Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Fabiano Severo Rodembusch

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • sondas fluorescentes para mitocôndrias baseadas em formil derivados fotoativos com grande deslocamento de stokes
  • Esta proposta visa sintetizar uma nova classe de sensores ópticos passíveis de transferência protônica no estado excitado e consequentemente que apresentam grande deslocamento de Stokes, para aplicação como sensores ópticos para sistemas biológicos in vivo. Esta propriedade fotofísica permitirá uma minimização da auto-supressão de fluorescência e dos erros de medição no processo de imageamento biológico. Além disso, estes corantes podem aumentar a sensibilidade de detecção, ampliando significativamente a sua aplicação em biologia celular
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Vargas Pereira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • pontos quânticos de carbono e nanocelulose: nanomateriais com potenciais aplicações em células solares, na agricultura e na área biomédica
  • Esse projeto propõe a obtenção, modificação química e o estudo de aplicações promissoras para nanocelulose e pontos quânticos de carbono (PC), que podem encontrar aplicações em diferentes áreas, como a biomédica, na agricultura e em células fotovoltaicas. Com relação à nanocelulose, que é o termo genérico para designar nanocristais de celulose (NCC) ou nanofibras de celulose (NFC), nosso grupo de pesquisa tem desenvolvido número expressivo de trabalhos envolvendo a preparação, caracterização e diferentes aplicações de nanocompósitos com esses materiais, principalmente envolvendo polímeros biodegradáveis. Numa próxima etapa em trabalhos envolvendo nanocelulose, pretende-se explorar as propriedades desses nanomateriais para a preparação de hidrogéis biodegradáveis, para aplicações na área biomédica e na agricultura. Com relação à área biomédica, existem desafios a serem vencidos principalmente com relação à obtenção de hidrogéis com propriedades mecânicas apropriadas para serem utilizados, por exemplo, na engenharia de tecidos, ou como curativos, que também podem ser utilizados para liberação controlada. Nesse aspecto, a nanocelulose (NFC ou NCC) devidamente dispersa ou covalentemente ligada aos hidrogéis deverá desempenhar um papel importante e ainda pouco explorado na literatura. Com relação às aplicações na agricultura, a preparação de novos hidrogéis superabsorventes à base de polissacarídeos reticulados e com a inserção de nanocelulose também possibilitará a aplicação desses em liberação controlada de água e nutrientes, como uréia ou diferentes fertilizantes. Destaca-se nesse caso, o caráter totalmente biodegradável dos hidrogéis a serem obtidos, diferente da maior parte dos materiais desse tipo descritos que não apresentam biodegradabilidade. Em outra frente do projeto, no qual nosso grupo de pesquisa já tem acumulado certa experiência, tem-se os chamados pontos quânticos de carbono (PC), ou carbon dots que se constituem de materiais carbonosos de forma esférica, com tamanho entre 2-10 nm e que apresentam interessantes propriedades óticas, como uma forte absorção na região UV e fotoluminescência. Os diferentes PC a serem obtidos no contexto desse projeto serão utilizados na construção de dispositivos fotovoltaicos em combinação com diferentes perovskitas (serão trabalhados especificamente materiais dessa classe ainda pouco ou não exploradas nessa área). Os PC terão o papel de participar como materiais transportadores de “buracos”, para reduzir a recombinação de carga ou ainda como protetores UV, em função das perovskitas serem sensíveis à essa região do espectro.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiany de Cássia Tavares Silva

Ciências Humanas

Educação
  • por uma “outra” históriografia do ensino secundário (1931 a 1961): estudos comparados como ferramenta de construção
  • Esta proposta de pesquisa parte da premissa de que a historiografia do ensino secundário disponível em livros, capítulos de livros, artigos em periódicos, dissertações e teses, incursionam por um retrato que obedece a seguinte cronologia, do século XIX até a década de 1920, dos anos de 1931 a 1971 e de 1971 até o presente momento histórico. Cronologia essa cujo marco divisório encontra-se entre uma fase e outra de reformas que, apesar de educativas, representam um tipo de projeto político-social que tem na educação escolar um de seus elementos de consolidação. Tal projeto político-social e educativo alimenta uma historiografia definida pela afirmação dos processos de criação e incremento do secundário nacional como parâmetro para uma história deste ensino “regionalizado”, sem, contudo, trazer as relações locais (políticas, econômicas, sociais e educativas) entre os Municípios e os Estados como foco de problematização da história comparada da educação no Brasil. A par disso, incursionamos pela busca de conexão possível entre a escrita historiográfica constituída e aquela a ser conduzida pela regionalização e/ou municipalização no esforço de retratar outros quadros de comparação, para repensar o contexto dos registros da história da educação. Registros esses, delineados pela heterogeneidade de métodos e procedimentos, oriundos de constantes debates epistemológicos e revisões conceituais acerca do trabalho comparativo. Para tanto, incursiona por uma metodologia, considerada uma versão particular da educação comparada, da história comparada da educação e ciências sociais comparadas, intitulada “estudos comparados”. Como metodologia, proporciona a investigação dos ensinos secundários em diferentes estados brasileiros em comparação, operacionalizando a descoberta, ou não, de regularidades, percepção de deslocamentos e transformações, construção de modelos e tipologias, identificação de continuidades e descontinuidades, semelhanças e diferenças, explicitando as determinações mais gerais que regem os fenômenos sociais, dando forma a “outra” historiografia.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Almeida de Carvalho

