Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Thais Scotti do Canto Dorow

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • 3ª edição espaço ciência:mostra de ciências e matemática de santa maria
  • A presente proposta, por meio da organização da 3ª edição da mostra científica “Espaço Ciência: Mostra de Ciências e Matemática de Santa Maria”, pretende ser um espaço para a exposição, discussão e aprendizagem por projetos. Sabe-se que as Mostras Científicas representam uma oportunidade para alfabetização científica e possibilitam a interação das interfaces escola-universidade na sociedade, isto é, tornam-se centros privilegiados para trocas de conhecimentos e experiências entre cursos de graduação, pós-graduação e a educação básica. Em experiências anteriores com Mostras Científicas, o grupo proponente da atual proposta, constatou que é possível contribuir para alfabetização científica de jovens da educação básica, além de despertar vocações científico-tecnológicas, além do interesse desses jovens talentosos para a carreira docente. Além disso, constatou-se que a realização dessas ações contribuiu de fato para empoderamento das meninas durante a participação da mostra, visto que, representaram na 1ª edição do evento o maior público participante. Dito isso, é possível ressaltar que as mostras possuem a característica de um evento educacional sistematizado, e representam espaços significativos para a divulgação científica, transmissão e vivência da cultura científica. Ainda, destacam-se como centros onde “o fazer ciência” torna-se uma experiência viável, em vez de estudar sobre ciências, dessa forma, as mostras colaboram para alfabetização científica de alunos da educação básica. Dessa forma, esta proposta visa transforma-se em uma ação concreta para colaborar com o avanço do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica no município de Santa Maria-RS, sendo uma fonte de estímulo para estudantes e educadores transporem seus limites usuais. O Espaço Ciência realizará uma mostra científico-tecnológica, selecionado e premiando os melhores projetos de alunos, professores orientadores e escolas da rede pública e privada do município de Santa Maria-RS, dentro do eixo temático principal “Cultura Digital e Educação: avanços e desafios da ciência e tecnologia”. Além disso, o evento oferecerá oficinas itinerantes durante o 1º semestre de 2019 sobre o tema, buscando alcançar a comunidade escolar e colaborar tanto para formação continuada de professores da educação básica e como para a construção de conhecimentos dos alunos sobre fazer ciência e quais as implicações da cultura digital para a educação.
  • Universidade Franciscana - RS - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Thais Soares Kronemberger

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • gestão social e esfera pública: em busca da efetividade participativa na promoção do desenvolvimento
  • O projeto em tela insere-se na temática sobre a interface entre gestão social e esferas públicas na construção da cidadania e democracia participativa. Tem como principal objetivo analisar os arranjos institucionais de participação no município de Volta Redonda-RJ e sua contribuição para a elaboração de políticas e projetos públicos dedicados ao bem estar social da população. A escolha do município de Volta Redonda, localizado na microrregião do Vale do Paraíba Fluminense no estado do Rio de Janeiro, justifica-se pelas iniciativas da gestão pública atual em promover ações de fortalecimento dos mecanismos institucionais de cogestão entre Estado-Sociedade refletidas na inserção da diretriz participativa em instrumentos de gestão, como o plano plurianual (2018-2021), o planejamento estratégico do município (2017-2037), além da implantação do orçamento participativo na modalidade híbrida pelo uso das tecnologias da informação e comunicação (TICs). Por gestão social compreende-se a gestão participativa no campo das políticas públicas, visando à deliberação como forma de decisão política sobre questões relacionadas ao desenvolvimento do território (TENÓRIO, 2010; 2008). Para tanto, a constituição de esferas públicas se tornaria necessária para a realização do processo de discussão e da prática deliberativa, constituindo, desta maneira, o lócus da gestão social no território (CANÇADO; PEREIRA; TENÓRIO, 2013). Parte-se do pressuposto que a prática democrática, dialógica e participativa é geradora de oportunidades sendo o seu fortalecimento essencial para garantir melhores condições de vida à sociedade, o que a torna um componente do desenvolvimento (SEN,2000). A metodologia da pesquisa, de natureza qualitativa e do tipo exploratório, adota o método de estudo de caso. A coleta de dados será realizada por pesquisas bibliográfica, documental e de campo. O tratamento dos dados possuirá a forma qualitativa, a partir da técnica de análise de conteúdo por grade mista, na qual categorias de análise serão definidas preliminarmente sendo também incorporadas durante o processo de análise. Os resultados esperados encontram-se na dimensão de análise sobre a efetividade dos arranjos institucionais de participação na gestão pública e sua contribuição para a elaboração de políticas públicas municipais. Pretende-se gerar um diagnóstico propositivo que alie pesquisa e extensão universitária a partir da identificação de entraves no funcionamento destes espaços para, com isso gerar propostas que fortaleçam os mecanismos de democracia participativa no município em tela ou até mesmo evidenciar questões que redefinam a dinâmica de funcionamento destes espaços.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thaísa Sala Michelan

Ciências Biológicas

Ecologia
  • efeitos de uma invasora nos padrões macroecológicos de comunidades nativas: uma comparação entre sua área de origem (brasil) e uma área invadida (china)
  • Os estudos sobre invasões biológicas têm um grande interesse aplicado, voltado para o manejo das espécies introduzidas que se tornam praga, mas são também uteis para testar hipóteses ecológicas, evolutivas e biogeográficas. Interações interespecíficas, especialmente entre espécie nativa e invasora, mesmo em escalas espaciais e temporais menores, podem se propagar para escalas regionais e alterar padrões macroecológicos. No presente projeto, pretendemos testar se as invasões por macrófitas aquáticas alteram alguns dos padrões macroecológicos que são largamente descritos por essa área da ecologia, preencher algumas lacunas conceituais que unem a teoria das invasões biológicas à macroecologia, em ecossistemas aquáticos tropicais e comparar padrões macroecológicos da comunidade nativa de macrófitas e como eles são influenciados por uma espécie altamente invasora usando como controle o local de origem dessa espécie (região neotropical). Testaremos a hipótese de que “os padrões macroecológicos sofrem alterações no local onde a espécie invasora foi introduzida, mas não no local onde ela é nativa”. Nesse trabalho dividimos os padrões a serem testados em três enfoques macroecológicos: (a) mudança nos padrões de frequência de distribuição de atributos; (b) mudança nos padrões de relação entre atributos e (c) padrões de alterações dos atributos no espaço e tempo. Nesse trabalho serão coletadas amostras em 100-120 ecossistemas distribuídos na Amazônia (Estado do Pará), no sul do Brasil (Estados do Paraná e São Paulo) e na China (Província de Yunnan). Em cada estação de amostragem será lançado um quadrado de 1m2 (1m x 1m) em estandes dominado por E. crassipes e em estandes não colonizados ou não dominados por essa espécie. Todas as espécies presentes dentro dos quadrados serão registradas e atribuídas, visualmente, os respectivos valores de porcentagem de cobertura. Para cada enfoque macroecológico será feito uma análise estatística, sendo que: (i) para testar diferenças na composição das comunidades e na diversidade beta com e sem dominância E. crassipes, foi utilizada uma análise de variância multivariada permutacional e aplicado o teste de homogeneidade de dispersão; (ii e iii) as distribuições geométricas e log-normais (para assembleias invadidas e não invadidas, respectivamente e entre os dois países no qual E. crassipes é nativa e invasora - Brasil e China) serão testadas utilizando o teste de bondade de ajuste de Kolmogorov-Smirnov; (iv) para a relação entre abundância local e o número de locais colonizados em uma região será empregada uma ANCOVA considerando a abundância local e a área (respectivamente) como variáveis contínuas e locais com e sem dominância de E. crassipes como fator nos dois países; e (v) para a relação S-Área será realizada uma ANCOVA para testar o paralelismo das retas entre assembleias com e sem dominância de E. crassipes para os dois países.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thales Domingos Arantes

