Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alfredo Dias de Oliveira Filho

Ciências da Saúde

Farmácia
  • efeito de um protocolo de revisão da farmacoterapia sobre o controle da pressão e a triagem clínica de pacientes com suspeita de hipertensão resistente
  • Introdução A Hipertensão Arterial Resistente (HAR) é caracterizada por valores valores de pressão arterial (PA) acima de 140x90 mmHg para a pressão arterial sistólica e diastólica, respectivamente, mesmo com o uso de três fármacos anti-hipertensivos com ações sinérgicas, em doses máximas estabelecidas e toleradas, sendo um deles diurético, ou quando o paciente está em uso de quatro ou mais fármacos anti-hipertensivos, mesmo com a PA controlada. Diagnosticos errôneos de HAR podem levar ao uso de medicamentos desnecessários e de alto custo ou até à realizacao de procedimentos invasivos, assim, descartar a pseudorresistência - seja pela obtenção do controle pressórico, seja pela confirmação de HAR - é uma etapa preliminar obrigatório no manejo desses pacientes. Objetivo O objetivo deste estudo é avaliar o efeito de um protocolo de revisão da farmacoterapia sobre a modificação dos valores de PA sistólica e diastólica pacientes com hipertensão arterial resistente e pseudorresistente. Método Será realizado um ensaio clínico controlado randomizado em uma unidade básica de saúde em Maceió-AL e em seis consultórios do ambulatório de cardiologia de um hospital privado em Aracaju-SE, com duração de 24 meses. Serão avaliados como desfechos primários os valores de modificação da PA sistólica e diastólica. Os desfechos secundários serão taxa de pacientes sob controle pressórico, taxa de modificação do status diagnóstico (HAR, hipertensão arterial pseudorresistente e hipertensão com controle pressórico) e a adesão terapêutica. Os valores referentes à PA serão obtidos por meio de Medida Ambulatorial da Pressão Arterial. A adesão terapêutica será determinada por meio da escala de Morisky-Green-Levine. O protocolo de intervenção durará 6 meses e será baseado em um protocolo de otimização da adesão previamente testado em pacientes com doenças cardivasculares pós-ala hospitalar e em pacientes ambulatoriais com hipertensão, e em um protocolo de revisão da farmacoterapia segundo o modelo Medication Appropriateness Index (MAI). Estimou-se que uma amostra de pelo menos 111 pacientes em cada grupo fornecerá 80% de poder para detectar uma diferença de 6 mmHg na PAS com nível de significância de 5%.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alfredo Rodrigues de Sena Neto

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento de sensores para análise da qualidade de águas através de impressão 3d
  • O estudo e desenvolvimento de novos dispositivos sensores para identificação e quantificação de contaminantes presentes em águas são ações de extrema importância para o avanço das cadeias produtivas onde se tem o consumo de água, por exemplo: na agropecuária, farmacêutica, alimentícia, assim como o consumo doméstico, dentre outras. O projeto versa sobre o desenvolvimento e emprego de materiais eletroativos e nanoestruturados obtidos através da tecnologia de impressão 3D de sensores. Será adotado o foco no desenvolvimento de filamentos poliméricos por extrusão e fiação via úmida, com adição de nanopartículas, partículas metálicas e polímeros condutores; e na caracterização das propriedades de interesse dos materiais desenvolvidos, como propriedades morfológicas, eletroquímicas, elétricas, cristalográficas e térmicas. Também serão abordados tópicos relativos à construção de dispositivos sensores de baixo custo. Os sensores desenvolvidos com auxílio desses materiais serão do tipo língua/nariz eletrônicos e eletroquímicos. Espera-se que os resultados obtidos permitam o advento de novos materiais com potencial para desenvolvimento de sensores para monitoramento da qualidade de águas de consumo.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Algemira de Macêdo Mendes

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • literatura e imprensa piauiense: rastros e memórias
  • Ao revitalizar a memória histórica e cultural da literatura piauiense, por meio de sua imprensa e de outros suportes essenciais, este projeto pretende contribuir para o desenvolvimento de novas visadas acerca da historiografia do Piauí, em especial relacionado ao campo das letras. Para isso, a investigação, diferindo da metodologia tradicional, fará uso de fontes primárias (jornais, revistas, coletâneas, diários, cartas etc.), que ajudarão na compreensão não só do contexto histórico a que estavam inseridos os intelectuais piauienses do século XIX às primeiras décadas do século XX, como também poderão evidenciar os escritores que permanecem, até a presente data, à margem do cânone literário, justamente por não terem publicado livro. Essa tomada de consciência objetiva colocar o estado do Piauí no atual momento de estudos da história da literatura brasileira, cujas bases estão sendo reformuladas, há alguns anos, por nomes como Jacques Le Goff, Roger Chartier, (2001) ,João Hansen(1989), Regina Zilberman (2003), Tânia Regina de Lucca (2008), dentre outros.O desenvolvimento desta pesquisa se dará, em especial, pela inter-relação do campo das letras com os da história e do jornalismo, cujo alcance, nos mais diferentes ambientes (universitário e comunitário) possibilitará, a partir da catalogação e da organização do acervo pesquisado (a ser disponibilizado em suporte específico para esse fim), o surgimento de novas pesquisas, tanto relacionadas às áreas protagonistas da pesquisa, como a outras congêneres.
  • Universidade Estadual do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alice Gonçalves Osorio

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento de fibras de nanotubos de carbono piezoelétricas para aplicação em músculos artificiais
  • Nas últimas décadas, a ciência tem trabalhado na busca por alternativas que ajudem na reconstrução de estruturas do organismo. Recentemente, boa parte dos esforços tem se concentrado no desenvolvimento de músculos artificiais. Para o desenvolvimento destes músculos, no entanto, a nanotecnologia se torna essencial. Esta necessidade tem estimulado pesquisadores a sintetizar materiais em escala nanométrica e, dentre eles, os nanotubos de carbono (NTCs) têm aparecido em destaque. Recentemente surgiram pesquisas onde músculos artificiais são arquitetados com NTCs. Essas fibras mantiveram seu desempenho por mais de 2 milhões de movimentos. No entanto ainda há muito o que se estudar nesta área a fim de compreender e explorar as diferentes possibilidades tecnológicas. Avaliações dínamo-mecânicas também devem ser complementadas a fim de avaliar o comportamento dos músculos artificias frente a situações adversas por longos períodos. Diante deste contexto, o presente projeto visa desenvolver, de forma inovadora, músculos artificiais utilizando fibras de NTCs reforçadas com nanopartículas piezoelétricas. As fibras serão enroladas a partir de florestas de NTCs que, por sua vez, serão reforçadas por spray e/ou imersão em solução rica em nanoestruturas piezoelétricas. As fibras otimizadas serão avaliadas quanto sua resposta piezoelétrica e sua resposta dínamo-mecânica.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022