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • permanência e atualização das fontes textuais ameríndias na literaturas latino-americanas: o caso circum-roraima
  • Apesar do reconhecimento de que as fontes textuais ameríndias desempenham importante papel na constituição dos discursos literários que compõem as narrativas histórico-culturais brasileira e latino-americana, e que serviram de base e inspiração para muitos autores das literaturas nacionais americanas – para um brasileiro de cultura mediana, Macunaíma, de M. de Andrade, talvez seja o caso mais exemplar, aquele que primeiro acode a memória – os textos ameríndios foram quase sempre desconsiderados não apenas no que tange a seus fundamentos estéticos, mas também no que diz respeito a sua capacidade de se manter e atualizar, nutrindo discursos inscritos em diferentes esferas da experiência humana. Tradicionalmente relegados à condição de textos reconhecidos pelo quase exclusivo caráter etnográfico, cujo valor deriva unicamente do fundo folclórico que apresentam, as realizações verbais ameríndias têm sido, de forma contumaz, quase negligenciadas pelos discursos teóricos, históricos e críticos desenvolvidos no âmbito das literaturas latino-americanas. Considerando esse estado de coisas e amparado numa concepção de literatura que propicia distender o campo de abrangência da arte verbal e circunscrever e abarcar realizações artísticas originárias não somente da esfera da literatura propriamente dita, senão também do folclore, do mito, da fábula e da lenda, o presente projeto de pesquisa, intitulado Permanência e atualização das fontes ameríndias nas literaturas americanas – o caso da região circum-Roraima, depois de ter investigado, em perspectiva comparativo-relacional: a) os modos de aproveitamento, de apropriação e de transposição das fontes textuais ameríndias pelas literaturas nacionais americanas do extremo norte da América do Sul, localizada na tríplice fronteira Brasil/ Guyana / Venezuela; na presente fase de seu desenvolvimento: tem o objetivo de focar b) no aprofundamento analítico sobre as qualidades estéticas das fontes textuais indígenas, e c) nas formas de permanência e atualização interna desse patrimônio imaterial no âmbito interno da produção discursiva indígena. A pesquisa se ancora numa concepção de corte geográfico, histórico e social, e que considera a unidade cultural dos diferentes povos dessa região e o potencial literário existente nessa tríplice fronteira – a partir do recorte que delimita seu interesse imediato à região etnograficamente designada de “circum-Roraima”. Circunscrita às adjacências do Monte Roraima e habitada por diferentes povos de filiação lingüística karib e arawak, as fontes indígenas oriundas da região circun-Roraima têm sido coletadas e reunidas em conjuntos narrativos da maior importância, tais os casos dos Mitos e lendas dos índios Taurepang e Arekuná, de T. K-Grünberg; Jurupari, de Stradelli; Mitologia Makiritare, de Marc Civrieux, dentre outros. Partimos do pressuposto de que estes textos, são, em si mesmos, dotados de valor estético e literário, aos quais ainda não foi dada a devida atenção. Podemos constatar o fato de que a paisagem, os costumes e o homem da região circum-Roraima têm marcado as obras resultantes de esforços de escritores brasileiros (caso de Mário de Andrade, Macunaíma), venezuelanos (caso Romulo Gallegos, Canaima) e guianeneses (caso de Wilson Harris, The sleepers of Roraima). Na senda de configurar as marcas nacionais das literaturas de que participam e constroem a um só tempo, estes e outros escritores de maior destaque nos quadros das literaturas em que atuam encontraram, em comum, no solo da região circum-Roraima, os elementos de que necessitavam para inscrever a particularidade do elemento local/nacional no concerto das literaturas universais – a que aspiravam participar. Esse movimento de transposição e de circulçao dos textos indígenas da esfera oral para o campo da cultura escrita, seja ela de fatura etnográfica, seja de fatura literária, foi objeto das investigações do grupo de pesquisas Permanência e atualização das fontes ameríndias nas literaturas americanas – o caso da região circum-Roraima nos últimos quatro anos – obtendo resultados muito promissores, conforme se pode depreender da produção de seus membros. De outra perspectiva, a experiência propiciadas pela condição de professor da área de Comunicação e Artes do curso de Licenciatura Intercultural da UFRR tem-me permitido constatar que as forma verbo-artísticas indígenas também permanecem e se atualizam de diferentes maneiras no circuito interno das formas de produções textuais das comunidades indígenas existentes no entorno do Roraima. Ocorre que, além dos "mais velhos", tradicionais detentores de uma experiêcia culturais mais larga e ampla, em nossos dias essa produção agora tem ganhado o reforço de um considerável contingente de professores indígenas já graduados, e que vêm nutrindo pretensões intelectuais. Dentre esses, alguns também aspiram a aprofundar estudos tanto sobre os modos em que se dá a manutenção dessas textualidades no âmbito das comunidades, mas também sobre o regime de trocas e transferências literárias e culturais, derivado das fricção social entre índios e não-índios que continuamente ora mais se intensifica. Alguns indivíduos indígenas (apesar de todas as dificuldades que enfrentam no mundo acadêmico), têm-se aventurado na pós-graduação em lçetras da UFRR (alguns com o apoio do nosso grupo de pesquisas). O projeto de investigação pressupõe uma abordagem em grande angular e de longo alcance, o presente projeto de pesquisa muito se amparará da situação de ser associado aos programas de Pós-Graduação em Letras e sociedade e Fronteiras da Universidade Federal de Roraima. Em razão disso, a pesquisa mantém um importante componente de ordem intelectual e social e que também assume caráter intervencionista: vem sendo desenvolvida forte ação da equipe do projeto na formação/preparação de estudantes indígenas egressos do curso de Licenciatura Intercultural para ingressar e permanecer tanto na pós-graduação em Letras quanto no PPGSOF.
  • Universidade Federal de Roraima - RR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio André Brayner dos Santos

