Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Patricio Rodrigo Montecinos Munoz

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • investigação experimental de agregados fractais silico-orgánicos: discernimentos sobre a preservação de moléculas orgânicas e microfósseis em cherts marinhos antigos
  • Muito do que sabemos sobre a evolução da vida na Terra vem da análise de chert e porcelanitas portadoras de moléculas orgânicas (MOs) e microfósseis bem preservados. Essa preservação teve escassa explicação experimental. Em 2016, Aellon et al. (doi 10.1016/j.chemgeo.2016.05.034 0009-2541) sugerem que a fossilização, conduzida pela conversão de sílica amorfa em quartzo, poderia preservar microfósseis e MOs em escala de tempo geológico. Nessa conversão, os agregados de SiO2-MOs sofrem uma redução da permeabilidade impedindo a mobilidade das MOs. Mas, a literatura vigente não explica como a micro-estructuração dos polimorfos de SiO2 e a porosidade podem controlar essa preservação. Na abordagem desse assunto, temos caracterizado chert e porcelanitas cretáceas marinhas usando: (U)SAXS, WAXS, Raman, GC-MS, MALDI-TOF, XRD, TGA e SEM-EDS. Experimentos na USP e no sincrotron Advanced Photon Source (EUA) provaram inicialmente que as amostras estão conformadas por aglomerados de quartzo-MOs que sustentam uma porosidade de geometria fractal de volume. Tal organização persistiu desde o cretáceo protegendo as MOs. Assim, nossa proposta consiste na questão do rol da microestrutura da sílica na persistência dessa preservação em cherts de idade mais antiga que cretáceo. Sob essas rochas propomos aplicar a mesma abordagem analítica. Esperamos aplicar Raman-AFM-TERS para sondar a distribuição espacial das MOs em nanoescala nesses cherts. E, prevemos experimentos (U)SAXS e WAXS, na fase liquida, para investigar a estrutura de compósitos de sílica-MOs formados via co-precipitação e adsorção, atentando induzir condições P-T diagenéticas. Nossa proposta pode significar uma expansão nas ciências dos materiais, na mineralogia e na cristalografia, disciplinas que até o momento indicam à zeolitas, argilominerais, óxidos e fases sintéticas de SiO2 como materiais porosos. A porosidade é chave em aplicações em nanotecnologia, fármacos, armazenamento de energia, dentre outros.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Patryck de Araujo Ayala

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • a proteção jurídica do sistema climático em um constitucionalismo transformador: medidas estruturantes na experiência jurisprudencial latino-americana.
  • Se por um lado o estado do conhecimento científico sobre o sistema climático demonstrou que ele foi transformado pela ação humana, e que estas alterações possuem como uma de suas fontes, a degradação global dos ecossistemas, por outro lado, também se pôde demonstrar mais recentemente, no âmbito da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2019, que essa realidade não foi capaz de ser contida ou evitada por meio da proliferação de normas jurídicas. Esta iniciativa se demonstrou ineficaz, per se, para se evitar ou mitigar as alterações do sistema climático, para garantir a integridade dos processos ecológicos, proteger os sistemas naturais, e restaurar os ecossistemas. Em um estado de coisas de deficiências estruturais que define a governança dos conflitos no Sul-Global, e adotando-se como hipótese a de que conflitos socioeológicos tem causas complexas, e não têm sua resolução adstrita ao aumento de normatividade, propõe-se favorecer a governança dos sistemas socioecológicos no Direito brasileiro, (como os ecossistemas e o próprio clima), considerando-se padrões de governança judicial dialógica, no âmbito de um Constitucionalismo transformador. Estes se encontrariam baseados nos processos estruturais, por meio dos quais se estimula caminhos para reorganizar estruturas burocráticas deficientes. Por meio do método indutivo e de pesquisa monográfica e jurisprudencial, o projeto também busca sua proposição, fomentando-se um observatório jurídico em rede entre as instituições colaboradoras, que se concentre em experiências de reorganização estrutural dos sistemas socioecológicos, na América Latina, adstringindo-se ao Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) colombianos, à Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) e ao Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro, vinculadas à reorganização de políticas públicas para a proteção de ecossistemas degradados, com influência climática.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 06/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Paula Adriane Perez Ribeiro

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • farinha de larvas de black soldier fly em dietas para colossoma macropomum: do crescimento à terminação
  • A produção animal sustentável ambientalmente depende, entre outros aspectos, dos ingredientes eleitos para a formulação de dietas. As farinhas de inseto, como a de larvas de black soldier fly, são produzidas de forma sustentável, uma vez que os insetos aproveitam material orgânico de baixa qualidade, requerem pouca água e áreas de produção pequenas, além de emitirem poucos gases de efeito estufa. Por esse motivo, seu potencial como fonte proteica em dietas para peixes vem sendo estudado atualmente. A definição sobre níveis de inclusão e fases de desenvolvimento do peixe no qual este ingrediente pode ser empregado deve ser alvo de pesquisas, para que se obtenham animais em cativeiro com bom desempenho e qualidade de carne satisfatória. Diante do exposto, a hipótese central desta proposta é investigar se o uso da farinha de black soldier fly, como ingrediente protéico, não interfere na produção do tambaqui em cativeiro. O objetivo desta pesquisa é avaliar os efeitos de diferentes níveis de inclusão da farinha de black soldier fly, em dietas para tambaquis, do crescimento à terminação, sobre o desempenho, qualidade de carne, metabolismo e comportamento alimentar dos peixes. O projeto abrangerá 3 experimentos. O primeiro experimento avaliará desempenho, qualidade de carne, saúde intestinal e metabolismo dos tambaquis, em 3 fases de crescimento (animais com 4 meses de experimento, de 4 a 8 e de 8 a 12 meses de experimento), alimentados com 5 dietas (0, 5, 10, 15 e 20% de inclusão de farinha desengordurada de black soldier fly), em 4 repetições. O segundo experimento determinará a digestibilidade dos nutrientes das dietas, para peixes em 2 faixas de peso (100 e 500 g). O terceiro experimento observará se existe preferência dos peixes pelas dietas, visto as diferenças de inclusão da farinha de inseto nas rações.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 28/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Paula Bargi de Souza

