Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Debora da Silva Motta Matos

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • 5ª olimpíada nacional de aplicativos: soluções para fome zero e agricultura sustentável
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 22/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Debora de Almeida Azevedo

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • ferramentas analíticas na especiação molecular de petróleo, bio-óleo, derivados e biomarcadores ambientais
  • O estudo e avaliação abrangente de amostras complexas ainda se constitui um desafio analítico. Trabalhos prévios têm buscado esta tarefa, mas sempre se acaba por priorizar uma classe de substâncias em função da disponibilidade analítica, baseado nas características físico-químicas das substâncias como volatilidade, polaridade ou massa molecular. Amostras como petróleo bruto, bio-óleos e extratos de sedimentos ou rochas sedimentares são compostas por milhares de substâncias, sendo consideradas bem complexas na sua caracterização química, qualitativa e quantitativa. Portanto, nosso objetivo é o desenvolvimento, avaliação e aplicação de técnicas analíticas modernas como a cromatografia gasosa bidimensional abrangente com a espectrometria de massas por tempo de voo (GC×GC-TOFMS) e/ou a detecção por ionização em chama (GC×GC-FID), a espectrometria de massas de alta resolução do tipo orbitrap (Orbitrap-HRMS) e a cromatografia gasosa com espectrometria de massas de razão isotópica de carbono estável (GC-C-IRMS), no estudo qualitativo e quantitativo o mais abrangente possível de amostras de petróleo, bio-óleos e seus produtos, além das ambientais. A técnica de GC×GC permite a avaliação de substâncias volatilizáveis, de substâncias apolares a média polaridade, com massa molecular na faixa de 50 a 750 Da, enquanto o Orbitrap-HRMS com ionização por eletronebulização (± ESI) e introdução direta ou por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) nos permite a avaliação e estudo de substâncias polares, na faixa de 200-1500 Da. Neste último, temos interesse nos GDGT (‘glycerol dialkyl glycerol tetraether – GDGT’), glicerol dialquil glicerol tetraésteres, constituintes polares da membrana celular e ferramenta muito útil na inferência da paleotemperatura de paleoambientes pelo estudo de testemunhos sedimentares. Por serem polares, sua análise é realizada por espectrometria de massas com eletronebulização. Diante da complexidade de amostras de petróleo, a busca por uma caracterização e especiação completa de suas frações é constantemente necessária. As ferramentas utilizadas na rotina da indústria de petróleo não têm sido capazes de fornecer essa caracterização completa. Dessa forma, novos e antigos métodos tem sido, respectivamente, desenvolvidos e aplicados de modo a atingir o grau de informação necessário para diferenciar e acima de tudo dar o destino correto para cada petróleo, visando o melhor aproveitamento deste recurso. Pretende-se o desenvolvimento de ferramenta analítica baseada em GC×GC que permita a identificação e quantificação de espécies químicas de grande relevância em processos da indústria do petróleo, especialmente aquelas das classes dos compostos naftênicos, parafínicos e sulfurados. Agrega-se a isto a caracterização a nível molecular de substâncias polares presentes nos petróleos brasileiros utilizando a espectrometria de massas de alta resolução por ressonância ciclotrônica de íons com transformada de Fourier (FT-ICR MS) e/ou via Orbitrap. Esse estudo permitirá traçar um perfil químico desses petróleos brasileiros, abrangendo todas as substâncias polares identificáveis. A análise composicional do petróleo é uma etapa fundamental para compreender o comportamento dos diferentes tipos de óleos desde a exploração até a produção, o transporte e o refino. A indústria do petróleo possui grande interesse em vincular o impacto da concentração das classes de diferentes substâncias orgânicas nas diversas propriedades do óleo bruto. A caracterização detalhada é crucial na inferência das características físico-químicas dos diferentes tipos de óleos e seus derivados. No caso de biomassas, estas podem ser convertidas em líquidos denominados de bio-óleos via processo de pirólise e subsequente transformação e valoração. Estes podem ser utilizados como substitutos de óleos crus, petróleos, em unidades de refino convencionais e consequentemente com significante redução de emissões de CO2. A possibilidade de co-processar estes bio-óleos em várias unidades de refino pode levar a uma segunda geração de bio-combustíveis. Petróleo e bio-óleo são misturas complexas com milhares de componentes e a caracterização química o mais completa possível tem se tornado um desafio, e a cromatografia gasosa convencional assim como a espectrometria de massas de baixa resolução não são suficientes para caracterizar todos os constituintes individualmente. Uma caracterização química detalhada nestas amostras exige técnicas analíticas modernas. Neste projeto busca-se a especiação dos constituintes orgânicos de petróleo e bio-óleos, o mais abrangente possível, utilizando técnicas analíticas modernas como a cromatografia gasosa bidimensional e a espectrometria de massas de altíssima resolução e exatidão. Uma análise completa destes óleos, permite definir correlações entre a composição e quais serão os seus principais derivados, gerando produtos com maior valor agregado. Dessa forma, novos métodos têm sido desenvolvidos e aplicados de modo a atingir o grau de informação necessário para diferenciar e acima de tudo dar o destino correto para estes, petróleo e bio-óleo. De crucial importância também é a avaliação ambiental, dos compostos orgânicos em sedimentos de testemunhos de lagos da Amazônia, onde se estuda o paleoclima, como a paleotemperatura pela avaliação de n-alcanos, alquenonas e GDGT.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Débora de Barros Cavalcanti Fonseca

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • territórios da pobreza de maceió
  • A presente pesquisa propõe uma análise dos territórios da pobreza em Maceió fundamentado em um estudo temporal do cotidiano de moradores de assentamentos precários, tratando de observar e de antecipar mudanças e tendências relacionadas com a qualidade espacial e social do território em que vivem. Entende-se aqui assentamentos precários como favelas, cortiços, vilas, loteamentos irregulares/clandestinos, ocupações, conjuntos habitacionais degradados abrigando população de baixa renda. O estudo temporal mencionado tem a sua metodologia baseada em confrontar as mesmas pessoas que foram entrevistadas na pesquisa original (trabalho de campo de tese de doutorado em 2003) para verificar sua trajetória nos assentamentos precários em que habitavam, transcorridos 15 anos. A pesquisa inicial (tese) levantou 75 histórias de vida de moradores de três assentamentos precários e 37 histórias de vida e entrevistas com planejadores, ONGs e líderes de movimentos sociais da cidade de Maceió para entender como ocorria a integração social e espacial dos pobres urbanos. A presente pesquisa busca ampliar o entendimento desta questão agregando o fator temporal e assim analisar a pobreza urbana materializada em assentamentos precários, observando a forma como as políticas públicas, em uma escala macro, afeta o cotidiano no micro espaço da família ou comunidade. Será possível então verificar a trajetória daqueles moradores desde 2003 (75 histórias de vida) e assim avaliar as políticas urbanas e sociais implantadas no período, observando como a situação urbana deles evoluiu e ao mesmo tempo refazer as entrevistas realizadas com os planejadores, ONGs e movimentos sociais (37 entrevistas) e assim acompanhar como se deu a ação do estado e a implantação das políticas nacionais e locais de habitação de interesse social e seu impacto na qualidade de vida dos pobres urbanos. Propõe-se a análise dos territórios mencionados utilizando o sensoriamento remoto (fusionando imagens de satélite) e dados estatísticos disponíveis (utilizando a Teoria dos Conjuntos Fuzzy a partir do conceito de pobreza multidimensional e a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) complementando os dados empíricos utilizados tanto na pesquisa de origem (tese) como os que serão obtidos na presente proposta. O objetivo subjacente é desenvolver uma metodologia que possa ser aplicada em outras localidades e fornecer as bases para estudos posteriores que, em uma perspectiva de continuidade, acompanhe as políticas públicas e seu impacto na vida dos moradores dos assentamentos precários. Esta pesquisa fornecerá elementos de compreensão das práticas cotidianas de quem é alvo da intervenção estatal, buscando apontar para a produção de políticas públicas mais eficientes e adequadas ao público alvo, ao sugerir alternativas para os efeitos negativos da ação do estado (macro) no cotidiano (micro) dos pobres urbanos já observados nas áreas estudadas. Ao final as conclusões darão forma e conteúdo a um texto resultante da pesquisa que pretende ser a base de um livro, vídeo/filme ou artigos sobre o tema.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Debora de Mello Goncales Sant Ana

Outra

Divulgação Científica
  • paraná na semana nacional de ciência e tecnologia 2021
  • As ações propostas envolvem as Universidades do Estado do Paraná lideradas pela Superintendência de Ciência e Tecnologia do Estado. Objetivam desenvolver ações de divulgação da ciência, tecnologia e inovação em todas as regiões do Paraná visando ampliar o engajamento da população em geral com temas científicos e tecnológicos voltados para a sustentabilidade do planeta. Ações voltadas ao debate do papel da mulher na ciência e o interesse de meninas em C,T & I. 1 – Lançamento do e-book “Manual de Experimentos para jovens cientistas em ação”. O manual foi produzido nos últimos meses pelo WIE_UEM (Women in engennering), mulheres na engenharia visando incentivar meninas e mulheres nas áreas de ciências exatas e tecnologia. O livro tem 89 páginas coloridas e será disponibilizado para download gratuito para os interessados. Será lançado na forma de live procurando atrais estudantes de escolas públicas de diferentes regiões do Paraná. A live será transmitida via os seguintes canais do youtube de forma simultânea: Amigos do Museu Dinâmico da UEM; Mannateam; Conexão Ciência e NEAD-UEM. 2 – Mulheres Cientistas Paranenses: diversidade em Ação. Esta ação envolverá a publicação de perfis de mulheres paranaenses cientistas que atuem em diferentes áreas da ciência nas universidades do estado do Paraná. Serão selecionadas mulheres que representem todas as área de conhecimento e de forma a valorizar a diversidade, incluindo mulheres de diferentes etnias, idades, origens, condições em geral e identidade sexual. Será garantida a representatividade de pelo menos uma mulher de cada uma das categorias: pesquisadora paranaense negra, pesquisadora oriunda da zona rural, pesquisadora indígena, de origem asiática, imigrante, lésbica, transgênero, mãe de filhos pequenos, mãe de filhos adultos, com menos de 35 anos e com mais de 55 anos de idade. Serão realizadas entrevistas com estas mulheres visando a elaboração de posts para as redes sociais, vídeos curtos para comunicação em geral e textos com seu perfil e histórica de desenvolvimento humano, superação de dificuldades e atuação em C,T e I. O objetivo é motivar meninas e jovens a seguir carreiras científicas, superar preconceitos, acreditar que é possível ser mulher e cientista e possibilitar que se encontrem virtualmente e troquem informações. Será lançado na forma de live procurando atrair estudantes de escolas públicas de diferentes regiões do Paraná. A live será transmitida via os seguintes canais do youtube de forma simultânea: Amigos do Museu Dinâmico da UEM; Mannateam; Conexão Ciência e NEAD-UEM. Ações voltadas a divulgação de espaços de educação não formal existentes no Paraná 3 – Exposição de CT&I - Visita Virtual a Centros e Museus de Ciências do Paraná. Os estudos de percepção pública da ciência indicam a baixa procura por espaços de educação não formal pelos jovens em geral no Brasil. Possivelmente isso se dá pelo restrito número de espaços desta natureza existentes no interior dos estados, como por exemplo, os espaços listados abaixo no estado do Paraná. Conhecer espaços de divulgação da ciência e de educação não formal amplia a vinculação do cidadão com temas científicos, servindo como reflexão e aprendizado nestas áreas. Diante da dificuldade de visitas a centros e museus de ciências de forma presencial serão realizadas visitas virtuais a estes espaços por meio da gravação de imagens, explicação com mediadores e realização de experimentos nos espaços envolvidos. Os Centros e Museus de Ciências abertos de forma virtual serão: - Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM – MUDI (www.mudi.uem.br); - Herbário da Universidade Estadual de Maringá; - Museu de Ciência e tecnologia da UEL; Laboratório de etnohistoriografia indígena da UEM; - Horto de Plantas Medicinais da UEM; - Hotel de abelhas da Fazenda Experimental de Iguatemi – UEM; - Fablab da UEM, campus de Cianorte; - Museu da Bacia do Paraná – UEM; - Museu dos Campos Gerais – Ponta Grossa; - Museu de Ciências Naturais da UEPG; - Museu de Ciências Morfológicas da UEL. Ações voltadas a divulgação de C, T e I para públicos específicos 4 – Ciência Intergeracional: cientista não tem idade! Serão desenvolvidas sessões interativas via meeting com estudantes da terceira idade matriculados nas Universidades Abertas da Terceira Idade das Universidades Paranaenses. As sessões serão temáticas e abordarão reflexões sobre temas transversais. Temas transversais a serem abordados nas ações de ciência intergeracional: - Ciência antivírus: abordagem da pandemia utilizando-se ferramentas de diferentes áreas da ciência como história, geografia, computação, saúde, biologia entre outras; - Dinheiro também é questão de ciência: ações de educação financeira visando discutir de forma comparativa o uso de moeda no passado e na atualidade, o valor do dinheiro em diferentes épocas, planejamento e realização entre outros. Serão desenvolvidas ações que envolvam matemática, sociologia, história, economia, computação, psicologia entre outros. - Mudanças Climáticas: o ambiente ontem, hoje e amanhã, o que a Ciência tem a dizer. Objetivos desta ação: Integrar diferentes gerações em debates de temas atuais e transversais da ciência como pandemia, educação financeira e mudanças climáticas. O debate em cada tema será mediado por professores das Universidades Estaduais vinculados a Universidades da Terceira Idade e Estudantes Universitários. Serão apresentadas as diferentes formas de ver o mundo, o impacto do desenvolvimento ao longo do tempo e a diferenciação das visões de ciência como forma de levar a percepção da evolução da C, T e I. 5 – Ciência nas Redes (sociais) Visando ampliar a interação com o público adolescente será desenvolvido um concurso de divulgação científica por meio do tiktok. O objetivo é mostrar que ciência também pode ser divertida e que e utilizar diferentes linguagens. Todas as ações envolverão de forma direta 41 municípios.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Débora de Oliveira

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • encapsulamento e atividade biológica de compostos bioativos naturais obtidos por síntese enzimática
  • Durante os últimos anos, os processos biocatalíticos, que se enquadram no conceito de química fina vêm ganhando maior âmbito no mercado, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento de novas tecnologias visando à obtenção de aditivos para a indústria de alimentos, farmacêutica e de cosméticos, representando uma meta desafiadora para a pesquisa acadêmica e industrial. Os processos industriais com base em métodos biocatalíticos são discutidos em termos de suas vantagens sobre a síntese química clássica e a extração de fontes naturais. As tecnologias envolvendo aplicação de enzimas em solventes alternativos (fluidos pressurizados) e em meio sem solventes (pelo emprego de ultrassom e micro-ondas) caracterizam-se em procedimentos de obtenção de produtos de elevada qualidade, sem os inconvenientes relacionados à alteração de suas propriedades e à presença de resíduos de solvente, geralmente associados aos processos convencionais, se inserindo no contexto de desenvolvimentos de processos com tecnologias limpas e Química Verde. O uso destas tecnologias apresenta-se altamente atrativo na obtenção de diversos óleos essenciais e ácidos graxos, uma vez que vem de encontro ao interesse por produtos de maior valor agregado e às exigências ambientais cada vez mais severas. Os aromas, aromatizantes e antioxidantes possuem importantes atributos na indústria de alimentos, bebidas, química, farmacêutica e de cosméticos. Atualmente se observa a preferência de consumo de alimentos que contêm em sua formulação ingredientes “naturais”, em substituição aos aditivos químicos. Compostos obtidos por catálise enzimática ou por ação microbiana podem ser considerados “naturais”, o que faz com que esses produtos tenham apelo de mercado diferenciado. Neste sentido, os ésteres são uma das importantes classes de compostos orgânicos com propriedades aromatizantes, antioxidantes, antimicrobianas e várias outras propriedades biológicas. Ésteres obtidos por via enzimática têm sido muito valorizados devido à sua obtenção em condições brandas, podendo ser considerados produtos naturais quando os substratos têm esta origem. As propriedades biológicas dos ésteres dependem da natureza química dos reagentes de partida. Assim, ésteres produzidos a partir de ácidos alifáticos têm larga escala de aplicações devido a suas propriedades aromatizantes, surfactantes e de biodegradabilidade. Alguns ésteres também demonstram propriedades antibióticas, antioxidantes e inseticidas e não são tóxicos para humanos. Por essa razão, estão sendo usados como aditivos na indústria de alimentos, bebidas, farmacêutica, cosméticos e produtos de higiene bucal. A síntese enzimática envolvendo lipases apresenta diversas vantagens, pois pode garantir maiores rendimentos em reações com temperaturas próximas à ambiente, dependendo do processo e da enzima aplicada, o que render produtos de qualidade, com economia de energia e reduzida ocorrência de subprodutos. A economia de energia e minimização da degradação térmica são provavelmente as maiores vantagens na substituição de tecnologias químicas convencionais pelas biológicas. Processos de produção enzimática de ésteres enfrentam vários problemas relacionados com a imiscibilidade dos reagentes, o que reduz as taxas de transferência de massa, causa aumento nos tempos de reação e reduz o rendimento. Dentre as tecnologias alternativas, a utilização de fluidos pressurizados, micro-ondas e ultrassom podem ser efetivamente aplicados para atender a demanda de tecnologias inovadoras (Lerin et al., 2014; Jadhav e Gogate, 2014). Considerando o exposto acima, este projeto propõe, em uma primeira etapa, a avaliação de diferentes sistemas reacionais (meio livre de solvente orgânico, meio na presença de solvente orgânico, ultrassom e micro-ondas) para a síntese enzimática de ésteres bioativos. A investigação da síntese utilizando sistema com e sem solventes e com o auxílio dos diferentes sistemas reacionais pode indicar o melhor meio reacional em relação à conversão e à estabilidade da enzima. Os ésteres bioativos serão avaliados em relação à estrutura química, atividade antioxidante, antimicrobiana e outras atividades biológicas. Sistemas potenciais terão sua produção também avaliada em modo batelada alimentada e contínuo, com vistas à ampliação de escala e proposição de forma de condução. Propõe-se, ainda, para aumentar o poder de dissolução de ésteres pouco solúveis em água, modificar as propriedades de superfície das partículas e proteger a estabilidade dos materiais incorporados. Estas características podem ser obtidas pelo processo de nanoencapsulamento. Dentro deste contexto, o encapsulamento dos ésteres de interesse sintetizados na etapa anterior se justifica por apresentar uma tecnologia inovadora no encapsulamento de ésteres aromáticos com propriedades biológicas, sendo que estes apresentam potencial para serem empregados como conservantes, aditivos na indústria de alimentos, de cosméticos e farmacêutica.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Débora Falleiros de Mello

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • o cuidado da criança em domicílio e em creches: desenvolvimento infantil e escolhas familiares
  • A presente pesquisa tem o objetivo geral de analisar as escolhas das famílias sobre o tipo de cuidado a ser ofertado à criança em seu primeiro ano de vida, suas necessidades e expectativas, condições de saúde e qualidade do cuidado da criança, em busca de subsídios que contribuam para a formulação de políticas públicas em prol da atenção integral e promoção do desenvolvimento na primeira infância. O estudo realizará um acompanhamento longitudinal de uma coorte de gestantes e crianças de Ribeirão Preto-SP, para analisar como os cuidados são planejados para o futuro bebê, como é alterado após a chegada do bebê e o quanto os serviços destinados ao cuidado da criança estão de acordo com as necessidades da criança e da família. Pretende-se investigar se os bebês recebem cuidados de qualidade adequados às suas necessidades desenvolvimentais, e identificar quais os fatores determinantes na escolha do tipo de cuidado por parte da família. O estudo trará subsídios para a atenção à saúde da criança, suas necessidades de cuidado, percepção e expectativas maternas. A investigação trará elementos importantes ao cuidado de enfermagem em saúde da criança, no campo da corresponsabilidade para fazer do contato com a criança e sua família uma janela de oportunidades, com intervenções, acompanhamento e visão ampliada da saúde e desenvolvimento na primeira infância. Ainda, as conclusões contribuirão para o planejamento da qualidade da atenção à criança em creches e a oferta de serviços voltados para a criança pequena, permitindo a gestores públicos considerações a respeito da qualidade demandada por esses serviços. Compõem este projeto parcerias nacionais e internacionais, com produção científica conjunta, bem como a formação de recursos humanos em saúde, conclusão de teses de doutorado, dissertações de mestrado e iniciações científicas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Débora França de Andrade

Engenharias

Engenharia Química
  • separação e isolamento das principais classes constituintes do biodiesel visando a obtenção de padrões de referência
  • O biodiesel foi inserido na matriz energética brasileira, em 2005, através da Lei nº 11.097. Deste então, ficou estipulado o crescente incremento da concentração mínima de biodiesel no óleo diesel vendido ao consumidor, visando reduzir a importação do diesel derivado de petróleo. Atualmente todo o óleo diesel comercializado no país possui um percentual de 10,0 ± 0,5 % de biodiesel (B10). As propostas futuras são de aumentar esse percentual para 15 %, e consequentemente, existe hoje uma preocupação com a qualidade do biodiesel. A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estabelece por meio da Resolução ANP no 45/2014 as especificações do biodiesel a ser comercializado. A reação de transesterificação de óleos vegetais para a produção do biodiesel acontece em três etapas. Nesta reação, existe a formação de monoacilglicerois (MAG) e diacilgliceróis (DAG) que são intermediários da reação. Além destes intermediários, os triacilgliceróis (TAG) não reagidos, oriundos do óleo vegetal, também podem estar presentes no produto final. Os MAG, DAG e TAG constituem os principais contaminantes do biodiesel, e sua presença altera as propriedades do combustível, podendo causar problemas operacionais quando utilizados em motores de combustão. Com o aumento da importância do biodiesel na matriz energética brasileira, o controle da qualidade química do mesmo, principalmente em relação aos teores de MAG, DAG e TAG, se torna fundamental para fornecer um produto de qualidade ao mercado. A quantificação dos constituintes do biodiesel pode ser realizada por meio de análises cromatográficas, fazendo-se uso de padrões de MAG, DAG, TAG e de ésteres metílicos de ácidos graxos (EsMAG) importados, que, por sua elevada pureza, possuem um alto custo de aquisição. Nesse contexto, esse projeto visa a produção de MAG e DAG pela reação de glicerólise de óleos vegetais, a produção EsMAG pela reação de transesterificação de óleos vegetais, e a partir desses produtos obter padrões de classes e/ou constituintes individuas de cada classe, através de separações cromatográficas e emprego da transposição de escala. O desenvolvimento deste método possibilitará a simplificação da análise do biodiesel por métodos analíticos, em especial a cromatografia líquida de alta eficiência, bem como a geração de padrões dessas classes constituintes.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Débora Guerini de Souza