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • diagnóstico micológico, caracterização molecular (filogenética) e epidemiológica de sporothrix spp. na região metropolitana de natal/rn
  • A esporotricose é uma micose subcutânea de perfil zoonótico, comum em áreas tropicais e temperadas, causada por fungos termo-dimórficos do gênero Sporothrix. A forma micelial é saprófita de solos ricos em matéria orgânica, que por implantação traumática (via clássica) ou por inalação de partículas fúngicas viáveis (via alternativa) infectam hospedeiros susceptíveis, convertendo-se na forma de levedura quando em parasitismo. No Brasil, as espécies patogênicas de Sporothrix mais frequentes são: Sporothrix schenckii sensu strictu, S. brasiliensis e S. globosa, enquanto a espécie S. mexicana é menos frequente. Como zoonose, a esporotricose é mais frequente em gatos, quando comparada a outros animais, devido ao comportamento territorialista dos gatos, associado à maior capacidade de disseminação do fungo nestes hospedeiros. No Rio Grande do Norte, nenhum caso havia sido reportado até meados de 2016, ano em que um quadro epizoótico teve início. Atualmente devido ao grande número de casos confirmados em felinos e humanos a esporotricose tornou-se um problema em saúde pública no Natal e região metropolitana. O correto diagnóstico desta micose direciona o tratamento, possibilitando também a caracterização biológica da espécie fúngica. Por este motivo, objetivamos isolar e identificar (cultura e PCR-RFLP do gene da Calmodulina) os Sporothrix spp. obtidos principalmente em amostras animais e esporadicamente em casos de infecção humana. Como proposta inovadora, esperamos estabelecer no diagnóstico da esporotricose o uso dos elementos genéticos autocatalíticos introns do grupo I e intein PRP8 como marcadores moleculares, que podem também gerar informação para associação destes como potenciais alvos terapêuticos no tratamento da esporotricose.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-31/10/2022
Foto de perfil

Thales Renato Ochotorena de Freitas

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • estudo de longa duração dos golfinhos nariz-de-garrafa, tursiops truncatus, do arquipélago de são pedro e são paulo, e avaliação da biodiversidade das águas do entorno através de uma abordagem ecossistêmica (dna ambiental e monitoramento acústico passivo)
  • Mais de 20 anos de pesquisa sendo desenvolvidas no Arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP) viabilizou não apenas descobertas sobre a biodiversidade local, mas também informações acerca de suas relações biológicas e do grau de vulnerabilidade de algumas espécies. Uma dessas descobertas, no início do PROARQUIPÉLAGO, foi a existência de uma população de golfinhos nariz-de-garrafa, Tursiops truncatus, nas águas de São Pedro e São Paulo, que desde 2005, e ao longo de três edições do Programa (Editais MCT/CNPq nº 56/2005, 26/2009, 39/2012), vem sendo monitorada pela nossa equipe. Os dados obtidos até o momento são surpreendentes e intrigantes, mas, sobretudo preocupantes. Através do monitoramento inicial dos animais por foto-identificação, descobrimos que a população é residente, composta por indivíduos com altos índices de fidelidade ao local. Mas, ao contrário do esperado para uma população tão pequena e geograficamente isolada, ao analisarmos os dados de biologia molecular, constatamos que essa população não apresentava evidências de endocruzamento e tampouco de ser geneticamente fechada, apresentando haplótipos compartilhados com populações do Atlântico Norte. Já os estudos de bioacústica revelaram o uso de sinais de comunicação específicos, provavelmente devido a adaptações às características do ambiente oceânico e distanciamento geográfico de outros grupos. Todas essas informações são inéditas, instigantes e despertam o interesse em aprofundar as pesquisas. Recentemente, análises de contaminantes trouxeram também uma apreensão – estes animais, apesar da considerável distância da ação direta de atividades antrópicas, exibem altos índices de poluentes orgânicos persistentes. As relações da cadeia trófica, dinâmica dos processos de bioacumulação e biomagnificação, a influência das correntes atmosféricas e oceânicas na dispersão destes compostos, assim como o impacto destes contaminantes a médio e longo prazo na reprodução, sobrevivência e viabilidade dessa população, ainda precisam ser estabelecidas. Com isto, torna-se imperativo o monitoramento dessa população, bem como a reavaliação e aprofundamento dessas informações. Pretendemos, assim, ampliar o número de amostras coletadas para análises genéticas e de contaminantes. O sequenciamento de nova geração, a ser usado pela primeira vez nessa população, é uma análise que permite investigar os parâmetros populacionais, sócio-genéticos e reprodutivos, superando muitas limitações do sequenciamento tradicional. Como possuímos dados prévios dessa população, essa análise ainda permitirá traçar uma comparação demográfica ao longo dos anos. Como complemento às análises de contaminantes serão avaliadas as lesões no DNA através da medida do comprimento telomérico, uma abordagem inovadora que acessa o status de saúde da população. Também será mantido o monitoramento visual, atualizando-se o catálogo de fotoidentificação e ampliando-se a área de estudo ao redor do ASPSP para reavaliar o tamanho e composição da população, o desaparecimento ou surgimento de novos indivíduos e, principalmente, o nascimento de filhotes. Do mesmo modo, dar-se-á sequência ao estudo de monitoramento acústico, determinado padrões de ocupação diária e sazonal e uso do habitat pela população. Mamíferos marinhos são animais de vida longa, e muitos problemas decorrentes das ações antrópicas, como um eventual declínio populacional devido à redução na fertilidade causada por contaminantes, são revelados somente após anos de monitoramento. Apesar disto, podem ser considerados organismos bioindicadores para o ambiente onde se encontram, sinalizando problemas que passariam despercebidos. Salientamos que a presente proposta parte de uma base de dados prévia, com informações coletadas em 18 expedições anteriores, o que permite reavaliá-las, refiná-las e compará-las, expandindo o conhecimento atual sobre essa população. Este é o primeiro estudo de longa-duração de uma população oceânica de golfinhos dessa espécie no Oceano Atlântico Equatorial, e o PROARQUIPÉLAGO, através de um esforço constante de aporte de recursos e capacitação de pesquisadores, vêm permitindo que estudos com tal viés sejam desenvolvidos nas regiões da ZEE Brasileira. Esta é uma oportunidade única para a comunidade científica estudar a ecologia da espécie em ambiente pelágico, contribuindo para seu conhecimento a um nível global. Outras espécies podem revelar preocupações similares quanto ao seu status de conservação. Assim, o presente projeto propõe-se a avaliar a biodiversidade e os níveis de contaminação de cetáceos e peixes nas águas do ASPSP, valendo-se da inovadora e não-invasiva técnica de DNA ambiental. Organismos-chave na cadeia trófica serão avaliados a fim de se estimar os níveis de bioacumulação de poluentes. Será também iniciado o monitoramento acústico passivo, registrando a diversidade das espécies de cetáceos nas adjacências do ASPSP. Com isto, espera-se gerar um quadro representativo da região, permitindo a comparação da biodiversidade e qualidade ambiental com outros ecossistemas, e servindo como banco de dados de referência para trabalhos futuros. Além de tecnologias robustas, reuniu-se uma equipe multidisciplinar, com pesquisadores de diversas áreas do conhecimento, como zoologia, genética, ecologia, oceanologia e bioacústica. O projeto compromete-se ainda com alguns dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, como o que se refere à conservação dos oceanos, mares e recursos marinhos. As ilhas oceânicas abrangem cerca de 3% da superfície do planeta, e devido ao seu isolamento geográfico são ambientes que abrigam uma biodiversidade única, sendo conhecidos como viveiros da vida marinha. Pesquisas desenvolvidas no âmbito do ASPSP, principalmente as que visam desvendar a complexidade dos ecossistemas, levando em consideração animais sentinelas e processos oceânicos, podem oferecer informações capazes de contribuir substancialmente em tomadas de decisão relativas à conservação.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 28/11/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Thales Ricardo Cipriani

