma etapa de retificação e inversão para sincronismo com redes CA, múltiplas etapas de conversão de energia (CC->CA ou CA->CC->CA) são evitadas ao se utilizar diretamente uma rede CC, aumentando assim a eficiência global do sistema. A metodologia empregada será baseada em simulações e na implementação prática de uma rede CC de baixa tensão em escala. Adicionalmente, diferentes modos de operação da rede (normal e com falta) serão avaliados, além dos procedimentos para modificação de redes CA para redes CC com o mínimo de alterações possíveis. Em suma, juntamente com o avanço dos estudos relacionados a redes CC para inserção de DER, a presente proposta tem como objetivo a implementação prática de uma rede em escala para validação e complementação das simulações executadas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Fonseca de Castro

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • comunicação, diversidade sociocultural e desenvolvimento na amazônia. uma etnografia das práticas comunicacionais em mocajuba, pará.
  • A evidente relação entre a Comunicação, diversidade sociocultural e desenvolvimento social sustentável resta pouco investigada, tanto no campo comunicacional como em suas áreas conexas. Não obstante, muitas são as práticas e estratégias de comunicação – midiática, interpessoal e social – utilizadas na vida cotidiana de populações tradicionais, em sua relação com os agentes econômicos, com o poder público e com as demais instituições da sociedade civil. Esses processos são particularmente intrigantes em espaços com grande complexidade sociocultural, pouca cobertura jornalística e midiática e acesso prejudicado às tecnológicas de produção e difusão de conteúdos, como é o caso da Amazônia. O objetivo deste projeto de pesquisa é compreender como práticas e estratégias de comunicação são utilizadas, por certas populações amazônicas do município de Mocajuba, Pará, tradicionais ou subalternizadas, no seu relacionamento com a sociedade que as envolve. O projeto constrói a hipótese central de pesquisa de que as interconexões comunicacionais entre as redes urbanas e rurais amazônicas e entre as experiências e saberes locais e as experiências e saberes globais se auto-produzem como uma bricolagem produtora de materialidades e estratégias que permitem utilizar os instrumentos e práticas comunicacionais na reivindicação de direitos. Especificamente, procuraremos compreender como o uso dos meios de comunicação e das tecnologias de informação e comunicação (TICs), seja enquanto fonte de informação, seja como dispositivos de produção da opinião pública, seja, ainda, como dispositivos de conexão social, permitem a interação, a ponderação e a consolidação de percepções de mundo e tomadas de posição diante das questões relativas ao desenvolvimento. O projeto busca compreender as experiências sociais comunicacionais desdobradas em territórios amazônicos e como essas mesmas experiências tanto derivam como constituem as várias paisagens e realidades amazônicas.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Frezatti

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • usos diagnóstico e interativo do sistema de controle gerencial como potencializadores das respostas estratégicas em tempo de pandemia
  • 1.A pandemia COVID-19 gerou mudanças enormes e as organizações adotaram diferentes opções em termos de respostas estratégicas para seus negócios, trazendo consequências para a própria sustentabilidade delas. 2.Algumas dessas respostas afetam estritamente o curto prazo e outras também o médio e longo prazos e, num primeiro momento, o mais importante era dar sequência às atividades; num segundo momento, espera-se sequência que produzam resultados de longo prazo. 3. Algumas respostas decorreram da existência ou não de estrutura de controle gerencial e/ou perfil de resultados financeiros. As lacunas identificadas e que motivaram a pesquisa foram: i.os trabalhos anteriores sobre as respostas estratégicas das empresas foram desenvolvidos durante o momento de ocorrência da pandemia, sem que fosse possivel obter um olhar de resultados obtidos, ii.análise das combinações dos “pacotes” das respostas estratégias associadas ao sistema de controle com uso diagnóstico e uso interativo e iii associação de resultados financeiros com os diferentes “pacotes” de respostas estratégicas. 4. O objetivo desta pesquisa consiste em identificar as várias respostas estratégicas implementadas e verificar associação com os mecanismos de uso diagnóstico e de uso interativo das organizações investigando o perfil do pacote de respostas estratégicas. A macro questão da pesquisa é: quais os principais fatores que influenciaram as respostas estratégicas das organizações? 5. A pesquisa é viável pois: i.existem construtos disponíveis, tais como o das respostas estratégicas (Wenzel, Stanske, & Lieberman, 2021) e dos sistemas de controle diagnostico e interativo (Simons, 1995), ii. o desenvolvimento do levantamento é viável e a equipe já desenvolveu pesquisas similares, dominando os elementos conceituais e técnicos. 6. Consiste em pesquisa quantitativa, a partir de aplicação de questionário sobre população de empresas brasileiras e tratamento por estatística multivariada.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Gonçalves Daura Jorge

