Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Maximiliano Bayer

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • morfodinâmica e balanço de sedimentacão do meio rio araguaia: implicaçoes hidroambientais
  • O Araguaia, principal ateria fluvial do Cerrado, é o ultimo rio não-regulado por hidrelétricas do Centro oeste, e prioridade nas políticas publicas sobre recursos hídricos para esse bioma. A bacia tem sofrido em décadas recentes altas taxas de desmatamento e o rio tem respondido com metamorfose fluvial, assoreamento e um paradoxal incremento nas taxas de transporte de sedimentos. O projeto objetiva desenvolver o primeiro balanço integrado hidro-sedimentar (carga de fondo + carga em suspensão) do meio Araguaia, através da aplicação de modernas geotecnologias e um enfoque metodológico duplo que considera a conectividade hidro-sedimentológica do sistema canal-planície e a funcionalidade fonte-sumidouro de sedimentos (source to sink). A pesquisa será sustentada por levantamentos hidrogeomorfologicos com ADCP, batimetrias, amostragem de sedimentos, estimativas de transporte de sedimentos, taxas de erosão e assoreamento, imageamento com drones, e a aplicação de modelos avançados de sensoriamento remoto com calibração de campo de transporte e sedimentaçao de carga em suspensão, com uma resolução temporal de 8 dias para o perido 2000-2021. O Araguaia é uma prioridade para as politicas públicas de recursos hídricos do Cerrado e para a sociedade Goiana. Por isso, além de gerar ciência básica inovativa na disciplina, este projeto também tem como objetivo produzir ciência aplicada que possa subsidiar a tomada de decisões e o manejo sustentável da bacia do Araguaia
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 07/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Maximiller Dal-Bianco Lamas Costa

Ciências Agrárias

Agronomia
  • uma abordagem múltipla para melhorar a qualidade da soja brasileira
  • A soja é a mais importante leguminosa cultivada no mundo. Se para o produtor de soja o valor de uma variedade é dado pela produtividade, para a indústria de beneficiamento esse valor é determinado principalmente pelas composições de óleo e proteína nos grãos. Ao longo dos anos, o melhoramento voltado para a produção não foi acompanhado pela seleção de genótipos contendo alto teor proteico, o que poderá acarretar um efeito cascata em toda a cadeia produtiva visto a vasta utilização da soja como fonte proteica. Além disto, é importante salientar que modificar a composição do óleo de soja por meio de alterações genéticas nas proporções dos diferentes ácidos graxos permite a obtenção de uma matéria prima de melhor qualidade, agregando maior valor econômico à cultura e beneficiando a indústria em geral. A indústria do Biodiesel tem crescido muito no Brasil, e os incentivos do governo ao longo dos últimos anos para aumentar a quantidade de Biodiesel adicionado ao óleo diesel é um exemplo do potencial que esta área estratégica tem para o nosso país. Frente a todos argumentos apresentados, nosso Programa de Melhoramento conduz pesquisa científica focada no desenvolvimento de cultivares para a sojicultora brasileira. Nos projetos em andamento pelo nosso grupo estamos 1) realizando seleção assistida para introgredir mutações que aumentem a qualidade do óleo e 2) introgressão de alelos/haplótipos raros que aumentem o teor de proteínas. Visto que a atual demanda da sojicutura é para cultivares precoces devido as vantagens de se fazer a safrinha do milho, estamos desenvolvendo cultivares precoces contendo estas características para serem utilizados no Mato Grosso. Além da parte aplicada do projeto, estamos verificando o efeito da modificação de alto oleico nas vias de defesa da planta, a qualidade e vantagens do óleo alto oleico, e identificando por mapeamento fino o(s) gene(s) causal(is) para o conteúdo de proteína localizado no cromossomo 20 da soja
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Maxwell Roger da Purificação Siqueira

Ciências Humanas

Educação
  • física moderna e contemporânea em livros didáticos sob uma perspectiva cts: um estudo a partir da transposição didática
  • O ensino de Física Moderna e Contemporânea (FMC), especialmente a análise da textualização desse campo do saber presente nos livros didáticos da Educação Básica, configura como o foco principal desta proposta de pesquisa. Trata-se de um campo da Física de extrema relevância no Ensino de Ciências em função, principalmente, das correlações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS). Assim, essencialmente, objetiva-se neste projeto investigar, a partir da teoria da Transposição Didática, as implicações entre CTS em conteúdos curriculares da Física Moderna e Contemporânea na Educação Básica presente em livros didáticos. Para isso, o trabalho de pesquisa será caracterizado por três frentes: (1) análise do processo de textualização da Física Moderna e Contemporânea nos livros didáticos aprovados no Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD 2021) a partir dos pressupostos teóricos da Transposição Didática. (2) identificação das concepções quanto a relação CTS presentes nos livros didáticos. (3) desenvolvimento e implementação em sala de aula de ações de ensino sobre FMC com base nos resultados obtidos nas frentes 1 e 2. A coleta e a análise dos dados obtidos serão orientadas por instrumentos de pesquisa quantitativas, qualitativas e/ou mistas. Espera-se que, dentre outros aspectos, o desenvolvimento desta pesquisa possa somar esforços para avançar no processo de ensino-aprendizagem da FMC sob uma perspectiva CTS com intervenção didática direta em sala de aula. Desse modo, os resultados poderão contribuir tanto para a área de pesquisa em educação em Ciências/Ensino de Física quanto subsidiar o planejamento e desenvolvimento de aulas sobre FMC na Educação Básica, visando a promoção de abordagens que possibilitam uma visão crítica da construção da Ciência e suas implicações sociais e tecnológicas.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 05/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Mayana Zatz