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • polissacarídeos quimicamente sulfatados: reprodutibilidade de obtenção, estabilidade e possibilidade de utilização como anticoagulantes in vivo e in vitro
  • Os distúrbios no sistema hemostático causam doenças como o tromboembolismo arterial e venoso, as quais apresentam uma taxa alta de mortalidade. Até hoje, estas doenças são tratadas com agentes anticoagulantes e antitrombóticos, sendo a heparina o principal medicamento utilizado. Porém, efeitos secundários do tratamento com heparina, como trombocitopenia e reações cutâneas podem ser observadas. Na busca de alternativas à heparina, muitos estudos têm sido realizados com polissacarídeos naturalmente ou quimicamente sulfatados. A sulfatação química de polissacarídeos têm produzido moléculas com atividades anticoagulante e antitrombótica, contudo, poucos estudos têm sido realizados com polissacarídeos quimicamente sulfatados obtidos por meio de métodos de sulfatação otimizados. Neste sentido, o presente projeto pretende avaliar a reprodutibilidade de obtenção e a estabilidade de polissacarídeos quimicamente sulfatados com atividades anticoagulante e antitrombótica, obtidos por um método de sulfatação otimizado. Os polissacarídeos sulfatados serão também avaliados quanto às suas possibilidades de uso crônico in vivo, em ratos, e de uso como anticoagulantes para análises clínicas. Espera-se que os polissacarídeos sulfatados, com atividades anticoagulante e antitrombótica, sirvam como possíveis alternativas de interesse farmacológico para os tratamentos de distúrbios na coagulação sanguínea e/ou para utilização como anticoagulantes in vitro, viabilizando análises clínicas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thalles Barbosa Grangeiro

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • enzimas para desconstrução da quitina codificadas no genoma de chromobacterium violaceum: validação experimental, caracterização bioquímica e avaliação do potencial antifúngico
  • Depois da celulose, a quitina é o polissacarídeo mais abundante na natureza. Os genomas microbianos têm se revelado fontes promissoras de enzimas capazes de degradar esse polissacarídeo recalcitrante, que poderão ser exploradas no desenvolvimento de produtos inovadores para a agricultura, medicina e indústria. Dentre as possíveis aplicações dessas enzimas estão o biocontrole de fungos patogênicos e a obtenção de quito-oligossacarídeos com atividade antibacteriana e com capacidade de suprimir tumores. O sequenciamento completo do genoma da bactéria de vida-livre Chromobacterium violaceum revelou genes com potenciais aplicações biotecnológicas em diversas áreas. O presente projeto de pesquisa tem como objetivo a validação experimental e caracterização funcional e estrutural de enzimas hidrolíticas e oxidativas codificadas no genoma de C. violaceum ATCC 12472, com uso potencial na desconstrução da quitina. Para tal, genes sintéticos codificando enzimas de C. violaceum pertencentes a diferentes famílias de hidrolases de glicosídeo e mono-oxigenases líticas de polissacarídeo serão usados para produzir as proteínas recombinantes em células de Escherichia coli. As proteínas recombinantes serão purificadas e caracterizadas em relação a aspectos bioquímicos e estruturais. Além disso, o potencial dessas enzimas de C. violaceum como moléculas antifúngicas também será avaliado.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thalles Vitelli Garcez

Engenharias

Engenharia de Produção
  • modelo de decisão para análise de risco multidimensional de acidentes de trânsito das rodovias federais no estado de pernambuco: uma abordagem multicritério dinâmica
  • Este projeto de pesquisa visa o desenvolvimento de um modelo de decisão para análise de risco de acidentes de trânsito nas rodovias federais, considerando a multidimensionalidade do risco e o processo de decisão dinâmico. Milhares de pessoas, todos os anos, são vítimas de acidentes de trânsito, constituindo um importante problema de saúde pública. Especificamente, no Brasil, os acidentes de trânsito representam uma das principais causas de morte e invalidez da população economicamente ativa. Múltiplos fatores de risco relacionado às condições das rodovias, aos condutores, ao ambiente e aos veículos podem suscitar em acidentes de trânsito. Além disso, é evidente a múltiplas dimensões de consequências decorrentes de acidentes de trânsito, que podem suscitar perdas materiais (financeiras), perdas ambientais, perdas humanas, perdas psicologias, perdas de força de trabalho, etc. O conhecimento e a análise da realidade desses acidentes podem auxiliar no planejamento de programas de prevenção adequados à realidade da rodovia. Para tal, este projeto de pesquisa se propõe, de forma inédita, a investigar a relação da multidimensionalidade do risco em acidentes de trânsito e a dinamicidade do processo de decisão nas rodovias federais. Espera-se, como resultado do modelo proposto, pôr à disposição da sociedade e dos órgãos relacionados à segurança viária, uma visão ampliada e estruturada do processo de decisão de análise de risco de acidentes nas rodovias federais, considerando os aspectos da multidimensionalidade do risco e dinamicidade do processo de decisão. Além disso, espera-se aplicar e validar o conhecimento adquirido através de estudo de caso no estado de Pernambuco.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thállitha Samih Wischral Jayme Vieira

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • ehrlichia em equinos: um achado ou um patógeno emergente?
  • Ehrlichia sp. são bactérias intracelulares obrigatórias, gram-negativas e pleomórficas que infectam uma grande variedade de espécies mamíferas. Entre os animais domésticos, a doença tem sido extensivamente estudada em cães, mas provavelmente negligenciada em outras espécies animais. Em equinos, poucos estudos descrevem a presença de anticorpos anti-Ehrlichia spp. e uma potencial nova espécie desta bactéria foi detectada molecularmente em cavalos clinicamente sadios de Nicarágua. Recentemente, nosso grupo detectou por meio de sorologia e métodos moleculares uma nova espécie de Ehrlichia sp. infectando equinos do Brasil, e com base na análise filogenética dos genes 16S rDNA, sodB e groEL é provável que ambas espécies encontradas na Nicaragua e no Brasil sejam as mesmas. Embora, os sinais clínicos da infecção e o vetor principal permaneçam desconhecidos, nossa hipótese é que a nova espécie de Ehrlichia é transmitida por carrapatos e infecta equinos no Brasil. Considerando o caráter zoonótico deste gênero de bactérias, associado ao contato íntimo entre equinos e seres humanos, a caracterização da espécie de Ehrlichia que infecta equinos se faz necessária para obter mais informações sobre a história natural deste agente. Assim, objetiva-se na presente proposta o isolamento, sorologia e caracterização molecular de Ehrlichia sp. em equinos e carrapatos, e os principais fatores associados a infecção. Para isto, um total de 384 amostras de sangue de cavalo serão coletadas de todos os seis biomas brasileiros. O estudo envolverá ainda a avaliação clínica dos animais, coleta e identificação de carrapatos, além do preenchimento de um questionário epidemiológico pelos proprietários dos animais. As amostras serão submetidas a reação de imunofluorescência indireta (RIFI) para detecção de anticorpos anti-Ehrlichia spp., isolamento em cultura de células DH82 e protocolos de PCR convencional e em tempo real para detecção de fragmentos do gene 16S rRNA, dsb, sodB, trp36 e groEL do gênero Ehrlichia, sequenciamento e análise filogenética. No Brasil, casos refratários de piroplasmose equina têm sido tratados com oxitetraciclina, fármaco tipicamente efetivo contra espécies de Ehrlichia. Desta forma, a erliquiose equina pode estar sendo negligenciada no país. Esperamos mapear a ocorrência de Ehrlichia sp. em cavalos nos biomas brasileiros. Além disso, o isolamento da nova espécie de Ehrlichia sp. em equinos fornecerá informações para a caracterização do agente, o vetor e os sinais clínicos da infecção, além de auxiliar no desenvolvimento de métodos diagnósticos específicos para o agente, estratégias de controle e prevenção do agente.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thannya Nascimento Soares

