Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Eliane Macedo Sobrinho Santos

Outra

Divulgação Científica
  • iii semana nacional de ciência e tecnologia do ifnmg - campus araçuaí
  • A Semana de Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) é o evento Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), Campus Araçuaí, em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Em 2021, o tema da SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí é "III SNCT do IFNMG – Campus Araçuaí: A transversalidade da CT&I", alinhado com a temática da Semana Nacional “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”. A SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí acontecerá no período de 04 a 08 de outubro de 2021, no Campus Araçuaí do IFNMG. Durante a SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí serão realizadas as atividades principais da III SNCT do IFNMG – Campus Araçuaí: A transversalidade da CT&I, a II SAEAA: Semana Acadêmica da Engenharia Agrícola e Ambiental e o I IFthon. A programação do evento foi planejada de forma a atender aos anseios do público diversificado esperado para o evento. Foram organizadas atividades em diferentes áreas temáticas, tais como: educação, agrárias e ambiental, administração, humanas, ciências da computação, saúde, tecnologia e inovação e muitas outras. Em virtude da pandemia do Coronavírus muitas atividades acontecerão no formato virtual, até que sejam permitidas as atividades presenciais. A III Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do IFNMG - Campus Araçuaí (III SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí) será desenvolvida com o intuito de fomentar a divulgação de trabalhos de pesquisa junto à comunidade acadêmica e extramuro, promover ações de integração entre pesquisadores de outras instituições de pesquisa e atualizar o conhecimento acerca de futuras parcerias para o desenvolvimento da pesquisa a nível regional. O evento terá sua culminância no período de 04 a 08 de outubro de 2021, no IFNMG – Campus Araçuaí, contemplando ainda diferentes atividades estabelecidas num prazo de seis meses, a partir da data de culminância do evento. Serão realizadas palestras, mesas redondas e workshops relacionados com a pesquisa científica e tecnológica para estudantes, pesquisadores e comunidade em geral, além de minicursos de cunho científicos e mostra dos trabalhos acadêmicos. Um destaque da SNCT deste ano são as atividades focadas na educação empreendedora. Uma maneira de fomentar o empreendedorismo, impulsionar a inovação e promover soluções criativas. Também é importante para o desenvolvimento de competências que ajudam no gerenciamento de empresas. A educação empreendedora pode estar inserida em todos os níveis de ensino e, quanto mais cedo for abordada, melhor. A realização da SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí corrobora com o efetivo processo de interiorização da universidade pública, principalmente em regiões de elevadas demandas em todos os segmentos socioeconômico como é no semiárido mineiro, compreendendo uma das regiões mais carentes de Minas Gerais. Esse projeto de evento de ciência e tecnologia possibilita ao IFNMG, como instituição pública de ensino superior, assumir, de fato, o lugar e os meios de se tornar agente solidário da sociedade mineira e nacional. Neste contexto, o IFNMG se desponta como um promissor centro de produção Científica regional, participando diretamente dos arranjos produtivos locais e colaborando com o reconhecimento das potencialidades e desenvolvimento das vocações regionais. Por fim, a SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí oferecerá oportunidades de discussões sobre os rumos da C&T, principalmente nas regiões norte e nordeste de Minas Gerais, sendo as discussões pautadas no tema “Transversalidade da CT&I”. A metodologia do evento consistirá em gerenciar e planejar a disposição dos horários de apresentações e exposições dos trabalhos acadêmicos, bem como as demais atividades contempladas no evento. Por fim ressalta-se algumas atividades destaque que farão parte da proposta: 3° Wi-Sci; 2° Edutech; KaiauMaker; 2° Maratona Inovac; 2° Ciclo de Palestras da Agro (EAA e Agroecologia); Projeto: As potencialidades do Vale; Projeto: Minha baia, minha vida; Projeto: Vale-Fish; COVID-19 em foco. Atenção especial será dada ao plano de como fazer a melhor divulgação do evento. A divulgação da SNCT do IFNMG - Campus Araçuaí será dirigida para um público prioritário por isso será necessário ter uma estratégia de produção de conteúdo bem definida para que a mensagem chegue às pessoas certas. Dessa forma, a divulgação do evento seguirá o que foi contemplado no plano de comunicação demonstrado. Para obter êxito total na organização do evento, primeiramente preparou-se um checklist, do que deve ser feito para a programação científica do evento, de modo que nada passasse despercebido. A definição dos espaços de apresentação foi planejada previamente, de acordo com a capacidade de participantes e quantidade de apresentações que serão feitas no evento. Definiu-se com antecedência as salas e locais de apresentação, sendo este um pré-requisito para o planejamento. Após ter os locais definidos foi o momento de partir para a programação dos horários, que se encaixou perfeitamente com a programação geral do evento. Cuidados foram tomados para os horários de apresentação não coincidirem com as atrações principais do evento e também permitir um horário que a maioria dos participantes possam acompanhar as apresentações. Optou-se na metodologia do evento por criar as trilhas de apresentações por áreas temáticas. Isso facilita para que o público do evento compareça as apresentações de sua área de interesse, tanto com horários próximos como em áreas próximas do evento. Portanto na hora da criação das trilhas por tema foi importante levar em consideração os locais próximos e horários para concentrar um mesmo tema ou temas relacionados. No último dia do evento será realizada a avaliação do evento, onde será obtido feedback dos participantes. Esta etapa tem por objetivo saber quais são as expectativas dos participantes do s evento e constatar se elas foram atendidas e saber o que agradou.
  • Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Eliane Santana Dias Debus

Ciências Humanas

Educação
  • de lá para cá: as literaturas africanas de língua portuguesa para infância publicadas no brasil no período de 2013 a 2018
  • A Lei nº 10.639/2003, que instituiu no Brasil a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana no currículo escolar da Educação Básica, bem como os documentos para a sua implementação, por certo fomentou a publicação e circulação mercadológica de livros para infância que se dividem em três categorias: 1) literatura que tematiza a cultura africana e afro-brasileira; 2) literatura afro-brasileira; e 3) literaturas africanas (DEBUS, 2017, p.33). E é sobre esta última que pretendemos nos debruçar. Desse modo, esta pesquisa tem como objetivo analisar os livros de literaturas africanas de língua portuguesa para infância publicados no Brasil no período de 2003 a 2018, a fim de estudar a produção (principais gêneros, recursos lexicais e semânticos), a circulação (principais editoras e entrada nos espaços escolares e não escolares) e a recepção (ação pedagógica em dois espaços institucionais públicos: Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental) das obras selecionadas. A investigação será pautada no referencial teórico da educação literária (FREIRE, 1989; CANDIDO, 1995; COSSON, 2014), da história das literaturas africanas e seu contexto (NOA, 2017; OLIVEIRA, 2014; FONSECA; MOREIRA, 2007) e da estética da recepção, que pressupõe a construção de efeitos de sentido (ISER, 1982; 1989) na relação texto/leitor e o caráter de emancipação pela quebra de expectativa (JAUSS, 1979; 1994). Metodologicamente, a pesquisa assume o caráter qualitativo, constituindo-se como estudo exploratório-explicativo, ampliando as informações coletadas e pré-analisadas em mapeamento que constatou a publicação de 32 títulos de 2004 a 2017, vinculadas aos países de Moçambique e Angola. Adotam-se três etapas de ação: 1) analisar os aspectos da produção a partir do levantamento atualizado dos títulos, ampliando quadro anterior; 2) contemplar os aspectos da circulação a partir do levantamento atualizado das editoras, suas metas e a relação com as políticas públicas de leitura e 3) focalizar a recepção a partir do trabalho específico com livros do acervo junto a estudantes da Educação Básica, selecionando-se duas turmas de Educação Infantil e Anos Iniciais e trabalhar com quatro títulos em cada etapa, escolhendo autores e gêneros distintos, elaborando estratégias de mediação. Dar visibilidade às literaturas africanas, nesse caso de língua portuguesa, possibilita ao leitor brasileiro a ampliação do seu olhar frente à representação de uma cultura diversa, mas ao mesmo tempo tão próxima, considerando que a cultura brasileira tem a sua matriz imbricada a cultura daquele continente. Palavras-chave: Literaturas Africanas. Língua Portuguesa. Infância. Circulação. Produção. Recepção.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elías Alfredo Gudiño Rojas

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • modelagem matemática para libertação controlada de drogas em stents farmacológicos
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elias de Barros Santos

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de um amostrador passivo e um dosímetro pessoal feito de ouro nanométrico em pdms para o monitoramento e avaliação da exposição de trabalhadores a mercúrio gasoso
  • A exposição direta a mercúrio elementar gasoso (MEG), mesmo em níveis relativamente baixos, pode ter um efeito cumulativo e resultar em consequências danosas a saúde humana. Os trabalhadores de minas de extração artesanal de ouro e de outras atividades que envolvem mercúrio no processo, estão entre os mais suscetíveis a este tipo de exposição. Atualmente, não existe dispositivos que possam ser usados em ambientes de trabalho como um alerta da presença de mercúrio e do nível de contaminação do local. Nesse sentido, o objetivo do presente projeto é desenvolver um amostrador passivo e um dosímetro pessoal para serem aplicados em ambientes de trabalho que envolva processamento e/ou emissão de MEG. Para tal finalidade, serão preparados filmes finos de polidimetilsiloxano (PDMS), impregnados com ouro nanométrico, sobre lâminas de vidro ou papel hidrofóbico (V-PDMS/Au ou PH-PDMS/Au). Os filmes serão depositados sobre os diferentes substratos usando a técnica de spin coating, seguido da impregnação com solução de HAuCl4. Em seguida, será realizada a etapa de redução, usando NaBH4 para formação de ouro nanométrico sobre a superfície dos filmes de PDMS. Os materiais serão caracterizados por espectroscopia na região do Ultravioleta-visível, espectroscopia Raman, microscopias eletrônica de varredura e de transmissão e microscopia de força atômica. Serão realizados testes em laboratório em sistemas fechados, gerando uma quantidade controlado de mercúrio, nos quais os filmes de V-PDMS/Au ou PH-PDMS/Au serão expostos. Os testes de exposição serão monitorados a partir da análise de cor das amostras (sensoriamente colorimétrico) e por medidas de UV-vis, para análise do plasmon de superfície característico do ouro nanométrico (sensoriamento plasmônico). A quantificação de mercúrio retido nas amostras, V-PDMS/Au ou PH-PDMS/Au, será feita usando um analisador direto de mercúrio, o que permitirá avaliar o limite de detecção e construir curvas de calibração. Após otimização das condições de aplicação, será avaliada a aplicabilidade dos materiais desenvolvidos, para o monitoramento e medição da exposição pessoal a mercúrio, como tecnologia de saúde ocupacional. Os dispositivos serão pequenos e portáteis, podendo o amostrador passivo V-PDMS/Au ser fixado em um local do ambiente de trabalho e o dosímetro PH-PDMS/Au na roupa dos trabalhadores. Os dispositivos poderão ser analisados periodicamente usando um espectrofotômetro portátil CM-700D, que permite mediar a cor e gerar o espectro na região do visível das amostras, permitindo fazer triagem e inferir sobre o nível de MEG.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elias Ferreira Veras

Ciências Humanas

História
  • existências e resistências homossexuais no brasil da “abertura”: uma perspectiva de gênero (1978-1988)
  • O presente projeto de pesquisa, intitulado Existências e resistências homossexuais no Brasil da “Abertura”: uma perspectiva de gênero (1978-1988) tem como objetivo historicizar os modos de vida homossexuais no Brasil da “Abertura”, a partir de uma perspectiva de gênero (BUTLER, 2003, 2017; PEDRO, 2005; SCOTT, 1995). A pesquisa, coordenada pelo professor Dr. Elias Ferreira Veras, do Curso de História (Graduação e Pós-Graduação), da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), insere-se no âmbito das atividades de pesquisa desenvolvidas pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em História, Gênero e Sexualidade (GEPHGS-UFAL-CNPq). O estudo tem como recorte temporal, os últimos anos da ditadura civil-militar no Brasil, momento em que emergem as primeiras organizações homossexuais no país, como o Somos – Grupo de Afirmação Homossexual (1978) e o GALF – Grupo de Afirmação Lésbica Feminista (1979/1980); e os primeiros anos da redemocratização brasileira, quando diversos grupos homossexuais, por exemplo, Grupo Gay da Bahia (BA) e Triângulo Rosa (RJ), se mobilizam para a inclusão da proibição de discriminação por “orientação sexual” na Constituição de 1988. Nosso objetivo é problematizar as existências e resistências, ou seja, as experiências, estratégias, discursos e práticas de gays, lésbicas, travestis e transexuais nesse processo, a partir de três importantes acervos históricos: O acervo da organização homossexual Triângulo Rosa, localizado no Arquivo Edgard Leuenroth – Centro de Pesquisa e Documentação Social (AEL), Campinas (SP) e os acervos Divisão de Censura de Diversões Públicas (DCDP) e da Assembleia Constituinte (1987-1988), arquivados, respectivamente, no Arquivo Nacional e na Biblioteca do Senado, em Brasília (DF). Em diálogo com a historiografia sobre a ditadura civil-militar, nos interessa investigar de que maneira o regime ditatorial brasileiro e sua “política sexual” (QUINALHA, 2017), buscou controlar e reprimir gays, lésbicas, travestis e transexuais e ainda, como esses sujeitos resistiram aos dispositivos de controle ditatoriais. Nesse sentido, é preciso lembrar que ao destacar aspectos mais traumáticos e clandestinos da repressão estatal contra dissidentes estritamente políticos (QUINALHA, 2017), a historiografia brasileira sobre a ditadura (FICO, 2001; FERREIRA, DELGADO, 2003; GOMES, 2014; REIS, 2014; REIS, RIDENTE, MOTTA, 2004), deixou de levar em consideração as existências e resistências homossexuais na/contra a ditadura. Mesmo as pesquisas históricas promovidas por historiadoras da história das mulheres e das relações de gênero, que incorporaram as lutas das mulheres contra a ditadura (DUARTE, 2012; PEDRO, WOLFF, VEIGA, 2011; PEDRO, WOLFF, 2010; RAGO, 2013), não abordaram os efeitos da ditadura na vida de gays, lésbicas, travestis e transexuais. Recentemente, esse cenário de exclusão das homossexualidades da historiografia sobre a ditadura, tem se modificado. A obra Além do Carnaval: a homossexualidade masculina no Brasil no século XX, de James Green (2000), a tese Contra a moral e os bons costumes: A política sexual da ditadura brasileira (1964-1988), de Renan Quinalha (2017), assim como a coletânea Ditadura e Homossexualidades, organizada por estes autores (2015) e, ainda, o Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade são paradigmáticas do emergente interesse da historiografia pelos modos de vida e resistências LGBTs durante o regime ditatorial civil-militar brasileiro. O presente projeto relaciona-se com minha trajetória acadêmica, especialmente, com o trabalho que venho desenvolvendo como líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em História, Gênero e Sexualidade (GEPHGS-UFAL-CNPq) e como coordenador da pesquisa de iniciação cientifica Corpos aliados e lutas políticas. O livro Travestis: carne, tinta e papel (Editora Prismas, 2017); o artigo Os silêncios de Clio: escrita da história e (in) visibilidade das homossexualidades no Brasil (revista Tempo & Argumento), escrito em parceria com a historiadora Joana Maria Pedro (2014); o capítulo Travestis: visibilidade e performatividade de gênero no tempo farmacopornográfico, que compõe o livro História do Movimento LGBT no Brasil (2018); os dossiês Quando Clio encontra as ‘sexualidades disparatadas’ (revista Esboços, 2016) e Sexualidades disparatadas: outras histórias (revista História, Histórias, 2018), organizados em parceria com o historiador Durval Muniz de Albuquerque Junior; assim como minha participação no Laboratório de Estudos de Gênero e História (LEGH-UFSC) e no Grupo de Pesquisas e Estudos em História e Gênero (GPEHG-UFC), parceiros deste projeto de pesquisa, são frutos dessa trajetória acadêmica e profissional. Se, a prática historiográfica – da reunião dos documentos à redação do livro – é inteiramente relativa à “estrutura da sociedade”, como aponta Certeau (2008), faz-se urgente pensar outras histórias, principalmente, no atual contexto brasileiro marcado pelo avanço do ultraconservadorismo e pelo aumento da lgbtfobia. Nesse sentido, se durante muito tempo, as homossexualidades não foram vistas como um tema sério de pesquisas e tampouco como um recorte pertinente para a reflexão acerca da ditadura (QUINALHA, 2017), o recente interesse de pesquisadores/as, especialmente, historiadores/as, revelam que não é possível (mais) compreender a ditadura e seu legado sem a reflexão historiográfica sobre a participação de gays, lésbicas, travestis e transexuais no período.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elias Pereira Lopes Júnior

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • mapeamento da maturidade tecnológica e da demanda tecnológica da região do cariri
  • A transferência de tecnologia de Instituições Científicas e Tecnológicas e de Inovação (ICTs) para o mercado é um tema que tem ganhado força e notoriedade no âmbito das publicações acadêmicas. Já existe um instrumento que tem sido muito utilizado para avaliar o nível de maturidade tecnológica dos projetos desenvolvidos pelas ICTs, que é a escala Technology Readiness Level (TRL). Por outro lado, também existe uma escala cujo objetivo é medir o nível de atração do mercado correspondente ao nível de impulso tecnológico, chamada de Demand Readiness Level (DRL). Utilizadas de forma complementar, a TRL e a DRL podem proporcionar a melhoria da abordagem Market Pull, fazendo transferência de tecnologia e inovação tecnológica. De forma complementar, a escala DLR também poderia ser objeto das mesmas trocas e análises dinâmicas que a escala de TRL induziu entre as comunidades acadêmicas ou profissionais. O objetivo dessa pesquisa é analisar o nível de maturidade tecnológica (TRL) dos projetos da UFCA e, se possível, de outras instituições da Região do Cariri. Além disso, esse estudo também pretende comparar o nível de maturidade tecnológica (TRL) com o nível de prontidão da demanda (DRL) de empresas da região do Cariri. A partir desses dados, pode-se gerar como resultado a formação de novas parcerias entre as ICTs e empresas da região do Cariri no sentido de promover mais ações inovadoras para a região.
  • Universidade Federal do Cariri - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elibio Leopoldo Rech Filho

Ciências Biológicas

Genética
  • inct biologia sintetica
  • A atividade econômica abastecida pela pesquisa e inovação em ciências biológicas, denominada “bioeconomia”, constitui um segmento de rápido crescimento no mundo, direcionando substanciais benefícios sócio-econômicos. Esta proposta trabalha a “bioeconomia” pela rota de biologia sintética e possui dois escopos de interesse do país. O primeiro é o desenvolvimento econômico e tecnológico e o segundo é de preservação ambiental e agregação de valor a biodiversidade. Ao longo das ultimas décadas de pesquisa, o desenvolvimento de ferramentas cada vez mais acuradas e rápidas para obtenção e uso de dados biológicos, trouxeram-nos mais perto do limiar de um futuro, até então, inimaginável: plantas adaptadas a condições adversas, produtos alimentares desenhados para atender às necessidades alimentares específicas, combustíveis líquidos produzidos diretamente a partir de CO2, plásticos biodegradáveis, a partir de biomassa, biossensores para monitoramento em tempo real das plantações, ambiente e saúde, biofábricas de drogas e moléculas sintéticas para a saúde. Cada vez mais a pesquisa científica e tecnológica está empenhada em intensificar as abordagens multidisciplinares, para soluções dos mais exigentes desafios sociais e econômicos, que deverão afetar profundamente o futuro. Os avanços da bioeconomia dependem da expansão das tecnologias emergentes, como a genômica, proteômica e metabolômica (estudo sistematizado e manipulação de vias metabólicas), bioinformática (ferramentas computacionais para a análise de “big data” de origem biológica) que formam o fundamento para a biologia sintética (a edição de genomas, rotas metabólicas e engenharia de plantas e microrganismos). Para ser bem sucedido e contínuo desenvolvimento, a bioeconomia deverá buscar a geração constante de novos processos e produtos que atendam às necessidades nacionais e globais de competitividade e sustentabilidade. O Brasil aloca uma das biodiversidades mais ricas do mundo, sendo um membro do grupo composto por 17 países megadiversos. Desta forma, o país é especialmente responsável por uma mudança de paradigma. Estabelecer áreas de proteção tem sido um dos instrumentos mais eficazes para a conservação da biodiversidade. O Brasil tem agido de forma inovadora na preservação de áreas protegidas. O trabalho para a preservação envolve o conhecimento da biodiversidade e a valoração desta, sem o tradicional processo extrativista de geração de riqueza. Entretanto, a biodiversidade constitui um sistema biológico complexo, que para ser estudado com base na agregação de valor, depende do uso intensivo e acelerado de avanços biotecnológicos na fronteira do conhecimento. A proposta do INCT-BioSyn inclui a biologia sintética como um desafio adicional, direcionado para a efetiva contribuição na preservação, uso sustentável e agregação de valor à biodiversidade, com foco no desenvolvimento de plataformas para engenharia da função gênica em plantas e microrganismos. Sabemos que o desenvolvimento de produtos de alto valor agregado estão diretamente relacionados com a utilização intensivo de conhecimento e altos padrões tecnológicos. Este fato indica que a utilização da biotecnologia avançada em seu sentido pleno constitui uma opção viável e uma ferramenta imprescindível para orientar o uso sustentável e desenvolvimento de produtos de alto valor agregado derivados da biodiversidade. O uso da biotecnologia desde a prospecção, genoma, metaboloma, engenharia da função gênica e desenvolvimento de ativos biotecnológicos, que possam fundamentar a futura geração de produtos e processos inovadores, implicará na coleta de alguns organismos, ou parte deles, como fonte de matéria-prima genética que permitirá a prospecção, caracterização, engenharia da expressão gênica e função usando biologia sintética e prova-de-conceito (investigação deve demonstrar a eficácia funcional de uma característica ou tecnologia no organismo alvo, a fim de reduzir o risco de falha do produto) e geração de plataformas tecnológicas transversais para plantas e microrganismos. Existem várias abordagens para a engenharia de sistemas biológicos sintéticos. A proposta do INCT-BioSyn, possui um formato de um sistema de “inovação aberta” e visa a geração da base bio-nanomolecular para uso da biologia sintética. Inicialmente, deveremos elencar recursos biológicos de plantas e microrganismos nativos e domesticados da biodiversidade utilizados comercialmente. A partir destes recursos será gerada uma base de dados genéticos nanoestruturais, que constitui o fundamento para estabelecer modelos operacionais com possíveis “espaço-biologia sintética”. A partir da compilação de partes da biodiversidade pode-se constituir unidades básicas construídas a partir de genes e proteínas ou seus fragmentos. As unidades básicas são definidas como um elenco de peças e circuitos com complexidade convergentes relativos aos sistemas biológicos complexos. Serão unidades básicas, aqui denominadas como “R-bions” (definidos como componentes nanomoleculares envolvendo unidades básicas programáveis, visando o dobramento e montagem de estruturas 3D de interesse). Os R-bions podem interagir para gerar unidades auto-montáveis, que podem combinar e organizar unidades básicas para produzir conjuntos e sistemas biológicos funcionais. Com esse amplo espectro de uso potencial nos diferentes setores de produção, a proposta do INCT-BioSyn deverá concentrar no desenvolvimento de provas de conceito e geração de modelos de plataformas transversais, para geração de base de dados dinâmicas e integrativas de recursos biológicos, incluindo genomas, metagenomas, metaboloma, produção R-bions, peças e circuitos biológicos, encapsulamento e compartimentalização funcional em sistemas de expressão de plantas e microrganismos, visando e engenharia da função gênica, associados a descrição de como envolvendo o desenvolvimento de inovação relacionada a agregação de valor a biodiversidade.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 25/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Eliécer Eduardo Gutiérrez Calcaño