Ciências Biológicas

Genética
  • envelhecimento e doenças genéticas: genômica e metagenômica
  • Longevidade e envelhecimento saudável são temas de grande interesse. Eles dependem de uma interação complexa entre DNA nuclear e mitocondrial, o meio ambiente e a microbiota, isto é, a população de bactérias que vivem nas diferentes partes do nosso corpo com seu conjunto de genes. Entender esse equilíbrio complexo entre o genoma e o ambiente é um dos maiores desafios. Qual é a influência de variantes genômicas e epigenômicas, do sistema imune sobre o envelhecimento? Quanto nosso microbioma interfere ou contribuí com nossa saúde e doenças? Poderia o nosso microbioma ajudar a explicar a “missing herdability” em doenças complexas? Esse projeto tem como objetivo pesquisar essas questões através de diferentes estratégias e expertises. Dados sobre a manutenção da capacidade cognitiva e a estrutura do cérebro funcional serão obtidos através de ressonância magnética (MRI). Medidas sócio-demográficas em vários níveis irão contribuir para estabelecer o panorama das contribuições ambientais e sua influencia na saúde e longevidade. Entre o conjunto de técnicas que planejamos utilizar, modelos funcionais, principalmente a nível celular serão essenciais para ajudar-nos a entender os mecanismos específicos responsáveis pelo processo de envelhecimento normal e patológico. Na expectativa de aumentar nossa compreensão em relação a essas questões, vamos investigar três grandes grupos de indivíduos: a) indivíduos saudáveis de São Paulo, com mais de 60 anos, (coorte SABE) que foram acompanhados por muitos anos e farão parte da maioria dos sub-projetos a serem desenvolvidos; b) uma coleção de dados de pessoas que faleceram de causas naturais com mais de 50 anos, obtida do Banco de Cérebros; c) uma amostra de indivíduos com doenças genéticas associadas a uma rápida degeneração ou doenças complexas que poderiam ser causadas parcialmente pelo microbioma humano. Indivíduos averiguados no estudo populacional de São Paulo são altamente miscigenados e podem ser etnicamente diferentes das populações de outras regiões do Brasil. Portanto, para validar nossos achados moleculares em outras populações brasileiras, planejamos também incluir populações de diferentes regiões e ancestralidade e ambientes. Uma população de quilombolas, primordialmente afro-descendente e uma coorte da Paraíba com alta consanguinidade. Além disso, duas populações de Vitória, Espírito Santo, serão averiguadas: a primeira com alta proporção de nonagenários; a segunda com alta frequência de pessoas com sobrepeso; ambas são resultantes de miscigenação europeia (Itália, Pomerania, Áustria e Portugal) e Afro-Ameríndia. Também serão estudados pacientes e modelos animais com doenças de envelhecimento precoce ou doenças neuromusculares e neurodegenerativas. Nosso objetivo principal é contribuir para a elucidação de fatores responsáveis pela grande variabilidade associada ao envelhecimento, estudando também doenças genéticas no intuito de aumentar a nossa compreensão acerca da longevidade saudável. Para conseguir esse objetivo, a constituição dessa rede com a participação de pesquisadores de diferentes Estados é fundamental. Ela permitirá reunir uma amostra expressiva de indivíduos de diferentes etnias, que não existe para a população brasileira, e que é essencial para os estudos populacionais propostos nesse projeto. É importante salientar que o grupo de S. Paulo já mantém uma estreita colaboração com os pesquisadores dos outros Estados e que já resultaram em várias publicações conjuntas. Outro objetivo desta proposta é o projeto educacional, disseminando a ciência, o qual tem o propósito de estimular a curiosidade a motivar o público para tópicos relacionados com a genética. Cartazes com questões provocativas sobre Genética serão distribuídos em estações de metrô, terminais de ônibus e em escolas públicas, direcionando para um site que pode ser acessado por telefone celular. A primeira campanha, “Similar, mas diferente”, está em andamento em São Paulo (http://www.genoma.ib.usp.br). Os parceiros pesquisadores de outros estados irão coordenar estas campanhas em suas regiões. Para alcançar todos estes objetivos montamos um grupo de cientistas experientes em diferentes áreas de interesse, tal como biologia molecular (em relação ao DNA nuclear, mitocondrial, RNA e proteínas), imunologia, além de outros com experiência em imagens, metagenômica, bioinformática e ciência da computação bem como profissionais da área clínica. Delineamento do projeto: Os subprojetos de pesquisa que irão focar na população brasileira idosa saudável e em doenças \genéticas relacionadas com envelhecimento ou neurodegeneração estão divididas em três áreas principais: genômica, metagenômica e análise funcional, conformes detalhados abaixo. O projeto de Educação e Difusão, conta com o apoio da secretaria de Educação do Estado de São Paulo, a qual participa da proposta encaminhando os cartazes para os Professores Coordenadores de Núcleos Pedagógicos (PCNPs) de todas as Diretorias de Ensino. Os PNCPs participam de uma videoconferência ministrada por educadores do Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-tronco com o objetivo de colocá-los a par da campanha e atualizar seus conhecimentos. Os PCNPs encaminham os cartazes para os professores de Biologia e os orientam a implementarem, em sala de aula, atividades relacionadas ao tema da campanha e que estejam de acordo com o Currículo do estado de São Paulo. O projeto educacional pretende que, levando em conta as diferenças regionais, as Secretarias de Educação de 4 outros Estados nos quais estão localizados os pesquisadores parceiros (Paraíba, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo participem da campanha de modo semelhante.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 28/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Mayara Campos