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • avaliação da atividade antiparasitária in vitro e in vivo de novos compostos heterocíclicos das classes tiossemicarbazona e tiazól sobre leishmania braziliensis, leishmania infantum e trypanosoma cruzi
  • A Doença de Chagas, causada pelo Trypanosoma cruzi, afeta cerca de 6 - 7 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo uma das maiores causas de mortalidade e morbidade na América Latina. Assim como a Doença de Chagas, as Leishmanioses são consideradas como prioritárias nos programas e ações da Organização Mundial de Saúde. Atualmente, estima-se que 700.000 a 1 milhão de novos casos de Leishmanioses ocorram anualmente, cujas manifestações clínicas podem variar desde a forma cutânea localizada até a forma visceral, que pode ser fatal. No Brasil, o principal agente etiológico da forma cutânea é a Leishmania braziliensis e da forma visceral a Leishmania (Leishmania) infantum. O desenvolvimento de novos agentes terapêuticos contra essas doenças é uma prioridade, tendo em vista que os fármacos disponíveis para a Doença de Chagas e as Leishmanioses causam severos efeitos colaterais, possuem alto custo, além de serem reportados, na literatura, casos de cepas resistentes. Nesse sentido, os compostos heterocíclicos derivados das classes tiossemicarbazonas e tiazóis são considerados promissores por possuírem um amplo espectro de atividades biológicas e permitirem a manipulação de seus radicais para atuar em alvos específicos de microrganismos. Dessa forma, o presente projeto visa avaliar a atividade tripanocida e leishmanicida in vitro e in vivo de novos compostos heterocíclicos pertencentes às classes das tiossemicarbazonas e tiazóis. Para tal, será analisado o efeito dos compostos sobre as diferentes formas evolutivas dos parasitos, bem como o potencial citotóxico sobre células de mamíferos para posterior cálculo do índice de seletividade. A análise ultraestrutural será realizada para sugerir possíveis mecanismos de ação das drogas e aquelas que apresentarem o maior índice de seletividade, serão utilizadas nos ensaios in vivo. Camundongos infectados com T. cruzi ou L. infantum serão tratados por via oral durante 15 ou 20 dias, respectivamente, e a carga parasitária será avaliada através de qPCR em tempo real. Amostras de sangue serão utilizadas para análise de marcadores bioquímicos e a genotoxicidade dos compostos será avaliada pela técnica do micronúcleo. Após o final do tratamento, os animais serão eutanasiados e os órgãos coletados para análise histopatológica. Os resultados serão analisados estatisticamente e será considerado o p valor menor que 5%.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Fábio André Lora

Engenharias

Engenharia de Energia
  • desenvolvimento de placa absorvedora de calor por estampagem incremental aplicada a geração de energia
  • A geração de energia por fontes renováveis tem como principal benefício a redução do impacto ambiental, tendo o calor resultante da radiação solar como alternativa aos sistemas convencionais. Na região de Feira de Santana – BA, a irradiação global horizontal anual tem média entre 1600 e 1800 kWh/m2. Diante deste cenário busca-se alternativas para geração de energia e sustentabilidade através da fabricação de coletor solar plano, aplicando técnicas inovadoras em conformação de chapas metálicas no desenvolvimento da placa absorvedora, que consiga gerar energia pelo fluxo de água do sistema. O objetivo é desenvolver uma rota processo de fabricação para a placa absorvedora, empregando a técnica de estampagem incremental, gerando energia pelo fluxo de água na tubulação do sistema composto por coletor solar, reservatório de água e transformador de energia acoplado nas tubulações da conexão. No desenvolvimento deste trabalho será projetada e produzida a placa absorvedora constituída por duas chapas de alumínio, conformadas por estampagem incremental e unidas. A estampagem será estudada a fim de conformar os canais para circulação de água. O reservatório estará ligado a placa absorvedora por tubulações, onde será inserido um dispositivo transformador de energia elétrica. Também será realizado o sensoriamento da placa absorvedora afim de avaliar o gradiente de temperatura ao longo dos canais de circulação de água, avaliando a eficiência energética da placa absorvedora. Espera-se neste projeto avaliar a viabilidade de fabricação por estampagem incremental da placa absorvedora de calor e a capacidade dessa em circular água no sistema, transformando fluxo de água em energia elétrica.
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Augusto Gomes Vieira Reis