Ciências Biológicas

Zoologia
  • sistemática, biogeografia e conservação de mamíferos neotropicais, com ênfase em espécies endêmicas do brasil
  • RESUMO Com o objetivo de entender a origem evolutiva, classificar taxonomicamente e preservar as espécies de mamíferos neotropicais, o presente projeto empregará técnicas avançadas nas áreas de genética e sistemas de informação geográfica. No primeiro capítulo, meus colaboradores e eu utilizaremos dados genéticos e morfológicos para avaliar as relações filogenéticas de um clado de espécies de cervídeos endêmicas das Américas (Cervidae: Capreolinae: Odocoileini). Em primeiro lugar, obteremos dados genômicos em grande escala (genomas mitocondriais completos, intrones nucleares, e unidades ultraconservadas com suas regiões flanqueadoras) a partir de espécimes de museu. Ao utilizarmos espécimes de museu como fonte de DNA, será possível realizar uma intensa amostragem geográfica, o que é inédito dentre os poucos e limitados estudos existentes para esse clado. Diante disso, através de aplicações de vários critérios (grau de divergências genéticas, diagnose morfológica e monofilia) serão reconhecidos clados a nível de espécie. Os clados reconhecidos serão diagnósticos e serão realizadas mudanças taxonômicas na classificação prevalente (atual) desses cervídeos—sinonimizações, descrições de novas espécies e gêneros e reconhecimento de espécies e gêneros válidos mas atualmente considerados como sinônimos inválidos. Por fim, empregaremos técnicas avançadas de Modelagem de Nicho Ecológico (MNE) para avaliar o potencial impacto da mudança climática sobre a disponibilidade futura de áreas com condições climáticas adequadas para a ocorrência dessas espécies. Por fornecerem dados cruciais para o planejamento dos esforços de conservação, nossos resultados serão de extrema importância para informar a comunidade acadêmica e orientar as entidades governamentais nas tomadas de decisão. Da mesma forma, o segundo capítulo deste projeto empregará técnicas de MNE para determinar o possível impacto da mudança climática nos estados de conservação de mamíferos encontrados exclusivamente em cinco biomas neotropicais caracterizados por formações de vegetação aberta (Caatinga, Cerrado, Chaco, Pampa, Pantanal). Para atingir esse objetivo, primeiro trabalharemos para produzir listas de espécies endêmicas desses biomas—um colaborador e eu recentemente publicamos listas de ocorrência para a Caatinga e o Cerrado. Com base no trabalho de museu e na revisão crítica da literatura e bancos de dados online, coletaremos informações de localidade de ocorrência para indivíduos dessas espécies. Em seguida, as informações serão acopladas a dados bioclimáticos (do WorldClim) para conduzir análises de MNE. Com isso, os modelos serão projetados em cenários climáticos do presente e do período dos anos 2060–2080. Dessa maneira, quantificaremos a mudança na disponibilidade de áreas climaticamente adequadas para as espécies focais. Além disso, avaliaremos se o sistema atual de áreas protegidas (e.g., parques nacionais) abrangerá quantidades satisfatórias de habitat para essas espécies. Além disso, as análises permitirão identificar regiões geográficas com condições climáticas adequadas para cada uma das espécies focais no presente, além de identificar onde essas condições estarão no período dos anos 2060–2080. A partir disso, poderemos avaliar se as espécies serão capazes de persistir às mudanças climáticas. Este último componente de nossa pesquisa será capaz de orientar os tomadores de decisão em relação ao local onde novas áreas protegidas devem ser criadas para que resultados mais eficientes de proteção de espécies sejam obtidos. Tomaremos medidas para informar os órgãos governamentais sobre nossos resultados e aplicações desses. Esta pesquisa fornecera informações essenciais para a preservação de espécies do Brasil, além de novos conhecimentos sobre mamíferos sul-americanos. Ao mesmo tempo, nossa pesquisa proporcionará oportunidades para treinamento e progresso acadêmico dos estudantes de pós-graduação, além de promover colaborações produtivas entre instituições nacionais e internacionais.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eliete Bouskela

Ciências da Saúde

Medicina
  • dietas convencional ou jejum intermitente, exercícios, biomarcadores inflamatórios e risco cardiovascular em obesos – enfoque translacional
  • A obesidade tornou-se uma pandemia dos tempos modernos e a previsão é de que sua incidência aumente a cada ano. Segundo dados da última estatística sobre obesidade feita no Brasil (VIGITEL, 2016), com um total de 53210 entrevistas telefônicas, o sobrepeso em homens variou entre 51 e 66% da população e em mulheres entre 42 e 56% e a obesidade entre 12 e 25% em homens e 14 e 23% em mulheres. As doenças associadas à obesidade (diabetes, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, câncer e Alzheimer) têm alta prevalência na sociedade em geral e na nossa em particular. O tecido adiposo é reconhecido como um órgão endócrino ativo que produz uma variedade de citocinas, conhecidas como adipocinas. O tecido adiposo inicia a inflamação com produção local e secreção de adipocinas e quimiocinas e, com o acúmulo de massa gorda, esta inflamação se torna sistêmica. Na microcirculação, cujos vasos (arteríolas, capilares, vênulas e microlinfáticos) têm diâmetro menor que 100 µm, ocorre as principais funções do sistema vascular: troca de nutrientes com os tecidos, a remoção de excretas celulares em resposta às variações de demanda e o equilíbrio hidrostático, evitando grandes flutuações de pressão nos capilares. Neste projeto, na parte experimental, a microcirculação de hamsters submetidos à dieta obesogênica será investigada em preparações com diferentes demandas metabólicas: bolsa da bochecha (baixa), cremaster (média) e cérebro (alta). Esses animais serão, então, submetidos a dietas convencional ou intermitente (períodos de jejum ou com baixa ingesta de calorias) e também a exercícios físicos, aeróbios ou resistidos. A microcirculação e os biomarcadores inflamatórios serão determinados no período controle (antes da dieta obesogênica), após a dieta e após as diferentes intervenções. Pacientes obesos, com índice de massa corporal (IMC) entre 25 e 40 kg/m2, também terão a microcirculação e biomarcadores inflamatórios avaliados antes e após as diferentes intervenções com o objetivo de determinar qual delas é melhor para a diminuição do risco cardiovascular e que tem a melhor aderência dos pacientes.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eliezer Jesus de Lacerda Barreiro

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • inct de fármacos e medicamentos
  • Este projeto representa o avanço substancial do atual Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Fármacos e Medicamentos (INCT-INOFAR), e se propõe a prosseguir a bem sucedida iniciativa do atual INCT-INOFAR. A proposta se enquadra na área estratégica de Saúde e Fármacos, do edital 016/2014 do CNPq, tendo como principais objetivos consolidar e aprimorar a plataforma para desenvolvimento de novos fármacos e medicamentos, dedicada à inovação radical e incremental, agregando competências acadêmico-científícas e empresariais. Esta proposta objetiva avançar nas ações interativas construídas entre os segmentos universidade e empresa, ao longo do atual projeto em vigor, de maneira a viabilizar iniciativas de translacionalidade que permitam colher os frutos dos esforços de pesquisa realizados até aqui. Estas ações propiciaram a identificação de novas moléculas orgânicas sintéticas, autênticas candidatas a novos fármacos de distintas classes terapêuticas, completando os estudos de fase pré-clínica e espera-se atingir a fase clínica nos subprojetos mais avançados em termos de resultados que compõem esta proposta. Ademais, agregando novos laboratórios associados, pretende-se integrar competências chaves as pesquisas em andamento, em distintas fases, e identificar novos candidatos a fármacos, que prossigam rumo à plataforma pretendida. Obedecendo o edital, a presente proposta apresenta todos os itens sequenciados como lá indicados. Em virtude do limite de espaço e em conformidade com a determinação do Edital (30 páginas) e à amplitude de uma propoosta para um INCT, estão disponíveis na página do portal do atual INCT-INOFAR, na aba “Proposta-2014” (Proposal-2014), informações referentes à bibliografia citada no projeto, com link para acesso direto e no item “Material Suplementar” informações adicionais, diversas, possivelmente uteis à avaliação da proposta. Cabe registro que tivemos grande dificuldade em categorizar as subáreas e especialidades desta proposta, face àquelas disponíveis no formulário on-line que não preveem o termo QUÍMICA MEDICINAL, área que melhor caracteriza a proposta em tela. Esta proposta se dedica à inovação farmacêutica radical, à incremental e à social, e propoem o aprimoramento e avanço das atividades de divulgação e popularização das ciências dos fármacos e medicamentos. A complexidade da cadeia da inovação farmacêutica, estudada por muitos especialistas, evidencia seu caráter inter- e multidisciplinar, especialmente necessário ao seu pleno domínio em saber-fazê-la. Dentre as disciplinas imprescindíveis estão a Química Medicinal e a Farmacologia, representando as áreas da Química e da Biologia conforme aludiu Arthur Komberg, Nobel de Medicina. Em consonância com o estado da arte dos temas de estudos eleitos neste INCT-INOFAR, ênfase será dada à identificação de novas substâncias de interesse farmacêutico (inovação farmacêutica radical) para o tratamento de doenças crônicas degenerativas não transmissíveis (e.g. cardiovasculares, inflamatórias, metabólicas e câncer), além de parasitoses negligenciadas (e.g. leishmaniose e Chagas). A priorização das doenças alvo nesta proposta, baseia-se no avanço dos estudos até então conduzidos no atual INCT-INOFAR, que lograram identificar compostos promissores como protótipos de novos fármacos cardioativos, anti-inflamatórios, antidiabéticos, anticâncer e leishmanicidas. Resultados preliminares nos motivaram a incluir o estudo de novos compostos úteis para o combate à dependência química, especialmente à cocaína, caracterizando uma iniciativa de inovação radical de cunho social. No que se refere à inovação farmacêutica incremental, pretende-se adotar, como parte das estratégias de definições temáticas dos esforços de pesquisa, o estudo de rotas de síntese de fármacos genéricos atuais ou futuros - de relevo para empresas do setor ou de interesse econômico para o SUS. A demanda originária de empresas farmoquímicas ou farmacêuticas, parceiras, motivadas por projetos de iniciativas governamentais ou não, contarão com a capacitação técnica e acadêmica-científica deste INCT-INOFAR, que analisará a melhor estratégia para viabilidade e exequibilidade temporal da proposta. Ademais, foi possível articular a aproximação de empresa farmoquímica parceira (Nortec Química) com a Diretoria de Metrologia da Saúde (DIMAV) do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) para a implantação de unidade química de escalonamento, em condições de garantia de boas práticas laboratoriais, em área física daquela instituição federal e com apoio do Ministério da Saúde, para dirimir um importante gargalo da cadeia de inovação farmacêutica no País, diagnosticado pelo INCT-INOFAR que será co-partícipe ativo nesta iniciativa. No ambiente da inovação incremental, o INCT-INOFAR estudará rotas de síntese de novos fármacos genéricos sem produção no País e aqueles com proteção patentária vencida ou a vencer, que representem relevantes oportunidades de negócios. Pretende-se ainda ampliar o foco de atuação para estudar a verticalização de rotas de síntese de intermediários de insumos farmacêuticos ativos (IFA) estratégicos e otimizar as rotas sintéticas estudadas em termos de seus eventuais impactos ambientais, em consonância com os princípios de química verde e sustentabilidade. Outrossim, as atividades de popularização e divulgação da ciência serão realizadas nos moldes do atual INCT-INOFAR, com a ampliação dos projetos de confecção de material didático sobre o uso racional de medicamentos e seu adequado descarte, e sua divulgação, de forma interativa, em colégios do ensino fundamental e médio, através de convênios de colaboração firmados com as Secretarias de Educação municipal e estadual, respectivamente, além da realização de seminários e palestras no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR), a fim de fomentar vocações científicas e contribuir para na formação de licenciados em Química, nesta região carente do país.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Elio Anthony Cino

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • agregação amiloidogênica da proteína supressora tumoral p53 como alvo para combater o câncer
  • O câncer é uma das maiores causas de morte no mundo. No Brasil, o câncer é a segunda principal causa de morte por doenças crônicas não transmissíveis. A proteína supressora de tumor p53 sofre mutação em mais de 50% dos casos. Tais mutações diminuem a estabilidade da p53 e promovem sua agregação em fibras amilóides, resultando em perda de função. Agregados de p53 têm a capacidade de se propagar e converter as moléculas da proteína corretamente enoveladas em agregados amiloidogênicos não funcionais. O comportamento se assemelha ao de príons. Recentemente, nossa equipe desenvolveu novas abordagens biofísicas (RMN e espectroscopia de fluorescência sob alta pressão) para modular a agregação de p53 e ferramentas computacionais (análise da proteção de pontes de hidrogênio e interações proteína-água) para identificar as bases moleculares da sua instabilidade e agregação [Silva, J.L., Cino, E.A., Soares, I.N., Ferreira, V., Oliveira, G.A.P. (2018) Targeting the Prion- Like Aggregation of Mutant p53 to Combat Cancer. Accounts of Chemical Research. 51: 181-190]. Nossa equipe aplicará essas abordagens aos seguintes objetivos: (1) Determinar os fatores que levam à instabilidade de p53 e seus mutantes carcinogênicos; (2) Desenho computacional de variantes de p53 com maior estabilidade e baixa tendência de agregar; (3) Avaliação da eficácia de curcumina e resveratrol (moléculas promissoras para o tratamento de doenças amilódes) no impedimento da agregação da p53 e/ou na desagregação de precursores de amilóide (oligômeros) e entender seus mecanismos de ação. Vários aspectos do projeto já estão sendo realizados com dados recentemente publicados. Os integrantes do projeto têm ampla experiência nas áreas de computação, bioquímica e biologia estrutural para o desenvolver de forma eficiente e eficaz. Com a experiência dos supervisores do projeto e nossa equipe de pesquisadores, teremos resultados relevantes para novas estratégias de combate ao câncer dentro dos prazos estabelecidos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elionai Cassiana de Lima Gomes

Ciências da Saúde

Farmácia
  • desenvolvimento de sistemas de liberação controlada de fármacos por meio da técnica de layer-by-layer para tratamento de doenças oculares
  • Diversas doenças oculares que levam à cegueira, como a retinopatia diabética e a uveíte, são doenças caracterizadas pela formação de vasos sanguíneos anormais. O tratamento dessas doenças é limitado, devido à dificuldade em transportar doses efetivas de fármaco diretamente no local de ação e aos inúmeros efeitos adversos observados nos pacientes. Assim, os sistemas de liberação controlada de fármacos apresentam-se como uma alternativa para contornar esses problemas no tratamento convencional. As vantagens desses sistemas são inúmeras e encontram-se extensamente descritas na literatura. Para o tratamento das doenças citadas, geralmente é utilizado, nos sistemas de liberação, um fármaco com atividade antiangiogênica (bevacizumabe), capaz de inibir a formação de novos vasos sanguíneos na retina. Porém, como essas doenças apresentam também sinais de inflamação, muitas vezes é necessária a administração intraocular de um anti-inflamatório, como a dexametazona. O desenvolvimento de sistemas capazes de liberarem dois ou mais fármacos concomitantemente no segmento posterior do olho é de extrema importância para aumentar o conforto e a adesão do paciente e também para diminuir os custos do tratamento. A técnica de Layer-by-Layer é uma técnica que permite o revestimento do sistema de liberação (composto por um fármaco e uma matriz polimérica) com várias camadas poliméricas, entre as quais pode-se incorporar um outro fármaco. A ausência do uso de solventes orgânicos durante o processo torna possível a sua utilização em sistemas que contenham fármacos peptídicos ou anticorpos monoclonais, como é o caso do bevacizumabe. Dessa forma, esse projeto visa contribuir para o avanço no tratamento das doenças que acometem o segmento posterior do olho, que hoje é tão limitado e atinge milhares de pacientes no Brasil e no mundo.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elionaldo Fernandes Julião

Ciências Humanas

Educação
  • trajetórias de vida e escolar de jovens em situação de risco e vulnerabilidade social acusados de cometimento de ato infracional
  • A presente proposta de pesquisa, fruto da parceria com o Ministério Público do Rio de Janeiro, objetiva compreender como os jovens acusados de cometimento de ato infracional estão vivenciando em suas práticas cotidianas e relações sócio-afetivas, situações violadoras e delituosas. Por meio da metodologia de auto-relato, a pesquisa visa compreender como os sujeitos jovens de grandes centros urbanos, neste caso da cidade do Rio de Janeiro, ouvidos pelos Promotores Públicos do estado do Rio de Janeiro nas oitivas informais, dialogam, a partir das suas experiências de vida e escolar, sobre questões diversas que ajudam a refletir sobre a vulnerabilidade de jovens a violência.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisa Donalisio Teixeira Mendes

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação do impacto da covid-19 em profissionais da saúde: categorias de exposiçao, risco de infecção e impáctos psicológicos
  • A alta transmissibilidade do vírus e a rápida evolução da pandemia de COVID-19 mostraram a fragilidade dos sistemas de saúde, inclusive em países desenvolvidos. Destacam-se a falta de leitos, respiradores e também falta de profissionais da área de saúde (PAS), qualificados para o enfrentamento da pandemia. Os PAS são extremamente vulneráveis à COVID-19, por sofrerem exposição de risco alta e contínua. O diagnóstico da infecção neste contexto é usualmente feito após início de sintomas, o que pode ser tardio, já que a transmissão no período de incubação e entre assintomáticos são uma realidade. Neste contexto, reconhecer o risco da exposição e identificar a presença de infecção ou de imunidade destes profissionais é relevante para o planejamento de estratégias de cuidado dos pacientes, além de evitar transmissão e surtos intra-hospitalares. A gestão de profissionais de saúde envolvidos na assistência é mais uma, dentre muitas lacunas científicas, do enfrentamento desta nova pandemia. É parte estratégica do processo de cuidado particularmente tratando-se de profissionais de saúde assintomáticos, oligossintomáticos ou em período de incubação, resultando em risco de transmissão viral tanto aos pacientes, quanto para outros profissionais de saúde. Identificar uma estratégia adequada para controle desta situação é essencial para que o gestor hospitalar e o setor de recursos humanos lidem com a situação de crise. Apresentamos uma estratégia de testagem seriada em profissionais de saúde, tanto molecular como imunológica, a ser realizada em um hospital de referência da pandemia. Para tanto, serão utilizados parâmetros de grau de exposição de risco, presença de anticorpos contra o vírus e eventual condição de PAS subclínicos, potenciais transmissores da doença. Será uma avaliação de como se comporta uma população assintomática e extremamente exposta no decorrer dessa pandemia. Os resultados podem oferecer parâmetros ao enfrentamento dessa doença em hospitais e serviços de saúde. Por outro lado, essa população vem sendo submetida à níveis elevadíssimos de estresse e pressão psicológica, com impacto grave na sua saúde mental e na qualidade do trabalho. Entender essa dinâmica estressora neste contexto, é importante para oferecer apoio e acolhimento precoces para esses profissionais, restringindo o impacto psicossocial da pandemia
  • Pontifícia Universidade Católica de Campinas - SP - Brasil
  • 16/07/2020-15/08/2022
Foto de perfil