Ciências Humanas

Educação
  • itainópolis-pi faz ciências 2022: meio ambiente, agricultura familiar e sustentabilidade
  • O município de Itainópolis está localizado em região semiárida, com altas temperaturas, chuvas escassas com longos períodos de estiagem e com vegetação caracterizada pelo bioma caatinga. A agricultura familiar é um setor relevante no município, pois promove o desenvolvimento econômico em virtude da criação de emprego e renda, desenvolvimento sustentável, manutenção da biodiversidade e segurança alimentar. Diante da relação inerente entre meio ambiente, agricultura familiar e desenvolvimento local objetivam-se com essa proposta promover o projeto I Feira Científica Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (FECIMAS) no município de Itainópolis aproximando os alunos das práticas ecologicamente corretas e promovendo a valorização das comunidades. O projeto constituirá na realização de pesquisas através de método científico pelos alunos em sala de aula, organização de feiras de ciência nas escolas e culminância com as apresentações dos projetos mais relevantes desenvolvidos ao longo do ano na FECIMAS 2022, também haverá o credenciamento de projetos selecionados para participação em feiras e mostras nacional e internacional. O evento será amplamente divulgado de modo a alcançar todo o público local com a finalidade de socializar as produções científicas dos alunos. Com esse projeto pretende-se despertar nos discentes o gosto pela pesquisa na busca da construção e resgate de novos saberes por meio da participação ativa dos alunos, bem como dos professores da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.
  • Secretaria Municipal de Educação e Cultura - PI - Brasil
  • 04/01/2022-31/01/2024
Foto de perfil

Mayara Krasinski Caddah

Ciências Biológicas

Botânica
  • sistemática molecular aplicada à conservação da biodiversidade catarinense: avaliação das espécies de myrtales ameaçadas de extinção em santa catarina
  • Listas de espécies ameaçadas de extinção são essenciais para a conservação da biodiversidade pois fornecem informações que permitem que governos, iniciativa privada e sociedade planejem ações concretas para preservação e diminuição do impacto sobre esses recursos naturais. A lista das espécies ameaçadas de extinção da flora de Santa Catarina apresenta muitos problemas taxonômicos, e necessita ser revista por especialistas. Além disso, pouquíssimo se sabe sobre as entidades listadas, de maneira que as estimativas de grau de ameaça são frágeis, e as estratégias para conservá-las, praticamente inexistentes. Considerando o desconhecimento sobre essas espécies e os prováveis cenários futuros de mudanças climáticas, são poucas as suas chances de sobrevivência. Assim, esse projeto objetiva contribuir com o conhecimento das espécies ameaçadas de extinção de SC, por meio da avaliação taxonômica das doze espécies de Myrtales citadas na lista; da estimativa da diversidade genética das suas populações remanescentes; e da previsão das suas distribuições geográficas considerando mudanças climáticas. As avaliações taxonômicas serão realizadas por meio de estudo de material herborizado e literatura específica. O estudo da diversidade genética será procedido com marcadores microssatélites desenvolvidos por meio de sequenciamento de DNA de nova geração; e as previsões de distribuição serão modeladas conforme diferentes cenários futuros de mudanças climáticas. Todos os resultados serão analisados segundo os critérios e categorias da IUCN. Além de cinco artigos científicos, planeja-se preparar um relatório sobre a necessidade de atualização da lista de espécies ameaçadas e um dossiê sobre o estado de conservação das populações das espécies de Myrtales ameaçadas em Santa Catarina, com sugestões de estratégias para sua conservação, considerando as possíveis alterações de hábitats ocasionadas pelas mudanças climáticas, para ser encaminhado a diferentes órgãos ambientais e legislativos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 24/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Mayara Salgado Silva

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • xiii semana da alimentação: ampliação de conhecimentos pela interação franco-brasileira e mostra científica do bicentenário da independência: 200 anos de ciência, tecnologia e inovação no brasil.
  • Esta proposta tem por objetivo solicitar fomento a um evento em sua 13ª Edição que tem uma proposta de pesquisa e extensão, a Semana da Alimentação. Nesse ano, com o advento dos 200 anos de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil, propõe-se uma mostra científica de alusão a comemoração deste evento. Durante a 13ª Semana da Alimentação será abordada a ampliação da interação Franco-Brasileira, abrindo espaço para pesquisas internacionais e mobilidade de nossos estudantes. Paralelamente a Mostra de trabalho científica, tradicional do evento, será em alusão ao Bicentenário da independência. Apesar de termos um recurso prévio para participação de uma pesquisadora Francesa, com financiamento de passagens aéreas, o evento demanda o uso de materiais, bem como a estadia dos palestrantes durante o mesmo. Com os cortes orçamentários ocorridos no IFCE, o financiamento desses itens para o evento tem se apresentado como limitante ao desenvolvimento. Deste modo, neste projeto faz-se a solicitação de itens que garantirão um evento de qualidade, inclusivo e abrangente. O sucesso e amplitude deste evento é evidenciado pelo número de edições já desenvolvidas e avaliações anteriores dos participantes. Para garantir essa abrangência, a comissão busca parcerias e divulgação em redes sociais e páginas institucionais, contando com o apoio de todos aqueles que já participaram. Em 2019 tivemos participação de cerca de 300 pessoas durante o evento presencial, corroborando com a ideia de que o evento é abrangente e desperta interesse da comunidade.
  • Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará - CE - Brasil
  • 13/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Mayara Soares de Melo

