Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Admir Antonio Betarelli Junior

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • estrutura produtiva, composição de consumo e redistribuição de renda: avaliando os efeitos da redução de custos dos transportes de passageiros à economia brasileira
  • Grande parte dos setores de transporte de passageiros no Brasil passou por reformas microeconômicas desde o final da década de 1990, levando a mudanças estruturais expressivas. O transporte de passageiros é tipicamente um item de despesa familiar e as mudanças estruturais nesses serviços podem afetar as famílias de maneira diferente, dependendo da sua posição na distribuição de renda e despesa. Esses vínculos entre estrutura de renda, composição de consumo e transporte de passageiros têm sido pouco explorados por pesquisas aplicadas à economia brasileira. Dessa maneira, este projeto de pesquisa propõe-se a analisar os efeitos econômicos de duas políticas de redução dos custos de produção das atividades de transporte terrestre de passageiros sobre o sistema produtivo e os grupos de renda e consumo familiar. A primeira política microeconômica tratará da importância e repercussões de longo prazo das subvenções concedidas às atividades transporte de passageiros. Por seu turno, a segunda abordará os desdobramentos da redução do preço de óleo diesel, cujo insumo intermediário é o principal na estrutura de custo do setor de transporte de passageiros. A metodologia em ambas simulações consiste em um modelo dinâmico de equilíbrio geral computável (EGC) que incorpora os fluxos de uma Matriz de Contabilidade Social (MCS) de 2010, delineando a geração e apropriação de renda por diferentes fontes e a estrutura de gastos institucionais, e um detalhamento dos mercados de transporte de passageiros no Brasil.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adolfo Alberto Vanti

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • avaliação de prestação de contas públicas: predição com técnicas de mineração de dados -
  • Esta proposta se refere à avaliação de Prestação de Contas para Predição de Conhecimento, utilizando-se o enfoque de Design Science Research (DSR) e método Data Mining. Essa avaliação gerará uma aprendizagem automática de máquina com um Sistema Classificador Inteligente (SCI). O projeto se operacionaliza de maneira teórica e prática envolvendo níveis de avaliação de dados com técnicas de Árvores de Decisão (C4.5), Naive Bayes, Multi-layer Perceptron (MLP) e Lazy Learning k-NN e será aplicado em uma base de dados de Instituição Pública.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adolfo Fernandes Herbster

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • projeto de amplificadores a fibra dopada com érbio para sistemas ópticos de alta capacidade
  • Esta proposta de pesquisa contribuirá para o desenvolvimento de amplificadores ópticos a fibra dopada com érbio (EDFA) para sistemas ópticos coerente baseados em multiplexação espacial (spatial division multiplexing – SDM), mais especificamente, para sistemas ópticos baseados em fibras de poucos modos (few-mode fibers – FMF) e de vários núcleos acoplados (coupled-core multi-core fibers – CC-MCF). O desenvolvimento de EDFAs de elevado ganho modal, baixa figura de ruído e desequalização entre modos (differential modal gain – DMG) contribuirá para o aumento da taxa de transmissão em sistemas ópticos de longo alcance, permitindo o desenvolvimento e aprimoramento de aplicações de vídeo e as emergentes aplicações correlatas aos centros de processamento de dados (datacenters). Para execução deste projeto é considerada a participação de alunos de graduação do curso de Engenharia Elétrica da Unidade Acadêmica de Engenharia Elétrica (UAEE) do Centro de Engenharia Elétrica e Informática (CEEI) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), alunos do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UFCG (COPELE) e colaboração de pesquisadores da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC/USP), Dublin City University (DCU), Technical University of Denmark (DTU) e PadTec/Campinas. Com uso dos recursos solicitados neste projeto, objetiva-se promover melhorias na infraestrutura para desenvolvimento de pesquisas em comunicações ópticas. Este projeto é fundamental em sistemas ópticos de alta capacidade e contribui ainda para o desenvolvimento científico e tecnológico em uma área estratégica para o desenvolvimento nacional: Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adolfo Franco Júnior