Elisa Flávia Luiz Cardoso Bailão

Outra

Ciências Ambientais
  • avaliação do risco ecotoxicológico de mistura de filtros uv benzofenona-3 e nanopartículas de dióxido de titânio em poecilia reticulata
  • Os filtros solares contêm compostos orgânicos que absorvem raios ultravioleta (UV), por exemplo as benzofenonas (BZs), e/ou compostos inorgânicos que refletem a luz UV, como as nanopartículas (NPs) de TiO2 e de ZnO. Porém, uma das grandes questões da sociedade contemporânea é a geração e a disposição adequada de resíduos. Nos últimos anos, inúmeras pesquisas têm apontado a presença de componentes de filtros solares em diversas matrizes (água, solo, sedimentos e biota). Por esse motivo, as BZs e as NPs utilizadas em filtros solares são consideradas poluentes emergentes, não sendo comumente monitoradas e possuindo o potencial de entrar no ambiente e causar efeitos danosos tanto para a saúde humana, quanto para os organismos aquáticos. Adicionalmente, a coexistência de substâncias orgânicas tóxicas e NPs no ambiente influencia a biodisponibilidade e a toxicidade desses poluentes. Para o monitoramento dos poluentes emergentes é essencial a utilização de bioindicadores, espécies indicadoras de efeitos adversos de contaminação, como o peixe da espécie Poecilia reticulata (guppy). Resultados ainda não publicados do nosso grupo apontam que a BZ-3 é capaz de produzir efeitos genotóxicos em guppy evidenciados pelo aumento da frequência de anormalidades nucleares eritrocitárias e micronúcleos. Além disso, também foi constatado que BZ-3 induz dano hepático em guppy causando distúrbios circulatórios, inflamatórios e progressivos. Dessa forma, esses resultados apontam que a BZ-3 pode representar um risco para peixes de água doce em concentrações ambientalmente relevantes (10 - 1000 ng/l). Porém, o efeito da mistura BZ-3/ TiO2 NPs ainda não foi investigado no ambiente aquático. Nesse sentido, o objetivo deste projeto será avaliar os efeitos ecotoxicológicos agudos e crônicos da mistura BZ-3/ TiO2 NPs em concentrações ambientalmente relevantes, utilizando guppy como bioindicador. Inicialmente, a mistura BZ-3/ TiO2 NPs será caracterizada, por microscopia de força atômica, espectroscopia Raman, espalhamento de luz dinâmico e potencial Zeta. Posteriormente, espécimes de P. reticulata serão expostos a concentrações ambientalmente relevantes da mistura BZ-3/ TiO2 NPs e biomarcadores histopatológicos (fígado e brânquias), celulares (alterações nucleares eritrocitárias, micronúcleo e teste do cometa), moleculares (avaliação da expressão de genes associados ao estresse oxidativo) e bioquímicos (atividade de enzimas envolvidas com estresse oxidativo) serão avaliados. Com todas essas análises poderemos concluir qual(is) o(s) melhor(es) biomarcador(es) de P. reticulata para concentrações ambientalmente relevantes. Além disso, poderemos verificar se a mistura BZ-3/ TiO2 NPs potencializa a toxicidade de BZ-3. Este projeto visa também a formação de recursos humanos, com a inclusão de alunos de iniciação científica e de Pós-Graduação. E abre perspectivas para o biomonitoramento de áreas com alta concentração de filtros solares na água e para novas abordagens em ecotoxicologia com misturas complexas utilizando P. reticulata como bioindicador.
  • Universidade Estadual de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisa Mieko Suemitsu Higa

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação de micrornas em pacientes diabéticos tipo 2 suplementados com suco de açaí
  • Diabetes mellitus (DM) é uma das maiores causas de morte, relacionada com vários fatores genéticos e ambientais. O DM é uma doença crônica e inflamatória, caracterizada pela hiperglicemia, sendo classificado em DM1 e DM2 (secreção inadequada da insulina e resistência à ação deste hormônio, respectivamente), ambas prejudicam a função de vários órgãos, entre eles o rim, resultando na nefropatia diabética (ND). O açaí é uma fruta, originária da Amazônia, rica em nutrientes como lipídios, proteínas, fibras, vitaminas, minerais e não nutrientes (compostos fenólicos e não fenólicos) com ação antioxidante. Estudo recente realizado por nosso grupo mostrou que o açaí reduziu marcadores inflamatórios como iNOS, NF-kB e TNF-α em células mesangiais cultivadas em meio com alta glicose, sugerindo modulação inflamatória via sistema antioxidante Nrf2, nesse modelo de diabetes. Os microRNAs (miRNAs) são pequenos RNAs não codificantes, importantes na regulação e expressão gênica de proteínas, bem como modulam a resposta inflamatória e, assim contribuir para a patogênese do DM. O objetivo do projeto em tela é analisar o perfil de expressão de miRNAs plasmáticos em pacientes diabéticos suplementados com suco de açaí. Os pacientes com DM2 serão recrutados nos ambulatórios da UNIFESP, serão coletadas informações sobre dieta, dados antropométricos, composição corporal, amostras de sangue para análises de glicemia, insulina, ureia e creatinina e expressão de miRNAs no plasma (-21, -29a, -126, -146a e -155) pré e pós intervenção com suco de açaí, suplementado por 4 semanas consecutivas. Para significância estatística será considerado p<0,05.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisa Pinheiro Ferrari

Ciências da Saúde

Educação Física
  • percepção da imagem corporal em uma amostra populacional de crianças brasileiras: motivo para celebrar ou se preocupar?
  • Pesquisas de âmbito nacional têm revelado aumento nas prevalências de sobrepeso e obesidade em todos os estratos da população brasileira. Concomitante a isto, vem sendo amplamente divulgado os malefícios a saúde, tanto a curto quanto a longo prazo, decorrentes de um peso corporal elevado e que a adoção de um estilo de vida ativo e saudável é fundamental para reverter este quadro. No entanto, isto parece não ser o suficiente para promover mudanças de comportamentos. Estudos internacionais recentes apontam a subestimação do peso corporal como o principal fator da não adesão a comportamentos de perda de peso e que em crianças além da autopercepção subestimada, a subestimação relatada pelos pais acerca do peso dos próprios filhos é crucial para a manutenção do sobrepeso, uma vez que ao se perceber com um peso corporal adequado, crianças e jovens obesos não se sentem motivados a perder peso, justificando assim a não eficiência das intervenções voltadas a diminuição da obesidade infantil. No outro extremo, crianças e adolescentes que superestimam sua imagem corporal tendem a se engajar em comportamentos de perda de peso nocivos a saúde, desencadeantes de trantornos alimentares, como anorexia e bulimia. Pesquisas nacionais acerca da precisão da percepção da imagem corporal de crianças brasileiras não foram evidenciadas. Desta forma, o objetivo do presente estudo será verificar a concordância entre o peso real das crianças e a percepção do tamanho corporal (autorreferida e relatada pela mãe) e os fatores associados (variáveis sociodemográficas, raça, comportamentos de perda de peso e funções psicossociais e a satisfação com a imagem corporal de crianças brasileiras. Serão convidados a participar do estudo escolares do sexo masculino e feminino de sete a 10 anos de Brasília – DF e seus pais ou responsáveis. As variáveis avaliadas serão: insatisfação e percepação da imagem corporal avaliadas por meio do Software de Avaliação da Percepção Corporal, IMC, sintomas depressivos avaliados por meio do Inventário de Depressão Infantil e a autoestima por meio da escala de autoestima de Rosenberg, além de variáveis sociodemográficas (escolaridade do pai e da mãe e renda) e comportamentos referentes a perda de peso. Os dados serão analisados no programa estatístico SPSS – versão 20.0 (Statistical Package for Social Sciences), adotando-se nível de significância de 5%.
  • Universidade Católica de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisa Prestes Massena

Ciências Humanas

Educação
  • atividades de intervenção de ciências na costa do cacau: fortalecendo vínculos na relação universidade-escola
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 12/08/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Elisa Souza Orth

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • segurança química de pesticidas organofosforados: da destruição à detecção
  • A preocupação mundial com a segurança química tem crescido devido aos riscos iminentes envolvidos, destacando-se os agrotóxicos e as armas químicas. O uso abusivo e indiscriminado de agrotóxicos e ainda de algumas substâncias proibidas exige metodologias eficazes de eliminação de seus estoques proibidos e o seu monitoramento nos alimentos e meio ambiente. Tem-se procurado cada mais vez desenvolver novos catalisadores que possam ser utilizados para degradar e ainda monitorar esses compostos. Em resumo, o foco desse projeto é promover a degradação e ainda o monitoramento de agentes tóxicos como organofosforados, passando pelo estudo mecanístico, engenharia racional de materiais, reuso de lixo e finalmente em desenvolvimento de sensores. A presente proposta inclui estudos físico-químicos orgânicos, que visam avaliar reatividades e projetar catalisador com melhor desempenho. Depois, espera-se aliar essas funcionalidades “ideais” em matrizes mais complexas, como nanomateriais de carbono e materiais sustentáveis, como lixo. Esses materiais mais complexos serão aplicados na destruição de agentes tóxicos devido a sua fácil separação (e.g. pó, filme, propriedade magnética). Ainda, serão obtidos sensores baseados nesses materiais com objetivo de monitorar os organofosforados em alimentos e no meio ambiente. Espera-se obter avanços quanto à forma de destruir e monitorar esses agentes para que possam ser efetivamente aplicados em meio agrícolas, centros de distribuição e talvez pelos consumidores. Por fim, a proposta deverá fortalecer da área da catálise, nanomateriais e química sustentável, que deverá repercutir em sua inserção/ascensão em diversas áreas, que será permeada por uma crescente formação de recursos humanos em uma área de pesquisa de ponta e estratégica para o desenvolvimento científico do país.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisa Thome Sena

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • análise da variabilidade de longo prazo do ciclo de vida das nuvens e seus impactos na disponibilidade de energia solar e hídrica no brasil
  • Nas últimas décadas o Brasil tem passado por severas modificações ambientais, devido à expansão agrícola e pecuária, com fortes implicações para o ciclo hidrológico e energético. Este trabalho busca entender como alterações decorrentes do desflorestamento, das queimadas e do aquecimento global, modificam o ciclo de vida das nuvens e o balanço energético sobre o território brasileiro. Uma nova metodologia será utilizada para estimar o início e duração da estação chuvosa nas últimas décadas a partir de observações de nebulosidade por satélites geoestacionários. A grande vantagem deste método é que ele não utiliza medições de pluviômetros, que são bastante escassas na região. Investigaremos, ainda, qual é a contribuição de variações da temperatura da superfície do mar e do solo, associadas ao aumento dos gases de efeito estufa, para o desenvolvimento das nuvens. Estas questões são apontadas pelo WCRP (World Climate Research Programme) como alguns dos grandes desafios atuais no estudo de nuvens, circulação e sensibilidade climática. Análise estatística multivariada e modelos de transferência radiativa serão utilizados para nos auxiliar a identificar as contribuições de cada componente do sistema climático para os ciclos de convecção e radiação. Serão analisadas cerca de 30 anos de observações simultâneas, obtidas por diferentes plataformas, e dados de reanálise meteorológica, com o intuito de desvendar as complexas interações entre nuvens, superfície, aerossol, meteorologia e radiação. Esta será a primeira vez em que a associação entre variações no ciclo de vida de nuvens e mudanças no balanço radiativo será abordada a partir de medidas observacionais de longo prazo no Brasil. Os resultados obtidos neste projeto poderão ser utilizados para o aperfeiçoamento de modelos climáticos, contribuindo para o avanço da compreensão dos processos envolvidos na formação e desenvolvimento de nuvens em regiões tropicais. A compreensão dos fenômenos que dominam o regime hidrológico e suas possíveis alterações, face a um novo cenário climático é fundamental para mitigar seus efeitos, com o intuito de evitar crises hídricas, prejuízos para a agricultura e o agravamento do número de focos de incêndios florestais devido a uma mudança no regime de chuvas. Além de seu impacto no ciclo hidrológico, o estudo da variabilidade do ciclo de vida das nuvens é crucial para um levantamento da disponibilidade de energia solar, visando o aumento do uso de energias renováveis na matriz energética brasileira.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisa Yoshie Ichikawa

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • memórias de resistências: a gestão ordinária, o cotidiano e a territorialização das mulheres-lideranças em comunidades quilombolas no estado do paraná
  • Esta pesquisa propõe como objetivo geral desvelar, a partir das memórias de resistências das mulheres-lideranças em comunidades quilombolas do estado do Paraná, a gestão ordinária por meio das práticas cotidianas, e, por conseguinte, compreender o processo de territorialização destas mulheres neste território. Partimos do pressuposto ontológico e epistemológico serem os quilombos espaços de resistência cotidiana e preservação cultural. Neste sentido, uma pesquisa que contemple o cotidiano de resistências a partir da gestão ordinária das práticas cotidianas das mulheres-lideranças quilombolas no estado do Paraná permitirá dar visibilidade a um processo dinâmico de estruturação sociais das comunidades quilombolas paranaenses, majoritariamente camponesas, no qual houve um deslocamento do papel da mulher nessas lutas por reconhecimento: do ambiente e das responsabilidades eminentemente domésticas aos espaços de liderança. Desta forma, a pesquisa a ser realizada apresenta um cunho essencialmente qualitativo tendo a História Oral como principal fonte de coleta de dados. Portanto, pactuamos que a pesquisa a ser realizada, vai problematizar a relevância das histórias de vida como forma de evidenciar o protagonismo dentro das próprias comunidades quilombolas na tentativa de evidenciar o fortalecimento destas mulheres perante a sociedade. Ou seja, pretende-se dar visibilidade a trajetória de mulheres-lideres que sempre foram sobrepujadas por um exclusivismo político, econômico e social masculino no qual a produção histórica acerca de personalidades femininas era voltada às mulheres da realeza ou as mulheres das elites, pensadas sob uma ótica masculina.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Elisabete Lourdes do Nascimento

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • caracterização e vulnerabilidade do manancial subterrâneo do município ji-paraná, rondônia: visando a elaboração de alternativa de enquadramento das águas subterrâneas
  • A crise hídrica é uma realidade que atinge vários países pelo mundo, diversos estudos alertam para a redução dos recursos hídricos e o aumento da demanda de água para consumo humano. Nesse contexto as água subterrânea se apresenta com função estratégica em diversos setores. O presente projeto tem como objetivo a caracterização e vulnerabilidade do manancial subterrâneo, e elaboração de proposta de alternativa de enquadramento das águas subterrâneas utilizada no município de Ji-Paraná, Rondônia. Para tanto serão selecionadas poços pelo sistema SIAGAS, bem como, residências que utilizam poços para captação de água para o consumo humano, em Ji-Paraná nos dois distritos. Serão realizadas 2 coletas, em períodos hidrológicos distintos (seca e chuva), onde serão selecionados na área urbana de 15 a 20 poços em cada distrito. No momento da coleta serão demarcadas as coordenadas geográficas dos poços e fossas com GPS, bem como as cotas dos mesmos. Serão determinadas as distâncias entre poços e fossas, e o nível de água do poço com uso de trena. Serão observadas características dos poços (presença/condições do revestimento e da tampa). A coleta da água será realizada utilizando um coletor para água subterrânea (diretamente do poço), utilizando garrafas de água mineral (500mL), lacradas abertas no momento da coleta, e a garrafa “rinsada” com a água do ponto de coleta, posteriormente serão acondicionadas em caixas isotérmicas refrigeradas até o momento da análise, no Laboratório serãorealizadas análises de coliformes totais e Escherichia coli pelo o método de membrana filtrante em meio cromogênico, descritos em (APHA, 2012). As variáveis físico-químicas, condutividade elétrica, temperatura e pH serão determinadas in locu por meio de sondas específicas para cada parâmetro. As análises de turbidez serão realizadas no laboratório com turbidímetro de bancada. O oxigênio dissolvido será determinado pelo método titulométrico de Winkler descrito em Golterman (1978). A análise de sólidos totais dissolvidos será realizada conforme descrito em APHA (2012). A alcalinidade total obtida por titulação potenciométrica segundo APHA, (2012). As análises dos nutrientes, nitrato (NO3-), nitrito (NO2-), amônia (NH3+NH4+), ortofosfato (PO4-3) e fósforo total (P-total) serão realizados pelo método espectrofotométrico (APHA, 2012). Para as análises dos nutrientes dissolvidos (nitrato, nitrito, amônia, ortofosfato) utilizar-se-á amostras filtradas, e para fósforo total, será utilizado amostra bruta. As concentrações dos cátions, sódio (Na+), amônio (NH4+) potássio (K+), magnésio (Mg2+) e cálcio (Ca2+) e dos ânions, fluoreto (F-), cloreto (Cl-), sulfato (SO42-) serão determinadas por cromatografia iônica. Para as analises de metais: alumínio (Al), arsênio (As), cádmio (Cd), cromo (Cr), manganês (Mn), chumbo (Pb), zinco (Zn), Bário (Ba), cobalto (Co), cobre (Cr), prata (Ag), berílio (Be), molibdênio (Mo), antimônio (Sb), estanho (Sn), estrôncio (Sn), vanádio (V), níquel (Ni), as amostras serão acidificadas com 2mL de ácido clorídrico na fração total, e para a fração dissolvida após filtração (filtros 0,45μm porosidade). A quantificação dos elementos será obtida através da técnica de ICP-OS (Espectrômetro de Emissão Óptica com Plasma Acoplado Indutivamente, Perkim Elmer). Para verificar a formação de padrões temporais dos parâmetros analisados e das características hidrossanitárias nos períodos em estudo, será utilizado a Análise dos Componentes Principais (ACP), via matriz de correlação. Para determinação do fluxo subterrâneo serão obtidas as coordenadas geográficas e a superfície piezométrica (relação entre altimetria do poço e o nível estático da água) utilizando GPS, e, a partir do programa Surfer 8.0, serão gerados os mapas de direção de fluxo subterrâneo, serão obtidas as cotas altimétricas de possíveis pontos de contaminação (cemitérios, postos de combustíveis, lixões). A vulnerabilidade à contaminação pelo método GOD (FOSTER et al., 2006), será obtida a partir do levantamento dos parâmetros: Grau de confinamento hidráulico (G), Ocorrência litológica (O) e a Distância do nível da água (D), os mapas serão confeccionados por meio do programa SURFER, 8.0. Por fim pretende-se realizar o enquadramento das águas subterrâneas em classes conforme o que se estabelece na Resolução CONAMA n° 396 de 2008.
  • Universidade Federal de Rondônia - RO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisabete Maria Macedo Viegas

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • avaliação de inconsciência, por meio de eletroencefalografia (eeg), no processo de insensibilização para abate humanitário de tilápia do nilo
  • A preocupação com o bem-estar dos animais bem incrementando recentemente na sociedade Ocidental. Neste sentido, considerar e melhorar as práticas na Aquicultura para cumprir com novas exigências resulta em um desafio. Recentemente a World Organization for Animal Health - OIE, por meio do Código de Animais Aquáticos, recomendou inserir práticas de bem-estar no transporte e abate de peixes destinados ao consumo humano. No entanto, os métodos tradicionais de abate de peixes no Brasil não são considerados humanitários. Por exemplo, a imersão no gelo ou na água gelada é conhecida com um método que causa um alto sofrimento, pois não provoca uma perda imediata da sensibilidade à dor e os peixes apresentam um comportamento aversivo quanto entram em contato com a mistura. A eficiência da insensibilização pode ser avaliada por indicadores comportamentais, ou pela mensuração de atividade elétrica no encéfalo, eletroencefalografia – EEG. O registro de EEG considera-se a metodologia de eleição devido a que permite uma avaliação precisa do inicio e duração da inconsciência. Nosso objetivo é aplicar a técnica de EEG para avaliar o início e duração da inconsciência em tilápias do Nilo submetidas a diferentes métodos de insensibilização que possam cumprir com novas exigências de bem-estar animal em peixes. Tilápias do Nilo com peso de abate aproximando de 700 g serão utilizadas em 3 experimentos propostos. Prévio aos experimentos, 10 tilápias abatidas por eutanásia serão dissecadas anatomicamente para avaliar os pontos de inserção dos eletrodos para o registro do EEG, assim como o ponto de entrada e angulação da pistola de perno cativo perfurante. Dois tubos de 20 cm unidos a uma placa de plástico servirão como estrutura de restrição. A estrutura servirá de apoio para restringir o peixe com bandas de plástico ajustáveis de acordo com o tamanho do mesmo. Para colocar os eletrodos, lidocaína será utilizada como anestésico local (xilocaína 10% spray) no local acesso dos eletrodos. Dois eletrodos em forma de agulha serão colocados lateralmente ao encéfalo e o eletrodo terra será colocado caudal à nadadeira dorsal de forma subcutânea. Os registros EEG serão analisados utilizando o software Labchart. As variáveis de análise espectral serão determinadas, assim como o inicio, duração e finalização da inconsciência. No Exp. 1, a pistola de perno cativo perfurante será utilizada como método de insensibilização/abate, sendo avaliada a eficiência da insensibilização por EEG, assim como a análise comportamental dos mesmos. No Exp. 2, o uso de óleos anestésicos como anestésicos será avaliado, analisando a indução e duração da inconsciência. De acordo com os resultados do Exp 2, será selecionado um óleos para ser utilizado no processo pré-abate incluindo a sangria, avaliando a efetividade do procedimento na indução e manutenção da inconsciência por EEG, adicionalmente, peixes sem restrição serão avaliados para observar indicadores comportamentais.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisabete Pereira dos Santos

Ciências da Saúde

Farmácia
  • óleo resina de copaifera langsdorffii desf. e copaifera multijuga hayne para o tratamento tópico de feridas: desenvolvimento tecnológico e avaliação de eficácia e segurança.
  • O projeto pretende desenvolver uma formulação semissólida sob a forma de gel, empregando o polímero carboxipolimetileno. Além disso, pretende-se desenvolver dois sistemas nanoestruturados, um sistema auto-emulsionante de liberação de fármacos (SEDDS) e uma membrana eletrofiadas, a partir de nanofibras de poli(ácido lático) (PLA) e poli(álcool vinílico) (PVAL), contendo óleo resina de copaíba, para ser utilizada no tratamento tópico de feridas, com ação cicatrizante e antiinflamatória.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 02/01/2019-31/01/2022
Foto de perfil

Elisabete Stradiotto Siqueira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • agricultura familiar e estruturas de governança: uma análise da cadeia da apicultura nos territótios do estado do rio grande do norte (rn).
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal Rural do Semi-Árido - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Elisabeth Ritter