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • estudo da correlação entre a função tireoidiana e o relógio biológico: repercussões do hipotireoidismo na ritmicidade do metabolismo energético
  • A ritmicidade circadiana é fundamental para a manutenção da homeostasia do organismo frente às demandas diárias e gerada por um mecanismo de retroalimentação dos componentes do relógio em um período aproximado de 24h. A dessincronização destes processos rítmicos está associada à maior prevalência de distúrbios endócrino-metabólicos. Em paralelo, disfunções tireoidianas resultam na dessincronização dos genes relógio no coração e na adenohipófise com possíveis repercussões na função cardíaca e endócrina. A hipótese central deste projeto é que os hormônios tireoidianos (HTs) modulam a expressão dos genes do relógio e/ou controlados pelo relógio nos tecidos envolvidos na regulação do metabolismo energético, o que poderia explicar a associação entre hipotiroidismo, diabetes mellitus tipo 2 e síndrome metabólica observada nos estudos epidemiológicos. Tal hipótese é reforçada pelos prejuízos no metabolismo energético da prole decorrentes do hipotireoidismo gestacional e pela modulação concomitante de transcritos envolvidos na regulação do metabolismo energético pelo relógio e pelos HTs. Neste projeto, pretendemos avaliar o padrão da oscilação diária da: atividade locomotora espontânea, temperatura corporal, consumo de O2, sensibilidade à insulina, perfis séricos de TSH, T4, T3, colesterolemia, lipidemia e da expressão de marcadores moleculares nos tecidos envolvidos na regulação do metabolismo energético em animais hipotireoideos e explorar os mecanismos moleculares com o uso de animais geneticamente modificados para os componentes do relógio. O desenvolvimento deste projeto irá contribuir com o avanço da pesquisa básica esclarecendo os mecanismos mediados pelos HTs na ritmicidade circadiana do metabolismo energético e terá implicações clínicas considerando que as desordens metabólicas e tireoidianas correspondem às endocrinopatias mais prevalentes na população e ainda cerca de 12-19% da população apresenta hipotiroidismo subclínico impactando a saúde pública e a economia.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Paula Becker Pertuzatti

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • digestibilidade in vitro e atividade biológica de compostos bioativos presentes em óleos de frutos do cerrado
  • O Cerrado é o segundo principal bioma do Brasil, ocupando cerca de 21% do território nacional e contando com uma flora diversificada. Muitas de suas espécies ainda são pouco conhecidas no país, mas apresentam potencial tanto pela indústria de alimentos como pela indústria farmacêutica, já que devido ao elevado conteúdo de lipídeos são atrativas para extração de óleos. Apesar de pouco estudados, muitos destes óleos apresentam elevados conteúdos de compostos bioativos, como carotenoides, compostos fenólicos e fitoesterois que têm sido muito associados com a diminuição do risco de desenvolvimento de doenças crônicas não-transmissíveis, além de atividades anti-helmíntica, antimicrobiana e antimutagênica. No entanto, após o processo de digestão, os compostos bioativos podem ser degradados de modo que seus potenciais efeitos antiparasitários, antidiabéticos e antiobesidade sejam comprometidos. Desta forma, destaca-se a importância de estudar a sua digestibilidade in vitro e avaliar o conteúdo de compostos bioativos através de cromatografia gasosa e de cromatografia líquida acoplada com espectrometria de massas, nas frações que simulam a fase oral, gástrica e intestinal, determinando além do conteúdo de compostos bioativos nos óleos a sua bioacessibilidade. Correlações entre dados in vitro e in vivo sobre as funções do trato gastrintestinal permitem extrapolação acurada dos resultados. Verificar os efeitos biológicos desses óleos pode contribuir para o aumento do consumo de frutas do Cerrado, além de servirem como subsídio para aplicação dos mesmos pela indústria farmacêutica. Desta forma, a hipótese deste projeto é que os óleos de frutos do cerrado atuem no parasitismo e doenças não-transmissíveis. A partir da extração e caracterização dos óleos com posterior aplicação em roedores será possível comprovação de efeito biológico. Resultados positivos criam amplo potencial para exploração econômica sustentável.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 21/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Paula Carina de Araújo

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • gestão da informação científica no contexto da ciência aberta
  • A gestão da informação científica é o processo de coleta, organização, armazenamento, disseminação e avaliação de um tipo específico de informação, a informação científica. Esse processo tem relação direta com a comunicação científica, pois se relaciona ao fluxo de informação do ambiente científico. No movimento de Ciência Aberta, caracterizado pela pesquisa científica colaborativa, aberta e transparente com a abertura das fases do ciclo de vida da pesquisa, a gestão da informação científica são protagonistas. Este projeto objetiva investigar a gestão da informação científica e sua potencialidade para a proposição de instrumentos para a política científica nacional no âmbito da ciência aberta. De forma específica, objetiva contextualizar a gestão da informação científica no contexto da ciência aberta; identificar as iniciativas nacionais de criação de ambiente integrado de gerenciamento de publicações científicas para composição de bases de dados de diferentes domínios; analisar o domínio da comunicação científica no direito; discutir a potencialidade de criação de indicadores científicos nacionais aliados a uma perspectiva de gestão da informação científica que considere as diferentes características dos domínios; propor a criação de uma base de dados referencial de publicações científicas em acesso aberto da área do direito. Desenvolverá pesquisa exploratória e metodológica quantos aos objetivos, qualitativa quantos à abordagem e aplicará a análise documental e a análise de domínio que terá como unidade de análise a comunicação científica no direito. O projeto resultará na produção de conhecimento novo e relevante sobre o tema que pode ser aplicado a diferentes domínios, bem como a proposição da base de dados referencial de publicações científicas em acesso aberto da área do direito como fonte de informação e instrumento de política científica para esse domínio no Brasil.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Paula Corrêa Henning