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • definição da vulnerabilidade de bacias hidrográficas ao rompimento de barragens de terra - vuldams
  • Nos últimos anos no Brasil tem ocorrido uma série de acidentes envolvendo barragens, como foram os casos da Mineração Rio Verde em 2001, da indústria Rio Pomba-Cataguases em 2003, de Câmara em 2004 e da Mineração Samarco em 2015, amplamente noticiados e com uma série de consequências negativas para população e meio ambiente do entorno. Diversos outros acidentes de menores proporções envolvendo barragens de pequeno e médio portes acontecem no país anualmente, mas sem tanta repercussão. Todo esse cenário está ocorrendo mesmo com a existência de uma política pública específica sobre o tema, a Política Nacional de Segurança de Barragens (Lei Federal no 12.334/2010), e de diferentes manuais e normas técnicas que abordam aspectos de projeto, construtivos, operacionais e de monitoramento. Contudo, é importante ressaltar que não existe no país uma metodologia específica para avaliar a vulnerabilidade de bacias hidrográficas ao rompimento de barragens. Nesse sentido, o presente projeto de pesquisa tem como objetivo principal propor metodologia para estabelecer a vulnerabilidade de bacias hidrográficas em relação à potencialidade de rompimento de barragens de terra, por meio da definição de atributos fisiográficos, de uso e ocupação do solo e da presença e situação das barragens na bacia. A metodologia irá focar as travessias de drenagens que possuem obras lineares tais como: rodovias, dutovias, ferrovias, entre outras. O projeto será desenvolvido em 6 etapas principais, que são: levantamento bibliográfico sobre os principais temas da pesquisa; organização e gerenciamento do banco de dados no software ArcGis® 10.1; compartimentação fisiográfica e mapeamento do uso e ocupação do solo para definição dos principais atributos da bacia hidrográfica escolhida como área de estudo; levantamento das barragens existentes na bacia hidrográfica com a finalidade de identificar a situação de cada empreendimento em relação a potencialidade de rompimento; estudo de retroanálise sobre acidente ocorrido, em 2007, no Córrego do Monjolo; e integração dos resultados e elaboração da proposta metodológica com a discussão entre os membros da equipe, técnicos e proprietários de barragens. O desenvolvimento do projeto possibilitará a elaboração de uma proposta metodológica inovadora aplicada a gestão de bacias hidrográficas e vulnerabilidade ao rompimento de barragens, que poderá ser usada por empresas privadas e órgãos públicos na gestão territorial e de empreendimentos, além de incentivar a realização de novas pesquisas científicas e tecnológicas sobre estes temas que apresentam alta relevância no país, principalmente, pelos enormes prejuízos causados pelos acidentes mais recentes.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Barboza Passos

Engenharias

Engenharia Química
  • melhoria do desempenho de baterias de íon de lítio pela incorporação de materiais nanométricos
  • A necessidade de mitigação de impactos ambientais relacionados à geração de energia e a busca por sustentabilidade geram discussões que envolvem interesses ambientais, sociais, políticos e econômicos. Entre as fontes de energias convencionais, a energia elétrica proveniente de hidrelétricas se destaca por apresentar baixo impacto ambiental e ser sustentável. A demanda de energia das hidrelétricas não é constante durante o dia, sendo maior entre às 17 e 22 h. Fora deste horário, parte da energia gerada pode ser convertida em energia química e armazenada em baterias para posterior uso. Atualmente, o armazenamento de energia em baterias é usado em aplicações estacionárias e móveis, como o uso de energia para residências e em veículos elétricos respectivamente. Os veículos elétricos não emitem gases poluentes e são uma alternativa aos convencionais carros com motores a combustão. Contudo, as baterias dos carros elétricos ainda não apresentam o mesmo desempenho que um motor a combustão, pois apresentam menor potência e energia específica. Estas limitações se dão, principalmente, devido à baixa condutividade elétrica do catodo. Entretanto, estas desvantagens podem ser superadas pela introdução de materiais condutores nos catodos das baterias. Os principais materiais condutores inseridos nos catodos das baterias são à base de carbono, pois estes apresentam elevada condutividade térmica e elétrica e não reagem quimicamente com os materiais que constituem o catodo. Nanotubos de carbono são materiais nanométricos a base de carbono e podem ter suas propriedades alteradas em função de sua estrutura e morfologia. Deste modo, a incorporação de nanutubos com adequada estrutura pode melhorar o desempenho das baterias. Nesta proposta serão preparados catalisadores de CoMo/MgO para produção de nanotubos de carbono com diferentes estruturas e morfologias e, posteriormente, aplicados em catodos de óxido de lítio. Uma detalhada caracterização dos catalisadores, nanotubos e catodo podem revelar quais as principais condições racionas que afetam a estrutura dos nanotubos e consequentemente, as características dos catodos e o desempenho das baterias de íon de lítio.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Barrozo do Canto