Engenharias

Engenharia Civil
  • a influência da salinidade na contaminação e na remediação de solos contaminados por petróleo bruto
  • O Brasil é um dos produtores de petróleo do mundo, sendo explorado tanto em terra (onshore), quanto em mar (offshore). Apesar da maior produção das reservas offshore, existe atualmente 192 blocos exploratórios onshore sob concessão no Brasil, dos quais 75% se encontram na Região Nordeste. De acordo com a Agencia Nacional de Petróleo (ANP), em 2016, a produção de petróleo e gás natural terrestre atingiu o patamar de 300 mil barris de óleo por dia. O petróleo bruto é uma mistura complexa composta principalmente por n-alcanos, hidrocarbonetos aromáticos, asfaltenos, resinas, compostos não hidrocarbonetos, como frações polares com heteroátomos de nitrogênio, enxofre e oxigênio, água de formação e impurezas. Embora seja sem dúvida o recurso mais importante da história moderna, a contaminação do solo por petróleo tornou-se uma questão crítica. A exploração onshore não é diferente e tem como padrão a utilização de grandes áreas para prospecção de petróleo bruto. São diversas as fontes de contaminação do solo onshore: os eventuais vazamentos de tanques, problemas nos poços de produção e rompimento de dutos que transportam petróleo (pós-processamento primário), água produzida e/ou o óleo bruto (composto pela emulsão de água produzida e petróleo antes do processamento primário). Considerando os solos tropicais brasileiros que costumam apresentar um alto teor de argilominerais, a remediação destas áreas apresenta-se como um grande desafio. Este tipo de solo dificulta o processo de biodegradação, principalmente pela interação dos hidrocarbonetos (HC) com as partículas de argila. A água produzida é o principal subproduto da indústria de exploração e produção, podendo compor de 50% a quase 100% do petróleo bruto que é extraído do reservatório. A quantidade de água produzida associada aos hidrocarbonetos varia de formação para formação e de poço para poço, podendo apresentar volumes dez vezes superior ao volume de óleo extraído. A composição da água de produção é variável e depende do tipo de reservatório e da maturidade do mesmo, mas em geral apresenta óleos dissolvidos, produtos químicos, sólidos, gases dissolvidos, metais e um alto teor de sais dissolvidos que podem variar de 28 a 300g/L, sendo, em média, três a quatro vezes superiores aos normalmente existentes na água do mar (35g/L). Devido às condições existentes durante a formação e migração do petróleo, do longo tempo de confinamento, das operações de produção e das consequentes agitações que o produto é submetido, essa água de formação forma uma emulsão junto ao óleo e ao gás que podemos denominar de "óleo bruto". Emulsões são gotículas dispersas de um líquido dentro de outro, as quais podem ser facilmente ou dificilmente “quebradas” em razão das propriedades do óleo, da água e dos seus percentuais. O estudo do solo contaminado por óleo bruto (Emulsão óleo-água-gás) é essencial para o combate da poluição causada pela indústria de petróleo e gás. Para tanto, faz-se necessário o estudo desta contaminação nos mais diferentes tipos de solo, principalmente àqueles com altos teores de argila que são característicos nas regiões de clima tropicais e que possuem um número de estudos reduzidos quando comparados com os demais tipos de solos mais comumente encontrados em regiões de clima temperado. Outro ponto importante é a influencia da salinidade no comportamento da contaminação. Estudos realizados para disposição de resíduos em solo apontam que a salinidade influencia no comportamento de íons e cátions em solos argilosos contaminados por efluentes orgânicos (lixiviado/chorume). Detalhar o comportamento dos hidrocarbonetos para uma variedade de concentração de sais pode vir a auxiliar na escolha de tratamentos mais adequados para cada caso. Uma revisão bibliográfica (systematic review) efetuada indicou que apesar de existirem diversos trabalhos considerando o óleo cru (pós processamento primário) não existem muitos trabalhos considerando o óleo bruto (emulsão de petróleo mais água produzida). Em relação à salinidade observou-se que a maioria dos estudos considera o solo salino, mas nesta revisão não foram encontrados estudos considerando a salinidade proveniente da emulsão. Dessa forma, o setor petrolífero necessita solucionar a questão de áreas contaminadas por petróleo bruto em solos argilosos com o alto grau de salinidade decorrente do processo de exploração de petróleo. Nesse contexto, são necessários cada vez mais estudos que se debrucem sobre o tema de áreas contaminadas por petróleo e tragam clareza para a interação petróleo-solo e para os processos envolvidos na remediação destas áreas. Neste contexto, o objetivo desta pesquisa é compreender o papel da salinidade na contaminação do solo por petróleo bruto e avaliar as tecnologias de remediação para o tratamento do mesmo. Serão utilizados solos de área de exploração onshore, em Sergipe e emulsões de petróleo bruto. Serão realizados ensaios em laboratório para avaliação da interação/ sorção de solo-emulsão de petróleo em diferentes teores de salinidade e ensaios de coluna. Posteriormente serão realizados testes de remediação em laboratório para proposição de alternativas para o tratamento. Serão avaliadas as seguintes tecnologias: o uso de microespumas de surfactantes (foams) e de nanoremediação com a utilização de nanocompósitos magnéticos de Quitosana.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisabetta Gioconda Iole Giovanna Recine

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • avaliação e monitoramento das políticas públicas para prevenção e controle da obesidade no brasil
  • A obesidade e as doenças crônicas não transmissíveis são as principais causas de morte e incapacidade na atualidade. O Brasil apresenta altas prevalências de obesidade, que vem aumentando anualmente. Dietas não saudáveis e consumo excessivo de calorias são fatores modificáveis que contribuem de maneira importante para o aumento desse agravo. Atualmente, os ambientes alimentares, aqui conceituados como ambientes coletivo, físico, econômico, político e sociocultural, bem como oportunidades e condições que influenciam as escolhas alimentares e de bebidas e o estado nutricional das pessoas, são caracterizados pela presença de produtos alimentícios de alta densidade energética, frequentemente pobres em nutrientes e facilmente acessíveis, com altos níveis de gordura, açúcares e sal. Esses ambientes induzem dietas pouco saudáveis e consumo excessivo de calorias, e são conformados por políticas públicas, indústria alimentar e modos de vida contemporâneos. A Organização Mundial da Saúde recomenda que os ambientes alimentares sejam monitorados e que também sejam avaliados o impacto de suas características, para que medidas baseadas em evidências sejam tomadas para reduzir os índices de obesidade. Políticas públicas efetivas são essenciais para aumentar a salubridade dos ambientes alimentares e reduzir os altos índices de obesidade, de Doenças Crônicas Não Transmissíveis relacionadas à dieta e iniquidades em saúde. A implementação de políticas e ações preventivas para reduzir a magnitude do fardo que as dietas não saudáveis estão gerando no Brasil é uma responsabilidade do governo nacional. Assim, este projeto propõe implementar um processo de monitoramento para avaliar as políticas e ações governamentais nacionais para a promoção de ambientes alimentares saudáveis. A metodologia do estudo será baseada numa abordagem utilizando-se métodos mistos, incluindo a coleta e a análise de dados qualitativos e quantitativos. A avaliação das políticas públicas será realizada utilizando o protocolo proposto pela Rede INFORMAS (International Network for Food and Obesity/Non-communicable Diseases Research, Monitoring and Action Support) composta por análise documental, validação com gestores públicos, avaliação por especialistas, comparação com as melhores práticas globais e elaboração de relatório com recomendações para os gestores nacionais. Espera-se que os resultados deste projeto gerem subsídios para a melhoria das políticas nacionais focadas na promoção de ambientes alimentares saudáveis e na prevenção da obesidade.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisângela Nogueira Teixeira

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • acesso lexical em indivíduos com sinestesia grafema-cor
  • Este projeto visa investigar a condição perceptiva conhecida como sinestesia grafema-cor. A sinestesia é uma condição percetual que mistura os sentidos humanos. Primeiro, propomos identificar um pequeno grupo de sinestésicos brasileiros. Vamos coletar dados de 1500 estudantes de graduação. Também vamos adaptar a bateria padronizada desenvolvida por Eagleman et al. (2007) para o Português Brasileiro para testar sinestetas brasileiros. Nossa bateria de questionários estará on-line o mais breve possível, em um site de acesso aberto. Nosso principal objetivo é investigar diferentes modelos de acesso lexical, trazendo evidências dessa população.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elisete Schwade

Ciências Humanas

Antropologia
  • antropologia, políticas publicas e movimentos sociais: gênero e sexualidade em processos educativos formais e informais
  • A proposta de pesquisa tem como objetivo principal mapear os modos pelos quais as questões de gênero e sexualidade vêm sendo definidas e incorporadas em diferentes processos de formação, em práticas educativas em escolas públicas e também em movimentos sociais. Trata-se de uma investigação que considera trajetórias de pesquisas com organizações coletivas, principalmente o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem terra- MST, onde as questões de gênero e educação estão presentes como parte da construção da participação nesse movimento. E, tendo em vista a atuação em diferentes contextos de formação de professores, pretende-se aprofundar também os sentidos da participação desses na incorporação das temáticas de gênero e sexualidade. O projeto, portanto, tem como objetivo aprofundar teoricamente as questões relacionadas à incorporação dos aprendizados de gênero e sexualidade em práticas educativas, nas escolas e também na formação em movimentos sociais. Tendo em vista o aprofundamento de questões teóricas e do uso da etnografia para continuidade das investigações sobre antropologia, gênero e sexualidade, a presente proposta amplia possibilidades de estabelecer comparações, com previsão de realização de pesquisas empíricas em diferentes contextos: interior/capital, por meio do levantamento das questões relacionadas a gênero e sexualidade em contextos escolares e movimentos sociais em Natal e também no interior do RN; Pesquisa empírica no Projeto Transpassando, em Fortaleza/CE; Pesquisa empírica e bibliográfica na Espanha, envolvendo projetos identificados por meio de contatos já estabelecidos com pesquisadores na Universidad Complutense de Madrid.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eliseu Verly Junior

Ciências da Saúde

Nutrição
  • alimentação adequada e risco de exposição a resíduos de agrotóxicos na população brasileira
  • Modificações na alimentação brasileira necessárias para cumprir com os principais indicadores de adequação nutricional incluem aumento da ingestão de frutas, hortaliças e feijão. Contudo, como são alimentos cuja cultura utiliza agrotóxicos, não se sabe o quanto uma alimentação adequada é consistente com o baixo risco de exposição a seus resíduos potencialmente presentes nos alimentos. Esta questão pode ser respondida por meio de otimização de dados, que permite encontrar a melhor solução matemática para um problema (maior quantidade de nutrientes ao menor risco de exposição, por exemplo) a partir de dados de consumo da própria população. Esta avaliação é especialmente importante em crianças, já que consomem maior quantidade de alimentos em relação ao seu peso comparadas aos adultos. Assim, a principal questão de estudo é verificar a relação entre alimentação nutricionalmente adequada e risco de exposição a resíduos de agrotóxicos, o que permite avaliar a viabilidade de uma deita adequada, segura, acessível e culturalmente aceitável para população brasileira. A modelagem da dieta será feita por programação linear, cuja função objetivo será criada de acordo com os objetivos específicos do projeto. Os principais parâmetros a serem impostos aos modelos serão: consumo de alimentos, que serão baseadas no Inquérito Nacional de Alimentação; preços dos alimentos, que serão extraídos da caderneta de despesas da Pesquisa de Orçamentos Familiares; indicadores de adequação da dieta, e resíduos de agrotóxicos nos alimentos, que serão obtidos a partir do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA-Anvisa). Especificamente para crianças, em que não há até o momento dados nacionais de ingestão dietética disponíveis, a alimentação adequada será obtida por estudo de simulação considerando as recomendações para alimentação infantil e utilizando parâmetros a partir de estudos de menor abrangência.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elissandra Barros

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • qual(is) língua(s) você fala?: identificação da diversidade linguística nas terras indígenas do oiapoque
  • Este projeto visa identificar a diversidade linguística das Terras Indígenas do Oiapoque, onde vivem os povos Galibi-Marworno, Galibi-Kalinã, Karipuna e Palikur-Arukwayene, falantes das línguas kheuól, parikwaki e português. As etapas e passos realizados nesse projeto seguem, em grande parte, as orientações do “Inventário Nacional da Diversidade Linguística” organizado pelo IPHAN, mas também exploram aspectos como usos da língua, domínios linguísticos, status de preservação/ameaça da língua, alfabetização, leitura e escrita, além do etnomapeamento das aldeias. Nosso objetivo é conhecer a diversidade linguística regional, identificando as línguas faladas nas aldeias do Oiapoque, o número de falantes dessas línguas e sua proficiência em cada uma delas e construir um banco de dados que possa subsidiar a elaboração de políticas linguísticas eficientes para o ensino do parikwaki, kheuól e/ou português nas aldeias do Oiapoque, conforme as necessidades e especificidades das comunidades estudadas.
  • Universidade Federal do Amapá - AP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eliton Souto de Medeiros

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • produção de nanofibras de biopolímeros pela técnica de solution blow spinning para sistemas de liberação controlada de fitoterápicos
  • A técnica de Solution Blow Spinning (SBS) ou fiação por sopro em solução tem se destacado com um dos métodos de obtenção de micro e nanofibras de polímeros. Através do controle das variáveis de trabalho e de processo, é possível produzir mantas micro e nanofibrosas de polímeros semelhantes às eletrofiadas, porém com a vantagem de não usar tensão elétrica e ser de maior produtividade que aquela técnica. Neste projeto, pretende-se dar continuidade ao desenvolvimento dessas micro e nanofibras tanto pelo seu aperfeiçoamento da técnica de SBS, através do estudo dos parâmetros de processo para o melhor controle das estruturas, quanto, principalmente, através de estudos de sistemas de liberação controlada de fitoterápicos e seus princípios ativos. Para tanto, micro e nanofibras de polímeros biodegradáveis como policaprolactona (PCL) e poli(ácido lático), PLA, e poli(etileno glicol), PEG, serão produzidas por SBS, variando-se os parâmetros de processo para estudar os possíveis efeitos de tais variáveis nas estruturas formadas. Paralelamente, serão feitos estudos da incorporação e liberação controlada de óleo de melaleuca (Melaleuca alternifólia), canela (Cinnamomum zeylanicum) e melão-de-São-Caetano (Momordica charantia) que são substâncias com reconhecida atividade antimicrobiana e anticâncer, entre outras aplicações. As micro e nanofibras serão caracterizadas por microscopia eletrônica de varredura (MEV), para determinação do tamanho e diâmetro bem como sua uniformidade (dispersão); por difração de raios x (DRX), para determinação de sua estrutura cristalina (estrutura essa que pode afetar, por exemplo, a biodegradação e o mecanismo de liberação); por calorimetria exploratória diferencial (DSC) e termogravimetria (TG), para avaliar possíveis mudanças estruturais devido à incorporação de agentes antimicrobianos/princípios ativos; por espectroscopia no ultravioleta-visível (UV-Vis), para estudos de liberação controlada e por Espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier (FTIR), para estudos de interação polímero-agente antimicrobiano.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eliza Bartolozzi Ferreira

Ciências Humanas

Educação
  • políticas para o ensino médio no espírito santo: modelos de oferta, condições estruturais e ação pública
  • O projeto de pesquisa que submeto a este Edital Universal objetiva dar continuidade à trajetória de minhas pesquisas sobre políticas educacionais e o ensino médio no Espírito Santo, especificamente na rede pública estadual e federal. O objetivo principal é mapear a oferta do ensino médio no estado nos seguintes aspectos: oferta, demanda, evasão, condições estruturais da oferta pelas instituições de ensino, modelos de oferta, modelos de currículo, formação e situação funcional dos trabalhadores docentes, resultados dos índices de avaliação em larga escala. A partir desse mapeamento, as análises dos dados serão desenvolvidas de forma interrelacional com o objetivo de compreender a perfomance de políticas educacionais de crivo nacional em um ente federativo e, além disso, avaliar como se constitui a política educacional para o ensino médio em um estado no contexto do federalismo brasileiro. Tendo em vista a atual mudança na organização do ensino médio pela Lei n. 13.415/2017, este projeto também se propõe a descrever e analisar os processos de construção da regulamentação e da concretização do novo ensino médio. Nossas questões de pesquisa são: 1) como está sendo ofertado o ensino médio pela rede estadual e federal no Espírito Santo? 2) quais os documentos normativos que orientam o ensino médio no estado? 3) como está ocorrendo a implantação do novo ensino médio? 4) quem participa dessa implementação? 5) que relações podemos estabelecer entre os índices das avaliações em larga escala com as condições gerais de oferta do ensino médio? 6) é possível comparar as condições de trabalho dos professores entre os diversos modelos de oferta do ensino médio? 7) o que significa uma política educacional para o ensino médio brasileiro? 8) como se dá a dinâmica política de oferta do ensino médio no contexto do federalismo brasileiro? Nosso pressuposto teórico-metodológico é de que as políticas, quando em execução pelos entes da federação (e suas escolas), são traduzidas de variadas formas. Ou seja, há formas específicas de interpretação da política pelos atores da instituição educacional baseadas na cultura escolar existente. Há também interpretações diferenciadas dos sistemas educativos em face a uma política educacional elaborada pela União, pois a dinâmica política, econômica e cultural de cada estado interfere na tradução e implantação de uma determinada política pública. Esse fato leva a crer que é grande a probabilidade de que as políticas não sejam executadas na sua integralidade ou até mesmo podem assumir outras características diferentes da sua formulação. Desse modo, o novo ensino médio tem possibilidades de ser implantado de acordo com os instrumentos normativos, mas também poderá assumir novos e diferentes aspectos, pois entendemos que temos atores com interesses, experiências, capacidade crítica e autônoma atuando em seus territórios. Esta pesquisa considera importante conhecer a dinâmica de implantação de um programa nacional em uma rede estadual, de modo a identificar suas performances. Ademais, considera fundamental mapear o ensino médio no Espírito Santo a partir de procedimentos metodológicos qualitativos e quantitativos, tais como: analisar os dados produzidos pela Prova Brasil sobre as condições de oferta do ensino médio; analisar os documentos produzidos pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e Secretaria de Estado da Educação do Espírito Santo (SEDU) para conhecer a rede estadual; analisar os dados produzidos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFES) para mapear sua oferta do ensino médio; analisar os instrumentos normativos em nível estadual e federal que orientam a organização do ensino médio; aplicar entrevistas semi-estruturadas com gestores da rede estadual de ensino e da rede federal. A quantidade de entrevistas e as escolhas dos gestores serão definidas no processo de desenvolvimento da pesquisa após a realização da análise dos documentos. Para a inserção nesse campo de pesquisa será adotado um quadro teórico-metodológico da ciência política, principalmente anglo-saxão e francês, conhecido como Sociologia da Ação Pública.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eliza Maria Xavier Freire

Outra

Ciências Ambientais
  • lagartos ameaçados da mata atlântica nordestina: monitoramento populacional e estudos filogenéticos com espécies contempladas por plano de ação nacional (pan/icmbio) para subsidiar ações de conservação
  • A Mata Atlântica brasileira é um dos hotspots em biodiversidade mais ameaçados do mundo, apesar de abrigar grande riqueza e endemismos de espécies; seus remanescentes correspondem a 15% da área original, a maioria situados no sudeste do Brasil. Na região nordeste, o cenário do que restou da Mata Atlântica é crítico; pequenas ilhas de vegetação nativa são circundadas por plantações de cana-de-açúcar e pecuária. Apesar deste cenário, novas espécies de anfíbios e répteis ainda vêm sendo descritas, demonstrando o pouco conhecimento sobre a herpetofauna, mas a maioria das espécies recém descobertas está ameaçada. No Plano de Ação Nacional (PAN) Herpetofauna ameaçada da Mata Atlântica nordestina estão contempladas 77 espécies de répteis e anfíbios, sendo 25 espécies-alvo (ameaçadas de extinção conforme a Lista Oficial Brasileira de 2014) e 52 beneficiadas, que tenham ocorrência no recorte geográfico deste PAN, para as quais são prementes ações de Conservação. Nesse contexto, este Projeto visa monitorar populações e realizar estudos filogenéticos em espécies de lagartos ameaçadas de extinção e/ou endêmicas da região setentrional da Mata Atlântica, com o fito de subsidiar ações de conservação previstas pelo PAN Mata Atlântica nordestina. Uma espécie alvo, Coleodactylus natalensis, endêmica de remanescentes florestais do Rio Grande do Norte, terá suas populações monitoradas quanto ao tamanho e densidade populacional em cinco áreas protegidas; estudos moleculares/filogenéticos desta espécie também serão efetuados. Quatro espécies beneficiadas também terão suas populações monitoradas em suas áreas restritas de ocorrências; estudos moleculares/filogenéticos definirão pelo menos três novas espécies, já sob ameaça. Este projeto, portanto, é imprescindível para implementação de ações de Conservação previstas no PAN Herpetofauna ameaçada da Mata Atlântica Nordestina, inclusive com participação de comunidades locais, promovendo assim conservação, perpetuação deste rico patrimônio genético e popularização da ciência.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elizabeth Maria Freire de Araujo Lima

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • deslocamentos sensíveis: inscrições públicas dos modos de existência de projetos coletivos na interface arte e saúde na cidade de são paulo.
  • Num território de interface entre as artes, a saúde e a cultura o Laboratório de Estudos e Pesquisa Arte, Corpo e Terapia Ocupacional da Faculdade de Medicina da USP, através de seu programa didático-assistencial PACTO (Programa Composições Artísticas e Terapia Ocupacional), tem constituído uma proposta de formação de terapeutas ocupacionais que articula práticas de sensibilização e experimentações em artes com ações interdisciplinares de construção de redes e cooperação com o território, acompanhadas de estudos que abordam a clínica e a produção de subjetividade numa perspectiva ético-estético-política. Essa formação implica a participação desses profissionais na produção e desenvolvimento de práticas de intervenção social que proponham soluções criativas e participativas para a população atendida – em sua maioria marcada por experiências com deficiências, sofrimento psíquico e outras situações de ruptura das redes sociais e de suporte. Esta perspectiva, que não dissocia a experiência estética dos processos formativos e clínicos, favorece o acesso dessas populações a serviços e equipamentos de arte e cultura, bem como instaura processos de produção de subjetividade que dão lugar a novos modos de existir que transversalizam-se e criam um corpo comum. Possibilitar que a singularidade daquilo que é produzido nesses contextos – patrimônios materiais e imateriais dos grupos e, de forma mais ampla, do campo das ações na interface arte, saúde e cultura – seja compartilhado e possa incidir em outros territórios, sem que esta divulgação fira os modos de existir desses grupos, é o desafio e o problema que esta pesquisa busca enfrentar. Sendo assim, o presente projeto pretende instaurar e acompanhar um processo de criação e fortalecimento de redes e de invenção de dispositivos coletivos - articulados ao ensino e extensão universitária - que possam registrar e tornar visíveis os modos de existir e de engendrar formas coletivas experimentados nos projetos vinculados ao PACTO. Para tanto será construído um conjunto de ações suplementares relacionadas à produção e divulgação de registros sensíveis dos encontros e trocas entre os projetos coletivos parceiros do PACTO, suas equipes e participantes. Esses materiais serão tratados por processos curatoriais para serem disponibilizados numa plataforma digital e em encontros e mostras de cunho artístico-cultural, que permitam compartilhamentos presenciais. Entende-se que tornar público este modo de trabalho e as produções dali decorrentes favorece a criação de pistas para a multiplicação de metodologias de resistência e enfrentamento de processos de institucionalização, hegemonização dos modos de fazer, e padronização que insistem nas especialidades e rejeitam a dimensão múltipla e paradoxal no tratamento à vida – o que incide, simultaneamente, num aprimoramento das tecnologias de cuidado e das estratégias de formação profissional no campo de interface. Acompanhar esse processo de fortalecimento de redes e invenção de dispositivos de registro e publicização cria condições para a pesquisa de metodologias de ensino e de tecnologias socioculturais.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elizabeth Pacheco Batista Fontes