Ciências Biológicas

Botânica
  • delimitação genética das populações e espécies pterodon emarginatus e pterodon pubescens (leguminosae) no cerrado
  • A árvore popularmente denominada de “sucupira branca” engloba duas espécies de plantas, Pterodon emarginatus e Pterodon pubescens, que são morfológica e evolutivamente muito semelhantes, tanto que já foram consideradas como uma espécie apenas, apresentando variações de morfotipos. Estas espécies são muito utilizadas na medicina popular pelas comunidades da região do bioma Cerrado e também apresentam bom potencial de exploração da sua madeira, o que as coloca como importantes recursos genéticos florestais. O uso de diferentes marcadores moleculares (nucleares e cloroplastidiais) e de citogenética molecular pode auxiliar no entendimento da história evolutiva e do padrão de diversificação das populações e espécies do complexo “sucupira branca”. Além disso, o estudo de diversidade e estrutura genética destas populações é importante para o estabelecimento de estratégias eficientes para o aproveitamento da sucupira branca como recurso florestal, bem como para a sua conservação. Neste projeto serão realizados estudos de citogenômica, filogeografia e de estrutura genética populacional das espécies P. emarginatus e P. pubescens, com o intuito de fornecer informações sobre a história evolutiva das populações e processo de diversificação destas espécies.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thatianny Tanferri de Brito Paranaguá

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • avaliação do missed nursing care e sua associação com o nível de estresse no trabalho em serviços obstétricos das regiões norte e centro-oeste do brasil.
  • Introdução: A gravidez e o parto são processos complexos, com alto potencial de intercorrências e de incidentes que resultam em dano, denominados de eventos adversos (REIS, 2014; OMS, 2009). A incidência de eventos adversos em serviço obstétrico é estimada em 38,95% (TRAVERZIM, 2015). Poucos são os estudos que tratam dessa temática no contexto brasileiro, sendo essencial o seu incentivo em decorrência da demanda da população. No Distrito Federal, 26,6% das internações hospitalares são relacionadas à gravidez, parto e puerpério; na região Norte e Centro Oeste, essas internações correspondem, respectivamente, a 29,66% e 20,53% (BRASIL, 2016). Apesar da disponibilidade de serviços obstétricos de referência para as gestantes de alto e baixo risco, a alta demanda aliada à falta de recursos financeiros e de profissionais da saúde capacitados, eleva o risco de sobrecarga dos serviços de assistência à saúde (FREEDMAN, 2007). Diante disso, os profissionais se veem incapazes de fornecer todos os cuidados necessários a seus pacientes, sendo forçados a atrasar ou omitir alguns cuidados (AUSSERHOFER et al., 2014; JONES; HAMILTON; MURRY, 2015; KALISCH; LANDSTROM; HINSHAW, 2009). A deficiência de recursos humanos e materiais, trabalho em equipe e comunicação implica em necessidade de estabelecer prioridades no cuidado, caracterizando o cenário de omissão de cuidados ou missed care. O missed care é definido como omissão total ou em parte ou atraso de qualquer aspecto do cuidado necessário ao paciente (KALISCH; LANDSTROM; HINSHAW, 2009). Na enfermagem, o missed nursing care é um incidente de difícil identificação, porém com repercussões tão nocivas quanto aquelas consequentes dos erros de comissão, como um erro de administração de medicamento, por exemplo. O nível de estresse também pode estar associado ao baixo desempenho e está relacionado a uma percepção individual das demandas que são feitas, da capacidade de resolver tais demandas (controle no trabalho) e do apoio social. Ele é gerado quando há um desequilíbrio resultante da relação entre demandas no trabalho e a habilidade efetiva do trabalhador no enfrentamento das situações estressoras (CLANCY; MCVICAR, 2002; VIEIRA; GUIMARÃES; MARTINS, 1999). Frente ao exposto, questiona-se: Quais são os cuidados de enfermagem omitidos nos serviços obstétricos? Quais as razões atribuídas pelos profissionais para sua ocorrência? Existe relação entre o nível de estresse no trabalho e a ocorrência de missed nursing care obstétrico? Objetivo: Analisar a ocorrência de missed nursing care obstétrico e sua associação com o nível de estresse no ambiente de trabalho dos profissionais de enfermagem nas regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil. Objetivos Específicos: elaborar e validar um instrumento de avaliação de missed nursing care obstétrico; levantar a ocorrência de missed nursing care obstétrico nas regiões Norte e Centro-Oeste; analisar o nível de estresse no ambiente de trabalho da equipe de enfermagem em serviços obstétricos; verificar associação entre o missed nursing care e nível de estresse no ambiente de trabalho. Método: Estudo multicêntrico que adotará dois delineamentos metodológicos: 1) estudo metodológico que guiará o processo de elaboração e validação do instrumento de mensuração do missed nursing care obstétrico; 2) estudo observacional, transversal e analítico para o levantamento da ocorrência de missed nursing care obstétrico e nível de estresse no ambiente de trabalho. Na primeira etapa do estudo (validação do instrumento), a população será composta por dois grupos. Um consistirá no painel de especialistas que procederá a validação de conteúdo do instrumento elaborado. O outro (para validação psicométrica) consistirá nos profissionais da equipe de enfermagem que prestam assistência à parturiente, em um hospital público do Distrito Federal. Na segunda etapa do estudo, o cenário consistirá nos serviços de saúde de referência das capitais situadas nas Regiões Centro-Oeste e Norte. Serão incluídos no estudo profissionais de enfermagem que atuam no serviço pelo menos há um mês. Serão excluídos os profissionais que estiverem de licença ou férias no período de coleta de dados, profissionais que possuem cargo comissionado (em função administrativa) e profissionais com restrição de alguma atividade laboral (de peso, por exemplo) que poderá influenciar na resposta do estudo. Além do instrumento validado na primeira fase do estudo, será utilizado o “Job Stress Scale”, escala validada que avalia o nível de estresse no ambiente de trabalho. A coleta de dados durante o painel de especialistas se dará via web e, as demais fases serão realizadas no ambiente de trabalho do profissional. Os dados serão analisados com estatística descritiva e correlacional. A pesquisa atenderá todos os aspectos da Resolução nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde (BRASIL, 2013b); será encaminhado para o Comitê de Ética em Pesquisa, via Plataforma Brasil e somente será iniciado após sua aprovação. Resultados esperados: Validação do instrumento para avaliar o missed nursing care obstétrico; indicadores relacionados à ocorrência do missed nursing care; nível de estresse da equipe de enfermagem, no ambiente de trablho; relação entre nível de estresse e ocorrência de missed nursing care. Esperamos com este estudo levantar dados que identifiquem as fragilidades contidas nos serviços obstétricos e quais fatores, sinalizados pelos próprios autores do processo assistencial, que contribuem para omissão de cuidados obstétricos dos profissionais de enfermagem. Munidos destes dados, obteremos um diagnóstico e compreensão situacional que nos possibilitará construção de estratégias pontuais e assertivas, minimizando e corrigindo as deficiências institucionais e profissionais, melhorando a qualidade e segurança da assistência prestada às parturientes, puérperas e seus recém-nascidos.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thayse Natacha Queiroz Ferreira Gomes