Ciências Biológicas

Imunologia
  • estudo da influência de linfócitos b sobre a homeostase periférica e função supressora de células t reguladoras cd4+foxp3+
  • Células T reguladoras CD4+Foxp3+ (Treg) são essenciais para o estabelecimento da homeostase imunitária e preservação da tolerância ao próprio. Deficiências no fator de transcrição Foxp3, regulador-chave da diferenciação e função supressora desta subpopulação celular, são acompanhadas pelo desenvolvimento de síndromes inflamatórias e auto-imunes letais tanto em humanos como em camundongos. Nesse sentido, o estabelecimento de proporções adequadas entre células T Foxp3+ e Foxp3- emerge como condição imprescindível para a manutenção da tolerância periférica e prevenção de autoimunidades. Em camundongos, a frequência de células Treg em órgãos linfóides periféricos como baço e linfonodos corresponde a 5-15% do total de linfócitos T CD4+. Entretanto, em sítios associados à mucosa intestinal, observa-se um enriquecimento significativo na frequência dessa subpopulação, predominantemente composta por células Treg derivadas de células T CD4+Foxp3- convencionais (Tconv) que, no ambiente periférico, diferenciam-se ao fenótipo regulador ao reconhecerem o antígeno cognato em presença das citocinas TGF-beta; e IL-2 (peripherally-induced Treg, pTreg). Tendo em vista o íntimo contato da mucosa intestinal com uma diversificada e abundante fonte de antígenos, provenientes tanto de microrganismos comensais e patogênicos como de proteínas inócuas da dieta, o enriquecimento em células Treg e sua especialização fenotípico-funcional nesse microambiente têm sido apontados como elementos essenciais ao estabelecimento da relação benéfica com a microbiota comensal, à prevenção de respostas inflamatórias exacerbadas a agentes infecciosos e ao desenvolvimento de tolerância oral. Portanto, torna-se essencial compreender os fatores que contribuem para o estabelecimento do equilíbrio numérico-funcional entre as populações efetora e reguladora em situação homeostática, tanto no ambiente intestinal como nos órgãos linfóides convencionais. Nesse contexto, diversos estudos têm se concentrado em entender que tipos celulares contribuem para a homeostase periférica do compartimento de células Treg. Apesar das células dendríticas (DCs) terem emergido como a principal população de célula apresentadora de antígenos (APC) capaz de influenciar a homeostase de células Treg no ambiente periférico, estudos mais recentes têm demonstrado que os linfócitos B também participam da regulação pós-tímica dos números de Treg. Camundongos congenitamente deficientes em linfócitos B, tais como o animal mMT, exibem frequência reduzida de células Treg no baço. Parte dessa alteração periférica pode ser secundária a perturbações no desenvolvimento intra-tímico de Treg na ausência de linfócitos B, já que o timo de animais mMT tem cerca de metade do número de Treg encontrado em animais wild-type (WT). Entretanto, nosso grupo demonstrou que o número periférico de células Treg aumenta significativamente na presença de linfócitos B mesmo quando a exportação tímica é interrompida, indicando que esse tipo celular contribui ativamente, nos órgãos linfóides secundários, para a manutenção de um número adequado de células Treg. Ainda neste trabalho, descrevemos que linfócitos B promovem o aumento seletivo de células pTreg, o que contribuiu para a prevenção da colite mediada por células T. Apesar da descrição do papel de linfócitos B na manutenção dos números periféricos de células Treg, nenhum estudo até o momento investigou qual é o impacto da deficência de linfócitos B sobre o compartimento de células Treg intestinais. Além disso, não está clara a razão pela qual os números esplênicos de Treg nos animais mMT não são recuperados ao níveis encontrados no animal WT. Na ausência de linfócitos B, as Treg exportadas do timo podem proliferar menos, sofrer mais apoptose ou exibir um padrão alterado de migração. Alternativamente, em ambiente desprovido de linfócitos B, as células Treg poderiam expressar Foxp3 de forma instável, perdendo a expressão desse fator de transcrição e, assim, passando a ocupar o compartimento de células Tconv. Em paralelo, as células Tconv podem estar prejudicadas em sua capacidade de sofrer diferenciação periférica ao fenótipo regulador na ausência de linfócitos B. Por fim, permanece inconclusivo se, a deficiência em linfócitos B prejudica a funcionalidade das células Treg. No presente projeto, pretendemos investigar a influência dos linfócitos B sobre a homeostase periférica das células Treg, bem como sobre seu potencial supressor in vivo e in vitro. Para a realização deste estudo, utilizaremos como principal ferramenta a linhagem de camundongos transgênicos mMT.Foxp3GFP, que é congenitamente deficiente em linfócitos B e, simultaneamente, possibilita identificar e isolar células CD4+Foxp3+ (Treg, GFP+) ou CD4+Foxp3- (Tconv, GFP-) através da detecção da fluorescência espontânea da proteína verde fluorescente por citometria de fluxo. Os resultados obtidos neste projeto, poderão ampliar a compreensão do papel imunorregulador dos linfócitos B, bem como de seu impacto sobre a homeostase e atividade funcional de células Treg.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Bittencourt Meira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • entre resistências e alternativas: um mapa das experiências desperdiçadas - circuitos inferiores da economia urbana, suas práticas e formas de organizar
  • Esta proposta objetiva integrar as atividades de pesquisa e extensão no âmbito do Núcleo de Estudos em Gestão Alternativa da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (NEGA EA/UFRGS). Inspira-se nas pesquisas anteriores do NEGA EA/UFRGS, centradas no interesse de conhecer e privilegiar experiências sócio-produtivas reconhecidas como solidárias, alternativas ou contra-hegemônicas. A relevância deste intento está precisamente no fato de que estas atividades se encontram invisibilizadas pela pesquisa tradicional (mainstream) em Administração e Organizações, majoritariamente orientada pelo interesse comercial e instrumental. Isto é bem representado no objeto hegemônico desse campo: a organização empresarial. Trata-se, portanto, de iluminar a penumbra para descobrir práticas e formas organizadas de produzir para viver (Boaventura, 2002). O objetivo geral desta proposta é a produção de um mapa de experiências desperdiçadas. Trata-se de um esforço na contramão da tendência contemporânea de privilegiar a “inovação” como categoria subsumida ao processo seletivo pressuposto no funcionamento eficiente dos mercados. A inovação tem sido considerada sinônimo de sucesso ligado à apuração de lucros extraordinários na atividade comercial de uma empresa. No presente trabalho, esta noção de inovação é considerada unidimensional por revelar-se incapaz de orientar a compreensão de experiências inovadoras com padrões de interação estranhos à lógica empresarial. Tendo como foco as iniciativas de trabalho e renda das periferias das grandes cidades, a pesquisa avança em ações econômicas enraizadas cultural e territorialmente – muitas vezes referidas pela informalidade e outros nomes que revelam a distância que as separa de práticas plenamente instituídas. Este é um terreno inóspito para as análises socioeconômicas de inspiração empresarial. Nesta pesquisa, busca-se superar essas limitações pela adoção de uma perspectiva econômica distinta, cujo fundamento é a economia substantiva de Karl Polanyi (1944; 1977). Na perspectiva de Polanyi, trata-se de incluir padrões institucionais de troca econômica distintos da troca mercantil. São eles redistribuição, reciprocidade e domesticidade. De modo que a fundamentação teórica da pesquisa se constrói pela renovação da noção de inovação e empreendedorismo, a partir da perspectiva econômica de Polanyi. O que implica ressignificar as experiências empreendedoras, suas práticas e modos de organizar a partir dos referentes não-mercantis. Neste projeto chamamos experiências desperdiçadas às práticas e modos de organizar a produção que escapam à lógica da inovação em sua vertente puramente econômica, como veremos a seguir.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Bonfim Duarte