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • caracterização dos mecanismos neuroprotetores do domínio ativo do tgf-beta 1: proposta de inovação científica e tecnológica
  • Introdução: O estudo de mecanismos bioquímicos e farmacológicos de substâncias promissoras no tratamento de desordens cerebrais é de grande importância, pois as estratégias utilizadas atualmente são pouco eficazes. Recentemente, o potencial terapêutico da citocina Fator de Crescimento Transformante beta 1 (TGF-beta 1, do inglês Transforming Growth Factor beta 1) vem sendo demonstrado em alguns modelos experimentais de doenças cerebrais, possibilitando novos caminhos na compreensão do funcionamento cerebral normal e comprometido. O TGF-beta 1 é um clássico exemplo de biofármaco, uma molécula recombinante obtida por engenharia genética e produzida por cultivo celular. Neste sentido, a produção de biofármacos inovadores ainda é pouco explorada no nosso país, bem como a pesquisa científica dos efeitos biológicos dos mesmos, o que deve ser encorajado. Atualmente, os biofármacos são os produtos mais promissores da indústria farmacêutica, tendo excelente perspectiva de uso em doenças de difícil condução, como, por exemplo, a doença de Alzheimer (DA), a qual é responsável por cerca de 50% dos casos de demência. A DA é caracterizada inicialmente pela disfunção do metabolismo da proteína beta-amiloide (AB), que evolui para deposição de placas de ABs; e progressiva neurodegeneração, clinicamente manifestada por declínio cognitivo e, subsequentemente, demência. Acredita-se que os oligômeros de AB; (ABOs), conformação oligomérica solúvel que precede a formação de placas de ABO, sejam responsáveis pela toxicidade inicial na DA. Doenças que afetam a função neuronal possuem intrinsecamente um componente glial no seu desenvolvimento. Neste sentido, a contribuição glial na patofisiologia da DA merece ser melhor compreendida para que novos alvos terapêuticos possam ser considerados. A busca por aprimoramento metodológico que aperfeiçoe a produção e caracterização de ação dos biofármacos, especialmente os que possuem maior chance de serem transladados para uso clínico em um futuro próximo, é um grande desafio, porém fundamental em ser enfrentado para a integração das áreas de bioquímica, farmacologia e biotecnologia, bem como para a geração de conhecimento e tecnologia localmente. Justificativa: Os recursos de engenharia genética permitem a produção TGF-beta 1, entretanto a elucidação do potencial farmacológico e toxicológico ainda precisa ser esclarecido para possibilitar o andamento de modelos experimentais e de estudos pré-clínicos, visando, futuramente, a translação dos achados de bancada para o uso clínico. Paralelamente, evidências recentes apontam os astrócitos, um subtipo de células gliais do cérebro, como células centrais na promoção da neuroproteção necessária para o funcionamento cerebral, podendo ser alvos promissores no desenvolvimento de estratégias de proteção envolvendo fatores de crescimento e a toxicidade dos ABOs. Objetivo: Desta maneira, objetivamos determinar o potencial terapêutico do domínio ativo do TGF-beta 1, o qual será obtido por meio de produção biotecnológica. A porção ativa do TGF-beta 1 será utilizada inicialmente em um modelo de neurotoxicidade mediado pelo peptídeo AB, tentando esclarecer o papel desta citocina na neuroproteção. Metodologia: O perfil toxicológico e farmacológico do domínio ativo do TGF-beta 1 será avaliado utilizando metodologias in silico e in vitro com intuito de avaliar características de citotoxicidade, viabilidade e proliferação celular. Subsequentemente, ensaios in vivo e in vitro (neuroquímicos, comportamentais e de neuroimagem) com TGF- beta1 serão realizados em um modelo experimental de DA. Serão determinados aspectos como, por exemplo, utilização de glicose in vivo pelo tecido cerebral, funcionalidade de transportadores (de substratos energéticos e de neurotransmissores) e expressão gênica. Resultados esperados: Temos como meta contribuir para a inserção de novas metodologias e tecnologias no PPG Bioquímica da UFRGS, visando inovação, desenvolvimento científico e formação de recursos humanos. Em busca de ineditismo, pretendemos estabelecer uma colaboração com um importante centro de produção de conhecimento no Brasil, o Departamento de Bioquímica e Imunologia da Universidade Federal de Minas Gerais, buscando expandir as linhas de pesquisa do PPG Bioquímica e gerar conhecimento científico de alto nível, característica já marcante no Departamento de Bioquímica da UFRGS. Adicionalmente, considerando o potencial uso terapêutico desta molécula em doenças neurodegenerativas, pretendemos verificar o mecanismo neuroprotetor do domínio ativo do TGF-beta 1 frente à toxicidade mediada pelo ABO, bem como esclarecer outros aspectos relacionados ao papel do TGF-beta 1 no sistema nervoso central, visando, futuramente, transferir os achados experimentais para estudos clínicos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Débora Marcondes Bastos Pereira Milori

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • laboratório nacional de agro-fotônica (lanaf)
  • A contribuição do agronegócio para o desenvolvimento econômico e social do Brasil nas últimas décadas é constatada pela importância no PIB, com a geração de emprego e renda. Esse papel será cada vez mais importante nos próximos anos, em função da necessidade de aumento da produção e da produtividade, para que o País tenha sua população alimentada com qualidade e contribua com a missão global de produção de alimentos, fibras e bioenergia, com sustentabilidade. Nesse contexto, o papel da ciência é de fundamental importância, para melhorar a eficiência na produção agrícola e, especialmente, a qualidade da produção agroindustrial, visto que a agroindústria fornece necessidades básicas ao ser humano como alimentos, bebidas, insumos para a produção de medicamentos, roupas e energia. Porém, a agricultura tradicional apresenta níveis de produtividade abaixo do necessário para o crescimento observado da população do País e do mundo, além disso, muitas vezes o sistema produtivo é pouco sustentável do ponto de vista ambiental. O desperdício, a poluição e as mudanças climáticas nos pressionam a fazer uma transformação rápida em nossa agricultura e agroindústria. Novas tecnologias têm sido aplicadas, como drones e imagens hiperespectrais. Entretanto, muito mais tecnologias ainda devem ser desenvolvidas, e as tecnologias óticas e fotônicas têm se mostrado soluções adequadas e eficazes. A Embrapa possui ampla rede de pesquisa distribuída em todo o país. São 43 Centros que trabalham na produção agrícola e atuam em várias cadeias produtivas, nos diferentes biomas brasileiros e em temas básicos que são transversais a todas as unidades, como a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, Embrapa Informática Agropecuária, e Embrapa Instrumentação. A Embrapa Instrumentação inaugurou, em 2003, de forma pioneira no Brasil, o primeiro Laboratório de Óptica e Fotônica aplicadas à agricultura e ao Meio Ambiente (LOFAM). Embora a Embrapa tivesse organizada por suas unidades Brasil afora uma infraestrutura de equipamentos para caracterização óptica de materiais, o LOFAM foi a primeira infraestrutura dedicada ao desenvolvimento de metodologias, sensores e equipamentos ópticos para aplicações agroambientais. Nesses 18 anos a Embrapa Instrumentação escreveu uma história de sucesso com projetos desenvolvidos, tanto pelo financiamento da Embrapa e de agências de fomento, quanto por meio de parcerias com a iniciativa privada. É importante ressaltar que as parcerias com as universidade e institutos de pesquisa foram essenciais para a construção de muitos projetos. Alguns desses projetos geraram vários ativos tecnológicos, que foram licenciados, e hoje são sucesso de vendas. Quando o MCTI lançou a chamada para o estabelecimento de laboratórios na área de Fotônica, foi bastante natural que o grupo de pesquisa em Fotônica no agro, liderado para Embrapa Instrumentação, se organizasse para submissão de uma proposta, e assim foi criado o Laboratório Nacional de Agrofotônica - LANAF. Com o formato multiusuários, tem como proposta a utilização de técnicas fotônicas para aplicações em segurança alimentar e segurança do alimento e pretende atuar em toda a cadeia de produção, desde a atividade agrícola, logística, indústria alimentar, até a entrega ao consumidor. Para isso, terá profissionais para trabalhar no desenvolvimento de métodos, equipamentos e sensores em temas estratégicos como: agricultura de precisão, fenotipagem, qualidade da água, avaliações de sementes e grãos, qualidade e desinfecção de frutos, adulteração em café, controle de qualidade do leite, etc. O LANAF pretende desenvolver novas tecnologias para a implantação de uma blockchain na cadeia de produção de alimentos, com vistas à melhoria na segurança e qualidade dos alimentos, e promoção da Agricultura Tropical ainda mais produtiva e sustentável. Para tanto, deve promover um controle de qualidade da produção de insumos e uma agricultura que utilize esses insumos de forma mais racional através da agricultura de precisão. Essa agricultura digital que monitora e atua com rapidez deve levar a um aumento de produtividade e redução de desperdícios em toda a cadeia. Novos sensores e equipamentos serão desenvolvidos para mapeamento e monitoramento espacial e temporal das áreas rurais, avaliando a sustentabilidade do sistema produtivo, principalmente no que diz respeito ao sequestro de carbono pelo solo, visando mitigar efeitos das mudanças climáticas globais. Na agroindústria pretende-se trabalhar com avaliação da qualidade de produtos do agro através de sensores e equipamentos que possam ser inseridos em diferentes pontos da produção e que possam gerar selos de qualidade. Todo o processo deve ser apto para ser rastreado para ser inserido nessa blockchain da produção de alimentos brasileira. Por se tratar de um projeto altamente multi e interdisciplinar, outro ponto forte é a formação de pessoas que possam atuar nessa interface de ciências exatas e biológicas e a agricultura tropical – a Agrofotônica. O LANAF é composto por pesquisadores de vários Centros da Embrapa, distribuídos em todo o país, e instituições públicas parceiras. A equipe tem larga experiência no tema e a grande maioria é credenciada em programas de pós-graduação com um histórico bem-sucedido na formação de pessoas. O LANAF deve fortalecer a formação de profissionais com o perfil empreendedor em Agrofotônica para atender essa crescente tendencia do agronegócio. Também será fortemente estimulada as ações de pesquisas e desenvolvimento em fotônica nos moldes de inovação aberta, com parcerias com startups, empresas privadas, cooperativas e associações de produtores, avançando em agenda já bem sucedida da Embrapa Instrumentação. Ressalta-se ainda, o apoio a criação de spin-offs e rodadas de negócios entre empresas parceiras com empresas de “venture capitals”, que foram ações muito intensas da Embrapa Instrumentação, e que poderão ser ainda mais alavancadas com o estabelecimento do LANAF.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 16/07/2021-31/07/2024
Foto de perfil

Débora Marques de Miranda

Ciências da Saúde

Medicina
  • diagnostico e tratamento precoces de lesoes auditivas associadas a toxoplasmose congenita
  • A toxoplasmose congenita decorre de uma infeccao primaria da mae durante a gestacao ou por reagudizacao de infeccao previa em maes portadoras de imunodeficiencia. Na forma congenita, caracteriza-se pelas sequelas neurologicas decorrentes de afeccoes do sistema nervoso central. A toxoplasmose congenita e potencial indicador de risco para surdez, sendo observada a ocorrencia de perda auditiva neurossensorial nas criancas afetadas (Salviz et al., 2013). Sabemos que o sistema auditivo periferico apresenta-se totalmente formado ao nascimento, enquanto o sistema auditivo central se desenvolvera ate os dois anos de idade. Este periodo corresponde ao de maior plasticidade neuronal da via auditiva. A identificacao precoce da perda auditiva e a reabilitacao de processos sao essenciais para o desenvolvimento da fala, da linguagem e outras funcoes cognitivas importantes durante a idade escolar. No entanto, pouco se sabe sobre os mecanismos neurais subjacentes as mudancas do neurodesenvolvimento, em grande parte porque ha um numero limitado de tecnicas nao-invasivas disponiveis para medir a funcao cerebral em criancas. Os disturbios do desenvolvimento de linguagem podem ser decorrentes da alteracao central da audicao. Esta realidade pode explicar a incidencia de atraso no desenvolvimento da linguagem, disturbios de aprendizagem, deficits intelectuais presentes em crianças com toxoplasmose congenita. Para avaliar as perguntas desse estudo, pretende-se identificar marcadores de neuroimagem, sorologicos e inflamatorios relacionados com a lesao auditiva e sua correlacao com a aquisicao linguistica destas criancas. Assim, ha o potencial de desenhar estrategias preventivas para minimizar a deficiencia auditiva e suas consequencias.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Débora Pereira Laurino

Ciências Humanas

Educação
  • ciências na educação básica: ações formativas entre a escola e o centro de educação ambiental, ciências e matemática – ceamecim
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 12/08/2019-31/10/2022
Foto de perfil

Décio Gatti Júnior

Ciências Humanas

Educação
  • o ensino de história da educação em perspectiva comparada: formação de professores, programas de ensino e manuais disciplinares no brasil e em portugal (séculos xix e xx)
  • Trata-se de uma investigação na área de Educação, subárea de História da Educação, na temática da História Disciplinar da História da Educação, cujo objeto privilegiado será o percurso do ensino de História da Educação no Brasil e em Portugal, no período compreendido entre os séculos XIX e XX, por meio da compreensão do desenvolvimento da disciplina nas instituições de formação de professores, nos programas de ensino e nos manuais disciplinares de História da Educação. Em termos gerais objetiva-se compreender os elementos comuns e diferenciados do percurso disciplinar da História da Educação no Brasil e em Portugal, especialmente dos aspectos institucionais relacionados à formação de professores, dos programas de ensino e dos manuais disciplinares empregados no ensino de História da Educação em ambos países, em correspondência com o processo de difusão mundial da escola e da formação de professores. Para tanto, serão realizados: o exame da literatura acadêmica existente no Brasil e em Portugal; o elenco das instituições dedicadas a formação de professores no Brasil e em Portugal, com seleção daquelas que serão objeto de aprofundamento investigativo; o exame dos programas de ensino e dos manuais escolares de História da Educação; a análise dos elementos comuns e diferenciados das proposições relacionadas ao ensino de História da Educação no Brasil e em Portugal.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Decio Souza Cotrim

Ciências Agrárias

Agronomia
  • grupo de agroecologia sinergia: valoração dos serviços ecossistêmicos na construção participativa de sistemas agroflorestais
  • O projeto sistêmico de pesquisa-ensino-extensão ao qual essa proposta está inserida busca a conexão entre agricultores familiares, estudantes ecologistas da UFPEL, pesquisadores da EMBRAPA e professores da UFPEL, UFRGS e UFRJ, formando o “Grupo de Agroecologia Sinergia-GRASI”. Esse grupo tem como objetivo o assessoramento aos grupos rurais de economia solidária da experiência Tecsol que é composta por agricultores familiares em situação de fragilidade social residentes nos municípios gaúchos de Pelotas, Canguçu e Morro Redondo. Essa assessoria é voltada para a transição agroecológica buscando a viabilização do fornecimento de alimentos saudáveis em circuitos curtos de comercialização. Para esse edital é destacado o projeto de pesquisa voltado a ao processo participativo de avaliação ecossistêmica dos sistemas agroflorestais-SAF implantadas no território da Serra dos Tapes RS. Devida a complexidade do SAF existem dificuldades nos procedimentos e na aplicação de tradicionais métodos de valoração econômica nestas áreas, dessa forma, esse projeto optou pelo estabelecimento de um conjunto de alternativas de valoração para estimar a possibilidade de convergência entre os valores obtidos. Para esse estudo piloto serão constituídas três etapas sendo elas: uma análise teórica das possibilidades e limites de cada um dos métodos para a análise dos SAF implantados e em implantação; a seleção dos métodos mais adequados e um estudo de caso com aplicação destes as áreas de SAF; e finalmente a construção de uma metodologia de valoração participativa a partir da perspectiva dos envolvidos na produção e utilização dos serviços ecossistêmicos dos SAF. Dentre os resultados esperados do projeto estão a construção de uma metodologia participativa para valoração pluralística dos SAF e seus serviços ecossistêmicos com suas contribuições ao bem-estar humano, a consolidação dos grupos de agricultores rurais da economia solidária ligados a experiência Tecsol, a qualificação do manejo dentro das agroflorestas por agricultores e técnicos, a formação de estudantes e profissionais, a consolidação do GRASI e a ampliação da rede de agricultores envolvidos com a produção agroecológica.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Deise Lisboa Riquinho

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • a exposição a agrotóxicos e os desfechos perinatais no estado do rio grande do sul
  • O consumo de agrotóxicos no Brasil torna-se cada vez mais frequente devido ao modelo hegemônico de produção agrícola vigente. Contudo, o impacto do uso disseminado e exacerbado desses insumos químicos provocam agravos à saúde humana e danos ao meio ambiente. Estudos apontam que a exposição humana, principalmente durante o período de desenvolvimento fetal, pode acarretar graves desfechos perinatais. Devido à relevância da temática e os impactos na saúde humana, tem-se a necessidade de aprofundar o conhecimento sobre o assunto e fomentar a criação de políticas públicas para a modificação dessa realidade. Por isso, o projeto tem por objetivo investigar a associação entre a exposição materna aos agrotóxicos e os seguintes desfechos perinatais: baixo peso ao nascer, prematuridade e anomalia congênita. Trata-se de um estudo epidemiológico, do tipo caso controle, em que as informações serão obtidas por meio de consulta ao SINASC/RS - Sistema de Informações Sobre Nascidos Vivos do Estado do Rio Grande do Sul. A população do estudo serão todas as duplas (binômio) mães/nascidos vivos a partir do registro de Declaração de Nascido Vivo, entre o período de janeiro de 2012 a dezembro de 2015. A análise estatística da amostra será realizada pelo programa SPSS, versão 18.0, considerando-se um nível de significância de 5% (p<0,05), com proporção de 1:4 casos e controles, obtendo-se um total mínimo de 1.495 nascidos vivos com anomalias e 5.980 nascidos vivos sem anomalias congênitas, que serão coletados nos últimos dois anos de registro no DATASUS de forma aleatória. Para as variáveis categóricas, será utilizado o teste Qui Quadrado, e para as variáveis numéricas, será realizado o teste t Student. Serão selecionados os tipos de cultivo nos municípios com registro desses desfechos, e feito o georreferenciamento pelo software ArcGIS 10®. Para verificar a associação dos agrotóxicos com os desfechos perinatais, será consultada a quantidade comercializada, por esses municípios, no Sistema Integrado de Gestão de Agrotóxicos (SIGA). A partir da análise dos resultados pretende-se divulgá-los a diferentes setores, da saúde, educação, agricultura e meio ambiente, para ampliar a fiscalização da comercialização e exposição aos agrotóxicos, a fim de minimizar seus impactos sociais e econômicos. Além disso, o estudo servirá de apoio para o aperfeiçoamento dos serviços de saúde na identificação e atendimento às gestantes e aos recém-nascidos com os desfechos mencionados anteriormente.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Deisy das Graças de Souza

Ciências Humanas

Psicologia
  • inct sobre comportamento, cognição e ensino (inct-ecce): aprendizagem relacional e funcionamento simbólico
  • Esta é uma proposta de continuidade do atual Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INCT-ECCE). O atual INCT-ECCE é um grupo de pesquisadores multi-institucional e multidisciplinar que vem se mantendo ativo por quase duas décadas, tendo sido previamente financiado pelo programa PRONEX (Programa de Apoio a Grupos de Excelência). As pesquisas do Instituto têm enfocado a análise comportamental do funcionamento simbólico, com base no Paradigma de Equivalência de Estímulos (do inglês, SEP). O SEP define relações simbólicas como relações de equivalência entre estímulos, de forma que estímulos equivalentes podem se substituir uns aos outros e, portanto, levanta a possibilidade de se simular a aquisição de função simbólica por estímulos arbitrários. É então possível examinar como os estímulos arbitrários se tornam símbolos e adquirem significado e, adicionalmente, é possível investigar variáveis relacionadas a esse processo. O SEP também torna possível estabelecer ou melhorar repertórios simbólicos, particularmente (mas não só) quando há deficiência nesse funcionamento. O Instituto proposto continuará este trabalho com o principal objetivo de desenvolver programas de ensino ou intervenção para três principais tipos de repertório simbólico: linguagem, competências sociais e habilidades acadêmicas (com foco em alfabetização, matemática, segunda língua e música). Esse é um esforço em andamento e se espera que, durante a vigência do Instituto proposto, os programas já desenvolvidos aumentem em eficiência e atratividade, além de atingirem maior parcela da população, e que novos programas sejam desenvolvidos e cientificamente avaliados. Esses programas enfocam desafios relacionados a populações (particularmente crianças) com atraso no desenvolvimento de alguns repertórios simbólicos. Os principais desafios enfrentados serão os atrasos ou limitações de repertório simbólico devidos a: transtornos do espectro do autismo, distúrbios de comunicação, deficiência intelectual, déficit visual ou auditivo, implante coclear e desempenho escolar insuficiente. Outra população alvo enfocada pelo Instituto é a de crianças pequenas (12 a 36 meses): mesmo quando não apresentam qualquer atraso ou transtorno de desenvolvimento, seu repertório e condições motivacionais configuram considerável desafio para programas de pesquisa e intervenção. . O Instituto também continuará a conduzir pesquisa básica sobre processos subjacentes ao funcionamento simbólico de forma geral. Espera-se que a pesquisa básica contribua para aumentar a efetividade de programas de ensino e intervenção. A pesquisa básica continuará abordando o desenvolvimento de relações de equivalência e seus precursores, particularmente o controle de estímulos e a aprendizagem relacional. Comportamento de observação, como pré-requisito para aprendizagem, será também um dos focos principais. Programas de ensino e intervenção terão muito a ganhar com a pesquisa básica de variáveis que influenciam a observação dos estímulos, o controle de estímulos e a aprendizagem relacional. Tanto a pesquisa básica quanto a aplicada farão uso da tecnologia assistiva que tem se tornado economicamente acessível e progressivamente poderosa, e que pode, atualmente, tornar laboratórios científicos mais efetivos e informativos, além de apoiar aplicações dessa ciência para superar ou contornar desafios aos quais nossos programas são dirigidos. Enquanto processos e repertórios simbólicos têm seu interesse intrínseco, nossa principal preocupação passou a ser o grau no qual os repertórios-alvo contribuem para a solução de problemas da sociedade. Espera-se que os programas desenvolvidos pelo Instituto aumentem gradualmente em escala, atingindo progressivamente amostras maiores de aprendizes. Espera-se que, crescendo em escopo e efetividade, o INCT-ECCE possa contribuir com os objetivos do Plano Nacional de Educação com respeito à educação regular e especial. Além dos objetivos relativos à pesquisa básica, translacional e aplicada, o instituto permanecerá atento a suas responsabilidades de formação de pessoal. O presente Instituto formou aproximadamente 60 doutores e 120 mestres e proveu oportunidade de pós-doutoramento para 18 jovens cientistas, muitos dos quais absorvidos pelo sistema público ou privado de ensino superior, o que vem contribuindo para o fortalecimento dessa área de pesquisa e intervenção. Espera-se que o Instituto proposto intensifique esse esforço, com o desenvolvimento de novos líderes de pesquisa distribuídos no território nacional e também com a promoção de oportunidades de iniciação científica na graduação. Também serão intensificados esforços dirigidos à difusão do conhecimento para a sociedade e à geração de tecnologia social. O INCT está ciente da importância de expandir sua inserção internacional, para (1) dar maior visibilidade aos esforços brasileiros em sua esfera de atuação (na qual tem desempenhando um papel de liderança em algumas direções, como na extensão das aplicações do SEP à proposição de currículos para uma ampla gama de repertories acadêmicos, e na reabilitação auditiva de crianças com implante coclear), e (2) ampliar as oportunidades de desenvolvimento de nova geração de cientistas, pelo contato com ambientes diversificados e avançados. Visando atingir seus objetivos científicos, assim como os de seus outros programas, o INCT propôs uma nova organização para seu funcionamento, que se espera aumentar o envolvimento da maioria de seus membros e, como tal, garantir eficiência da equipe e, também, promover interações mais fortes e sistemáticas entre seus membros, os Laboratórios Associados, a sede e a coordenação do INCT.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Dejane Santos Alves