Outra

Divulgação Científica
  • jornada científica do oeste baiano: 200 anos de ciência, tecnologia e inovação no brasil
  • O presente projeto visa fomentar a realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2022 (SNCT-2022) em cidades situadas no oeste baiano, dentre as quais estão os municípios em que a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) está situada: Barreiras, Barra, Bom Jesus da Lapa, Santa Maria da Vitória e Luís Eduardo Magalhães. Tendo como temática central os 200 anos de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil, a SNCT terá como objetivo aproximar a sociedade e a universidade por meio da popularização do conhecimento. A proposta visa contribuir para a redução nas disparidades e problemas socioeducacionais da região do oeste baiano, em que estão presentes cidades com baixos Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), e minimizar a falta de acesso a centros e museus científicos. A partir de sua realização, serão abordadas questões como: o desenvolvimento científico no país; a história das instituições científicas e de renomados cientistas; participação e valorização das mulheres nas ciências; mostras e a ciência itinerante para a divulgação e popularização da ciência e tecnologia, dentre outras. Para tanto, serão promovidos debates e apresentações em espaços universitários, e também atividades extramuros, em escolas de educação básica, praças, outros espaços públicos de grande circulação e em ambientes virtuais.
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia - BA - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Maycoln Leôni Martins Teodoro

Ciências Humanas

Psicologia
  • desenvolvimento e efetividade de um programa de educação em saúde para a prevenção de abuso sexual em adolescentes
  • O abuso sexual contra crianças e adolescentes (ASCCA) é um problema social e de saúde pública, que em nível individual compromete o desenvolvimento físico e psicossocial da vítima e a nível social impacta os cofres públicos. A pandemia da COVID-19 tem agravado esta situação no Brasil, pois o isolamento social a) aumenta o tempo de convívio entre vítima e agressor e b) diminui o acesso da vítima à rede de proteção, variáveis que levaram ao aumento do número de denúncias de violência sexual, especialmente contra adolescente, no ano de 2021. Estudos que propõem intervenções educativas a partir de metodologias baseada em evidências podem contribuir para a prevenção deste fenômeno. Dentre as intervenções mais utilizadas estão os programas para aprendizagem de comportamentos/habilidades de autoproteção, que na experiência internacional tem sido realizados por meio de estratégias presenciais e, mais recentemente, online (sites e aplicativos de celular - app). Assim, este projeto tem como objetivo desenvolver e testar duas ferramentas online de prevenção ao abuso sexual (site e app) para orientação de adolescentes de 10 a 12 anos de idade, pais/cuidadores e professores. O trabalho estará baseado na experiência do programa “Safer, smarter kids”, disponível em https://safersmarterkids.org/ e sistematizado no estudo de Brown (2017). E ainda, nas novas experiências internacionais que surgirão a partir da Lei de Erin em vigor em 37 dos 50 estados dos Estados Unidos. Este projeto está dividido em três estudos: 1) revisão sistemática da literatura com o objetivo de avaliar e categorizar os principais conteúdos abordados nos programas de prevenção do ASCCA na literatura nacional e internacional; 2) desenvolvimento de um site e app para orientar adolescentes, pais/cuidadores e educadores sobre a prevenção do abuso sexual e 3) avaliação a qualidade dos produtos desenvolvidos e a experiência de adolescentes, pais/cuidadores e professores durante o uso das ferramentas online.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Maycon Fagundes Teixeira Reis