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • descrição, documentação, revitalização e análise teórica de línguas indígenas brasileiras
  • A presente proposta dá continuidade a um projeto que já contou com o financiamento do CNPq, por meio de edital universal de 1/2014, intitulado Sistema de Caso, alinhamento e ergatividade em línguas indígenas brasileiras. Justifica-se porque busca investigar aspectos da gramática de línguas minoritárias faladas no Brasil, no intuito de testar hipóteses teóricas sobre sistemas de concordância e teoria de Caso que são proeminentes em línguas indígenas brasileiras.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Bueno dos Reis Junior

Ciências Agrárias

Agronomia
  • inoculação e co-inoculação suplementar tardia para aumento da nodulação e produtividade do feijoeiro
  • O feijoeiro, por ser uma leguminosa, é capaz de formar simbiose com bactérias fixadoras de N2. Vários resultados de pesquisa indicam que o feijoeiro pode se beneficiar consideravelmente da fixação biológica de nitrogênio (FBN), quando se utiliza a técnica de inoculação das sementes antes do plantio, principalmente, porque os inoculantes incluem estirpes mais eficientes de bactérias do que aquelas presentes naturalmente nos solos. Entretanto, devido a uma série de fatores relacionados à bactéria, à planta e ao meio-ambiente, de modo diferente da cultura da soja, a inoculação com bactérias fixadoras de N2, no feijoeiro, nem sempre é suficiente para fornecer todo o N exigido pela cultura. A pesquisa tem avançado paulatinamente no aumento da eficiência da FBN, com o objetivo de diminuir ou eliminar a dependência da planta aos fertilizantes nitrogenados. Um exemplo de nova tecnologia com resultados satisfatórios é a co-inoculação das plantas com Rhizobium e Azospirillum. Esses estudos com co-inoculação mostram que existe espaço para novas tecnologias e estratégias de manejo da inoculação, que permitam aumentar a eficiência da FBN em feijoeiro. Recentemente, um estudo mostrou que inoculações suplementares de soja com Bradyrhizobium, realizadas até o estádio R6, foram capazes de aumentar a nodulação, gerando ganhos de rendimento de grãos de até 7%, em relação à inoculação somente na semeadura. Em outra linha de pesquisa foi sugerido que os benefícios da inoculação com Azospirillum, em pulverização foliar no milho, estão fortemente correlacionados com a síntese de fitohormônios e por induzir genes relacionados à tolerância das plantas a estresses abióticos e bióticos. Diante disso, tendo como base os estudos relatados acima, se pode levantar a hipótese de que plantas de feijoeiro inoculadas tardiamente com Rhizobium e/ou Azospirillum, poderão manter uma nodulação até os estádios mais avançados de desenvolvimento da cultura, assim como, possivelmente serão menos susceptíveis a estresses e, consequentemente, poderão apresentar maior eficiência da FBN. Nesse projeto estamos propondo uma série de experimentos de campo com o objetivo de avaliar a resposta da inoculação suplementar tardia com Rhizobium e/ou Azospirillum sobre o desempenho da cultura do feijoeiro. Desse modo, pretende-se propor uma recomendação de manejo visando à otimização da resposta da FBN e do desempenho das plantas frente a estresses bióticos e abióticos, com vistas à redução do uso de fertilizantes nitrogenados, dos riscos ambientais associados ao uso desses fertilizantes e dos custos de produção.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Carmona