Ciências Humanas

Educação
  • escola, filosofia e relações com o mundo: inventividades no contemporâneo
  • O presente projeto de pesquisa busca analisar os modos como as filosofias da diferença podem contribuir com a escola para pensarmos nossas relações com o mundo, com o planeta e com os espaços em que nos situamos. Para isso, toma como objeto teórico os estudos de Friedrich Nietzsche, Michel Foucault e autores da Educação que assentam seus estudos nessa perspectiva. Trata-se de uma investigação que aposta nas articulações entre educação, educação ambiental e a filosofia como modo de exercer criticamente o pensamento diante dos dilemas ambientais que acometem o contemporâneo. Para isso, o projeto prevê duas etapas: a) mapeamento bibliográfico a respeito das produções científicas sobre escola e filosofia no que se refere às possibilidades de criação no interior dessa instituição e b) entrevista com professores/as de um curso de formação dedicado à articulação entre educação, educação ambiental e filosofia. Esse estudo intenta mobilizar a escola para inventividades no contemporâneo, potencializando as relações com o mundo na articulação com a filosofia.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Paula Cristina Trevilatto

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • apoio a formação de doutores em áreas estratégicas pucpr
  • Vide projeto anexo
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 03/03/2020-02/03/2025
Foto de perfil

Paula Felippe Martinez

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • participação das sestrinas na modulação de aspectos moleculares, metabólicos e morfológicos cardíacos em ratos submetidos a jejum intermitente e treinamento intervalado de alta intensidade
  • As afecções cardiovasculares figuram entre as principais causas de morbimortalidade no Brasil e no mundo. O desenvolvimento de doenças cardíacas relaciona-se com remodelação cardíaca, processo decorrente de injúria ou sobrecarga contínua a que o miocárdio é submetido. Intervenções como exercício físico e jejum intermitente (JI) vêm sendo utilizadas com o intuito de prevenir ou atenuar a remodelação cardíaca. Entre as modalidades de exercício físico, treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) tem se destacado por apresentar boa relação tempo-eficiência para induzir alterações cardíacas. Por sua vez, há evidências que JI promove benefícios ao coração, como redução de apoptose e estresse oxidativo. Recentemente, tem sido aventado que as sestrinas, uma família de proteínas responsivas a estresse, podem desempenhar papel importante em mecanismos de cardioproteção. O objetivo do presente projeto é testar a hipótese que associação entre JI e HIIT potencializa os efeitos cardioprotetores, os quais são mediados pela via das sestrinas. Para tanto, ratos Wistar machos serão distribuídos em quatro grupos: Controle (C), Jejum Intermitente (JI), Treinamento Intervalado de Alta Intensidade (T), Jejum Intermitente e Treinamento Intervalado de Alta Intensidade (TJI). Após 12 semanas, os animais serão submetidos a teste de esforço máximo e eutanasiados. Para caracterização da remodelação cardíaca, serão avaliados no ventrículo esquerdo área seccional transversa dos cardiomiócitos e fração intersticial de colágeno (análise histológica); distribuição das isoformas das cadeias pesadas de miosina (eletroforese); fragmentação de DNA (ELISA) e atividade de enzimas do metabolismo energético (espectrofotometria). Serão ainda analisados marcadores séricos de estresse oxidativo malondialdeído (HPLC) e 3-nitrotirosina (ELISA) e a expressão miocárdica de proteínas relacionadas à via das sestrinas (Western blot). Análise estatística: ANOVA de duas vias e teste post hoc adequado.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Paula Goes Pinheiro Dutra

Ciências Biológicas

Imunologia
  • investigação da interação entre as vias de sinalização p2x7 e wnt durante a perda óssea inflamatória
  • A inflamação no tecido ósseo induz aumento da atividade de osteoclastos associado a supressão da atividade de osteoblastos, resultando em perda óssea. Atualmente a via Wnt, que responde pela diferenciação e função de osteoblastos, tem sido alvo de diversos estudos no campo da osteoimunologia, uma vez que a inflamação aumenta os níveis dos seus antagonistas (esclerostina e dickopff-1). Ademais, tem sido demonstrado que a via Wnt pode se comunicar com outras vias, dentre elas aquela relacionada ao receptor P2X7. No tecido ósseo inflamado, pouco ainda se sabe sobre a interação entre as vias P2x7 e Wnt. Assim, o presente estudo propõe investigar a comunicação entre as vias de sinalização P2X7 e Wnt durante a perda óssea inflamatória, através do modelo experimental de periodontite em camundongos. A periodontite será induzida no segundo molar superior através da colocação de um fio de sutura. Este estudo será realizado em 2 etapas, inicialmente os animais serão divididos em 2 grupos: animas normais sem a doença (Naive) e animais submetidos à perda óssea inflamatória, por meio do modelo de periodontite, os quais serão subdivididos em 3 grupos que receberão: solução salina (SAL), BzATP, um agonista da via P2X7, ou Brilliant Blue G (BBG), antagonista da via P2X7, por 11 dias até a eutanásia. Em seguida o grupo tratado com um dos moduladores da via P2x7 (BzATP ou BBG) que não apresentar proteção óssea, receberá, em novo grupo de experimentos, um gel com WNT3a lipossomal na região de lesão óssea. Após 11 dias, as maxilas serão removidas para análise da microarquitetura, qualidade e metabolismo ósseo, bem como para investigação da interação entre as vias de sinalização Wnt e P2X7. Será realizada ainda uma análise in vitro de função osteoblastos e osteoclastos. Espera-se com esse estudo contribuir para o esclarecimento do papel da via do Wnt e da sinalização P2X7 na perda óssea inflamatória, com vista a possível modulação dessas vias em situações onde a perda óssea é um desafio.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Paula Guimaraes Simoes