Ciências Agrárias

Agronomia
  • bioatividade de óleos essenciais e nanoformulações de anonáceas para spodoptera frugiperda e seletividade para trichogramma spp.
  • A lagarta-do-cartucho Spodoptera frugiperda (JE Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) é uma importante praga agrícola, cujos métodos de controle, comumente empregados, geralmente se mostram ineficientes, além de causarem efeitos adversos para espécies não alvos. Assim, faz-se de fundamental importância a realização de estudos com vistas a buscar novos métodos para o seu controle. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é desenvolver novos produtos para o controle de S. frugiperda baseados em nanoformulações de óleos essenciais, provenientes de plantas da família Annonaceae, e que sejam seletivos a inimigos naturais do gênero Trichogramma. Inicialmente, serão obtidos óleos essenciais oriundos de dez plantas da família Annonaceae, os óleos essenciais serão submetido(s) a ensaios com S. frugiperda com vistas à seleção do material botânico mais bioativo. O(s) óleo(s) essencial(is) mais bioativo(s) será(ão) submetidos a caracterização química empregando-se Cromatografia Gasosa acoplada a Espectrometria de Massas (CG-EM), concomitantemente o material será nanoencapsulado e nanoemulsionado. As nanoformulações serão caracterizadas com base no espalhamento dinâmico de luz e a quantidade de óleo essencial incorporada será medida por termogravimetria. Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) será empregada para análise da morfologia das nanoformulações. Adicionalmente, a estabilidade das nanoformulações será avaliada por centrifugação, empregando-se diferentes temperaturas. As nanoformulações serão submetidas a novos ensaios com S. frugiperda e será avaliada a seletividade para os inimigos naturais Trichogramma pretiosum Riley e Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner (Hymenoptera: Trichogrammatidae). Apesar dos óleos essenciais, muitas das vezes, se apresentarem bioativos para insetos é sabido que um dos fatores que impedem a sua comercialização é a baixa estabilidade no ambiente. Assim, espera-se que com o desenvolvimento da presente proposta tenha-se produtos estáveis e seletivos a inimigos naturais, os quais futuramente possam vir a serem comercializados para o controle de S. frugiperda.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Delano Dias Schleder

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • avaliação de diferentes combinações de algas pardas como aditivo alimentar na dieta do camarão-branco-do-pacífico cultivado em sistema de bioflocos
  • Condições ambientais podem afetar significantemente na homeostase fisiológica dos animais. Estresses abióticos, tais como temperatura, hipóxia, salinidade e concentração de amônia são amplamente conhecidos por impactar negativamente a fisiologia de animais aquáticos, em especial a resposta imune. Litopenaeus vannamei é uma espécie tropical de camarão que é susceptível a baixas temperaturas. Quando exposto ao frio, L. vannamei demonstrou diversos problemas fisiológicos, tais como danos no DNA e na defesa antioxidante e imunológica. Portanto, o estresse térmico, em especial por baixas temperaturas, representa um importante mecanismo desencadeador de surtos de enfermidades no cultivo de camarões. A doença da Mancha Branca (WSD, do inglês White Spot Disease) é considerada a mais significativa para indústria camaroeira mundial. No Brasil, esta enfermidade causou sérios danos econômicos, particularmente no sul do Brasil, onde quase dizimou a setor da carcinicultura. Coincidentemente, no sul do Brasil as condições climáticas são mais severas, especialmente devido a recorrentes frentes frias. Em nosso estudos anteriores, os camarões alimentados com o maior nível da biomassa seca de Undaria pinnatifida (4%) e o menor nível de Sargassum filipendula (0,5%) demonstraram uma melhora geral na resposta imune, microbiologia do trato digestivo, morfo-fisiologia digestiva, bem como menor mortalidade após desafio com WSD (48% e 56%, respectivamente, comparado a 72% do controle). Considerando o choque térmico, 0,5% de S. filipendula reduziu significativamente a mortalidade após o choque (3% comparado a 57% do controle), enquanto que os crescentes níveis de U. pinnatifida tiverem impacto negativo na resistência ao choque térmico, com a concentração de 4% causando 100% de mortalidade. Portanto, decidiu-se avaliar o efeito combinado das algas pardas sobre a resistência dos camarões às condições supracitadas, adicionando S. filipendula e U. pinnatifida na dieta nas seguintes proporções 0,5%:1%, 0,5%:2% e 0,5%:4%, respectivamente. Como resultado, as combinações 0,5%:2% e 0,5%:4% reduziram ainda mais a mortalidade após desafio viral (28 e 30%, respectivamente), quando comparado ao controle (74%). As análises de MALDI-TOF MS (do inglês Matrix-assisted laser desorption/ionization time-of-flight mass spectrometry) relacionaram a maior resistência com o aumento da intensidade de sinal de alguns peptídeos antimicrobianos, com a indução de apoptose nos estágios iniciais da infecção e a redução do suprimento de lipídios para montagem viral. E ainda, a adição de 0,5% de S. filipendula compensou o efeito negativo dos diferentes níveis de U. pinnatifida sobre a resistência ao choque térmico, mas não foi suficiente para superá-lo e reduzir a mortalidade após o choque térmico em relação ao grupo controle. Com base no exposto, a presente proposta tem como objetivo avaliar o efeito da adição de diferentes níveis de combinação das algas pardas S. filipendula e U. pinnatifida na dieta (0,5%:2%, 0,5%:4%, 1%:2% e 1%:4%, respectivamente) sobre o desempenho zootécnico, resposta imune, atividade de enzimas digestivas, perfil lipídico dos hemócitos, microbiologia e histologia do trato digestivo, e resistência ao choque térmico e ao desafio com WSD do camarão-branco-do-pacífico durante as fases de berçário e engorda em sistema de bioflocos. Primeiramente, pós-larvas (PLs) de camarão serão alimentadas com dietas contendo diferentes combinações das algas durante a fase de berçário em sistema de bioflocos, utilizando tanques de 400 L estocados a 1500 PLs m-3. O experimento será conduzido até os animais atingirem 1g (30-40 dias de duração). Ao final do período de cultivo, serão avaliados o desempenho zootécnico, contagem bacteriana do intestino em placas, e os animais serão submetidos ao choque térmico. No segundo experimento, serão utilizados camarões de 3g, os quais serão cultivados em tanque de 800 L (densidade de 300 camarões m-3) em sistema de bioflocos, e alimentados com dietas contendo pelo menos uma combinação de algas selecionada. O experimento será conduzido até que os animais atinjam 12g (70-90 dias de duração). Após o período experimental, serão avaliados os parâmetros zootécnicos, atividade de enzimas digestivas, parâmetros hemato-imunológicos, microbiologia (contagem em placa e metagenômica) e histologia do trato digestivo, e resistência ao choque térmico e ao desafio com WSD. Além disso, serão realizadas análises de MALDI-TOF MS antes a após do choque térmico e do desafio viral. Com a execução da presente proposta, espera-se obter como produtos e impactos científicos, primeiramente a identificação de um nível de combinação das algas que seja capaz de melhorar o desempenho zootécnico, resposta imune, microbiologia e fisiologia do trato digestivo. Uma vez identificada, a utilização da biomassa seca de macroalgas como aditivo alimentar apresenta elevada viabilidade para incorporação nas dietas comercias, pois não há necessidade de realizar nenhum processamento adicional, e ainda apresenta a vantagem de ser um aditivo biodegradável que pode atuar como medida profilática, em substituição aos antibióticos e demais compostos sintéticos, tornando assim uma prática mais sustentável para a indústria de nutrição animal. Adicionalmente, espera-se com a presente proposta compreender os efeitos causados pelas algas sobre a fisiologia do camarão, especialmente, por meio das técnicas de metagenômica e MALDI-TOF MS, as quais poderão definitivamente revelarem novas informações acerca dos grupos de bactérias, particularmente os não cultiváveis, que estão relacionados a respostas fisiológicas benéficas nos camarões, em especial no status imune e na resistência a doenças, bem como podem ajudar na melhor compreensão dos mecanismos celulares mediados por lipídios subjacentes às respostas fisiológicas frente ao choque térmico e desafio viral, e quais estão mais fortemente relacionados com a resistência provocada pela adição das algas pardas.
  • Instituto Federal Catarinense - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Delfim Soares Júnior

Engenharias

Engenharia Civil
  • uma metodologia integrada para previsão e mitigação de vibrações induzidas por cravação de estacas
  • É de conhecimento amplo que a cravação de estacas gera vibrações no solo e que estas vibrações podem danificar estruturas e perturbar populações ou outras atividades presentes nas redondezas do processo. A dificuldade de previsão dos níveis de vibração induzidos pela cravação de estacas restringe suas aplicações em muitas situações, impondo consideráveis perdas tanto do ponto de vista técnico, quanto econômico. A presente proposta de pesquisa visa desenvolver, implementar e explorar um modelo numérico avançado para a previsão de vibrações e seus efeitos em construções circunvizinhas, ocasionados por operações de cravação de estacas. O modelo em questão será validado por intermédio de comparações entre resultados calculados e medidos, sendo estes últimos coletados em experimentos de campo. Estas medidas experimentais, de igual forma, permitirão alcançar um discernimento mais aprofundado acerca do complexo fenômeno de geração e propagação de vibrações devido a atividades de estaqueamento. O projeto está organizado em 7 tarefas ou atividades básicas. A tarefa 1 é dedicada à revisão bibliográfica, estando as tarefas 2 e 3 relacionadas ao desenvolvimento de modelos matemáticos e numéricos, e a tarefa 4 à análise experimental do fenômeno. Os modelos desenvolvidos são então utilizados nas tarefas 5 e 6 para se obter melhor compressão do problema e para se estudar medidas de remediação dos efeitos das vibrações nas estruturas circundantes. Com as conclusões destes estudos, é pretendido, como parte da tarefa 6, se propor recomendações técnicas relativas à cravação de estacas em áreas urbanas e, como parte da tarefa 7, a publicação dos resultados obtidos.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 18/02/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Delma de Mattos Vidal

Engenharias

Engenharia Civil
  • comportamento no tempo dos componentes de sistemas fechados em geotêxtil para desaguamento de resíduos com baixo teor de sólidos
  • A necessidade crescente de dispor corretamente os resíduos gerados nas atividades econômicas/sociais tem significado um aumento na demanda por sistemas que permitam realizar uma disposição segura dos resíduos. Dentre as soluções interessantes que os geossintéticos propiciam para a disposição de resíduos, a disposição de lodos e sedimentos com baixo teor de sólidos em sistemas fechados formados por bolsas ou tubos em geotêxtil costurado, tem significado relevante neste país, por sua capacidade de dispor com segurança um resíduo com grande potencial de impacto ambiental, por ser uma solução econômica e relativamente simples. Entretanto diversas questões ainda se colocam, em especial quanto: a previsão do tempo de desaguamento ou tempo no qual o material pode ser reaproveitado ou sobre o qual uma nova camada de resíduos em desaguamento pode ser colocada, ou seja, a superposição de tubos/bolsas, diretamente ligado a sua resistência mecânica; a capacidade de armazenamento e de reenchimento destes sistemas, sua eficiência de filtração e de desaguamento, e a durabilidade do sistema tendo em vista que em alguns casos a exposição a processos de degradação pode ocorrer em prazos relativamente longos. Esta proposta visa qualificar o laboratório de geossintéticos do ITA para realizar os ensaios necessários para obter as respostas a estas questões, e desenvolver modelos que permitam melhor prever o comportamento de longo prazo dos componentes envolvidos nestes sistemas.
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Delmárcio Gomes da Silva

Ciências Humanas

Educação
  • nanotecnologia nas escolas - nano'stem: desenvolvimento de cursos de extensão para professores de escolas públicas para divulgação e ensino da nanotecnologia no currículo do ensino médio
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie - SP - Brasil
  • 12/08/2019-31/12/2022
Foto de perfil

Délton Winter de Carvalho

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • aprendendo com os desastres: interfaces comparadas
  • Nos primórdios da história da humanidade, os desastres foram considerados atos divinos e, em outro momento, reações exclusivas da natureza. Contudo, a evolução tecnológica e científica da Sociedade Contemporânea Pós-Industrial desencadeou a ampliação da capacidade de intervenção humana sobre a natureza, passando a existir o fator antropogênico em quase todos os desastres. A influência antropogênica, inclusive, apresentou-se como a principal causa das emergentes mudanças climáticas, as quais potencializam a frequência, a duração, a intensidade e o período das catástrofes. Por isso, na gênese de grande parte dos desastres, encontra-se a sinergia dos efeitos das ações humanas, havendo um deslocamento de perspectiva: os desastres deixam de ser vistos como algo fora do controle humano, assumindo a posição de desafios que exigem respostas rápidas e de longo, médio e curto prazo. O Direito assume posição relevante na elaboração dessas respostas, adquirindo o papel de antecipador e protagonista na orientação e na imposição de deveres de proteção e cuidado em relação às instituições competentes. E é sobre esse papel do Direito como “colonizador dos desastres” que esta proposta de pesquisa irá desenvolver pela Teoria sistêmica e pela Teoria do Risco, o estudo do Direito dos Desastres no Brasil e suas interfaces comparadas, utilizando principalmente a experiente doutrina norte-americana sobre o tema.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Demétrio Antônio da Silva Filho

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo da teórico da estrutura eletrônica de perovskitas híbridas
  • Um dos maiores desafios atuais dos cientistas de materiais é como produzir painéis fotovoltaicos mais baratos e eficientes. As células solares à base de perovskitas surgiram em 2009 e, com um o crescimento em eficiência sem precedentes (de 3,8% a 22,1%), atraíram a atenção tanto da indústria quanto da academia. Atualmente, a pesquisa está focada no desenvolvimento de dispositivos mais eficientes e estáveis, bem como com toxicidade reduzida. Neste projeto, propomos combinar nossa expertise em semicondutores orgânicos com o uso de métodos teóricos de estado-da-arte na descrição da estrutura eletrônica de perovskitas híbridas para aplicações em painéis fotovoltaicos. Ao entendermos a estrutura eletrônica destes novos sistemas, poderemos passar par a investigação de importantes mecanismos, tais como a formação, o transporte e a dissociação de éxcitons, processos estes cruciais para o funcionamento das células fotovoltaicas à base destes novos materiais.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denilson de Castro Teixeira

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • formação de gestores e profissionais de saúde da aps do estado do paraná no enfrentamento da obesidade e fatores associados: análise de efetividade a partir de abordagem quali-quantitativa
  • As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) têm aumentado em todo o mundo e tem impactado negativamente a saúde e qualidade de vida da população. Dentre elas destaca-se a obesidade e doenças associadas como a hipertensão arterial e diabetes mellitus por estarem intimamente relacionadas a fatores modificáveis como o estilo de vida. Sendo assim, há necessidade de tornar mais eficaz a rede de Atenção Primária à Saúde (APS) no enfrentamento dessas comorbidades. Com base nesses pressupostos, este projeto tem como objetivos 1) capacitar gestores e profissionais da saúde de nível superior de equipes da Atenção Primária à Saúde (APS) de municípios do estado do Paraná a identificar, intervir e realizar a reorientação do processo de trabalho, a gestão e o monitoramento das ações voltadas à prevenção dos fatores de risco e o tratamento da obesidade e doenças crônicas associadas e 2) avaliar a efetividade desse processo de formação na reorganização da gestão e do serviço das APS a partir de indicadores externos dos usuários e internos, dos próprios atores. Participarão do projeto gestores e profissionais de saúde de nível superior, respectivamente de 153 e 17 UBS dos município de Londrina, Maringá e Ponta Grossa, totalizando 153 gestores e 250 profissionais de saúde. Os critérios de elegibilidade foram municípios com população maior que 300.000 habitantes, e com prevalências de obesidade acima da média do estado. Serão selecionadas UBS de todas as macrorregiões dos município supracitados, inclusive da zona rural. As formações serão realizadas de forma semipresencial, com encontros e tarefas presenciais e remotas. Os conteúdos programáticos serão ministrados seguindo os quatro eixos exigidos no Edital (avaliação diagnóstica, formação, avaliação e difusão e tradução do conhecimento) e as orientações de protocolos, guias e instrumentos para o cuidado de pessoas com DCNT preconizados pelo Ministério da Saúde e órgãos internacionais. As metodologias utilizadas no processo de formação considerará os profissionais como o centro da aprendizagem, oferecendo estratégias diversificadas de ensino como, oficinas, produção de material didático para os usuários das APS, coleta e interpretação de dados, estudos de casos e resolução de problemas levantados no cotidiano do serviço. A efetividade do da formação na reorganização da gestão e do processo de trabalho será avaliada durante todo o processo de formação com instrumentos quantitativos e qualitativos. A equipe do projeto é composta por 15 profissionais de três instituições de ensino superior do estado do Paraná (UEL, UEM e UEPG), das áreas da saúde e de outras correlatas, com expertises pertinentes ao desenvolvimento de todas as etapas do projeto. Também farão parte da equipe estudantes de graduação e pós-graduação como bolsistas e voluntários. Espera-se com o desenvolvimento desse projeto a reorganização da gestão e o processo de trabalho das APS dos município participantes e impactos relevantes nos campos científicos, tecnológicos, de inovação, formativos e sociais, que contribuirão para a prevenção e o tratamento tamento da obesidade e de doenças crônicas associadas (hipertensão arterial e diabetes mellitus).
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 03/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Denis Boing

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • avaliação das alterações microgeométricas decorrentes do desgaste em ferramentas de pcbn sobre a integridade de superfícies usinadas em aços endurecidos
  • O crescente aumento de iniciativas globais para a utilização de veículos elétricos vem acelerando o desenvolvimento de tecnologias associadas ao segmento, como: motores, sistemas autônomos, sistemas de segurança e transmissão. Nos veículos movidos a combustão interna, o sistema de transmissão tem rotação média de 3 500 rpm. Atualmente, nos veículos elétricos, a rotação do motor varia de 12 000 a 18 000 rpm. Entretanto, a rotação pode chegar a 30 000 rpm com base na tendência de desenvolvimento associada à redução do tamanho e peso. Neste contexto, o sistema de transmissão de veículos elétricos está sujeito a solicitações mecânicas variantes muito maiores do que nos veículos a combustão interna. Quando se trata de vida em fadiga de elementos submetidos aos esforços dinâmicos alternados, pode-se associá-la diretamente com as tensões residuais resultantes do processo de usinagem na superfície e nas camadas subsuperficiais dos componentes. Ao longo da cadeia de fabricação, os processos de acabamento dos elementos de transmissão construídos em aços endurecidos podem ser realizados pelo processo de retificação e/ou torneamento. O processo de torneamento de aços endurecidos é preferido em decorrência dos seguintes fatores: compatibilidade ambiental, flexibilidade do processo e, principalmente, pela possibilidade da indução de tensões residuais compressivas nas camadas subsuperficiais do componente usinado – fator que tende a aumentar a vida em fadiga do componente. Para a viabilidade econômica do processo de torneamento de aços endurecidos, as ferramentas de PCBN precisam ser utilizadas até o limite de vida. Entretanto, a alteração microgeométrica das ferramentas PCBN em função do desgaste altera a distribuição e a magnitude das componentes da força de usinagem, bem como a própria área de contato ferramenta-peça. Neste contexto, o objetivo principal deste projeto consiste em determinar o impacto da alteração microgeométrica das ferramentas de PCBN em função do desgaste na integridade da superfície usinada (alterações microestruturais e tensões residuais). Pretende-se especificar as condições de contorno para a geometria e microgeometria de ferramentas de PCBN, especificando as condições de projeto das ferramentas, porta-ferramentas e sistema de usinagem. Como resultado global, busca-se atingir a estabilidade do processo produtivo quando à integridade da superfície usinada, contribuindo para o desenvolvimento e fabricação de componentes de transmissão de alto desempenho.
  • Centro Universitário de Brusque - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denis Porto Renó

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • educar e informar: a fotografia nos processos comunicacionais via instagram sobre o covid-19
  • A fotografia vivencia processos mutantes expressivos desde o advento da tecnologia digital, tornando-se importante protagonista nos processos comunicacionais em espaços participativos, como o Instagram. Esta pesquisa internacional, de caráter exploratório, pretende estudar, a partir de um complexo metodológico que compreende, basicamente, investigação bibliográfica e pesquisa etnográfica em ambiente digital, os efeitos da fotografia na construção do conhecimento coletivo sobre o COVID-19 no Brasil e na Espanha, transformando o Instagram em um espaço da fotografia social (FREUND, 2015) contemporâneo. Espera-se obter, com a conclusão das diversas etapas deste projeto, denominadas nesta proposta como subprojetos, subsídios para o desenvolvimento de novos olhares e conceitos relacionados à fotografia como ferramenta de educação e informação em tempos de pandemia, assim como a publicação de um manual de boas práticas para o uso da fotografia para fins de educação e informação. Os resultados atenderão, também, às expectativas da Agenda 2030, em especial aos objetivos 10 e 16, que contemplam Redução das Desigualdades e Paz, Justiça e Instituições Eficazes, respectivamente.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Denis Silva da Silveira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • avaliação da eficácia cognitiva dos modelos de processos de negócio
  • Hoje em dia, a modelação dos processos de negócios é cada vez mais utilizada para definir e descrever os processos de negócio das organizações. Esta para além de ser utilizada por especialistas, também é utilizada pelos stakeholders dos projetos. Esta grande utilização deve-se ao fato destes modelos serem uma ponte entre os seus utilizadores. Uma vez que esta modelagem pode envolve várias de pessoas, levantam-se alguns problemas na construção e interpretação de modelos de processos de negócios. Uma maneira de perceber os defeitos existentes nos modelos, consiste em avaliar a complexidade e a consequente dificuldade na compreensão destes. Atualmente existem estudos sobre a qualidade dos modelos, referentes à complexidade e correção destes, mas estes estudos baseiam-se unicamente nos modelos, não recorrendo a dados externos (por exemplo, a interpretação de voluntários) para perceber a sua compreensão. O foco deste projeto será endereçado na compreensão dos modelos BPMN. Para proceder à avaliação será utilizada a abordagem Goal-Question-Metric. Esta abordagem será utilizada para determinar os objetivos da avaliação e as questões que permitam responder aos objetivos, que por sua vez serão respondidas com a implementação de métricas, podendo estas serem novas ou já existentes. A recolha de dados através das métricas, será realizada de duas maneiras complementares, o primeiro caso consiste em retirar informações unicamente relativas ao modelo, enquanto que o último caso consiste na recolha de dados relativos à compreensão dos leitores, com auxílio do dispositivo eye-tracker. Este dispositivo permite recolher dados de determinadas reações faciais das pessoas, tais como, o movimento dos olhos, a dilatação das pupilas e a taxa de pestanejos num determinado intervalo de tempo. A avaliação destes modelos permitirá retirar ilações sobre a compreensão dos modelos ao nível dos seus elementos e modelação. Esta pode resultar numa melhor modelagem, eliminando os elementos de modelagem que geram uma maior complexidade de compreensão e/ou as interpretações incorretas dos modelos.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Cavalcante Hissa

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • caracterização proteogenômica de ninhos de espuma de leptodactylus spp. para descrever sua estrutura biomolecular e identificar novas proteínas surfactantes
  • Um fenômeno curioso realizado por algumas espécies de anfíbios consiste na postura de seus ovos em ninhos de espumas que lhes permite um modo reprodutivo terrestre ou parcialmente terrestre. Os ninhos de espuma podem ser aquáticos, flutuando na superfície de uma lâmina d’água, ou terrestre, depositados sobre uma depressão ou em uma câmara subterrânea. Dentre os anuros que ocorrem no nordeste brasileiro, ninhos de espuma aquáticos são encontrados nas espécies Pleurodema diplolistris, em algumas espécies do gênero Physalaemus, como P. cuvieri, P. albifrons, e algumas espécies do gênero Leptodacttylus, como L. vastus, L. fuscus e L. macrosternum. Embora esse fenômeno atraia curiosidade, pouco se conhece sobre a composição química dos ninhos de espumas, e um dos primeiros relatos de sua composição bioquímica mostrou a presença de uma variedade de proteínas nomeadas ranaspuminas. Atualmente, sabe-se que os ninhos de espuma de anfíbios são uma rica fonte de proteínas surfactantes que aparentem ter um papel fundamental em sua formação. Além do interesse ecológico em entender a função dos ninhos de espuma, a presença de proteínas surfactantes é um achado em potencial, pois surfactantes produzidos por vertebrados são de grande interesse biotecnológico devido a sua biodegradabilidade e biocompatibilidade. Portanto, levando em consideração o escasso conhecimento acerca de ninhos de espuma de anuros, esta proposta tem por objetivo estudar a proteogenômica de ninhos de espuma de diferentes espécies de anuros que ocorrem no nordeste brasileiro, como as pertencentes aos gêneros Leptodactylus, e relacionar os dados com a ecologia reprodutiva das espécies. O atua projeto tem por objetivo esclarecer a composição de proteínas dos ninhos de espuma, os genes relacionados com sua síntese, as relações evolutivas entre as diferentes espécies produtoras de ninhos de espumas e identificar proteínas surfactantes e/ou seu genes responsáveis pela manutenção e estabilidade dessas bioespumas.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Crocce Romano Espinosa