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudos pré-clínicos de extratos de associações de plantas medicinais brasileiras no tratamento da asma em modelo animal
  • As doenças pulmonares, como a asma, são responsáveis por importante morbidade, mortalidade e altos custos para a saúde em todo o mundo. A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas, sendo que o tratamento atualmente disponível apresenta respostas variáveis e efeitos colaterais indesejáveis, e, apesar dos medicamentos disponíveis, alguns pacientes não atingem o controle da doença. Assim, é necessário o desenvolvimento de novas drogas para o tratamento da asma. Historicamente, as maiores fontes de moléculas com atividade biológica têm sido as plantas. Nós previamente demonstramos a eficácia de extratos de algumas plantas medicinais em modelo experimental de asma: Pyrostegia venusta (Ker Gahl.) Miers (“cipó-de-são-joão,” Bignoniaceae), Uncaria tomentosa (Willd. ex Roem. & Schult.) DC. (“unha-de-gato,” Rubiaceae), Uncaria guianensis (Aubl.) J. F. Gmel. (“unha-de-gato,” Rubiaceae), Erythrina mulungu Mart. ex Benth (“mulungu,” Fabaceae), Momordica charantia L. (“melão-de-são-caetano,” Cucurbitaceae), e Eclipta alba L. (“erva-botão,” nomenclatura atual Eclipta prostrata (L.) L., Asteraceae). Objetivos: Avaliar os efeitos da administração de associações de extratos das plantas medicinais anteriormente estudadas, em modelo experimental de asma. Material e métodos: Camundongos Balb/c serão utilizados no estudo. Os extratos serão administrados, por via intraperitoneal em modelo de asma induzido pela sensibilização e desafios com ovalbumina. Serão realizadas medidas in vivo da mecânica ventilatória com um ventilador para pequenos animais, FlexiVent. A inflamação será avaliada pela contagem total e diferencial de células no lavado broncoalveolar e pela realização de ELISA para IL-4, IL-5, IL-10, IL-13, IFN-gama, TNF-alfa e TGF-beta no homogenato pulmonar. Será realizada histologia para visualização e quantificação de inflamação, colágeno e muco. Significância: A demonstração de atividade anti-inflamatória das associações de extratos vegetais aqui propostos em modelos animais pode levar ao desenvolvimento de novos medicamentos para o tratamento da asma.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Castro Gouveia

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • estudos cientométricos de instituições de ensino e pesquisa no brasil
  • O projeto de pesquisa Estudos Cientométricos de Instituições de Ensino e Pesquisa Brasileiras visa levantar e avaliar as relações entre as Instituições de Ensino e Pesquisa e suas produções acadêmicas em diferentes campos da ciência brasileira com base em dados como os da Plataforma Lattes – CNPq, a Scopus – Elsevier e a Altmetric – Altmetric.com. Para tal, serão considerados indicadores cientométricos e altmétricos, bem como estudadas as relações de co-autoria tanto individual, quanto institucional e a internacionalização das produções acadêmicas, focando no fomento à pesquisa registrado pelos pesquisadores nessas bases. As pesquisas relativas a este projeto podem ser divididas em três linhas: Linha 1: Produção de conhecimento por pesquisadores doutores vinculados à Instituições de Ensino e Pesquisa do Brasil; Linha 2: Produção de conhecimento por Instituições de Ensino e Pesquisa do Brasil catalogada em bases de dados; Linha 3: Métricas alternativas na ciência produzida por pesquisadores doutores do Brasil. Um mapeamento efetivo das relações existentes entre os diversos atores envolvidos nas diversas áreas de pesquisa no Brasil, bem como as inter-relações existentes entre as instituições do Brasil e seu papel como integradores com outras instituições nacionais e internacionais (cut-points) pode trazer informações relevantes para um melhor entendimento da dinâmica de pesquisa no país. Neste projeto, teremos como foco as Instituições de Ensino e Pesquisa do Brasil, delimitado as mais importantes representantes da produção científica no País. Acreditamos que os resultados obtidos por este projeto de pesquisa além de poder ser objeto de produção acadêmica mediante a apresentação de trabalhos em eventos científicos e publicações de artigos, possa também subsidiar um melhor entendimento do papel dos diversos atores e instituições voltados para produção da ciência no Brasil.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio César Scherer

Ciências Humanas

Filosofia
  • método de análise na filosofia crítica de kant
  • O presente projeto de pesquisa pretende investigar o papel heurístico do método de análise e síntese na construção do projeto crítico da razão pura especulativa e da razão prática na década de 80. Num contexto geral, a leitura secundária reconhece que o método de análise e síntese foi utilizado por Kant como uma ferramenta de organização dos conteúdos. No entanto, o seu emprego enquanto uma ferramenta heurística de pesquisa e de descoberta é uma questão pouco abordada. O próprio Kant contribuiu para tal, à medida que não explicitou o emprego heurístico deste método. Dado este quadro, pretende-se, analisar as obras que lançam o projeto de filosofia transcendental e de filosofia moral, com a finalidade de determinar o emprego do método de análise e síntese, em sua acepção heurística. Todavia, caso esse método, em sua acepção heurística, não tenha sido empregado, além de determinar esse resultado, pretende-se circunscrever o seu emprego no âmbito da organização de conteúdo.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Comes de Castro

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • fadiga multiaxial e plasticidade cíclica de aços inoxidáveis: experimentação e modelagem
  • O objetivo geral deste projeto é avaliar e aperfeiçoar modelos para predição do comportamento tensão-deformação cíclico e em fadiga de aços inoxidáveis submetidos a carregamentos multiaxiais. Serão realizados experimentos em corpos de prova lisos e com entalhes, submetidos a carregamento axial-torcional cíclico, tendo em vista um entendimento das limitações dos modelos de plasticidade cíclica e de fadiga existentes na literatura. A partir dos resultados experimentais obtidos, serão propostos aperfeiçoamentos nos modelos investigados tendo vista uma descrição mais acurada das tensões e deformações e da vida em fadiga. O projeto de pesquisa será desenvolvido no Laboratório de Ensaios Mecânicos da Universidade de Brasília que dispõe de infraestrutura de nível internacional para a realização dos experimentos propostos. O tema deste projeto está vinculado à pesquisa de doutorado de um aluno orientado pelo proponente.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Cristiano Souza Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • iv mostra de jogos e robótica do if sertão pernambucano
  • A IV Mostra de Jogos e Robótica é um evento interdisciplinar promovido pelo IF Sertão-PE Campus Petrolina, através do Projeto Academia HackTown - Escola Pública de Programação em Jogos e Robótica, que visa estimular a participação em ações de ensino, extensão e a iniciação científica dos estudantes do nível fundamental, médio, e graduação, promovendo a troca de experiências e divulgação dos protótipos desenvolvidos a partir de investigações científicas e aplicação de técnicas de construção de robôs e desenvolvimento de jogos na região do sertão pernambucano e baiano.
  • Instituto Federal do Sertão Pernambucano - PE - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Fabio Dal Soto