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • política de celebridades: valores em disputa no contexto contemporâneo
  • O objetivo desta pesquisa é compreender a atuação de celebridades brasileiras no contexto contemporâneo, tendo em vista os posicionamentos políticos que elas assumem no cenário de visibilidade midiática. Elas são vistas como dispositivos interacionais críticos ou sujeitos políticos capazes de promover discussões sobre temas de interesse público. Procuramos evidenciar os valores que emergem a partir dos posicionamentos e são agregados à imagem pública das personalidades analisadas – em diálogo com seus públicos. Com isso, buscamos destacar as disputas de valores que emergem em um acontecimento específico: na campanha eleitoral à Presidência da República em 2022, a partir de pautas como democracia, feminismo e direitos humanos. O desenho metodológico é ancorado na perspectiva pragmatista, que aponta para o domínio da experiência ou da observação da empiria: a princípio, construímos um Radar de Celebridades, destacando figuras públicas em diferentes campos de atuação (política, esporte, televisão, Internet, por exemplo). A partir disso, será realizado um monitoramento da atuação de tais personalidades na campanha eleitoral (em diferentes espaços como jornais, revistas e portais na internet, além de programas de TV e redes sociais digitais), a fim de definir o recorte empírico e o corpus específicos da pesquisa. Após a sistematização dos dados, procederemos a uma análise da ação das celebridades, no intuito de compreender: quais os posicionamentos assumidos (progressistas ou conservadores); que valores são destacados e/ou criticados em sua performance pública; que traços e elementos são evidenciados em sua imagem pública; o que essas posturas revelam sobre a democracia, o feminismo e os direitos humanos no Brasil; como se caracteriza a política e a cultura das celebridades no contexto contemporâneo nacional.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 25/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Paula Medina Maçaira Louro

Engenharias

Engenharia de Produção
  • métodos híbridos para o tratamento de incertezas na previsão e otimização de recursos
  • O processo de tomada de decisão do planejamento e controle da produção das organizações baseia-se essencialmente nas informações sobre comportamentos atuais e passados de diferentes eventos, bem como na avaliação sobre a utilização dos recursos operacionais, além da análise de potenciais cenários futuros. Neste contexto, métodos de previsão e de otimização além de modelos de simulação compõem um poderoso conjunto de ferramentas capaz de impactar positivamente as chances de sucesso da organização por meio da redução de incertezas e priorização inteligente de atividades e, ainda, do eventual aproveitamento de oportunidades vindouras. Desta forma, este projeto tem como foco o desenvolvimento de metodologias híbridas, que combinam técnicas estatísticas e de aprendizado de máquina (machine learning) para modelagem, previsão e simulação de Séries Temporais. Tais avanços no tratamento de incertezas visam o aprimoramento na oferta de informações consistentes a serem utilizadas por métodos de otimização, responsáveis pela avaliação e recomendação de formas eficientes de operação contribuindo efetivamente para o processo de tomada de decisão das organizações. As metodologias a serem desenvolvidas ao longo do projeto encontram aplicações em diversas áreas de estudo. Propõem-se inicialmente aplicações voltadas para as seguintes áreas: (a) Indústria de óleo & gás; (b) Gestão de Operações Humanitárias e (c) Mercado de Energias Renováveis. São esperados como principais resultados: (i) avanços no estado-da-arte do tema proposto; (ii) formação de recursos humanos (com envolvimento de alunos de Graduação, Mestrado e Doutorado); (iii) produção científica qualificada (artigos científicos em revistas internacionais e divulgação em eventos da área) e (iv) ampliação da cooperação com a comunidade científica nacional e internacional.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Paula Orchiucci Miura

Ciências Humanas

Psicologia
  • as escolas na rede de proteção a violência infantil: mapeamento, prevenção e intervenção
  • Altos índices de violência contra crianças e adolescentes evidenciam dados alarmantes de desigualdades de todas as ordens civilizatórias, que se acentuaram com a pandemia da Covid-19. Suas raízes estão interligadas às práticas racistas, intergeracionais e de relações psicossociais marcadas por relações de poder desiguais. As crianças e adolescentes estão no lugar mais frágil dessa equação e são afetadas em seu desenvolvimento biopsicossocial. Este projeto, aprovado no Comitê de Ética em Pesquisa, objetiva realizar o mapeamento dos serviços que trabalham diretamente no combate à violência contra crianças e adolescentes em Alagoas, desenvolver espaços de resistência e de prevenção à violência com profissionais da educação, crianças, adolescentes e suas famílias e criar o Observatório de Violência contra a Criança e Adolescente. Trata-se de uma pesquisa quanti-quali, de caráter exploratório, preventivo e interventivo, a ser realizada em três etapas. 1ª etapa: o mapeamento dos equipamentos públicos envolvidos no atendimento e acompanhamento de crianças, adolescentes e suas famílias vítimas de violência nas cidades de Marechal Deodoro e Maceió, dar-se-á por meio de recolha de informações nos sites das prefeituras; 2ª etapa: o desenvolvimento de espaços de resistências conhecerá as equipes, por meio de um questionário, em forma remota, para levantamento de informações acerca de formação, capacitação e funcionamento das escolas frente à violência infantil. A seguir, realizar-se-á oficinas de prevenção à violência em escolas, através da articulação conceitual e de vivência, abarcando os níveis cognitivo, emocional e de comunicação, com o desenvolvimento de estratégias coletivas de seu enfrentamento, as quais estão em consonância com a legislação, LDB e BNCC. 3ª etapa: criação do Observatório, por meio da realização de Seminários Integrativos com todos os membros da equipe para consolidação dos dados, elaboração de indicadores e refinamento a serem divulgados.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Paula Regina Dal'Evedove