Ciências da Saúde

Educação Física
  • crescimento, estatuto ponderal, atividade física, sedentarismo e indicadores de risco para a saúde: um estudo multinível em crianças da região metropolitana de aracaju-se
  • É inquestionável o papel desempenhado pelos fatores ambientais sobre o crescimento, desenvolvimento, estilo de vida e saúde de seus jovens. Tal fato é ilustrado a partir da observação dos acelerados processos de urbanização e transição demográfica, que refletem em mudanças econômicas, sociais e culturais, e que têm contribuído para modificar, sobremaneira, o status de saúde da população a nível mundial, com reflexo na estatura e composição corporal dos jovens, bem como em seus hábitos e comportamentos (adoção de um estilo de vida sedentário e inativo). Daqui que alterações alimentares e comportamentais têm contribuído para o aumento na prevalência de sobrepeso/obesidade a nível mundial, ao qual se associa um aumento na incidência e em casos de morte por doenças crônicas não-transmissíveis . Esta relação deletéria entre inatividade física e desenvolvimento de doenças crônicas não-transmissíveis, apresenta-se ainda mais preocupante quando da observação de dados de prevalência, na população pediátrica, a nível global - mais de 80% dos jovens não atingem as recomendações de atividade física, e 23.8% dos meninos e 22.6% das meninas dos países desenvolvidos, e 12.9% e 13.4% de seus respectivos pares de países em desenvolvimento, apresentam excesso de peso. No contexto brasileiro, os dados são igualmente preocupantes, com informações de que a prevalência de sobrepeso, neste estrato etário, atingiu, em 2008-2009, 34.8% dos meninos e 32% das meninas; e estudos existentes mostram valores baixos de atividade física em amostras oriundas de diferentes estados/regiões. Portanto, não é de surpreender que alguns indicadores de risco e fatores predisponentes ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares já sejam observados com algum expoente na população pediátrica, tais como a diabetes tipo-2 , hipertensão arterial e síndrome metabólica . Não obstante os fatores de natureza comportamental terem destaque no que diz respeito ao crescimento e saúde, há de se ter atenção, também, aos preditores biológicos e socioeconômicos associados a tal cenário, tais como o peso ao nascer e as condições socioeconômicas sob as quais os jovens se encontram durante o processo de crescimento e desenvolvimento, bem como o ambiente no qual o sujeito está inserido e, no caso dos jovens, o contexto escolar. Daqui que um olhar sobre estas variáveis a partir de uma perspectiva ecológica, possa fornecer respostas às lacunas existentes acerca desta temática . Parece ser clara a relevância de compreender os fatores determinantes do crescimento, estatuto ponderal, atividade física, sedentarismo e saúde dos jovens, bem como a complexidade da relação estabelecida entre os mesmos, visando melhoras do quadro geral de saúde na vida futura. Ainda mais relevante estas informações podem ser se oriundas de uma região economicamente em vias de desenvolvimento, passando pelos processos de transição demográfica e epidemiológica, com possíveis alterações nos hábitos e estilo de vida de sua população e, por conseguinte, em sua saúde, como é o caso de muitas cidades da região Nordeste do Brasil.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thayza Christina Montenegro Stamford

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • cobertura comestível bioativa de nanoparticulas de quitosana fúngica modificada/óleo da semente de maracujá: biotecnologia ecosustentavel para preservação de frutas
  • Há um crescente número de pesquisas sobre aplicações de resíduos industriais, principalmente subprodutos do processamento de matéria-prima de origem vegetal, trazendo benefício econômico e impacto ambiental positivo às comunidades. Dessa forma, faz-se necessário analisar as características desses subprodutos, para melhor direcionar sua utilização. A semente como um todo apresenta composição com potencial nutricional e funcional, podendo ter aplicabilidade na área alimentícia. A presente pesquisa apresentará novas perspectivas sobre o aproveitamento de semente de maracujá como matéria-prima de grande potencial nutricional e como produto bioativo associado à quitosana modificada para preservação de frutas. Atualmente, as coberturas comestíveis são alternativas estudas para a conservação de frutas. Uma vez que outros tipos de conservantes (agrotóxicos e aditivos químicos) utilizados podem causar danos ao organismo humano e mudanças nas características físico-química dos produtos, além do impacto ambiental. Dessa forma, o presente projeto de pesquisa objetiva verificar a influência na composição química e na bioatividade de óleo da semente do maracujá por diferentes métodos de extração e preparar cobertura comestível contendo o óleo incorporado ao gel de quitosana modificada e/ou as nanoparticulas de quitosana modificada para conservação de frutas. A semente de maracujá será doada por empresa de polpas de frutas da região. Depois de moídas, as sementes serão analisadas quanto à sua composição centesimal. A extração do óleo será realizada através dos seguintes métodos: prensagem a frio, ultrassom, Soxhlet e hidrodestilação. Os óleos obtidos terão seus rendimentos acompanhados e serão caracterizados pela determinação de seus constituintes por cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa, também serão determinados: identificação e quantificação dos tocoferóis será realizada, através de cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC); determinação do teor de compostos fenólicos será realizada pelo método de Folin–Ciocalteu. Pelo método de prensagem da semente será gerado um resíduo, a torta da semente, a qual será utilizada para preparo de farinha. A farinha da torta de semente de maracujá será produzida por tratamento térmico e moagem e caracterizada quanto sua composição centesimal e aos seus aspectos físico-químicos, para compor a formulação de meio de cultivo de baixo custo, juntamente com o resíduo manipueira, também cedido por firma regional, tendo a composição determinada por planejamento fatorial 22 para produção de biomassa de fungo Mucorales e produção de quitina e quitosana. A quitosana será extraída da biomassa do fungo por processo álcali-ácido e posteriormente será submetida à preparação na forma de cloridrato de quitosana e de citrato de quitosana/frutose reação de Maillard, para obtenção de derivas da quitosana mais estáveis e com potencial bioativo potencializado. No intuito de obter um sistema nanocoloidal será preparado nanoparticulas das quitosanas modificadas para encapsulação dos óleos obtidos. As nanopartículas, com e sem óleo de semente de maracujá, serão caracterizadas pelas técnicas de Espalhamento Dinâmico de Luz, Microscopia Eletrônica de Varredura e Transmissão e Espectroscopia de Infra-vermelho. Para a determinação da estabilidade coloidal das nanopartículas e dos geis de quitosana, com e sem óleo de semente de maracujá, serão analisados as medidas de tamanho, potencial zeta, turbidez, viscosidade e índice de polidispersão. Serão realizados ensaios de atividade antioxidante, antimicrobiana, citotoxicidade com os óleos obtidos e as quitosanas modificas na forma de gel e nanoparticulas associadas ou não com o óleo da semente de maracujá. As substâncias com melhores bioatividades e biocompatibilidade serão utilizadas para obtenção das coberturas comestíveis para aplicação em frutos (caju, morango e uva). Serão avaliados os efeitos das coberturas obtidas sobre fungos pós-colheita (crescimento micelial radial, germinação espórica, morfologia fúngica), bioatividade (infecção do fruto antes a após aplicação da cobertura) e qualidade físico-química, microbiologica e sensorial dos frutos armazenados a temperatura ambiente e de refrigeração durante 12 e 24 dias, respectivamente. Dessa forma, a presente pesquisa apresentará alternativas para o aproveitamento de resíduo da cultura do maracujá, com a implementação de técnicas sustentáveis para a extração do óleo de semente de maracujá. Este coproduto apresenta alto valor agregado, contribuindo, também, para a economia da região. Novos direcionamentos para subprodutos, como as sementes do maracujá, contribuirá para o aumento de trabalhos de sustentabilidade da cadeia produtiva pelo setor, diminuindo o desperdício e o impacto ambiental gerado; e valorizando um produto local, cujas características ainda são pouco disseminadas
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thelma Elita Colanzi