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo das propriedades elétricas e magnéticas de materiais multifuncionais à base de óxidos de zinco
  • Os materiais multiferroicos (MFs) à base de óxidos tem atraído muita atenção da comunidade científica devido ao fato de apresentarem simultaneamente várias ordens ferróicas tais como ferroeletricidade (FE) e antiferromagnetismo (AF). A coexistência de vários parâmetros de ordem gera fenômenos físicos inéditos e oferece possibilidades para novas funcionalidades de dispositivos. É de particular interesse a existência de acoplamento entre as ordens magnética e elétrica denominado de acoplamento magnetoelétrico (ME). Dispositivos MEs estão sendo usados como sensores de campo magnético e de corrente, transformadores, dispositivos de micro-ondas ajustáveis, ressonadores, filtros, etc. Um campo elétrico pode mudar sua magnetização ferromagnética (FM) e assim controlar dispositivos do tipo válvula de spin baseados em exchange bias (EB, viés de troca). Recentemente a resposta ME foi observada em compostos ME de múltiplas fases, apropriados para aplicações de sensores. Por exemplo, memória do tipo ME Random Access Memory (MERAM) é baseada no controle elétrico do EB exercido por um ME AF. Nesse projeto de pesquisa propomos um estudo aprofundado das propriedades magnéticas e elétricas de nano partículas, cerâmicas e mono cristais de materiais óxidos à base de óxido de zinco (ZnO) puros e dopados/co-dopados com íons Bi, Nb, Al e Y. As nano partículas serão obtidas pelo o método da reação de combustão e/ou de hidrólises forçada e as cerâmicas serão sinterizadas pelo convencional método da reação do estado sólido. Já os mono cristais serão crescidos pelo método de floating zone utilizando um forno de lâmpadas halogênicas. As propriedades estruturais, elétricas e magnéticas dos materiais serão exploradas por técnicas que permitem avaliar a existência simultânea de ordens ferróicas tais como ferroeletricidade (FE) e antiferromagnetismo (AF), e em especial o acoplamento entre as ordens magnética e elétrica denominado de acoplamento magnetoelétrico (ME) que constituem os materiais. Com este projeto, pretende-se aumentar a produtividade dos pesquisadores envolvidos de forma a fortalecer os grupos de pesquisas e programa de pós-graduação envolvidos e promover a fixação de jovens doutores na região centro-oeste. Também contribuirá para a formação de recursos humanos na área de preparação e caracterização de materiais multifuncionais, em destaque a classe dos multiferroicos.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adolfo Horn Junior

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • uma alternativa ambientalmente correta para a halogenação de hidrocarbonetos saturados inspirada no modo de ação das halogenages/haloperoxidases
  • Neste projeto propõe-se o desenvolvimento de sistemas catalíticos que promovam a halogenação (cloração, bromação) de hidrocarbonetos saturados (alcanos), inspirados no modo de ação das halogenases/haloperoxidases. A proposta envolve o desenvolvimento de processos que podem ser considerados ambientalmente corretos por utilizar compostos menos tóxicos e serem realizados a menor temperatura e pressão, em comparação ao utilizado industrialmente na atualidade, Para atingir esta meta, propõe-se o desenvolvimento de compostos de coordenação de manganês, ferro, cobre e zinco utilizando ligantes tetra e pentadentados. Os compostos, após sintetizados e caracterizados, serão avaliados como catalisadores em reações de halogenação de alcanos cíclicos e acíclicos (cicloexano, n-hexano, metilcicloexano, 1,2-dimetilcicloexano, 1,3-dimetilcicloexano, 2,4-dimetilpentano e norbonano). O sistema halogenante empregará acetonitrila como solvente, o catalisador, o substrato e o agente halogenante. Como agentes halogentes serão investigados: (a) os ácidos tricloroisocianúrico e o tribromoisocianúrico; (b) sais contendo hipoclorito e hipobromito; (c) sais contendo cloreto e brometo na presença de peróxido de hidrogênio. Os sistemas que apresentarem a melhor atividade terão o mecanismo de reação estudos. Para isso, serão realizados estudos utilizando técnicas espectroscópicas/espectrométricas (UV-Vis, RMN, RPE, ESI-MS) visando a identificação de intermediários de reação. Com base na identificação de tais espécies estudos teóricos serão realizados objetivando a obtenção de dados termodinâmicos que validem a proposta mecanística.
  • Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adolfo Jatobá Medeiros Bezerra