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • estudo analítico do metadado assunto em repositórios de dados de pesquisa do brasil, espanha e portugal
  • Repositórios de dados de pesquisa surgem como ambientes informacionais digitais comprometidos com o armazenamento, gestão, acesso e preservação dos registros provenientes das pesquisas científicas. Apesar da ampla inserção do tema na Ciência da Informação, pouco se discute a qualidade do metadado assunto nesses ambientes. Neste sentido, questiona-se qual é a situação atual da indexação de assunto em repositórios de dados de pesquisa que adotam o autoarquivamento? Nota-se a emergência dessa discussão em razão do pouco envolvimento dos pesquisadores em relação à representação do conteúdo de dados de pesquisa durante o preenchimento do metadado assunto, sendo oportuna uma pesquisa que identifique e discuta a situação atual desta prática em repositórios de dados de pesquisa. O objetivo geral desta pesquisa consiste em analisar o metadado assunto de repositórios de dados de pesquisa do Brasil, Espanha e Portugal que adotam o autoarquivamento, tendo por finalidade contextualizar os principais desafios e perspectivas para a representação do conteúdo de dados de pesquisa e apresentar diretrizes de política de indexação para os repositórios de dados de pesquisa brasileiros. Os objetivos específicos são: a) conceituar dados de pesquisa e repositórios de dados de pesquisa com foco no metadado assunto e na prática do autoarquivamento; b) analisar o metadado assunto a partir das políticas dos repositórios de dados de pesquisa do Brasil, Espanha e Portugal que adotam o autoarquivamento; c) dissertar sobre a situação atual do metadado assunto e da representação do conteúdo de dados de pesquisa em repositórios de dados de pesquisa analisados; e d) propor diretrizes de política de indexação para repositórios de dados de pesquisa brasileiros que adotam o autoarquivamento. Desenvolve-se um estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa que alia pesquisa bibliográfica e documental, visando a construção de considerações analíticas e comparativas.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Paula Sandrine Machado

Ciências Humanas

Psicologia
  • sexvid: sexualidades e gestão de risco no contexto da pandemia de covid-19
  • O conhecimento da COVID-19 em saúde global tem se concentrado em compreender o vírus e sua ação biológica na pesquisa básica e clínica. Entretanto, trata-se de uma doença global de efeitos locais, sendo portanto fundamental compreender essas dinâmicas em diferentes esferas da experiência. Esta pesquisa tem como objetivo geral investigar práticas sexuais e gestão de risco no contexto da pandemia de COVID-19 no Brasil. Interessa-nos compreender como a pandemia altera as experiências das práticas sexuais de diferentes grupos e populações vivendo no país, identificando o que consideram risco, como estabelecem hierarquias e quais elementos compõem sua gestão a partir de seu enquadramento pelos efeitos pandêmicos. Pretendemos, ainda, analisar as montagens heterogêneas que têm sido produzidas pelos sujeitos para as cenas sexuais. Tal objeto inscreve-se na preocupação de pensar as sexualidades considerando o cenário político brasileiro de ultraconservadorismo, os retrocessos nas políticas públicas e nos posicionamentos governamentais sobre esses temas e as lacunas na produção de conhecimento voltada às sexualidades na pandemia. Propõe-se uma retomada da produção científica sobre HIV/AIDS, tendo em vista suas contribuições para a formulação e melhoria das políticas públicas e estratégias de prevenção através de uma abordagem das práticas sexuais. O projeto prevê três fases: 1) pré-campo (entrevistas semiestruturadas, relatos informais e coleta de materiais informativos sobre sexo e COVID-19); 2) aplicação de questionários digitais fechados; e 3) realização de entrevistas em profundidade. Todas as etapas envolvem exclusivamente participantes maiores de 18 anos e ocorrerão remotamente. Será desenvolvida plataforma pública online para a divulgação dos resultados da investigação e informação científica sobre a COVID-19 e seus aspectos biopsicossociais, e uma base de dados com os resultados das três fases da investigação, para desenvolvimentos futuros.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 05/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Paulette Cavalcanti de Albuquerque