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • tratamento do efluente da mineração artesanal de ouro
  • A mineração artesanal de ouro é uma das principais formas de contaminação ambiental de mercúrio. Mesmo tendo tantos riscos ambientais e de saúde pela utilização, a amalgamação do ouro extraído ainda acontece na presença de mercúrio. Tanto os trabalhadores quanto a comunidade ribeirinha acabam por ingerir o metal, direta ou indiretamente. A fim de melhorar a recuperação de ouro extraído, outro processo é utilizado nos garimpos artesanais: os resíduos da amalgamação são lixiviados com cianeto. Nesse processo são gerados efluentes contendo ciano-complexos de mercúrio, que são despejados nos corpos d’água. Ainda se sabe pouco sobre o comportamento dos ciano-complexos de mercúrio e sobre métodos de remoção desses compostos. Esse trabalho tem como objetivo avaliar processos de adsorção e precipitação visando a remoção dos compostos de cianeto de mercúrio antes do descarte. Para isso, processos tradicionais e alternativos serão utilizados. Além disso, será avaliada a seletividade dos processos escolhidos sobre as demais espécies presentes no efluente. Ao fim do estudo, espera-se obter um processo capaz de remover o mercúrio do efluente até os limites aceitos pelas normas vigentes.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise de Freitas

Ciências da Saúde

Medicina
  • caracterização fenotípica e molecular do perfil da susceptibilidade a antimicrobianos em micobactérias de crescimento rápido isoladas de ceratite
  • O tratamento bem-sucedido de ceratite infecciosa causada por micobactérias de rápido crescimento (MRC) aparece como um grande desafio para os oftalmologistas devido à lentidão no diagnóstico por esses agentes e a ascensão de micobactérias apresentando resistência aos principais antibióticos usados no tratamento empírico. Objetivo: O objetivo do presente estudo é avaliar o perfil da susceptibilidade, a formação de biofilme, a expressão molecular e o perfil genético de MRC isoladas de ceratite aos principais antimicrobianos utilizados no tratamento desta infecção. Resultados: Serão incluídos no estudo 31 isolados de 15 pacientes diagnosticados com ceratite infecciosa de diferentes causas, atendidos no Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais da Escola Paulista de Medicina, Hospital São Paulo, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Os isolados serão submetidos à avaliação clonal por “Pulsed-field gel electrophoresis” (PFGE), ao teste de microdiluição para as principais drogas usadas no tratamento de ceratite infecciosa causada por MRC e a quantificação da formação de biofilme. A expressão molecular para os mecanismos de resistência e a formação de biofilme será avaliada pela metodologia de reação de polimerização em cadeia (PCR) em Tempo- Real. Os resultados serão comparados para definir o perfil de susceptibilidade das drogas testadas com os mecanismos de resistência envolvidos.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise de Souza Elias

Ciências Humanas

Geografia
  • o agronegócio globalizado na região metropolitana de fortaleza (ce)
  • Localizado no Semiárido, o Ceará assume um novo papel na divisão social e territorial do trabalho, nas duas últimas décadas. É significativa sua reestruturação econômica e territorial frente às exigências do neoliberalismo e da produção flexível, com objetivos claros de inserção na lógica da produção e do consumo globalizados. A reestruturação econômica e do território se manifestam, entre outros, pela difusão do agronegócio globalizado (SANTOS, 2000; ELIAS, 2003), com favorecimento às empresas, nacionais e multinacionais, e a produção é voltada para o mercado em diferentes escalas, incluindo o internacional. Importante destacar que o agronegócio globalizado é aqui entendido como um conjunto de atividades cuja produção se dá interligada. Desta forma, a agropecuária se dá associada à produção industrial (processamento industrial da produção agropecuária - agroindústria; indústria de insumos, máquinas agrícolas, produtos veterinários etc.), aos serviços (financeiros, logística, armazenamento, pesquisa agropecuária, marketing, assistência técnica etc.) e a um conjunto de atividades comerciais (lojas de fertilizantes, de agrotóxicos, supermercados etc.). Entre as atividades agropecuárias que passam por forte reestruturação produtiva e que mais têm impactado a produção, o espaço e as relações sociais de produção no Ceará destacaríamos: o agronegócio de frutas tropicais (especialmente melão, coco e castanha-de-caju, mas também banana, mamão, manga etc.); a carcinicultura (produção de camarão em cativeiro); a floricultura (notadamente a produção de rosas); a pecuária leiteira; a avicultura, entre outros. O agronegócio vem se expandindo no Ceará como se dá em todo o restante do país, ou seja, lembrando Oliveira (2016), a partir da formação das empresas monopolistas. Estas controlam a produção e se articulam através de dois processos monopolistas territoriais no comando da produção agropecuária, quais sejam, a territorialização dos monopólios, quando as empresas atuam no controle da propriedade privada da terra, no processo produtivo no campo e no processamento industrial da produção agropecuária; assim como da monopolização do território, quando controlam camponeses e capitalistas produtores agropecuários através de mecanismos de subordinação, caracterizando a transferência de lucros e renda da terra, ou no dizer de Martins (1981), uma sujeição formal ao capital. Segundo já se evidencia, o agronegócio não se realiza somente no campo, mas de forma integrada com o espaço e a economia urbanos de diferentes extratos na rede urbana. Requer relações complexas e permanentes com as cidades, de diversos tipos e tamanhos, extrapola a escala do lugar, da região ou do país. Engloba desde áreas de produção agropecuária propriamente ditas, até todos os fixos e fluxos, sistemas de objetos e sistemas de ação (SANTOS, 1996) associados, distribuídos por muitos países em várias partes do planeta. Assim, os estudos sobre o tema, além de intersetoriais, devem ser também multiescalares (ELIAS, 2018). Evidente está, então, que a materialização das condições gerais de reprodução do capital do agronegócio globalizado também se dá na metrópole e que o setor participa do circuito superior da economia urbana destas cidades (ELIAS, 2017). Por outro lado, uma outra característica do agronegócio cearense se destaca, qual seja, a importância que a Região Metropolitana de Fortaleza tem para a atividade, uma vez que concentra a maior parte dos estabelecimentos agroindustriais de grande porte, as sedes corporativas das grandes empresas, os comércios e serviços associados ao consumo produtivo, as sedes das redes políticas a elas associadas (sindicatos, associações etc.) e, para alguns casos, a própria produção agropecuária. Diante do exposto, a presente pesquisa tem como objetivo principal realizar um estudo ainda inédito, qual seja, estudar o agronegócio globalizado realizado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Ceará. Como objetivos específicos: identificar as principais atividades econômicas associadas ao agronegócio globalizado realizadas na RMF: agrícolas, pecuárias, agroindústrias, comerciais e de serviços; identificar as corporações mais representativas de cada um dos mais importantes segmentos do agronegócio; levantar a distribuição espacial das principais atividades econômicas associadas ao agronegócio realizadas na RMF, segundo municípios; inventariar as principais políticas públicas que beneficiam a atuação do agronegócio globalizado na RMF; levantar as principais estratégias e práticas espaciais das corporações agroindustriais selecionadas que diretamente impactam na (re)estruturação de cidades da RMF; identificar as redes de poder e instituições públicas associadas ao agronegócio com sede na RMF (escritórios corporativos, sindicatos patronais, secretarias de Estado, agências de desenvolvimento etc.); identificar as principais infraestruturas associados à logística do agronegócio globalizado (portos, aeroporto, silos e armazéns, centros de distribuição de produtos agrícolas etc.); analisar a evolução do mercado de trabalho associado ao agronegócio; reconhecer as relações campo-cidade estabelecidas pelas principais corporações do agronegócio cujos circuitos espaciais de produção e círculos de cooperação incluam a RMF; identificar as principais desigualdades socioespaciais promovidas pelo agronegócio. Como metodologia teremos a pesquisa bibliográfica e documental; a confecção de uma hemeroteca; a organização de séries estatísticas de variáveis e indicadores de interesse para a pesquisa; o trabalho de campo e as visitas técnicas às empresas do agronegócio, as secretarias e instituições municipais e estaduais associadas ao agronegócio; realização de entrevistas semiestruturadas tanto com responsáveis pelas corporações, quanto com os sujeitos sociais afetados pelos impactos da difusão do agronegócio; sistematização e análise do material organizado. Como recorte temporal temos os anos 1990 até o presente.
  • Universidade Estadual do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Denise Freitas Siqueira Petri

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • criogéis e hidrogéis a base de polissacarídeos: aspectos fundamentais e aplicações avançadas
  • Este projeto contempla etapas de síntese, caracterização e aplicação de materiais tridimensionais porosos a base de polissacarídeos. Os materiais porosos serão produzidos por liofilização de soluções aquosas, gerando criogéis. Fundamentalmente, nas etapas de síntese dos criogéis pretende-se compreender como o tipo de polissacarídeo (carregado ou neutro, balanço hidrofílico/hidrofóbico), a concentração e polissacarídeo, tipo de agentes reticulantes (ácido fumárico, aminoácidos e proteínas), pH e força iônica do meio, adição de aditivos (tensoativos, β-ciclodextrina, sacarose e glicerol) e de nanopartículas inorgânicas (SiO2, TiO2 e Fe3O4), além do tamanho do molde, afetam nas propriedades físico-químicas (densidade, resistência à compressão, sorção de água, magnetização, morfologia e morfometria) dos materiais porosos. Os criogéis imersos em meio aquoso se tornam hidrogéis. Os hidrogéis de polissacarídeos serão avaliados em meio aquoso como adsorventes de poluentes orgânicos persistentes organoclorados e íons metálicos em batelada, na ausência e presença de campo magnético externo (CME) e em fluxo, sob efeito de campo eletromagnético. Estes estudos serão desenvolvidos em colaboração com os Profs. Drs. Pedro Vitoriano de Oliveira do Instituto de Química, USP, e Pedro Fardim do Depto de Eng. Química da Universidade de Leuven, Bélgica. Os hidrogéis de polissacarídeos serão utilizados para carrear cafeína e bradicinina, ambas são estimulantes de produção de dopamina. A liberação cafeína e/ou bradicinina a partir dos hidrogéis será estudada na ausência e presença de CME e será a base para a aplicados dos mesmos como suportes para proliferação e diferenciação de células neuronais, em colaboração com o Prof. Dr. Henning Ulrich do Instituto de Química, USP. Espera se que o desenvolvimento do projeto terá um impacto positivo na criação de novos materiais e processos para pré-concentração e remoção de poluentes e como terapia para doenças neurodegenerativas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Helena Silva Duarte

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • adaptação das cidades à mudança do clima na microescala. contribuições da arquitetura e urbanismo a uma abordagem interdisciplinar
  • A questão central do trabalho é o papel do ambiente construído no microclima urbano, em diferentes escalas: metropolitana, local (escala do pedestre) e dos edifícios, abrangendo o planejamento, o desenho urbano e o projeto de edifícios na adaptação à mudança do clima na microescala, como parte da estratégia de climatização urbana. A proposta é intervir sobre a cidade existente, tendo em mente os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (UN/HABITAT, 2015), conciliando o adensamento urbano e as amenidades microclimáticas nos espaços abertos e nos edifícios. Ressalta-se o protagonismo das cidades na adaptação ao clima e a participação essencial da Arquitetura e do Urbanismo como parte de equipes multidisciplinares para o desenvolvimento da ciência da adaptação climática em cidades bem como para a proposição de políticas públicas. O objetivo é quantificar de forma conjunta os impactos no microclima urbano, atual e futuro: 1) do adensamento urbano; 2) da envoltória dos edifícios e demais superfícies urbanas; 3) da vegetação e sua inserção urbana; 4) bem como o desempenho térmico e o conforto térmico no interior dos edifícios, seja durante os eventos ainda episódicos de ondas de calor, ou mesmo nos cenários previstos de mudança climática, se mantidos os cenários de emissões atuais. O método proposto inclui, para as duas escalas, urbana e dos edifícios: 1) Levantamentos e/ou produção de mapeamentos para identificação das áreas de estudo; 2) Planejamento do trabalho de campo em função dos recursos e restrições dos modelos a serem adotados, 3) Levantamento de dados primários na escala urbana de solo, de vegetação e da atmosfera no nível do solo e no topo do modelo, a serem obtidos por medições microclimáticas de superfície acopladas a dados de sensoriamento remoto (SR) e sistemas de informações geográficas (SIGs), e por medições de variáveis ambientais na escala dos edifícios; 4) Modelagem das áreas de estudo reais; 5) Validação e calibração dos modelos entre dados medidos e simulados; 6) Realização de estudos paramétricos, a partir dos quais são selecionadas as melhores estratégias para as simulações de diferentes cenários para os casos reais, nos cenários climáticos atuais e futuros. Os resultados esperados incluem a quantificação dos impactos do adensamento, da vegetação e demais superfícies urbanas no microclima, bem como os efeitos das estratégias de adaptação à mudança do clima propostas para áreas urbanas e edifícios, no clima atual e futuro. Ao final, a meta é avançar nos estudos preditivos de diferentes cenários que possam contribuir para a assimilação dos resultados em políticas públicas e que possam se traduzir em benefícios socioambientais para a população, com insumos para a legislação existente e/ou proposição de novos instrumentos urbanísticos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Mafra

Ciências da Saúde

Nutrição
  • efeitos da suplementação de extrato seco de cranberry (vaccinium macrocarpon) sobre o perfil da microbiota intestinal, inflamação e estresse oxidativo de pacientes com doença renal crônica
  • Pacientes com doença renal crônica (DRC) apresentam várias complicações como estresse oxidativo, inflamação e, mais recentemente estudada, a disbiose intestinal. Todas essas complicações estão interligadas e levam ao aumentado risco de doenças cardiovasculares na DRC. Diante deste cenário, compostos bioativos vem sendo considerados como alternativa terapêutica tanto na modulação da microbiota intestinal, bem como dos fatores de transcrição como o fator nuclear-kappa B (NF-κB) e o fator nuclear eritróide 2 relacionado ao fator 2 (Nrf2), envolvidos com o estresse oxidativo e inflamação. Dentre vários alimentos, o cranberry, fruta rica em flavonóides e outros polifenóis, apresenta ações antioxidantes, anti-inflamatórias e imuno-reguladoras, podendo ser boa opção de tratamento adjuvante para as complicações na DRC. Cranberry é amplamente reconhecido por prevenir infecções urinárias, entretanto, não há evidências clínicas sobre os efeitos benéficos do cranberry em pacientes com DRC. Deste modo, o presente ensaio clínico randomizado crossover duplo-cego com período de washout, controlado por placebo terá como objetivo avaliar os efeitos da suplementação de cranberry sobre a modulação da microbiota intestinal e expressão dos fatores de transcrição, bem como sobre os níveis de citocinas inflamatórias, dos marcadores de estresse oxidativo e das toxinas urêmicas em pacientes com DRC.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Maria Christofolini

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • investigação de biomarcadores genéticos de insuficiencia ovariana precoce: o papel da variação no número de cópias (cnvs) de sequencias genômicas no desenvolvimento da condição.
  • A insuficiência ovariana precoce é definida pela cessação da menstruação antes dos 40 anos de idade e seu diagnóstico é confirmado pela presença de níveis elevados de FSH (>25 mUI/ml), observada em aproximadamente 1% da população. A doença é heterogênea, com um grande espectro de causas como as citogenéticas, gênicas, infecciosas e iatrogênicas, autoimunes e metabólicas. Entre 10 e 15% das mulheres tem um parente de primeiro grau afetado, indicando uma participação genética significativa. Identificar precisamente genes causais tem sido um desafio para diversos pesquisadores, bem como para nossa equipe de pesquisa. Até 2016, duas dosagens consecutivas do hormônio FSH apresentando níveis acima de 40 mUI/ml eram necessários para a confirmação da condição. Atualmente, duas medidas até 25 mUI/ml já são suficientes para sua determinação. No entanto, não há na literatura discussão sobre as pacientes que apresentam níveis hormonais acima de 12 mUI/ml (limite superior normal) e abaixo de 25 mUI/ml, sem outras alterações hormonais e/ou imunológicas. Na clínica de reprodução assistida é comum observar pacientes nesta condição. Nossa dúvida é: todas estas pacientes desenvolverão insuficiência ovariana precoce? Tal questionamento foi levantado por nosso grupo de pesquisa desde 2012 ao observar que alguns marcadores genéticos associados à IOP também estavam presentes nas pacientes com níveis intermediários de FSH. Assim, nosso objetivo é encontrar marcadores genéticos que nos ajudem a definir esta questão. As CNVs parecem ser importantes candidatos para a etiologia da condição. Desde sua descrição por Feuk e colaboradores em 2002, as CNVs têm sido reconhecidas como fatores causais de diversas doenças. CNVs são variações de número de cópias de sequencias genômicas. Como estas CNVs podem envolver genes funcionais, podem resultar em variações nos níveis de mRNA e de proteína de genes da região de CNV. Esta diferença de “dosagem gênica” pode resultar na manifestação de uma “doença genética”. A introdução de novas estratégias de investigação genômica, como a investigação de CNVs por arrays pode auxiliar no melhor conhecimento dos fatores genéticos que levam ao desenvolvimento da IOP, permitindo o restreio precoce da condição e melhor manejo clínico da mesma. Além disso, o conhecimento gerado pelo projeto de pesquisa permitirá a formação de pessoas e a divulgação científica em níveis nacionais e internacionais.
  • Faculdade de Medicina do ABC - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Maria Guimarães Freire

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • aplicação de resíduos e/ou coprodutos agroindustriais no desenvolvimento de biopesticidas para o controle biológico convencional e de segunda geração
  • Esta proposta tem como objetivo o desenvolvimento de bioprocessos que agreguem valor à importantes resíduos e/ou coprodutos agroindustriais por meio da sua utilização como matéria prima principal na produção de biopesticidas, na perspectiva industrial ou no sistema “on farm”. Serão avaliados diversos resíduos e/ou coprodutos, destacando-se as tortas de dendê, cacau, algodão e a bandinha de feijão, todos altamente ricos em carboidratos e nitrogênio. A partir desses potenciais substratos serão desenvolvidos e escalonados pelo menos dois processos, um visando a produção de biopesticida convencional (microrganismos viáveis) e outro visando a produção de biopesticida de segunda geração (pool de metabólitos com ação fungicida/inseticida), tendo como foco de ação relevantes doenças e pragas como o mofo-branco e mosca branca que acometem uma série de plantas cultivadas nacionalmente. O trabalho será realizado de forma multidisciplinar por meio de parceria já firmada entre o Laboratório de Biotecnologia Microbiana (LaBiM) da Universidade Federal do Rio de Janeiro e as duas Unidades da Embrapa (Embrapa Arroz e Feijão-Goiás e Embrapa Meio Ambiente -Jaguariúna) . A proposta é totalmente voltada à pesquisa aplicada e nesse sentido espera-se que ao seu final os resultados contribuam principalmente na redução do custo de produção de biopesticidas, no aumento da renda do produtor rural, na redução do descarte indevido de resíduos sólidos agroindustriais e no estímulo ao agricultor brasileiro para a utilização de biopesticidas dentro de um plano de manejo integrado e consequentemente impactando positivamente a agricultura brasileira nos âmbitos econômicos e socioambientais.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Miyuki Kusahara

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • avaliação do impacto do calçado terapêutico nas alterações biomecânicas em pessoas com neuropatia diabética periférica
  • A necessidade da identificação das alterações sensório-motoras, equilíbrio e dos fatores para desenvolvimento do pé em risco de desenvolver ulcerações nos indivíduos com Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2) que já apresentam a Neuropatia Diabética Periférica e não fazem uso do calçado terapêutico, tem sido um grande desafio para os profissionais da área da saúde, pois o pé é um dos mais complexos, porém pouco estudado sistemas musculoesqueléticos no corpo. As intervenções nos pés dos diabéticos estão baseadas na aplicação clínica que são o uso de calçado apropriado, cirurgia e outras técnicas de descarga para a prevenção e cura de úlceras nos pés de doentes com diabetes. Dessa forma, pessoas com diabetes devem ser aconselhadas a utilizar calçados apropriados que se ajustem à anatomia de seus pés. Quando identificada neuropatia, mesmo sem presença de deformidades estruturais, recomenda-se uso de palmilhas, para reduzir e amortecer o efeito de tensão repetitiva. Objetivo: Avaliar o impacto do uso do calçado terapêutico nas alterações biomecânicas, equilíbrio e prevenção de ulcera de pé em pacientes com DM2 atendidos na rede municipal de atenção básica a saúde. Método: A pesquisa realizada será uma investigação do tipo quase experimental com estudos antes e depois de um grupo de pessoas com DM2 que apresentem Neuropatia Diabética Periférica cadastrados na rede pública de atenção básica da cidade de São João da Boa Vista -SP, através da utilização do calçado terapêutico e aplicação de instrumentos para avaliação da saúde dos pés desses indivíduos. A população do estudo será de pacientes com diabetes tipo 2 diagnosticados com Neuropatia Diabética Periférica residentes no município de São João da Boa Vista-SP e cadastradas nas Unidades Básicas de Saúde ou Unidade de Estratégia de Saúde da Família. Os participantes serão identificados por ocasião de sua consulta agendada, quando serão convidados a participarem do estudo. Se aceitarem e preencherem os critérios de inclusão, assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido e responderão aos questionários do estudo. Os sujeitos participantes deste estudo serão determinados por porcentagem do cálculo do tamanho da amostra (respeitando um total de 2542 indivíduos com DM2 cadastrados na rede pública municipal), escolhidos de forma não homogênea por amostragem de conglomerado, divididos por quantidades de indivíduos dentre o total das 13 unidades de saúde, mantendo uma proporção de indivíduos por unidade de saúde. A partir de um intervalo de confiança de 90%, uma proporção de erro amostral de 0,05 e considerando que a porcentagem de indivíduos com DM2 que possam apresentar neuropatia diabética periférica diagnosticado seja em torno de 50%, serão recrutados para amostra do estudo 226 pessoas com DM2, sendo divididos por 13 UBS, respeitando a quantidade de pessoas com DM2 para cada UBS. A análise se dará por estatística descritiva inferencial, de acordo com a natureza das variáveis tendo estabelecido como nível de dados e analise de variância para os grupos valor significativo será igual a 0,05 (5%).
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Oliveira

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • projeto radar de territórios saudáveis e sustentáveis: ride df
  • Trata-se de um projeto de desenvolvimento com o propósito de criar estratégias que auxiliem na implementação da Agenda 2030, atendendo prioritariamente as necessidade da população na área da saúde e bem-estar no DF e na RIDE. Seus marcos referencias para a constituição de Territórios Saudáveis e Sustentáveis para criar oportunidades de estratégias de governança de ações de promoção de saúde de base territorial em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU); Seus objetivos, visam criar metodologias e estratégias de governança de ações de promoção de saúde de base territorial em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) que articule as diversas escalas (definindo interfaces de gestão e informação entre os contextos nacional-internacional e local-nacional) de territorialização das ações de promoção e vigilância em saúde. O processo metodológico utilizará o referencial teórico e conceitual de avaliação de políticas públicas, será construído como estratégia potente de horizontalidade de gestão, de participação e de análises, além da oportunidade de atuar em tempo real frente as barreiras e facilitadores dos processos . Para ativar redes sociotécnicas , compostos pelos principais atores locais para a sistematização e difusão do conhecimento gerado, de modo a implantar, desenvolver e repassar tecnologia social de governança e de soluções para afastamento das ameaças e reduzir às vulnerabilidades identificadas. Estão organizadas em três eixos: (1) realização da pesquisa-ação; (2) processo de formação; (3) criação de salas de cooperação social. Espera-se com os resultados do projeto Espera-se com o projeto Radar de Território Saudável e Sustentável (PRTSS), criar e disponibilizar ferramentas de inteligência cooperativa para fortalecer ações a partir da coleta, da organização e da análise de informações que servirão para definir estratégias de vigilância em saúde e de aperfeiçoamento de processos de tomada de decisão governamentais e populares. Em última instância, o Radar, por meio da articulação dessa inteligência, constituirá e/ou fortalecerá redes de governança territoriais. Desse instrumento podem-se gerar métodos e estratégias de abrangência local, regional e nacional – tais como... –, para a implementação de programas e políticas públicas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 04/07/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Petrucci Gigante

