Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Silvia Moreira Ayub Ferreira

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudo duplo-cego randomizado comparativo do sildenafil no remodelamento reverso do ventrículo direito na insuficiência cardíaca crônica
  • A insuficiência cardíaca (IC) crônica por disfunção sistólica do ventrículo esquerdo (VE) moderada a avançada associa-se à hipertensão pulmonar (HP) secundária em até 70% dos pacientes. Este aumento crônico da resistência vascular pulmonar pode levar a progressiva disfunção do ventrículo direito (VD). A HP correlaciona-se com pior prognóstico da IC, piores desfechos após implante de dispositivos de assistência ventricular esquerda (DAVE) e o transplante cardíaco (TX). Adicionalmente, a disfunção do VD se correlaciona com pior capacidade funcional, sendo um preditor prognóstico independente melhor que o VO2 de pico. O Sildenafil é um inibidor específico da fosfodiesterase-5, que tem alta especificidade de vasodilatação das arteríolas pulmonares, não reduzindo significativamente a resistência vascular sistêmica. Do ponto de vista clínico-terapêutico, melhora a capacidade funcional e, consequentemente, a qualidade de vida dos pacientes com insuficiência cardíaca. Ainda, seu uso no pós-operatório imediato de pacientes com HP submetidos a implante de DAVE parece reduzir a ocorrência de disfunção de VD precoce. Em nosso estudo serão incluídos pacientes com IC crônica e HP com disfunção biventricular não-isquêmica/não-chagásica e tratamento farmacológico otimizado e estável por 01 mês prévio à inclusão. Pacientes elegíveis serão submetidos a ecocardiograma bidimensional com Doppler colorido transtorácico (ECO) e avaliação hemodinâmica por cateter de Swan-Ganz com prova de vasorreatividade pulmonar. Caso verificada presença de hipertensão pulmonar com gradiente diastólico pulmonar >7 e responsividade vascular pulmonar, serão submetidos a ressonância nuclear magnética (RNM) cardíaca para avaliação de função e massa do ventrículo direito e randomizados para o uso de Sildenafil ou placebo na titulado até uma dose máxima de 150mg ao dia e terão seguimento por 06 meses após o que serão repetidos as medidas hemodinâmicas com Swan-Ganz e a RNM cardíaca. O objetivo primário deste estudo é estudar o efeito do Sildenafil no aumento do VO2 de pico e no remodelamento reverso do VD à partir da redução do índice de massa ventricular direita (IMVD) calculada pela RNM cardíaca em pacientes com disfunção biventricular com HP secundária. Os objetivos secundários são estudar o efeito da estratégia terapêutica empregada em relação à função ventricular direita pelo ECO, medidas hemodinâmicas e os níveis de biomarcadores (BNP, troponina e acetona exalada e micro RNAs) após 06 meses do uso do fármaco. Um tratamento farmacológico que possa reverter total ou parcialmente a disfunção do VD tem potencial de aumento de sobrevida, melhora dos desfechos de TX e de implante de DAVE de longa permanência. Até o presente momento, não temos conhecimento de estudos que tenham avaliado a melhora da função do VD após intervenção com Sildenafil no cenário da IC.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Silvia Nogueira Chaves