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • observatório das residências multiprofissionais da saúde do estado de pernambuco: estratégia de avaliação dos programas na perspectiva da educação permanente
  • A formação qualificada e adequada dos profissionais de saúde ao Sistema Único de Saúde tem sido considerada um grave problema desde os primórdios da Reforma Sanitária. Foram realizadas conferências nacionais específicas para discutir a questão dos Recursos Humanos em Saúde, foi modificada a estrutura dos órgãos de modo a incluir a gestão do trabalho e da educação na saúde, e várias políticas e programas foram implementados, desde a indução de mudanças na graduação até a pós-graduação. As residências multiprofissionais são parte desse contexto, tendo sido regulamentadas em 2005, expandidas com financiamento federal a partir de 2010, representando hoje a modalidade que melhor forma os profissionais para o SUS. O número de programas e de residentes se multiplicou neste período em todos os estados do país. Em análise da distribuição da oferta dos programas de residência de RMS induzidos pelos editais do MS no País, no período de 2010 a 2015, foram identificados 320 programas homologados. Pernambuco foi o estado da região nordeste com maior número de programas contemplados com financiamento do MS, 25 programas o que representou 7,8% do total nacional entre os anos de 2010 a 2015. Também foi o estado que contemplou, na região nordeste, o maior número dos programas de Residência em Saúde da Família aprovados, 10% do número nacional de programas nessa área de formação, totalizando 14 programas. Se é possível identificar o destaque que o estado de Pernambuco teve nos investimentos nacionais nos Programas de Residência em Área Profissional, soma-se também a expansão dos investimentos estaduais nessa política. Além dos programas financiados pelo Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES- PE) financia 57% do total de bolsas de Residência em Área Profissional existentes no estado. A despeito da expansão que tal modalidade de formação teve na Política de Saúde no estado de Pernambuco, ainda são necessários maiores estudos sobre seus impactos nos campos de trabalho na rede de saúde. A ausência de um sistema integrado que reúna informações a respeito dos programas de residência no Brasil é outro fator que dificulta o conhecimento da situação dos programas de residência em área profissional da saúde. Permanece a ausência de integração entre os sistemas de informação federais (Ministério da Saúde e Ministério da Educação) e estadual. Em pesquisa recente quanto ao perfil dos profissionais que atuam na Atenção Básica no estado de Pernambuco, identificou-se que apenas 33,9% dos médicos possuem formação na modalidade residência, sendo apenas 10,7% nessa área de atuação. Entre os enfermeiros, 8,3 % possuem formação na modalidade residência, sendo apenas 2,2% na área de atuação da Atenção Básica. Destaca-se também a concentração da distribuição desses profissionais ao se analisar o porte populacional dos municípios. Tais dados apontam para a premente necessidade de desenvolvimento de investigações que analisem a inserção profissional dos egressos, visando o desenvolvimento de estratégias de incorporação dos mesmos. Outro fator que exige fortalecimento da Política de Residências em Área Profissional da Saúde nacionalmente e no estado de Pernambuco é a avaliação institucional dos programas. Apesar da existências de estudos sobre a temática, esses fazem análises de experiências específicas, não havendo a sistematização de parâmetros nacionais para análise dos programas de residência. Particularmente no que se refere às proposições pedagógicas, não se tem indicativos concretos de que os programas e estratégias pedagógicas desenvolvidas sejam capazes de utilizar e promover cenários de aprendizagem capazes de desenvolver a formação integral e interdisciplinar, afinados com as mudanças necessárias nos processos de formação, do trabalho e da gestão na saúde. Diante de tal cenário, o projeto em tela como por objetivo instituir Observatório das Residências Multiprofissionais em Saúde do estado de Pernambuco: estratégia de avaliação dos programas na perspectiva da Educação Permanente. Os observatórios em saúde apresentam-se como relevante ferramenta de análise de políticas públicas, com destaque para o seu potencial como sistematizadores e processadores de dados, bem como a capacidade de fazê-los circular através de estratégias de comunicação e publicização. Visando desenvolver estratégias de análise da Política de Residências em Saúde no estado de Pernambuco, se propõe a instituição do observatório a partir do desenvolvimento de 6 eixos, a saber: Eixo 1 - Integração das informações sobre os programas de residência no estado de Pernambuco, a partir dos sistemas de informação dos Ministérios da Educação, da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde. Eixo 2- Descrição das características e distribuição institucional e espacial dos programas de residências multiprofissionais em funcionamento no estado de Pernambuco. Eixo 3- Análise do perfil dos egressos dos programas de residências multiprofissionais do estado de Pernambuco; Eixo 4 - Identificação dos limites e possibilidades dos programas e dos serviços de saúde no que se refere à formação dos preceptores e tutores; Eixo 5 - Avaliação dos programas de residência multiprofissional em saúde da família e em saúde coletiva; Eixo 6- Construção de espaços colaborativos interinstitucionais para apresentação e discussão dos resultados, visando fortalecimento da política de educação permanente em saúde do estado. Será desenvolvido espaço virtual (web site) como estratégia de publicização e comunicação da Política de Educação Permanente em saúde no estado. No espaço virtual serão sistematizadas as informações e os produtos referentes aos diversos eixos da pesquisa, sendo esse o primeiro produto, transversal a todos os eixos.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2023
Foto de perfil

Paulo Antonio de Souza Mourao

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • heparinas: interações com sars-cov-2 e atividades anticoagulantes, antivirais e anti-inflamatórias para tratamento da covid-19
  • Mortes associadas à COVID-19 estão diretamente relacionadas à insuficiência respiratória aguda causada por coagulopatias na microvasculatura pulmonar. A terapia anticoagulante com heparina de baixo peso molecular (LMWH) diminuiu em 20% a mortalidade de pacientes com quadros graves de COVID-19 na China. Todos os protocolos de tratamento da COVID-19 empregados atualmente em países como Itália, Espanha e França incluem o uso de LMWH. Além de ser efetivas para reverter coagulopatias, heparinas, principalmente as não fracionadas (UFHs), apresentam potencial antiviral e anti-inflamatório para tratamento da COVID-19. Estudos preliminares já demonstraram que UFH diminui em até 50% a infecção in vitro de outros coronavirus. Portanto, o presente projeto avaliará o potencial antiviral e anti-inflamatório de diferentes heparinas para uso como medicamentos multialvo para enfrentamento da COVID-19. As atividades e mecanismos de ação antiviral e anti-inflamatório das heparinas serão avaliados através de um amplo conjunto de análises in vitro e in vivo que serão realizadas através de uma colaboração entre o LABTEC (UFRJ) e LVPS (IOC-FIOCRUZ). Além disto, vamos investigar aspectos moleculares das interações entre as heparinas e o coronavirus (SARS-CoV-2), utilizando técnicas “estado-da-arte” como ressonância magnética nuclear (RMN), ressonância plasmônica de superfície (SPR), cristalografia de raios X e modelagem molecular computacional, através de uma rede de laboratórios da UFRJ (LABTEC e CENABIO), UNESP e UFPE, com ampla expertise em pesquisas sobre biologia estrutural. Também pretendemos propor um protocolo de investigação clínica para avaliar/comparar os efeitos anticoagulantes, antivirais e anti-inflamatórios das heparinas atualmente aprovadas para uso clinico (UFH suína e bovina e LMWH enoxaparina) em pacientes acometidos pelo COVID-19. Apesar do grande potencial par uso como medicamentos multialvo (anticoagulante, antiviral e anti-inflamatório) para tratamento da COVID-19, a produção mundial de heparinas, baseada majoritariamente (> 95%) em uma única fonte de matéria-prima animal (suína) e concentrada na China (> 80%), é insuficiente e encontra-se ameaçada por uma epidemia de Febre Suína Africana. O FDA declarou que novas heparinas (UFH e LMWHs) de outras fontes animais devem ser introduzidas urgentemente para evitar uma possível escassez mundial. Heparinas de diferentes fontes animais apresentam propriedades químicas e farmacológicas diferentes. UFH bovina apresenta atividade anticoagulante 50% mais baixa do que UFH suína (100 e 200 UI/mg, respectivamente) devido a diferenças composicionais. O LABTEC e SENAI-CETIQT desenvolveram um processo para fracionar UFH bovina em dois derivativos com propriedades químicas e farmacológicas diferentes: 1) HABH, com composição, peso molecular e atividade anticoagulante (200 UI/mg) semelhantes à UFH suína (“gold standard”) e 2) LABH, com peso molecular semelhante e composição diferente da UFH suína e atividade anticoagulante reduzida (20 UI/mg). Avaliações técnico-econômicas realizadas pelo SENAI-CETIQT comprovaram a viabilidade técnica e econômica da produção de HABH e LABH em escala industrial e já contamos com uma estrutura para produzir lotes piloto. Estudos não clínicos sobre a atividade anticoagulante e antitrombótica e segurança da HABH e LABH já foram concluídos; portanto, o desenvolvimento pré-clínico destas novas heparinas encontra se em estágio avançado. O projeto vai avaliar a eficácia terapêutica multialvo de heparinas (UFH suína e bovina e LMWH enoxaparina) para implementação imediata em protocolos de tratamento da COVID-19 e vai possibilitar a pesquisa e desenvolvimento para novos usos das novas heparinas HABH e LABH 100% desenvolvidas através da parceria UFRJ/ SENAI-CETIQT e, portanto, consiste em uma importante contribuição para incrementar a inovação farmacêutica nacional. Resultados parciais do projeto serão periodicamente divulgados para a sociedade, comunidade médica e científica e órgãos públicos competentes (MS, MCTI etc.) em periódicos científicos especializados e através de veículos de comunicação de amplo alcance (internet, jornais e revistas), visando a aplicabilidade em curto e médio prazo para suplementação das Diretrizes para Diagnóstico e Tratamento da COVID-19 do SUS.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 27/08/2020-31/08/2023
Foto de perfil