Ciências Biológicas

Ecologia
  • efeitos sistêmicos de uma rara cooperação boto-pescador
  • Cooperação é um paradoxo evolutivo e uma escolha geralmente incompreendida. Em um mundo de ações egoístas, como emerge a cooperação? Interações cooperativas entre indivíduos ou entre espécies intrigam pesquisadores por mais de século—um debate acadêmico que originou uma sólida base teórica em múltiplas disciplinas acadêmicas. Porém, tal avanço também gerou uma lacuna entre teoria e mundo real. Pouca atenção foi dada a estudos empíricos que validem as expectativas teóricas, e muito menos às consequências da cooperação além de custos e benefícios individuais. Pode um evento cooperativo influenciar a dinâmica da população, comunidade e de um sistema ecológico como um todo? Esta proposta representa uma rara oportunidade de combinar dados empíricos com modelos teóricos para responder tais perguntas mediante um estudo em longo prazo de uma cooperação interespecífica entre botos e pescadores artesanais forrageando por um recurso comum, a tainha. Esta interação compõe o repertório cultural local—tanto de pescadores quanto de botos—por mais de 120 anos, porém pouco se sabe sobre os mecanismos que a mantém e suas consequências para as populações e ecossistemas em que está inserida. Entender tais mecanismos é fundamental para predizer as condições mínimas de disponibilidade de recursos e perturbações antrópicas para que os serviços ecossistêmicos desta interação sejam mantidos. A partir de coleta sistemática de dados empíricos, desvendaremos os mecanismos comportamentais da interação boto-pescador, e estimaremos parâmetros populacionais de botos, pescadores e recursos pesqueiros. Para investigar se a interação influencia a dinâmica e viabilidade das populações de botos e pescadores, desenvolveremos múltiplos modelos matemáticos—jogos estratégicos, numéricos e estocásticos—para predizer a estabilidade da interação boto-pescador e trajetórias populacionais em diferentes cenários de disponibilidade de recurso e perturbações antrópicas. Como esta interação é parte de um ecossistema maior, o Sistema Estuarino de Laguna (SEL), é preciso entender como ela pode influenciar níveis mais altos de organização—tanto o ecossistema quanto o contextos social e econômico a ele associados. Para compreender a interdependência entre esta interação cooperativa e os demais contextos, combinaremos dados biológicos da comunidade ecológica com dados sociais humanos em modelos ecossistêmicos e bioeconômicos. Estimaremos diversos componentes biológicos do SEL para construir um modelo ecossistêmico que descreva o funcionamento do ecossistema em diversos cenários de variações na dinâmica pesqueira e da interação boto-pescador. Estimaremos também o papel das atividades pesqueiras nesse ecossistema mediante a construção de modelos bioeconômicos para buscar soluções economicamente ótimas, socialmente justas e ecologicamente sustentáveis para o manejo de um conjunto de pescarias. Esta etapa final considerará o conhecimento integrado do ecossistema para criar cenários preditivos que integrem aspectos ecológicos, sociais e econômicos do SEL para então serem discutidos de forma participativa com os principais atores do SEL em busca de soluções. Ao desvendar fundamentos de interações ecológicas e gerar novas hipóteses sobre suas influências através de escalas biológicas, esta proposta contribuirá com o conhecimento teórico de ecologia comportamental, de populações, comunidades e ecossistemas. Ao compreender o funcionamento deste sistema, poderão ser fomentados esforços de conservação integrados, que considerem a interação do contexto ecológico com os culturais, sociais e econômicos das pessoas que dele dependem. Assim, esta abordagem interdisciplinar integrará todos os saberes e pesquisas em um novo sítio de Pesquisa Ecológica de Longa Duração que combine ecologia teórica e aplicada para gerar conhecimento científico que ofereça soluções para as demandas da sociedade.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 10/12/2020-31/12/2024