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • semana territorial de ciência e tecnologia alto sertão sergipano - stct 2021
  • A proposta apresentada é referente à realização da Semana Territorial de Ciência e Tecnologia do Alto Sertão Sergipano, que ampliará as discussões propostas pelo Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação - MCTIC da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que em 2021 trabalhará o tema “A TRANSVERSALIDADE DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÕES PARA O PLANETA” em todo Território Nacional. Nessa edição, o evento proposto, envolverá os 7 municípios do Território Alto Sertão Sergipano, por meio de atividades interdisciplinar ou transdisciplinar, integrando Instituições e profissionais em ações que visam contribuir com as mais diversas alternativas para diminuição das desigualdades, consumo e produção sustentável de alimentos saudáveis nas esferas locais, territoriais e mundiais e utilização de Transversalidade da Ciência, em particular, áreas de importância crucial que demandam ações transversais: Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parceria. Será ainda, realizado um destaque as tecnologias inovadoras relacionadas com a principal cadeia de valor do Território do Alto Sertão Sergipano, a CADEIA “Do Gão ao Leite”. Será abordada a Transversalidade como estratégia para melhoria da qualidade de vida da população da cidade e do campo, levando em consideração os setores produtivos presentes no Território do Alto Sertão Sergipano (comercio, agroindústrias, leite e produtos lacteos, produção de grãos, fruticultura, pesca e aquicultura etc). Para viabilizar as ações do projeto, as atividades planejadas pela equipe executora e parceiros serão realizadas pontualmente, nos municípios sede que fazem parte do Alto Sertão Sergipano, que foram escolhidas utilizando o recorte de sete municípios correspondente à Microrregião Sergipana do Sertão do São Francisco, escolhidos de forma estratégica considerando as informações de IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal), de acordo com dados do Censo Demográfico 2010 (IBGE). O envolvimento dos 7 (sete) municípios do Território em questão e seus distritos serão: MUNICÍPIO 1 – Nossa Senhora da Glória/SE, MUNICÍPIO 2 – Monte Alegre de Sergipe/SE, MUNICÍPIO 3 – Porto da Folha/SE, MUNICÍPIO 4 – Poço Redondo/SE, MUNICÍPIO 5 – Gararu/SE, MUNICÍPIO 6 – Canindé de São Francisco/SE, e MUNICÍPIO 7 – Nossa Senhora de Lourdes/SE. Durante o evento STCT 2021 serão realizadas ações de comunicação e popularização da Ciência e Tecnologia nos municípios do Território Alto Sertão Sergipano, de forma interdisciplinar ou transdisciplinar, integrando atividades que discutirão temas atuais (Transversalidade da Ciência, Tecnologia e Inovação; Impactos da pandemia da Covid-19 nos setores produtivos dos territórios Sergipano; Alternativas para minimizar os prejuizos causados pela pandemia da Covid-19; Tecnologias Sociais voltadas para Preservação Ambiental; Tecnologias de Segurança Alimentar e Nutricionais; Agroecologia; Armazenamento, Reaproveitamento e Uso Racional de Água; Geração de Energia Limpa; Tecnologias Poupadoras de Mão de Obra para Desenvolvimento da Agricultura Familiar; Produção Agrícola Saudável e Sustentável Utilizando Biocompostos Naturais; Alternativas de Produção Sustentável com Foco na Diminuição das Desigualdades Sociais; Preservação das Abelhas e Biodiversidade Territorial; Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação Aliadas as Práticas de Produção Limpa e Sustentável; Alternativas de Aproveitamento de Resíduos Agroindustriais; Utilização de Metodologias Ativas de Ensino e Aprendizagem para Compreensão dos eixos da Transversalidade na Ciência Tecnologia e Inivação; Jogos Interativos Adaptados; Análise para Geração de Conflitos Urbanos e Rurais entre outros) envolvendo profissionais das Instituições parceiras, que de forma lúdica e aplicada envolverão o público-alvo em discussões sobre o tema “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta” e, também, por meio de ferramentas capazes de atrair a atenção e interesse dos participantes para uma reflexão sobre os diferentes tipos de desigualdade (gênero, raça, etnia, alimentares, de moradia, de formação, por apresentar deficiência, emprego, transporte, cultural, na saúde, ensino, saneamento básico entre outros). Enfim, os debates serão constantes nos eventos que acontecerão nos 7 Municípios, na tentativa de nivelar, ampliar e popularizar os conhecimentos acerca do Tema Proposto pelo MCTIC para 2021 e, assim, de fato, promover a participação de todos os setores sociais, frente aos problemas gerados pelas desigualdades no Território Alto Sertão Sergipano.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Maylena Clécia Gonçalves

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • lelé da cuca: projeto de educação e divulgação científica sobre o trabalho do arquiteto lelé filgueiras em brasília
  • A atividade proposta consiste em um estande de divulgação científica da obra, no Distrito Federal, do arquiteto Lelé Filgueiras, um dos arquitetos integrantes da equipe pioneira da construção de Brasília, de modo geral ignorado pelo grande público. O estante apresentará uma mostra de fotografias das obras de Lelé Filgueiras no Distrito Federal e disponibilizará um livro em formato impresso e virtual, sobre a vida e a obra deste arquiteto importantíssimo no cenário nacional, considerado um dos mais importantes de sua área no país, inventor de um processo construtivo único e inovador. O projeto do estande na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2022 complementa projeto mais amplo financiado pela FAPDF de criação de uma exposição virtual sobre o arquiteto, que envolve o mapeamento de suas obras e elaboração de roteiros de turismo científico para conhecê-las.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 19/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Maysa Beatriz Mandetta Clementino

Outra

Ciências Ambientais
  • impacto da pandemia de covid-19 na resistência aos antimicrobianos com foco na azitromicina
  • Segundo a OMS, a resistência aos antimicrobianos (RAM) é uma das 10 maiores ameaças globais à saúde pública. O número estimado de mortes devido infecções por patógenos mutidroga resistentes deve chegar a 10 MM/ano até 2050, caso um plano de ação para combater à RAM não seja adotado. Infecções virais podem levar a infecções bacterianas secundárias. Dentre as terapias de suporte no tratamento do COVID-19, antibióticos como azitromicina, vancomicina, ceftriaxona etc. vêm sendo administrados. A exposição de longo prazo à azitromicina poderá promover resistência não só aos macrolídeos como a outras classes de antimicrobianos. Até 70% dos pacientes com COVID-19 recebem antimicrobianos e cerca de 80% dessas drogas são excretadas e carreadas para os corpos hídricos. Essa contaminação representa uma pressão seletiva de longa data com importância ambiental e clínica. Estudos mostraram um aumento de 2.500% no consumo de azitromicina nos hospitais brasileiros. Desta forma, este projeto poderá possibilitar uma melhor avaliação dos impactos da COVID-19 na disseminação de microrganismos e de genes de resistência. E assim, contribuir para melhor entendimento deste desafio na saúde pública. Para revelar a disseminação da resistência microbiana pesquisadores vêm adotando o sequenciamento genômico capazes de gerar informação sobre milhões de genes em uma única análise, sugerindo o potencial de transferência horizontal aumentando a resistência microbiana. A estratégia metodológica adotada no projeto inclui a detecção de resíduos de antimicrobianos da classe dos macrolídeos. O isolamento e identificação de bactérias multidroga resistentes, a determinação da concentração mínima inibitória à azitromicina e do perfil de susceptibilidade aos antimicrobianos. A influência da azitromicina na co-seleção da resistência a outras classes de antimicrobianos; e a avaliação do conteúdo plasmidial dos isolados e do resistoma microbiano total pelo sequenciamento genômico e metagenômico.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Meire Cachioni