Paulo Antonio Zawislak

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • smart innovation capabilities: revolução inteligente, novos modelos de negócios e inovação
  • Motivada pela transformação digital, assistimos a uma revolução que vai além da tecnologia. As chamadas soluções mais inteligentes possibilitam ganhos de eficiência e novas formas de agregação de valor, que geram mudanças de comportamento dos agentes econômicos com irreversíveis impactos em todas as esferas da sociedade. Na realidade, a crescente capacidade de acúmulo e processamento de dados propiciada pelas tecnologias digitais, somada à lógica relacional, típica dos sistemas de produto-serviço que estão no bojo do desenvolvimento de novos modelos de negócio, define os contornos do paradigma smart. Os novos modelos de negócios, essencialmente baseados em conhecimento, conectividade, colaboração e criatividade, requerem um novo desenho para o perfil de comportamento inovador das firmas. Tanto as empresas consolidadas, servitizadas ou produtizadas para atender essas exigências, como os novos negócios, já nascidos smart, todos devem estar focados em cada vez mais dinâmica e inovação. Em suma, seja uma empresa estabelecida ou uma startup, é fundamental que todas estabeleçam um processo de construção de capacidades de inovação cada vez mais inteligentes, as chamadas Smart Innovation Capabilities (SICs). Este projeto tem, justamente, o objetivo de consolidar o conceito, bem como aprofundar seus arranjos e trajetórias. Partindo do modelo das capacidades de inovação, define-se, inicialmente, SICs como sendo as capacidades dinâmicas de inovação que, integradas de forma inteligente (i.e. com capacidade digital e relacional), geram padrões superiores de racionalidade, eficiência no uso de recursos, produtividade, qualidade, agilidade, flexibilidade, diversidade e, portanto, desempenho inovativo, sustentável e competitivo. Esta pesquisa se pautará na condução de estudos de caso no Brasil e no exterior. Com base em visitas e entrevistas, será possível identificar os arranjos e as trajetórias de construção de SICs nas empresas que se “smartizaram” e nas que já nasceram smart.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Paulo Aristarco Pagliosa

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • aplicações de análise isogeométrica em gpu usando representações herméticas de superfícies
  • A análise isogeométrica (IGA) de um domínio físico emprega um modelo de análise cuja ordem de continuidade é a mesma do modelo geométrico do domínio, i.e., a malha de elementos (finitos e/ou de contorno) é uma representação exata da geometria. Em IGA, a representação geométrica mais usada, assim como em modelos CAD, eram retalhos de superfície NURBS recortados. Contudo, um problema com NURBS é que a união de retalhos ao longo de um segmento de curva pode produzir, indesejadamente, superfícies com pequenas “fendas”. Para evitar a situação, nesse projeto adotam-se representações herméticas de superfícies que, além de evitar as tais “fendas”, admitem refinamento local, especificamente, T-splines e superfícies de subdivisão (SubD). Para as primeiras, os nós do modelo de análise correspondem aos vértices da chamada T-malha; para as últimas, aos vértices da malha de pontos de controle refinada por um processo de subdivisão, e.g. Catmull-Clark. Em ambos os casos, os elementos podem ter a forma de retalhos de Bézier associados às faces da malha de pontos de controle, e determinados por um processo conhecido como extração de Bézier. Dada a relevância de T-splines em CAD/CAM e de SubD na indústria da animação, o projeto visa o uso dessas formas de representação no desenvolvimento de modelos de IGA de sólidos e cascas elásticas com elementos de contorno (MEC) e elementos finitos (MEF) de Kirchhoff-Love, respectivamente. Pretende-se explorar o processamento em GPU a fim de averiguar o emprego de IGA como método alternativo de simulação em Computação Gráfica. As aplicações incluem análise em problemas de mecânica dos sólidos e simulação em animações baseadas em física, e.g. simulação de tecidos. A estratégia de desenvolvimento envolve a extração de Bézier de T-splines e SubD, bem como o refinamento das malhas de pontos de controle para aplicação de condições de contorno (CCs) em elementos de superfície, diretamente ou resultante de colisões, e, por fim, a implementação em GPU.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Paulo Arruda