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • opla - otimização evolutiva e interativa de arquitetura de linha de produto de software
  • A Arquitetura de Linha de Produto (PLA) é um dos artefatos mais importantes de uma Linha de Produto de Software (LPS). No entanto, o projeto de PLA é uma atividade custosa, influenciada por diversos fatores e não possui uma única solução possível. Problemas como este têm sido resolvidos com sucesso dentro do campo de pesquisa denominado Search-Based Software Engineering (SBSE), e com a aplicação de algoritmos de busca tais como algoritmos genéticos. Nesse contexto, foi proposta a abordagem Multi-Objective Approach for PLA Design (MOA4PLA) tem como objetivo a otimização de projeto de PLA usando algoritmos de busca visando a facilitar a atividade de projeto. A partir de uma PLA original, a MOA4PLA automaticamente obtém alternativas de projeto para melhorar o projeto original em termos dos objetivos selecionados para a otimização. A abordagem (a) possui operadores de busca específicos para o problema, (b) inclui um metamodelo para representar o projeto de PLA e assim permitir a manipulação da PLA pelos algoritmos de busca, (c) permite aplicar padrões de projeto durante o processo de otimização e preservar estilos arquiteturais utilizados no projeto original, (d) contém um modelo de avaliação composto por métricas de software para avaliar propriedades arquiteturais relevantes do ponto de vista de LPS e (e) permite utilizar diferentes algoritmos de busca. No entanto, o uso de algoritmos de busca na otimização de projeto de PLA é um tópico de pesquisa incipiente, o qual inclui várias questões de pesquisa em aberto. A presente proposta de pesquisa tem como objetivo aprimorar a otimização de projeto de PLA incluindo novas características à abordagem de otimização MOA4PLA a saber: desenvolvimento de novos operadores de cruzamento para projeto de PLA, tratamento de anomalias arquiteturais em projetos de PLAs, interação do usuário no processo de otimização utilizando aprendizagem de máquina, uso de algoritmo de busca que permite otimizar muitos objetivos simultaneamente, identificação e minimização de problemas relacionados à interação entre características de LPS, expansão da MOA4PLA para arquiteturas orientadas a micro serviços e avaliação qualitativa das soluções de projeto de PLA por especialistas. As propostas serão implementadas em uma ferramenta de suporte, chamada OPLA-Tool, e serão avaliadas experimentalmente. Pretende-se aperfeiçoar a OPLA-Tool a fim de efetuar seu registro de programa de computador. Os principais resultados esperados do projeto incluem (i) contribuições teóricas, práticas e experimentais para o campo de SBSE, que incluem algoritmos, técnicas e atividades ainda não exploradas por trabalhos da literatura e de crescente interesse na indústria de software, e (ii) fortalecimento do programa de pós-graduação e da graduação da instituição proponente.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thelma Leite de Araujo

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • acurácia e viabilidade econômica da medida oscilométrica da pressão arterial em serviços de saúde
  • O uso de aparelhos oscilométricos para medição da pressão arterial representa um avanço para a atenção na saúde cardiovascular, possibilitando reduzir os vieses introduzidos por erros decorrentes dos observadores e dos aparelhos destinados à medição auscultatória. Apesar de diferentes estudos internacionais e até nacionais, aprovarem sua eficácia em situações de teste, observa-se na prática que ainda são escassos nos serviços de saúde brasileiros. Ademais, mesmo internacionalmente não se dispõe de estudos de impacto econômico dos dispositivos automáticos para medida da pressão arterial, ainda que esta análise justifique-se em um contexto de limitação orçamentária dos serviços de saúde universais. A proposta tem como objetivo geral avaliar a usabilidade do método oscilométrico para medida da pressão arterial, em comparação ao método auscultatório convencional, considerando domínio da tecnologia, acurácia e viabilidade econômica. O eixo do estudo está organizado em dois subprojetos. O primeiro tem a finalidade de analisar afinidades e barreiras presentes em profissionais da área de saúde em relação ao uso de dispositivos oscilométricos para medida da pressão arterial na prática clínica, em uma provável substituição dos aparelhos de medida auscultatória. Terá como população enfermeiros, técnicos em enfermagem e médicos com no mínimo seis meses de experiência profissional e deverá ser realizado por meio de coleta de dados virtual, por ser esta uma forma viável para alcançar variados perfis de profissionais e de ambientes de atuação. A inclusão ampla de participantes é possível por meio virtual e essa pluralidade e pode reduzir o viés de uma análise focada em locais com ou sem a utilização do método oscilométrico para a medida da pressão arterial. O segundo tem o propósito de testar a efetividade do método oscilométrico em comparação ao método auscultatório convencional para medida da pressão arterial, considerando acurácia e viabilidade econômica. Será desenvolvido em três etapas: a primeira caracterizada como um Ensaio Clínico Randomizado visa determinar a acurácia da medida oscilométrica da pressão arterial em condições ideais e em situações limitantes; na segunda pretende-se verificar a efetividade da medida oscilométrica da pressão arterial em situações adversas por meio da análise das decisões clínicas de enfermeiros frente a situações teóricas; a terceira etapa se estabelece com a análise de custo-efetividade das medidas auscultatórias e oscilométricas de pressão arterial. Os resultados poderão não somente identificar a acurácia do método oscilométrico para medida da pressão arterial em situações comuns dos serviços de saúde, mas também identificar o impacto econômico das tecnologias, de modo a produzir evidências científicas para subsidiar a recomendação ou contraindicação da ampla adoção desse método na rotina dos equipamentos de saúde.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Thelma Lopes Carlos Gardair