Ciências Humanas

Psicologia
  • efeitos da interação com robôs sociais no engajamento cognitivo de idosos com demência residentes em instituições de longa permanência para idosos
  • Embora seja um dos maiores triunfos da humanidade, o envelhecimento da população traz grandes desafios para a sociedade, com aumento das demandas de saúde, sociais e econômicas. Um dos grandes desafios está relacionado com o cuidado de longa duração. O cuidado adequado de longa duração de idosos institucionalizados com demência é um grande desafio ainda maior para países em desenvolvimento como o Brasil, visto a precarização dos recursos normalmente disponíveis. Pessoas com demência têm pouco envolvimento em atividades sociais e lazer. Este projeto aborda o problema do isolamento e da apatia de pessoas com demência residentes em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Objetiva-se avaliar se é possível aumentar o engajamento cognitivo de idosos com demência em ILPI por meio da interação com robôs sociais. A robótica socialmente assistiva pode atuar sobre a carga de alterações em saúde e o isolamento social reconhecidos na população idosa. A crescente visibilidade e o desenvolvimento de robôs sociais oferecem uma oportunidade única para profissionais de saúde e de gerontologia explorarem a tecnologia em apoio ao envelhecimento da população de nossa sociedade. Este projeto visa alcançar dois objetivos específicos complementares: (a) avaliar qualitativamente a aceitação do robô social por pessoas com demência no contexto de ILPI; e (b) comparar o impacto da interação com robôs sociais nas medidas de engajamento engajamento construtivo, engajamento passivo, engajamento ativo, engajamento com o 'self', e não engajamento. Trinta idosos com demência (confirmado pelo Mini-Exame do Estado Mental) institucionalizadas serão aleatorizadas em dois grupos: atividades habituais e interação com robô. A escala de engajamento cognitivo será aplicada antes, durante e após a interação. Resultados podem aprimorar diretrizes do uso de robôs no cuidado de idosos com demência.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Meire Coelho Ferreira

Ciências da Saúde

Odontologia
  • eficácia de adesivo experimental contendo biovidro 45s5 em restaurações de dentes hipomineralizados
  • A hipomineralização molar-incisivo (HMI) é um defeito qualitativo do esmalte dental caracterizado por alteração em sua translucência. A lesão de HMI apresenta um desarranjo dos cristais de hidroxiapatita, uma estrutura porosa e um baixo teor de minerais, o que compromete suas propriedades mecânicas de dureza e módulo de elasticidade. Com o irrompimento do dente afetado na cavidade bucal e sua participação no processo mastigatório, pode ocorrer perda estrutural significativa e, consequentemente, sensibilidade e um maior risco de desenvolvimento de cáries. Além disso, em função da estrutura alterada, as falhas restauradoras são recorrentes. Desta forma, o objetivo do estudo será investigar a longevidade clínica de restaurações em resina composta com a utilização de sistemas adesivos contendo ou não partículas de biovidro 45S5 em primeiros molares permanentes afetados por HMI. Ensaio clínico randomizado duplo cego será realizado com crianças de 6 a 12 anos de idade com diagnóstico de HMI em primeiros molares permanentes. Os critérios de inclusão serão primeiros molares permanentes com perda estrutural comprometendo o terço médio da dentina e com mancha branca/amarelada nas margens da cavidade e não excedendo 50% do esmalte, e sem comprometimento perirradicular. Os grupos serão: experimental (sistema adesivo experimental com 10% de adição de partículas de biovidro 45S5) e controle (sistema adesivo self-etching Clearfil SE Bond; Kuraray Noritake, Toquio, Japão). Os adesivos serão aplicados de acordo com as instruções do fabricante do Clearfil SE Bond e serão feitas restaurações com resina composta Z350. As restaurações serão avaliadas clinicamente (critérios da World Dental Federation), por meio de radiografias interproximais e teste de sensibilidade pós-operatória (baseline, após 1 mês, 3, 6 e 12 meses). Análise estatística descritiva e inferencial serão realizadas ao nível de significância de 5%.
  • Universidade Ceuma - MA - Brasil
  • 22/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Meiry Fernanda Pinto Okuno

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • impacto na adesão terapêutica do usuário com diabetes mellitus tipo 2 na atenção primária à saúde com acompanhamento telefônico: ensaio clínico randomizado
  • Introdução: Em relação ao Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2), a não adesão ao regime terapêutico constitui um problema de saúde pública. Não apenas porque as complicações implicam em maiores taxas de hospitalização e, consequentemente, maiores custos econômicos e sociais, mas também porque pode levar a incapacitação, ocasionar mortes prematuras e diminuir qualidade de vida. Portanto, pesquisas que investiguem estratégias que auxiliem os indivíduos com DM2 a terem uma melhor adesão terapêutica fazem-se necessárias. Tem-se como hipótese que incorporando o seguimento do usuário na APS por meio de contato telefônico entre as consultas que já fazem parte do protocolo para doenças crônicas, visando dar continuidade ao processo educativo, a aderência ao tratamento terapêutico no DM2 será maior. A estratégia de intervenção comportamental por meio de contato telefônico na APS tem mostrado resultados positivos à adoção de tecnologias para telessaúde, principalmente com relação à redução do nível da hemoglobina glicada. Objetivo: Avaliar a efetividade da intervenção comportamental de orientação por meio da consulta de enfermagem via contato telefônico na adesão terapêutica em usuários com DM2 na APS. Método: A abordagem quantitativa trata-se de um ensaio clínico randomizado, com usuários com DM2 assistidos na APS. A variável dependente será adesão terapêutica e a variável independente será considerada a intervenção comportamental de orientação por meio da consulta de enfermagem, via contato telefônico. Para comparar a adesão terapêutica três meses após a intervenção comportamental de orientação e seis meses após a consulta, entre os grupos, será utilizado o teste Qui-Quadrado, quando necessário, o Exato de Fisher e o Modelo de Equações de Estimação Generalizadas. A abordagem qualitativa trata-se de um estudo qualitativo de avaliação baseada no modelo metateórico do Consolidated Framework Implemention Research.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 11/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Melise de Lima Pereira