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • proposições para o estabelecimento da orientação empreendedora em universidades brasileiras
  • A dinâmica ambiental tem desafiado as universidades na maior aproximação com a sociedade como um todo. Esse desafio é histórico e está diretamente relacionado aos diferentes modelos assumidos pelas universidades em diversos lugares do mundo. A fim de atender as alterações ambientais e de interferir na própria dinâmica ambiental, as universidades têm se movimentado em direção a novos modelos, com destaque ao da universidade empreendedora ou inovadora, o qual tem sido utilizado em diferentes contextos econômicos e sociais. A partir disso, assume-se como pressuposto que as mudanças realizadas no âmbito de algumas universidades brasileiras têm como um dos norteadores a transição de um modelo de universidade híbrida ou humboldtiano para uma universidade mais engajada e empreendedora. Logo, a seguinte questão orienta a investigação: como se estabelece a orientação empreendedora no ambiente acadêmico, a qual embasa os processos de transformação institucional em direção a um modelo de universidade empreendedora? Assim, esta pesquisa tem o objetivo de gerar proposições aplicadas para o estabelecimento da orientação empreendedora no ambiente acadêmico, com base na análise dos movimentos realizados por universidades brasileiras em direção a um modelo de universidade empreendedora. No que tange ao campo empírico, as universidades possuem algumas características singulares que podem ser particularmente interessante para o estudo da ação estratégica, pois se constituem como organizações pluralistas, com objetivos múltiplos, que não são necessariamente compatíveis com empresas ou uma orientação estratégica global. Ou seja, as universidades constituem-se em um contexto relevante e pouco explorado para o estudo da ação estratégica. Além disso, esta pesquisa está voltada ao contexto de um país em desenvolvimento, tendo em vista a concentração dos estudos sobre o fenômeno em questão nos países desenvolvidos e a necessidade de sua compreensão em outros contextos econômicos e sociais. Quanto ao método, esta pesquisa caracteriza-se por uma abordagem qualitativa, centrada em um estudo de casos múltiplos ou comparativos. O uso dessa técnica de pesquisa é adequado em função da necessidade de se compreender um fenômeno complexo e dependente do contexto. Além disso, essa estratégia de pesquisa é aderente em função de que as evidências apresentadas através desse tipo de projeto são mais convincentes e o próprio estudo é considerado mais robusto, ao basear-se na lógica da replicação. Como fonte direta de dados, entrevistas serão realizadas in loco, guiadas por um roteiro semiestruturado, junto aos principais envolvidos na implementação da orientação empreendedora nas universidades pesquisadas, tendo como ponto de partida os membros da direção das instituições de educação superior (IES). A partir disso, pretende-se combinar duas técnicas: a indicação de informantes-chave e a bola de neve ou snowball. Além dessas fontes primárias, dados secundários serão coletados por meio dos sites das IES na Internet e de materiais públicos ou documentos internos disponibilizados pelas IES. Em termos de contribuições, esta pesquisa visa avançar no conhecimento acerca da transição de universidades em direção a um modelo de universidade empreendedora e suas implicações para a gestão dessas instituições, especialmente no estabelecimento da orientação empreendedora. Essa transição pode conferir às IES um papel revigorado nas suas missões tradicionais, de ensino e de pesquisa, assim como no desenvolvimento de suas regiões. O estudo de diferentes casos de implementação desse modelo, combinado às particularidades de cada região, pode proporcionar um rico manancial a ser explorado tanto de forma teórica pela academia quanto de forma pragmática pela gestão das universidades.
  • Universidade de Cruz Alta - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio de Almeida Mendes

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • mentoria de professores do ensino básico utilizando os filmes de ficção científica como ferramenta pedagógica para aplicar metodologias ativas e o método científico no ensino.
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 12/08/2019-31/12/2021
Foto de perfil

Fabio de Lima Leite

Ciências Humanas

Educação
  • x encontro regional de futuros cientistas
  • O X Encontro Regional de Futuros Cientistas (ERFC) é um evento transdisciplinar que tem como foco principal agregar valores, disseminar conhecimento e divulgar os trabalhos desenvolvidos em todas as escolas municipais e estaduais dos municípios conveniados (Anhembi, Araçoiaba da Serra, Capão Bonito, Cesário Lange, Iperó, Pilar do Sul, Salto de Pirapora, Sorocaba e Tatuí) ao Programa Futuro Cientista® (PFC). A ideia é despertar o aprendizado pela descoberta por intermédio de projetos científicos e tecnológicos. Neste evento os “futuros cientistas” têm a oportunidade de mostrar sua criatividade e inventividade diante de um público curioso e atento às inovações
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020