Tecnologias

Desenvolvimento Tecnológico e Industrial
  • edição de genoma por crispr/cas e manipulação de genes de imunidade para resistência contra begomoviruses
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 29/11/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Elizabeth Pacheco Batista Fontes

Ciências Biológicas

Genética
  • rede de interações begomovirus-hospedeiro: sinalizando para doença ou resistência
  • Plantas e animais detectam assinaturas moleculares conservadas de micróbios através de sensores imunes estruturalmente conservados e ativam respostas imunes convergentes para defenderem-se de infecções potenciais. Dois sensores imunes, estruturalmente similares, BAK1 e NIK1, são reguladores chaves em imunidade de plantas a infecções por bactérias e vírus, respectivamente. Entretanto, permanece para ser elucidado se as plantas possuem um mecanismo conservado de percepção e de sinalização em reconhecimento a bactérias e vírus patogênicos. Nossos dados preliminares sugerem que NIK1 regula negativamente a imunidade e respostas antibacterianas de plantas bloqueando a associação de BAK1 com sensores imunes bacterianos. O objetivo primordial desse projeto de pesquisa seria elucidar as funções inversas de NIK1 e BAK1 em imunidade de plantas antiviral e antibacteriana, por meio de interações potenciais, fosforilação e ativação de sinalização “downstream”. Esta investigação não somente elucidará um mecanismo inédito em imunidade inata de plantas, mas também fornecerá os meios para melhorar resistência durável e sustentável a infecções por vírus e bactérias. Além disso, a referida proposta de pesquisa foi estruturada para atender a necessidade de avançarmos o nosso conhecimento sobre as bases moleculares e funcionais das interações entre hospedeiros e begomovirus, e as vias de sinalização que levam ao desenvolvimento da doença ou resistência. Dentro do escopo do projeto, os objetivos específicos são: (1) Caracterizar a via de sinalização antiviral conectada ao recepto NIK e sua interação com imunidade antibacteriana; (2) Identificar proteínas do hospedeiro que interagem com a proteína NSP de begomovírus;e (3) Caracterizar biologicamente a função do hub imune CSN5A na infecção por begomovirus. O trabalho proposto é altamente relevante para o avanço do melhoramento de plantas e a sustentabilidade da agricultura brasileira. No Brasil, os begomovírus infectando tomateiros têm emergido como patógenos que restringem a produtividade dessa relevante cultura agronômica. O desenvolvimento desse projeto levará à caracterização funcional de genes e vias de sinalização responsivas à infecção viral em plantas. Além disto, proteínas chaves na interação entre begomovírus e seus hospedeiros serão identificadas originando estratégias moleculares para obtenção de plantas resistentes a geminivírus. Do ponto de vista biotecnológico, o isolamento de genes que governam as respostas aos estresses bióticos constitui um pré-requisito para a compreensão e modificação dos processos adaptativos em plantas.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elizabeth Silaid Muxfeldt

Ciências da Saúde

Medicina
  • eficácia da intervenção nutricional isolada ou associada a outras intervenções não farmacológicas no controle da hipertensão arterial e na redução do risco cardiovascular – ensaio clínico randomizado
  • O presente projeto trata da avaliação da eficácia terapêutica da intervenção nutricional associada ou não a outras intervenções não farmacológicas no controle da hipertensão arterial. Apesar do enorme avanço tecnológico com inúmeros grupos farmacológicos anti-hipertensivos no mercado, o controle da pressão arterial associado à redução do risco cardiovascular ainda é o grande desafio do tratamento da hipertensão arterial no Brasil e no mundo. Por sua vez, a obesidade se tornou uma enfermidade pandêmica que vem crescendo em todo o mundo e é considerada um dos principais responsáveis pela elevação da pressão arterial e do perfil metabólico adverso que surge cada vez mais precocemente na população, aumentando significativamente o risco cardiovascular. Desta forma o controle da hipertensão arterial não pode se ater à busca do alvo terapêutico de forma quantitativa, mas também à redução do risco cardiovascular global, incluindo o controle dos fatores de risco e a regressão ou prevenção das lesões subclínicas assintomáticas (hipertrofia ventricular esquerda, função renal, albuminúria, rigidez aórtica, índice tornozelo braquial e disfunção endotelial) e, consequentemente reduzindo a incidência de eventos cardiovasculares maiores (doença coronariana aguda, doença cerebrovascular, insuficiência cardíaca congestiva, doença arterial periférica e doença renal crônica avançada). Além do controle dos fatores de risco tradicionais devemos atentar para outros fatores que comprovadamente aumentam o risco cardiovascular como os determinantes socioeconômicos, a qualidade do sono associada ou não à Apneia Obstrutiva do Sono, transtornos emocionais como depressão e ansiedade e a qualidade de vida. O estudo será feito em uma parceria entre o Programa de Hipertensão Arterial do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ProHArt – HUCFF – UFRJ) e o estudo LapARC que é desenvolvido junto ao Centro Saúde-Escola Lapa (CSE-Lapa), unidade da Estratégia Saúde da Família da Universidade Estácio de Sá em convênio com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Trata-se de um ensaio clínico randomizado controlado, não cego, com avaliação cega dos desfechos onde os participantes da pesquisa serão randomizados em 4 grupos: Grupo controle, Grupo intervenção 1: nutricional isolada; Grupo intervenção 2: nutricional + atividade física; Grupo intervenção 3: nutricional + atividade física + práticas integrativas. A população alvo serão adultos entre 20 e 65 anos divididos em pré-hipertensos, hipertensos em geral e hipertensos resistentes. Serão randomizados 240 indivíduos (60 para cada grupo) divididos igualmente (20 pré-hipertensos, 20 hipertensos em geral e 20 hipertensos resistentes) para avaliação das estratégias não farmacológicas em diferentes graus de gravidade de hipertensão arterial. O tempo de acompanhamento será de 6 meses com avaliações mensais da adesão, das medidas antropométricas e da pressão arterial de consultório. No protocolo inicial serão registradas informações sociodemográficas, ocupação e escolaridade, medidas antropométricas e de composição corporal (bioimpedância elétrica), medida da pressão arterial de consultório e Monitorização Residencial da Pressão Arterial, exames laboratoriais para avaliação do perfil metabólico e da função renal, eletrocardiograma para avaliação dos índices de voltagem para diagnóstico de hipertrofia ventricular esquerda, medida da velocidade de onda de pulso para avaliação da rigidez aórtica, e reatividade microvascular. Serão também aplicados os questionários de qualidade de vida, qualidade de sono, rastreio de Apneia Obstrutiva do Sono e rastreio de depressão e ansiedade, além da avaliação da saúde periodontal. Todos esses exames serão repetidos ao final de 6 meses para avaliar a resposta terapêutica das diferentes intervenções. A estratégia nutricional consta de uma avaliação nutricional individual com instituição do Programa alimentar e reavaliação mensal das medidas antropométricas, além de encontros em grupo para o Programa de Educação Alimentar. Na estratégia de atividade física será feita uma avaliação da capacidade aeróbica máxima individual com implementação do programa de atividade física que será desenvolvido individualmente (com acesso remoto por pedômetro) e em grupo sob supervisão de profissional habilitado. Na estratégia das práticas integrativas serão implementadas as seguintes práticas reconhecidas pelo Sistema Único de Saúde: “Mind-fullness”, auriculoterapia e imposição de mãos com encontros semanais individuais e em grupo. Paralelamente serão implementados 3 cursos no formato híbrido para os profissionais de saúde do CSE-Lapa e do HUCFF: “Nutrição clínica e prescrição de dieta para hipertensos”, “Fisiologia do exercício e prescrição de atividades físicas para hipertensos” e “Capacitação em auriculoterapia” que ficarão disponíveis em plataforma online para acesso de profissionais de outras unidades de saúde na atenção básica. Todo o processo será acompanhado por uma empresa de marketing para divulgação do estudo através de vídeo institucional, campanhas de saúde para população leiga, promoção dos eventos em grupo e estratégias de divulgação dos resultados da pesquisa para gestores e para a comunidade alvo do projeto.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 02/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Elizabeth Soares Fernandes

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • avaliação do papel dos receptores de potencial transitório como mediadores da dor inflamatória articular causada pelo vírus chikungunya
  • O chikungunya é um alfavírus transmitido pela picada do mosquito Aedes sp., causador da febre chikungunya. Tem causado surtos recentes em diferentes regiões da América do Sul, incluindo o Brasil. No Brasil, foram registradas 216.102 notificações da doença em 2016. A maioria dos indivíduos infectados são sintomáticos, e apresentam dor articular em diferentes estágios da doença. Mialgias e artralgias severas ocorrem tão logo quanto os episódios febris iniciam, podendo durar semanas, meses e até mesmo anos. Estima-se que 50% dos pacientes infectados desenvolvem doença articular semelhante à artrite reumatóide. Estudos sugerem que o vírus latente ou mesmo debris virais, podem persistir em tecidos articulares causando dor persistência associada à inflamação articular. Apesar das crescentes evidências, ainda é incerto se a inflamação articular é causada por um processo infeccioso ativo, ou se esta é elicitada pela liberação de produtos antigênicos à partir de vírus latentes nestes tecidos. O manejo clínico da artralgia causada pelo vírus chikungunya consiste da administração de drogas anti-inflamatórias não esteroidais, além de opióides e imunosupressores, embora a segurança e eficácia destes fármacos ainda precisem ser determinadas em ensaios clínicos controlados com pacientes infectados. Os receptores de potencial transitório (TRPs) são canais iônicos não seletivos para o cálcio, expressos em células neuronais e não-neuronais como sinoviócitos, células endoteliais e imunes. TRP anquirina 1 (TRPA1) e canônico 5 (TRPC5) têm sido apontados como peças-chave na regulação da temperatura corporal e da artrite reumatóide. O TRPA1 é conhecido por mediar a dor inflamatória articular, e antagonistas para estes receptores têm sido desenvolvidos para o tratamento de condições patológicas dolorosas crônicas. Por outro lado, o TRPC5 é um receptor protetor na artrite reumatóide. Embora descritos como importantes alvos terapêuticos na dor articular, a relevância destes TRPs em artralgias virais permanece não elucidada. Ainda, apesar de essenciais na resposta à infecção bacteriana, não existem relatos acerca da participação destes receptores na resposta do hospedeiro à infecções virais, tornando-os alvos atraentes para a elucidação de mecanismos associados à dor articular causada pelo chikungunya. O desenvolvimento deste projeto contribuirá para a elucidação dos mecanismos envolvidos na dor articular causada pelo chikungunya, trazendo novas perspectivas para seu tratamento. Proporcionará ainda, um entendimento maior acerca das funções dos receptores TRP frente à infecções virais. Além do impacto científico, este projeto servirá também, como plataforma para o fortalecimento da rede de colaboração entre pesquisadores Brasileiros e Britânicos; e para a formação de recursos humanos qualificados em diferentes níveis (graduação, mestrado e doutorado) no Estado do Maranhão. Assim, espera-se contribuir para o avanço científico e tecnológico da Região e do País, através de publicações, participações em congressos e do desenvolvimento de um conjunto de ações junto à comunidade em geral, profissionais (médicos e enfermeiros) e gestores da área da saúde.
  • Hospital Infantil Pequeno Príncipe - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elizabeth Sousa da Cunha

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • proteômica redox de células de melanoma murino submetidas ao estímulo da melanogênese e fotossensibilização
  • Os Melanomas são tumores derivados dos melanócitos, que apresentam alta mortalidade e baixa eficiência dos tratamentos. No Brasil a estimativa do melanoma para o biênio 2018-2019 é de 85.170 novos casos de câncer de pele, sendo 2.920 novos casos de melanoma entre os homens e 3.340 novos casos entre as mulheres, segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer. Os melanócitos são células produtoras do pigmento melanina, que em condições normais, tem como função proteger a célula de possíveis danos causados pela radiação UV, tanto por absorver parte dessa radiação, como através do sequestro de espécies reativas de oxigênio (ROS). No entanto, muitos estudos mostraram que a melanina em células tumorais, pode estar relacionada a processos de resistência aos tratamentos convencionais, principalmente à terapia fotodinâmica. O processo de produção da melanina (melanogênese) em células de melanoma, acarreta aumento de ROS, que consequentemente induz diversas modificações celulares que permitem a manutenção da viabilidade celular, frente ao estresse oxidativo gerado. Muitos estudos acerca dos efeitos gerados por ROS em células de melanoma vêm sendo realizado, mas pouco se sabe sobre o perfil de proteínas que sofrem modificação redox e que podem agir como sinalizadores na sobrevivência tumoral. Neste contexto, o foco desse projeto será a investigação do perfil de proteínas modificadas (tiol-proteínas) em células de melanoma murino com melanogênese estimulada frente ao oxigênio molecular singlete gerado por fotossensibilização com Rosa Bengala Acetato (RBAc). Primeiramente será realizada a padronização da técnica de proteômica redox no modelo de estudo, e após, serão iniciados os estudos de proteômica redox, visando a investigação do perfil de tiol-proteínas na situação de melanogênese estimulada e fotossensibilização e consequentemente determinar possíveis sinalizadores envolvidos com resistência tumoral e que possam ser alvos de terapias mais eficazes.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elizama Aguiar de Oliveira

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • redução da viscosidade do mel de cacau para a produção de uma bebida fermento-destilada
  • O mel de cacau é um líquido mucilaginoso extraído do cacau rico em açúcares e pectina e por causa desses compostos apresentarem alta viscosidade e alto poder de geleificação o mel de cacau é empregado na fabricação de geleias. Mas, para a obtenção de uma bebida fermento-destilada essa alta concentração de pectina é prejudicial pois leva a formação de precipitados, especialmente na etapa de destilação. Assim, a proposta deste trabalho é reduzir a pectina presente no mel de cacau por meio da hidrólise enzimática (pectinases comerciais) seguida da complexação com um agente clarificante (bentonita ou quitosana). O estudo se iniciará com a definição das melhores condições de processo para as sete variáveis independentes selecionadas: concentração enzimática, temperatura de hidrólise, agitação, tempo de hidrólise, concentração do agente clarificante, tempo de complexação e velocidade de centrifugação. Tendo sido otimizadas as condições para redução da pectina, o mel de cacau tratado será fermentado e destilado, em pequena (escala laboratorial) e grande escala (em uma cachaçaria local) de forma a se analisar o impacto do tratamento na obtenção da bebida. A bebida desejada possui um bom potencial comercial pois não há semelhante no mercado, no entanto, os produtores locais vêm enfrentando dificuldade justamente devido ao baixo rendimento do processo. Os resultados obtidos com este projeto podem incentivar a produção local desta bebida e um melhor aproveitamento do mel de cacau além de "abrir portas" para a estruturação de um grupo de pesquisa especializado em bebidas na Instituição.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elizanilda Ramalho do Rego

Ciências da Saúde

Nutrição
  • melhoramento acelerado de beldroega
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 29/11/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Elizanilda Ramalho do Rego

Ciências Agrárias

Agronomia
  • ensaios de competição de linhagens para registro de novos cultivares de pimenteiras ornamentais
  • Dentre as plantas ornamentais tropicais cultivadas em vaso, as pimentas (Capsicum spp.) têm se destacado pela sua crescente e contínua aceitação pelo mercado consumidor. Há diversos fatores que afetam a longevidade das pimentas ornamentais ao serem transferidas para ambientes internos, onde há deficiência luminosa, acúmulo de etileno e deficiência hídrica. Estudos preliminares têm mostrado que o etileno desencadeia uma séria de reações negativas nas pimentas em vaso, dentre ela e abscisão de frutos, folhas, flores como uma reação a sensibilidade da cultivar ao gás, a aceleração da degradação de clorofila e senescência das flores. Avaliando-se famílias F3 e F4 detectou-se variabilidade para fatores de crescimento, porte e fatores pós-produção e determinou-se que a intensidade da queda de clorofila e de folhas, induzida pelo etileno, variou em função do genótipo. Concluiu-se que a resistência genética é uma alternativa para controlar os efeitos deletérios do etileno na atmosfera de armazenamento das pimenteiras ornamentais, neste sentido, o presente projeto tem como objetivos gerais dar continuidade a programa de melhoramento de pimenteiras ornamentais por meio da seleção entre e dentro de famílias F5, F6 e F7 para caracteres de crescimento; porte e resistência ao etileno, bem como consolidar o grupo de pesquisa em Genética e Melhoramento Vegetal do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elize Massard da Fonseca

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • economia política da regulação de medicamentos genéricos na américa latina
  • A promoção de medicamentos genéricos com múltiplos fornecedores é um dos principais elementos das políticas de saúde. O uso de medicamentos genéricos pode reduzir os preços dos produtos farmacêuticos, gerar resultados para a saúde pública como o aumento do acesso a tratamentos médicos e para as finanças públicas ao reduzir os custos na aquisição de produtos farmacêuticos. Organizações internacionais como a Organização Mundial da Saúde e Organização Pan Americana de Saúde têm promovido esforços para auxiliar os países a desenvolver parâmetros para regular medicamentos genéricos. Na América Latina, apesar dessas preocupações e do apoio externo, permanecem profundas diferenças na forma como os países regulam esses produtos. Esse estudo tem por objetivo desenvolver uma tipologia das diferentes abordagens de promoção / regulação de medicamentos genéricos de forma a facilitar a comparação das experiências locais e explicar a variação entre as nações. Além disso, propomos três estudos de caso para explorar a economia política da regulação de medicamentos na região e extrair lições para autoridades regulatórias nacionais e agências internacionais.
  • Fundação Getúlio Vargas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-30/11/2021
Foto de perfil

Elizete Ventura do Monte

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • estudo teórico de espécies reativas de interesse atmosférico
  • O presente projeto de pesquisa, intitulado “Estudo teórico de espécies reativas de interesse atmosférico” é submetido para participação na Chamada Universal MCTIC/CNPq n.º 28/2018 - Faixa B. O escopo da proposta está inserido nas linhas de pesquisa do Programa de Pós-graduação em Química da UFPB, do qual a proponente é docente permanente. O tema central da proposta é objeto de estudo de 2 dissertações de mestrado e 2 teses de doutorado do PPGQ. O projeto será executado no Departamento de Química da UFPB sob a coordenação da Dra. Elizete Ventura do Monte, Professora Associada III (DE) nesta instituição. Integram a equipe científica 1 bolsista de pós-doutorado (PNPD/CAPES), 4 alunos de pós-graduação (PPGQ/UFPB, todos com bolsa CAPES ou CNPq), além da cooperação com grupos de pesquisa consolidados do país (USP, UFPE, UFRN, UFRRJ, UFCG e UEPB) e no exterior (Duke University School of Medicine, EUA, e Institut de Chimie Radicalaire of the Aix-Marseille University in Marseille, França.). O principal desafio da proposta é investigar as reações fotoquímicas que ocorrem na atmosfera, em especial na região da estratosfera. Essas reações ocorrem em estados eletronicamente excitados que podem ser caracterizados por superfícies de energia potencial (SEPs) complexas, com muitos pontos estacionários, cruzamentos e interseções cônicas. A descrição das SEPs pode ser útil para traçar o caminho pelo qual ocorre a desativação dos estados excitados. A partir do mapeamento das SEPs é possível sugerir caminhos de reação compatíveis com os possíveis rearranjos moleculares detectados experimentalmente. Assim, a proposta representa, do ponto de vista metodológico, um grande desafio para a química computacional, uma vez que os métodos utilizados representam o estado-da-arte em termos de cálculos de estrutura eletrônica. Os sistemas investigados são os clorofluorcarbonos (CFCs) e hidroclorofluorcarbonos (HCFCs) que desempenham papel fundamental na composição química da atmosfera do Planeta e estão diretamente relacionadas a importantes problemas ambientais, como a redução do ozônio e efeito estufa. Foram escolhidos os CFCs e HCFCs mais abundantes da atmosfera e para os quais os processos fotoquímicos ainda não foram elucidados. O produto final desta investigação poderá fornecer uma melhor compreensão acerca dos processos fotoquímicos que envolvem esses sistemas e assim poder propor maneiras de mitigar os seus efeitos.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-31/08/2023
Foto de perfil