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • imagem de destinos turísticos costeiros: análise e validação cruzada de um instrumento de mensuração.
  • A proposta deste projeto de pesquisa pretende mensurar a imagem de destinos turísticos costeiros brasileiros entre grupos, especificamente, entre turistas e residentes das diferentes subculturas regionais brasileiras. A pesquisa buscará avançar sobre os estudos de Pereira (2019), a respeito da validação cruzada de uma escala de medida genérica, aplicável à totalidade dos destinos turísticos costeiros. Como metas o projeto de pesquisa pretende: (1) realizar o Estado da Arte das pesquisas sobre o construto da Imagem de Destino Turístico (TDI), destino de turismo costeiro, invariância de mensuração e o uso da Análise Confirmatória de Múltiplos Grupos (MGCFA), nas pesquisas em Turismo; (2) Testar empiricamente as dimensões da imagem cognitiva, afetiva e conativa em destinos turísticos costeiros brasileiros; (3) Avaliar a confiabilidade e a validade das dimensões da imagem cognitiva, afetiva e conativa de destinos turísticos costeiros brasileiros; (4) Testar a invariância de mensuração parcial (configuração, métrica e escalar) da Escala Multidimensional da Imagem de Destinos Turísticos Costeiros entre grupos de turistas e residentes de diferentes subculturas regionais brasileiras. (5) Explicar o efeito distinto do construto da Imagem de Destino Turístico (TDI) entre grupos de turistas e residentes de diferentes subculturas regionais brasileiras. (6) Publicar ao menos um artigo científico em congressos e um em revista de referência da área de Turismo, em periódico internacional (produto final - teórico); e (7) Fornecer implicações gerenciais para que os gestores de marketing dos destinos turísticos costeiros brasileiros possam utilizar a Escala Multidimensional da Imagem dos Destinos Turísticos Costeiros para prever o comportamento futuro dos consumidores no cenário pós-pandemia do COVID -19 (produto final – prático). A pesquisa será desenvolvida por meio de um estudo predominantemente quantitativo, de natureza explicativa, operacionalizada através de pesquisa survey.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Melissa Gurgel Adeodato Vieira

Engenharias

Engenharia Química
  • desenvolvimento de formulações orais para liberação modificada de fármacos à base de matriz polimérica de sericina e k-carragenina
  • Nos medicamentos convencionais de administração oral, a liberação do insumo farmacêutico ativo (IFA) ocorre, em geral, de forma imediata causando flutuações na concentração plasmática que podem desencadear efeitos tóxicos e adversos. O desenvolvimento de formas farmacêuticas de liberação modificada a partir de medicamentos já existentes utilizando diferentes tecnologias para carrear o IFA se mostra como uma estratégia interessante. Neste contexto, este projeto visa ao desenvolvimento de formas farmacêuticas orais sólidas para liberação modificada baseadas em matriz polimérica de sericina e k-carragenina como um sistema multiparticulado. Com a modificação da liberação será possível diminuir os picos de concentração plasmática e amenizar problemas gastrointestinais associados à liberação imediata decorrente da ingestão de alguns IFAs disponíveis comercialmente. Serão utilizados polímeros naturais de baixo custo e biocompatíveis como a sericina, extraída dos casulos da espécie Bombyx mori, e a k-carragenina, obtida por via comercial, para os quais ainda não há registro na literatura como blenda compondo um sistema multiparticulado. O projeto propõe o encapsulamento de IFAs hidrofóbicos tais como indometacina, ácido mefenâmico e outros IFAs modelo, pela técnica de gelificação ionotrópica. Serão estudadas as variáveis do processo de produção da blenda com o objetivo de otimização (concentração de polímeros e quantidade de IFA, tipo e concentração de agente reticulante). As partículas desenvolvidas serão caracterizadas por diversas técnicas, como (MEV, BET, DRX, TGA/DTG, DSC, Hotstage, microscopia óptica e densidade real). Perfis de dissolução dos IFAs em meios corpóreos simulados e modelagem farmacocinética serão realizados para elucidação dos mecanismos de liberação dos fármacos através da blenda. As formulações serão avaliadas quanto à estabilidade e citotoxicidade in vitro, para melhor compreensão da qualidade e segurança do material obtido.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 03/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Melissa Limoeiro Estrada Gutarra