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • i olimpíada de ciência e arte
  • A “I Olimpíada de Ciência e Arte”, a ser promovida pela Fundação Cecierj, pretende associar aspectos da dinâmica das olimpíadas científicas tradicionais a uma abordagem que valorize, ao mesmo tempo, conteúdos e os contextos nos quais foram produzidos. Para contribuir na construção de tais contextos, relacionará aos temas científicos, assuntos referentes às artes. Os participantes serão avaliados não apenas por meio de provas cujos conteúdos versarão sobre Física, Química, Biologia e História da Arte, mas também realizarão etapas experimentais. No registro de seus experimentos, aspectos estéticos serão considerados na competição colaborativa. Está previsto a produção de um catálogo de Arte, ao final, reunindo os trabalhos vencedores. Em termos de organização, os alunos devem estar organizados em grupos de quatro, mais um professor orientador. Deverá haver, pelo menos, um aluno de cada ano referente à categoria na qual a inscrição foi realizada. A escola poderá participar com até dois grupos, mas cada professor deverá responder por apenas um grupo. Estão previstos três categorias principais, além de menções honrosas e campeão pelo voto popular, a saber: a) Categoria 1 – 4º e 5º anos; b) Categoria 2 – 6º e 7º anos; c) Categoria 3 – 8º e 9º anos; d) Menção honrosa 1 – Meninas nas Ciências; e) Menção honrosa 2 – f) Escola Púbica e g) Campeão do voto popular. A primeira fase é eliminatória e se constituirá de prova on-line. Assim como a primeira, a segunda fase será realizada nas escolas, e constará da realização de um experimento que deve ser gravado em vídeo e registrado em diário de bordo. Neste registro, o participante, orientado pelo professor, deverá se preocupar com aspectos ligados à originalidade, criatividade e senso estético. Possui caráter classificatório. Terceira Fase – Composta pela reunião dos alunos classificados na segunda fase (nove grupos, três por categoria) ocorrerá nas dependências do Museu Ciência e Vida em Duque de Caxias (RJ), espaço pertencente à Fundação CECIERJ. Neste dia os grupos finalistas, três em cada categoria, serão convidados a participar de um evento com duração de um dia no espaço do museu, que será dividido em três momentos: Momento 1: RODA DE CONVERSA com especialistas e apresentação da versão prévia dos experimentos (9 às 12h). Participam finalistas e especialistas. A Fundação CECIERJ convocará, junto às universidades federais, estaduais e institutos de pesquisa do estado, no mínimo três pesquisadores de áreas relacionadas à ciência e arte para participarem de uma roda de conversa com os grupos de alunos selecionados sobre o tema de suas pesquisas. Após a conversa inicial, os três pesquisadores se dividirão em três espaços diferentes do museu para acompanhar a apresentação da versão prévia dos experimentos dos grupos. Cada pesquisador será o orientador de uma categoria, assistindo as apresentações dos grupos e emitindo sua opinião sobre as melhoras possíveis. As apresentações dos grupos de cada categoria irão ocorrer de forma simultânea em diferentes espaços do museu para que a maior parte do tempo da manhã seja utilizada na roda de conversa. Momento 2: CAFÉ INTERATIVO (12h às 14h). Participam finalistas e especialistas. Após as conversas e apresentações prévias na parte da manhã todos os finalistas e os especialistas terão a oportunidade de se conhecer melhor durante o intervalo do brunch. Esse momento de convivência será muito importante para aumentar o vínculo de alunos e especialistas, estreitando a relação entre a ciência produzida nas universidades e os alunos do ensino fundamental. Todos serão estimulados a trocar contatos para que a relação entre finalistas e especialistas continue após o evento. Momento 3: CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO(14 às 17h). Apresentação da versão final dos experimentos, divulgação dos vencedores e premiação. Após o café, em evento aberto ao público, teremos a apresentação final de todos os experimentos. Após a apresentação final dos experimentos os especialistas irão se reunir para escolherem a ordem dos colocados em cada categoria. Além disso, o público participante irá receber uma ficha no início do evento para ser preenchida com o nome de um grupo de alunos por categoria. O grupo de cada categoria que receber mais votos do público será premiado como "Campeão do voto popular". Esse prêmio será entregue juntamente com as medalhas previstas para 1°, 2° e 3° colocados em cada categoria e as menções honrosas.Para obtenção da aprovação na primeira fase é necessário alcançar 50% de aproveitamento no conjunto das 20 questões. A segunda fase será avaliada segundo critérios objetivos que possam mensurar os resultados obtidos pelos alunos, inclusive no campo das Artes. Para tanto, os conteúdos artísticos estarão, principalmente, relacionados à história da Arte. Na terceira fase estarão em plano de análise, também, o valor estético dos diários de bordo e das apresentações do experimento. Serão levados em conta nestes dois últimos quesitos, a originalidade, criatividade e exploração do potencial de interação entre Arte e Ciência.
  • Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do RJ - RJ - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2020
Foto de perfil

Theo da Rocha Barreto

Outra

Ciências Ambientais
  • rede agroecológica: implantação do núcleo de estudos em agroecologia e produção orgânica da chapada diamantina, bahia-brasil
  • O destaque brasileiro como um dos maiores produtores agrícolas mundiais tem contribuído significativamente para o aumento do produto interno bruto nacional. Porém, o sucesso dos indicadores econômicos não se reflete nos indicadores sociais e menos ainda nas condições de trabalho e saúde dos trabalhadores do campo ou na conservação ambiental. Assim a necessidade de mudança não se restringe aos fatores de impacto ao meio ambiente e alimentação saudável, mas também para indispensável proteção aos trabalhadores rurais. No tocante ao contexto regional, apesar do avanço do agronegócio no Território Chapada Diamantina, através da implantação empresarial de grandes áreas com produção intensiva de monocultura, grande parte da produção agrícola da região é abastecida pela agricultura familiar. Entretanto, a agricultura familiar existente carece de ações no âmbito da assistência técnica e da extensão rural. Ademais, por falta de conhecimento e política permanente de difusão da agroecologia, boa parte dos/as agricultores/as tem como base a agricultura convencional. Assim justificando, um fomento para alternativas por meio da agroecologia e da produção orgânica. Diante disso, o referido projeto tem por objetivo a implantação do Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica - NEAP (Rede Agroecológica) no Território de Cidadania da Chapada Diamantina, por meio de atividades de extensão tecnológica, pesquisa científica e educação profissional para construção e socialização de conhecimentos e técnicas relacionados à agroecologia, transição agroecológica e aos Sistemas Orgânicos de Produção. A implantação do NEAP possui grande relevância para as transformações de base social no território, visando a inclusão produtiva das populações campesinas por meio da promoção da transição agroecológica e fortalecimento da agricultura familiar agroecológica existente. A proposta em questão visa estabelecer conexões de saberes tradicionais dos diversos setores da sociedade local com o aparato institucional acadêmico apresentado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia IFBA - Campus Seabra, por meio da produção e socialização de novos conhecimentos e metodologias que possibilitem o fortalecimento e emponderamento dos sujeitos na transformação social das comunidades rurais. Neste viés, atividades diversas de atuação em ensino, pesquisa e extensão na temática da agroecologia tem sido desenvolvidas no âmbito do IFBA junto ao território, contudo faz-se necessário o fomento de forma ampla a garantir uma maior participação de comunidades expressamente isoladas de políticas públicas gerais. A equipe técnica do projeto Rede Agroecológica é composta por professores e pesquisadores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia IFBA - Campus Seabra, que possuem vasta experiência na área de agroecologia e produção orgânica, advindos da execução de outros projetos institucionais na área correlata financiados pelo IFBA e CNPq em outras modalidades de apoio institucional. Ressalta-se também o envolvimento de diversas entidades agroecológicas localizadas no território Chapada Diamantina e de estudantes dos cursos profissionalizantes ofertados pelo IFBA-Seabra na área de meio ambiente e agroecologia. Salienta-se ainda o envolvimento de técnicos de Ater e de entidades ligadas à educação do campo (Escolas Família Agrícola - Efas) demonstrando o envolvimento do projeto e sua equipe executora em ações agroecológica bem como sua expertise na condução de processos educacionais de cunho agroecológico, visto sua vinculação direta com o desenvolvimento territorial e sustentável. Este projeto pretende alcançar e capacitar estudantes do IFBA e das EFAS de Seabra, Itaetê e Andaraí por meio de oficinas formativas, buscando também a formação continuada e técnica de agricultores familiares e comunidades tradicionais com o oferecimento de curso de formação, bem como cirandas de formação para entidades agroecológicas e oficina de formação para professores do IFBA e EFAS O procedimento metodológico desta proposta prevê a utilização de recursos técnicos pedagógicos apropriados para facilitar a troca de informações relacionadas à temática da agroecologia, a construção participativa e colaborativa das etapas do projeto e o reconhecimento da sabedoria popular local, focando os aspectos solidários das comunidades e grupos produtivos, por meio do trabalho coletivo e experimentação de espaços públicos. Todos estes recursos têm como finalidade conciliar a teoria e a prática de modo que uma transforme a outra. Como instrumentos de comunicação e divulgação do processo de gestão do projeto, serão apresentados boletins mensais (impressos e apresentação em reuniões) e demonstrativos de ações para o público beneficiário. A aproximação entre sociedade civil organizada, instituições públicas e privadas é de suma importância para a estruturação de um arranjo produtivo local e necessária para a articulação e formulação de novas políticas locais que contemplem o desenvolvimento sustentável e a diversidade dos povos campesinos do território, trazendo aos mesmos a capacidade de autogestão na transição agroecológica e na inclusão socioprodutiva. Portanto, um dos aspectos metodológicos que sustentará esta proposta está relacionado à busca de uma relação de transparência entre executores (IFBA) e beneficiados (comunidades), sobretudo pelo fato de o proponente ser uma entidade pública, que tem como uma de suas funções a transformação social. Objetivando reduzir as possíveis dificuldades, a proposta conta legitimamente com parcerias chaves (agroecologistas, agricultores orgânicos, Escolas Família Agrícola, associações e sindicato de trabalhadores (as) rurais).
  • Instituto Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Theo Zeferino Pavan