Ciências da Saúde

Nutrição
  • avaliação do impacto da taxação de bebidas adoçadas no brasil
  • O consumo de açúcar é um fator de risco para doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) e considerado como um dos principais contribuintes para obesidade e diabetes. A proposta tem como principal objetivo avaliar o impacto da taxação de bebidas adoçadas sobre as prevalências de obesidade, diabetes, doença coronariana e acidente vascular cerebral na população brasileira e a influência dessa medida regulatória na economia do país. Na primeira etapa pretende-se desenvolver uma pesquisa nas bases de dados nacionais para identificação das prevalências de consumo de bebidas adoçadas por faixa etária, gênero, raça/cor, nível socioeconômico, macrorregião brasileira e situação de moradia urbana ou rural. Dados dos sistemas de informação de mortalidade e de internações hospitalares por obesidade, diabetes, doença coronariana e acidente vascular cerebral também serão obtidos de forma que possam ser calculados os riscos relativos para consumo de bebidas adoçadas em relação às variáveis demográficas, socioeconômicas, morbidade, mortalidade, faltas ao trabalho e perda de produtividade. Os anos de vida perdidos devido à morte prematura e incapacidade e os anos de vida ajustados para qualidade também serão calculados com base em revisão sistemática da literatura, considerando as prevalências de obesidade, diabetes, doença coronariana e acidente vascular cerebral. Dados mais recentes, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, das Pesquisas de Orçamento Familiar e da Pesquisa Industrial Anual serão utilizados para estimar o impacto sobre a produção, emprego, consumo agregado, índice geral de preços, salários e receita tributária do governo. Para identificar os efeitos macroeconômicos da tributação sobre bebidas adoçadas, faz-se necessário considerar as relações produtivas existentes entre os diferentes setores que podem ser avaliadas pela matriz de insumo produto para a economia brasileira. Para analisar a composição de preço de bebidas adoçadas no Brasil será necessário desenhar a cadeia produtiva dos principais tipos de bebidas adoçadas, estimando os custos e identificando os preços de vendas, considerando o impacto dos custos, impostos e subsídios. Esse conjunto de informações será utilizado para calibragem de um modelo de equilíbrio geral computável dinâmico para a economia brasileira, a partir do qual será possível fazer simulações de tributações dessas bebidas e estimar seus efeitos sobre a economia brasileira em diferentes cenários. Serão considerados três cenários do desempenho da economia na implantação da medida regulatória: otimista, intermediário e pessimista.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 02/01/2020-31/01/2022
Foto de perfil

Denise Regina Quaresma da Silva

Ciências Humanas

Educação
  • geografias da exclusão escolar de adolescentes grávidas no sul do brasil: corpos abjetos? fase ii
  • Este estudo híbrido, com enfoque quali/quantitativo, trata-se da segunda fase investigativa de um estudo sobre evasão escolar de adolescentes grávidas da cidade de Novo Hamburgo/RS e está inserido na linha de pesquisa Inclusão Social e Políticas Públicas do Programa de Pós Graduação em Diversidade Cultural e Inclusão Social da Universidade Feevale. Tem como interesse a investigação da incidência da evasão escolar de 2019 a 2021 das adolescentes grávidas e/ou com filho(s), estudantes do ensino fundamental da rede de ensino municipal na cidade de Novo Hamburgo/RS, objetivando identificar as causas do abandono escolar, considerando as particularidades de classe social e etnia, bem como verificar a existência de mecanismos de produção de desigualdades sociais e educacionais, verificando como as escolas posicionam-se frente estas gestações precoces. Procura-se caracterizar a situação escolar das adolescentes grávidas ou que sejam mães objetivando o desenvolvimento de ações de intervenção e prevenção em Educação e saúde para as adolescentes grávidas. Aportes teóricos advindos da interlocução da Psicologia, da Educação e dos Estudos Culturais serão resgatados para a compreensão do tema. A entrevista semi-estruturada constitui a ferramenta metodológica fundamental que será aplicada a diretivos/as destas escolas e também a adolescentes grávidas e/ou com filhos/as. A análise quali/quantitativa dos dados será realizada através da análise das entrevistas à luz da análise de conteúdo (Bardim, 2009) e do software SPSS versão 24.0.
  • Universidade Feevale - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Rocha Gonçalves

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • ramses ii - levantamento de estrelas simbióticas extragalácticas
  • Estrelas simbióticas (SySt) são binárias interativas, de longo período, compostas de uma estrela compacta e quente - geralmente uma anã branca (WD) - uma estrela gigante evoluída e um emaranhado nebular de gás e poeira. Elas representam importantelaboratório para o estudo vários fenômenos astrofísicos e sua recíproca influência. Elas também estão entre as candidatas mais promissoras como progenitores de supernovas Ia (SNe Ia). Uma boa estimativa do número total dessas estrelas é obrigatória, de forma que possa ser contrastada com à taxa SNe Ia em uma galáxia, se efetivamente queremos entender a conexão entre SySt e SNe Ia. Portanto, nossa abordagem ao problema é realizar um censo de SySt para desvendar a relação entre a taxa de SNe Ia em galáxias de diferentes massas/luminosidades com o número atual de simbióticas em galáxias das mesmas características. Atualmente, conhecemos 252 SySt na Via Láctea e 62 em galáxias externas. No entanto, esses números ainda estão em notável contraste com a população prevista de SySt em nossa galáxia que, de acordo com diferentes estimativas, pode oscilar entre 10³ e 10⁵. A população real do SySt é, portanto, uma questão fundamental que precisa ser mais investigada. Uma das razões para essa discrepância embaraçosa entre os modelos de síntese populacional de SySt e as observações, também decorre do fato de que este grupo de estrelas, as SySt, foi caracterizado com base em critérios puramente espectroscópicos. Dado que muitas outras fontes estelares imitam as cores das SySt, nenhuma ferramenta de diagnóstico fotométrico demonstrou até agora o poder de identificar inequivocamente uma SySt, tornando assim inevitável recorrer a um dispendioso acompanhamento espectroscópico. As duas bandas intensas de Raman O VI, em 6830Å e 7088Å, no entanto, são tão exclusivas do fenômeno simbiótico que sua presença é considerada um critério suficiente para classificar uma estrela como simbiótica, mesmo quando a estrela doadora não é diretamente visível através da espectroscopia óptica. Assim, imaginamos o uso da emissão Raman O VI como uma poderosa ferramenta de diagnóstico fotométrico para identificar novas SySt nas galáxias anãs próximas. Observe que nosso censo de SySt na SMC (cerca de 20 horas de observações com o FORS2 no VLT foram alocados para nosso projeto piloto, o qual forneceu as restrições para o atual levantamento RAMSES-II) e em outras galáxias anãs próximas (RAMSES-II) representa a primeira busca de galáxias anãs globais pela SySt já realizada. Por outro lado, outros pesquisadores estão mapeando essa população nas espirais do Grupo Local (M31 e M33), mas baseando sua busca na forma tradicional e demorada de selecionar os candidatos a SySt a partir de suas cores e confirmando a natureza dos mesmos via espectroscopia ótica. Para o Instrument Upgrade Program do Gemini (em Dezembro de 2016), propusemos a compra de dois filtros de banda estreita, para ambos os GMOS: um centralizado na banda Raman O VI 6830Å, e um no contínuo adjacente, para ser usado como contínuo, já que as estrelas simbióticas são os únicos objetos que confirmadamente mostram as linhas de emissão Raman O VI. Este pedido foi bem sucedido e até agora cerca de 50.000 dólares americanos foram alocados para o projeto, para: i) compra de 4 filtros de banda estreita para os instrumentos GMOS acoplados aos telescópios Gemini-North e Gemini-South; e ii) apoiar a visita de 6 semanas da PI (Denise R. Gonçalves) ao Gemini-Sul, em La Serena (Chile), para trabalhar no projeto. Assim pude testemunhar a verificação dos filtros que foram construídos por uma empresa japonesa e enviados para o Chile para testes finais e instalação nos telescópios do sul e do norte. A caracterização dos filtros já foi concluída no sul e está em fase final no norte. Com a aceitação de nossa proposta, o consórcio Gemini também nos deu 10 horas de observações (Tempo Discricionário do Diretor, DDT) para realizar os objetivos científicos do nosso projeto. Este tempo será usado em 2018B ou 2019. À colaboração também foram concedidas outras de ~ 18 horas de tempo de observação em 2018B, através de uma proposta conjunta (Brasil, Coréia, Chile, Argentina e EUA) ao qual eu sou a PI. Portanto, de agora em diante, os dados que precisamos para a ciência estão se tornando disponíveis e precisamos do esforço concentrado da equipe de pesquisadores sêniores, pós-doutorandos e estudantes do grupo para reduzir e analisar esses dados, e conseguir muito mais para as galáxias añas restantes, até a conclusão do levantamento. O grupo deseja observar o máximo possível de galáxias,para, tão logo quanto possível, alcançar a conclusão desejada: ou seja, as simbióticas são ou não progenitoras das supernovas Ia? O grupo quer observar o número máximo possível de galáxias anãs, para, o mais rápido possível, alcançar as conclusões desejadas, que são: estrelas simbióticas são ou não progenitoras de SNe Ia?
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denise Rossato Silva

Ciências da Saúde

Medicina
  • abordagem cognitivo-comportamental para cessação do tabagismo em pacientes com tuberculose: ensaio clínico randomizado.
  • A tuberculose (TB) foi considerada em 2015, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como a doença infecciosa de maior mortalidade no mundo, superando o HIV e a malária juntos. A doença afeta principalmente adultos nos anos mais produtivos de suas vidas, o que não significa que as demais faixas etárias estão isentas de risco. Estima-se, que neste período um milhão de crianças adoeceram por TB e destes 170 000 morreram pela doença (1). No Brasil, em 2016, foram diagnosticados e registrados 66.796 novos casos e 12.809 casos de retratamento de TB (2). De 2007 a 2016, o coeficiente de incidência da doença apresentou uma variação média anual de -1,7%, passando de 37,9/100 mil hab, em 2007 para 32,4/100mil hab, em 2016. Apesar dessa redução, convém salientar que a meta para eliminação da TB como problema de saúde pública é de menos de 10 casos para cada 100 mil habitantes. Cabe ainda destacar que esse resultado somente será possível mediante melhorias em alguns indicadores operacionais e epidemiológicos (2). Entre os muitos fatores de risco para a TB, o tabagismo foi apontado como um sério agravante, principalmente nos países em desenvolvimento. Estima-se que em todo o mundo mais de 20% dos casos de TB são atribuíveis ao tabagismo (1). A influência do tabagismo na TB é explicada pela disfunção da mecânica ciliar, diminuição da resposta imune do indivíduo, no número de macrófagos, resposta e diminuição dos níveis de CD4 e CD8, aumentando a suscetibilidade à infecção pelo Mycobacterium tuberculosis (3). Devemos salientar que o tabagismo está associado a um aumento significativo do risco de infecção por TB latente, TB ativa, recorrência de TB e mortalidade por TB. A cessação do tabagismo não só reduz o risco para TB, mas também possui muitos outros benefícios aos fumantes (4). Dessa forma, para que o controle da TB seja efetivo é fundamental que o sistema de saúde não seja indiferente ao controle de tabagismo. E que na prática clínica diária seja instituída a promoção do tratamento para dependência do tabaco nos pacientes acometidos pela TB e que, além disso, seja também ofertado um local para assistência e tratamento para TB 100% livre de fumo (5). Poucos estudos avaliaram (6,7) intervenções para a cessação do tabagismo em pacientes com TB. Num ensaio clínico randomizado conduzido na África do Sul (7), entrevista motivacional com profissionais da saúde dobrou as taxas de abstinência em 6 meses comparado com o aconselhamento breve. Em outro ensaio clínico randomizado (6), o aconselhamento pelo médico, específico para tabagismo na TB, demonstrou taxas de cessão de tabagismo significativamente maiores do que no grupo de aconselhamento padrão (não específico). Porto Alegre é a capital brasileira com maior número de fumantes: 24,6% dos homens e 20,9% das mulheres fumam (8). Além disso, Porto Alegre é a quarta capital com maior número de casos de TB no Brasil, com 80,4 casos/100mil hab (2). Apesar dessas elevadas prevalências de TB e tabagismo, nenhum estudo local foi realizado para avaliar o uso de intervenções para a cessação do tabagismo em pacientes com TB.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denisson Queiroz Oliveira

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • aplicações de novas tecnologias em sistemas elétricos inteligentes
  • A implantação das redes elétricas inteligentes promete mudar paradigmas da sociedade e de sua relação com a energia elétrica. As novas tecnologias inseridas nesse contexto terão um papel importante e devem influenciar a experiência do consumidor com a eletricidade e suas aplicações no contexto doméstico e corporativo. Aos engenheiros eletricistas cabe compreender as potencialidades dessas aplicações e seus efeitos no planejamento e gerenciamento do sistema elétrico. Este projeto tem como objetivo investigar essas novas tecnologias, tais como inserção de geração distribuída, aplicações de big data e telecomunicações em redes inteligentes, definindo de que forma a aplicação delas modifica o sistema elétrico e propondo soluções para possíveis problemas.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denizar Cruz Martins

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • conversor multiportas bidirecional isolado em alta frequência operando como barramento magnético para interligação de fontes de potência com diferentes níveis de tensão e cargas de diversas naturezas
  • A presente proposta consiste no desenvolvimento, projeto e implementação de um conversor multiportas bidirecional, isolado em alta frequência, operando como barramento magnético, com capacidade de acomodar cargas e fontes de natureza CC e CA, monofásicas e trifásicas, de diferentes níveis de tensão e frequência (configurando uma microrrede CC e/ou CA), incluindo acumuladores de energia e a rede elétrica da concessionária. Este sistema conversor possui como elemento básico um transformador de alta frequência (Transformador de Estado Sólido, do inglês Solid State Transformer - SST) que serve como acoplamento (link) magnético entre as diversas fontes e cargas, propiciando a isolação galvânica entre as mesmas e reduzindo o tamanho do conjunto. O sistema proposto interligará redes CC e CA, sistemas de energias renováveis e de armazenamento de energia. A estratégia de despacho de potência é concebida de modo que toda a potência gerada pelos sistemas renováveis seja injetada nas cargas CC. O excesso ou carência de potência é respectivamente absorvido ou suprido pela rede elétrica CA da concessionária. O conversor é modular e pode ser expandido para agregar mais fontes. No lado CC é colocado um armazenador de energia, o que fará o sistema operar naturalmente como uma UPS (Uninterruptible Power Supply) na falta da rede CA da concessionária. Quando acoplado à rede CA da concessionária, o sistema proposto ainda poderá operar como regulador de reativo, ajudando a corrigir baixos fatores de potência de cargas não lineares.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denize Demarche Minatti Ferreira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • insights de governança corporativa em cooperativas agrícolas brasileiras: estudo em empresas catarinenses.
  • As cooperativas agrícolas desempenham papel fundamental na geração de riquezas, por meio da comercialização dos produtos agrícolas vendidos das propriedades familiares. A presente pesquisa tem por objetivo verificar o nível da utilização das diretrizes da governança corporativa na gestão e o desenvolvimento de ações socioambientais em cooperativas agrícolas brasileiras. Para a consecução do objetivo, questões relacionadas aos indicadores de governança e socioambientais estabelecidas pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC, 2015), Silva (2017) e Manual Sescoop do Programa de Desenvolvimento de Gestão das Cooperativas (PDGC, 2018) serão investigadas por meio de aplicação de questionários e entrevistas. Espera-se verificar se as cooperativas analisadas apresentam nível de governança corporativa adequado, além disso, detectar se podem aprimorar alguns dos indicadores pesquisados. Poder-se-á verificar se dentre os indicadores com melhor desempenho é possível identificar a utilização de controles internos para mitigar os riscos na relação entre administradores e proprietários. Serão estudados também os aspectos relacionados à responsabilidade socioambiental, verificando se as cooperativas desenvolvem programas que auxiliam no desenvolvimento socioambiental da comunidade em que estão inseridas, influenciando desde os funcionários, os cooperados e a comunidade em geral, o que pode estar relacionado à constante preocupação dos administradores da cooperativa com tal aspecto.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Dennis Verbicaro

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • o novo paradigma da privacidade e do tratamento de dados pessoais nas relações de consumo digitais
  • A presente pesquisa visa analisar a coleta e tratamento de dados pessoais e sensíveis na perspectiva do e-commerce (comércio eletrônico), fenômeno responsável pelo crescimento das transações comerciais e consumeristas efetivadas mediante a transmissão de dados através de computadores, utilizando-se como meio de transmissão a Internet. Dentro deste contexto, buscar-se-ão soluções normativas, fundamentadas na experiência estrangeira, que melhor atendem aos objetivos elencados pela doutrina especializada em direito da tecnologia da informação, além de aprofundar os estudos integrados do Direito da Tecnologia da Informação e Internet, sugerindo interpretações adequadas à realidade da sociedade informacional e à necessidade latente de regulamentação da World Wide Web, utilizando-se como parâmetro de estudos os dispositivos legais e convencionais no âmbito do direito internacional, notadamente a Diretiva nº 679/2016/UE, conhecida como Regulamento Geral para Proteção de Dados, e, a partir dessa perspectiva, analisar o atual estado de proteção e de (in)segurança digital aos quais os consumidores-usuários brasileiros estão submetidos. Outrossim, far-se-á minucioso exame propositivo dos principais aspectos lacunosos e incidentes de segurança decorrentes da ausência de uma legislação geral pátria, por intermédio de estudos de caso e de revisões bibliográficas de caráter transdisciplinar, referente ao fenômeno sociológico da cibercultura e do ciberespaço, na lição de Pierre Levy, e a aspectos técnicos-científicos da sociedade da informação e de suas tecnologias, aplicadas às relações de consumo, marcadas por um movimento de flexibilização e insegurança do direito à privacidade, uma vez que a identidade humana e sua afirmação perante o meio social eletrônico são de importância fundamental para a manutenção da sociedade informacional e, consequentemente, para os provedores de serviços, fornecedores de produtos e serviços online, bem como hackers e pessoas mal-intencionadas na rede mundial de computadores. Mais do que uma leitura restrita ao âmbito do Direito das Relações de Consumo, a pesquisa enfrentará a questão do direito à privacidade e à informação do consumidor a partir de uma perspectiva interdisciplinar, adentrando nos efeitos sociológicos e políticos da sociedade da informação e do advento e consolidação da Internet como principal ferramenta de expansão de alternativas de mercado e, principalmente, de exercício da cidadania e dos direitos transindividuais de personalidade por parte de seus usuários, em razão do seu inegável papel político-deliberativo oriundo do aprimoramento constante do ciberespaço
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Denysson Axel Ribeiro Mota

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • web semântica e web pragmática: estudo de representação e recuperação de informação em acervos informacionais digitais
  • Este projeto de estudo versa sobre a aplicação de conceitos da Web Semântica e da Web Pragmática em Acervos Informacionais digitais mediante uma abordagem crítica sobre a representação e recuperação de informação, indicando a necessidade de introdução de dados de contexto para aprimorar a filtragem de informações. A proposta, integrada às discussões sobre a Web Semântica e a Web Pragmática, considera a interlocução entre a Ciência da Informação e as Ciências da Computação. O estudo apoia-se teoricamente, de um lado, na perspectiva pragmática de Peirce (1977), Morris (1985), Eco (1987) e Armengaud (2006) e, de outro, na abordagem sociocognitiva de Ingwersen e Järvelin (2005). A proposta tem como campo de experimentação a Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI). Verificou-se, em estudos exploratórios prévios (MOTA, 2015), que há duas possibilidades de representar contextos: tanto por meio de RDF quanto com o uso de XTM. Metodologia: Na primeira etapa da presente proposta de pesquisa serão buscados na literatura contextos considerados relevantes para a interpretação de informações. Estes contextos serão analisados e modelados em Diagrama Entidade-Relacionamento (DER), complementando o modelo da BRAPCI (BUFREM et al., 2010) que serão posteriormente representados em Resource Description Framework (RDF) e Topic Maps (TM), na sua forma expressa em XML, chamada de XTM (ISO, 2013). Na segunda etapa, será realizada a representação dos contextos identificados em bases de dados selecionadas previamente, como repositórios de trabalhos e outros sistemas semelhantes, assim como a exportação dos dessas bases de dados em metadados com formato compatível com a Web Semântica. Uma possível base-modelo será a Base de Dados de Trabalhos de Conclusão de Curso de Biblioteconomia, da UFCA, construída em pesquisa previamente realizada. Na terceira etapa, será criada uma infraestrutura de tecnologia da informação para dar suporte não apenas para esta pesquisa, mas a projetos de outros grupos de pesquisa de instituições de ensino e pesquisa (IES), tanto no Brasil quanto no exterior. A BRAPCI se constitui, portanto, em uma plataforma ou laboratório de pesquisas que permitirá que diferentes pesquisadores trabalhem diretamente na plataforma, realizando testes e modificações, assim como os docentes de IES a utilizem como ferramenta de ensino. É esperado que, durante o desenvolvimento deste projeto, surjam novas contribuições teórico-metodológicas da Web Semântica e Web Pragmática no ambiente dos Acervos Informacionais Digitais. Espera-se, ainda, fomentar a consolidação da Web Semântica como artefato de representação de informação em ambientes informacionais complexos e contribuir para o fortalecimento da Web Pragmática como campo de estudos na área da Ciência da Informação. Acredita-se que os resultados desta pesquisa serão de grande relevância para o campo da Web Semântica, Web Pragmática e Organização e Representação da Informação e do Conhecimento, campos de estudo da Ciência da Informação.
  • Universidade Federal do Cariri - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Deoclecio Alves Chianca Junior

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • efeito do tratamento com ivabradina sobre a função renal de ratos espontaneamente hipertensos (shr)
  • A hipertensão arterial essencial é caracterizada pela elevação crônica da pressão arterial e constitui o principal fator de risco para doenças cardiovasculares e renais. A etiologia da hipertensão arterial essencial não está totalmente definida, mas sabe-se que uma vez instalada, resulta em modificações nos rins. Este órgão tem um importante papel na hipertensão arterial, podendo ser a causa ou sofrer os efeitos lesivos da doença, contribuindo à medida que a lesão avança para manter o chamado “ciclo vicioso de Klahr” que propicia a avanço da progressão da lesão até os estágios de insuficiência renal terminal. Os ratos espontaneamente hipertensos (SHR) são considerados modelos adequados para hipertensão primária ou essencial. Os ratos SHR começam a desenvolver hipertensão arterial com 5 semanas de vida, não havendo influência sexual nesse desenvolvimento. A hipertensão do SHR adulto está associada a um aumento da resistência periférica total e um débito cardíaco normal ou diminuído. Apresentam frequência cardíaca mais elevada que nos ratos controle Wistar-Kyoto (WKY) já na 3ª semana de vida e se correlaciona, positivamente, com os níveis de pressão atingidos até a 6ª semana de vida. A taquicardia é considerada o resultado de um aumento na frequência intrínseca do marcapasso cardíaco. As elevações precoces da frequência cardíaca (FC) nos SHR constituem um índice altamente preditivo da ocorrência de hipertensão. Do ponto de vista fisiológico, a redução da FC promove uma perfusão coronariana maior e melhor, levando a um maior equilíbrio de oxigênio e desempenho cardíaco. Desta forma a ivabradina - um novo inibidor seletivo de canais cíclicos de nucleotídeos (HCN) - surgiu como importante medicamento para promover a diminuição da FC sem alterar o ionotropismo cardíaco. A ivabradina é capaz de agir sobre a corrente de hiperpolarização (If) e reduzir a taxa de disparo das células do nó sinoatrial em pequenas concentrações, sem influência das correntes iônicas (cálcio e potássio). Os canais HCN são encontrados em tecidos excitáveis e não excitáveis em mamíferos que por sua vez, codificam quatro isoformas de HCN (HCN 1 a HCN 4), que se relacionam com a condutividade, principalmente no sistema nervoso central e no coração. No rim foi identificado a presença de canais HCN1 e HCN3 no túbulo proximal e HCN3 na alça de Henle. Diante do exposto, torna-se importante investigar os possíveis efeitos hipotensores da ivabradina no modelo SHR e sua ação sobre a expressão dos canais HCN no coração e nos rins. Para tal, avaliaremos os seguintes parâmetros em ratos controles (WKY) e nos ratos SHR submetidos ao tratamento com ivabradina ou injeção intraperitoneal com salina tamponada (PBS: i) pressão arterial média em dias alternados através de plestimografia de cauda por 14 dias e por medida direta no último dia de tratamento (após canulação da artéria femoral), ii) marcadores bioquímicos séricos e urinários da função renal, obtidos após 24 horas de permanência em gaiola metabólica. Posteriormente, analisaremos os perfis histopatológico (renal e cardíaco) e molecular dos tecidos cardíacos (expressão gênica de canais HCN2 e HCN4 no ventrículo esquerdo (VE) e renais (HCN 1 E HCN 3).
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Deonir De Toni