Ciências Humanas

Educação
  • tecendo composições entre autobiografia, formação, docência e arte na escola
  • O Projeto Tecendo composições entre autobiografia, formação, docência e arte na escola, consiste em uma proposta de pesquisa-intervenção, que inova nos modos de pensar formação e docência como devir, processos cambiantes que não se deixam aprisionar por um conjunto de regras a serem seguidas, mas que carecem de inventividade para manter o viço, a vitalidade na impermanência do mundo. Tal proposta vem sendo pensada a partir de estudos desenvolvidos em algumas universidades (dentre elas a própria UFPA e a UFSC com quem temos estabelecido parcerias) no campo da formação docente que articulam linguagem, cultura e produção de subjetividade tomando como base narrativas autobiográficas que transversalizam modos de pensar a formação como um processo estético de criação através da arte. A integração/discussão dessas temáticas trazem possibilidades de avanços científicos para a pesquisa no âmbito da formação docente e, por certo, contribuirão para repensar as ideias e ações para a Educação em nosso país. As questões que orientam a investigação que propomos podem ser assim sintetizadas: Que práticas educativas inventivas estão presentes (e talvez marginais) no cotidiano escolar e em seu entorno social? Que contribuições práticas de formação e docência inventivas podem reunir para pensar e enfrentar os desafios sociais, ambientais, culturais e políticos que nos chegam no tempo presente afetando os modos de educar? Como pela arte se pode sacudir a quietude de práticas educativas acomodadas, potencializando a docência como campo de experimentação, reinvenção e não de regulação pedagógica? Atentos a essas indagações objetivamos: Cartografar práticas pedagógicas inventivas presentes no cotidiano da escola básica e seu entorno social instaurando e ampliando permutas entre escola e comunidade, valorizando a cultura local; Experimentar vivências e produções artístico-pedagógicas em processos de formação inicial e continuada de professores da Educação Básica, particularmente dos anos iniciais de escolarização e de Ciências e Biologia, uma vez que parcela significativa dos pesquisadores envolvidos nessa proposta lida com estes segmentos de formação; Investigar como formação e docência atravessadas por vivências artísticas podem contribuir para pensar e viver formação e docência como campo de experimentação e não de regulação pedagógica. Em termos metodológicos, as ações deste projeto desenvolvem-se de forma rizomática, ou seja, conectam-se todas umas as outras em diferentes pontos, acolhem a multiplicidade e a heterogeneidade compondo assim um plano em que o mergulho autobiográfico como invenção de si transita pelas diversas linguagens artísticas, num processo de desestabilização de fronteiras e normatividades estéticas, uma poética do devir que deseja libertar as subjetividades para a criação da vida na arte e da arte na vida como ação cultural. Assim, propomos nossas ações distribuídas num Ateliê Rizomático de Autobiografia Poética cujos platôs são o teatro, a música, a escrita criativa, o áudio-visual e as linguagens digitais. Serão oferecidas 30 vagas para participação no ateliê rizomático. Tais vagas serão distribuídas em 3 escolas, duas nas capitais (Belém e Florianópolis) e 1 em Bragança, no interior do Estado do Pará, desdobrando-se por todas em todos os platôs acima enumerados, de forma que os encontros se distribuam num fluxo que propicie conexões interdimensionais, interpessoais e interinstitucionais. A ideia é que os grupos que desenvolverão os diferentes platôs conheçam-se uns aos outros e tenham momentos de partilha de processos criativos ao longo do calendário deste projeto. Os profissionais que compõem a rede de pesquisa são oriundos e atuam em múltiplas áreas de formação tais como: biologia, matemática, pedagogia, letras, tecnologias da comunicação, filosofia, artes... e se conectam por operarem com perspectivas teóricas de autores ligados à filosofia da diferença para os quais a arte é um produção “ativa, inventiva que arrasta o corpo, o pensamento, a vida, para mundos desconhecidos, mundos capazes de serem gestadores de possíveis (...) produzindo e criando sensações que podem inventar mundos fora da pobreza da experiência e dos padrões de racionalidades instrumentais” (CHAVES e BRITO, 2014: 378). Além disso, tais pesquisadores têm em comum práticas profissionais e de pesquisa de fronteira, nas quais há borramento dos limites disciplinares do saber. São pesquisadores que transitam e lidam de forma integrada com seus múltiplos campos de formação e atuação profissional. Essas características são essenciais para o desenvolvimento da proposta, uma vez que seu caráter multidisciplinar atravessa a formação sem se limitar a pensá-la como promotora de competências cognitiva, técnica, mas como processo ético-estético, que se produz na relação consigo e com ou outros.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022