Elizeu Clementino de Souza

Ciências Humanas

Educação
  • multisseriação e trabalho docente: diferenças, cotidiano escolar e ritos de passagem
  • O projeto de pesquisa-formação “Multisseriação e trabalho docente: diferenças, cotidiano escolar e ritos de passagem” - 2ª Etapa, desdobra-se como ação da pesquisa ‘Ruralidades diversas - diversas ruralidades: sujeitos, instituições e práticas pedagógicas nas escolas do campo, Bahia-Brasil’ (SOUZA, 2012; SOUZA, 2011), a qual contou com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Edital Temático de Educação 004-2007) e também do CNPq (Edital de Ciências Humanas, Ciências Sociais e Sociais Aplicadas 2008-2010 e do Edital Universal CNPq 2010-2013 e 2014-2017). A referida pesquisa centra-se na análise de problemas de pesquisas e estudos sobre educação rural que vêm sendo implementados no âmbito do GRAFHO - Grupo de Pesquisa (Auto)biografia, Formação e História Oral (PPGEduC / UNEB), tendo em vista a consolidação e fortalecimento de uma rede de pesquisa colaborativa entre a Universidade do Estado da Bahia-UNEB, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia-UFRB e a Universidade de Paris 13/Nord-Paris8/Vincennes-Saint Denis (França), através de parceria entre os seguintes grupos de pesquisa: o GRAFHO – Grupo de Pesquisa (Auto)biografia, Formação e História Oral (PPGEduC / UNEB); o CAF – Currículo, Avaliação e Formação e o OBSERVALE - Oberservatório da Educação do Campo (UFRB/Centro de Formação de Professores – Campus Amargosa); e o Centre de Recherche Interuniversitaire EXPERICE (Paris 13/Nord-Paris 8/Vincennes-Saint Denis). Tais grupos articulam-se em uma rede de pesquisas acerca das ações educativas que se desenvolvem em diferentes espaços rurais no Estado da Bahia - Brasil e na França, dedicando-se ao estudo da educação rural, com recorte aqui apresentado sobre as classes multisseriadas, suas práticas e estado da arte na última década. Para este projeto, além das parcerias já firmadas e em desenvolvimento com a Universidade de Paris 13/Nord-Paris8/Vincennes-Saint Denis (França) e a Universidade Federal do Recôncavo, ampliaremos a rede de colaboração com a participação de de (09) nove escolas, sendo (02) duas escolas estaduais e (07) sete escolas municipais, situadas no Subúrbio de Salvador (BA), no Recôncavo Baiano, mais especificamente no município de Amargosa; no Território do Baixo Sul com o município de Valença e no Território do Piemonte da Diamantina, com os municípios de Serrolândia e Capim Grosso. A escolha das escolas parceiras teve como critério o fato dessas escolas estarem situadas em localidades que já vem sendo lócus das pesquisas desenvolvidas pelo GRAFHO e nesta segunda etapa do projeto amplia-se de quatro para nove escolas, a fim de contemplar escolas que se constituem campos empíricos das atuais pesquisas de Mestrado e Doutorado, desenvolvidas por membros do GRAFHO. Além disso, priorizou-se a existência de classes multisseriadas, alvo de maior interesse deste projeto de pesquisa-formação. A escolha das escolas com oferta de anos finais é decorrente do fato de serem escolas que recebem alunos egressos das escolas municipais parceiras, a fim de que se possa realizar o acompanhamento do rito de passagem na transição dos anos iniciais para os anos finais do ensino fundamental. A pesquisa-formação aqui proposta, será desenvolvida a partir do contexto e das condições concretas em que estão inseridas as escolas participantes, valorizando as experiências dos sujeitos, alunos e professores. A intenção é aproveitar tais experiências como núcleo central do processo formativo e fazer com que os sujeitos possam interagir e aprender a partir das suas próprias práticas. A metodologia de pesquisa-formação a ser adotada será de natureza qualitativa e pretende recuperar os percursos de formação das professoras participantes e contribuir para a construção de inovações educacionais em que os sujeitos, alunos e professores, sejam protagonistas da ação pedagógica e com isso, sejam capazes de promover uma educação pública de qualidade, apresentando um melhor desempenho além de tornar essa uma experiência significativa nas suas vidas. O Projeto de pesquisa propõe-se ampliar o processo de investigação de ações educativas que se desenvolvem em espaços rurais da Bahia, buscando compreender como estes, caracterizados por diversas ruralidades, se configuram enquanto lugares de aprendizagem. No caso deste projeto de inovação educacional, o que se deseja é compreender como a ruralidade se expressa no subúrbio de Salvador, vez que o Colégio Marcílio Dias recebe estudantes da Ilha de Maré, como esta identidade é construída pelos sujeitos que habitam, trabalham e estudam no Recôncavo Baiano, no Território do Baixo Sul e no Território do Piemonte da Diamantina. Ademais, tomando a escola enquanto espaço de intervenção social, a pesquisa busca analisar como se configuram esses espaços, focando as escolas rurais/do campo e suas diferentes significações no contexto social-escolar, tomando como recurso metodológico as histórias de vida - biografização dos sujeitos - que vivem e trabalham no espaço rural.
  • Universidade do Estado da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eloi Teixeira César

Ciências Humanas

Educação
  • práticas inovadoras para o ensino de ciências na educação básica
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 12/08/2019-31/10/2022
Foto de perfil

Eloisa Amália Vieira Ferro

Ciências Biológicas

Morfologia
  • interação entre células trofoblásticas extravilosas e células endoteliais humanas no curso da infecção por toxoplasma gondii: um modelo de infecção da interface materno fetal
  • O diálogo que se estabelece entre a mucosa uterina e as células trofoblásticas é de importância fundamental para a harmônica e necessária invasão do endométrio no curso de uma gestação de sucesso. Neste processo, células trofobláticas extravilosas interagem tanto com células deciduais quanto com células do sistema imune materno, incluindo células Natural Killer (NK), células dendríticas, células T, macrófagos e células endoteliais. Em uma gestação normal, a invasão das arteríolas espiraladas pelas células trofoblásticas extravilosas garantirá o suprimento sanguíneo adequado para o desenvolvimento fetal; falhas neste processo levam ao estabelecimento desequilíbrios gestacionais e patologias potencialmente fatais para a mãe e o feto. A proliferação de células trofoblásticas extravilosas, a migração, bem como a invasão decidual são eventos fundamentais, os quais são espaço temporalmente coordenados por uma eficaz comunicação celular operante na interface materno fetal. A funcionalidade deste diálogo leva a invasão adequada da decídua e arteríolas espiraladas, controle da apoptose tanto de células maternas quanto fetais, controle da inflamação no local da implantação embrionária, coordenada secreção de citocinas e, por fim, o efetivo estabelecimento de uma placenta funcional. Na presente proposta, pretendemos elucidar como a infecção do microambiente arterial materno pode influenciar os mecanismos de invasão, migração, apoptose, produção de citocinas por células trofoblásticas extravilosas, em diferentes abordagens experimentais, em um modelo de infecção da interface materno fetal, para tanto proceder-se-á as seguintes análises de células trofoblásticas extravilosas: invasão celular por meio de placas transwell sob matrigel; migração celular pela técnica de scratch; índices de apoptose por citometria de fluxo; dosagem de FAS solúvel e FAS ligante por ELISA; expressão do receptor de morte CD 95 por citometria de fluxo; expressão de MAPK, caspase 3 ativa e proteínas inibidores de apoptose por western blotting; dosagem de citocinas por ELISA; expressão de metaloprotease por western blotting e, por fim expressão da atividade funcional de metaloprotease por ensaio de zimografia. A execução experimental da presente proposta contribuirá para o entendimento das complexas interações operantes no microambiente placentário, especialmente entre células endoteliais e células trofoblásticas extravilosas, em uma condição que simule a infecção materna primária ou reativação da toxoplasmose. Os resultados a serem obtidos pela execução da presente proposta têm o potencial de ampliar o entendimento dos fatores parácrinos, responsáveis pela manutenção da homeostase na complexa rede de interações celulares e de citocinas operantes na interface materno fetal, na ausência ou presença de infecção por T. gondii. Permitirá ainda determinar a participação de T. gondii na manipulação da hierarquia funcional das vias de sinalização envolvidas tanto na ativação e controle de apoptose, secreção de citocinas, invasão e migração em células trofoblásticas extravilosas. O entendimento de tais mecanismos tem o potencial de embasar o estabelecimento de futuras abordagens terapêuticas capazes de interferir no controle da infecção fetal por T. gondii sem comprometer a manutenção da gestação.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Eloisa Nascimento Silva Pilati

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • aspectos sócio-históricos e linguísticos das comunidades kalunga e tapuia - a região centro-oeste do brasil em foco
  • Em 2014, o Projeto de pesquisa “O Centro-Oeste na História do Português Brasileiro foi aprovado pelo CNPq (O Centro-Oeste na História do Português Brasileiro, CNPq, processo nº.460416/2014-6.). Durante a vigência do Projeto, diversas pesquisas foram feitas e diversos objetivos de pesquisa foram concretizados. Podemos citar entre as metas e objetivos concretizados durante a vigência do projeto: a publicação de vários artigos, realização de seminários temáticos, publicação de livro Novos Olhares para a Gramática do Português Brasileiro (ed. Pontes, 2017), formação de mestre e doutores. Dando continuidade a essas pesquisas, a segunda parte do Projeto O Centro-Oeste na História do Português Brasileiro, tem como objetivo investigar aspectos sócio-históricos da comunidade Kalunga, do norte de Goiás, a fim de compreender a influência dos contatos linguísticos entre os povos euro-afro-americanos na constituição da variedade linguística dessa população. Por meio do estudo de suas formas linguísticas, utilizando-se da geração de dados em situações de fala, o Projeto Aspectos sócio-históricos e linguísticos das comunidades Kalunga e Tapuia - a Região centro-Oeste do Brasil em foco pretende contribuir para a formação de um corpus de língua falada, com dados de comunidades rurais, remanescentes de antigos quilombos, as comunidades Kalunga e de comunidades Tapuia. O referido Projeto inclui os seguintes subprogramas: a) Constituição e organização de corpora diacrônico do português brasileiro no Centro-Oeste com dados das comunidades Kalunga e Tapuia; b) Estudo das condições sócio-históricas na constituição do contato linguístico e c) Estudo da mudança linguística, tendo como temas principais de interesse: c1) a sintaxe do sistema pronominal, c2) a sintaxe da concordância nominal e verbal, e c3) a sintaxe da ordem dos termos na oração. O aporte teórico e metodológico a ser utilizado são os pressupostos do Programa Minimalista (Chomsky, 1995, 2000), além de estudos de Labov (1972) e Lucchesi, Baxter e Ribeiro (2009). Como não temos ainda pesquisas no âmbito da sintaxe acerca da fala Kalunga, será uma grande oportunidade conhecer essa comunidade e entender como ela se organiza linguisticamente.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elson Alves Costa

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • avaliação farmacológica e determinação dos mecanismos envolvidos no efeito anti-inflamatório do extrato padronizado da goma do cajueiro (anacardium occidentale l.)
  • A busca por novos agentes analgésicos e/ou anti-inflamatórios mais eficazes e que causem o mínimo possível de efeitos adversos tornou-se um grande desafio para a indústria farmacêutica, visto que a dor pode influenciar significativamente a qualidade de vida de milhões de pessoas, levando ao comprometimento das atividades diárias, como o que acontece com pessoas que sofrem com a artrite reumatoide, uma doença crônica caracterizada pela intensa inflamação nas articulações. As terapias atualmente disponíveis para o tratamento da dor e de doenças inflamatórias nem sempre são eficazes e apresentam sérios efeitos adversos, que muitas vezes limitam o tratamento (Manjiani et al., 2014). Neste sentido as plantas medicinais surgem como uma alternativa para o desenvolvimento de novos medicamentos, uma vez que, dispõem de uma grande variedade de compostos farmacologicamente ativos (Sasidharan et al., 2011). Dentre as plantas medicinais existentes no Brasil, o cajueiro, que também possui elevada importância econômica no país, tem sido amplamente utilizado no tratamento de diversas condições patológicas como, asma (Mazzetto e Lomonaco, 2009), distúrbios gastrointestinais (Agra et al., 2007), doenças da pele, dentre outras (Mazzetto e Lomonaco, 2009). Uma das partes do cajueiro que tem se destacado na medicina tradicional é a goma do cajueiro, uma resina amarela produzida naturalmente pelas células da casca do caule como mecanismo de defesa contra injúrias mecânicas ou agentes patogênicos, sendo formada majoritariamente por um complexo heteropolissacarídeo (Cunha et al., 2009; Silva, et al., 2010). Em preparações solúveis em água, a goma do cajueiro tem sido utilizada como agente anti-inflamatório, analgésico, antiasmático e antidiabético (Lima et al., 2006). Estudos pré-clínicos utilizando a goma do cajueiro têm demonstrado as atividades antibacteriana (Campos et al., 2012), antitumoral (Mothe et al., 2008) anti-diarréica (Araújo et al., 2015), hipoglicêmica (Ojewole, 2003), anti-inflamatória in vitro (Yamassaki et al., 2015) e cicatrizante (Schirato et al., 2006), sendo estas duas ultimas atividades atribuídas à presença dos polissacarídeos na goma do cajueiro. Por outro lado, pouco se sabe sobre a presença e atividade biológica de outros componentes na goma do cajueiro, além da fração polissacarídica. Um estudo conduzido por nossa equipe mostrou o efeito analgésico e anti-edematogênico do extrato da goma do cajueiro após a remoção dos polissacarídeos. Visando caracterizar e garantir a qualidade e a reprodutibilidade, o extrato foi padronizado por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas e espectrometria de massas em tandem, onde foi determinada a presença e as concentrações proporcionais de vários ácidos anacárdicos, com diferença no número de carbonos e insaturações (Silva et al., 2018). Ácido anacárdico é um termo geral aplicado a uma família de compostos estreitamente relacionados consistindo em ácido salicílico com uma cadeia alquilica de 15 carbonos, que existe tanto na forma totalmente saturada ou como monoeno, dieno ou trieno (Hemshekhar et al., 2012). Estudos anteriores têm demonstrado atividade antitumoral (Harsha et al., 2016; Sung et al., 2008), anti-acne (Sharma et al., 2013), antibacteriana (Mamidyala et al., 2013), antioxidante (Trevisan et al., 2006) e antifúngica (Begum et al., 2002) dos ácidos anacárdicos. Ressaltamos que esta fração da goma do cajueiro que pretendemos continuar o estudo refere-se a uma parte da goma que é excedente quando do isolamento dos polissacarídeos os quais tem apresentado potencial para várias nas áreas nanotecnológica e farmacêutica. Assim, tem sido investigado o uso deste material na fabricação de dispositivos nanobiomédicos (Araújo et al., 2012); na encapsulação de óleos essenciais (Abreu et al., 2012; Oliveira et al., 2014 Comunian et al., 2016), no desenvolvimento de géis (Paula et al., 2002; Guilherme et al., 2005), como aglutinante na matriz de comprimidos (Ganesh et al., 2010; Gowthamarajan et al., 2011) e como agente formador de filmes (Silva et al., 2013; Rodrigues et al., 2014; Forato et al., 2015; Moreira et al., 2015; Pinto, 2015; Silva et al., 2016). Desta forma, esta fração excedente, que denominamos neste projeto como EPGC, pode ser considerada um subproduto no processo de obtenção dos polissacarídeos e poderá vir a ser mais um produto economicamente importante para os indivíduos que sobrevivem da cultura do cajueiro, além, é claro, de poder trazer uma terapêutica inovadora para o tratamento de doenças inflamatórias crônicas como a artrite reumatoides. Com a realização deste projeto, confirmaremos o valor etnofarmacológico da goma do cajueiro e mostraremos a potencialidade para sua utilização no desenvolvimento de novo medicamento para o tratamento da dor e de condições inflamatórias. Para tanto, esta proposta visa dar prosseguimento à pesquisa pré-clínica que vem sendo realizada sobre as atividades antinociceptiva e anti-inflamatória do extrato padronizado da goma do cajueiro livre de polissacarídeos (EPGC), buscando determinar os mecanismos de ação envolvidos nestes efeitos, bem como, os possíveis efeitos adversos ocasionados pela a administração contínua deste extrato. Ressaltamos ainda que esta proposta permitirá a obtenção de resultados mais conclusivos e de suma importância para que possamos recomendar este extrato para o desenvolvimento de um fitomedicamento, complementando desta forma os objetivos já alcançados na proposta financiada pelo CNPq (P10109-2014) em edital (CHAMADA MCTI/CTBIOTEC/CNPq Nº 29/2013) que visava exatamente o estudo e aproveitamento de espécies negligenciadas, com agregação de valores à agro-biodiversidade vegetal por rota biotecnológica.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elson Longo da Silva

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • modificações estruturais de matrizes cerâmicas por laser em femtosegundos e feixe de elétrons: uma abordagem microbicida, antitumoral e fotocatalítica
  • O estudo dos semicondutores visando o uso de suas propriedades para aplicação no meio tecnológico vem ganhando destaque no âmbito acadêmico com o desenvolvimento de novas pesquisas no intuito de melhorar ou adequar estas propriedades a um fim específico. Contudo, o Brasil é um país carente em pesquisas voltadas para o desenvolvimento desses produtos. O custo de importação de componentes eletrônicos é estimado em US$ 6 bilhões por ano, comprovando a elevada dependência externa do país. Atualmente, existe uma tremenda quantidade de esforços de pesquisa que são dedicados à síntese de nanoparticulas metálicas nas superfícies de diferentes substratos, pois podem possuir propriedades inovadoras e possuem grande promessa para a futura revolução tecnológica. Em particular, as matrizes de nanoparticulas metálicas depositadas em superfícies oferecem muito potencial para o projeto de novos nanomateriais e exploração em áreas como a catálise, materiais bactericidas, nanodispositivos eletrônicos, armazenamento de informações, computadores quânticos, entre outros. Assim, as investigações sobre o mecanismo para a formação de nanoparticulas metálicas mostram um aumento na tendência em se pesquisar a modificação de materiais por irradiação por feixe de elétrons/laser. Como os elétrons e as ondas reagem com os materiais em vários processos e caracterizações, é necessária uma compreensão de como os elétrons/ondas irão interagir com a matéria sólida para fornecer mecanismos e ideias claras dos processos em si. Os elétrons e as ondas interagem com sólidos a nível quântico, logo, para melhorar a nossa compreensão e prever a resposta de um material à passagem de elétrons/ondas necessitamos desvendar este problema desafiador para conseguir ser crítico e avaliar as suas possíveis aplicações.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elton Fabiano Sitta

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • aplicação de foto-eletro-catalisadores em sistemas de conversão de energia
  • A eletro-oxidação de moléculas pequenas é uma área de grande interesse devido a sua aplicação em sistemas conversores de energia, como, por exemplo, células a combustível. A reação envolve vários caminhos reacionais - que são fortemente dependentes de fatores como o potencial aplicado e as condições da superfície, porém quando moléculas orgânicas pequenas são utilizadas para este propósito, o processo global torna-se rapidamente inibido devido a formação de venenos catalíticos na superfície do catalisador, como por exemplo, CO. O mesmo cenário tem sido observado durante a eletro-oxidação de NH3, com a formação de NO. No presente projeto, pretende-se utilizar um processo paralelo ao eletrocatalítico para regenerar periodicamente os catalisadores. Neste contexto a fotocatálise tem se mostrado eficiente para a produção de sítios altamente reativos capazes de oxidar moléculas orgânicas estáveis, como corantes e pesticidas, ou mesmo a água à oxigênio molecular. Especificamente, será estudado a eficiência de alguns fotocatalisadores, como o TiO2, BiVO4 e o WO3, agregados a eletrocalisadores de Pt na oxidação de moléculas orgânicas pequenas como ácido fórmico, metanol, etanol, glicerol, etc ou compostos nitrogenados como a amônia.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elton Guntendorfer Bonafe

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • filmes a base de poli(álcool vinílico)/tanfloc: síntese, caracterização e aplição
  • Este projeto tem como proposta a síntese e caracterização de filmes inéditos a base de poli(álcool vinílico) (PVA) e tanfloc (um derivado amino-funcionalizado sintetizado a partir de taninos condensados). Os filmes serão obtidos via método “casting” a partir de blendas poliméricas PVA/tanfloc (PVA/TN), partindo-se de soluções PVA a 5,0% m/v ou 10% m/v e tanfloc (TN) a 5% m/v. Blendas poliméricas serão preparadas em diferentes razões em massa de PVA/TN . Tais composições serão utilizadas para produção de filmes PVA/TN. O glutaraldeído será utilizado como agente reticulante para atribuir estabilidade aos filmes. Os materiais serão caracterizados por meio de espectroscopia na região do infravermelho, análise termogravimétrica (TGA/DTG), espectroscopia de fotoelétrons de raios-X (XPS), e microscopia eletrônica de varredura (SEM). Os melhores materiais serão escolhidos para os ensaios de citotoxicidade, bactericida e ensaios celulares, visando a aplicação deste novo material como scaffold. Este novo material apresenta potencial de aplicação na área de engenharia de tecidos, uma vez que o material sintetizado poderá conter propriededes já investigadas dos compsotos individuais, como: atividade antimicrobiana, antioxidante e poderá promover ambientes para adesão e proliferação de células, bem como, para formação de novos tecidos. Estes resultados, além de uma publicação em periódico renomado na área de materiais, será possível gerar um produto tecnológico, podendo angariar recursos para Universidade, enaltecendo as pesquisas realizadas pelos pesquisadores brasileiros nesta linha de investigação, materiais aplicados a engenharia de tecidos. Além disso, o Tanfloc, material inovador aplicado neste trabalho é biodegradável, sendo estes extraídos da espécie Acacia decurrens, popularmente conhecida como Acácia Negra. O trabalho sendo aprovado contribuirá também para a formação de recursos humanos uma vez que projetos de alunos de iniciação científica, trabalho de conclusão de curso, bem como alunos mestrado e doutorado, farão parte desta proposta.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elton John de Lírio

Ciências Biológicas

Botânica
  • sistemática, evolução dos sistemas sexuais e conservação em monimiaceae
  • Monimiaceae (Laurales) engloba 28 gêneros e 195-270 espécies, com distribuição predominantemente pantropical. A família apresenta expressiva variação em sistemas sexuais e no número cromossômico, o que a torna um interessante modelo para a compreensão da evolução dos sistemas sexuais e dos cromossomos em angiospermas. Seu expressivo número de registros de fósseis, as disjunções na amplitude de ocorrência e sua peculiar morfologia também têm despertado grande interesse para a biogeografia e os estudos de morfologia e ultraestrutura. Do ponto de vista taxonômico e filogenético, a família passou por diversas mudanças nas últimas décadas; no entanto, trabalhos de biologia molecular, ultraestrutura e morfologia têm apontado que outras mudanças são ainda necessárias, enquanto outras são ainda inconclusivas e necessitam de investigação mais robusta. O presente trabalho tem como objetivo testar monofiletismo dos gêneros e das tribos de Monimiaceae por meio de filogenia molecular com marcadores de rápida e lenta evolução e sequenciamento de nova geração; compreender o processo de evolução dos sistemas sexuais e sua possível relação com a ploidia na família; avaliar o risco de extinção das Monimiaceae endêmicas do Brasil; e revisar a classificação e a nomenclatura infrafamiliar e infragenérica com base em filogenia molecular, filogenômica, coleções de herbários e bibliografia.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elton Luiz Nardi