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • a relação entre o valor de compra e a imagem de preço da loja mediada pelo omni-channel
  • As transformações da indústria do varejo têm sido influenciadas largamente pela internet e os novos canais de compra. As lojas físicas ainda são o canal de maior faturamento, no entanto, estas fachadas tradicionais (bricks-and-mortar stores) estão se transformando em virtude da necessidade de integrar os canais (omni-channel). Este projeto de pesquisa tem por objetivo verificar a relação mediadora da integração dos canais (omni-channel) sobre a relação do valor de compra e a formação da imagem de preço de loja. Para a testagem das hipóteses, a mediação e a moderação será empregado o método de modelagem de equações estruturais por mínimos quadrados parciais (PLS-SEM). Este projeto de pesquisa se justifica em decorrência da necessidade de sincronizar os múltiplos canais através do omni-channel. Com este estudo busca-se gerar contribuição teórica e gerencial. Contribuir para orientar os gestores de diferentes portes da indústria varejista, através da compreensão sobre a integração das informações entre os canais através do omni-channel, a experiência de consumo através da percepção de valor e a multidimensionalidade da imagem de preço da loja.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Dernival Bertoncello

Ciências da Saúde

Medicina
  • elaboração de fluxo para intervenção na escoliose idiopática de adolescentes no sistema público de saúde a partir da identificação de sua prevalência e gravidade em escolares de três municípios brasileiros
  • A escoliose idiopática em adolescente (EIA) é definida como uma alteração postural, caracterizada por um desvio lateral com ângulo de Cobb maior que 10 graus do plano frontal, associado ou não, a uma rotação vertebral da coluna, sendo uma deformidade com importantes consequências para os adolescentes, para seus cuidadores e para o sistema de saúde do país. Especialmente para a vida adulta, a escoliose gera situações que dificultam ao indivíduo a plena atividade diária, seja para ações pessoais como para sobrevivência (laborais). Existe uma escassez de estudo epidemiológicos de escoliose idiopática no Brasil. Faz-se necessário, portanto, conhecer a população com escoliose e também os profissionais que atuam diretamente no diagnóstico e tratamento dessa deformidade. Ao obter-se uma mostra dessas percepções, é possível delinear parâmetros para o Sistema Único de Saúde, a fim de otimizar atendimentos e diminuir custos. Portanto, o objetivo deste projeto será avaliar adolescentes com escoliose em três municípios brasileiros, bem como os profissionais envolvidos nessa temática, a fim de delinear um fluxo de atendimento para EIA. Para isso, serão avaliados estudantes de escolas dos municípios de Uberaba e Belo Horizonte, em Minas Gerais, e de Salvador, Bahia. Medições específicas serão realizadas a fim de correlacionar seus resultados e verificar a melhor eficácia para o prognóstico. Serão também avaliados profissionais de saúde (Ortopedistas, Clínicos Gerais, Fisioterapeutas, entre outros) que tenham contato direto com esses adolescentes. Um fluxo de atendimento será elaborado a fim de nortear o sistema público de saúde dos municípios citados, como um piloto para que se tenha a implementação em todo o SUS. Os profissionais de saúde serão capacitados sobre esse fluxo e também sobre os diferentes recursos que são utilizados para diagnóstico e tratamento da deformidade. Os resultados serão analisados nos três municípios, estatisticamente, e apresentados em diferentes produtos (relatórios, artigos científicos, apresentação em eventos, etc.). Espera-se, com o projeto, melhor direcionamento para o atendimento da Escoliose Idiopática em Adolescente.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 02/01/2020-31/01/2023
Foto de perfil

Deusmaque Carneiro Ferreira

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • sensores eletroquímicos para monitoramento de resíduos de agrotóxicos e metais potencialmente tóxicos em águas superficiais
  • Dos recursos naturais existentes no planeta Terra, a água é considerada essencial, uma vez que, a sua disponibilidade é essencial para todas as formas de vida, bem como para a maioria dos meios de produção. No entanto, por maior que seja sua importância, a sociedade contemporânea tem intensificado a poluição das águas superficiais e subterrâneas, deteriorando esse recurso natural indispensável aos processos industriais e agropecuários. O monitoramento mais usual da qualidade das águas superficiais ocorre empregando as técnicas analíticas clássicas e instrumentais, porém, essas possuem custo elevado e maior tempo de análise. Neste contexto, os sensores eletroquímicos apresentam-se favoráveis para essa finalidade, uma vez que a análise é em tempo real, são altamente específicos e sensíveis, além de terem baixo custo. Nessa perspectiva o presente estudo tem como objetivo desenvolver sensores eletroquímicos para monitoramento dos resíduos de agrotóxicos e metais potencialmente tóxicos em águas superficiais, córrego Lanoso, área de proteção ambiental (APA) no município de Uberaba (MG). Para o desenvolvimento dos sensores eletroquímicos utilizará três tipos de eletrodos de trabalho: disco de grafite modificado com poli (ácido 3-hidroxibenzóico), eletrodo de diamante dopado com boro e eletrodo de ouro. O contra eletrodo será de platina e o eletrodo de referência Ag/AgCl em KCl a 3M. Os eletrólitos suportes empregados nas análises serão o tampão fosfato (0,1M; pH 7,3), ácido perclórico 0,5 M e ácido sulfúrico 0,5M. Nas detecções eletroquímicas de agrotóxicos e metais potencialmente tóxicos empregar-se a voltametria de onda quadrada e voltametria de redissolução anódica, respectivamente. Os resultados das análises eletroquímicas dos resíduos de agrotóxicos e metais tóxicos serão validados com os resultados obtidos por cromatografia líquida e espectrometria de emissão atômica com plasma molecular induzido por micro-ondas (MIP-AES), respectivamente. Espera-se que os sensores eletroquímicos desenvolvidos possam ser empregados para quantificação dos resíduos de agrotóxicos e metais potencialmente tóxicos, em tempo real, para avaliação da qualidade da água do Córrego Lanoso.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Deuzimar Costa Serra

Outra

Ciências Ambientais
  • agenda 2030 e os ods: transversalidade da ciência, tecnologia e inovação para uma educação de qualidade
  • Projeto em epígrafe aborda sobre o Seminário virtual com a temática: “Agenda 2030 e os ODS: transversalidade da ciência, tecnologia e inovação para uma educação de qualidade”, este evento será realizado no período de 04 a 06 de outubro de 2021, propiciará aos alunos dos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio, comunidade acadêmica e aos demais participantes a integração de conhecimentos e práticas, com a disseminação de informações acerca da Sustentabilidade Ambiental e Social, bem como discussões que destacam as ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) de Codó-Ma e São João do Sóter-MA. Esta proposta é de iniciativa de todos que integram o Centro de Estudos Superiores de Codó-CESCD, articulado à Secretaria Municipal de Educação de São João do Sóter que em parceria com a sociedade, mobilizarão atividades em torno da ciência e a tecnologia, vinculando a temática correlatas a perspectiva sustentável. O evento possibilitará a difusão de conhecimentos sobre o trabalho empreendido por professores, estudantes e a sociedade oportunizando a troca de saberes e experiências com a exposição de relatos de experiências, que repercutirá na formação dos profissionais e no fortalecimento das ações entre as instituições parceiras. A proposta é viável e será executada com a participação das Instituições parceiras, na perspectiva de beneficiar o público-alvo, repercutindo com impactos relevantes nas comunidades codoense e sotense, sendo indispensável o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-CNPq, conforme chamada CNPq/MCTIC Nº 06/2021, Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT/2020.
  • Universidade Estadual do Maranhão - MA - Brasil
  • 07/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Dian Lourençoni

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • incubadora de ovos automatizada por controlador fuzzy
  • A utilização de incubatórios está fortemente relacionada com a granja de matrizes, podendo ser considerado um ambiente estratégico para a produção avícola, uma vez que, proporciona o desenvolvimento de pintos de um dia a partir de ovos férteis na quantidade, prazo e qualidade atualmente exigidos pela avicultura industrial (MELO et al., 2018). A criação de um equipamento de baixo custo e boa eficiência que garanta condições adequadas de incubação de ovos viáveis pode ser uma ferramenta que possibilite a independência de pequenos e médios produtores, dando-lhes autonomia para uma produção mais sustentável. Segundo Fernandes & Silva (2001), a produção de aves na agricultura familiar é facilmente praticável, necessitando de pouca mão de obra, com um retorno financeiro relativamente rápido em função do ciclo de vida das aves, além de ser uma fonte de alimento para a família. Para tanto, a compreensão e controle das condições necessárias para a incubação e eclosão de ovos de galinhas é de extrema importância visto que o período embrionário das aves é uma fase de grande impacto sobre esses animais, representando cerca de 30% da vida dos frangos de corte. Segundo Ferreira et al. (2010), os sistemas fuzzy, baseados na lógica fuzzy ou logica nebulosa, são sistemas capazes de trabalhar com informações imprecisas e transformá-las em uma linguagem matemática de fácil implementação computacional. A ideia básica em controle fuzzy é modelar as ações a partir de conhecimento especialista, ao invés de, necessariamente, modelar o processo em si. Isso conduz a uma abordagem diferente dos métodos convencionais de controle de processos, onde os mesmos são desenvolvidos via modelagem matemática dos processos de modo a derivar as ações de controle como função do estado do processo. A motivação para esta nova abordagem veio de casos onde o conhecimento especialista de controle era disponível, seja por meio de operadores ou de projetistas, e os modelos matemáticos envolvidos eram muito custosos, ou muito complicados para serem desenvolvidos (Gomide et al., 1995). Neste contexto, o presente trabalho tem por objetivo confeccionar e avaliar uma incubadora de ovos artesanal totalmente automatizada por controlador fuzzy.
  • Universidade Federal do Vale do São Francisco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diana Amaral Monteiro

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • efeitos da ativação dos receptores canabinóides cb1 e cb2 nos biomarcadores de estresse oxidativo e na contratilidade de músculo cardíaco
  • Além de seus efeitos clássicos conhecidos, como analgesia e prejuízo da cognição e aprendizagem, os canabinóides também têm sido relacionados à regulação das respostas cardiovasculares e implicados em patologias cardiovasculares. As doenças cardiovasculares são atualmente reconhecidas pelo número de mortes que causa em todo o mundo. Por outro lado, os canabinóides também têm sido associados a efeitos benéficos no sistema cardiovascular, como um papel protetor na isquemia miocárdica. Também tem sido sugerido que a manipulação farmacológica do sistema endocanabinoide pode oferecer novas perspectivas e oportunidades farmacoterapêuticas. Embora nossa compreensão do sistema endocanabinóide tenha disparado em um curto espaço de tempo, essa questão promissora e multidisciplinar permanece controversa, emergente e de indubitável interesse científico. O objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos do canabinóides na função cardíaca, utilizando peixe como modelo experimental, que se apresenta como ferramenta atrativa para o teste com terapias inovadoras. Investigaremos os efeitos dos agonistas dos receptores canabinóides (CB1 + CB2 ou CB2) no acoplamento excitação-contração do miocárdio ventricular, na expressão de proteínas envolvidas com o manejo do cálcio e no metabolismo oxidativo cardíaco. Este projeto deve fornecer um passo fundamental para a elucidação do papel da ativação do sistema endocanabinóide na função cardíaca.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diana Cristina Silva de Azevedo

Engenharias

Engenharia Química
  • dispersantes e adsorventes para remediação de áreas litorâneas afetadas por derramamento de petróleo cru (litoral cearense, nordeste do brasil)
  • A contaminação ocasionada por derramamento de óleo vem sendo discutida a décadas e eventos como esses tem ocorrido a pelo menos meio século. A poluição por óleo na zona costeira e plataforma continental brasileira, especialmente na costa do Nordeste, vem despontando um impacto imensurável no aspecto ambiental, social e econômico. Após o derramamento de óleo nas praias, paisagens como falésias e beach rock, bem como corais ou outras estruturas, ficam impregnados com esse óleo. Produtos químicos, conhecidos como dispersantes, são os mais utilizados após derramamentos de óleo no mar para reduzir o impacto do óleo no litoral e na vida marinha. Entretanto, estes dispersantes podem ser perigosos para a fauna marinha devido á toxicidade e aumento da concentração ao longo da coluna de água. Assim, como uma alternativa para solucionar esse problema de forma mais eficiente, esse trabalho pretende desenvolver agentes dispersantes de óleo com características similares aos comerciais (Corexit 9500A e Corexit 9527A), bem como biosurfactantes e biopolímeros hidrofóbicos biodegradáveis contendo nanopartículas magnéticas para tratamento do derramamento de petróleo no mar. A ação destes materiais será avaliada e os resultados comparados com os surfactantes já utilizados atualmente. O desenvolvimento de biosurfactantes, como agentes dispersantes, é uma alternativa para solucionar esse problema, devido sua baixa toxicidade. Esses produtos podem ser produzidos em escala industrial por meio de fermentação, utilizando diferentes meios de cultura para a propagação do inoculo do micro-organismo e consequente produção de biossurfactantes. A utilização de adsorventes (naturais, sintéticos ou minerais inorgânicos) por serem menos agressivos ao meio ambiente e até 30% mais barato do que outros métodos de remediação podem ser uma alternativa ao uso dos dispersantes. Adsorventes naturais com características hidrofóbicas e magnéticas, utilizando quitosana e celulose, tem sido desenvolvido por possibilitar a separação óleo/água de forma mais efetiva. A técnica de adsorção será utilizada como complementar para pequenos volumes, principalmente como uma técnica complementar nas superfícies contaminadas. Em uma ação paralela, faz-se necessário também a avaliação do ambiente quanto aos níveis dos principais indicadores da contaminação por petróleo, bem como a eficiência de limpeza pela ação das tecnologias utilizadas. Nesse sentido serão avaliados os níveis dos hidrocarbonetos alifáticos (HAs) e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs), bem como seu risco estimado. Essa avaliação nas áreas de estudos ocorrerá antes da adição do dispersante ou do adsorvente, bem como após, com o objetivo principal de avaliar a diminuição dos contaminantes, atestando que o local não alcançou o estado natural somente em termos visuais, mas atestando também a diminuição dos riscos ecológico e ambiental. A avaliação ocorrerá em termos de análise visual, geológica/sedimentológica e química. A partir de uma vistoria deve ser preenchido o Formulário de Avaliação de Óleo em Linha de Costa, modelo da NOAA adaptado pela Petrobras com fotos georreferenciadas (CENPES, 2006). Esse formulário tem o objetivo de padronizar a avaliação da cobertura da extensão da cobertura do óleo em casos de emergência. Desse modo, o atendimento a essa proposta, além de contribuir no desenvolvimento de tecnologias utilizando biosurfactantes e bioadsorventes, oriundos de fontes renováveis, fortalecerá a interação entre a UFC e os grupos parceiros e a consequente formação de recursos humanos qualificados, em consonância ao Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para os Oceanos. Esse conhecimento tecnológico obtido através da formação dessa rede de pesquisa em ciência no mar trará benefícios sociais, econômicos e ambientais para as praias brasileiras.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 02/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Diana Cristina Silva de Azevedo

Engenharias

Engenharia Química
  • purificação de anticorpos policlonais do soro de coelho por cromatografia contínua visando ao emprego futuro em kits diagnósticos
  • Os anticorpos monoclonais provenientes do soro de mamíferos, como coelho, galinha e rato têm sido utilizados no tratamento de doenças auto-imunes, hepatites e em exames laboratoriais para detecção de doenças, como dengue e zika, e no tratamento de alguns tipos de câncer. Contudo, a utilização de anticorpos monoclonais confere ao processo altos custos devido às dificuldades associadas ao fracionamento dos anticorpos policlonais. Além disso, apresentam limitações quanto ao reconhecimento múltiplo de antígenos em uma infecção, por não possuírem capacidade de ligação a vários epitopos de uma mesma doença. Dentre os anticorpos monoclonais e policlonais, as imunoglobulinas G são a classe mais estudada para reconhecimento de antígenos. Um dos grandes problemas enfrentados no desenvolvimento de processos de purificação de anticorpos reside na elevada diluição do produto final e no tempo despendido para a obtenção de elevadas quantidades do produto de interesse. Processos cromatográficos contínuos empregando múltiplas colunas e movimento contra-corrente entre a fase líquida e a fase estacionária apresentam vantagens frente aos modos descontínuos por minimizarem o tempo operacional de obtenção do bioproduto de interesse com elevado grau de pureza, por reduzirem o consumo de solvente e também a quantidade de fase estacionária empregada, aumentando desta forma a eficiência global do processo. Vários destes processos têm sido recentemente aplicados na captura de anticorpos monoclonais empregando colunas de afinidade contendo a proteína A como ligante. Esta proposta de pesquisa propõe-se a investigar a purificação de anticorpos policlonais em sistemas contínuos com elevada produtividade (obtenção de grandes quantidades purificadas da proteína-alvo por unidade de tempo e por quantidade de fase estacionária empregada). A aplicação almejada consiste em purificar em larga escala anticorpos provenientes do soro do coelho para utilização em kits de diagnóstico de doenças autoimunes. Além disso, este projeto de pesquisa também visa a fortalecer uma nova linha de pesquisa de caráter inovador dentro do Grupo de Pesquisas em Separações por Adsorção - GPSA, grupo cadastrado no diretório de pesquisa do CNPq, que tem alcançado uma posição de destaque no cenário científico e tecnológico nacional no que diz respeito ao desenvolvimento de processos e materiais para separações/purificações com base no fenômeno da adsorção.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Diana Gabriela Soares

Ciências da Saúde

Odontologia
  • modulação da topografia de superfície de scaffolds de quitosana visando a criação de construtos para engenharia tecidual em sistema de biorreator de perfusão.
  • O desenvolvimento de tecidos em laboratório tem se tornado uma realidade nas áreas médica e odontológica com o advento da engenharia tecidual. Esta tecnologia baseia-se no emprego de biomateriais que atuem como substituto temporário da matriz extracelular em associação com células precursoras, seguido de expansão e indução fenotípica in vitro. Assim, este projeto de pesquisa tem como objetivo empregar diferentes técnicas de engenharia tecidual e biotecnologia, para obter scaffolds com uma rede de poros interconectados e com nano-topografia de superfície, para criar construtos celulares em sistema de biorreator de perfusão visando a regeneração de tecidos conjutivos. Para isto, serão formulados scaffolds com diferentes composições e topografia de superfície lisa ou nano-globular, os quais serão caracterizados quanto as suas propriedades físico-químicas, o que envolve morfologia, grau de degradabilidade, módulo de elasticidade e resistência compressiva. Em seguida, células tronco mesenquimais serão obtidas por desagregação enzimática do tecido pulpar de terceiros molares hígidos, sendo caracterizadas quanto aos marcadores de células-tronco por meio de imunofluorescência. Então, essas células serão semeadas sobre a superfície dos scaffolds para avaliação da viabilidade, proliferação e migração celular, adesão e espalhamento, expressão gênica e deposição de matriz rica em colágeno. Por fim, os construtos células/scaffolds serão cultivados em sistema de biorreator de perfusão, sendo implantados no subcutâneo de camundongos imunocomprometidos para avaliação da capacidade de deposição de matriz rica em colágeno in vivo. Os dados numéricos, obtidos através da aplicação dos protocolos laboratoriais, serão submetidos à análise estatística específica.
  • Faculdade de Odontologia de Bauru - USP - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diane Rizzotto Rossetto

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • elas vão para ciências e matemática
  • Ao longo dos últimos anos a sociedade tem procurado refletir a respeito de práticas e ações que contribuam para que mais meninas se sintam estimuladas e confiantes a desenvolver suas habilidades nas áreas de ciências exatas, em particular, na área de Matemática. Nesse sentido, este projeto vem a corroborar com tais ações. O uso cada vez mais frequente de computadores traz para o estudo de matemática a possibilidade de surgimento de novas práticas de exploração do conhecimento. Assim, o projeto tem por finalidade relacionar o conteúdo matemático que é ensinado no ensino médio, com ferramentas computacionais existentes. Entendemos que ao apresentar tais tecnologias aos estudantes, estamos de forma sistemática e constante, estimulando características fundamentais para o seu desenvolvimento como: a reflexão crítica, o raciocínio lógico, a desenvoltura na resolução de problemas, a interpretação de problemas, o trabalho coletivo, e a curiosidade. Durante o projeto serão desenvolvidas atividades divididas em dois ciclos que abordarão ferramentas distintas: o software de matemática dinâmica Geogebra e técnicas de programação utilizando o software Octave. Espera-se que ao longo do desenvolvimento do projeto as alunas envolvidas desenvolvam habilidades com as tecnologias apresentadas e consolidem conhecimentos básicos em programação.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 02/03/2021-30/09/2022
Foto de perfil

Didier Gastmans

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • origem dos fluxos e tempos de residência da água em bacias hidrográficas do estado de são paulo
  • Em um cenário global de mudanças climáticas, o uso sustentável dos recursos hídricos requer a compreensão dos mecanismos envolvidos na movimentação e armazenamento da água nos compartimentos do ciclo hidrológico, uma vez que sinais de escassez hídrica são observados e disputas por fontes seguras de abastecimento vem ocorrendo. Soluções futuras de gestão devem considerar a capacidade de resiliência das bacias hidrográficas e sua conexão com as águas subterrâneas, possibilitando a adoção de ações de proteção e preservação da água, com o objetivo de se aumentar a oferta de água de boa qualidade. Nesse contexto diversos traçadores vêm sendo utilizados para a compreensão da movimentação da água e a determinação dos seus tempos de residência em subsuperfície. Isótopos estáveis (2H/1H e 18O/16O) são excelentes traçadores da movimentação da água no ciclo hidrológico, sendo utilizados como ferramentas auxiliares na compreensão de processos hidrológicos em bacias hidrográficas, auxiliando na definição dos mecanismos e processos envolvidos na infiltração e recarga de aquíferos, formação da descarga de cursos d’água, na estimativa dos tempos médio de residência da água, na identificação da origem dos componentes do fluxo, bem como na calibração e/ou validação de modelos hidrológicos por meio da estimativa de parâmetros hidrológicos. Vários isótopos podem ser usados nas estimativas de idades das águas subterrâneas, cada qual com seu intervalo temporal de aplicação, função do tempo de meia-vida. Dois exemplos em que os isótopos podem ser uteis para a gestão das águas subterrâneas são: (i) determinação das taxas de recarga, e (ii) estimativa dos tempos médios de trânsito (TMT) das águas subterrâneas em bacias hidrográficas, entendendo-se por TMT, o tempo transcorrido entre a recarga (infiltração) da água e sua descarga do aquífero no rio. Em ambos os casos, esses traçadores podem ser utilizados na formulação de hipóteses sobre a interação de águas superficiais e subterrâneas, possibilitando a formulação de propostas de gestão de recursos hídricos e/ou como mudanças no clima podem afetar esses sistemas hídricos. Atualmente, no estado de São Paulo, a preocupação maior em relação a esse tipo de contaminação está associada fontes pontuais urbanas, e pouca atenção é dada para as grandes fontes difusas existentes em regiões agrícolas, que em função do aumento da utilização de fertilizantes nitrogenados pode levar ao aumento do armazenamento de nitrogênio no solo e em aquíferos rasos, que podem aumentar rapidamente em função do espaço temporal transcorrido entre a introdução do nitrogênio durante recarga até a sua descarga nos corpos d’água conectados a esses aquíferos. A determinação das contribuições da descarga das águas subterrâneas nos rios é fundamental para a compreensão da dinâmica do ciclo do nitrogênio em áreas agrícolas, especialmente quando se trata de identificar e se antecipar a problemas relacionados à qualidade dos recursos hídricos. Nesse sentido o presente projeto de pesquisa possui dois eixos temáticos principais, tendo como desafios científicos elucidar a movimentação da água em bacias hidrográficas do estado de São Paulo, por meio da utilização de uma série de traçadores isotópicos, buscando compreender a variabilidade espacial e temporal da composição isotópica das águas superficiais em grandes bacias hidrográficas e avaliar as concentrações de nitrato nas águas superficiais e as contribuições provenientes da descarga das águas subterrâneas, em uma bacia hidrográfica de característica agrícola em área de recarga do Sistema Aquífero Guarani, bem como estimar os tempos médios de transito.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Alejandro Cogollo Aponte