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • há efeito sinérgico entre probiótico e fitoterápicos para tilápias-do-nilo?
  • A presente proposta tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentável da piscicultura, por meio do uso conjunto de probiótico (Lactobacillus plantarum) e fitoterápico (hidrolato de Curcuma longa) no cultivo de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus), visando formação de recursos humanos e difusão de novas tecnologias na área da nutrição aquícola. Para obter êxito, a proposta foi dividida em quatro etapas: 1ª, Dose de hidrolato de Curcuma longa no meio de cultura do Lactobacillus plantarum, com intuito de avaliar o efeito de diferentes concentrações de hidrolato de C. longa no crescimento do probiótico a ser avaliado, e definir uma concentração a ser utilizada no veiculo de cultivo do probiótico; 2ª, Avaliação da dose de hidrolato de C. longa definida na dose anterior na criação de tilápias-do-nilo, analisando a homeostase animal através de alterações no perfil hematológico e da comunidade microbiana presente no trato digestório; 3ª, Avaliação in vivo do L. plantarum cultivado com hidrolato de C. longa na criação de Tilápias do Nilo; verificar a performance de crescimento e saúde animal da tilápia-do-nilo alimentada com o “fitobiótico” (L. plantarum crescido em meio de cultura com hidrolato de C. longa); e 4ª, Infecção experimental, avaliar a influência do “fitobiótico” na sobrevivência da tilápia-do-nilo frente uma infecção experimental com Streptococcus sp. Após os 36 meses, espera-se a obtenção de um novo aditivo alimentar, assim como o protocolo para seu uso em condições de cultivo, além da formação de recursos humanos aptos a aplicar este tecnologia na tilapicultura, assim como desenvolvê-la para outras espécies. Consequentemente aumento das publicações e difusão das informações relacionadas com o cultivo desta espécie, assim como de suas técnicas de manejo preventivo, estimulando o desenvolvimento da atividade de maneira mais ambientalmente amigável.
  • Instituto Federal Catarinense - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adolfo Ricardo Calor

Ciências Biológicas

Zoologia
  • entomofauna da chapada diamantina, bahia, brasil: uma proposta de cooperação em taxonomia, filogenia e biogeografia
  • O “impedimento taxonômico” tem íntima conexão com os déficits Linneanos e Wallaceanos, que constituem verdadeiros obstáculos ao entendimento de padrões de diversidade e estabelecimento de estratégias eficazes de conservação. Muitos autores tem discutido as estratégias para reduzir o “impedimento taxonômico” e proposto verdadeiros desafios. Tais desafios englobam ações desde o apoio a formação de taxonomistas com sólida formação teórica ao investimento em coleções científicas, passando pela produção científica contextualizada, que incorpore novas tecnologias e amplie e integre os conjuntos de dados (considerando morfologia, moléculas, fatores históricos, clima etc) para suas inferências. Em caso de países megadiversos como o Brasil, tratar de grupos megadiversos como os insetos, em área com reconhecida taxa de endemicidade e elevada riqueza como a Chapada Diamantina, justifica a investida de tantos pesquisadores. Ademais, trata-se de área de nascente dos mais importantes rios do estado, assim como região que tem recebido forte influencia antrópica por parte da agricultura, pecuária, mineração e turismo. Outro lado do “impedimento taxonômico” pode ser visto na discrepância da concentração de especialistas e/ou centros de pesquisa nas diferentes regiões do país. O conhecimento acerca de determinados táxons tem relação direta com a presença de especialistas atuando nas áreas de ocorrência. Assim, estratégias de criação de redes de colaboração podem auxiliar na superação dos desafios, pois permitem o treinamento e a difusão de técnicas (coleta, preservação e identificação de Mecoptera, por exemplo) que favorecem a formação de jovens pesquisadores, além de incrementar as coleções envolvidas (e coleções tradicionais com depósitos de tipos) com o material biológico. Para tanto, os objetivos são: (i) descrever novas espécies; (ii) inferir filogenias e propor hipóteses biogeográficas; (iii) catalogar variados táxons de insetos; (iv) consolidar as coleções de referência e (v) contribuir para a formação de recursos humanos. Neste contexto, o presente projeto buscará consolidar as coleções de insetos do MHNBA por meio da associação de pesquisa científica com formação de recursos humanos em taxonomia (integrativa em alguns casos, como de Notalina e Phylloicus), estudos filogenéticos e biogeográficos, usando dados morfológicos e moleculares.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adonney Allan de Oliveira Veras