Ciências Humanas

Educação
  • políticas públicas de regulação por resultados e o governo democrático da educação básica
  • A crescente propagação de novos mecanismos de regulação da educação, como conhecida há cerca de três décadas, ao passo que põe em suspenso as formas tradicionais de regulação baseadas no modelo burocrático, introduz na cena educacional uma série de mecanismos de controle e de premissas de gestão da educação pública sintonizada com as chamadas políticas de regulação por resultados. Mormente interessadas no direcionamento e controle da produção desses resultados, segundo prioridades e padrões de qualidade lastreados em lógicas do mercado e do mundo empresarial, estas políticas operam fundamentalmente por meio de sistemas de avaliação associados a indicadores passíveis de mensuração. Como parte e desdobramento de uma dinâmica que conjuga regulação do processo com regulação do produto, assiste-se à introdução de medidas de accountability identificadas com pressupostos da chamada New Public Management que, assim como em outros países, também no Brasil vêm sendo informadas por políticas que focalizam a escola enquanto lócus da produção de resultados, tendo por via principal o expediente da avaliação de desempenho dos estudantes. Em face da franca ascensão dessa fórmula no domínio da política pública, completada com a associação de consequências decorrentes dos resultados educacionais alcançados e submetidos à prestação de contas, há que se analisar não somente os graus de influência na determinação de opções políticas e práticas de gestão dos sistemas de ensino, mas, sobretudo, sua repercussão sobre a vaga democrática que radica a participação e o controle social como peças de referência. Assim posto, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo analisar, no contexto de uma crescente implantação de medidas de accountability na educação básica identificadas com políticas de regulação por resultados, repercussões na configuração de arranjos institucionais na esfera municipal assente na ideia de governo democrático da educação básica pública. A pesquisa incide sobre um conjunto de cinco capitais de estados – Florianópolis, São Paulo, Goiânia, Palmas e Fortaleza – precisamente, uma de cada região geográfica do país. A concentração na esfera municipal visa, por um lado, considerar a tensão que se arma entre a pluralidade de contextos e a circunstância do envolvimento numa malha de políticas de regulação pelos resultados, aqui entendida a dinamização de sistemas de avaliação externa, e, por outro, a projeção mais recente dessa esfera à posição de ente federativo com incumbência de organizar o seu novel sistema de ensino e de regulamentar, neste âmbito, a gestão democrática do ensino público na educação básica segundo demarcações contidas na LDB de 1996. Os procedimentos metodológicos compreendem, além de pesquisa bibliográfica sobre as temáticas envolvidas, exame documental (legislação municipal, normatizações e documentos técnicos, assim como notícias e informes disponibilizados na Internet) e entrevistas que oportunizem o acesso a diretrizes e condições que respondem, no plano político-institucional, pelo governo democrático da educação pública, assim como a explicitação de bases referenciais de medidas de accountability na educação básica (avaliação, prestação de contas e responsabilização) e sua identificação com políticas de regulação por resultados.
  • Universidade do Oeste de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elucir Gir

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • efeitos e consequências da pandemia da covid-19 entre profissionais de saúde.
  • O surgimento da pandemia da doença causada pelo novo coronavírus (COVID-19) reforçou a importância da adesão das medidas de controle e prevenção de infecção nos serviços de saúde, sendo a adesão às precauções padrão e das precauções de específicas de fundamental importância para reduzir o risco de transmissão do SARS-COV- 2 entre os profissionais e pacientes nos serviços de saúde. Os efeitos físicos, psicológicos e sociais decorrentes da COVID-19 são significativos e reconhece-los e propor soluções adequadas é prioritário no contexto atual. Esta proposta objetiva analisar os efeitos físicos, psicológicos e sociais decorrentes do enfrentamento da pandemia da COVID-19, vivenciados pelos profissionais no contexto da assistência direta à saúde, bem como construir e validar materiais educativos audiovisuais para prevenção e controle. Trata-se de um estudo misto que será realizado em duas etapas. A primeira visa realizar um diagnóstico situacional por meio de um estudo transversal analítico sobre os efeitos da pandemia da COVID-19 sobre as repercussões, consequências, exposição ao risco e adoecimento, adesão às normas de prevenção e problemas de saúde mental enfrentadas pelos profissionais de saúde em diferentes regiões do Brasil. Serão convidados e recrutados de forma online, profissionais de saúde de diferentes regiões do Brasil, de ambos os sexos, que atuam no contexto da assistência nos diferentes níveis de atenção à saúde e que estejam dentro dos seguintes critérios de inclusão: ter cuidado de pacientes com suspeita ou diagnóstico confirmado da COVID-19, ter acesso à internet. Para a coleta de dados será utilizado um questionário eletrônico que será validado por um comitê de nove juízes quanto à forma e conteúdo e será construído na plataforma virtual Survey Monkey ®. O questionário será validado quanto ao conteúdo por especialistas na temática e será dividido em seis partes: 1. Formulário de Informações Gerais; 2. Formulário de Informações Profissionais; 3. Escala de Cumprimento com as Precauções-Padrão: composta por 20 itens que avaliam o cumprimento às medidas de PP. 4. Dados sobre a adesão às medidas de precauções recomendadas para prevenção e controle do COVID-19; 5. Medidas de prevenção e controle no convívio familiar (EPI) 6. Escala de Determinantes sociocognitivos na adesão às precauções-padrão: com 24 itens avalia os obstáculos e dificuldades na adesão aos EPI. Após versão final do questionário será gerado um link para acessá-lo, por meio das plataformas digitais (e-mail, facebook, Instagram, sites e whatsapp), que serão direcionados para a Plataforma Survey Monkey® e terão acesso ao Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e após aceite em participar do estudo terão acesso ao questionário online que será disponibilizado para acesso por computador ou dispositivos móveis (celular). Os dados serão analisados utilizando estatística descritiva para caracterização dos participantes. Serão calculadas medidas de tendência central, e prevalências. Serão utilizados os testes paramétricos e não paramétricos, quando apropriados. Modelos de regressão logística serão realizados para identificar potenciais fatores independentes associados à adesão, às precauções-padrão, os obstáculos para ao uso adequado dos EPI, à prevalência de lesões por pressão decorrentes dos EPI e aos problemas de saúde mental. Valores de p < 005 serão considerados significativos. Na segunda etapa do estudo será conduzido estudo metodológico que será constituído pela construção de materiais educativos (vídeo e e-book) e validação por juízes e por representantes do público-alvo. Para tal serão adotadas as recomendações para construção de materiais audiovisuais, a partir da pré-produção (validação dos roteiros e storyboard), produção e pós-produção. Na fase de pré-produção serão validados roteiros que consistirão na descrição nas técnicas e cenas que serão elaboradas no vídeo. Na fase seguinte, a produção do vídeo será constituída pela filmagem das cenas descritas na pré-produção seguindo o roteiro das técnicas validadas por especialistas. A elaboração da filmagem contará com apoio de profissionais de multimídia para captação das imagens de boa qualidade e será realizado no laboratório de prática clínica do Centro de Simulação da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Na última fase de pós-produção será constituída pela edição das cenas gravadas, narração, textos e também dos áudios. Esta fase será realizada pelas pesquisadoras e por profissionais de multimídia com experiência na produção de vídeos educativos. Após a conclusão da pós-produção o vídeo será validado por especialistas em audiovisual e na temática e pelo público-alvo utilizando roteiro utilizando questionário para validação baseados na Suitability Assessment of Materials (DOAK; DOAK; ROOT, 1996) e já adotado em outro estudo (JESUS, 2017). Os dados serão analisados por meio do Índice de Validade de Conteúdo (IVC) e será validado o material com índice igual ou superior a 0,80. O projeto será submetido à Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) para apreciação.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 24/07/2020-23/08/2022
Foto de perfil

Ely Caetano Xavier Junior

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • regulação privada transnacional: mecanismos, estratégias e impactos da atividade normativa de atores privados em escala global
  • Os agentes privados contribuem para a governança global de diversas áreas da atividade humana por meio da regulação privada transnacional, que se materializa no exercício de pretensões normativas por entes privados em espaços regulatórios globais. O estabelecimento de padrões privados para fabricação de produtos, a estruturação de esquemas de certificação de aspectos socioambientais de processos de produção de bens e prestação de serviços, a formulação de códigos de conduta para condicionamento de financiamento privado e a produção de indicadores de transparência, corrupção, qualidade ou confiança de crédito são alguns dos variados mecanismos que servem para que atores privados articulados estabeleçam normas regulatórias sobre setores variados. O projeto procura compreender e sistematizar a formulação, a implementação, a aderência e os impactos de cada um desses mecanismos, além de apontar os problemas de ausência de controle, déficit democrático e carência de legitimidade, sobretudo quando há um processo de legitimação, captura ou acolhimento das normas estritamente privadas por agentes e processos públicos.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elysângela Dittz Duarte

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • adaptação familiar a situação de nascimento prematuro durante a internação na utin, no 1º, 6º, 9º e 12º mês após a alta hospitalar
  • O conjunto de estudos produzidos evidencia a repercussão do nascimento prematuro na vida de pais e mães no contexto da UTIN e posteriormente no estabelecimento do cuidado no domicílio a curto e médio prazo. Entretanto ainda precisa ser melhor investigado a variação de aspectos envolvidos no processo de adaptação dos pais ao nascimento e cuidado de seus filhos prematuros para que tenham uma boa adaptação na fase aguda de internação na UTIN e nos meses subsequentes à alta. Partindo desta premissa foram feitos os seguintes questionamentos para orientar a condução deste estudo: Como pais e mães vivenciam o processo de adaptação à situação de ter um filho pré-termo no contexto da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e posteriormente no domicílio? Como a avaliação familiar acerca do recém-nascido pré-termo, a capacidade para resolução de problemas e coping e o suporte social interferem na adaptação familiar ao recém-nascido na UTIN e domicilio? Quais são as demandas e necessidades apresentadas pela família em seu processo de ajustamento e adaptação familiar do período do nascimento até o 12º mês de vida? Nesse sentido o objetivo geral desta pesquisa é analisar o processo de adaptação familiar ao nascimento prematuro durante a internação na UTIN e no 1º, 3º, 6º, 9º e 12º mês após a alta hospitalar. Será um estudo longitudinal de métodos mistos convergente (Creswell, 2007) que utilizará como referencial teórico o Modelo de Resiliência, estresse, ajustamento e adaptação familiar de McCubbin & McCubbin (1993). O cenário serão três hospitais públicos do Estado de Minas Gerais, dois localizados em Belo Horizonte e um em Divinópolis. Serão participantes do estudo pais e mães de recém-nascidos com idade gestacional menor que 32 semanas que necessitarem de internação nas UTIN's. Serão incluídos todos os recém-nascidos e suas famílias que atenderem aos critérios de inclusão. O procedimento de coleta de dados será realizado em duas fases, sendo a primeira durante a internação hospitalar e outra nos 9 meses subsequentes à alta hospitalar. A Fase I terá a duração de 6 meses, durante os quais será feito o recrutamento dos participantes. A Fase II será desenvolvida durante os 12 meses subsequentes a alta hospitalar de cada um dos participantes. O processo de dados se dará da seguinte forma: Na fase I e II serão utilizados um Questionário com a Caracterização demográfica da criança e seus pais e as escalas de Escala de Edinburgh, Parent Stress Scale: NICU, Family ProblemSolving Communication Index, Family Coping-Coherence, Medical OutcomesStudy: Social SupportSurvey - (MOS-SSS) e Brief-FamilyAssessmentMeasure(B-FAM) e entrevista semiestruturada explorando aspectos da adaptação familiar ao cuidado as crianças em cada um dos momentos da coleta de dados. Os dados quantitativos e qualitativos produzidos comporão um banco de dados para posterior análise, considerando a sua natureza. Para os dados quantitativos será realizada uma análise estatística descritiva para as características de cada participante e também de cada família. Para as variáveis contínuas serão calculadas a média, mediana, o desvio padrão e tabuladas as frequências e percentagens. Será um modelo linear misto por ser considerado capaz de analisar a relação entre as variáveis do estudo (Luke, 2004). Os dados qualitativos serão submetidos à análise de conteúdo conforme proposto por Hsein e Shannon (2005) orientado pelo referencial teórico do estudo. As informações obtidas nas duas estratégias serão analisadas conjuntamente de maneira complementar buscando prover maior compreensão sobre o fenômeno investigado.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elyson Ferreira de Souza

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • governança fundiária em terras urbanas da amazônia legal
  • Este projeto contempla a linha de pesquisa das área temática 3, que aborda respectivamente estudos sobre: Abordagem por bioma aplicada a municípios ou regiões – funcionamento e resiliência de ecossistemas, condições locais, biodiversidade e sustentabilidade. O objetivo é investigar a importância da governança fundiária para a formulação de políticas públicas de sustentabilidade urbana, planejamento, gestão territorial e ambiental. Para tal finalidade iremos A execução deste projeto será realizada por meio da cooperação multi e interdisciplinar de três Instituições: Universidade Federal do Acre (UFAC), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC) . Em função de a equipe ser formada por pesquisadores e professores já vinculados aos Programas de Pós-Graduação das Universidades partícipes, destacamos que as atividades de ensino, pesquisa e extensão terão continuidade durante a vigência e após o encerramento do referido projeto. Este é um primeiro esforço que no curto, médio e longo prazos trarão algumas experiências importantes dentre elas:  O compartilhamento mútuo de experiências entre professores, pesquisadores e alunos de Pós-Graduação de regiões diferentes, além da possibilidade de difundir esses conhecimentos em atividades de ensino, pesquisa e extensão, resultará na possibilidade de fortalecimento das ações para a formulação de políticas de Estado e serviços governamentais com resultados satisfatórios para as Instituições envolvidas.  A possibilidade de produzir e publicar pesquisas cujo caráter interdisciplinar de diferentes regiões, áreas de conhecimento e de concentração de pesquisa como: sustentabilidade urbana, planejamento, gestão territorial e ambiental, garantindo uma riqueza de conhecimento e troca de experiências sobre a temática apresentada.
  • Universidade Federal do Acre - AC - Brasil
  • 21/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Elzania Sales Pereira

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • exigências nutricionais de mantença e crescimento em fêmeas santa inês
  • Um experimento será conduzido para avaliar os requerimentos de energia, proteína e minerais de fêmeas Santa Inês em crescimento. Será realizado abate comparativo,utilizando 50 fêmeas Santa Inês com aproximadamente 15 kg de peso corporal inicial, sendo 5 abatidas no inicio do experimento , constituindo o grupo referencia. O delineamento experimental será inteiramente casualizado em esquema fatorial 3 (níveis de concentrado: 50%, 25% e 25 % com consumo restrito a 1% do peso corporal) X 3 ( período de abate aos 50, 100 e 150 dias). Desta forma os 45 remanescentes serão divididos em três grupos aleatoriamente, correspondentes a três níveis de concentrado, sendo 15 animais alimentados com uma dieta com 50% de concentrado, 15 animais serão alimentados com uma dieta com 25% de concentrado. Os 15 animais pertencente ao grupo mantença serão alimentados com uma dieta com 25% de concentrado, com consumo restrito a 1% do peso corporal, com base na matéria seca. O volumoso utilizado será feno de capim Tifton 85. Os concentrados serão formulados a base de milho grão moído, farelo de soja, farelo de trigo, ureia, sulfato de amônio, calcário, sal comum e mistura mineral. Os animais serão confinados por 150 dias, sendo realizados abate a cada 50 dias para determinação da composição corporal e exigências nutricionais de energia, proteína e minerais.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emanoel Paiva de Oliveira Costa

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • efeitos de bolhas de plasma na propagação de sinais de banda larga e determinação dos parâmetros elétricos do solo considerando o terreno irregular
  • Este projeto de pesquisa científica e tecnológica descreve três atividades: 1. Análise dos efeitos de bolhas de plasma equatorial detectadas pela Sonda Plana de Langmuir a bordo do satélite C/NOFS na propagação transionosférica de sinais de banda larga; 2. Análise dos efeitos do terreno irregular e dos parâmetros elétricos do solo sobre a propagação de sinais de rádio com base em soluções numéricas de equações integrais; 3. Determinação dos parâmetros elétricos do solo a partir de medidas de intensidade de campo considerando os efeitos do terreno irregular. Estas atividades, que se classificam predominantemente na área de conhecimento Geociências, serão desenvolvidas pelo proponente, Professor Associado, e por bolsistas de Pós-Graduação e de Iniciação Científica do Centro de Estudos em Telecomunicações (CETUC) da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) que venham a se interessar pelos temas propostos durante o período de 36 meses contados a partir de sua implementação.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emanuel Fernandes de Lima

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • controle da dinâmica quântica linear e não-linear
  • O presente projeto tem como tema de pesquisa o controle da dinâmica de átomos ultrafrios aprisionados em armadilhas atômicas. O projeto se apoia em dois eixos principais de investigação teórica: (i) o controle da formação de moléculas por fotoassociação e (ii) o controle da dinâmica da função de onda macroscópica de condensados de Bose-Einstein. O objetivo central da presente proposta é desenvolver e aplicar técnicas de controle quântico a estes dois problemas, permitindo assim aferir o grau de controlabilidade dos sistemas, bem como elucidar a relação entre os controles e as correspondentes dinâmicas dos sistemas. Na fotoassociação, pares de átomos em colisão são ligados para formar moléculas diatômicas através da ação de um laser externo especialmente modulado para esse fim. O controle desse processo tem o objetivo de criar amostras de moléculas ultrafrias e vibracionalmente estáveis que possam ser utilizadas em diversas aplicações, como em computação quântica. O controle da dinâmica de condensados de Bose-Einstein visa levar o condensado de um estado inicial para um estado final desejado, especificado por uma função de onda macroscópica. A dinâmica pode ser controlada pela modulação tanto do potencial de confinamento da armadilha atômica quanto do comprimento de espalhamento. Será investigado o controle da formação de vórtices e a relação com o surgimento do comportamento turbulento do fluido quântico. Com essas investigações, o projeto visa contribuir com o desenvolvimento e com a aplicação da teoria de controle quântico ao estudo da matéria ultrafria.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emanuel Maltempi de Souza

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • nanotecnologia aplicada ao desenvolvimento de uma vacina contra a covid-19
  • No final de dezembro de 2019, várias autoridades chinesas de saúde relataram o surgimento de pacientes com pneumonia de causa desconhecida, mas que epidemiologicamente estavam ligados a um mercado de frutos do mar em Wuhan (Província de Hubei – China). Poucos dias depois, comprovou-se que a pneumonia tinha origem viral causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2. A doença causada foi denominada de COVID-19. A disseminação do SARS-CoV-2 teve uma escalada rápida, levando a OMS a declarar a COVID-19 uma pandemia em 11 de março de 2020. A pandemia de COVID-19 revelou a necessidade eminente de um método de vacinação para combater a doença e eventuais futuros surtos de infecção causados por outros coronavírus. Atualmente, a maioria das vacinas comerciais emprega patógenos atenuados para a imunização de humanos. Embora o emprego de organismos atenuados seja eficaz para a imunização, em certas condições, especialmente nas de imunocomprometimento, há o risco de que o organismo inoculado recupere sua patogenicidade. Por outro lado, a produção de vacinas com componentes do patógeno (proteínas ou peptídeos), aliada a uma técnica adequada de administração, tem se mostrado uma alternativa segura e eficaz para imunização contra doenças infecciosas. Nos últimos anos, o uso de nanopartículas como veículos para vacinas recebeu grande atenção para a entrega de antígenos e imunização. Entretanto, nanopartículas para vacinas devem atender os seguintes critérios: (i) proteger os antígenos de degradação proteolítica, (ii) facilitar a captação e o processamento de antígenos pelas células apresentadoras de antígenos e (iii) devem ser seguras para o uso humano. Nesse contexto, o polímero bacteriano denominado de polihidroxibutirato (PHB) surge como um substrato atrativo para a fabricação de nanopartículas funcionalizadas, visando a imunização humana. PHB é um poliéster hidrofóbico, insolúvel em água e com alta estabilidade na circulação sanguínea e nos tecidos. Além disso, PHB possui propriedades biodegradáveis e biocompatíveis já sendo adotado para a fabricação de implantes médicos e como carreador de medicamentos. Do ponto de vista econômico, o PHB é mais vantajoso do que outros materiais poliméricos utilizados para a fabricação de nanopartículas, pois pode ser produzido industrialmente por fermentação microbiana utilizando insumos agroindustriais de baixo custo e abundantes no Brasil. Micropartículas de PHB expondo antígenos superficialmente já foram utilizadas com sucesso para imunizar camundongos contra hepatite C e tuberculose, demonstrando respostas imunológicas do tipo Th1 que é particularmente relevante para a defesa persistente frente a patógenos.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 24/07/2020-23/08/2022
Foto de perfil

Emanuela Prado Ferraz

Ciências da Saúde

Odontologia
  • efeito in vitro do biosilicato com duas fases cristalinas na diferenciação e atividade osteoclástica
  • Estratégias envolvendo engenharia de tecidos como terapia para o tratamento de defeitos ósseos produzidos por trauma, processo infeccioso ou patológico são de grande interesse nas áreas de cirurgia buco-maxilo-facial e ortopedia. Dentre os biomateriais disponíveis para serem utilizados como arcabouços, as vitrocerâmicas surgem como um material promissor por suas características mecânicas e de biocompatibilidade. Resultados prévios evidenciaram que o Biosilicato com duas fases cristalinas (BioS-2P) é um material com características osteoindutoras, capaz de aumentar a diferenciação osteoblástica, além de conduzir a neoformação óssea quando implantado em efeitos criados em calotas de ratos, sugerindo que esse biomaterial pode ser adequado para o uso em engenharia de tecido ósseo. Contudo, o processo de remodelação óssea envolve ações sinérgica e controlada dos processos de neoformação e reabsorção, modulados por mecanismos locais e sistêmicos, e com a participação de outros tipos celulares além dos osteoblastos. A literatura tem poucos estudos que abordam o processo de reabsorção no contexto da engenharia de tecidos e não existem dados sobre o efeito do BioS-2P sobre a diferenciação e atividade dos osteoclastos. Assim, o objetivo do nosso estudo é avaliar o efeito do BioS-2P e dos produtos de sua dissolução na diferenciação e atividade osteoclástica, in vitro, comparados com o vidro bioativo padrão ouro, o Bioglass® 45S5 (45S5). Para tanto, osteoclastos da linhagem RAW 264.7 serão cultivados (1) sobre discos de BioS-2P e 45S5 e em meio osteoclastogênico; e (2) sobre o plástico de cultura e em meio osteoclastogênico condicionado por BioS-2P e 45S5. Nas diferentes condições de cultivo, serão avaliados a morfologia, a proliferação e a diferenciação atividade osteoclásticas, pela marcação da fosfatase ácida resistente ao tártaro TRAP e pela expressão de genes marcadores de osteoclastos por PCR em tempo real: TRAP, fator de necrose tumoral alfa (TNF-α) receptor ativador do fator nuclear kapa B (RANK), metaloproteinase 9 (MMP9), metaloproteinase 13 (MMP13), receptor associado ao osteoclasto (OSCAR), catepsina K (CTSK). Os resultados desse estudo poderão contribuir para o entendimento do papel das vitrocerâmicas no processo de remodelação óssea focado na atividade reabsortiva e no estabelecimento de novas estratégias de modulação das atividades osteoclástica, favorecendo a interação entre o tecido ósseo e os biomateriais.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emanuele Souza Marques