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • física além do modelo padrão, raios cósmicos e detectores cherenkov
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Andrade Lemos

Engenharias

Engenharia Química
  • estudo e análise da produção de etanol de segunda geração (2g) por biomassa a partir da casca de arroz
  • Na busca por novas fontes de energia renovável, há um crescente interesse pelo etanol produzido por diferentes tipos de biomassa, sendo uma alternativa para diminuir os problemas ambientais e energéticos. Em paralelo, há também uma crescente demanda por alimentos e o fato do setor agrícola sempre estar em expansão, leva-nos à uma preocupação em relação aos resíduos agroindustriais. A produção de etanol de segunda geração (2G), já está presente nas usinas sucroalcooleiras, e é uma das alternativas sustentáveis mais utilizadas para a obtenção deste tipo de biocombustível. Porém outras culturas podem apresentar biomassa disponível para a sua produção, como por exemplo, a rizicultura por ser um setor muito importante para a economia agrícola e no cultivo de grãos. O resíduo gerado nessa cultura é a casca do arroz. Neste contexto, um dos grandes desafios da produção de etanol 2G está relacionado a fermentação das pentoses, devido, principalmente, a necessidade de se utilizar microrganismos específicos - geneticamente modificados ou selvagens – e a tolerância dos mesmos as substâncias presentes no hidrolisado hemicelulósico proveniente do pré-tratamento, sendo os inibidores mais comum o 5-hidroximetilfurfural (HMF), o furfural, o ácido acético e os compostos fenólicos oriundos da degradação parcial da lignina. Uma forma de diminuir o efeito da inibição e obter maior produtividade seria a remoção parcial destes inibidores, utilizando, para isso, solventes orgânicos biocompatíveis antes ou durante a etapa de fermentação. Estudos termodinâmicos experimentais, para seleção dos solventes extratantes dos inibidores, e consequentemente ensaios preliminares de extração líquido-líquido, seriam realizados a partir do licor de pré-tratamento da casca de arroz. Posteriormente, seriam realizadas fermentações em shaker e biorreator em escala de bancada, mostrando se seria possível melhorar a produtividade e o rendimentos em etanol utilizando alguns solventes como extratantes de inibidores fermentativos. Neste sentido, este projeto tem como objetivo caracterizar e estudar o processo de fermentação de hidrolisado hemicelulósico obtido a partir da casca do arroz utilizando o processo de fermentação extrativa para remoção de inibidores. Serão avaliados também o efeito de alguns solventes previamente selecionados quanto a eficiência de extração destes compostos, reciclabilidade de células, dentre outros que se mostrarem necessários para caracterização do processo.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Assis das Graças

Ciências Biológicas

Genética
  • genômica ambiental aplicada a biofilmes biocorrosivos da usina hidrelétrica de tucuruí
  • A importância das comunidades microbianas não pode ser subestimada. Os microrganismos sustentam os ciclos biogeoquímicos do solo, dos oceanos e da atmosfera da Terra e desempenham funções ecossistêmicas que afetam plantas, animais e seres humanos. A compreensão de comunidades microbianas é ponto chave para sua utilização em processos biotecnológicos de várias áreas, como industrial, farmacêutica, medicinal, agrária e outras (Widder et al., 2016). Comunidades microbianas podem formar biofilmes - organizações de células bacterianas e/ou arqueias aderidas a uma superfície e envoltas por uma matriz adesiva excretada pelas células. Os biofilmes constituem um enorme problema para a indústria, podendo ocasionar a degradação de equipamentos, sistemas de distribuição de água, e também em ambientes construídos de concreto (Li et al., 2017). Por muito tempo o processo de corrosão do concreto era considerado puramente químico, entretanto, posteriormente foi descoberto que o ácido sulfúrico (H2SO4) – principal causador da corrosão - era produzido principalmente por microrganismos quimiolitotróficos, oxidando o gás sulfídrico (H2S). A biocorrosão do concreto tem especial importância, pois é considerado um material bastante biorreceptivo ao ataque microbiológico, devido apresentar condições favoráveis à impregnação por microrganismos, como: rugosidade, porosidade, umidade e composição química (Silva and Pinheiro, 2006). Além disso, condições ambientais relacionadas à temperatura e luminosidade podem potencializar esta biodeterioração (Li et al., 2017). A biocorrosão do concreto provoca seu envelhecimento, comprometendo assim sua integridade e durabilidade. Esta biocorrosão do concreto pode ser manifestada pela presença de biofilmes, acidificação da estrutura e formação de cristais de sais, resultando assim num problema pra grandes construções como a de sistemas de esgotos e também de usinas hidrelétricas. Atualmente há um grande interesse na área de microbiologia de ambientes construídos, pois são planejados pelo homem para serem inóspitos a microrganismos, fazendo com que este novo ambiente da natureza se encaixe como um ambiente extremo a vida. Estas características fazem com que o ambiente construído exerça uma forte pressão seletiva nos ambientes, alterando a ecologia local, a forma de viver dos microrganismos e moldando a evolução destes indivíduos (Gilbert and Stephens, 2018). Pouquíssimas formas de controle ou eliminação de biofilmes existem, e um dos que tem dado melhor resposta é a utilização de furanonas, que agem prevenindo a formação de biofilmes, pois interferem na comunicação bactéria-bactéria (quorum sensing). Além disto, os biofilmes possuem muitas vezes comunidades microbianas complexas, com táxons ainda não cultivados e/ou conhecidos, dificultando seu estudo via técnicas de microbiologia clássica. Abordagens moleculares independentes de cultivo, como as ômicas – genômica, transcriptômica e metagenômica -, aliadas ao sequenciamento de alto rendimento, agora nos permitem catalogar a diversidade de comunidades microbianas a um nível de detalhe sem precedentes, bem como ter maior compreensão sobre a fisiologia e metabolismo dessas comunidades. Esses dados representam um retrato composicional relativamente imparcial das espécies, genes, metabólitos e atividades que estão presentes em uma comunidade (Widder et al., 2016). O uso de abordagens ômicas tem se mostrado muito úteis pra compreensão da estrutura e fisiologia dos biofilmes (Belstrøm et al., 2017; Cottier et al., 2018; Dahle et al., 2013; Nakamura et al., 2016). Metagenômica, genômica e metatranscriptômica nos ajudam a entender os biofilms em aspectos, como: (i) caracterizar a diversidade e a composição da comunidade, (ii) determinar a atividade microbiana (razão de DNA/RNA) de cada táxon, (iii) identificar genes microbianos diferencialmente expressos, (iv) montar genomas de táxons não cultivados, (v) determinar vias metabólicas presentes/ausentes e ativas/inativas, (vi) utilizar os dados para o desenvolvimento de uma série de ferramentas de bioinformática, entre outros. Este projeto tem como finalidade uma compreensão estrutural, genética e metabólica de biofilmes causadores de biocorrosão das galerias de concreto da usina hidrelétrica de Tucuruí, utilizando uma abordagem multi-ômica – genômica, metagenômica e transcriptômica - com sequenciamento de nova geração para obtenção de genomas dos táxons presentes, determinação das vias metabólicas biocorrosivas ativas e atividade microbiana. Para isto, amostras serão coletadas e analisadas nas plataformas de sequenciamento mais eficientes e com as ferramentas de bioinformática mais atuais.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Augusto Santos Silva

Ciências da Saúde

Educação Física
  • motiva-sus: estudo epidemiológico transversal sobre os determinantes motivacionais para a prática de atividade física em usuários do programa academia da saúde
  • A falta de motivação para a prática de atividades físicas pode ser amplamente explicada por duas ordens de fatores. Primeiro, as pessoas podem não estar suficientemente interessadas em praticar atividades físicas ou valorizar os próprios resultados o suficiente para torná-los uma prioridade na vida. O segundo fator é que algumas pessoas podem não se sentir suficientemente competentes em atividades físicas, sentindo-se ou não fisicamente aptas ou com habilidades suficientes para se exercitar, ou ainda as pessoas podem ter limitações de saúde que representam uma barreira à atividade física. A teoria da autodeterminação distingue entre tipos intrínsecos e extrínsecos de motivação que regulam o comportamento humano. Adicionalmente, a teoria da autodeterminação apresenta o conceito de necessidades psicológicas básicas como centrais para a compreensão das satisfações e dos apoios necessários para formas autônomas de motivação de alta qualidade. Nesse sentido, investigar os motivos de prática de atividade física a luz dessa teoria de comportamento pode ser útil ao Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro para aprimorar a aderência dos usuários do SUS a programas de atividade física, como o Programa Academia da Saúde. Dessa forma, o objetivo geral desse projeto é analisar os determinantes motivacionais para a prática de atividade física em usuários do Programa Academia da Saúde do Brasil. Os objetivos específicos são: a) desenvolver estudo epidemiológico nas cinco regiões geográficas brasileiras sobre os determinantes motivacionais para a prática de atividade física em usuários do Programa Academia da Saúde; b) descrever por meio da teoria da autodeterminação os fatores motivacionais para a prática de atividade física em usuários do Programa Academia da Saúde; c) verificar a associação entre os fatores motivacionais para a prática de atividade física e a aderência dos usuários ao Programa Academia da Saúde; d) predizer por meio de técnica de Machine Learning a aderência dos usuários do Programa Academia da Saúde à prática de atividade física; e) desenvolver um aplicativo eletrônico a partir do algoritmo de Machine Learning para ser disponibilizado para os profissionais da Atenção Primária à Saúde no Brasil que consiga predizer qual usuário do Programa Academia da Saúde está mais (ou menos) motivado para manter a aderência à prática de atividade física. Para atender a esses objetivos está sendo proposto fazer um levantamento epidemiológico de delineamento transversal nas cinco regiões geográficas do país em municípios que possuem pólos do Programa Academia da Saúde. A amostra estimada para essa pesquisa é de 3.000 usuários (sendo 600 usuários por região geográfica), de ambos os sexos, com idade de 18 anos ou mais. A pesquisa será desenvolvida por entrevista telefônica, de modo que a situação atual da pandemia de COVID-19 não atrapalhe a coleta de dados. Todas as variáveis da pesquisa serão colocadas no instrumento de medida de forma estruturada, com as opções de resposta para facilitar a entrevista. As variáveis que comporão o instrumento de medida são: aspectos sociodemográficos, utilização de serviços de saúde, utilização e percepção sobre o Programa Academia da Saúde, nível de atividade física, estágios de mudança de comportamento para atividade física, aspectos motivacionais para a prática de atividade física com base na teoria da autodeterminação, utilizando-se do questionário Behavioral Regulation in Exercise, versão 3, autorrelato de doenças crônicas, aspectos do estilo de vida. Dessa forma, esse projeto que terá como base a teoria da autodeterminação, tem como relevância científica contribuir para a literatura com um estudo de abrangência nacional a ser desenvolvido em usuários do SUS com diferentes características socioeconômicas e culturais. Essa informação ainda não foi levantada na literatura e, pode auxiliar a compreender os fatores motivacionais que fazem com que usuários do Programa Academia da Saúde permaneçam por mais tempo nas atividades, auxiliando a reformular as ações dos profissionais da Atenção Primária à Saúde no Brasil para o tema atividade física. Como relevância tecnológica/inovação, essa proposta propõe utilizar a técnica de Machine Learning para predizer a permanência dos usuários do Programa Academia da Saúde. Ou seja, a partir dos motivos levantados à luz da teoria da autodeterminação, será proposto um modelo preditivo de aderência ao Programa com base nos motivos para a prática. Isso é inovador porque a Ciência de dados está em uma evolução suficiente que permite aplicabilidade na área da saúde, o que pode reduzir custos do sistema de saúde no direcionamento de ações para a sociedade. A partir do momento que o profissional de saúde consegue ter uma ferramenta de trabalho que irá predizer se o usuário do Academia da Saúde terá mais (ou menos) aderência ao Programa, ações direcionadas de mudança de comportamento podem ser aplicadas. Para tal, essa proposta resultará em um aplicativo eletrônico que será chamado MOTIVA-SUS a ser usado pelos profissionais da Atenção Primária à Saúde que informará o grau de aderência daquele usuário ao Programa.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 02/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Diego Augusto Santos Silva

Ciências da Saúde

Educação Física
  • guia de avaliação da aptidão física relacionada à saúde de crianças e adolescentes que vivem com o hiv: estudo saúde posithiva etapa ii
  • Com a introdução da terapia antirretroviral combinada (TARV), na década de noventa, modificou-se a caracterização de fatalidade do HIV/AIDS para de doença crônica controlável, aumentando substancialmente a expectativa e qualidade de vida de crianças e adolescentes infectados pelo HIV. Apesar de ser a principal ferramenta no tratamento do HIV/AIDS, e assim, prolongamento e melhora da condição de vida de crianças e adolescentes que vivem com o HIV, o uso contínuo de TARV pode conduzir à efeitos adversos como complicações dos sistemas cardiovascular e nervoso, dislipidemia, resistência à insulina e alterações na composição corporal (distribuição anormal da gordura corporal e redução do componente mineral ósseo), além da toxicidade mitocondrial e renal. A prática de atividade física é recomendada pelo Ministério da Saúde como terapia auxiliar ao tratamento medicamentoso no contexto do HIV/AIDS, por ter se demonstrado como ferramenta de proteção à saúde de crianças e adolescentes que vivem com o HIV, gerando benefícios no estado clínico geral, na aptidão física relacionada à saúde e aspectos psicológicos, com baixo custo de investimentos e fácil acesso. Os componentes da aptidão física relacionada à saúde incluem a aptidão cardiorrespiratória, composição corporal, flexibilidade, força e resistência muscular. Níveis adequados dos componentes da aptidão física relacionada à saúde estão associados à fatores de proteção de doenças crônicas não transmissíveis, bem como doenças cardiometabólicas, como a redução da gordura corporal, menor incidência de dislipidemia e mediadores de inflamação (proteína C reativa [PCR], isoleucina [IL] -6, fator de necrose tumoral [TNF-alfa]). Embora existam recomendações que norteiem os tipos e níveis de atividades à serem realizadas por crianças e adolescentes com diagnóstico de HIV, e existam ferramentas de avaliação da aptidão física de crianças e adolescentes não diagnosticadas com o HIV estabelecidas na literatura, não se conhece ainda as melhores formas de se avaliar os níveis de aptidão física em crianças e adolescentes que vivem com o HIV. Face ao exposto, propõem-se o presente estudo com o objetivo de desenvolver protocolo de avaliação da aptidão física relacionada à saúde em crianças e adolescentes que vivem com o HIV, a ser utilizado por meio de ferramenta tecnológica de baixo custo e fácil acesso para uso nos serviços de saúde.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2020-31/05/2023
Foto de perfil

Diego Augusto Santos Silva

Ciências da Saúde

Educação Física
  • integridade celular em atletas universitários: associação com massa corporal magra e massa de gordura
  • A bioimpedância elétrica (BIA) vem sendo utilizada para avaliar a saúde e integridade celular, por meio de indicadores bioelétricos, como a água corporal total (ACT), a água intracelular (AIC) e extracelular (AEC), valores brutos de impedância (Z), reatância (Xc) e resistência (R), derivados da relação Xc/R, como o ângulo de fase (AF) e análise de vetor da BIA (BIVA). Além disso, fornece estimativas de massa celular corporal (MCC) e a proporção de AEC/MCC. No contexto esportivo, o monitoramento desses indicadores pode ser útil para avaliar a qualidade e vitalidade das células e dos tecidos corporais. Os atletas, devido à alta carga de treinamento e o número elevado de competições esportivas podem apresentar mudanças nos indicadores de saúde e integridade celular. Entretanto, essas mudanças são influenciadas pela quantidade de massa corporal magra e pela massa de gordura. Portanto, o objetivo geral deste estudo será investigar os indicadores de saúde e integridade celular avaliados pela BIA (ACT, AIC, AEC, Z, Xc, R, AF, BIVA, MCC, AEC/MCC) em atletas universitários (ambos os sexos), de diferentes modalidades. Os objetivos específicos serão: 1) comparar os indicadores de saúde e integridade celular em atletas universitários de diferentes modalidades e; 2) verificar a associação dos indicadores de saúde e integridade celular com a massa corporal magra e a massa de gordura corporal em atletas universitários. Para tanto será desenvolvido trabalho de campo em que serão avaliados, aproximadamente, 160 atletas universitários, na faixa etária de 18 a 35 anos de idade (ambos os sexos), praticantes de diferentes modalidades esportivas (atletismo, badminton, basquetebol, flag football, futebol de campo, futsal, handebol, hóquei de grama, judô, natação, skate, tênis de mesa, e voleibol) que competem regionalmente ou nacionalmente como atletas universitários da Universidade Federal de Santa Catarina. Será empregada a BIA espectroscópica, multifrequencial para mensurar os indicadores bioelétricos (ACT, AIC, AEC, Z, Xc, R, AF, BIVA, MCC, AEC/MCC). Para mensurar as variáveis massa corporal magra e massa de gordura corporal será utilizado o ultrassom portátil. As variáveis de treinamento e competição serão obtidas por meio de anamnese. A regressão linear simples e múltipla serão empregadas como análises estatísticas inferenciais. Todos os testes estatísticos serão analisados com nível de significância de 5%. Para todas as análises será utilizado o software STATA®, versão 15.0. A realização desta pesquisa poderá contribuir para o campo da Educação Física e para o profissional da área, que poderá monitorar a saúde e integridade celular dos atletas, por meio dos indicadores bioelétricos que são mensuradas de forma simples e rápida pela BIA.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Bitencourt de David

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • uso do nirs fecal na estimativa da qualidade da pastagem natural ingerida por bovinos.
  • A dificuldade de qualquer modelo nutricional aplicado no manejo de pastagens e na formulação de suplementos alimentares para animais em pastejo reside no desconhecimento da qualidade da dieta e do seu consumo. Essa situação favorece a busca ou o desenvolvimento de métodos capazes de estimar tais parâmetros. A utilização da técnica de indicadores fecais tem mostrado ser capaz de preencher essa lacuna, como bem demonstram alguns estudos já feitos para estimar a qualidade da dieta e consumo alimentar (Rosa et al., 2016; Azevedo et al., 2015; Kozlosky et al., 2014; David et al., 2013), embora requeira que se determine a composição química das fezes e posteriormente o desenvolvimento de uma regressão para a estimativa. Justamente a obtenção da composição química via metodologia tradicional têm se tornado um gargalo na utilização mais ampla da técnica devido a problemas como elevado custo, geração de resíduos que agridem a natureza e demasiado tempo para a obtenção de seus resultados. Problemas que inviabilizam a sua utilização numa ferramenta nutricional para o produtor rural. A espectroscopia na região do infravermelho próximo (NIR) é uma técnica rápida (menos de um minuto) e precisa, com mínimo ou sem nenhum preparo de amostra, não destrutiva, ambientalmente correta (não usa reagentes e não gera resíduo), capaz de fornecer informações para a análise de substâncias orgânicas em minutos. Este método apresenta grande aplicação na indústria de alimentos e na agricultura, desde a década de 60 até os dias atuais, e tem se prestado a medir muitos atributos da dieta de ruminantes em pastejo (Dixon e Coates, 2009). A aplicação NIRS está baseada num modelo de calibração, o qual é construído através da relação entre o espectro de absorção e o fator de interesse. O processo de encontrar a melhor técnica quimiométrica para interpretar o espectro e melhorar a capacidade preditiva do modelo para futuras amostras é chamado de calibração. Assim, o modelo de calibração requer medidas do espectro de amostras de uma população que inclua toda a variação que será encontrada na predição futura. Nos produtos agrícolas, essa variação deve vir das diferenças nas concentrações dos componentes, variedades, locais, anos e outras perturbações externas. A variação de fontes, mais do que o fator de interesse, atrapalha no processo de calibração e reduz a acurácia da predição. Logo, o objetivo de otimizar uma calibração é eliminar ou diminuir esses efeitos ao máximo. Assim, as ações mais importantes na escolha das amostras são: 1) identificar as causas de variação que afetam o espectro, e 2) reunir amostras que representem a maior parte dessa variação. O que se busca agora é construir uma ferramenta para prestação de serviço capaz de ser ainda mais precisa e mais ágil, com redução dos custos de análise e menor impacto ambiental pelo não uso de reagentes químicos. Essas vantagens são premissas básicas para que esse serviço tenha sucesso. Além disso, o uso do NIRS fecal para tal propósito já é uma realidade conforme evidenciado através de modelo aplicado nos EUA (NUTBAL, http://cnrit.tamu.edu/ganlab), na Austrália (Symbio, https://www.symbiolabs.com.au/agriculture-testing/faecal-nir-for-cattle/) e em diversas pesquisas que demonstram o potencial dessa ferramenta (Bonfim, 2013). Logo, o que se propõe aqui, e pode ser verificado pela sequência de estudos desenvolvidos pelo nosso grupo de pesquisa (ensaios de digestibilidade e desenvolvimento de equações para predizer consumo e digestibilidade usando indicador fecal), é parametrizar o uso do NIRS fecal para as condições alimentares do Brasil visando, ao final, seu uso numa ferramenta nutricional.
  • Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação/RS - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Bonaldo Coelho

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • risco e negócios internacionais: a percepção de risco e as decisões de expansão das multinacionais brasileiras
  • Os estudos sobre negócios internacionais têm revelado esforços de pesquisa para investigar como as empresas conformam as suas estratégias de internacionalização e operacionalizam a sua atuação em mercados estrangeiros. Nesse contexto, embora já seja constatada a proeminência de abordagens que problematizam a tomada de decisão das empresas multinacionais quanto ao modo de operação escolhido para as suas atividades no exterior, ainda são incipientes as reflexões sobre o tipo de função organizacional a ser implementada e o papel da percepção de risco dos países-alvo nesse processo. Este projeto tem como objetivo principal analisar as possíveis relações existentes entre a percepção de risco do país de destino e a decisão do modo de expansão das multinacionais brasileiras no exterior. Como objetivos específicos, buscar-se-ão: i) identificar se existe relação entre o risco geopolítico de um país e a sua percepção pelo tomador da decisão da expansão internacional de empresas multinacionais brasileiras; ii) identificar os modos de operação (própria e/ ou contratada) e as funções organizacionais (comercial / produção / P&D etc.) adotados para as subsidiárias de empresas multinacionais brasileiras no exterior; e iii) identificar se a percepção de risco geopolítico se associa a determinados modos de operação e funções organizacionais das subsidiárias. Para consecução dos objetivos propostos, adotar-se-á uma abordagem quantitativa para os procedimentos metodológicos, que será realizada por meio da coleta de dados secundários, com vistas a construir indicador de risco geopolítico de países para negócios internacionais, e primários, prospectados por meio de survey a ser aplicado a tomadores de decisão de multinacionais brasileiras. A construção dos instrumentos de pesquisa será fundamentada em referencial teórico de abordagem multidimensional do comportamento estratégico da internacionalização, que, arraigado por uma perspectiva comportamental, considera as características dos tomadores de decisão e o risco percebido como determinantes da escolha de operações internacionais. As análises dos dados ocorrerão por meio de Análise Multivariada. Pretende-se, com isso, que a pesquisa auxilie tanto na identificação de que o risco percebido está associado a fatores sistêmicos do país de destino, quanto na sua possível associação com as escolhas que as matrizes de multinacionais brasileiras fazem para os seus modos de operação e tipos de função de suas subsidiárias no exterior.
  • Escola Superior de Propaganda e Marketing - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Carvalho Viana