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolver uma plataforma web para melhorar a montagem e anotação de genomas de procariontos.
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adria Ramos de Lyra

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • meninas digitais na baixada fluminense.
  • Atualmente, somente cerca de 10% dos ingressantes anuais no curso de Ciência da Computação da UFRRJ são meninas. Conforme reportagem do Jornal da USP de 07/03/2018, na década de 70 era comum que o número de alunas fosse maior do que o de estudantes do sexo masculino. Contudo, ainda de acordo com a reportagem, esta realidade se inverteu após a criação e popularização dos computadores pessoais, principalmente pelo fato de as ações de marketing serem dirigidas ao uso de computadores por homens. Este fenômeno vem sendo estudado, mas poucas evidências científicas concretas foram achadas. De toda forma, independentemente da(s) razão(ões) que tenham levado à redução do número de meninas nos cursos de Ciência da Computação, a baixa procura específica de estudantes do sexo feminino tem resultado em pouca representatividade do gênero nas decisões estratégicas de empresas, conselhos e governamentais. Como exemplo, podemos citar que é comum a diferença salarial entre profissionais da área de acordo com o seu gênero, assim como é de costume empresas contratarem profissionais através de terceirização (Pessoa Jurídica), sem direito a direitos específicos, como licença-maternidade.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/12/2018-31/05/2020
Foto de perfil

Adrian Antonio Garda

Ciências Biológicas

Zoologia
  • história da herpetofauna das formações abertas da américa do sul: evidências de filogeografia comparada e sequenciamento de nova geração
  • Outrora considerados biomas depauperados e com baixa diversidade, as formações abertas da América do Sul (Cerrado, Chaco e Caatinga) são hoje são reconhecidas como altamente diversas. Ainda assim, a história evolutiva dos biomas que compõe a chamada Diagonal de Formações Abertas (DFA) permanece uma incógnita. Trabalhos recentes expuseram padrões biogeográficos e filogeográficos e sugeriram processos para explicar a diversidade existente e a relação entre esses biomas. Todavia, tais hipóteses não foram testadas de maneira sistemática para qualquer um dos biomas ou para várias espécies em conjunto. Os objetivos do presente projeto são ampliar significativamente a cobertura de dados filogeográficos para a herpetofauna da DFA para testar 1) hipóteses a respeito da história evolutiva das espécies da Caatinga, 2) a relação das espécies desse bioma com as do Cerrado e do Chaco, e 3) delimitar as espécies válidas de acordo com a diversidade de linhagens recuperadas. Para tanto, utilizaremos 10 espécies da herpetofauna da DFA. Trabalhos tradicionais de filogeografia, atualmente em desenvolvimento por 7 estudantes de mestrado e doutorado testarão os efeitos das flutuações climáticas do Pleistoceno, de barreiras geográficas e da altitude e da hidrografia sobre a diversidade genética dessas espécies. Em seguida, esses dados em conjunto com os de quatro outras espécies de lagartos presentes na literatura totalizarão até 14 espécies que serão usadas para testar a hipótese de co-expansão por meio de uma metodologia nova desenvolvida pelo nosso grupo. Por último, testaremos se linhagens dos grupos Hypsiboas gr. raniceps, Dermatonotus muelleri, Polychrus acutirostris, Lygodactylus klugei, Proceratophrys cristiceps e Philodryas nattereri representam uma ou mais espécies, através da coleta de análise de dados de sequenciamento de nova geração.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020