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • vivência e testemunho de violência familiar é um dos determinantes do estado nutricional de adolescentes?
  • Introdução: As pesquisas que avaliam uma possível relação entre a vivência e o testemunho de violência familiar e estado nutricional em crianças e adolescentes são recentes, escassas e apresentam resultados controversos. Objetivo: Avaliar se a vivência e o testemunho da violência familiar é um dos determinantes do estado nutricional em adolescentes. Métodos: Pretende-se realizar uma busca sistemática da literatura sobre a vivência da violência familiar e estado nutricional na infância e adolescência em seis bases de dados eletrônicas (MEDLINE, LILACS, Embase, Psycinfo, Wholis, Open Grey), sem delimitação de período de busca. A seleção dos artigos será realizada segundo os seguintes critérios: (i) ser pulicado nos idiomas inglês, português ou espanhol; (ii) ter como objetivo a avaliação das relações supracitadas. Todos os artigos terão seus títulos e resumos analisados por dois revisores. Os estudos de interesse serão lidos na íntegra e as informações relevantes foram extraídas utilizando-se formulário padrão pelos mesmos revisores. Será realizada uma síntese qualitativa das referências selecionadas na etapa anterior. Para metanálise e metaregressão, as análises considerarão o tipo de intervenção analisado nos estudos. Ademais, as informações que serão utilizadas para realização do estudo original fazem parte de um inquérito domiciliar realizado no Distrito de Campos Elíseos, Município de Duque de Caxias, entre abril a novembro de 2010. A população deste estudo de fundo foi selecionada por meio de amostragem por conglomerados em três estágios (setor censitário, domicílio, indivíduo) com técnicas de amostragem inversa para a seleção dos domicílios. A amostra do estudo incluiu 849 mulheres que no período da entrevista relataram possuir algum relacionamento amoroso nos 12 meses anteriores. As informações foram obtidas por meio de entrevista utilizando-se um questionário estruturado, contendo instrumentos previamente validados, como a Revised Conflict Tatics Scales (CTS2) para a mensuração das violências e avaliação antropométrica para aferição das medidas de peso e estatura. Será utilizada regressão logística para explorar a relação entre a violência familiar, vivência e testemunho, o estado nutricional de adolescente. Resultados Esperados: Os resultados da pesquisa serão divulgados, principalmente, através de publicação de artigos científicos. Espera-se com a realização deste projeto estar ampliando a discussão sobre outros determinantes para o estado nutricional inadequado.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Émerson Borghi

Ciências Agrárias

Agronomia
  • indicadores agronômicos de eficiência para sistemas intensificados de grãos em ambientes de sequeiro e irrigado em minas gerais
  • Sistemas conservacionistas do solo como o plantio direto (SPD) são reconhecidamente uma estratégia de produção sustentável em várias regiões brasileiras. Uma das dificuldades de sua implantação está na escolha de espécies para composição de sistemas de rotação de culturas, uma vez que, em locais onde a restrição hídrica é frequente, a impossibilidade de cultivos em rotação ou em sucessão limita a adoção desta tecnologia. Este projeto de pesquisa tem por objetivos avaliar, por dois anos agrícolas , sistemas produtivos de grãos em dois ambientes (sequeiro e irrigado) estabelecidos em SPD utilizando rotação, sucessão e consórcio; avaliar a inclusão da braquiária como planta de cobertura visando produção de palhada; determinar a velocidade de decomposição e a disponibilidade de nutrientes pelas coberturas vegetais presentes na superfície do solo; verificar o comportamento fisiológico e características agronômicas das culturas produtoras de grãos nos diferentes sistemas produtivos; monitorar as alterações químicas, biológicas e físicas do solo e; calcular os balanços econômicos e os indicadores técnicos dos sistemas de cultivo propostos para cada ambiente. O projeto será conduzido nos anos agrícolas 2018/19 e 2019/20, em Sete Lagoas, Região Central de MG. O delineamento experimental será em delineamento em blocos casualizados, com 10 repetições.. Nos ambientes de produção em sequeiro e irrigado, os tratamentos serão compostos por dois níveis de investimento (adubação e tratos culturais) e cinco sistemas de cultivo. Ambiente de sequeiro: 1) Milho em monocultura; 2) Soja em monocultura; 3) Milho e soja em sucessão; 4) Milho e soja em sucessão, com inclusão de braquiária em consórcio somente nos cultivos de milho; 5) Milho e soja em sucessão com inclusão de braquiária em consórcio nos cultivos de milho e de soja; Ambiente irrigado: 1) Milho em monocultura; 2) Milho e feijão em sucessão; 3) Soja, milho e feijão em rotação; 4) Soja, milho e feijão em rotação, com inclusão de braquiária em consórcio somente nos cultivos de milho; 5) Soja, milho e feijão em rotação sem inclusão de braquiária em consórcio nos cultivos de milho. Cada tratamento será constituído por 50 linhas de 200 metros de comprimento. Serão avaliados no solo os atributos químicos, físicos e biológicos; a quantidade de palha na superfície antes da semeadura para estimar a degradação; e nas culturas serão avaliados os estádios fenológicos, diagnose foliar, estande final, matéria seca da parte aérea, fisiologia das culturas e produtividade de grãos. Serão calculados os indicadores de eficiência e análise econômica dos sistemas de cultivo e comparados às monoculturas de soja e milho considerando cada ano agrícola e ambientes de cultivo separadamente.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emerson Cristiano Barbano

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • montagem de facilidade experimental para estudos de óptica não linear em sólidos e líquidos
  • Este projeto consiste no estabelecimento de uma nova linha de pesquisa na UFPR, a óptica não linear. O proponente, junto com colaboradores, está montando sistemas experimentais para estudos de não linearidades ópticas refrativas em sólidos e líquidos através de técnicas de feixe único, mais especificamente, por meio das técnicas de Varredura-Z e NER (do inglês Nonlinear Ellipse Rotation). O auxílio financeiro solicitado tem o intuito de viabilizar a implementação destes sistemas. Embora as técnicas mencionadas, Varredura-Z e NER, já sejam consolidadas, elas continuam possibilitando estudos inéditos, tanto do ponto de vista de física básica quanto do ponto de vista de física aplicada. Neste projeto, aproveitando-se do fato de que as técnicas mencionadas se relacionam de forma diferente com os elementos tensoriais da susceptibilidade elétrica não linear, propõe-se investigar a origem e contribuição de diferentes efeitos ópticos não lineares no sinal refrativo observado durante o processo de interação da radiação com a matéria e, também, empregar os sistemas experimentais como ferramentas de caracterização das propriedades ópticas não lineares de materiais com potencial aplicação em fotônica.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emerson Diógenes de Medeiros

Ciências Humanas

Psicologia
  • elaboração e evidências psicométricas da escala global de bullying – agressor e vítima (egb - av): uma abordagem multidimensional do bullying
  • O bullying é caracterizado como uma forma de agressão intencional (seja ela física, verbal ou psicológica) e repetitiva sobre um indivíduo, no qual a relação estabelecida entre o agressor e a vítima é marcada por um desequilíbrio de poder ou força e pela incapacidade de defesa por parte da vítima. No Brasil existem medidas nacionais ou adaptadas que mensurem o bullying, entretanto, nenhuma delas avalia, de forma global (agressores e vítimas) o bullying na perspectiva multidimensional, com 4 dimensões ou formas de manifestações (Bullying verbal, físico, relacional e ciberbullying). Neste sentido, esta proposta busca contribuir sanando esta lacuna, já que possui como principal objetivo elaborar, reunindo evidências psicométricas, a Escala Global de Bullying – Agressor e Vítima (EGB - AV). Para alcançar os objetivos propostos foram planejados três estudos independentes. O Estudo 1 possui objetivo de elaborar a versão preliminar da EGB-AV e explorar seus parâmetros psicométricos. Neste sentido, estima-se contar com uma amostra de 250 estudantes de escolas públicas e privadas do Estado do Piauí. Estes responderão a versão inicial da EGB-AV além de questões sociodemográficas. As coletas serão realizadas em salas de aulas, mas as respostas serão individuais, e só ocorrerão após as autorizações legais necessárias. Os dados serão analisados atraves do IBM SPSS e Factor. O Estudo 2 tem como principal objetivo confirmar a estrutura encontrada no Estudo 1 e reduzir, via TRI, a medida foco da proposta. Deste modo, estima-se contar com aproximadamente 300 estudantes das redes publica e privada do Estado do Piauí. Estes responderão a Versão da EGB – AV, validada no estudo anterior, e questões demográficas. As coletas acontecerão, após autorizações dos dirigentes, pais e responsáveis, em ambiente escolar. Os dados serão tratados através do Software R e pacotes Lavaan, Psych e Mirt. Por fim, o Estudo 3 objetiva avaliar invariância grupal da medida em função do sexo dos participantes, tipo de escola (pública e privada) e ainda do estado de origem (Piauí, Maranhão e Ceará), além de verificar evidências de validade convergente e preditiva. Nesta etapa estima-se uma amostra de 450 participantes, equitativamente distribuídos por estado de origem e sexo. Os participantes preencherão a versão final da EGB-AV e instrumentos que medem bullying, depressão, valores humanos, engajamento escolar e autoestima. Assim como nos demais estudos, a coleta ocorrerá nas escolas que aceitem ceder seus alunos e respondidos individualmente, após consentimento livre e esclarecido. O Software R será tido em conta, juntamente com os pacotes semTools e Lavaan. Estima-se que ao final da execução do projeto proposto, será possível contar com uma medida curta, com abrangência para avaliar os tipos de bullying tanto para agressores e vítimas. Portanto, será possível realizar pesquisas em que se busque antecedentes e consequentes das diversas formas de manifestações do bullying.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emerson Fernandes Marçal

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • desequilíbrios globais e câmbio de equilíbrio
  • Na década de noventa a foi desenvolvida a abordagem intertemporal. Uma série de trabalhos discutiram varinate ao modelo original (Obstfeld et al. (1996), Gruber (2004), Ghosh e Ostry (1995), Ghosh e Ostry (1997)). Uma das principais conclusões desta literatura era que a conta correntee e a posição internacional de investimentos deveriam ser estacionárias. Esta proposição foi amplamente rejeitada em uma séries de trabalho para um conjunto grande de países. Este projeto visa avaliar o equilíbrio de longo prazo da conta corrente de uma maneira alternativa, permitindo que os ativos e os passivos tenham taxas diferentes de retorno e ajustados por variações patrimoniais importantes (Gourinchas e Rey (2007), Gourinchas e Rey (2007b)) numa versão modificada do aarcabouço de Campbell e Shiller (1987). Ou seja, ao invés de testar a estacionaridade da conta corrente diretamente, avalia-se a existência de cointegração entre ativos, passivos e balança comercial de bens e serviços para Estados Unidos, Brasil e alguns países desenvolvidos e em desenvolvimento. Caso a resposta seja positiva então as implicações para a estimação de um câmbio de equilíbrio de longo prazo com numa versão modificada da abordagem de equilíbrio comportamental da taxa de câmbio de equilíbrio.
  • Fundação Getúlio Vargas - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emerson Joucoski

Outra

Divulgação Científica
  • a formação extracurricular através do uso da prototipagem eletrônica com a plataforma arduino
  • Em parceria com a e a Secretaria de Estado da Educação (SEED) do governo do Paraná, através do Seed LAB, e o programa de extensão Laboratório Móvel de Educação Científica (LabMóvel) da Universidade Federal do Paraná, setor Litoral o projeto visa estimular a carreira de meninas para o ingresso nas áreas das Ciências Exatas, Engenharias e Computação no Brasil.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 30/12/2020-30/06/2022
Foto de perfil

Emerson Joucoski

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • x feira regional de ciências do litoral do paraná, versão 2021
  • A presente proposta refere-se à realização da X Feira Regional de Ciências do Litoral do Paraná, edição 2021, a ser promovida pelo Setor Litoral da UFPR com o apoio das escolas públicas da região, da secretaria municipal de Educação dos municípios envolvidos e do Núcleo Regional de Educação (NRE) dos sete municípios da região litorânea do Estado do Paraná que abrange os municípios de Morretes, Guaraqueçaba, Antonina, Paranaguá, Pontal do Paraná, Guaratuba e Matinhos. O evento se apresenta como uma necessidade condicionada por dois fatores: o primeiro é a atuação e os resultados obtidos pelo Programa Laboratório Móvel de Educação Científica da UFPR Litoral (LabMóvel) nas nove Feiras Regionais de Ciências realizadas, de 2011 a 2019, e demais atividades do projeto, cuja trajetória está sintetizada a seguir de forma a justificar a presente proposta. O segundo fator é o Projeto Político Pedagógico do Setor Litoral da UFPR (PPP, 2008), que tem como objetivos principais o desenvolvimento regional através do fortalecimento da Educação Pública. Desde sua implantação em 2005, a UFPR Litoral tem estabelecido parceria com todas as Secretarias Municipais de Educação dos sete municípios da região litorânea e com o Núcleo Regional de Ensino da Secretaria de Estado da Educação do Paraná, atuando fortemente no desenvolvimento de projetos e feiras em escolas e comunidades, na formação dos profissionais da Educação através de seus cursos de licenciatura (formação inicial) e nos processos de formação continuada de educadores. Este cenário de integração entre ensino superior e básico já estabelecido e a experiência da equipe proponente em iniciativas como as Feiras Regionais de Ciências, de 2011 a 2019 de forma ininterrupta2, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, de 2009 a 2019 de forma ininterrupta, a implantação de Clubes de Ciências nas escolas (descritos a seguir) e demais ações desenvolvidas pelo LabMóvel, cria ambiente propício para a realização de um evento como a Feira de Ciências, integrando ainda mais as diferentes esferas do ensino público e fortalecendo o crescente movimento da Educação Científica.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 30/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Emerson Monteiro Vieira

Ciências Biológicas

Ecologia
  • efeitos do fogo sobre mamíferos e suas interações ecológicas no cerrado do brasil central (território quilombola kalunga e parque nacional da chapada dos veadeiros)
  • O fogo é um importante fator de perturbação em vários ecossistemas no mundo, especialmente em áreas de savana como o Cerrado. Esse distúrbio afeta não só as plantas como também a fauna de mamíferos associada às áreas atingidas por queimadas. A avaliação da ocorrência desses animais em áreas com diferentes históricos de queima, o monitoramento das populações e avaliação do papel desses no ecossistema pode e deve ser feito com a participação de comunidades locais que ocupam as áreas protegidas ou seu entorno. A participação desses atores nas questões de manejo e determinação das lacunas de conhecimento associadas ao uso e manejo do fogo e o efeito destes na fauna é altamente desejável, podendo ser um fator decisivo para o sucesso de projetos integrados de manejo do fogo e conservação da mastofauna. O objetivo geral do presente projeto é investigar o efeito de diferentes históricos de queima, incluindo queimadas prescritas (precoces), nas comunidades de mamíferos e nas relações ecológicas em que os mesmos estão envolvidos em áreas de Cerrado nativo do Território Quilombola Kalunga e Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO). Para isso utilizaremos uma abordagem inédita em áreas do Cerrado, avaliando tanto espécies de médio/grande porte quanto de menor porte (os chamados pequenos mamíferos), integrando diferentes métodos de amostragem. Esse projeto será desenvolvido a partir do estabelecimento de parcelas permanentes e do desenvolvimento participativo de protocolos de monitoramento que possam ser empregados pelas equipes gestoras das áreas estudadas e outras áreas protegidas, em condições de diferentes regimes de queima, que incluem queimas prescritas ou controladas em diferentes épocas do ano, áreas de proteção contra o fogo e mesmo áreas atingidas por incêndios.Nossos objetivos específicos são: (1) identificar e monitorar a mastofauna em áreas em diferentes estágios sucessionais pós-fogo; (2) avaliar o efeito das queimadas na composição das comunidades de mamíferos; (3) identificar nas vegetações atingidas por eventos de fogo quais são os potenciais predadores de pequenos mamíferos; (4) identificar e quantificar em áreas em diferentes estágios sucessionais pós-fogo as interações ecológicas entre pequenos mamíferos e as plantas das quais consomem frutos; (5) verificar como diferentes históricos de fogo modificam a estrutura das redes de interações entre pequenos mamíferos e plantas das quais consomem frutos ou sementes; (6) avaliar como a incidência de queimadas precoces afetam a composição das comunidades e o uso do espaço por mamíferos; (7) desenvolver ações integradas para estabelecer e aprimorar protocolos de monitoramento da mastofauna como um todo para áreas florestais (em matas de galeria) e para áreas abertas (em campos e savanas) com participação de brigadistas, moradores e gestores; (8) acompanhar a fauna de mamíferos a partir da ocorrência de queimadas prescritas e controladas, capacitando brigadistas, moradores e gestores para a realização desta caracterização bem como o monitoramento da mastofauna antes e depois da ocorrência do fogo; e (9) produzir materiais de divulgação sobre os mamíferos e como esses animais lidam com o fogo, para um público-alvo de visitantes, moradores do entorno, e estudantes de ensino fundamental e médio. Ao entender o efeito de diferentes históricos de queima nas comunidades de mamíferos e nas relações ecológicas em que os mesmos estão envolvidos no Território Quilombola Kalunga e Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO) esperamos contribuir para que o manejo integrado do fogo seja realizado de forma a possibilitar a manutenção da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos na região. Além disso, a capacitação dos atores locais na realização de amostragens da mastofauna permitirá que as comunidades estejam envolvidas de forma participativa nas ações de monitoramento da biota. Com os resultados do presente projeto pretende-se submeter no mínimo 4 artigos para publicação em periódicos científicos além de propiciar a elaboração de duas teses de doutorado.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 01/12/2018-31/03/2022
Foto de perfil

Emerson Ribeiro

Ciências Humanas

Geografia
  • capacitação e aplicação da metodologia das instalações geográficas para professor (as) da rede pública crede 18 e 19
  • A formação e capacitação de professores de geografia da rede pública e considerando a indissociabilidade entre teoria e prática é preciso apresentar aos alunos/professores a realidade do ensino no Brasil para que elabore, executa e avalie planejamentos de geografia no ensino fundamental e médio, assim como reflita sobre a sua prática docente diante da realidade escolar. Para a formação de novos professores e a capacitação de docentes, estamos em busca de outra prática pedagógica, buscando articular a ciência geográfica, a arte e o cotidiano da escola, incorporando, assim, a criatividade para a manifestação dessa prática na universidade e nas escolas, realizando o processo de aprendizagem e ensino, com as instalações geográficas. Portanto, a aproximação entre a universidade e a escola, e a formação de profissionais da educação em especial o de Geografia, e aqueles que estão em constante formação à pesquisa e novas metodologias devem ser apresentadas, e o melhor meio para isso é a realização de oficinas e minicursos, difundindo na rede pública, por meio das CREDE 18 e 19 da região metropolitana de Juazeiro do Norte.
  • Universidade Regional do Cariri - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emerson Rodrigo da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • fabricação de nanoestruturas de bradicinina mediada por dna
  • A auto-organização de biomoléculas constitui uma estratégia central em campos emergentes como a engenharia biomolecular, a bionanotecnologia e a nanomedicina. Inspirados pelo rico polimorfismo observado em componentes biológicos fundamentais, cientistas trabalhando na interface Física-Química-Biology têm tirado vantagem das características únicas exibidas por blocos moleculares extremamente versáteis como os amino ácidos e as nucleobases para construir uma série de novos materiais com aplicações que vão desde o transporte intracelular até a produção de matrizes teciduais. Neste projeto, pretendemos desenvolver estratégias de fabricação de nanoestruturas inéditas baseadas na Bradicinina, um peptídeo-hormônio com potente efeito hipotensor. A extensa presença de prolinas na composição deste peptídeo confere a ele rigidez estrutural que dificulta a formação de estruturas de com simetria definida em solução. Para contornar esse problema, a estratégia central será o uso de cadeias lineares de DNA como template que, através de interações eletrostáticas, mediarão a automontagem das nanoestruturas peptídicas. Diversos parâmetros físico-químicos, envolvendo desde modificações no desenho da molécula de Bradicinina até características iônicas do meio de promoção da automontagem, serão testados. A estrutura dos arranjos formados será elucidada por meio de uma série de ferramentas biofísicas compreendendo métodos espectroscópicos, espalhamento a baixo ângulo e microscopia avançada. O sucesso da formulação desses sistemas e a compreensão detalhada de sua organização nanoscópica abrirá portas para a produção de nanoestruturas bioativas com propriedades de controle de pressão arterial.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Emerson Schwingel Ribeiro

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • sínteses, caracterizações e aplicações de novos materiais
  • O presente projeto tem como objetivos principais as sínteses, caracterizações e aplicações de óxidos mistos e sílica gel quimicamente modificadas. Os materiais de interesse a serem obtidos são 1) óxidos mistos do tipo SiO2/MxOy, SiO2/MxOy/NxOy pelo processo sol-gel, 2) filmes de óxidos mistos do tipo MxOy/NxOy pelo processo sol-gel e/ou método de Pechini, 3) sílica gel quimicamente modificada (SGQM). As características de interesses a serem investigadas dos óxidos mistos referem-se ao grau de dispersão das partículas dos óxidos metálicos nos suportes, porosidade das matrizes, mobilidade térmica das partículas e a distribuição delas na superfície etc. Devido às características ácidas de Lewis e de Brønsted dos diferentes óxidos metálicos, será investigada a capacidade de adsorção de espécies eletroativas (EE), para o desenvolvimento de novos eletrodos quimicamente modificados. Esses novos óxidos mistos serão também utilizados na pré-concentração de íons metálicos em solução. A aplicação de sílica gel nanométrica quimicamente modificada com FSs (fotossensibilizadores) na geração de oxigênio singlete será estudada. Por último, este projeto propõe desenvolver novos filmes, em substituição à camada de fosfatização, a base de óxidos mistos para serem aplicados em superfícies de aço laminado a frio e aço galvanizado por imersão a quente, materiais largamente utilizados no setor de energia elétrica.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022