Outra

Divulgação Científica
  • a transversalidade da tríplice hélice (indústria, universidade e governo) no design thinking
  • ARegião Tocantina aponta como uma das mais promissoras do Estado do Maranhão. Sua vocação para o agronegócio já está consolidada. E nas últimas décadas a Região aponta para ser um grande centro de Educação. A Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL) recentemente tem se esforçando para difundir Ciência nas diferenças áreas. Nesse contexto a realização da SNCT com apoio do CNPq poderá viabilizar uma proposta lúdica de transversalidade de difusão e população da Ciência nos municípios de Imperatriz e Açailândia assim como os demais. Diante das diferenças sociais e regionais a realização de um evento como esse corrobora o compromisso do CNPq eUEMASUL em proporcionar um diálogo com diferentes públicos e locais extra muros. As duas maiores cidades do sudoeste do Maranhão terão o enorme prazer em serem sedes desse belo evento.
  • Universidade Estadual da Região Tocantina do MA - MA - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Diego da Silva Alves

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese de novos benzo-2,1,3-tiadiazóis e benzo-2,1,3-selenadiazóis funcionalizados
  • A importância dos compostos heterocíclicos é incontestável, particularmente no que se refere ao fato de inúmeros usos como medicamentos. Muitos destes compostos heterocíclicos são fármacos mundialmente consumidos que apresentam atividades farmacológicas diversificadas, bem como são utilizados como materiais luminescentes. A cada dia, frente à importância da área de síntese de compostos heterocíclicos, um grande número de metodologias sintéticas vem sendo desenvolvido, e a preparação de novos compostos tem sido objeto de estudo de vários grupos de pesquisa ao redor do mundo. Desta maneira, destaca-se a classe dos benzocalcogenodiazóis, os quais possuem em sua estrutura orgânica, além de dois átomos de nitrogênio, um átomo de calcogênio. Estes núcleos e seus derivados, possuem uma série de características favoráveis à luminescência. Uma importante aplicação dos benzocalcogenodiazóis, é a sua utilização na fabricação de OLEDs e também, recentemente vem sendo aplicados com sucesso na marcação seletiva de organelas celulares. Neste sentido, compostos orgânicos contendo grupamentos com calcogênios, destacando-se enxofre, selênio e telúrio, têm atraído atenção considerável em síntese orgânica devido a sua utilidade em um extraordinário número de reações, por apresentarem atividades biológicas, e por possuírem propriedades fluorescentes. Em vista da importância que a área de síntese de heterociclos, mais precisamente os benzocalcogenodiazóis, ocupa atualmente no cenário mundial e da lacuna ainda existente no que diz respeito a determinadas funcionalizações na estrutura de benzo-2,1,3-tiadiazóis e benzo-2,1,3-selenadiazóis, este projeto visa desenvolver metodologias para a preparação de uma variedade de benzotiadiazóis e benzosselenadiazóis contendo diferentes grupamentos de enxofre, selênio e telúrio, através de diferentes reações orgânicas, tais como acoplamento cruzado catalisadas por sais de paládio e prata, cicloadições 1,3-dipolar, ciclizações eletrofílicas, entre outras. Pretende-se a utilização dos compostos obtidos em ensaios biológicos e na área de novos materiais com aplicação dos mesmos como marcadores seletivos de organelas celulares.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego de Quadros Melo

Outra

Ciências Ambientais
  • avaliação da contaminação por hpas e agrotóxicos em sedimentos do submédio são francisco: estudo da adsorção em microplásticos sob condições ambientais
  • Nos últimos anos, vem crescendo a preocupação com a poluição ambiental por microplásticos e seu potencial para concentrar e transportar contaminantes orgânicos em ambientes aquáticos. O acúmulo de substâncias químicas orgânicos por microplásticos pode vir a afetar a distribuição e a biodisponibilidade dessas substancias. Nesse trabalho os HPAs e Agrotóxicos, substâncias muito encontradas em ambientes aquáticos serão submetidos ao processo de adsorção utilizando como adsorventes quatro microplásticos: Polietileno, polipropileno, poliestireno e Policloreto de polivinila. O processo será investigado por meio de análises comparativas de diferentes modelos cinéticos bem como isotermas de adsorção. Os materiais antes do processo de adsorção serão envelhecidos através da exposição à radiação UV. Após esse processo será feita a caracterização por microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia no Infravermelho bem como área superficial por adsorção de nitrogênio.
  • Instituto Federal do Sertão Pernambucano - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diêgo dos Santos Ferreira

Ciências da Saúde

Farmácia
  • avaliação do efeito hepatoprotetor de ácido ursolico livre ou encapsulados em lipossomas em um modelo murino de esteato-hepatite não-alcoólica
  • Fibrose é caracterizada por acumulação excessiva de matriz extracelular em um processo de cicatrização tecidual. Dentre os órgãos afetados, destaca-se o fígado. O principal causador de fibrose hepática atualmente é a dieta rica em gordura e açúcar, que pode levar ao acúmulo de lípides no fígado, denominado esteatose, em uma condição chamada de doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA). Essa condição atinge cerca de 25% da população mundial e pode ser revertida por mudanças de hábitos de vida, dieta e terapia medicamentosa. Em até 20% dos casos, pode evoluir para esteato-hepatite não alcoólica (EHNA), que é caracterizada também pela presença de infiltrado inflamatório e deposição de matriz extracelular. A EHNA se inicia quando as lesões teciduais levam à necrose ou apoptose dos hepatócitos com liberação citocinas (TNF-α, IL-4, TGF-β). Tais citoninas recrutam e ativam macrófagos para o espaço de Disse. Os macrófagos ativados promovem a fagocitose das células mortas, com consequente liberação de citocinas que levarão a um aumento da ativação e recrutamento de macrófagos e trasndiferenciação de células de Ito em miofibroblastos. Os miofibroblastos, que são considerados as células efetoras do processo fibrótico, produzem matriz extracelular. Não existem, atualmente, tratamentos curativos para EHNA em fases avançadas. Vitamina E, uma substância antioxidante, e pioglitazona, um agonista do receptor ativado pelo proliferador do peroxisoma (PPAR) têm sido utilizados, de forma controversa, para retardar a progressão. Outras classes como anti-hiperglicêmicos, agonistas de receptor de peptídeo semelhante ao glucagon 1, antioxidantes, estatinas e ativadores do receptor farnesóide X têm sido testadas. Atualmente, atenção tem sido voltada para o potencial uso de ácido ursólico (AU), devido aos seus efeitos antioxidante e anti-fibrótico. O mecanismo de ação do AU na EHNA é apenas parcialmente determinado. A nível dos hepatócitos e macrófagos, sabe-se que o AU interfere no mecanismo de redução do stress oxidativo dependente do fator relacionado ao fator nuclear eritróide 2 (Nrf2). Acredita-se que o AU seja capaz de interagir com o sítio de ligação de Nrf2 no Keap-1, impedindo a interação Keap-1:Nrf2, que leva à liberação intracitoplasmática do Nrf2, com consequente migração para o núcleo e promoção da tradução de enzimas antioxidantes. Nas células de Ito, o AU é capaz de inibir tanto o receptor para TGF-β quanto a enzima NADPH oxidase. O receptor de TGF-β leva à ativação das células de Ito por dois mecanismos distintos: (1) por ação direta, através da via dependente de Smad e, (2) por ação indireta, através da ativação de NADPH oxidase na superfície de células de Ito, que leva à produção de espécies reativas de oxigênio. Em estudos realizados em modelo animal de DHGNA, induzida por dieta hipercalórica, foi observado um aumento na expressão de mRNA e do receptor ativado pelo proliferador do peroxissomo (PPAR), um marcador da inativação de células de Ito, associado a melhora de índices relacionados à resistência à insulina, inflamação e stress oxidativo. Yu e colaboradores demonstraram redução da ativação de células de Ito induzida por TGF-β após tratamento com AU. Outros estudos têm demonstrado o efeito ubíquo do ácido ursólico em diversos receptores e proteínas relacionadas ao processo fibrótico. Apesar do grande potencial do AU, a sua baixa solubilidade dificulta a absorção por via oral, assim como impede o uso por via endovenosa. Nesse sentido, a encapsulação desse composto em lipossomas, para garantir a solubilização em meio aquoso, assim como garantir o acúmulo seletivo no fígado, pode levar a um melhora da eficácia terapêutica. Lipossomas são partículas nanoestruturadas compostas por bicamadas lipídicas esfericas que se organizam espontaneamente em contato com uma fase aquosa. Estas bicamadas circundam uma cavidade aquosa interna e se encontram suspensas coloidalmente em um meio aquoso externo. Podem carrear tanto fármacos hidrofílicos, no interior aquoso, quanto lipofílicos e anfifílicos, ao longo da membrana lipídica. Geralmente são formados por fosfolípides e esteróides, como o colesterol e seus derivados e podem ter sua superfície modificada por associação com ligantes capazes de interagir com moléculas superexpressas nos órgãos ou tecidos de interesse, garantindo o direcionamento ativo. Um receptor superexpresso na superfície de hepatócitos é o receptor de asialoglicoproteína, que é capaz de reconhecer e promover a internalização de glicoproteínas senescentes após a perda dos grupos sialo terminais e exposição dos açúcares. Estudos in vitro demonstram maior afinidade pela galactose. O uso de lipossomas recobertos por galactose associada a um lípide constitutivo, como o colesterol, se torna uma estratégia interessante. Para o direcionamento para células de Ito é sabido que tais células são o reservatório natural de retinol. O retinol, ao atingir a corrente sanguínea, interage com a proteína de ligação ao retinol (PLR), sendo então capaz de se difundir, pela membrana das células de Ito, onde se acumula. Por se tratar de uma molécula lipofílica, a simples incubação de lipossomas pré-formados é utilizada como estratégia para recobrimento da superfície lipossomal com retinol. Os macrófagos superexpressam receptores de manose, também conhecidos como CD206, que são receptores endocíticos de lectinas altamente eficientes. Portanto, o recobrimento de lipossomas com manose ligada a componentes constitutivos, como o colesterol, pode levar ao acumulo seletivo em macrófagos. Diante do exposto, propõe-se, em uma primeira etapa, a avaliação da atividade in vitro do AU como hepatoprotetor. Em uma segunda etapa, propõe-se o desenvolvimento de uma formulação lipossomal capaz de garantir a entrega seletiva dessas substâncias no fígado e a avaliação da eficácia do direcionamento ativo para células hepáticas, como hepatócitos, macrófagos e células de Ito em modelo muri
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Freitas Rodrigues

Ciências Humanas

Ciência Política
  • análise da implementação de políticas públicas para prevenção de arboviroses em cidades brasileiras
  • Uma questão empírica orientou essa proposta de investigação: dada a recorrente emergência em saúde pública no Brasil envolvendo os casos de dengue, chikungunya e zika vírus nos últimos anos, como se deram as respostas institucionais a esse problema de saúde ambiental? Duas hipóteses complementares norteiam a pesquisa: (H-1) a implementação de políticas para prevenção e combate às arboviroses é prejudicada pelo caráter reativo e sazonal de medidas coordenadas entre as instituições responsáveis pelo controle e monitoramento de ações públicas, especialmente a Sala Nacional de Coordenação e Controle, as Salas Estaduais de Coordenação e Controle e as Salas Municipais de Coordenação e Controle, responsáveis pela Política Nacional de Combate à Dengue, a Chikungunya e à febre Zika e (H-2) devido ao desenho institucional das SECC e SMCC há incentivo à paralisia decisória no processo de tomada de decisão. Para testar as hipóteses foram selecionadas as SECC de Goiás, Pará e Pernambuco e as SMCC das cidades de Recife, Goiânia e Belém por conta dos critérios: 1) cidades com recorrentes epidemias de arboviroses e (2) cidades indicadas em situação recorrente de alerta de infestação do vetor. Buscaremos mapear, quantificar e comparar a distribuição espacial e as incidências de casos de arboviroses notificados a partir de 2015 nas cidades e após este mapeamento, analisar as respostas institucionais dos atores envolvidos com a análise da implementação de políticas de prevenção e combate às arboviroses e os resultados na redução ou não dos casos notificados de arboviroses. O objetivo da pesquisa é analisar a cooperação vertical e horizontal envolvendo a SNCC, as SECC de PE, GO e PA e as SMCC na implementação de políticas de prevenção e combate às arboviroses e os resultados dessas políticas na redução ou estabilidade de casos notificados de arboviroses nas cidades de Belém, Goiânia e Recife. Para essa pesquisa, adotou-se como estratégica metodológica a pesquisa comparativa de campo sequencial com coleta de dados dos casos notificados de dengue, chikungunya e zika vírus, análise dos boletins epidemiológicos mensais ao longo de 2015, 2016, 2017 e 2018 com o objetivo de observar o avanço ou a redução dos casos notificados em conformidade às campanhas de prevenção, análise de relatórios das SECC e SMCC com a finalidade de avaliar as estratégias institucionais de combate e controle adotadas para redução dos casos de arboviroses e a aplicação de questionário com 25 questões fechadas com a finalidade de analisar a percepção dos policy makers sobre os incentivos e restrições institucionais à implementação do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes e à Microcefalia (PNEM). De forma complementar, para as entrevistas, serão solicitadas as experiências de “gestão compartilhada da implementação da política nacional de combate à dengue, Chikungunya e Zika vírus” com a finalidade de identificar para os policy makers resultados positivos ou de paralisia decisória envolvendo as SNCC, SECC e SMCC. Como variável dependente adotou-se o indicador “resultados do combate e controle das arboviroses” e como variável independente o indicador “procedimentos adotados pelos policy makers”.
  • Instituto de Tecnologia e Pesquisa - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Giulliano Destro Christofaro

Ciências da Saúde

Educação Física
  • prática de atividade física prévia (realizada na infância e adolescência) e a relação com diferentes intensidades de atividade física, comportamento sedentário e parâmetros de saúde na vida adulta
  • Vide projeto anexoIntrodução: A prática de atividade física por meio dos esportes tem sido considerada de fundamental importância para a saúde de diferentes populações, inclusive populações pediátricas. Entretanto não está claro na literatura se a prática de atividade física prévia (na infância e adolescência) por meio de esportes pode estar relacionada a maior intensidade de atividade física, melhores parâmetros de pressão arterial, diabetes, colesterol e triglicérides, além de menor comportamento sedentário na vida adulta. Objetivos: Analisar se a prática de atividade física prévia é associada a maior intensidade de prática de atividade física na vida adulta. Métodos: Serão avaliados um mínimo de 201 adultos residentes na cidade de Santo Anastácio-SP situado na região oeste do Estado de São Paulo. Os participantes do presente estudo serão selecionados de forma randômica por meio de processo de aleatorização da amostra a partir dos setores censitários. A prática de atividade física prévia realizada por meio de esportes na infância e adolescência será avaliado por meio de questionário. As diferentes intensidades de prática de atividade física na vida adulta será avaliada de modo direto por meio de acelerômetro e os diferentes domínios de atividade física (trabalho, lazer e atividades ocupacionais) será avaliado por meio de questionário, assim como as morbidades auto-referidas (diabetes, colesterol e triglicérides). A pressão arterial será aferida por um aparelho oscilométrico de medida de pressão arterial. O peso dos participantes será verificado por meio de uma balança digital, a estatura por um estadiômetro portátil. A associação entre a prática de atividade física prévia (infância e adolescência) e as diferentes intensidades de prática de atividade física medida de forma direta por meio do acelerômetro, bem como a prática de atividade física em diferentes domínios (total e em seus diferentes domínios), comportamento sedentário, hipertensão arterial e morbidades autoreferidas (triglicérides elevado, colesterol alto e diabetes) será analisada pelo teste do Qui-quadrado. A magnitude dessas associações será analisada por meio da Regressão Logística Binária ajustada por idade, condição socioeconômica, adiposidade corporal e a prática atual de atividade física. A significância estatística será de 5% e o intervalo de confiança de 95%.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Ismael Rocha

Ciências Biológicas

Botânica
  • identificação de fatores moduladores de respostas morfogenéticas divergentes na embriogênese somática em passiflora edulis sims. e p. cincinnata mast.
  • A embriogênese somática é a mais forte expressão do conceito de totipotência celular, que traduz a capacidade de uma única célula de dividir e produzir uma planta completa, quando submetida a condições adequadas. Assim, a embriogênese somática tornou-se uma relevante ferramenta biotecnológica, contribuindo para a melhor compreensão de mecanismos envolvidos na reprogramação celular, bem como na produção em massa e na engenharia genética de espécies vegetais com elevado valor agregado no mercado. No gênero Passiflora, grupo de lianas de reconhecido valor econômico, a embriogênese somática tem sido induzida, principalmente, a partir de embriões zigóticos. Para P. cincinnata, espécie silvestre de crescimento vigoroso, um protocolo reprodutível de embriogênese somática foi estabelecido e apresentou elevada taxa de formação de embriões somáticos, o que tornou essa espécie um modelo do gênero para estudos morfogenéticos in vitro. A partir desse protocolo, sistemas de embriogênese somática foram estabelecidos para diversas outras espécies de Passiflora. No entanto, para P. edulis, principal espécie comercial do gênero, os sistemas de regeneração estabelecidos apresentaram baixa produção e maturação de embriões somáticos. A presente proposta tem como objetivo caracterizar, de maneira comparativa, os aspectos morfo-fisiológicos, bioquímicos e moleculares durante o processo de embriogênese somática de P. cincinnata e P. edulis, a fim de identificar possíveis fatores responsáveis pelas respostas morfogenéticas divergentes observadas entres essas espécies. Nesse sentido, pretende-se: a) caracterizar as alterações morfo-fisiológicas dos explantes zigóticos durante a indução da embriogênese somática; b) caracterizar os perfis bioquímico, metabólico e hormonal dos explantes durante o processo embriogênico; c) analisar o padrão e o nível de expressão gênica dos genes candidatos por PCR em tempo real durante o desenvolvimento dos embriões somáticos. Os conhecimentos gerados a partir dessa proposta de pesquisa contribuirão para o entendimento eventos regulatórios que ocorrem durante o desenvolvimento embriogênico de Passiflora spp. além de auxiliar na otimização dos sistemas de regeneração de P. edulis a fim de obter protocolos eficientes reprodutíveis a serem usados nos programas biotecnológicos de maracujazeiros.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Jacinto Fiorotto

Engenharias

Engenharia de Produção
  • diferentes fontes de flexibilidade aplicadas ao problema de dimensionamento de lotes
  • O problema de dimensionamento de lotes consiste em determinar a quantidade de produtos a serem produzidos em cada período ao longo de um horizonte de tempo finito, de modo a atender certa demanda e otimizar uma função objetivo, como por exemplo, minimizar custos. Com a evolução natural do processo de decisões industriais devido, entre outros fatores, à maior competitividade imposta pelo mercado globalizado atual, diversas estratégias têm sido utilizadas para melhorar as decisões tomadas, tornando-as mais complexas. Entre essas estratégias, recentemente têm surgido pesquisas que consideram que alguns dados, embora sejam determinísticos, tenham uma determinada flexibilidade, tornando o problema mais parecido com que o ocorre na prática. Este projeto se alinha a esta tendência de evolução do processo de decisão. Apesar da evidente relevância, existem poucos trabalhos que fazem um estudo detalhado sobre a adição de flexibilidade em problemas de dimensionamento de lotes. Observa-se que na literatura de cadeia de suprimentos, por exemplo, tem-se mostrado que a adição de flexibilidade no processo produtivo pode proporcionar bons resultados. Neste projeto de pesquisa pretende-se ajudar a preencher esta lacuna da literatura de dimensionamento de lotes, com o estudo de flexibilidade advindas de diferentes fontes. A primeira fonte de flexibilidade é relativa à flexibilidade de máquinas. No problema padrão de dimensionamento de lotes em máquinas paralelas, cada item pode ser produzido em qualquer uma das máquinas. Neste caso têm-se a flexibilidade total de máquinas. No entanto, na prática, pode ser muito caro instalar máquinas que têm flexibilidade total, especialmente se os produtos são muito diferentes. Portanto, pode ser interessante apenas implementar uma quantidade limitada de flexibilidade (cada uma das máquinas podem produzir apenas alguns tipos de itens). A segunda fonte de flexibilidade proposta é à flexibilidade da lista de materiais. Neste contexto, considera-se um problema de dimensionamento de lotes com produto final que pode ser produzido através da mistura de diferentes ingredientes. A lista de materiais indica quais os ingredientes são utilizados e em quais proporções. Em alguns processos produtivos há uma certa flexibilidade no que diz respeito à proporção imposta para cada um dos ingredientes, podendo variar entre um nível máximo e mínimo, o que proporciona uma flexibilidade no processo de planejamento da produção. Por fim, têm-se ainda a flexibilidade na preparação de máquinas. Considera-se uma extensão do problema padrão em que qualquer período do horizonte de planejamento começa com a preparação para a produção do primeiro item a ser produzido no período. Em várias aplicações práticas, é possível começar um período com produção (preparação carryover) ou terminar a preparação de máquina iniciada no período anterior (preparação crossover). Isso proporciona mais flexibilidade no planejamento e aumenta a possibilidade de encontrar mais soluções factíveis e melhores em comparação com a suposição padrão.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Diego Lomonaco Vasconcelos de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento tecnológico de polímeros de alta performance a partir de resíduos agro-industriais
  • Atualmente, com a busca crescente por fontes renováveis de matérias primas para a indústria química há o aumento da necessidade do reaproveitamento de subprodutos agroindustriais. Nesse contexto, a agroindústria brasileira surge como uma fonte inesgotável destas matérias primas, com atuação direta dentro dos conceitos da química verde. No Nordeste, o agronegócio do caju é um dos mais pronunciados, contudo, as empresas voltam-se apenas à exportação das amêndoas da castanha de caju. No processo industrial de obtenção das amêndoas é gerado como subproduto o Liquido da Casca da Castanha de Caju (LCC), que possui baixo valor de mercado e com produção anual de 45 mil toneladas somente no Brasil. O constituinte majoritário do LCC, o cardanol, possui estrutura com diversos sítios reativos e demonstra potencial como material de partida na síntese de moléculas com aplicações tecnológicas. Além do LCC, a lignina, obtida como subproduto da indústria da celulose, também representa uma fonte renovável de fenóis. Dentre estes, destacam-se a vanilina, o guaiacol e o catecol, que apresentam-se como alternativas a compostos de origem petroquímica para a produção de materiais de alta performance. Aqui, será apresentado o desenvolvimento de polímeros e compósitos da classe das polibenzoxazinas, a partir do cardanol, vanilina, guaiacol e catecol. Polibenzoxazinas são uma nova classe de resinas fenólicas, capazes de superar os polímeros convencionais. Seus elevados desempenhos, em especial sob altas temperaturas, tornam-nas excelentes opções para aplicações aeroespaciais e automotiva. Como a síntese de seus monômeros, as benzoxazinas, é realizada através da reação entre fenóis, aminas e formaldeído, permitindo ampla flexibilidade de modificações, sua estrutura pode ser adequada ao tipo de aplicação desejada. Essa proposta de objetiva o desenvolvimento tecnológico de polibenzoxazinas a partir do LCC, da lignina, e seus constituintes, como também a avaliação do processo de polimerização e das propriedades estruturais dos materiais obtidos.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022