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • centro de química medicinal de acesso aberto
  • Resumo Muitas das descobertas da área em rápida expansão da genômica não são efetivamente utilizadas na medicina, agricultura e indústria. Isto acontece em parte por causa da falta de cooperação entre cientistas de disciplinas diferentes e também pelo fato de muito da pesquisa translacional feita na indústria e academia ser protegida por patentes e, portanto, não publicada no tempo oportuno. Nossa proposta INCT procura atacar estes problemas de duas formas. A primeira através da criação de uma rede altamente integrada de pesquisadores de diferentes disciplinas (genética, bioquímica, química medicinal, biologia celular e do desenvolvimento) e a segunda através do comprometimento com a pesquisa de livre acesso: todos os dados e reagentes gerados serão de livre acesso a qualquer pesquisador, dentro ou fora de nossa proposta, sem nenhuma restrição. Nossa proposta INCT visa explorar o potencial de genes relevantes medicamente focando nas proteínas codificadas por estes genes e desenvolvendo um pacote de ferramentas que permitirão a pesquisa nessas proteínas. Esse pacote de ferramentas incluirá clones de expressão gênica, protocolos de purificação de proteínas, anticorpos, estruturas cristalográficas e inibidores químicos. Esses conjuntos de reagentes (ou pacotes) irão permitir com que a comunidade cientifica expanda muito sua capacidade. A fim de garantir que os cientistas locais se beneficiem dessas ferramentas, nosso INCT apresenta o compromisso de disponibiliza-las livremente a todos cientistas interessados. Nosso projeto está focado na facilitação da pesquisa em proteínas pois proteínas específicas frequentemente representam o “elo perdido” entre a genética e estudos funcionais/médicos. O estudo detalhado das proteínas codificadas por um gene selvagem e o correspondente mutado em doenças ou proteínas-alvo em doenças parasitárias, são frequentemente pouco estudadas. Nosso INCT será formado em torno de um laboratório central na UNICAMP, em colaboração com o Consorcio de Genômica Estrutural (Structural Genomics Consortium – SGC; www.thesgc.org) e seus laboratórios nas universidades de Oxford e Toronto. Os grupos colaboradores componentes da rede do INCT irão escolher uma lista de genes alvo relacionados a sua pesquisa, conjuntamente com indicações de grupos colaboradores da parte de genética médica. Nosso laboratório central irá clonar, purificar, cristalizar e determinar as estruturas atômicas das proteínas codificadas. Nossos grupos componentes irão colaborar no desenvolvimento de ensaios funcionais para cada uma das proteínas de interesse (por exemplo: ensaios de atividade enzimática, interação com ligantes e/ou outras proteínas), buscando o entendimento da função destas proteínas alvo. Além disto, nosso laboratório central irá otimizar e realizar ensaios de rastreamento de pequenas moléculas para encontrar moléculas de ponto de partida para desenvolvimento de inibidores. Os laboratórios colaboradores irão usar o conhecimento e reagentes gerados pelos estudos proteicos para formular e testar hipóteses no contexto celular e fisiológico relevante. O objetivo chave de nosso INCT será a geração de 15 “Kit facilitadores de Descoberta” (ou do inglês “Target Enabling Packages” – TEPs), os quais consistem de: clones; métodos para purificação e cristalização de proteínas; ensaios de atividade; pequenas moléculas ponto de partida para desenvolvimento de sondas químicas e novas drogas; além de um conjunto de informação tais como: proteômica, impacto das mutações na função da proteína e fisiologia da proteína alvo. Os TEPs serão utilizados imediatamente pelos grupos do INCT para desenvolvimento seguinte de moléculas ainda mais potentes e ensaios celulares ainda mais complexos. Entretanto, um ponto chave de nossa proposta é o acesso irrestrito aos dados: uma vez que o kit estiver montado, ele será publicado no website de nosso INCT e em revistas cientificas, com um mecanismo de distribuição de clones e reagentes sem restrição de uso. Adicionalmente aos projetos dos grupos envolvidos neste INCT, nos iremos criar um mecanismo de nomeação aberto de alvos para desenvolvimento de TEPs, de forma que qualquer laboratório do Brasil possa sugerir novos genes. Estas sugestões serão avaliadas e prioritarizadas pelo grupo gestor do INCT, que usará critérios que permitam exploração mesmo de alvos mais especulativos. Os laboratórios que nomearem genes poderão usar o expertise e infraestrutura criada por nosso INCT para gerar proteínas, estrutura inicial e ensaios funcionais. Após experimentos exploratórios iniciais, cada projeto será avaliado e, quando apropriado, desenvolvido e um projeto completo. Todos laboratórios que quiserem nomear genes terão que concordar com a liberação de dados e reagentes no final da execução do projeto. Uma das inovações de nossa proposta consiste na transposição do conhecimento adquirido no desenvolvimento de TEP da biomedicina para a agricultura. Alvos chaves em plantas, majoritariamente proteínas da classe das quinases, potencialmente relacionadas com a resposta a stress abiótico, irão entrar no nosso pipeline. As ferramentas desenvolvidas para estas proteínas serão usadas para responder questões relacionadas a resposta da planta a stress abiótico. Estas ferramentas serão disponibilizadas para a comunidade que estuda plantas sem nenhuma restrição. Em resumo, nosso INCT propõe criar uma rede coordenada de grupos em colaboração com o consorcio internacional altamente bem sucedido e estabelecido “ Structural Genomics Consortium” para promover o uso das descobertas genéticas no desenvolvimento da medicina, da agricultura e da indústria.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024