Engenharias

Engenharia Biomédica
  • técnicas para redução de artefatos em imagem fotoacústica
  • A modalidade de imagem fotoacústica tem se mostrado uma técnica capaz de fornecer informações funcionais em níveis moleculares. Nesta técnica, pulsos de luz são absorvidos pelo tecido causando um aumento na temperatura e consequente expansão termoelástica. Isto faz com que seja emitida uma onda sonora que pode ser detectada por um transdutor de ultrassom convencional. O fato de se utilizar o mesmo transdutor para obter imagens de ultrassom e fotoacústica sugere o desenvolvimento de um sistema de híbrido, capaz de adquirir e corregistrar imagens das duas técnicas, de forma a se obter informações anatômicas e funcionais da região de interesse. Propõe-se estudar os artefatos gerados na imagem fotoacústica, principalmente aqueles oriundos do chamado clutter. Para tal, serão realizados simulações computacionais e experimentos em phantoms utilizando diferentes geometrias de aquisição de sinal, métodos de reconstrução e configurações de iluminação da região de interesse, buscando um melhor entendimento da origem dos artefatos e consequente otimização da qualidade de imagem obtida. Nesse contexto serão desenvolvidos dois métodos para redução de ruídos em imagens fotoacústicas. No primeiro a técnica coerência espacial de curta distância será avaliada para esse propósito. No segundo, estudaremos como a junção da técnica de magnetoacustografia às imagens fotoacústicas pode auxiliar na diminuição desses artefatos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Theodoro Antoun Netto

Engenharias

Engenharia Naval e Oceânica
  • desenvolvimento de uma rede de transmissão sem fio subaquática (rtss) para monitoramento e detecção de falhas em equipamentos submarinos usando machine learning
  • O aumento dos custos na exploração e produção de petróleo e gás em águas profundas tem levado as empresas do setor a investirem em tecnologias inovadoras a fim de detectar, localizar e corrigir falhas em seus sistemas de produção. A demanda das indústrias atualmente é o monitoramento on-line, contínuo e em tempo real da rede, auxiliando na detecção precoce e no monitoramento destas falhas. Este projeto tem como objetivo desenvolver uma rede de sensores sem fio para o monitoramento e a detecção de falhas em estruturas e equipamentos subaquáticos usando técnicas de Aprendizagem de Máquina (Machine Learning), permitindo um acompanhamento automatizado, eficiente e menos oneroso que as metodologias convencionais de monitoramento. Apesar dos sistemas de monitoramento disponíveis no mercado já alcançarem exigências técnicas como robustez e localização em tempo real, a grande maioria ainda apresenta o problema da produção de falsos alarmes. Uma das contribuições do projeto é o desenvolvimento de um software que será integrado ao sistema de transmissão de dados, otimizando o desempenho na identificação e classificação de possíveis falhas nos equipamentos monitorados, demandando assim menos tempo de reparo e minimizando o impacto na produção. O projeto em estudo contemplará a aplicação do sistema em diferentes ambientes, a saber, águas rasas (até 350 Metros) e águas profundas (até 1500 metros), bem como o uso em diversas aplicações: comunicações, comando e controle, transferência de dados e arquivos, entre outros. Assim, tem-se como função estratégica permitir o envio dos dados transmitidos pela rede sem fio até um nó central e deste para um centro de controle da produção, na superfície, além de prover informações confiáveis e em tempo hábil das condições dos equipamentos, proporcionando o suporte necessário para uma rápida tomada de decisão, o que representa um diferencial em relação às atuais soluções do mercado.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Theophilos Rifiotis

Ciências Humanas

Antropologia
  • estudos da judicialização da “violência de gênero” e difusão de práticas alternativas numa perspectiva comparada entre brasil e argentina
  • A presente proposta tem como objeto a judicialização e práticas alternativas de justiça no campo da chamada “violência de gênero”. Em grandes linhas, ela visa a mapear e a descrever mecanismos e práticas de promoção de justiça, de reparação moral e de mediação em casos de “violência de gênero” identificados pelos sistemas de justiça no Brasil e na Argentina, numa abordagem comparada. E tem como finalidade aprofundar e sistematizar conhecimentos sobre práticas judicializantes de gestão de crimes no âmbito da “violência de gênero”, bem como propor diretrizes e alternativas ao campo das políticas públicas voltadas a tal área. Para tanto, prevê a parceria entre diferentes equipes de pesquisa – LEVIS (UFSC), NIGS (UFSC), Margens (UFSC); GECAL (UNIPLAC); GCS (UFRN) –, além de parceria com pesquisadoras no Brasil e na Argentina para a realização de pesquisas de campo em cinco municípios de médio porte no Brasil (Florianópolis, Lages, Juiz de Fora, Natal e Uruguaina) e em quatro municípios na Argentina (La Plata e Florencio Varela, situados na província de Buenos Aires; e Orán e Tartagal, pertencentes à província de Salta). Trata-se de uma rede multidisciplinar e multissituada. Além de mapear e descrever práticas de produção de justiça, identificando mecanismos, estratégias e moralidades, o projeto, em parceria com o TJSC, fará o acompanhamento da criação e instalação de um experimento de Justiça Restaurativa no município de Lages, região serrana de Santa Catarina. Trata-se de uma experiência por meio da qual será possível identificar os elementos centrais para a formulação e aplicação de políticas na área, bem como as condições objetivas, em cada uma das localidades estudadas, para a experimentação de medidas semelhantes a serem discutidas com os parceiros de proposta em suas áreas geográficas de atuação. O projeto se desdobra em atividades de difusão de conhecimentos junto a escolas e a gestores e outros profissionais do Estado, além de grupos organizados que atuam no campo, por meio de oficinas, debates e experiências em mídias digitais, que possam ampliar e qualificar a discussão sobre práticas alternativas nos casos de “violência de gênero”.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/12/2016-31/12/2020