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • produção de naringinase e biotransformação da casca de tangerina para redução do amargor e sua aplicação em biscoito
  • O aproveitamento de resíduos traz benefícios ambientais, sociais e econômicos. A casca de tangerina é uma fonte rica de nutrientes, fibra alimentar e compostos bioativos que poderia ser utilizada para enriquecer e estruturar alimentos. Porém, o amargor encontrado em tal matriz limita sua aplicação. Este estudo objetiva eliminar o gosto amargo da casca de tangerina através de três estratégias: 1) fermentação em estado sólido (FES) da casca de tangerina e biotransformação da naringina; 2) Hidrólise enzimática da naringina presente na casca de tangerina com as naringinases produzidas por FES; e 3) aplicação direta destas enzimas na formulação do biscoito. Na primeira parte, será realizado o estudo do desenvolvimento de fungos GRAS na casca de tangerina, produção de naringinases e redução do teor de naringina no fermentado. A seleção da melhor espécie fúngica, segunda parte do estudo, será realizada através do emprego das cascas tratadas em biscoitos depositados. Além da avaliação das alterações obtidas nas características tecnológicas do batido e do biscoito, será verificada uma possível redução do teor de gordura pelo emprego da farinha de casca de tangerina (FCT) no produto. A redução do gosto amargo será avaliada por análise sensorial com consumidores. Na terceira parte, serão realizadas uma otimização do processo de produção de naringinase e redução do teor de naringina por FES, assim como a caracterização da enzima no extrato concentrado e do FCT fermentado (teor de proteínas, compostos fenólicos e atividade antioxidante), e um estudo da aplicação da enzima na hidrólise da naringina do FCT. Será realizado, na quarta parte, o estudo da aplicação dos diferentes produtos com potencial para reduzir o amargor de biscoitos elaborados com a FCT, seguido da análise sensorial destes biscoitos a fim de avaliar o efeito dos tratamentos aplicados à FCT sobre a aceitação sensorial, percepção dos consumidores e gosto amargo analisado por avaliadores sensoriais treinados.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Mellina Yamamura

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • análise espacial e soluções baseadas em inteligência artificial para a identificação de áreas com simultaneidade de sífilis, hiv/aids e tuberculose na rede de assistência da drs iii de são paulo
  • Introdução: A OPAS desenvolveu uma estrutura conceitual para a eliminação integrada de doenças transmissíveis e negligenciadas para intensificar as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Esta proposta visa o fortalecimento dos sistemas estratégicos de vigilância e informação de saúde e enfrentamento dos determinantes ambientais e sociais da saúde que corroboram, especificamente com o ODS 3 e os sucessos regionais é ponto inicial. Objetivo: Analisar a distribuição espacial, espaço temporal e otimizar soluções baseadas em Inteligência Artificial para a identificação de áreas com simultaneidade de sífilis, HIV/aids e tuberculose na Rede de Assistência da DRS III de São Paulo. Métodos: Estudo de síntese de conhecimento e epidemiológico ecológico baseado em dados secundários com componentes espaciais e temporais. Será realizado nos 24 municípios do Departamento Regional de Saúde de Araraquara (DRS III). A população será os registros de sífilis adquirida, em gestante e congênita, aids, aids em menores de 13 anos e tuberculose registrados no período de 2012 à 2022. A pesquisa possui 4 etapas: I: Síntese do conhecimento; II: Análise descritiva, geolocalização e variáveis; III: Modelagem bayesiana e IV: soluções baseadas em Inteligência Artificial. As coletas de dados serão iniciadas somente após aprovação no CEP e será garantido o anonimato e confidencialidade dos dados obtidos. Importância para a área de conhecimento: conhecer as áreas com simultaneidade de sífilis, HIV/aids e tuberculose auxiliará os enfermeiros gestores e assistenciais na tomada de decisão para a utilização de recursos e focos prioritários de ações em saúde. A enfermagem é a categoria de maior parte dos profissionais de saúde e exerce papel fundamental na promoção do Bem-Estar para todos e no fortalecimento da cobertura universal de saúde que englobam os ODS. Quando há o trabalha multidisciplinar, o desenvolvimento de ferramentas é mais efetivo para o auxílio no processo como um todo.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Menira Borges de Lima Dias e Souza

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • caracterização molecular e analise de mecanismos de evolução dos norovírus em pacientes transplantados e de população idosa rural tradicional
  • A gastroenterite é responsável por mais de 1,5 milhões de mortes por ano, em todo o mundo. As populações que mais sofrem com esta doença são crianças com menos de cinco anos de idade, idosos e pacientes imunocomprometidos. Dentre os agentes etiológicos desta síndrome, destacam-e os calicivírus (norovírus e sapovírus). Os norovírus humanos são transmitidos pelo contato pessoa a pessoa, ingestão de alimentos / água contaminados e contato com fômites e são considerados a principal causa de gastroenterite aguda não bacteriana. Em razão da grande variabilidade genômica e antigênica do norovírus, com co-circulação de genótipos distintos, ocorrência de variantes recombinantes, e também devido aos fatores de restrição genética do hospedeiro o desenvolvimento de vacinas que confiram imunidade protetora entre genótipos distintos permanece um desafio. A origem de cepas do genótipo GII.4 pandêmicas a cada dois a oito anos permanece desconhecido, tendo com possível fonte as crianças, idosos e indivíduos imunocomprometidos. Pretende-se realizar o sequênciamento genômico do genoma completo de norovírus de amostras de pacientes idosos e imunocomprometidos, bem como a identificação de epítopos importantes para resposta imune e interação com ligantes do hospedeiro. Neste contexto, técnica de sequenciamento de alta resolução (NGS – next-generation sequencing) vem sendo utilizada com o intuito de garantir um caracterização molecular mais fidedigna e em estudos sobre a identificação de variações comuns e raras ao longo do genoma completo, sobre a evolução desses agentes e na identificação de variantes de norovírus com potencial emergente. A bioinformática constitui importante ferramenta para o estudo de epítopos imunogênicos que podem estar presentes em proteínas virais, e também de possíveis moléculas que podem funcionar como ligantes ou mesmo receptores de vírus a fim de que se possa melhor caracterizar o agente, bem como sua relação com o hospedeiro
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025